Só é fabricado por encomenda. Air Waybill ou Conhecimento de Transporte Aéreo. Business-to-Business ou comércio eletrônico entre empresas.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Só é fabricado por encomenda. Air Waybill ou Conhecimento de Transporte Aéreo. Business-to-Business ou comércio eletrônico entre empresas."

Transcrição

1 A Assemble to order APS Auto ID AWB AGVS Só é fabricado por encomenda. Advanced Planning Scheduling ou Planejamento da Demanda do Suprimento, programação, execução avançada e otimização. Identificação Automática. Air Waybill ou Conhecimento de Transporte Aéreo. Automated Guided Vehicle System ou Sistema de Veículo Guiado Automaticamente. B Benchmarking Bar Code B/L Break-Bulk Brainstorming (tempestade de idéias) BTB ou B2B Brokerage Houses BTC ou B2C Budget Business Intelligence Verificar o que as empresas líderes no seu segmento de mercado estão utilizando de processos e adaptar o modelo, de acordo com o seu dia-a-dia (próprias características). Código de Barras. Bill of Lading ou Conhecimento de Embarque. Expressão do transporte marítimo, significa o transporte de carga geral. Um grupo de pessoas tendo idéias sobre um determinado assunto ou problema, sem censura, com alguém estimulando a todos e anotando tudo falado. Business-to-Business ou comércio eletrônico entre empresas. Empresas especializadas em intermediar afretamento marítimo. Business-to-Consumer ou comércio eletrônico de empresas para o consumidor. Orçamento Conjunto de softwares que ajudam em decisões estratégicas C Core Business Cabotagem CEP Calado Relativo ao próprio negócio ou especialidade no negócio que faz. Navegação doméstica (pela costa do país). Controle Estatístico do Processo. Expressão do transporte marítimo que significa profundidade dos canais do porto.

2 C CIF CIM Comboio Coach Cost Drivers CRM CTI Cross Docking Custo Logístico Cost, Insurance and Freight ou Custo, Seguro e Frete. Neste caso, o material cotado já tem tudo embutido no preço, ou seja, é posto no destino. Computer Integrated Manufacturing ou Manufatura Integrada com Computadores. Conjunto de veículos que seguem juntos para um mesmo destino. Utilizado principalmente por motivo de segurança. facilitador; instrutor; entidade (pessoa, equipe, departamento, empresa, etc.) que atue como agregador das capacidades de cada elemento da cadeia (equipe, departamento, empresa, etc.) Fatores Direcionadores de Custos. Customer Relationship Management ou Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente ou, ainda, Marketing One to One. Computer Telephony Integrated ou Sistema Integrado de Telefonia e Computação. Uma operação de rápida movimentação de produtos acabados para expedição, entre fornecedores e clientes. Chegou e já sai. É a somatória do custo do transporte, do custo de armazenagem e do custo de manutenção de estoque. D Data Warehouse Demand Chain Management Dragagem DPS DRP DEC Demurrage ou Sobreestadia DFM Despatch ou Presteza DSE Draw-back Armazenamento de dados. Gerenciamento da Cadeia de Demanda. Serviço de escavação nos canais dos portos para manutenção/aumento dos calados. Digital Picking System. Distribution Resource Planning ou Planejamento dos Recursos de Distribuição Delivered Ex QUAY ou entrega no cais. O vendedor entrega a mercadoria no cais do porto de destino. Multa determinada em contrato, a ser paga pelo contratante de um navio, quando este demora mais do que o acordado nos portos de embarque ou de descarga. Design for Manufacturing ou Projeto para Manufatura. Que faz jus o contratante de um navio, quando este permanece menos tempo do que o acordado nos portos de embarque ou de descarga. Declaração Simplificada de Exportação. Envolve a importação de componentes, sem pagamento de impostos, para a fabricação de bens destinados à exportação.

3 E EAV EADI EDI ECR Empowerment E Procurement ERP ETA EVA ETS Engenharia e Análise do Valor. Estação Aduaneira do Interior. Electronic Data Interchange ou Intercâmbio Eletrônico de Dados. Efficient Consumer Response ou Resposta Eficiente ao Consumidor. Dar poder ao grupo/equipe. Processo de cotação de preços, compra e venda on-line. Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos do Negócio. Expressão do transporte marítimo que significa dia da atracação do navio (chegada). Economic Value Added ou Valor Econômico Agregado. Expressão do transporte marítimo, que significa dia da saída do navio (zarpar). F FCA FAS FIO FOB FMEA Free Carrier ou Transportador Livre. O vendedor está isento de responsabilidades no momento que entrega a mercadoria para o agente indicado pelo comprador ou para o transportador. Free Alongside Ship ou Livre no Costado do Navio. O vendedor entrega a mercadoria ao comprador no costado do navio no porto de embarque. Free in and Out ou isento de taxas no embarque e no desembarque. Despesas de embarque são do exportador e as de desembarque do importador. Nada é de responsabilidade do armador. Free on Board ou Preço sem Frete Incluso (posto a bordo). Existem algumas variações de FOB. Pode ser FOB Fábrica, quando o material tem de ser retirado, e FOB Cidade, quando o fornecedor coloca o material em uma transportadora escolhida pelo cliente. Análise do Modo de Falha e Efeito. Forecasting Food Town FCS Previsões de tempo. Local que reúne vários fornecedores de um mesmo cliente em comum. Finite Capacity Schedule ou Programação de Capacidade Finita.

4 H Housekeeping Técnica para iniciar e manter os processos de qualidade e produtividade total em uma empresa. I IBC Indice de flexibilidade Incoterms Intermediate Bulk Container ou Contenedor Intermediário para Granel. Representa a relação entre a média do lote de produção e a média do lote de entrega. Sigla que identifica os 13 termos que padronizam a linguagem usada no mercado de exportação e importação. J Just in Time ou JIT É atender ao cliente interno ou externo no momento exato de sua necessidade, com as quantidades necessárias para a operação/produção. K Kaizen KLT Kanban Processo de melhorias contínuas, com bom senso e baixos investimentos. Klein Lagerung und Transport ou Acondicionamento e Transporte de Pequenos Componentes. Técnica japonesa com cartões, que proporciona uma redução de estoque, otimização do fluxo de produção, redução das perdas e aumento da flexibilidade. L Layday ou Laytime Lastro Logistica Estadia do navio no porto, que significa período previsto para a operação (atracar, carregar e zarpar). Expressão do transporte marítimo, que significa água que é posta nos porões para dar peso e equilíbrio ao navio, quando está sem carga. É a arte de administrar os negócios de forma integrada, otimizando os recursos disponíveis, visando o ganho global no processo.

5 M Make to stock Make to order MES Milk Run MRP MPT ou TPM ML MRP II Fabricação contra previsão de demanda. Fabricação conforme pedido. Manufacturing Execution Systems ou Sistemas Integrados de Controle da Produção. Consiste na busca do produto diretamente junto ao(s) fornecedor(es). Material Requirements Planning ou Planejamento das Necessidades de Materiais. Manutenção Produtiva Total. Milha Terrestre. Manufacturing Resources Planning ou Planejamento dos Recursos da Manufatura. MRP III É o MRP II em conjunto com o Kanban. N NM NVOCC Milha Marítima. Operador de Transporte Marítimo Sem Embarcação. O OTM Outsourcing Operador de Transporte Multimodal. Provedores de serviços ou terceirização. P Parcerização PCM Processo de conhecimento mútuo e aceitação, pelo qual duas empresas devem passar para estarem realmente integradas, visando mesmos objetivos. Planejamento e Controle de Materiais.

6 P PEPS Make to order MES PCP Pick and Pack Poka-Yoke PPCP Postponement Fabricação contra previsão de demanda. Fabricação conforme pedido. É a nomenclatura para o método de armazenagem, em que o produto que é o Primeiro a Entrar no estoque é o Primeiro a Sair. Planejamento e Controle da Produção. Separar os materiais e etiquetar, embalar, etc. Métodos simples, que servem como a prova de falhas no processo. Planejamento, Programação e Controle da Produção. Retardamento da finalização do produto até receber de fato o pedido customizado. Project team Força Tarefa R Redex Road railer RFDC Rough Cut Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação. Carreta bimodal, que ao ser desengatada do cavalo mecânico é acoplada sobre um bogie ferroviário e viaja sobre os trilhos. Radiofrequency Data Colection ou Coleta de Dados por Radiofreqüência. Corte bruto T Transporte Multimodal Transbordo TQM TPA É a integração dos serviços de mais de um modo de transporte, entre os diversos modais. Ex.: rodo-ferroviário, rodo-aéreo, ferro-hidroviário, hidro-aéreo, etc. Passar mercadorias/produtos de um para outro veículo de transporte. Gestão da Qualidade Total. Trabalhadores Portuários Avulsos.

7 P TMS TKU TEU Tempo de Transporte Tempo de Compra Team Building Transportation Management Systems ou Sistemas de Gerenciamento de Transporte. Toneladas por quilômetro útil. Twenty Foot Equivalent Unit. Tamanho padrão de contêiner intermodal de 20 pés. É o período compreendido entre a data de entrega do material até a chegada do mesmo para o requisitante (destino). É o período compreendido entre a data da requisição do material até a data do fechamento do pedido. Dinâmica de grupo em área externa, onde os participantes serão expostos a várias tarefas físicas desafiadoras, que são exemplos comparativos dos problemas do dia-a-dia da empresa. Tem como finalidade tornar uma equipe integrada. U UEPS É a nomenclatura para o método de armazenagem, em que o produto que é o último a entrar no estoque é o primeiro a sair. V VUC VAN Veículo Urbano de Carga. Value Added Network ou Rede de Valor Agregado. W WMS WCS Workflow Warehouse Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Armazém. Value Added Network ou Rede de Valor Agregado. Processo no qual a informação flui por toda organização, de maneira rápida e organizada, seguindo a seqüência pré-estabelecida de tramitação.

Dicionário de Logística

Dicionário de Logística Dicionário de Logística 5 5S» Senso de simplificação, organização, limpeza, conservação e participação. A AGVS» Automated Guided Vehicle System ou Sistema de Veículo Guiado Automaticamente. ASSEMBLE TO

Leia mais

DIVERS. - TERMOS UTILIZADOS EM ADMINISTRACAO DE MA

DIVERS. - TERMOS UTILIZADOS EM ADMINISTRACAO DE MA Página 1 de 5 DIVERS. - TERMOS UTILIZADOS EM ADMINISTRACAO DE MA Revisão: 01/01/2002 18217 Alguns dos termos utilizados no modulo de PCP: - MRP - MATERIAL REQUIREMENT PLANNING - MRP II - MANUFACTURING

Leia mais

- Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC

- Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC FORMAÇÃO Analista de Logística em Comércio Exterior - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC Objetivo: Habilitar o participante para trabalhar com as rotinas da logística

Leia mais

LOGÍSTICA DE OPERAÇÕES INTERNACIONAIS II. Prof. Alessandro Camargo

LOGÍSTICA DE OPERAÇÕES INTERNACIONAIS II. Prof. Alessandro Camargo LOGÍSTICA DE OPERAÇÕES INTERNACIONAIS II Prof. Alessandro Camargo Logística Internacional As principais características das operações logísticas são: - Complexidade: que podem ser desde o produto até a

Leia mais

Dicionário de comércio exterior e logística

Dicionário de comércio exterior e logística Dicionário de comércio exterior e logística ACF - Attainable Cubic Feet ou Espaço Cúbico Permitido. Acknowledgement of Receipt ou Confirmação de Recebimento - Notificação relacionada a algo recebido. Admissão

Leia mais

Termos Internacionais de Comércio EXW FCA FAS FOB CFR CIF CPT CIP DAP DAT DDP

Termos Internacionais de Comércio EXW FCA FAS FOB CFR CIF CPT CIP DAP DAT DDP Termos Internacionais de Comércio EXW FCA FAS FOB CFR CIF CPT CIP DAP DAT DDP Aspectos Gerais Cada vez mais as empresas recorrem às potencialidades do mercado global. Neste contexto é necessária a perfeita

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Aula 19 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

GLOSSÁRIO DE LOGÍSTICA

GLOSSÁRIO DE LOGÍSTICA GLOSSÁRIO DE LOGÍSTICA Este glossário tem a finalidade de auxiliar na compreensão de nomes, termos, siglas e expressões, normalmente, utilizados em Logística e nas suas diversas interfaces com outras áreas

Leia mais

Armazém ou Warehouse: Lugar coberto, onde os materiais/produtos são recebidos, classificados, estocados e expedidos.

Armazém ou Warehouse: Lugar coberto, onde os materiais/produtos são recebidos, classificados, estocados e expedidos. ACF: Attainable Cubic Feet ou Espaço Cúbico Permitido. AD Valorem: Taxa de seguro cobrada sobre certas tarifas de frete ou alfandegárias proporcionais ao valor total dos produtos da operação (Nota Fiscal)

Leia mais

Dados x Informações. Os Sistemas de Informação podem ser:

Dados x Informações. Os Sistemas de Informação podem ser: CONCEITOS INICIAIS O tratamento da informação precisa ser visto como um recurso da empresa. Deve ser planejado, administrado e controlado de forma eficaz, desenvolvendo aplicações com base nos processos,

Leia mais

INCONTERMS 2010. Grupo E (Partida) EXW EX Works A partir do local de produção ( local designado: fábrica, armazém, etc.)

INCONTERMS 2010. Grupo E (Partida) EXW EX Works A partir do local de produção ( local designado: fábrica, armazém, etc.) Numa negociação internacional, é muito importante que o gestor comercial esclareça com o seu cliente quais serão as condições de entrega a praticar para a mercadoria que vai ser transacionada, ou seja,

Leia mais

MÓDULO 5 Termos Internacionais de Comércio (INCOTERMS)

MÓDULO 5 Termos Internacionais de Comércio (INCOTERMS) MÓDULO 5 Termos Internacionais de Comércio (INCOTERMS) Os INCOTERMS são regras criadas pela Câmara de Comércio Internacional (CCI) para administrar conflitos que possam existir através da interpretação

Leia mais

Agenciamento de Cargas Importação Marítima

Agenciamento de Cargas Importação Marítima Agenciamento de Cargas Importação Marítima Jailson de Souza Agenciamento de Cargas Definição Sistemática, como trabalha, intermediários, contratação de serviços Vantagens do Agenciamento de Cargas O que

Leia mais

GLOSSÁRIO COMEX. AFRMM Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante.

GLOSSÁRIO COMEX. AFRMM Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante. A GLOSSÁRIO COMEX Admissão temporária Regime aduaneiro especial que permite a importação de bens que devam permanecer no País durante prazo fixado, com suspensão total ou parcial de tributos. AD Valorem

Leia mais

Faculdade Salesiana Dom Bosco de Piracicaba

Faculdade Salesiana Dom Bosco de Piracicaba Faculdade Salesiana Dom Bosco de Piracicaba Ana Paula Haypas Olvera Gabriela Itália Sartori Lucas Selles Marina Feo Luís Henrique João Comércio Exterior Contrato de Compra e Venda Internacional Piracicaba

Leia mais

MBA em Gestão Logística

MBA em Gestão Logística Pág. 1/5 MBA em Gestão Logística Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados das 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas de R$ 380,00* * Valor

Leia mais

Sistemas de Informação. Sistemas Integrados de Gestão ERP

Sistemas de Informação. Sistemas Integrados de Gestão ERP Sistemas de Informação Sistemas Integrados de Gestão ERP Exercício 1 Um arame é cortado em duas partes. Com uma das partes é feito um quadrado. Com a outra parte é feito um círculo. Em que ponto deve ser

Leia mais

SEMINÁRIO TEMÁTICO VII: COMÉRCIO EXTERIOR EXEMPLO 1 EXEMPLO 2 AULA 02: OS FLUXOS COMERCIAIS BRASILEIROS

SEMINÁRIO TEMÁTICO VII: COMÉRCIO EXTERIOR EXEMPLO 1 EXEMPLO 2 AULA 02: OS FLUXOS COMERCIAIS BRASILEIROS SEMINÁRIO TEMÁTICO VII: COMÉRCIO EXTERIOR AULA 02: OS FLUXOS COMERCIAIS BRASILEIROS TÓPICO 04: TERMOS INTERNACIONAIS DE COMÉRCIO No tópico anterior você teve a oportunidade de conhecer os órgãos responsáveis

Leia mais

Sistemas de Informações

Sistemas de Informações Sistemas de Informações Prof. Marco Pozam- mpozam@gmail.com A U L A 0 4 Ementa da disciplina Sistemas de Informações Gerenciais: Conceitos e Operacionalização. Suporte ao processo decisório. ERP Sistemas

Leia mais

Sistemas de Informações

Sistemas de Informações Sistemas de Informações UMC / EPN Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 4 Maio / 2013 1 Ementa da Disciplina Sistemas de Informações Gerenciais: Conceitos e Operacionalização. Suporte ao processo

Leia mais

FORMAÇÃO Gestão de Operações Portuárias - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC

FORMAÇÃO Gestão de Operações Portuárias - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC FORMAÇÃO Gestão de Operações Portuárias - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC Objetivo: Capacitar o participante para gerir as rotinas e operações logísticas em um porto

Leia mais

Serviços em Comércio Exterior

Serviços em Comércio Exterior INCOTERMS Os Incoterms (International Commercial Terms / Termos Internacionais de Comércio) foram instituídos em 1936 pela Câmara Internacional do Comércio com o intuito de fornecer regras internacionais

Leia mais

Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação

Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação Objetivo: Capacitar o participante para gerir as rotinas e operações logísticas em um porto ou terminal portuário voltado para a movimentação interna, importação

Leia mais

Elog, Columbia e EADI Sul se unem para formar uma nova empresa

Elog, Columbia e EADI Sul se unem para formar uma nova empresa 15 de Março de 2011 Elog, Columbia e EADI Sul se unem para formar uma nova empresa As experiências se somam e os resultados, para os clientes, se multiplicam A sinergia de estrutura e serviços gera soluções

Leia mais

Unidade IV GESTÃO DE. Prof. Léo Noronha

Unidade IV GESTÃO DE. Prof. Léo Noronha Unidade IV GESTÃO DE SUPRIMENTO E LOGÍSTICA Prof. Léo Noronha Logística na cadeia de suprimentos Logística Parte do processo da cadeia de suprimentos, que, para atingir o nível de serviço desejado pelo

Leia mais

9. INCOTERMS. CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio FONTES: Exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2010.

9. INCOTERMS. CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio FONTES: Exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2010. 9. INCOTERMS CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio FONTES: SILVA, Luiz Augusto Tagliacollo. Logística no Comércio Exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2010. SOUZA, José Meireles de Sousa. Gestão do Comércio

Leia mais

Contratos Internacionais de Compra e Venda & Incoterms

Contratos Internacionais de Compra e Venda & Incoterms Contratos Internacionais de Compra e Venda & Incoterms O contrato internacional é formal, bilateral, consensual, oneroso e comutativo, o que pressupõe agentes autônomos, livre formação de suas vontades

Leia mais

Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos

Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos 2 SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM LOGÍSTICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM LOGÍSTICA RODA Sociedade de Sobrevivência (troca de mercadorias) Poder: Monopólio de Mercadorias

Leia mais

Aula 11 TERMOS INTERNACIONAIS DE COMÉRCIO - (INTERNATIONAL COMMERCIAL TERMS - INCO- TERMS). MAIA (2007) apresenta a Convenção de Genebra

Aula 11 TERMOS INTERNACIONAIS DE COMÉRCIO - (INTERNATIONAL COMMERCIAL TERMS - INCO- TERMS). MAIA (2007) apresenta a Convenção de Genebra Aula 11 TERMOS INTERNACIONAIS DE COMÉRCIO - (INTERNATIONAL COMMERCIAL TERMS - INCO- TERMS). MAIA (2007) apresenta a Convenção de Genebra Em 1931, os países membros da Liga das Nações (Órgão, naquela época,

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

Sistemas de Informações. SCM Supply Chain Management

Sistemas de Informações. SCM Supply Chain Management Sistemas de Informações SCM Supply Chain Management Fontes Bozarth, C.; Handfield, R.B. Introduction to Operations and Supply Chain Management. Prentice Hall. 2nd. Edition Objetivos Fluxos de Informação

Leia mais

VISÃO GERAL - INCOTERMS COMÉRCIO INTERNACIONAL. Contratos e Termos Internacionais de Comércio: INCOTERMS 2000

VISÃO GERAL - INCOTERMS COMÉRCIO INTERNACIONAL. Contratos e Termos Internacionais de Comércio: INCOTERMS 2000 COMÉRCIO INTERNACIONAL VISÃO GERAL - INCOTERMS Contratos e Termos Internacionais de Comércio: INCOTERMS 2000 Prof.Nelson Guerra Concurso Receita Federal EXW Ex Works Tradução: Na Origem Exemplo: EXW-Curitiba

Leia mais

Desembarque no local de entrega no destino Marco da transferência de risco da mercadoria negociada

Desembarque no local de entrega no destino Marco da transferência de risco da mercadoria negociada INCOTERMS Definições para interpretar as fórmulas contratuais Elaboradas pelas Câmara de Comércio Internacional (CCI) São termos facilitadores na redação do contrato de compra e venda, mas não são obrigatórios

Leia mais

O Uso dos Incoterms na Exportação

O Uso dos Incoterms na Exportação O Uso dos Incoterms na Exportação Por JOSÉ ELIAS ASBEG Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Belém - Pará Nas exportações brasileiras, são aceitas quaisquer condições de venda praticadas no comércio

Leia mais

GLOSSÁRIO DE LOGÍSTICA

GLOSSÁRIO DE LOGÍSTICA GLOSSÁRIO DE LOGÍSTICA Abastecimento - é objeto de estudo da administração de materiais. Trata-se do suprimento, a um processo administrativo ou operacional, dos elementos necessários (recursos) a um órgão

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO : COMPETITIVIDADE PERENIDADE SOBREVIVÊNCIA EVOLUÇÃO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO : COMPETITIVIDADE PERENIDADE SOBREVIVÊNCIA EVOLUÇÃO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO : COMPETITIVIDADE PERENIDADE SOBREVIVÊNCIA EVOLUÇÃO orienta na implantação e desenvolvimento do seu negócio de forma estratégica e inovadora O QUE SÃO PALESTRAS

Leia mais

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Tecnologia da Informação Aplicada à Logística Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Como garantir

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR. Incoterms 2000 PROF. NORBERTO RODRIGUES

COMÉRCIO EXTERIOR. Incoterms 2000 PROF. NORBERTO RODRIGUES COMÉRCIO EXTERIOR Incoterms 2000 PROF. NORBERTO RODRIGUES Histórico 1936 - Câmara de Comércio Internacional - CCI, publicou série de normas para interpretação dos mais importantes termos utilizados no

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Conceitos avançados da Logística com foco na TI 20/08/2011. O Efeito Chicote - (Bullwhip effect)

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Conceitos avançados da Logística com foco na TI 20/08/2011. O Efeito Chicote - (Bullwhip effect) Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Logística empresarial e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Conceitos avançados da Logística com foco na TI Disciplina: Tecnologia da Informação (TI) Aplicada à

Leia mais

Exportar e Internacionalizar, Como?

Exportar e Internacionalizar, Como? Exportar e Internacionalizar, Como? WORKSHOP Ferramentas de Apoio à Internacionalização de Empresas 13 de Junho 2012 1 António Trigueiros de Aragão Uma moda? Uma tendência? Uma estratégia? Um novo mundo?

Leia mais

DICIONÁRIO DE SIGLAS E TERMOS EMPREGADOS NA LOGÍSTICA

DICIONÁRIO DE SIGLAS E TERMOS EMPREGADOS NA LOGÍSTICA DICIONÁRIO DE SIGLAS E TERMOS EMPREGADOS NA LOGÍSTICA ABC - Activity Based Costing ou Custeio Baseado em Atividades. Método contábil que permite que a empresa adquira um melhor entendimento sobre como

Leia mais

Glossário de Termos Técnicos de Operações Empresariais Prof. John Jackson Buettgen

Glossário de Termos Técnicos de Operações Empresariais Prof. John Jackson Buettgen Glossário de Termos Técnicos de Operações Empresariais Prof. John Jackson Buettgen Glossário de Termos Técnicos de Operações Empresariais 3 APRESENTAÇÃO DO GLOSSÁRIO Este material foi elaborado a partir

Leia mais

Politicas de Armazenagem Formador: João Matias TL02. Trabalho Realizado Por: Helena Pereira - Dora Costa - Armando Gonçalves Paulo Caiola

Politicas de Armazenagem Formador: João Matias TL02. Trabalho Realizado Por: Helena Pereira - Dora Costa - Armando Gonçalves Paulo Caiola Politicas de Armazenagem Formador: João Matias TL02 Trabalho Realizado Por: Helena Pereira - Dora Costa - Armando Gonçalves Paulo Caiola Introdução A informação sempre foi importante, essencial mesmo,

Leia mais

International Commercial Terms. Incoterms e Procedimentos Para o Comércio Exterior Conceitos Básicos. Eduardo Leoni Machado Junho/2012

International Commercial Terms. Incoterms e Procedimentos Para o Comércio Exterior Conceitos Básicos. Eduardo Leoni Machado Junho/2012 International Commercial Terms Incoterms e Procedimentos Para o Comércio Exterior Conceitos Básicos Eduardo Leoni Machado Junho/2012 Incoterms Definição e Conceito International Commercial Terms (Termos

Leia mais

GRUPO C Transporte principal pago pelo exportador (riscos do importador)

GRUPO C Transporte principal pago pelo exportador (riscos do importador) Na última aula, estudamos os INCOTERMS dos grupos E e F. Agora, discutiremos os INCOTERMS dos grupos C e D. Claro que nosso objetivo é identificar quais despesas (custos) e quais riscos (responsabilidade

Leia mais

05/08/2015. Regras Internacionais de Comércio. Pagamentos Internacionais. Pagamentos Internacionais. Regras Internacionais de Comércio

05/08/2015. Regras Internacionais de Comércio. Pagamentos Internacionais. Pagamentos Internacionais. Regras Internacionais de Comércio Fundamentos do Comércio Internacional (3) Regras Internacionais de Comércio Internacionais Regras Internacionais de Comércio Fundamentos do Comércio Internacional (3) Embarque da Mercadoria Remessa de

Leia mais

Logística Industrial Foco na Produção.

Logística Industrial Foco na Produção. UCSAL Universidade Católica de Salvador COPPEL / FAPEX 1º MBA EM LOGÍSTICA E DISTRIBUIÇÃO Monografia Título: Logística Industrial Foco na Produção. Leonardo Sanches de Carvalho, Engº Mecânico Orientadores:

Leia mais

Unidade II LOGÍSTICA PARA. Prof. Márcio Antoni

Unidade II LOGÍSTICA PARA. Prof. Márcio Antoni Unidade II LOGÍSTICA PARA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO Prof. Márcio Antoni Termos comerciais internacionais: Incoterms 2000 São regras que limitam os direitos e as obrigações de compradores e vendedores no

Leia mais

LOGÍSTICA, TRANSPORTE E SEGURO INTERNACIONAL. Professor: Ms. Adm. Antônio Maria E-mail: antoniomaria@outlook.com.br

LOGÍSTICA, TRANSPORTE E SEGURO INTERNACIONAL. Professor: Ms. Adm. Antônio Maria E-mail: antoniomaria@outlook.com.br LOGÍSTICA, TRANSPORTE E SEGURO INTERNACIONAL Professor: Ms. Adm. Antônio Maria E-mail: antoniomaria@outlook.com.br EMENTA Introdução ao transporte internacional. INCOTERM s. Transporte marítimo, aéreo,

Leia mais

Termos Internacionais de Comércio (INCOTERMS 2010)

Termos Internacionais de Comércio (INCOTERMS 2010) PUCGO 2014 Termos Internacionais de Comércio (INCOTERMS 2010) Convenção das Nações Unidas sobre Contratos de Compra e Venda Internacional de Mercadorias (Convenção de Viena) Regras estándar internacionalmente

Leia mais

FORMAÇÃO Agente de Carga Internacional - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC

FORMAÇÃO Agente de Carga Internacional - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC FORMAÇÃO Agente de Carga Internacional - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC Objetivo: Habilitar os participantes para trabalhar com o Agenciamento de Cargas Internacionais,

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém Bloco Suprimentos WMS Gerenciamento de Armazém Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo WMS, que se encontra no Bloco Suprimentos. Todas informações aqui disponibilizadas foram

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM LOGÍSTICA

SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM LOGÍSTICA 1 SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM LOGÍSTICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM LOGÍSTICA Tem PODER quem toma DECISÃO Toma DECISÃO correta quem possui CONHECIMENTO Possui CONHECIMENTO quem tem INFORMAÇÃO (Sem INFORMAÇÃO

Leia mais

Tecnologia Aplicada à Logística

Tecnologia Aplicada à Logística Tecnologia Aplicada à Logística Movimentação e TI Alunos: Keriton Leandro Fernando TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA Definição de Informação na Logística É um elemento de grande importância nas operações

Leia mais

Tecnologia da Informação em Aplicações Logísticas. Professor: Msc. Marco Aurélio C. da Silva

Tecnologia da Informação em Aplicações Logísticas. Professor: Msc. Marco Aurélio C. da Silva Tecnologia da Informação em Aplicações Logísticas Professor: Msc. Marco Aurélio C. da Silva Importância da TI na Logística A TI foi um fator preponderante para o desenvolvimento da Logística nos últimos

Leia mais

3 O sistema APO Advanced Planner and Optimizer

3 O sistema APO Advanced Planner and Optimizer 3 O sistema APO Advanced Planner and Optimizer Esse capítulo tem por objetivo apresentar os conceitos do sistema APO (Advanced Planner and Optimizer), o sistema APS da empresa alemã SAP. O sistema APO

Leia mais

Unidade II. Administração. Prof. Ms. Livaldo dos Santos

Unidade II. Administração. Prof. Ms. Livaldo dos Santos Unidade II Administração de Suprimentos Prof. Ms. Livaldo dos Santos Administração de Suprimentos Objetivos da Unidade Analisar os principais conceitos sobre: A medição do desempenho na cadeia de suprimentos

Leia mais

SEGUROS E RISCOS EM TRANSPORTE INTERNACIONAL. Profª MSc Cristiana Rennó D Oliveira Andrade

SEGUROS E RISCOS EM TRANSPORTE INTERNACIONAL. Profª MSc Cristiana Rennó D Oliveira Andrade SEGUROS E RISCOS EM TRANSPORTE INTERNACIONAL Profª MSc Cristiana Rennó D Oliveira Andrade TRANSPORTE INTERNACIONAL Transporte Internacional: comercial e global progresso e desenvolvimento troca e circulação

Leia mais

INCOTERMS A importância da ferramenta no comércio internacional (revisão de 2010)

INCOTERMS A importância da ferramenta no comércio internacional (revisão de 2010) Universidade Tuiuti do Paraná Artigo de conclusão de curso MBA em Relações internacionais, negociação e comércio exterior INCOTERMS A importância da ferramenta no comércio internacional (revisão de 2010)

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS Vigência: 15/03/2014 a 14/03/2015 ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS OPERAÇÃO PORTUÁRIA - Tarifas devidas pelo armador, agente de navegação ou requisitante - A. OPERAÇÃO

Leia mais

Gestão da Cadeia de Suprimentos - GCS

Gestão da Cadeia de Suprimentos - GCS A cadeia de suprimentos tem início com o planejamento da demanda. Neste primeiro passo são determinadas as quantidades de produtos que devem estar disponíveis para atender a demanda gerada pelos consumidores.

Leia mais

TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DOCENTE: EDUARDO MANGABEIRA

TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DOCENTE: EDUARDO MANGABEIRA TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DOCENTE: EDUARDO MANGABEIRA TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO TRANSPORTE TRANSPORTE EM LOGÍSTICA É a movimentação de produtos entre regiões geográficas ou área de comércio, elevando o

Leia mais

Dicionário Logística-Comex

Dicionário Logística-Comex Dicionário Logística-Comex 1. 5S - Senso de simplificação, organização, limpeza, conservação e participação. 2. Abastecimento de gôndolas - Controle dos estoques no ponto de venda, através da conferência

Leia mais

QUESTIONÁRIO LOGISTICS CHALLENGE 2015 PRIMEIRA FASE

QUESTIONÁRIO LOGISTICS CHALLENGE 2015 PRIMEIRA FASE QUESTIONÁRIO LOGISTICS CHALLENGE 2015 PRIMEIRA FASE *Envie o nome de seu grupo, dos integrantes e um telefone de contato junto com as respostas do questionário abaixo para o e-mail COMMUNICATIONS.SLA@SCANIA.COM*

Leia mais

Capítulo VII Terminal de Transporte TRE

Capítulo VII Terminal de Transporte TRE Capítulo VII Terminal de Transporte TRE 1. TEMAS CORRENTES PARA REFLEXÃO A vitalidade não se demonstra apenas com a persistência, mas também com a capacidade de começar de novo (F. Scott Fitzgerald) 2.

Leia mais

A UNION MODAL LOGÍSTICA INTEGRADA LTDA. vem apresentar à sua empresa um programa completo de suporte às operações de logística, que atende aos

A UNION MODAL LOGÍSTICA INTEGRADA LTDA. vem apresentar à sua empresa um programa completo de suporte às operações de logística, que atende aos 2012 Apresentação Luiz José de Souza Neto Union Modal Logística Integrada Rua Teixeira de Freitas, 72, cj. 23 Santos / SP - Tel.: 13 30613387 luiz@unionmodal.com.br A UNION MODAL LOGÍSTICA INTEGRADA LTDA.

Leia mais

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza Prova 1 09 de Maio de 2013 Nome: 1ª QUESTÃO (1,0) Segundo os dados divulgados pela ood and Agriculture Organization (AO, 2011) sobre as exportações brasileiras, em

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE APOIO ÀS EXPORTAÇÕES

GUIA PRÁTICO DE APOIO ÀS EXPORTAÇÕES GUIA PRÁTICO DE APOIO ÀS EXPORTAÇÕES 1. Aspectos operacionais 1.1 Roteiro para exportação 1º Passo Efetuar o registro de exportador na Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento,

Leia mais

Cargas unitárias cargas contidas em recipientes que permitem a manipulação. Embalagem para transporte de produtos em processo ou acabados

Cargas unitárias cargas contidas em recipientes que permitem a manipulação. Embalagem para transporte de produtos em processo ou acabados Logística Movimentação de materiais na cadeia de suprimentos Para que a matéria-prima possa transformar-se ou ser beneficiada, pelo menos um dos três elementos básicos de produção, homem, máquina ou material,

Leia mais

Curso de Logísticas Integrada

Curso de Logísticas Integrada 1 Introdução a Logística; Capítulo 1 - Conceitos de logística; Breve Histórico da Logística; Historia da logística; SCM; Logística Onde estávamos para onde vamos? Estratégia para o futuro; 2 Conceitos

Leia mais

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos JOGO DA CERVEJA Experimento e 2: Abordagem gerencial hierárquica e centralizada Planejamento Integrado de todos os Estágios de Produção e Distribuição Motivação para um novo Experimento Atender à demanda

Leia mais

CURSO ANALISTA DE LOGISTICA E PRODUÇÃO INDUSTRIAL GRADE CURRICULAR @2014 - CENTRO EDUCACIONAL ANÍSIO PEDRUSSI

CURSO ANALISTA DE LOGISTICA E PRODUÇÃO INDUSTRIAL GRADE CURRICULAR @2014 - CENTRO EDUCACIONAL ANÍSIO PEDRUSSI MÓDULOS / DISCIPLINAS Carga Horária Módulo I - Introdução ao Estudo da Logística No Brasil e no Mundo 30 1. Introdução ao Estudo da Logística 2. História da Logística 3. Na Pré-História 4. No Exército

Leia mais

Curso Técnico em Logística com ênfase em Gestão Portuária

Curso Técnico em Logística com ênfase em Gestão Portuária Curso Técnico em Logística com ênfase em Gestão Portuária Sobre o Curso: O Curso Técnico com ênfase em Gestão Portuária tem como principal objetivo promover a qualificação profissional para atender às

Leia mais

Solução Logística de Transportes

<Insert Picture Here> Solução Logística de Transportes Solução Logística de Transportes Reynaldo Braga Senior Sales Manager Importância Estratégica Gestão de Transportes Custos de transporte são o elemento de maior representatividade

Leia mais

PLATAFORMAS MARÍTIMAS. Aula 13. Logística de transferência de petróleo

PLATAFORMAS MARÍTIMAS. Aula 13. Logística de transferência de petróleo PLATAFORMAS MARÍTIMAS Aula 13 Logística de transferência de petróleo INTRODUÇÃO Logística Colocar-se o produto certo, no local correto, no momento adequado e ao menor preço possível, desde as fontes de

Leia mais

Agente de Carga Internacional

Agente de Carga Internacional Agente de Carga Internacional Objetivo: Habilitar os participantes para trabalhar com o Agenciamento de Cargas Internacionais, isto é, responsável pelo planejamento e a intermediação de soluções logísticas

Leia mais

TECNOLOGIA PARA PLANEJAMENTO E OPERAÇÕES

TECNOLOGIA PARA PLANEJAMENTO E OPERAÇÕES Unidade III TECNOLOGIA PARA PLANEJAMENTO E OPERAÇÕES LOGÍSTICAS Profa. Marinalva Barboza Tecnologia de Processo A tecnologia de processo consiste em máquinas e equipamentos que auxiliam no processamento

Leia mais

Unidade IV LOGÍSTICA PARA IMPORTAÇÃO. Prof. Márcio Antoni

Unidade IV LOGÍSTICA PARA IMPORTAÇÃO. Prof. Márcio Antoni Unidade IV LOGÍSTICA PARA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO Prof. Márcio Antoni Seguros O seguro é uma operação comercial na qual o segurado (exportador ou importador) e segurador (companhia de seguro) formalizam

Leia mais

Supply Chain Management. SCM e Ti aplicada à Logística Marco Aurelio Meda

Supply Chain Management. SCM e Ti aplicada à Logística Marco Aurelio Meda Supply Chain Management e TI aplicada à Logística 24 de Junho de 2004 SCM e Ti aplicada à Logística Cenário de Competição... Operações Globalizadas Operações Integradas Introdução LOGÍSTICA Tecnologia

Leia mais

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo O artigo aborda relações entre logística, formação profissional e infra-estrutura do país. São debatidas questões sobre a evolução da logística no Brasil, a preparação educacional do profissional de logística

Leia mais

Logistica e Distribuição

Logistica e Distribuição Mas quais são as atividades da Logística? Ballou, 1993 Logística e Distribuição Armazenagem e Movimentação Primárias Apoio 1 2 A armazenagem corresponde a atividades de estocagem ordenada e a distribuição

Leia mais

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010 Enterprise Resource Planning - ERP Objetivo da Aula Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 2 1 Sumário Informação & TI Sistemas Legados ERP Classificação Módulos Medidas

Leia mais

A tríade do Comércio Internacional. Macro Ambiente de Negócio Internacional. Distribution Chain. Supply Chain. Manufatura

A tríade do Comércio Internacional. Macro Ambiente de Negócio Internacional. Distribution Chain. Supply Chain. Manufatura A tríade do Comércio Internacional Macro Ambiente de Negócio Internacional Distribution Chain Exportação Supply Chain Importação Manufatura Materials Requirement Planning II Supply Chain Visão holística

Leia mais

Dicionário do Comércio Exterior

Dicionário do Comércio Exterior Dicionário do Comércio Exterior ABC Activity Based Costing ou Custeio Baseado em Atividades. Método contábil que permite que a empresa adquira um melhor entendimento sobre como e onde realiza seus lucros.

Leia mais

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com TMS e Roteirizadores Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com Definição TMS (Transportation Management System) é um produto para melhoria da qualidade e produtividade de todo o processo de distribuição. Este

Leia mais

Supply Chain Visão holística da cadeia logística de suprimentos

Supply Chain Visão holística da cadeia logística de suprimentos A tríade do Comércio Internacional Macro Ambiente de Negócio Internacional Distribution Chain Exportação Supply Chain Importação Manufatura Materials Requirement Planning II Supply Chain Visão holística

Leia mais

Agente de Carga Internacional com Pós Graduação

Agente de Carga Internacional com Pós Graduação Agente de Carga Internacional com Pós Graduação Objetivo: Habilitar os participantes para trabalhar com o Agenciamento de Cargas Internacionais, isto é, responsável pelo planejamento e a intermediação

Leia mais

Porto e Aeroporto Rio de Janeiro SIGMA BETA GAMMA ALPHA ZETA

Porto e Aeroporto Rio de Janeiro SIGMA BETA GAMMA ALPHA ZETA 5 Projeto 3 O Capítulo 5 segue a mesma lógica apresentada nos Capítulos 3 e 4. Este quinto Capítulo apresenta o terceiro Projeto a ser analisado nesta dissertação. Assim como no Projeto 2, o Projeto 3

Leia mais

Bases Tecnológicas do curso de Logística 1991 3º Módulo

Bases Tecnológicas do curso de Logística 1991 3º Módulo Bases Tecnológicas do curso de Logística 1991 3º Módulo III.1 GESTÃO DE TRANSPORTES 1.1. O desenvolvimento econômico e o transporte. 1.2. A geografia brasileira, a infraestrutura dos estados, municípios

Leia mais

,OGÓSTICA. Os tempos mudaram muito, estão bem mais dinâmicos. A competitividade e a concorrência entre produtos e mercadorias,

,OGÓSTICA. Os tempos mudaram muito, estão bem mais dinâmicos. A competitividade e a concorrência entre produtos e mercadorias, ,OGÓSTICA a c i t s í g o L e n i a h C ply Sup Por Marco Aurélio Dias A logística sempre foi de grande importância no mundo, a qual, na verdade, é praticada desde 200 a.c. Lógico, os comerciantes daquela

Leia mais

ORGANIZAÇÕES VIRTUAIS

ORGANIZAÇÕES VIRTUAIS Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN) ORGANIZAÇÕES VIRTUAIS Profº Adalberto J. Tavares Vieira

Leia mais

Unidade III LOGÍSTICA INTEGRADA. Profa. Marinalva R. Barboza

Unidade III LOGÍSTICA INTEGRADA. Profa. Marinalva R. Barboza Unidade III LOGÍSTICA INTEGRADA Profa. Marinalva R. Barboza Distribuição física e armazenagem Objetivo: Atender o cliente, dispondo do produto no lugar certo, no tempo certo e na quantidade desejada. Esta

Leia mais

Manual de Exportação e Formação de Preço

Manual de Exportação e Formação de Preço Manual de e Formação de Preço. Sumário FASE 1ª 1 - Planejamento de 2 - Planejamento Estratégico 3 - Canais de Distribuição FASE 2ª 4 - Procedimentos Operacionais de FASE 3ª 5 - Formação de Preço O sumário

Leia mais

COMPRAS LOGÍSTICA COMPRAS LOGÍSTICA

COMPRAS LOGÍSTICA COMPRAS LOGÍSTICA COMPRAS LOGÍSTICA í n d ic e COMPRAS Gestão e optimização de p. 134 Aprovisionamento e gestão de p. 134 Técnicas avançadas de de p. 135 Selecção e avaliação de p. 135 LOGÍSTICA Optimizar a gestão logística

Leia mais

WMS - Warehouse Management System

WMS - Warehouse Management System Sistema de Gestão Empresarial LUSANA SOUZA NATÁLIA BATUTA MARIA DAS GRAÇAS TATIANE ROCHA GTI V Matutino Prof.: Itair Pereira Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. WMS... 2 3. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 2 4. POLÍTICA

Leia mais

Automação de Processos Industriais*

Automação de Processos Industriais* Automação de Processos Industriais* Automação Rígida e Automação Flexível *Moraes, C.C.; Catrucci, P.L. Engenharia de Automação Industrial. Ed. LTC, Rio de Janeiro RJ, 2001. Black, J.T. O Projeto da Fábrica

Leia mais

www.commex.com.br cursos@commex.com.br

www.commex.com.br cursos@commex.com.br CURSO DE INICIAÇÃO À EXPORTAÇÃO Módulo I www.commex.com.br cursos@commex.com.br 1 SUMÁRIO 1 DRAWBACK... 03 1.1 Formas de Classificação... 03 1.2 Mercadorias Admitidas no Regime... 04 1.3 Modalidades de

Leia mais

Sumário 1.Conceitos básicos de automação voltada a logística... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Automação na Intralogística... 3 1.

Sumário 1.Conceitos básicos de automação voltada a logística... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Automação na Intralogística... 3 1. 1 Sumário 1.Conceitos básicos de automação voltada a logística.... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Automação na Intralogística... 3 1.3 O universo da automação... 3 2.Buscando explorar a automação fluxo de materiais....

Leia mais

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA:

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA: Prof. Jean Cavaleiro Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA: PRODUÇÃO E COMÉRCIO Introdução Entender a integração logística. A relação produção e demanda. Distribuição e demanda. Desenvolver visão sistêmica para

Leia mais

ERP Entreprise Resource Planning. Fabiano Armellini

ERP Entreprise Resource Planning. Fabiano Armellini ERP Entreprise Resource Planning Fabiano Armellini Overview 1) Introdução 2) Histórico 2.1) MRP 2.2) MRP II 2.3) Do MRP II ao ERP 3) Módulos do ERP 3.1) Módulos de supply chain management 3.2) Módulos

Leia mais