Teses e Dissertações. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS IV. Área Básica ENGENHARIA ELÉTRICA Instituição

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Teses e Dissertações. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS IV. Área Básica ENGENHARIA ELÉTRICA 3.04.00.00-7. Instituição"

Transcrição

1 Ano Base 2004 Área de Avaliação ENGENHARIAS IV Área Básica ENGENHARIA ELÉTRICA Instituição IPT - INSTITUTO DE PESQ.TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO (SP) Programa ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO P-0 1 de 6

2 ALMEIDA, P. A.: PRISMA: Proposta de um modelo multidimensional para o gerenciamento de projetos de desenvolvimento de software; 1; 148; Português; SPINOLA, M. M. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de projetos; PRISMA: Proposta de um modelo multidimensional para o gerenciamento de projetos de desenvolvimento de software; Arakaki, R. (Docente); PESSÔA, M. S. P. (Outro Participante); SPINOLA, M. M. (Docente); <Sem AMÂNCIO, A.B.: Comportamento das filas no interior de um buffer com aplicações em multiplexadores síncronos e tráfego CBR; 1; 101; Português; Zucchi, W. L. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Metodologias para projetos de redes de computadores; Comportamento das filas no interior de um buffer com aplicações em multiplexadores síncronos e tráfego CBR; Rigo, A.L. (Docente); STUMP, S. M. D. (Outro Participante); Zucchi, W. L. (Docente); <Sem AMORIM, J. L.: Avaliação do desempenho de uma Rede de Telefonia IP baseada no Protocolo SIP; 1; 80; Português; Kofuji, S.T. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Tecnologias da próxima geração; Avaliação do desempenho de uma Rede de Telefonia IP baseada no Protocolo SIP; BERNAL, V. B. (Docente); GUELI, A. E. (Outro Participante); Kofuji, S.T. (Docente); <Sem ANDRADE, C. A. V.: ARCABOUÇO PARA O DESENVOLVIMENTO DE PORTAIS COLABORATIVOS; 1; 111; Português; Miyake, M.Y. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão do conhecimento e inteligência competitiva; ARCABOUÇO PARA O DESENVOLVIMENTO DE PORTAIS COLABORATIVOS; ilgueiras, L. V. L. (Docente); GUBITOSO, M. D. (Docente); Miyake, M.Y. (Docente); <Sem AQUINO, J.: Estratégia de implantação do CMM níveis 2 e 3, utilizando técnicas da orientação a objetos.; 1; 113; Português; Becerra, J.L.R. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Qualidade de software; Estratégia de implantação do CMM níveis 2 e 3, utilizando técnicas da orientação a objetos.; AMARAL, J. A. A. (Outro Participante); Becerra, J.L.R. (Docente); SOUZA, S. N. A. (Docente); <Sem BAGGIO, A. I.: Método de aplicação de padrões (patterns) no Processo Unificado; 1; 83; Português; Becerra, J.L.R. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; Método de aplicação de padrões (patterns) no Processo Unificado; Arakaki, R. (Docente); Becerra, J.L.R. (Docente); SOUZA, S. N. A. (Docente); <Sem BEZERRA,. W. C.: Implantação de um programa de métrica em conjunto com um modelo de maturidade: Um estudo de caso; 1; 110; Português; SPINOLA, M. M. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Qualidade de software; Implantação de um programa de métrica em conjunto com um modelo de maturidade: Um estudo de caso; ilgueiras, L. V. L. (Docente); HIRAMA, K. (Outro Participante); SPINOLA, M. M. (Docente); <Sem BIANCHI, M. G.: Metodologia para Investigação orense em Computadores Domésticos ou Pessoais.; 1; 147; Português; GUELI, A. E. (Outro Participante);REDES DE COMPUTADORES; Segurança em Informática; Metodologia para Investigação orense em Computadores Domésticos ou Pessoais.; BERNAL, V. B. (Docente); GUELI, A. E. (Outro Participante); SANCHEZ, P. L. P. (Outro Participante); <Sem BORBA, P. S.: PROPOSTA DE UM PROCESSO ÁGIL DE DESENVOLVIMENTO DE SOTWARE UTILIZANDO PROCESSO UNIICADO E EXTREME PROGRAMMING; 1; 97; Português; Becerra, J.L.R. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; PROPOSTA DE UM PROCESSO ÁGIL DE DESENVOLVIMENTO DE SOTWARE UTILIZANDO PROCESSO UNIICADO E EXTREME PROGRAMMING; ALMEIDA, J. B. (Outro Participante); Becerra, J.L.R. (Docente); SOUZA, S. N. A. (Docente); <Sem BRITO, E. L.: Implementação de gerenciamento em ambientes sem gerenciamento nativo: Extensão de funcionalidades em agentes SNMP; 1; 112; Português; Rigo, A.L. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Gerenciamento e segurança de redes de computadores; Implementação de gerenciamento em ambientes sem gerenciamento nativo: Extensão de funcionalidades em agentes SNMP; BERNAL, V. B. (Docente); Rigo, A.L. (Docente); Zucchi, W. L. (Docente); <Sem CARVALHO, E. L.: Roteiro de Avaliação de erramenta de Automação de Teste; 1; 152; Português; SPINOLA, M. M. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Qualidade de software; Roteiro de Avaliação de erramenta de Automação de Teste; Arakaki, R. (Docente); HIRAMA, K. (Outro Participante); SPINOLA, M. M. (Docente); <Sem 2 de 6

3 Cecílio, J.C.: Avaliação dos modelos de processo RUP e XP em relação às principais Áreas de Processo do CMMI Nível 2, ilustrada por um estudo de caso aplicando-se XP; 1; 116; Português; ALBUQUERQUE, A. R. P. L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; Avaliação dos modelos de processo RUP e XP em relação às principais Áreas de Processo do CMMI Nível 2, ilustrada por um estudo de caso aplicando-se XP; ALBUQUERQUE, A. R. P. L. (Docente); CAPELI, O. M. (Outro Participante); Miyake, M.Y. (Docente); <Sem COQUEIRO, A. B.: Design Patterns para Desenvolvimento de rameworks em Java; 1; 117; Português; Giorno,.A.C. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; Design Patterns para Desenvolvimento de rameworks em Java; Becerra, J.L.R. (Docente); Giorno,.A.C. (Docente); RICARTE, I. L. M. (Outro Participante); <Sem COSTA, C. G.: ATORLEX - Compilador para linguagem atorh/w; 1; 90; Português; GUBITOSO, M. D. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; erramentas de software; ATORLEX - Compilador para linguagem atorh/w; GUBITOSO, M. D. (Docente); LEJBMAN, A. G. V. (Outro Participante); RICARTE, I. L. M. (Outro Participante); <Sem DIAS, M. P.: Método de reutilização de artefatos aplicado ao processo unificado; 1; 104; Português; Becerra, J.L.R. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; Método de reutilização de artefatos aplicado ao processo unificado; Arakaki, R. (Docente); Becerra, J.L.R. (Docente); SOUZA, L. S. (Outro Participante); <Sem ERRAZ, A. A.: MPGR - Modelo prático para gerenciamento de riscos em projetos de software; 1; 73; Português; POLLONI, E. G.. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; MPGR - Modelo prático para gerenciamento de riscos em projetos de software; POLLONI, E. G.. (Docente); SIMCSIK, T. (Outro Participante); STUMP, S. M. D. (Outro Participante); <Sem ERREIRA, L. S.: Monitoração do ornecimento em Organizações Adquirentes de Software; 1; 110; Português; ilgueiras, L. V. L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de projetos; Monitoração do ornecimento em Organizações Adquirentes de Software; Arakaki, R. (Docente); ilgueiras, L. V. L. (Docente); Miyake, M.Y. (Docente); <Sem ILHO, M. A. P.: Metodologia de escolha de soluções para gerenciamento de sistemas de negócios; 1; 106; Português; Marte, C.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de recursos de TI; Metodologia de escolha de soluções para gerenciamento de sistemas de negócios; GUELI, A. E. (Outro Participante); Marte, C.L. (Docente); POLLONI, E. G.. (Docente); <Sem RANÇA, E. T.: Configuração de um Processo de Software Padrão da Organização utilizando como base o Modelo de Maturidade da Capacitação (CMM) e os processos NBR ISO/IEC 12207, Processo Unificado e o Processo Unificado Rational.; 1; 90; Português; Arakaki, R. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; Configuração de um Processo de Software Padrão da Organização utilizando como base o Modelo de Maturidade da Capacitação (CMM) e os processos NBR ISO/IEC 12207, Processo Unificado e o Processo Unificado Rational.; Arakaki, R. (Docente); Becerra, J.L.R. (Docente); SPINOLA, M. M. (Docente); <Sem UKUMA, E.Y.: Um Estudo sobre a Adequação do Modelo Estrela para Datawarehouses em Evolução; 1; 89; Português; Campos, E.G.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Integração e Interoperabilidade em Bancos de Dados Distribuídos e Datawarehouses; Um Estudo sobre a Adequação do Modelo Estrela para Datawarehouses em Evolução; Campos, E.G.L. (Docente); ILHO, D. J. S. (Outro Participante); SOUZA, S. N. A. (Docente); <Sem GAIARDO, J. B. J.: Método de gerenciamento do processo de melhoria de software baseado em métricas.; 1; 129; Português; SPINOLA, M. M. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Qualidade de software; Método de gerenciamento do processo de melhoria de software baseado em métricas.; Arakaki, R. (Docente); PESSÔA, M. S. P. (Outro Participante); SPINOLA, M. M. (Docente); <Sem GIORGI, R.: Metodologia para Avaliação de Segurança de Servidores baseada em erramentas de Ataque e Detecção de Vulnerabilidades.; 1; 267; Português; GEUS, P. L. (Outro Participante);REDES DE COMPUTADORES; Gerenciamento e segurança de redes de computadores; Metodologia para Avaliação de Segurança de Servidores baseada em erramentas de Ataque e Detecção de Vulnerabilidades.; GEUS, P. L. (Outro Participante); Marte, C.L. (Docente); Rigo, A.L. (Docente); <Sem 3 de 6

4 GOBETTI, A. M.: Voz sobre IP em redes corporativas: Estudo de caso; 1; 59; Português; Campos, G.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; WebServices / XML e outras tecnologias WEB; Voz sobre IP em redes corporativas: Estudo de caso; Campos, G.L. (Docente); GETSCHKO, D. (Outro Participante); Zucchi, W. L. (Docente); <Sem GONÇALVES, Á. M.: Padrões de projeto para resolução de problemas de mapeamento objeto-relacional.; 1; 116; Português; RICARTE, I. L. M. (Outro Participante);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; Padrões de projeto para resolução de problemas de mapeamento objeto-relacional.; LEJBMAN, A. G. V. (Outro Participante); REVERBEL,. C. R. (Outro Participante); RICARTE, I. L. M. (Outro Participante); <Sem GONÇALVES, C..: Desenvolvimento e implementação de sistema de servidor de mapas na Web.; 1; 85; Português; DINIZ, N. C. (Outro Participante);ENGENHARIA DE SOTWARE; WebServices / XML e outras tecnologias WEB; Desenvolvimento e implementação de sistema de servidor de mapas na Web.; DINIZ, N. C. (Outro Participante); ilgueiras, L. V. L. (Docente); RICARTE, I. L. M. (Outro Participante); <Sem GUIDO, M.: Propostas para Estender as uncionalidades do RSVP-TE.; 1; 89; Português; AMAZONAS, J. R. A. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de recursos de TI; Propostas para Estender as uncionalidades do RSVP-TE; AMAZONAS, J. R. A. (Docente); CARVALHO, T. C. M. B. (Outro Participante); Marte, C.L. (Docente); <Sem HABERKORN, E. M.: A formação do desenvolvedor de software aplicativo no Brasil: Perfil, deficiencias, causas e soluções.; 1; 117; Português; Koo, R.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Projeto Isolado; A formação do desenvolvedor de software aplicativo no Brasil: Perfil, deficiencias, causas e soluções.; Koo, R.L. (Docente); MELNIKO, S. S. S. (Docente); REZENDE, M. N. (Docente); <Sem KANKE, M. Y.: Infra-Estrutura de Chaves Públicas em Ambiente z/os; 1; 122; Português; GEUS, P. L. (Outro Participante);REDES DE COMPUTADORES; Gerenciamento e segurança de redes de computadores; Infra-Estrutura de Chaves Públicas em Ambiente z/os; ERNANDES, C. T. (Outro Participante); GEUS, P. L. (Outro Participante); Rigo, A.L. (Docente); <Sem LACERDA, S. M.: Metodologia para a modelagem dimensional a partir de esquemas Entidade-Relacionamento; 1; 82; Português; Campos, E.G.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Integração e Interoperabilidade em Bancos de Dados Distribuídos e Datawarehouses; Metodologia para a modelagem dimensional a partir de esquemas Entidade-Relacionamento; Campos, E.G.L. (Docente); JUNIOR, J. R. A. (Outro Participante); SOUZA, S. N. A. (Docente); <Sem LANEL, R.: RSP: um novo modelo de outsourcing de solução de relacionamento; 1; 117; Português; REZENDE, M. N. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Comunidade Eletrônica de Negocios (EBC); RSP: um novo modelo de outsourcing de solução de relacionamento; KOBAYASHI, G. (Outro Participante); Miyake, M.Y. (Docente); REZENDE, M. N. (Docente); <Sem LOPES, A. C.: O Sistema Estratégico de Informações no Governo do Estado de São Paulo - um Estudo de Caso; 1; 181; Português; Miyake, M.Y. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Sistemas de informações gerenciais; O Sistema Estratégico de Informações no Governo do Estado de São Paulo - um Estudo de Caso; ilgueiras, L. V. L. (Docente); Miyake, M.Y. (Docente); REZENDE, M. N. (Docente); <Sem LOPES, C. O. S.: VideoChat - Uma ferramenta de videocoferência pessoal; 1; 121; Português; LEJBMAN, A. G. V. (Outro Participante);ENGENHARIA DE SOTWARE; WebServices / XML e outras tecnologias WEB; VideoChat - Uma ferramenta de videocoferência pessoal; GUBITOSO, M. D. (Docente); LEJBMAN, A. G. V. (Outro Participante); REZENDE, M. N. (Docente); <Sem MACEDO, R. G.: TÉCNICA ALPHA: PRIORIZAÇÃO DE MUDANÇAS DE REQUISITOS RELACIONADAS A PROBLEMAS DE USABILIDADE UMA ABORDAGEM CUSTO X BENEÍCIO; 1; 130; Português; ilgueiras, L. V. L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Interação Homem x máquina; TÉCNICA ALPHA: PRIORIZAÇÃO DE MUDANÇAS DE REQUISITOS RELACIONADAS A PROBLEMAS DE USABILIDADE UMA ABORDAGEM CUSTO X BENEÍCIO; ilgueiras, L. V. L. (Docente); JUNIOR, J. R. A. (Outro Participante); PENTEADO, R. A. D. (Outro Participante); <Sem 4 de 6

5 MARANI, A.: Implementação de um sistema de voz sobre IP e videoconferência utilizando o protocolo SIP com softwares de código aberto; 1; 99; Português; Rigo, A.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; WebServices / XML e outras tecnologias WEB; Implementação de um sistema de voz sobre IP e videoconferência utilizando o protocolo SIP com softwares de código aberto; Marte, C.L. (Docente); MENEZES, M. O. (Outro Participante); Rigo, A.L. (Docente); <Sem MARQUES, M.: Análise de desempenho: sistemas de rede fast-ethernet e gigabit-ethernet em pequenos ambientes cliente-servidor; 1; 76; Português; Campos, G.L. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Metodologias para projetos de redes de computadores; Análise de desempenho: sistemas de rede fast-ethernet e gigabit-ethernet em pequenos ambientes cliente-servidor; Campos, G.L. (Docente); GETSCHKO, D. (Outro Participante); Marte, C.L. (Docente); <Sem MARQUES, M..B..: Modelo de um ambiente colaborativo virtual aplicado às atividades empresariais.; 1; 82; Português; SILVA, A. A. (Outro Participante);REDES DE COMPUTADORES; Comunidade Eletrônica de Negocios (EBC); Modelo de um ambiente colaborativo virtual aplicado às atividades empresariais.; MARTINS, E. S. (Outro Participante); Miyake, M.Y. (Docente); SILVA, A. A. (Outro Participante); <Sem MELLO, A. M. V.: Processo de desenvolvimento de software: Uma abordagem para melhoria contínua da qualidade; 1; 143; Português; POLLONI, E. G.. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Qualidade de software; Processo de desenvolvimento de software: Uma abordagem para melhoria contínua da qualidade; Marte, C.L. (Docente); POLLONI, E. G.. (Docente); SIMCSIK, T. (Outro Participante); <Sem MESQUITA, P. R. B.: REQUISITOS PARA ESTRUTURAÇÃO DE AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA COMPUTAÇÃO MÓVEL.; 1; 109; Português; DINIZ, N. C. (Outro Participante);REDES DE COMPUTADORES; Mobilildade e computação "pervasiva"; REQUISITOS PARA ESTRUTURAÇÃO DE AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA COMPUTAÇÃO MÓVEL.; Arakaki, R. (Docente); DINIZ, N. C. (Outro Participante); HIRAMA, K. (Outro Participante); <Sem MEXAS, J. A.: MÉTODO PARA APLICAÇÃO DE PATTERNS NO PROCESSO UNIICADO; 1; 69; Português; Becerra, J.L.R. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; MÉTODO PARA APLICAÇÃO DE PATTERNS NO PROCESSO UNIICADO; ALMEIDA, J. B. (Outro Participante); Becerra, J.L.R. (Docente); SOUZA, S. N. A. (Docente); <Sem MONTEIRO, C. A.: Avaliação do modelo de segurança Security-Enhanced Linux (SELinux) através da exploração de falhas típicas de softwares.; 1; 132; Português; MENEZES, M. O. (Outro Participante);REDES DE COMPUTADORES; Gerenciamento e segurança de redes de computadores; Avaliação do modelo de segurança Security-Enhanced Linux (SELinux) através da exploração de falhas típicas de softwares.; LIMA, A. C. (Outro Participante); MENEZES, M. O. (Outro Participante); NG, P. (Docente); <Sem MORSELLI, O. A.: Pesquisa - Contribuição ao esclarecimento dos motivos que levam as empresas de pequeno porte a não adotarem padrões de qualidade em desenvolvimento de software.; 1; 163; Português; ALBUQUERQUE, A. R. P. L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Qualidade de software; Pesquisa - Contribuição ao esclarecimento dos motivos que levam as empresas de pequeno porte a não adotarem padrões de qualidade em desenvolvimento de software.; ALBUQUERQUE, A. R. P. L. (Docente); ILHO, O. D. B. (Outro Participante); Miyake, M.Y. (Docente); <Sem MOURA, M. A. A.: Análise e comparação de sistemas de atendimento (Call Center) em diferentes topologias.; 1; 117; Português; Zucchi, W. L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de recursos de TI; Análise e comparação de sistemas de atendimento (Call Center) em diferentes topologias.; GABOS, D. (Outro Participante); Miyake, M.Y. (Docente); Zucchi, W. L. (Docente); <Sem NEVES, A. J. S.: Terceirização em TI: Abordagem Estratégica e Operacional; 1; 186; Português; REZENDE, M. N. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de recursos de TI; Terceirização em TI: Abordagem Estratégica e Operacional; Miyake, M.Y. (Docente); PIZZOLATO, E. B. (Outro Participante); REZENDE, M. N. (Docente); <Sem SANTOS, U. B.: Ataques Distribuídos de Negação de Serviço? Análise do Problema, Prevenção e Combate; 1; 91; Português; MEYLAN,. (Outro Participante);REDES DE COMPUTADORES; Gerenciamento e segurança de redes de computadores; Ataques Distribuídos de Negação de Serviço? Análise do Problema, Prevenção e Combate; GUELI, A. E. (Outro Participante); Koo, R.L. (Docente); MEYLAN,. (Outro Participante); <Sem 5 de 6

6 SHIDOMI, C.: Modelagem de Processos ETL Análise e Avaliação; 1; 104; Português; Campos, E.G.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Metodologias e erramentas para Desenvolvimento de Software; Modelagem de Processos ETL Análise e Avaliação; Campos, E.G.L. (Docente); JUNIOR, J. R. A. (Outro Participante); REZENDE, M. N. (Docente); <Sem SHIDOMI, V. L. R. Y.: Processo de Melhoria da Qualidade dos Dados: Um Estudo de Caso; 1; 112; Português; Campos, E.G.L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Qualidade de Dados; Processo de Melhoria da Qualidade dos Dados: Um Estudo de Caso; Campos, E.G.L. (Docente); ERREIRA, M. A. G. V. (Outro Participante); SOUZA, S. N. A. (Docente); <Sem SILVA, C. P.: A gestão do conhecimento aplicada à engenharia de software numa estrutura empresarial - Uma proposta de implementação".; 1; 136; Português; POLLONI, E. G.. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão do conhecimento e inteligência competitiva; A gestão do conhecimento aplicada à engenharia de software numa estrutura empresarial - Uma proposta de implementação".; Marte, C.L. (Docente); POLLONI, E. G.. (Docente); SIMCSIK, T. (Outro Participante); <Sem SMANIOTTO, E.: Uma arquitetura para integração de sistemas bancários na WEB utilizando XML; 1; 94; Português; Giorno,.A.C. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; WebServices / XML e outras tecnologias WEB; Uma arquitetura para integração de sistemas bancários na WEB utilizando XML; Arakaki, R. (Docente); Giorno,.A.C. (Docente); REZENDE, M. N. (Docente); <Sem SOUSA, A. J. B.: Implantação de um PTT para comutar tráfego entre sistemas autônomos; 1; 136; Português; Rigo, A.L. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Gerenciamento e segurança de redes de computadores; Implantação de um PTT para comutar tráfego entre sistemas autônomos; Kofuji, S.T. (Docente); POLLONI, E. G.. (Docente); Rigo, A.L. (Docente); <Sem TEIXEIRA, M.: Metodologia de planejamento de capacidade para servidores em ambiente cliente/servidor web: Estudo de caso; 1; 70; Português; Zucchi, W. L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de recursos de TI; Metodologia de planejamento de capacidade para servidores em ambiente cliente/servidor web: Estudo de caso; GABOS, D. (Outro Participante); Marte, C.L. (Docente); Zucchi, W. L. (Docente); <Sem VARGAS, A. Y. B.: Automação do processo PMBOX para gestão de projetos utilizando o paradigma OO em empresas de IT; 1; 99; Português; Becerra, J.L.R. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Gestão de projetos; Automação do processo PMBOX para gestão de projetos utilizando o paradigma OO em empresas de IT; Arakaki, R. (Docente); Becerra, J.L.R. (Docente); SILVA, P. S. M. (Outro Participante); <Sem VICINO, J. C.: Ciclo do ERP - Um estudo de caso; 1; 68; Português; POLLONI, E. G.. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Sistemas de informações gerenciais; Ciclo do ERP - Um estudo de caso; Marte, C.L. (Docente); POLLONI, E. G.. (Docente); SIMCSIK, T. (Outro Participante); <Sem VITORINO, J. C.: Especificação e validação de serviços do Protocolo L2TP UTILIZANDO a Linguagem de Especificação ESTELLE; 1; 282; Português; Zucchi, W. L. (Docente);REDES DE COMPUTADORES; Gerenciamento e segurança de redes de computadores; Especificação e validação de serviços do Protocolo L2TP UTILIZANDO a Linguagem de Especificação ESTELLE; GABOS, D. (Outro Participante); Giorno,.A.C. (Docente); Zucchi, W. L. (Docente); <Sem ZANCHETA,. A.: Requisitos de Usabilidade para interfaces homem-computador destinadas a usuários de chão de fábrica.; 1; 151; Português; ilgueiras, L. V. L. (Docente);ENGENHARIA DE SOTWARE; Interação Homem x máquina; Requisitos de Usabilidade para interfaces homem-computador destinadas a usuários de chão de fábrica.; ilgueiras, L. V. L. (Docente); GIACOMINI, R. (Outro Participante); SILVA, J. C. A. (Outro Participante); <Sem 6 de 6

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2011 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 2015.1 Banco de Dados I Estudo dos aspectos de modelagem

Leia mais

Pólo de TIC Jequié GT de Capacitação

Pólo de TIC Jequié GT de Capacitação Pólo de TIC Jequié GT de Capacitação PROPOSTA DE CAPACITAÇÃO TÉCNICA Autoria: UESB Jequié, 29 de novembro de 2007 Proposta de Curso de Capacitação Técnica Tendo em vista a necessidade de capacitação técnica

Leia mais

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr.

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Novatec Sumário Agradecimentos... 17 Sobre o autor... 18 Prefácio... 19 Capítulo 1 Desenvolvimento de software para o valor de negócios... 20 1.1 Qualidade

Leia mais

Sumário. Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais... 2. Perfi s Profissionais... 2

Sumário. Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais... 2. Perfi s Profissionais... 2 ANEXO 5 - DO PROJETO BÁSICO Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais disponibilizadas para a execução dos serviços Sumário Especificações de experiência e conhecimento

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Analista de Negócio Pleno

Analista de Negócio Pleno Analista de Negócio Pleno Formação: Nível Superior na área de informática ou áreas afins. Desejável Pós Graduação em Gestão de Projetos, Tecnologia de Informação ou Negócios. Atividades: Realizar atividades

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 7 Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA COMPUTAÇÃO...

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

UNIESP Ribeirão Preto Curso de Sistemas de Informação

UNIESP Ribeirão Preto Curso de Sistemas de Informação UNIESP Ribeirão Preto Curso de Sistemas de Informação Áreas Temáticas para Trabalho de Conclusão de Curso ( o estudante poderá optar por uma das áreas temáticas sugeridas ou ainda optar por área não contemplada

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Capítulo 4 Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software 2 1 OBJETIVOS

Leia mais

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software Capítulo 4 Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software 4.1 2007 by Prentice Hall Infra-Estrutura de TI: Hardware Componentes da Infra-Estrutura Hardware Software Tecnologia de gerenciamento de dados Tecnologia

Leia mais

UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS

UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS Prof. Roberto A. Dias, Dr. Eng CEFET-SC Igor Thiago Marques Mendonça Reginaldo

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA/1123 FNDE -EDITAL Nº 01/2009 1. Perfil: Consultor ESPECIALISTA EM PLANO DE METAS ANALISTA PROGRAMADOR DELPHI - Código 1 - CGETI. 2. Nº de vagas:

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Relato de Experiência da ATI-PE WCGE 2010 20/07/2010 1 Introdução 2 Sobre a ATI Agência Estadual de Tecnologia

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE I

ENGENHARIA DE SOFTWARE I ENGENHARIA DE SOFTWARE I Prof. Cássio Huggentobler de Costa [cassio.costa@ulbra.br] Twitter: www.twitter.com/cassiocosta_ Agenda da Aula (002) Metodologias de Desenvolvimento de Softwares Métodos Ágeis

Leia mais

Quem estiver interessado favor mandar currículo para sabrina.rodrigues@neogrid.com. As vagas são as seguintes: *Analista de BI (2 vagas)*

Quem estiver interessado favor mandar currículo para sabrina.rodrigues@neogrid.com. As vagas são as seguintes: *Analista de BI (2 vagas)* Quem estiver interessado favor mandar currículo para sabrina.rodrigues@neogrid.com. As vagas são as seguintes: *Analista de BI (2 vagas)* Buscamos candidatos com interesse e experiência na área de desenvolvimento,

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) SISTEMAS PARA INTERNET INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo

Leia mais

SOA. Fabio Perez Marzullo. Inovando seu negócio por meio de soluções orientadas a serviços. Novatec

SOA. Fabio Perez Marzullo. Inovando seu negócio por meio de soluções orientadas a serviços. Novatec SOA na prática Inovando seu negócio por meio de soluções orientadas a serviços Fabio Perez Marzullo Novatec Sumário Parte I Fundamentos técnicos da teoria de serviços... 17 Capítulo 1 Introdução à teoria

Leia mais

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1 Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii Parte I - Empresa e Sistemas, 1 1 SISTEMA EMPRESA, 3 1.1 Teoria geral de sistemas, 3 1.1.1 Introdução e pressupostos, 3 1.1.2 Premissas

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 03 Profissões de TI Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos

Leia mais

Minuta Relatório de resultados do PDTI anterior

Minuta Relatório de resultados do PDTI anterior RELATÓRIO DE RESULTADOS DO PDTI ANTERIOR Outubro de 2011 Elaborado pelo Grupo de Trabalho Intersetorial para elaboração do Plano Diretor de Tecnologia de Informação PDTI, nos termos da Portaria nº 4551,

Leia mais

Engenharia de Software. Apostila I >>> Introdução à ES - HEngholmJr

Engenharia de Software. Apostila I >>> Introdução à ES - HEngholmJr Engenharia de Software Apostila I >>> Introdução à ES - HEngholmJr Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 12/08/2014 1.0 Criação da primeira versão HEngholmJr Agenda Introdução à Engenharia

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: Algoritmo e Programação I A disciplina aborda o estudo de algoritmos, envolvendo os conceitos fundamentais: variáveis, tipos de dados, constantes,

Leia mais

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica...

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica... 1 de 1 19/4/212 17:17 EGTI 211/212 - Autodiagnostico 21 Imprimir Identificação 1. Qual a identificação do órgão? AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS 2. Qual o âmbito de preenchimento do formulário?

Leia mais

Priscila Santos. educações. experiências. Analista de Sistemas Pleno. Vila da Oportunidade - Carapicuíba, SP

Priscila Santos. educações. experiências. Analista de Sistemas Pleno. Vila da Oportunidade - Carapicuíba, SP Priscila Santos Analista de Sistemas Pleno Vila da Oportunidade - Carapicuíba, SP Atuante na área de TI há 8 anos, como analista de Sistemas, em projetos de Implantação e integração de sistemas, desde

Leia mais

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA OBJETIVOS Desenvolvimento de metodologia e sistema de automação do monitoramento de riscos e controles organizacionais para: Minimização dos riscos regulatórios

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL PERFIL 3001 - Válido para os alunos ingressos a partir de 2002.1 Disciplinas Obrigatórias Ciclo Geral Prát IF668 Introdução à Computação 1 2 2 45 MA530 Cálculo para Computação 5 0 5 75 MA531 Álgebra Vetorial

Leia mais

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL REQUISITOS MÍNIMOS DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS PROFISSIONAIS QUE DEVERÃO COMPOR AS EQUIPES TÉCNICAS PREVISTAS NESSA CONTRATAÇÃO PARA AMBOS OS LOTES. QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira Agenda Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira ITIL Publicação dos Livros revisados 2011 ITIL Correções ortográficas e concordâncias gramaticais; Ajustes

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2014 Realização: FRAMINAS - http://www.gestaoconcurso.com.br - comunicacao@gestaoconcurso.com.br

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2014 Realização: FRAMINAS - http://www.gestaoconcurso.com.br - comunicacao@gestaoconcurso.com.br RETIFICAÇÃO 01 DO EDITAL 01/2014 A Cemig Telecomunicações S.A. - CEMIGTelecom, no uso de suas atribuições constitucionais, torna público as alterações abaixo especificadas relativas ao do Edital 01/2014

Leia mais

Agenda. Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria

Agenda. Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria Agenda Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria Introdução Processo de software é o conjunto de ferramentas, métodos

Leia mais

Serviços e Projetos de Tecnologia para Laboratórios Ulysses Azevedo

Serviços e Projetos de Tecnologia para Laboratórios Ulysses Azevedo Serviços e Projetos de Tecnologia para Laboratórios Ulysses Azevedo Divisão Tecnologia Grupo Vidy TALEO Tecnologia em Laboratórios Ltda ulysses@vidy.com.br (11) 8239-5900 Infraestrutura de Tecnologia Hardware

Leia mais

CURSO: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas SÉRIE: 3º Semestre TURNO: Noturno DISCIPLINA: ANÁLISE DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS

CURSO: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas SÉRIE: 3º Semestre TURNO: Noturno DISCIPLINA: ANÁLISE DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS CURSO: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas SÉRIE: 3º Semestre TURNO: Noturno DISCIPLINA: ANÁLISE DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS CARGA HORÁRIA: 60 horas I - Ementa Modelagem de Processos

Leia mais

Tecnologia para o Ensino de Tecnologia

Tecnologia para o Ensino de Tecnologia FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS Uma experiência no programa de pós-graduação da FEEC/UNICAMP Ivan Luiz Marques Ricarte Depto. Engenharia de Computação

Leia mais

Retorno de Investimento em Testes. Robert Pereira Pinto robert@base2.com.br

Retorno de Investimento em Testes. Robert Pereira Pinto robert@base2.com.br Retorno de Investimento em Testes Robert Pereira Pinto robert@base2.com.br Palestrante Robert Pereira Pinto Sócio diretor da Base2 Tecnologia Mestre e Bacharel em Ciência da Computação pela UFMG Certified

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

Prof. Dr. Ivanir Costa. Unidade III QUALIDADE DE SOFTWARE

Prof. Dr. Ivanir Costa. Unidade III QUALIDADE DE SOFTWARE Prof. Dr. Ivanir Costa Unidade III QUALIDADE DE SOFTWARE Normas de qualidade de software - introdução Encontra-se no site da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) as seguintes definições: Normalização

Leia mais

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Especialização em Gerência de Projetos de Software Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br Qualidade de Software 2009 Instituto

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Introdução à Computação A disciplina apresenta a área da Computação como um todo, desde a história e a evolução dos computadores

Leia mais

Simplificando a TECNOLOGIA

Simplificando a TECNOLOGIA 3 Simplificando a TECNOLOGIA SEGURANÇA DESENVOLVIMENTO BANCO DE DADOS S O L U Ç Õ ES E M T E C N O L O G I A MISSÃO VISÃO Contribuir com o sucesso dos Clientes através da Ser a melhor provedora de Soluções

Leia mais

Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software

Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software O curso vai propiciar que você seja um especialista para atua atuar na área de Arquitetura de Software em diferentes organizações, estando apto a:

Leia mais

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas II/CPD025 Conceitos orientação a objetos. Evolução das técnicas de modelagem orientadas a objetos. Estrutura da linguagem UML. Conceito de processo interativo

Leia mais

PROJETO DE FÁBRICA DE SOFTWARE

PROJETO DE FÁBRICA DE SOFTWARE FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Departamento de Sistemas de Informação PROJETO DE FÁBRICA DE SOFTWARE Denise Xavier Fortes Paulo Afonso BA Agosto/2015 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. PERFIS FUNCIONAIS...

Leia mais

CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação

CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação San Luis, 13 y 14 de Novembro de 2014 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS O CoNaIISI é organizado pela rede de

Leia mais

Fica a critério da Instituição fazer qualquer alteração, caso seja necessário.

Fica a critério da Instituição fazer qualquer alteração, caso seja necessário. 01 Daniel dos Santos Costa HORÁRIO: 08h30 às 10h00 TÍTULO: Sistema de Ordem de Serviço: análise de um sistema para o controle dos serviços de manutenção de computadores da empresa Impeças na cidade de

Leia mais

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO João Felipe D Assenção Faria Arquiteto JEE Especialista SOA/BPM JOÃO FELIPE D ASSENÇÃO FARIA Arquiteto JEE (12 anos) Especialista SOA/BPM (aprox. 4 anos)

Leia mais

Ementário do Curso Técnico em Informática para Internet

Ementário do Curso Técnico em Informática para Internet 1 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro - IFRJ Pró-Reitoria de Ensino Médio e Técnico Campus Engenheiro Paulo de Frontin Direção de

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR 1º SEMESTRE P101 Desenvolvimento Web 80 CE05 CE06 P102 Língua Portuguesa 40 CG08 CG13 P103 Algoritmos e Lógica de Programação 80

Leia mais

Introdução à Engenharia de Software

Introdução à Engenharia de Software Introdução à Engenharia de Software Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Imagem Clássica Objetivo da aula Depois desta aula você terá uma visão sobre o que é a engenharia

Leia mais

Processos de Desenvolvimento de Software

Processos de Desenvolvimento de Software Processos de Desenvolvimento de Software Gerenciamento de Projetos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e

Leia mais

PRODUTOS RIOSOFT COM SUBSÍDIO SEBRAEtec

PRODUTOS RIOSOFT COM SUBSÍDIO SEBRAEtec PRODUTOS RIOSOFT COM SUBSÍDIO SEBRAEtec ÁREA DE NORMAS, QUALIDADE E PROCESSOS. I - NORMA ISO/IEC 29110 Micro e Pequenas Empresas focadas no desenvolvimento de software. 2) Ambiente É possível constatar,

Leia mais

Infra estrutura da Tecnologia da Informação

Infra estrutura da Tecnologia da Informação Infra estrutura da Tecnologia da Informação Capítulo 3 Adaptado do material de apoio ao Livro Sistemas de Informação Gerenciais, 7ª ed., de K. Laudon e J. Laudon, Prentice Hall, 2005 CEA460 Gestão da Informação

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

Roteiro 2 Conceitos Gerais

Roteiro 2 Conceitos Gerais Roteiro 2 Conceitos Gerais Objetivos: UC Projeto de Banco de Dados Explorar conceitos gerais de bancos de dados; o Arquitetura de bancos de dados: esquemas, categorias de modelos de dados, linguagens e

Leia mais

Material 5 Administração de Recursos de HW e SW. Prof. Edson Ceroni

Material 5 Administração de Recursos de HW e SW. Prof. Edson Ceroni Material 5 Administração de Recursos de HW e SW Prof. Edson Ceroni Desafios para a Administração Centralização X Descentralização Operação interna x Outsourcing Hardware Hardware de um Computador Armazenamento

Leia mais

Seminário de Lei de Informática. Francisco Siqueira de Sousa Gerente Comercial

Seminário de Lei de Informática. Francisco Siqueira de Sousa Gerente Comercial Seminário de Lei de Informática Francisco Siqueira de Sousa Gerente Comercial Conteúdo Introdução Casos de Sucesso IMPORTÂNCIA DA LEI Estabelece uma Política de Desenvolvimento Nacional; Estimula a inserção

Leia mais

FACULDADE LOURENÇO FILHO ENADE 2011 Prof. Jackson Santiago Engenharia de Software DATA: 29/10/2011

FACULDADE LOURENÇO FILHO ENADE 2011 Prof. Jackson Santiago Engenharia de Software DATA: 29/10/2011 Assunto : Ciclo de vida de software 1. O modelo de ciclo de vida em cascata: a) enfatiza a realização sequencial das atividades do desenvolvimento de um produto de software. b) enfatiza a comunicação estreita

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ANÁLISE, PROJETO E GERÊNCIA DE SISTEMAS

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ANÁLISE, PROJETO E GERÊNCIA DE SISTEMAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ANÁLISE, PROJETO E GERÊNCIA DE SISTEMAS Ementário 1 - Relações Interpessoais e Ética Profissional Carga Horária: 20h.a. Concepções sobre o Processo Inter-relacional no Trabalho;

Leia mais

FÁBRICA DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS FÍSICOS

FÁBRICA DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS FÍSICOS FÁBRICA DE SOFTWARE Quem somos A Fábrica de Software da Compugraf existe desde 1993 e atua em todas as etapas de um projeto: especificação, construção, testes, migração de dados, treinamento e implantação.

Leia mais

Universidade Paulista

Universidade Paulista Universidade Paulista Ciência da Computação Sistemas de Informação Gestão da Qualidade Principais pontos da NBR ISO/IEC 12207 - Tecnologia da Informação Processos de ciclo de vida de software Sergio Petersen

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo

Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo Rodney Ferreira de Carvalho SERPRO Serviço Federal de Processamento de Dados Departamento de Gestão de Soluções Integradas para a RFB SUNAC/ACGSI/ACCSO

Leia mais

Gerência de Redes. Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com

Gerência de Redes. Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com Gerência de Redes Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com Plano de Aula Histórico Introdução Gerenciamento de Redes: O que é Gerenciamento de Redes? O que deve ser gerenciado Projeto de Gerenciamento

Leia mais

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Tema: Apresentador: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Objetivo desta palestra será resolver as seguintes questões: Porque fazer um PDTI? Quais os benefícios

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a

Leia mais

Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Componentes da infraestrutura Hardware Software Tecnologia de gerenciamento de dados Tecnologia

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS... 4 04 TEORIA

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: INFORMÁTICA)

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: INFORMÁTICA) MATRIZ CURRICULAR CURSO: GRADUAÇÃO: REGIME: DURAÇÃO: INTEGRALIZAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: ) TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÍNIMO:

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL - FATESG PROJETO INTEGRADOR 3º PERÍODO GOIÂNIA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL - FATESG PROJETO INTEGRADOR 3º PERÍODO GOIÂNIA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL - FATESG PROJETO INTEGRADOR 3º PERÍODO GOIÂNIA 2012. INFORMAÇÕES GERAIS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL Coordenação

Leia mais

acoplamento Exprime o grau de conexão entre os módulos; os módulos de um software devemapresentar um baixo coeficiente de acoplamento.

acoplamento Exprime o grau de conexão entre os módulos; os módulos de um software devemapresentar um baixo coeficiente de acoplamento. SOA Arquitetura Orientada a Serviços Conceitos e Aplicações Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com/ http://edilms.eti.br Gestão de TI Conceitode SOA SOA - Service OrientedArchitecture (Arquitetura

Leia mais

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert:

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert: BRAlarmExpert Software para Gerenciamento de Alarmes A TriSolutions conta com um produto diferenciado para gerenciamento de alarmes que é totalmente flexível e amigável. O software BRAlarmExpert é uma

Leia mais

01 Analista de TI sênior. Local de trabalho: Campinas (disponibilidade para viagens)

01 Analista de TI sênior. Local de trabalho: Campinas (disponibilidade para viagens) Oportunidades de trabalho na CCM7 01 Analista de TI sênior (disponibilidade para viagens) Responsável pela manutenção e controle dos hardwares e softwares da organização; Projetar e prestar manutenção

Leia mais

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia 40 Informática 40 Matemática 80 Produção de Textos 40 2º Bimestre Cálculo I 80 Física I 80 Inglês 20 Metodologia

Leia mais

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO Intranets FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO As intranets são redes internas às organizações que usam as tecnologias utilizadas na rede mundial

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas. Engenharia de Software. Análise e Projeto de Sistemas. Contextualização. Perspectiva Histórica. A Evolução do Software

Análise e Projeto de Sistemas. Engenharia de Software. Análise e Projeto de Sistemas. Contextualização. Perspectiva Histórica. A Evolução do Software Análise e Projeto de Sistemas Análise e Projeto de Sistemas Contextualização ENGENHARIA DE SOFTWARE ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS ENGENHARIA DA INFORMAÇÃO Perspectiva Histórica Engenharia de Software 1940:

Leia mais

MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Unidade III MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Daniel Arthur Gennari Junior Sobre esta aula Ciclo de Vida de Sistemas Engenharia de Software Aplicações de Software Diagramação de Software Ciclo

Leia mais

GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS

GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Apresentação: Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências de

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva Alinhamento Estratégico entre TI e Negócio Alinhamento entre Ações Estratégicas, Processos e iniciativas de Tecnologia de Informação Novembro, 2013 Ângela F. Brodbeck Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

O que é a UML? Introdução a UML. Objetivos da Modelagem. Modelos. A UML não é. Princípios da Modelagem. O que é um modelo?

O que é a UML? Introdução a UML. Objetivos da Modelagem. Modelos. A UML não é. Princípios da Modelagem. O que é um modelo? O que é a UML? Introdução a UML Linguagem Gráfica de Modelagem para: Visualizar Especificar Construir Documentar Comunicar Artefatos de sistemas complexos Linguagem: vocabulário + regras de combinação

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CTS DE REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a história e a evolução

Leia mais

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

Design de Software e Projeto Arquitetural de Software. Prof. Edison A M Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br

Design de Software e Projeto Arquitetural de Software. Prof. Edison A M Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br Design de Software e Projeto Arquitetural de Software Prof. Edison A M Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br Agenda 1. Contexto da Arquitetura e Projeto de Software 2. Definição de Arquitetura

Leia mais

AUDITORIA DE PROCESSOS BASEADA EM RISCOS. Diorgens Miguel Meira

AUDITORIA DE PROCESSOS BASEADA EM RISCOS. Diorgens Miguel Meira AUDITORIA DE PROCESSOS BASEADA EM RISCOS Diorgens Miguel Meira AGENDA 1 2 3 4 5 O BANCO DO NORDESTE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO BNB AUDITORIA NO BANCO DO NORDESTE SELEÇÃO DE PROCESSOS CRÍTICOS AUDITORIA

Leia mais

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Coordenação-Geral de Administração e Tecnologia da Informação Coordenação

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

SUPERÀTO DIVULGA: ANALISTA DE SISTEMAS / LÍDER DE PROJETOS

SUPERÀTO DIVULGA: ANALISTA DE SISTEMAS / LÍDER DE PROJETOS SUPERÀTO DIVULGA: ANALISTA DE SISTEMAS Superior completo em Sistemas de Informação, Ciências da Computação ou áreas afins; CONHECIMENTOS: OO (Orientação Objeto) UML ASP.Net (Framework 2.0 e/ou superior)

Leia mais

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil Apresentação Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil A VANTAGE Educacional é uma referência no Brasil em Treinamento e Capacitação das principais soluções corporativas Open Source. Além de possuir

Leia mais

PROVA DISCURSIVA (P )

PROVA DISCURSIVA (P ) PROVA DISCURSIVA (P ) 2 Nesta prova que vale dez pontos, faça o que se pede, usando os espaços indicados no presente caderno para rascunho. Em seguida, transcreva os textos para as folhas de TEXTOS DEFINITIVOS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANALISE DA PROPOSTA TÉCNICA DOS PARA EDITAL 0001/010 Profissional: Administrador de Sistemas Alcançada Classificação Habilidades e capacitação Num. De Certificados Pontos a) Descrição do cargo: Atuar como

Leia mais