INCIDÊNCIA DE AIDS POR SEXO NO ESTADO DE MINAS GERAIS, NO PERÍODO DE 2007 A AIDS INCIDENCE BY SEX IN STATE OF MINAS GERAIS, FROM 2007 TO 2010.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INCIDÊNCIA DE AIDS POR SEXO NO ESTADO DE MINAS GERAIS, NO PERÍODO DE 2007 A 2010. AIDS INCIDENCE BY SEX IN STATE OF MINAS GERAIS, FROM 2007 TO 2010."

Transcrição

1 INCIDÊNCIA DE AIDS POR SEXO NO ESTADO DE MINAS GERAIS, NO PERÍODO DE 2007 A AIDS INCIDENCE BY SEX IN STATE OF MINAS GERAIS, FROM 2007 TO Larissa de Oliveira Abrantes 1 ; Amanda Cristina Souza Morais 1 ; Guilherme José Costa Ferreira 1 ; João Paulo Pereira Caldas 1 ; Priscilla Lourenço Carlos 1. 1 Acadêmico do curso de medicina da Faculdade Atenas. Contato: Resumo Objetivo: Devido ao acentuado número de casos que, com persistência, concentra-se no Sudeste do país, este estudo teve a finalidade de delinear as taxas de incidência por sexo no estado de Minas Gerais, de 2007 a Método: Trata-se de estudo ecológico, adotando o estado de Minas Gerais como unidade de observação, usando o sistema DataSUS como base de dados, buscando as notificações de AIDS no período de 2007 a Resultados: No total, referente ao período avaliado, os casos verificados em homens somaram 6336, enquanto os femininos somaram 3745, ou seja, o sexo masculino apresentou aproximadamente duas vezes maior incidência. Conclusão: Este estudo demonstra que a presença de casos de AIDS no sexo masculino é muito maior do que no sexo feminino. De acordo com os resultados encontrados, a incidência em homens é quase duas vezes maior, tendo 16,88 casos para cada 100 mil habitantes. Palavras-chave AIDS, incidência, sexo, Minas Gerais. Abstract Objective: Due to the accentuated number of cases that, with persistence, are concentrated in the Southeast, this study aimed to delineate the incidence rates by sex in the state of Minas Gerais, from 2007 to Method: This was an ecological study, adopting the state of Minas Gerais as the unit of observation, using the DataSUS s system as database, searching the AIDS cases reported in the period from 2007 to Results: In total, for the period evaluated, the cases occurred in men totaled 6336, while the women totaled 3745, therefore, males had higher incidence approximately twice. Conclusion: This study demonstrates that the presence of AIDS cases among males is much higher than in females. According to the findings, the incidence in men is nearly twice as large, with cases per inhabitants. Key-words AIDS, incidence, sex, Minas Gerais.

2 INTRODUÇÃO A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida ou simplesmente AIDS, conforme é popularmente conhecida, tomou grandes proporções em todo o mundo, sendo hoje um dos principais alvos de preocupação da comunidade cientifica e da população em geral (BRITO, 2000). Apesar do seu enigmático aparecimento, foi reconhecida em 1981 nos EUA, após a identificação de numerosos adultos do sexo masculino, homossexuais, acometidos pelo chamado Sarcoma de Kaposi, além do comprometimento do Sistema Imunológico, característicos da doença (RUTHERFORD, 1997). Atualmente, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/Aids (UNAIDS) publicou a incidência de 2,5 milhões de casos e 1,7 milhão de mortes por AIDS, o que representa a quinta queda consecutiva de mortes pela mesma no mundo. O referido progresso, no entanto, é irregular. Desde 2001, o número de pessoas que contraíram o HIV no Oriente Médio e na África setentrional aumentou, assim como na Europa Oriental e Ásia central (PINTO, 2007). No Brasil, o censo realizado em 2010 pelo Ministério da Saúde apontou 34,2 mil novos casos de Aids. Os dados mostram que de 1980 a 2010, foram totalizados pessoas infectadas por HIV. Desde o aparecimento dos primeiros casos no país, o Sudeste apresenta os maiores registros. Após as primeiras notificações, a ocorrência de pacientes diagnosticados ficou restrita ao eixo Rio-São Paulo, sugerindo ter sido o Sudeste o foco inicial de disseminação da epidemia de HIV/AIDS no Brasil, chegando a englobar 90% dos casos em No período entre 2000 e 2010, a região apresentou considerável redução desses números como consequência de diversos programas para combater a AIDS, realizados pelo Ministério da Saúde, especialmente focado na delicada situação apresentada. No entanto,

3 a região engloba, ainda, mais de 50% dos casos, seguido pelo Sul com mais de 20%, sendo tal epidemia mais voltada para a questão do uso de drogas injetáveis (BARBOSA, 2002). Devido ao acentuado número de casos que, com persistência, concentra-se no Sudeste do país, este estudo teve como objetivo delinear as taxas de incidência por sexo no estado de Minas Gerais, de 2007 a MÉTODO Trata-se de estudo ecológico, adotando o estado de Minas Gerais como unidades de observação. Foram considerados os casos de AIDS notificados ao Ministério da Saúde, por ano de diagnóstico, entre 01 de janeiro de 2007 e 31 de dezembro de 2010, do banco de dados da Rede Interagencial de Informações para à Saúde, DataSUS, em 2012 (BRASIL, 2012). Optou-se por não considerar os casos posteriores ao ano de 2010 em virtude do atraso de notificação. O sexo dos soropositivos foi escolhido como única variável de análise, dada a importância que isso vem apresentando na taxa de incidência da doença, visto os hábitos de vida da população. Para se chegar a população total infectada pelo vírus, em cada ano e por cada sexo, foram usados dados do próprio DataSUS (população total e população por sexo) e as taxas de incidência do respectivo período. Os dados foram trabalhados em Microsoft Excel 2010 (SZWARCWALD, et al. 2000; RODRIGUES-JÚNIOR, 2004). RESULTADOS A incidência total dos casos notificados de AIDS no estado de Minas Gerais, no período de 2007 a 2010, sofreu um ligeiro decréscimo, passando de 2589 casos no primeiro

4 ano a 2344 casos no último, sendo o maior número de casos registrado no ano de 2008, que foi responsável por um total de 2680 casos, de acordo com os dados registrados na tabela 1. Os dados coletados mostram uma incidência maior de casos de AIDS em indivíduos do sexo masculino quando comparados aos do sexo feminino. No ano de 2008, ano em que foi notificado maior numero de casos da doença, a taxa de incidência no sexo masculino foi de 16,88 a cada 100 mil habitantes, totalizando 1657 casos. Já no sexo oposto, no mesmo ano, a taxa de incidência foi de 10,20 a cada 100 mil habitantes, resultando em 1023 casos. No total, referente ao período avaliado, os casos verificados em homens somaram 6336, enquanto os femininos somaram 3745, ou seja, o sexo masculino apresentou aproximadamente duas vezes mais casos. Todos os dados acima estão registrados na tabela seguinte. Tabela 1 Total de casos notificados de AIDS em MG, nos anos de 2007 a Ano Casos Masculinos Casos Femininos Casos Totais TOTAL DISCUSSÃO Em 2010 foram notificados novos casos no Brasil, com taxa de incidência nacional de 17,9/ habitantes e razão de sexo de 1,7 novos casos em homens para cada caso em mulheres (BRASIL, 2012). A mesma razão pôde ser encontrada no total de casos

5 referentes ao período de 2007 a 2010, em Minas Gerais, como demonstrados nos resultados do presente estudo. Contudo, a razão de sexo vem diminuindo ao longo dos anos no país. Em 1985, para cada 26 casos entre homens havia um caso entre mulher, número que foi sofrendo modificações até chegar a 1,7 homens para cada mulher com a doença, observado em Neste mesmo ano, 41,3% dos casos de AIDS estavam concentrados na região sudeste, sendo que Minas Gerais é o terceiro estado da região com maior número de casos, com 16,6%, ficando atrás do estado de São Paulo, que possui 46,5%, e do Rio de Janeiro, com 31,8%. O estado do Espírito Santo tem o correspondente a 5,1% do total de casos. (BRASIL, 2012). Em 2009, a taxa de incidência do estado foi de 13,2/ habitantes, a da região Sudeste, 20,4, e a do Brasil, 20,1 (BRASIL, 2011). CONCLUSÃO Este estudo demonstra que a presença de casos de AIDS no sexo masculino é muito maior do que no sexo feminino. De acordo com os resultados encontrados, a incidência em homens é quase duas vezes maior, tendo 16,88 casos para cada 100 mil habitantes. Considerase fundamental que sejam feitas novas pesquisas e estímulos para intervenções, como intensificar as políticas de saúde pública de prevenção da AIDS em homens, a fim de diminuir a quantidade de casos com tamanha discrepância de valores entre os sexos. Também seria interessante a realização de um estudo que buscasse analisar os motivos dessa diferença e sua relação com os homens, que possuem a incidência maior. AGRADECIMENTOS

6 Agradecemos aos professores Dr. Helvécio Bueno e Talitha Araújo Faria, pela colaboração e compreensão na confecção deste artigo, mesmo depois de tantos obstáculos. REFERÊNCIAS Barbosa LM. A dinâmica da epidemia de AIDS nas regiões Nordeste e Sudeste Brasil, Ministério da Saúde. Boletim epidemiológico AIDS e DST Disponível em: final_m_pdf_26659.pdf Acessado em: 20/11/2012, 12:30. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde Disponível em: Acessado em: 20/11/2012, 13:00. Brasil, Ministério da Saúde. Taxas de incidência de AIDS. DATASUS, Disponível em: Acesso em: 20/11/2012, 12:00. Brito AM, Castilho EA, Szwarcwald CL. AIDS e infecção pelo HIV no Brasil: uma epidemia multifacetada. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2000, 34:2, p. Pinto ACS, Pinheiro PNC, Vieira NFC, Alves MDS. Compreensão da pandemia da AIDS nos últimos 25 anos. Jornal brasileiro Doenças Sexualmente Transmissíveis. 2007, 19:1, 45 50p. Rodrigues-Júnior AL, Castilho EA. A epidemia de AIDS no Brasil, : descrição espaço-temporal. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2004, 37:4, p. Rutherford GW. A Epidemiologia da AIDS no mundo. Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis. 1997, 9:6, 6 11p.

7 Szwarcwald CL, Bastos FI, Esteves MAP, Andrade CLT. A disseminação da epidemia da AIDS no Brasil, no período de : uma análise espacial. Caderno Saúde Pública. 2000, 16: 7-9p.

SITUAÇÃO DO HIV/AIDS NO BRASIL E OS FATORES QUE INFLUENCIAM A INFECÇÃO

SITUAÇÃO DO HIV/AIDS NO BRASIL E OS FATORES QUE INFLUENCIAM A INFECÇÃO SITUAÇÃO DO HIV/AIDS NO BRASIL E OS FATORES QUE INFLUENCIAM A INFECÇÃO Jader Dornelas Neto 1 ; Daniel Antonio Carvalho dos Santos 2 ; Guilherme Elcio Zonta 3 ; Simone Martins Bonafé 4 RESUMO: O objetivo

Leia mais

Os caminhos e descaminhos de uma epidemia global

Os caminhos e descaminhos de uma epidemia global Os caminhos e descaminhos de uma epidemia global Por Rodrigo Cunha 5 de junho de 1981. O Relatório Semanal de Morbidez e Mortalidade do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos

Leia mais

Briefing. Boletim Epidemiológico 2010

Briefing. Boletim Epidemiológico 2010 Briefing Boletim Epidemiológico 2010 1. HIV Estimativa de infectados pelo HIV (2006): 630.000 Prevalência da infecção (15 a 49 anos): 0,61 % Fem. 0,41% Masc. 0,82% 2. Números gerais da aids * Casos acumulados

Leia mais

AIDS Preocupa Terceira Idade 1. Giovanna Menezes FARIA 2 Hendryo ANDRÉ 3 Centro Universitário Autônomo do Brasil - UniBrasil, Curitiba, PR

AIDS Preocupa Terceira Idade 1. Giovanna Menezes FARIA 2 Hendryo ANDRÉ 3 Centro Universitário Autônomo do Brasil - UniBrasil, Curitiba, PR AIDS Preocupa Terceira Idade 1 Giovanna Menezes FARIA 2 Hendryo ANDRÉ 3 Centro Universitário Autônomo do Brasil - UniBrasil, Curitiba, PR RESUMO Os primeiros casos de HIV, vírus da síndrome da imunodeficiência

Leia mais

Estimativa do número de crianças (0-14 anos) infectadas pelo HIV, Brasil, 2000

Estimativa do número de crianças (0-14 anos) infectadas pelo HIV, Brasil, 2000 Estimativa do número de crianças (0-14 anos) infectadas pelo HIV, Brasil, 2000 Introdução Célia Landmann Szwarcwald (1), Aristides Barbosa Júnior(2) e Maria Goretti P. Fonseca(2) A epidemia de aids no

Leia mais

CARACTERISTICAS DA FEMINIZAÇÃO DA AIDS EM TRÊS LAGOAS 1 ANDRESSA MARQUES FERREIRA 2 MARIA ANGELINA DA SILVA ZUQUE

CARACTERISTICAS DA FEMINIZAÇÃO DA AIDS EM TRÊS LAGOAS 1 ANDRESSA MARQUES FERREIRA 2 MARIA ANGELINA DA SILVA ZUQUE CARACTERISTICAS DA FEMINIZAÇÃO DA AIDS EM TRÊS LAGOAS 1 ANDRESSA MARQUES FERREIRA 2 MARIA ANGELINA DA SILVA ZUQUE 1 Discente de graduação do curso de Biomedicina 2 Doutoranda Docente das Faculdades Integradas

Leia mais

RESUMO. Palavras-chave: Saúde do adolescente; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; HIV.

RESUMO. Palavras-chave: Saúde do adolescente; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; HIV. SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE: A EPIDEMIA DA AIDS EM ADOLESCENTES NO BRASIL, 2001-2010. KOGLIN, Ilivelton Martins 1 ; TASSINARI, Tais Tasqueto 2 ; ZUGE, Samuel Spiegelberg 3 ; BRUM, Crhis Netto de 3 ;

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE OS GÊNEROS E O NÍVEL DE INFORMAÇÃO DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS EM RELAÇÃO AO HIV/AIDS

RELAÇÃO ENTRE OS GÊNEROS E O NÍVEL DE INFORMAÇÃO DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS EM RELAÇÃO AO HIV/AIDS RELAÇÃO ENTRE OS GÊNEROS E O NÍVEL DE INFORMAÇÃO DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS EM RELAÇÃO AO HIV/AIDS Maria Thereza Ávila Dantas Coelho 1 Vanessa Prado Santos 2 Márcio Pereira Pontes 3 Resumo O controle

Leia mais

Chapecó. 1. Secretaria de Estado da Saúde Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional de

Chapecó. 1. Secretaria de Estado da Saúde Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional de Perfil epidemiológico dos clientes com AIDS cadastrados no Sistema de Controle Logístico de Medicamentos no Hospital Dia Aids no município de Chapecó-SC no ano de 2007. Otilia Cristina Coelho Rodrigues

Leia mais

Resumo do Perfil epidemiológico por regiões. HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 SAÚDE 1

Resumo do Perfil epidemiológico por regiões. HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 SAÚDE 1 Resumo do Perfil epidemiológico por regiões HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 Resumo do perfil epidemiológico por regiões SAÚDE 1 HIV e Aids no Município de São Paulo 2014 APRESENTAçÃO Hoje, no

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS NO RIO GRANDE DO SUL dezembro de 2007

AVALIAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS NO RIO GRANDE DO SUL dezembro de 2007 AVALIAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS NO RIO GRANDE DO SUL dezembro de 2007 Notas importantes: O Banco de dados (BD) do Sistema de Informação Nacional de Agravos de Notificação (SINAN) vem sofrendo nos últimos

Leia mais

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro Notícias - 18/06/2009, às 13h08 Foram realizadas 8 mil entrevistas com homens e mulheres entre 15 e 64 anos. A análise das informações auxiliará

Leia mais

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 AIDS DST. ano VIII nº 01

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 AIDS DST. ano VIII nº 01 B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 AIDS DST ano VIII nº 01 27ª a 52ª semanas epidemiológicas - julho a dezembro de 2010 01ª a 26ª semanas epidemiológicas - janeiro a junho de 2011 2012. Ministério

Leia mais

O Sr. CELSO RUSSOMANNO (PP-SP) pronuncia o. seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores

O Sr. CELSO RUSSOMANNO (PP-SP) pronuncia o. seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores O Sr. CELSO RUSSOMANNO (PP-SP) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, transcorreram já mais de duas décadas desde que a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida

Leia mais

A evolução e distribuição social da doença no Brasil

A evolução e distribuição social da doença no Brasil A evolução e distribuição social da doença no Brasil Por Ana Maria de Brito Qualquer epidemia é o resultado de uma construção social, conseqüência do aparecimento de uma doença com características biomédicas,

Leia mais

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae.

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae. A Equipe Multiprofissional de Saúde Ocupacional da UDESC lembra: Dia 01 de dezembro é dia mundial de prevenção à Aids! Este material foi desenvolvido por alunos do Departamento de Enfermagem da Universidade

Leia mais

TÍTULO: PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO E PROVÁVEL FONTE DE INFECÇÃO DE MULHERES COM HIV/AIDS NO MUNICÍPIO DE CARAGUATATUBA-SP

TÍTULO: PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO E PROVÁVEL FONTE DE INFECÇÃO DE MULHERES COM HIV/AIDS NO MUNICÍPIO DE CARAGUATATUBA-SP TÍTULO: PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO E PROVÁVEL FONTE DE INFECÇÃO DE MULHERES COM HIV/AIDS NO MUNICÍPIO DE CARAGUATATUBA-SP CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO:

Leia mais

I n f o r m e E p i d e m i o l ó g i c o D S T - A I D S 1

I n f o r m e E p i d e m i o l ó g i c o D S T - A I D S 1 1 2 GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO SECRETÁRIO DE ESTADO DE SAÚDE José Leôncio de Andrade Feitosa SUPERINTENDENTE DE SAÚDE Angela Cristina Aranda SUPERINTENDENTE

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO nº 04 HIV/AIDS 2015

BOLETIM INFORMATIVO nº 04 HIV/AIDS 2015 BOLETIM INFORMATIVO nº 04 HIV/AIDS 2015 AIDS O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde estima que aproximadamente 734 mil pessoas vivam com HIV/aids no país, o que corresponde

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ LUIZ SASSO FILHO PERFIL DOS PORTADORES DO VÍRUS HIV ATENDIDOS NO HOSPITAL DIA AIDS EM BRASÍLIA D.F.

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ LUIZ SASSO FILHO PERFIL DOS PORTADORES DO VÍRUS HIV ATENDIDOS NO HOSPITAL DIA AIDS EM BRASÍLIA D.F. UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ LUIZ SASSO FILHO PERFIL DOS PORTADORES DO VÍRUS HIV ATENDIDOS NO HOSPITAL DIA AIDS EM BRASÍLIA D.F. BRASÍLIA DF 2009 PERFIL DOS PORTADORES DO VÍRUS HIV ATENDIDOS NO HOSPITAL

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS NO RIO GRANDE DO SUL dezembro de 2007

AVALIAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS NO RIO GRANDE DO SUL dezembro de 2007 AVALIAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS NO RIO GRANDE DO SUL dezembro de 2007 Notas importantes: O Banco de dados (BD) do Sistema de Informação Nacional de Agravos de Notificação (SINAN) vem sofrendo nos últimos

Leia mais

VIGILÂNCIA DE HIV EM SANGUE DOADO: TENDÊNCIA DE SOROPREVALÊNCIA

VIGILÂNCIA DE HIV EM SANGUE DOADO: TENDÊNCIA DE SOROPREVALÊNCIA 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 VIGILÂNCIA DE HIV EM SANGUE DOADO: TENDÊNCIA DE SOROPREVALÊNCIA Janete Lane Amadei 1 ; Deborah Cristiny Dantas Moreti 2 ; Diego Montanhei 2 ; Dennis Armando

Leia mais

Hélio Vasconcellos Lopes

Hélio Vasconcellos Lopes HIV/AIDS no Município de Santos e dados brasileiros Hélio Vasconcellos Lopes Coordenador do Programa Municipal DST/AIDS/Hepatites da Secretaria Municipal de Saúde Professor titular da Faculdade de Medicina

Leia mais

AIDS e infecção pelo HIV no Brasil: uma epidemia multifacetada

AIDS e infecção pelo HIV no Brasil: uma epidemia multifacetada Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 34(2): 207-217, mar-abr, 2000. ARTIGO DE OPINIÃO AIDS e infecção pelo HIV no Brasil: uma epidemia multifacetada AIDS and HIV infection in Brazil: a

Leia mais

O ACONSELHAMENTO NO HIV EM UMA COMUNIDADE COMO MEDIDA PREVENTIVA

O ACONSELHAMENTO NO HIV EM UMA COMUNIDADE COMO MEDIDA PREVENTIVA O ACONSELHAMENTO NO HIV EM UMA COMUNIDADE COMO MEDIDA PREVENTIVA Zardo L*¹ Silva CL*² Zarpellon LD*³ Cabral LPA* 4 Resumo O Vírus da Imunodeficiência humana (HIV) é um retrovírus que ataca o sistema imunológico.através

Leia mais

O retrato do comportamento sexual do brasileiro

O retrato do comportamento sexual do brasileiro O retrato do comportamento sexual do brasileiro O Ministério da Saúde acaba de concluir a maior pesquisa já realizada sobre comportamento sexual do brasileiro. Entre os meses de setembro e novembro de

Leia mais

SAúDE e PReVENÇãO NaS ESCoLAS Atitude pra curtir a vida

SAúDE e PReVENÇãO NaS ESCoLAS Atitude pra curtir a vida SAúDE e PReVENÇãO NaS ESCoLAS Atitude pra curtir a vida UNAIDS/ONUSIDA Relatório para o Dia Mundial de Luta contra AIDS/SIDA 2011 Principais Dados Epidemiológicos Pedro Chequer, Diretor do UNAIDS no Brasil

Leia mais

CRT DST/Aids Coordenação Estadual DST/Aids SP

CRT DST/Aids Coordenação Estadual DST/Aids SP CRT DST/Aids Coordenação Estadual DST/Aids SP 2012 6º Objetivo de Desenvolvimento do Milênio COMBATER O HIV/AIDS, A MALÁRIA E OUTRAS DOENÇAS A inclusão do combate ao HIV/Aids nas Metas do Milênio, foi

Leia mais

AS TRANSFORMAÇÕES DO SIGNIFICADO DA AIDS PARA AS MULHERES PORTADORAS DO VÍRUS E O OLHAR DA PSICOLOGIA SOBRE ESTE PROCESSO.

AS TRANSFORMAÇÕES DO SIGNIFICADO DA AIDS PARA AS MULHERES PORTADORAS DO VÍRUS E O OLHAR DA PSICOLOGIA SOBRE ESTE PROCESSO. AS TRANSFORMAÇÕES DO SIGNIFICADO DA AIDS PARA AS MULHERES PORTADORAS DO VÍRUS E O OLHAR DA PSICOLOGIA SOBRE ESTE PROCESSO. Kadidja Suelen de Lucena Santos 1 Julianne Dantas de Oliveira Pimentel 2 Michele

Leia mais

TAXAS DE INCIDÊNCIA EM MULHERES COM AIDS NO PARÁ ENTRE OS ANOS 1999 A 2009 E SUAS RELAÇÕES COM FAIXA ETÁRIA, DENSIDADE E MOBILIDADE DEMOGRÁFICA 1

TAXAS DE INCIDÊNCIA EM MULHERES COM AIDS NO PARÁ ENTRE OS ANOS 1999 A 2009 E SUAS RELAÇÕES COM FAIXA ETÁRIA, DENSIDADE E MOBILIDADE DEMOGRÁFICA 1 ARTIGO ORIGINAL TAXAS DE INCIDÊNCIA EM MULHERES COM AIDS NO PARÁ ENTRE OS ANOS 1999 A 2009 E SUAS RELAÇÕES COM FAIXA ETÁRIA, DENSIDADE E MOBILIDADE DEMOGRÁFICA 1 INCIDENCE RATES OF AIDS IN WOMEN OF PARÁ

Leia mais

O Perfil Dos Usuários Do Grupo De Apoio Às DST s E AIDS, Viçosa - MG 1

O Perfil Dos Usuários Do Grupo De Apoio Às DST s E AIDS, Viçosa - MG 1 O Perfil Dos Usuários Do Grupo De Apoio Às DST s E AIDS, Viçosa - MG 1 Talita da Conceição de Oliveira Fonseca. Economista Doméstica. Endereço: Rua João Valadares Gomes nº 210, bairro JK, Viçosa-MG. E-mail:

Leia mais

Caracterização dos casos de HIV/Aids no município Irati PR no período de 1994 a 2012.

Caracterização dos casos de HIV/Aids no município Irati PR no período de 1994 a 2012. Caracterização dos casos de HIV/Aids no município Irati PR no período de 1994 a 2012. Emalline Angélica de Paula Santos* Acadêmica do 4º ano do curso de Psicologia da Universidade Estadual do Centro-Oeste

Leia mais

INCIDÊNCIA DE AIDS NA POPULAÇÃO IDOSA DO BRASIL

INCIDÊNCIA DE AIDS NA POPULAÇÃO IDOSA DO BRASIL INCIDÊNCIA DE AIDS NA POPULAÇÃO IDOSA DO BRASIL Tacilla Maria Rodrigues Pereira¹(tacilla90@hotmail.com) Milene Evaristo Pereira¹(Milene.trab@gmail.com) Nicole Cristine Diniz de Medeiros Dutra¹ (nicole_dutra@hotmail.com)

Leia mais

Epidemiologia da Transmissão Vertical do HIV no Brasil

Epidemiologia da Transmissão Vertical do HIV no Brasil Epidemiologia da Transmissão Vertical do HIV no Brasil Letícia Legay Vermelho*, Luíza de Paiva Silva* e Antonio José Leal Costa** Introdução A transmissão vertical, também denominada materno-infantil,

Leia mais

Diminui a mortalidade por Aids no Estado de São Paulo

Diminui a mortalidade por Aids no Estado de São Paulo Diminui a mortalidade por Aids no Estado de São Paulo Em 2012, ocorreram 2.767 óbitos por Aids no Estado de São Paulo, o que representa importante queda em relação ao pico observado em 1995 (7.739). A

Leia mais

LUIZ HENRIQUE DA SILVEIRA Governador do Estado. EDUARDO PINHO MOREIRA Vice-Governador. CARMEM EMÍLIA BONFÁ ZANOTTO Secretária de Estado da Saúde

LUIZ HENRIQUE DA SILVEIRA Governador do Estado. EDUARDO PINHO MOREIRA Vice-Governador. CARMEM EMÍLIA BONFÁ ZANOTTO Secretária de Estado da Saúde LUIZ HENRIQUE DA SILVEIRA Governador do Estado EDUARDO PINHO MOREIRA Vice-Governador CARMEM EMÍLIA BONFÁ ZANOTTO Secretária de Estado da Saúde LESTER PEREIRA Diretor Geral WINSTON LUIZ ZOMKOWSKI Superintendente

Leia mais

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO HIV/ AIDS ESTADO DE GOIÁS

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO HIV/ AIDS ESTADO DE GOIÁS BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO HIV/ AIDS ESTADO DE GOIÁS GOIÁS 2015 Situação Epidemiológica da AIDS no Estado de Goiás Secretaria de Estado da Saúde de Goiás Superintendência de Políticas de Atenção Integral à

Leia mais

PREVENÇÃO DE DST/AIDS APÓS VIOLÊNCIA SEXUAL AVALIAÇÃO DOS CASOS NOTIFICADOS À SES/RS.

PREVENÇÃO DE DST/AIDS APÓS VIOLÊNCIA SEXUAL AVALIAÇÃO DOS CASOS NOTIFICADOS À SES/RS. PREVENÇÃO DE DST/AIDS APÓS VIOLÊNCIA SEXUAL AVALIAÇÃO DOS CASOS NOTIFICADOS À SES/RS. Introdução e método: A violência física em especial a violência sexual é, sem dúvida, um problema de saúde pública.

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DO HIV/AIDS E COINFECÇÕES NO ESTADO DE GOIÁS

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DO HIV/AIDS E COINFECÇÕES NO ESTADO DE GOIÁS SUPERINTENDÊNCIA DE POLÍTICAS DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE GERÊNCIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS COORDENAÇÃO ESTADUAL DE DST/AIDS PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DO HIV/AIDS E COINFECÇÕES NO ESTADO DE GOIÁS Goiânia, 2012

Leia mais

HIV/aids no Brasil - 2012

HIV/aids no Brasil - 2012 HIV/aids no Brasil - 2012 Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Novembro de 2012 HIV Dados gerais Prevalência do HIV maior entre homens (15

Leia mais

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 AIDS DST. ano VII nº 01

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 AIDS DST. ano VII nº 01 B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 AIDS DST ano VII nº 01 27ª a 52ª semanas epidemiológicas - julho a dezembro de 2009 01ª a 26ª semanas epidemiológicas - janeiro a junho de 2010 2010. Ministério

Leia mais

Estimativa da carga de doença por aids em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, 2009 doi: 10.5123/S1679-49742015000300017

Estimativa da carga de doença por aids em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, 2009 doi: 10.5123/S1679-49742015000300017 Artigo original Estimativa da carga de doença por aids em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, 2009 doi: 10.5123/S1679-49742015000300017 Estimating the Burden of Disease attributable to AIDS in Florianópolis,

Leia mais

Autor(es) TAINAH BARBOSA ALVES DE MORAES. Orientador(es) MIRIAM RIBEIRO CAMPOS. Apoio Financeiro FAPIC/UNIMEP. 1. Introdução

Autor(es) TAINAH BARBOSA ALVES DE MORAES. Orientador(es) MIRIAM RIBEIRO CAMPOS. Apoio Financeiro FAPIC/UNIMEP. 1. Introdução 18º Congresso de Iniciação Científica AIDS AVALIANDO COMPORTAMENTOS E VULNERABILIDADE EM ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO: IDENTIFICAÇÃO CONHECIMENTO SOBRE O CONTROLE, DISSEMINAÇÃO, RISCOS E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS

Leia mais

Sumário. Aids: a magnitude do problema. A epidemia no Brasil. Característica do Programa brasileiro de aids

Sumário. Aids: a magnitude do problema. A epidemia no Brasil. Característica do Programa brasileiro de aids Sumário Aids: a magnitude do problema A epidemia no Brasil Característica do Programa brasileiro de aids Resultados de 20 anos de luta contra a epidemia no Brasil Tratamento Prevenção Direitos humanos

Leia mais

O PERFIL DO PACIENTE CONTAMINADO PELO VÍRUS HIV/AIDS

O PERFIL DO PACIENTE CONTAMINADO PELO VÍRUS HIV/AIDS ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 O PERFIL DO PACIENTE CONTAMINADO PELO VÍRUS HIV/AIDS Cláudia Pelegrini Tozzo¹; Débora Bianca Santin

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. PORTARIA Nº 1.927, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014 (DOU de 11/12/2014 Seção I Pág. 82)

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. PORTARIA Nº 1.927, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014 (DOU de 11/12/2014 Seção I Pág. 82) MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO PORTARIA Nº 1.927, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014 (DOU de 11/12/2014 Seção I Pág. 82) Estabelece orientações sobre o combate à discriminação relacionada ao HIV e a Aids nos

Leia mais

BUSCA ATIVA DE POSSÍVEIS PORTADORES DE HIV/AIDS EM PROJETO EXTENSIONISTA E SEU PERFIL

BUSCA ATIVA DE POSSÍVEIS PORTADORES DE HIV/AIDS EM PROJETO EXTENSIONISTA E SEU PERFIL 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

Análise espacial dos casos notificados de HIV/AIDS no estado de São Paulo

Análise espacial dos casos notificados de HIV/AIDS no estado de São Paulo Análise espacial dos casos notificados de HIV/AIDS no estado de São Paulo Lára de Melo Barbosa Flávio Henrique Miranda de Araújo Freire Palavras-chave: Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, HIV, AIDS,

Leia mais

FEMINIZAÇÃO DO HIV/AIDS: UMA ANÁLISE (PERFIL) JUNTO A REDE NACIONAL DE PESSOAS VIVENDO E CONVIVENDO COM HIV/AIDS NÚCLEO CAMPINA GRANDE PB

FEMINIZAÇÃO DO HIV/AIDS: UMA ANÁLISE (PERFIL) JUNTO A REDE NACIONAL DE PESSOAS VIVENDO E CONVIVENDO COM HIV/AIDS NÚCLEO CAMPINA GRANDE PB FEMINIZAÇÃO DO HIV/AIDS: UMA ANÁLISE (PERFIL) JUNTO A REDE NACIONAL DE PESSOAS VIVENDO E CONVIVENDO COM HIV/AIDS NÚCLEO CAMPINA GRANDE PB Elizângela Samara da Silva 1 Adália de Sá Costa 2 Anna Marly Barbosa

Leia mais

O IMPACTO DO HIV/AIDS NO LOCAL DE TRABALHO E O PAPEL DAS EMPRESAS

O IMPACTO DO HIV/AIDS NO LOCAL DE TRABALHO E O PAPEL DAS EMPRESAS O IMPACTO DO HIV/AIDS NO LOCAL DE TRABALHO E O PAPEL DAS EMPRESAS Lançamento do Comitê Empresarial de Prevenção às DST / HIV / Aids de Santa Catarina Karina Andrade Ponto Focal do Programa da OIT sobre

Leia mais

Construção de um sistema de monitoramento da epidemia de aids: Desafios e Lições Aprendidas

Construção de um sistema de monitoramento da epidemia de aids: Desafios e Lições Aprendidas Construção de um sistema de monitoramento da epidemia de aids: Desafios e Lições Aprendidas XVIII Congresso Mundial de Epidemiologia Porto Alegre, 21-24 de outubro 2008 Célia Landmann Szwarcwald celials@cict.fiocruz.br

Leia mais

A Dinâmica da Epidemia de AIDS nas Regiões Nordeste e Sudeste *1

A Dinâmica da Epidemia de AIDS nas Regiões Nordeste e Sudeste *1 A Dinâmica da Epidemia de AIDS nas Regiões Nordeste e Sudeste *1 Lára de Melo Barbosa UFRN Palavras-chave: HIV/AIDS, Nordeste, Sudeste, epidemia de AIDS. 1 Introdução O Brasil é um dos países em que o

Leia mais

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 HIV AIDS. Brasília - 2012

B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 HIV AIDS. Brasília - 2012 B O L E T I M EPIDEMIOLÓGICO ISSN 1517 1159 HIV AIDS Brasília - 2012 Ano I - nº 01 até semana epidemiológica 52ª - dezembro de 2012 Sumário Apresentação... 03 Introdução... 05 HIV e Aids no Brasil... 06

Leia mais

ACOLHIMENTO DE PARTICIPANTES EM UM PROJETO: PERFIL DOS POSSÍVEIS PORTADORES DE HIV/AIDS

ACOLHIMENTO DE PARTICIPANTES EM UM PROJETO: PERFIL DOS POSSÍVEIS PORTADORES DE HIV/AIDS 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA ACOLHIMENTO DE PARTICIPANTES

Leia mais

EVOLUÇÃO TEMPORAL DE MANIFESTAÇÕES ORAIS NOTIFICAÇÃO EM PORTADORES DE AIDS

EVOLUÇÃO TEMPORAL DE MANIFESTAÇÕES ORAIS NOTIFICAÇÃO EM PORTADORES DE AIDS EVOLUÇÃO TEMPORAL DE MANIFESTAÇÕES ORAIS NOTIFICAÇÃO EM PORTADORES DE AIDS Bárbara Letícia de Queiroz Xavier. Universidade Federal de Campina Grande/UFCG. Email: barbaraleticiaqx@hotmail.com Eliane de

Leia mais

Características dos pacientes HIV positivos do estado de Pernambuco nos últimos 20 anos

Características dos pacientes HIV positivos do estado de Pernambuco nos últimos 20 anos Características dos pacientes HIV positivos do estado de Pernambuco nos últimos 20 anos Characteristics of the positive HIV patients from Pernambuco state in the last 20 years Alexandre Augusto Cabral

Leia mais

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO HIV/AIDS

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO HIV/AIDS BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO HIV/AIDS CURITIBA/PR 2014 BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO HIV/AIDS CURITIBA/PR 2014 Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba Centro de Epidemiologia Coordenação de Vigilância Epidemiológica

Leia mais

Atraso na introdução da terapia anti-retroviral em pacientes infectados pelo HIV. Brasil, 2003-2006

Atraso na introdução da terapia anti-retroviral em pacientes infectados pelo HIV. Brasil, 2003-2006 Atraso na introdução da terapia anti-retroviral em pacientes infectados pelo HIV. Brasil, 2003-2006 Paulo Roberto Borges de Souza-Jr Célia Landmann Szwarcwald Euclides Ayres de Castilho A Terapia ARV no

Leia mais

O GÊNERO FEMININO E AS FORMAS DE PREVENÇÃO DO HIV/AIDS

O GÊNERO FEMININO E AS FORMAS DE PREVENÇÃO DO HIV/AIDS O GÊNERO FEMININO E AS FORMAS DE PREVENÇÃO DO HIV/AIDS MARIA THEREZA ÁVILA DANTAS COELHO 1 VANESSA PRADO DOS SANTOS 2 GLEICE KELLY SANTOS ALMEIDA 3 RESUMO O objetivo deste trabalho é discutir as mudanças

Leia mais

AIDS EM IDOSOS: UMA ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DAS NOTIFICAÇÕES NO PERÍODO DE 2006 A 2010 NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA

AIDS EM IDOSOS: UMA ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DAS NOTIFICAÇÕES NO PERÍODO DE 2006 A 2010 NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA AIDS EM IDOSOS: UMA ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DAS NOTIFICAÇÕES NO PERÍODO DE 2006 A 2010 NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA Nunes TB 1 Barbosa KTF 1 Oliveria FMRL 1 Sá LR 1 Nogueira JA² 1 Discente do Bacharelado

Leia mais

HIV/AIDS EM IDOSOS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

HIV/AIDS EM IDOSOS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA HIV/AIDS EM IDOSOS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA Fabiana Medeiros de Brito (NEPB/UFPB). E-mail: fabianabrito_@hotmail.com Eveline de Oliveira Barros (NEPB/UFPB). E-mail: evinhabarros@gmail.com

Leia mais

Terceira Idade: não leve um baile do HIV! Alexandre Ramos Lazzarotto alazzar@terra.com.br 9808-5714

Terceira Idade: não leve um baile do HIV! Alexandre Ramos Lazzarotto alazzar@terra.com.br 9808-5714 Terceira Idade: não leve um baile do HIV! Alexandre Ramos Lazzarotto alazzar@terra.com.br 9808-5714 Número de casos de AIDS no Brasil 77.639 433.067 37.968 13.200 572 Região Sul RS POA NH Localidades BRASIL.

Leia mais

PROJETO: MATEMÁTICA NA SAÚDE GRUPO C

PROJETO: MATEMÁTICA NA SAÚDE GRUPO C EE JUVENTINO NOGUEIRA RAMOS PROJETO: MATEMÁTICA NA SAÚDE TEMA : AIDS GRUPO C ADRIANO OSVALDO DA S. PORTO Nº 01 ANDERSON LUIZ DA S.PORTO Nº 05 CÍNTIA DIAS AVELINO Nº 11 CLAUDINEI MOREIRA L. JUNIOR Nº 12

Leia mais

Por que esses números são inaceitáveis?

Por que esses números são inaceitáveis? MANIFESTO DAS ONGS AIDS DE SÃO PAULO - 19/11/2014 AIDS: MAIS DE 12.000 MORTOS POR ANO NO BRASIL! É DESUMANO, É INADMISSÍVEL, É INACEITÁVEL. PRESIDENTE DILMA, NÃO DEIXE O PROGRAMA DE AIDS MORRER! Atualmente,

Leia mais

Seleção de Temas. Questionário - Proficiência Clínica. Área: Imunologia Rodada: Julho/2008. Prezado Participante,

Seleção de Temas. Questionário - Proficiência Clínica. Área: Imunologia Rodada: Julho/2008. Prezado Participante, Seleção de Temas Prezado Participante, Gostaríamos de contar com a sua contribuição para a elaboração dos próximos materiais educativos. Cada questionário desenvolve um assunto (temas) específico dentro

Leia mais

A CARGA DE DOENÇA POR AIDS EM FLORIANÓPOLIS SC NO ANO DE 2009

A CARGA DE DOENÇA POR AIDS EM FLORIANÓPOLIS SC NO ANO DE 2009 A CARGA DE DOENÇA POR AIDS EM FLORIANÓPOLIS SC NO ANO DE 2009 Mariah Fernandes Silva Jefferson Traebert 2 INTRODUÇÃO Os indicadores de saúde mostram-se de suma importância para que sejam tomadas decisões

Leia mais

Mudanças no Padrão da Mortalidade por Aids no Estado de São Paulo *

Mudanças no Padrão da Mortalidade por Aids no Estado de São Paulo * Mudanças no Padrão da Mortalidade por Aids no Estado de São Paulo * Bernadette Cunha Waldvogel Fundação Seade Lilian Cristina Correia Morais Fundação Seade Palavras-chave: mortalidade, Aids, distribuição

Leia mais

PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS USUÁRIOS DA REDE NACIONAL DE PESSOAS VIVENDO E CONVIVENDO COM HIV/AIDS NÚCLEO DE CAMPINA GRANDE- PB

PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS USUÁRIOS DA REDE NACIONAL DE PESSOAS VIVENDO E CONVIVENDO COM HIV/AIDS NÚCLEO DE CAMPINA GRANDE- PB PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS USUÁRIOS DA REDE NACIONAL DE PESSOAS VIVENDO E CONVIVENDO COM HIV/AIDS NÚCLEO DE CAMPINA GRANDE- PB Elizângela Samara da Silva 1, Anna Marly Barbosa de Paiva 2, Adália de Sá Costa

Leia mais

AIDS e envelhecimento: repercussões na saúde pública

AIDS e envelhecimento: repercussões na saúde pública AIDS e envelhecimento: repercussões na saúde pública Por Guilherme Wendt, Equipe SIS.Saúde INTRODUÇÃO Devido aos avanços técnico-científicos observados no mundo, consequentes transformações foram percebidas,

Leia mais

Comentários sobre os Indicadores de Morbidade e Fatores de Risco até 2006

Comentários sobre os Indicadores de Morbidade e Fatores de Risco até 2006 D.2.1 Taxa de incidência de aids 1. Conceituação Número de casos novos confirmados de síndrome de imunodeficiência adquirida (aids códigos B20-B24 da CID-10), por 100 mil habitantes, na população residente

Leia mais

POLÍTICA BRASILEIRA DE AIDS PRINCIPAIS RESULTADOS E AVANÇOS 1994 2002

POLÍTICA BRASILEIRA DE AIDS PRINCIPAIS RESULTADOS E AVANÇOS 1994 2002 POLÍTICA BRASILEIRA DE AIDS PRINCIPAIS RESULTADOS E AVANÇOS 1994 2002 PREVENÇÃO ASSISTÊNCIA E TRATAMENTO DIREITOS HUMANOS COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESAFIOS PREVENÇÃO Mais de 30 campanhas de massa para

Leia mais

AIDS E ENVELHECIMENTO: UMA REFLEXÃO ACERCA DOS CASOS DE AIDS NA TERCEIRA IDADE.

AIDS E ENVELHECIMENTO: UMA REFLEXÃO ACERCA DOS CASOS DE AIDS NA TERCEIRA IDADE. AIDS E ENVELHECIMENTO: UMA REFLEXÃO ACERCA DOS CASOS DE AIDS NA TERCEIRA IDADE. Milca Oliveira Clementino Graduanda em Serviço social pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB milcaclementino@gmail.com

Leia mais

Análise sociodemográfica da epidemia de Aids no Brasil, 1989-1997 A sociodemographic analysis of the AIDS epidemic in Brazil, 1989-1997

Análise sociodemográfica da epidemia de Aids no Brasil, 1989-1997 A sociodemographic analysis of the AIDS epidemic in Brazil, 1989-1997 678 Rev Saúde Pública 22;36(6):678-85 Análise sociodemográfica da epidemia de Aids no Brasil, 1989-1997 A sociodemographic analysis of the AIDS epidemic in Brazil, 1989-1997 Maria Goretti Pereira Fonseca

Leia mais

Perfil do usuário de crack no Brasil

Perfil do usuário de crack no Brasil Lígia Bonacim Dualibi Prof. Dr. Marcelo Ribeiro Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira Instituto Nacional de Políticas do Álcool e Drogas - INPAD Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas - UNIAD Universidade Federal

Leia mais

Alexandre O. Chieppe

Alexandre O. Chieppe Transmissão Vertical da Sífilis S e do HIV Alexandre O. Chieppe Coordenação Estadual de DST/AIDS-CVE Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro Câmara Técnica de AIDS do CREMERJ Do Início da Epidemia

Leia mais

Incidência De Casos Do Vírus HIV Em Um Município Do Interior Do Norte Paulista (Incidence Of Cases Of HIV Vírus In North State Of São Paulo)

Incidência De Casos Do Vírus HIV Em Um Município Do Interior Do Norte Paulista (Incidence Of Cases Of HIV Vírus In North State Of São Paulo) International Journal Of Medical Science And Clinical Inventions Volume 2 issue 07 page no. 1144-1156 ISSN: 2348-991X Available Online At: http://valleyinternational.net/index.php/our-jou/ijmsci Incidência

Leia mais

ESCOLHAS E DIREITOS REPRODUTIVOS DE MULHERES PORTADORAS DE HIV/AIDS

ESCOLHAS E DIREITOS REPRODUTIVOS DE MULHERES PORTADORAS DE HIV/AIDS ESCOLHAS E DIREITOS REPRODUTIVOS DE MULHERES PORTADORAS DE HIV/AIDS Nadja Miranda de Freitas 1 Inez Sampaio Nery 2 RESUMO: O incremento da infecção por HIV entre mulheres têm suscitado debates sobre as

Leia mais

A POLÍTICA DE DST/AIDS NA VISÃO DE UM TRABALHADOR DO SUS. SORAIA REDA GILBER Farmacêutica Bioquímica LACEN PR

A POLÍTICA DE DST/AIDS NA VISÃO DE UM TRABALHADOR DO SUS. SORAIA REDA GILBER Farmacêutica Bioquímica LACEN PR A POLÍTICA DE DST/AIDS NA VISÃO DE UM TRABALHADOR DO SUS SORAIA REDA GILBER Farmacêutica Bioquímica LACEN PR BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DA AIDS NO BRASIL Desde o início de 1980 até junho de 2012 foram registrados

Leia mais

COMPORTAMENTO DE PARTICIPANTES DE UM PROJETO FRENTE AOS PORTADORES DE HIV/AIDS

COMPORTAMENTO DE PARTICIPANTES DE UM PROJETO FRENTE AOS PORTADORES DE HIV/AIDS 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA COMPORTAMENTO DE PARTICIPANTES

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM

Leia mais

SOROPREVALÊNCIA PARA DOENÇAS INFECTO-CONTAGIOSAS EM DOADORES DE SANGUE DA CIDADE DE MARINGÁ, PARANÁ

SOROPREVALÊNCIA PARA DOENÇAS INFECTO-CONTAGIOSAS EM DOADORES DE SANGUE DA CIDADE DE MARINGÁ, PARANÁ SOROPREVALÊNCIA PARA DOENÇAS INFECTO-CONTAGIOSAS EM DOADORES DE SANGUE DA CIDADE DE MARINGÁ, PARANÁ Gabriel Caetano Pereira 1 ; Simone Martins Bonafé 2 RESUMO: O acesso a informação da soroprevalência

Leia mais

CONSCIENTIZAÇÃO DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DAS DST s/aids NO MUNICÍPIO DE PITIMBU/PB

CONSCIENTIZAÇÃO DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DAS DST s/aids NO MUNICÍPIO DE PITIMBU/PB CONSCIENTIZAÇÃO DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DAS DST s/aids NO MUNICÍPIO DE PITIMBU/PB Macilene Severina da Silva 1 (merciens@zipmail.com.br); Marcelo R.da Silva 1 (tcheillo@zipmail.com.br); Analice M.

Leia mais

PERFIL DAS NOTIFICAÇÕES DE AIDS NO BRASIL DA PERSPECTIVA DE GÊNERO: UM ESTUDO DOCUMENTAL RESUMO

PERFIL DAS NOTIFICAÇÕES DE AIDS NO BRASIL DA PERSPECTIVA DE GÊNERO: UM ESTUDO DOCUMENTAL RESUMO PERFIL DAS NOTIFICAÇÕES DE AIDS NO BRASIL DA PERSPECTIVA DE GÊNERO: UM ESTUDO DOCUMENTAL Mikael Lima Brasil 1 Laís Vasconcelos Santos 2 Sheila Milena Pessoa dos Santos 3 Allan Batista Silva 2 Raila Natasha

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE OS ESTADOS MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA SOBRE O COMBATE AO HIV/SIDA

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE OS ESTADOS MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA SOBRE O COMBATE AO HIV/SIDA Decreto n.º 36/2003 Acordo de Cooperação entre os Estados Membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa sobre o Combate ao HIV/SIDA, assinado em Brasília em 30 de Julho de 2002 Considerando a declaração

Leia mais

NÍVEL DE INFORMAÇÃO RELATIVO AO HIV/AIDS ENTRE UNIVERSITÁRIOS E PRESENÇA DE OPINIÕES EXCLUDENTES EM RELAÇÃO AO CONVÍVIO SOCIAL COM SOROPOSITIVOS

NÍVEL DE INFORMAÇÃO RELATIVO AO HIV/AIDS ENTRE UNIVERSITÁRIOS E PRESENÇA DE OPINIÕES EXCLUDENTES EM RELAÇÃO AO CONVÍVIO SOCIAL COM SOROPOSITIVOS NÍVEL DE INFORMAÇÃO RELATIVO AO HIV/AIDS ENTRE UNIVERSITÁRIOS E PRESENÇA DE OPINIÕES EXCLUDENTES EM RELAÇÃO AO CONVÍVIO SOCIAL COM SOROPOSITIVOS Vanessa Prado dos Santos¹ Maria Thereza Ávila Dantas Coelho²

Leia mais

MORTALIDADE POR AIDS EM SÃO PAULO: DEZOITO ANOS DE HISTÓRIA

MORTALIDADE POR AIDS EM SÃO PAULO: DEZOITO ANOS DE HISTÓRIA MORTALIDADE POR AIDS EM SÃO PAULO: DEZOITO ANOS DE HISTÓRIA Bernadette Waldvogel 1 Lilian Cristina Correia Morais 1 1 INTRODUÇÃO O primeiro caso brasileiro conhecido de morte por Aids ocorreu em 1980,

Leia mais

QUEM DEVEMOS PRIORIZAR? A JUVENTUDE OU OS INDIVÍDUOS ADULTOS? UM ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE NOVOS CASOS DE AIDS NO BRASIL NO PERÍODO DE 1997 A 2009

QUEM DEVEMOS PRIORIZAR? A JUVENTUDE OU OS INDIVÍDUOS ADULTOS? UM ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE NOVOS CASOS DE AIDS NO BRASIL NO PERÍODO DE 1997 A 2009 QUEM DEVEMOS PRIORIZAR? A JUVENTUDE OU OS INDIVÍDUOS ADULTOS? UM ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE NOVOS CASOS DE AIDS NO BRASIL NO PERÍODO DE 1997 A 2009 CAVALHEIRO, Daniela Persio 1 ; CARVALHO, Themis Goretti

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE ALAGOAS. BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO AIDS/DST E HEPATITES VIRAIS Ano III nº 01

SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE ALAGOAS. BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO AIDS/DST E HEPATITES VIRAIS Ano III nº 01 SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE ALAGOAS BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO AIDS/DST E HEPATITES VIRAIS Ano III nº 01 1 2013. Secretária de Saúde do Estado de Alagoas É permitida a reprodução parcial ou total desta

Leia mais

TÍTULO: ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO E CONHECIMENTO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS E AIDS ENTRE ACADÊMICOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UNIABC

TÍTULO: ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO E CONHECIMENTO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS E AIDS ENTRE ACADÊMICOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UNIABC Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO E CONHECIMENTO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS E AIDS ENTRE ACADÊMICOS

Leia mais

ARTIGO ORIGINAL INTRODUÇÃO

ARTIGO ORIGINAL INTRODUÇÃO ARTIGO ORIGINAL Perfil de adultos infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) em ambulatório de referência em doenças sexualmente transmissíveis no norte de Minas Gerais Profile of adults infected

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO. Nome do autor 1: TACIANA MARIA DA SILVA. Nome do autor 2: MARIA SOLANGE ROCHA

IDENTIFICAÇÃO. Nome do autor 1: TACIANA MARIA DA SILVA. Nome do autor 2: MARIA SOLANGE ROCHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM POLÍTICAS E DIREITOS SOCIAIS (NEPPS)-UFPE IDENTIFICAÇÃO Nome do autor

Leia mais

Incidência de HIV/AIDS na população de 50 anos ou mais, no Rio Grande do Sul, no período de 2000 a 2008

Incidência de HIV/AIDS na população de 50 anos ou mais, no Rio Grande do Sul, no período de 2000 a 2008 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MEDICINA SOCIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA Incidência de HIV/AIDS na população de 50 anos ou mais, no Rio Grande

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS CONFERÊNCIA SOBRE OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS CONFERÊNCIA SOBRE OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS CONFERÊNCIA SOBRE OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Grupo de Trabalho 4: Fortalecendo a educação e o envolvimento da sociedade civil com relação ao vírus HIV, malária

Leia mais

HIV/AIDS no Norte e Nordeste

HIV/AIDS no Norte e Nordeste HIV/AIDS no Norte e Nordeste Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde www.aids.gov.br 04 de dezembro de 2014 Foco em populações chave 12% 10% 10,5%

Leia mais