Micro Application Example

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Micro Application Example"

Transcrição

1 Micro Application Example Diagnóstico de falhas rápido e seguro para circuitos de carga de 24 V Micro Automation Set 24

2 Nota Nota Os exemplos de função são facultativos e não pretendem ser completos quanto à configuração e ao equipamento bem como a todas as eventualidades. Os Micro Automation Sets não representam soluções específicas para os clientes, pretendendo apenas oferecer uma ajuda para a solução de exigências típicas. Você mesmo é responsável pelo funcionamento adequado dos produtos descritos. Estes Micro Automation Sets não lhe retiram a obrigação do manuseamento seguro na utilização, instalação, funcionamento e manutenção. Através da utilização destes Micro Automation Sets você aceita a não responsabilidade da Siemens por eventuais danos para além do regulamento de responsabilidade descrito. Nós nos reservamos o direito de efetuar alterações nestes Micro Automation Sets a qualquer momento sem aviso prévio. Em caso de divergências entre as sugestões nestes Micro Automation Sets e outras publicações da Siemens como p.ex. catálogos, tem prioridade o conteúdo da outra documentação.. Garantia, responsabilidade e suporte Não assumimos nenhuma garantia pelas informações contidas neste documento. A nossa responsabilidade por danos causados através da utilização dos exemplos, avisos, programas, dados de configuração e de potência etc., descritos neste Micro Automation Set fica excluída, independente da causa jurídica. Tal não se aplica por exemplo nos casos em que a lei alemã sobre a responsabilidade civil do fornecedor (Produkthaftungsgesetz) obriga a responsabilidade por dolo, negligência grave, ou nos casos em que a integridade física ou a vida humana bem como a saúde sejam violadas, no caso de prestação de garantia em razão da natureza de alguma coisa, no caso de ocultação dolosa de um erro ou no caso de descumprimento das obrigações contratuais essenciais. A indenização devido à violação de obrigações contratuais essenciais limita-se porém ao dano típico contratual e previsível, a não ser que haja intenção ou negligência grave ou que a responsabilidade seja obrigatória por causa de lesão à vida, ao corpo ou à saúde. As disposições acima mencionadas não implicam uma alteração do ônus da prova em seu detrimento. Copyright 2006 Siemens A&D. Não é permitida a divulgação ou a reprodução destes Micro Automation Sets ou parte deles, salvo expressamente autorizada pela Siemens A&D. V /12

3 Apresentação Apresentação Sumário Micro Automation Sets são configurações de automação operacionais e testadas à base de produtos padrão da A&D para a implementação simples, rápida e econômica de tarefas de automação de pequeno porte. Cada um dos Micro Automation Sets presentes cobre uma tarefa parcial freqüente de um problema típico apresentado pelo cliente na camada inferior de desempenho. Para estas tarefas parciais você encontra respostas sobre os produtos necessários e como estes funcionam entre si com a ajuda dos Sets. Para implementar a funcionalidade em que se baseia este Micro Automation Set, também pode ser utilizada uma série de outros componentes (p.ex. outras CPU, alimentações elétricas, etc.). Consulte os catálogos correspondentes da SIEMENS A&D para verificar os componentes. Os Micro Automation Sets você encontra também sob o seguinte link: 1 Campos de aplicação e benefícios Estrutura Esquema Fiação Componentes de hardware e software Princípio de funcionamento Configuração do software Startup Demonstração em direto Funcionalidade Dados técnicos V /12

4 Campos de aplicação e benefícios 1 Campos de aplicação e benefícios Campos de aplicação Benefícios A configuração presente é apropriada para as tarefas: Monitoramento de circuitos de carga de DC 24V Detecção de sobrecargas e curtos-circuitos Os campos de aplicação são preferencialmente aqueles onde deve ser encontrada uma solução para as seguintes tarefas: Instalações com vários circuitos de carga DC 24V conectados a uma alimentação elétrica central (serve para distribuir a corrente de carga). Os circuitos de carga individuais devem ser protegidos de forma seletiva visando evitar uma avaria na instalação completa no caso de falha. A proteção seletiva deve ser também assegurada em partes remotas da instalação e consumidores dispersos fisicamente (estrutura descentralizada). Conexão de consumidores com grande consumo de energia na partida que não podem ser protegidos por disjuntores rápidos Localização rápida do local da falha Proteção contra uma parada total da instalação, ocorrendo uma interrupção na alimentação elétrica DC 24V em caso de falha. Somente será desligado o circuito defeituoso. Redução do tempo de parada através da localização do circuito defeituoso no display do LOGO! A colocação em funcionamento e a manutenção da instalação pode ser efetuada através de módulos necessitando apenas introduzir ou retirar os fusíveis chatos. Ampliação posterior da estrutura possível. Os textos de mensagem no LOGO! permitem uma visualização central do estado operacional de todos os circuitos de carga. V /12

5 Estrutura 2 Estrutura 2.1 Esquema L1 L2 L3 N +24V - Relais (Öffner) LOGO! Power LOGO! SITOP modular 40A Módulo de sinalização SITOP select Quadro de comando 1 Circuito de carga SITOP select Quadro de comando 2 Circuito de carga SITOP select Quadro de comando 3 Circuito de carga V /12

6 Estrutura 2.2 Fiação Figura 1 Esquema de fiação Ocupação das entradas e saídas do LOGO! Nº Tipo Designação Fiação 1 I1 Erro comum SITOP select quadro de comando 1 2 I2 Erro comum SITOP select quadro de comando 2 3 Entradas I3 Erro comum SITOP select quadro de comando 3 4 I4 Prontidão operacional SITOP modular por módulo de sinaliz. 5 I5 DC 24V OK SITOP modular por módulo de sinalização 6 Q1 Relé de acoplagem de saída (abertura) para acionar a alimentação elétrica do SITOP modular por meio do módulo de sinalização 7 Saídas Q2 Se 1, então quadro de comando 1 OK 8 Q3 Se 1, então quadro de comando 2 OK 9 Q4 Se 1, então quadro de comando 3 OK Ocupação das entradas e saídas do módulo de sinalização SITOP Power Nº Tipo Designação Fiação 1 1, Remote ON/OFF Relé de acoplagem de saída (abertura) Entradas 2 2, Remote ON/OFF Relé de acoplagem de saída (abertura) 3 Saídas 4, OK, DC output LOGO! Entrada 5 4 5, OK, DC output, 24V LOGO! Conexão Power DC 24V 5 8, OK, Operation LOGO! Entrada 4 V /12

7 Estrutura 6 9, OK, Operation, 24V LOGO! Conexão Power DC 24V V /12

8 Componentes de hardware e software 3 Componentes de hardware e software Produtos Componente Tipo Dados de encomenda Nº Fabricante LOGO! modular Módulo lógico 12/24 6ED1052-1MD00-0BA5 * SIEMENS AG 1 Alimentação de tensão para o LOGO!Power módulo lógico 6EP1331-1SH02 * 1 Alimentação da corrente de carga DC 24V Módulo de sinalização para a alimentação de corrente de carga Módulo de diagnóstico para 4 circuitos de carga SITOP modular 40 Ampere Módulo de sinalização SITOP modular 6EP1437-3BA00 * 1 6EP1961-3BA10 1 SITOP select 6EP1961-2BA00 3 Painel frontal LOGO! (opcional) 6AG1057-1AA00-0AA2 * 1 Acessórios Componente Tipo Dados de encomenda Nº Fabricante Relé de acoplagem SIEMENS AG Relé (abertura) 3TX7005-1LB00 1 de saída Software e tools de configuração Componente Tipo Dados de encomenda Nº Fabricante LOGO! Software de LOGO! Soft Comfort SIEMENS AG 6ED1058-0BA01-0YA0 1 configuração ab V5.0 LOGO! Cabo para Cabo de ligação 6ED1057-1AA00-0BA0 1 PC Nota É necessário um PG SIMATIC ou um PC clássico para a utilização do software e tools de configuração! * disponível em outras potências/modelos V /12

9 Princípio de funcionamento 4 Princípio de funcionamento Na parte do comando, a configuração é composta por um módulo lógico LOGO! com alimentação elétrica própria. Na parte da alimentação de cargas, a configuração é composta por uma alimentação elétrica centralizada SITOP modular 40A com módulo de sinalização. Para a distribuição da corrente em cada um dos circuitos de carga, é utilizado um módulo de diagnóstico SITOP select para cada um dos três quadros de comando. Se o módulo de diagnóstico SITOP select detectar uma sobrecarga ou um curto-circuito em um dos circuitos de carga, este seleciona o circuito defeituoso e desliga-o. Os outros circuitos de carga que não estão defeituosos continuam a ser alimentados com DC 24V. Para cada um dos circuitos de carga encontra-se um LED multicor no módulo de diagnóstico e sinaliza o estado operacional. (Verde = OK, Vermelho = erro, sobretensão elétrica) Cada SITOP select possui um contato de sinalização de somas sem potencial. Através deste o SITOP select sinaliza um erro à entrada digital respectiva do LOGO! O LOGO! avalia as entradas digitais e, em caso de erro, mostra um texto de mensagem pré-configurado no display. Cada erro é mostrado no display com indicação do número do quadro de comando do circuito de carga defeituoso. A mensagem é mostrada enquanto persistir o erro e só desaparece quando é confirmada manualmente pelo operador. A partir de uma saída digital o LOGO! pode ordenar ao módulo de sinalização que comute a alimentação de corrente de carga SITOP modular em >ON< ou em >stand-by<. O módulo de sinalização sinaliza ao LOGO através de uma das diferentes saídas digitais "pronto a funcionar" e "DC 24V está OK". Nota Para poder ler confortavelmente as mensagens no display do LOGO também fora de um quadro de comando, pode ser utilizado o painel frontal (veja cap. "Componentes de hardware e software"). Assim é também possibilitada a utilização do LOGO! p.ex. em painéis frontais em ambientes rudes. V /12

10 Configuração do software Startup 5 Configuração do software Startup Nota prévia Para o startup nós lhe oferecemos como download exemplos de software com código e parâmetros de teste. Os exemplos de software o ajudam nos primeiros passos e nos testes com este Micro Automation Set. Eles permitem um teste rápido das interfaces de software e hardware entre os produtos descritos nos Micro Automation Sets. Os exemplos de software estão sempre atribuídos aos componentes utilizados no Set e mostram a interação principal dos componentes. Eles próprios não representam uma aplicação real no sentido de uma solução tecnológica de um problema com as características definidas. Download do código startup O exemplo de software encontra-se na página HTML, da qual você fez o download este documento. O download é composto por um arquivo ZIP que pode ser descompactado com um programa Unzip qualquer. O arquivo ZIP é composto pelos seguintes arquivos: Tabela 5-1 Nome do arquivo Conteúdo Set24_LOGO_V1d0_en.lsc LOGO! Código de programa 1 1 Para abrir clique no arquivo, desde que trabalhe com "LOGO! Soft Comfort V5.0 ou mais. V /12

11 Demonstração em direto 6 Demonstração em direto 6.1 Funcionalidade O LOGO! monitora todos os três circuitos de carga SITOP select e mostra uma eventual avaria no display. Por meio dos botões do cursor pode comutar a prontidão da alimentação elétrica SITOP Power em On-line/Standby. Comando da alimentação elétrica do SITOP modular 40A Nº Ação Observação 1. Com os botões ESC + UP no LOGO! a alimentação elétrica do SITOP modular 40A é colocada em "On-line". 2. Com os botões ESC + DOWN no LOGO! a alimentação elétrica do SITOP modular 40A é colocada em "Standby". Exibição de circuitos de carga defeituosos no LOGO! Nº Ação Observação 1. Se uma carga for conectada a um circuito utilizador do SITOP select, cuja corrente nominal é superior ao valor regulado no potenciômetro (2A até 10A), o contato de sinalização ativa-se. Contato de sinalização Limite de corrente nominal para circuito utilizador No display do LOGO! é exibida uma mensagem com informações sobre o circuito de carga defeituoso. 3. Com o botão Reset pode, após 20 segundos, confirmar o desativamento do circuito de carga e retornar ao início. 4. A mensagem no display do LOGO! deve ser confirmada com OK. Botão Reset V /12

12 Dados técnicos 7 Dados técnicos LOGO! 12/24 Parâmetro Número/Tamanho/Range Observações Tensão de alimentação DC 24 V Entradas 8 (das quais 2 analógicas 0-10V) Saídas 4 Dimensões (L x A x P) em mm 72 (4 TE) LOGO! Power Parâmetro Número/Tamanho/Range Observações Tensão de alimentação AC V Tensão de saída DC 24V Corrente de saída 1,3A Dimensões (L x A x P) em mm 54 (3 TE) SITOP modular 40 com módulo de sinalização Parâmetro Número/Tamanho/Range Observações Tensão de alimentação em V 3 AC V longo alcance Range de tensão: 340 até 550 V Tensão de saída DC 24 V Range de regulação: 24 até 28,8 V Valor nominal de corrente I a nom 40 A até +60º C de temperatura ambiente Possibilidade de conexão paralela, aumento de potência sim, 2 peças (característica comutável) Dimensões (L x A x P) em mm 240 x 125 x 125 Módulo de sinalização tensão de saída O.K. Módulo de sinalização prontidão operacional Módulo de sinalização entrada de comando Módulo de sinalização montagem contato de relé sem potencial Limite de carga do contato 6 A/240 VAC contato de relé sem potencial Limite de carga do contato 6 A/240 VAC Entrada não separada de potencial para a comutação remota ON/OFF engatável diretamente no lado SITOP select Parâmetro Número/Tamanho/Range Observações Valor nominal de tensão U e nom DC 24 V Valor nominal de corrente I a nom até 10 A por canal +60 C Range de regulação: 2 até 10 A por canal Proteção de circuito Fusível chato FK2 15 A por canal substituível (em caso de utilização de ligações mais fracas) Contato de sinalização Contato de sinalização de somas (fechar) Dimensões (L x A x P) em mm 72 x 90 x 90 V /12

Micro Application Example

Micro Application Example Micro Application Example Operação e monitoramento próximo à máquina com painel sensível ao toque Micro Automation Set 4 Garantia, responsabilidade e suporte Copyright Siemens AG 2005 All rights reserved

Leia mais

Micro Application Example

Micro Application Example Micro Application Example Comunicação de processo simples baseada em tecnologia Web (com S7-200 e CP243-1 IT) Micro Automation Set 15 Nota Nota Os exemplos de função são facultativos e não pretendem ser

Leia mais

Micro Automation Example

Micro Automation Example Micro Automation Example Leitura e escrita de dados S7-200 com aplicações Windows padrão exemplificadas por MS Excel Micro Automation Set 11 Nota Nota Os exemplos de função são facultativos e não pretendem

Leia mais

Sempre um passo à frente com as Fontes de Alimentação SITOP NOVA. SITOP modular. sitop

Sempre um passo à frente com as Fontes de Alimentação SITOP NOVA. SITOP modular. sitop Sempre um passo à frente com as Fontes de Alimentação SITOP NOVA sitop SITOP modular NOVIDADE: SITOP monofásica modular 193 países UMA fonte de alimentação Sejam quais forem as tarefas a serem cumpridas:

Leia mais

LOGO! 8. A nova geração do LOGO! Display com novo design. Ethernet para tudo e todos novo padrão com o LOGO! 8. Web Server integrado? Sim!

LOGO! 8. A nova geração do LOGO! Display com novo design. Ethernet para tudo e todos novo padrão com o LOGO! 8. Web Server integrado? Sim! LOGO! 8 Nova geração do módulo lógico de sucesso da Siemens que atende as demandas dos automatizadores do mundo todo por meio de um manuseio simplificado, novo display, webserver integrado, opções completas

Leia mais

Manual do instalador Box Output AC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output AC.

Manual do instalador Box Output AC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output AC. Pág. 1/10 Apresentação Equipamento para acionamento de cargas em corrente alternada 110/220V. Comunicação com outros dispositivos por rede CAN. 6 entradas digitais para acionamento local ou remoto. 6 entradas/saídas

Leia mais

Manual do instalador Box Output DC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output DC.

Manual do instalador Box Output DC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output DC. Pág. 1/10 Apresentação Equipamento para acionamento de cargas em corrente contínua. Comunicação com outros dispositivos por rede CAN. 6 entradas digitais para acionamento local ou remoto. 6 entradas/saídas

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964 1 CENTRALNGSG101.DOC CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101 Manual de Instalação e de Operação INDICE 1. Generalidades 2. Especificações técnicas 3. Estrutura e configuração 3.1 Aspecto exterior

Leia mais

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br A SUPPLIER Indústria e Comércio de Eletroeletrônicos Ltda é uma empresa constituída com o objetivo de atuar no setor das Indústrias Eletroeletrônicas, principalmente na fabricação de fontes de alimentação

Leia mais

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006 SOLUTION Painel Convencional de Alarme de Incêndio TABELA DE CONTEÚDO Capitulo 1: Descrição do Produto... 2 1.1: Características...2 1.2: Especificações...2 Capitulo 2: Lógica de Detecção e Alarme de Incêndios...

Leia mais

LOGO! Soluções em microautomação

LOGO! Soluções em microautomação Guia de Vendas 2015 O que preciso saber para especificar o LOGO? Atentar para o tipo de alimentação: AC ou DC? Qual o nível de tensão: 12, 24, 115... 240V? Entradas e saídas Quantos pontos necessários

Leia mais

Tapetes de Segurança SMS 4 / SMS 5

Tapetes de Segurança SMS 4 / SMS 5 Tapetes de Segurança SMS 4 / SMS 5 Safe solutions for your industry 2 Índice Princípios de Funcionamento - Tapetes de Segurança Página 4 Cálculo da Distância Segura ao Ponto Perigoso Página 5 Dados Técnicos

Leia mais

INSTRUMENTOS PARA TESTES ELÉTRICOS Tutorial de Teste. Objetivo: Teste da curva do elemento de sobrecarga

INSTRUMENTOS PARA TESTES ELÉTRICOS Tutorial de Teste. Objetivo: Teste da curva do elemento de sobrecarga Tutorial de Teste Tipo de Equipamento: Relé de Proteção Marca: ABB Modelo: SPAM 150 C Funções: 49 ou PTTR - Sobrecarga Térmica Ferramenta Utilizada: CE-6003 & CE-6006 Objetivo: Teste da curva do elemento

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 0001 012186 INVERSOR DE FREQUENCIA 144 AMPERES / 220 VCA Inversor de freqüência para aplicação em motor elétrico trifásico com corrente nominal de serviço 140A, tensão nominal 220V, temperatura de funcionamento

Leia mais

Fontes SITOP Eficiência, confiabilidade e integração

Fontes SITOP Eficiência, confiabilidade e integração Eficiência, confiabilidade e integração Guia de Vendas 2015 O que preciso saber para especificar minha fonte? Qual o tipo de tensão de entrada? [DC, AC monofásica ou AC trifásica] Qual o nível de tensão

Leia mais

Ferramentas SIMARIS. Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Totally Integrated Power

Ferramentas SIMARIS. Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Totally Integrated Power s Totally Integrated Power Ferramentas SIMARIS Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Answers for infrastructure and cities. Planejamento de distribuição de energia mais

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMÁVEL

SISTEMA DE TREINAMENTO EM CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMÁVEL SISTEMA DE TREINAMENTO EM CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMÁVEL MODELO: CARACTERÍSTICAS 32 Pontos de Entrada / 32 Pontos de Saída. 3 Módulos Básicos: Controlador de Entrada, Simulador de Saída, Contador & Simulador

Leia mais

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA CWF24-01

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA CWF24-01 FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA (Input: 85 ~ 264 Vac / 120 ~ 370 Vdc) (Output: 24 Vdc / 1 A) CWF24-01 Fonte de Alimentação Chaveada Manual do usuário MAN-PT-DE-CWF24-01-01.00_14 Introdução Obrigado por

Leia mais

Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação

Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação Catálogo Técnico Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação Monitor de isolação 203-02/2006-0 Tudo sob controle Em aplicações, onde a falta de tensão pode causar graves conseqüências

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

MICRO AUTOMATION SET

MICRO AUTOMATION SET Micro Automation Sets Para tecnologia de medição e sensoriamento Brochura Julho 2008 MICRO AUTOMATION SET Micro Automation Sets Soluções compactas para seu sucesso Micro Automation Sets são combinações

Leia mais

100% electricidade. Relés de controle automático para grupo gerador

100% electricidade. Relés de controle automático para grupo gerador 100% electricidade Relés de controle automático para grupo gerador RGAM 10 Relé controle automático para g l Entradas VCA : concessionária L1-L2/N-L3, gerador L1-L2/N l 4 entradas digitais, 5 relés saída.

Leia mais

Instruções de funcionamento originais Dispositivo de comutação de segurança com saídas de relé G1501S 706326 / 00 01 / 2014

Instruções de funcionamento originais Dispositivo de comutação de segurança com saídas de relé G1501S 706326 / 00 01 / 2014 Instruções de funcionamento originais Dispositivo de comutação de segurança com saídas de relé G50S 706326 / 00 0 / 204 Índice Introdução 4. Símbolos utilizados 4 2 Instruções de segurança 4 3 Material

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CHAVE ESTÁTICA MONOFÁSICA 2 A 6 KVA

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CHAVE ESTÁTICA MONOFÁSICA 2 A 6 KVA MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CHAVE ESTÁTICA MONOFÁSICA 2 A 6 KVA ÍNDICE Introdução 01 Principais aplicações 01 Características técnicas 02 Descrição de funcionamento 03 Instalação 04 Armazenamento 05 Assistência

Leia mais

IND 1 DT MICROMASTER 430

IND 1 DT MICROMASTER 430 MICROMASTER 430 MICROMASTER 430 Uma visão geral l Inversores trifásicos de 400V projetados para aplicações com cargas de torque quadrático (bombas, ventiladores, etc.) l Quatro tamanhos de carcaça: FS

Leia mais

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores SIRIUS 3RM1 Multifuncionais e com apenas 22,5 mm de largura siemens.com/motorstarter/3rm1 Answers for industry. Acionamento de motores

Leia mais

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 -

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!)

Leia mais

Manual de Instruções do Senha Light

Manual de Instruções do Senha Light Manual de Instruções do Senha Light 2 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Especificações Técnicas... 4 3. Configuração do Sistema... 5 4. Esquema de Ligação... 5 4.1. Ligação da Fechadura Eletroímã... 6 4.1.1.

Leia mais

INSTRUMENTOS PARA TESTES ELÉTRICOS Tutorial de Teste. Funções: 50 ou PIOC sobrecorrente instantâneo e 51 ou PTOC sobrecorrente temporizado

INSTRUMENTOS PARA TESTES ELÉTRICOS Tutorial de Teste. Funções: 50 ou PIOC sobrecorrente instantâneo e 51 ou PTOC sobrecorrente temporizado Tutorial de Teste Tipo de Equipamento: Relé de Proteção Marca: Schneider Modelo: SEPAM T87 Funções: 50 ou PIOC sobrecorrente instantâneo e 51 ou PTOC sobrecorrente temporizado Ferramenta Utilizada: CE-6006

Leia mais

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria.

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria. Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro Respostas para a indústria. Percepção, previsão, visão ampliada: SIMOCODE pro integrado no SIMATIC PCS7 O sistema flexível de gerenciamento de motores

Leia mais

POWERTRANS ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E PARAMETRIZAÇÃO DO SOFT STARTER

POWERTRANS ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E PARAMETRIZAÇÃO DO SOFT STARTER MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E PARAMETRIZAÇÃO DO SOFT STARTER SOFT STARTER - NUM. SÉRIE... - POTÊNCIA... - TENSÃO AC DE BARRAMENTO... - TENSÃO AUXILIAR... Cliente: Projeto: Conv. Resp: Olaia Arq:.MANUAL_SOFTmP.doc

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

Controladora IP-Prox

Controladora IP-Prox Controladora IP-Prox 2 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Recomendações importantes... 4 3. Desembalando a controladora IP-prox... 4 4. Especificações técnicas... 4 5. Onde instalar... 4 6. Como instalar...

Leia mais

Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto

Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto Nota de Aplicação NAP100 Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto Sumário Descrição...1 1. Introdução...2 2. Instalação...3 3. Configuração...4 3.1 Projeto de Rede PROFIBUS...4

Leia mais

ÍNDICE. 1.0 Introdução. 2.0 Descrição. 3.0 Instalação e Aplicação. 4.0 Programação. 5.0 Características Técnicas. 6.0 Principais Problemas e Soluções

ÍNDICE. 1.0 Introdução. 2.0 Descrição. 3.0 Instalação e Aplicação. 4.0 Programação. 5.0 Características Técnicas. 6.0 Principais Problemas e Soluções ÍNDICE 1.0 Introdução 2.0 Descrição 3.0 Instalação e Aplicação 4.0 Programação 5.0 Características Técnicas 6.0 Principais Problemas e Soluções Termo de Garantia 5 6 9 16 18 18 21 4 1.0 Introdução A TRANSSEN

Leia mais

CLIMATIZAÇÃO. Relação de Entradas e Saídas

CLIMATIZAÇÃO. Relação de Entradas e Saídas CLIMATIZAÇÃO O exemplo apresentado aqui controla um sistema que envolve bombas, torres, chillers e fan-coils para climatização ambiente para conforto térmico. Pode-se montar controles para sistemas dos

Leia mais

Manual do Usuário. TVA Digital

Manual do Usuário. TVA Digital Manual do Usuário TVA Digital AF_Manual_TV_SD_8.indd 1 AF_Manual_TV_SD_8.indd 2 Parabéns por escolher a TVA Digital! Além de optar por uma excelente programação, você terá uma série de recursos e interatividade.

Leia mais

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO INTRODUÇÃO INFORMAÇÃO GERAL 1 O Painel Eletrônico LOHR foi desenvolvido para ser instalado no interior de veículos

Leia mais

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Instruções de Operação Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Conteúdo Instruções de segurança... pág. 03 Função e características... pág. 04 Montagem... pág. 04 Conexão elétrica... pág. 05

Leia mais

www.comatreleco.com.br R:Benjamim Constant, 56 Tel:(11) 2311-5682 contato@comatreleco.com.br

www.comatreleco.com.br R:Benjamim Constant, 56 Tel:(11) 2311-5682 contato@comatreleco.com.br Monitoramento de motores monofásico/trifásico MRU, MRI, MRM 1 Características Tensão de Alimentação UC12-48V ou UC110-240V Contato Reversível Entradas de medição separadas galvanicamente da alimentação

Leia mais

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia Automação Industrial Módulo Controlador P7C - HI Tecnologia 7C O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador P7C da HI tecnologia (PMU10700100). A lista de verbetes consta na versão

Leia mais

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA CWF24-20

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA CWF24-20 FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA (Input: 100 ~ 240 Vac / 80 ~ 370 Vdc) (Output: 24 Vdc / 20 A) CWF24-20 Fonte de Alimentação Chaveada Manual do usuário MAN-PT-DE-CWF24-20-01.00_14 Introdução Obrigado por

Leia mais

Guia de Instalação Rápida PLC KL320. Keylogix, abrindo portas para a automação industrial. KEYLOGIX

Guia de Instalação Rápida PLC KL320. Keylogix, abrindo portas para a automação industrial. KEYLOGIX Guia de Instalação Rápida PLC KL320 Keylogix, abrindo portas para a automação industrial. KEYLOGIX 1. Cuidados Iniciais Prezado cliente, você está recebendo o PLC KL320, um Controlador Lógico Programável,

Leia mais

Soluções de proteção do motor. Protegendo seus investimentos

Soluções de proteção do motor. Protegendo seus investimentos Soluções de proteção do motor Protegendo seus investimentos Soluções de proteção do motor A linha de dispositivos de proteção de motores da Allen-Bradley abrange equipamentos de proteção simples para fins

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N Imagem Ilustrativa Características: 1. Leitura de 125 khz do cartão de proximidade com o EM chip acoplado internamente para o modelo padrão. 2. Os parâmetros do sistema

Leia mais

CONTROLADOR CONDAR MP3000.

CONTROLADOR CONDAR MP3000. CONTROLADOR CONDAR MP3000. O equipamento CONDAR MP3000 é um Controlador Eletrônico Microprocessado desenvolvido especificamente para automação de até três Condicionadores de Ar instalados em um mesmo ambiente

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CARO CLIENTE MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Parabéns você acaba de adquirir o mais novo VÍDEO PORTEIRO CONDUVOX CDV - 78C. Pensando na segurança de sua família e do seu ambiente de trabalho a Conduvox

Leia mais

ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS

ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS SYSTEM SLIO Sistema de I/Os Remotos Simples e inteligente, o System Slio é um sistema de I/O s descentralizado, eficaz e moderno. Foi especialmente projetado

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ETHERNET BOX MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Av. Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285 Jardim Samambaia - Jundiaí SP CEP: 13211-410 Telefone (0xx11) 4582-5533

Leia mais

DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos

DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos ou sistemas que se queiram supervisionar, via contatos

Leia mais

Micro Application Example

Micro Application Example Micro Application Example Conectar estações de automação em rede via Industrial Ethernet Micro Automation Set 14 Garantia, responsabilidade e suporte Garantia, responsabilidade e suporte Não assumimos

Leia mais

SSW-05 Micro Soft-starter

SSW-05 Micro Soft-starter Motores Automação Energia Tintas Micro Soft-starter g Compacto g Digital - DSP g Fácil operação g Elevado rendimento g By-pass incorporado REPLACE ME BY A PICTURE! Soft-Starters são chaves de partida estática,

Leia mais

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede Linha Solution Linha Plus Linha Master www.siemens.com.br/softstarters Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede As soft starters Siemens protegem sua máquina e instalação

Leia mais

Relé de proteção do diferencial 865

Relé de proteção do diferencial 865 Relé de proteção do diferencial 865 Para a proteção do diferencial de motores, transformadores e geradores Boletim 865, Série A Guia de especificações Sumário Página de descrição da seção 1.0 Características

Leia mais

SENHA LIGHT VERSÃO DO MANUAL

SENHA LIGHT VERSÃO DO MANUAL SENHA LIGHT VERSÃO DO MANUAL 1.2. de 05/02/2013 7767 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Itens que Acompanham... 5 3. Especificações Técnicas... 5 4. Características Gerais... 6 5. Visão geral do Equipamento...

Leia mais

Manual de Instruções Controladora Básica

Manual de Instruções Controladora Básica Manual de Instruções Controladora Básica 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Recomendações Importantes... 5 3. Especificações Técnicas... 6 4. Configuração do Sistema... 6 5. Esquema de Ligação... 7 5.1.

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais

Linha PowerWizard. Opções de sistemas de controle digital e comunicação remota. www.fgwilson.com

Linha PowerWizard. Opções de sistemas de controle digital e comunicação remota. www.fgwilson.com www.fgwilson.com Linha PowerWizard Opções de sistemas de controle digital e comunicação remota PowerWizard Propiciando controle seguro de seu conjunto gerador A linha PowerWizard de painéis de controle

Leia mais

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS S. A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE DE MOTORES CA - MANUAL DO PROFESSOR

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS S. A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE DE MOTORES CA - MANUAL DO PROFESSOR WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS S. A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE DE MOTORES CA - MANUAL DO PROFESSOR CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE

Leia mais

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0.

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0. PCT6 plus CONTROLADOR DIGITAL DE PRESSÃO PARA CENTRAIS DE REFRIGERAÇÃO Ver. PCT6VT74. DESCRIÇÃO O PCT6 plus é um controlador de pressão para ser utilizado em centrais de refrigeração que necessitem de

Leia mais

Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Manual do Usuário Versão 3.9f

Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Manual do Usuário Versão 3.9f Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Manual do Usuário Versão 3.9f 2 ÍNDICE PÁG. 1 APRESENTAÇÃO...03 2 DESCRIÇÃO DO EQUIPAMENTO...04 2.1 ROTINA INICIAL DE AVALIAÇÃO DA REDE ELÉTRICA...04 2.2 TROCA DE

Leia mais

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/7 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MASTERTEMP foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

Manual do instalador Box Input Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Input.

Manual do instalador Box Input Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Input. Pág. 1/10 Apresentação Equipamento para detecção de acionamentos e monitoração de sensores. Comunicação com outros dispositivos por rede CAN. Possui seis entradas digitais optoacopladas com indicação de

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA INSTALAR REDE ETHERNET EM CNC s FAGOR.

PROCEDIMENTO PARA INSTALAR REDE ETHERNET EM CNC s FAGOR. PROCEDIMENTO PARA INSTALAR REDE ETHERNET EM CNC s FAGOR. INDICE 1 Verificar a compatibilidade dos sistemas de hardware e software 1.1 Opcionais de Hardware 1.2 Opcionais de Software 2 Parametrização do

Leia mais

Norton 360 Online Guia do Usuário

Norton 360 Online Guia do Usuário Guia do Usuário Norton 360 Online Guia do Usuário Documentação versão 1.0 Copyright 2007 Symantec Corporation. Todos os direitos reservados. O software licenciado e a documentação são considerados software

Leia mais

Novo LOGO! Ainda mais genial!

Novo LOGO! Ainda mais genial! Novo LOGO! Ainda mais genial! Mais eficiente, mais flexível, mais Ethernet. Micro Automação www.siemens.com.br/logo! 1 O Prefácio que é LOGO! Subtítulo Estimado cliente, Este documento tem como objetivo

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine A Manual Controle de motores via Bluetooth 1 William Trevine Sumário 1 Introdução... 4 2 Características... 5 3 Instalação... 6 3.1 Alimentação... 7 3.2 Motores... 8 3.3 Liga e desliga... 9 3.4 Saídas

Leia mais

SCHWEITZER ENGINEERING LABORATORIES, COMERCIAL LTDA.

SCHWEITZER ENGINEERING LABORATORIES, COMERCIAL LTDA. Monitoramento do banco de baterias utilizando LEDs tricolores e mensagens no display Rafael Cardoso 1. INTRODUÇÃO: Os atuais relés de proteção incorporam diversas funções de controle, medição e monitoramento,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03 1 Introdução: Os indicadores possuem uma entrada analógica configurável por software, que permite a conexão de diverstos tipos de sensores de temperatura e outras grandezas elétricas sem a necessidade

Leia mais

DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br

DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO www.decibel.com.br ATENÇÃO É de fundamental importância a leitura completa deste manual antes de ser iniciada qualquer atividade

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto Descrição do Produto A Série Energy da Altus traz uma solução confiável para um dos pontos mais críticos em uma aplicação industrial: o fornecimento de alimentação para todos os dispositivos do sistema

Leia mais

ÍNDICE. Informações Técnicas... 12 Posição de montagem e dimensões... 13

ÍNDICE. Informações Técnicas... 12 Posição de montagem e dimensões... 13 1 ÍNDICE Função do detector de inclinação... 4 Instalação do módulo do sensor de ângulo... 5 Instalação do display... 6 Operação da unidade de display... 7 Reporte do display... 8 Parametrização do display...

Leia mais

MÓDULO DE CONTROLE REMOTO

MÓDULO DE CONTROLE REMOTO Hamtronix MCR400 Manual de Instalação e Operação Software A/B/C Hardware Rev. B ÍNDICE Suporte Online... 02 Termo de Garantia... 02 Descrição do Produto... 03 Versões do Software... 03 Funcionamento das

Leia mais

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes.

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Receba fotos e mensagens deles na TV de sua casa em tempo real e sem custo, não se preocupe mais com a distância! A festa será

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. FONTE NoBreak 360W

MANUAL DO USUÁRIO. FONTE NoBreak 360W MANUAL DO USUÁRIO FONTE NoBreak 360W 2 1 Contém: 1 cabo tripolar; 1 manual do usuário; 1 fonte NoBreak Fonte NoBreak Online 24V/10A 360W: Procedimento de instalação: Ao receber a fonte, verificar a integridade

Leia mais

Características Técnicas Série Quasar

Características Técnicas Série Quasar Descrição do Produto A Série Quasar é uma linha de painéis tipo CCMi (centro de controle de motores inteligente) para baixa tensão e correntes até 3150 A, ensaiados conforme a norma NBR/IEC 60439-1 - TTA

Leia mais

Controller. D e s c r i ç ã o G e r a l. C a r a c t e r í s t i c a s e B e n e f í c i o s

Controller. D e s c r i ç ã o G e r a l. C a r a c t e r í s t i c a s e B e n e f í c i o s Controller Vibraswitch Monitor Eletrônico VIBRASWITCH 563A D e s c r i ç ã o G e r a l O modelo Robertshaw 563A Vibraswitch Monitor Eletrônico é um microprocessador de sistema de controle baseado em supervisão

Leia mais

Painel de Controle de Redundância. Os seguintes produtos devem ser adquiridos separadamente, quando necessário:

Painel de Controle de Redundância. Os seguintes produtos devem ser adquiridos separadamente, quando necessário: Descrição do Produto O Painel de Controle de Redundância é utilizado em conjunto com uma arquitetura redundante baseada nos módulos AL-2017, permitindo ao usuário controlar e visualizar os estados de operação

Leia mais

DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10

DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10 DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10 Manual do usuário Distribuidor de Alimentação MAN-DE-QDA10 Rev.: 02.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso QDA-10. Para garantir o uso correto e eficiente

Leia mais

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2 DSS H.264 DVR Guia de instalação rápida V1.0.2 1. Instalação de Disco Rígido Aviso! Recomendamos para instalar com segurança utilizar HDD SATA. Certifique-se de que a energia não esteja desligada antes

Leia mais

HM203 (Protocolo ModBus) INDICADOR / CONTROLADOR

HM203 (Protocolo ModBus) INDICADOR / CONTROLADOR 1/19 HM203 (Protocolo ModBus) INDICADOR / CONTROLADOR Introdução O HM203 é um indicador/controlador que recebe um sinal de 4 a 20 ma, tem uma saída analógica 4 a 20 ma, 4 saídas de relé, e pode ter uma

Leia mais

MicroPLC LOGO! - XC 102 -

MicroPLC LOGO! - XC 102 - T e c n o l o g i a MicroPLC LOGO! - XC 102 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. MicroPLC LOGO! - XC 102 - INTRODUÇÃO É desnecessário discutir a importância

Leia mais

DXT3000 - PHONE CONTROL

DXT3000 - PHONE CONTROL Hamtronix DXT3000 - PHONE CONTROL Manual de Instalação e Operação Software V 1.0 Hardware Revisão A INTRODUÇÃO Índice... 01 Suporte On-line... 01 Termo de Garantia... 01 Em Caso de Problemas (RESET)...

Leia mais

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW05 Plus Micro Soft-Starter Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net SSW05 Plus - Micro Soft-Starters Soft-starters são chaves de partida estática, projetadas para a aceleração,

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO A EQUIPEL assegura ao proprietário deste aparelho garantia de 01 ano contra qualquer defeito de peça ou de fabricação desde que,

Leia mais

smar Fieldbus Devices FR302 Relé Fieldbus

smar Fieldbus Devices FR302 Relé Fieldbus smar Fieldbus Devices Relé Fieldbus Relé Fieldbus Características Saída Discreta de Conexão direta ao FOUNDATION Fieldbus TM ; Blocos Funcionais instanciáveis para ajuste e controle discreto em campo;

Leia mais

MICRO AUTOMATION SET

MICRO AUTOMATION SET Micro Automation Sets Para o telecontrole Brochura Julho 2008 MICRO AUTOMATION SET Micro Automations Sets Soluções compactas para seu sucesso Micro Automation Sets são combinações ajustadas de componentes

Leia mais

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330.

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás. É composto por um circuito inteligente (microcontrolado) que recebe o sinal gerado por um sensor eletrônico de gás, processa sua calibração

Leia mais

ESTAÇÃO TRANSFERÊNCIA AUTO- MANUAL TM-2500/AM

ESTAÇÃO TRANSFERÊNCIA AUTO- MANUAL TM-2500/AM ESTAÇÃO TRANSFERÊNCIA AUTO- MANUAL TM-2500/AM Introdução Obrigado por ter escolhido nosso ESTAÇÃO TRANSFERÊNCIA AUTO-MANUAL TM- 2500/AM. Para garantir o uso correto e eficiente do TM-2500/AM, leia este

Leia mais

DVR MANUAL DE INSTRUÇÕES 4 CANAIS. Digital Video Recorder. www.multitoc.com.br

DVR MANUAL DE INSTRUÇÕES 4 CANAIS. Digital Video Recorder. www.multitoc.com.br MANUAL DE INSTRUÇÕES Digital Video Recorder 4 CANAIS TEL TELECOMUNICAÇÕES E ELETRÔNICA LTDA CNPJ: 69.054.930/0002-05 www.multitoc.com.br www.multitoc.com.br 4canais.indd Spread 1 of 10 - Pages(20, 1) 19/10/2011

Leia mais

Manual de instrução e instalação VECTRA EX 204. Versão: 00.2010 ou 00.2010T

Manual de instrução e instalação VECTRA EX 204. Versão: 00.2010 ou 00.2010T Manual de instrução e instalação VECTRA EX 204 Versão: 00.2010 ou 00.2010T SUMÁRIO Introdução... 3 Instalação... 4 Configuração... 4 O software... 5 Número da Receptora... 6 Aviso Sonoro... 7 Hora... 8

Leia mais

Proteção de cabos. o valor da relação Uo/U, que representa o quanto o cabo suporta de sobretensão fase-terra (Uo) e entre fases (U).

Proteção de cabos. o valor da relação Uo/U, que representa o quanto o cabo suporta de sobretensão fase-terra (Uo) e entre fases (U). 32 Apoio Proteção e seletividade Capítulo XII Proteção de cabos Por Cláudio Mardegan* Falando em proteção de cabos, este capítulo abordará de proteção deve ficar, no máximo, igual ao valor de alguns critérios

Leia mais

ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal

ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal PT ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal Amigável ao cliente e comprovado Com a implementação do ACS2000 há alguns anos, foram estabelecidos novos

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização

Manual de Instalação e Utilização Manual de Instalação e Utilização SUMÁRIO: 1. Introdução 2. Funcionamento 3. Sinalização 4. Programação 5. Controlando o equipamento via ligação de voz 6. Exemplos de programação 7. Especificações 8. Certificado

Leia mais

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104 UMG 104 UMG 104-Mais do que um ples Multímetro O UMG 104 equipado com um DSP de 500 MHz (processador de sinal digital) é um analisador de tensão muito rápido e potente. A varredura contínua dos 8 canais

Leia mais

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES Sistemas de visão Visão geral da linha de produtos Série SIMATIC VS720A - As câmeras inteligentes

Leia mais

Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Apresentação... 3 1.2 Sobre este manual... 3 1.3 Instruções de segurança... 3

Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Apresentação... 3 1.2 Sobre este manual... 3 1.3 Instruções de segurança... 3 Sumário Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Apresentação... 3 1.2 Sobre este manual... 3 1.3 Instruções de segurança... 3 Capítulo 2 COMPONENTES... 4 Capítulo 3 CONTROLE REMOTO... 5 Capítulo 4 CONFIGURAÇÃO...

Leia mais

Fone: 0800 707 5700. Manual de Instruções. Bloco Digestor DQO Microprocessado Mod.: 25439

Fone: 0800 707 5700. Manual de Instruções. Bloco Digestor DQO Microprocessado Mod.: 25439 Fone: 0800 707 700 Manual de Instruções Bloco Digestor DQO Microprocessado Mod.: 9 Fone: 0800 707 700 ÍNDICE. INTRODUÇÃO. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. FUNCIONAMENTO. Instalação. Programando o timer (tempo).

Leia mais