Cultura Oficina Litoral Sustentável

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cultura Oficina Litoral Sustentável"

Transcrição

1 Cultura Oficina Litoral Sustentável 1

2 ESTRUTURA DA AGENDA REGIONAL E MUNICIPAIS 1. Princípios 2. Eixos 3. Diretrizes 4. Ações 4.1 Natureza das ações (planos, projetos, avaliação) 4.2 Mapeamento de Atores (negociação/ implementação e gestão) 4.3 Possíveis Linhas de Financiamento 5. Estratégias de Implementação 6. Projeto do Observatório 2

3 Plano Nacional de Cultura (PNC) O Plano Nacional de Cultura (PNC), instituído pela Lei (http://www.cultura.gov.br/site/2011/05/26/plano-nacional-decultura-21/), de 2 de dezembro de 2010, tem por finalidade o planejamento e implementação de políticas públicas de longo prazo (até 2020) voltadas à proteção e promoção da diversidade cultural brasileira. Diversidade que se expressa em práticas, serviços e bens artísticos e culturais determinantes para o exercício da cidadania, a expressão simbólica e o desenvolvimento socioeconômico do País. 3

4 Dentre os objetivos do Plano destacamos alguns pontos centrais para o desenvolvimento cultural local e regional: - o reconhecimento e valorização da diversidade cultural, étnica e regional - a proteção e promoção do patrimônio histórico e artístico, material e imaterial; - estimular a presença da arte e da cultura no ambiente educacional- - reconhecer os saberes, conhecimentos e expressões tradicionais e os direitos de seus detentores; - qualificar a gestão na área cultural nos setores público e privado; - profissionalizar e especializar os agentes e gestores culturais; - descentralizar a implementação das políticas públicas de cultura; - consolidar processos de consulta e participação da sociedade na formulação das políticas culturais; O Fundo Nacional de Cultura, por meio dos fundos setoriais, serão o principal mecanismo de fomento às políticas culturais. No entanto, os municípios deverão contar com fundos de cultura e com conselho de cultura para fiscalização. Os municípios que aderiram ao PNC deverão formular planos decenais. 4

5 Destacamos algumas metas a serem consideradas: Meta 1: Sistema Nacional de Cultura Institucionalizado e implementado com 100% das Unidades da Federação (UFs) e 60% dos muncipios com sistemas de cultura institucionalizados e implementados. Meta 3: 50% dos povos e comunidades tradicionais e grupos de culturas populares atendidos por ações de promoção da diversidade cultural. Nesse sentido muitas ações em curso cobrem esta meta: Pontos de Cultura, Pontos de Memória, Pontos de Cultura Indígena, Bibliotecas em Quilombos, Prêmios Culturas Populares e indígenas. A Meta salienta ainda: "Apoiar o mapeamento, documentação e preservação das terras das comunidades quilombolas, indígenas e outras comunidades tradicionais, com especial atenção para sítios de valor simbólico e histórico. " Todo Litoral Norte e Baixada Santista pode estar incluído nesta meta, com suas populações tradicionais e sítios históricos. 5

6 Meta 4: Politica nacional de proteção e valorização dos conhecimentos e expressões das culturas populares e tradicionais implantada. Meta 5: Sistema Nacional de Patrimônio Cultural implantado, com 100% das Unidades da Federação (UFs) e 60% dos muncipios com legislação e política de patrimônio aprovadas. Meta 6: 50% dos povos e comunidades tradicionais e grupos de culturas populares que estiverem cadastrados no Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) atendidos por ações de promoção da diversidade cultural. Meta 16: Aumento em 100% no total de pessoas qualificadas anualmente em cursos, oficinas, fóruns e seminários com conteúdo de gestão cultural, linguagens artísticas, patrimônio cultural e demais áreas da cultura. 6

7 Meta 22: Aumento em 30 % no número de municípios brasileiros com grupos em atividade nas áreas de teatro, dança, circo, música, artes visuais, literatura e artesanato. Meta 23: 15 mil Pontos de Cultura em funcionamento, compartilhados entre Governo Federal, as Unidades da Federação (UFs) e os muncipios integrantes do Sistema Nacional de Cultura.( SNC). Meta 24: 60% dos municípios de cada macrorregião do país com produção e circulação de espetáculos e atividades artísticas e culturais fomentados com recursos públicos federais. Meta 30 : 37 % dos municípios brasileiros com cineclube. Meta 34: 50% de bibliotecas públicas e museus modernizados. 7

8 Meta 35: Gestores capacitados em 100% das instituições e equipamentos culturais apoiados pelo Ministério da Cultura. Meta 36: Gestores e conselheiros capacitados em 100% das Unidades da Federação. Meta 50: 10 % do Fundo Social do Pré-Sal para a cultura. Esta meta é particularmente importante para a região do Programa. O Fundo Social foi criado pela Lei n 12351/2010 para ser constituído com parte dos recursos de exploração e produção do petróleo, mas ainda não foi instituído. Pretende-se que 10 % dos seus recursos sejam destinados a cultura na forma de programas e projetos de combate à pobreza e desenvolvimento da educação, esporte, ciência etc. 8

9 Outras legislações: O Decreto 3.551/2000 institui ainda o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial, que adota como instrumentos, além do registro, o inventário nacional de referências culturais e os planos de salvaguarda, em que são definidas as formas mais adequadas de salvaguardar o bem, que podem ir desde a ajuda financeira a detentores de saberes até a organização comunitária ou a facilitação de acesso a matérias-primas. Política Nacional de Comunidades Tradicionais (Decreto Federal nº 6.040/2011) e foi instituída a Comissão Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais (Decreto Federal s/n de 13 de julho de 2006). Os direitos indígenas além de serem reconhecidos expressamente pela Constituição Federal de 1988 (arts. 231 e 232) também são garantidos por diversas leis e decretos como, por exemplo, o Estatuto do Índio (Lei 6.001/73); o Decreto Federal nº 1775/96, que dispõe sobre o procedimento administrativo de demarcação de terras; a Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas PNGAT (Decreto Federal nº 7747/2012), dentre outros diplomas legais. 9

10 Citamos alguns programas do governo Estadual SP: * Programa Fábricas de Cultura: atua em distritos da cidade de São Paulo que apresentam altos índices de vulnerabilidade juvenil. O Programa tem por objetivo promover, junto a crianças e jovens, o reconhecimento da identidade individual e coletiva, a expressividade, os valores da cidadania e a inclusão social, por meio de ações de formação artístico-culturais. * Projeto Guri - interior e capital: Com mais de 50 mil alunos distribuídos por todo o Estado de São Paulo, o Projeto Guri do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Cultura é considerado o maior programa sociocultural brasileiro. * Circuito Cultural Paulista: Realizado pela SEC em parceria com as prefeituras dos municípios, o Circuito Cultural Paulista tem como objetivo possibilitar a circulação de espetáculos culturais por todo o Estado e a democratização do acesso à cultura, pois todas as apresentações são gratuitas. 10

11 * Mapa Cultural Paulista: criado em 1995, é a de promover o intercâmbio regional e o mapeamento dos produtores de cultura e de suas atividades no Estado. Buscou-se criar uma grande vitrine cultural com o propósito de identificar, ressaltar e divulgar os produtos culturais. * A Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias (ACGE) : em como objetivo atender às questões culturais relativas à população afrodescendente, populações indígenas, e colaborar com as ações de movimentos sociais das mulheres e do LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros) Saiba mais Viagem Literária * Virada Cultural Paulista: maior evento cultural do interior de São Paulo, com apresentações de espetáculos de teatro, dança e música, intervenções urbanas, cinema e exposições durante 24 horas ininterruptas. * Sistema de Bibliotecas Públicas do Estado de São Paulo: A meta principal da Secretaria nesta área é promover e incentivar o gosto pela leitura entre os paulistas, por isso foi criado o Sistema de Bilbiotecas Pùblicas. 11

12 O ProAC é realizado com recursos orçamentários próprios da Secretaria de Estado da Cultura. É um mecanismo de financiamento que busca ampliar e diversificar a produção, criar novos espaços, preservar o patrimônio e promover formas de circulação de bens culturais no Estado. A proposta é viabilizar projetos que muitas vezes não teriam participação no mercado cultural, mas que têm grande significado para a sociedade. 12

13 AÇÕES A partir do diagnóstico desenvolvido na região identificamos algumas ações passíveis de serem implementadas pela gestão pública em parceria com a sociedade civil: Turismo social: turismo cultural de base comunitária Cursos voltados para CTs receberem o turismo recepção Projetos de produção agroecológica para as Comunidades Tradicionais CT Políticas de aprimoramento para a realização das Festas Tradicionais- incluindo política de divulgação regional Consórcio Cultural - articulação de municípios para otimizar relações, recursos e intercâmbio regional 13

14 AÇÕES Mapeamento das potencialidades econômicas da cultura local e regional: territórios criativos / economia criativa (Criativa Birô) Inventário do patrimônio imaterial Aperfeiçoamento do artesanato (organização, criação) Circuito de comercialização dos produtos regionais - artesanato, alimentação, produtos in natura etc Estimular a criação de Pontos de Cultura nos municípios, especialmente nas CTs Centros de Referência da Cultura Regional Descentralização dos equipamentos culturais pelos bairros 14

15 AÇÕES Implantação do Sistema local de Cultura / Sistema Nacional: Conselho, Conferência, Fundo e órgão próprio. Representação das CTS nos Conselhos e Conferências Políticas específicas nos municípios voltadas para as CTs (ex. criar um departamento - ou um grupo intersecretarial) Orçamento público da cultura de acordo com a PEC 150 (1%) Capacitação em Editais e Sistema de Cultura com o apoio do Ministério da Cultura - Minc 15

PROPOSTAS PRIORITÁRIAS

PROPOSTAS PRIORITÁRIAS PROPOSTAS PRIORITÁRIAS EIXO1: PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL SUB EIXO: 1.1 - Produção de Arte e Bens Simbólicos 1 - Implementar políticas de intercâmbio em nível regional, nacional e internacional

Leia mais

EIXO1: PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL

EIXO1: PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL PROPOSTAS PRIORITÁRIAS EIXO1: PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL SUB EIXO 1.1 - Produção de Arte e Bens Simbólicos - Implementar políticas de intercâmbio em nível regional, nacional e internacional,

Leia mais

PROJETO SEMANA CULTURA VIVA 10 ANOS DE CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL

PROJETO SEMANA CULTURA VIVA 10 ANOS DE CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL PROJETO SEMANA CULTURA VIVA 10 ANOS DE CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL Brasília, Novembro de 2014. APRESENTAÇÃO A primeira Semana

Leia mais

Política cultural: Brasil; SP; São Paulo

Política cultural: Brasil; SP; São Paulo Política cultural: Brasil; SP; São Paulo Antônio Eleilson Leite eleilsonleite@hotmail.com São Paulo, maio, 2014 Política cultural Nacional As três dimensões da cultura: simbólica, cidadã e econômica Fortalecimento

Leia mais

AÇÕES DO PLANO NACIONAL DE CULTURA. Número da ação

AÇÕES DO PLANO NACIONAL DE CULTURA. Número da ação Meta Número da ação 1.1.1; 1.1.2; 1.1.3; 1.1.4; 1.1.5; 1.1.7; 1.1.8; 1.1.9; 1.2.3; 1.3.1; 1.4.2; 1.5.1; 1.5.2; 1.6.5; 1.7.1; 1.7.2; 1.7.4; 1.10.1; 1.10.3; 5.1.1; 5.1.4; 5.4.1; 5.4.2; 5.4.3 e 5.4.4 1.1.1

Leia mais

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido.

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Criar novos mecanismos de intercâmbio e fortalecer os programas de intercâmbio já existentes,

Leia mais

Ação Orçamentária - Padronizada Setorial 14U2 - Implantação, Instalação e Modernização de Espaços e Equipamentos Culturais

Ação Orçamentária - Padronizada Setorial 14U2 - Implantação, Instalação e Modernização de Espaços e Equipamentos Culturais Momento do Tipo de Temático Macrodesafio Fortalecer a cidadania Eixo Desenvolvimento Social e Erradicação da Miséria Valor de Referência para Individualização de Projetos em Iniciativas Esferas Fiscal

Leia mais

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança PLANO SETORIAL DE DANÇA DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança MARÇO DE 2009 CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER A FUNÇÃO DO ESTADO

Leia mais

EIXO I GESTÃO CULTURAL DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA

EIXO I GESTÃO CULTURAL DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA PLANO MUNICIPAL DE CULTURA DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Comissão de Elaboração do Plano Municipal de Cultura: Anderson Beluzzo, Celso Peixoto, Dagma Castro, Elias Alcides Luciano, Guilhermina Stuker, João Alexandre

Leia mais

EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA

EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA APRESENTAÇÃO DOS 04 (QUATRO) EIXOS A SEREM DISCUTIDOS NA CONFERÊNCIA EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Foco Nacional: Impactos da Emenda Constitucional

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE CULTURA FLORIANÓPOLIS PMCF

PLANO MUNICIPAL DE CULTURA FLORIANÓPOLIS PMCF PLANO MUNICIPAL DE CULTURA DE FLORIANÓPOLIS PMCF Exposição de Motivos O Plano Municipal de Cultura de Florianópolis é o documento que fundamenta, regulamenta e orienta a proposição e execução de políticas

Leia mais

Esta publicação tem por objetivo apresentar o Programa Cultura Viva, de responsabilidade da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do

Esta publicação tem por objetivo apresentar o Programa Cultura Viva, de responsabilidade da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Esta publicação tem por objetivo apresentar o Programa Cultura Viva, de responsabilidade da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, de modo a facilitar sua compreensão

Leia mais

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI Secretaria de Articulação Institucional SAI Seminário Metas do Plano e dos Sistemas Municipal, Estadual e Nacional de Cultura Vitória-ES 05/Dez/2011 Secretaria de Articulação Institucional SAI A Construção

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCLUSÃO PLANO DE TRABALHO ACORDO DE COOPERAÇÃO FEDERATIVA MINISTÉRIO DA CULTURA E PREFEITURA DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS

RELATÓRIO DE CONCLUSÃO PLANO DE TRABALHO ACORDO DE COOPERAÇÃO FEDERATIVA MINISTÉRIO DA CULTURA E PREFEITURA DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS RELATÓRIO DE CONCLUSÃO PLANO DE TRABALHO ACORDO DE COOPERAÇÃO FEDERATIVA MINISTÉRIO DA CULTURA E PREFEITURA DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS Palmas/TO, setembro 2013 Relatório de conclusão: Plano

Leia mais

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI Secretaria de Articulação Institucional SAI O Processo de Construção do SNC Teresina-PI 04/Dez/2012 A Importância Estratégica do SNC Após os inúmeros avanços ocorridos nos últimos anos no campo da cultura

Leia mais

PLANO ESTADUAL DA CULTURA. Matriz Situacional da Cultura

PLANO ESTADUAL DA CULTURA. Matriz Situacional da Cultura PLANO ESTADUAL DA CULTURA Matriz Situacional da Cultura Fórum de Planejamento Regional Cidade Sede: Tubarão 27 e 28 de agosto de 2012 Priorização de Diretrizes e Ações Objetivo: Discussão da proposta de

Leia mais

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL Eixos Temáticos, Diretrizes e Ações Documento final do II Encontro Nacional de Educação Patrimonial (Ouro Preto - MG, 17 a 21 de julho

Leia mais

PLANO ESTADUAL DA CULTURA. Matriz Situacional da Cultura

PLANO ESTADUAL DA CULTURA. Matriz Situacional da Cultura PLANO ESTADUAL DA CULTURA Matriz Situacional da Cultura Fórum de Planejamento Regional Cidade Sede: Aranranguá 29 e 30 de agosto de 2012 Priorização de Diretrizes e Ações Objetivo: Discussão da proposta

Leia mais

Programa. orientações. Portal do Ministério da Cultura www.cultura.gov.br. Cultura Viva www.cultura.gov.br/culturaviva

Programa. orientações. Portal do Ministério da Cultura www.cultura.gov.br. Cultura Viva www.cultura.gov.br/culturaviva Programa Portal do Ministério da Cultura www.cultura.gov.br Cultura Viva www.cultura.gov.br/culturaviva orientações @DiversidadeMinC e @CulturaViva cidadaniaediversidade Secretaria da Cidadania e da Diversidade

Leia mais

DIRETRIZES E PROPOSTAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE CULTURA (2016-2025)

DIRETRIZES E PROPOSTAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE CULTURA (2016-2025) DIRETRIZES E PROPOSTAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE CULTURA (2016-2025) 1. GESTÃO E INSTITUCIONALIDADE DA CULTURA Diretriz: Fortalecimento, ampliação, aperfeiçoamento e valorização da gestão cultural,

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Processo de articulação, gestão, comunicação e de promoção conjunta de políticas públicas de cultura, mediante a pactuação federativa. Objetivo Geral do SNC Implementar políticas

Leia mais

II CONFERENCIA ESTADUAL DE CULTURA SANTA CATARINA COMITE EXECUTIVO ESTADUAL

II CONFERENCIA ESTADUAL DE CULTURA SANTA CATARINA COMITE EXECUTIVO ESTADUAL EIXO I - PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL Foco: produção de arte e de bens simbólicos, promoção de diálogos interculturais, formação no campo da cultura e democratização da informação. Produção

Leia mais

RELATÓRIO V CONFERÊNCIA DE CULTURA DE FLORIANÓPOLIS 02 a 04 de abril de 2014 Auditório da Assembleia Legislativa de Santa Catarina

RELATÓRIO V CONFERÊNCIA DE CULTURA DE FLORIANÓPOLIS 02 a 04 de abril de 2014 Auditório da Assembleia Legislativa de Santa Catarina RELATÓRIO V CONFERÊNCIA DE CULTURA DE FLORIANÓPOLIS a 04 de abril de 24 Auditório da Assembleia Legislativa de Santa Catarina A V Conferência Municipal de Cultura de Florianópolis, teve como objetivo dar

Leia mais

Propostas do Eixo IV

Propostas do Eixo IV Propostas do Eixo IV Proposta síntese Propostas específicas Zona Observações (remanejamento, contradições) 1 Apoio à reforma imediata da lei de direito autoral. Apoio à reforma imediata da lei de direito

Leia mais

1. II Conferência Nacional de Cultura II CNC e Pré-conferências setoriais

1. II Conferência Nacional de Cultura II CNC e Pré-conferências setoriais 1. II Conferência Nacional de Cultura II CNC e Pré-conferências setoriais Nos dias 11 a 14 de março, o Ministério da Cultura e seus órgãos vinculados realizarão II Conferência Nacional de Cultura (II CNC).

Leia mais

CULTURA OBJETIVOS E METAS

CULTURA OBJETIVOS E METAS CULTURA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração das políticas públicas na área de cultura com a participação de mais entidades e partidos políticos, via projetos e via mobilização

Leia mais

Propostas elaboradas pelos Grupos de Trabalho dos Subeixos. e referendadas pela Plenária Final em 21 de setembro de 2013.

Propostas elaboradas pelos Grupos de Trabalho dos Subeixos. e referendadas pela Plenária Final em 21 de setembro de 2013. Propostas elaboradas pelos Grupos de Trabalho dos Subeixos e referendadas pela Plenária Final em 21 de setembro de 2013. Eixo I: Implementação do Sistema Nacional de Cultura Subeixo 1.1.: Marcos Legais,

Leia mais

MINIFÓRUM CULTURA 10. Fórum Permanente para Elaboração do Plano Municipal de Cultura 2012 a 2022 RELATÓRIA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA

MINIFÓRUM CULTURA 10. Fórum Permanente para Elaboração do Plano Municipal de Cultura 2012 a 2022 RELATÓRIA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA MINIFÓRUM CULTURA 10 Fórum Permanente para Elaboração do Plano Municipal de Cultura 2012 a 2022 RELATÓRIA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA Orientação aprovada: Que a elaboração do Plano Municipal de Cultura considere

Leia mais

Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização

Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização Este documento apresenta os resultados dos debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Capoeira, Profissionalização e Internacionalização,

Leia mais

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus APRESENTAÇÃO Ao se propor a sistematização de uma política pública voltada para os museus brasileiros, a preocupação inicial do Ministério

Leia mais

Princípios ref. texto nº de votos N

Princípios ref. texto nº de votos N Princípios N G A E Estimular os processos de articulação de políticas públicas nos territórios, garantindo canais de diálogo entre os entes federativos, suas instituições e a sociedade civil. Desenvolvimento

Leia mais

ANEXO PLANO NACIONAL DE CULTURA: DIRETRIZES, ESTRATÉGIAS E AÇÕES CAPÍTULO I DO ESTADO

ANEXO PLANO NACIONAL DE CULTURA: DIRETRIZES, ESTRATÉGIAS E AÇÕES CAPÍTULO I DO ESTADO ANEXO PLANO NACIONAL DE CULTURA: DIRETRIZES, ESTRATÉGIAS E AÇÕES CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER A FUNÇÃO DO ESTADO NA INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS POLÍTICAS CULTURAIS INTENSIFICAR O PLANEJAMENTO DE PROGRAMAS

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

INSTITUI O PLANO MUNICIPAL DE CULTURA PMC, CRIA O SISTEMA MUNICIPAL DE INFORMAÇÕES E INDICADORES CULTURAIS SMIIC, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

INSTITUI O PLANO MUNICIPAL DE CULTURA PMC, CRIA O SISTEMA MUNICIPAL DE INFORMAÇÕES E INDICADORES CULTURAIS SMIIC, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. 28/07/2015 Lei Ordinária 3809 2015 de Balneário Camboriú SC www.leismunicipais.com.br LEI Nº 3809, DE 24 DE JULHO DE 2015. INSTITUI O PLANO MUNICIPAL DE CULTURA PMC, CRIA O SISTEMA MUNICIPAL DE INFORMAÇÕES

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

PLANO NACIONAL DE DANÇA

PLANO NACIONAL DE DANÇA PLANO NACIONAL DE DANÇA I APRESENTAÇÃO II - DIRETRIZES E AÇÕES II HISTÓRICO DO SETOR NO PAÍS III DIAGNOSE DE POTENCIAL E PONTOS CRÍTICOS DO SETOR IV DADOS DO SETOR PARA O SISTEMA DE INFORMAÇÕES E INDICADORES

Leia mais

Plenária: Conferência Estadual de Cultura,Vitória da Conquista, 30/11/2011 a 3/12/2011. Propostas Consensuais Para o Eixo: V.

Plenária: Conferência Estadual de Cultura,Vitória da Conquista, 30/11/2011 a 3/12/2011. Propostas Consensuais Para o Eixo: V. SUB-EIXO: DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL DA CULTURA PROJETO : 44 IMPLANTAÇÃO DE DIRETORIAS TERRITORIAIS DE CULTURA EM TODOS OS 26 TERRITÓRIOS DO ESTADO. GESTORES CULTURAIS, AGENTES CULTURAIS E EDUCACIONAIS;

Leia mais

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL Proposta I Fomentar a criação de grêmios estudantis, fóruns de juventude, diretórios centrais de estudantes,

Leia mais

JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS

JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS 1. Assegurar com políticas públicas e programas de financiamento o direito dos jovens índios, afrodescendentes, camponeses

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

Ministério da Cultura Estrutura Organizacional e Competências. Professor Francisco Carlos M. da Conceição

Ministério da Cultura Estrutura Organizacional e Competências. Professor Francisco Carlos M. da Conceição Ministério da Cultura Estrutura Organizacional e Competências Professor Francisco Carlos M. da Conceição DECRETO Nº 6.835, DE 30 DE ABRIL DE2009. Aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo

Leia mais

TEXTO-BASE PARA VALIDAÇÃO

TEXTO-BASE PARA VALIDAÇÃO TEXTO-BASE PARA VALIDAÇÃO O Plano Estadual de Cultura, um dos constituintes do Sistema Estadual de Cultura, tem como princípios: I. respeito aos direitos humanos; II. garantia do direito à criação, expressão

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia PORTARIA Nº 14/2009 Aprova o Regulamento da I Conferência Municipal de Cultura de Eunápolis-BA e dá outras providências. A SECRETÁRIA

Leia mais

Arquivos públicos municipais. Mais transparência pública, mais informação, mais memória e mais cidadania

Arquivos públicos municipais. Mais transparência pública, mais informação, mais memória e mais cidadania Arquivos públicos municipais Mais transparência pública, mais informação, mais memória e mais cidadania APRESENTAÇÃO Este documento tem como objetivo principal informar e sensibilizar as autoridades públicas

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014 COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014 Redação do vencido, para o turno suplementar, do Substitutivo do Senado ao Projeto de Lei da Câmara nº 90, de 2013 (nº 757, de 2011, na Casa de origem). A Comissão

Leia mais

PROGRAMA. Brasil, Gênero e Raça. Orientações Gerais

PROGRAMA. Brasil, Gênero e Raça. Orientações Gerais PROGRAMA Brasil, Gênero e Raça Orientações Gerais Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Trabalho e Emprego Luiz Marinho Secretário-Executivo Marco Antonio de Oliveira Secretário

Leia mais

COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016

COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016 COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016 ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL Implantar o Plano Diretor. Implantar o Orçamento participativo. Valorização pessoal do funcionário público municipal. Implantação

Leia mais

LEI DO SISTEMA MUNICIPAL DE CULTURA SMCULT

LEI DO SISTEMA MUNICIPAL DE CULTURA SMCULT LEI DO SISTEMA MUNICIPAL DE CULTURA SMCULT PROJETO DE LEI Nº, DE 2010 Dispõe sobre o Sistema Municipal de Cultura de Santa Maria- CMCULT, seus princípios, objetivos, estrutura, organização, gestão, interrelações

Leia mais

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA ANO. 2014 DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DA FEIRA - BAHIA A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. 1 LEI Nº 625/2014 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO

Leia mais

LEI N 1.488, DE 23 DE SETEMBRO DE 2015.

LEI N 1.488, DE 23 DE SETEMBRO DE 2015. LEI N 1.488, DE 23 DE SETEMBRO DE 2015. Institui o Plano Municipal de Cultura, e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SERRA TALHADA, Estado de Pernambuco Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

LEI Nº 12.343, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2010.

LEI Nº 12.343, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2010. LEI Nº 12.343, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2010. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.343, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2010. Mensagem de veto Institui o Plano Nacional de Cultura

Leia mais

RELATÓRIO DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS

RELATÓRIO DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS RELATÓRIO DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS 1 I - FICHA DE QUALIFICAÇÃO DO ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELO EVENTO: 1. ESTADO: SANTA CATARINA 2. MUNCÍPIO: FLORIANÓPOLIS 3. ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELO EVENTO

Leia mais

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas Programa 0166 Música e Artes Cênicas Objetivo Aumentar a produção e a difusão da música e das artes cênicas. Público Alvo Sociedade em geral Ações Orçamentárias Indicador(es) Número de Ações 7 Taxa de

Leia mais

Sensibilização e participação democrática

Sensibilização e participação democrática Sensibilização e participação democrática 40 41 Sensibilização e participação democrática Uma das condições do plano de cultura é que ele deve ser participativo. Isso quer dizer que ele deve ser elaborado

Leia mais

2ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (2ª CEC/RJ) SUBSÍDIO PARA O PLANO ESTADUAL DE CULTURA

2ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (2ª CEC/RJ) SUBSÍDIO PARA O PLANO ESTADUAL DE CULTURA 2ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (2ª CEC/RJ) SUBSÍDIO PARA O PLANO ESTADUAL DE CULTURA Propostas de âmbito estadual por eixo: 1 Produção Simbólica e Diversidade Cultural 1.1.

Leia mais

DESAFIOS, OBJETIVOS, ESTRATÉGIAS E AÇÕES.

DESAFIOS, OBJETIVOS, ESTRATÉGIAS E AÇÕES. DESAFIOS, OBJETIVOS, ESTRATÉGIAS E AÇÕES. A Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais e o Conselho Estadual de Política Cultural, por meio do Núcleo Técnico Executivo de Elaboração e Acompanhamento

Leia mais

VERSÃO FINAL DAS METAS DO PLANO NACIONAL DE CULTURA

VERSÃO FINAL DAS METAS DO PLANO NACIONAL DE CULTURA VERSÃO PARA APROVAÇÃO DO CNPC VERSÃO FINAL DAS METAS DO PLANO NACIONAL DE CULTURA Baseada na Consulta Pública, nas recomendações da Oficina de Elaboração da Segunda Versão das Metas do PNC e nos pareceres

Leia mais

Anexo PROPOSTA DOCUMENTO BASE. Versão Consulta Pública SISTEMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - SINAPIR

Anexo PROPOSTA DOCUMENTO BASE. Versão Consulta Pública SISTEMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - SINAPIR 1 Anexo PROPOSTA DOCUMENTO BASE Versão Consulta Pública SISTEMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - SINAPIR A Definição e organização do sistema: 1 O Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial

Leia mais

1. Implementação do Sistema Nacional de Cultura.

1. Implementação do Sistema Nacional de Cultura. 1. Implementação do Sistema Nacional de Cultura. 1.1 Marcos Legais, Participação e Controle Social e Funcionamento dos Sistemas Municipais, Estaduais/Distrito Federal e Setoriais de Cultura, de acordo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 14.663, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2014. (publicada no DOE n.º 253, de 31 de dezembro de 2014) Institui a Política

Leia mais

RESULTADO DA PLENÁRIA FINAL DA III CNC DE EIXO 1 - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA

RESULTADO DA PLENÁRIA FINAL DA III CNC DE EIXO 1 - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA RESULTADO DA PLENÁRIA FINAL DA III CNC DE EIXO 1 - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA PROPOSTAS PRIORIZADAS: 1ª) Proposta 1.11. Que o Congresso Nacional aprove com urgência a PEC 150, realizando

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS PARÁ

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS PARÁ PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS PARÁ Objetivo 1 - Garantir ações de enfrentamento do HIV/DST/aids para gays, outros HSH e travestis, do ponto

Leia mais

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL Semana Cidades Catraca Livre: Cultura e Educação São Paulo, junho de 2010 AGENDA A B C PRODUÇÃO X ACESSO À CULTURA PROJETOS CULTURAIS ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS

Leia mais

SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010

SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010 SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010 1 ATRAÇÃO DE RECURSOS ATRAÇÃO DE RECURSOS TRANSFORMAR DESPESA EM INVESTIMENTO A LEI DO ICMS ESTRUTURAÇÃO Superintendência específica Parceria SEFAZ

Leia mais

GUIA DE ARGUMENTOS DE VENDAS

GUIA DE ARGUMENTOS DE VENDAS GUIA DE ARGUMENTOS DE VENDAS O Plano Diretor é uma lei municipal que estabelece diretrizes para a ocupação da cidade. Ele deve identificar e analisar as características físicas, as atividades predominantes

Leia mais

Mais Cultura nas Escolas

Mais Cultura nas Escolas Mais Cultura nas Escolas O que é o Programa Mais Cultura nas Escolas? Projeto Andarilha das Letras, Circulação Literária/ FUNARTE É o encontro de projetos pedagógicos de escolas da rede pública com experiências

Leia mais

PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EIXO 1 Processo Histórico da Participação Popular no País: nossa cidade e territórios em movimento; Trajetória e

Leia mais

Secretaria de Estado da Cultura

Secretaria de Estado da Cultura Secretaria de Estado da Cultura UPPM Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico GTC SISEM-SP Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus de São Paulo MUSEUS E PATRIMÔNIO Os museus

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 5.575, DE 2013 (Do Sr. Giovani Cherini)

PROJETO DE LEI N.º 5.575, DE 2013 (Do Sr. Giovani Cherini) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 5.575, DE 2013 (Do Sr. Giovani Cherini) Dispõe sobre a regulamentação da profissão de Produtor Cultural, Esportivo e de Ações Sociais. DESPACHO: ÀS COMISSÕES DE:

Leia mais

Eixo I - Produção Simbólica e Diversidade Cultural

Eixo I - Produção Simbólica e Diversidade Cultural Consolidação das Propostas de Estratégias Âmbito Nacional Eixo I - Produção Simbólica e Diversidade Cultural 1.1. Regulamentar a relação entre a produção de conteúdo independente e o sistema de comunicação.

Leia mais

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador MOZARILDO CAVALCANTI I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador MOZARILDO CAVALCANTI I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2012 Da COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES, sobre o Projeto de Lei da Câmara nº 65, de 2012 (Projeto de Lei nº 1.263, de 2003, na origem), de autoria do Deputado Leonardo Monteiro,

Leia mais

PROAC PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL

PROAC PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL PROAC PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL Permite o apoio financeiro a projetos culturais credenciados pela Secretaria de Cultura de São Paulo, alcançando todo o estado. Segundo a Secretaria, o Proac visa a: Apoiar

Leia mais

Com relação aos Compromissos Nacionais

Com relação aos Compromissos Nacionais Plano de Ação México Com relação aos Compromissos Nacionais 1. Nos último anos, o Ministério da Cultura do Brasil (MinC) vem debatendo com especial ênfase o impacto econômico propiciado pela música na

Leia mais

CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA: Construindo o Plano de Cultura para a cidade de Belo Horizonte

CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA: Construindo o Plano de Cultura para a cidade de Belo Horizonte CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA: Construindo o Plano de Cultura para a cidade de Belo Horizonte PLANO MUNICIPAL DE CULTURA DE BELO HORIZONTE 2014-2023* Caderno de Propostas: Metas e Ações *O período de

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ANEXO 1

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ANEXO 1 MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ANEXO 1 EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA Nº 03, DE 3 DE JULHO DE 2015. CULTURA DE REDES PREMIAÇÃO A REDES CULTURAIS

Leia mais

Como arte e criatividade podem ser ferramentas de desenvolvimento local

Como arte e criatividade podem ser ferramentas de desenvolvimento local Como arte e criatividade podem ser ferramentas de desenvolvimento local A maior parte do dinheiro público investido em cultura no país vem das prefeituras, como mostrou o IBGE na pesquisa MUNIC. Essas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA PROGRAMA Nº- 042 PALCO SOBRE RODAS Projeto inspirado no clássico modelo de teatro itinerante, através da montagem de um palco móvel que percorre os bairros da cidade, levando cultura. Levar o Palco sobre

Leia mais

BIBLIOTECAS PÚBLICAS

BIBLIOTECAS PÚBLICAS EDITAL DE FORTALECIMENTO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA (SNC) 2014 BIBLIOTECAS PÚBLICAS Orientações aos Sistemas Estaduais de Bibliotecas Públicas (SEBPs) integrantes do SNC O que é o Sistema Nacional

Leia mais

1 de 9 ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META

1 de 9 ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META S AO PLN0002 / 2006 - LDO Página: 2355 de 2392 1 de 9 ESPELHO DE S DE AUTOR DA 27 Valorizar a diversidade das expressões culturais nacionais e regionais 1141 Cultura, Educação e Cidadania 5104 Instalação

Leia mais

Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites

Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites Apoio: Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS Secretaria de Estado da Saúde VULNERABILIDADE DA POPULAÇÃO

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR EM PATRIMÔNIO, DIREITOS CULTURAIS E CIDADANIA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR EM PATRIMÔNIO, DIREITOS CULTURAIS E CIDADANIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO NÚCLEO INTERDISCIPLINAR DE ESTUDOS E PESQUISAS EM DIREITOS HUMANOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR

Leia mais

FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei: TÍTULO I

FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei: TÍTULO I P. L. Nº, DE DE 2014 Institui o Sistema Estadual de Cultura do Rio de Janeiro, o Programa Estadual de Fomento e Incentivo a Cultura, e apresenta como anexo único as diretrizes e estratégias do Plano Estadual

Leia mais

PRÉ-CONFERÊNCIAS SETORIAIS DE CULTURA ESTRATÉGIAS PRIORITÁRIAS

PRÉ-CONFERÊNCIAS SETORIAIS DE CULTURA ESTRATÉGIAS PRIORITÁRIAS PRÉ-CONFERÊNCIAS SETORIAIS DE CULTURA ESTRATÉGIAS PRIORITÁRIAS 1 EIXO 1: PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL ARTESANATO Criar edital específico de fomento ao artesanato, regionalizando de forma a

Leia mais

Diretriz 1. Criar e desenvolver um Censo Geral da Cultura

Diretriz 1. Criar e desenvolver um Censo Geral da Cultura Diretriz 1. Criar e desenvolver um Censo Geral da Cultura Meta 1.1 Levantar e catalogar anualmente, dados e informações acerca da diversidade cultural, do município de Paranaguá; identificar a vocação

Leia mais

As metas do Plano Nacional de Cultura

As metas do Plano Nacional de Cultura As metas do Plano Nacional de Cultura PRESIDENTA DA REPÚBLICA Dilma Rousseff VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA Michel Temer MINISTRA DE ESTADO DA CULTURA Ana de Hollanda CHEFE DE GABINETE Maristela Rangel SECRETÁRIO-EXECUTIVO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 282/2013 Poder Executivo CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI Nº 282/2013 Poder Executivo CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DIÁRIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Porto Alegre, quarta-feira, 23 de outubro de 2013. PRO 1 PROJETO DE LEI Nº 282/2013 Poder Executivo Institui o Plano Estadual de Cultura do Estado do Rio Grande

Leia mais

As metas do Plano Nacional de Cultura

As metas do Plano Nacional de Cultura As metas do Plano Nacional de Cultura As metas do Plano Nacional de Cultura As metas do Plano Nacional de Cultura Janeiro de 2013-2ª edição EQUIPE DA SECRETARIA DE POLÍTICAS CULTURAIS / ministério DA cultura

Leia mais

EIXO 02 Uso sustentável das áreas protegidas

EIXO 02 Uso sustentável das áreas protegidas EIXO 02 Uso sustentável das áreas protegidas 1 OBJETIVOS DA OFICINA 1. Apresentar a Estrutura da Agenda Regionais e das Agendas Municipais 2. Apresentar o Objetivo geral do Eixo 3. Apresentar as Diretrizes

Leia mais

Regimento Interno CAPÍTULO PRIMEIRO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Regimento Interno CAPÍTULO PRIMEIRO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Regimento Interno CAPÍTULO PRIMEIRO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º As atividades culturais e artísticas desenvolvidas pela POIESIS reger-se-ão pelas normas deste Regimento Interno e pelas demais disposições

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - ES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Introdução O Programa Municipal de Educação Ambiental estabelece diretrizes, objetivos, potenciais participantes, linhas

Leia mais

IX Conferência Nacional de Assistência Social. Orientações para a realização das Conferências Municipais de Assistência Social

IX Conferência Nacional de Assistência Social. Orientações para a realização das Conferências Municipais de Assistência Social IX Conferência Nacional de Assistência Social Orientações para a realização das Conferências Municipais de Assistência Social Programação da conferência poderá incluir: 1. Momento de Abertura, que contará

Leia mais

FUNDAÇÃO CULTURAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ PRÉ CONFERÊNCIA MUNICIPAL - Data 29 de junho de 2013 Local CEM Vereador Santa

FUNDAÇÃO CULTURAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ PRÉ CONFERÊNCIA MUNICIPAL - Data 29 de junho de 2013 Local CEM Vereador Santa 1 FUNDAÇÃO CULTURAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ PRÉ CONFERÊNCIA MUNICIPAL - Data 29 de junho de 2013 Local CEM Vereador Santa TEXTO PRODUZIDO NA PRÉ-CONFERÊNCIA POR SETORIAL Eixo 1. Implementação do Sistema

Leia mais

Geração de Oportunidades. para a Inclusão. O que é. Importância. Objetivo. Como funciona

Geração de Oportunidades. para a Inclusão. O que é. Importância. Objetivo. Como funciona 4 112 O que é A articulação para a inclusão busca organizar a intervenção direta dos governos e a apoiar projetos desenvolvidos por estados, Distrito Federal e municípios que gerem oportunidades de inclusão

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO Ações de Inclusão Social e de Combate à Pobreza Modelo Próprio de Desenvolvimento Infra-estrutura para o Desenvolvimento Descentralizado Transparência na Gestão

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 096

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 096 Eventos Culturais PROGRAMA Nº - 096 Levar cultura à população através de shows musicais, espetáculos teatrais, poesia, oficinas de teatro, música, artesanato, artes plásticas e outros. Contratar empresas

Leia mais

Propostas para o plano de governo na área da cultura 1

Propostas para o plano de governo na área da cultura 1 Propostas para o plano de governo na área da cultura 1 Contextualização A cultura, como política pública, historicamente, foi relegada à plano inferior pelos governos brasileiros. O governo Lula, no entanto,

Leia mais

Conferencia Nacional de Cultura. Conferência Municipal de Cultura. Objetivos

Conferencia Nacional de Cultura. Conferência Municipal de Cultura. Objetivos Conferencia Nacional de Cultura A Conferência Nacional de Cultura é o grande espaço disponibilizado pelo ministério da Cultura (MINC) para viabilizar o diálogo entre o governo e a sociedade civil, com

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA E EDUCAÇÃO

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA E EDUCAÇÃO CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA E EDUCAÇÃO Este documento apresenta os resultados dos debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Capoeira e Educação, do 1º Encontro Regional do Programa Nacional de Salvaguarda

Leia mais

Guia para Boas Práticas

Guia para Boas Práticas Responsabilidade Social Guia para Boas Práticas O destino certo para seu imposto Leis de Incentivo Fiscal As Leis de Incentivo Fiscal são fruto da renúncia fiscal das autoridades públicas federais, estaduais

Leia mais