Unidades em ótimas localizações; Apostilas desenvolvidas pelos nossos professores com questões correspondentes aos concursos militares de todo o país.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidades em ótimas localizações; Apostilas desenvolvidas pelos nossos professores com questões correspondentes aos concursos militares de todo o país."

Transcrição

1

2 Especialista na área militar; Excelente preparação para o ingresso na carreira militar; 41 anos de dedicação ao Ensino; Aperfeiçoamento da comunicação intrapessoal e interpessoal; Estimulação a mudanças de paradigmas, considerando o perfil militar; Aprofundamento das disciplinas de português, matemática e redação; Integração com estudantes das escolas militares; Lousas digitais; Desenvolvimento de espírito vencedor; Ar-condicionado; Data-show; Máquinas Snack e Café; Grades de proteção; Ambiente sustentável; Câmeras de segurança; Unidades em ótimas localizações; Apostilas desenvolvidas pelos nossos professores com questões correspondentes aos concursos militares de todo o país.

3 PORTUGUÊS - REDAÇÃO; MATEMÁTICA; QUÍMICA; FÍSICA; HISTÓRIA; GEOGRAFIA; INGLÊS; LITERATURA. Condição 01: sexo masculino. Condição 02: ser brasileiro nato. IDADE: possuir idade de, no mínimo, 17 anos e, no máximo, 22 anos, completados no período de janeiro/dezembro ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar cursando a 3 ano do Ensino Médio

4 A Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), localizada na cidade de Campinas, SP, é o estabelecimento de ensino militar do Exército responsável por selecionar epreparar os jovens para o ingresso na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), iniciando a formação do oficial combatente do Exército Brasileiro. O ano escolar abrange o período letivo, o de recesso escolar e o período de férias - entre a cerimônia de conclusão do ano letivo e a apresentação, em janeiro do ano subsequente, na AMAN. O início e o encerramento do período escolar são formalizados por meio de solenidades militares, em datas fixadas pelo DECEx. O regime de funcionamento do curso da EsPCEx é de internato. A frequência do aluno às atividades escolares é obrigatória, sendo considerada ato de serviço. A duração dos tempos de aula, instrução ou de outras atividades escolares é de 45 minutos. O aluno será considerado aprovado no 1º ano do Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico e considerado habilitado para ingresso na AMAN se obtiver nota igual ou superior a 5,0 (cinco vírgula zero) em cada uma das disciplinas curriculares (Anatomia Humana, Cálculo I, Desenho Geométrico e Geometria Descritiva, Física Geral, Geopolítica, História Geral e do Brasil, Instrução Militar Tiro, Organização, Preparo e Emprego da Força Terrestre e Treinamento Físico Militar I, II e III, Língua Espanhola I, Língua Inglesa I, Metodologia da Pesquisa Científica, Português I, Química Aplicada às Ciências Militares e Tecnologia da Informação e Comunicações) e se estiver igualmente apto na esfera da Disciplina Militar. Ao término do ano letivo, haverá uma classificação geral de rendimento escolar (expresso por meio de nota e menção) referente a todos os alunos aprovados, fundamentada nas notas finais das disciplinas, no conceito escolar e em uma prova geral de avaliação integrada de todo o conteúdo estudado no ano (não considerada para efeito de aprovação). Esta classificação serve para destacar os alunos com os melhores resultados na EsPCEx, sendo aproveitada como ponto de partida para a classificação geral da AMAN. O concludente do curso, com aproveitamento, habilitado ou não à matrícula na AMAN, fará jus ao Histórico Escolar contendo as disciplinas cursadas na EsPCEx e ao Certificado de Reservista de 2ª categoria. O aluno terá direito à realização de provas finais em duas instâncias, caso não tenha obtido o grau mínimo para a aprovação ao término do ano letivo; se for reprovado em alguma disciplina, deixará de ser matriculado na AMAN, sendo obrigado a repeti-la no ano seguinte, na EsPCEx (juntamente com as disciplinas de Instrução Militar, Língua Espanhola I e Língua Inglesa I). O aluno/cadete somente terá direito a uma única reprovação ao longo de todo o Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico. Locais para as Atividades de Ensino-Aprendizagem A Escola possui instalações que atendem adequadamente às atividades de ensino aprendizagem. Cada turma possui suas próprias salas de aula e de instrução militar, que contam com os recursos didáticos necessários a essas atividades. Além dessas salas, existem, também, laboratórios de Física, Química e Informática, onde é desenvolvida uma parte significativa do trabalho pedagógico. Para a reunião de grandes grupos, a Escola conta, ainda, com dois auditórios e um salão de provas, que se constituem em espaços coletivos dotados de recursos físicos e audiovisuais adequados para eventos e palestras.

5 A Empresa possui uma equipe professores e colaboradores qualificada e em constante treinamento. Sempre preocupados em auxiliar os alunos e transformarem seus sonhos em realidade. A seleção, treinamento e avaliação do quadro docente é rigorosa, acompanhados por pesquisas de satisfação dos alunos, que ajudam a determinar a melhora constante das nossas aulas. Os Cursos Azambuja dispõem de um qualificado grupo de professores, todos com vasta experiência em concursos. Preocupados com o desenvolvimento intelectual e profissional do aluno, possibilitam para que os estudantes construam os seus conhecimentos de forma a aproximar a teoria da prática, com resolução de questões de provas de Concursos militares, ministrando aulas dinâmicas, utilizando métodos modernos e respeitando os alunos. CONTEÚDOS APLICADOS: Português/Redação, Matemática, Química, Física, História, Geografia, Inglês e Literatura

6 INVESTIMENTO TURMAS EM ANDAMENTO À VISTA: R$ 2.000,00 PARCELADO: Taxa de Inscrição de R$ 50, de R$ 580,00 MILITARES: 1+ 4 de R$ 300,00 EAD: 800,00 MATERIAL DIDÁTICO INCLUSO PARCELADO 2: Taxa À VISTA: de Inscrição R$ 2.000,00 de R$ 50,00 + PARCELADO: de R$ 440,00 Taxa de Inscrição de R$ 50, de EAD: R$ 620, ,00 MATERIAL ou DIDÁTICO INCLUSO de R$ 530,00 Unidade 01: Rua da República, 602 Cidade Baixa De segunda à sexta-feira Das 18h30 às 22h Segunda a sexta Das 18h30 às 22h Unidade 02: Rua da Siqueira Campos, 940 5º e 6º andares Centro Histórico Segunda a sexta Das 14h às 18h De segunda à sexta-feira Das 14h às 18h

7 RUA DA REPÚBLICA, 602 CIDADE BAIXA - PORTO ALEGRE (51) / (51) cursosazambuja.com.br RUA SIQUEIRA CAMPOS, andar CENTRO - PORTO ALEGRE (51) / (51) AZAMBUJAVESTIBULAR.COM.BR (51)

IME/ITA/AFA/ EFOMM/EN

IME/ITA/AFA/ EFOMM/EN IME/ITA/AFA/ EFOMM/EN IME/ITA/AFA/EFOMM/EN Por que algumas pessoas realizam seus sonhos e outras não? Essa pergunta, aparentemente simples, sempre nos despertou interesse. Passamos boa parte de nossas

Leia mais

COLÉGIO J. OLIVEIRA PROJETO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

COLÉGIO J. OLIVEIRA PROJETO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS COLÉGIO J. OLIVEIRA PROJETO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 01. JUSTIFICATIVA: Entendemos que a Educação de Jovens e Adultos foi concebida para resgatar aqueles que por vários motivos tenham

Leia mais

AFA - ACADEMIA DA FORÇA AÉREA

AFA - ACADEMIA DA FORÇA AÉREA Data de Inscrição: 23/04/2014 a 15/05/2014 Site: concursos.epcar.aer.mil.br/afa2015 Taxa de inscrição: R$ 70,00 (setenta reais) Data de realização da Prova: 27/07/2014* AFA - ACADEMIA DA FORÇA AÉREA *Exame

Leia mais

Orientações sobre o Programa de Nivelamento UNA Contagem - 2009.2

Orientações sobre o Programa de Nivelamento UNA Contagem - 2009.2 Orientações sobre o Programa de Nivelamento UNA Contagem - 2009.2 O que é o programa de Nivelamento? É uma atividade complementar obrigatória, que tem a finalidade de desenvolver as habilidades básicas

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O Despacho Normativo n.º 24/2000, de 11 de maio, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo Despacho Normativo n.º 36/2002, de 4 de junho, estabelece as regras orientadoras para a organização

Leia mais

- A apresentação da xérox e documento original de identidade (RG ou carteira de trabalho, Reservista ou Habilitação);

- A apresentação da xérox e documento original de identidade (RG ou carteira de trabalho, Reservista ou Habilitação); INSCRIÇÕES Locais de Inscrição Faculdade de Ensino Superior de Floriano - FAESF. Rua Nogueira Paranaguá, 508, Manguinha Datas e Horários As inscrições para o Processo Seletivo 2010.2-B da FAESF poderão

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA Cachoeira, março de 2011 REGULAMENTO DE MONITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE PEDAGOGIA Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU R E G I M E N T O G E R A L PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Regimento Geral PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Este texto foi elaborado com as contribuições de um colegiado de representantes da Unidades Técnico-científicas,

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA ATO PROCESSO SELETIVO 2009/2 EDITAL Nº 2 I DOS CURSOS OFERECIDOS, DURAÇÃO, ATOS LEGAIS E DAS VAGAS:

FACULDADE DO SUL DA BAHIA ATO PROCESSO SELETIVO 2009/2 EDITAL Nº 2 I DOS CURSOS OFERECIDOS, DURAÇÃO, ATOS LEGAIS E DAS VAGAS: FACULDADE DO SUL DA BAHIA ATO PROCESSO SELETIVO 2009/2 EDITAL Nº 2 A FACULDADE DO SUL DA BAHIA, credenciada pela Portaria Ministerial nº 944, de 17/05/2001 publicada no DOU em 21/05/2001 e o INSTITUTO

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA DIVULGAÇÃO DE CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO

INFORMAÇÕES PARA DIVULGAÇÃO DE CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO INFORMAÇÕES PARA DIVULGAÇÃO DE CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU em Educação Infantil e Ensino Fundamental (Séries Iniciais) EM MONTES CLAROS, NOVO CRUZEIRO, PIRAPORA,

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 158/2013

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 158/2013 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 158/2013 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas do Processo Seletivo/2014 para o Curso de Medicina da Universidade de Taubaté. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

NOSSA APROVAÇÃO. Ø ENEM: 85 % dos nossos alunos foram aprovados;

NOSSA APROVAÇÃO. Ø ENEM: 85 % dos nossos alunos foram aprovados; NOSSA APROVAÇÃO ENEM: 85 % dos nossos alunos foram aprovados; Vestibular da UFRGS : 80% dos nossos alunos foram aprovados e obtivemos o 3 lugar em Psicologia( Ana Paula Junges) CONHEÇA UM POUCO NOSSA EQUIPE

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS MANUAL DE MONITORIA ACADÊMICA Com base na Resolução CSA 02/07, que estabelece Monitoria Acadêmica Centro de

Leia mais

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO TÍTULO I - APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA... 1 TÍTULO II - DOS OBJETIVOS...

Leia mais

Especialização em Atendimento Educacional Especializado

Especialização em Atendimento Educacional Especializado Especialização em Atendimento Educacional Especializado 400 horas Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Rio Claro Objetivos do curso: De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases, especialmente

Leia mais

EDITAL n. 252/2014. 9h30 às 11h30 13h30 às 20h 09/12/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico)

EDITAL n. 252/2014. 9h30 às 11h30 13h30 às 20h 09/12/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico) EDITAL n. 252/2014 Dispõe sobre matrícula para os candidatos aprovados no Concurso Vestibular ACAFE Verão/2015, 1º semestre, para os cursos da UNESC a seguir relacionados: Administração Bacharelado (matutino

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 034/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 034/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 034/2015 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas para a realização do Processo Seletivo de Inverno 2015 para o curso de Medicina da Universidade de Taubaté.

Leia mais

Manual do Candidato VESTIBULAR 2012.2

Manual do Candidato VESTIBULAR 2012.2 Fundação Educacional Unificada Campograndense Estrada da Caroba, 685 - Campo Grande - Rio de Janeiro - Cep.: 23085-590 www.feuc.br feuc@feuc.br CNPJ: 42.257.543/0001-39 Manual do Candidato VESTIBULAR 2012.2

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO Calendário Acadêmico/Administrativo dos Cursos de Graduação ** 2012 **

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO Calendário Acadêmico/Administrativo dos Cursos de Graduação ** 2012 ** jan/12 1 Feriado - Dia da Confraternização Universal Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom 2 a 28 Férias dos Coordenadores de Curso 26 27 28 29 30 31 1 2 a 31 Férias do Corpo Docente 2 3 4 5 6 7 8 2 Cont. do Período

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO nº 009/92 Autoriza a criação do Curso de Especialização em Orientação Educacional. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA, no uso da competência que

Leia mais

CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 A Coordenação do Curso de Engenharia de Produção e do Curso de Engenharia Civil, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria,

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015 A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

Faculdade de Lucas do Rio Verde Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01.

Faculdade de Lucas do Rio Verde Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01. CONSELHO PEDAGÓGICO - COP RESOLUÇÃO Nº. 13/2008, DE 03 DE ABRIL DE 2008 Aprova o Regulamento de Monitoria Faculdade de Lucas do Rio Verde. O Presidente do Conselho Pedagógico - COP, face ao disposto no

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO Aprovado no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e Conselho de Administração Superior (CAS) em 18 de junho de 2015, Processo 016/2015

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014 1 CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014 A Coordenação do Curso de Engenharia de Produção e do Curso de Engenharia Civil, da

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009 A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS torna público que o Processo Seletivo para preenchimento de

Leia mais

Critérios Gerais de Avaliação

Critérios Gerais de Avaliação Ensino Secundário 10º ano Cursos Científico Humanísticos Ano Letivo 2014/2015 Critérios Gerais de Avaliação O presente documento pretende materializar a execução dos princípios orientadores da avaliação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES PROCESSO SELETIVO DE MONITORES A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PRE), torna pública a abertura das inscrições para seleção de Monitores do Programa Institucional

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA DE MONITORIAS NÍVEL TÉCNICO

SELEÇÃO INTERNA DE MONITORIAS NÍVEL TÉCNICO CAMPUS TERESINA ZONA SUL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INOVAÇÃO EDITAL N.º 0/05 SELEÇÃO INTERNA DE MONITORIAS NÍVEL TÉCNICO O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, Campus Teresina Zona

Leia mais

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CETEB A adolescência e o ensino da

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 1 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA

REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA BARRETOS 2010 REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA Art. 1 - O Programa de Monitoria da Faculdade Barretos, destinado a alunos regularmente matriculados, obedecerá às normas

Leia mais

FACULDADE DA IGREJA MINISTÉRIO FAMA Programa de Integralização de Créditos em Teologia CONVALIDAÇÃO REGULAMENTO DO CURSO DE CONVALIDAÇÃO

FACULDADE DA IGREJA MINISTÉRIO FAMA Programa de Integralização de Créditos em Teologia CONVALIDAÇÃO REGULAMENTO DO CURSO DE CONVALIDAÇÃO FACULDADE DA IGREJA MINISTÉRIO FAMA Programa de Integralização de Créditos em Teologia CONVALIDAÇÃO REGULAMENTO DO CURSO DE CONVALIDAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Por muito tempo, a teologia

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Rio de Janeiro, 2003 CAPÍTULO I DOS CURSOS: MODALIDADES E OBJETIVOS Art. 1º. Em conformidade com o Regimento Geral de nos termos da Lei de Diretrizes e Bases da

Leia mais

Faculdades Integradas de Taquara

Faculdades Integradas de Taquara CONSELHO SUPERIOR ACADÊMICO E ADMINISTRATIVO RESOLUÇÃO CSAA N 04/2015 Regulamenta as Atividades Complementares dos Cursos de Graduação das Faculdades Integradas de Taquara. O Presidente do Conselho Superior

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO/XXXX

EDITAL PROCESSO SELETIVO/XXXX EDITAL PROCESSO SELETIVO/XXXX O Diretor da Faculdade de Ciências Odontológicas do Norte de Minas - FACIONORTE, tendo em vista a legislação vigente, faz saber aos interessados que estarão abertas as inscrições

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALTOS - PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-SEMED CNPJ Nº. 06.554.794/0005-45. EDITAL n.º.

MUNICÍPIO DE ALTOS - PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-SEMED CNPJ Nº. 06.554.794/0005-45. EDITAL n.º. EDITAL n.º. 002 / 2015 O Secretário Municipal de Educação de Altos-PI, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento dos interessados que estão abertas as inscrições para o processo

Leia mais

TURMA ESPECIAL DE DIREITO CARREIRAS MILITARES

TURMA ESPECIAL DE DIREITO CARREIRAS MILITARES TURMA ESPECIAL DE DIREITO CARREIRAS MILITARES SISTEMA CAMPUS VIRTUAL CRUZEIRO DO SUL PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES SOBRE O CURSO (FAQ) 1. O CURSO DE DIREITO É RECONHECIDO PELO MEC? O aluno fará um curso

Leia mais

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí RESOLUÇÃO Nº 05 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2012 Aprova alteração da matriz curricular do curso de Pedagogia.. A PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DAS FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO IVAÍ, no uso da delegação

Leia mais

O P²CEM FIQUE POR DENTRO DAS NORMAS!!! Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais P²CEM/UFS

O P²CEM FIQUE POR DENTRO DAS NORMAS!!! Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais P²CEM/UFS O P²CEM FIQUE POR DENTRO DAS NORMAS!!! Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais P²CEM/UFS Coordenação: Prof. Dr. Luís Eduardo Almeida Prof. Dr. Marcelo Massayoshi Ueki http://www.engenhariademateriais-ufs.net/

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O calendário escolar constitui um elemento indispensável à planificação das atividades a desenvolver por cada agrupamento de escolas e escolas não agrupadas, tendo em vista a execução do seu projeto

Leia mais

FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS SALVADOR AGO / 2015 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...02 2. JUSTIFICATIVA...02 3. OBJETIVO

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2 º SEMESTRE DE 2015

PROCESSO SELETIVO 2 º SEMESTRE DE 2015 1 Processo Seletivo 2015.2 Edital FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC RIO PROCESSO SELETIVO 2 º SEMESTRE DE 2015 SENAC RJ FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC RIO O SENAC Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial,

Leia mais

NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS

NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS: Habilitações: Língua Portuguesa e respectivas Literaturas Língua Espanhola e respectivas

Leia mais

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe Sumário Título I Dos Cursos de Pós Graduação e suas finalidades...1 Título II Dos Cursos de Pós Graduação em Sentido Lato...1 Título III Dos Cursos de

Leia mais

CALENDÁRIO - PEDAGOGIA Grupo 093 - Fevereiro/2012 CursoID 318 - GradeID 425

CALENDÁRIO - PEDAGOGIA Grupo 093 - Fevereiro/2012 CursoID 318 - GradeID 425 CursoID 318 - GradeID 425 Estrutura do Calendário Antes de utilizar o Calendário do Curso, leia atentamente o Manual do Aluno de EAD para que possa entender o processo de avaliação, disciplinas, estrutura

Leia mais

NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO

NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO Artigo 1º - A pós-graduação compreenderá dois níveis de formação, que levam aos graus de mestre e doutor. único O título de mestre

Leia mais

Portal do Aluno Parfor UFPA

Portal do Aluno Parfor UFPA Do Ingresso do Professor de Educação Básica no PARFOR/UFPA O ingresso do professor da Educação básica como aluno do PARFOR na UFPA dar-se-á através de algumas etapas. A primeira delas é a inscrição dos

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

I N E D I Instituto Nacional de Ensino a Distância. Cursos Profissionalizantes CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS REGULAMENTO PARA BRASÍLIA/DF

I N E D I Instituto Nacional de Ensino a Distância. Cursos Profissionalizantes CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS REGULAMENTO PARA BRASÍLIA/DF CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS REGULAMENTO PARA BRASÍLIA/DF E A D IMPORTANTE: O ESTÁGIO É MATÉRIA OBRIGATÓRIA. PORTANTO, DE- VE SER FEITO DENTRO DO PERÍODO DO CURSO. APRESENTAÇÃO A competitividade

Leia mais

Exames Finais Nacionais e Exames de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário

Exames Finais Nacionais e Exames de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário Exames Finais Nacionais e Exames de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário EXAMES NA 1ª FASE - OS ALUNOS INTERNOS (alunos da Via Científica) e AUTOPROPOSTOS que faltarem à 1ª fase dos exames finais

Leia mais

Faculdade de Educação de Alta Floresta FEAFLOR

Faculdade de Educação de Alta Floresta FEAFLOR REGIMENTO DE PRÁTICA DE FORMAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE ALTA FLORESTA - Alta Floresta/2009 SUMÁRIO 1 Apresentação... 3 2 DA DEFINIÇÃO... 3 3 DA FINALIDADE... 5 4 DAS DISPOSIÇOES

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA- EAD 2014.1

ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA- EAD 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 50 ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA- EAD 2014.1 PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A educação em todos os níveis - desde o ensino fundamental

Leia mais

O VESTIBULAR DA UENF FUNCIONA DA SEGUINTE FORMA:

O VESTIBULAR DA UENF FUNCIONA DA SEGUINTE FORMA: 1 O VESTIBULAR DA UENF FUNCIONA DA SEGUINTE FORMA: O acesso aos cursos de graduação da UENF se dá por meio do Vestibular Estadual do Rio de Janeiro. Coordenado pela UERJ e envolvendo ainda outras instituições.

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015 1 A Coordenação do Curso de Administração, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria, Anexo da Resolução de 21 de dezembro

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM Belo Horizonte 2013 ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 FINALIDADE... 3 3 DEVERES DO COORDENADOR EM RELAÇÃO AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 4 DEVERES

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI/SP PROCESSO SELETIVO 001 / 2015 PROFESSORES DIVISÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA SESI/SP

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI/SP PROCESSO SELETIVO 001 / 2015 PROFESSORES DIVISÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA SESI/SP SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI/SP PROCESSO SELETIVO 001 / 2015 PROFESSORES DIVISÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA SESI/SP O Serviço Social da Indústria SESI/SP, por meio do INSTITUTO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PROFMAT - Programa de Mestrado Profissional em Matemática. Regimento. Coordenação do ensino de matemática nas escolas;

PROFMAT - Programa de Mestrado Profissional em Matemática. Regimento. Coordenação do ensino de matemática nas escolas; Capítulo I Objetivos Regimento Artigo 1º - O Objetivo do Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional é proporcionar ao aluno formação matemática aprofundada, relevante ao exercício

Leia mais

O Instituto Social Maria Telles

O Instituto Social Maria Telles O Instituto Social Maria Telles Criado em 1999, o ISMART tem como principal objetivo o desenvolvimento integral de talentos de baixa renda, garantindo aos seus beneficiados acesso a ensino formal de alta

Leia mais

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA Nº 001/2013 DRCA/UFAL CAMPUS MACEIÓ

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA Nº 001/2013 DRCA/UFAL CAMPUS MACEIÓ SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL DE TRANSFERÊNCIA Nº 001/2013 DRCA/UFAL CAMPUS MACEIÓ O Departamento

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DE ALUNOS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA URBANA DA UEM

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DE ALUNOS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA URBANA DA UEM REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DE ALUNOS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA URBANA DA UEM Art. 1º O Estágio de Docência no Ensino de Graduação tem como objetivos: I - instrumentalizar o

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS ORGANIZAÇÃO DO 4º BIMESTRE 2013 AULAS E RECUPERAÇÃO INTENSIVA

COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS ORGANIZAÇÃO DO 4º BIMESTRE 2013 AULAS E RECUPERAÇÃO INTENSIVA SEGUNDA FEIRA: 02.12 6º A - SALA DE RECUPERAÇÃO 6º ANO EFII 6º B - SALA DE AULA 6º C - SALA DE AULA 1ª Aula Aula Geografia Ensino Religioso História 2ª Aula Aula Geografia História Ensino Religioso 3ª

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA TUTORES DS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA TUTORES DS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA EDITAL N.º 005/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA TUTORES DS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA A Direção Geral da Faculdade de Americana - FAM torna público que até às 12 horas do dia 12 de janeiro

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 002/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 002/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 002/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011. Aprova o Manual de Procedimentos para o Projeto de Conclusão do Curso Técnico em Mecânica, na modalidade subsequente, do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

JULHO 2015. CALENDÁRIO ACADÊMICO - 3 e 4 PERÍODOS LETIVOS CURSOS A DISTÂNCIA - GRADUAÇÃO. Vencimento da parcela ATIVIDADES DATAS

JULHO 2015. CALENDÁRIO ACADÊMICO - 3 e 4 PERÍODOS LETIVOS CURSOS A DISTÂNCIA - GRADUAÇÃO. Vencimento da parcela ATIVIDADES DATAS JULHO 4 a Férias do Corpo Discente. 5 6 4 8 9 6 0 a 0 Férias do Corpo Docente. 6 4 8 9 0 5 Prazo final para renovação de matrícula de aluno veterano para o Período Letivo de. Data inicial para requerer

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIES INICIAIS SÃO FRANCISCO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIES INICIAIS SÃO FRANCISCO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIES INICIAIS SÃO FRANCISCO ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO: Propõe-se um recorte na demanda, definindo-se como clientela prioritária

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL BANDEIRANTES MANUAL DO ALUNO

CENTRO EDUCACIONAL BANDEIRANTES MANUAL DO ALUNO CENTRO EDUCACIONAL BANDEIRANTES MANUAL DO ALUNO 1 SUMÁRIO INFORMAÇÕES GERAIS 03 QUEM PODE FAZER O CURSO DE EJA A DISTÂNCIA 04 MATRÍCULA 04 COMO FUNCIONA 05 CALENDÁRIO DOS CURSOS 06 AVALIAÇÃO E CRITÉRIOS

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração NEA Núcleo de Extensão em Administração

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração NEA Núcleo de Extensão em Administração EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA Nº 04/2016 PARA SELEÇÃO, INSCRIÇÃO E MATRÍCULA PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE FINANÇAS EMPRESARIAIS. A Universidade Federal da Bahia (UFBA), através da

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS A Congregação da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o

Leia mais

RESULTADO DO VESTIBULAR 2011/01 Sistema de Informação

RESULTADO DO VESTIBULAR 2011/01 Sistema de Informação 1 0000235400 059614 00688821146 7,5 5 7,5 3,5 3,5 4 5 1 15 52 1 1. APROVADO 2 0000234601 907382 00227411196 3 5 9 4 2,5 7 8 2 11 51,5 2 1. APROVADO 3 0000236865 861068 71121005187 3 9 7,5 3 2 7 7 2 11

Leia mais

RESULTADO DO VESTIBULAR 2011/01 Engenharia Agronômica

RESULTADO DO VESTIBULAR 2011/01 Engenharia Agronômica 1 0000233841 6086772 00586444238 4 12 10,5 4,5 3,5 6 8 4 12 64,5 1 1. APROVADO 2 0000232121 935787 03373490103 7 12 7,5 3 3 8 9 3 8 60,5 2 1. APROVADO 3 0000232181 756961 02197654136 5 9 6 4,5 4 6 8 3

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ÍTALO BOLOGNA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ÍTALO BOLOGNA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL No. 03/2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ÍTALO BOLOGNA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Seleção de candidatos às vagas nos cursos de Pós- Graduação lato sensu Gestão da Manutenção Industrial

Leia mais

Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015

Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015 Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015 Processo Seletivo de Alunos PSA nº 007/2015 para ingresso aos Cursos Técnicos em Hospedagem, Informática, Logística, Contabilidade, Secretariado, Administração e Multimeios

Leia mais

Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb

Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb CALENDÁRIO ACADÊMICO 2015/1 JANEIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 01 Confraternização Universal 01 a 31 Período férias docentes 03 Data limite para

Leia mais

CURSO DE DIPLOMACIA DE DEFESA - CDIPLOD

CURSO DE DIPLOMACIA DE DEFESA - CDIPLOD CURSO DE DIPLOMACIA DE DEFESA - CDIPLOD Duração: 16 semanas 1. OBJETIVO GERAL - Capacitar profissionais das Forças Armadas e servidores do Ministério da Defesa a atuarem nas diversas atividades relacionadas

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 1º PERÍODO LETIVO AV2 6º ANO

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 1º PERÍODO LETIVO AV2 6º ANO 6º ANO 17/04 quarta-feira Ciências 18/04 quinta-feira 19/04 sexta-feira Informática 25/04 quinta-feira Matemática 26/04 sexta-feira Inglês 29/04 segunda-feira Historia 30/04 terça-feira Geografia Música

Leia mais

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO 1. Apresentação O curso de Pós Graduação Lato Sensu em Psicologia Educacional da POSGLOGAL visa a formação profissional de graduados que tenham

Leia mais

DECRETO Nº 3.182, DE 23 DE SETEMBRO DE 1999.

DECRETO Nº 3.182, DE 23 DE SETEMBRO DE 1999. DECRETO Nº 3.182, DE 23 DE SETEMBRO DE 1999. Regulamenta a Lei 9.786, de 8 de fevereiro de 1999, que dispõe sobre o ensino no Exército Brasileiro e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º semestre/2014 Turmas de 1ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º semestre/2014 Turmas de 1ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º semestre/2014 Turmas de 1ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO A Faculdade de Ciências Humanas de Olinda FACHO torna pública a abertura

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008 RESOLUÇÃO Nº 03/2008 Fixa critérios para o Processo Seletivo/Vestibular 2008.2 - UNIVASF referentes aos Cursos de Engenharia do Campus Juazeiro-BA. O DA UNIVASF, no uso da atribuição que lhe confere o

Leia mais

Portaria nº 69, de 30/06/2005

Portaria nº 69, de 30/06/2005 Câmara dos Deputados Centro de Documentação e Informação - Legislação Informatizada Portaria nº 69, de 30/06/2005 O PRIMEIRO-SECRETÁRIO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

O GRUPO DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO

O GRUPO DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO O GRUPO DOM BOSCO Este é o momento de dar espaço à curiosidade, de fazer novas descobertas e formar suas próprias ideias. SEDE HORTO - Berçário - Educação Infantil - 1º Ano

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DE ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DE ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DE ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 124/2010/CONEPE Altera Art. 12 da Resolução nº 68/2010/CONEPE, quanto

Leia mais

ANEXO III. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado na Modalidade Educação de Jovens e Adultos. Capítulo I Da admissão

ANEXO III. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado na Modalidade Educação de Jovens e Adultos. Capítulo I Da admissão ANEXO III ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNANBUCANO Resolução nº 031/2010 De 30 de setembro de 2010 Regulamentação da Educação Profissional Técnica

Leia mais

Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação

Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação EDITAL n. 06.2012 - FAEL- EAD, 30 de maio de 2012 Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação A Faculdade Educacional

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE ENSINO E PESQUISA (Insp G Ens Ex/1937)

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE ENSINO E PESQUISA (Insp G Ens Ex/1937) MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE ENSINO E PESQUISA (Insp G Ens Ex/1937) PORTARIA N o 99-DEP, DE 18 DE OUTUBRO DE 2004 Aprova as Diretrizes para o Subsistema de Ensino Regular de

Leia mais

3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria

3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria 3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria RESOLUÇÃO N.º 06/2006 - CONSUN APROVA O SISTEMA DE AVALIAÇÃO E PROMOÇÃO PARA OS ALUNOS DE GRADUAÇÃO E CURSOS SEQÜENCIAIS DA PUCPR INGRESSANTES A PARTIR DE 2000. O Presidente

Leia mais

INFORMATIVO 3ª ETAPA/2014. 6º Ano Ensino Fundamental

INFORMATIVO 3ª ETAPA/2014. 6º Ano Ensino Fundamental 6º Ano Ensino Fundamental Matemática 14/08 Gramática e Interpretação 29/09 3603-Informativo 3 a et (6º)-14/CP-K Geografia e Ciências 08/08 História e Inglês 30/09 História e Inglês 12/08 Matemática 1º/10

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas para o Processo Seletivo Verão-2016, para os cursos de graduação presenciais da Universidade de Taubaté UNITAU.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA EDITAL DG N.º 07/2012 PROGRAMA DE MONITORIA PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA A Direção da Faculdade Internacional Signorelli, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista:

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: A metodista é credenciada pelo MEC para o oferecimento de cursos a distância? Sim. A Universidade Metodista de São Paulo recebeu o credenciamento do

Leia mais

MANUAL DO ALUNO SISTEMA DE AVALIAÇÃO

MANUAL DO ALUNO SISTEMA DE AVALIAÇÃO MANUAL DO ALUNO No presente Manual você encontrará uma síntese de procedimentos pedagógicos adotados pela Instituição e conhecerá as instalações e departamentos de apoio ao aluno. SISTEMA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Faculdade de Informática Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Regulamento Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC),

Leia mais

EDITAL 003/2015. Processo Seletivo 2016/1

EDITAL 003/2015. Processo Seletivo 2016/1 EDITAL 003/2015 Processo Seletivo 2016/1 O Diretor Geral da FASURGS, credenciada pela Portaria do MEC. Nº 1.220 de 23 Dezembro de 2009, e publicada no DOU nº 246 de 24/12/2009, seção1, pg.95, mantida pelo

Leia mais

EQUIPE GESTORA. DIREÇÃO Profª Rosa Angela B.F. Vassimon COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA. COORDENAÇÃO Profª Ana Lucia Lucas de Mello Profª Vera Beatriz Carlotti

EQUIPE GESTORA. DIREÇÃO Profª Rosa Angela B.F. Vassimon COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA. COORDENAÇÃO Profª Ana Lucia Lucas de Mello Profª Vera Beatriz Carlotti EQUIPE GESTORA DIREÇÃO Profª Rosa Angela B.F. Vassimon COORDENAÇÃO Profª Ana Lucia Lucas de Mello Profª Vera Beatriz Carlotti DIREÇÃO DE ENSINO Profª Valentina Albanez de Mello COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Educação

Leia mais

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA - PJTC/CAPES/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES ORIENTADORES EDITAL Nº 01/2015

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA - PJTC/CAPES/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES ORIENTADORES EDITAL Nº 01/2015 PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA - PJTC/CAPES/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES ORIENTADORES EDITAL Nº 01/2015 O Departamento de Apoio Acadêmico (DAA), da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), da Universidade

Leia mais