3 O INSTRUMENTO PARTICULAR NO REGISTRO DE IMÓVEIS A PARTIR DO CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO DE Evolução histórica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3 O INSTRUMENTO PARTICULAR NO REGISTRO DE IMÓVEIS A PARTIR DO CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO DE 1916... 85 3.1 Evolução histórica... 85 3.1."

Transcrição

1 SUMÁRIO RESUMO PREFÁCIO INTRODUÇÃO CONTRATOS Noções gerais Conceito Elementos do contrato Elementos essenciais Agente capaz Objeto lícito Forma prescrita ou não defesa em Lei Elementos naturais Elementos acidentais Elementos de estilo Elementos imperativos Elementos complementares Requisitos de validade do contrato Requisitos subjetivos Capacidade genérica dos contratantes Legitimação Consentimento Requisitos objetivos Requisitos formais Fundamento da obrigatoriedade dos contratos Classificação dos contratos Princípios fundamentais do direito contratual Princípio da autonomia da vontade Princípio do consensualismo

2 1.7.3 Princípio da relatividade das convenções Princípio da boa-fé Princípio da obrigatoriedade das convenções ou da força vinculante do contrato Forma dos contratos Expressa Por escrito público Por escrito particular Verbal Por gestos Tácita Pelo silêncio REGISTRO DE IMÓVEIS Histórico Finalidade do Registro Imobiliário Publicidade registral Prenotação e exame do documento A dúvida no registro de imóveis Dúvida inversa ou dúvida às avessas Princípios da função registral imobiliária Princípio da prioridade Princípio da presunção e fé pública Princípio da legalidade ou legitimidade Princípio da especialidade Princípio da continuidade Princípio da territorialidade Princípio da reserva de iniciativa ou da instância Princípio da conservação Princípio da titularidade Princípio da publicidade Princípio da disponibilidade Princípio da unitariedade da matrícula

3 3 O INSTRUMENTO PARTICULAR NO REGISTRO DE IMÓVEIS A PARTIR DO CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO DE Evolução histórica O instrumento particular no Código Civil de O Decreto-Lei nº , de O Decreto-Lei nº , de 20 de abril de O Decreto-Lei nº 58, de 10 de dezembro de O Decreto-Lei nº 4.857, de 09 de novembro de O Decreto-Lei nº 2.627, de 26 de setembro de A Lei nº 4.380, de 21 de agosto de A Lei nº 4.591, de A Lei nº 6.015, de A Lei nº 6.766, de 19 de dezembro de A Lei nº 8.934, de A Lei nº 9.514, de A Lei nº , de No Código Civil Brasileiro de Requisitos para que o instrumento particular tenha acesso ao registro de imóveis Forma de suprimento dos requisitos faltantes Paralelo entre o instrumento público e o instrumento particular Atos e contratos celebrados por instrumento particular com acesso ao registro de imóveis Contratos que visem à transferência, constituição, modificação ou renúncia de direitos reais sobre imóveis de valor até trinta vezes o maior salário mínimo vigente no país Contratos constitutivos e translativos de direitos reais sobre imóveis de qualquer valor quando forem partes entidades que integram o sistema financeiro de habitação Compromisso de compra e venda, de cessão deste e de promessa de cessão de imóvel não-loteado, com ou sem cláusula de arrependimento

4 3.5.4 Contrato de promessa de compra e venda de terrenos loteados e respectiva cessão e promessa de cessão Contrato de locação de imóveis com cláusula de vigência em caso de alienação Direito de preferência de compra do locatário em caso de alienação do imóvel Transferência de imóveis à sociedade Incorporação de edifícios em condomínio Instituição de condomínio em edifícios Convenção de condomínio Pré-contratos ou contratos preliminares Das arras ou sinal Cédula de crédito rural Cédula de crédito industrial Cédula de crédito à exportação Cédula de crédito comercial Cédula de crédito imobiliário Cédula hipotecária Penhor rural Penhor industrial e mercantil Requerimento unânime das partes que tenham participado do registro Distrato Recibo de quitação Compra e venda de bem imóvel com alienação fiduciária Contrato de aquisição de imóveis pelo arrendador, as cessões de posse a as promessas de cessão, bem como o contrato de transferência do direito de propriedade ao arrendatário Partilha amigável CONSIDERAÇÕES FINAIS ANEXOS: Sentença em processo de dúvida

5 MODELOS DE REQUERIMENTOS E DECLARAÇÕES Modelo de requerimento para averbação de casamento Modelo de requerimento para averbação de separação judicial Modelo de requerimento para averbação de divórcio Modelo de requerimento para averbação de óbito Modelo de requerimento para averbação de correção de erro de grafia Modelo de requerimento para averbação do CPF ou CNPJ/MF 143 Modelo de requerimento para registro de pacto antenupcial no primeiro domicílio conjugal Modelo de requerimento para registro de pacto antenupcial fora do primeiro domicílio conjugal Modelo de requerimento para averbação de construção Modelo de requerimento para averbação de demolição Modelo de requerimento para averbação de acréscimo de construção Modelo de requerimento para averbação de demolição e nova construção Modelo de requerimento para averbação de inclusão do número do prédio Modelo de requerimento para averbação de retificação do número do prédio de hipoteca de penhor de pacto comissório de cláusula resolutiva de usufruto Modelo de requerimento para abertura da matrícula do imóvel

6 Modelo de requerimento para averbação de inclusão e retificação do número de quadra, atualização de quarteirão, lado da numeração, distância da esquina, alteração da denominação de ruas e outras Modelo de requerimento para averbação de inclusão, retificação e cancelamento do cadastro do INCRA Modelo de requerimento para averbação de retificação administrativa do imóvel Modelo de requerimento para unificação de imóveis Modelo de requerimento para desmembramento de imóvel Modelo de requerimento para remembramento de imóveis Modelo de requerimento para registro da incorporação imobiliária Modelo de requerimento para registro de loteamento urbano. 180 Modelo de requerimento para a obtenção de certidão para fins de usucapião de imóvel Modelo de requerimento para suscitação de dúvida Modelo de requerimento genérico Modelo de declaração para averbação de prédio com área de até 70,00m 2, com destinação residencial unifamiliar, construído sem emprego de mão-de-obra assalariada Modelo de declaração de anuência de lindeiro para retificação administrativa de imóvel Modelo de declaração de quitação de notas promissórias vinculadas à escritura pacto comissório ou cláusula resolutiva LEGISLAÇÃO Lei n /73 Lei dos Registros Públicos Texto atualizado Consolidação Normativa Notarial e Registral da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (Provimento 01/98) Título V Do Registo de Imóveis Provimento n 0 28/2004 CGJ Projeto More Legal III REFERÊNCIAS

Válida até 30/03/2011

Válida até 30/03/2011 Tabela de Emolumentos / 2011 (1) Válida até 30/03/2011 Anexo da Portaria nº 1448 /CGJ/2010 (a que se refere o 1º do artigo 2º da Lei n.º 15.424, de 30 de dezembro de 2004, atualizado nos termos do artigo

Leia mais

1 de 8 23/12/2011 23:24

1 de 8 23/12/2011 23:24 1 de 8 23/12/2011 23:24 TABELA 4 (R$) ATOS DO OFICIAL DE REGISTRO DE IMÓVEIS Emolumentos Taxa de Fiscalização Judiciária Valor Final ao Usuário 1 Averbação (com todas as anotações e referências a outros

Leia mais

ANEXO II - Códigos dos atos praticados pelos serviços notariais e de registro

ANEXO II - Códigos dos atos praticados pelos serviços notariais e de registro ANEXO II - s dos atos praticados pelos serviços notariais e de registro ATOS DO TABELIÃO DE NOTAS TABELA 1 (R$) Valor Final ao Usuário 1 Aprovação de testamento cerrado 139,36 43,83 183,19 1101-5 2 Ata

Leia mais

TABELA II ATOS DO OFICIAL DO REGISTRO DE IMÓVEIS

TABELA II ATOS DO OFICIAL DO REGISTRO DE IMÓVEIS TABELA II ATOS DO OFICIAL DO REGISTRO DE IMÓVEIS 1 - Registro, por todos os atos: I - com valor, inclusive certidão: de acordo com o ANEXO 3; II - sem valor (pactos antenupciais, citação, etc.): R$ 21,70

Leia mais

Tabela reajustada com índice de 23,67% - INPC (NOV/2004 FEV/2009) ANEXO I TABELA I - CUSTAS PROCESSUAIS I - DEPÓSITO PRÉVIO

Tabela reajustada com índice de 23,67% - INPC (NOV/2004 FEV/2009) ANEXO I TABELA I - CUSTAS PROCESSUAIS I - DEPÓSITO PRÉVIO Tabela reajustada com índice de 23,67% - INPC (NOV/2004 FEV/2009) I - DEPÓSITO PRÉVIO ANEXO I TABELA I - CUSTAS PROCESSUAIS 1. Nas causas de valor até R$ 3.000,00 ou inestimável R$ 70,28 R$ 14,06 R$ 84,34

Leia mais

T A B E L A 4-2015 ATOS DO OFICIAL DE REGISTRO DE IMÓVEIS. Emolumentos Recompe-MG Emolumentos Taxa de Valor Final Código. (Fundo de Compensação)

T A B E L A 4-2015 ATOS DO OFICIAL DE REGISTRO DE IMÓVEIS. Emolumentos Recompe-MG Emolumentos Taxa de Valor Final Código. (Fundo de Compensação) T A B E L A 4-2015 ATOS DO OFICIAL DE REGISTRO DE IMÓVEIS Emolumentos Recompe-MG Emolumentos Taxa Valor Final Código Brutos (B/C do Recompe-MG) (Fundo Compensação) Líquidos (Recompe-MG já duzidos) Fiscalização

Leia mais

P O R T A R I A N 770/2006 PGJ. O PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das suas atribuições legais e,

P O R T A R I A N 770/2006 PGJ. O PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das suas atribuições legais e, MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA P O R T A R I A N 770/2006 PGJ O PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das suas atribuições

Leia mais

Sumário Introdução 1. Escorço histórico 2. Condomínio edilício 3. Direitos e deveres no condomínio edilício

Sumário Introdução 1. Escorço histórico 2. Condomínio edilício 3. Direitos e deveres no condomínio edilício Sumário Introdução 13 1. Escorço histórico 15 1.1. O surgimento da propriedade horizontal no mundo 16 1.2. Condomínio edilício no Brasil 17 2. Condomínio edilício 20 2.1. A questão do nome do instituto

Leia mais

DA PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE BEM IMÓVEL NA PERSPECTIVA DO REGISTRO DE IMÓVEIS: CLÁUSULAS SUSPENSIVA E RESOLUTIVA, EXTINÇÃO E PUBLICIADE REGISTRAL

DA PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE BEM IMÓVEL NA PERSPECTIVA DO REGISTRO DE IMÓVEIS: CLÁUSULAS SUSPENSIVA E RESOLUTIVA, EXTINÇÃO E PUBLICIADE REGISTRAL DA PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE BEM IMÓVEL NA PERSPECTIVA DO REGISTRO DE IMÓVEIS: CLÁUSULAS SUSPENSIVA E RESOLUTIVA, EXTINÇÃO E PUBLICIADE REGISTRAL Professor Luiz Egon Richter 1. DA DISTINÇÃO ENTRE A

Leia mais

Direito Notarial: O Direito Notarial como ciência, síntese histórica, organização do notariado, conceito e definição dos atos notariais SUMÁRIO

Direito Notarial: O Direito Notarial como ciência, síntese histórica, organização do notariado, conceito e definição dos atos notariais SUMÁRIO Direito Notarial: O Direito Notarial como ciência, síntese histórica, organização do notariado, conceito e definição dos atos notariais SUMÁRIO CAPÍTULO I: O Direito Notarial como objeto científico 1.

Leia mais

PORTARIA Nº 1.470/2015-TJ, DE 27 DE AGOSTO DE 2015

PORTARIA Nº 1.470/2015-TJ, DE 27 DE AGOSTO DE 2015 PORTARIA Nº 1.470/2015-TJ, DE 27 DE AGOSTO DE 2015 O PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE: Art. 1 Tornar

Leia mais

Tabela de Custas TABELA II Dos Ofícios de Registro de Imóveis Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo ARI. Em vigor a partir de 8 de janeiro de 2015.

Leia mais

TABELA II Dos Ofícios de Registro de Imóveis

TABELA II Dos Ofícios de Registro de Imóveis TABELA II Dos Ofícios de Registro de Imóveis Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo ARISP. Em vigor a partir de 8 de janeiro de 2014. Lei 11.331,

Leia mais

DO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS. Curso de Técnico em Transações Imobiliárias Curso Total

DO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS. Curso de Técnico em Transações Imobiliárias Curso Total DO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS Curso de Técnico em Transações Imobiliárias Curso Total DO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS DO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS. FINALIDADE. DOS TÍTULOS REGISTRÁVEIS: ESCRITURA

Leia mais

MANUAL - SERVIÇOS REGISTRAIS

MANUAL - SERVIÇOS REGISTRAIS 1ª Zona de Porto Alegre MANUAL - SERVIÇOS REGISTRAIS João Pedro Lamana Paiva Registrador Vinícius Teófilo Lottici Pereira Organização 1 2 CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 236. Os serviços notariais e de registro

Leia mais

PROVIMENTO N. 38, DE 1º DE JULHO DE 2010

PROVIMENTO N. 38, DE 1º DE JULHO DE 2010 PROVIMENTO N. 38, DE 1º DE JULHO DE 2010 Dispõe sobre atualização das tabelas dos emolumentos extrajudiciais anexas a Lei Estadual n. 3.003 de 07 de junho de 2005. O DESEMBARGADOR JOSUÉ DE OLIVEIRA, CORREGEDOR-GERAL

Leia mais

Código de Processo Civil, encontramos regras nesse sentido nos artigos 1003 e seguintes, 1022 e seguintes, artigo 1026.

Código de Processo Civil, encontramos regras nesse sentido nos artigos 1003 e seguintes, 1022 e seguintes, artigo 1026. Escritura pública de inventário e partilha Documentos Necessários A relação de documentos necessários para uma escritura pública de inventário e partilha, especialmente quando contemplam bens imóveis,

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.619, DE 10 DE MAIO DE 2012.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.619, DE 10 DE MAIO DE 2012. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.619, DE 10 DE MAIO DE 2012. Altera a Lei n.º 9.278, de 30 de dezembro de 2009, que dispõe sobre as Custas Processuais, Emolumentos, Fundo de Compensação dos Registradores Civis

Leia mais

TABELA II VALORES DOS EMOLUMENTOS PARA OS ATOS NOTARIAIS E DE REGISTRO Lei nº 9.619 de 10/05/2012

TABELA II VALORES DOS EMOLUMENTOS PARA OS ATOS NOTARIAIS E DE REGISTRO Lei nº 9.619 de 10/05/2012 TABELA II VALORES DOS EMOLUMENTOS PARA OS ATOS NOTARIAIS E DE REGISTRO Lei nº 9.619 10/05/2012 DISCRIMINAÇÃO EMOLUMENTOS FDJ FRMP FCRCPN TOTAL PROTESTO DE TÍTULOS E OUTROS DOCUMENTOS Título apresentado

Leia mais

PORTFÓLIO CURSOS 2015

PORTFÓLIO CURSOS 2015 PORTFÓLIO CURSOS 2015 MARÇO Professor: Edemar Zimmermann (Curitiba) Data: 24, 25 e 26/03 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O Corretor no papel de demonstrador de imóveis; Características básicas do demonstrador de

Leia mais

TABELA DE EMOLUMENTOS DOS SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTROS / 2009

TABELA DE EMOLUMENTOS DOS SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTROS / 2009 TABELA DE EMOLUMENTOS DOS SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTROS / 2009 TABELA I ATOS DOS OFÍCIOS DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS E DE INTERDIÇÕES E TUTELAS I - CASAMENTO - HABILITAÇÃO PARA CASAMENTO

Leia mais

Lei 11.795/08 A NOVA LEI DE CONSÓRCIOS. Juliana Pereira Soares

Lei 11.795/08 A NOVA LEI DE CONSÓRCIOS. Juliana Pereira Soares Lei 11.795/08 A NOVA LEI DE CONSÓRCIOS Art. 2º da Lei 11.795/08: Consórcio é a reunião de pessoas naturais e jurídicas em grupo, com prazo de duração e número de cotas previamente determinados, promovida

Leia mais

PROMESSA DE COMPRA E VENDA E PARCELAMENTO DO SOLO URBANO

PROMESSA DE COMPRA E VENDA E PARCELAMENTO DO SOLO URBANO ARNALDO RIZZARDO PROMESSA DE COMPRA E VENDA E PARCELAMENTO DO SOLO URBANO Leis 6.766/79 e 9.785/99 8. a edição revista e atualizada 5 EDITORAm REVISTA DOS TRIBUNAIS STF00090971 SUMÁRIO OBRAS DO AUTOR.

Leia mais

DOI Declaração sobre Operações Imobiliárias. Perguntas e Respostas. Aditivo ao contrato de compra e venda 1. Adjudicação 2

DOI Declaração sobre Operações Imobiliárias. Perguntas e Respostas. Aditivo ao contrato de compra e venda 1. Adjudicação 2 DOI Declaração sobre Operações Imobiliárias Perguntas e Respostas Dúvida sobre Número da Pergunta Aditivo ao contrato de compra e venda 1 Adjudicação 2 Alienação de imóvel hipotecado 3 Alienação fiduciária

Leia mais

1º ENCONTRO REGINAL DO CORI/MG EM VARGINHA

1º ENCONTRO REGINAL DO CORI/MG EM VARGINHA 1º ENCONTRO REGINAL DO CORI/MG EM VARGINHA DAS CÉDULAS DE CRÉDITO HUMBERTO GOMES DO AMARAL RI MUZAMBINHO rimuzambinho@yahoo.com.br Telefone: 035-3571-5041 1- Cédula de Crédito Bancário Alienação Fiduciária

Leia mais

INVESTIMENTO NO BRASIL: ESPECIFICIDADES DOS MODELOS CONTRATUAIS

INVESTIMENTO NO BRASIL: ESPECIFICIDADES DOS MODELOS CONTRATUAIS INVESTIR NO BRASIL INVESTIMENTO NO BRASIL: ESPECIFICIDADES DOS MODELOS CONTRATUAIS Cristina Bogado Menezes Advogada RSA Advogados 12 de Abril de 2012 INVESTIMENTO NO BRASIL: ESPECIFICIDADES DOS MODELOS

Leia mais

PROVIMENTO N. 98, DE 24 DE FEVEREIRO DE 2014.

PROVIMENTO N. 98, DE 24 DE FEVEREIRO DE 2014. PROVIMENTO N. 98, DE 24 DE FEVEREIRO DE 2014. Dispõe sobre a atualização das tabelas contidas no Anexo da Lei n. 3.003, de 7 de junho de 2005 e dá outras providências. A Corregedora-Geral de Justiça do

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA SIG-EX Sistema de Informações Gerenciais Extrajudicial Layout Interface para Coleta de Atos Este arquivo de interface permitirá a comunicação entre o sistema utilizado pelo cartório e o módulo de importação

Leia mais

TABELA II DOS CARTÓRIOS DE REGISTROS DE IMÓVEIS. 1. Registro com valor declarado. Página 1 VALORES BÁSICOS (R$)

TABELA II DOS CARTÓRIOS DE REGISTROS DE IMÓVEIS. 1. Registro com valor declarado. Página 1 VALORES BÁSICOS (R$) 1. Registro com valor declarado TABELA II DOS CARTÓRIOS DE REGISTROS DE IMÓVEIS VALORES BÁSICOS (R$) a 0 até 854,00 57,81 16,43 12,17 3,04 3,04 92,49 b mais de 854,00 até 2.134,00 92,76 26,36 19,53 4,88

Leia mais

Documentação Necessária para Certificação e Registro de Imóveis Rurais

Documentação Necessária para Certificação e Registro de Imóveis Rurais Documentação Necessária para Certificação e Registro de Imóveis Rurais Diferença entre Registro, Certidão e Matrícula Diferenças entre Averbar e Registrar Necessidade de Retificar um Registro ( retificação

Leia mais

Para extinção das dívidas e/ou saldos devedores do contrato com fundamento no art. 7º da MP nº 496/2010:

Para extinção das dívidas e/ou saldos devedores do contrato com fundamento no art. 7º da MP nº 496/2010: DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Extinção de dívidas do contrato Compra do imóvel com base no art. 12 da Lei nº 11.483/2007 Substituição do beneficiário do contrato de compra e venda ou cessão de direitos Emissão

Leia mais

Corregedoria Nacional de Justiça - Tabela de Temporalidade de Documentos

Corregedoria Nacional de Justiça - Tabela de Temporalidade de Documentos N/A 3-0 N/A 3-1 SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO PROCESSOS E DOCUMENTOS REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS N/A 3-1-1 LIVROS N/A 3-1-1-1 Livro tombo N/A 3-1-1-2 Livro de editais e proclamas N/A 3-1-1-3

Leia mais

FLAUZILINO ARAÚJO DOS SANTOS Primeiro Oficial de Registro de Imóveis da Comarca de São Paulo, Capital

FLAUZILINO ARAÚJO DOS SANTOS Primeiro Oficial de Registro de Imóveis da Comarca de São Paulo, Capital ADEMAR FIORANELLI Oficial do 7º Registro de Imóveis da Capital de São Paulo. Integra o Conselho de Ética e na Coordenação de Jurisprudência do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil IRIB FLAUZILINO

Leia mais

TABELA DE EMOLUMENTOS. Índice de reajuste 6,75%, conforme IPC/IEPE. VIGÊNCIA 01.01.2012.

TABELA DE EMOLUMENTOS. Índice de reajuste 6,75%, conforme IPC/IEPE. VIGÊNCIA 01.01.2012. TABELA DE EMOLUMENTOS Índice de reajuste 6,75%, conforme IPC/IEPE. VIGÊNCIA 01.01.2012. ANEXO (LEI ESTADUAL 12.692/06) EMOLUMENTOS RELATIVOS AOS SERVIÇOS DE TABELIONATO DE NOTAS 1- Escritura pública, incluído

Leia mais

LEI Nº 11.441/2007 ESCRITURA PÚBLICA DE INVENTÁRIO E PARTILHA

LEI Nº 11.441/2007 ESCRITURA PÚBLICA DE INVENTÁRIO E PARTILHA SUCESSÕES: LEI Nº 11.441/2007 ESCRITURA PÚBLICA DE INVENTÁRIO E PARTILHA DOCUMENTOS ROTEIRO INTRODUÇÃO DOCUMENTOS NECESSÁRIOS ...una mala política legislativa, consagrada a través del tiempo, no se sabe

Leia mais

Edição nº 51/2015 Brasília - DF, quinta-feira, 19 de março de 2015. Corregedoria PROVIMENTO Nº 44, DE 18 DE MARÇO DE 2015. Seção I Disposições Gerais

Edição nº 51/2015 Brasília - DF, quinta-feira, 19 de março de 2015. Corregedoria PROVIMENTO Nº 44, DE 18 DE MARÇO DE 2015. Seção I Disposições Gerais Corregedoria PROVIMENTO Nº 44, DE 18 DE MARÇO DE 2015 Estabelece normas gerais para o registro da regularização fundiária urbana. Seção I Disposições Gerais Art. 1º. O processo e os atos de registro da

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1)

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1) (I) DO COMPRADOR ( ) Ficha Cadastral do Proponente (Original, preenchida, datada e assinada) ( ) Documento de Identidade de todos os compradores e seus respectivos cônjuges, se for o caso ( ) CPF de todos

Leia mais

TABELA DE EMOLUMENTOS

TABELA DE EMOLUMENTOS TABELA DE EMOLUMENTOS Índice de reajuste 6,73%, conforme IPC/IEPE. VIGÊNCIA 01.01.2013. ANEXO LEI ESTADUAL 12.692/06 EMOLUMENTOS RELATIVOS AOS SERVIÇOS DE TABELIONATO DE NOTAS 1- Escritura pública, incluído

Leia mais

O 10. QUADROS DA NBR 12.721/2006, COM ART O 11. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO O 12. ATESTADO DE IDONEIDADE FINANCEIRA O 13. CONTRATO-PADRÃO

O 10. QUADROS DA NBR 12.721/2006, COM ART O 11. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO O 12. ATESTADO DE IDONEIDADE FINANCEIRA O 13. CONTRATO-PADRÃO LISTA DE DOCUMENTOS 1 Lei 4.591/64, Provimento nº 260/CGJ/2013. O incorporador deverá apresentar, no Ofício de Registro de Imóveis, os seguintes documentos, organizados nesta ordem. CHECK LIST O 1. MEMORIAL

Leia mais

PRÁTICA CIVIL E PROCESSUAL LEGALE

PRÁTICA CIVIL E PROCESSUAL LEGALE BEM IMOVEL Art. 79. São bens imóveis o solo e tudo quanto se lhe incorporar natural ou artificialmente. Art. 80. Consideram-se imóveis para os efeitos legais: I -os direitos reais sobre imóveis e as ações

Leia mais

Manual para preenchimento da Guia de ITBI Lei Municipal 3.398, de 22 de fevereiro de 1.989 e alterações, Decreto 069 de 03 de março de 1989

Manual para preenchimento da Guia de ITBI Lei Municipal 3.398, de 22 de fevereiro de 1.989 e alterações, Decreto 069 de 03 de março de 1989 Manual para preenchimento da Guia de ITBI Lei Municipal 3.398, de 22 de fevereiro de 1.989 e alterações, Decreto 069 de 03 de março de 1989 C:\SiteMogi_2009\Manual para preenchimento da Guia2.doc 1 Instruções

Leia mais

TABELA A ATOS DOS TABELIÃES. 01 ABERTURA DE FIRMA (ficha de autógrafos)... R$ 4,60

TABELA A ATOS DOS TABELIÃES. 01 ABERTURA DE FIRMA (ficha de autógrafos)... R$ 4,60 TABELA A ATOS DOS TABELIÃES 01 ABERTURA DE FIRMA (ficha de autógrafos)... R$ 4,60 02 ATAS NOTARIAIS (pela lavratura e registro, conforme a complexidade do fato observado a ser transformado em ato jurídico

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS PROVIMENTO Nº 14/2013/CGJUS-TO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS PROVIMENTO Nº 14/2013/CGJUS-TO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS Palácio da Justiça Rio Tocantins, Praça dos Girassóis, sn - Bairro Centro - CEP 77015007 - Palmas - TO - http://wwa.tjto.jus.br Tribunal de Justiça Texto Original

Leia mais

DIREITO CIVIL. 5. A simples interpretação de cláusula contratual não enseja recurso especial.

DIREITO CIVIL. 5. A simples interpretação de cláusula contratual não enseja recurso especial. SÚMULAS DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA - STJ DIREITO CIVIL 5. A simples interpretação de cláusula contratual não enseja recurso especial. c Art. 105, III, da CF. c Art. 257 do RISTJ. 16. A legislação

Leia mais

Registros Públicos (Eletiva)

Registros Públicos (Eletiva) UFF MACAÉ - MDI Registros Públicos (Eletiva) Sônia Barroso Brandão Soares (sbbsoares@uol.com.br) Dezembro/2012 REGISTROS PÚBLICOS: Noções Gerais BIBLIOGRAFIA: - BENÍCIO, Hércules Alexandre Costa. Responsabilidade

Leia mais

TABELA DE EMOLUMENTOS. Índice de reajuste 8,37%, conforme IPC/IEPE/UFRGS. VIGÊNCIA 01.01.2014. ANEXO LEI ESTADUAL 12.692/06

TABELA DE EMOLUMENTOS. Índice de reajuste 8,37%, conforme IPC/IEPE/UFRGS. VIGÊNCIA 01.01.2014. ANEXO LEI ESTADUAL 12.692/06 TABELA DE EMOLUMENTOS Índice de reajuste 8,37%, conforme IPC/IEPE/UFRGS. VIGÊNCIA 01.01.2014. ANEXO LEI ESTADUAL 12.692/06 EMOLUMENTOS RELATIVOS AOS SERVIÇOS DE TABELIONATO DE NOTAS 1- Escritura pública,

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Perguntas mais frequentes 01. Quando começo a pagar o condomínio? Caso adquira o imóvel durante a construção, o pagamento do condomínio começa após a primeira reunião de instalação do condomínio, que é

Leia mais

Declaração sobre Operações Imobiliárias - DOI. O usufruto e a divisão amigável no contexto da disciplina em vigor

Declaração sobre Operações Imobiliárias - DOI. O usufruto e a divisão amigável no contexto da disciplina em vigor Declaração sobre Operações Imobiliárias - DOI O usufruto e a divisão amigável no contexto da disciplina em vigor Antonio Herance Filho INR INFORMATIVO NOTARIAL E REGISTRAL Publicações, Consultoria e Cursos

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. Dispõe sobre a complementação da receita a ser destinada as serventias extrajudicias deficitárias, altera a alíquota do Fundo de Compensação

Leia mais

PLANILHA DE QUALIFICAÇÃO COMPRA E VENDA *

PLANILHA DE QUALIFICAÇÃO COMPRA E VENDA * PLANILHA DE QUALIFICAÇÃO COMPRA E VENDA * PROTOCOLO n o MATRÍCULA (S) n o S = Sim N = Não NA = Não se aplica ANÁLISE DA MATRÍCULA 1 Proceda a uma análise da matrícula e faça um resumo de todos os atospositivos

Leia mais

DIREITO CONTRATUAL. Uma proposta de ensino aos acadêmicos de Direito. EDITORA LTr SÃO PAULO. 347.44(81) K39d

DIREITO CONTRATUAL. Uma proposta de ensino aos acadêmicos de Direito. EDITORA LTr SÃO PAULO. 347.44(81) K39d GILBERTO KERBER Professor e advogado. Mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor do Curso de Graduação e de Pós-Graduação de Direito da Universidade Regional Integrada do

Leia mais

POR DENTRO DO NOVO SISTEMA NACIONAL DE CADASTRO RURAL

POR DENTRO DO NOVO SISTEMA NACIONAL DE CADASTRO RURAL POR DENTRO DO NOVO SISTEMA NACIONAL DE CADASTRO RURAL Ementa O que é CCIR Diferença entre CCIR, SNCR, NIRF e ITR Número do Código INCRA é o CCIR? Legislação pertinente O que é o Cadastro de Imóvel Rural

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

Tabela de Emolumentos / 2014

Tabela de Emolumentos / 2014 Tabela de / 2014 Anexo Único da Portaria nº 2.992/CGJ/2013 (a que se refere o 1º do art. 2º da Lei Estadual nº 15.424, de 30 de dezembro de 2004, com alterações posteriores, atualizado nos termos do artigo

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL

CONTRATO DE LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS É o ato de vontade que, por se conformar com os mandamentos da lei e a vocação do ordenamento jurídico, confere ao agente os efeitos por ele almejados. ELEMENTOS ESTRUTURAIS I -ESSENCIAIS

Leia mais

CHECKLIST DETALHADO PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL PESSOA JURÍDICA 1. DOCUMENTOS DE ANÁLISE DE CRÉDITO

CHECKLIST DETALHADO PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL PESSOA JURÍDICA 1. DOCUMENTOS DE ANÁLISE DE CRÉDITO Após a aprovação do crédito e a avaliação do imóvel, retorne à sua Agência com a relação completa dos documentos descritos nos itens abaixo, para a efetivação de seu financiamento. 1. DOCUMENTOS DE ANÁLISE

Leia mais

Chave de Correção Registro de Imóveis Professora: Andréa Baêta

Chave de Correção Registro de Imóveis Professora: Andréa Baêta 1. O que é qualificação registral? Chave de Correção Registro de Imóveis Professora: Andréa Baêta A qualificação registral imobiliária é o juízo prudencial, positivo ou negativo, da potência de um título

Leia mais

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto.

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Orientações para aquisição de Bens Imóveis Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Lembrando que a análise do seu

Leia mais

1. INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS COISAS

1. INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS COISAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS COISAS Conceitos iniciais 1.1 Conceito de direito das coisas. A questão terminológica 1.2 Conceito de direitos reais. Teorias justificadoras e caracteres. Análise preliminar

Leia mais

PROVIMENTO Nº 12/2012 - CGJ

PROVIMENTO Nº 12/2012 - CGJ PROVIMENTO Nº 12/2012 - CGJ O Excelentíssimo Senhor Corregedor Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso no uso de suas atribuições legais previstas nos artigos 31 e 39, alínea c, do Código de Organização

Leia mais

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo ARISP. Em vigor a partir de 7 de janeiro de 2011. Lei 11.331,

Leia mais

CHECKLIST DETALHADO PARA AQUISIÇÃO DE LOTE URBANO 1. DOCUMENTOS INICIAIS

CHECKLIST DETALHADO PARA AQUISIÇÃO DE LOTE URBANO 1. DOCUMENTOS INICIAIS Após a aprovação do crédito e a avaliação do imóvel, retorne à sua Agência com a relação completa dos documentos descritos nos itens abaixo, para a efetivação de seu financiamento. 1. DOCUMENTOS INICIAIS

Leia mais

NOTA TÉCNICA CONJUNTA PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA

NOTA TÉCNICA CONJUNTA PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA NOTA TÉCNICA CONJUNTA PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Associação dos Notários e Registradores do Brasil ANOREG/BR Instituto de Registro Imobiliário do Brasil IRIB Associação dos Registradores Imobiliários

Leia mais

A afetação do acervo nas incorporações imobiliárias, 17

A afetação do acervo nas incorporações imobiliárias, 17 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 A afetação do acervo nas incorporações imobiliárias, 17 MELHIM NAlVlEM CHALHUB 1.1. Introdução 18 1.2. Contrato de incorporação: caracterização geral.. 19 1.3. Notas sobre a aplicação

Leia mais

SUMÁRIO PREFÁCIO... 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 3 1.2 AS ATUAÇÕES DO MAGISTRADO (ESTADO-JUIZ) E DO

SUMÁRIO PREFÁCIO... 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 3 1.2 AS ATUAÇÕES DO MAGISTRADO (ESTADO-JUIZ) E DO SUMÁRIO PREFÁCIO... 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 3 1.2 AS ATUAÇÕES DO MAGISTRADO (ESTADO-JUIZ) E DO TABELIÃO (PRESTADOR DE SERVIÇO PÚBLICO EM CARÁTER PRIVADO)... 5 1.3 NOVA LEI HOMENAGEIA

Leia mais

FICHA CADASTRAL. Empreendimento: Box: Imobiliária: Gerente: Corretor: CÓDIGO: FCO 001.05 ELABORAÇÃO: CLARISSE XAVIER APROVAÇÃO: JULIANO MELNICK

FICHA CADASTRAL. Empreendimento: Box: Imobiliária: Gerente: Corretor: CÓDIGO: FCO 001.05 ELABORAÇÃO: CLARISSE XAVIER APROVAÇÃO: JULIANO MELNICK FICHA CADASTRAL Empreendimento: Torre: Imobiliária: Gerente: Corretor: Unidade: Box: PÁGINA: 01 de 06 PROPONENTE - 1º Comprador (Se pessoa jurídica, dados do representante da empresa) Data de Pagamento:

Leia mais

1º A gestão do Programa cabe ao Ministério das Cidades e sua operacionalização à Caixa Econômica Federal CEF.

1º A gestão do Programa cabe ao Ministério das Cidades e sua operacionalização à Caixa Econômica Federal CEF. LEI 10.188, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2001 Cria o Programa de Arrendamento Residencial, institui o arrendamento residencial com opção de compra e dá outras providências. Faço saber que o Presidente da República

Leia mais

ÍNDICE POR ASSUNTO. Assunto Questão nº

ÍNDICE POR ASSUNTO. Assunto Questão nº ÍNDICE POR ASSUNTO Assunto Questão nº A A ACEITAÇÃO VALE POR SI SÓ................. 2022 ABERTURA DE CREDITO,.................... 1 a 2 ACEITAÇÃO DA HERANÇA........ 2016 a 2021 ADIANTAMENTO DE LEGÍTIMA...........

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS TABELA C ATOS DOS OFICIAIS DE REGISTRO DE IMÓVEIS

NOTAS EXPLICATIVAS TABELA C ATOS DOS OFICIAIS DE REGISTRO DE IMÓVEIS 1 NOTAS EXPLICATIVAS TABELA C ATOS DOS OFICIAIS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Dispõe a Consolidação das Normas da Corregedoria Geral da Justiça relativas ao Foro Extrajudicial Provimento nº 02/2009, sobre a Tabela

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 35, DE 24 DE ABRIL DE 2007

RESOLUÇÃO Nº 35, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Texto compilado a partir da redação dada pelas Resoluções nºs 143/2011 e 179/2013 RESOLUÇÃO Nº 35, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Disciplina a aplicação da Lei nº 11.441/07 pelos serviços notariais e de registro

Leia mais

Lei n. o 7/2013. Regime jurídico da promessa de transmissão. de edifícios em construção. Breve introdução

Lei n. o 7/2013. Regime jurídico da promessa de transmissão. de edifícios em construção. Breve introdução Lei n. o 7/2013 Regime jurídico da promessa de transmissão de edifícios em construção Breve introdução 1. O que regula essencialmente o Regime jurídico da promessa de transmissão de edifícios em construção?

Leia mais

Mantida a Nota de Devolução datada de 23 de setembro de 2010, elaborada nos seguintes termos:

Mantida a Nota de Devolução datada de 23 de setembro de 2010, elaborada nos seguintes termos: EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR GUSTAVO HENRIQUE BRETAS MARZAGÃO, MERITÍSSIMO JUIZ DE DIREITO E CORREGEDOR PERMANENTE DA 1ª VARA DE REGISTROS PÚBLICOS DA COMARCA DE SÃO PAULO-SP. O 17º Oficial de Registro

Leia mais

Corregedoria Geral de Justiça

Corregedoria Geral de Justiça Corregedoria Geral de Justiça Ronaldo Claret de Moraes Juiz Auxiliar da Corregedoria Superintendente dos Serviços Notariais e de Registro do Estado de Minas Geras SIMPÓSIO Aplicabilidade da Lei 11.441/2007

Leia mais

TABELA 1 (R$) Taxa de Fiscalização Judiciária. Valor Final ao Usuário ATOS DO TABELIÃO DE NOTAS. Código

TABELA 1 (R$) Taxa de Fiscalização Judiciária. Valor Final ao Usuário ATOS DO TABELIÃO DE NOTAS. Código ANEXO II Códigos dos atos praticados pelos serviços notariais e de registro (a que se refere o art. 8º, inciso I, da Portaria-Conjunta nº 03/2005/TJMG/CGJ/SEF-MG, de 30 de março de 2005, com valores constantes

Leia mais

CONCEITOS DE IMÓVEL RURAL: aplicações na Certificação e no Registro de Imóveis

CONCEITOS DE IMÓVEL RURAL: aplicações na Certificação e no Registro de Imóveis CONCEITOS DE IMÓVEL RURAL: aplicações na Certificação e no Registro de Imóveis RIDALVO MACHADO DE ARRUDA PROCURADOR FEDERAL (PFE-INCRA/PB) ESPECIALISTA EM DIREITO REGISTRAL IMOBILIÁRIO NO DIREITO AGRÁRIO

Leia mais

A proteção do adquirente na incorporação e no loteamento

A proteção do adquirente na incorporação e no loteamento Considerações ao Art. 55 da Lei nº 13.097/2015 A proteção do adquirente na incorporação e no loteamento Olivar Vitale SECOVI Maio/2015 Aquisição de Imóvel Princípio da boa-fé: regra de conduta e padrões

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL Nota: Os documentos abaixo relacionados deverão ser apresentados na forma original ou por cópia autenticada em cartório. DOCUMENTOS DO COMPRADOR

Leia mais

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL 1. Registro com valor declarado a De até 986,00 66,70 18,96 14,04 3,51 3,51 106,72 b 986,01 até 2.462,00 107,03 30,43 22,53 5,63 5,63 171,25 c 2.462,01 até 4.104,00 192,01 54,57 40,42 10,11 10,11 307,22

Leia mais

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo - ARISP. Em vigor a partir de 8 de janeiro de 2010. Lei Estadual

Leia mais

Direito das Coisas II

Direito das Coisas II 2.8 DO DIREITO DO PROMITENTE COMPRADOR Ao cabo do que já era reconhecido pela doutrina, o Código Civil de 2002, elevou o direito do promitente comprador ao status de direito real. Dantes, tão somente constava

Leia mais

TABELA II Dos Ofícios de Registro de Imóveis

TABELA II Dos Ofícios de Registro de Imóveis TABELA II Dos Ofícios de Registro de Imóveis Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo - ARISP. Em vigor a partir de 8 de janeiro de 2009. Lei Estadual

Leia mais

14/06/2013. Andréa Baêta Santos

14/06/2013. Andréa Baêta Santos Tema: DIREITO REGISTRAL IMOBILIÁRIO Questões de Registro de Imóveis 14/06/2013 1. Na certidão em relatório Oficial deve sempre se ater ao quesito requerente? formulado o pelo Não, pois sempre que houver

Leia mais

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo ARISP. Em vigor a partir de 6 de janeiro de 2012. Lei 11.331,

Leia mais

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL

1. Registro com valor declarado DISCRIMINAÇÃO (R$) OFICIAL ESTADO CARTEIRA REG CIVIL T JUSTIÇA TOTAL TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo ARISP. Em vigor a partir de 8 de janeiro de 2013. Lei 11.331,

Leia mais

FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL

FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL O Presidente da FUNDAÇÃO ENORE, no uso de suas atribuições, TORNA PÚBLICO que se encontram abertas as inscrições para docência

Leia mais

RESUMO DA TABELA DE EMOLUMENTOS E TFJ DE 2015 EM VIGOR PARA ATOS PRATICADOS A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2015

RESUMO DA TABELA DE EMOLUMENTOS E TFJ DE 2015 EM VIGOR PARA ATOS PRATICADOS A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2015 RESUMO DA TABELA DE EMOLUMENTOS E TFJ DE 2015 EM VIGOR PARA ATOS PRATICADOS A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2015 1- ATOS DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS VALORES EM R$ ATO VALORES TOTAL BUSCA (POR PERÍODO

Leia mais

OFÍCIO CIRCULAR N.º 205/2008-CGJ/DOF (Id. 076486/08) Favor mencionar este número Cuiabá, 25 de setembro de 2008.

OFÍCIO CIRCULAR N.º 205/2008-CGJ/DOF (Id. 076486/08) Favor mencionar este número Cuiabá, 25 de setembro de 2008. OFÍCIO CIRCULAR N.º 205/2008-CGJ/DOF (Id. 076486/08) Favor mencionar este número Cuiabá, 25 de setembro de 2008. Senhor(a) Oficial(a) de Registro de Imóveis: De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador

Leia mais

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013.

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. Publicado no DOM n 1.528, de 14.06.2013 Dispõe sobre procedimentos para solicitações referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU,

Leia mais

I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ASSUNTOS FUNDIÁRIOS E AMBIENTAIS

I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ASSUNTOS FUNDIÁRIOS E AMBIENTAIS QUESTÕES FUNDIÁRIAS E AMBIENTAIS NO REGISTRO DE IMÓVEIS I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ASSUNTOS FUNDIÁRIOS E AMBIENTAIS Maria Aparecida Bianchin Pacheco Registradora de Imóveis e de TD de Poxoréu-MT Representante

Leia mais

RESOLUÇÃO EXTRAJUDICIAL DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA IMOBILIÁRIA POR INADIMPLEMENTO ABSOLUTO DO QUESTÕES ATUAIS E OUTRAS NEM TÃO ATUAIS...

RESOLUÇÃO EXTRAJUDICIAL DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA IMOBILIÁRIA POR INADIMPLEMENTO ABSOLUTO DO QUESTÕES ATUAIS E OUTRAS NEM TÃO ATUAIS... RESOLUÇÃO EXTRAJUDICIAL DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA IMOBILIÁRIA POR INADIMPLEMENTO ABSOLUTO DO COMPRADOR QUESTÕES ATUAIS E OUTRAS NEM TÃO ATUAIS... Rubens Leonardo Marin SECOVI / SP 11/05/2015 O problema:

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE DIREITO CIVIL... 15

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE DIREITO CIVIL... 15 Sumário 5 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE DIREITO CIVIL... 15 QUESTÕES... 15 1. Aspectos das Codificações de 1916 e 2002... 15 2. Estrutura Organizacional do

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 13. Condomínio Ação de Anulação de Assembleia Geral- Ação Ordinária Petição Inicial...16

APRESENTAÇÃO... 13. Condomínio Ação de Anulação de Assembleia Geral- Ação Ordinária Petição Inicial...16 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO................ 13 PETIÇÕES EM MATÉRIA IMOBllIÁRIA...15 Condomínio Ação de Anulação de Assembleia Geral- Ação Ordinária Petição Inicial......16 Condomínio Ação de Anulação de Assembleio

Leia mais

DOCUMENTOS DO VENDEDOR PESSOA FÍSICA. Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado;

DOCUMENTOS DO VENDEDOR PESSOA FÍSICA. Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado; DOCUMENTOS DO VENDEDOR PESSOA FÍSICA Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado; Nota: caso o proponente for casado(a), enviar também os documentos/certidões

Leia mais

Securitização De Créditos Imobiliários

Securitização De Créditos Imobiliários Securitização De Créditos Imobiliários Operações Imobiliárias A 1. O que é securitização de créditos imobiliários? Securitização é um processo estruturado, coordenado por uma instituição especializada

Leia mais

I ESCRITURAS 1.1 ESCRITURAS PÚBLICAS SEM CONTEÚDO FINANCEIRO

I ESCRITURAS 1.1 ESCRITURAS PÚBLICAS SEM CONTEÚDO FINANCEIRO I ESCRITURAS 1.1 ESCRITURAS PÚBLICAS SEM CONTEÚDO FINANCEIRO Qualquer escritura sem conteúdo financeiro, ou de constituição gratuita de servidão, renúncia de herança ou cessão gratuita de direitos hereditários

Leia mais

TABELA DE CUSTAS E EMOLUMENTOS DE ATOS FORENSES JUDICIAIS E DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO ESTADO DE ALAGOAS

TABELA DE CUSTAS E EMOLUMENTOS DE ATOS FORENSES JUDICIAIS E DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO ESTADO DE ALAGOAS "A" ATOS DOS TABELIÃES I- Escrituras Até o valor de R$ 6,40 R$ 10,87 Até o valor de R$ 12,80 R$ 16,28 Até o valor de R$ 38,39 R$ 27,17 Até o valor de R$ 95,96 R$ 37,90 Até o valor de R$ 159,93 R$ 48,68

Leia mais

O contribuinte do IPTU é o proprietário do imóvel, o titular do seu domínio útil ou o seu possuidor, a qualquer título.

O contribuinte do IPTU é o proprietário do imóvel, o titular do seu domínio útil ou o seu possuidor, a qualquer título. IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO IPTU FATO GERADOR E INCIDÊNCIA O Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU tem como fato gerador a propriedade, o domínio útil ou posse de todo e qualquer bem imóvel

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação. Documentação para aprovação

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação. Documentação para aprovação PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação DIRETORIA DE APROVAÇÃO DE PROJETOS Onde requerer: Praça de Atendimento 2 - Centro Administrativo Térreo Endereço: Avenida

Leia mais

Documentação Específica de acordo com Natureza Jurídica da PJ

Documentação Específica de acordo com Natureza Jurídica da PJ Administração Pública Documentação Específica de acordo com Natureza Jurídica da PJ ADMINISTRAÇÃO FEDERAL - UNIÃO Órgão Público do Poder Executivo Federal NJ 101-5 Órgão Público do Poder Legislativo Federal

Leia mais

Declaração para Cadastro de Imóveis Rurais. Manual de Orientação para Preenchimento da

Declaração para Cadastro de Imóveis Rurais. Manual de Orientação para Preenchimento da Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA SISTEMA NACIONAL DE CADASTRO RURAL - SNCR Manual de Orientação para Preenchimento da Declaração para

Leia mais