VI-043 CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL X ACIDENTES AMBIENTAIS. CONSIDERAÇÕES SOBRE UM CASO REAL.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VI-043 CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL X ACIDENTES AMBIENTAIS. CONSIDERAÇÕES SOBRE UM CASO REAL."

Transcrição

1 VI-043 CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL X ACIDENTES AMBIENTAIS. CONSIDERAÇÕES SOBRE UM CASO REAL. Sergio PintoAmaral (1) Doutorando em Engenharia Ambiental na COPPE/UFRJ (1998 em diante) - Msc. em Tecnologia Ambiental no Imperial College da Inglaterra (1992) - Engenheiro de Segurança pela UERJ (1978) - Engenheiro Químico pela UFF (1976) - Trabalha na Unidade de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras há 23 anos. Endereço (1) : Rua Tavares de Macedo 136/2101-B - Icaraí Niterói RJ Brasil - CEP RESUMO Neste trabalho será discutida a implementação da norma ISO em organizações, os critérios e procedimentos de credenciamento e certificação ambiental, bem como serão feitas considerações sobre a ocorrência de acidentes ambientais em empresas com sistemas de gestão ambiental certificados e também será relatado um caso real, o caso da Refinaria de Araucária (Repar). Diversas empresas no mundo e também no Brasil, implementaram sistemas de gestão ambiental e obtiveram a certificação ambiental destes sistemas. Segundo a norma de SGA ISO 14001, um sistema de gestão ambiental não é garantia de ocorrência de acidentes zero. O que a norma menciona, é que a organização deve possuir uma política ambiental definida e divulgada, um compromisso público de cumprir a legislação aplicável e de adotar medidas de prevenção de poluição, sempre na direção da melhoria contínua do desempenho ambiental global de acordo com a sua política. No caso do vazamento da Repar, houve falhas de operação e de manutenção, que foram após o acidente, corrigidas, bem como estão sendo tomadas outras medidas visando a sua não repetição na refinaria e em outras Unidades da Negócios da Petrobras. Finalmente, foi constatado, que a existência de um sistema de gestão ambiental implantado na Repar, composto de procedimentos documentados, como os de preparação e atendimento de emergências, comunicação, gestão de resíduos, entre outros, e de pessoas conscientizadas e treinadas, foi uma fato altamente positivo para atender às demandas ambientais geradas após o acidente ocorrido. Um acidente ambiental não deve desacreditar a aplicação da norma de sistema de gestão ambiental ISO 14001, que é um bom instrumento de gestão utilizado para organizar as responsabilidades ambientais de uma organização. PALAVRAS-CHAVE: Certificação Ambiental, ISO 14000, Implementação da Norma ISO em Empresas, Acidentes Ambientais. INTRODUÇÃO Desde setembro 1996, com a publicação da norma de Sistema de Gestão Ambiental (SGA) ISO diversas empresas no mundo e também no Brasil, implementaram sistemas de gestão ambiental e obtiveram a certificação ambiental destes sistemas. Até abril de 2001, tinham sido emitidos cerca de certificados ISO no mundo e em torno de 300 certificados no Brasil. Empresas de diversos portes, grande, médio e pequena, nacionais e internacionais e de variados setores e como papel e celulose, químico, petróleo, petroquímico, bebidas, siderurgia, montadoras de automóveis, metalúrgicas e de serviços possuem sistema de gestão ambiental certificados dentro e fora do Sistema Brasileiro de Certificação. A série de normas internacionais de gestão ambiental ISO é composta de cerca de 30 documentos entre normas e relatórios técnicos sobre temas como, sistema de gestão ambiental, auditoria ambiental, rotulagem ambiental, avaliação de desempenho ambiental, análise do ciclo de vida, aspectos ambientais nas normas de produtos, projetos para o meio ambiente e termos e definições. ABES Trabalhos Técnicos 1

2 O Comitê Técnico (TC) 207 da Organização Internacional de Normalização (ISO), que conta com cerca de 45 países e 20 entidades internacionais de ligação, é responsável pela elaboração da série ISO 14000, sendo um dos maiores e mais importantes comitês da ISO. No Brasil, o ABNT/CB-38, representa o país junto ao ISO TC 207. A missão do CB-38 é analisar e comentar as normas propostas no âmbito do ISO TC 207 e representar o país nas discussões internacionais sobre o assunto. Neste trabalho será discutida a implementação da norma ISO em organizações, será feita uma apresentação dos certificados integrados obtidos pela Petrobras, serão discutidos os critérios e procedimentos de credenciamento e certificação ambiental, bem como serão feitas considerações sobre a ocorrência de acidentes ambientais em empresas com sistemas de gestão ambiental certificados e finalmente será relatado um caso real que aconteceu com uma refinaria de petróleo. A NORMA DE SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ISO A única norma certificável da série ISO 14000, até o momento, é a norma ISO Um sistema de gestão ambiental baseado na norma ISO 14001, deve ter os seguintes requisitos (1): POLÍTICA AMBIENTAL PLANEJAMENTO Aspectos e impactos ambientais Requisitos legais e outros requisitos Objetivos e metas ambientais Programa (s) de gestão ambiental IMPLEMENTAÇÃO E OPERAÇÃO Estrutura e responsabilidade Treinamento, conscientização e competência Comunicação Documentação do sistema de gestão ambiental Controle de documentos Controle operacional Preparação e atendimento a emergências VERIFICAÇÃO E AÇÕES CORRETIVAS Monitoramento e medição Não-conformidade e ações corretiva e preventiva Registros Auditoria do sistema de gestão ambiental ANÁLISE CRÍTICA PELA ADMINISTRAÇÃO Atualmente, está se discutindo no âmbito do Comitê Técnico ISO TC 207/SC-1, a revisão das normas ISO 14001:1996 e ISO 14004:1996, ambas de sistemas de gestão ambiental, para alinhamento com as normas de sistemas de gestão de qualidade da série ISO 9000:2000. Os limites da revisão são clarificação e compatibilidade. Os requisitos para revisão, que tem sido objeto de comentários feitos pelos países membros do SC-1 são: levantamento de aspectos e impactos ambientais; requerimentos legais; novas definições; objetivos e metas; treinamento; comunicação; controle e medições; auditorias; papel do anexo A; novos requisitos; aspectos/impactos ambientais de produtos; comunicação externa obrigatória similar ao requerido no EMAS ou seja environmental reporting. No tocante a este item de environmental reporting, o ISO TC 207 decidiu que deverá ser elaborada uma norma específica sobre este assunto. 2 ABES Trabalhos Técnicos

3 A ISO não deve ser muito detalhada, nem muito prescritiva. Ela deve continuar a atender todas as atividades e organizações grandes, médias e pequenas. Ela não deve ser utilizada como barreira não-tarifária. A conclusão deste trabalho de revisão das normas ISO e ISO deverá ocorrer somente no primeiro semestre de Adicionalmente, a Organização Internacional de Normalização (ISO) através do Joint Working Group (JWG) do ISO TC 176/SC-3 e do ISO TC 207/SC-2, está concluindo a elaboração da norma ISO 19011, sobre diretrizes para realização de auditorias de sistemas de gestão de qualidade e/ou meio ambiente, atualmente em fase de Draft International Standard (DIS). A norma ISO deverá ficar pronta em 2002 (8). A ISO, portanto, espera primeiro juntar as normas de auditoria de qualidade e meio ambiente, para posteriormente fundir as normas ISO e ISO 9001 (2), que deverá ocorrer, possivelmente, num prazo de até dez anos. IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA DE MEIO AMBIENTE, SEGURANÇA E SAÚDE NA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO BRASILEIRA A implementação da norma ISO é uma tarefa trabalhosa e dependendo da organização ou unidade a ser certificada pode durar até dois anos. No caso específico da Petrobras, a empresa já tinha, até abril de 2001, cerca de 18 certificados baseados na norma ISO (meio ambiente) e BS 8800 (segurança e saúde) (5). Apresentamos a seguir, a relação dos certificados, por segmentos de negócios da indústria de petróleo a saber, exploração & produção, refino, transporte, engenharia e distribuição. CERTIFICADOS ISO 14001, BS 8800 E ISM CODE NA PETROBRAS - SITUAÇÃO EM ABRIL DE 2001 (10) Tabela 1: segmento exploração e produção (e&p) Unidade Certificada Escopo da Certificação Data Organismo Certificador Produção da Amazônia - E&P-AM Produção do Rio Grande do Norte e Ceará - E&P-RNCE Produção do Espírito Santo - E&P-ES Produção do Sul - E&P-SUL Gerência de Sondas Especiais de Perfuração da Bacia de Campos - P17 Produção da Bahia - E&P- BA Produção de Sergipe e Alagoas - E&P-SEAL Janeiro/1998 Dezembro/1998 DNV Dezembro/1998 DNV e ISM CODE e ISM CODE Abril/1999 Março/1999 ABS Maio/1999 DNV Maio/1999 ABES Trabalhos Técnicos 3

4 Serviço de Aquisição Geofísica - E&P-SAG Gerência de Sondas Especiais Perfuração - Plataforma P-23 Gerência de Sondas Especiais de Perfuração da Bacia de Campos - P-10 Restante das instalações marítimas e terrestres. Setembro/1999 DNV e ISM CODE Setembro/1999 e ISM CODE Novembro/1999 e ISM CODE Agosto/2000 Tabela 2: Segmento Abastecimento Refino Refinaria Landulfo Alves RLAM Setembro/1999 Refinaria Presidente Bernardes - RPBC OHSAS Novembro/1999 Julho/2000 Fundação Vanzolini Refinaria Getúlio Vargas REPAR ISO OHSAS Maio/2000 ABS Tabela 3: Segmento Abastecimento - Transporte Frota Nacional de Petroleiros ISM CODE FRONAPE ISO Gerência da Baía da Ilha Grande dos Dutos e Terminais do Sudeste (DTSE-GEBIG) Dezembro/1997 Dezembro/1998 Novembro/1999 Tabela 4: Segmento Engenharia Coordenadoria da Obra para Construção da Região Norte (SEGEN/CONOR - Urucú e REMAN) ISO BS 8800 Dezembro/1998 Janeiro/2000 Tabela 5: BR Distribudora Central de Produtos de Aviação da BR (CPA/GIG) Abril/1999 DNV Obs. Nas Unidades Marítimas Móveis, como navios e plataformas com auto-propulsão, a Petrobras tem também utilizado para certificação o ISM Code (Código Internacional de Segurança Marítima) (9). 4 ABES Trabalhos Técnicos

5 Ressaltamos, que todo o Segmento Exploração & Produção da Petrobras já se encontra certificado pela ISO e BS Em algumas unidades de negócios, têm sido implementados sistemas de gestão integrada de meio ambiente, qualidade, saúde e segurança, baseados nas normas ISO 14001, BS 8800 e ISO 9001(4). Mais recentemente, temos também utilizado a Norma Britânica certificável OHSAS (6) para certificação das funções segurança e saúde, principalmente no Segmento Abastecimento Refino. Finalmente, informamos que é meta do Programa de Excelência em Gestão Ambiental e Segurança Operacional da Petrobras, a certificação pelas normas ISO e BS 8800/OHSAS 18001, de todas as demais as Unidades de Negócios da Companhia até dezembro de 2001 (10). O SISTEMA BRASILEIRO DE CREDENCIAMENTO E CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL No Brasil, o Conselho Nacional de Metrologia - CONMETRO, criou em setembro de 1995, a Comissão de Certificação Ambiental - CCA, no âmbito do Comitê Brasileiro de Certificação - CBC, para elaborar critérios e procedimentos de certificação pela norma de Sistema de Gestão Ambiental, ISO O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial - INMETRO, que é vinculado ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tem as funções de secretariar as atividades da CCA. Esta Comissão reúne-se periodicamente, e é composta por representantes de órgãos governamentais de meio ambiente, federais e estaduais, organismos de certificação de sistemas, associações empresariais, grandes empresas, ONG`s e universidades. A CCA elaborou regulamentos e procedimentos para organismos de certificação de SGA e também para especificar critérios para organismos de treinamento e certificação de auditores ambientais. Foram utilizados no trabalho da CCA, documentos similares de organismos de credenciamento de países como, Estados Unidos (RAB), Japão (JAB), Reino Unido (UKAS) e Holanda (RVA). No caso de certificação e treinamento de auditores ambientais, foi utilizada a norma NBR ISO Diretrizes para auditoria ambiental - Critério de qualificação para auditores ambientais e experiências de organismos internacionais, como o International Auditor and Training Certification Association IATCA e o Environmental Auditors Registration Association EARA (3). O INMETRO fez a adequação dos documentos elaborados pela CCA ao guia para credenciamento de organismos de certificação de SGA do International Accreditation Forum IAF. Atualmente, o INMETRO possui documentos sobre credenciamento, certificação e auditoria que estão disponíveis na sua página na internet. (www.inmetro.gov.br) Em Abril de 2001, existiam 10 organismos de certificação ambiental credenciados no INMETRO, a saber: do Brasil Sociedade Certificadora, ABS Quality Evaluation, DNV Certificadora, Fundação Carlos Alberto Vanzolini, DQS da Alemanha, ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas, LRQA- Lloyd s Register Quality Assurance, SGS-ICS Certificadora, BRTUV - Avaliações de Qualidade e Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar). (7). Cabe ressaltar, que os organismos de certificação de sistemas já operam no Brasil, há vários anos, com certificação de sistemas de gestão de qualidade pela série ISO Atualmente, a CCA foi reformulada e voltou a se reunir periodicamente. Agora, ela se chama, Comissão Técnica de Certificação Ambiental CT-CA e atua no âmbito Comitê Brasileiro de Certificação (CBC). Ela está trabalhando nas 33 ações/oportunidades identificadas pelo CBC para melhoria da credibilidade do Sistema Brasileiro de Certificação. A CT-CA, vai também atuar na divulgação dos critérios de certificação junto ao Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), aos órgãos ambientais estaduais e municipais e a organizações não-governamentais, a empresas, entre outros. Vai também atuar em um programa piloto de formação de auditores ambientais, em articulação com empresas, para que os novos auditores possam participar de auditorias nas suas instalações. Finalmente, a CT-CA deve trabalhar junto a outros órgãos como Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e Sociedade Brasileira de Sivicultura (SBS) sobre critérios de certificação florestal. ABES Trabalhos Técnicos 5

6 CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL X ACIDENTES AMBIENTAIS: O CASO DA REFINARIA DE ARAUCÁRIA (REPAR) A norma ISO de Sistema de Gestão Ambiental, possui 17 requisitos para implementação de um sistema de gestão ambiental. No seu item Preparação e atendimento a emergências, ela informa que a organização deve estabelecer e manter um procedimento para identificar o potencial e atender a acidentes e situações de emergência, bem como prevenir e mitigar os impactos ambientais, que possam estar associados a eles. A norma informa ainda, que a organização deve analisar e revisar, onde necessário seus procedimentos de preparação e atendimento a emergências, em particular após a ocorrência de acidentes ou situações de emergência. A organização deve também testar periodicamente tais procedimentos, onde exequível. Isto significa que a norma admite a possibilidade de ocorrências de falhas ou acidentes na organização, porém o sistema de gestão ambiental deve responder adequadamente a essas ocorrências. O CASO DA REFINARIA DE ARAUCÁRIA (REPAR) No caso da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), localizada em Araucária, Paraná, houve um vazamento de petróleo, de grande porte, de cerca de 4000 m3, no scraper do duto Repar/Dtsul (Dutos e Terminais do Sul), em área da refinaria, sendo que parte do óleo ficou no terreno da refinaria e o restante foi parar nos rios Barigui e Iguaçu. O acidente foi consequência de uma conjunção de falhas de operação e de manutenção, em que procedimentos existentes deixaram de ser cumpridos. O plano de preparação e atendimento a emergências foi acionado e a Petrobras não poupou esforços para conter o vazamento e retirar o óleo dos rios Barigui e Iguaçu, com também do solo. Foram mobilizados cerca de 2800 pessoas, 5 helicópteros, 50 embarcações, 90 caminhões sugadores, 80 caminhões tanque, 3200 metros de barreiras foram lançados, foram utilizados 5 skimmers e 2 barcaças do tipo Egmopol. Em 30 dias após o acidente, os rios e margens já estavam limpos e os resíduos gerados nas operações de limpeza foram co-processados em cimenteiras. Atualmente, tem sido feito um trabalho de monitoramento das águas dos rios, dos peixes, do solo e do lençol subterrâneo. A Petrobras também, junto com a Universidade Federal do Paraná, está fazendo um trabalho de bioremediação in situ do solo afetado pelo vazamento de petróleo. O SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA DA REFINARIA DE ARAUCÁRIA (REPAR) A Repar, possui um sistema de gestão integrada, baseado nas normas de sistemas de gestão, ISO (Meio Ambiente), ISO 9002 (Qualidade) e OHSAS (Segurança e Saúde). Este sistema foi certificado, em maio de 2000, pelo ABS Quality Evaluation (ABS-QE), dentro do Sistema Brasileiro de Certificação (INMETRO) e também pelos sistemas de credenciamento e certificação dos Estados Unidos (ANSI/RAB) e da Holanda (RVA). Após o acidente, em agosto de 2000, foi realizada auditoria suplementar pelo ABS-QE, em presença de auditores do INMETRO e da COPPE/UFRJ. Foi constatado, nesta auditoria que a Repar tinha feito uma análise crítica da administração consistente, após o acidente ambiental, onde todas as causas básicas do mesmo foram analisadas e tratadas. Foi feito um plano de ação pela refinaria, onde os diversos objetivos, metas e programas ambientais foram estabelecidos e alguns revisados, em função das demandas havidas pós acidente ambiental. Concluiu-se que o sistema de gestão ambiental implementado na Repar, apesar de algumas nãoconformidades menores detectadas, respondeu de uma maneira bastante positiva ao acidente e ajudou a refinaria a atuar de uma maneira coordenada no combate à emergência e na mitigação dos impactos ambientais causados. 6 ABES Trabalhos Técnicos

7 CONCLUSÕES Segundo a norma de SGA ISO 14001, um sistema de gestão ambiental não é garantia de ocorrência de acidentes zero. O que a norma ISO menciona, é que a organização deve possuir uma política ambiental definida e divulgada, um compromisso público de cumprir a legislação aplicável e de adotar medidas de prevenção de poluição, sempre na direção da melhoria contínua do desempenho ambiental global de acordo com sua política. No caso do vazamento da Repar, houve falhas de operação e manutenção, que foram após o acidente ambiental corrigidas, bem como estão sendo tomadas outras medidas, operacionais e de projeto, visando a sua não repetição na refinaria e em outras Unidades da Negócios da Petrobras. A Companhia também lançou um Programa de Excelência em Gestão Ambiental e Segurança Operacional - PEGASO, que prevê investimentos elevados, de cerca de 1,8 bilhão de reais, até 2003, nas unidades e sistemas operacionais de todo o país, em áreas como planos de contingência, automação de dutos, tratamento de resíduos, certificação de sistemas de gestão integrada de SMS, treinamento, comunicação, entre outras. Conclui-se, portanto, que a existência de um sistema de gestão ambiental implantado na Refinaria de Araucária, composto de procedimentos documentados, como os de preparação e atendimento de emergências, comunicação, gestão de resíduos, entre outros, e de pessoas conscientizadas e treinadas, foi uma fato altamente positivo para atender às demandas ambientais geradas após a ocorrência do acidente. Ressaltamos que, um acidente ambiental não deve desacreditar a aplicação da norma de sistema de gestão ambiental ISO 14001, que é um bom instrumento de gestão utilizado para organizar as responsabilidades ambientais de uma organização. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. ABNT (1996) - NBR ISO Sistemas de Gestão Ambiental Especificação e Diretrizes para Uso - Associação Brasileira de Normas Técnicas, Rio de Janeiro, Brasil. 2. ABNT (2000) - NBR ISO Sistemas de Gestão de Qualidade - Requisitos - Associação Brasileira de Normas Técnicas, Rio de Janeiro, Brasil 3. AMARAL, S.P (1998) TT A Implementação da Série ISO na Indústria de Petróleo Brasileira - IBP Brazilian Petroleum Institute - Rio & Gas Conference, Rio de Janeiro, Brasil 4. AMARAL, S.P (2000) TT Sistema de Gestão Integrada de Meio Ambiente, Qualidade, Saúde e Segurança na Indústria de Petróleo Brasileira - IBP Brazilian Petroleum Institute - Rio & Gas Conference, Rio de Janeiro, Brasil 5. BSI (1996) British Standard BS 8800 Guide to Occupational Health and Safety Management Systems British Standards Institution, London, U.K. 6. BSI (1998) OHSAS Occupational Health and Safety Assessment Series (OHSAS) British Standards Institution (BSI) London, U.K. 7. INMETRO (2001) Certificação ISO Organizações com SGA Certificados e Lista de Organismos de Certificação de SGA - Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO) Rio de Janeiro, Brasil. 8. ISO (2001) ISO/DIS Guidelines on Quality and/or Environmental Management Systems Audits International Organization for Standardization (ISO) Geneva, Switzerland 9. ISM Code (1996) International Safety Management Code International Maritime Organization (IMO) London, U.K. 10. Site da Petrobras na Internet (www.petrobras.com.br) - Ícone de Meio Ambiente Sistemas de Gestão Ambiental Petróleo Brasileiro S.A Petrobras. ABES Trabalhos Técnicos 7

TEXTO: INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

TEXTO: INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL FACENS / IAT Instituto de Aperfeiçoamento Tecnológico Curso de Pós-Graduação MBA Lato-Sensu em: Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental Disciplina: Gerenciamento e Controle Ambiental Carga horária: 24h Prof.

Leia mais

OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL. Benefícios, Certificação, Estrutura, Objetivos, Termos e definições da OHSAS 18001.

OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL. Benefícios, Certificação, Estrutura, Objetivos, Termos e definições da OHSAS 18001. OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL ASPECTOS GERAIS Benefícios, Certificação, Estrutura, Objetivos, Termos e definições da OHSAS 18001. Histórico: Normas e Gestão SSO BS 8800 Instituto Britânico

Leia mais

Módulo 2. Sistemas de gestão, normas OHSAS 18001/2, benefícios, certificação, estrutura, objetivos, termos e definições da OHSAS 18001, exercícios.

Módulo 2. Sistemas de gestão, normas OHSAS 18001/2, benefícios, certificação, estrutura, objetivos, termos e definições da OHSAS 18001, exercícios. Módulo 2 Sistemas de gestão, normas OHSAS 18001/2, benefícios, certificação, estrutura, objetivos, termos e definições da OHSAS 18001, exercícios. História das normas de sistemas de gestão de saúde e segurança

Leia mais

ISO - International Organization for Standardization

ISO - International Organization for Standardization ISO - International Organization for Standardization ISO - Organização Internacional para Normalização: Genebra Suíça em 1947 120 países = 95% PIB Mundial Comitês técnicos e Comitês político Aprovação

Leia mais

VI-128 - PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE GESTÃO DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) NA PETROBRAS

VI-128 - PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE GESTÃO DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) NA PETROBRAS 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina VI-128 - PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE GESTÃO DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) NA

Leia mais

Boletim Técnico Organização & Estratégia 2 (1) 112-135 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Sistemas de Gestão, LATEC/TEP/TCE/CTC/UFF

Boletim Técnico Organização & Estratégia 2 (1) 112-135 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Sistemas de Gestão, LATEC/TEP/TCE/CTC/UFF O&E 1 Organização & Estratégia Boletim Técnico Organização & Estratégia 2 (1) 112-135 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Sistemas de Gestão, LATEC/TEP/TCE/CTC/UFF PROPOSTA DE GUIA DE SISTEMA DE

Leia mais

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS TÍTULO WD CD DIS FDIS /CB-38 SÉRIE 14000 Análise Página 1/6 SUBCOMITÊ SC-001 Sistemas de Gestão Ambiental 14001 Sistemas de gestão ambiental Especificação e diretrizes para uso. 09/96 14001 10/96 14001

Leia mais

Maria do Carmo Sobral (1) Professora adjunta do Departamento de Engenharia Civil, UFPE, Engenheira Civil, Mestre

Maria do Carmo Sobral (1) Professora adjunta do Departamento de Engenharia Civil, UFPE, Engenheira Civil, Mestre VI-093 SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA NAS ÁREAS DE MEIO AMBIENTE, QUALIDADE, SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL UMA ABORDAGEM PRÁTICA NA INDÚSTRIA PETROFLEX-CABO/PE Maria do Carmo Sobral (1) Professora adjunta

Leia mais

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA SUMÁRIO Apresentação ISO 14001 Sistema de Gestão Ambiental Nova ISO 14001 Principais alterações e mudanças na prática Estrutura de alto nível Contexto

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000

Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000 ZOOTECNIA/UFG DISCIPLINA DE GPA Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000 Introdução EVOLUÇÃO DA GESTÃO AMBIENTAL Passou por três grandes etapas: 1ª. Os problemas ambientais são localizados

Leia mais

Gestão Ambiental. Definição. Processo de articulação das ações a

Gestão Ambiental. Definição. Processo de articulação das ações a Definição Processo de articulação das ações a dos diferentes agentes sociais que interagem em um dado espaço, visando garantir a adequação dos meios de exploração dos recursos ambientais às especificidades

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande Escola de Química e Alimentos Engenharia de Alimentos Análise Sensorial e Controle de Qualidade

Universidade Federal do Rio Grande Escola de Química e Alimentos Engenharia de Alimentos Análise Sensorial e Controle de Qualidade Universidade Federal do Rio Grande Escola de Química e Alimentos Engenharia de Alimentos Análise Sensorial e Controle de Qualidade Prof. Dra. Janaína Fernandes Medeiros Burkert Controle de Qualidade Histórico

Leia mais

Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça), fundada em 1947 (normatização de 140 países)

Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça), fundada em 1947 (normatização de 140 países) A SÉRIE ISO 14.000 A ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DE NORMALIZAÇÃO (ISO) ISO => Internacional Organization for Standardization Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça),

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Sistema de Gestão Ambiental Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental Professora Flavia Nogueira Zanoni MSc em Controle de Poluição Ambiental

Leia mais

Normas ISO 14000. Haroldo Mattos de Lemos

Normas ISO 14000. Haroldo Mattos de Lemos Normas ISO 14000 Haroldo Mattos de Lemos Presidente, Conselho Técnico da ABNT; Superintendente, ABNT/CB 38 Vice Presidente do ISO/TC 207 (Normas ISO 14000) Presidente, Conselho Empresarial de Meio Ambiente

Leia mais

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos NORMA BRASILEIRA ABNT NBR ISO 9001:2008 ERRATA 1 Publicada em 11.09.2009 Sistemas de gestão da qualidade Requisitos ERRATA 1 Esta Errata 1 da ABNT NBR ISO 9001:2008 foi elaborada no Comitê Brasileiro da

Leia mais

A NOVA VERSÃO DA OHSAS 18001 : 2007 - Transparências. Bem-vindos. à palestra A nova Norma BS OHSAS 18001 : 2007. 1 de 42

A NOVA VERSÃO DA OHSAS 18001 : 2007 - Transparências. Bem-vindos. à palestra A nova Norma BS OHSAS 18001 : 2007. 1 de 42 Bem-vindos à palestra A nova Norma BS OHSAS 18001 : 2007 Rogério Campos Meira 1 de 42 1. Introdução aos Sistemas de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional 2 de 42 Página 1 de 21 Abordagem sistêmica da

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL ESPECIFICAÇÃO

SISTEMAS DE GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL ESPECIFICAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL ESPECIFICAÇÃO ICS 03.100.01; 13.100 1 / 30 APRESENTAÇÃO A OHSAS 18001 foi desenvolvida com a participação das seguintes organizações: National Standards

Leia mais

ABNT/CB-38 Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental

ABNT/CB-38 Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental ABNT/CB-38 Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental ISO 14001 - Sistemas de gestão ambiental Requisitos com orientações para uso 06 /10/ 2015 www.abnt.org.br Tópicos Processo de Normalização Histórico da

Leia mais

Normas ISO 14000. Haroldo Mattos de Lemos. Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do RJ 27/11/2015

Normas ISO 14000. Haroldo Mattos de Lemos. Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do RJ 27/11/2015 Normas ISO 14000 Haroldo Mattos de Lemos Presidente, Conselho Técnico da ABNT; Superintendente, ABNT/CB 38 Vice Presidente do ISO/TC 207 (Normas ISO 14000) Presidente, Conselho Empresarial de Meio Ambiente

Leia mais

21º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

21º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental VI-18 CETREL: UMA EMPRESA CERTIFICADA PELO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO: QUALIDADE (ISO 92); MEIO AMBIENTE (ISO 141) E SEGURANÇA/SAÚDE OCUPACIONAL (OHSAS 181) Francisco Alves Pereira Filho (1) Engenheiro

Leia mais

ISO 14000. Prof. William da Cruz Sinotti sinottiw@gmail.com

ISO 14000. Prof. William da Cruz Sinotti sinottiw@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO SISTEMA DE SELEÇÃO USINICADA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA ISO 14000

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO PARA SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL - ESPECIFICAÇÃO

SISTEMAS DE GESTÃO PARA SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL - ESPECIFICAÇÃO OHSAS 18001 SISTEMAS DE GESTÃO PARA SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL - ESPECIFICAÇÃO IMPORTANTE: A BSI-OHSAS 18001 não é uma Norma Britânica. A BSI-OHSAS 18001 será cancelada quando da inclusão do seu conteúdo

Leia mais

ENTENDENDO A ISO 14000

ENTENDENDO A ISO 14000 UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS ENTENDENDO A ISO 14000 Danilo José P. da Silva Série Sistema de Gestão Ambiental Viçosa-MG/Janeiro/2011

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental NBR ISO 14001 e Tecnologia Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental NBR ISO 14001 e Tecnologia Ambiental Curso e- Learning Sistema de Gestão Ambiental NBR ISO 14001 e Tecnologia Ambiental Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão

Leia mais

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Sumário A Petrobras Os Desafios O Alinhamento Estratégico - Gestão por Competências - A Concepção da Universidade

Leia mais

Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA NUCLEAR - CDTN

Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA NUCLEAR - CDTN Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA NUCLEAR - CDTN PUBLICAÇÃO CDTN 931 Sistema de Gestão Ambiental SGA de acordo com as Normas NBR ISO 14001 e 14004, da

Leia mais

ISO 9001:2015 Na reta final para a nova versão

ISO 9001:2015 Na reta final para a nova versão ISO 9001:2015 Na reta final para a nova versão Nigel H Croft Presidente do Conselho APCER Brasil Chairman, ISO/TC 176/SC 2 Quality Systems Membro do Grupo de Coordenação Técnica de Sistemas de Gestão da

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000

Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000 Sociedade & Natureza Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000 Introdução EVOLUÇÃO DA GESTÃO AMBIENTAL Passou por três grandes etapas: 1ª. Os problemas ambientais são localizados e atribuídos

Leia mais

Sustentabilidade o papel da nova geracao de Normas de Sistemas de Gestao.

Sustentabilidade o papel da nova geracao de Normas de Sistemas de Gestao. Sustentabilidade o papel da nova geracao de Normas de Sistemas de Gestao. Dr Nigel H Croft Presidente do Conselho, APCER Brasil Chairman, ISO/TC 176/SC 2 Quality Systems Membro do Grupo de Coordenação

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Gestão da Qualidade. Profa. Maria do Carmo Calado

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Gestão da Qualidade. Profa. Maria do Carmo Calado FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo: Gestão da Qualidade Profa. Maria do Carmo Calado Aula 3 O surgimento e a importância das Normas ISO Objetivos: Esclarecer como se deu o processo

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M3 D3 PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE II

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M3 D3 PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M3 D3 PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE II GUIA DE ESTUDO PARTE II INTRODUÇÃO À GESTÃO INTEGRADA DE SEGURANÇA, QUALIDADE E MEIO AMBIENTE AULA 35 PROFESSOR

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES SOBRE A TRANSIÇÃO (NBR ISO 14001: 2004)

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES SOBRE A TRANSIÇÃO (NBR ISO 14001: 2004) PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES SOBRE A TRANSIÇÃO (NBR ISO 14001: 2004) Ao longo dos últimos anos, a Fundação Carlos Alberto Vanzolini vem trabalhando com a Certificação ISO 14000 e, com o atual processo de

Leia mais

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA FILIAL RIO DAS OSTRAS/RJ FUNDAÇÃO:

Leia mais

Marcel Menezes Fortes II CONGRESSO BRASILEIRO DE ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM SERGIPE

Marcel Menezes Fortes II CONGRESSO BRASILEIRO DE ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM SERGIPE Marcel Menezes Fortes II CONGRESSO BRASILEIRO DE ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM SERGIPE 1 Agradecimentos e reflexões iniciais 2 Normas e Sistema de Gestão Integrado 3 Modelo de Excelência na Gestão 4 Interfaces

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Segurança da Informação Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Histórico O BSi (British Standard Institute) criou a norma BS 7799,

Leia mais

EJRos Brasil Workshop 2014 Todos os Direitos Reservados. Everton J. De Ros

EJRos Brasil Workshop 2014 Todos os Direitos Reservados. Everton J. De Ros Everton J. De Ros A ISO 9001 Revisão 2015 Cronograma Publicação Prevista em setembro de 2015 Jun 2012 Nov 2012 Jun 2013 Jan 2014 Set 2014 Jan 2015 Set2015 Minuta Design Spec & WD Design Spec & WD1 aprovada

Leia mais

DPS1035 Gestão Ambiental e Sustentabilidade. CGEP Eng a. Morgana Pizzolato, Dr a.

DPS1035 Gestão Ambiental e Sustentabilidade. CGEP Eng a. Morgana Pizzolato, Dr a. DPS1035 Gestão Ambiental e Sustentabilidade CGEP Eng a. Morgana Pizzolato, Dr a. Contextualização A preocupação por parte das organizações com seus impactos ambientais tornou-se uma componente constante

Leia mais

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos DEZ 2000 NBR ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade Requisitos Sumário Prefácio 0 Introdução 1 Objetivo 2 Referência normativa 3 Termos e definições 4 Sistema de gestão da qualidade 5 Responsabilidade

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001 SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001 Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim INTRODUÇÃO A norma ISO 14001 faz parte de um conjunto mais amplo de normas intitulado ISO série 14000. Este grupo

Leia mais

INTRODUÇÃO À NORMA ISO 9001 Sistemas de Gestão da Qualidade. Estratégica Consultoria Empresarial Multidisciplinar

INTRODUÇÃO À NORMA ISO 9001 Sistemas de Gestão da Qualidade. Estratégica Consultoria Empresarial Multidisciplinar INTRODUÇÃO À NORMA ISO 9001 Sistemas de Gestão da Qualidade Estratégica Consultoria Empresarial Multidisciplinar O que é a ISO? Organização Internacional para Padronização História e Filosofia da ISO A

Leia mais

III CBIO - Congresso de Biólogos dos Estados do RJ/ES

III CBIO - Congresso de Biólogos dos Estados do RJ/ES Eng. ZULMAR TEIXEIRA Rio, 19/10/2010 PRINCÍPIOS DA GESTÃO MODERNA III CBIO - Congresso de Biólogos dos Estados do RJ/ES SUCESSO DO EMPREENDIMENTO ABORDAGEM DE PROCESSO SÉCULO XXI O SÉCULO DO DESAFIO O

Leia mais

ISO 9001:2008 Roteiro prático para implantação

ISO 9001:2008 Roteiro prático para implantação ISO 9001:2008 Roteiro prático para implantação Marcel Menezes Fortes 1- Introdução: Em 28 de dezembro de 2008, a ABNT NBR ISO-9001:2008 entrou em vigor em substituição à Norma ABNT NBR ISO-9001:2000. Pretendemos

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL SGA ISO 14.001:2004 O que é ISO? A ISO - International Organization for Standardization é uma organização sediada em Genebra, na Suíça. Foi fundada em 1946; A sigla ISO foi

Leia mais

7/5/2012. Esta evolução compreende etapas distintas de pensamento, representadas por fases que precederam a visão largamente difundida no presente.

7/5/2012. Esta evolução compreende etapas distintas de pensamento, representadas por fases que precederam a visão largamente difundida no presente. Gestão Ambiental Empresarial Prof. Carlos Henrique A. de Oliveira Gestão Ambiental Objetivos Compreender o processo de evolução da conscientização ambiental; Conhecer conceitos relacionados ao desenvolvimento

Leia mais

GESTÃO DE RISCOS NA OPERAÇÃO DE PLATAFORMAS DE PETRÓLEO

GESTÃO DE RISCOS NA OPERAÇÃO DE PLATAFORMAS DE PETRÓLEO 2, 3 e 4 de Julho de 2009 ISSN 1984-9354 GESTÃO DE RISCOS NA OPERAÇÃO DE PLATAFORMAS DE PETRÓLEO Mauricio de Paula Oliveira UFF Eduardo Qualharini UFRJ Resumo Com o afundamento da plataforma de petróleo

Leia mais

2º Simpósio Internacional de Confiabilidade e Gestão de Segurança Operacional. 09 a 11 de novembro de 2010

2º Simpósio Internacional de Confiabilidade e Gestão de Segurança Operacional. 09 a 11 de novembro de 2010 2º Simpósio Internacional de Confiabilidade e Gestão de 17 a 19 de novembro de 2009 Segurança Operacional 09 a 11 de novembro de 2010 Norma NBR de Diretrizes para a Integração do SGSO com outros Sistemas

Leia mais

REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO DE AUDITOR DE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE NBR 15100

REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO DE AUDITOR DE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE NBR 15100 REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO DE AUDITOR DE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE NBR 15100 NORMA Nº NIT-DICOR-062 APROVADA EM FEV/08 Nº 01/07 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Histórico

Leia mais

Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos

Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos Outubro/2007 PRODIR GESTÃO DA QUALIDADE NO PROCESSO DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS QUÍMICOS Engº. Fernandes J. dos Santos outubro/07

Leia mais

Sistemas de Gestão Ambiental O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004

Sistemas de Gestão Ambiental O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004 QSP Informe Reservado Nº 41 Dezembro/2004 Sistemas de Gestão O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004 Material especialmente preparado para os Associados ao QSP. QSP Informe Reservado Nº 41 Dezembro/2004

Leia mais

Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho

Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho (ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001) Prof. Livre Docente Otávio J. Oliveira UNESP CONTEXTUALIZAÇÃO - Diluição

Leia mais

A Avaliação do Ciclo e Vida e as Normas ISO 14000

A Avaliação do Ciclo e Vida e as Normas ISO 14000 A Avaliação do Ciclo e Vida e as Normas ISO 14000 Haroldo Mattos de Lemos Presidente, Instituto Brasil PNUMA Vice Presidente do ISO/TC 207 Presidente, Conselho Técnico T da ABNT Presidente, Conselho Empresarial

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL INDICE MÓDULO 1... 4 Introdução... 4 Tópico I... 4 A Relação do Meio Ambiente com as Organizações... 4 Os Acidentes Ambientais... 4 Sistemas de Gerenciamento... 5 Os Negócios e o Meio Ambiente... 5 As

Leia mais

CURSO AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE: CONTEXTOS, FUNDAMENTOS E PRÁTICAS

CURSO AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE: CONTEXTOS, FUNDAMENTOS E PRÁTICAS CURSO AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE: CONTEXTOS, FUNDAMENTOS E PRÁTICAS Ana Júlia Ramos Pesquisadora Sênior AIII CERTIFICAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL: RAC Modelos Internacionais de Normas

Leia mais

Sistema de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho Apresentação da Norma BS 8800 e seu Impacto nas Indústrias de Auto Peças de Itajubá

Sistema de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho Apresentação da Norma BS 8800 e seu Impacto nas Indústrias de Auto Peças de Itajubá Sistema de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho Apresentação da Norma BS 8800 e seu Impacto nas Indústrias de Auto Peças de Itajubá Prof. Carlos Eduardo Sanches da Silva, M.Sc. Escola Federal de Engenharia

Leia mais

CEO da DQS do Brasil e América do Sul, na DQS há 17 anos. Auditora Líder de Sistema de Gestão da Qualidade Auditora Líder de Gestão de Riscos

CEO da DQS do Brasil e América do Sul, na DQS há 17 anos. Auditora Líder de Sistema de Gestão da Qualidade Auditora Líder de Gestão de Riscos Seu sucesso é Nosso objetivo! DQS do Brasil Ltda. Sistemas Integrados de Gestão CIESP - Diadema. Dezée Mineiro CEO da DQS do Brasil e América do Sul, na DQS há 17 anos Auditora Líder de Sistema de Gestão

Leia mais

livros indicados e / ou recomendados

livros indicados e / ou recomendados Material complementar. Não substitui os livros indicados e / ou recomendados Prof. Jorge Luiz - 203 Pág. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE - SGQ Sistema de Gestão da Qualidade SGQ é a estrutura a ser criada

Leia mais

QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE AUDITORES DE SISTEMAS DE GESTÃO

QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE AUDITORES DE SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo - Brasil QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE AUDITORES DE SISTEMAS DE GESTÃO 26 de setembro de 2007 Carmen Pilar Zabaleta Diretora do CIC PROCESSO DE AUDITORIA DE SISTEMAS DE GESTÃO ISO 9000 ou ISO

Leia mais

OHSAS-18001:2007 Tradução livre

OHSAS-18001:2007 Tradução livre SISTEMAS DE GESTÃO DE SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL - REQUISITOS (OCCUPATIONAL HEALTH AND SAFETY MANAGEMENT SYSTEMS - REQUIREMENTS) OHSAS 18001:2007 Diretrizes para o uso desta tradução Este documento

Leia mais

Requisitos sobre competências pessoais para atividades com equipamentos e instalações em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas

Requisitos sobre competências pessoais para atividades com equipamentos e instalações em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas 52 Requisitos sobre competências pessoais para atividades com equipamentos e instalações em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas Elaborado por Luiz Mauro Alves e Roberval Bulgarelli A certificação

Leia mais

Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha

Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Prof. Léo Noronha As normas podem ser separadas em dois grandes grupos Normas de produtos ou serviços; Normas de sistemas de gestão. Estas definem os processos administrativos

Leia mais

CERTIFICAÇAO AMBIENTAL

CERTIFICAÇAO AMBIENTAL ISO 14000 - A NOVA NORMA GERENCIAMENTO E -- CERTIFICAÇAO AMBIENTAL DE AMBIENTAL *Francesco De Cicco A futura norma internacional para o meio ambiente - a série ISO 14000 - e a importância para as empresas

Leia mais

P 2: Quais os limites entre aspectos relativos ao meio ambiente e à segurança?

P 2: Quais os limites entre aspectos relativos ao meio ambiente e à segurança? INTERPRETAÇÃO NBR ISO 14001 (1996), JULHO 2001 CB-38/SC-01/GRUPO DE INTERPRETAÇÃO INTRODUÇÃO O CB-38, Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental, da ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas, decidiu criar

Leia mais

Uso Exclusivo em Treinamento

Uso Exclusivo em Treinamento Web Site: www.simplessolucoes.com.br ABNT NBR ISO 9001:2008 Uso Exclusivo em Treinamento SUMÁRIO 0. Introdução 2 0.1 Generalidades 2 0.2 Abordagem de processo 3 0.3 Relação com a norma NBR ISO 9004 5 0.4

Leia mais

SGI Visão Geral CURSO DE FORMAÇÃO DE OPERADORES DE REFINARIA SGI VISÃO GERAL

SGI Visão Geral CURSO DE FORMAÇÃO DE OPERADORES DE REFINARIA SGI VISÃO GERAL CURSO DE FORMAÇÃO DE OPERADORES DE REFINARIA SGI VISÃO GERAL 1 2 SGI Visão Geral SGI VISÃO GERAL RICARDO AMARO SIMONE VANIZE DE MELO Equipe Petrobras Petrobras / Abastecimento UN s: Repar, Regap, Replan,

Leia mais

2 0 ENCONTRO SOBRE APRIMORAMENTO DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÕES SUMÁRIO. 1.1 Introdução. 1.2 Objetivo do Encontro

2 0 ENCONTRO SOBRE APRIMORAMENTO DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÕES SUMÁRIO. 1.1 Introdução. 1.2 Objetivo do Encontro 1 2 0 ENCONTRO SOBRE APRIMORAMENTO DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÕES SUMÁRIO 1.1 Introdução O, os Organismos de Certificação Credenciados (OCC), Organismos de Treinamento Credenciados (OTC), Organismo de Certificação

Leia mais

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas DEZ 2000 NBR ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade Requisitos Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 28 o. andar CEP 20003-900 Caixa Postal 1680 Rio

Leia mais

ISO 14000. ISO 14000 Edição Junho / 2006 - Rev.0 C-1

ISO 14000. ISO 14000 Edição Junho / 2006 - Rev.0 C-1 MÓDULO C REQUISITOS DA NORMA AMBIENTAL ISO 14001 ISO 14000 Edição Junho / 2006 - Rev.0 C-1 REQUISITOS DA NORMA AMBIENTAL ISO 14001/04 Sumário A.) A Organização ISO...3 B.) Considerações sobre a elaboração

Leia mais

ABNT NBR ISO 9001. Sistemas de gestão da qualidade Requisitos. Quality management systems Requirements ' NORMA BRASILEIRA. Segunda edição 28.11.

ABNT NBR ISO 9001. Sistemas de gestão da qualidade Requisitos. Quality management systems Requirements ' NORMA BRASILEIRA. Segunda edição 28.11. ' NORMA BRASILEIRA ABNT NBR ISO 9001 Segunda edição 28.11.2008 Válida a partir de 28.12.2008 Sistemas de gestão da qualidade Requisitos Quality management systems Requirements Palavras-chave: Sistemas

Leia mais

APRESENTAÇÃO. www.acvtecline.com.br

APRESENTAÇÃO. www.acvtecline.com.br APRESENTAÇÃO www.acvtecline.com.br A ACV TECLINE é uma empresa de Engenharia que tem oferecido aos seus clientes soluções e recursos no gerenciamento de projetos, construção, montagem e reabilitação de

Leia mais

Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás. Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder

Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás. Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder Sumário A Empresa - Petrobras A Exploração e Produção de Óleo e Gás Gestão Ambiental

Leia mais

Gestão Ambiental e Responsabilidade Social. O Sistema de Gestão Ambiental. Aula 3. Vídeo. Contextualização. O que é um Sistema de Gestão?

Gestão Ambiental e Responsabilidade Social. O Sistema de Gestão Ambiental. Aula 3. Vídeo. Contextualização. O que é um Sistema de Gestão? Gestão e Responsabilidade Social Aula 3 O Sistema de Gestão Prof. Esp. Felipe Luiz Vídeo "Mundo" Pense de Novo Contextualização WWF Brasil. Disponível em: .

Leia mais

Qualidade e Sustentabilidade O importante papel da ISO.

Qualidade e Sustentabilidade O importante papel da ISO. Qualidade e Sustentabilidade O importante papel da ISO. Dr Nigel H Croft Chairman, ISO/TC 176/SC 2 Quality Systems Membro do Grupo de Coordenação Técnica de Sistemas de Gestão da ISO Nov 2014 2 Normas

Leia mais

LIDERANÇA. Gardline Marine

LIDERANÇA. Gardline Marine LIDERANÇA A OceanPact é uma empresa brasileira dedicada ao gerenciamento e resposta a emergências e ao desenvolvimento e implantação de soluções ligadas ao meio ambiente marinho e costeiro, principalmente

Leia mais

ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas. Entidade privada, sem fins lucrativos, de utilidade pública, fundada em 1940

ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas. Entidade privada, sem fins lucrativos, de utilidade pública, fundada em 1940 www.abnt.org.br 1 Quem é a ABNT? ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Entidade privada, sem fins lucrativos, de utilidade pública, fundada em 1940 Fórum Nacional de Normalização único Membro fundador

Leia mais

UM ORGANISMO ACREDITADO DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE CONTRIBUINDO PARA GARANTIR A SEGURANÇA DE VÔO

UM ORGANISMO ACREDITADO DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE CONTRIBUINDO PARA GARANTIR A SEGURANÇA DE VÔO UM ORGANISMO ACREDITADO DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE CONTRIBUINDO PARA GARANTIR A SEGURANÇA DE VÔO Luciane de Oliveira Cunha (ITA) lucianeoc@yahoo.com.br João Murta Alves (ITA) murta@ita.br

Leia mais

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng.

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng. 01. O QUE SIGNIFICA A SIGLA ISO? É a federação mundial dos organismos de normalização, fundada em 1947 e contanto atualmente com 156 países membros. A ABNT é representante oficial da ISO no Brasil e participou

Leia mais

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental ISO 14001 Prof. Gustavo Rodrigo Schiavon Eng. Ambiental ISO 14001 Existem duas normas bastante difundidas para orientação da implantação de um Sistema de Gestão

Leia mais

Painel 4 Vistorias em Edificações

Painel 4 Vistorias em Edificações Diagnósticos Técnicos e a Preservação de Direitos na Construção Civil Painel 4 Vistorias em Edificações Palestrante José Carlos Muniz Falcon Realização Apoio Técnico Apoio Institucional Vistorias em Edificações-

Leia mais

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos

Sistemas de gestão da qualidade Requisitos SET/2000 PROJETO NBR ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade Requisitos ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Sede: Rio de Janeir o Av. Treze de Maio, 13 28º andar CEP 20003-900 Caixa Postal 1680

Leia mais

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental Série ISO 14000 Prof. Gustavo Rodrigo Schiavon Eng. Ambiental A questão ambiental empresarial encontrase em fases distintas nos diversos países do mundo: De

Leia mais

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina VI-057 - IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO SGI (MEIO AMBIENTE E SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO)

Leia mais

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR Prezado Fornecedor, A Innova S/A, empresa certificada nas normas ISO 9001:2000, ISO 14001:1996, OHSAS 18001, avalia seus fornecedores no atendimento de requisitos relativos a Qualidade, Meio Ambiente,

Leia mais

O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL ISO 14001 EM FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS. Furnas Centrais Elétricas S.A.

O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL ISO 14001 EM FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS. Furnas Centrais Elétricas S.A. GIA / 01 17 a 22 de Outubro de 1999 Foz do Iguaçu Paraná - Brasil GRUPO XI GRUPO DE ESTUDOS DE IMPACTOS AMBIENTAIS (GIA) O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL ISO 14001 EM FURNAS

Leia mais

Normas ISO 14000. Jonas Lucio Maia

Normas ISO 14000. Jonas Lucio Maia Jonas Lucio Maia Agenda Origem das normas Normas ISO 14000 Similaridades GQ e GA Benefícios Críticas Bibliografia Origens das normas Quatro origens relacionadas: Padrões do Business Council for Sustainable

Leia mais

FORMAÇÃO DE AVALIADORES DE SGI PELAS NORMAS DE GESTÃO DE QUALIDADE, SMS E RESPONSABILIDADE SOCIAL

FORMAÇÃO DE AVALIADORES DE SGI PELAS NORMAS DE GESTÃO DE QUALIDADE, SMS E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO DE AVALIADORES DE SGI PELAS NORMAS DE GESTÃO DE QUALIDADE, SMS E RESPONSABILIDADE SOCIAL 1 MODELOS DE GESTÃO MODELO Busca representar a realidade GESTÃO ACT CHECK PLAN DO PDCA 2 MODELOS DE GESTÃO

Leia mais

ISO/IEC 17799-27001. Clauzio Cleber Hugo Azevedo Roger

ISO/IEC 17799-27001. Clauzio Cleber Hugo Azevedo Roger ISO/IEC 17799-27001 Clauzio Cleber Hugo Azevedo Roger ISO/IEC 17799-27001 ISO: Organização de Padronização Internacional: ISO 9001 e 14001; IEC: Comissão Eletrotécnica Internacional: IEC 60950-1 (ITE:

Leia mais

Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional (OHSAS 18001:2007)

Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional (OHSAS 18001:2007) Gestão e otimização da produção Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional () Marco Antonio Dantas de Souza MSc. Engenharia de Produção Engenheiro de Segurança do Trabalho Introdução Fonte: Ministério da

Leia mais

REQUISITOS GERAIS PARA COMPETÊNCIA DE LABORATORIOS DE ENSAIO E CALIBRAÇÃO NBR ISO/IEC 17025

REQUISITOS GERAIS PARA COMPETÊNCIA DE LABORATORIOS DE ENSAIO E CALIBRAÇÃO NBR ISO/IEC 17025 CURSO E-LEARNING REQUISITOS GERAIS PARA COMPETÊNCIA DE LABORATORIOS DE ENSAIO E CALIBRAÇÃO NBR ISO/IEC 17025 Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitido a distribuição física ou eletrônica deste

Leia mais

PROCEDIMENTO GERENCIAL PARA PG 017/02 PREPARAÇÃO E ATENDIMENTO A EMERGÊNCIA Página 2 de 5

PROCEDIMENTO GERENCIAL PARA PG 017/02 PREPARAÇÃO E ATENDIMENTO A EMERGÊNCIA Página 2 de 5 Página 2 de 5 1 OBJETIVO Este procedimento tem por objetivo o estabelecimento das diretrizes para elaboração de procedimentos técnicos e administrativos a serem adotados em situações emergenciais, tais

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

Sistemas de gestão da qualidade - Requisitos

Sistemas de gestão da qualidade - Requisitos DEZ 2000 NBR ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade - Requisitos ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 28º andar CEP 20003-900 Caixa Postal 1680 Rio

Leia mais

ECS -ASSESSORIA E CONSULTORIA TÉCNICA. ISO 14001:2015 Tendências da nova revisão

ECS -ASSESSORIA E CONSULTORIA TÉCNICA. ISO 14001:2015 Tendências da nova revisão ISO 14001:2015 Tendências da nova revisão A ISO 14001 EM SUA NOVA VERSÃO ESTÁ QUASE PRONTA Histórico ECS -ASSESSORIA E CONSULTORIA TÉCNICA As normas da série ISO 14000 foram emitidas pela primeira vez

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA. Tem como propósito contribuir na melhoria da competitividade e sustentabilidade das organizações.

NOSSA HISTÓRIA. Tem como propósito contribuir na melhoria da competitividade e sustentabilidade das organizações. INSTITUCIONAL NOSSA HISTÓRIA Desde 1988, ano de sua fundação, a Qualtec desenvolve as melhores soluções para seus clientes na implantação, auditoria e treinamentos de sistema de gestão e estratégia corporativa

Leia mais

ISO 14000 GESTÃO AMBIENTAL. Prof. Mba Aldemir Almeida

ISO 14000 GESTÃO AMBIENTAL. Prof. Mba Aldemir Almeida ISO 14000 GESTÃO AMBIENTAL Prof. Mba Aldemir Almeida O QUE É ISO?? A PALAVRA ISOS VEM DO GREGO QUE SIGNIFICA IGUALDADE. A ISO: International Organization for Standardization - ORGANIZAÇÃO INTERNATIONAL

Leia mais

ISO 9001:2015 Nova versão porque e quando?

ISO 9001:2015 Nova versão porque e quando? ISO 9001:2015 Nova versão porque e quando? A publicação prevista para Novembro de 2015 tem como propósito refletir as mudanças no ambiente em que a norma é usada e garantir que a mesma mantenha-se adequada

Leia mais

Isaias Quaresma Masetti. Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br

Isaias Quaresma Masetti. Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br Inovação Tecnológica Frente aos Desafios da Indústria Naval Brasileira Isaias Quaresma Masetti Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br ... O maior obstáculo à indústria

Leia mais

A Norma ISO 14064 Mudanças Climáticas. Vitor Feitosa Coordenador do SC-09 da ABNT/CB-38

A Norma ISO 14064 Mudanças Climáticas. Vitor Feitosa Coordenador do SC-09 da ABNT/CB-38 A Norma ISO 14064 Mudanças Climáticas Vitor Feitosa Coordenador do SC-09 da ABNT/CB-38 ISO WG5 Mudanças Climáticas ISO TC 207 - Environmental Management Working Group 5 Mudanças Climáticas Implantado em

Leia mais

Pós Graduação: Planejamento e Gestão Ambiental. NUPPE Núcleo de Pós Graduação, Pesquisa e Extensão Faculdade Almeida Rodrigues

Pós Graduação: Planejamento e Gestão Ambiental. NUPPE Núcleo de Pós Graduação, Pesquisa e Extensão Faculdade Almeida Rodrigues Pós Graduação: Planejamento e Gestão Ambiental NUPPE Núcleo de Pós Graduação, Pesquisa e Extensão Faculdade Almeida Rodrigues Série ISO 14000 e Auditoria Ambiental Apresentação Engenheira Química: Ursula

Leia mais