ROTULAGEM NUTRICIONAL: VOCÊ

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ROTULAGEM NUTRICIONAL: VOCÊ"

Transcrição

1 ROTULAGEM NUTRICIONAL: VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO? F. F. Paiva, G. Cavada, E. Helbig, L. R. Borges Flávia Fernandes Paiva Gramado, 2012

2 Introdução Vida mais corrida Modificações alimentares + Maus hábitos Aumento da incidência de algumas doenças

3 Introdução O consumo alimentar é um determinante da saúde! Importância da educação nutricional escolha de alimentos mais saudáveis

4 Introdução Rótulos dos alimentos Estes são elementos de comunicação entre o produto e os consumidores e devem auxiliá-los na decisão de compra, aumentando a eficiência do mercado e o bem-estar do consumidor

5 Introdução Rotulagem Nutricional É toda a descrição destinada a informar o consumidor sobre as propriedades nutricionais de um alimento valor energético nutrientes propriedades nutricionais

6 Introdução No Brasil, é regulamentada pelas RDCs 360/03 e 359/03 da ANVISA. RDC 360/03 : quantidades por porção e a porcentagem do valor diário (valor energético, teor de carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans, fibras alimentares e sódio) A RDC 359/03: estabelece as medidas e porções (a medida caseira e sua relação g ou ml)

7 Introdução **

8 Introdução Rotulagem Nutricional é OBRIGATÓRIA Segundo dados do Ministério da Saúde, metade das pessoas que costumam ler os rótulos dos alimentos que consomem não compreendem adequadamente o significado destas informações (Anvisa, 2005).

9 Objetivo Verificar o hábito de leitura e o conhecimento das informações nutricionais contidas nos rótulos de alimentos por consumidores de uma rede de supermercados da cidade de Pelotas, RS.

10 Material e Métodos Estudo transversal abril-junho de 2011 consumidores de uma rede de supermercados da cidade de Pelotas, RS questionário variáveis socioeconômicas (sexo, idade, escolaridade e estado civil) hábito de leitura dos rótulos, compreensão e importância das informações influência das informações na escolha dos produtos

11 Material e Métodos

12 Material e Métodos Análises estatísticas programa STATA versão 10.0 Teste de qui-quadrado (testar a associação entre as variáveis) O nível de significância 5%. Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas aprovou a realização desta pesquisa (OF.36/11).

13 Resultados e Discussões 241 consumidores idade média de 42,46 anos sexo feminino 77,59% Ensino Superior 40,25% hábito de leitura dos rótulos 48,13% liam 24,07% liam às vezes 27,80% não liam 91,96% consideravam importantes estas informações. Vai ao encontro Felipe et al. (2003) e Cassemiro et al. (2006), Machado et al. (2006), Pinheiro et al. (2011), todos com prevalência de mais de 50%.

14 Resultados e Discussões Quanto à compreensão do conteúdo dos rótulos hábito de leitura X compreensão das informações 61,2% dos entrevistados que costumam ler os rótulos compreendem as informações. escolaridade X compreensão das informações dados não foram significativos, embora a maioria que compreendem as informações possuem nível superior

15 Resultados e Discussões hábito de leitura X influência das informações no ato da compra entre os consumidores que costumavam ler os rótulos: 62,07% influência 18,10% as informações influenciavam às vezes 19,83% não sofriam influência Importância da rotulagem em informar o consumidor sobre as propriedades nutricionais de um alimento.

16 Resultados e Discussões características socioeconômicas X hábito de leitura apenas na escolaridade: nível de escolaridade mais alto, possuem maior hábito de leitura. Dados semelhantes Cassemiro et al. (2006) e Monteiro; Coutinho e Recine (2005).

17 Conclusões maioria dos consumidores possuem o hábito de ler os rótulos dos alimentos nível de escolaridade elevado a maioria dos que consultam os rótulos compreendem as informações relação significativa entre o hábito de leitura e sua influência no momento da compra

18 Conclusões Portanto, é de suma importância ressaltar a realização de outros estudos que avaliem o comportamento dos consumidores frente à rotulagem nutricional, com o intuito de identificar suas necessidades, com vistas à satisfação do cliente e priorizando fundamentalmente a saúde do consumidor.

19 Referências Bibliográficas ANVISA - AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA, Rotulagem nutricional obrigatória: manual de orientação às indústrias de alimentos 2ª. Versão. Brasília. p. 44, BRASIL, Ministério da Justiça. Código de Defesa do Consumidor (CDC). Lei n0 Lei n 8078, de 11 de setembro de Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências. Disponível em htm. Acesso em agosto de CÂMARA, M. C. C.; MARINHO, C. L. C.; GUILAM, M. C.; BRAGA, A. M. C. B. A produção acadêmica sobre a rotulagem de alimentos no Brasil. Rev. Panam. Salud Publica. v. 23, p , LENZ, A.; OLINTO, M. T. A.; DIAS-DA-COSTA, J. S.; ALVES, A. L, BALBINOTTI, M.; PATTUSSI, M. P, et al. Socioeconomic, demographic and lifestyle factors associated with dietary patterns of women living in Southern Brazil. Cad Saúde Pública; v. 25, p , MARINS, B. R.; JACOB, S. C., PERES, F. Avaliação qualitativa do hábito de leitura e entendimento: recepção das informações de produtos alimentícios. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 28., p , MONTEIRO, R. A.; COUTINHO, J. G.; RECINE, E. Consulta aos rótulos de alimentos e bebidas por freqüentadores de supermercados em Brasília, Brasil. Rev Pan Salud Pública / Pan American Journal of Public Health, v.18, n.3, p , SILVA, M. Z. T. Influência da rotulagem na rotulagem nutricional sobre o consumidor. [Dissertação]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco; 2003.

20 Obrigada!!!

21 ROTULAGEM NUTRICIONAL: VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO? F. F. Paiva, G. Cavada, E. Helbig, L. R. Borges Flávia Fernandes Paiva Gramado, 2012

Palavras-chave Rotulagem de alimentos, consumidores, supermercados, hipermercados

Palavras-chave Rotulagem de alimentos, consumidores, supermercados, hipermercados Avaliação do hábito de leitura pelos consumidores de rótulos de alimentos e bebidas comercializados em supermercados e hipermercados na região metropolitana de Belo Horizonte Marina Celle BRANDÃO 1, Wemerson

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Oficina Rotulagem de Alimentos

BIBLIOGRAFIA. Oficina Rotulagem de Alimentos BIBLIOGRAFIA Oficina Rotulagem de Alimentos Oficina do Eixo: Direitos, Participação e Cidadania Realização: 04 a 08 de maio de 2015 Facilitadora: Ana Paula Bortoletto Bibliografia Básica Entrevistas: Rótulos

Leia mais

ROTULAGEM DE ALIMENTOS

ROTULAGEM DE ALIMENTOS ROTULAGEM DE ALIMENTOS A rotulagem de alimentos apresenta uma importância muito relevante hoje para o consumidor, pois através da mesma, conseguimos repassar muitas informações aos mesmos, tais como prazo

Leia mais

Profa Tânia Maria Leite da Silveira

Profa Tânia Maria Leite da Silveira Profa Tânia Maria Leite da Silveira Como o consumidor adquire informações sobre os alimentos? Conhecimento da família Educação Mídia Publicidade Rotulagem Importância da rotulagem Informações corretas

Leia mais

ELABORAÇÃO DE RÓTULOS PARA PRODUTOS DE PANIFICAÇÃO DO MOSTEIRO DA RESSURREIÇÃO

ELABORAÇÃO DE RÓTULOS PARA PRODUTOS DE PANIFICAÇÃO DO MOSTEIRO DA RESSURREIÇÃO 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( X ) TECNOLOGIA ELABORAÇÃO DE RÓTULOS PARA

Leia mais

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos Valor Energético É a energia produzida pelo nosso corpo proveniente dos carboidratos, proteínas e gorduras totais. Na rotulagem

Leia mais

Anvisa - Alimentos - Informes Técnicos

Anvisa - Alimentos - Informes Técnicos Página 1 de 7 English Español Institucional Anvisa Publica Serviços Áreas de Atuação Legislação Buscar Informes Técnicos Informe Técnico nº. 36, de 27 de junho de 2008 Orientações sobre a declaração da

Leia mais

On-line http://revista.univar.edu.br/ Interdisciplinar: Revista Eletrônica da Univar (2011) nº. 6 p. 189-195 ISSN 1984-431X

On-line http://revista.univar.edu.br/ Interdisciplinar: Revista Eletrônica da Univar (2011) nº. 6 p. 189-195 ISSN 1984-431X 1 HÁBITO DE LEITURA DOS RÓTULOS DE ALIMENTOS LÁCTEOS POR CONSUMIDORES DE SUPERMERCADOS EM SINOP, MT Patrícia Gelli Feres de Marchi - patrícia@univar.edu.br Naiá Carla Marchi de Rezende-Lago 2 Juliana Aparecida

Leia mais

Manual de Rotulagem de Alimentos

Manual de Rotulagem de Alimentos Manual de Rotulagem de Alimentos Agosto 2013 Programa Mesa Brasil Sesc O Mesa Brasil Sesc é um programa de segurança alimentar e nutricional sustentável, que redistribui alimentos excedentes próprios para

Leia mais

AVALIAÇÃO DA COMPRA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS POR CONSUMIDORES EM UM SUPERMERCADO NO MUNICÍPIO DE PALMEIRA DAS MISSÕES/RS 1. Cindy Lirio Brittes 2.

AVALIAÇÃO DA COMPRA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS POR CONSUMIDORES EM UM SUPERMERCADO NO MUNICÍPIO DE PALMEIRA DAS MISSÕES/RS 1. Cindy Lirio Brittes 2. AVALIAÇÃO DA COMPRA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS POR CONSUMIDORES EM UM SUPERMERCADO NO MUNICÍPIO DE PALMEIRA DAS MISSÕES/RS 1 Cindy Lirio Brittes 2. 1 Projeto de Iniciação Científica do Demartamento de Ciências

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO MARKETING E DAS INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS DOS PRODUTOS DIET E LIGHT PARA CONSUMIDORES DIABÉTICOS

A INFLUÊNCIA DO MARKETING E DAS INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS DOS PRODUTOS DIET E LIGHT PARA CONSUMIDORES DIABÉTICOS ISBN 978-85-61091-05-7 V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 A INFLUÊNCIA DO MARKETING E DAS INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS DOS PRODUTOS DIET E LIGHT PARA CONSUMIDORES

Leia mais

PROJETO. Denise de Oliveira Resende Gerente-Geral de Alimentos

PROJETO. Denise de Oliveira Resende Gerente-Geral de Alimentos PROJETO Comunicação de risco para população: rotulagem, suplementos alimentares e redução de nutrientes (sódio, açúcares e gorduras trans e saturadas) nos alimentos Denise de Oliveira Resende Gerente-Geral

Leia mais

VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO?

VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO? VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO? EDUCAÇÃO PARA O CONSUMO SAUDÁVEL MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS CONSUMIDORES Fonte: ANVISA - Aência Nacional de Viilância Sanitária APRESENTAÇÃO Neste manual, vamos conhecer alumas

Leia mais

* Rótulos dos Alimentos. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia S. Prates

* Rótulos dos Alimentos. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia S. Prates * Rótulos dos Alimentos * A preservação ou conservação refere-se às formas de modificação dos alimentos e das bebidas a fim de que eles se mantenham adequados para consumo humano por mais tempo......,

Leia mais

O manipulador de alimentos tem que conferir todas as informações do rótulo?

O manipulador de alimentos tem que conferir todas as informações do rótulo? Os consumidores têm o direito de conhecer as características e a composição nutricional dos alimentos que adquirem. A legislação nacional estabelece algumas normas para registro dessas informações na rotulagem

Leia mais

TÍTULO: ROTULAGEM NUTRICIONAL: AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE EM ALIMENTOS DIET E LIGHT

TÍTULO: ROTULAGEM NUTRICIONAL: AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE EM ALIMENTOS DIET E LIGHT TÍTULO: ROTULAGEM NUTRICIONAL: AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE EM ALIMENTOS DIET E LIGHT CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES

Leia mais

Legislação Sanitária. Segmento de FLV Higienizados Minimamente Processados

Legislação Sanitária. Segmento de FLV Higienizados Minimamente Processados Roseane Bob Diretora da Qualinutri Assessoria e Consultoria. Nutricionista especialista em Qualidade e Segurança dos Alimentos. Especialista em Vigilância Sanitária dos Alimentos. Especialista em Vegetais

Leia mais

Comissão apresenta proposta sobre alegações nutricionais e de saúde para informar melhor os consumidores e harmonizar o mercado

Comissão apresenta proposta sobre alegações nutricionais e de saúde para informar melhor os consumidores e harmonizar o mercado IP/03/1022 Bruxelas, 16 de Julho de 2003 Comissão apresenta proposta sobre alegações nutricionais e de saúde para informar melhor os consumidores e harmonizar o mercado A Comissão Europeia adoptou hoje

Leia mais

INTERAÇÃO DAS ENGENHARIAS COM O ENSINO MÉDIO: ENGENHARIAS EM PRÁTICA OFICINA SOBRE ROTULAGEM E LEGISLAÇÃO DE ALIMENTOS

INTERAÇÃO DAS ENGENHARIAS COM O ENSINO MÉDIO: ENGENHARIAS EM PRÁTICA OFICINA SOBRE ROTULAGEM E LEGISLAÇÃO DE ALIMENTOS 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( x ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

Eixo Temático 01-018 - Gestão Ambiental BARREIRAS ENCONTRADAS NA COMPRA DE PRODUTOS ORGÂNICOS NUM SUPERMERCADO DE NATAL/RN

Eixo Temático 01-018 - Gestão Ambiental BARREIRAS ENCONTRADAS NA COMPRA DE PRODUTOS ORGÂNICOS NUM SUPERMERCADO DE NATAL/RN 134 Eixo Temático 01-018 - Gestão Ambiental BARREIRAS ENCONTRADAS NA COMPRA DE PRODUTOS ORGÂNICOS NUM SUPERMERCADO DE NATAL/RN Josiane Rodrigues Eugênio; Jane Lúcia Soares Pereira; Micarla Bezerra da Silva;

Leia mais

RECOMENDAÇÃO Nº 05/2009

RECOMENDAÇÃO Nº 05/2009 Procedimento Administrativo Tutela Coletiva nº 1.34.030.000124/2009-41 RECOMENDAÇÃO Nº 05/2009 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pelo Procurador da República signatário, no uso de suas atribuições constitucionais

Leia mais

Rotulagem Nutricional: um importante instrumento de educação do consumidor?

Rotulagem Nutricional: um importante instrumento de educação do consumidor? Rotulagem Nutricional: um importante instrumento de educação do consumidor? Nadia Rodrigues Fernandes 1 Izabel Cristina Rodrigues da Silva 2 Nutricionista graduada pela UnB. Especialização Lato Sensu em

Leia mais

ANÁLISE DA ROTULAGEM DE LEITES UHT COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB

ANÁLISE DA ROTULAGEM DE LEITES UHT COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB ANÁLISE DA ROTULAGEM DE LEITES UHT COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB C.R.M. Silva Filho 1, C.D.L. Araújo 2, W.S. Morais 3 1- Departamento de Gestão e Tecnologia Agroindustrial Universidade Federal

Leia mais

Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil

Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil Popov Custódio Garcia, Paloma; Pereira da Silva de Carvalho, Leiliane ANÁLISE

Leia mais

Assessment of knowledge and problems of supermarket consumers on the conventional food labeling and nutrition

Assessment of knowledge and problems of supermarket consumers on the conventional food labeling and nutrition Avaliação do conhecimento e dificuldades de consumidores frequentadores de supermercado convencional em relação à rotulagem de alimentos e informação nutricional Assessment of knowledge and problems of

Leia mais

ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária

ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária Perguntas e Respostas sobre Informação Nutricional Complementar Gerência de Produtos Especiais Gerência Geral de Alimentos www.anvisa.gov.br Brasília/DF

Leia mais

Regulação de Alimentos GARANTIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL. CamPo E Na CidAde 5ª Conferência Nacional de. Segurança Alimentar e Nutricional

Regulação de Alimentos GARANTIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL. CamPo E Na CidAde 5ª Conferência Nacional de. Segurança Alimentar e Nutricional Regulação de Alimentos GARANTIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL ComIda de VerDadE no CamPo E Na CidAde 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Texto elaborado pelo Grupo de Trabalho

Leia mais

Estratégias Governamental para Redução do Sódio

Estratégias Governamental para Redução do Sódio VIII REUNIÃO DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE ALIMENTOS Goiânia, 22,23 e 24/08/12 Estratégias Governamental para Redução do Sódio DENISE DE OLIVEIRA RESENDE Gerente-Geral de Alimentos Ações Governamentais :

Leia mais

APOIO À AGRICULTURA FAMILIAR DE FEIRA DE SANTANA EM REFRIGERAÇÃO E ROTULAGEM

APOIO À AGRICULTURA FAMILIAR DE FEIRA DE SANTANA EM REFRIGERAÇÃO E ROTULAGEM 830 APOIO À AGRICULTURA FAMILIAR DE FEIRA DE SANTANA EM REFRIGERAÇÃO E ROTULAGEM Witã dos Santos Rocha 1 ; Pablo Rodrigo Fica Piras 2 1. Bolsista PIBEX, Graduando em Engenharia de Alimentos, Universidade

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG PRISCILA TEBALDI

FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG PRISCILA TEBALDI FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG PRISCILA TEBALDI CONHECIMENTO E CONSUMO DE DIET E LIGHT POR ADOLESCENTES MATRICULADOS EM UM COLÉGIO ESTADUAL DE CORBÉLIA - PR CASCAVEL 2006 FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG PRISCILA

Leia mais

1.1.1.1. Amostra Grátis. 1.1.1.2. Produtos importados. 1.1.3. Lista de Ingredientes e Ingredientes compostos. 1.1.3.1. Frutas cristalizadas

1.1.1.1. Amostra Grátis. 1.1.1.2. Produtos importados. 1.1.3. Lista de Ingredientes e Ingredientes compostos. 1.1.3.1. Frutas cristalizadas Atualizado: 22 / 01 / 2013 1. Rotulagem de alimentos 1.1. Rotulagem nutricional 1.1.1. Informações obrigatórias 1.1.1.1. Amostra Grátis 1.1.1.2. Produtos importados 1.1.1.3. Glúten 1.1.2. Produtos inacabados

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO PROGRAMA DE ANÁLISE DE PRODUTOS: RELATÓRIO

Leia mais

Você sabe o que está comendo?

Você sabe o que está comendo? Você sabe o que está comendo? Manual de orientação aos consumidores Educação para o Consumo Saudável Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa Rotulagem Nutricional Obrigatória Manual de orientação

Leia mais

Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil

Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil dos Anjos Barros, Nara Vanessa; Rodrigues Batista, Lívia Patrícia; Raposo Landim,

Leia mais

APOGOM. Compromissos da indústria alimentar sobre Alimentação, Actividade Física e Saúde

APOGOM. Compromissos da indústria alimentar sobre Alimentação, Actividade Física e Saúde APOGOM Compromissos da indústria alimentar sobre Alimentação, Actividade Física e Saúde É hoje amplamente reconhecido que o aumento significativo de certas doenças não transmissíveis (tais como as doenças

Leia mais

Adultos Jovens no Trabalho em Micro e Pequenas Empresas e Política Pública

Adultos Jovens no Trabalho em Micro e Pequenas Empresas e Política Pública Capítulo 3 Adultos Jovens no Trabalho em Micro e Pequenas Empresas e Política Pública Maria Inês Monteiro Mestre em Educação UNICAMP; Doutora em Enfermagem USP Professora Associada Depto. de Enfermagem

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Panificação. Alimentos. Subprodutos. Introdução

PALAVRAS-CHAVE Panificação. Alimentos. Subprodutos. Introdução 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

Entendendo o rótulo r dos alimentos. Gabriela Furlan Carcaioli PIBID 2010

Entendendo o rótulo r dos alimentos. Gabriela Furlan Carcaioli PIBID 2010 Entendendo o rótulo r dos alimentos Gabriela Furlan Carcaioli PIBID 2010 Por que é importante ler os rótulos r dos alimentos? Segurança Saúde Sustentabilidade Apesar disso... Pesquisa aponta que os consumidores

Leia mais

órgão emissor: ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária alcance do ato: federal - Brasil área de atuação: Alimentos relacionamento(s):

órgão emissor: ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária alcance do ato: federal - Brasil área de atuação: Alimentos relacionamento(s): título: Resolução RDC nº 360, de 23 de dezembro de 2003 ementa não oficial: Aprova Regulamento Técnico sobre Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados, tornando obrigatória a rotulagem nutricional.

Leia mais

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO RESUMO Mari Uyeda Larissa Fabiane da Silva Toledo Este trabalho apresenta como objetivo demonstrar o comportamento

Leia mais

Rotulagem Nutricional Obrigatória Manual de Orientação aos Consumidores Educação para o Consumo Saudável

Rotulagem Nutricional Obrigatória Manual de Orientação aos Consumidores Educação para o Consumo Saudável Rotulagem Nutricional Obrigatória Manual de Orientação aos Consumidores Educação para o Consumo Saudável Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência Geral de Alimentos Universidade

Leia mais

FILIZOLA. Software de Gerenciamento de Balanças. Layout dos arquivos de Importação de cadastros. Versão do Software 1.31 Versão do guia: 1.

FILIZOLA. Software de Gerenciamento de Balanças. Layout dos arquivos de Importação de cadastros. Versão do Software 1.31 Versão do guia: 1. FILIZOLA Software de Gerenciamento de Balanças Layout dos arquivos de Importação de cadastros Versão do Software 1.31 Versão do guia: 1.03 Software de Gerenciamento de Balanças Layout dos arquivos de Importação

Leia mais

O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima

O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima Saúde mais próxima. Por causa de quem mais precisa. Saúde mais Próxima é um programa da

Leia mais

O consumidor deve estar atento às informações do rótulo?

O consumidor deve estar atento às informações do rótulo? Os consumidores têm o direito de conhecer as características e a composição nutricional dos alimentos que adquirem. A legislação nacional estabelece algumas normas para registro dessas informações na rotulagem

Leia mais

VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO?

VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO? MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS CONSUMIDORES EDUCAÇÃO PARA O CONSUMO SAUDÁVEL VOCÊ SABE O QUE ESTÁ COMENDO? ROTULAGEM NUTRICIONAL OBRIGATÓRIA MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS CONSUMIDORES EDUCAÇÃO PARA O CONSUMO SAUDÁVEL

Leia mais

ISSN: 2236-0123 Saúde em Foco, Edição nº: 07, Mês / Ano: 09/2013, Páginas: 29-34

ISSN: 2236-0123 Saúde em Foco, Edição nº: 07, Mês / Ano: 09/2013, Páginas: 29-34 ISSN: 2236-0123 Saúde em Foco, Edição nº: 07, Mês / Ano: 09/2013, Páginas: 29-34 AVALIAÇÃO DA ROTULAGEM DE BARRAS DE CEREAIS COM RELAÇÃO À ADEQUADA CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TEOR DE FIBRAS ALIMENTARES Karime

Leia mais

Informe Técnico n. 67, de 1º de setembro de 2015.

Informe Técnico n. 67, de 1º de setembro de 2015. Informe Técnico n. 67, de 1º de setembro de 2015. Assunto: Orientações sobre os procedimentos para solicitação de alterações na lista de alimentos alergênicos. I. Introdução. A Resolução de Diretoria Colegiada

Leia mais

DOCUMENTO DE REFERÊNCIA PARA GUIAS DE BOAS PRÁTICAS NUTRICIONAIS

DOCUMENTO DE REFERÊNCIA PARA GUIAS DE BOAS PRÁTICAS NUTRICIONAIS DOCUMENTO DE REFERÊNCIA PARA GUIAS DE BOAS PRÁTICAS NUTRICIONAIS 1. Introdução As Boas Práticas Nutricionais constituem-se um importante instrumento para a modificação progressiva da composição nutricional

Leia mais

MATEMÁTICA. Fase I da Educação de Jovens e Adultos. Data de Nascimento do estudante

MATEMÁTICA. Fase I da Educação de Jovens e Adultos. Data de Nascimento do estudante SAEMI SISTEMA DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL MUNICIPAL DO IPOJUCA 2014 MATEMÁTICA Fase I da Educação de Jovens e Adultos Nome do estudante Data de Nascimento do estudante Caro(a) estudante, Você está participando

Leia mais

Índice: Instalação por CD... 5 Instalação por LINK... 9

Índice: Instalação por CD... 5 Instalação por LINK... 9 1 Índice: Sumário Principais Características... 4 Configuração necessária para instalação... 4 Conteúdo do CD de Instalação... 4 Instruções para Instalação... 5 Instalação por CD... 5 Instalação por LINK...

Leia mais

Keywords: Knowledge. Food consumption. Diet. Food labeling. Nutritional information. Artigo Original/Original Article

Keywords: Knowledge. Food consumption. Diet. Food labeling. Nutritional information. Artigo Original/Original Article Artigo Original/Original Article http://dx.doi.org/10.4322/nutrire.2013.016 Conhecimento e consumo dos produtos diet e light e a compreensão dos rótulos alimentares por consumidores de um supermercado

Leia mais

O QUE É IMPORTANTE SABER NA ROTULAGEM DE ALIMENTOS PARA CRIANÇAS? 27/08/2011. Amanda Poldi

O QUE É IMPORTANTE SABER NA ROTULAGEM DE ALIMENTOS PARA CRIANÇAS? 27/08/2011. Amanda Poldi O QUE É IMPORTANTE SABER NA ROTULAGEM DE ALIMENTOS PARA CRIANÇAS? 27/08/2011 Amanda Poldi CRIANÇA-DEFINIÇÃO LEI 11.265/2006 CRIANÇA: indivíduo até 12 (doze) anos de idade incompletos; CRIANÇA DE PRIMEIRA

Leia mais

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010 DESENVOLVIMENTO DE AGUARDENTE DE GOIABA: TESTE DE CONCEITO LUCAS SILVEIRA TAVARES 1, JOSÉ GUILHERME LEMBI FERREIRA ALVES 2 AMANDA OLIVERI SOARES 3, JOÃO DE DEUS SOUZA CARNEIRO 4, RENATO SILVA LEAL 5, DANIEL

Leia mais

ALCOOLISMO ENTRE ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM: UM ESTUDO TRANSVERSAL

ALCOOLISMO ENTRE ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM: UM ESTUDO TRANSVERSAL ALCOOLISMO ENTRE ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM: UM ESTUDO TRANSVERSAL RESUMO Descritores: Alcoolismo. Drogas. Saúde Pública. Introdução Durante a adolescência, o indivíduo deixa de viver apenas com a família

Leia mais

Atividade física. Sexo Capital Total n % IC 95%

Atividade física. Sexo Capital Total n % IC 95% Atividade física Resultados De acordo com o nível de atividade física verificada no total da amostra, o percentual de indivíduos classificados como insuficientemente ativos foi maior em João Pessoa (55,1%)

Leia mais

Resolução da Diretoria Colegiada - RDC Nº 54, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2012

Resolução da Diretoria Colegiada - RDC Nº 54, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2012 1 Resolução da Diretoria Colegiada - RDC Nº 54, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2012 Dispõe sobre o Regulamento Técnico sobre Informação Nutricional Complementar. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância

Leia mais

A ROTULAGEM DE ALIMENTOS PROMOVENDO O CONTROLE SANITÁRIO E A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

A ROTULAGEM DE ALIMENTOS PROMOVENDO O CONTROLE SANITÁRIO E A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Prefeitura Municipal do Natal Secretaria Municipal de Saúde Departamento de Vigilância em Saúde Setor de Vigilância Sanitária Distrito Sanitário Oeste Núcleo de Vigilância Sanitária A ROTULAGEM DE ALIMENTOS

Leia mais

Unidade II - A atuação do Nutricionista em Marketing. Unidade I:

Unidade II - A atuação do Nutricionista em Marketing. Unidade I: Unidade II - A atuação do Nutricionista em Marketing Unidade I: 0 Unidade II - A atuação do Nutricionista em Marketing A atuação do Nutricionista em Marketing A Resolução C.F.N. (Conselho Federal de Nutricionistas)

Leia mais

Tabela de Composição de Fenilalanina em Alimentos

Tabela de Composição de Fenilalanina em Alimentos Reunião da Câmara Setorial de Alimentos - 2011 Tabela de Composição de Fenilalanina em Alimentos Gerência de Produtos Especiais Gerência-Geral de Alimentos FENILCETONÚRIA Erro inato do metabolismo que

Leia mais

NTRODUÇÃO MATERIAL E MÉTODOS

NTRODUÇÃO MATERIAL E MÉTODOS Características socioeconômicas, demográficas, nutricionais, controle glicêmico e atividade física de adolescentes portadores de diabetes melito tipo 1 Izabela Zibetti de ALBUQUERQUE 1 ; Maria Raquel Hidalgo

Leia mais

INFORME TÉCNICO N. 54/2013 TEOR DE SÓDIO NOS ALIMENTOS PROCESSADOS

INFORME TÉCNICO N. 54/2013 TEOR DE SÓDIO NOS ALIMENTOS PROCESSADOS INFORME TÉCNICO N. 54/2013 TEOR DE SÓDIO NOS ALIMENTOS PROCESSADOS 1.Introdução Em 13 de dezembro de 2011 o Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) assinaram termo de

Leia mais

Rotulagem de alimentos embalados. Prof. Ismar Araújo de Moraes Departamento de fisiologia e Farmacologia da UFF Medico Veterinário S/SUBVISA-RIO

Rotulagem de alimentos embalados. Prof. Ismar Araújo de Moraes Departamento de fisiologia e Farmacologia da UFF Medico Veterinário S/SUBVISA-RIO Rotulagem de alimentos embalados Prof. Ismar Araújo de Moraes Departamento de fisiologia e Farmacologia da UFF Medico Veterinário S/SUBVISA-RIO Rotulagem É toda inscrição, legenda, imagem ou toda matéria

Leia mais

RESOLUÇÃO ANVISA RDC Nº 360, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2003

RESOLUÇÃO ANVISA RDC Nº 360, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2003 RESOLUÇÃO ANVISA RDC Nº 360, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2003 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da atribuição que lhe confere o art. 11 inciso IV do Regulamento da ANVISA

Leia mais

Alimento Industrializado Redução de Sal, Açúcares e Gordura

Alimento Industrializado Redução de Sal, Açúcares e Gordura 4º Simpósio de Segurança Alimentar sbcta - RS Alimento Industrializado Redução de Sal, Açúcares e Gordura Eliane Miyazaki FOODSTAFF Assessoria de Alimentos Ltda. Maio/2012 1988 equipe multidisciplinar

Leia mais

ROTULAGEM DE ALIMENTOS

ROTULAGEM DE ALIMENTOS ROTULAGEM DE ALIMENTOS Profª Ana Paula F. Bernardes Silva A QUEM COMPETE MINISTÉRIO DA SAÚDE: Produtos de origem animal; Vegetais e cereais (grãos) in natura; Bebidas e vinagre; Mel. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA:

Leia mais

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE INDIVÍDUOS DIABÉTICOS DE FLORIANÓPOLIS - SC

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE INDIVÍDUOS DIABÉTICOS DE FLORIANÓPOLIS - SC 20 a 22 de agosto de 2008 - Bento Gonçalves-RS COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE INDIVÍDUOS DIABÉTICOS DE FLORIANÓPOLIS - SC Silvia Cristina Ferreira Iop 1,2, Evanilda Teixeira 2 e Rosires Deliza 3 1 Universidade

Leia mais

Proposta do Termo de Adesão

Proposta do Termo de Adesão Proposta do Termo de Adesão Informação Nutricional em Fast Food Gerência de Produtos Especiais Gerência-Geral de Alimentos 1. Histórico - Resolução RDC nº 40/01 Tornou obrigatória a Rotulagem Nutricional

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Engenharia de alimentos. Workshop. Ensino médio.

PALAVRAS-CHAVE Engenharia de alimentos. Workshop. Ensino médio. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Utilização da informação nutricional de rótulos por consumidores de Natal, Brasil 1

Utilização da informação nutricional de rótulos por consumidores de Natal, Brasil 1 Investigación original / Original research Utilização da informação nutricional de rótulos por consumidores de Natal, Brasil 1 Sônia Maria Fernandes da Costa Souza, 2 Kenio Costa Lima, 2 Henio Ferreira

Leia mais

Desafios e Perspectivas para a Educação Alimentar e Nutricional

Desafios e Perspectivas para a Educação Alimentar e Nutricional I FÓRUM DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE Desafios e Perspectivas para a Educação Alimentar e Nutricional Ações do Ministério da Saúde Brasília-DF, 17/10/06 Educação Alimentar

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ BRUNA MACEDO MALTA XAVIER

FACULDADE ASSIS GURGACZ BRUNA MACEDO MALTA XAVIER 1 FACULDADE ASSIS GURGACZ BRUNA MACEDO MALTA XAVIER ROTULAGEM NUTRICIONAL DE PRODUTOS ARTESANAIS FUNCIONAIS PRODUZIDOS POR MULHERES AGRICULTORAS DE CAMPO BONITO PR CASCAVEL 2014 2 FACULDADE ASSIS GURGACZ

Leia mais

Questões relevantes levantadas pela Indústria

Questões relevantes levantadas pela Indústria Questões relevantes levantadas pela Indústria Seminário Informação ao Consumidor Novas regras de rotulagem Catarina Dias Sumário O regulamento (UE) 1169/2011 1 O Regulamento (UE) 1169/2011 As razões para

Leia mais

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista A Enfermagem e o Serviço de Nutrição e Dietética tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista 1 A enfermagem e o Serviço

Leia mais

Nota Técnica: Conversor de Aquisições de Alimento

Nota Técnica: Conversor de Aquisições de Alimento Nota Técnica: Conversor de Aquisições de Alimento em Energia e Nutrientes (AQUINUT) 1 Rafael Moreira Claro a Eliseu Verly Jr b Renata Bertazi Levy a Carlos Augusto Monteiro a,b Modelo de citação: NUPENS/USP

Leia mais

Índice de Sódio em alimentos nos restaurantes fast food e sua relação com hipertenção arterial

Índice de Sódio em alimentos nos restaurantes fast food e sua relação com hipertenção arterial Índice de Sódio em alimentos nos restaurantes fast food e sua relação com hipertenção arterial Felipe Brum de Araújo¹ Péricles Macedo Fernandes² ¹Biomédico. Aluno da Pós-Graduação em Vigilância Sanitária,

Leia mais

DIET & LIGHT: entenda a diferença

DIET & LIGHT: entenda a diferença DIET & LIGHT: entenda a diferença Michael Ruberson Ribeiro da Silva1 Rosângela Maria Gomes2 Taiane Marla Alves dos Santos Rodrigues3 Isabela Bruzinga Monge3 Vanessa Oliveira Fróes3 Adriana Rodrigues da

Leia mais

Em alguns países como o Estados Unidos, não existe regulamentação específica para o controle do uso da tecnologia de DNA/RNA recombinante.

Em alguns países como o Estados Unidos, não existe regulamentação específica para o controle do uso da tecnologia de DNA/RNA recombinante. 32 Em alguns países como o Estados Unidos, não existe regulamentação específica para o controle do uso da tecnologia de DNA/RNA recombinante. Os OGMs liberados no meio ambiente são regulados pelas agências

Leia mais

A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo

A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo A alimentação adequada e nutricionalmente equilibrada é um dos fatores importantes e essenciais para a otimização do desempenho, sendo

Leia mais

TEMA: Dieta enteral de soja para paciente portadora de doença de Alzheimer e de adenocarcinoma gástrico.

TEMA: Dieta enteral de soja para paciente portadora de doença de Alzheimer e de adenocarcinoma gástrico. Nota Técnica Processo n º Solicitante: Dra. Daniele Viana da Silva Juíza da Comarca de Ervália - Mg Data: 07/12/2012 Medicamento/ Dieta Material Procedimento Cobertura x TEMA: Dieta enteral de soja para

Leia mais

Mel com própolis: considerações sobre a composição e rotulagem Honey added with propolis: composition and labeling considerations

Mel com própolis: considerações sobre a composição e rotulagem Honey added with propolis: composition and labeling considerations Bera, A.; Almeida-Muradian, L. B. Mel com própolis: considerações sobre a composição e rotulagem. ARTIGO Rev ORIGINAL/ Inst Adolfo Lutz, ORIGINAL 64(1):117-21, ARTICLE 2005. Mel com própolis: considerações

Leia mais

TÍTULO: ACEITABILIDADE DE REFRIGERANTE COM FIBRA COMPARADO COM MARCA LÍDER DE MERCADO E MARCA REGIONAL DA CIDADE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP

TÍTULO: ACEITABILIDADE DE REFRIGERANTE COM FIBRA COMPARADO COM MARCA LÍDER DE MERCADO E MARCA REGIONAL DA CIDADE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP TÍTULO: ACEITABILIDADE DE REFRIGERANTE COM FIBRA COMPARADO COM MARCA LÍDER DE MERCADO E MARCA REGIONAL DA CIDADE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA:

Leia mais

Perguntas & Respostas ABIA sobre gorduras trans

Perguntas & Respostas ABIA sobre gorduras trans Perguntas & Respostas ABIA sobre gorduras trans GRUPO CONSUMIDOR 1) O que são ácidos graxos trans ou gordura trans? Os ácidos graxos ou gorduras trans são um tipo de gordura formada pelo processo de hidrogenação

Leia mais

AVALIAÇÃO DE CONCEITOS NUTRICIONAIS EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

AVALIAÇÃO DE CONCEITOS NUTRICIONAIS EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL AVALIAÇÃO DE CONCEITOS NUTRICIONAIS EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL GEORG, Raphaela de Castro; MAIA, Polyana Vieira. Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás rcgeorg@gmail.com Palavras

Leia mais

Nutrire. 2014 Aug;39(2):214-221

Nutrire. 2014 Aug;39(2):214-221 Nutrire. 2014 Aug;39(2):214-221 ARTIGO ORIGINAL http://dx.doi.org/10.4322/nutrire.2014.020 Avaliação do entendimento e da atitude do consumidor diante das informações veiculadas na rotulagem de produtos

Leia mais

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Introdução e objetivo Para avaliar o grau de aderência do consumidor brasileiro às tendências internacionais, a Fiesp encomendou

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE SÕNIA MARIA FERNANDES DA COSTA SOUZA LEGISLAÇÃO DE ROTULAGEM NUTRICIONAL: INSTRUMENTO

Leia mais

AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE AUDITIVA SOB A PERSPECTIVA DO USUÁRIO: PROPOSTA DE INSTRUMENTO

AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE AUDITIVA SOB A PERSPECTIVA DO USUÁRIO: PROPOSTA DE INSTRUMENTO AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE AUDITIVA SOB A PERSPECTIVA DO USUÁRIO: PROPOSTA DE INSTRUMENTO Armigliato ME; Prado DAG; Melo TM; Lopes AC; Martinez MANS; Amantini RCB; Bevilacqua MC. Palavras-chaves: Avaliação

Leia mais

revoga: Resolução nº 14 de junho de 1978 Resolução nº 15 de abril de 1978 RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 268, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005.

revoga: Resolução nº 14 de junho de 1978 Resolução nº 15 de abril de 1978 RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 268, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005. título: Resolução RDC nº 268, de 22 de setembro de 2005 ementa não oficial: Aprova o "REGULAMENTO TÉCNICO PARA PRODUTOS PROTÉICOS DE ORIGEM VEGETAL". publicação: D.O.U. - Diário Oficial da União; Poder

Leia mais

Manual de. Navegação

Manual de. Navegação Manual de Navegação Sumário Iniciando a instalação --------------------------------------- 03 Funcionamento em Rede -------------------------------------- 10 Instruções para Desinstalação ------------------------------

Leia mais

Educação Alimentar e Nutricional no Espaço Escolar como Promotora de Vida Saudável

Educação Alimentar e Nutricional no Espaço Escolar como Promotora de Vida Saudável Educação Alimentar e Nutricional no Espaço Escolar como Promotora de Vida Saudável Comissão de Educação e Cultura da Câmara de Deputados 16 de outubro de 2007, Brasília-DF UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

Leia mais

ROTULAGEM NUTRICIONAL: AVERIGUAÇÃO DE LEITES EM PÓ E ALIMENTOS EM PÓ À BASE DE SOJA

ROTULAGEM NUTRICIONAL: AVERIGUAÇÃO DE LEITES EM PÓ E ALIMENTOS EM PÓ À BASE DE SOJA ROTULAGEM NUTRICIONAL: AVERIGUAÇÃO DE LEITES EM PÓ E ALIMENTOS EM PÓ À BASE DE SOJA VIVIANE REGINA SANTOS ABRANTES 1 KÁTIA CILENE TABAI 2 1 Nutricionista, Mestre em Ciências na UFRRJ. Estrada Henrique

Leia mais

Diversificando as opções de um café da manhã equilibrado

Diversificando as opções de um café da manhã equilibrado Diversificando as opções de um café da manhã equilibrado Café da manhã fundamental para começar bem o dia Diversos estudos comprovam a importância do café da manhã no contexto de uma alimentação saudável,

Leia mais

Rotulagem Nutricional Obrigatória

Rotulagem Nutricional Obrigatória Rotulagem Nutricional Obrigatória Manual de Orientação às Indústrias de Alimentos 2 a versão atualizada Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência Geral de Alimentos Universidade

Leia mais

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1 AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1 LEITE, Raíssa Moraes 1 ; FRANCO, Lana Pacheco 2 ; SOUZA, Isabela Mesquita 3 ; ALVES, Ana Gabriella Pereira

Leia mais

Light ou diet? O consumo de produtos diet e light cresceu em grande escala no mercado mundial. É visível

Light ou diet? O consumo de produtos diet e light cresceu em grande escala no mercado mundial. É visível Light ou diet? O consumo de produtos diet e light cresceu em grande escala no mercado mundial. É visível nas prateleiras dos supermercados o quanto de espaço eles ganharam. É comum encontrarmos, hoje,

Leia mais

RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 273, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005.

RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 273, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005. RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 273, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da atribuição que lhe confere o art. 11 inciso IV do

Leia mais

INCENTIVANDO O CONSUMO DE PESCADO À REDE EDUCACIONAL DO MUNICÍPIO DE SOLÂNEA - PARAÍBA

INCENTIVANDO O CONSUMO DE PESCADO À REDE EDUCACIONAL DO MUNICÍPIO DE SOLÂNEA - PARAÍBA INCENTIVANDO O CONSUMO DE PESCADO À REDE EDUCACIONAL DO MUNICÍPIO DE SOLÂNEA - PARAÍBA SOUZA, Weysser Felipe Cândido de 1 MAGALHÃES, Jeysiane Alves 2 SILVA, José Elenilson Ferreira 2 FILHO, Pedro Brito

Leia mais

Prevalência da inadequação nutricional em crianças portuguesas. Maria Ana Carvalho Universidade Atlântica

Prevalência da inadequação nutricional em crianças portuguesas. Maria Ana Carvalho Universidade Atlântica Prevalência da inadequação nutricional em crianças portuguesas Maria Ana Carvalho Universidade Atlântica Infância A infância representa um período que compreende modificações importantes: Crescimento do

Leia mais

Incorporação de Tecnologias na Saúde Suplementar Revisão do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde 2015-2016. Janeiro de 2015

Incorporação de Tecnologias na Saúde Suplementar Revisão do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde 2015-2016. Janeiro de 2015 Incorporação de Tecnologias na Saúde Suplementar Revisão do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde 2015-2016 Janeiro de 2015 1 Agência Nacional de Saúde Suplementar É a agência reguladora do Governo Federal,

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010 Institui diretrizes para a promoção da alimentação saudável nas escolas de educação infantil, fundamental e de nível médio das redes pública e privada, em âmbito nacional.

Leia mais