SOLUÇÕES PARA ALIMENTOS SECOS SEM REQUISITO DE BARREIRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOLUÇÕES PARA ALIMENTOS SECOS SEM REQUISITO DE BARREIRA"

Transcrição

1 SOLUÇÕES PARA ALIMENTOS SECOS SEM REQUISITO DE BARREIRA

2 O cenário brasileiro 1,2,3 O Brasil é o maior produtor mundial de feijão: em 2012 a safra foi de 2,8 milhões de toneladas, e a projeção para 2013 é de aumento de mais de 30%; A safra de arroz em 2012 foi de 11,3 milhões de toneladas e a previsão para 2013 é de crescimento de 5%, o que faz do Brasil o nono maior produtor mundial; A produção brasileira de todos os tipos de sal em 2010 foi estimada em torno de 7 milhões de toneladas; O Brasil não é apenas o maior produtor de cana-deaçúcar. É também o primeiro do mundo na produção de açúcar, sendo responsável por mais da metade do açúcar comercializado no mundo. A safra de 2011/2012 foi de 36 milhões de toneladas e a previsão para 2013 é de crescimento de 2.6%. 25kg Todo ano, cada brasileiro consome em média 16,5ko g feijã arroz Agricultura: Jan 2013 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Produção e Agroenergia Departamento da Cana-de-Açúcar e Agroenergia, Jan Departamento Nacional de Produção Mineral,

3 A função da embalagem Para que a produção de cereais, grãos, açúcar, sal, farináceos e outros alimentos secos chegue até o consumidor, os alimentos precisam de embalagens que confiram proteção e preservação, evitando as perdas, além de promover o produto no ponto de venda. 1. Proteger Resistência: a embalagem precisa ter integridade física com resistência à perfuração, ao rasgo e à queda para garantir que o transporte e a manipulação do produto no ponto de venda não comprometam o produto. 2. Preservar Integridade de selagem: a alta força de selagem do filme que contorma a embalagem vai evitar perdas ao longo do processo de empacotamento automático, tanto no enchimento da embalagem como durante o transporte e conformação da carga. 3. Promover Transparência: a alta transparência da embalagem vai facilitar a visualização do produto pelo consumidor, que poderá avaliá-lo melhor. Brilho: uma embalagem de alto brilho vai chamar mais atenção do consumidor para o produto. Proteção da impressão: a utilização de uma embalagem laminada vai conferir a proteção da impressão do filme, evitando que o atrito entre os pacotes, durante o transporte, danifique a qualidade de impressão.

4 Empacotamento automático Além do atendimento aos requisitos da aplicação para o segmento de cereais, grãos, açúcar, sal, farináceos e outros alimentos secos, o desenho da formulação do filme deve atender às necessidades da linha de embalagem de empacotamento automático, como ter uma alta força de solda a quente e rendimento compatível com as altas velocidades de empacotamento. Apresentamos as soluções da Dow para este mercado: AÇÚCAR Para proteção da impressão, faz-se a laminação de 2 filmes de polietileno:

5 ARROZ Estrutura de 3 camadas Estrutura de 3 camadas com melhores óticas e CoF estável para laminação.

6 FARINHA selagem hermética com contaminantes de pó, aliado a uma ampla janela de solda e baixa temperatura de início de selagem.

7 PANIFICAÇÃO PORTFÓLIO DE RESINAS E ADESIVOS PARA EMBALAGENS SEM BARREIRA PARA ALIMENTOS SECOS - EMPACOTAMENTO AUTOMÁTICO

8 Para obter informações adicionais sobre produtos, inovações, tecnologias e outros serviços da Companhia procure seu representante Dow, visite ou entre em contato por meio dos telefones abaixo: Dow América Latina: Pacífico: Europa: Itália: África do Sul: América do Norte: NOTA: Não se inferem isenções de nenhuma patente de propriedade da Dow ou de outros. Considerando que as condições de uso e as leis aplicáveis podem diferir de um local para outro e que podem variar com o decorrer do tempo, é responsabilidade do cliente determinar se os produtos e as informações constantes deste documento são apropriados ao uso pretendido pelo mesmo e garantir que o local de trabalho e as práticas de disposição do Cliente estejam em conformidade com as leis aplicáveis e outros decretos governamentais. O produto apresentado nesta literatura pode não estar disponível à venda e/ou disponível em todas as áreas geográficas onde a Dow é representada. Os pedidos feitos podem não ter sido aprovados para uso em todos os países. As referências à Dow ou à Companhia significam a pessoa jurídica da Dow que vende produtos aos Clientes, a não ser que detalhadas expressamente de outra forma. NENHUMA GARANTIA É OFERECIDA POR MEIO DESTE. TODAS AS GARANTIAS IMPLÍCITAS DE COMERCIALIZAÇÃO OU ADEQUAÇÃO A UM FIM ESPECÍFICO FICAM EXPRESSAMENTE EXCLUÍDAS. Fontes Mistas Grupo de produto proveniente de florestas bem manejadas e fontes controladas Cert no. CU-COC Forest Stewardship Counci l Marca da The Dow Chemical Company ( Dow ) ou de uma empresa afiliada. Responsible Care é uma marca registrada do American Chemistry Council nos Estados Unidos. Formulário Nº Publicado em maio de Impresso no Brasil The Dow Chemical Company.

SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA LÍQUIDOS

SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA LÍQUIDOS SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA LÍQUIDOS SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA LÍQUIDOS A embalagem flexível está ganhando o mercado de líquidos de maneira significativa devido às suas inúmeras vantagens em relação às rígidas,

Leia mais

VEDAÇÃO PERFEITA: RESINAS ORGANOLÉPTICAS PARA TAMPAS DE BEBIDAS

VEDAÇÃO PERFEITA: RESINAS ORGANOLÉPTICAS PARA TAMPAS DE BEBIDAS VEDAÇÃO PERFEITA: RESINAS ORGANOLÉPTICAS PARA TAMPAS DE BEBIDAS 1 2 vedação perfeita Resinas organolépticas para tampas de bebidas Água natural com e sem gás, refrigerantes, isotônicos... O mercado de

Leia mais

Embalagens para Alimentos e Especialidades

Embalagens para Alimentos e Especialidades Embalagens para Alimentos e Especialidades Provedora de Soluções Inovadoras Portfólio único de resinas e adesivos para inovar na indústria de embalagens. A Dow, líder mundial na oferta de resinas e adesivos

Leia mais

Performance Plastics. Dow Packaging & Specialty Plastics

Performance Plastics. Dow Packaging & Specialty Plastics Performance Plastics Dow Packaging & Specialty Plastics Polietilenos lineares de baixa densidade (LLDPE) para o mercado de alimentos e especialidades Amplo portfolio de funcionalidades para melhores embalagens

Leia mais

EMBALAGENS PARA ESTERILIZAÇÃO.

EMBALAGENS PARA ESTERILIZAÇÃO. EMBALAGENS PARA ESTERILIZAÇÃO. Márcia Cristina O Pereira Enfermeira encarregada da central de material esterilizado HMSL. Especialista em CC, CME, RA USP Mestrado em saúde do adulto - USP FINALIDADE DA

Leia mais

Soluções de embalagens para produtos congelados Embalagens e Plásticos de Especialidade

Soluções de embalagens para produtos congelados Embalagens e Plásticos de Especialidade Soluções de embalagens para produtos congelados Embalagens e Plásticos de Especialidade As tendências globais do mercado de alimentos mostram que a preocupação com a segurança no fornecimento de alimentos

Leia mais

Resinas de especialidades para o mercado de alimentos Portfolio para soluções na indústria de embalagens

Resinas de especialidades para o mercado de alimentos Portfolio para soluções na indústria de embalagens Performance Plastics Dow Packaging & Specialty Plastics Resinas de especialidades para o mercado de alimentos Portfolio para soluções na indústria de embalagens Dow Packaging & Specialty Plastics Resinas

Leia mais

SOLUÇÕES COM BARREIRA PARA ALIMENTOS SECOS

SOLUÇÕES COM BARREIRA PARA ALIMENTOS SECOS SOLUÇÕES COM BARREIRA PARA ALIMENTOS SECOS SOLUÇÕES COM BARREIRA PARA ALIMENTOS SECOS Tendências Globais do Mercado de Alimentos e Bebidas A praticidade é o principal impulsionador para os usuários finais,

Leia mais

MICRO IRRIGAÇÃO & RESINAS FINGERPRINT

MICRO IRRIGAÇÃO & RESINAS FINGERPRINT MICRO IRRIGAÇÃO & RESINAS FINGERPRINT 2 MICRO IRRIGAÇÃO & RESINAS FINGERPRINT COMPROMISSO, QUALIDADE E EXCELENTE DESEMPENHO A superfície total do Brasil é de 851 milhões de hectares, dos quais aproximadamente

Leia mais

MANUAL. Campanha de incentivo ao consumo de Frutas, Legumes e Verduras nas Centrais de Abastecimento. [Digite texto]

MANUAL. Campanha de incentivo ao consumo de Frutas, Legumes e Verduras nas Centrais de Abastecimento. [Digite texto] MANUAL Campanha de incentivo ao consumo de Frutas, Legumes e Verduras nas Centrais de Abastecimento [Digite texto] Grupo de Trabalho Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) Ministério

Leia mais

Lubrificantes a Granel Tecnologia e performance ajudando a preservar o meio-ambiente

Lubrificantes a Granel Tecnologia e performance ajudando a preservar o meio-ambiente Lubrificantes a Granel Tecnologia e performance ajudando a preservar o meio-ambiente GRANEL. UM NOVO NEGÓCIO. UMA GRANDE OPORTUNIDADE. O lubrificante Estrutura do Programa Etapa 1 Origem FÁBRICA Lubrificante

Leia mais

Inovação na Agricultura, Agro-indústria e Floresta Teatro de Vila Real 16 de Maio de 2014

Inovação na Agricultura, Agro-indústria e Floresta Teatro de Vila Real 16 de Maio de 2014 Inovação na Agricultura, Agro-indústria e Floresta Teatro de Vila Real 16 de Maio de 2014 Quem Somos? Marron Glacé made in Portugal - Concelho Tabuaço (Região do Douro) - PME fundada em 1991 Quem Somos?

Leia mais

CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO

CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Sala de Preparo e Esterilização Equipe: Carla, Marcela e Maria Cristina 6º Período de Enfermagem UNIS Sala de preparo A

Leia mais

Soluçoes ~ Gráficas. Digital. Off-Set. Compromisso com o CERTIFICAÇÃO FSC FOREST STEWARDSHIP COUNCIL. www.dizart.com.br

Soluçoes ~ Gráficas. Digital. Off-Set. Compromisso com o CERTIFICAÇÃO FSC FOREST STEWARDSHIP COUNCIL. www.dizart.com.br Soluçoes ~ Gráficas Digital Off-Set CERTIFICAÇÃO FSC FOREST STEWARDSHIP COUNCIL www.dizart.com.br SOBRE O FSC É amplamente aceito que os recursos florestais e as áreas por eles ocupadas devam ser manejados

Leia mais

Embalagens para esterilização. O que você precisa saber sobre: Normas técnicas

Embalagens para esterilização. O que você precisa saber sobre: Normas técnicas O que você precisa saber sobre: Normas técnicas Leis e Normas Constituição Federal Leis Infra - constitucinais Ex: Código Penal 1940 Código Civil (1916) 2002 Leis Complementares (Decreto Lei) MP NORMAS

Leia mais

A embalagem cartonada em formato de garrafa. combidome

A embalagem cartonada em formato de garrafa. combidome A embalagem cartonada em formato de garrafa. Apresentamos a, a embalagem cartonada com a conveniência de uma garrafa. A está chegando às gôndolas dos supermercados. É algo totalmente diferente de tudo

Leia mais

Mais conforto e elasticidade a produtos de higiene

Mais conforto e elasticidade a produtos de higiene Performance Plastics Dow Packaging & Specialty Plastics Mais conforto e elasticidade a produtos de higiene Inovação que faz sentido Além da necessidade de praticidade, a Dow Higiene & Medicina entende

Leia mais

www.oxiteno.com PERFIL INSTITUCIONAL AGO/2014 ÁFRICA - AMÉRICA - ÁSIA - EUROPA - OCEANIA

www.oxiteno.com PERFIL INSTITUCIONAL AGO/2014 ÁFRICA - AMÉRICA - ÁSIA - EUROPA - OCEANIA www.oxiteno.com PERFIL INSTITUCIONAL ÁFRICA - AMÉRICA - ÁSIA - EUROPA - OCEANIA AGO/2014 Criando soluções que promovem a evolução do mundo. INOVAÇÃO para transformar a vida das pessoas. Com atuação no

Leia mais

10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013

10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013 10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013 1. INTRODUÇÃO O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), realiza sistematicamente

Leia mais

DO OUTRO, O AGRONEGÓCIO PRODUZ UM PAÍS CADA VEZ MAIS FORTE.

DO OUTRO, O AGRONEGÓCIO PRODUZ UM PAÍS CADA VEZ MAIS FORTE. PRODUTOR RURAL: fale com o gerente do seu banco e saiba como ter acesso aos créditos e benefícios do Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015. DO OUTRO, O AGRONEGÓCIO PRODUZ UM PAÍS CADA VEZ MAIS FORTE. Para

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento D.O.U. Nº 225, sexta-feira, 24 de novembro de 2006. Pág. 10 SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 65, DE 21 DE NOVEMBRO

Leia mais

Milho Período: 22 a 26/06/2015

Milho Período: 22 a 26/06/2015 Milho Período: 22 a 26/06/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0885 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ Geografia 9º Ano Prof.º Daniel Fonseca. Produção energética no Brasil: Etanol, Petróleo e Hidreletricidade

COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ Geografia 9º Ano Prof.º Daniel Fonseca. Produção energética no Brasil: Etanol, Petróleo e Hidreletricidade COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ Geografia 9º Ano Prof.º Daniel Fonseca Produção energética no Brasil: Etanol, Petróleo e Hidreletricidade Etanol A produção de álcool combustível como fonte de energia deve-se

Leia mais

Manual de Soluções Novelprint para códigos SMS

Manual de Soluções Novelprint para códigos SMS Manual de Soluções Novelprint para códigos SMS Introdução Soluções de Etiquetagem para Dados Variáveis A comunicação direta com o consumidor está cada vez mais ativa. A cada dia que passa aparecem novas

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária Brasília / DF 2010 2010 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Todos os direitos reservados. Permitida

Leia mais

O manipulador de alimentos tem que conferir todas as informações do rótulo?

O manipulador de alimentos tem que conferir todas as informações do rótulo? Os consumidores têm o direito de conhecer as características e a composição nutricional dos alimentos que adquirem. A legislação nacional estabelece algumas normas para registro dessas informações na rotulagem

Leia mais

1919 siawood + A próxima geração de abrasivos profissionais

1919 siawood + A próxima geração de abrasivos profissionais 1919 siawood + A próxima geração de abrasivos profissionais 1919 siawood + A próxima geração de abrasivos profissionais A mais nova geração do 1919 siawood clássico estabelece novos padrões no lixamento

Leia mais

TRIGO Período de 02 a 06/11/2015

TRIGO Período de 02 a 06/11/2015 TRIGO Período de 02 a 06//205 Tabela I - PREÇO PAGO AO PRODUTOR (em R$/60 kg) Centro de Produção Unid. 2 meses Períodos anteriores mês (*) semana Preço Atual PR 60 kg 29,56 35,87 36,75 36,96 Semana Atual

Leia mais

RESÍDUOS AGROSSILVOPASTORIS

RESÍDUOS AGROSSILVOPASTORIS RESÍDUOS AGROSSILVOPASTORIS Diretriz 01: Desenvolvimento e inovação de tecnologias para o aproveitamento de resíduos agrossilvopastoris 1.Estabelecimento de linhas de financiamento em condições específicas

Leia mais

O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010

O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010 O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010 O IBGE realizou, em outubro, o primeiro prognóstico para

Leia mais

A Vivenda do Camarão é a maior rede de restaurantes de frutos do mar do país, presente em 20 estados brasileiros e 1 unidade no Paraguay.

A Vivenda do Camarão é a maior rede de restaurantes de frutos do mar do país, presente em 20 estados brasileiros e 1 unidade no Paraguay. A Vivenda do Camarão é a maior rede de restaurantes de frutos do mar do país, presente em 20 estados brasileiros e 1 unidade no Paraguay. O cardápio Vivenda oferece Produtos Congelados, In Natura, e em

Leia mais

NEWSLETTER 002/FEV 2016

NEWSLETTER 002/FEV 2016 Embalamento sob Vácuo Higiene, Frescura, Prazos de Validade prolongados, Otimização de transporte e armazenamento A INVAC é uma Empresa especializada no fabrico de equipamentos de embalamento sob vácuo,

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA TANQUES

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA TANQUES SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA TANQUES MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para armazenamento de água do Brasil. Campeã em

Leia mais

PARANÁ CONTINUA SENDO O MAIOR PRODUTOR DE GRÃOS

PARANÁ CONTINUA SENDO O MAIOR PRODUTOR DE GRÃOS SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA RURAL D E R A L PARANÁ CONTINUA SENDO O MAIOR PRODUTOR DE GRÃOS 20/03/06 O levantamento de campo realizado pelo DERAL, no

Leia mais

Domino D120i/ D320i/ D620i - Codificadores laser

Domino D120i/ D320i/ D620i - Codificadores laser Domino. Do more. Domino D120i/ D320i/ D620i - Codificadores laser A combinação perfeita de design compacto com grandes benefícios. uma ampla variedade de materiais, em baixas e altas velocidades. Scanner

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS COMERCIALIZADOS PELA MIPEL

DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS COMERCIALIZADOS PELA MIPEL DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS COMERCIALIZADOS PELA MIPEL 1. FITA PARA EMPACOTAMENTO LEVE Fita adesiva de filme de Polipropilento Biorientado com Adesivo Acrílico: Indicado para fechamento de pacotes leves, trabalhos

Leia mais

CONSUMIDOR. Onde foi produzido Rastreado Light / Diet Menos Sal / 0% Trans Livre de Transgênicos Segurança alimentar. Tendências: Como foi produzido

CONSUMIDOR. Onde foi produzido Rastreado Light / Diet Menos Sal / 0% Trans Livre de Transgênicos Segurança alimentar. Tendências: Como foi produzido Tendências: Como foi produzido CONSUMIDOR Onde foi produzido Rastreado Light / Diet Menos Sal / 0% Trans Livre de Transgênicos Segurança alimentar Carne Não Transgênica Milhões Tons. 80,0 75,0 70,0 65,0

Leia mais

Enipec 2008. Desafios tecnológicos para a produção de carne de peixes nativos. Jorge Antonio Ferreira de Lara Embrapa Pantanal

Enipec 2008. Desafios tecnológicos para a produção de carne de peixes nativos. Jorge Antonio Ferreira de Lara Embrapa Pantanal Enipec 2008 Desafios tecnológicos para a produção de carne de peixes nativos Jorge Antonio Ferreira de Lara Embrapa Pantanal Cuiabá, 29 de maio de 2008 O MUNDO MUDOU... A queda do muro de Berlim, o 11

Leia mais

PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, DE DE DE 2009

PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, DE DE DE 2009 PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, DE DE DE 2009 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição,

Leia mais

Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura

Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura A safra de grãos do país totalizou 133,8 milhões de toneladas em 2009, de acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de dezembro,

Leia mais

Cesta básica tem alta moderada na maioria das capitais

Cesta básica tem alta moderada na maioria das capitais 1 São Paulo, 06 de julho de 2009. NOTA À IMPRENSA Cesta básica tem alta moderada na maioria das capitais Em junho, a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada pelo DIEESE - Departamento Intersindical

Leia mais

O poder. proteger. para. mundo. o seu. 3M Cuidado Institucional. Sorbents

O poder. proteger. para. mundo. o seu. 3M Cuidado Institucional. Sorbents 3M Cuidado Institucional Sorbents O poder para proteger o seu mundo A 3M é pioneira no conceito de microfibra e polipropileno, com mais de 25 anos de experiência na fabricação de respiradores descartáveis.

Leia mais

113 milhões de euros para o programa a favor das pessoas mais necessitadas em 2012

113 milhões de euros para o programa a favor das pessoas mais necessitadas em 2012 COMISSÃO EUROPEIA - COMUNICADO DE IMPRENSA 113 milhões de euros para o programa a favor das pessoas mais necessitadas em 2012 Bruxelas, 20 de Junho de 2011 O montante global da dotação para 2012 do programa

Leia mais

Considerações sobre Sistemas de Avaliação e

Considerações sobre Sistemas de Avaliação e Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia FMVZ Campus de Botucatu Departamento de Produção Animal Considerações sobre Sistemas de Avaliação e Tipificação de Carcaças André démendes Jorge Zootecnista

Leia mais

Milho Período: 11 a 15/05/2015

Milho Período: 11 a 15/05/2015 Milho Período: 11 a 15/05/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0203 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

&(67$%É6,&$62%((0&$3,7$,6

&(67$%É6,&$62%((0&$3,7$,6 São Paulo, 02 de maio de 2005. &(67$%É6,&$62%((0&$3,7$,6 Apenas uma das 16 capitais onde o DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos realiza mensalmente a Pesquisa Nacional

Leia mais

O consumidor deve estar atento às informações do rótulo?

O consumidor deve estar atento às informações do rótulo? Os consumidores têm o direito de conhecer as características e a composição nutricional dos alimentos que adquirem. A legislação nacional estabelece algumas normas para registro dessas informações na rotulagem

Leia mais

RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011

RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011 RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 11 Legislações ANVISA Ter, 22 de Fevereiro de 11 RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 11 Dispõe sobre limites máximos tolerados (LMT) para micotoxinas em alimentos.

Leia mais

Negócio Missão Visão

Negócio Missão Visão Histórico A CEASA é um projeto que surgiu a partir da necessidade de organizar a comercialização e melhorar o abastecimento de produtos hortigranjeiros em Rio Branco. Pleiteada desde o início do Governo

Leia mais

CERTIFICAÇÃO SOCIOAMBIENTAL

CERTIFICAÇÃO SOCIOAMBIENTAL CERTIFICAÇÃO SOCIOAMBIENTAL Alexandre Sakavicius Borges Coordenador de certificação florestal alexandre@imaflora.org São Paulo 18/11/2009 www.imaflora.org MISSÃO O Imaflora incentiva e promove mudanças

Leia mais

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado AGROSSÍNTESE Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado Edilson de Oliveira Santos 1 1 Mestre em Economia, Gestor Governamental da SEAGRI; e-mail: edilsonsantos@seagri.ba.gov.br

Leia mais

Geração e Interpretação de Mapas de Produtividade. Laboratório de Agricultura de Precisão II

Geração e Interpretação de Mapas de Produtividade. Laboratório de Agricultura de Precisão II Geração e Interpretação de Mapas de Produtividade Laboratório de Agricultura de Precisão II A implantação de um sistema de Agricultura de Precisão implica em um ciclo fechado de tarefas Os usuários e pesquisadores

Leia mais

Avanços na proposta do Novo Código Ambiental Brasileiro

Avanços na proposta do Novo Código Ambiental Brasileiro Avanços na proposta do Novo Código Ambiental Brasileiro Projeto de Lei nº 5.367/2009 Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) Sen.Gilberto Goellner (vice-presidente da FPA) O que é o Novo Código Ambiental?

Leia mais

Tetra Pak e a Sustentabilidade CIESP - Campinas

Tetra Pak e a Sustentabilidade CIESP - Campinas Tetra Pak e a Sustentabilidade CIESP - Campinas Abril, 2014 Sociedade e Meio Ambiente A voz do consumidor Crescimento da preocupação ambiental Aumento do risco de legislações equivocadas 1 Consumidores

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 CALENDÁRIO AGRÍCOLA - FEIJÃO Safra 1ª - Safra das Águas 2ª - Safra da Seca 3ª - Safra de Inverno Principais Regiões Sul, Sudeste,

Leia mais

A Ibá e o Setor de Florestas Plantadas

A Ibá e o Setor de Florestas Plantadas A Ibá e o Setor de Florestas Plantadas Beatriz P. Milliet Câmara Temática de Infraestrutura e Logística do Agronegócio Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 30 de setembro- 2015 1 1 A Ibá

Leia mais

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Organização Internacional do Café - OIC Londres, 21 de setembro de 2010. O Sistema Agroindustrial do Café no Brasil - Overview 1 Cafés

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 07, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 07, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 07, DE 18 DE FEVEREIRO

Leia mais

As patentes como fonte de informação tecnológica para o desenvolvimento industrial

As patentes como fonte de informação tecnológica para o desenvolvimento industrial As patentes como fonte de informação tecnológica para o desenvolvimento industrial Resumo Como procurar, e encontrar, a tecnologia mais apropriada para resolver um dado problema, de forma realista para

Leia mais

PROJEÇÕES DO AGRONEGÓCIO Brasil 2009/10 a 2019/20

PROJEÇÕES DO AGRONEGÓCIO Brasil 2009/10 a 2019/20 PROJEÇÕES DO AGRONEGÓCIO Brasil 2009/10 a 2019/20 AGE - ASSESSORIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA Chefe da AGE: Derli Dossa. E-mail: derli.dossa@agricultura.gov.br Equipe Técnica: José Garcia Gasques. E-mail: jose.gasques@agricultura.gov.br

Leia mais

Construction. SikaFuko Eco-1. Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques. Descrição do produto.

Construction. SikaFuko Eco-1. Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques. Descrição do produto. Ficha de Produto Edição de Maio de 2011 Nº de identificação: 07.209 Versão nº 1 SikaFuko Eco-1 Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques Descrição do produto Tubo de

Leia mais

ABNT NBR 9191:2008. Mara L. S. Dantas. Sacos com lixo infectante necessidade de controle na disposição

ABNT NBR 9191:2008. Mara L. S. Dantas. Sacos com lixo infectante necessidade de controle na disposição Sacos com lixo infectante necessidade de controle na disposição Linha do Tempo da participação do IPT na normalização e controle 1991/ jan - IPT emite avaliação dos sacos para a Secretaria de Defesa do

Leia mais

Milho Período: 13 a 17/07/2015

Milho Período: 13 a 17/07/2015 Milho Período: 13 a 17/07/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,1507 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

Benchmarking Internacional de Transferência de Tecnologia América Latina. Rui Trigo Morais

Benchmarking Internacional de Transferência de Tecnologia América Latina. Rui Trigo Morais Benchmarking Internacional de Transferência de Tecnologia América Latina Rui Trigo Morais Para caracterizar devidamente os instrumentos de transferência de I&D na América Latina, as suas especificidades,

Leia mais

FILMES ESPECIAIS PARA CÂMARAS A LASER KODAK EIR, EHN, HQB

FILMES ESPECIAIS PARA CÂMARAS A LASER KODAK EIR, EHN, HQB INSTRUÇÕES DE USO FILMES ESPECIAIS PARA CÂMARAS A LASER KODAK EIR, EHN, HQB Eastman Kodak Company / Kodak de México S.A. de C.V. Distribuidor no Brasil: Fabricado e Distribuído por: Kodak Brasileira Comércio

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FLORESTAIS LCF-1581

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FLORESTAIS LCF-1581 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FLORESTAIS LCF-1581 Recursos Florestais em Propriedades Agrícolas Trabalho final: Projeto de adequação

Leia mais

Correias Elevadoras Serviços de Grãos e Industriais. www.contitech.com.br

Correias Elevadoras Serviços de Grãos e Industriais. www.contitech.com.br Correias Elevadoras Serviços de Grãos e Industriais www.contitech.com.br Catálogo Elevadores_1.indd 1 Correias Elevadoras Catálogo Brasil 2015 2 Correias Lift e Super Lift Correias elevadoras para serviços

Leia mais

BNDES Solução Tecnológica

BNDES Solução Tecnológica BNDES Solução Tecnológica Área de Operações Indiretas (AOI) Equipe: Edson Moret Breno Albuquerque Luciana Surliuga OBJETIVO Apresentar o novo produto que está sendo desenvolvido no BNDES, voltado para

Leia mais

3M Produtos de Protecção Pessoal. Fatos de Protecção. Desenhados para proteger. Criados pelo. conforto. A Força para Proteger o seu Mundo

3M Produtos de Protecção Pessoal. Fatos de Protecção. Desenhados para proteger. Criados pelo. conforto. A Força para Proteger o seu Mundo 3M Produtos de Protecção Pessoal Fatos de Protecção Desenhados para proteger Criados pelo conforto A Força para Proteger o seu Mundo 1 Fatos de Protecção A 3M oferece-lhe uma gama de fatos de protecção

Leia mais

Ordenamento Territorial para Expansão da Cana-de-açúcar no Brasil Zoneamento Agroecológico da Cana-de-açúcar

Ordenamento Territorial para Expansão da Cana-de-açúcar no Brasil Zoneamento Agroecológico da Cana-de-açúcar Ordenamento Territorial para Expansão da Cana-de-açúcar no Brasil Zoneamento Agroecológico da Cana-de-açúcar Simpósio Internacional e Mostra de Tecnologia da Agroindústria sucroalcooleira SIMTEC 01 de

Leia mais

Instituto Brasileiro de Florestas:

Instituto Brasileiro de Florestas: Instituto Brasileiro de Florestas: O Instituto Brasileiro de Florestas (IBF) tem como missão a restauração e conservação de florestas nativas. Desde a sua fundação, o IBF se preocupa em encontrar soluções

Leia mais

CATÁLOGO DE CARNES, CONS. ORIGEM ANIMAL, CEREAIS, FARINÁCEOS, CONDIMENTOS, PEIXES

CATÁLOGO DE CARNES, CONS. ORIGEM ANIMAL, CEREAIS, FARINÁCEOS, CONDIMENTOS, PEIXES CATÁLOGO DE CARNES, CONS. ORIGEM ANIMAL, CEREAIS, FARINÁCEOS, CONDIMENTOS, PEIXES Descrição Bisteca suína Bisteca suína, congelada, com aproximadamente 250 gramas cada, embalada em camadas separadas por

Leia mais

CONTRATO. a) Nos termos do nº 1 do artigo 4º, os operadores económicos são coresponsáveis pela gestão das pilhas e acumuladores usados;

CONTRATO. a) Nos termos do nº 1 do artigo 4º, os operadores económicos são coresponsáveis pela gestão das pilhas e acumuladores usados; CONTRATO Entre: a) Ecopilhas, Sociedade Gestora de Resíduos de Pilhas e Acumuladores, Lda., sociedade comercial por quotas, com sede na Praça Nuno Rodrigues dos Santos, 7, 1600-171 Lisboa, pessoa colectiva

Leia mais

Soluções robóticas da Intelligrated

Soluções robóticas da Intelligrated Soluções robóticas Soluções robóticas da Intelligrated Setores atendidos: Alimentos A Intelligrated é uma integradora de robótica certificada com mais de 20 anos de experiência no fornecimento de soluções

Leia mais

da qualidade ISO 9001:2008 certificados, a IPCE tem como A Qualidade na energia!

da qualidade ISO 9001:2008 certificados, a IPCE tem como A Qualidade na energia! da qualidade ISO 9001:2008 certificados, a IPCE tem como A Qualidade na energia! Tecnologia & Segurança Tecnologia que Proporciona Segurança A qualidade, conceito evolutivo e constante, exige a renovação

Leia mais

Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento RESUMO

Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento RESUMO Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento 87 Felipe Carlos Spneski Sperotto 1, Fernando João Bispo Brandão 1, Magnun Antonio Penariol

Leia mais

Dow Packaging & Specialty Plastics. Soluções Dow Stretch Hood Soluções inovadoras para convertedores e usuários

Dow Packaging & Specialty Plastics. Soluções Dow Stretch Hood Soluções inovadoras para convertedores e usuários Packaging & Specialty Plastics Soluções Stretch Hood Soluções inovadoras para convertedores e usuários Packaging & Specialty Plastics Com uma extensa linha inovadora de resinas poliolefínicas, a pode auxiliar

Leia mais

Da Prancheta ao Computador...

Da Prancheta ao Computador... Da Prancheta ao Computador... Introdução Como necessidade básica de se localizar ou mesmo para detalhar projetos de quaisquer obras, ao longo do tempo inúmeras formas de representar paisagens e idéias

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO - ECA NÚCLEO DE PESQUISAS ECONÔMICO-SOCIAIS NUPES

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO - ECA NÚCLEO DE PESQUISAS ECONÔMICO-SOCIAIS NUPES UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO - ECA NÚCLEO DE PESQUISAS ECONÔMICO-SOCIAIS NUPES 1. CESTA BÁSICA FAMILIAR No mês de dezembro 2014,

Leia mais

Avaliação de Ciclo de Vida. Buscando as alternativas mais sustentáveis para o mercado de tintas

Avaliação de Ciclo de Vida. Buscando as alternativas mais sustentáveis para o mercado de tintas Avaliação de Ciclo de Vida Buscando as alternativas mais sustentáveis para o mercado de tintas Todo produto tem uma história Cada produto que chega às nossas mãos passa por diversos processos diferentes

Leia mais

BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1. Papelcartão

BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1. Papelcartão BNDES FINAME BNDESPAR ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1 Papelcartão Papelcartão, ou simplesmente cartão, é o papel fabricado em múltiplas camadas, com gramaturas superiores a 150 g/m

Leia mais

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 30/novembro/2015 n. 603 USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Com o título já enfático sobre o futuro dos preços

Leia mais

Mercado Mundial e Brasileiro de Fertilizantes. Março 2012. Visão Geral da Companhia. Resultados do 4T11 e 2011

Mercado Mundial e Brasileiro de Fertilizantes. Março 2012. Visão Geral da Companhia. Resultados do 4T11 e 2011 Março 2012 Mercado Mundial e Brasileiro de Fertilizantes Visão Geral da Companhia Resultados do 4T11 e 2011 CONSUMO MUNDIAL DE FERTILIZANTES POR NUTRIENTES 157,0 159,6 170,4 176,8 181,0 2011 TOTAL N P2O5

Leia mais

Os Jogos Olímpicos sempre estiveram muito próximos da história da Dow. Nossa empresa foi fundada apenas um ano após os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna. Somos guiados desde aquela época por uma

Leia mais

O Brasil acabou? Evaristo Eduardo de Miranda, Coordenador do GITE EMBRAPA

O Brasil acabou? Evaristo Eduardo de Miranda, Coordenador do GITE EMBRAPA O Brasil acabou? Evaristo Eduardo de Miranda, Coordenador do GITE EMBRAPA Em 25 anos, o Governo federalizou quase 35% do território nacional destinando-o a unidades de conservação, terras indígenas, comunidades

Leia mais

Política Global de Conflitos de Interesses

Política Global de Conflitos de Interesses Política Global de Conflitos de Interesses Índice 1. DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. OBJECTIVO... 3 4. ALCANCE... 4 5. REGRAS E REGULAMENTAÇÕES... 5 6. ORIENTAÇÃO GERAL... 6 7. EXEMPLOS

Leia mais

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA Marco Legal Art 19. da Lei nº10.696/2003 Fica instituído o Programa de Aquisição de Alimentos com a finalidade de incentivar a agricultura familiar, compreendendo

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição. fosco (0-35) Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 14 C IED (2010/75/EU) (calculado)

Propriedade Exame/Padrão Descrição. fosco (0-35) Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 14 C IED (2010/75/EU) (calculado) 582;583;1525 1,2 582 etil silicato de zinco ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto Esta é uma tinta bicomponente etil silicato inorgânico de zinco cerâmico que cura com baixa umidade. É um shop primer

Leia mais

Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013

Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013 Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013 dezembro, 2012 Índice 1. Algodão 2. Soja 3. Milho 4. Boi Gordo 5. Valor Bruto da Produção ALGODÃO Mil toneladas

Leia mais

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto Informativo PSI APEX, 03/04/2012 Na continuidade do Plano Brasil Maior, uma das principais medidas para aumentar a competitividade do setor exportador brasileiro anunciadas hoje é a redução do percentual

Leia mais

Braskem protege investimentos de R$ 1,6 bilhão com CA Clarity PPM

Braskem protege investimentos de R$ 1,6 bilhão com CA Clarity PPM CUSTOMER SUCCESS STORY Braskem protege investimentos de R$ 1,6 bilhão com CA Clarity PPM PERFIL DO CLIENTE Indústria: Química Companhia: Braskem EMPRESA A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas

Leia mais

Guilherme Leite da Silva Dias, FEA/USP

Guilherme Leite da Silva Dias, FEA/USP Seminário Risco e Gestão do Seguro Rural no Brasil Mesa Redonda III Aquecimento global e impactos sobre o seguro agrícola Palestra: Aquecimento global e possíveis impactos econômicos sobre a agricultura

Leia mais

Seminário GVcev Compras Sustentáveis no Varejo. Comércio de Madeira Certificada - Karla Aharonian karla.ecoleo@gmail.com

Seminário GVcev Compras Sustentáveis no Varejo. Comércio de Madeira Certificada - Karla Aharonian karla.ecoleo@gmail.com Seminário GVcev Compras Sustentáveis no Varejo Comércio de Madeira Certificada - Karla Aharonian karla.ecoleo@gmail.com Agenda Case EcoLeo A 1ª Revenda de Madeira Certificada da América Latina Certificação

Leia mais

Impacto da IN16 nas embalagens para café

Impacto da IN16 nas embalagens para café 18º ENCAFÉ ENCONTRO NACIONAL DAS INDÚSTRIAS DE CAFÉ Impacto da IN16 nas embalagens para café Antonio Cabral Agenda O Sistema Embalagem Tópicos da IN 16 relativos a embalagem O Sistema Embalagem e a IN

Leia mais

BNDES Soluções Tecnológicas

BNDES Soluções Tecnológicas BNDES Soluções Tecnológicas Área de Operações Indiretas (AOI) Equipe: Edson Moret Luciana Surliuga Raphael Azeredo Breno Albuquerque Daniel Grimaldi MOTIVAÇÃO 1 Limitações financeiras e gerenciais impedem

Leia mais

Preços de alimentos básicos continuam em alta

Preços de alimentos básicos continuam em alta 1 São Paulo, 2 de junho de 2008. NOTA À IMPRENSA Preços de alimentos básicos continuam em alta Apenas duas, das 16 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE NORMAS DE USO

GUIA RÁPIDO DE NORMAS DE USO GUIA RÁPIDO DE NORMAS DE USO APRESENTAÇÃO I m green é o selo que identifica as resinas da Braskem feitas a partir de fontes renováveis. Este manual foi desenvolvido para orientar as aplicações do selo

Leia mais

ISOVER 2015 Isolamentos e Complementos

ISOVER 2015 Isolamentos e Complementos 205 Isolamentos e Complementos Refrigeração e Climatização A ISOVER é a marca líder em produtos e soluções de isolamento sustentáveis. A Isover faz parte do Grupo Saint-Gobain, líder mundial em soluções

Leia mais

Capacitação do Núcleo de Evidências em Saúde / Estação BVS da ESP / SES -MG em

Capacitação do Núcleo de Evidências em Saúde / Estação BVS da ESP / SES -MG em Capacitação do Núcleo de Evidências em Saúde / Estação BVS da ESP / SES -MG em Formulação de Políticas de Saúde e Tomada de Decisões Informadas por Evidências Sessão 5 Como usar evidências de pesquisa

Leia mais