TABELA DE CORRESPONDÊNCIA CÓDIGO CIVIL/1916 E CÓDIGO CIVIL/2002

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TABELA DE CORRESPONDÊNCIA CÓDIGO CIVIL/1916 E CÓDIGO CIVIL/2002"

Transcrição

1 TABELA DE CORRESPONDÊNCIA CÓDIGO CIVIL/1916 E CÓDIGO CIVIL/2002 PARTE GERAL DISPOSIÇÃO PRELIMINAR Art. 1º sem correspondência LIVRO I DAS PESSOAS TÍTULO I DA DIVISÃO DAS PESSOAS DAS PESSOAS NATURAIS Art. 2º Art. 1º Art. 3º sem correspondência Art. 4º Art. 2º Art. 5º Art. 3º Art. 6º Art. 4º Art. 7º sem correspondência Art. 8º sem correspondência Art. 9º Art. 5º Art Art. 6º Art Art. 8º Art Arts. 9º e 10 I DAS PESSOAS JURÍDICAS Seção I Disposições gerais Art Art. 40 Art Art. 41 Art Art. 43 Art Art. 44 Art sem correspondência Seção II Do registro civil das pessoas jurídicas Art Arts. 45 e 985 Art Art. 46 Seção III Das sociedades ou associações civis Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art. 61 Art sem correspondência Seção IV Das fundações Art Art. 62 Art Art. 63 Art Art. 66 Art Art. 65 Art Art. 67 Art Art. 68 Art Art. 69 TÍTULO II DO DOMICÍLIO CIVIL Art Art. 70 Art Arts. 71 e 72 Art Art. 73 Art Art. 74 Art Art. 75 Art Art. 76 Art Art. 76 Art Art. 76 Art Art. 76 Art Art. 76 Art Art. 77 Art Art. 78 Nota: 1. Os artigos à esquerda pertencem ao Código Civil de 1916; os à direita, ao Código Civil de 2002.

2 LIVRO II DOS BENS TÍTULO ÚNICO DAS DIFERENTES CLASSES DE BENS DOS BENS CONSIDERADOS EM SI MESMOS Seção I Dos bens imóveis Art Art. 79 Art Art. 80 Art sem correspondência Art Art. 81 Seção II Dos bens móveis Art Art. 82 Art Art. 83 Art Art. 84 Seção III Das coisas fungíveis e consumíveis Art Art. 85 Art Art. 86 Seção IV Das coisas divisíveis e indivisíveis Art Art. 87 Art Arts. 87 e 88 Seção V Das coisas singulares e coletivas Art Arts. 89 a 91 Art Arts. 89 a 91 Art Arts. 89 a 91 Art Arts. 89 a 91 I DOS BENS RECIPROCAMENTE CONSIDERADOS Art Art. 92 Art Art. 95 Art Art. 95 Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art. 96 Art Art. 97 II DOS BENS PÚBLICOS E PARTICULARES Art Art. 98 Art Art. 99 Art Arts. 100 e 101 Art Art. 103 V DAS COISAS QUE ESTÃO FORA DO COMÉRCIO Art sem correspondência Capítulo V DO BEM DE FAMÍLIA Art Arts , e Art Art Art Art Art Arts e LIVRO III DOS FATOS JURÍDICOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art sem correspondência Art Art. 189 Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência TÍTULO I DOS ATOS JURÍDICOS DISPOSIÇÕES GERAIS Art Art. 185 Art Art. 104 Art Art. 105 Art sem correspondência Art Art. 112

3 I DOS DEFEITOS DOS ATOS JURÍDICOS Seção I Do erro ou ignorância Art Art. 138 Art Art. 139 Art Art. 139 Art Art. 141 Art Art. 140 Art Art. 142 Seção II Do dolo Art Art. 145 Art Art. 146 Art Art. 147 Art Art. 148 Art Art. 149 Art Art. 150 Seção III Da coação Art Art. 151 Art Art. 152 Art Art. 153 Art Arts. 154 e 155 Seção IV Da simulação Art Art. 167 Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art. 167 Seção V Da fraude contra credores Art Art. 158 Art Art. 159 Art Art. 160 Art Art. 161 Art Art. 162 Art Art. 163 Art Art. 164 Art Art. 165 II DAS MODALIDADES DOS ATOS JURÍDICOS Art Art. 121 Art Art. 122 Art Arts. 123 e 124 Art Art. 121 Art Art. 125 Art Arts. 127, 128 e 474 Art Art. 129 Art Art. 130 Art Art. 126 Art Art. 131 Art Art. 135 Art Art. 132 Art Art. 133 Art Art. 134 Art Art. 136 V DA FORMA DOS ATOS JURÍDICOS E DA SUA PROVA Art Art. 107 Art sem correspondência Art Art. 219 Art Art. 220 Art Art. 109 Art Arts. 108 e 215 Art Art. 221 Art Art. 212 Art Art. 216 Art Art. 217 Art Art. 218 Art Art. 224 Art Art. 227 Art Art. 228 Art sem correspondência Art Art. 229 Capítulo V DAS NULIDADES Art Art. 166 Art Art. 168 Art Art. 171 Art Art. 172 Art Art. 173 Art Art. 174 Art Art. 175 Art Arts. 177 e 183 Art Art. 184 Art sem correspondência Art Art. 180 Art sem correspondência Art Art. 181 Art Art. 182

4 TÍTULO II DOS ATOS ILÍCITOS Art Arts. 186 e 927 Art Art. 188 TÍTULO III DA PRESCRIÇÃO DISPOSIÇÕES GERAIS Art Art. 191 Art Art. 193 Art sem correspondência Art Art. 195 Art Art. 196 Art Art. 194 Art sem correspondência I DAS CAUSAS QUE IMPEDEM OU SUSPENDEM A PRESCRIÇÃO Art Art. 197 Art Art. 198 Art Art. 199 Art Art. 201 II DAS CAUSAS QUE INTERROMPEM A PRESCRIÇÃO Art Art. 202 Art Art. 202 Art Art. 203 Art sem correspondência Art Art. 204 V DOS PRAZOS DA PRESCRIÇÃO Art Art. 205 Art Arts. 178, 206, 445, 1.555, 1.560, e Art Art. 205 PARTE ESPECIAL LIVRO I DO DIREITO DE FAMÍLIA TÍTULO I DO CASAMENTO DAS FORMALIDADES PRELIMINARES Art Arts e Art Arts , e Art Art I DOS IMPEDIMENTOS Art Arts , e Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art II DA OPOSIÇÃO DOS IMPEDIMENTOS Art Arts e Art Art Art Art V DA CELEBRAÇÃO DO CASAMENTO Art Art Art Art Art Arts e Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art

5 Capítulo V DAS PROVAS DO CASAMENTO Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Capítulo VI DO CASAMENTO NULO E ANULÁVEL Art Art Art Arts , e Art Art Art Arts e Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Capítulo VII DISPOSIÇÕES PENAIS Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência TÍTULO II DOS EFEITOS JURÍDICOS DO CASAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art I DOS DIREITOS E DEVERES DO MARIDO Art Arts a Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art II DOS DIREITOS E DEVERES DA MULHER Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Arts e Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência TÍTULO III DO REGIME DOS BENS ENTRE OS CÔNJUGES DISPOSIÇÕES GERAIS Art Arts e Art Art Art Arts e Art sem correspondência Art Art Art Art

6 I DO REGIME DA COMUNHÃO UNIVERSAL Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art II DO REGIME DA COMUNHÃO PARCIAL Art Art Art Art Art Arts e Art Art Art Art Art Arts e Art sem correspondência V DO REGIME DA SEPARAÇÃO Art Art Art Arts e Capítulo V DO REGIME DOTAL Seção I Da constituição do dote Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Seção II Dos direitos e obrigações do marido em relação aos bens dotais Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Seção III Da restituição do dote Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Seção IV Da separação do dote e sua administração pela mulher Art sem correspondência Art sem correspondência Seção V Dos bens parafernais Art sem correspondência Art sem correspondência Capítulo VI DAS DOAÇÕES ANTENUPCIAIS Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência TÍTULO IV DA DISSOLUÇÃO DA SOCIEDADE CONJUGAL E DA PROTEÇÃO DA PESSOA DOS FILHOS DA DISSOLUÇÃO DA SOCIEDADE CONJUGAL Arts. 315 a 324 (Revogados pela Lei 6.515/ 1977.)

7 I DA PROTEÇÃO DA PESSOA DOS FILHOS Arts. 325 a 328. (Revogados pela Lei 6.515/ 1977.) Art Art TÍTULO V DAS RELAÇÕES DE PARENTESCO DISPOSIÇÕES GERAIS Art Art Art Art Art (Revogado pela Lei 8.560/1992.) Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência I DA FILIAÇÃO LEGÍTIMA Art (Revogado pela Lei 8.560/1992.) Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art (Revogado pela Lei 8.560/1992.) Art Art Art Art Art Art Art Art II DA LEGITIMAÇÃO Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência V DO RECONHECIMENTO DOS FILHOS ILEGÍTIMOS Art Art Art Art Art Art Art (Revogado pela Lei 7.841/1989.) Art Art Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Capítulo V DA ADOÇÃO Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Art Art Capítulo VI DO PÁTRIO PODER Seção I Disposições gerais Art Art Art Arts e Art Art Art sem correspondência Art Art Seção II Do pátrio poder quanto à pessoa dos filhos Art Arts e Seção III Do pátrio poder quanto aos bens dos filhos Art Art Art Art

8 Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Seção IV Da suspensão e extinção do pátrio poder Art Art Art Art Art Art Art Arts e Capítulo VII DOS ALIMENTOS Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência TÍTULO VI DA TUTELA, DA CURATELA E DA AUSÊNCIA DA TUTELA Seção I Dos tutores Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Seção II Dos incapazes de exercer a tutela Art Art Seção III Da escusa dos tutores Art Art Art Art Art Art Art Art Seção IV Da garantia da tutela Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Seção V Do exercício da tutela Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Arts e Art Art Art Art Art Art Art Art Seção VI Dos bens de órfãos Art Art Art Art Seção VII Da prestação de contas da tutela Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Seção VIII Da cessação da tutela Art Art Art Art Art Art Art Art I DA CURATELA Seção I Disposições gerais Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Arts e 1.781

9 Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Seção II Dos pródigos Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Seção III Da curatela do nascituro Art Art II DA AUSÊNCIA Seção I Da curadoria de ausentes Art Art. 22 Art Art. 23 Art Art. 24 Art Art. 25 Art Art. 25 Art Art. 25 Seção II Da sucessão provisória Art Art. 26 Art Art. 27 Art Art. 28 Art Art. 29 Art Art. 30 Art Art. 30 Art Art. 31 Art Art. 32 Art Art. 33 Art Art. 34 Art Art. 35 Art Art. 36 Seção III Da sucessão definitiva Art Art. 37 Art Art. 38 Art Art. 39 Seção IV Dos efeitos da ausência quanto aos direitos de família Art sem correspondência LIVRO II DO DIREITO DAS COISAS TÍTULO I DA POSSE DA POSSE E SUA CLASSIFICAÇÃO Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art I DA AQUISIÇÃO DA POSSE Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art II DOS EFEITOS DA POSSE Art Art Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art

10 Art Art Art Art V DA PERDA DA POSSE Art Art Art sem correspondência Art Art Capítulo V DA PROTEÇÃO POSSESSÓRIA Art sem correspondência TÍTULO II DA PROPRIEDADE DA PROPRIEDADE EM GERAL Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art I DA PROPRIEDADE IMÓVEL Seção I Da aquisição da propriedade imóvel Art Art Seção II Da aquisição pela transcrição do título Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art sem correspondência Seção III Da aquisição por acessão Art Art Das ilhas Art Art Da aluvião Art Art Art sem correspondência Art Art Da avulsão Art Art Art Art Art sem correspondência Do álveo abandonado Art Art Das construções e plantações Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Seção IV Do usucapião Art Art Art Art Art Art Art Art Seção V Dos direitos de vizinhança Do uso nocivo da propriedade Art Art Art Art Das árvores limítrofes Art Art Art Art Art Art Da passagem forçada Art Art Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Das águas Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Dos limites entre prédios Art Art Art Art Art Art Do direito de construir Art Art Art Arts e Art sem correspondência Art Art

11 Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Do direito de tapagem Art Art Seção VI Da perda da propriedade imóvel Art Arts e Art Art Art sem correspondência II DA AQUISIÇÃO E PERDA DA PROPRIEDADE MÓVEL Seção I Da ocupação Art Art Art sem correspondência Da caça Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Da pesca Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Da invenção Art Art Art Art Art Art Art Art Do tesouro Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Seção II Da especificação Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Seção III Da confusão, comistão e adjunção Art Art Art Art Art Art Seção IV Do usucapião Art Art Art Arts e Seção V Da tradição Art Art Art Art Art Art V DO CONDOMÍNIO Seção I Dos direitos e deveres dos condôminos Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art sem correspondência Seção II Da administração do condomínio Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art

12 Seção III Do condomínio em paredes, cercas, muros e valas Art Art Art Art Art Art Art Art Seção IV Do compáscuo Art sem correspondência Capítulo V DA PROPRIEDADE RESOLÚVEL Art Art Art Art Capítulo VI DA PROPRIEDADE LITERÁRIA, CIENTÍFICA E ARTÍSTICA Arts. 649 a 673. (Revogados pela Lei 9.610/ 1998.) TÍTULO III DOS DIREITOS REAIS SOBRE COISAS ALHEIAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência I DA ENFITEUSE Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência II DAS SERVIDÕES PREDIAIS Seção I Da constituição das servidões Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Seção II Da extinção das servidões Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art V DO USUFRUTO Seção I Disposições gerais Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Seção II Dos direitos do usufrutuário Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art

13 Seção III Das obrigações do usufrutuário Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Seção IV Da extinção do usufruto Art Art Art Art Art Art Capítulo V DO USO Art Art Art Art Art Art Art Art Capítulo VI DA HABITAÇÃO Art Art Art Art Art Art Capítulo VII DAS RENDAS CONSTITUÍDAS SOBRE IMÓVEIS Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Capítulo VIII DOS DIREITOS REAIS DE GARANTIA Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art X DO PENHOR Seção I Disposições gerais Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art Arts e Art Art Art Arts e Art Art Seção II Do penhor legal Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Seção III Do penhor agrícola Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Seção IV Da caução de títulos de crédito Art Art Art Art Art Art Art Arts , e Art sem correspondência Art Arts e Art Art Seção V Da transcrição do penhor Art Art Art sem correspondência

14 Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Seção VI Da extinção do penhor Art Art Art Art Art Art Capítulo X DA ANTICRESE Art Art Art Art Art Art Art Art Capítulo XI DA HIPOTECA Seção I Disposições gerais Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Arts e Art Art Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art Seção II Da hipoteca legal Art Art Art Art Art sem correspondência Art Art Seção III Da inscrição da hipoteca Art Art Art sem correspondência Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Art Art Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Seção IV Da extinção da hipoteca Art Art Art Art Art Art Seção V Da hipoteca de vias férreas Art Art Art Art Art Art Art Art Seção VI Do registro de imóveis Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art sem correspondência Art Arts e Art sem correspondência Art sem correspondência LIVRO III DO DIREITO DAS OBRIGAÇÕES TÍTULO I DAS MODALIDADES DAS OBRIGAÇÕES DAS OBRIGAÇÕES DE DAR Seção I Das obrigações de dar coisa certa Art Art. 313 Art Art. 233 Art Art. 234

15 Art Art. 235 Art Art. 236 Art Art. 237 Art Art. 238 Art Art. 239 Art Art. 240 Art Art. 241 Art Art. 242 Seção II Das obrigações de dar coisa incerta Art Art. 243 Art Art. 244 Art Art. 245 Art Art. 246 I DAS OBRIGAÇÕES DE FAZER Art sem correspondência Art Art. 248 Art Art. 247 Art Art. 249 II DAS OBRIGAÇÕES DE NÃO FAZER Art Art. 250 Art Art. 251 V DAS OBRIGAÇÕES ALTERNATIVAS Art Art. 252 Art Art. 253 Art Art. 254 Art Art. 255 Art Art. 256 Capítulo V DAS OBRIGAÇÕES DIVISÍVEIS E INDIVISÍVEIS Art Art. 314 Art Art. 257 Art Art. 259 Art Art. 260 Art Art. 261 Art Art. 262 Art Art. 263 Capítulo VI DAS OBRIGAÇÕES SOLIDÁRIAS Seção I Disposições gerais Art Arts. 264 e 265 Art Art. 266 Seção II Da solidariedade ativa Art Art. 267 Art Art. 268 Art Art. 269 Art Art. 270 Art Art. 271 Art Art. 272 Seção III Da solidariedade passiva Art Art. 275 Art Art. 276 Art Art. 277 Art Art. 278 Art Art. 279 Art Art. 280 Art Art. 275 Art Art. 281 Art Art. 282 Art Art. 283 Art Art. 284 Art Art. 285 Capítulo VII DA CLÁUSULA PENAL Art Art. 409 Art Art. 409 Art Art. 410 Art Art. 411 Art Art. 412 Art Art. 408 Art sem correspondência Art sem correspondência Art Art. 413 Art Art. 414 Art Art. 415 Art Art. 416

16 TÍTULO II DOS EFEITOS DAS OBRIGAÇÕES DISPOSIÇÕES GERAIS Art sem correspondência Art Art. 439 I DO PAGAMENTO Seção I De quem deve pagar Art Art. 304 Art Art. 305 Art Art. 306 Art Art. 307 Seção II Daqueles a quem se deve pagar Art Art. 308 Art Art. 309 Art Art. 310 Art Art. 311 Art Art. 312 Seção III Do objeto do pagamento e sua prova Art Art. 319 Art Art. 320 Art sem correspondência Art Art. 321 Art Art. 322 Art Art. 323 Art Art. 324 Art Art. 325 Art Art. 315 Art sem correspondência Art Art. 326 Seção IV Do lugar do pagamento Art Art. 327 Art Art. 328 Seção V Do tempo do pagamento Art Art. 331 Art Art. 332 Art Art. 333 Seção VI Da mora Art Art. 394 Art Art. 395 Art Art. 399 Art Art. 400 Art Art. 401 Art Art. 397 Art Art. 390 Art Art. 398 Art Art. 396 Seção VII Do pagamento indevido Art Art. 876 Art Art. 877 Art Art. 878 Art sem correspondência Art Art. 879 Art Art. 880 Art Art. 882 Art Art. 883 II DO PAGAMENTO POR CONSIGNAÇÃO Art Art. 334 Art Art. 335 Art Art. 336 Art sem correspondência Art Art. 337 Art Art. 338 Art Art. 339 Art Art. 340 Art Art. 341 Art Art. 342 Art Art. 343 Art Art. 344 Art Art. 345 V DO PAGAMENTO COM SUB-ROGAÇÃO Art Art. 346 Art Art. 347 Art Art. 348 Art Art. 349 Art Art. 350 Art Art. 351 Capítulo V DA IMPUTAÇÃO DO PAGAMENTO Art Art. 352 Art Art. 353

17 Art Art. 354 Art Art. 355 Capítulo VI DA DAÇÃO EM PAGAMENTO Art Art. 356 Art Art. 357 Art Art. 358 Art Art. 359 Capítulo VII DA NOVAÇÃO Art Art. 360 Art Art. 361 Art Art. 362 Art Art. 363 Art Art. 364 Art Art. 364 Art Art. 365 Art Art. 366 Art Art. 367 Art Art. 367 Capítulo VIII DA COMPENSAÇÃO Art Art. 368 Art Art. 369 Art Art. 370 Art sem correspondência Art Art. 371 Art Art. 372 Art Art. 373 Art Art. 375 Art sem correspondência Art Art. 375 Art Art. 376 Art sem correspondência Art Art. 377 Art Art. 378 Art Art. 379 Art Art. 380 X DA TRANSAÇÃO Art Art. 840 Art Art. 848 Art Art. 843 Art Art. 842 Art sem correspondência Art Art. 849 Art Art. 844 Art Art. 845 Art Art. 846 Art Art. 847 Art Art. 841 Art Art. 850 Capítulo X DO COMPROMISSO Arts a (Revogados pela Lei 9.307/1996.) Capítulo XI DA CONFUSÃO Art Art. 381 Art Art. 382 Art Art. 383 Art Art. 384 Capítulo XII DA REMISSÃO DAS DÍVIDAS Art Art. 386 Art Art. 387 Art Art. 388 Capítulo XIII DAS CONSEQÜÊNCIAS DA INEXECUÇÃO DAS OBRIGAÇÕES Art Art. 389 Art Art. 392 Art Art. 393 Capítulo XIV DAS PERDAS E DANOS Art Art. 402 Art Art. 403 Art Art. 404 Capítulo XV DOS JUROS LEGAIS Art Art. 406 Art Art. 406 Art Art. 407

18 TÍTULO III DA CESSÃO DE CRÉDITO Art Art. 286 Art Art. 287 Art Arts. 288 e 289 Art sem correspondência Art Art. 290 Art Art. 291 Art Art. 292 Art Art. 294 Art Art. 295 Art Art. 296 Art Art. 297 Art sem correspondência Art Art. 298 Art sem correspondência TÍTULO IV DOS CONTRATOS DISPOSIÇÕES GERAIS Art sem correspondência Art Art. 427 Art Art. 428 Art Art. 430 Art Art. 431 Art Art. 432 Art Art. 433 Art Art. 434 Art Art. 435 Art sem correspondência Art Art. 426 Art Art. 114 Art Art. 106 I DOS CONTRATOS BILATERAIS Art Arts. 475 a 477 Art Art. 472 II DAS ARRAS Art Art. 417 Art Art. 420 Art Art. 417 Art Art. 418 V DAS ESTIPULAÇÕES EM FAVOR DE TERCEIRO Art Art. 436 Art Art. 437 Art Art. 438 Capítulo V DOS VÍCIOS REDIBITÓRIOS Art Art. 441 Art sem correspondência Art Art. 443 Art Art. 444 Art Art. 442 Art sem correspondência Capítulo VI DA EVICÇÃO Art Arts. 447 e 448 Art Art. 449 Art Art. 450 Art Art. 451 Art Art. 452 Art Art. 453 Art Art. 454 Art Art. 455 Art Art. 450 Art Art. 456 Art Art. 457 Capítulo VII DOS CONTRATOS ALEATÓRIOS Art Art. 458 Art Art. 459 Art Art. 460 Art Art. 461 TÍTULO V DAS VÁRIAS ESPÉCIES DE CONTRATOS DA COMPRA E VENDA Seção I Disposições gerais Art Art. 481 Art Art. 485

Índice Sistemático do Código Civil

Índice Sistemático do Código Civil 9 Índice Sistemático do Código Civil P A R T E G E R A L LIVRO I DAS PESSOAS Das Pessoas Naturais CAPÍTULO I - Da Personalidade e da Capacidade (arts. 1º ao 10) CAPÍTULO II - Dos Direitos da Personalidade

Leia mais

UFRJ/FND Monitoria 2013/2014 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE DISCIPLINAS DO DEPARTAMENTO DE DIREITO CIVIL. Direito Internacional Privado I

UFRJ/FND Monitoria 2013/2014 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE DISCIPLINAS DO DEPARTAMENTO DE DIREITO CIVIL. Direito Internacional Privado I UFRJ/FND Monitoria 2013/2014 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE DISCIPLINAS DO DEPARTAMENTO DE DIREITO CIVIL Direito Internacional Privado I PONTOS: 1. Introdução ao direito internacional privado: objeto, denominação

Leia mais

CÓDIGO CIVIL COMENTADO

CÓDIGO CIVIL COMENTADO CÓDIGO CIVIL COMENTADO LEI N. 10.406, DE 10.01.2002 1ª Edição setembro, 2003 2ª Edição setembro, 2005 3ª Edição outubro, 2007 4ª Edição janeiro, 2011 5ª Edição fevereiro, 2013 6ª Edição abril, 2015 FABRÍCIO

Leia mais

1. INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS COISAS

1. INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS COISAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS COISAS Conceitos iniciais 1.1 Conceito de direito das coisas. A questão terminológica 1.2 Conceito de direitos reais. Teorias justificadoras e caracteres. Análise preliminar

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES 2007/1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO CIVIL V Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito 111111111111111111111111111111111111111

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE DIREITO CIVIL... 15

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE DIREITO CIVIL... 15 Sumário 5 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE DIREITO CIVIL... 15 QUESTÕES... 15 1. Aspectos das Codificações de 1916 e 2002... 15 2. Estrutura Organizacional do

Leia mais

Legislação Instrumental. Aula 1. Legislação Aplicada à Logística. Legislação Aplicada à Logística Aula 1. Contextualização. Prof.

Legislação Instrumental. Aula 1. Legislação Aplicada à Logística. Legislação Aplicada à Logística Aula 1. Contextualização. Prof. Legislação Instrumental Aula 1 Prof. Guilherme Amintas Legislação Aplicada à Logística Tópicos desta disciplina por aula Aula 1 noções de Direito Aula 2 Direito Constitucional Aula 3 Direito Empresarial

Leia mais

1959 Direito de Família e Sucessões Parte 1 Do Direito de Família 1. Família. Conceito. Família e sociedade. Suas diferentes formas. Constituição de 1946 a espeito. Direito de Família. 2. Esponsais. Breve

Leia mais

16.7.1 Execução de alimentos. Prisão do devedor, 394

16.7.1 Execução de alimentos. Prisão do devedor, 394 1 Introdução ao Direito de Família, 1 1.1 Compreensão, 1 1.2 Lineamentos históricos, 3 1.3 Família moderna. Novos fenômenos sociais, 5 1.4 Natureza jurídica da família, 7 1.5 Direito de família, 9 1.5.1

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Í N D I C E Código Disciplina Página DIR 03-00109 Direito Civil I 2 DIR 03-00475 Direito Civil II 4 DIR 03-00643 Direito Civil III 5 DIR 03-00796 Direito Civil IV 7 DIR 03-00968

Leia mais

DIREITO CIVIL DIREITO DAS COISAS PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I

DIREITO CIVIL DIREITO DAS COISAS PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I DIREITO CIVIL DIREITO DAS COISAS PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito das Coisas; Introdução; Conceito e Distinção entre Direitos Reais e Pessoais; Conteúdo; Regime Constitucional dos Direitos

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site:

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

índice SISTEMÁTICO Apresentação...

índice SISTEMÁTICO Apresentação... índice SISTEMÁTICO Apresentação....................................... XI Capítulo I - Os Direitos Reais... I. Observações introdutórias: os direitos reais ou direito das coisas..... I 2. Âmbito......

Leia mais

parte geral Capítulo 01 - LINDB... 16 1.1 Introdução...17

parte geral Capítulo 01 - LINDB... 16 1.1 Introdução...17 parte geral Capítulo 01 - LINDB... 16 1.1 Introdução...17 1.2 Direito objetivo e subjetivo...17 1.3 Fontes do Direito...18 1.4 Lacuna da lei (art. 4º da LINDB)...19 1.5 Vigência e revogação de lei (arts.

Leia mais

DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS

DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito das obrigações; Introdução; Divisão patrimonial; Distinção entre os direitos reais e pessoais; Direitos mistos; Obrigações propter

Leia mais

DOS BENS. BENS CORPÓREOS = Aquele que tem existência: física, material.

DOS BENS. BENS CORPÓREOS = Aquele que tem existência: física, material. DOS BENS CONCEITO: Bens são coisas materiais ou concretos, úteis aos homens e de expressão econômica, suscetível de apropriação. COISA É O GÊNERO DO QUAL O BEM É ESPÉCIE. A classificação dos bens é feita

Leia mais

DIREITO CIVIL DIREITO DE FAMÍLIA PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS

DIREITO CIVIL DIREITO DE FAMÍLIA PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS DIREITO CIVIL DIREITO DE FAMÍLIA PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Conceito de família; Conteúdo e Conceito do Direito de Família; Natureza da Divisão; Divisão da matéria; Eficácia horizontal dos

Leia mais

Faculdade de Direito da Alta Paulista

Faculdade de Direito da Alta Paulista PLANO DE ENSINO DISCIPLINA SÉRIE PERÍODO LETIVO CARGA HORÁRIA DIREITO CIVIL V (Direitos de família e das sucessões) QUINTA 2015 136 I EMENTA Direito de Família. Casamento. Efeitos jurídicos do casamento.

Leia mais

INICIAÇÃO A ADVOCACIA CIVEL

INICIAÇÃO A ADVOCACIA CIVEL CONCEITO DE CONTRATO REQUISITOS DO CONTRATO CONTRATO CIVIS E NAS RELAÇÕES DE CONSUMO PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS a. Autonomia da vontade b. Relatividade das convenções c. Força vinculante d. Boa-fé FORMAÇÃO

Leia mais

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s)

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s) Programa de DIREITO CIVIL II 3º período: 80h/a Aula: Teórica EMENTA Direito das obrigações. Obrigação. Obrigações de dar. Obrigações de fazer. Obrigações de não fazer. Obrigações alternativas. Obrigações

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site:

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

- Diferenciar os tipos contratuais existentes, revelando os bens jurídicos que tutelam.

- Diferenciar os tipos contratuais existentes, revelando os bens jurídicos que tutelam. 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CIVIL II NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Introdução ao Direito das Obrigações.

Leia mais

.SUMÁRIO. SUMÁRIO LEI Nº , DE 10 DE JANEIRO DE 2002 LIVRO I DAS PESSOAS TÍTULO III DO DOMICÍLIO LIVRO II DOS BENS...

.SUMÁRIO. SUMÁRIO LEI Nº , DE 10 DE JANEIRO DE 2002 LIVRO I DAS PESSOAS TÍTULO III DO DOMICÍLIO LIVRO II DOS BENS... SUMÁRIO LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS... 27 TÍTULO I DAS PESSOAS NATURAIS... 27 CAPÍTULO I DA PERSONALIDADE E DA CAPACIDADE... 27 CAPÍTULO II DOS DIREITOS DA PERSONALIDADE...

Leia mais

.SUMÁRIO. SUMÁRIO LEI Nº , DE 10 DE JANEIRO DE 2002 PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS TÍTULO III DO DOMICÍLIO

.SUMÁRIO. SUMÁRIO LEI Nº , DE 10 DE JANEIRO DE 2002 PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS TÍTULO III DO DOMICÍLIO SUMÁRIO LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS... 27 TÍTULO I DAS PESSOAS NATURAIS... 27 CAPÍTULO I DA PERSONALIDADE E DA CAPACIDADE... 27 CAPÍTULO II DOS DIREITOS DA PERSONALIDADE...

Leia mais

SUMÁRIO LIVRO III DOS FATOS JURÍDICOS

SUMÁRIO LIVRO III DOS FATOS JURÍDICOS SUMÁRIO LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS... 25 TÍTULO I DAS PESSOAS NATURAIS... 25 CAPÍTULO I DA PERSONALIDADE E DA CAPACIDADE... 25 CAPÍTULO II DOS DIREITOS DA PERSONALIDADE...

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO CIVIL VI Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito 111111111111111111111111111111111111111

Leia mais

Sumário SUMÁRIO LEI Nº , D E 10 D E JANEIR O D E 2002

Sumário SUMÁRIO LEI Nº , D E 10 D E JANEIR O D E 2002 SUMÁRIO SOBRE OS AUTORES... 5 PREFÁCIO... 19 OITO MÃOS E UM ÚNICO OBJETIVO: SER COMPLETO... 21 LEI Nº 10.406, D E 10 D E JANEIR O D E 2002 PART E GERAL LIVRO I DAS PESSOAS... 25 TÍTULO I DAS PESSOAS NATURAIS...

Leia mais

Sumário PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS

Sumário PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS Sumário PARTE GERAL LIVRO I DAS PESSOAS Título I Das pessoas naturais... 23 Capítulo I Da personalidade e da capacidade... 23 Capítulo II Dos direitos da personalidade... 41 Capítulo III Da ausência...

Leia mais

lumario PARTE 1 Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 3 1.1 Noções Preliminares 3

lumario PARTE 1 Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 3 1.1 Noções Preliminares 3 lumario PARTE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 3 1.1 Noções Preliminares 3 1.2. Distinção entre Moral e Direito 4 1.3. Os Diversos Usos da Palavra Direito 5

Leia mais

Teoria Geral das Obrigações. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Teoria Geral das Obrigações. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Teoria Geral das Obrigações Objetivos A presente aula tem por objetivo apresentar a teoria geral das obrigações iniciando-se com um breve relato sobre o Direito das Obrigações, seguindo-se para os elementos

Leia mais

12.6.9 Servidão administrativa, requisição e ocupação provisória, 275

12.6.9 Servidão administrativa, requisição e ocupação provisória, 275 1 O universo dos direitos reais, 1 1.1 Relação das pessoas com as coisas, 1 1.2 Direitos reais e direitos pessoais, 4 1.3 Divagações doutrinárias acerca da natureza dos direitos reais, 11 1.4 Situações

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária. D 21 4º 04 Semanal Semestral 04 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária. D 21 4º 04 Semanal Semestral 04 60 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Nome da Disciplina Curso D 21 4º 04 Semanal Semestral 04 60 DIREITO CIVIL II DIREITO/BACHARELADO D 13: DIREITO CIVIL I (MATRIZ 2008/01) D 15: DIREITO CIVIL

Leia mais

2º ano. Parte Geral. Parte Especial Do Direito de Família

2º ano. Parte Geral. Parte Especial Do Direito de Família 1957 2º ano Parte Geral 1. Do Direito. Definição. Conceito. Classificação. O Direito e a Moral. 2. Das fontes do Direito. Lei e suas espécies. Ignorância do Direito. Irretroatividade da lei. Eficácia da

Leia mais

PLANO DE ENSINO. TEORIA GERAL DO DIREITO PRIVADO - Noturno Código 50010 Créditos: 4 Pré-requisitos --

PLANO DE ENSINO. TEORIA GERAL DO DIREITO PRIVADO - Noturno Código 50010 Créditos: 4 Pré-requisitos -- PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: Faculdade: FACITEC Curso: DIREITO Disciplina: TEORIA GERAL DO DIREITO PRIVADO - Noturno Código 50010 Créditos: 4 Pré-requisitos -- 2. EMENTA: Princípios fundamentais:

Leia mais

SUMÁRIO. 3. Capacidade. 1. O Código Civil 17

SUMÁRIO. 3. Capacidade. 1. O Código Civil 17 SUMÁRIO CAPíTULO 1 - PESSOAS NATURAIS 1. O Código Civil 17 1.1 Divisão do Código Civil 19 1.2 Princípios ideológicus do Código Civil... 20 1.3 Princípios fundamentais do Código Civil... 20 1.3. I Princípio

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015 Disciplina: Direito Civil II Departamento II: Direito Privado Docente Responsável: Prof. Dr. Clineu Ferreira Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 2º Ano Objetivos:

Leia mais

Direito das coisas. O direito das coisas é tratado no livro III da parte especial do código civil, dividido em duas temáticas.

Direito das coisas. O direito das coisas é tratado no livro III da parte especial do código civil, dividido em duas temáticas. OAB - EXTENSIVO Disciplina: Direito Civil Prof. Brunno Giancolli Data: 19/10/2009 Aula nº. 05 TEMAS TRATADOS EM AULA Direito Reais Direito das coisas. O direito das coisas é tratado no livro III da parte

Leia mais

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA Sumário PARTE GERAL 1. LINDB, DAS PESSOAS, DOS BENS E DO NEGÓCIO JURÍDICO 1. Introdução (DL 4.657/1942 da LINDB) 2. Direito objetivo e subjetivo 3. Fontes do Direito 4. Lacuna da lei (art. 4.º da LINDB)

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE JUIZ LEIGO NO ÂMBITO DOS JUIZADOS ESPECIAIS DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL COMARCA

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO OBRAS DO AUTOR ABREVIATURAS E SIGLAS USADAS NOTA DO AUTOR

ÍNDICE SISTEMÁTICO OBRAS DO AUTOR ABREVIATURAS E SIGLAS USADAS NOTA DO AUTOR ÍNDICE SISTEMÁTICO OBRAS DO AUTOR ABREVIATURAS E SIGLAS USADAS NOTA DO AUTOR Capítulo I OBRIGAÇÕES 1.1. Caracterização 1.2. Sentido vernacular de obrigação 1.3. Sentido jurídico de obrigação 1.4. Obrigação

Leia mais

DIREITO CIVIL. c) Condomínio voluntário e Condomínio necessário. Condomínio de fato. Associações de moradores.

DIREITO CIVIL. c) Condomínio voluntário e Condomínio necessário. Condomínio de fato. Associações de moradores. DIREITO CIVIL PONTO I a) Norma jurídica: Direito positivo. Introdução ao Código Civil. Interpretação da norma jurídica. Direito subjetivo. Direito potestativo. Faculdade jurídica. Direitos imprescritíveis.

Leia mais

b) Vício do produto e do serviço: Tópicos Gerais: (CDC, art. 18-22).

b) Vício do produto e do serviço: Tópicos Gerais: (CDC, art. 18-22). DIREITO CIVIL PONTO I a) Norma jurídica: Direito positivo. Introdução ao Código Civil. Interpretação da norma jurídica. Direito subjetivo. Direito potestativo. Faculdade jurídica. Direitos imprescritíveis.

Leia mais

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PONTOS DA PROVA ESCRITA

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PONTOS DA PROVA ESCRITA Estágio Supervisionado I (Prática Processual Civil) Processual Civil II Processual Civil I Civil VI Civil V Civil IV Civil III Civil I ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL Pessoa

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: DIREITO CIVIL IV (FAMÍLIA) (D-29) Área: Ciências Sociais Período: Sexto Turno: Matutino /Noturno Carga Horária: 72 hs III. Pré-Requisito: DIREITO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 29/11- FESPPR

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 29/11- FESPPR Faculdade de Educação Superior do Paraná Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CGC/MF: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua Doutor Faivre, 141 Fone (0xx41) 3028-6500 CEP 80060-140

Leia mais

DIREITO CIVIL REGIME DE BENS

DIREITO CIVIL REGIME DE BENS DIREITO CIVIL REGIME DE BENS 1 1. Princípios a) P. da autonomia da vontade (1.639); b) P. da garantia da ordem pública (1.640); c) P. da definitividade do regime (1.639); d) P. da vedação ao enriquecimento.

Leia mais

DIREITO CIVIL DIREITO REAL - ÍNDICE Danilo D. Oyan

DIREITO CIVIL DIREITO REAL - ÍNDICE Danilo D. Oyan DIREITO CIVIL DIREITO REAL - ÍNDICE Danilo D. Oyan 1 O UNIVERSO DOS DIREITOS REAIS, 19 1.1 Relação reais e direitos pessoais, 23 1.2 Direitos reais e direitos pessoais, 23 1.3 Divagações doutrinárias acerca

Leia mais

ÍNDICE. Alguns estudos do autor... Prefácio...

ÍNDICE. Alguns estudos do autor... Prefácio... ÍNDICE Alguns estudos do autor................... Prefácio..................................... 5 11 Capítulo I - CONCEITO DE DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito financeiro e direito tributário........ 23 2.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA FICHA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA FICHA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: TÓPICOS ESPECIAIS EM LEGISLAÇÃO AMBIENTAL: Engenharia Química CÓDIGO: GEQ

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAPÁ PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAPÁ PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA 1 V CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAPÁ DIREITO CIVIL Anexo I PROGRAMA DO CONCURSO 1 DAS PESSOAS. DA PERSONALIDADE. CAPACIDADE JURÍDICA E DE FATO. DA PESSOA NATURAL

Leia mais

6 Inventários e arrolamentos. Processo. Petição de herança, 83

6 Inventários e arrolamentos. Processo. Petição de herança, 83 1 Noções introdutórias, 1 1.1 Sucessão. Compreensão do vocábulo. O direito das sucessões, 1 1.2 Direito das sucessões no direito romano, 2 1.3 Ideia central do direito das sucessões, 4 1.4 Noção de herança,

Leia mais

7 Transmissão das obrigações, 139 7.1 Cessão de crédito, 139

7 Transmissão das obrigações, 139 7.1 Cessão de crédito, 139 1 Introdução ao direito das obrigações, 1 1.1 Posição da obrigação no campo jurídico, 1 1.2 Definição, 4 1.3 Distinção entre direitos reais e direitos pessoais, 7 1.4 Importância do Direito das Obrigações,

Leia mais

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 00. 21/02/2011 Página 1 de 5. Série 3 Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 00. 21/02/2011 Página 1 de 5. Série 3 Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - Curso Semestral - 2015 Disciplina DIREITO DAS OBRIGAÇÕES Curso Graduação Série 3 Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Turmas A, B e D Código

Leia mais

Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial

Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial Área Falência e Judicial/Extrajudicial ÁREA FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO JUDICIAL/EXTRAJUDICIAL Descrição da Classe Ação Civil Pública 65 judicial e Falência Empresas 9616 Alienação Judicial de Bens 52 Alienação

Leia mais

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição...

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... Sumário Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... 17 Capítulo I OPÇÃO METODOLÓGICA... 19 Parte I DIREITO DAS OBRIGAÇÕES

Leia mais

AULA 12. Produtos e Serviços Financeiros VI

AULA 12. Produtos e Serviços Financeiros VI AULA 12 Produtos e Serviços Financeiros VI Operações Acessórias e Serviços As operações acessórias e serviços são operações de caráter complementar, vinculadas ao atendimento de particulares, do governo,

Leia mais

4.5 Oposição das causas suspensivas. 5 Do processo de habilitação para o casamento. 5.1 Documentos exigidos. 5.2 Do processo de habilitação. 5.

4.5 Oposição das causas suspensivas. 5 Do processo de habilitação para o casamento. 5.1 Documentos exigidos. 5.2 Do processo de habilitação. 5. Disciplina: Direito Civil V Departamento: Direito Privado FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 Docente Responsável: William Bedone Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 5º ano Objetivos: Finalizar

Leia mais

Plano de ensino de Direito Civil II do primeiro e segundo semestre de 1983:

Plano de ensino de Direito Civil II do primeiro e segundo semestre de 1983: Plano de ensino de Direito Civil II do primeiro e segundo semestre de 1983: Créditos: 03 Carga horária: 90 Teoria Geral das Obrigações Obrigações. Conceito. Evolução. Distinção entre direitos obrigacionais

Leia mais

Prof. Gustavo Eidt. www.facebook.com/gustavoeidt gustavoeidt@yahoo.com.br

Prof. Gustavo Eidt. www.facebook.com/gustavoeidt gustavoeidt@yahoo.com.br Prof. Gustavo Eidt www.facebook.com/gustavoeidt gustavoeidt@yahoo.com.br DOS BENS Conceito: bens são as coisas materiais ou imateriais, úteis aos homens e de expressão econômica, suscetíveis de apropriação.

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO. Professor: Hugo Rios Bretas

TEORIA GERAL DO DIREITO. Professor: Hugo Rios Bretas TEORIA GERAL DO DIREITO Professor: Hugo Rios Bretas Vigência e Duração Norma de origem e derivada Publicidade, lapso temporal de vigência: Regra Proibição Direta Princípio basilar- força Continuidade normativa:

Leia mais

Apresentação, xvii. Prefácio à 12a Edição, xxi. Parte I - Introdução ao Direito Civil, 1. 1 Introdução ao Direito Civil, 3 1.

Apresentação, xvii. Prefácio à 12a Edição, xxi. Parte I - Introdução ao Direito Civil, 1. 1 Introdução ao Direito Civil, 3 1. Apresentação, xvii Prefácio à 12a Edição, xxi Parte I - Introdução ao Direito Civil, 1 1 Introdução ao Direito Civil, 3 1.1 Tipicidade, 6 2 Fontes do Direito, 9 2.1 Lei, 10 2.1.1 Classificação das Leis,

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE:

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE: LEI COMPLEMENTAR Nº 21, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1988 Institui o Imposto sobre a Transmissão causa mortis e Doação de Bens ou Direitos. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE: seguinte Lei: FAÇO SABER que o Poder

Leia mais

Usufruto e direitos reais de garantia

Usufruto e direitos reais de garantia Usufruto e direitos reais de garantia Usufruto O usufruto pode recair sobre todo o patrimônio do nu-proprietário ou sobre alguns bens, móveis ou imóveis, e abrange não apenas os bens em si mesmos, mas

Leia mais

P O R T A R I A N 770/2006 PGJ. O PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das suas atribuições legais e,

P O R T A R I A N 770/2006 PGJ. O PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das suas atribuições legais e, MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA P O R T A R I A N 770/2006 PGJ O PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das suas atribuições

Leia mais

1º JOGOS ACADÊMICOS DE DIREITO DA FACULDADES MULTIVIX. Conteúdo Das Perguntas Direcionadas As Turmas De 5º Período.

1º JOGOS ACADÊMICOS DE DIREITO DA FACULDADES MULTIVIX. Conteúdo Das Perguntas Direcionadas As Turmas De 5º Período. 1º JOGOS ACADÊMICOS DE DIREITO DA FACULDADES MULTIVIX. O Centro Acadêmico de Direito Alexandre Martins de Castro Filho CADAM, no uso de suas atribuições, no Estatuto do CADAM, vem por deste anexo disponibilizar

Leia mais

EDITAL Nº. 004/2011- SMA

EDITAL Nº. 004/2011- SMA EDITAL Nº. 004/2011- SMA ANEXO I PROGRAMA DO CONCURSO PARA PROCURADOR /VR 1. DIREITO CONSTITUCIONAL 1.1. Constituição: conceito e conteúdo. Poder constituinte original e derivado. 1.2. Eficácia, aplicação

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: BACHARELADO EM DIREITO TURMA: 4º SEMESTRE NOTURNO DISCIPLINA:

Leia mais

Prescrição e decadência

Prescrição e decadência DIREITO CIVIL Professor Dicler A prescrição representa a perda da ação e da exceção (defesa) em razão do decurso de tempo. Tem como fundamento a paz social e a segurança jurídica que ficariam comprometidos

Leia mais

CAPÍTULO III Associações sem personalidade jurídica e comissões especiais

CAPÍTULO III Associações sem personalidade jurídica e comissões especiais CÓDIGO CIVIL Ficha Técnica Decreto-Lei n.º 47 344/66, de 25 de Novembro LIVRO I PARTE GERAL TÍTULO I Das leis, sua interpretação e aplicação CAPÍTULO I Fontes do direito CAPÍTULO II Vigência, interpretação

Leia mais

IV. 1 DIREITO DE FAMÍLIA INTRODUÇÃO

IV. 1 DIREITO DE FAMÍLIA INTRODUÇÃO PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso: DIREITO Disciplina:

Leia mais

*Não há direito civil para o 1º ano. 2ºano. Parte geral

*Não há direito civil para o 1º ano. 2ºano. Parte geral 1954 *Não há direito civil para o 1º ano. 2ºano Parte geral 1. Fundamento e conceito geral do direito. Direito subjetivo e direito objetivo. Elementos do direito subjetivo. O direito e a moral. 2. Noção

Leia mais

MONITORIA 2017 DIREITO CIVIL

MONITORIA 2017 DIREITO CIVIL MONITORIA 2017 DIREITO CIVIL DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO I 1. Introdução ao direito internacional privado: objeto, denominação e método; 2. Fontes do DIPRI; 3. História do DIPRI; 4. Regras de conexão;

Leia mais

Sumário. Apresentação, xvii Prefácio,xxi Nota do Autor à 7g edição, xxiii

Sumário. Apresentação, xvii Prefácio,xxi Nota do Autor à 7g edição, xxiii Sumário Apresentação, xvii Prefácio,xxi Nota do Autor à 7g edição, xxiii Parte I - Introdução ao Direito Civil, 1 1 Introdução ao Direito Civil, 3 1.1 Tipicidade, 6 2 Fontes do Direito, 9 2.1 Lei, 10 2.2

Leia mais

3-Considere: 2-Alexandre é agente diplomático do Brasil na Austrália. Citado em

3-Considere: 2-Alexandre é agente diplomático do Brasil na Austrália. Citado em MATERIAL DE REVISÃO DIREITO CIVIL BANCA: FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS A) Bens 1-Considere as seguintes hipóteses: I. Na reforma da residência de Otávio, foi retirada toda a lareira da sala para pintura das paredes

Leia mais

Sumário. Apresentação... 19. Capítulo II

Sumário. Apresentação... 19. Capítulo II Sumário Apresentação... 19 Capítulo I Lei de Introdução às Normas de Direito Brasileiro (LINDB)... 21 1. Noções Introdutórias... 21 2. Vigência... 22 2.1. Modificação da lei... 23 2.2. Princípio da continuidade

Leia mais

III - DISCRIMINAÇÃO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

III - DISCRIMINAÇÃO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Plano de Ensino Disciplina: Direito Civil IV Curso:Direito Código: Série: 4 Obrigatória (x) Optativa ( ) CH Teórica: CH Prática: CH Total: 136 I - Objetivos Gerais:- Estimular a aprendizagem de forma crítica

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO. Capítulo 2 ESTRUTURA DO DIREITO CIVIL

SUMÁRIO INTRODUÇÃO. Capítulo 2 ESTRUTURA DO DIREITO CIVIL SUMÁRIO INTRODUÇÃO Capítulo 1 NOÇÕES INTRODUTÓRIAS AO DIREITO CIVIL 1.1 Fontes do direito 1.1.1 Princípios gerais do direito 1.1.2 Lei 1.1.3 Jurisprudência 1.1.4 Costume 1.2 Dicotomia entre o direito público

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 Disciplina: Direito Civil V Departamento II Direito Privado Docente Responsável: Clineu Ferreira Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 5º ano Objetivos: Terminar

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Promover o desenvolvimento das competências e habilidades definidas no perfil do egresso, quais sejam:

PLANO DE ENSINO. Promover o desenvolvimento das competências e habilidades definidas no perfil do egresso, quais sejam: PLANO DE ENSINO CURSO: Direito PERÍODO: 8º Semestre DISCIPLINA: Direitos Reais CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 horas/aula CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 66 horas I EMENTA Fundamentos históricos e constitucionais.

Leia mais

CÓDIGO CIVIL CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

CÓDIGO CIVIL CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL REPUBLICA RIO GRANDENSE 20 DE SETEMBRO 1835 DE ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÓDIGO CIVIL CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ATUALIZADOS ATÉ 13-03-15 8ª EDIÇÃO REPUBLICA RIO GRANDENSE

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 5. 1. DECRETO-LEI Nº 4.657, DE 4 DE SETEMBRO DE 1942 - Lei de Introdução ao Código Civil Brasileiro... 6

APRESENTAÇÃO... 5. 1. DECRETO-LEI Nº 4.657, DE 4 DE SETEMBRO DE 1942 - Lei de Introdução ao Código Civil Brasileiro... 6 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 1. DECRETO-LEI Nº 4.657, DE 4 DE SETEMBRO DE 1942 - Lei de Introdução ao Código Civil Brasileiro... 6 2. DAS PESSOAS... 8 2.1 - Das pessoas naturais... 9 2.1.1 - Dos Direitos

Leia mais

Sumário. Apresentação... 21. Prefácio da Obra... 23

Sumário. Apresentação... 21. Prefácio da Obra... 23 Sumário Nota do autor à 1ª edição... 15 Nota do autor à 3ª edição... 19 Apresentação... 21 Prefácio da Obra... 23 Capítulo I Princípios Constitucionais no Direito Civil Contemporâneo... 25 1. Introdução...

Leia mais

Obs. Havendo recusa, deverá o devedor indenizar o credor (247) - tornando-se impossível o adimplemento da obrigação: - SEM - COM

Obs. Havendo recusa, deverá o devedor indenizar o credor (247) - tornando-se impossível o adimplemento da obrigação: - SEM - COM Obrigações Constituem elementos que regem as relações patrimoniais existentes entre pessoas, figurando de um lado o credor (sujeito ativo), que detém o direito de exigir o cumprimento da obrigação e de

Leia mais

PACTO ANTENUPCIAL REGIMES DE BENS

PACTO ANTENUPCIAL REGIMES DE BENS PACTO ANTENUPCIAL O Código Civil dita, em seu art. 1.639, que é lícito aos nubentes, antes de celebrado o casamento, estipular, quanto aos seus bens, o que lhes aprouver. Por oportuno, anote-se que segundo

Leia mais

Maratona Fiscal ISS Direito civil e comercial

Maratona Fiscal ISS Direito civil e comercial Maratona Fiscal ISS Direito civil e comercial 1. O menor com dezesseis anos, titular de estabelecimento empresarial mantido com economia própria, (A) poderá ser empresário se for emancipado. (B) poderá

Leia mais

DIREITO CIVIL Espécies de Contratos

DIREITO CIVIL Espécies de Contratos DIREITO CIVIL Espécies de Contratos Espécies de Contratos a serem estudadas: 1) Compra e venda e contrato estimatório; 2) Doação; 3) Depósito; 4) Mandato; 5) Seguro; 6) Fiança; 7) Empréstimo (mútuo e comodato);

Leia mais

SUCESSÃO HEREDITÁRIA. fases práticas do inventário e partilha

SUCESSÃO HEREDITÁRIA. fases práticas do inventário e partilha EDUARDO MACHADO ROCHA Juiz de Direito da Vara de Família e Sucessões da Comarca de Dourados (MS). Pós-graduado - Especialização em Direito Processual Civil. Professor de Direito Civil na Unigran - Universidade

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO SELETIVO PARA AS FUNÇÕES DE CONCILIADOR E DE JUIZ LEIGO NO ÂMBITO DOS JUIZADOS ESPECIAIS DO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL N.º 01 CONCILIADOR E JUIZ LEIGO A

Leia mais

5 Celebração e Prova do Casamento, Ritos matrimoniais, Cerimônia do casamento, Suspensão da cerimônia, 85

5 Celebração e Prova do Casamento, Ritos matrimoniais, Cerimônia do casamento, Suspensão da cerimônia, 85 Sumário Nota do Autor à lfi edição, xiii 1 Introdução ao Direito de Família, 1 1.1 Compreensão, 1 1.2 Lineamentos históricos, 2 1.3 Família moderna. Novos fenômenos sociais, 5 1.4 Natureza jurídica da

Leia mais

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Civil VI (Família) Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 7º.

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Civil VI (Família) Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 7º. PLANO DE ENSINO I Identificação Disciplina Direito Civil VI (Família) Código PRI0087 Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 7º II Ementário Noções gerais: o Direito de Família na atualidade

Leia mais

Regime de bens no casamento. 14/dez/2010

Regime de bens no casamento. 14/dez/2010 1 Registro Civil Registro de Pessoas Jurídicas Registro de Títulos e Documentos Regime de bens no casamento 14/dez/2010 Noções gerais, administração e disponibilidade de bens, pacto antenupcial, regime

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Distribuição da Carga Horária. Ementa

Plano de Ensino. Identificação. Distribuição da Carga Horária. Ementa Plano de Ensino Identificação Curso: DIREITO Disciplina:DIREITO CIVIL V - DIREITO DAS COISAS 2012/1º semestre: Carga horária: Total: 80h Semanal:04h Professor: Thiago Felipe Vargas Simões Período/8º turno

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL - 1º GRAU - MENOR INFÂNCIA E JUVENTUDE ASSUNTOS CÓDIGO CNJ Prazo de

Leia mais

OBJETIVO. Conhecer as formas de aquisição e perda da propriedade móvel.

OBJETIVO. Conhecer as formas de aquisição e perda da propriedade móvel. PROPRIEDADE OBJETIVO Conhecer as formas de aquisição e perda da propriedade móvel. n Introdução As formas de aquisição e perda da propriedade móvel estão tratadas nos capítulos III e IV do livro do direito

Leia mais

PROGRAMA DE ESTUDOS. Cargo: ASSESSOR JURÍDICO PROGRAMA LÍNGUA PORTUGUESA

PROGRAMA DE ESTUDOS. Cargo: ASSESSOR JURÍDICO PROGRAMA LÍNGUA PORTUGUESA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO PARA O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE ESTUDOS Cargo: ASSESSOR JURÍDICO PROGRAMA LÍNGUA PORTUGUESA 1.

Leia mais

Conteúdo: IV - Modalidades de Obrigação. 2. Não fazer. 3. Dar Coisa Certa e Incerta. 4. Divisível. 5 - Indivisível

Conteúdo: IV - Modalidades de Obrigação. 2. Não fazer. 3. Dar Coisa Certa e Incerta. 4. Divisível. 5 - Indivisível Turma e Ano: Flex B (2013) Matéria / Aula: Direito Civil - Obrigações / Aula 09 Professor: Rafael da Mota Mendonça Conteúdo: IV - Modalidades de Obrigação. 2. Não fazer. 3. Dar Coisa Certa e Incerta. 4.

Leia mais

Capítulo 1 Direito das coisas... 1 Capítulo 2 Posse... 15

Capítulo 1 Direito das coisas... 1 Capítulo 2 Posse... 15 Sumário Capítulo 1 Direito das coisas... 1 1. Conceito e denominação... 1 2. Distinções entre os direitos reais e os direitos pessoais... 4 2.1. Características dos direitos pessoais... 6 2.2. Características

Leia mais

Modular Direito de Família Disposições Gerais Sobre o Casamento Incapacidade e Impedimento Causas Suspensivas Fernando Viana

Modular Direito de Família Disposições Gerais Sobre o Casamento Incapacidade e Impedimento Causas Suspensivas Fernando Viana Modular Direito de Família Disposições Gerais Sobre o Casamento Incapacidade e Impedimento Causas Suspensivas Fernando Viana 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Leia mais

Execução dos Contratos. Wanderley Fernandes

Execução dos Contratos. Wanderley Fernandes Execução dos Contratos Wanderley Fernandes Exemplos de contratos 10.1 A CONTRATADA se obriga a providenciar e manter em vigor, por sua conta exclusiva, em companhia seguradora de idoneidade reconhecida,

Leia mais

PONTOS DE DIREITO CIVIL

PONTOS DE DIREITO CIVIL Relação de pontos: PONTOS DE DIREITO CIVIL 01 - Da lei e sua vigência. Interpretação, integração e aplicação do direito. Das pessoas. Das pessoas naturais. Da personalidade e da capacidade. Dos direitos

Leia mais