Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO;"

Transcrição

1 Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO; Dados Materiais: c/ 01 volume Assunto: Recurso de Reconsideração Acórdão: VISTOS, relatados e discutidos estes autos de Tomada de Contas Especial de responsabilidade do Sr. José Antônio Pedro (falecido), em que ora se analisa recurso de reconsideração. Considerando que a 1ª Câmara julgou irregulares as presentes contas e determinou à Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG que efetuasse o recolhimento de débito aos cofres do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE-, em decorrência da doação à Fundação Educacional São José, pessoa jurídica de direito privado, de um prédio construído com os recursos recebidos por meio de convênios, sendo que este caso abrange os valores do Convênio nº 850/94 (Acórdão nº 583/2000-1ª Câmara, Ata n 43/2000); Considerando que o responsável interpôs recurso contra o mencionado acórdão; e Considerando que as justificativas apresentadas pelo recorrente não foram capazes de descaracterizar a responsabilidade da Prefeitura Municipal de Santos Dumont no desvio de finalidade na aplicação dos recursos do Convênio nº 850/94. ACORDAM os Ministros do Tribunal de Contas da União, reunidos em Sessão da 1ª Câmara, em: 8.1. conhecer do presente recurso de reconsideração para, no mérito, negar-lhe provimento, com base nos arts. 32, inciso I, e 33 da Lei nº 8.443/92; 8.2. manter os termos do Acórdão nº 583/2000-1ª Câmara; e Colegiado: Primeira Câmara Classe:

2 Classe I Sumário: Recurso de Reconsideração. Justificativas apresentadas não descaracterizam a responsabilidade da prefeitura no desvio de finalidade na aplicação dos recursos de convênio. Conhecimento. Não-provimento. Manutenção do acórdão recorrido. Natureza: Recurso de Reconsideração Data da Sessão: 04/09/2001 Relatório do Ministro Relator: Este processo tem por objeto o recurso de reconsideração interposto pelo Município de Santos Dumont/MG contra o Acórdão nº 583/2000, em que a 1ª Câmara julgou irregulares estas contas e, afastada a hipótese de responsabilidade pessoal do falecido prefeito, determinou à Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG que efetuasse o recolhimento de débito aos cofres do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE-, em decorrência da doação à Fundação Educacional São José, pessoa jurídica de direito privado, de um prédio construído com os recursos recebidos por meio de convênios, sendo que este caso abrange os valores do Convênio nº 850/94 (Sessão de 21/11/2000, Ata nº 43/2000). Parecer da Unidade Técnica Após ressaltar que o recurso preenche os requisitos de admissibilidade previstos na Lei nº 8.443/92, a analista Liomara Martins Lopes Oliveira, com a anuência do Diretor da 2ª Divisão Técnica e do titular da SERUR, assim se pronunciou (fls. 18/26): No recurso interposto, os representantes do Município de Santos Dumont/MG requerem, em preliminar, o efeito suspensivo, previsto no art. 33 da Lei nº 8.443/92, e, no mérito, o reconhecimento do presente recurso e sua procedência, para absolver o mencionado município das sanções que lhe foram impostas, condenando, em conseqüência, os sucessores do ex-prefeito municipal, Sr. José Antônio Pedro, a recolher ao FNDE as importâncias reclamadas pelo TCU, até o limite do valor do patrimônio transferido (fls. 13 e 14, Vol. 1).

3 6. Quanto ao efeito suspensivo requerido em preliminar pelo recorrente, cabe transcrever o conceito mencionado por Nelson Nery Júnior (Princípios Fundamentais - Teoria Geral dos Recursos - p. 383, 5ª ed.), in verbis: O efeito suspensivo é uma qualidade do recurso que adia a produção dos efeitos da decisão impugnada assim que interposto o recurso, qualidade essa que perdura até que transite em julgado a decisão sobre o recurso. 6.1 À semelhança dos recursos judiciais que têm efeito suspensivo, também no TCU terá efeito suspensivo o recurso de reconsideração, conforme dispõe o art. 33 da Lei nº 8.443/92, da interposição até o exame do recurso pelo Tribunal. Assim, o efeito suspensivo seria atribuído ao presente recurso de reconsideração mesmo que o recorrente não tivesse solicitado, posto que a concessão é legal. 7. No mérito, o recorrente apresenta a tese de que o fato gerador da irregularidade - doação de prédio construído com recursos federais à Fundação Educacional São José - foi gerado por ato discricionário do ex-prefeito, Sr. José Antônio Pedro (fls. 3 e 4, Vol. 1). Visando dar sustentação a essa tese, desenvolve uma argumentação consolidada da seguinte forma: a) inexistência de interesse público devidamente justificado para que ocorresse a doação do prédio à Fundação Educacional São José (fl. 4, Vol. 1), caracterizando descumprimento do art. 17 da Lei nº 8.666/93. Essa doação causou prejuízo à comunidade sandumonense, mormente aos mais carentes que precisavam do ensino fundamental gratuito. Hoje o imóvel aloja uma faculdade particular, cujo preço da mensalidade é de R$ 270,00. Ressalte-se que foi com o objetivo de otimizar o ensino fundamental que o ex-prefeito Sr. José Antônio Pedro dirigiu-se ao MEC para obtenção dos recursos, solicitando verbas para edificação de uma escola de ensino público para atacar os problemas do ensino fundamental (fls. 4 e 5, Vol. 1); b) violação à Lei nº 8.666/93, haja vista o objetivo do ex-prefeito, Sr. José Antônio Pedro, na criação de uma fundação pública (administração indireta municipal), para, depois, transformá-la em uma entidade de direito privado, na tentativa de contornar os impeditivos legais, a fim de legitimar a transferência de um bem público para a iniciativa privada (fl. 4, Vol. 1); c) ilegalidade do ato de doação, provocando lesões ao patrimônio público. Argumenta ainda que a Lei nº 8.429/92, regulamentando o art. 37, 4º, da CF/88, descreve as infrações contra a probidade administrativa e explicita as respectivas sanções a serem aplicadas quando houver prática daqueles ilícitos por qualquer agente público ou terceiro que deles se beneficie. Nesse contexto, ressalta os arts. 5º, 7º, 8º e 10, da Lei nº 8.429/92, visando imputar ao ex-prefeito, Sr. José Antônio Pedro, a irregularidade da doação do prédio (fls. 5/9, Vol. 1);

4 d) entendimento de que compete ao ex-prefeito, Sr. José Antônio Pedro, providenciar o ressarcimento ao erário público, haja vista que a irregularidade se deu por ato pessoal, discricionário e ilegal do mencionado gestor municipal (fl. 10, Vol. 1); e) não-aceitação da quitação dada ao Sr. José Antônio Pedro ante a inexistência de débito e a inaplicabilidade de multa diante de seu falecimento (fl. 12, Vol. 1). O recorrente comenta ainda que o falecimento do ex-gestor não o exime das responsabilidades de seu cargo, destacando a possibilidade de responsabilização do ex-gestor político pelo descumprimento legal e pelas sanções decorrentes, notadamente as pecuniárias, que devem ser suportadas pelos sucessores, até o limite do valor da herança, nos termos do art. 8º da Lei nº 8.429/92. Informa também que o ex-prefeito possuía patrimônio considerável e que, os herdeiros, poderiam reparar o dano ao erário, nos limites da herança recebida (fls. 12 e 13, Vol. 1); f) ressalta que a isenção de culpa do ex-prefeito, além de premiar e incentivar os maus administradores, acarretaria um problema social a Santos Dumont, já que o município enfrenta uma complicada situação financeira, trabalhando hoje, contra todos os tipos de adversidades para honrar seus compromissos com credores, pagar o salário de seus funcionários, executar e desenvolver obras e projetos essenciais apara a cidade sic (fl. 12, Vol. 1). 8. Com referência ao mérito, convém ressaltar, de início, que a decisão do TCU, prolatada por meio do Acórdão nº 583/2000-1ª Câmara, foi motivada pelo desvio de finalidade de parte dos recursos do Convênio nº 850/94, que foi aplicada após a doação, pela referida Prefeitura, no Colégio Municipal São José, destinado à constituição do patrimônio da Fundação Educacional São José, levando o TCU a determinar à Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG que recolhesse aos cofres do FNDE as importâncias devidas (fls. 524 e 525, Vol. Princ.). 8.1 Em , por meio da escritura pública de doação e constituição, lavrada e registrada no Cartório do 2º Ofício de Notas de Santos Dumont/MG, foi criada a Fundação Educacional São José, pessoa jurídica de direito privado (fls. 135/137, Vol. 1 - do TC nº /2000-7). Consta também do Cartório de Registro de Imóveis - Comarca de Santos Dumont/MG, sob o nº , o registro geral do imóvel referente ao prédio do Colégio São José doado à mencionada Fundação (fl. 138, Vol. 1 - TC nº /2000-7). Posteriormente, a Lei Municipal nº 2.810, de , dá nova redação ao artigo 1º da Lei Municipal nº 2.733, de , autorizando o Poder Executivo Municipal a instituir, como pessoa jurídica de direito privado, a Fundação Educacional São José (fls. 20/23, Vol. 2 - TC nº /2000-7).

5 8.2 Note-se que os atos para a constituição da Fundação Educacional São José foram providenciados em datas posteriores a da assinatura do Convênio nº 850/94, ocorrida em (fls. 21 e 22, Vol. Principal). Quer-se chamar atenção para esses dados, a fim de esclarecer que era possível ao interessado, por meio de seus representantes na Câmara de Vereadores de Santos Dumont/MG, acompanhar, tanto no legislativo como no executivo municipal, a tramitação da matéria acerca da criação da Fundação Educacional São José, bem como da doação do Colégio São José, não deixando para indagar somente por ocasião desta TCE, em fase recursal, a falta de interesse público na mencionada doação. Ao contrário do que alega o recorrente, a feitura das leis pela Câmara Municipal e sua respectiva aprovação pelo Prefeito parece-nos evidenciar interesse público na criação da Fundação Educacional São José, pois, não havendo manifesto interesse público, tais leis não seriam, em tese, aprovadas. 8.3 Entretanto, os argumentos sobre a inexistência de interesse público na doação do imóvel (alínea a, item 7, retro) não atacam a questão precípua do decisum do Tribunal, que é a imputação do débito à Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG, em decorrência do desvio de finalidade de parte dos recursos do Convênio nº 850/94, repassada ao Colégio São José após a doação feita à Fundação Educacional São José. O desvio de finalidade caracteriza-se no momento em que os recursos deixam de ser aplicados no ensino fundamental - que era o motivo pelo qual se firmou o Convênio (fl. 522, item 3, Vol. Principal), para serem empregados na referida Fundação, cuja finalidade principal era a implantação de uma Faculdade de Turismo (3º Grau) em Santos Dumont/MG (Lei Municipal nº 2.733/95, art. 2º, fl. 123, e Estatuto da Fundação Educacional São José, art. 4º, fl. 127, ambos do Vol. 1, do TC nº /2000-7). 8.4 Quanto à alegada tentativa de contornar os impeditivos legais para legitimar a transferência de um bem público para a iniciativa privada (item 7, alínea b, retro), o recorrente deixa de juntar aos autos quais as providências adotadas pela Prefeitura Municipal de Santos Dumont para reverter a doação tida como ilegal, buscando eliminar ou reduzir as alegadas lesões ao patrimônio público municipal. Em se tratando de imóvel municipal, como era o caso do Colégio São José, cabia à Prefeitura zelar pela sua correta utilização. Ao controle externo importa, neste momento, fiscalizar os recursos públicos federais e sua correta aplicação nos termos do acordo convenial. No presente caso, não se pode perder de vista que os recursos transferidos ao Município de Santos Dumont e que foram aplicados no mencionado Colégio, após sua doação, tiveram destinação diversa da pactuada, posto que não foram empregados no ensino fundamental, mas, sim, na Fundação Educacional São José, cuja finalidade preferencial era a implantação de uma Faculdade de Turismo (fl. 524, 3º e 5º considerandos, Vol. Principal).

6 8.5 Com referência ao argumento constante da alínea c do item 7, retro, o recorrente, ao invocar a Lei nº 8.429/92, o faz para demonstrar que, em conseqüência da ilegalidade da doação, houve lesão ao patrimônio público municipal, portanto, caberia ao responsável, Sr. José Antônio Pedro, ressarcir ao FNDE em vez da Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG (fls. 5/9, Vol. 1). 8.6 Sobre a argüida ilegalidade da doação, ante a falta de interesse público, cabe reportar ao art. 14 da Lei nº 8.429/92 para destacar que, havendo lesão ao patrimônio público, qualquer pessoa poderá representar à autoridade administrativa competente para que seja instaurada investigação destinada a apurar a prática de ato de improbidade, e mais, no art. 16, da citada lei, no caso de haver fundados indícios de responsabilidade, a comissão representará ao Ministério Público ou à Procuradoria do órgão para requerer ao juízo competente a decretação do seqüestro dos bens do agente ou terceiro que tenha enriquecido ilicitamente ou causado dano ao patrimônio público. Observa-se que o recorrente apenas menciona que houve a ilegalidade e emprega os artigos da Lei nº 8.429/92 para responsabilizar o ex-prefeito pelas alegadas lesões ao patrimônio municipal. No entanto, não juntou aos autos peças que comprovem a observância da mencionada lei quanto à representação feita contra a doação e o posterior encaminhamento ao Ministério Público, nos termos dos arts. 14 e 16 da citada lei. A falta de adoção das providências indicadas nos mencionados artigos parece-nos revelar o desinteresse efetivo na recuperação do prédio do Colégio São José para integrá-lo novamente ao patrimônio municipal. Além do mais, em se tratando de doação de imóvel municipal (fl. 135, Vol. 1, do TC nº /2000-7), deverá a questão ser tratada pelo próprio Município, administrativamente ou junto ao Poder Judiciário. 8.7 No que se refere ao argumento constante da alínea d, item 7, retro, importa ressaltar que a responsabilidade do Sr. José Antônio Pedro limita-se à gestão dos recursos liberados por meio do Convênio nº 850/94, os quais deveriam ser aplicados no objeto da avença. Dessa forma, os recursos que foram aplicados pela Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG no Colégio São José, após sua doação à Fundação Educacional São José, caracterizam desvio de finalidade, haja vista que tais recursos destinavam-se ao ensino fundamental e não à implantação de uma Faculdade de Turismo. Ademais, não se constatou a existência de locupletamento do ex-prefeito, e sim que os recursos foram aplicados em proveito do Município (implantação de uma Faculdade de Turismo). Note-se que a implantação dessa Faculdade favorece apenas uma parcela da população, perecendo, assim, as crianças carentes que seriam beneficiadas com o ensino fundamental gratuito. Houve desvio de finalidade, mas, não o enriquecimento ilícito do ex-prefeito. Houvesse existido locupletamento decorrente dos recursos do Convênio nº 850/94, aí, sim, caberia ao ex-prefeito reparar o dano causado aos cofres do FNDE.

7 8.8 Especificamente aos argumentos constantes da alínea e, item 7, retro, é bem verdade que o falecimento do ex-prefeito, Sr. José Antônio Pedro, não o exime da responsabilidade pela gestão dos recursos relativos ao Convênio nº 850/94. Tanto é responsável, que o TCU julgou suas contas irregulares, concedendo-lhe, porém, quitação, em face da inexistência de débito a ele imputável (fl. 524, subitem 8.1, Vol. Principal). A irregularidade das contas é devida porque parte dos recursos do citado convênio sofreu desvio de finalidade, isto é, foi aplicada pela Prefeitura Municipal no Colégio São José, após sua doação à Fundação Educacional São José, cujo objetivo era a implantação da Faculdade de Turismo, diferentemente do objetivo acordado no convênio. 8.9 Cometeu irregularidade o ex-prefeito ao permitir essa aplicação de recursos após a doação do Colégio. No entanto, resta claro que a doação do prédio do aludido Colégio para a Fundação Educacional São José, não pode ser atribuída à pessoa física do ex-prefeito, mas, sim, ao Município Santos Dumont/MG, tendo em vista a edição de leis municipais para tanto (Leis nºs 2.733/95 e 2.810/95), envolvendo, conseqüentemente, o executivo e o legislativo municipal. Por isso a determinação a essa municipalidade para recolher ao FNDE o débito que lhe fora imputado (fl. 525, subitem 8.2, Vol. Principal). Pela irregularidade praticada caberia ao ex-prefeito a multa prevista no parágrafo único do art. 19 da Lei nº 8.443/92, não fosse a morte causa extintiva dessa modalidade de penalidade. Não é demais relembrar que, nos termos do art. 5º, inc. XLV, da CF/88, nenhuma pena passará da pessoa do condenado, portanto, não se poderia cogitar da aplicação da multa aos herdeiros do de cujus, sob pena de descumprimento de dispositivo constitucional, uma vez que esse tipo de penalidade é personalíssimo Ademais, se fosse comprovado o enriquecimento ilícito do ex-prefeito com recursos do Convênio nº 850/94, o processo prosseguiria sem obstáculos, uma vez que os sucessores seriam chamados a integrar a relação processual, tendo em vista que a eles se estende a responsabilidade patrimonial de reparar o dano até o limite do valor da herança recebida (art. 8º da Lei nº 8.429/92), porque o débito, contrariamente à multa, recairia sobre os herdeiros. Mas, a situação fática constatada nestes autos é diferente da hipótese anteriormente aventada, ou seja, a inexistência de locupletamento do ex-prefeito Sr. José Antônio Pedro, a aplicação de parte dos recursos no Colégio São José, após sua doação à Fundação, e a extinção de punibilidade, ante o falecimento do ex-prefeito em , ratificam a acertada decisão do Tribunal, prolatada por meio do Acórdão nº 583/2000-1ª Câmara. Nesse contexto, os argumentos apresentados pelo recorrente nas alíneas d e e, item 7, retro, não se sustentam Sobre o argumento constante da alínea f, item 7, retro, importa ressaltar que as dificuldades financeiras enfrentadas pela Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG não

8 podem constituir razão para esquivar-se do pagamento do débito que lhe fora atribuído por meio do Acórdão ora recorrido. Ademais, como forma de amenizar o impacto desse débito nas finanças municipais, o recorrente, se considerar apropriado ao caso, poderá solicitar ao Tribunal o parcelamento da importância devida, com base no art. 26 da Lei nº 8.443/92. CONCLUSÃO 9. Assim, observa-se no presente recurso de reconsideração que o recorrente não apresentou elementos capazes para descaracterizar a responsabilidade da Prefeitura Municipal de Santos Dumont quanto ao débito que lhe fora imputado por meio do Acórdão nº 583/2000-1ª Câmara. Nesse sentido, consideramos oportuno propor ao Tribunal que conheça do recurso de reconsideração, por preencher os pressupostos recursais, para, no mérito, negar-lhe, provimento. PROPOSTA DE ENCAMINHAMENTO 10. Ante o exposto, propomos: 10.1 conhecer do recurso de reconsideração, interposto pelo Município Santos Dumont/MG, representado pelos Srs. Pacífico Estites Rodrigues, Prefeito Municipal, e Sandro Vilela Damasceno, Procurador Jurídico Municipal (fls. 1/14, Vol. 1), na conformidade dos arts. 32, inciso I, e 33 da Lei nº 8.443/92, para, no mérito, negar-lhe provimento, mantendo, em seus exatos termos, o Acórdão nº 583/ TCU - 1ª Câmara dar conhecimento ao recorrente do inteiro teor da decisão que vier a ser adotada pelo TCU. Parecer do Ministério Público O representante do Ministério Público manifestou-se de acordo com a proposta da SERUR (f. 27). Voto do Ministro Relator: Inicialmente, destaco que cabe receber o presente recurso de reconsideração com base nos arts. 32, inciso I, e 33 da Lei nº 8.443/92. Quanto ao mérito, o recorrente não apresentou elementos capazes para descaracterizar a responsabilidade da Prefeitura Municipal de Santos Dumont no desvio de finalidade na aplicação dos recursos do Convênio nº 850/94.

9 Assim sendo, acolho os pareceres da SERUR e do Ministério Público e Voto por que o Tribunal adote o Acórdão que ora submeto à 1ª Câmara. T.C.U., Sala das Sessões, em 04 de setembro de MARCOS VINICIOS VILAÇA Interessados: Recorrente: Município de Santos Dumont/MG Grupo: Grupo I Indexação: Tomada de Contas Especial; Convênio; FNDE; Prefeitura Municipal; Santos Dumont MG; Doação; Bens Imóveis; Recolhimento; Débito; Direito Privado; Instituição; Fundação; Data da Aprovação: 11/09/2001 Unidade Técnica: SERUR - Secretaria de Recursos; Quorum: Ministros presentes: Walton Alencar Rodrigues (na Presidência), Marcos Vinicios Rodrigues Vilaça (Relator) e Guilherme Palmeira. Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNDE. Prefeitura Municipal de Santos Dumont MG. Recurso de reconsideração contra acórdão que determinou o recolhimento de débito aos cofres do FNDE, em razão da doação de imóvel a entidade privada, construído com recursos de convênio. Insuficiência das razões apresentadas. Negado provimento. Data DOU: 13/09/2001 Número da Ata: 31/2001

10 Entidade: Órgão: Prefeitura Municipal de Santos Dumont/MG Processo: / Ministro Relator: MARCOS VINICIOS VILAÇA;

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS;

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Dados Materiais: c/ 01 volume Assunto: Recurso de Reconsideração Acórdão: VISTOS, relatados e discutidos estes autos

Leia mais

Ministro-Relator José Antonio Barreto de Macedo RELATÓRIO. Grupo II Classe II 1ª Câmara

Ministro-Relator José Antonio Barreto de Macedo RELATÓRIO. Grupo II Classe II 1ª Câmara MUNICÍPIO DE SANTOS DUMONT/MG - DOAÇÃO À ENTIDADE PÚBLICA DE DIREITO PRIVADO DE PRÉDIO CONSTRUÍDO COM RECURSOS FEDERAIS REPASSADOS A PREFEITURA MUNICIPAL MEDIANTE CONVÊNIOS Tomada de Contas Especial Grupo

Leia mais

Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO

Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO Assunto: Tomada de Contas Especial Acórdão: Vistos, relatados e discutidos estes autos de Tomada de Contas

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0337-31/99-1. Identidade do documento: Acórdão 337/1999 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0337-31/99-1. Identidade do documento: Acórdão 337/1999 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0337-31/99-1 Identidade do documento: Acórdão 337/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FAE. Prefeitura Municipal de Magé

Leia mais

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; Convênio; FNDE; Prefeitura Municipal; Paço do Lumiar MA; Inexecução de Convênio; Material; Multa;

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; Convênio; FNDE; Prefeitura Municipal; Paço do Lumiar MA; Inexecução de Convênio; Material; Multa; Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0613-45/00-1 Identidade do documento: Acórdão 613/2000 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNDE. Prefeitura Municipal de Paço

Leia mais

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0237-21/99-1 Identidade do documento: Acórdão 237/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas. Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral

Leia mais

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em decorrência da omissão no dever de prestar contas de recursos federais recebidos mediante convênio.

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em decorrência da omissão no dever de prestar contas de recursos federais recebidos mediante convênio. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 130/96 - Primeira Câmara - Ata 21/96 Processo nº TC 499.074/92-0 Responsável: José Felix de Brito (ex-prefeito). Entidade: Prefeitura Municipal de Itapororoca/PB.

Leia mais

Outros Representantes do Ministério Público: Dra. Maria Alzira Ferreira e Dr. Paulo Soares Bugarin.

Outros Representantes do Ministério Público: Dra. Maria Alzira Ferreira e Dr. Paulo Soares Bugarin. Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0569-42/00-1 Identidade do documento: Acórdão 569/2000 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNDE. Prefeitura Municipal de Bom

Leia mais

Representante do Ministério Público: LUCAS ROCHA FURTADO;

Representante do Ministério Público: LUCAS ROCHA FURTADO; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: LUCAS ROCHA FURTADO; Dados Materiais: (com 02 volumes) Assunto: Recurso de Revisão Acórdão: VISTOS, relatados e discutidos estes autos de

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0407-23/01-1. Identidade do documento: Acórdão 407/2001 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0407-23/01-1. Identidade do documento: Acórdão 407/2001 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0407-23/01-1 Identidade do documento: Acórdão 407/2001 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Termo de Cooperação. Ministério da Saúde.

Leia mais

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS;

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Dados Materiais: c/ 01 volume Assunto: Recurso de Reconsideração Acórdão: VISTOS, relatados e discutidos estes autos

Leia mais

Entidade: Órgão de Origem: Secretaria do Estado da Justiça e Cidadania de Santa Catarina

Entidade: Órgão de Origem: Secretaria do Estado da Justiça e Cidadania de Santa Catarina Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0776-48/99-P Identidade do documento: Decisão 776/1999 - Plenário Ementa: Inspeção. Secretaria de Justiça de Santa Catarina. Pedido de reexame de decisão

Leia mais

Interessados: Responsável: Antonio Dernival Queiroz Dantas, ex-prefeito. CPF: 220.512.014-04

Interessados: Responsável: Antonio Dernival Queiroz Dantas, ex-prefeito. CPF: 220.512.014-04 Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0330-30/99-1 Identidade do documento: Acórdão 330/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Transferência de Recursos. MAS. Prefeitura

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário. Classe: Classe II

Tribunal de Contas da União. Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário. Classe: Classe II Tribunal de Contas da União Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário Classe: Classe II Sumário: Solicitação de Auditoria na Prefeitura Municipal de Cajuri - MG, para esclarecer questões

Leia mais

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em razão da omissão no dever de prestar contas.

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em razão da omissão no dever de prestar contas. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 309/96 - Primeira Câmara - Ata 31/96 Processo nº TC 450.133/95-8 Responsável: Raimundo Pereira Barbosa, Prefeito. Unidade: Prefeitura Municipal de Palestina

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0393-35/98-2. Identidade do documento: Acórdão 393/1998 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0393-35/98-2. Identidade do documento: Acórdão 393/1998 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0393-35/98-2 Identidade do documento: Acórdão 393/1998 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Subvenção social. MBES. Prefeitura Municipal

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0145-41/98-P. Identidade do documento: Acórdão 145/1998 - Plenário

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0145-41/98-P. Identidade do documento: Acórdão 145/1998 - Plenário Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0145-41/98-P Identidade do documento: Acórdão 145/1998 - Plenário Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. MINTER. Prefeitura Municipal de Cravolândia

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0349-33/99-1. Identidade do documento: Acórdão 349/1999 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0349-33/99-1. Identidade do documento: Acórdão 349/1999 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0349-33/99-1 Identidade do documento: Acórdão 349/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Transferência de recursos. MAS. Prefeitura

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0360-34/99-1. Identidade do documento: Acórdão 360/1999 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0360-34/99-1. Identidade do documento: Acórdão 360/1999 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0360-34/99-1 Identidade do documento: Acórdão 360/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNS. Prefeitura Municipal de Guapimirim

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 236/97 - Plenário - Ata 42/97 Processo nº TC 299.048/93-4. Interessados: Byron Costa Queiroz, Presidente, e Osmundo Evangelista Rebouças, Presidente

Leia mais

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; WALTON ALENCAR RODRIGUES; CRISTINA MACHADO DA COSTA E SILVA;

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; WALTON ALENCAR RODRIGUES; CRISTINA MACHADO DA COSTA E SILVA; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; WALTON ALENCAR RODRIGUES; CRISTINA MACHADO DA COSTA E SILVA; Assunto: Tomada de Contas Especial Acórdão: VISTOS,

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 217/94 - Plenário - Ata 12/94 Processo nº TC 014.056/93-3 Interessado: Dante Martins de Oliveira - Prefeito Entidade: Prefeitura Municipal de Cuiabá/MT

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0180-15/99-P. Identidade do documento: Decisão 180/1999 - Plenário

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0180-15/99-P. Identidade do documento: Decisão 180/1999 - Plenário Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0180-15/99-P Identidade do documento: Decisão 180/1999 - Plenário Ementa: Representação formulada por parlamentar. Possíveis irregularidades na FUNAI.

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 243/95 - Primeira Câmara - Ata 36/95 Processo nº TC 625.046/94-3 Responsáveis: José Alcides Marques Menezes, Antonio Carlos Menna Barreto Filho, Cléber

Leia mais

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA;

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; Assunto: Recurso de Reconsideração. Acórdão: VISTOS, relatados e discutidos estes autos de recurso de reconsideração

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 6/96 - Segunda Câmara - Ata 02/96 Processo nº TC 011.074/94-9 Responsáveis : Francisco das Chagas Alves (Diretor) e Raimundo Ivanildo de Sena Entidade:

Leia mais

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda.

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda. Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0255-19/99-P Identidade do documento: Decisão 255/1999 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA Assunto: Tomada de Contas Especial Acórdão: Vistos, relatados e discutidos estes autos de Tomada de Contas Especial

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 56, DE 5 DEZEMBRO DE 2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 56, DE 5 DEZEMBRO DE 2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 56, DE 5 DEZEMBRO DE 2007 Dispõe sobre instauração e organização de processo de tomada de contas especial e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso do

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 212/98 - Segunda Câmara - Ata 19/98 Processo TC nº 375.248/97-8. Responsáveis: Léa Lúcia Cecílio Braga, Vânia Ferreira dos Santos, Aparecida dos Santos,

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 492/92 - Segunda Câmara - Ata 37/92 Processo nº TC 005.648/88-2 Responsáveis: JOÃO JOSÉ LAMARQUE e IVANEI CANHOLA DE SOUZA Órgão: Superintendência Regional

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 291/96 - Segunda Câmara - Ata 17/96 Processo nº TC 399.124/93-4 Responsável: Sebastião Fernandes Barbosa Entidade: Prefeitura Municipal de Minas Novas

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0538-44/99-2. Identidade do documento: Acórdão 538/1999 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0538-44/99-2. Identidade do documento: Acórdão 538/1999 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0538-44/99-2 Identidade do documento: Acórdão 538/1999 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. MAS. Prefeitura Municipal de Jardim

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ROTEIRO DE VERIFICAÇÃO TOMADA DE CONTAS ESPECIAL GT - 8 O QUE É De acordo com o art. 3º da Instrução

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII Tribunal de Contas da União Assunto: Representação Colegiado: Plenário Classe: Classe VII Sumário: Representação formulada pelo Tribunal de Contas do Espado de Pernambuco versando sobre possíveis irregularidades

Leia mais

Representante do Ministério Público: PAULO SOARES BUGARIN;

Representante do Ministério Público: PAULO SOARES BUGARIN; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: PAULO SOARES BUGARIN; Assunto: Tomada de Contas Especial Acórdão: Vistos, relatados e discutidos estes autos de Tomada de Contas Especial

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 563/97 - Plenário - Ata 35/97 Processo nº TC 003.561/94-1 Interessado: Murílio de Avellar Hingel, Ministro de Estado da Educação e do Desporto Órgão:

Leia mais

Entidade: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq

Entidade: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0348-20/01-2 Identidade do documento: Acórdão 348/2001 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Pessoa física. CNPq. Concessão de bolsa de

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 56/96 - Plenário - Ata 16/96 Processo nº TC 279.153/93-7. Responsável: Manoel Enedino Gomes. Entidade: Associação Beneficente e Cultural de Caldeirão

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 641/94 - Segunda Câmara - Ata 32/94 Processo nº TC 249.035/92-8 - Apenso: TC 225.172/91-7 (c/1 vol. anexo) R.I.O. Interessado: Juiz Antônio Carlos Marinho

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0397-24/01-2. Identidade do documento: Acórdão 397/2001 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0397-24/01-2. Identidade do documento: Acórdão 397/2001 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0397-24/01-2 Identidade do documento: Acórdão 397/2001 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. CEF. Ilícito praticado por ex-servidor. Responsável

Leia mais

GRUPO I CLASSE II 2ª Câmara TC-031.085/2013-0

GRUPO I CLASSE II 2ª Câmara TC-031.085/2013-0 GRUPO I CLASSE II 2ª Câmara TC-031.085/2013-0 Natureza: Tomada de Contas Especial. Entidade: Município de Flores/PE. Responsável: Arnaldo Pedro da Silva, CPF n. 093.945.404-15. SUMÁRIO: TOMADA DE CONTAS

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.218.980 - RS (2009/0152036-0) RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA EMENTA PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. AGRAVO REGIMENTAL. VIOLAÇÃO DO ART. 535, INCISO

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0317-18/01-2. Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0317-18/01-2. Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0317-18/01-2 Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Fundação Nacional de Saúde - Distrito Sanitário

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0148-17/00-2. Identidade do documento: Decisão 148/2000 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0148-17/00-2. Identidade do documento: Decisão 148/2000 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0148-17/00-2 Identidade do documento: Decisão 148/2000 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. Fundo Nacional de Saúde. Prefeitura

Leia mais

PROCESSO N. 654/04 PROTOCOLO N.º 5.344.203-0 PARECER N.º 942/07 APROVADO EM 12/12/07

PROCESSO N. 654/04 PROTOCOLO N.º 5.344.203-0 PARECER N.º 942/07 APROVADO EM 12/12/07 PROTOCOLO N.º 5.344.203-0 PARECER N.º 942/07 APROVADO EM 12/12/07 CÂMARA DE LEGISLAÇÃO E NORMAS INTERESSADA: SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO MUNICÍPIO: CURITIBA ASSUNTO: Relatório de Sindicância no Colégio

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. Processo n.º: E-04/897.015/1999 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 07 de Novembro de 2000 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO N.º

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 470/93 - Plenário - Ata 53/93 Processo nº TC 014.861/93-3 Entidade: Ministério da Justiça Relator: Ministra Élvia L. Castello Branco Redator da Decisão

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0199-14/00-2. Identidade do documento: Acórdão 199/2000 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0199-14/00-2. Identidade do documento: Acórdão 199/2000 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0199-14/00-2 Identidade do documento: Acórdão 199/2000 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Auxílio financeiro. MEC. Liga Parnaibana de

Leia mais

Interessados: Responsável: Francisco de Sousa Filho, ex-secretário Municipal de Turismo e Desporto

Interessados: Responsável: Francisco de Sousa Filho, ex-secretário Municipal de Turismo e Desporto Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0198-47/99-P Identidade do documento: Acórdão 198/1999 - Plenário Ementa: Tomada de Contas Especial. Prefeitura Municipal de Aquiraz CE. Desvio de recursos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 71, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 71, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 71, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a instauração, a organização e o encaminhamento ao Tribunal de Contas da União dos processos de tomada de contas especial. O TRIBUNAL

Leia mais

RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA CISÃO PARCIAL

RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA CISÃO PARCIAL RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA CISÃO PARCIAL Gilberto de Castro Moreira Junior * O artigo 229 da Lei das Sociedades Anônimas (Lei nº 6.404/76) define a cisão como sendo a operação pela qual a companhia

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Fl. 433 SENTENÇA DA AUDITORA SILVIA MONTEIRO PROCESSO: ÓRGÃO: TC-1375/026/10 CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE CIRCUITO DAS ÁGUAS LINDÓIA - CONISCA JOSÉ JUSTINO LOPES RESPONSÁVEL: ASSUNTO: BALANÇO GERAL

Leia mais

Assunto: Representação acerca de procedimento licitatório - inexigibilidade.

Assunto: Representação acerca de procedimento licitatório - inexigibilidade. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 323/94 - Segunda Câmara - Ata 44/94 Processo nº TC 625.141/94-6 Responsável: Dra. Marga Inge Barth Tessler, Juiza Federal Diretora do Foro. Órgão: Justiça

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO : Nº 0125/2008-CRF. PAT : Nº 0140/2006-1ª URT. RECORRENTE : SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO. RECORRIDO : MARISA LOJAS VAREJISTAS LTDA. RECURSO

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0103-13/00-1. Identidade do documento: Decisão 103/2000 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0103-13/00-1. Identidade do documento: Decisão 103/2000 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0103-13/00-1 Identidade do documento: Decisão 103/2000 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Royalties. Prefeitura Municipal de Planalto

Leia mais

EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL

EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL ANEXO II EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL (PARA CONVÊNIO OU INSTRUMENTOS CONGÊNERES) RELATÓRIO DE TCE Nº XX/2013 DADOS DO CONVÊNIO PROCESSO ORIGINAL 90000.000050/2009-99 INSTRUMENTO ORIGINAL

Leia mais

Assunto: Tomada de Contas Anual da Delegacia Regional da SUCAM no Rio Grande do Sul, exercício de 1987.

Assunto: Tomada de Contas Anual da Delegacia Regional da SUCAM no Rio Grande do Sul, exercício de 1987. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 196/92 - Plenário - Ata 20/92 Processo nº TC-649.016/88-2, Apensos: TC-006.834/88-4; TC-625.028/88-0; TC-625.402/87-1 e TC-625.407/87-3 Responsáveis:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 5 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000429851 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Mandado de Segurança nº 0226204-83.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é impetrante EDEMAR CID FERREIRA,

Leia mais

Assunto: Representação feita pela IRCE/SC, relativamente à ocorrência de irregularidades na LBA/SC.

Assunto: Representação feita pela IRCE/SC, relativamente à ocorrência de irregularidades na LBA/SC. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão Sigilosa 196/92 - Plenário - Ata 42/92 Processos nºs TCs 674.053/91-5 (principal) e 027.337/91-0 (anexo). Responsável: Célia Regina Ranzolin (Superintendente

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 41/98 - Plenário - Ata 11/98 Processo nº TC 011.640/95-2 Interessado: Identidade Preservada Entidade: Prefeitura Municipal de Quedas do Iguaçu/PR Relator:

Leia mais

Interessados: Interessado: Ministério das Comunicações, Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Interessados: Interessado: Ministério das Comunicações, Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0483-30/01-P Identidade do documento: Decisão 483/2001 - Plenário Ementa: Acompanhamento. ANATEL. Licitação. Outorga de direito de concessão para a exploração

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0 Assunto: Representação. Colegiado: Plenário Classe: Classe VII Sumário: Representação formulada pelo Ministério Público Federal. Inquérito

Leia mais

Assunto: Solicitação para procedimento de baixa contábil em bem patrimonial roubado.

Assunto: Solicitação para procedimento de baixa contábil em bem patrimonial roubado. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 539/92 - Plenário - Ata 52/92 Processo nº TC-015.497/91-7 Responsável: Rubens Puppin (Chefe da Residência de Vitória - 9º-D/DNPM) Unidade: Departamento

Leia mais

Prestação e Tomada de Contas Responsabilização. Auditora Milene Dias da Cunha

Prestação e Tomada de Contas Responsabilização. Auditora Milene Dias da Cunha Prestação e Tomada de Contas Responsabilização. Auditora Milene Dias da Cunha Quando entregamos nosso dinheiro nas mãos de alguém para que cuide do nosso futuro, o que esperamos? O que acontece quando

Leia mais

Entidade: Órgão de Origem: Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região/PB

Entidade: Órgão de Origem: Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região/PB Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0414-27/01-P Identidade do documento: Decisão 414/2001 - Plenário Ementa: Representação formulada pela Procuradoria Regional do Trabalho 13ª Região PB.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 10ª Turma INDENIZAÇÃO. DANO MORAL. ATRASO NA ENTREGA DAS GUIAS DO FGTS E SEGURO- DESEMPREGO. A demora injustificada na entrega das guias do FGTS e do Seguro- Desemprego, feita ultrapassado o decêndio

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0122-08/00-P. Identidade do documento: Decisão 122/2000 - Plenário

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0122-08/00-P. Identidade do documento: Decisão 122/2000 - Plenário Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0122-08/00-P Identidade do documento: Decisão 122/2000 - Plenário Ementa: Auditoria. CBTU. Obra de implantação do metrô de Belo Horizonte, trecho Calafate-Barreiro.

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 291/97 - Primeira Câmara - Ata 40/97 Processo nº TC 002.679/96-5 Interessado: Oscar Sebastião Leão Órgãos: Delegacia de Administração do MF/DF Relator:

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 20/07/2010 Fls. 08 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 08 de dezembro de 2009 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 36.007 (26.807) ACÓRDÃO

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 315/96 - Primeira Câmara - Ata 32/96 Processo nº TC 000.303/93-3 Responsáveis: Markus Mozes Katz (ex-liquidante); David Preciado, Jandir de Moraes Feitosa

Leia mais

Entidade: Sociedade de Proteção à Infância e Maternidade de Bom Jesus de Itabapoana - SPIM/RJ

Entidade: Sociedade de Proteção à Infância e Maternidade de Bom Jesus de Itabapoana - SPIM/RJ Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0376-36/99-1 Identidade do documento: Acórdão 376/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Subvenção Social. MBES. Sociedade de Proteção

Leia mais

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator):

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator): APELAÇÃO CÍVEL Nº 511146/AL (0002840-14.2010.4.05.8000) APTE : CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS DA 6ª REGIÃO (AL/PE/PB/RN/CE/PI/MA) ADV/PROC : ALINE JANISZEWSKI LINS APDO : SHBRS/AL - SINDICATO DOS

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE ATOS DE PESSOAL Inspetoria 1 DIVISÃO 1

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE ATOS DE PESSOAL Inspetoria 1 DIVISÃO 1 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE ATOS DE PESSOAL Inspetoria 1 DIVISÃO 1 PROCESSO Nº: REP 11/00278840 UNIDADE GESTORA: PREFEITURA MUNICIPAL DE TIJUCAS INTERESSADO:

Leia mais

ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara

ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara 1. Processo n: 1905/2006 2. Processo Auxiliar Apenso: 5461/2005 Auditoria Programada 3. Classe de Assunto: 04 Prestação de Contas 3.1. Assunto: 05 Prestação de Contas

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 506/97 - Segunda Câmara - Ata 26/97 Processo TC nº 350.348/95-2. Responsáveis: Álvaro Ferreira Nobre (ex-presidente) e Adalberto Pereira Lima (ex-secretário).

Leia mais

Interessados: Interessada: Maria Antonieta dos Santos ex-secretária de Estado de Educação de Rondônia

Interessados: Interessada: Maria Antonieta dos Santos ex-secretária de Estado de Educação de Rondônia Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0178-47/98-P Identidade do documento: Acórdão 178/1998 - Plenário Ementa: Inspeção. Governo do Estado de Rondônia. Convênio. FNDE. Pedido de reexame

Leia mais

<CABBCCABADDACABCCBBACAABDCDAABCBACBAA DDADAAAD> EMENTA: TRIBUTÁRIO ANULAÇÃO DE AUTO DE INFRAÇÃO FISCAL ITCD DOAÇÃO DE COTAS SOCIAIS TRANSAÇÃO REALIZADA ENTRE PARTICULARES SEM QUALQUER PUBLICIDADE INOCORRÊNCIA

Leia mais

Prestação de contas (arts.56 a 60 da Portaria Interministerial nº 127/2008)

Prestação de contas (arts.56 a 60 da Portaria Interministerial nº 127/2008) Prestação de contas (arts.56 a 60 da Portaria Interministerial nº 127/2008) No tocante aos mecanismos de controle dos convênios e contratos de repasse, o momento principal, mas não o único, é a prestação

Leia mais

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS;

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Assunto: Aposentadoria Colegiado: Primeira Câmara Classe: Classe V Sumário: Aposentadoria. Erro na apuração do tempo

Leia mais

COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, ABASTECIMENTO E DESENVOLVIMENTO RURAL PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 104, DE 2009

COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, ABASTECIMENTO E DESENVOLVIMENTO RURAL PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 104, DE 2009 COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, ABASTECIMENTO E DESENVOLVIMENTO RURAL PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 104, DE 2009 Propõe que a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento

Leia mais

Prestação de Contas de Convênios e Tomada de Contas Especial (TCE)

Prestação de Contas de Convênios e Tomada de Contas Especial (TCE) Prestação de Contas de Convênios e Tomada de Contas Especial (TCE) Ciclo das Transferências Voluntárias (Negociadas) Orçamentação Publicização Credenciamento Proposição Celebração Repasse Prestação de

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 29/11/2006 Fls. SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 25 de outubro de 2006 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 500.369 ACÓRDÃO Nº 4.824

Leia mais

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL TOMADA DE CONTAS ESPECIAL COMPARATIVO ENTRE A IN TCU Nº 13/1996 E A IN TCU Nº 56/2007 IN TCU Nº 13/1996 IN TCU Nº 56/2007 Art. 1º Diante da omissão no dever de prestar contas, da não comprovação da Aplicação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DO PODER LEGISLATIVO DE POCONÉ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Presidente da Câmara Municipal de Poconé,

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Conselho de Contribuintes

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Conselho de Contribuintes PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 18 / 12 / 2014 Fls.: 13 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo nº E-04 / 082.025/2012 Rubrica: ID:42833175 Sessão de 15 de outubro de 2014 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº

Leia mais

Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) PARECER Nº, DE 2015

Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) PARECER Nº, DE 2015 PARECER Nº, DE 2015 Da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle, sobre a Proposta de Fiscalização e Controle nº 1, de 2015, que propõe investigação sobre o processo de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno

RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno 1. Processo nº: 12505/2011 (1 vol.) 2. Classe/Assunto: 3. Consulta / 5. Consulta acerca da legalidade do pagamento de despesas com internação de urgência do senhor João

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0208-34/00-P. Identidade do documento: Acórdão 208/2000 - Plenário

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0208-34/00-P. Identidade do documento: Acórdão 208/2000 - Plenário Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0208-34/00-P Identidade do documento: Acórdão 208/2000 - Plenário Ementa: Representação formulada por Equipe de Auditoria do TCU. Possíveis irregularidades

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores VICE PRESIDENTE (Presidente sem voto), MARIA OLÍVIA ALVES E MARTINS PINTO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores VICE PRESIDENTE (Presidente sem voto), MARIA OLÍVIA ALVES E MARTINS PINTO. Registro: 2011.0000086162 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0403953-58.2010.8.26.0000, da Comarca de Fernandópolis, em que é apelante PROMOTOR JUSTIÇA VARA INFANCIA E JUVENTUDE

Leia mais

INDEXAÇÃO Representação; Licitação; INPI; Concorrência; Edital; Capacidade Técnica; Atestado; Prestação de Serviços; Assistência Médica;

INDEXAÇÃO Representação; Licitação; INPI; Concorrência; Edital; Capacidade Técnica; Atestado; Prestação de Serviços; Assistência Médica; Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-1027-47/00-P Identidade do documento: Decisão 1027/2000 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.507.239 - SP (2014/0340784-3) RELATÓRIO O SENHOR MINISTRO MARCO AURÉLIO BELLIZZE: Trata-se de recurso especial interposto por Santander Leasing S.A. Arrendamento Mercantil, com fundamento

Leia mais

AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO)

AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO) AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO) RELATÓRIO O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR FEDERAL

Leia mais

Estado do Ceará 1 Tribunal de Contas dos Municípios Gabinete do Cons. Pedro Ângelo

Estado do Ceará 1 Tribunal de Contas dos Municípios Gabinete do Cons. Pedro Ângelo Estado do Ceará 1 Processo n 23940/06. Secretaria de Educação de Irauçuba. Tomada de Contas Especial Exercício de 2006. Responsável: Elis Roberto Pinheiro Mota (Secretário de Educação). Recurso de Reconsideração

Leia mais

Assunto: Denúncia sobre possíveis irregularidades na doação de aparas de papel.

Assunto: Denúncia sobre possíveis irregularidades na doação de aparas de papel. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 74/97 - Plenário - Ata 06/97 Processo nº TC 016.626/94-0 (Sigiloso) Responsável: Ary Cícero de Moraes Ribeiro, ex-diretor-geral. Interessado: Antônio

Leia mais

A COLAÇÃO DOS BENS DOADOS A HERDEIROS: ANÁLISE DO ACÓRDÃO Nº 70050981836 JULGADO PELO TJRS

A COLAÇÃO DOS BENS DOADOS A HERDEIROS: ANÁLISE DO ACÓRDÃO Nº 70050981836 JULGADO PELO TJRS 23 A COLAÇÃO DOS BENS DOADOS A HERDEIROS: ANÁLISE DO ACÓRDÃO Nº 70050981836 JULGADO PELO TJRS Adrieli Aline Frias 1 Daniele Garcia 2 Niagara Sabrina 3 Ynaia Medina Long 4 Orientadora: Profª. Mª. Ana Cleusa

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL

MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL Anexo IX MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL (PARA TOMADAS DE CONTAS ESPECIAIS QUE NÃO TRATEM DE RECURSOS REPASSADOS POR CONVÊNIO OU INSTRUMENTOS CONGÊNERES) RELATÓRIO DE TCE Nº 999/20XX

Leia mais

Assunto: Consulta sobre pagamento de despesas não empenhadas nem contratadas e sem crédito orçamentário.

Assunto: Consulta sobre pagamento de despesas não empenhadas nem contratadas e sem crédito orçamentário. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 321/95 - Plenário - Ata 30/95 Processo nº TC 325.129/95-9. Interessada (consulente): Maria José Santos de Santana, Assessora de Auditoria e Controle

Leia mais

RESOLUÇÃO N 83/TCE/RO-2011

RESOLUÇÃO N 83/TCE/RO-2011 RESOLUÇÃO N 83/TCE/RO-2011 Dispõe sobre o exercício da fiscalização dos atos de gestão pelo Tribunal de Contas e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 12649.010650201-50 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação requerido

Leia mais