VITOR, LUCÉLIA WIKBOLDT, NATANIEL AFONSO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTAS DE DIAGNÓSTICOS HIREN S CD

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VITOR, LUCÉLIA WIKBOLDT, NATANIEL AFONSO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTAS DE DIAGNÓSTICOS HIREN S CD"

Transcrição

1 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática JOÃO VITOR, LUCÉLIA WIKBOLDT, NATANIEL AFONSO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTAS DE DIAGNÓSTICOS HIREN S CD Pelotas 2013

2 JOÃO VITOR, LUCÉLIA WIKBOLDT, NATANIEL AFONSO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTAS DE DIAGNÓSTICOS HIREN S CD Relatório Técnico apresentado como requisito parcial para obtenção de aprovação na disciplina de Montagem e Manutenção de Hardware, no curso Técnico em Informática, na E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico. Prof. Nataniel Vieira Pelotas 2013

3 RESUMO Alguns técnicos ou simples usuários tem dificuldades em diagnosticar possíveis problemas no hardware de suas máquinas, com o Harin's CD você tem diversas ferramentas para gerar diagnósticos ao seu hardware e prestar manutenção tendo em vista o bom funcionamento da máquina. Assim este relatório técnico tem como objetivo explicar algumas ferramentas do Harin's CD que solucionam diversos problemas tais como Kon Boot que quebra a senha de administradores tanto no Windows quanto no Linux, Shutdown que é um comando do Linux e tem diversas funcionalidades dentro do sistema operacional, Parted Magic que é em formato de sistema operacional e tem suas ferramentas e funções voltadas para HD, o Mentest86 que é uma ferramenta para teste de memória, o Mini Windows XP que permite que você de suporte a sua máquina além de recuperar arquivos quando o sistema operacional não der boot, com sua interface idêntica a do Windows XP, o Gparted uma ferramenta totalmente voltada para manupulação de HD's onde você pode organizar, zerar, criar, destruir, redimensionar, mover, copiar, espelhar, reorganizar o espaço utilizado.

4 Sumário 2 KON BOOT PARTED MAGIC SHUTDOWN MENTEST GPARTED MINI WINDOWS XP...10 CONCLUSÕES...11 BIBLIOGRAFIA...12

5 2 KON BOOT É uma ótima ferramenta para técnicos que trabalham com manutenção de computadores e tem problemas com a senha de entrada dos sistemas operacionais. Com ele, você tem acesso aos arquivos e configurações de qualquer usuário, no Windows ou no Linux, sem ter que digitar um password para isso. Com o seu funcionamento iniciado durante o carregamento da máquina, o Kon-Boot é uma ótima ferramenta quando há algum problema no computador e você precisa salvar arquivos no disco rígido, mas utiliza alguma senha para proteger o acesso ao seu usuário. Apesar de não apresentar uma interface gráfica muito agradável, não há qualquer dificuldade em utilizar esta ferramenta. Fonte:

6 O processo não altera, modifica ou apaga a senha do usuário, ele simplesmente ignora, modificando temporariamente o kernel Fonte:

7 3 PARTED MAGIC É uma ferramenta baseada em Linux criada especialmente para lidar com partições. Com ela você realiza dezenas de ações úteis em seu HD, desde uma simples formatação até a utilização de ferramentas complexas para discos. O sistema operacional Parted Magic emprega alguns programas principais do GParted e do Parted para lidar com tarefas de partição de discos. Ele inclui também alguns aplicativos bastante interessantes relacionados ao tema: Partimage, TestDisk, Truecrypt, G4l e outros. Há uma vasta gama de ferramentas de sistema incorporadas ao aplicativo, o que permite que ele lide com os seguintes formatos de dados: ext2, ext3, ext4, fat16, fat32, hfs, hfs+, jfs, linuxswap, ntfs, reiserfs, reiser4, and xfs. Fonte:

8 4 SHUTDOWN É um comando do Sistema Operacional Linux que permite diversas formas de desligar uma máquina de forma segura tendo em vista que cada uma destas formas pode se adequar a um determinado momento. Com os comandos Shutdown pode-se determinar um certo tempo para qual o usuário quer que a máquina continue ligada ou a mesma reinicie, por exemplo: digite shutdown -r +10 e o sistema irá reiniciar daqui a 10 minutos. O comando shutdown -r now reinicia o computador, shutdown -H desliga o computador. Por ser uma linha de comando o shutdown só pode ser executado no Linux no terminal. Fonte:

9 5 MENTEST86 Entre os milhares de bits de memória RAM que nossa máquina conta, se um único setor estiver danificado, o funcionamento de todo o computador é comprometido, Memtest86+ permite que qualquer um verifique a integridade da memória RAM. Fonte: É baseado em Linux e deve ser aplicado antes da inicialização. Ele executa uma grande variedade de testes em cada um dos setores da memória. Recomenda-se repetir o teste por algumas vezes, pois um defeito nem sempre aparece na primeira vez.

10 6 GPARTED O disco rígido geralmente é subdividido em uma ou mais partições, que normalmente não são dimensionáveis. O Gparted ou Gnome Partition Editor permite que você organize suas partições de uma maneira que preserve seu conteúdo. Quando gravamos um arquivo em nossos computadores, esses arquivos nem sempre encontram um espaço contínuo no HD para se fixar. Dessa forma, este é um dos problemas de redimensionar uma partição: você pode separar um arquivo, sem saber, e acabar corrompendo-o. Por isso existem os desfragmentadores de disco, que reorganizam os arquivos dispondo-os no HD de uma maneira na qual as partes de um mesmo arquivo permaneçam juntas. Esse processo diminui a ocorrência de perdas durante um redimensionamento. GParted é um editor do Gnome usado para manipular as partições do HD de maneira fácil e rápida. Com ele você pode criar, destruir, redimensionar, mover, copiar, espelhar, reorganizar o espaço utilizado e ainda liberar espaço para novos sistemas operacionais. Fonte:

11 7 MINI WINDOWS XP Um dos destaques do Hiren s BootCD são os minissistemas operacionais contidos nele. Dentro do disco, é possível encontrar os Windows 98 e XP em versões menores, prontas para serem rodadas diretamente do drive. Fonte: Apesar de não possuir muitos recursos e, obviamente, não ser indicada para uso cotidiano, esse tipo de funcionalidade é essencial para a utilização do Hiren s BootCD. Caso o sistema operacional da máquina esteja corrompido, a versão mini será responsável pelo acesso aos aplicativos do disco, e permitirá que o usuário tente recuperar o PC.

12 CONCLUSÕES Com este relatório concluímos que o Hirens Boot CD é uma ferramenta de extrema importância para profissionais que trabalham com manutenção em Hardware tendo em vista que o Hirens Boot proporciona de diversos diagnósticos tanto para memória, quanto para HD e diversas outras funções facilitando assim o trabalho do técnico no dia a dia que da suporte a várias maquinas que podem conter diversos problemas.

13 BIBLIOGRAFIA Kon Boot. Disponível em: Acessado em Parted Magic. Disponível em: Acessado em: Shutdown. Disponível em: Acessado: Memtest86. Disponível em: Acessado em: Gparted. Disponível em: Acessado em: Mini Windows XP. Disponível em: Acessado em:

EDUARDO DUARTE, LUCAS MAIA. RELATÓRIO FINAL DE PROJETO MONTAGEM E MANUNTEÇÃO HARDWARE

EDUARDO DUARTE, LUCAS MAIA. RELATÓRIO FINAL DE PROJETO MONTAGEM E MANUNTEÇÃO HARDWARE Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática EDUARDO DUARTE, LUCAS MAIA. RELATÓRIO

Leia mais

LUCAS DA SILVA, LUCAS TUCHTENHAGEN, LUCAS NUNES HIREN S BOOT CD

LUCAS DA SILVA, LUCAS TUCHTENHAGEN, LUCAS NUNES HIREN S BOOT CD Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática LUCAS DA SILVA, LUCAS TUCHTENHAGEN,

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática DRIELE ALVARO,LUCAS ROBLEDO,NATACHA

Leia mais

DUTRA, JULIE ANNE SOARES, RAQUEL FURTADO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTA DE DIAGNÓSTICO

DUTRA, JULIE ANNE SOARES, RAQUEL FURTADO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTA DE DIAGNÓSTICO Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática DONAVAN DUTRA, JULIE ANNE SOARES, RAQUEL

Leia mais

RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN DE LIMA, TAMIRES RODRIGUES FERREIRA

RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN DE LIMA, TAMIRES RODRIGUES FERREIRA Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática FRANCIS RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 GDU-FAMELIX e-mail: manuais@fameg.edu.br FACULDADE METROPOLITANA DE GUARAMIRIM MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 Este manual tem

Leia mais

Recuperando o GRUB após instalação do Windows

Recuperando o GRUB após instalação do Windows Recuperando o GRUB após instalação do Windows PET Engenharia de Computação - http://www.inf.ufes.br/~pet 1 Instruções iniciais Para efetuar as configurações a seguir talvez precisaremos executar comandos

Leia mais

BASÍLIO, LARISSA PIZARRO, MICAELA OLIVEIRA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTAS DE DIAGNÓSTICO

BASÍLIO, LARISSA PIZARRO, MICAELA OLIVEIRA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO FERRAMENTAS DE DIAGNÓSTICO Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática IGOR BASÍLIO, LARISSA PIZARRO, MICAELA

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

FAT32 ou NTFS, qual o melhor?

FAT32 ou NTFS, qual o melhor? FAT32 ou NTFS, qual o melhor? Entenda quais as principais diferenças entre eles e qual a melhor escolha O que é um sistema de arquivos? O conceito mais importante sobre este assunto, sem sombra de dúvidas,

Leia mais

Jefferson dos Anjos; Otavio silva; Ítalo Gonçalves

Jefferson dos Anjos; Otavio silva; Ítalo Gonçalves Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática Jefferson dos Anjos; Otavio silva;

Leia mais

MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES II

MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES II MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES II Introdução Muitos itens de hardware possuem ferramentas de manutenção que podem ser acionadas via software Ações comuns que um software pode executar para melhorar o desempenho

Leia mais

Jackson Barbosa de Azevedo

Jackson Barbosa de Azevedo <jacksonbazevedo@hotmail.com> Autor: Jackson Barbosa de Azevedo Revisores: Aecio Pires 1 Conteúdo Sobre o OpenSUSE... 3 Procedimento de Instalação... 3 Preparando a Instalação do

Leia mais

Considerações sobre o Disaster Recovery

Considerações sobre o Disaster Recovery Considerações sobre o Disaster Recovery I M P O R T A N T E O backup completo para Disaster Recovery não dispensa o uso de outros tipos de trabalhos de backup para garantir a integridadedo sistema. No

Leia mais

SISTEMAS DE ARQUIVOS Sistemas operacionais

SISTEMAS DE ARQUIVOS Sistemas operacionais Técnico em Informática SISTEMAS DE ARQUIVOS Sistemas operacionais Professor Airton Ribeiro de Sousa Sistemas operacionais Sistema de Arquivos pode ser definido como uma estrutura que indica como os dados

Leia mais

RECUPERANDO DADOS COM REDO BACKUP E RECOVERY

RECUPERANDO DADOS COM REDO BACKUP E RECOVERY RECUPERANDO DADOS COM REDO BACKUP E RECOVERY Redo Backup é um programa para a recuperação de arquivos e discos rígidos danificados. Com ele você dispõe de um sistema completo para resolver diversos problemas

Leia mais

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com L I N2 U0 X0 9 Manual de Instalação do Linux Educacional 3.0 Por: Rafael Nink de Carvalho ü Configurando o SETUP do computador ü Rodando a versão Live CD ü Instalando o Linux www.linuxeducacional.com Educacional

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

Capacidade = 512 x 300 x 20000 x 2 x 5 = 30.720.000.000 30,72 GB

Capacidade = 512 x 300 x 20000 x 2 x 5 = 30.720.000.000 30,72 GB Calculando a capacidade de disco: Capacidade = (# bytes/setor) x (méd. # setores/trilha) x (# trilhas/superfície) x (# superfícies/prato) x (# pratos/disco) Exemplo 01: 512 bytes/setor 300 setores/trilha

Leia mais

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014.

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. Manual de Instalação Windows XP Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. 1 SUMÁRIO OBJETIVO DO MANUAL:...03 REQUISITOS MÍNIMOS:...03 PROCESSO DE INSTALAÇÃO:...04 3.1 Documentos

Leia mais

SOUZA, NATHAN BORGES, TAIS OTT RELATÓRIO SOBRE FERRAMENTAS DE DIAGNOSTICOS ERD COMMANDER

SOUZA, NATHAN BORGES, TAIS OTT RELATÓRIO SOBRE FERRAMENTAS DE DIAGNOSTICOS ERD COMMANDER Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática LEIDIANE SOUZA, NATHAN BORGES, TAIS

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA

INTRODUÇÃO AO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Nome do Software: Guarux Versão do Software: Guarux Educacional 4.0 INTRODUÇÃO AO SISTEMA O Guarux Educacional 4.0 é uma distribuição idealizada pela

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO SEMINÁRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO SEMINÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO SEMINÁRIO JOURNALING FILESYSTEMS Seminário com o tema Journaling FileSystems

Leia mais

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS Foram reservados intervalos de endereços IP para serem utilizados exclusivamente em redes privadas, como é o caso das redes locais e Intranets. Esses endereços não devem ser

Leia mais

09a: Máquina Virtual Particionamento Sistemas de Arquivos. ICO60801 2014/2 Professores: Bruno Fontana da Silva Maria Cláudia de Almeida Castro

09a: Máquina Virtual Particionamento Sistemas de Arquivos. ICO60801 2014/2 Professores: Bruno Fontana da Silva Maria Cláudia de Almeida Castro 09a: Máquina Virtual Particionamento Sistemas de Arquivos ICO60801 2014/2 Professores: Bruno Fontana da Silva Maria Cláudia de Almeida Castro PARTICIONAMENTO Particionamento e Sistema de Arquivos Divisão

Leia mais

Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20

Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20 Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20 Tutorial para particionamento, instalação do Kurumin GNU/Linux 6.0 e configuração de boot loader. Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 2/20 Introdução... 3 Requisitos... 4

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Sistemas de Informação. Sistemas Operacionais 4º Período

Sistemas de Informação. Sistemas Operacionais 4º Período Sistemas de Informação Sistemas Operacionais 4º Período SISTEMA DE ARQUIVOS SUMÁRIO 7. SISTEMA DE ARQUIVOS: 7.1 Introdução; 7.2 s; 7.3 Diretórios; 7.4 Gerência de Espaço Livre em Disco; 7.5 Gerência de

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ESTRUTURA DE DIRETÓRIOS LINUX... 3 SISTEMA DE ARQUIVOS E PARTICIONAMENTO...

Leia mais

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3 Cesar Kállas - cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 3 Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3 O HD tem espaço livre não particionado...3

Leia mais

Instalação do Metamorphose Linux

Instalação do Metamorphose Linux Instalação do Metamorphose Linux Gravação da Midia Evite gravar o Metamorphose Linux em mídias (DVD-R) de baixa qualidade ou em mídias regraváveis (DVD-RW). Elas apresentam um elevado índice de erros de

Leia mais

Gravação da Midia MD5SUM

Gravação da Midia MD5SUM Gravação da Midia Evite gravar o Metamorphose Linux em mídias (DVD-R) de baixa qualidade ou em mídias regraváveis (DVD-RW). Elas apresentam um elevado índice de erros de leitura, fazendo com que, em muitos

Leia mais

Aula 01 Visão Geral do Linux

Aula 01 Visão Geral do Linux Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Administração de Redes de Computadores Aula 01 Visão Geral do Linux Prof. Gustavo Medeiros de Araujo Profa.

Leia mais

Introdução à Computação: Sistemas de Computação

Introdução à Computação: Sistemas de Computação Introdução à Computação: Sistemas de Computação Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Programa de aplicação de segurança LOCK Manual do usuário V2.22-T05

Programa de aplicação de segurança LOCK Manual do usuário V2.22-T05 Programa de aplicação de segurança LOCK Manual do usuário V2.22-T05 Índice A. Introdução...2 B. Descrição Geral...2 C. Recursos...3 D. Antes de usar o programa de aplicação de segurança Flashlock...4 E.

Leia mais

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves 1 Introdução ao Linux e Instalação do Ubuntu Linux História Em 1973, um pesquisador da Bell Labs, Dennis Ritchie, reescreveu todo o sistema Unix numa

Leia mais

Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04

Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04 Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04 Autor: Aécio Pires João Pessoa-PB FLISOL Patos - UFCG 2012 1 Guia de instalação e configuração do Ubuntu 12.04 LTS Sumário SUMÁRIO...

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

Avira Free Antivírus

Avira Free Antivírus Escola de Educação Profissional SENAC Pelotas-Centro Histórico Curso Técnico em Informática Leandro Stein Turma 2 Professor Nataniel Vieira Avira Free Antivírus Pelotas/RS 2013 AVIRA O Avira free Antivírus

Leia mais

Máquinas Virtuais com o VirtualBox

Máquinas Virtuais com o VirtualBox Máquinas Virtuais com o VirtualBox Marcos Elias Picão www.explorando.com.br No exemplo: Windows XP dentro do Windows 7 Você pode compartilhar livremente sem interesses comerciais, desde que não modifique.

Leia mais

Neste tutorial é utilizado o CD Bootavel chamado Hiren s BootCD (http://www.hiren.info/pages/bootcd).

Neste tutorial é utilizado o CD Bootavel chamado Hiren s BootCD (http://www.hiren.info/pages/bootcd). 1 Tutorial Norton Ghost Restauração Backup Imagem para Disco / PirocaHP Neste tutorial é utilizado o CD Bootavel chamado Hiren s BootCD (http://www.hiren.info/pages/bootcd). 1. O Bios do PC deve estar

Leia mais

Admistração de Redes de Computadores (ARC)

Admistração de Redes de Computadores (ARC) Admistração de Redes de Computadores (ARC) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Campus São José Prof. Glauco Cardozo glauco.cardozo@ifsc.edu.br RAID é a sigla para Redundant

Leia mais

1 Como seu Cérebro Funciona?

1 Como seu Cérebro Funciona? 1 Como seu Cérebro Funciona? UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC) O cérebro humano é capaz de processar as informações recebidas pelos cinco sentidos, analisá-las com base em uma vida inteira de experiências,

Leia mais

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br Virtual Box Guia De Instalação E Utilização 1 Sumário Instalação do Linux Ubuntu através de um gerenciador de Máquinas Virtuais 1.1 Introdução, 3 1.2 Instalação do Virtual Box, 3 1.3 Configuração do Virtual

Leia mais

Faculdades Senac Pelotas

Faculdades Senac Pelotas Faculdades Senac Pelotas Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Introdução a informática Alunos Daniel Ferreira, Ícaro T. Vieira, Licurgo Nunes Atividade 4 Tipos de Arquivos Sumário 1 Tipos

Leia mais

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre 22:59:36 Introdução à Informática com Software Livre 1 22:59:36 O Debian é uma distribuição GNU/Linux desenvolvida abertamente por um grupo mundial de voluntários, no esforço de se produzir um sistema

Leia mais

Gabarito comentado de informática Prova TRT 4 Tipo 003 - Técnico Judiciário - Área Adm. Aplicada em 13/09/15

Gabarito comentado de informática Prova TRT 4 Tipo 003 - Técnico Judiciário - Área Adm. Aplicada em 13/09/15 Gabarito comentado de informática Prova TRT 4 Tipo 003 - Técnico Judiciário - Área Adm. Aplicada em 13/09/15 Comentários Gerais: A prova foi puxada para um usuário comum e principalmente para a proposta

Leia mais

Tutorial de Instalação C3SL

Tutorial de Instalação C3SL Tutorial de Instalação C3SL 1 / 27 Tutorial de Instalação Linux Educacional Este tutorial tem como objetivo auxiliar na instalação do sistema operacional Linux Educacional - versão 5.0. Aqui, são descritos

Leia mais

Sistema de Arquivos do Windows

Sistema de Arquivos do Windows Registro mestre de inicialização (MBR) A trilha zero do HD, onde ficam guardadas as informações sobre o(s) sistema(s) operacionais instalados. Onde começa o processo de inicialização do Sistema Operacional.

Leia mais

Introdução. O Windows Server 2003 está dividido em quatro versões:

Introdução. O Windows Server 2003 está dividido em quatro versões: Introdução Este é um tutorial de como Instalar o Windows Server 2003, este é o primeiro de alguns tutoriais que farei para ambientes de servidores Windows. A instalação do Windows Server 2003 segue o mesmo

Leia mais

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 OBJETIVO Conhecer as funcionalidades do software VMware Player implantando o sistema operacional Windows 7 e trabalhando em algumas ferramentas nativas

Leia mais

Fundamentos de Hardware Aula 3 - Software

Fundamentos de Hardware Aula 3 - Software Fundamentos de Hardware Aula 3 - Software Informática Setembro/2014 Roteiro Apresentação. BIOS Softwares de Manutenção Drivers. Sistemas Operacionais. Tema da Apresentação 15 de março de 2015 2 Apresentação

Leia mais

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO.

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. 1 - Qual arquitetura devo usar para instalar no meu computador, 32bits ou 64bits? a) Simplificando bastante para ter uma opção viável,

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

Quando o PC for iniciado aparecerá uma tela com: Pressione enter para iniciar do CD ou algo parecido,

Quando o PC for iniciado aparecerá uma tela com: Pressione enter para iniciar do CD ou algo parecido, 1 de 17 4/5/2011 15:09 Configure o 1º boot da sua placa-mãe como sendo o CD-ROM, o setup vai depender do fabricante e modelo da mobo para configurar aperte DEL e procure pelas configurações de boot. Aperte

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Configurando e Implantando o Windows Server 2003 Fabricio Breve Requisitos de Hardware de Sistema Processador Mínimo: 266 MHz Mínimo ideal:

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Gerenciamento de Arquivos e Pastas Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Arquivo Todo e qualquer software ou informação gravada em nosso computador será guardada em uma unidade de disco,

Leia mais

HD Keeper. Manual do usuário

HD Keeper. Manual do usuário HD Keeper Manual do usuário Índice Capítulo 1 Introdução... 3 1-1 Funções... 3 1-2 Características... 3 Capítulo 2 - Instalação... 3 2-1 Requisitos básicos do sistema para instalação... 3 2-2 Antes de

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas SISTEMAS DE ARQUIVOS FAT E FAT32 José Vitor Nogueira Santos FT2-0749 Mealhada, 2009 Introdução Muitos usuários

Leia mais

PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO DO WINDOWS SERVER 2003

PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO DO WINDOWS SERVER 2003 PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO DO WINDOWS SERVER 2003 1 PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO Instalar o Windows Server 2003 requer alguma preparação, devido à sua complexidade: Ao correr o programa de setup (configuração)

Leia mais

AULA 5 Sistemas Operacionais

AULA 5 Sistemas Operacionais AULA 5 Sistemas Operacionais Disciplina: Introdução à Informática Professora: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Sistemas Operacionais Conteúdo: Partições Formatação Fragmentação Gerenciamento

Leia mais

GERENCIAMENTO DE DISPOSITIVOS

GERENCIAMENTO DE DISPOSITIVOS 2 SISTEMAS OPERACIONAIS: GERENCIAMENTO DE DISPOSITIVOS E ARQUIVOS Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática

Leia mais

Sysprep. O utilitário Sysprep pode ser usado em três contextos diferentes:

Sysprep. O utilitário Sysprep pode ser usado em três contextos diferentes: Disciplina: Montagem e manutenção Sysprep O Sysprep é uma ferramenta criada para administradores de sistema corporativo, OEMs e outras pessoas que precisam implantar o sistema operacional Windows XP em

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 6.9 Memória Cache: A memória cache é uma pequena porção de memória inserida entre o processador e a memória principal, cuja função é acelerar a velocidade de transferência das informações entre a CPU e

Leia mais

TRABALHO COM GRANDES MONTAGENS

TRABALHO COM GRANDES MONTAGENS Texto Técnico 005/2013 TRABALHO COM GRANDES MONTAGENS Parte 05 0 Vamos finalizar o tema Trabalho com Grandes Montagens apresentando os melhores recursos e configurações de hardware para otimizar a abertura

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula 9-1. O KERNEL DO LINUX Nos sistemas GNU/Linux, todas as distribuições baseadas nos sistemas GNU/Linux existentes são compatíveis, graças ao uso de um kernel único desenvolvido por uma equipe de

Leia mais

Instalação em Dual Boot

Instalação em Dual Boot Manual Instalação em Dual Boot tutorial de instalação Dual boot Windows XP e o Linux Educacional 2.0 Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Instalação em Dual

Leia mais

3 Revisão de Software

3 Revisão de Software 1 3 Revisão de Software O software é indispensável para a utilização do hardware. Sem o software para utilizar o computador precisaríamos ter um profundo conhecimento do hardware. Alguns softwares são

Leia mais

FUNDAMENTOS DE HARDWARE INSTALAÇÃO DO WINDOWS XP. Professor Carlos Muniz

FUNDAMENTOS DE HARDWARE INSTALAÇÃO DO WINDOWS XP. Professor Carlos Muniz FUNDAMENTOS DE HARDWARE Professor Carlos Muniz Depois de saber qual a hora certa de formatar o HD e prepará-lo corretamente para a instalação do sistema operacional, chegou a hora de aprender como instalar

Leia mais

FACULDADE DE TECNLOGIA SENAC PELOTAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA UNIDADE CURRICULAR: LINGUAGEM TÉCNICA

FACULDADE DE TECNLOGIA SENAC PELOTAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA UNIDADE CURRICULAR: LINGUAGEM TÉCNICA FACULDADE DE TECNLOGIA SENAC PELOTAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA UNIDADE CURRICULAR: LINGUAGEM TÉCNICA PROFESSOR: NATANIEL VIEIRA NOMES: ALESSANDRO, ANDRESSA SANTOS, FLÁVIA, SUZANA TURMA: 01 TERMOS TÉCNICOS

Leia mais

5.4.2 Laboratório opcional: Instalação do Windows 7

5.4.2 Laboratório opcional: Instalação do Windows 7 5.4.2 Laboratório opcional: Instalação do Windows 7 Introdução Imprima e complete esse laboratório. Nesse laboratório, você irá instalar o sistema operacional Windows 7. Equipamento recomendado O seguinte

Leia mais

Leandro Ramos RAID. www.professorramos.com

Leandro Ramos RAID. www.professorramos.com Leandro Ramos RAID www.professorramos.com RAID RAID significa Redundant Array of Independent Disks. Em bom português, significa Matriz Redundante de Discos Independentes. Apesar do nome ser complicado,

Leia mais

Informática, Internet e multimídia

Informática, Internet e multimídia Informática, Internet e multimídia 1 Unidades de Armazenamento Dispositivos de armazenamento secundário Disquete Disco compacto Disco rígido Disco de vídeo digital 2 Memória Secundária A MEMÓRIA SECUNDÁRIA

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Escola Adalgisa de Barros

Escola Adalgisa de Barros Escola Adalgisa de Barros Sistemas Operacionais Ensino Médio Técnico 1º Ano 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador, controla o fluxo de informações

Leia mais

Instalação do Sistema Operativo Windows XP

Instalação do Sistema Operativo Windows XP Curso Profissional - Técnico de Informática de Gestão 10ºB Prof. Pedro Lopes Ficha de Trabalho nº1 S i s t e m a s d e I n f o r m a ç ã o Instalação do Sistema Operativo Windows XP A instalação de um

Leia mais

Sistemas Operacionais. Andrique Amorim www.andrix.com.br professor@andrix.com.br. Gerência de Arquivos

Sistemas Operacionais. Andrique Amorim www.andrix.com.br professor@andrix.com.br. Gerência de Arquivos Andrique Amorim www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Gerência de Arquivos Gerência de Arquivos Um sistema operacional tem por finalidade permitir que o usuários do computador executem aplicações,

Leia mais

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação.

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. 1.Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema

Leia mais

CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais

CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais De modo semelhante ao Linux, o Windows é considerado um software microbásico. Uma característica desse tipo

Leia mais

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira MANUTENÇÃO DE MICRO Mário Gomes de Oliveira 1 IRQ Pedido de atenção e de serviço feito à CPU, para notificar a CPU sobre a necessidade de tempo de processamento. 2 IRQ (Interrupt Request line ou Linha

Leia mais

VIRTUALIZAÇÃO CONVENCIONAL

VIRTUALIZAÇÃO CONVENCIONAL VIRTUALIZAÇÃO CONVENCIONAL Sera usado o VirtualBox 5.0.8 a versão mais atual e estável da aplicação, para virtualização de um sistema Linux sobre a plataforma Windows. Para esse modelo pratico de virtualização

Leia mais

Tarefas principais e comandos básicos

Tarefas principais e comandos básicos Tarefas principais e comandos básicos Sobre o Windows XP. O nome "XP" deriva de experience, experiência em inglês; Foi sucedido pelo Windows Vista 2007; em janeiro de As duas principais edições são Windows

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação Pfsense Introdução e Instalação Introdução A utilização de um firewall em uma rede de computadores possui o objetivo básico de proteção relacionado a entrada e saída de dados. Introdução O pfsense é um

Leia mais

Guia Rápido de Instalação Ilustrado

Guia Rápido de Instalação Ilustrado Livre S.O. Guia Rápido de Instalação Ilustrado Introdução Este guia tem como objetivo auxiliar o futuro usuário do Livre S.O. durante o processo de instalação. Todo procedimento é automatizado sendo necessárias

Leia mais

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO Sistema Operacional Conteúdo retirado do livro Sistemas Operacionais Marcos Aurélio Pchek Laureano Diogo Roberto Olsen

Leia mais

>>> OBJETIVOS... === FHS - Filesystem Hierarchy Standard. === Sistemas de arquivos e Partições

>>> OBJETIVOS... === FHS - Filesystem Hierarchy Standard. === Sistemas de arquivos e Partições >>> OBJETIVOS... === FHS - Filesystem Hierarchy Standard === Sistemas de arquivos e Partições >>> FHS - Filesystem Hierarchy Standard >Padrão de organização de pastas e arquivos em Sistemas Unix-Like >organizar

Leia mais

Sistemas. Arquivos. www.4linux.com.br

Sistemas. Arquivos. www.4linux.com.br Sistemas de Arquivos - 2 Sumário Capítulo 1 Sistemas de Arquivos... 3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 5 2.1. Objetivos... 5... 5 2.2. Troubleshooting... 6 2.2.1. Cfdisk...7

Leia mais

Faculdade Tecnologia SENAC. Curso Técnico Informática Pronatec. Joice Silva, Luís Filipe, Ramon Olkoski, Rosber Silva.

Faculdade Tecnologia SENAC. Curso Técnico Informática Pronatec. Joice Silva, Luís Filipe, Ramon Olkoski, Rosber Silva. 1 Faculdade Tecnologia SENAC Curso Técnico Informática Pronatec Joice Silva, Luís Filipe, Ramon Olkoski, Rosber Silva. Termos Técnicos: Apresentação Relatório Técnico Pelotas, 2012 2 Joice Silva, Luís

Leia mais

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes 3 MÁQUINAS VIRTUAIS Em nossa aula anterior, fizemos uma breve introdução com uso de máquinas virtuais para emularmos um computador novo

Leia mais

Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves

Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves UVV/2007 Sep 24, 2007 Opções de Boot Tela inicial do CD de instalação do Debian. Escolha F2 para ver mais opções de boot. 2 Opções de Boot Tela com

Leia mais

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Sistema Operacional Slide 1 Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos do computador (CPU, dispositivos periféricos). Estabelece

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Sistemas Operacionais (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definições 2. Classificações 3. CPU 4. Memória 5. Utilitários O que se

Leia mais

Como instalar e usar o SSS\Progman com cabo de Carsoft ou INPA. Como instalar o SSS Progman v.28, v.30 ou v.32

Como instalar e usar o SSS\Progman com cabo de Carsoft ou INPA. Como instalar o SSS Progman v.28, v.30 ou v.32 Como instalar e usar o SSS\Progman com cabo de Carsoft ou INPA Antes de mais nada tem de já conseguir usar o software INPA. Se ainda não o conseguiu pôr a funcionar: Volte a tentar por primeiro esse a

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 Duração: 02:45 min INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 1. Inicializar o Virtual PC 2007 e criar uma máquina virtual. a. Salvar em C:\Laboratorio b. O nome da máquina virtual será: Linux_Suse_Seunome.vmc

Leia mais

Qual é o tipo de problema?

Qual é o tipo de problema? Qual é o tipo de problema? O computador não liga Existem muitas maneiras de identificar que o PC está estragado. A mais óbvia é quando o PC não liga. Para esse tipo de situação, você deve seguir alguns

Leia mais