SUMÁRIO 1 BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DADOS GERAIS DA INSTITUIÇÃO MANTENEDORA MANTIDA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO 1 BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO...2 2 1. DADOS GERAIS DA INSTITUIÇÃO...2 2.1 MANTENEDORA... 2 2.2 MANTIDA... 2 3 O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO..."

Transcrição

1 PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO FIPEP FACULDADES INTEGRADAS IPEP SÃO PAULO 2013

2 SUMÁRIO 1 BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DADOS GERAIS DA INSTITUIÇÃO MANTENEDORA MANTIDA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TRAJETÓRIA HISTÓRICA INSERÇÃO E NECESSIDADE REGIONAL DE IMPLANTAÇÃO DO CURSO CONCEPÇÃO DO CURSO OBJETIVOS Geral Específicos PERFIL PROFISSIONAL Habilidades e Competências CURRÍCULO PLENO E ORGANIZAÇÃO Estrutura Curricular Geral Ementas das Disciplinas ATIVIDADES COMPLEMENTARES Apresentação TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO AVALIAÇÃO DO CURSO E DO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM Objetivos Avaliação Interna Atividades a Serem Realizadas Propostas para a Melhoria da Qualidade do Ensino CONCLUSÃO PÁGINA 1

3 1 BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO 2 1. DADOS GERAIS DA INSTITUIÇÃO 2.1 MANTENEDORA Nome: Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP Endereço: Rua Pirapitingui, 186 Liberdade/SP CNPJ: / Natureza Jurídica: Associação Privada Representante Legal: Érico Rodrigues Bacelar (Diretor Presidente) Atos Legais de Constituição: Portaria MEC nº de 03/11/1999 Data de Publicação no D.O.U.: 04/11/ MANTIDA Nome da Mantida: Faculdades Integradas IPEP FIPEP Endereço: Rua Pirapitingui, 186 CEP: Bairro: Liberdade São Paulo Telefone: Organização Acadêmica: Faculdade sem fins lucrativos Sítio: PÁGINA 2

4 3 O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 3.1 TRAJETÓRIA HISTÓRICA O ensino de Administração no Brasil, teve início na década de quarenta, quando surgiu a necessidade de mão-de-obra qualificada e, conseqüentemente, a exigência da profissionalização do Ensino de Administração. Martins (1989) afirma que o desenvolvimento de uma sociedade, até então, basicamente agrária, que passava gradativamente a ter seu pólo dinâmico na industrialização, colocou como problema a formação de pessoal especializado para analisar e planificar as mudanças econômicas que estavam ocorrendo, assim como incentivar a criação de centros de investigação vinculados à análise de temas econômicos e administrativos. Isto significa que o sistema escolar deveria formar um administrador profissional, capaz de atender ao processo de industrialização. Processo este que já se desenvolvia, gradativamente, desde a década de 30. Afirmou-se recentemente que o ensino de Administração no Brasil está relacionado ao processo de desenvolvimento do país e que sua criação intensificou-se, sobretudo, após a década de sessenta, com a expansão do ensino superior, no qual o ensino de administração está inserido. Conforme esse entendimento o processo de desenvolvimento foi marcado por dois momentos históricos distintos: O primeiro pelos governos de Getúlio Vargas, representativo do projeto autônomo, de caráter nacionalista; O segundo, pelo governo de Juscelino Kubitschek, evidenciado pelo projeto de desenvolvimento associado, caracterizado pelo tipo de abertura econômica de caráter internacionalista. Este último apresentou-se como um ensaio do modelo de desenvolvimento adotado após No contexto do primeiro momento histórico, foi estruturado, em 1941, o primeiro curso de administração de empresas, na Escola de Administração de Negócios ESAN, da Fundação de Ciências Aplicadas, de São Paulo. Essa primeira experiência foi delineada com base no modelo adotado pelo Curso de Administração da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos da América, em função da excelência de seu currículo, e teve como objetivo central a formação de profissionais para atender à demanda de dirigentes da indústria e do comércio. Em seguida, em 1944, foi criada a Fundação Getúlio Vargas - FGV, com o objetivo de fomentar o ensino das ciências sociais, em particular, nas áreas de administração e economia. A partir de um convênio firmado com a UNESCO e a ONU iniciou-se um intercâmbio de especialistas norte-americanos e brasileiros, PÁGINA 3

5 que possibilitou a fundação da Escola Brasileira de Administração Pública EBAP, no Rio de Janeiro, em 1952, e da Escola da Administração de Empresas do Estado de São Paulo - EAESP, em São Paulo, no ano de A missão das Faculdades Integradas IPEP, como instituição de ensino superior a serviço do desenvolvimento do País, foi consubstanciada em afirmação de propósitos que decorreu de princípios de seus idealizadores e fundadores, abaixo expressa, e que vem norteando as ações institucionais: MISSÃO DO IPEP: DESENVOLVER, ORIENTAR E ESTIMULAR AS COMPETÊNCIAS PESSOAIS E PROFISSIONAIS DOS NOSSOS ALUNOS, APRIMORANDO SUAS CAPACIDADES EMPREENDEDORAS PARA QUE SE REALI- ZEM COMO CIDADÃOS NO UNIVERSO DO TRABALHO. A missão do IPEP ocorre por instrumentos e ações pedagógicas contemporâneas que promovem a educação e conhecimentos contínuos, contribuindo para a formação de profissionais qualificados tecnicamente e com desenvolvido senso de responsabilidade socioambiental. b) Dados Socioeconômicos da Região A atuação do IPEP mantém sua unidade educacional em funcionamento na Região Metropolitana da cidade mais importantes do país: a de São Paulo. Os dados referentes a esta região, colhidos junto a ONU, ao IBGE e à Fundação SEADE, indicam que ela é a maior área metropolitana do país e a quarta maior aglomeração urbana do planeta (superada apenas por Tóquio, no Japão; Cidade do México, no México e Bombaim, na Índia), abrigando uma população de 20 milhões de habitantes, correspondente a cerca de 10,5% da população brasileira. Isto quer dizer que, aproximadamente, um em cada 10 brasileiros mora na Grande São Paulo. Esse contingente populacional é cerca de 66% superior ao da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, a segunda do país. Ocupa uma área de km², isto é, 0,1% do território brasileiro, onde estão 39 municípios. Interessante mencionar que a RMSP tem aproximadamente as mesmas dimensões de algumas nações, como Líbano ( km²) e Jamaica ( km²). A população, por exemplo, é superior a do Chile, representando 8% da população do MERCOSUL. PÁGINA 4

6 Abaixo alguns dados sobre a região Metropolitana de São Paulo: Área: km 2 População: habitantes (Censo ) Densidade demográfica: 7.387,69 hab./km 2 (Censo 2010) PIB per capita: R$ 29,1 mil (World Bank 2008) Quanto aos aspectos econômicos, o PIB da RMSP atingiu, em 2008, US$ 305 bilhões, equivalente a 15% do PIB do MERCOSUL e 19% do PIB nacional. Estima-se, na região, uma renda per capta da ordem de US$ 5.545,00. Os órgãos de planejamento e de informações estatísticas do Governo do Estado de São Paulo destacam que a RMSP detém a centralização do comando do grande capital privado e que nela estão localizadas as sedes brasileiras das mais importantes corporações econômicas de porte mundial, sejam elas industriais, comerciais ou financeiras, e ultimamente, notadamente do setor terciário e da construção civil. Daí o surgimento de uma série de serviços sofisticados: planejamento, publicidade, marketing, informática, telecomunicações, seguro, finanças, consultorias e hotelaria, entre outros. Contígua à Região Metropolitana de São Paulo, desenvolveu-se um parque industrial moderno e diversificado, que possui estrutura agrícola e agroindustrial significativa e desempenha relevantes atividades terciárias. Destaca-se ainda a presença de centros inovadores no campo das pesquisas científicas e tecnológicas, originários de iniciativas governamentais, ou de corporações privadas. Ressalte-se, por fim, a localização em Campinas do Aeroporto de Viracopos, o segundo maior do país, que registra um fluxo anual de cargas embarcadas e desembarcadas em voos internacionais de cerca de 154 mil toneladas. Juntos, os aeroportos de PÁGINA 5

7 Viracopos, o aeroporto de Guarulhos que em 2012 registrou de movimentação de passageiros, toneladas de cargas e aeronaves. Sua capacidade atual é de 31,4 milhões de passageiros/ano. Somando-se a eles, o aeroporto do Rio de Janeiro. Juntos respondem por 93% do fluxo anual de cargas em nosso país. As Faculdades Integradas IPEP está localizada no bairro da Liberdade, distrito centro e administrado pela subprefeitura de nº 9, Sé. Dados atuais relatam um crescimento em empregos formais na região. Empregos formais no setor da Indústria de Transformação na região: (Fonte: Secretária Municipal de Planejamento Urbano ) É nessa localização que a compõe, que provém os alunos ingressantes dos cursos de bacharelado, tecnológicos e de pós-graduação ministrados nas Faculdades mantidas. Deve-se mencionar, além disso, que os cursos de pós-graduação lato sensu alcançam populações residentes em áreas que extrapolam os limites da região metropolitana do Estado de São Paulo. A missão do curso é contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do país, formado gestores da área de produção industrial que, inseridos no processo de globalização da economia, estejam aptos a reconhecer as particularidades do mercado. A finalidade de ordem pragmática do curso é formar profissionais aptos a atuarem em atividade própria do campo profissional na produção industrial, promovendo o desenvolvimento da organização dentro de um mercado competitivo. 3.2 INSERÇÃO E NECESSIDADE REGIONAL DE IMPLANTAÇÃO DO CUR- SO O Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP - é uma instituição privada sem fins lucrativos, constituída em Suas origens, no entanto, remontam aos anos 80 do século passado, a partir da ação, na área do ensino superior, que seus fundadores desenvolveram no então chamado Instituto Bucker de Educação. Dedicado ao ensino nos termos do Artigo 209 e princípios estabelecidos no Artigo 206, incisos II e III da Constituição Federal, o IPEP mantém unidades educacionais de ensino superior em São Paulo, Campinas e Natal, denominada Faculdades Integradas IPEP, Faculdade de Tecnologia IPEP de São Paulo e a Facul- PÁGINA 6

8 dade de Tecnologia IPEP de Campinas, ministrando cursos nas mais diversas áreas como os cursos de Administração, Pedagogia, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciências da Computação, Rádio, TV e Multimídia, Publicidade e Propaganda, Construção de Edifícios, Controle de Obras e Sistemas de Informação e Faculdade de Tecnologia IPEP, que ministra os cursos de Banco de Dados, Gestão da Qualidade, Gestão da Produção Industrial, Gestão em Logística, Gestão Comercial, Comércio Exterior, Gestão Ambiental, Gastronomia, Marketing, Redes de Computadores, Sistemas para Internet e Segurança da Informação. Oferece, também, cursos de pós-graduação lato sensu com foco em gestão de negócios, e, em passado recente, desenvolveu um Programa MBA, em cooperação com a University of Dallas, de Dallas, Texas, EUA. O Grupo Educacional IPEP se completa com a inclusão do INSTITUTO PAULISTA DE ENSINO E CULTURA - IPEC, entidade responsável pelo segmento escolar do ensino médio e técnico, de acordo com as disposições da Lei nº. 9394/96, de 20/12/96 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB. Mantidos pelo IPEC e, portanto, vinculados à mesma cadeia sequencial de ensino - em Campinas/SP e Natal/RN - o Colégio Politécnico Bento Quirino, fundado em e mantido pela Associação IPEP/IPEC. A sede do IPEP está localizada em São Paulo, Capital, na Rua Pirapitingui, Liberdade/SP. São dois os Campi da IES: em São Paulo, Campus Liberdade (Rua Pirapitingui nº 186, no Bairro da Liberdade); e Campus Campinas (Rua José de Alencar nº 470 Centro/CP). Em Campinas há um novo campus, em construção para atender a consolidação da IES, situado no Jardim Myriam (ao lado da Rodovia SP-340 que liga Campinas à Mogi Guaçu), o qual abrigará, no futuro, o Centro Tecnológico de Educação Continuada - CETED, projeto que decorre da cooperação entre o Programa de Expansão da Educação Profissional - PROEP, do Governo Federal, e o IPEC. Nos últimos anos o Estado de São Paulo impulsionado pela nova realidade da economia do país tem apresentado uma profunda modificação, com a instalação de novas e modernas indústrias dos mais variados segmentos e a transformação das já existentes. Nesse novo cenário demandam uma necessidade de mão de obra especializada que pode ser atendida pelos tecnólogos em gestão da produção industrial. Um discurso consensual na atualidade tem sido contínuas transformações no âmbito da sociedade e da economia mundial. Não há como negar que o desenvolvimento tecnológico é um fator de impacto nessas instâncias. O aprimoramento e a capacitação profissional estarão cada vez mais intensos nos próximos anos. As Faculdades Integradas IPEP está preparada para lidar com estes desafios. É buscando proatividade em relação a PÁGINA 7

9 este tema que a instituição vem reunindo os melhores professores para pensar e empreender uma formação de indivíduos capazes de se adaptar rapidamente as mudanças no cenário global. O desenvolvimento de um estado competitivo e que dialogue de maneira sustentável com as demandas socioambientais, industriais e econômicas podem se obtidos através de um bom ensino da Gestão da Produção Industrial colaborando para a formação de profissionais qualificados nesse campo do saber. O curso em questão da FIPEP possui esta preocupação e acredita que através de sua proposta pedagógica consiga colaborar com o desenvolvimento do estado de São Paulo. Busca-se desenvolver um currículo que seja muito mais que interdisciplinar. Sua importância decorre de uma nova realidade econômica e social, em que a valorização do conhecimento e o domínio das habilidades e competências superam os tradicionais meios de produção da educação baseados apenas em conteúdos, estabelecendo uma performance tecnológica, essenciais para o incremento da produtividade de forma a possibilitar alcances de patamares elevados de competitividade. No desenvolvimento das políticas institucionais no âmbito do curso percebeu-se que o projeto pedagógico do curso não deveria ser um documento comum, mas sim apresentar características e orientações à inovação e transformação, como instrumento de desenvolvimento de uma visão integral da instituição e que seria algo extremamente útil para esta organização de ensino. A política institucional foi desenhada para apoio na consecução do projeto educacional que compõem um cenário de articulações necessárias relacionadas à interdisciplinaridade, transdisciplinaridade e a formação continuada dos discentes e docentes. A referida e desejada transformação integral se constitui com o envolvimento de todos - direção, professores, funcionários e alunos buscando o processo de desenvolvimento técnico, profissional e humano. Acredita-se que a partir do momento que cada um se responsabiliza com determinadas ações, um adequado direcionamento é estabelecido com o propósito de existir um efetivo processo de ensino e aprendizagem. Essa perspectiva implica em que os professores dediquem-se no aperfeiçoamento de conteúdos, metodologias de ensino, comunicação e processo, avaliação, identificação de exemplos que ilustrem a teoria e realização de visitas técnicas. Os alunos, por sua vez se comprometem em estarem presentes às aulas; dialogar com os professores os conteúdos ministrados; identificar exemplos e referências, além dos apresentados pelos professores, buscar perceber como a teoria apresentada se aplica em sua realidade, ser curioso e PÁGINA 8

10 questionador. Os funcionários e a direção devem se empenhar em desenvolver um serviço de excelência que proporcione o desenvolvimento de um estado de consciência elevado junto à comunidade acadêmica. Quando as políticas educacionais e este projeto pedagógico estavam sendo pensados percebeu-se que este não deveria ser apenas um documento formal, com o propósito para atender as possíveis exigências do Ministério da Educação (MEC), mas sim deveria tratar-se de um instrumento de análise e consolidação da instituição na excelência de ensino de Tecnologia em Gestão da Produção Industrial. O projeto pedagógico nasceu como uma estrutura que aos poucos foi ganhando corpo. O último estágio foi o desenvolvimento de um processo de conscientização perante todos os envolvidos interando-os dos objetivos organizacionais. Pode-se dizer à medida que o projeto foi desenvolvido, percebeu-se a importância de orientação do presente documento. 3.3 CONCEPÇÃO DO CURSO As Faculdades Integradas IPEP tem por objetivo organizar o curso de forma a contemplar as demandas da natureza administrativa no meio onde está inserida. Um perfil elaborado em 2011 pela Secretária de Assuntos Estratégicos (SAE), da Presidência da República revela que uma nova classe social denominada C tem consciência da educação como instrumento de ascensão social. De fato dados extraídos de um estudo do Semesp (Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior), a educação superior influencia a carreira. A graduação proporcionou elevação salarial. PÁGINA 9

11 Outra questão importante diz respeito ao público potencial para o curso bacharel em administração que hoje está concentrado na faixa etária entre 20 e 34 anos (13,2% da população, ou cerca de 1,5 mil habitantes), profissionais no mercado de trabalho há algum tempo, mas com grande parte do percurso de sua carreira ainda a percorrer com a intenção de manter sua empregabilidade. Podemos considerar a Região Metropolitana de São Paulo, formada por 38 municípios que mantém com a capital intensa relação de intercâmbio de mão de obra, bens e serviços. Além disso, a RMSP é tradicionalmente local de interligação entre regiões do Sudeste e do Centro-Oeste paulistas. Um ponto importante referente à IES é o fato de estar bem localizada na Região Metropolitana de São Paulo atendida pelos bairros Bela Vista, Bom Retiro, Cambuci, Consolação, Liberdade, República, Santa Cecília, Sé. O acesso se dá facilmente pela Avenida Liberdade e também pela estação São Joaquim do metrô. Abaixo a localização e seu entorno mais próximo. PÁGINA 10

12 Fonte: Google Maps (maps.google.com.br) O Curso Bacharel em Administração vem demonstrar nesse novo cenário formar profissionais para o mercado de trabalho capacitando-o a administrar as atividades desenvolvidas com espírito empreendedor e visão crítica no campo do gerenciamento administrativo englobando toda a cadeia produtiva até a distribuição ao mercado consumidor. Os desafios para a formação de administradores se redefiniram diante das transformações no contexto mais abrangente.é preciso formar profissionais preparado para a mudança, capazes de construir uma trajetória profissional consiste.como decorrência, tem ganhado destaque a perspectiva de existirem múltiplos caminhos para a formação do administrador, com possibilidades de atuação em organização de diferentes tamanhos e características.desta maneira, a área administrativa é mais do que uma área profissional, constituído atividade indispensável e presente no crescimento econômico do país. O curso é ministrado objetivando-se a qualidade do ensino e de acordo com o detalhado no perfil do egresso formando profissionais com conhecimento técnico e gestão atualizada, inseridos no contexto do mercado de trabalho na área administrativa privilegiando a competência. Os dados demonstram a amplitude alcançada nos últimos anos da necessidade de mão de obra no segmento administrativo que via de regra será ocupada pela nova geração. PÁGINA 11

13 Visando essa expectativa existe uma crescente expansão do segmento administrativo gerando uma demanda de profissionais capacitados para atuar no setor, demanda esta que o curso de Administração procura suprir. 3.4 OBJETIVOS GERAL Formar administradores capacitados a atuar nas organizações, de forma empreendedora, tendo valores éticos e de cidadania como princípios norteadores de suas atividades profissionais, na busca do equilíbrio permanente entre o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida, tanto nas organizações como na sociedade como um todo ESPECÍFICOS formar um administrador com adequado embasamento teórico-metodológico e com visão ampla da realidade interna e externa, estimulando o desenvolvimento das suas habilidades e competências; formar profissionais com uma visão global e atualizada, capazes de inovar, promover mudanças, trabalhar em equipe e aplicar fundamentos, métodos e técnicas da Administração; formar profissionais éticos, responsáveis e comprometidos com a melhoria do desempenho das organizações e da qualidade de vida das pessoas; promover a formação integral da pessoa humana e sua capacidade para o exercício da Administração, incentivando o aprendizado contínuo e a atuação solidária para o desenvolvimento da sociedade. 3.5 PERFIL PROFISSIONAL O Curso de Bacharelado em Administração pretende formar administradores competentes adaptado à dinâmica do mercado de trabalho assegurando o pleno exercício de sua cidadania e o respeito pelo seus concidadãos, habilitado a pensar e produzir com pleno conhecimento das técnicas administrativas, com visão global e local, do meio social, político, cultural e econômico. E ainda, participar do processo aprendizagem PÁGINA 12

14 como sujeito, capacidade de se relacionar com a diversidade, raciocínio lógico e quantitativo, capazes de exercer a profissão com ética e responsabilidade social, colaborando para a potencialização da função comercial e administrativa de distribuição e gestão, tornando-os capazes continuamente de elaborar o seu próprio saber, atendendo de modo mais efetivo as necessidades do mercado no âmbito econômico nacional e internacional. Algumas expectativas em relação ao desenvolvimento de competências por parte dos formandos é: Identificar aspectos fundamentais de recursos humanos, materiais e custos que devem ser analisados na montagem de toda atividade inerente à administração das organizações; Definir critérios para seleção de funcionários; Identificar as diversas áreas ou subfunções da empresa; Organizar espaços e funcionamento de armazéns; Identificar os diversos processos e meios de transporte e armazenamento e selecionar os mais adequados; Utilizar aplicativos de informática nos diversos tipos de subfunções do comércio; Identificar e selecionar fornecedores e clientes potenciais, de acordo com critérios estabelecidos; Identificar as bases do sistema orçamentário, seu objetivo e sua utilização com controle de atividades; Identificar métodos de montagem do orçamento financeiro, de pessoal, administração de materiais, patrimonial, de produção, de comercialização e demais metodologias para contabilização de orçamento; Interpretar dados numéricos e factuais sobre atividades econômicas, obedecendo às instruções definidas em escala superior, e classificá-las por natureza específica, para permitir sua inclusão, de forma adequada e eficaz, em plano orçamentário; Identificar características e metodologias de pesquisas econômicas, de mercados e tecnológicas; Interpretar estudos, relatórios e pesquisas econômicas e de mercado; Identificar a legislação referente ao código do consumidor; PÁGINA 13

15 Caracterizar política de recursos humanos, seus objetivos e abrangência, identificando os elementos que a compõem; Correlacionar à política e as ações de recursos humanos; Identificar e selecionar estratégias de atendimento e orientação de pós-venda; Calcular e avaliar os custos de qualquer plano de trabalho de interesse da empresa; Identificar as diversas estratégias de marketing, de armazenamento e distribuição física de compra, venda e pós-venda; Identificar as várias formas de propaganda, promoção e publicidade; Definir e conceber modelos de pesquisa de mercado; Elaborar estimativas de receitas e despesas nas atividades de venda; Identificar entidades de crédito que utilizam meios eletrônicos em linhas de crédito descontos e outros; Identificar os diversos modelos de gerenciamento de planejamento estratégico; Negociar com fornecedores e clientes; Ter atitude empreendedora dentro e fora da organização; Ter atitudes criativas; Administrar com ética; Estabelecer um sistema de gestão da qualidade dentro da organização; Manter a organização operando dentro das normas de qualidade exigidas pelos clientes; Administrar a organização dentro de um processo de globalização; Reconhecer oportunidades dentro do mercado de capitais; Executar a gestão de projetos dentro da organização; Atuar de acordo com a legislação empresarial e de direito do consumidor; Identificar características desejáveis nos funcionários das diversas áreas ou subfunções; Definir padrões de atendimentos pelos funcionários de pontos de venda; Avaliar o desempenho de vendedores e compradores; PÁGINA 14

16 Identificar e relacionar parâmetros que afetam a atuação comercial; Identificar os diversos tipos de controle de produtos e serviços existentes; Controlar o movimento de mercadorias; Identificar, desenvolver e aplicar ferramentas de controle de atividade de armazenamento e distribuição; Identificar a relação entre as políticas financeiras e a execução financeira no processo de definição dos parâmetros da política de financiamento comercial, industrial, etc; Identificar e caracterizar o sistema, os objetivos e a amplitude do planejamento financeiro; Identificar a importância do planejamento e organização de sistemas específicos de controles internos; Definir planos de compra de materiais e serviços; Definir parâmetros estruturais na montagem do sistema de previsão das necessidades de materiais e serviços em organizações públicas e privadas; Produzir informações para subsidiar definição de políticas de estoques e de movimentação de materiais (documentação, estrutura física e fluxograma) e de produtos acabados de organizações públicas e privadas; Identificar e caracterizar objetivos, dados, informações, modelos de planejamento patrimonial e definir seus conteúdos e sentido; Correlacionar planejamento patrimonial com planejamento estratégico; Organizar as informações para orientar o processo de orçamentos e custo de seguros e a finalidade, a forma e objetivos do planejamento das coberturas securitárias; Reconhecer e definir problemas, equacionar soluções, pensar estrategicamente, introduzir modificações no processo de trabalho, atuar preventivamente, transferir e generalizar conhecimentos; Auto planejar-se, auto organizar-se, estabelecer métodos próprios, gerenciar seu tempo e espaço de trabalho; PÁGINA 15

17 Expressão e comunicação com seu grupo, superiores hierárquicos ou subordinados, de cooperação, trabalho em equipe, diálogo, exercício da negociação e de comunicação interpessoal no âmbito das negociações internacionais; Utilizar todos os conhecimentos - obtidos através de fontes, mídias impressas e de comunicações como recursos diferenciados como aplicação e resolução dos problemas nas diversas situações encontradas no mundo corporativo, isto é, da capacidade de transferir conhecimentos da vida cotidiana para o ambiente de trabalho e vice-versa; Iniciativa, criatividade, pró-atividade, abertura às mudanças tecnológicas, espírito empreendedor, consciência da qualidade e das implicações éticas do seu trabalho; Refletir e atuar criticamente na sua profissão (compreendendo sua posição e função na estrutura, seus direitos e deveres); Raciocínio lógico para operar com valores na definição de formulações matemáticas buscando estabelecer relações formais e causais entre fenômenos e expressar-se de modo crítico e criativo diante dos diferentes contextos organizacionais e sociais; Possuir visão integrada e sistêmica; Capacidade de relacionar os conhecimentos específicos com a cultura em geral; Capacidade de gerenciamento do seu tempo e espaço de trabalho; Autoaprendizado e espírito de pesquisa; Trabalhar em equipe; Saber expressar as informações de forma clara e objetiva na sua oratória e nos mais diversos relatórios; Capacitar o aluno a desenvolver habilidades e competências para trabalhar em equipe, com espírito de liderança para que possa intervir em uma realidade adversa, assumindo riscos e tendo uma visão articulada da organização visando o seu sucesso; Capacitar para o mercado de trabalho profissionais com espírito empreendedor para criar novas alternativas na área produtiva de acordo com os princípios éticos, da justiça e da responsabilidade social e ambiental; PÁGINA 16

18 Adequar a formação profissional dos futuros graduados às exigências do mercado de trabalho, tornando-os competentes para enfrentar o desafio de conciliar ações que visam o sucesso nos negócios e melhoria das condições de trabalho na área produtiva com base na articulação teoria-prática; Proporcionar ao graduando conhecimentos sobre a gestão industrial para o sucesso de uma carreira profissional em que possam atuar nesta área, tendo uma visão e pensamentos condizentes com a realidade e necessidade do mercado HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Segundo o guia de estudante de 2013, o administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do dia a dia de uma empresa. Ele ajuda a definir, a analisar e a cumprir as metas da organização. Trabalha em praticamente todos os departamentos, nos quais gere recursos financeiros, materiais, humanos e mercadológicos. Conduz as relações entre a empresa e os empregados, participando dos processos de seleção, admissão e demissão de funcionários, e do relacionamento com os sindicatos de cada categoria. Implementa planos de carreira e programas de benefícios. Coordena, ainda, os recursos materiais da companhia, controlando a compra e a estocagem de matérias-primas e produtos finais. No setor financeiro, cuida de orçamentos e fluxo de caixa. Também se envolve com a publicidade e o marketing, na promoção de vendas dos produtos ou serviços. O perfil do egresso desejado do curso de Administração reflete as características regionais, a potencialidade das Faculdades Integradas IPEP e suas escolhas estratégicas. Como características regionais destacamos: o mercado crescente, a necessidade de profissionais com alto nível de conhecimento, a grande concorrência entre empresas e profissionais, a velocidade das alterações na área. O estudante do Curso de Bacharelado em Administração deve fundamentar sua aprendizagem na observação dos fatos que servem de embasamento à realidade técnica que irá manejar, não podendo dissociá-la do quadro social no qual atuará. Sendo assim, participa do processo educativo de forma ativa, e é responsável por sua aprendizagem. Deverá ser preparado para atingir as competências gerais listadas a seguir e ter o domínio das técnicas administrativas dos profissionais com preocupação do Comercio Internacional atual. PÁGINA 17

19 Como perfil histórico de seu tempo o educando busca o saber crítico e para que isto aconteça torna-se indispensável o trabalho com uma aprendizagem significativa em interação com a instituição, o docente, os demais discentes e a própria sociedade. O novo profissional de Administração, fugindo ao excessivo formalismo, ao apego e aos modelos legais previamente postos, deve adaptar-se à dinâmica do mercado de trabalho, para o qual há de preparar-se de forma adequada assegurando-lhe o pleno exercício de sua cidadania e o respeito pelos seus concidadãos, habilitando-se a pensar e a produzir. Mas principalmente deverá estar preparado para superar as dificuldades pessoais tornando se um empreendedor de si mesmo, sendo capaz de criar e gerir novos negócios ou mesmo transformar os existentes. Nosso diferencial é formar um profissional voltado para as necessidades do mercado, e entendemos que isso começa com a integração e por um programa composto por disciplinas direcionadas para o perfil desejado, que se baseia no universo do saber crítico em quatro eixos temáticos: o contexto social, o empreendedorismo, o viver em sociedade e o conhecimento técnico. A competência para empreender, analisando criticamente as organizações, antecipando e promovendo suas transformações é outra habilidade que as Faculdades Integradas IPEP colaborando junto àqueles que formam a sua comunidade discente. Acredita-se que esta competência está sendo desenvolvida através dos vários eventos que a organização promove. Alguns Dados Fornecidos Pelos De Setores Da Economia Relativos À Qualificação Por Faixa Etária E Dos Indicadores Macroeconômicos De Mercados De Trabalho Na Grande São Paulo Como: Centro De Solidariedade Ao Trabalhador (Cst), Força Sindical, Da Classificação Brasileira De Ocupações Do Ministério Do Trabalho E Emprego (Cbomt) E Levantamento De Ocupações Da Demanda Por Trabalho Na Grande São Paulo, Demonstram Claramente A Necessidade Da Formação De Cursos Específicos Na Área Administrativa, Principalmente Para: Pequena, Média E Grande Empresa. Necessidade Identificada Para Os Próximos Anos ( ): Região Sudeste: 4,13 Milhões; São Paulo: 2,53 Milhões (35,4% De Todo O País); Fonte: Acesso Em: 20/06/2013. Dessa Forma, Fica Constatado Através De Pesquisas Que As Áreas Produtivas Com Maior Carência São: PÁGINA 18

20 Indústrias De Transformações; Setores Terciários; Serviços Industriais De Utilidades; Setor Automotivo; Setor De Eletroeletrônicos; O setor industrial é de vital importância para a região metropolitana de São Paulo e absorve um grande número de mão de obra produtiva conforme dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Fonte: acesso em: 20/06/2013. PÁGINA 19

21 Fonte: CAGED Lei MTE Fonte: CAGED PÁGINA 20

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MISSÃO DO CURSO Formar profissionais de elevado nível de consciência crítica, competência técnica empreendedora, engajamento

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

FACULDADE PASCHOAL DANTAS

FACULDADE PASCHOAL DANTAS FACULDADE PASCHOAL DANTAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO ÊNFASE GESTÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO - SP NOVEMBRO DE 2008 ÍNDICE 1. Visão e Missão da FPD...3 2. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre.

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 30/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

Bacharelado em Serviço Social

Bacharelado em Serviço Social Informações gerais: Bacharelado em Serviço Social Duração do curso: 04 anos (08 semestres) Horário: Vespertino e Noturno Número de vagas: 300 vagas anuais Coordenador do Curso: Profª Ms. Eniziê Paiva Weyne

Leia mais

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 -

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - O Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um curso da área de informática e tem seu desenho curricular estruturado por competências

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: 4001 Publicidade e Propaganda MISSÃO DO CURSO O curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo tem como missão formar

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

Objetivos Específicos Os objetivos específicos demostram que ao final do curso os alunos deverão estar aptos a:

Objetivos Específicos Os objetivos específicos demostram que ao final do curso os alunos deverão estar aptos a: CURSO: Graduação em Marketing ( graduação) Missão O Curso de Graduação em Marketing tem como missão formar profissionais com capacidade de criar, planejar, executar e controlar processos de marketing que

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 6 ANEXO II METODOLOGIAS (A) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 7 A) Metodologias utilizadas no Curso de Administração, bacharelado: a) Aulas Expositivas, Fórum de Debates, Dinâmica de Grupo, Seminários, Estudos de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos ADMINISTRAÇÃO 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Administração PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos Máximo = 8 anos 2. HISTÓRICO DO CURSO

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: CST em Gestão em Recursos Humanos MISSÃO DO CURSO A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da ESTÁCIO EUROPAN consiste em formar

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS MISSÃO DO CURSO Formar profissionais de elevado nível de consciência crítica, competência técnica empreendedora, engajamento ético

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA 2012.1 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS É uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, fundada em 20 de dezembro de 1944, com o objetivo de ser um centro voltado

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

Pós-graduação lato sensu.

Pós-graduação lato sensu. MBA Desenvolvimento e Gestão de Pessoas Pós-graduação lato sensu 1 MBA Desenvolvimento e Gestão de Pessoas Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

O Curso de Administração da ESAG. Prof. Dr. Nério Amboni (ESAG/UDESC) 2011.2

O Curso de Administração da ESAG. Prof. Dr. Nério Amboni (ESAG/UDESC) 2011.2 O Curso de Administração da ESAG Prof. Dr. Nério Amboni (ESAG/UDESC) 2011.2 Missão da ESAG A ESAG tem por missão realizar o ensino, a pesquisa, a extensão, de modo articulado, a fim de contribuir na formação

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido)

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido) FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ES Curso de Administração reconhecido pelo Decreto Federal nº 78.951, publicado no D.O.U. de 16-12-1976 Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO Administração LFE em Administração de Empresas Lajeado 4811 Administração LFE em Administração

Leia mais

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG Curso de Graduação Administração Modalidade a Distância Dados do Curso Contato Ver QSL e Ementas Universidade Federal do Rio Grande / FURG 1) DADOS DO CURSO: COORDENAÇÃO: Profª MSc. Suzana Malta ENDEREÇO:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO Dos cursos mais procurados pelos estudantes, o de Administração é um dos mais novos. Enquanto Medicina e Direito formam profissionais desde o século 19, foi apenas em 1946 que

Leia mais

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES Bacharelados Interdisciplinares (BIs) e similares são programas de formação em nível de graduação de natureza geral, que conduzem a diploma, organizados por grandes áreas

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 69/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em, Bacharelado, do Centro

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

Missão. Objetivo Geral

Missão. Objetivo Geral CURSO: Curso Superior de Tecnologia em Logística Missão Formar profissionais de visão crítica e com conhecimentos e habilidades relativas às atividades logísticas, dotados de base para a atualização profissional

Leia mais

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS.

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. DIPLOMA CONFERIDO: TECNÓLOGO DE

Leia mais

Maio 2013 Macaé- RJ. Rafael Pacheco Lívia Leite

Maio 2013 Macaé- RJ. Rafael Pacheco Lívia Leite Maio 2013 Macaé- RJ Rafael Pacheco Lívia Leite Matriz do Curso de Engenharia Química 2013 Page 2 Sumário 1. APRESENTAÇÃO 2. JUSTIFICATIVA 3. DA CONCEPÇÃO DO CURSO 4. ORGANIZAÇÃO DO CURSO 5. A MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO Administração LFE em Administração de Empresas Administração LFE em Análise de Sistemas

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: DIREITO Missão O Curso se propõe a formar profissionais conscientes da finalidade do Direito como instrumento de transformação social e construção da cidadania, capazes

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Planejamento e Controle de Estoque. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Planejamento e Controle de Estoque. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO CURSO: TURISMO ( bacharelado) Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 1-CEPE/UNICENTRO, DE 27 DE JANEIRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Gestão Estratégica de Negócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus de Irati, da UNICENTRO.

Leia mais

RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão. Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus

RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão. Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus 2013-2016 0 1 Sumário Apresentação... 2 Análise Situacional... 2 Programas Estruturantes...

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO

REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO Artigo 1º A unidade acadêmico-gerencial modelo designado Escritório de Práticas de Gestão e com nome fantasia

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social O Projeto pedagógico do Curso de Serviço Social do Pólo Universitário de Rio das Ostras sua direção social, seus objetivos, suas diretrizes, princípios,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você.

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Educação a Distância Anhembi Morumbi Agora você pode estudar em uma universidade internacional

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO CONSULTIVA EM NEGOCIAÇÕES EM VENDAS 249, 00. ao mês

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO CONSULTIVA EM NEGOCIAÇÕES EM VENDAS 249, 00. ao mês PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO CONSULTIVA EM NEGOCIAÇÕES EM VENDAS MEC CURSOS AUTORIZADOS apenas 249, 00 ao mês FACULDADES CAMPUS CHAPECÓ GRUPO SANTA RITA Eldemar Neitzke Gestor de Estratégias Comerciais

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL

MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL O programa irá prepara-lo para especializar-se no desenvolvimento e planejamento da gestão de marcas; capacitando-o

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 36 / 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Línguas Estrangeiras

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 30/2005

RESOLUÇÃO CONSEPE 30/2005 RESOLUÇÃO CONSEPE 30/2005 APROVA O CURRÍCULO E O PERFIL PROFISSIOGRÁFICO DO CURSO DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA, DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino,

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

MBA Executivo Internacional

MBA Executivo Internacional MBA Executivo Internacional Informações* Dias e horários das aulas: Quinzenalmente. Sextas e sábados. Das 08h30 às 17h30. Carga horária: 612 Horas *As informações podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí ESTRUTURA E CONTEÚDO CURRICULAR Organização Curricular do Curso A grade curricular do Curso de Bacharelado em Administração das Faculdades Integradas do Vale do Ivaí está fundamentada em dois grandes blocos.

Leia mais

REGULAMENTO MES MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS Universidade Ibirapuera Aprovado pela Res. CONSUN nº 10/07, de 19.09.07 REGULAMENTO MES - MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO As ações de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas constituem um processo educativo

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Resolução

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 39-CEPE/UNICENTRO, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Cooperativismo e Desenvolvimento de Agronegócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Atividades Complementares Sistemas de Informação 1. Introdução Nos cursos de graduação, além das atividades de aprendizagem articuladas pelas disciplinas que compõem a matriz curricular, deverão ser inseridas

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NOME DO CURSO: Curso de Administração TÍTULO: Bacharel em Administração TURNO: Diurno e Noturno CARGA HORÁRIA: 3.300 horas aula NÚMERO DE VAGAS: 200 Anuais COORDENADOR:

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Faculdades Integradas Teresa D Ávila

Faculdades Integradas Teresa D Ávila Faculdades Integradas Teresa D Ávila CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecido pela Portaria Ministerial nº. 4.571 de 28/12/05 e publicado no DOU em 29/12/05. Componente Curricular: Administração da Produção

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO. Perfil do curso

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO. Perfil do curso CURSO DE ADMINISRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO Perfil do curso O curso superior de Administração ora proposto foi estruturado em função das orientações e normas da Lei das Diretrizes e Bases da Educação (Lei

Leia mais

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho Perfil do Curso É o gerenciamento dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma organização. O administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do

Leia mais

MEDICINA PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE MEDICINA (SÍNTESE)

MEDICINA PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE MEDICINA (SÍNTESE) PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE (SÍNTESE) Ao longo de mais de cinco décadas, a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) estruturou um ambiente acadêmico intelectualmente rico

Leia mais

CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA

CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA Habilidades Computacionais 32 h/a Oferece ao administrador uma visão sobre as potencialidades da tecnologia

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Gestão Financeira. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Gestão Financeira. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1. TURNOS: Matutino ou Noturno Campus de Maringá Noturno Campus de Cianorte HABILITAÇÃO: Bacharelado em Ciências Contábeis GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Ciências Contábeis PRAZO PARA CONCLUSÃO:

Leia mais

Faculdade Figueiredo Costa 16/73

Faculdade Figueiredo Costa 16/73 16/73 CAPITULO IV GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PERFIL PROFISSIONAL O Curso de Graduação em Administração deve ensejar como perfil desejado do formando, capacitação e aptidão para compreender as questões

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA CONCEPÇÃO DO CURSO

GESTÃO FINANCEIRA CONCEPÇÃO DO CURSO GESTÃO FINANCEIRA CONCEPÇÃO DO CURSO Missão do Curso Formar profissionais de nível superior, com atuação na área de Tecnologia em Gestão Financeira, a partir da articulação das teorias que fundamentam

Leia mais

BACHARELADO. Administração. Ciências Contábeis. Ciências Econômicas. Serviço Social. Ciências Sociais. Objetivos. Objetivos. Objetivos.

BACHARELADO. Administração. Ciências Contábeis. Ciências Econômicas. Serviço Social. Ciências Sociais. Objetivos. Objetivos. Objetivos. BACHARELADO Administração O curso de Administração tem como objetivo formar profissionais que poderão atuar como executivos, técnicos em funções administrativas e/ou empreendedores, com capacidade de alinhar

Leia mais

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 2015 SUMÁRIO 1 - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 2 - OBJETIVO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO... 3 3 - ACOMPANHAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO... 4 4 - EXEMPLO DE ÁREAS PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO...

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 90/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Relações Públicas, Bacharelado,

Leia mais

Matrículas abertas - Vagas limitadas

Matrículas abertas - Vagas limitadas MBA em Gestão Empresarial Curso de Pós-Graduação Lato Sensu 384 horas Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Rio Claro Matrículas abertas - Vagas limitadas Objetivos do curso: Capacitar

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

Cursos de Administração: qualidade necessária. XIV Fórum Internacional de Administração

Cursos de Administração: qualidade necessária. XIV Fórum Internacional de Administração Cursos de Administração: qualidade necessária XIV Fórum Internacional de Administração Rio de Janeiro, 18 de maio de 2015 ENSINAR, APRENDER, AVALIAR... TRAJETÓRIA DA AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO SUPERIOR CAPES avaliação

Leia mais