TERMO DE REFERÊNCIA. Aquisição de solução de sistema de atendimento de. chamadas, instalação, adequação, configuração, serviços de

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMO DE REFERÊNCIA. Aquisição de solução de sistema de atendimento de. chamadas, instalação, adequação, configuração, serviços de"

Transcrição

1 TERMO DE REFERÊNCIA Aquisição de solução de sistema de atendimento de chamadas, instalação, adequação, configuração, serviços de transferência de conhecimento e Garantia DO OBJETO O presente Termo de Referência tem por objeto a aquisição de solução de sistema de chamadas, instalação, adequação, configuração, serviços de transferência de conhecimento e Garantia para a Central de Soluções da IPLANRIO.

2 1. DO OBJETO O presente Termo de Referência tem por objeto a aquisição de solução de sistema de chamadas, instalação, adequação, configuração, serviços de transferência de conhecimento e Garantia para a Central de Soluções da IPLANRIO. 2. DAS CARACTERISTICAS DO OBJETO ITEM DESCRITIVO QTD. 1 SISTEMA DE ATENDIMENTO 1 2 GATEWAY 2 3 TELEFONE IP TIPO I 25 4 TELEFONE IP TIPO II 2 5 HEADSETS 37 6 MODULO EXPANSOR DE TECLAS 2 7 IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE ATENDIMENTO 1 8 SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO (1 ANO) 1 9 SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTO 1 11 SISTEMA DE MONITORAÇÃO 1

3 3. DA HABILITAÇÃO TÉCNICA MÍNIMA DOS PROPONENTES 3.1 A comprovação da qualificação técnica exigida se dará pela apresentação dos seguintes documentos: a) Comprovação, feita através da apresentação, em original, do ATESTADO DE VISITA fornecido e assinado por servidor do órgão fiscalizador, ou declaração da licitante de que o Responsável Técnico, ou empregado da licitante com habilitação técnica e devidamente indicado para tal fim, visitou o local da prestação do serviço, na data de / / às horas, e tomou conhecimento das condições para execução do objeto desta licitação b) Comprovação de aptidão da licitante (pessoa jurídica) para desempenho de atividade pertinente e compatível com o objeto da licitação, mediante a apresentação de certidão (ões) ou atestado(s) fornecido(s) por pessoas jurídicas de direito público ou privado A visita deverá ser agendada e realizada com antecedência mínima de até 7 (sete) dias antes da realização do certame licitatório da presente contratação Os proponentes devem comprovar as caracteristicas técnicas solicitadas neste edital, informando manual, página e parágrafo do referido item.

4 3.1.3 Para facilitar a visualização, o fornecedor deverá enviar além dos manuais, documento em Excel, identificando a empresa fornecedora, contendo 3 colunas sendo: Coluna 1: o item do edital Coluna 2: informar se atende ou não atende o item Coluna 3: informar o manual, página e parágrafo de comprovação de atendimento do item A proponente deverá entregar os manuais e arquivos de proposta em midia eletronica (CD/DVD/Pen Drive) As dúvidas referentes a este Termo de Referência poderão ser enviadas até 5 dias úteis da data de entrega da proposta para o 4. DA APRESENTAÇÂO DE PROPOSTAS a) Os licitantes deverão apresentar junto a proposta manuais, preferencialmente em mídia digital, dos produtos previstos no item 12 (Especificação Técnica), indicando página e parágrafo de cada item. b) As propostas deverão ser apresentadas com valor individual de cada item, de forma linear, em realção ao valor global. 5. TIPO DE LICITAÇÃO Esta Licitação de dará por menor preço global 6. DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

5 6.1. Apresentar declaração do fabricante da solução proposta indicando que o proponente, caso não seja o próprio fabricante, é revenda técnica autorizada da solução proposta, de que é capacitado tecnicamente para atender ao objeto do presente Termo de Referência e que possui a infraestrutura técnica necessária para fornecer os equipamentos e executar os serviços aqui requeridos; 6.2. Comprovar no ato da assinatura do contrato, que dispõe, no mínimo, de 1 (um) profissional com certificação técnica emitida pelo fabricante ou instituto autorizado por este, na solução de Call Center, Telefonia IP e Comunicação Unificada, indicando sua habilitação técnica na tecnologia ofertada Assegurar que o profissional mencionado neste subitem fará parte de equipe de suporte, tomando como base os serviços especificados e prestar o suporte de 3.º nível e o atendimento em garantia dos produtos, caso necessário Garantir a qualidade dos recursos e serviços colocados à disposição da IPLANRIO; 6.4 A empresa contratada deverá indicar um profissional de seu quadro permanente que será responsável pelo planejamento e gestão deste contrato até a fase de entrega da solução em funcionamento atestada pela IPLANRIO. 6.5 Utilizar profissionais habilitados, com conhecimentos suficientes sobre os serviços a serem executados, munidos de equipamentos e/ou ferramentas

6 necessárias ao desempenho eficiente dos serviços, de conformidade com as normas e determinações em vigor; 6.6 Executar os serviços dentro dos prazos ajustados, cumprindo os horários estabelecidos para atendimento, responsabilizando-se por quaisquer prejuízos advindos de sua inobservância; 6.7 Dar ciência a IPLANRIO, imediatamente e por escrito, de qualquer anormalidade que verificar na execução dos serviços. 6.8 Arcar com a responsabilidade civil, por todos e quaisquer danos materiais e pessoais, causados por culpa, dolo, negligência ou imprudência dos seus funcionários ou prepostos à IPLANRIO ou a terceiros no âmbito deste contrato; 6.9 Indenizar quaisquer prejuízos, causados por seus empregados ou prepostos, dolosa ou culposamente, aos bens patrimoniais de propriedade da IPLANRIO ou de terceiros, na execução dos serviços objeto desta contratação até o valor total do contrato; 6.10 Assumir a responsabilidade por todas as providências e obrigações estabelecidas na legislação específica de acidentes de trabalho, quando, em ocorrência da espécie, forem vítimas os seus profissionais durante a execução deste contrato, ainda que acontecido em dependência da IPLANRIO; 6.11 Dispor-se a toda e qualquer fiscalização da IPLANRIO, no tocante à execução dos serviços, assim como ao cumprimento das obrigações previstas no edital, contrato e legislação em vigor;

7 6.12 Independentemente da aplicação de multas, a CONTRATADA deverá reparar e/ou corrigir, às suas expensas, no todo ou parte, os serviços objeto desta contratação em que se verificarem incorreções, bem como propor, corrigir e/ou alterar a base de conhecimentos, conforme disposto no Art. 69 da Lei 8666/93 e alterações; 6.13 Cumprir as exigências previstas na Lei nº 2.816, de e pelo Decreto nº , de , alterado pelo Decreto nº , de 16/10/2002,quando a participação de deficientes for compatível com o exercício das funções descritas no objeto do contrato, na exata hipótese prevista na Lei e no Decreto 6.14 Cumprir as exigências previstas na Lei n.º 2.816, de e pelo Decreto n.º , de , alterado pelo Decreto n.º , de 16/10/2002,quando a participação de deficientes for compatível com o exercício das funções descritas no objeto do contrato, na exata hipótese prevista na Lei e no Decreto 7 DAS OBRIGAÇÕES DA IPLANRIO 7.3 A IPLANRIO obriga-se a: Notificar a CONTRATADA sobre qualquer irregularidade encontrada na execução dos serviços; Manter a CONTRATADA atualizada sobre os padrões de instalação, operação, configuração, segurança tecnológica e segurança de

8 informações adotadas na IPLANRIO, a fim de que seu pessoal técnico esteja sempre habilitado à execução dos serviços contratados; Permitir ao pessoal técnico da CONTRATADA, desde que devidamente identificado, o acesso aos equipamentos de sua propriedade, para a execução dos serviços contratados, respeitadas as normas de segurança vigentes nas suas dependências; Disponibilizar dependências físicas e lógicas para alocação da equipe técnica 7.4 No curso da execução dos serviços caberá ao Fiscal do Contrato: Fiscalizar a fiel observância das disposições do contrato; Propor às áreas competentes da IPLANRIO a aplicação de multas à CONTRATADA, pelo não cumprimento de qualquer cláusula do contrato firmado com base neste Termo de Referência; Elaborar relatório contendo as deficiências verificadas na execução dos serviços, encaminhando cópia à CONTRATADA, para a imediata correção das irregularidades apontadas, sem prejuízo de aplicação das penalidades previstas no contrato. 8 FISCALIZAÇÃO 8.1 A Fiscalização da execução do contrato caberá a Diretoria de Operações da Iplanrio, ou a quem dele preposto seja, a quem incumbirá a prática de todos e quaisquer atos próprios ao exercício desse mister,

9 definidos na legislação pertinente, em especial no RGCAF, inclusive quanto à aplicação das penalidades previstas no Edital, Contrato e na legislação em vigor e na legislação em vigor. 9 DO PRAZO 9.1 Início de Operação: A contratada deverá estar preparada para iniciar a operação no prazo de até 15 (quinze) dias corridos da data de assinatura do contrato; Também no prazo de 15 (quinze) dias da assinatura do contrato, deverá ser fornecida a relação de todos os profissionais que estarão alocados para a execução dos serviços, contendo: nome, cargo, formação e experiência profissional; A CONTRATADA terá a partir da assinatura do contrato, 180 ( cento e oitenta ) dias para o término total e entrega do projeto; 9.2 Suporte e Garantia dos Serviços: O prazo de suporte e garantia dos serviços será de 12 (doze) meses, conforme dispõe o item deste Termo de Referência. 9.3 Execução Total dos Serviços: O prazo de execução total dos serviços (incluído o suporte técnico e garantia destes) será de 12 (doze) meses, contados da assinatura do contrato, podendo ser acrescido e prorrogado por igual período, na forma dos artigos 57, inciso II, e 65, da Lei Federal n.º 8.666/93.

10 9.4 Garantia de hardware e licenças de software: O prazo de garantia dos hardwares e das licenças de software serão de 24 (vinte e quatro) meses, conforme disposto nos subitens e deste Termo de Referência. 10 CONDIÇÕES DE PAGAMENTO 10.1 Os pagamentos serão realizados, na forma do Cronograma de Desembolso Físico Financeiro previsto no item 9 deste Termo, no prazo máximo de 30 (trinta) dias contados da data da apresentação do Requerimento, Nota Fiscal, Fatura ou Duplicata devidamente atestado(a) 11 CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO FÍSICO-FINANCEIRO Percentual de Etapa Prazo pagamento, com base no valor contratado 1ª - Entrega dos equipamentos envolvidos na solução 30 (trinta) dias, a partir da assinatura do Contrato. 30% 2ª Execução, entrega dos serviços e de todos os 30 ( trinta) dias, após a conclusão do 70% requisitos estabelecidos

11 neste Termo. serviço. 12 DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 12.1 Unidade de resposta audível (URA) Deverá ser fornecido sistema de Unidade de Resposta Audível com no mínimo 30 (trinta) portas para atendimento Deverá possuir sistema de configuração e manutenção via WEB Deverá suportar arvores de atendimento utilizando as línguas Portuguesa, Espanhola e Inglesa Deverá ser fornecida sobre appliance do próprio fabricante ou servidor homologado pelo fabricando do equipamento de comutação e URA; No caso de servidor homologado, o mesmo deverá ser da marca HP, modelo BL460GEN Deverá suportar virtualização com o VMWARE Deverá suportar gerenciamento SNMP Deverá permitir a coletagem de infomações dos usuários via DTMFpara envio ao agente e para coleta de informações em banco de dados;

12 Os equipamentos deverão permitir a capacidade de detectar ANI e DNIS Deverá suportar utilização atrás ou na frente do DAC e neste último suportar espera inteligente na fila, ou seja, oferecer menus de atendimento personalizados enquanto o chamador fica na fila de espera. A assim que um agente do DAC liberar, enviar a chamada para o agente que onde a mesma passará ao controle do DAC Permitir o tratamento de serviços de voz e fax, com opção de envio de fax, a partir da mesma ligação Deverá possuir conexão com o Equipamento de Comutação Telefônica PABX/DAC, através do protocolo SIP conforme a RFC 3261, permitindo Screen Pop-up, através da transferência dos dados do cliente, para a tela do operador de forma simultânea a ligação, no caso dos serviços: Atualização cadastral; Histórico de Atendimento Deverá permitir a alteração, o desenvolvimento de menus, submenus, de novas árvores de navegação e testes, remotamente, em canais ou módulos isolados do ambiente de produção, antes da ativação e replicação das novas configurações aos outros canais e máquinas.

13 Deverá permitir o supervisionamento, a modificação da árvore de menus, a modificação do horário de atendimento, a marcação de datas como feriado e finais de semana, através de interface gráfica, sem a necessidade de reset, paralisação parcial dos grupos de portas e paralisação do Sistema de Atendimento Eletrônico Deverá permitir a inserção de novas mensagens e de novos aplicativos sem a necessidade de parada do Sistema de Atendimento Eletrônico Deverá possuir características multitarefa e multiusuário, recursos de gerência de configuração, gerência de falhas e alarmes, gerência de desempenho, gerência de segurança, gerência de inventário do software da URA, gerência de software de controle e distribuição de versão de arquivos e gerência de log de operações Acessibilidade plena para o reconhecimento de tom, em 5% das portas disponíveis, sem utilização de módulo externo, simultaneamente Deverá possuir a facilidade conhecida por cut-thru (interrupção da vocalização da mensagem), em que o cliente interrompa e escolha diretamente a opção desejada, a qualquer momento da navegação, sem necessariamente esperar que o sistema termine de listar as opções disponíveis, em todas as portas, no modo multifreqüencial.

14 12.2 INTEGRAÇÃO COM SISTEMAS EXTERNOS Possuir integração CTI utilizando protocolos de mercado para obtenção de nº de A, free seating com login único, status de fila, informação de gancho e direção da ligação Permitir integração, Discadores, CRM e outros softwares para contact centers de diversos fabricantes Fornecer API para integração com front-end do cliente para evitar que os agentes tenham dupla interface de operação para: login, gravação sob demanda e marcações pelo agente. A integração no front-end será de responsabilidade da CONTRATADA, e deverá estar previsto suporte da CONTRATADA para tal. O front end a ser integrado é o Altiris da Symantec Permitir a integração com diferentes bancos ou base de dados em uma única aplicação Suportar nativamente pelo menos os seguintes bancos : DB2, Oracle e SQL-Server Suportar integração através de Stored Procedure ou comandos SQL do tipo Select Possuir Distribuição de Chamadas e o Gerenciamento de Fila próprio.

15 Suportar a implementação de multi-serviços para cada porta da URA (receptivo, ativo,etc) Permitir que cada porta tenha uma árvore de navegação e atendimento diferente Permitir opcionalmente que determinadas mensagens sejam reproduzidas integralmente Possuir a possibilidade de implementação de menus dinâmicos conforme dia e/ou horário de atendimento Permitir mensagens variáveis confirme dia, horário e ou período de dias específico Permitir transferência automática para atendimento humano após um intervalo de tempo programável de espera por parte do usuário, sem necessidade de digitar qualquer opção do menu eletrônico ou quando ele digitar erroneamente a opção do menu por uma quantidade configurável de vezes seguidas Permitir a programação de prioridades (skills), para roteamento baseado nesta programação Permitir a transferência para grupos de atendimentos bem como para um atendente ou ramal específico Suportar funcionalidade de retorno de chamadas automático em caso de abandono da fila de espera, retornando a chamada

16 automaticamente fora do horário de pico do Call Center, seja basado em hora determinada pelo chamador ou fora dos horários de pico de operação e reservar o agente para atendimento da chamada Suportar arquitetura de alta-disponibilidade, tanto nas portas de acesso, quanto no aplicativo de gerenciamento e script das árvores de atendimento Distribuidor Automático de Chamadas Deve ser fornecido sistema de distribuição automático de chamadas para a implementação de central de atendimento com as características a abaixo; Deverá ser fornecido com duplicação de processamento, de modo que ao parar a CPU principal a secundária assuma toda a operação de forma automática, sem perda de funcionalidade Deverá implementar no mínimo 40 (quarenta) grupos de atendimento com 25 (vinte e cinco) posições de fila Deve ser adicionada 25 (vinte e cinco) licenças de agente e 02 (duas) licenças de supervisor no sistema atual.

17 Implementar roteamento de chamadas baseado em especialidade dos agentes com no mínimo 10 níveis de priorização por especialidade Deve suportar as seguintes características quantitativas: - Escalabilidade para até 500 agentes logados simultaneamente; - Até 20 especialidades por agente; - Até 90 grupos de atendimento; - Até 230 vetores; - Até 950 tabelas de vetores de roteamento; - Até 950 tabelas de feriados; Implementar roteamento de chamadas com distribuição simples, conforme a ordem dos agentes, para o agente a mais tempo sem atender uma ligação e para o agente que passou menos tempo atendendo uma ligação Implementar roteamento condicional (se/então) que faça uso de informações de contexto associadas a capacidades versáteis de seleção de recursos; Implementar sistema de manipulação de controle de agentes e chamadas que permita: a) Agente login e logout b) Atendimento de chamada automática e manual

18 c) Códigos de estado de trabalho como trabalho auxiliar, trabalho após atendimento, horário de almoço, horário de pausa, horário de lanche entre outros; d) Habilitação e desabilitação dos códigos de estados de trabalho baseados em tempo; e) Requisição de suporte ao supervisor; f) Desconexão de chamada; Suportar método de distribuição de chamadas preditivo e adaptativo trabalhando com análise dos usuários e chamadas atendidas no sistema de Contact Center e ajustando o encaminhamento das chamadas conforme análise comportamental das chamadas manipuladas no Contact Center; Implementar roteamento de chamadas baseado no melhor atendimento possível. O sistema deverá comparar as opções de roteamento de chamadas comparando tempo de atendimento, nível de serviços e especilidade e entregar a chamada visando o melhor atendimento Implementar roteamento de chamadas baseado no nível de serviço e tempo estimado de espera; Implementar função de encaminhamento de chamadas acrescidas das informações da mesma, no caso de encaminhamento

19 das chamadas para um sistema adjunto as informações digitadas no telefone pelo usuário devem ser encaminhadas em conjunto com a chamada para uso por esse sistema Suportar função de encaminhamento de chamadas para outros sistemas de atendimento adjuntos baseado em uma análise previa destes sistemas. O sistema ao receber uma chamada e colocá-la em fila, deverá fazer a análise de algum parâmetro dos sistemas adjuntos e analisar qual tem a melhor condição para atendimento da mesma. Baseado nesta analise proceder com o encaminhamento da chamada para o sistema escolhido Permitir mecanismo de maximização do nível de serviço em que o administrador possa definir uma porcentagem de chamadas que deverá ser atendidas em Y segundos, por serviço ou grupo de atendimento, sendo o valor de Y definido pelo usuário de acordo com seus objetivos de negócio e que o DAC distribua as chamadas automaticamente buscando atingir estes objetivos Permitir a alocação temporária automática de agentes para determinado grupo de atendimento. O sistema deverá alocar temporariamente agentes ociosos pertencente a outro grupo de atendimento para um grupo que esteja sobrecarregado, de forma automática, garantindo também o retorno automático do sistema às condições anteriores quando do término do momento de pico.

20 A interface do agente deve possuir barra de status com indicador de login e status do mesmo; Permitir o free-seating, ou seja, o agente pode ocupar qualquer posição de trabalho e o sistema deve manter os relatórios únicos por agente independente do ramal utilizado; O sistema deve sinalizar quando um novo contato é direcionado ao agente de forma auditiva e visual na interface do mesmo; A interface do agente deve possuir as facilidades de software de telefonia IP, bem como permitir controlar o aparelho IP do agente (mute, hold e transferência) funcionando em modo compartilhado; Através da interface do agente, deve ser possível colocar chamada em espera, transferir e efetuar conferência com o supervisor A interface do agente deve suportar a configuração de wallboard virtual na tela dos agentes onde os principais índices de atendimento do CC ou do seu grupo de atendimento possam ser monitorados pelos próprios agentes; 12.4 SISTEMA DE RELATÓRIOS

21 Deve ser fornecido sistema de gerência de chamadas, provendo relatórios com todas as informações sobre a operação da central de atendimento; Devem ser disponibilizados relatórios históricos e em tempo real sobre o desempenho da Central de Atendimento. Deverá ser possível a personalização desses relatórios; Deve ser adicionada a capacidade de monitoramento de todos os agentes simultâneos; Deve implementar acesso a interface de monitoramento de até 02 (dois) supervisores simultaneamente e suportar até x supervisores simultaneamente O sistema possuir a capacidade de armazenamento de no mínimo 1 mês com opção de backup, sendo fornecido hardware suficiente para armazenar todas as informações O sistema deve possuir interface cliente-servidor ou web para acesso aos relatórios em tempo real e históricos do sistema de gerenciamento de chamadas; O sistema deve implementar a funcionalidade de informar através de até 4 monitores externos, as estatisticas em tempo real do atendimento. Os monitores não devem ser fornecidos no escopo deste projeto.

22 O sistema deve permitir múltiplas janelas para facilitar a visualização de informações distintas como agente, grupos distintos de atendimento ou troncos de entrada/saída; Deve permitir alem da modificação de relatórios (históricos ou em tempo real), também a confecção de relatórios totalmente novos; Os relatórios devem permitir visualização das informações consolidadas por fração de hora, intervalo de horas, dia, semana e mês; O supervisor deve ser capaz de rodar outras aplicações em seu terminal enquanto monitora a Central de Atendimento; O supervisor deve ser capaz de rastrear todas as atividades de agente em ordem cronológica; As estatísticas devem acompanhar o agente quando este mudar de terminal; Relatórios em tempo real devem ser apresentados em formato gráfico e em formato analítico; O supervisor deve ser capaz de visualizar em tempo real, relatório de chamadas, atividades e status dos agentes por grupos, como: a) Número de agentes em serviço (logado); b) Número de agentes aguardando chamada;

23 c) Número de agentes não disponíveis para receber chamada; d) Número de agentes com chamadas ativas; e) Número de chamadas em espera por grupo de atendimento; f) Número de chamadas recebidas por grupo de atendimento; g) Número de chamadas atendidas por grupo de atendimento; h) Número de chamadas abandonadas por grupo de atendimento; i) Nível de serviço; j) Tempo médio de atendimento de chamadas por grupo; O supervisor deve ser capaz de visualizar em tempo real o número de agentes em cada um dos status de forma gráfica e analítica; O supervisor deve ser capaz de visualizar relatório de atividades detalhadas de um dado agente; O supervisor deve ser capaz de visualizar o estado das filas, incluindo: número de chamadas em espera, chamada há mais tempo em espera, número de chamadas atendidas, número de chamadas abandonadas, nível de serviço, etc; Deve ser possível identificar como o agente está usando o seu tempo não relacionado a Central de Atendimento, baseando-se em

24 códigos de motivos associados a atividades que não sejam relacionadas ao atendimento. Por exemplo: quanto tempo o agente fica em pausa, em treinamento, em reuniões, etc.; Deve existir no mínimo 8 (oito) códigos de motivo diferentes para atividades não relacionadas ao atendimento de chamadas; Deve ser possível identificar o número de chamadas atendidas e abandonadas dentro de um intervalo de serviço. Por exemplo, quantas chamadas foram abandonadas entre 0-5 segundos, 5-30 segundos, com possibilidade de definir no mínimo 6 (seis) intervalos; Deverá conter alarme visual ou sonoro para notificar o supervisor quando determinados parâmetros do sistema, como número de chamadas em espera, chamada há mais tempo em espera, forem excedidos (exceção); Os limites dos parâmetros devem ser definidos para agentes e filas; Deve permitir a criação de exceções e limiares diferentes entre diferentes filas e aplicativos, e não exceções e limiares definidos para o sistema inteiro; O supervisor deve ser notificado quando limites préestabelecidos de um certo parâmetro forem ultrapassados;

25 Cada supervisor deve ser notificado apenas sobre exceções em seus grupos; Caso seja necessário a um supervisor ser notificado sobre exceções de outros grupos, o sistema proposto deve permitir que o próprio supervisor peça a sua notificação; Cada supervisor deve ser notificado apenas sobre exceções em grupos que tiver permissão; O supervisor deve ser capaz de visualizar os seguintes relatórios históricos: a) Estatística chamada a chamada na rede b) Performance dos canais de acesso consolidada; c) Estatísticas dos números chamadores; d) Relatório consolidado de chamadas de entrada por grupo; e) Relatório consolidado de chamadas de saída por grupo; f) Relatório consolidado de distribuição de chamadas por grupo de atendimento; g) Relatório consolidado de performance por grupo de atendimento; h) Número de agentes em serviço (logado); i) Número de agentes aguardando chamada;

26 j) Número de agentes não disponíveis para receber chamada; k) Número de agentes com chamadas ativas; l) Número de chamadas em espera por grupo de atendimento; m) Número de chamadas recebidas por grupo de atendimento; n) Número de chamadas atendidas por grupo de atendimento; o) Número de chamadas abandonadas por grupo de atendimento; p) Nível de serviço; O sistema deve permitir a criação de relatórios com informações em tempo real e histórico integradas; Os relatórios integrados devem possuir informações das ultimas 24 horas e atualização de no mínimo 3 segundos para as informações em tempo real; O sistema de relatórios deve suportar módulo analítico que permita importar dados ou exportar dados de outros sistemas O sistema de relatório deve suportar módulo analítico que permita fazer correlação de chamadas versus parametro a ser definido pelo usuário, como por exemplo, nota de pesquisa de qualidade x tempo médio de espera; nota de pesquisa x tempo médio de atendimento, etc. afim de ajudar na análise e decisão dos objetivos do call center

27 12.5 SISTEMA DE GRAVAÇÃO O sistema de gravação deverá possuir a capacidade de gravar todos os Agentes IP s, sendo fornecido hardware suficiente para gravar e armazenar as chamadas durante 6 meses online; Deverá ser fornecido sistema de gravação total de chamadas para 25 ramais IP s com capacidade final de até 300 ramais IP s Deverá ser fornecido através de servidores de mercado e os mesmos devem ser das marcas: Dell, HP ou IBM Deverá suportar a gravação total de telas de no mínimo 25 agentes simultaneamente; A solução deve suportar gravar as atividades de tela das interações dos agentes com os clientes, o que inclui a inserção de dados, navegação de aplicações e recuperação de informação; Suportar através da captura de voz e tela, obter uma visão abrangente e objetiva das interações do cliente; O sistema de gravação digital deverá ser composto por 01 (um) gravador IP com discos rígidos redundantes;

28 O sistema deverá prover algoritmos de compressão de voz tipo ADCPM ou similar, de forma a otimizar a gravação de mensagens de voz A tecnologia de operação empregada deverá que o sistema de gravação automaticamente detecte amostra, comprima e armazene o áudio em mídias on-line e off line para futura pesquisa e reprodução das gravações; O sistema operacional do servidor de gravação deverá estar ambientado em plataforma Windows 2003 ou outro sistema operacional homologado pelo fabricante; A gravação, reprodução e gerenciamento do sistema deverão ocorrer de forma simultânea, sem prejuízo das gravações em curso; As gravações deverão identificar o agente/agente do Call Center, numero de A (chamador); Deverá a visualização, diretamente na tela de operação da estação de supervisão, o status da operação de cada canal (gravando, desativado ou inativo) e da taxa de ocupação do disco rígido; Deverá possuir opções de software para acesso remoto, trazendo as gravações para pelo menos 10 (dez) estações de trabalho através da rede local (LAN);

29 O sistema de gravação deverá ser implementado para que o supervisor encontre de forma rápida e eficiente os arquivos de gravação que não se encontram armazenados no disco rígido e indicar a mídia adequada para reprodução; Deverá permitir o envio do arquivo de gravação através de e- mail ou via ambiente de rede LAN para reprodução; O sistema deverá possuir níveis de acesso (senhas) diferenciados para operação e permitir a criação de níveis customizados O sistema de gravação deverá armazenar as informações referentes aos arquivos de gravação em disco rígido, e utilizando a filosofia tipo "FIFO" (First In First Out), ou seja, completada a capacidade nominal da mídia, o sistema deverá passar a descartar as gravações mais antigas, ocupando nesse espaço a gravação atual; O sistema de gravação deverá prover backup automático das gravações quando um dos fatores abaixo ocorrerem: a) Agenda diária, no mínimo, com horários definidos; e, b) Solicitação direta do administrador do sistema Após a realização do backup o sistema permite que o administrador do gravador possa optar por remover, manual ou automaticamente, do HD o que foi gravado ( backapeado ).

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul 1 ANEXO VII QUADRO DE QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DOS ITENS Item Produto Quantidade 1 Aparelhos IP, com 2 canais Sip, visor e teclas avançadas, 2 70 portas LAN 10/100 2 Servidor com HD 500G 4 GB memória

Leia mais

TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM IP Guia de Funcionalidades com n-iplace

TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM IP Guia de Funcionalidades com n-iplace Tactium Tactium IP IP TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de

Leia mais

TACTIUM IP com Integração à plataforma Dígitro EasyCall. Guia de Funcionalidades. Tactium IP IP

TACTIUM IP com Integração à plataforma Dígitro EasyCall. Guia de Funcionalidades. Tactium IP IP IP TACTIUM IP com Integração à plataforma Dígitro EasyCall Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de uso dos recursos

Leia mais

Tactium IP. Tactium IP. Produtividade para seu Contact Center.

Tactium IP. Tactium IP. Produtividade para seu Contact Center. TACTIUM IP com Integração à plataforma Asterisk Vocalix Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de uso dos recursos

Leia mais

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA 1. Implantação de Sistema de Call Center 1.1. O software para o Call Center deverá ser instalado em servidor com sistema operacional Windows (preferencialmente

Leia mais

Governo do Estado do Acre Secretaria de Estado de Planejamento Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação DTIC

Governo do Estado do Acre Secretaria de Estado de Planejamento Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação DTIC Especificações de Referência Central Telefônica Código do Objeto TOIP00008 Descrição do Objeto Central Telefônica Data da Especificação de Referência Outubro de 2013 Validade da Especificação de Referência

Leia mais

vdt IP PBX e CONTACT CENTER

vdt IP PBX e CONTACT CENTER vdt IP PBX e CONTACT CENTER CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS Configuração Híbrida : PAs via Softphones, Telefones analógicos, Telefones IP Fax em e-maill Aúdio e Vídeo conferência Mobilidade (ramais e agentes

Leia mais

Sistema M75S. Sistema de comunicação convergente

Sistema M75S. Sistema de comunicação convergente Sistema M75S Sistema de comunicação convergente O sistema M75S fabricado pela MONYTEL foi desenvolvido como uma solução convergente para sistemas de telecomunicações. Com ele, sua empresa tem controle

Leia mais

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES O sistema digital de radiocomunicação será constituído pelo Sítio Central, Centro de Despacho (COPOM) e Sítios de Repetição interligados

Leia mais

Guia do Usuário. PCtel E1

Guia do Usuário. PCtel E1 Guia do Usuário PCtel E1 Conteúdo Conhecendo o Produto...05 Instalação Física...08 Módulo Supervidor...10 Política de Garantia...12 Aspectos gerais Conhecendo o produto A Pctel desenvolveu uma plataforma

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

Manual de usuário MaxDialer Versão 1.0.2

Manual de usuário MaxDialer Versão 1.0.2 Manual de usuário MaxDialer Versão 1.0.2 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. LOGIN... 3 3. Cadastro... 3 3.1. Máquinas... 4 3.2. Tipo Telefone... 5 3.3. Feriados... 6 3.4. Campanhas... 7 3.5. Usuários... 16

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Constitui objeto da presente licitação o registro de preços para implantação de sistema de telefonia digital (PABX) baseado em servidor IP, com fornecimento

Leia mais

Comunicação interligando vidas

Comunicação interligando vidas Comunicação interligando vidas APRESENTAÇÃO E PROPOSTA COMERCIAL 1. INTRODUÇÃO O presente documento contém o projeto técnico comercial para prestação dos serviços de locação, suporte, consultorias da área

Leia mais

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa.

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. PABX Digital PABX Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. O ACTIVE IP é PABX inovador que possibilita a utilização da telefonia IP e convencional garantindo eficiência

Leia mais

CoIPe Telefonia com Tecnologia

CoIPe Telefonia com Tecnologia CoIPe Telefonia com Tecnologia A proposta Oferecer sistema de telefonia digital com tecnologia que possibilita inúmeras maneiras de comunicação por voz e dados, integrações, recursos e abertura para customizações.

Leia mais

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Documento confidencial Reprodução proibida 1 Introdução Em um mundo onde as informações fluem cada vez mais rápido e a comunicação se torna cada vez mais

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS OBRIGATÓRIOS

ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS OBRIGATÓRIOS ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS OBRIGATÓRIOS 1. Infra-Estrutura A CONTRATADA será responsável por todas as instalações físicas, incluindo nesta relação os serviços de manutenção e toda a estrutura necessária

Leia mais

Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo:

Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo: Termo de Referência: Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo: Item Descrição Qtdade 1 MCU Dedicada 1 2 Terminal de Vídeo-conferência para salas de médio porte

Leia mais

https://mail.tjam.jus.br/h/printmessage?id=26493&tz=america/guyana

https://mail.tjam.jus.br/h/printmessage?id=26493&tz=america/guyana Page 1 of 5 Zimbra adriano.soares@tjam.jus.br Resposta ao Parecer Técnico do PE 046-2013 De : James Guedelha Assunto : Resposta ao Parecer Técnico do PE 046-2013 Para : Adriano

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 6.0 Instalando o Software Call Rec 7.0 Configuração do Software Call

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL)

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL) REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital do Pregão Eletrônico nº. 028/2015, Processo Administrativo nº 27831/2013, cujo objeto é a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de

Leia mais

www.smartptt.com.br e-mail: info@smartptt.com.br O SOFTWARE MOTORBO Suporte: e-mail: suporte@smartptt.com.br Suporte: Fone: +55 11 2914-3040

www.smartptt.com.br e-mail: info@smartptt.com.br O SOFTWARE MOTORBO Suporte: e-mail: suporte@smartptt.com.br Suporte: Fone: +55 11 2914-3040 O SOFTWARE MOTORBO Um sistema de controle de comunicações moderno não é composto apenas de hardware. Atualmente, software tem papel primordial. Com ele, é possível extrair todo o potencial disponibilizado

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA Outubro de 2013 1 1 OBJETO Prestação de Serviço de Manutenção da licença

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA NÚMERO / DATA 03/2010 ORIGEM ER05

TERMO DE REFERÊNCIA NÚMERO / DATA 03/2010 ORIGEM ER05 1.OBJETO...2 2.JUSTIFICATIVA DA NECESSIDADE DA CONTRATAÇÃO...2 3.REQUISITOS DO OBJETO...2 4.FASES DE IMPLEMENTAÇÃO E PRAZOS... 8 1 1. OBJETO 1.1.Aquisição de 01 (uma) Central Privada de Comutação Telefônica,

Leia mais

Manual do Radioserver

Manual do Radioserver Manual do Radioserver Versão 1.0.0 Alex Farias (Supervisão) Luiz Galano (Comercial) Vinícius Cosomano (Suporte) Tel: (011) 9393-4536 (011) 2729-0120 (011) 2729-0120 Email: alex@smartptt.com.br suporte@smartptt.com.br

Leia mais

Manual do Usuário de Telefone Analógico. Revisão 1.0 Julho 2010

Manual do Usuário de Telefone Analógico. Revisão 1.0 Julho 2010 Manual do Usuário de Telefone Analógico Revisão 1.0 Julho 2010 DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE A NEC reserva-se o direito de modificar as especificações, funções ou características a qualquer hora e sem

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

www.easyinformatica.com.br (42)3226-5606

www.easyinformatica.com.br (42)3226-5606 www.easyinformatica.com.br (42)3226-5606 SOLUÇÃO VOIP PARA PROVEDORES DE INTERNET 0800 VoIP Revenda Telefonia VoIP Central de Atendimento ao cliente REVENDA TELEFONIA VOIP Aumente seus lucros, lucro de

Leia mais

Pedido de Esclarecimento 01 PE 12/2011

Pedido de Esclarecimento 01 PE 12/2011 Pedido de Esclarecimento 01 PE 12/2011 Questionamento 1 : 20.1.1.2 - Sistema de telefonia IP ITEM 04 - Deve ser capaz de se integrar e gerenciar os gateways para localidade remota tipo 1, 2 e 3 e a central

Leia mais

Serviço Corporativo de Telefonia IP

Serviço Corporativo de Telefonia IP Universidade Federal de Santa Catarina Pró-Reitoria de Planejamento Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação Departamento de Tecnologia da Informação e Redes Serviço

Leia mais

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX)

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX) ANEXO 2 INFORMAÇÕES GERAIS VISTORIA 1. É obrigatória a visita ao hospital, para que a empresa faça uma vistoria prévia das condições, instalações, capacidade dos equipamentos, migração do software e da

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 6.0 Instalando o Software Rec-All mono 7.0 Configuração do Software

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 Londrina, 07 de outubro de 2015. EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 OBJETO: Art.1º. Constitui objeto desta licitação a aquisição de 01 (uma) Plataforma de Solução

Leia mais

200.1045.00-4 REV 020

200.1045.00-4 REV 020 Manual do Usuário VoIP XT-50 200.1045.00-4 REV 020 Sumário 1. Introdução...3 1.1. Hardware...3 1.2. Software...4 2. Configurador WEB...4 2.1. Login...4 2.2. Informações do Sistema...5 2.3. Agenda...5 2.4.

Leia mais

Contact@Net 300. Contact@Net 300 é uma poderosa Solução para Centrais de Atendimento (Call Center) totalmente integrada ao SOPHO is3000.

Contact@Net 300. Contact@Net 300 é uma poderosa Solução para Centrais de Atendimento (Call Center) totalmente integrada ao SOPHO is3000. Contact@Net 300 Com o objetivo de maximizar a interação com o cliente, otimizar o serviço prestado e gerar novas receitas, várias empresas estão investindo cada vez mais em centrais de atendimento, dedicando

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

ESCLARECIMENTO IV EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 883/2014

ESCLARECIMENTO IV EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 883/2014 ESCLARECIMENTO IV EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 883/2014 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO IV referente ao edital de licitação acima relacionado,

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

IP Phone Series IPS 300. 3 linhas. Conexão Gigabit Ethernet. LCD de 128 x 64 pixels. HD Voice. Suporte a PoE (Power Over Ethernet)

IP Phone Series IPS 300. 3 linhas. Conexão Gigabit Ethernet. LCD de 128 x 64 pixels. HD Voice. Suporte a PoE (Power Over Ethernet) IPS 300 IP Phone Series IPS 300 3 linhas Conexão Gigabit Ethernet LCD de 128 x 64 pixels HD Voice Suporte a PoE (Power Over Ethernet) A nova geração de Telefones IP inteligentes da Khomp, foi desenvolvida

Leia mais

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Requisito Descrição 6.1 - Produtos de Hardware 6.1.1. GRUPO 1 - IMPRESSORA TIPO I (MONOCROMÁTICA 20PPM - A4) 6.1.1.1. TECNOLOGIA DE IMPRESSÃO 6.1.1.1.1.

Leia mais

Aparelho Digital Meridian M3902. Guia de Operações Básicas

Aparelho Digital Meridian M3902. Guia de Operações Básicas Aparelho Digital Meridian M3902 Guia de Operações Básicas ÍNDICE: ANTES DE COMEÇAR Instruções gerais do aparelho: 2 Para fazer uma chamada: 4 Para receber uma chamada: 4 Transferência de ligações: 4 Procure

Leia mais

Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network)

Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network) Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network) 1. Objeto: 1.1. Contratação de uma Solução de rede de comunicação local (LAN) para interligar diferentes localidades físicas e os segmentos de

Leia mais

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA Pioneirismo tecnológico e FLEXIBILIDADE na migração O é uma plataforma de comunicação convergente, aderente às principais necessidades das

Leia mais

Será que o número de linhas e o número de atendentes do meu serviço de atendimento está adequado?

Será que o número de linhas e o número de atendentes do meu serviço de atendimento está adequado? Alguma vez você você já deve ter se perguntado... Será que o número de linhas e o número de atendentes do meu serviço de atendimento está adequado? Quantos clientes minha empresa atende, por dia, por hora,

Leia mais

Intelbras GKM 2210T. 1. Instalação

Intelbras GKM 2210T. 1. Instalação 1 Intelbras GKM 2210T 1. Instalação 1º Conecte a fonte de alimentação na entrada PWR, o LED Power acenderá; 2º Conecte a porta WAN do GKM 2210 T ao seu acesso à internet (porta ethernet do modem). O LED

Leia mais

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR fevereiro/2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 QUEM SOMOS?... 4 3 PRODUTOS... 5 3.1 SMS... 6 3.2 VOZ... 8 3.3 INFRAESTRUTURA... 12 3.4 CONSULTORIA... 14 4 SUPORTE... 14

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

IP Phone Series IPS 212. 2 linhas e 12 teclas de memória. LCD de 128 x 64 pixels. HD Voice

IP Phone Series IPS 212. 2 linhas e 12 teclas de memória. LCD de 128 x 64 pixels. HD Voice IPS 212 IP Phone Series IPS 212 2 linhas e 12 teclas de memória LCD de 128 x 64 pixels HD Voice IPS é a nova geração de telefones IP inteligentes da Khomp. Destinados a substituir os terminais tradicionais

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL NOVO TERMO DE REFERÊNCIA

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL NOVO TERMO DE REFERÊNCIA 1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL A PREGOEIRA DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL 05 comunica aos interessados que o Pregão acima mencionado,

Leia mais

Projeto Básico - Prestação de Serviços

Projeto Básico - Prestação de Serviços Diretoria de Tecnologia Gerência de Fornecimento de TI Projeto Básico - Prestação de Serviços 1. Objeto: 1.1 Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de escuta de gravações e monitoração

Leia mais

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes.

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. A revolução na comunicação da sua empresa. mobilidade mobilidade Voz Voz vídeo vídeo

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

Guia do Usuário. Embratel IP VPBX

Guia do Usuário. Embratel IP VPBX Índice Guia do Usuário EMBRATEL IP VPBX 3 Tipos de Ramais 4 Analógicos 4 IP 4 FACILIDADES DO SERVIÇO 5 Chamadas 5 Mensagens 5 Bloqueio de chamadas 5 Correio de Voz 5 Transferência 6 Consulta e Pêndulo

Leia mais

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA Flexibilidade e ECONOMIA A configuração da plataforma Active IP é bastante versátil. Por ser modular, o Active IP permite o uso de diferentes

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 Conteúdo 1. LogWeb... 3 2. Instalação... 4 3. Início... 6 3.1 Painel Geral... 6 3.2 Salvar e Restaurar... 7 3.3 Manuais... 8 3.4 Sobre... 8 4. Monitoração... 9 4.1 Painel Sinóptico...

Leia mais

MODULO SERVIDOR DE GERENCIAMENTO DE CHAVES DE ENCRIPTAÇÃO AÉREA OTAR P25, FASE 2

MODULO SERVIDOR DE GERENCIAMENTO DE CHAVES DE ENCRIPTAÇÃO AÉREA OTAR P25, FASE 2 MODULO SERVIDOR DE GERENCIAMENTO DE CHAVES DE ENCRIPTAÇÃO AÉREA OTAR P25, FASE 2 Servidor de Gerenciamento de Chaves de Encriptação Aérea (Criptofonia) OTAR (Over The Air Rekeying), para emprego na rede

Leia mais

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet.

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. Prezado Cliente, A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. No Padrão 9 você encontrará novas funcionalidades, além de alterações

Leia mais

HiPath 1100 A melhor solução em comunicação para pequenas e médias empresas.

HiPath 1100 A melhor solução em comunicação para pequenas e médias empresas. HiPath 1100 A melhor solução em comunicação para pequenas e médias empresas. www.siemens.com.br A linha de equipamentos que proporciona à sua empresa uma solução em comunicação com qualidade e garantia

Leia mais

DAS CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS

DAS CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS TERMO DE REFERÊNCIA DO OBJETO Contratação de empresa especializada para elaboração de projeto, fornecimento de materiais e instalação de Circuito Fechado de TV (CFTV) para o Museu da Língua Portuguesa.

Leia mais

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada.

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada. 2. Conecte a porta WAN do GKM 2210 T ao seu acesso à internet (porta ethernet do modem). O LED WAN acenderá; 3. Conecte a porta LAN à placa de rede do PC. O LED LAN acenderá; 4. Conecte o(s) telefone(s)

Leia mais

SOPHO Dterm. Telefones Executivos Digitais* Benefícios. Melhore o desempenho dos seus negócios

SOPHO Dterm. Telefones Executivos Digitais* Benefícios. Melhore o desempenho dos seus negócios SOPHO Dterm Telefones Executivos Digitais* Benefícios Possibilidade de escolha entre quatro modelos que oferecem serviços customizados e desempenho que atendem suas necessidades Recursos importantes acessíveis

Leia mais

A Simples IP agradece a oportunidade de apresentação desta proposta de prestação de serviços.

A Simples IP agradece a oportunidade de apresentação desta proposta de prestação de serviços. Ao INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ALGODÃO A/C: Sr. Claudio Fone: (65) 3321-6455 claudiopozzebom@imamt.com.br PROPOSTA COMERCIAL INSTITUTO MATOGROSSENSE DO ALGODÃO Cuiabá, 18 de Setembro de 2013. 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

Solução de Telecomunicação IP Case - TJDFT. A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br

Solução de Telecomunicação IP Case - TJDFT. A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br Solução de Telecomunicação IP Case - TJDFT A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br Introdução A A.Telecom participou da licitação de atualização da planta de telecomunicação do TJDFT (Tribunal

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage

Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage Apresentação Epaminondas de Souza Lage Epaminondas de Souza Lage popo@planetarium.com.br Formado em Engenharia Elétrica com ênfase em Sistemas Industriais

Leia mais

HP Router Advanced Implementation

HP Router Advanced Implementation HP Router Advanced Implementation Dados técnicos O HP Router Advanced Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto ao Cliente e na análise dos equipamentos existente,

Leia mais

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Empresa Municipal de Informática S.A. - IplanRio Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A ANEXO IV

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A ANEXO IV 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AS POSIÇÕES DE TELEATENDIMENTOS E POSIÇÕES DE SUPERVISÃO. 1.1. As especificações técnicas descrias neste ANEXO, são destinadas aos teleatendimento telefônico e outros meios

Leia mais

sentinela A plataforma completa para segurança corporativa LINHA Interceptação Monitoração Gravação Relatórios Gestão Tarifação

sentinela A plataforma completa para segurança corporativa LINHA Interceptação Monitoração Gravação Relatórios Gestão Tarifação LINHA sentinela Interceptação Monitoração Gravação Relatórios LINHA sentinela Gestão Tarifação A plataforma completa para segurança corporativa O Sentinela é uma plataforma de segurança voltada para telefonia

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO referente ao edital de licitação acima relacionado, conforme

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 1 DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de solução avançada de backup desduplicado, com serviços de assistência técnica e capacitação, visando a integração

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

Conceitos. Qual é a infra-estrutura de um Call Center? Uma central de atendimento é composta por:

Conceitos. Qual é a infra-estrutura de um Call Center? Uma central de atendimento é composta por: 1 Conceitos Call Center - O que é? Denominamos Call Center ou Central de Atendimento ao conjunto de soluções e facilidades (Equipamentos, Sistemas e Pessoal) que tem como objetivo fazer o interface entre

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses.

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses. Anexo I 1 DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013 1.1 Prestação de serviços de renovação, para atualização de 32 (trinta e duas) licenças, do software de virtualização VMware vsphere

Leia mais

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro)

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) 1 HTVix HA 211 1. Interfaces Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) Conector RJ11 para conexão de aparelho telefônico analógico ou o adaptador para telefone e rede de telefonia convencional

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Registro de Preços para prestação de serviço de atualização de licenças de uso do produto Citrix Xenapp, aquisição de novas licenças, subscrição e suporte ao software Citrix e suporte

Leia mais

Manual de Instalação IREC100 1.5

Manual de Instalação IREC100 1.5 Manual de Instalação IREC100 1.5 Este documento consiste em 16 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Julho de 2009. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

IP Phone Series. Características e Benefícios: IPS 212. 2 linhas e 12 memórias. LCD de 128 x 64 caracteres. HD Voice

IP Phone Series. Características e Benefícios: IPS 212. 2 linhas e 12 memórias. LCD de 128 x 64 caracteres. HD Voice IPS 212 IP Phone Series IPS 212 2 linhas e 12 memórias LCD de 128 x 64 caracteres HD Voice O IPS 212 é uma nova geração de telefones IP inteligentes para substituir os terminais tradicionais de mesa de

Leia mais

IP Phone Series IPS 200. 2 linhas. LCD de 128 x 64 pixels. HD Voice

IP Phone Series IPS 200. 2 linhas. LCD de 128 x 64 pixels. HD Voice IPS 200 IP Phone Series IPS 200 2 linhas LCD de 128 x 64 pixels HD Voice A nova geração de Telefones IP inteligentes da Khomp, foi desenvolvida para substituir os terminais tradicionais de mesa, através

Leia mais

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com.

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com. Tactium Tactium CRManager CRManager TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades 1 O TACTIUM CRManager é a base para implementar a estratégia de CRM de sua empresa. Oferece todo o suporte para personalização

Leia mais

Servidor de Gerenciamento de Chaves de Encriptação Aérea OTAR

Servidor de Gerenciamento de Chaves de Encriptação Aérea OTAR Servidor de Gerenciamento de Chaves de Encriptação Aérea OTAR P25 Fase 1 Requisitos Gerais Servidor de Gerenciamento de Chaves de Encriptação (Criptofonia) OTAR (Over The Air Rekeying), para emprego na

Leia mais

Módulo Contact Solution

Módulo Contact Solution Módulo Contact Solution O Contact Solution é uma ferramenta completa e customizável de fácil utilização para análise dos registros de sua central de atendimento (Contact Center), com possibilidade de efetuar

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO: para atender as necessidades da Câmara Municipal de Canoas/RS. 2. OBJETO: O objeto da presente licitação, na modalidade

Leia mais

HiPath 1100. Communication for the open minded. Produto Beneficiado pela Legislação de Informática

HiPath 1100. Communication for the open minded. Produto Beneficiado pela Legislação de Informática HiPath 1100 A linha de equipamentos que proporciona à sua empresa uma solução em comunicação com qualidade e garantia de economia, eficiência e agilidade no atendimento. Produto Beneficiado pela Legislação

Leia mais

FASTDIALER DISCADOR E URA ATIVA PARA CALLCENTERS

FASTDIALER DISCADOR E URA ATIVA PARA CALLCENTERS FASTDIALER DISCADOR E URA ATIVA PARA CALLCENTERS MANUAL DO SISTEMA versão 26/Novembro/2010 FASTDIALER MANUAL DO SISTEMA Página 1 / 16 FASTDIALER O FASTDIALER é um discador automático e ura ativa de alto

Leia mais

------------------------------------------------------------------------- *** Recuperação de senha através do link:

------------------------------------------------------------------------- *** Recuperação de senha através do link: YEALINK SIP-T22P SÍNTESE DE FUNCIONALIDADES VOIP Função de Teclas Permitir aos usuários o acesso ao Voice Mail; Redirecionar ligações ao se ausentar; CUIDADO; (ativa o último nº registrado na memória)

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 096/2015 - LICITAÇÃO N.º063/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA; EXCLUSIVO PARA ME S E EPP

Leia mais

Proposta para Prestação de Serviços

Proposta para Prestação de Serviços Proposta para Prestação de Serviços Implantação de uma Central Telefônica PABX ou IPBX Implantação de Link Digital E1 com 30 canais + 40 números DDR Implantação de Link de Internet Implantação de um software

Leia mais

Manual do Usuário - Telefone e Facilidades. www.integrati.com.br

Manual do Usuário - Telefone e Facilidades. www.integrati.com.br Manual do Usuário - Telefone e Facilidades www.integrati.com.br Introdução Esta apresentação foi elaborada para auxiliá-lo na utilização do novo sistema de telefonia Alcatel-Lucent. A seguir apresentaremos

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regulamentares, e tendo em vista o que consta do Processo

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011 1. Quantos feixes digitais do tipo E1 R2MFC, deverão ser fornecidos? RESPOSTA: De acordo com a área técnica solicitante dos serviços, deverão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix, e, atualização de novas versões e das vulnerabilidades detectáveis.

Leia mais

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 013/2015

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 013/2015 QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 013/2015 Questionamento 01 Do TR - O sistema de Contact Center deverá ser composto de solução de telefonia comutada, do tipo PABX digital, temporal, controlada por programa

Leia mais

Voice Frame. ...Conhecimento, Comunicação, Convergência! Apresentação

Voice Frame. ...Conhecimento, Comunicação, Convergência! Apresentação ...Conhecimento, Comunicação, Convergência! Voice Frame Apresentação Voice Frame é uma plataforma de "voice-processing" e "messaging" baseada em tecnologia Computer Telephony destinada à aplicações "mission-critical"

Leia mais

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens Aprenda a Trabalhar com Telemensagens 5 Incluindo dicas de Cestas, Flores, Presentes e Internet Do Iniciante ao Profissional www.as2.com.br 1 Aprenda a Trabalhar com Telemensagens FASCÍCULO 5 Adquira o

Leia mais