DICAS PARA EMPRESÁRIOS - LOJISTAS / CREDIARISTAS ÍNDICE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DICAS PARA EMPRESÁRIOS - LOJISTAS / CREDIARISTAS ÍNDICE"

Transcrição

1 ÍNDICE CONTEÚDO PÁGINA INTRODUÇÕES GERAIS 2 1 MOTIVOS PARA DEVOLUÇÃO DE CHEQUES 3 2 O QUE FAZER COM CHEQUES DEVOLVIDOS 5 3 DIZERES SUGERIDOS PARA CARIMBO AO VERSO DO CHEQUE 7 4 SUGESTÕES MODELOS 8 5 COMO CONSULTAR 11 Página: 1

2 INTRODUÇÕES GERAIS Evite fazer crediários de clientes novos e que não tenham documentos em mão; Consulte sempre o Sistema de Apoio a Decisão de Crédito da FACMAT/SERASA e fique sabendo quantas compras o consumidor já realizou no mês ou na semana; Consulte o Sistema de Apoio a Decisão de Crédito da Facmat, mesmo que o comprador já seja seu cliente (a situação econômica do cliente pode mudar em questão de dias, além do que, você pode ter informações sobre cheques prédatados emitidos pelo cliente e então analisar se é viável a liberação de crédito); Ao abrir um novo cadastro ou ficha, o CPF do marido não deve ser utilizado para a esposa; Não aceite somente a copia de documentos pessoais para abrir um novo cadastro. Se o consumidor alegar que perdeu os originais, ou que foram roubados, peça a copia da queixa na polícia BO (Boletim de Ocorrência); Se no momento em que fizer o crédito, o consumidor apresentar o nome de terceiros, amigo ou parente, preste muita atenção! Na maioria destes casos, o consumidor já possui restrições anteriores no seu nome, por isso precisa usar nome de outra pessoa. Se ele não preza seu nome, certamente não pagará compra feitas no nome de outra pessoa; Ao evitar a identidade (RG), atenção na fotografia, pois existem muitos casos de identidade roubada, nas quais se coloca outra na foto. Se ainda persistir a duvida, com o documento em suas mãos, pergunta, para confirmação, o nome da pessoa, filiação e data de nascimento; É fundamental informar o órgão expedidor e o estado em que foi emitida a carteira de identidade. Ex.: SSP/MT. Página: 2

3 1 - MOTIVOS PARA DEVOLUÇÃO DE CHEQUES CHEQUES SEM PROVISÃO DE FUNDOS 11 - Sem fundos (1º apresentação); 12 - Sem fundos (2º apresentação); 13 - Conta encerrada; 14 - Pratica espúria diversos cheques sem fundos em determinado prazo mesmo que pagos pelo banco. IMPEDIMENTO AO PAGAMENTO 21- Contra Ordem (ou revogação) ou oposição (ou sustação) ao pagamento; 22 - Divergência ou insuficiência de assinatura; 23 - Cheque emitido por identidade e órgãos da administração publica federal direta e indireta, em desacordo com os requisitos constante no art. 74, parágrafo 2º. Do decreto Lei 200, de 25/02/1967; 24 - Bloqueio judicial ou determinação do Banco Central; 25 - Cancelamento do talonário pelo Banco Sacado; 26 - Inoperância temporária de transportes; 27 - Feriado municipal não previsto; 28 - Contra-Ordem (ou revogação) oposição (ou sustação) ao pagamento ocasionado por furto ou roubo condicionado à apresentação do boletim de Ocorrência Policial; 29 - Cheque Bloqueado por falta de confirmação do recebimento do talonário pelos correntistas. CHEQUES COM IRREGULARIDADES 31 - Erro formal (sem data de emissão, com mês grafado numericamente, a ausência de assinatura não registro do valor por extenso); 32 - Ausência ou irregularidade na aplicação do carimbo de compensação; 33 - Divergência do endosso; 34 - Cheque apresentado por estabelecimento bancário que não o indicado no cruzamento em preto, sem endosso mandado; 35 - Cheque furtado, emitido sem prévio controle ou responsabilidade do estabelecimento bancário (cheque universal), ou ainda com adulteração da praça sacada. APRESENTAÇAO INDEVIDA 41 - Cheque apresentado ao banco que não o sacado; 42 - Cheque não compensável na seção ou sistema de compensação em que é apresentado; 43 - Cheque devolvido anteriormente pelos motivos 21, 22, 23, 24 e 31, não passível de apresentação em virtudes de persistir o motivo da devolução; 44 - Cheque prescrito (180 dias); 45 - Cheques emitidos por entidade obrigada a realizar movimentação e utilização de recursos financeiros do tesouro nacional mediante a ordem bancaria; Página: 3

4 48 - Cheque no valor acima de R$ 100,00 sem beneficiário; 49 - Remessa nula caracterizada pela apresentação de cheque devolvida pelos motivos 12, 13, 14, 43, 44 e 45, podendo a devolução ocorrer a qualquer tempo. Página: 4

5 2 - O QUE FAZER COM CHEQUES DEVOLVIDOS? MOTIVOS 21, 28,29 APENAS ALERTA NA SERASA Na devolução pelo motivo 21, o emitente deve apresentar justificativa por escrito ao banco, dentro de no mínimo 48 horas, caso contrario, na apresentação do cheque o banco deve devolver-lo por falta de provisão de fundos; MOTIVOS 12, 13 e 14: REGISTRO (ANOTAÇAO) no Sistema FACMAT e SERASA - (Os registros de cheques devem ser feitos no Sistema FACMAT e SERASA, obedecendo às normas do seu Regulamento). CUIDADOS NO REENCONTRO DE CHEQUES È importante afixar na loja em local visível, um cartaz informando que: OS CHEQUES SÓ SERÃO ACEITOS COM APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS E SOB CONSULTAS PRÉVIA. E ainda, se for o caso: NÃO ACEITAMOS CHEQUES DE TERCEIROS. O cheque deve ser personalizado com nome e número da conta impressos. Se esses dados estiverem datilografados, trata-se de cheque provisório e o cuidado deve ser redobrado; Solicite sempre o cartão do banco, referente à conta, e, compare os dados e a validade; Aceite somente cheques preenchidos e assinados no momento do pagamento; Evite aceitar cheques emitidos por terceiros; Solicite a apresentação da cédula de identidade e se necessário também o CPF; Verifique se o documento é autentico e compare o número do RG anotado no verso do cheque pelo emitente. Não se iluda com as aparências. Exija documentação sempre; Confira a assinatura com a assinatura do cartão; Em caso de divergência entre o por extenso (escrito) e o numérico, prevalece o extenso. A ausência do cifrão não impede o pagamento do cheque; Havendo duvidas quanto às assinaturas solicite o endosso do cheque (assinatura nas costas). Este cuidado torna o cheque mais seguro, por evitar que o cheque seja devolvido por divergência de assinatura; Verifique se o cheque foi preenchido corretamente. Examine data, local de emissão e assinatura que devem ser legíveis. Não aceite cheques com rasuras; Nome completo, data de nascimento, endereço comercial ou residencial e numero de telefone para contato devem constar no verso do cheque (ou no cadastro); Página: 5

6 Consulte sempre o Sistema de Apoio a Decisão de Crédito da FACMAT/AC - Cheque. R E C O M E N D A M O S Cautela na aceitação do cheques; Consultar ao Sistema de Apoio à Decisão de Crédito da FACMAT-MT, AC - Cheque e SERASA; Colocar o carimbo (Modelo) nos versos dos cheques; Não aceitar cheques sem identificação do cliente. Página: 6

7 3 - DIZERES SUGERIDOS PARA CARIMBO AO VERSO DO CHEQUE TERMO DE COMPROMISSO Nome Pelo presente abaixo assinado, obrigo-me ao afetivo pagamento deste cheque, e, declaro que não irei "sustar" ou "cancelar" o mesmo, em nenhuma hipótese sobre pena de incorrer no crime de estelionato (Art. 171, parágrafo 2º Inciso IV do Código Penal.), pois o negócio relativo à sua emissão foi totalmente efetivado. Data de Nascimento / / End.: Telefone Nota Fiscal Nº Assinatura do Emitente O PRESENTE CHEQUE DESTINA- SE AO PAGAMENTO DE: (Identificar Nº Nota Fiscal, Ordem de Serviço, etc.). Assinatura do Emitente Página: 7

8 4 - SUGESTÕES - MODELOS MODELO I COMUNICAÇÃO QUE O LOJISTA DEVE ENVIAR AO DEVEDOR EM ATRASO, COBRANDO E AVISANDO QUE SEU NOME SERÁ INCLUSO NO Sistema de Consulta FACMAT e SERASA: Local, de de Prezado (a) Senhor (a); Ref. Comunicação de débito em atraso e prazo para pagamento. Pela presente comunicamos-lhe, em observância á disposição do artigo 43, parágrafo 2º, da lei n /90 (CDC), que vossa senhoria encontra-se em débito com nossa empresa, conforme discriminado abaixo: Contrato nº Valor: Data da Compra: Data do Vencimento: Aguardamos a vossa presença em nossa empresa, para a regularização do (s) referido (s) débito (s) dentro do prazo de dias, e, oportunamente, informamos que findado este prazo, o (s) mesmo (s) será (serão) inclusos no - MOTIVOS 12, 13 e 14: REGISTRO (ANOTAÇAO) no Sistema FACMAT e SERASA - (Os registros de cheques devem ser feitos no Sistema FACMAT e SERASA, obedecendo às normas do seu regulamento). Colocamo-nos á disposição de Vossa Senhoria para quaisquer esclarecimentos complementares. Atenciosamente, DADOS EMPRESA E COMO DEVEDOR ENTRAR EM CONTATO. (Caso o referido débito já tenha sido liquidado, queira nos desculpar, e, desconsiderar esta.). Página: 8

9 MODELO II COMUNICAÇÃO QUE O LOJISTA DEVE ENVIAR AO DEVEDOR EM ATRASO QUANDO DA INCLUSÃO NO - MOTIVOS 12, 13 e 14: REGISTRO (ANOTAÇAO) no Sistema FACMAT e SERASA - (Os registros de cheques devem ser feitos no Sistema FACMAT e SERASA, obedecendo às normas do seu Regulamento). CARTA AVISO: ANOTAÇÃO DE INADIMPLÊNCIA 14/07/2006 Emitida em: 17:57:20 ASSOC COM E EMP DE CUIABA Para a preservação da qualidade dos serviços prestados a comunidade e cumprimento do disposto no Código de Defesa do Consumidor ART.43, parágrafo segundo, da lei número 8078 de 11/09/1990. Comunicamos que recebemos da Empresa Credora, pedido de inclusão no Sistema FACMAT e SERASA da (s) anotação (anotações) abaixo relacionadas. Prezado(a) Sr(a). HOSPITAL CENTRAL DO RIO VERDE LTDA Anotação de Inadimplência para os títulos Documento/Contrato Vencimento Valor DP /06/2006 R$ 211,69 Aguardamos pelo prazo de 10 (dez) dias, contado da postagem desta correspondência, manifestação de Vossa Senhoria ou da Empresa Credora, informante, quanto à regularização do (s) débito (s). Na ausência de manifestação, a (s) inclusão (inclusões) será (serão) efetuada (s). Caso Vossa Senhoria necessite de informações adicionais, solicitamos que entre em contato com a Empresa Credora, informante, no local onde mantêm ou manteve relacionamento comercial/financeiro. Caso já tenha quitado seu(s) débito(s) favor desconsiderar essa carta aviso. Empresa Informante (Credora): (NOME DA EMPRESA CREDORA) Telefone: (DA EMPRSA CREDORA) Página: 9

10 MODELO III É importante que o lojista tenha consigo, um recibo de entrega de mercadoria / prestação de serviço, assinado por parte do cliente; TERMOS QUE PODEM SER USADOS PELO LOJISTA EM FORMA DE CARIMBO OU NO RODAPÉ DO CARNÊ OU DO CADASTRO: Para pagamento à vista: Recebi as mercadorias acima especificadas e comprometo-me a pagar o valor total desta no dia / /. Em caso de atraso, responsabilizo-me pelo pagamento da multa, juros e correção monetária conforme de Lei. / /. Assinatura Para pagamento parcelado: Recebi as mercadorias acima especificadas e comprometo-me a pagar as prestações conforme especificado. Em caso de atraso, responsabilizo-me pelo pagamento da multa, juros e correção monetária conforme a lei. / / Assinatura Página: 10

11 5 - COMO CONSULTAR Tipos de Consultas Consultas Dados do Cliente Sistema de Apoio a Decisão de Pessoa Física: RG. CPF, nome completo e data Crédito da Facmat de nascimento, nome da mãe. Pessoa Jurídica: CNPJ e Razão Social Cheque CPF ou CGC, nºs do banco, do cheque, nº da agencia e da conta. (pessoa Física / Jurídica) Meios de Acesso as Consultas Acesso via Internet RG, CPF, nome completo, data de nascimento, nºs do banco, do cheque e da agência. Pessoa Física / Consulta Cheque Obs.: Digitar código, senha, nome completo sem abreviações, acentuações e ç. Acesso Via Terminal (Interligada) - Pessoa Física - Pessoa Jurídica RG, CPF, nome completo e data de nascimento, CGC Página: 11

Os principais motivos que levam o banco sacado a devolver o cheque são:

Os principais motivos que levam o banco sacado a devolver o cheque são: AUTORIZAÇÃO DE COMPRA TERCEIROS E MENORES Pelo presente termo, eu, portador do CPF., abaixo assinado autorizo às pessoas abaixo identificadas a adquirirem bens e produtos em meu nome, reconhecendo como

Leia mais

IMPEDIMENTO AO PAGAMENTO

IMPEDIMENTO AO PAGAMENTO MOTIVOS DE DEVOLUÇÃO DE CHEQUES CHEQUES EM PROVISÃO DE FUNDOS MOT DESCRIÇÃO OBSERVAÇÕES 11 Cheque sem fundos 1º apresentação. 12 Cheque sem fundos 2º reapresentação. 13 Conta encerrada. 14 Prática espúria.

Leia mais

Tudo o que você precisa saber sobre o cheque para não correr riscos.

Tudo o que você precisa saber sobre o cheque para não correr riscos. Tudo o que você precisa saber sobre o cheque para não correr riscos. Com cautela e informação o cheque é muito seguro. A importância do cheque no comércio é inquestionável. Por isso é fundamental tomar

Leia mais

Sumário 1 - Recebendo cheques com segurança 2 - Algumas modalidades de falsificação 3 - Cuidado com fraudes 4 - Informações gerais 5 - Principais

Sumário 1 - Recebendo cheques com segurança 2 - Algumas modalidades de falsificação 3 - Cuidado com fraudes 4 - Informações gerais 5 - Principais Cartilha Cheque Sumário 1 - Recebendo cheques com segurança 2 - Algumas modalidades de falsificação 3 - Cuidado com fraudes 4 - Informações gerais 5 - Principais motivos de devolução de cheques Caro leitor,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SCPC WEBNET 2.0 Site: www.cdlpelotas.com.br E-mail: scpc@cdlpelotas.com.br

MANUAL DO USUÁRIO SCPC WEBNET 2.0 Site: www.cdlpelotas.com.br E-mail: scpc@cdlpelotas.com.br MANUAL DO USUÁRIO SCPC WEBNET 2.0 Site: www.cdlpelotas.com.br E-mail: scpc@cdlpelotas.com.br ÍNDICE 1 WEBNET 2.0... 4 2 ACESSO WEBNET 2.0... 4 2.1 ALTERAÇÃO DE SENHA DO USUÁRIO... 5 3.1 REGISTRO NORMAL

Leia mais

Chec NEGATIVAÇÃO Serviço de registro de inadimplentes Manual de Uso e Aplicação

Chec NEGATIVAÇÃO Serviço de registro de inadimplentes Manual de Uso e Aplicação ACESSO AO SISTEMA DE Para ter acesso a área de negativação SRI (Serviço de Registro de Inadimplente), acesse o site www.checkok.com.br. Insira o seu código administrativo no campo de ACESSO EXCLUSIVO A

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O USO DE CHEQUES

INFORMAÇÕES SOBRE O USO DE CHEQUES INFORMAÇÕES SOBRE O USO DE CHEQUES O cheque é uma ordem de pagamento à vista. Pode ser recebido diretamente na agência em que o emitente mantém conta ou depositado em outra agência, para ser compensado

Leia mais

INADIMPLÊNCIA: E AGORA?

INADIMPLÊNCIA: E AGORA? INADIMPLÊNCIA: INADIMLÊNCIA E AGORA? Inadimplência: E agora? Quantas vezes você já se fez essa pergunta? Já conseguiu resolver este problema? Nesta cartilha iremos orientar, com base na legislação e no

Leia mais

Sumário. Recebendo cheques com segurança. Algumas modalidades de falsificação. Cuidado com fraudes. Informações gerais

Sumário. Recebendo cheques com segurança. Algumas modalidades de falsificação. Cuidado com fraudes. Informações gerais CARTILHA CHEQUE Sumário Recebendo cheques com segurança Algumas modalidades de falsificação Cuidado com fraudes Informações gerais Principais motivos de devolução de cheques Caro leitor, Importante ressaltar

Leia mais

Cheques Cheque. Saiba co o lida co e e.

Cheques Cheque. Saiba co o lida co e e. Cheques Cheque. Saiba como lida r co m ele. Cheque. Saiba como lidar com ele. Depois do dinheiro, o cheque é o meio de pagamento mais utilizado pelas pessoas na hora de fazer negócios. É quase impossível

Leia mais

Consulta de Cheques Redecard

Consulta de Cheques Redecard Com seu terminal Redecard, você consulta cheques, direto no banco de dados da Serasa Experian. A Redecard ajuda você a vender sempre de forma mais segura. Com o serviço Consulta de Cheques, em parceria

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição.

TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição. TARIFAS BANCÁRIAS A utilização de bancos é praticamente indispensável aos cidadãos. Contas e impostos, salários e seguros-desemprego são exemplos de transferência de dinheiro normalmente intermediada por

Leia mais

DEm. CHEQUEo SPC BRASIL SPC BRASIL SPC BRASIL SPC BRASIL 101.675.6CARTILHA 018 291 0193 1 101.675.6 0 AA 000041 8. Teste. Consumidor C3 R$ Série

DEm. CHEQUEo SPC BRASIL SPC BRASIL SPC BRASIL SPC BRASIL 101.675.6CARTILHA 018 291 0193 1 101.675.6 0 AA 000041 8. Teste. Consumidor C3 R$ Série N. Data Favorecido 101.675.6CARTILHA CARTILHA Comp Banco Agência C1 Conta Número C2 Série Cheque Número C3 R$ 018 291 0193 1 101.675.6 0 AA 000041 8 Pague por este cheque a quantia de Saldo Anterior Lançamentos

Leia mais

CUIDADOS NECESSÁRIOS NA HORA DE RECEBER UM CHEQUE

CUIDADOS NECESSÁRIOS NA HORA DE RECEBER UM CHEQUE CUIDADOS NECESSÁRIOS NA HORA DE RECEBER UM CHEQUE > ÍNDICE INTRODUÇÃO > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > 1. EVOLUÇÃO

Leia mais

PROCEDIMENTOS DO FINANCEIRO PARA VENDA LOJAS

PROCEDIMENTOS DO FINANCEIRO PARA VENDA LOJAS PROCEDIMENTOS DO FINANCEIRO PARA VENDA LOJAS FORMAS DE PAGAMENTOS Nossa loja aceita as seguintes formas de pagamento: - Dinheiro; - Moeda estrangeira ( dólar e euro ) - Cheque à vista; - Cheque pré-datado;

Leia mais

SCPC Pessoa Jurídica

SCPC Pessoa Jurídica SCPC Pessoa Jurídica Site: www.acigra.com.br E-mail: scpc@acigra.com.br SCPC Pessoa Jurídica 1 Definição O SCPC Pessoa Jurídica é o serviço que proporciona muito mais segurança na hora de realizar negócios

Leia mais

REGIMENTO DO SCPC. Rua XV de Novembro, 621 Fone: (41) 3320-2929 80020-310 Curitiba PR www.acpr.com.br

REGIMENTO DO SCPC. Rua XV de Novembro, 621 Fone: (41) 3320-2929 80020-310 Curitiba PR www.acpr.com.br REGIMENTO DO SCPC Rua XV de Novembro, 621 Fone: (41) 3320-2929 80020-310 Curitiba PR www.acpr.com.br REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE PROTEÇÃO PROTEÇÃO AO AO CRÉDITO CRÉDITO

Leia mais

Cheque. 1) Informações Gerais. Roteiro da Aula. Informações Gerais. Informações Gerais. Informações Gerais

Cheque. 1) Informações Gerais. Roteiro da Aula. Informações Gerais. Informações Gerais. Informações Gerais Professor Luiz Antonio de Carvalho Cheque lac.consultoria@gmail.com Roteiro da Aula 1) Informações Gerais; 2) Requisitos essenciais; 3) Endosso; 4) Cruzamento; 5) Compensação; 6) CCF; 7) Outros. 1 2 Informações

Leia mais

Manual de Garantia de Cheque

Manual de Garantia de Cheque Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli PASSO-A-PASSO PARA GARANTIR

Leia mais

Manual do Usuário SUMÁRIO

Manual do Usuário SUMÁRIO SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CONCEITO NEGATIVAÇÃO PLUS... 3 PENDENCIAS FINANCEIRAS SERASA EXPERIAN... 3 FLUXO DE PROCESSO NEGATIVAÇÃO PLUS NEGATIVAR DÍVIDAS PRINCIPAL... 4 FLUXO DE PROCESSO NEGATIVAÇÃO PLUS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 2.747. II - endereços residencial e comercial completos; (NR) III - número do telefone e código DDD;

RESOLUÇÃO Nº 2.747. II - endereços residencial e comercial completos; (NR) III - número do telefone e código DDD; RESOLUÇÃO Nº 2.747 Altera normas relativas à abertura e ao encerramento de contas de depósitos, a tarifas de serviços e ao cheque. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31

Leia mais

CHEQUE. Exemplo para fins didáticos, sem valor! AULA Nº 2. 3) o sacado, que é o banco em que está depositado o dinheiro do emitente.

CHEQUE. Exemplo para fins didáticos, sem valor! AULA Nº 2. 3) o sacado, que é o banco em que está depositado o dinheiro do emitente. AULA Nº 2 CHEQUE Exemplo para fins didáticos, sem valor! Características do cheque O cheque é uma ordem de pagamento a vista, devendo ser pago no momento de sua apresentação ao banco sacado, descontando-se

Leia mais

CONHEÇA O PROTESTO, A FORMA MAIS EFICIENTE DE RECEBER UMA DÍVIDA.

CONHEÇA O PROTESTO, A FORMA MAIS EFICIENTE DE RECEBER UMA DÍVIDA. CONHEÇA O PROTESTO, A FORMA MAIS EFICIENTE DE RECEBER UMA DÍVIDA. ÍNdiCE 1. Apresentação 4 2. Entenda o Protesto 4 3. Vantagens 5 4. Documentos Protestados 6 5. Dicas Úteis 7 6. Efeitos do Protesto 8 7.

Leia mais

Diminua seus riscos e aumente a assertividade na análise de crédito CONSULTAS PARA ANÁLISE DE CRÉDITO:

Diminua seus riscos e aumente a assertividade na análise de crédito CONSULTAS PARA ANÁLISE DE CRÉDITO: Diminua seus riscos e aumente a assertividade na análise de crédito O SPC Serviço de Proteção ao Crédito é uma ferramenta indispensável ao empresário na concessão de crédito, pois oferece um completo portfólio

Leia mais

DICAS LEGAIS ADMINISTRAÇÃO INTERNA DICAS PARA ASSOCIADOS

DICAS LEGAIS ADMINISTRAÇÃO INTERNA DICAS PARA ASSOCIADOS DICAS LEGAIS ADMINISTRAÇÃO INTERNA DICAS PARA ASSOCIADOS Dados importantes na FICHA CADASTRAL Nome completo, sem abreviatura Data de nascimento Filiação (mesmo que falecidos) CPF/RG Nome do cônjuge Endereço/Tempo

Leia mais

CARTA-CIRCULAR N 1201. Documento normativo revogado pela Carta-Circular 3.173, de 28/02/2005.

CARTA-CIRCULAR N 1201. Documento normativo revogado pela Carta-Circular 3.173, de 28/02/2005. CARTA-CIRCULAR N 1201 Documento normativo revogado pela Carta-Circular 3.173, de 28/02/2005. Comunicamos que, visando ao aperfeiçoamento das normas que regem o Serviço de Compensação de Cheques e Outros

Leia mais

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 44 4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 4.1 Cheque O cheque é uma ordem de pagamento à vista. Pode ser recebido diretamente na agência em que o emitente mantém conta ou depositado em outra agência, para ser

Leia mais

CONTA-CORRENTE E SERVIÇOS

CONTA-CORRENTE E SERVIÇOS CONTA-CORRENTE E SERVIÇOS O que é? 2 Abertura 2 Estrangeiros 2 Movimentando sua conta-corrente 2 Consulta Cadastral 3 Capacidade Civil 3 Atendimento especial 4 Modalidades 5 Conta conjunta 5 Exclusão de

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES DE ABERTURA DE CONTA DE DEPÓSITOS PESSOA JURÍDICA

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES DE ABERTURA DE CONTA DE DEPÓSITOS PESSOA JURÍDICA CLÁUSULAS E CONDIÇÕES DE ABERTURA DE CONTA DE DEPÓSITOS PESSOA JURÍDICA BANCO DAYCOVAL S/A, com sede em São Paulo/SP, na Avenida Paulista nº 1.793, inscrito no CNPJ sob nº 62.232.889/0001-90, doravante

Leia mais

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE MANUAL DE MANUTENÇÃO ON LINE R: Santa Cruz, 647 CENTRO Limeira/SP - CEP 13.480-041 - Fone (19) 3404-4949 - e-mail: scpclimeira@acil.org.br 1 ÍNDICE Inclusão de Pessoa Física... 5 Inclusão de Cheque: Pessoa

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Grau de sigilo #PÚBLICO A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, instituição financeira constituída sob a forma de empresa pública, dotada de personalidade jurídica de direito privado, criada pelo Decreto- Lei nº 759/69,

Leia mais

COBRANÇA NÃO REGISTRADA

COBRANÇA NÃO REGISTRADA COBRANÇA NÃO REGISTRADA LAY-OUT TÉCNICO DE CHEQUES Versão: 1.1 Abril / 2008 PUBLIC LAY-OUT DE CHEQUES TIPOS DE REGISTROS TIPO " 0 " - HEADER TIPO " 1" - DETALHE TIPOS DE REGISTROS TIPO " 9 " - TRAILER

Leia mais

Circular nº 559, de 29 de julho de 1980

Circular nº 559, de 29 de julho de 1980 1 CIRCULAR Nº 559 Aos Estabelecimentos Bancários, Caixas Econômicas e Cooperativas de Crédito participantes do Serviço de Compensação de Cheques e Outros Papéis. Comunicamos que a Diretoria deste Banco

Leia mais

Cheque. Manual do. Nova Edição

Cheque. Manual do. Nova Edição Manual do Cheque Nova Edição CDL/BH - Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizone Av. João Pinheiro, 495 - Funcionários - Belo Horizonte/MG 31-3249 1666 www.cdlbh.com.br CDL/BH - Câmara de Dirigentes

Leia mais

CONTRATO DE ABERTURA, MOVIMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CONTA DE DEPÓSITO À VISTA

CONTRATO DE ABERTURA, MOVIMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CONTA DE DEPÓSITO À VISTA CONTA CORRENTE (uso exclusivo do banco) 1 TITULAR (CLIENTE) Nome Completo/Razão Social Tipo de Pessoa Física Jurídica Financeira Outros Isenções IR IOC Ligado ao Grupo Funcionário 2 UTILIZAÇÃO DA CONTA

Leia mais

Manual do. Cheque. Apoio:

Manual do. Cheque. Apoio: Manual do Cheque Apoio: Belo Horizonte, 2007, Amigo Lojista, Você está recebendo a nova edição do Manual do Cheque com informações sobre o uso e recebimento de cheques, modalidades de falsificações e

Leia mais

RESOLUÇÃO N 2.025. 10. número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);

RESOLUÇÃO N 2.025. 10. número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); RESOLUÇÃO N 2.025 Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna

Leia mais

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO seja um A Boa Vista Serviços é uma empresa genuinamente brasileira, atualizada e inovadora, constituída para a operação do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Leia mais

José Luiz Silveira Miranda Diretor Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen.

José Luiz Silveira Miranda Diretor Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen. 1 CIRCULAR Nº 868 Aos Estabelecimentos Bancários, Caixas Econômicas e Cooperativas de Crédito participantes do Serviço de Compensação de Cheques e Outros Papéis. Comunicamos que a Diretoria do Banco Central

Leia mais

Banco do Brasil - Cartilha de conta corrente CONTA CORRENTE

Banco do Brasil - Cartilha de conta corrente CONTA CORRENTE CONTA CORRENTE O que é?...2 Abertura...2 Estrangeiros...3 Consulta Cadastral...3 Segundo o Código Civil...3 Movimentando sua conta corrente...4 Atendimento especial...5 Modalidades...6 Conta conjunta...6

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA FIDELIDADE FARMÁCIAS SÃO MIGUEL

REGULAMENTO PROGRAMA FIDELIDADE FARMÁCIAS SÃO MIGUEL REGULAMENTO PROGRAMA FIDELIDADE FARMÁCIAS SÃO MIGUEL 1. PROGRAMA DE RELACIONAMENTO 1.1. O presente instrumento tem por objetivo regulamentar a participação dos clientes da FARMÁCIA SÃO MIGUEL LTDA - ME,

Leia mais

a) a Conta Eletrônica poderá ser individual ou conjunta não solidária ou conjunta solidária;

a) a Conta Eletrônica poderá ser individual ou conjunta não solidária ou conjunta solidária; BANCO DAYCOVAL S/A, com sede em São Paulo/SP, na Avenida Paulista nº 1.793, inscrito no CNPJ sob nº 62.232.889/0001-90, doravante denominado DAYCOVAL e a(s) pessoa(s) nomeada(s) e qualificada(s) na Proposta

Leia mais

CPF Cadastro de Pessoas Físicas. Perguntas e Respostas

CPF Cadastro de Pessoas Físicas. Perguntas e Respostas CPF Cadastro de Pessoas Físicas Perguntas e Respostas 1. O QUE É CPF? É um banco de dados gerenciado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB que armazena informações cadastrais de contribuintes

Leia mais

PALESTRA INDÚSTRIA DO DANO MORAL. Principais aspectos legais e esclarecimentos sobre Direito do Consumidor.

PALESTRA INDÚSTRIA DO DANO MORAL. Principais aspectos legais e esclarecimentos sobre Direito do Consumidor. PALESTRA CONFLITO NAS RELAÇÕES DE CONSUMO E A INDÚSTRIA DO DANO MORAL Principais aspectos legais e esclarecimentos sobre Direito do Consumidor. Prof. Manoel Ignácio 1 CONFLITO CRÉDITO É UM DIREITO DO CONSUMIDOR?

Leia mais

Cheque Aulas 22 a 24

Cheque Aulas 22 a 24 Cheque Aulas 22 a 24 1. NORMATIZAÇÃO: Lei 7.357/85 que absorveu as regras contidas na Lei Uniforme sobre Cheques. Resoluções do Banco Central do Brasil, tomadas por deliberação do Conselho Monetário Nacional,

Leia mais

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos.

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Cobrança Itaú Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Para garantir uma gestão de Cobrança ainda mais eficiente, é preciso que você saiba como funciona o serviço de protesto de títulos

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO DA DMCARD CONTRATO DE CARTÃO DE CRÉDITO

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO DA DMCARD CONTRATO DE CARTÃO DE CRÉDITO CONTRATO DE CARTÃO DE CRÉDITO PARA APROVEITAR TODOS OS BENEFÍCIOS E FAZER O MELHOR USO POSSÍVEL DO SEU CARTÃO É MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊ LEIA COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES CONDIÇÕES GERAIS: 1. DEFINIÇÕES:

Leia mais

INFORMAÇÃO CONFIDENCIAL

INFORMAÇÃO CONFIDENCIAL Manual Associado o acesso está autorizado exclusivamente o acesso está para autorizado Colaboradores exclusivamente do SPC para Brasil Colaboradores e Entidades. do SPC Brasil e Entidades. BOAS VINDAS

Leia mais

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SP

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SP Sobre o Cancelamento de Gravames Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SP Procedimentos para Solicitação do Desbloqueio de Cancelamento de Gravame De acordo com a portaria 2.762 de 28 de dezembro

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

Microsoft Word com Auxiliar Administrativo Aula 15

Microsoft Word com Auxiliar Administrativo Aula 15 Microsoft Word com Auxiliar Administrativo Aula 15 COMO PREENCHER UM CHEQUE Cheque é uma ordem de pagamento. Existem vários itens importantes que devem ser observados na hora de preencher um cheque, como

Leia mais

GUIA DE USO. Sobre o Moip

GUIA DE USO. Sobre o Moip GUIA DE USO Sobre o Moip Sobre o Moip 2 Qual o prazo de recebimento no Moip? Clientes Elo 7 possuem prazo de recebimento de 2 dias corridos, contados a partir da data de autorização da transação. Este

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos.

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos. MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO DISPOSIÇÕES INICIAIS O manual trás um resumo de algumas normas e rotinas que devem ser seguidas para o bom desempenho das tarefas necessárias para

Leia mais

% em sua dívida! Aproveite, pague à vista ou em parcelas.

% em sua dívida! Aproveite, pague à vista ou em parcelas. São Paulo, 30 de JANEIRO de 2014 Prezado(a) JEFERSON BATISTA DA SILVA, temos uma ótima oportunidade para você. Pague à vista Pague 48 Parcelas de R$ 82,60 R$ 2.223,95 Ou (*) cada. (*) Este é o valor para

Leia mais

1.7 O valor do cheque acolhido pelo BANCO e eventualmente não honrado, será debitado na conta de livre movimentação da COPASA MG, mantida no BANCO.

1.7 O valor do cheque acolhido pelo BANCO e eventualmente não honrado, será debitado na conta de livre movimentação da COPASA MG, mantida no BANCO. NORMA DE CREDENCIAMENTO DE AGENTES ARRECADADORES PARA A COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG OBJETO - Constitui objeto deste instrumento a prestação de serviço destinada ao recebimento e

Leia mais

RESOLUÇÃO N 2.025. II - endereços residencial e comercial completos; (Redação dada pela Resolução nº 2.747, de 28/6/2000.)

RESOLUÇÃO N 2.025. II - endereços residencial e comercial completos; (Redação dada pela Resolução nº 2.747, de 28/6/2000.) RESOLUÇÃO N 2.025 Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna

Leia mais

ANEXO V INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS

ANEXO V INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS ANEXO V INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 1. Abertura do Caixa/Suprimento O Operador de Caixa deverá ligar o equipamento e efetuar o logon no Aplicativo de Caixa. Em seguida, deverá conferir a bomba

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Estas são as condições gerais do Empréstimo, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições gerais, que serão aplicáveis durante todo o período

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CONTA CORRENTE, CONTA INVESTIMENTO E CONTA DE POUPANÇA

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CONTA CORRENTE, CONTA INVESTIMENTO E CONTA DE POUPANÇA CONTRATANTE(S): As Pessoa(s) - Física(s) ou Jurídica(s) - indicada(s) e qualificada(s) na Proposta/Contrato de Abertura de Conta Corrente, Conta Investimento e Conta de Poupança, adiante denominada(s)

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA A UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA

CONTRATO DE ADESÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA A UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA CONTRATO DE ADESÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA A UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA 1) PARTES INTEGRANTES DO CONTRATO: 1.1. EMISSOR/ADMINISTRADORA: ULTRACRED PAULISTA ADMINISTRADORA

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE/Lei de Incentivo COAME-Coordenadoria de Acompanhamento e Monitoramento da Execução

MINISTÉRIO DO ESPORTE/Lei de Incentivo COAME-Coordenadoria de Acompanhamento e Monitoramento da Execução MINISTÉRIO DO ESPORTE/Lei de Incentivo COAME-Coordenadoria de Acompanhamento e Monitoramento da Execução PRESTAÇÃO DE CONTAS (v. 27 julho 09) 1) A Prestação de Contas deverá ser encaminhada por meio de

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do

Leia mais

Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento

Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento Caro, Cliente, Obrigado, por escolher a Intermédica Sistema de Saúde S.A. como a operadora de Saúde dos seus funcionários. A Intermedica, tem como

Leia mais

CHEQUE CARACTERÍSTICA

CHEQUE CARACTERÍSTICA CHEQUE LEI 7357/1985 CONCEITO: Cheque é uma ordem de pagamento à vista, sacada contra um banco e com base em suficiente provisão de fundos depositados pelo sacador em mãos do sacado ou decorrente de contrato

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Que fazem entre si, de um lado a SOCIEDADE EDUCACIONAL E EMPRESARIAL PHYSION LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob no. 06.190.520/0001-90, sediada na

Leia mais

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car...

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car... ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... POS Ticket Car :... Funções... Mensagens... Terminal TEF: Ticket Car Novo... Funções... Mensagens... Transação de Venda Manual... Procedimento... Obter boleto...

Leia mais

Sumário Executivo 7 1 430

Sumário Executivo 7 1 430 43017 Sumário Executivo SUMÁRIO EXECUTIVO CARTÃO DE CRÉDITO BANDEIRA VISA INTERNACIONAL: Este documento contém as informações essenciais e resumidas relacionadas ao seu cartão extraídas das Condições Gerais

Leia mais

V AL R Qualificação do Microempreendedor

V AL R Qualificação do Microempreendedor V AL R Qualificação do Microempreendedor Data: Nome Completo: CPF/CNPJ: Nº Identidade: Órgão Emissor : Sexo: Data de Nascimento: Estado Civil: Naturalidade: Nome do Pai: Nome da Mãe: Endereço: Bairro:

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO CARTÃO PRÉ-PAGO AVISTA MASTERCARD PAG

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO CARTÃO PRÉ-PAGO AVISTA MASTERCARD PAG TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO CARTÃO PRÉ-PAGO AVISTA MASTERCARD PAG O presente instrumento denominado Termos e Condições Gerais de Uso do Cartão Pré-Pago Avista MasterCard PAG ( Termo ) aplica-se

Leia mais

AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO

AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO 1 AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO INTRODUÇÃO Atualmente, existem cerca de 40 títulos de crédito em circulação no país. Os mais conhecidos são a nota promissória, cheque e duplicata. NOTA PROMISSÓRIA

Leia mais

Qualidade de Crédito

Qualidade de Crédito Qualidade de Crédito 03 Análise de documentos Como conhecer o futuro cliente Preencher proposta fora da loja é seguro? Trabalhando com a Proposta Online 08 16 25 26 Prevenção de fraudes no momento da venda

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO E VALIDADE DE CREDENCIAIS NÃO REQUER ACOMPANHAMENTO. Não pode ter validade superior a 2 anos REQUER ACOMPANHAMENTO

CLASSIFICAÇÃO E VALIDADE DE CREDENCIAIS NÃO REQUER ACOMPANHAMENTO. Não pode ter validade superior a 2 anos REQUER ACOMPANHAMENTO NOVO PROCEDIMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PESSOAS Referência: IAC 107 1006 Prezados, Visando orientar e disciplinar a expedição e o uso de credenciais de pessoas com acesso às áreas do Aeroporto Internacional

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO CARTÃO PRÉ- PAGO HABBO CARTÃO AMIGO

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO CARTÃO PRÉ- PAGO HABBO CARTÃO AMIGO TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO CARTÃO PRÉ- PAGO HABBO CARTÃO AMIGO O presente instrumento denominado Termos e Condições Gerais de Uso do Cartão Pré- Pago Habbo Cartão Amigo ( Termo ) aplica- se de

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY Os presentes termos e condições gerais de uso (os Termos de Uso ) definem os direitos e obrigações aplicáveis aos usuários do

Leia mais

Bancos acessados on-line:: Unibanco, Banespa, Banco Real e Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A).

Bancos acessados on-line:: Unibanco, Banespa, Banco Real e Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A). CONSULTAS VALORES 0800 INTERNET CARTA LOCAL 1,50 CARTA INTERMUNICIPAL 1,80 517- SCPC VEIC. CONF. PROP. PL 8,00 7,50 518- SCPC VEIC. CONF. PROP. CH 7,00 6,50 548- SCPC COMPLETO 8,00 7,50 Informação que

Leia mais

Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Documento Controlado Impresso em 09/08/2012 - Revisão 01 1/30

Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Documento Controlado Impresso em 09/08/2012 - Revisão 01 1/30 2012 Manual do Sistema OS Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 21/03/2012 Documento Controlado Impresso em 09/08/2012 - Revisão 01 1/30 Sumário 1. Conceito do Software... 3

Leia mais

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. SuMÁRIO EXECUTIVO Este resumo apresenta informações essenciais

Leia mais

Utilização do FGTS Passo a passo para utilização do FGTS no seu contrato de financiamento imobiliário

Utilização do FGTS Passo a passo para utilização do FGTS no seu contrato de financiamento imobiliário Crédito Imobiliário Itaú Utilização do FGTS Passo a passo para utilização do FGTS no seu contrato de Em caso de dúvidas ou para obter mais informações, você tem à disposição a Central de Atendimento do

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM.

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. Por norma do Conselho Monetário Nacional (CMN), foram padronizados os Serviços Prioritários e os serviços isentos para Pessoa

Leia mais

Atenderemos servidores ATIVOS, INATIVOS, MAGISTRADOS e PENSIONISTAS que são pagos pelo próprio TRT-RS.

Atenderemos servidores ATIVOS, INATIVOS, MAGISTRADOS e PENSIONISTAS que são pagos pelo próprio TRT-RS. BANCO CRUZEIRO DO SUL S/A CPP CRÉDITO PESSOAL PARCELADO ESTABELECIMENTO DOS CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONVÊNIO COM O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO-RS LOJA 1360 PÚBLICO ALVO Atenderemos servidores

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FINANCIAMENTO

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FINANCIAMENTO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FINANCIAMENTO Ficha de Cadastro devidamente preenchida. Cópia do RG e CPF. Quando for casado, de ambos. (Frente e verso do mesmo lado da folha) Cópia da carteira de trabalho.

Leia mais

COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL

COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL São Paulo, 5 de abril de 2012. Sr(a). Ref.: Solicitação de Documentos Segurado: Seguro: Apólice / Proposta n. o Aviso de Sinistro n. o Estipulante: Em atendimento a sua solicitação, confirmamos o recebimento

Leia mais

O SEU PROCESSODE SINISTROS

O SEU PROCESSODE SINISTROS O SEU PROCESSODE SINISTROS O SEU PROCESSO 1. Abertura 1.1. Entre em contato com a seguradora para realizar a abertura do sinistro (portando DOCUMENTO DO VEÍCULO + CNH) ou se preferir ligue para a gente

Leia mais

COMUNICADO MASTER 19/09/2014

COMUNICADO MASTER 19/09/2014 COMUNICADO MASTER 19/09/2014 Ref.: Reprogramação de Pagamento Redução de Rejeições Bancárias Atualização da Autorização de Pagamento de Indenização do Seguro DPVAT Senhor Usuário, Mantendo nosso foco no

Leia mais

Passo a passo Aditamento a contrato de financiamento/empréstimo pessoal cessão de direitos e obrigações.

Passo a passo Aditamento a contrato de financiamento/empréstimo pessoal cessão de direitos e obrigações. Passo a passo Aditamento a contrato de financiamento/empréstimo pessoal cessão de direitos e obrigações. Para dar início ao processo de transferência do contrato primeiramente é necessário preencher a

Leia mais

Prezado (a) Responsável pelos programas de Bolsas,

Prezado (a) Responsável pelos programas de Bolsas, CAPES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DCPC DIVISÃO DE CONTROLE E PRESTAÇÃO DE CONTAS Brasília,

Leia mais

CARTÃO DE CRÉDITO SANTANDER PESSOA FÍSICA PREZADO(A) CLIENTE,

CARTÃO DE CRÉDITO SANTANDER PESSOA FÍSICA PREZADO(A) CLIENTE, PREZADO(A) CLIENTE, CARTÃO DE CRÉDITO SANTANDER PESSOA FÍSICA O BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A., com sede na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 e 2235, Bloco A, Vila Olímpia, São Paulo/SP, CEP

Leia mais

Sumário Executivo. Cartão Emitido pelo Banco Fibra S.A.

Sumário Executivo. Cartão Emitido pelo Banco Fibra S.A. Sumário Executivo Cartão Emitido pelo Banco Fibra S.A. Emissor: Banco Fibra S.A. CNPJ/MF nº 58.616.418/0001-08 Endereço para correspondência: Al. Santos, 1.787, 7º Andar, São Paulo/SP, CEP. 01419-100.

Leia mais

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Estas são as condições gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação

Leia mais

Como adquirir seu Certificado Digital NF-e Nota Fiscal eletrônica

Como adquirir seu Certificado Digital NF-e Nota Fiscal eletrônica Como adquirir seu Certificado Digital NF-e Nota Fiscal eletrônica Destaques para aquisição A aquisição será exclusivamente via Internet. A solicitação deverá ser em nome da pessoa que será nomeada como

Leia mais

REGULAMENTO CARTÃO CLUBE DROGARIA CATARINENSE

REGULAMENTO CARTÃO CLUBE DROGARIA CATARINENSE REGULAMENTO CARTÃO CLUBE DROGARIA CATARINENSE 1. PROGRAMA DE RELACIONAMENTO 1.1. O presente instrumento tem por objetivo regulamentar a participação dos clientes da COMPANHIA LATINO AMERICANA DE MEDICAMENTOS,

Leia mais

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO DE INDENIZAÇÃO DO SEGURO DPVAT Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA Este formulário deve ser preenchido exclusivamente com dados do beneficiário da indenização do Seguro

Leia mais

1 - AQUISIÇÃO DO CARTÃO BB PESQUISA

1 - AQUISIÇÃO DO CARTÃO BB PESQUISA 1 - AQUISIÇÃO DO CARTÃO BB PESQUISA 1º PASSO: Recebimento do e-mail de aprovação do projeto. 2º PASSO: Preenchimento e assinatura do Termo de Aceitação de Apoio Financeiro e do Cadastro de Portador, que

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS O QUE É A BLACK FRIDAY?

ORIENTAÇÕES GERAIS O QUE É A BLACK FRIDAY? BLACK FRIDAY O QUE É A BLACK FRIDAY? É um termo criado nos Estados Unidos para nomear a ação de vendas anual, que acontece sempre na quarta sexta-feira do mês de novembro, após o feriado de Ação de Graças.

Leia mais

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio.

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Prezado (a) cliente: Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Procedimentos para envio dos documentos de

Leia mais

Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido

Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido Conceito e Características do Cartão de Crédito O cartão de crédito Private Label Híbrido, de uso doméstico

Leia mais

Governo do Rio Grande do Norte Fundação de Apoio à Pesquisa do RN MANUAL DE APLICAÇÃO DE RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Governo do Rio Grande do Norte Fundação de Apoio à Pesquisa do RN MANUAL DE APLICAÇÃO DE RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS Governo do Rio Grande do Norte Fundação de Apoio à Pesquisa do RN MANUAL DE APLICAÇÃO DE RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS NATAL RN Julho/2008 1. Introdução: 1.1. Recomendamos a leitura deste MANUAL antes

Leia mais