PESQUISA ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - MARÇO DE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PESQUISA ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - MARÇO DE 2013 -"

Transcrição

1 PESQUISA DE ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - -

2 Pesquisa de Aluguéis de Imóveis em Goiânia Índice Apresentação... pág. 02 Objetivo... pág. 02 Metodologia... pág. 02 Contratos reajustados e indicadores econômicos... pág. 03 Oferta de imóveis... pág. 04 Velocidade de locação... pág. 05 Taxa de administração... pág. 06 Taxa de intermediação... pág. 07 Fiança locatícia Contratos em carteira... pág. 08 Fiança locatícia Novos contratos... pág. 09 Prazos de pagamentos de aluguéis... pág. 10 Taxa de inadimplência... pág. 11 Contratos em mora... pág. 12 Contratos em carteira... pág. 13 Imóveis ofertados por tipo... pág. 14 1

3 8 Pesquisa de Aluguéis de Imóveis em Goiânia APRESENTAÇÃO A PESQUISA DE ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA é a consolidação de um levantamento de dados extraídos mensalmente de todos os contratos de alugueis das carteiras de 26 imobiliárias de Goiânia, que utilizam o sistema operacional Assâmis Software. Os dados coletados registram as características: tipo, setor, número de quartos, valores das ofertas de aluguel; não sendo coletados dados identificadores dos endereços dos imóveis, dos locadores, dos locatários e nem das administradoras de imóveis, garantindo assim o aspecto confidencial de suas políticas comerciais. OBJETIVO Criar um banco de informações mensalmente atualizadas sobre o mercado imobiliário de aluguéis em Goiânia, que possa constituir-se em um documento de referência e de consulta especialmente às imobiliárias, aos corretores de imóveis, aos locadores, aos locatários, aos meios de comunicação e à sociedade em geral. METODOLOGIA Nos 3 (três) primeiros dias úteis de cada mês, um funcionário da Assâmis Software visita as 26 imobiliárias selecionadas, colhe os dados sobre aluguéis referentes ao mês anterior, consolida-os em arquivo eletrônico único, repassa-os ao IPPE, que os transforma em informações tabuladas e gráficas. Os dados representados por médias nesta estatística com valores abaixo de 0,50 foram arredondados para o numeral "0" e os dados com valores entre 0,50 e 0,99 foram arredondados para o numeral "1". Na pesquisa de alugueis do mês de MARÇO/13 foram coletados dados de: contratos de imóveis alugados; e imóveis ofertados para aluguel; Consolidados em: 13 tabelas; 12 gráficos; 2

4 PESQUISA DE ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA CONTRATOS RENOVADOS E INDICADORES ECONÔMICOS TOTAL CONTRATOS RENOVADOS MÉDIA POR IMOBILIÁRIA PREÇO MÉDIO ÍNDICES ACUMULADOS EM 12 MESES REAJUSTE DE ALUGUEIS IPC GOIÂNIA CUB GOIÁS IGP-M BRASIL MAR/ ,79 8,55 6,74 7,31 3,23 ABR/ ,61 5,82 6,93 6,73 3,65 MAI/ ,54 4,44 7,25 1,81 4,26 JUN/ ,91 4,29 7,45 2,25 5,14 JUL/ ,63 9,05 7,98 9,43 6,67 AGO/ ,49 9,92 8,11 9,05 7,72 SET/ ,22 11,25 8,79 8,57 8,07 OUT/ ,19 8,77 9,64 7,84 7,52 NOV/ ,01 9,20 9,24 7,97 6,96 DEZ/ ,40 10,09 9,63 8,42 7,82 JAN/ ,99 8,84 9,56 8,05 7,91 FEV/ ,33 10,61 10,08 7,99 8,29 MAR/ ,22 8,99 10,29 7,97 8,06 Como podemos observar na tabela acima o índice de reajuste anual dos contratos de aluguéis renovados em Março/13 foi de (8,99%). Observando o preço médio do aluguel nos contratos renovados vemos que neste mês ele foi de R$1.513,22, o segundo maior valor dos últimos 12 meses. 14% 13% 12% 11% 10% 9% 8% 7% 6% 5% 4% 3% 2% 1% CONTRATOS RENOVADOS E INDICADORES ECONÔMICOS 8,99% REAJUSTE DE ALUGUEIS 10,29% 7,97% 8,06% IPC GOIÂNIA CUB GOIÁS IGP-M BRASIL O gráfico ao lado nos mostra um comparativo entre o índice de reajuste anual dos contratos de aluguéis de imóveis renovados no mês de Março/13 com alguns dos principais indicadores econômicos utilizados pelo mercado no mesmo período. No mês de Março/13 o índice de REAJUSTE DE ALUGUÉIS DE GOIÂNIA (8,99%) foi o índice com o segundo maior valor dentre os quatro índices considerados nesta pesquisa. O IPC-GOIÂNIA (10,29%) teve um pequeno aumento em relação ao valor do mês anterior e com isso passou a ter o maior valor dentre os quatro índices. Já o CUB-GOIÁS (7,97%) obteve uma pequena queda em relação ao valor do mês anterior e tem agora o menor valor acumulado em 12 meses. O IGP-M BRASIL (8,06%) manteve-se com o terceiro maior valor dentre os quatro índices aqui considerados. 3

5 TOTAL MÉDIA POR IMOBILI ÁRIA PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIÂNIA OFERTAS DE IMÓVEIS OFERTA DE IMÓVEIS VAR. % PREÇO MÉDIO DO ALUGUEL RESIDENCIAIS COMERCIAIS R$ VAR. % % % MAR/ ,26-52% 48% ABR/ , ,21 1,68 52% 48% MAI/ , ,03-2,13 52% 48% JUN/ , ,87 3,78 52% 48% JUL/ , ,00-0,84 52% 48% AGO/ , ,02-7,11 54% 46% SET/ , ,18 5,40 53% 47% OUT/ , ,48-0,79 54% 46% NOV/ , ,68 1,44 53% 47% DEZ/ , ,73-1,80 53% 47% JAN/ , ,71 3,67 52% 48% FEV/ , ,78-0,26 54% 46% MAR/ , ,69-0,73 53% 47% Observando o histórico do PREÇO MÉDIO DO ALUGUEL para imóveis ofertados, podemos verificar que nos últimos 12 meses o maior valor registrado foi do mês de Junho/12 com R$ 1.531,87, já o menor valor ocorreu em Agosto/12 com R$ 1.411,02. Se observarmos atentamente os dois gráficos ao lado podemos perceber uma tendência no comportamento das OFERTAS DE IMÓVEIS em relação ao PREÇO MÉDIO DO ALUGUEL. Quando a oferta aumenta o preço médio diminui, quando a oferta diminui o preço médio aumenta, ou seja, considerando-se que existe um intervalo de tempo para a reação, as duas variáveis - ofertas e preço médio - têm tendência inversamente proporcional na maior parte do tempo Na série histórica ao lado observa-se que em Março/13 houve um aumento de 2,84% na quantidade de imóveis ofertados para aluguel se compararmos ao mês anterior. Quanto ao tipo de imóvel ofertado em Março/13 verifica-se que 53% deles foram destinados às atividades residenciais e 47% foram destinados às atividades comerciais, industriais e outras. Fato interessante verifica-se no equilíbrio desse histórico que tem uma média em 12 meses bastante constante, mantendo-se sempre por volta de 53% para residenciais e 47% para comerciais. OFERTAS DE IMÓVEIS PREÇO MÉDIO DO ALUGUEL 4

6 PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIÂNIA VELOCIDADE MENSAL DE LOCAÇÃO OFERTADOS CONTRATADOS VELOCIDADE PERÍODO MÉDIA POR MÉDIA POR MENSAL DE TOTAL TOTAL IMOBILIÁRIA IMOBILIÁRIA LOCAÇÃO MAR/ ,94% ABR/ ,75% MAI/ ,14% JUN/ ,64% JUL/ ,58% AGO/ ,22% SET/ ,85% OUT/ ,03% NOV/ ,45% DEZ/ ,36% JAN/ ,74% FEV/ ,48% MAR/ ,06% MÉDIA EM 12 MESES ,84% VELOCIDADE MENSAL DE LOCAÇÃO 100,00% 80,00% 60,00% 40,00% 20,00% 0,00% A velocidade mensal de locação é medida na razão direta da quantidade mensal de imóveis contratados pela quantidade mensal de imóveis ofertados. Verificamos que em Março/13 a velocidade de locação foi de 15,06%, isso significa que, neste ritmo de contratação, o tempo que se levaria para contratar todo o estoque de imóveis disponíveis hoje para aluguel nas carteiras das imobiliárias pesquisadas seria de mais de 6 meses. A média da velocidade mensal de locação nos últimos 12 meses foi de 14,84%. 5

7 PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIANIA TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO IMÓVEIS EM CARTEIRA TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO NOVOS CONTRATOS VARIAÇÃO DOS NOVOS CONTRATOS MAR/12 8,42% 8,82% 0,40% ABR/12 8,39% 7,80% -0,59% MAI/12 8,37% 9,44% 1,07% JUN/12 8,37% 9,46% 1,09% JUL/12 8,34% 8,84% 0,50% AGO/12 8,30% 9,20% 0,90% SET/12 8,27% 7,96% -0,31% OUT/12 8,10% 8,76% 0,66% NOV/12 8,10% 8,98% 0,88% DEZ/12 8,11% 9,38% 1,27% JAN/13 7,94% 9,21% 1,27% FEV/13 7,98% 9,03% 1,05% MAR/13 7,81% 5,20% -2,61% MÉDIA EM 12 MESES 8,17% 8,61% 0,43% TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO 15,00% 14,00% 13,00% 12,00% 11,00% 10,00% 9,00% 8,00% 7,00% 6,00% 5,00% 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% MAR/12 ABR/12 MAI/12 JUN/12 JUL/12 AGO/12 SET/12 OUT/12 NOV/12 DEZ/12 JAN/13 FEV/13 MAR/13 IMÓVEIS EM CARTEIRA NOVOS CONTRATOS A tabela acima nos mostra que no mês de Março/13 o valor da Taxa de Administração nos Imóveis em Carteira foi de 7,81% e nos Novos Contratos foi de 5,20% uma diferença de -2,61%. Se observarmos o histórico podemos constatar que houve um equilíbrio muito grande nos valores dessas duas taxas como pode ser visto na média dos últimos 12 meses da tabela e também na série histórica do gráfico. 6

8 TOTAL DE NOVOS CONTRATOS PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIANIA TAXA DE INTERMEDIAÇÃO NOS NOVOS CONTRATOS MÉDIA POR IMOBILIÁRIA TOTAL DE NOVOS COM TAXA DE INTERMEDIAÇÃO NOVOS CONTRATOS MÉDIA POR IMOBILIÁRIA % NOVOS CONTRATOS COM TAXA DE INTERMEDIAÇÃO VALOR % COBRADO DO PRIMEIRO ALUGUEL MAR/ ,73% 88,00% ABR/ ,54% 86,18% MAI/ ,00% 88,49% JUN/ ,03% 88,68% JUL/ ,50% 87,19% AGO/ ,27% 87,79% SET/ ,38% 84,87% OUT/ ,95% 82,68% NOV/ ,47% 84,32% DEZ/ ,54% 82,88% JAN/ ,82% 84,91% FEV/ ,77% 86,74% MAR/ ,11% 87,07% NOVOS CONTRATOS 67,89% COM TAXA DE INTERMEDIAÇÃO SEM TAXA DE INTERMEDIAÇÃO 32,11% 67,89% 32,11% COM TAXA DE INTERMEDIAÇÃO SEM TAXA DE INTERMEDIAÇÃO No gráfico acima verificamos que em Março/13 foram fechados 32,11% dos Novos Contratos com a cobrança da Taxa de Intermediação. Já na tabela acima podemos observar que o valor percentual da taxa de intermediação cobrada em relação ao valor integral de um aluguel em Março/13 teve em média 87,07% sobre o primeiro aluguel. 7

9 TOTAL DE CONTRATOS EM CARTEIRA MÉDIA DE CONTRATOS POR IMOBILIÁRIA PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIANIA FIANÇA LOCATÍCIA DOS CONTRATOS EM CARTEIRA SEM FIANÇA FIADORES FIANÇA BANCÁRIA CAUÇÃO BANCÁRIO SEGURO FIANÇA OUTROS TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % MAR/ , , , , , ,23 ABR/ , , , , , ,31 MAI/ , , , , , ,36 JUN/ , , , , , ,36 JUL/ , , , , , ,43 AGO/ , , , , , ,53 SET/ , , , , , ,51 OUT/ , , , , , ,10 NOV/ , , , , , ,10 DEZ/ , , , , , ,98 JAN/ , , , , , ,02 FEV/ , , , , , ,82 MAR/ , , , , , ,08 SEM FIANÇA 7,44 FIANÇA LOCATÍCIA FIADORES DOS CONTRATOS 80,64 EM CARTEIRA FIANÇA BANCÁRIA 0,17 CAUÇÃO BANCÁRIO 5,22 SEGURO FIANÇA 0,17% 0,41 5,22% OUTROS 6,08 0,41% 80,64% 6,08% 7,44% SEM FIANÇA FIADORES FIANÇA BANCÁRIA CAUÇÃO BANCÁRIO SEGURO FIANÇA OUTROS Podemos observar na tabela acima que no mês de Março/13 a média de contratos em carteira foi de 463 por imobiliária. Podemos observar também que foi realizada com FIADORES uma média de 373 contratos por imobiliária, representando 80,64% do total, ou seja, maioria absoluta dentre as modalidades de fiança. Se observarmos o histórico de cada um dos tipos de fiança locatícia, notamos que em quase todos eles a média de contratos, e consequentemente os percentuais referentes aos mesmos, permaneceram praticamente estabilizados nos últimos 12 meses. Isso demonstra uma política conservadora dos locatários na escolha pelo tipo de fiança. 8

10 TOTAL DE NOVOS CONTRAT OS MÉDIA POR IMOBILI ÁRIA SEM FIANÇA PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIANIA FIANÇA LOCATÍCIA DOS NOVOS CONTRATOS FIADORES FIANÇA BANCÁRIA CAUÇÃO BANCÁRIO SEGURO FIANÇA OUTROS TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % MAR/ , , , , , ,92 ABR/ , , , , , ,38 MAI/ , , , , , ,00 JUN/ , , , , , ,64 JUL/ , , , , , ,90 AGO/ , , , , , ,48 SET/ , , , , , ,23 OUT/ , , , , , ,34 NOV/ , , , , , ,72 DEZ/ , , , , , ,76 JAN/ , , , , , ,38 FEV/ , , , , , ,89 MAR/ , , , , , ,95 FIANÇA LOCATÍCIA DOS NOVOS CONTRATOS SEM FIANÇA 7,03 FIADORES 77,37 FIANÇA BANCÁRIA 0,00 CAUÇÃO BANCÁRIO 7,33 SEGURO FIANÇA 0,30 OUTROS 7,95 0,00% 7,33% 0,30% 7,95% 7,03% 77,37% SEM FIANÇA FIADORES FIANÇA BANCÁRIA CAUÇÃO BANCÁRIO SEGURO FIANÇA OUTROS O gráfico acima nos mostra que em Março/13 a média de Novos Contratos foi de 13 contratos por imobiliária. Sendo que desses 77,37% foram realizados com FIADORES. 9

11 TOTAL DE CONTRATOS VENCIDOS PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIÂNIA PAGAMENTOS DOS ALUGUEIS VENCIDOS NO PERIODO MÉDIA POR IMOBILIÁRIA MÉDIA DE PAGOS COM ATRASO DE CONTRATOS PAGOS EM DIA 01 A 05 dias 06 A 10 dias 11 A 20 dias 21 A 30 dias VENCIDOS POR IMOB. NÃO PAGOS TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % MAR/ , , , , , ,48 ABR/ , , , , , ,11 MAI/ , , , , , ,97 JUN/ , , , , , ,31 JUL/ , , , , , ,83 AGO/ , , , , , ,36 SET/ , , , , , ,28 OUT/ , , , , , ,55 NOV/ , , , , , ,80 DEZ/ , , , , , ,51 JAN/ , , , , , ,17 FEV/ , , , , , ,26 MAR/ , , , , , ,78 PAGAMENTOS DOS ALUGUEIS VENCIDOS NO PERIODO PAGOS EM DIA 01 A 05 dias 06 A 10 dias 11 A 20 dias 21 A 30 dias NÃO PAGOS 68,70 11,71 3,48 2,64 0,65 12,78 11,71% 2,64% 3,48 0,65% 12,78% 68,70% No mês de Março/13, a média de contratos vencidos foi de 432 por imobiliária. Sendo que desse total, 297 contratos foram pagos rigorosamente em dia, representando 68,70% dos contratos vencidos no mês. Não houve pagamento para dos contratos vencidos no mês, o que representa 12,78% do total. Analisando o gráfico podemos perceber que se somados os contratos pagos em dia com os pagos em até 30 dias de atraso, chega-se a um total de 87,22% de aluguéis quitados. PAGOS EM DIA 01 A 05 dias 06 A 10 dias 11 A 20 dias 21 A 30 dias NÃO PAGOS 10

12 7,00% 6,00% 5,00% 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIÂNIA TAXAS DE INADIMPLÊNCIA PERÍODO MAR/12 ABR/12 MAI/12 JUN/12 JUL/12 AGO/12 SET/12 OUT/12 NOV/12 DEZ/12 JAN/13 FEV/13 MAR/13 MÉDIA EM 12 MESES SÉRIE HISTÓRICA DAS MÉDIAS ANUAIS ANO INADIMPLÊNCIA MÉDIA ANUAL ,48% ,31% ,85% ,66% ,54% ,06% ,72% ,37% ,67% ,57% MÉDIA 4,02% TOTAL CONTRATOS INADIMPLENTES MÉDIA TAXA DE INADIMPLÊNCIA ,77% ,88% ,03% ,76% ,64% ,52% ,46% ,30% ,44% ,61% ,47% ,65% ,59% ,61% Observando a tabela acima vemos que o valor médio da inadimplência nos últimos 12 meses foi de 4,61%. Podemos observar também que o valor da inadimplência no mês de Março/13 foi de 4,59%. Se observarmos a tabela ao lado podemos perceber que o valor médio da inadimplência em 2013 é de 4,57%. Isso demonstra que apesar do valor médio da inadimplência de 2012 ter ficado acima da média anual de 2011, ela não superou a inadimplência do ano de 2010, demonstrando que o ano de 2010, em particular, foi um ano realmente anormal para o segmento imobiliário e que a tendência para 2013 é de queda em relação à inadimplência. INADIMPLÊNCIA MÉDIA ANUAL

13 TOTAL DE CONTRATO S EM CARTEIRA MÉDIA DE CONTRAT OS POR IMOBILIÁ RIA CONTRATOS EM MORA 01 A 90 PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIANIA CONTRATOS EM MORA QUANTIDADE DE DIAS EM MORA 01 A A A A A A 90 TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % TOTAL MÉDIA % MAR/ , , , , , , ,88 ABR/ , , , , , , ,11 MAI/ , , , , , , ,98 JUN/ , , , , , , ,04 JUL/ , , , , , , ,85 AGO/ , , , , , , ,80 SET/ , , , , , , ,98 OUT/ , , , , , , ,99 NOV/ , , , , , , ,12 DEZ/ , , , , , , ,10 JAN/ , , , , , , ,06 FEV/ , , , , , , ,77 MAR/ , , , , , , ,88 01 A 05 ### 06 A 10 ### 11 A 20 ### 21 A 30 2,97% ### 31 A 60 ### 61 A 90 ### QUANTIDADE DE DIAS EM MORA 0,88% 1,46% 1,44% 1,87% 1,77% 01 A A A A A A 90 Os percentuais dos contratos em mora são tomados em relação ao total de contratos em carteira. Caso um contrato tenha mais de um mês em atraso, ele aparecerá na pesquisa apenas uma vez, sendo considerada a data de vencimento mais antiga para efeito de mora. No mês de Março/13 o total de CONTRATOS EM MORA, nas carteiras das imobiliárias pesquisadas, foi de contratos, representando 10,40% do total das carteiras. Em média as imobiliárias tiveram por volta de 48 contratos em mora cada uma. 12

14 PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIANIA TOTAL DE IMÓVEIS EM CARTEIRA CONTRATOS EM CARTEIRA CONTRATOS EM CARTEIRA MÉDIA DE IMÓVEIS POR IMOBILIÁRIA VARIAÇÃO % MENSAL PREÇO MÉDIO MAR/ ,37 ABR/ , ,49 MAI/ , ,32 JUN/ , ,50 JUL/ , ,28 AGO/ , ,74 SET/ , ,64 OUT/ , ,36 NOV/ , ,23 DEZ/ , ,28 JAN/ , ,72 FEV/ , ,35 MAR/ , , MÉDIA DE IMÓVEIS POR IMOBILIÁRIA No mês de Março/13, o total de contratos para aluguel de imóveis em carteira nas imobiliárias pesquisadas foi de A média por imobiliária foi de 463 contratos em Março/13. 13

15 PESQUISA DE ALUGUÉIS EM GOIÂNIA OFERTAS POR TIPO DE IMÓVEL TIPO DE IMÓVEL Nº DE QUARTOS TOTAL MÉDIA POR IMOBILIÁRIA VALOR MINIMO DO ALUGUEL (R$) VALOR MAXIMO DO ALUGUEL (R$) VALOR MÉDIO DO ALUGUEL (R$) APARTAMENTO , ,00 700,99 APARTAMENTO , ,00 649,89 APARTAMENTO , ,00 898,07 APARTAMENTO , , ,21 BARRACÃO ,00 800,00 412,94 BARRACÃO ,00 750,00 481,52 BARRACÃO ,00 700,00 512,50 CASA ,00 650,00 400,13 CASA , ,00 674,78 CASA , , ,86 CASA , , ,87 SOBRADO , , ,74 SOBRADO , , ,25 SOBRADO , , ,99 SOBRADO , , ,00 14

PESQUISA ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - AGOSTO DE 2013 -

PESQUISA ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - AGOSTO DE 2013 - PESQUISA DE ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - - Pesquisa de Aluguéis de Imóveis em Goiânia Índice Apresentação... pág. 02 Objetivo... pág. 02 Metodologia... pág. 02 Contratos reajustados e indicadores econômicos...

Leia mais

PESQUISA ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - DEZEMBRO DE 2013 -

PESQUISA ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - DEZEMBRO DE 2013 - PESQUISA DE ALUGUÉIS DE IMÓVEIS EM GOIÂNIA - - Pesquisa de Aluguéis de Imóveis em Goiânia Índice Apresentação... pág. 02 Objetivo... pág. 02 Metodologia... pág. 02 Contratos reajustados e indicadores econômicos...

Leia mais

ANÁLISE. Oferta cai para imóveis residenciais e comerciais

ANÁLISE. Oferta cai para imóveis residenciais e comerciais PESQUISA ALUGUÉIS Belo Horizonte Outubro de 2009 A Pesquisa ALUGUÉIS levanta as características determinantes dos imóveis disponíveis para alugar em Belo Horizonte a partir de uma amostra das principais

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Aluguel residencial com aniversário em julho e reajuste pelo IGP-M subirá 5,59%.

Aluguel residencial com aniversário em julho e reajuste pelo IGP-M subirá 5,59%. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 60ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Abrainc e Fipe divulgam novos indicadores para o mercado imobiliário

Abrainc e Fipe divulgam novos indicadores para o mercado imobiliário ainc e Fipe divulgam novos indicadores para o mercado imobiliário Números com abrangência nacional passam a ser alternativa para o acompanhamento do mercado de imóveis novos Em agosto de 2015 a Fipe, em

Leia mais

Tabela 1 - OPERACOES DE CREDITO (milhões de R$) Ano I Nov/13. Fonte: ESTBAN, Banco Central do Brasil

Tabela 1 - OPERACOES DE CREDITO (milhões de R$) Ano I Nov/13. Fonte: ESTBAN, Banco Central do Brasil De acordo com a Estatística Bancária por Município (ESTBAN), divulgada pelo Banco Central, o saldo das operações de crédito, em agosto desse ano, chegou a R$ 2,320 trilhões no país, um crescimento de 10,9%

Leia mais

Unidades lançadas caem e número de vendas permanece estável

Unidades lançadas caem e número de vendas permanece estável Unidades lançadas caem e número de vendas permanece estável Número de unidades vendidas supera lançamentos em 95% no trimestre terminado em julho Os Indicadores ainc/fipe, que acompanham o mercado nacional

Leia mais

Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial

Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial Ao alugar um imóvel é necessário documentar a negociação por meio de um contrato, de preferência, escrito. O inquilino deve ler atentamente todas

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015 No mês de novembro, os valores médios observados caíram 0,1%, em relação ao mês anterior. No acumulado de 12 meses,

Leia mais

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 Nota de Crédito PJ Janeiro 2015 Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 mai/11 mai/11 Carteira de Crédito PJ não sustenta recuperação Após a aceleração verificada em outubro, a carteira de crédito pessoa jurídica

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Governo anuncia criação de nova faixa do Minha Casa, Minha Vida

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Governo anuncia criação de nova faixa do Minha Casa, Minha Vida + Boletim de Conjuntura Imobiliária 48ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

ÍNDICE DE VELOCIDADE DE VENDAS IVV DF IMÓVEIS NOVOS

ÍNDICE DE VELOCIDADE DE VENDAS IVV DF IMÓVEIS NOVOS ÍNDICE DE VELOCIDADE DE VENDAS IVV DF IMÓVEIS NOVOS Setembro de 2015 Realização: Apoio: INTRODUÇÃO O Indicador de Velocidade de Vendas (IVV) do mercado imobiliário do Distrito Federal é produzido mensalmente

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2014.

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2014. PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2014. O mercado de contratos novos de locação residencial realizados em junho na cidade de São Paulo registrou variação de

Leia mais

Dificuldades na Locação de Imóveis - % Até R$ 300,00 Até R$ 450

Dificuldades na Locação de Imóveis - % Até R$ 300,00 Até R$ 450 1- Introdução: Antes de analisar os números do Fiança Locatícia é interessante observar alguns dados sobre o mercado de locação. Lamentavelmente, somente pude extrair números do mercado de São Paulo e

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JANEIRO DE 2015 5,3 3,8 3,5

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JANEIRO DE 2015 5,3 3,8 3,5 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JANEIRO DE 2015 No primeiro mês de 2015, os aluguéis registraram alta de 0,4%, comparado com o mês anterior. Considerando o comportamento

Leia mais

Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro

Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro (com base na Nota do Banco Central do Brasil de 22-10-08) Edição de 27 de Outubro de 08 Crise não teve impacto significativo nas operações

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego. Abril 2011

Pesquisa Mensal de Emprego. Abril 2011 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2011 1 1 Rio de Janeiro, 26/05/2011 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro O Janeiro

Leia mais

1º SEMINÁRIO NACIONAL DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES IBAPE-MG. Engº Emmanuel Carlos de Araújo Braz

1º SEMINÁRIO NACIONAL DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES IBAPE-MG. Engº Emmanuel Carlos de Araújo Braz 1º SEMINÁRIO NACIONAL DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES IBAPE-MG Engº Emmanuel Carlos de Araújo Braz Tendências do Mercado Imobiliário a partir do Índice de Evolução dos Preços do Mercado Imobiliário IEPMI-H

Leia mais

em seguida veremos como esses dados variam em termos percentuais.

em seguida veremos como esses dados variam em termos percentuais. Introdução O trabalho a seguir desenvolvido tem por finalidade explicar o que são e como funcionam alguns índices econômicos e financeiros, tais como IBOVESPA; NASDAQ, entre outros que aqui serão apresentados,

Leia mais

Relatório Mensal - Dezembro 2012

Relatório Mensal - Dezembro 2012 Fundo de Investimento Imobiliário Europar - FII Relatório Mensal - Dezembro 2012 Comentário Mensal do Gestor do Fundo Durante o mês de dezembro, avançamos nas obras para a compartimentação do imóvel CDA1.

Leia mais

Persistência da desaceleração e ligeira elevação na inadimplência

Persistência da desaceleração e ligeira elevação na inadimplência Persistência da desaceleração e ligeira elevação na inadimplência Em maio, a carteira de crédito do SFN totalizou aproximadamente 56,2% do PIB, indicando crescimento de 12,7% em 12 meses. O maior dinamismo

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander.

O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander. ANÁLISE COMPARATIVA RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2013 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2014

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2014 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2014 Os contratos novos de aluguéis de casas e de apartamentos na capital paulista subiram em média 0,6% em novembro relativamente

Leia mais

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL Esta cartilha visa orientar e contribuir objetivamente as pessoas de um modo geral e aos nossos clientes candidatos a LOCATÁRIOS, informando o passo a passo,nahoradeselocarumimóvel.

Leia mais

TC BTOWERS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO CNPJ: 20.132.453/0001-89 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR

TC BTOWERS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO CNPJ: 20.132.453/0001-89 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR TC BTOWERS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO CNPJ: 20.132.453/0001-89 Ref.: Semestre Junho a Dezembro/2014 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR Em conformidade com o Art. 39 da Instrução CVM 472, de 31 de maio de

Leia mais

Comprar ou alugar? Especialistas falam sobre as vantagens de cada opção.

Comprar ou alugar? Especialistas falam sobre as vantagens de cada opção. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 63ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS NOVEMBRO 20 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

RODADA DE MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL

RODADA DE MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL RODADA DE MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL Janeiro 2013 João Crestana / Celso Petrucci CONSOLIDAÇÃO DE DADOS DO MERCADO IMOBILIÁRIO 2 15 ENTIDADES POSSUEM PESQUISAS DE MERCADO ENTIDADES REGIÃO RESPOSTAS 1

Leia mais

FICHA CADASTRAL PARA LOCAÇÃO Organizações Paulo Bio Ltda CRECI/SP 12.512-J

FICHA CADASTRAL PARA LOCAÇÃO Organizações Paulo Bio Ltda CRECI/SP 12.512-J 1) Imóvel Pretendido Valor do Aluguel: R$ Valor do IPTU: R$ Valor do Condomínio: R$ Valor do Seguro de Incêndio: R$ 2) Pessoas que irão residir no imóvel (Apenas para imóvel residencial) 3) Locatário Pessoa

Leia mais

SINCOR-SP 2015 DEZEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 DEZEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS DEZEMBRO 20 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais Junho 2015

Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais Junho 2015 Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais Junho 2015 Elaborado pelo Departamento de Pesquisa - AABIC CONSIDERAÇÕES JUNHO DE 2015 No mês de junho, o IPEVECON registrou variação positiva de 0,72%,

Leia mais

A INDÚSTRIA DE PRÉ-FABRICADOS DE CONCRETO. Fundação Getulio Vargas

A INDÚSTRIA DE PRÉ-FABRICADOS DE CONCRETO. Fundação Getulio Vargas A INDÚSTRIA DE PRÉ-FABRICADOS DE CONCRETO Fundação Getulio Vargas FGV Março 2015 A SONDAGEM ABCIC DESEMPENHO RECENTE DA CONSTRUÇÃO A Sondagem - Metodologia EMPRESAS A Sondagem - Metodologia Temas Pesquisados

Leia mais

Mercado Imobiliário da Região Metropolitana de Maceió

Mercado Imobiliário da Região Metropolitana de Maceió Mercado Imobiliário da Região Metropolitana de Maceió Residencial e Comercial JANEIRO/2014 Ano XIV Nº 168 CONSTRUTOR DO MERCADO IMOBILIÁRIO Participe também da pesquisa IVV. Contatos: Ademi Rita (32319499)

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JANEIRO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

Veículo: Jornal da Tarde Data: 11/07/09. Boa hora para comprar

Veículo: Jornal da Tarde Data: 11/07/09. Boa hora para comprar Veículo: Jornal da Tarde Data: 11/07/09 Boa hora para comprar A dificuldade de alugar um imóvel pode ser a oportunidade para se tentar comprar a casa própria. A afirmação é de Alcides Leite, professor

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JUNHO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013

Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013 TRX REALTY LOGÍSTICA RENDA I TRXL11 - FII - RELATÓRIO TRIMESTRAL 2º TRIMESTRE DE 2013 Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11 Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013 1 ÍNDICE Caixa TRX Logística Renda

Leia mais

Corretores de imóveis são mantidos como Microempreendedores Individuais

Corretores de imóveis são mantidos como Microempreendedores Individuais + Boletim de Conjuntura Imobiliária 62ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO ABRIL/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JULHO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente.

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. A possibilidade de diversificar o investimento e se tornar sócio dos maiores empreendimentos imobiliários do Brasil. Este material tem o objetivo

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO - PMI

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO - PMI PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO - PMI apoio realização PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO FLORIANÓPOLIS SUMÁRIO SUMÁRIO 5 INTRODUÇÃO 7 LOCAÇÃO DE IMÓVEIS EM FLORIANÓPOLIS 8 Locação de Imóveis Residenciais

Leia mais

(com base na Nota do Banco Central do Brasil de 27-05-2009) Edição de 27 de Maio de 2009

(com base na Nota do Banco Central do Brasil de 27-05-2009) Edição de 27 de Maio de 2009 Relatório Febraban - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro (com base na Nota do Banco Central do Brasil de 27-05-2009) Edição de 27 de Maio de 2009 Em Abril de 2009, operações de crédito atingiram

Leia mais

SINCOR-SP 2016 FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2016 FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Estatísticas dos Corretores de SP... 6 3. Análise macroeconômica...

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO FEVEREIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

Diretrizes para Investimentos em Imóveis

Diretrizes para Investimentos em Imóveis Diretrizes para Investimentos em Imóveis 21ª reunião do CAP - 15/12/2010 11ª reunião ordinária do CDE - 16/12/2010 Anexo à Política de Investimentos 2011 a 2015 Índice 1. Contratação de Corretores, Avaliadores

Leia mais

Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11. Relatório Trimestral 4º Trimestre de 2013

Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11. Relatório Trimestral 4º Trimestre de 2013 Caixa TRX Logística Renda FII CXTL11 Relatório Trimestral 4º Trimestre de 2013 índice Caixa TRX Logística Renda FII CXTL11 Relatório Trimestral 4º Trimestre de 2013 DADOS DO FUNDO 3 RENTABILIDADE 10 OBJETIVO

Leia mais

Anexo à Política de Investimentos 2009 a 2013

Anexo à Política de Investimentos 2009 a 2013 Anexo à Política de Investimentos 2009 a 2013 Diretrizes para Investimentos em Imóveis Índice 1. Contratação de Corretores, Avaliadores e Consultores Imobiliários... 3 2. Critérios para Aquisições e Alienações...

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MAIO DE 2015

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MAIO DE 2015 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MAIO DE 2015 Os aluguéis das casas e apartamentos no mês de maio permaneceram estáveis em relação aos valores de abril. Em relação

Leia mais

Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11. Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014

Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11. Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014 Caixa TRX Logística Renda FII CXTL11 Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014 índice Caixa TRX Logística Renda FII CXTL11 Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014 DADOS DO FUNDO 3 RENTABILIDADE 10 OBJETIVO

Leia mais

Boletim Mensal. Novembro/ 2.014

Boletim Mensal. Novembro/ 2.014 Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras Boletim Mensal Novembro/ 2.014 Acumulado janeiro a novembro/2014 N O T A Ressaltamos que os dados divulgados pelo BACEN, são sempre informados

Leia mais

Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras. Boletim Anual 2.013

Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras. Boletim Anual 2.013 Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras Boletim Anual 2.013 N O T A Ressaltamos que os dados divulgados pelo BACEN, são sempre informados como preliminares nos últimos três meses e,

Leia mais

SECOVI/DF debate a lei do corretor associado

SECOVI/DF debate a lei do corretor associado + Boletim de Conjuntura Imobiliária 56ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

+ Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

+ Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br + Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Boletim de Conjuntura Imobiliária 27ª Edição Comercial - de 2012 Econsult

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Anexo à Política de Investimentos 2010 a 2014

Anexo à Política de Investimentos 2010 a 2014 Anexo à Política de Investimentos 2010 a 2014 Diretrizes para Investimentos em Imóveis (aprovadas pelo CDE em sua 18ª reunião realizada nos dias 14 a 16 de dezembro de 2009 Índice Anexo à Política de Investimentos...1

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JANEIRO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Bancos financiam crescentemente a produção

Bancos financiam crescentemente a produção Operações de Crédito do Sistema Financeiro Nota do dia 25 de julho de 2007 Fontes: Bacen, IBGE e CNI Elaboração: Febraban Bancos financiam crescentemente a produção Pessoa Jurídica O crédito destinado

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CURITIBA - PR DEZEMBRO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC VITÓRIA - ES ABRIL/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Balanço do Tesouro Direto - Fevereiro 2013

Balanço do Tesouro Direto - Fevereiro 2013 Balanço do Tesouro Direto - Fevereiro 2013 1. Vendas e Resgates Em fevereiro, o montante financeiro vendido no Tesouro Direto foi de R$ 236,1 hões, valor 63% inferior ao mês anterior e 18% menor que o

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Julho de 2015 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

SINCOR-SP 2016 ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2016 ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 2 Sumário Palavra do presidente... 4 Objetivo... 5 1. Carta de Conjuntura... 6 2. Estatísticas dos Corretores de SP... 7 3. Análise macroeconômica...

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data base Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE março de 2014 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-março-2013

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS JANEIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO MAIO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES. Março/2012

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES. Março/2012 RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES Março/2012 Agenda Introdução A Oferta Características do portfolio final do Fundo Rendimento das Cotas Contatos &

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Agosto de 2014 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL ANÁLISE COMPARATIVA RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica

Leia mais

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 2 SUMÁRIO Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita de

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO ABRIL/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO DEZEMBRO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vantagens de casas e apartamentos em condomínios fechados. 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vantagens de casas e apartamentos em condomínios fechados. 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Janeiro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem ser

Leia mais

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br Agenda painel.fipezap.com.br Agenda Mapa de Preços do ZAP Índice FipeZap novos dados do mercado Mapa de Preços Índice FipeZap Novos dados Agenda 1 2 3 4 5 Introdução Índice FipeZap: novas cidades Evolução

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO FEVEREIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO DEZEMBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego para junho de 2010 confirmam a recuperação do emprego

Leia mais

Dados de Crédito agosto

Dados de Crédito agosto 29/09/09 Dados de Crédito agosto O Banco Central divulgou relatório de política monetária e crédito referente ao mês de agosto. O crédito com recursos livres teve aumento real de 6, nos últimos 12 meses.

Leia mais

Cartilha. Ourocap Fiador

Cartilha. Ourocap Fiador Faz diferença ter Ourocap Fiador na hora de alugar um imóvel. Cartilha Ourocap Fiador O Ourocap Fiador* é o título de capitalização que funciona como uma garantia de aluguel, facilitando sua vida na hora

Leia mais

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015 Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Mercado Imobiliário Brasileiro - VGL 2011-7% 2012 13% 2013 R$ 85,6 bilhões R$ 79,7 bilhões R$ 90,4 bilhões

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Vida Feliz Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CLIC FUNDO DE INVEST. EM ACOES

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CLIC FUNDO DE INVEST. EM ACOES LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

HÁ LIMITES PARA O CRESCIMENTO DO SETOR IMOBILIÁRIO? A locação de imóveis sem as garantias tradicionais. Jaques Bushatsky

HÁ LIMITES PARA O CRESCIMENTO DO SETOR IMOBILIÁRIO? A locação de imóveis sem as garantias tradicionais. Jaques Bushatsky A locação de imóveis sem as garantias tradicionais. Jaques Bushatsky A Lei 12.112 de 09/12/2009 Aperfeiçoou a Lei 8.245/91. Manteve o bom espírito da lei de 1.991. Trouxe para o direito positivo, a experiência

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Janeiro de 2014 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Especialistas debatem sobre garantias locatícias em Brasília.

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Especialistas debatem sobre garantias locatícias em Brasília. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 41ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Nr 01

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Nr 01 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Nr 01 CONTROLE DE ESTOQUES 1. Uma loja de departamentos pretende aproveitar o feriado de 01 de Janeiro para realizar o inventário anual de seu estoque, que possui 1.679.434 unidades

Leia mais

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte Março/15 A mostra o desempenho dos negócios do comércio no mês de Fevereiro/2015 e identifica a percepção dos empresários para o mês de Março/2015. Neste mês, 20,8% dos empresários conseguiram aumentar

Leia mais

SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE LOCAÇÃO IMOBILIÁRIA LISTA DE ATUALIZAÇÕES NOVAS

SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE LOCAÇÃO IMOBILIÁRIA LISTA DE ATUALIZAÇÕES NOVAS SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE LOCAÇÃO IMOBILIÁRIA VERSÃO 7.0 LISTA DE ATUALIZAÇÕES NOVAS Todas as telas do sistema foram remodeladas para utilização da resolução de vídeo 1024 x 768, apresentando agora um

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais