Pulverizadores costais manuais. Prof.: Brandão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pulverizadores costais manuais. Prof.: Brandão"

Transcrição

1 Pulverizadores costais manuais Prof.: Brandão

2 PULVERIZADORES COSTAIS

3 Operação Manutenção Regulagem da pulverização

4

5 PJH

6 O QUE É UM PULVERIZADOR COSTAL MANUAL? - Os pulverizadores Costais Manuais são equipamentos destinados a aplicações de defensivos em terrenos de topografia irregular, pequenas plantações, locais de difícil acesso, etc - Também são utilizados na pecuária para desinfecção de estábulos, aplicação de carrapaticidas, entre outros - Geralmente, estes equipamentos possuem capacidade de tanque inferior a 20 litros para não causar desconforto ao operador

7 O QUE É UM PULVERIZADOR COSTAL MANUAL? O acionamento da câmara de compressão é feito manualmente, alguns equipamentos podem ser acionados com a mão direita ou esquerda A pressão máxima de trabalho está em torno de 6 kgf/cm² (70 lbf/pol²) Trabalhar com pressão superior a esta, neste tipo de equipamento, requer estrutura reforçada da alavanca, haste e base do tanque, aumentando o peso do equipamento e conseqüentemente o desconforto para o operador.

8 O QUE É UM PULVERIZADOR COSTAL MANUAL? A lança de pulverização possui registro que pode ser operado para aplicação localizada ou aplicação contínua Os bicos de pulverização são acomodados em uma ponta padrão, podendo ser utilizado qualquer tipo de bico que se usa em um equipamento de barras convencional Para estes pulverizadores existem diversos tipos de acessórios que, geralmente, atendem as necessidades de uso nas culturas em geral

9 PJH - Especificações Técnicas Modelo... PJH Peso líquido... 5,5 kg Tanque -Capacidade litros -Material... Polietileno (plástico) -Diâmetro da boca mm Bomba -Tipo... Pistão duplo -Material... Latão -Pressão de trabalho (máx.)... 6 kgf/cm² Comprimento da lança mm Comprimento da mangueira mm Bico instalado... JD - 12P

10 PJH - Montagem

11 Monte a haste na alavanca

12 Coloque a arruela e o contrapino

13 Monte a alavanca na base do tanque

14 Coloque a arruela e o contrapino

15 - Monte a haste na câmara; coloque uma arruela antes do cilindro outra depois.

16 Coloque o contrapino

17 A mangueira deve ser montada no sentido contrário as costas do operador (observe a posição da câmara).

18 Monte a mangueira e aperte a abraçadeira

19 Monte o tubo da lança no registro.

20 Aperte a porca do tubo.

21 Preparo para o trabalho - Ajuste da altura da máquina em relação ao ombro do operador - Para o nivelamento ideal da máquina nas costas, as duas cintas devem estar aproximadamente do mesmo tamanho

22 Opcional (Chave para manutenção) RG:452284

23 MANUTENÇÃO COSTAIS MANUAIS

24 LIMPEZA E PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO LIMPEZA DO EQUIPAMENTO - Após o término da aplicação, limpe e lave todo o equipamento em local onde não haja nenhum risco de contaminação - Acione a alavanca para a limpeza interna da câmara ATENÇÃO: - Não armazene equipamentos com calda dentro do depósito. Os produtos químicos podem provocar diferentes reações podendo causar danos aos componentes do equipamento e à saúde do operador

25 Periodicamente, limpe a câmara e lubrifique com graxa neutra ou óleo os componentes, conforme a figura ao lado LUBRIFICAÇÃO 1 Articulação da haste 2 - Câmara 3 Embolo duplo 4 Articulações da alavanca

26 Montagem e manutenção da válvula de pressão constante COSTAIS MANUAIS

27 1) Catalogo de Peças/Catálogo de Piezas

28 Introdução: A válvula de pressão constante é um dispositivo projetado para os pulverizadores costais manuais e tem a função de proporcionar: -Economia de defensivo -Uniformidade de vazão -Uniformidade de tamanho de gotas; -Diminuição da freqüência de bombeamento com melhor aproveitamento da pressão armazenada na câmara -Redução da fadiga do operador; - Redução de deriva

29 A B Figura 1 C D E A = pressão/presión (bar). B = interrupção do bombeamento/interrupición del bombeo. C = pressão antas da EcoValve/presión antes de la EcoValve. D = tempo em segundos/tiempo em segundos. E = pressão de saída na EcoValve/presión de salida em la EcoValve.

30 3) INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO ATENÇÃO: Use os equipamentos de proteção indicados nos rótulos dos produtos químicos - A válvula pode ser facilmente instalada nas lanças dos pulverizadores costais existentes no mercado. Caso a instalação direta não seja possível, devido as diferenças entre as roscas, adaptadores podem ser colocados entre a lança e a válvula. Para tal fim, a Jacto disponibiliza os adaptadores 3/8" BSP e M18x1,5 - Diferentes molas são oferecidas para que se trabalhe com as pressões e vazões recomendadas pelo fabricante do bico de pulverização (tabela 1). -Para iniciar a pulverização, pressurize o pulverizador até que a pressão interna seja maior que a pressão especificada da mola em uso

31 Tabela de vazão dos bicos Tabela 1

32 3) INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO - A instalação da válvula deve ser feita conforme ilustração (figura 3). Para o correto funcionamento da válvula, evite a pressurização excessiva do pulverizador. ATENÇÃO: Ao término da aplicação, coloque água limpa no depósito e pulverize até que a válvula esteja completamente limpa. Filtro Figura 3

33 4) MANUTENÇÃO E LIMPEZA - Em caso de entupimento da válvula, feche o registro e desconecte a válvula de pressão constante da lança. Utilize sempre os equipamentos de proteção indicados - Limpe a válvula com água, soltando apenas a tampa (figura 4). ATENÇÃO: Se necessário, desparafuse um pouco o pino de controle com uma chave de fenda para facilitar a limpeza na parte anterior ao diafragma. Somente desmonte toda a válvula se houver necessidade de substituir alguma peça

34

35 FUNCIONAMENTO 1) SUCÇÃO Levantando a Alavanca o líquido é succionado do Depósito para o Cilindro, passando pela Válvula do Cilindro

36 FUNCIONAMENTO 1) SUCÇÃO Levantando a Alavanca o líquido é succionado do Depósito para o Cilindro, passando pela Válvula do Cilindro

37 FUNCIONAMENTO 2) SUCÇÃO A calda continua preenchendo o Cilindro à medida que a Câmara vai subindo.

38 FUNCIONAMENTO 3) SUCÇÃO Com a Câmara e Alavanca na posição superior, o Cilindro está completamente cheio de calda.

39 FUNCIONAMENTO 4) COMPRESSÃO À medida que a Alavanca é forçada para baixo o Êmbolo comprime a Calda no Cilindro. A Válvula do Cilindro se fecha e não deixa a calda retornar para o tanque. A Válvula da Câmara se abre e a calda começa a preencher a Câmara.

40 FUNCIONAMENTO 5) COMPRESSÃO Repetindo o bombeamento a Câmara se enche de calda e comprime o ar que está preso no seu interior.

41 FUNCIONAMENTO 6) PULVERIZAÇÃO Quando acionamos a Alavanca do Registro, inicia-se a pulverização.

42 FUNCIONAMENTO 7) PULVERIZAÇÃO A calda é impulsionada para fora da Câmara através do ar comprimido no seu interior. O líquido sai somente pelo pescador e não volta para o Cilindro devido ao fechamento da Válvula da Câmara que fica logo acima do Êmbolo.

43 FUNCIONAMENTO 8) PULVERIZAÇÃO Quando a Câmara está vazia a pressão tende a zero. Deve-se iniciar o bombeamento novamente.

44 FUNCIONAMENTO OUTROS MODELOS O conceito de funcionamento é o mesmo. Os componentes são diferentes, porém com as mesmas funções.

45 MANUTENÇÃO Para treinamento de manutenção em costais manuais, favor consultar agenda no site da Jacto, no link Treinamento. É importante sempre recomendar limpeza após uso e lubrificação periódica, como mostra a figura ao lado. A frequência de lubrificação depende da intensidade de uso. O recomendável é engraxar os pontos indicados, além da agulha do registro a cada 150 h. Não exceder na quantidade de graxa para não causar acumulo de areia nas partes externas ou entupimento pela graxa nas vias internas.

46 NORMAS PARA COSTAIS A ISO publicou em 2006 uma norma para avaliação de pulverizadores costais. Com isso, a Jacto deixou de utilizar a norma da British Standard BS 7411 e passou a seguir a ISO19932 A ISO19932 é dividida em duas partes: 1ª parte: Especificações de projeto. 2ª parte: Testes. Para o teste de durabilidade, a Jacto aplica um fator de segurança 4, ou seja, são necessárias 1000 h para aprovação do produto, onde a norma exige 250 h.

47 ACESSÓRIOS EcoValve

48 Válvula de pressão constante Vantagens: Controle de pressão Controle de vazão Uniformidade de tamanho de gotas Reduz deriva Leve (20 g) Permite selecionar pressão de trabalho em um mesmo conjunto Permite limpeza e troca de peças Economia de defensivo Funciona como anti-gotejo

49 ACESSÓRIOS

50 ACESSÓRIOS

51 Regulagem e calibração de máquina

52 Uniport 2500 Star Relação: Cor/Vazão Pressão = 3 bar (3,059 Kgf/cm² ou 43,5 Lbf/pol²) Cor da ponta q = gallon/minute q = L/min Laranja 01 0,4 Verde 015 0,6 Amarelo 02 0,8 Lilás 025 1,0 Azul 03 1,2 Vermelho 04 1,6 Marrom 05 2,0 Cinza 06 2,4 Branco 08 3,2 Preto 10 4,0

53 Máquina Diferença entre regulagem e calibração Regular: ajustar os componentes da máquina às características da cultura e produtos a serem utilizados. Ex.: Ajuste da velocidade, tipos de pontas, espaçamento entre bicos, altura da barra etc. Calibrar: verificar a vazão das pontas, determinar o volume de aplicação e a quantidade de produto a ser colocada no tanque.

54 Método prático

55 Uso do vaso calibrador para máquina costal manual

Pulverizador Agrícola Manual - PR 20

Pulverizador Agrícola Manual - PR 20 R Pulverizador Agrícola Manual - PR 20 Indústria Mecânica Knapik Ltda. EPP CNPJ: 01.744.271/0001-14 Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br vendas@knapik.com.br

Leia mais

Treinamento. Arbus 400 Golden

Treinamento. Arbus 400 Golden Arbus 400 Golden Treinamento Arbus 400 Golden Prof. Brandão - Operação - Manutenção - Regulagem da pulverização Arbus 400 Golden Arbus 400 Maçã 33 Apresentação da máquina Tanque de Defensivos Aplicação

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS Índice 1.0 Conexões Pneumática Instantâneas...... 4 1.1 - Redutores... 7 1.2 Válvulas Manuais... 8 2.0 Acessórios Pneumáticos... 8 3.0 Válvulas Mecânicas... 10 3.1 Piloto... 10 3.2

Leia mais

Conexão da mangueira de tinta. Manômetro. Chave seletora de dreno na posição pintar. Mangueira de sucção e dreno. Tubo de sucção

Conexão da mangueira de tinta. Manômetro. Chave seletora de dreno na posição pintar. Mangueira de sucção e dreno. Tubo de sucção Manual de funcionamento e limpeza da DP-6840 Equipamento para pintura sem ar para látex, tintas a óleo, esmalte sintético, ou qualquer outra tinta com viscosidade semelhante Acionamento do equipamento

Leia mais

SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO CENTRALIZADA. Bomba Hidráulica Manual Bomba Hidráulica Automática Distribuidores

SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO CENTRALIZADA. Bomba Hidráulica Manual Bomba Hidráulica Automática Distribuidores SISTEMA DE UBRIFICAÇÃO CENTRAIZADA Bomba Hidráulica Manual Bomba Hidráulica Automática Distribuidores SISTEMA DE UBRIFICAÇÃO CENTRAIZADA 1 - OBJETIVO Este manual objetiva fornecer instruções técnicas para

Leia mais

Material Cabeçote Polipropileno Eixo Aço inox 316 Mat. do tubo da bomba. Adaptadores G/2 G 1½ Altura de descarga 4 m 0,3-0,45 l/curso Vazão

Material Cabeçote Polipropileno Eixo Aço inox 316 Mat. do tubo da bomba. Adaptadores G/2 G 1½ Altura de descarga 4 m 0,3-0,45 l/curso Vazão JP 02/ JP 03 Bombas manuais JP-02 e JP-03 são adequadas para quase todos os fluidos líquidos especialmente para ácidos, soluções alcalinas e álcool (50%) e produtos químicos à base de água. Esta não é

Leia mais

Informação do Produto Filtros da Linha RCS

Informação do Produto Filtros da Linha RCS Rev-00 Plug: ½ NPT Os filtros da Linha RCS são projetados para separação de água e sólidos de hidrocarbonetos em aplicação no abastecimento industrial, aeronaves e postos de gasolina. Objetivamente, os

Leia mais

Super leve e econômico Muito resistente Corpo em zamac cromado ou zincado ESGUICHO. Corpo em zamac Ajuste contínuo desde a jato até chuvisco

Super leve e econômico Muito resistente Corpo em zamac cromado ou zincado ESGUICHO. Corpo em zamac Ajuste contínuo desde a jato até chuvisco 01 REVÓLVER PINTADO 02 REVÓLVER CROMADO 03 REVÓLVER MINI 08 09 TIPO MAXI Pino para engate rápido JET GARDEN 04 Corpo em zamac pintado Agulha em latão DO BICO TIPOS 11701PR Pintado 11702PR Pintado 11704PR

Leia mais

Manual de instruções. Rampa de alinhamento

Manual de instruções. Rampa de alinhamento Manual de instruções Rampa de alinhamento Apresentação Primeiramente queremos lhe dar os parabéns pela escolha de um equipamento com nossa marca. Somos uma empresa instalada no ramo de máquinas para auto

Leia mais

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO Este manual ajudará você a familiarizar-se com a sua Empilhadeira Manual BYG. Facilitará também, possíveis manutenções periódicas. Recomendamos uma atenção especial para utilização do equipamento, antes

Leia mais

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS Manual do Operador COMPONENTES e ACESSÓRIOS Tampa do tanque de produtos químicos Bocal Lança Tanque de produtos químicos Vela de ignição Acionador de

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Os equipamentos do Kit Chuva atendem as exigências da norma NBR 15527: Água de chuva - Aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis Requisitos. KIT CHUVA Filtro

Leia mais

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 MANUAL DO USUÁRIO CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 M.U. REVISÃO 001 www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO... 3 2) PEÇAS... 3 3) INSTRUÇÕES DE USO... 3 3.1) MONTAGEM... 3 3.1.1) POSICIONAMENTO DO

Leia mais

Pg1 LINHA DE PRODUTOS SISTEMAS DE LUBRIFICAÇÃO (ÓLEO E GRAXA) APLICAÇÃO: EQUIPAMENTOS, MÁQUINAS, AGRICULTURA E CAMINHÕES

Pg1 LINHA DE PRODUTOS SISTEMAS DE LUBRIFICAÇÃO (ÓLEO E GRAXA) APLICAÇÃO: EQUIPAMENTOS, MÁQUINAS, AGRICULTURA E CAMINHÕES (ÓLEO E GRAXA) Pg1 LINHA DE PRODUTOS APLICAÇÃO: EQUIPAMENTOS, MÁQUINAS, AGRICULTURA E CAMINHÕES - Bombas Pneumáticas () Pg: 02 - Bombas de Abastecimento - Bombas com Elevador - Bombas Pneumáticas (Óleo)

Leia mais

Energia Hidráulica. Líquido é pressionado contra pequeno orifício (ponta) e é pulverizado e transportado. Concorrentes em termos de energia

Energia Hidráulica. Líquido é pressionado contra pequeno orifício (ponta) e é pulverizado e transportado. Concorrentes em termos de energia PONTAS HIDRÁULICAS Energia Hidráulica Líquido é pressionado contra pequeno orifício (ponta) e é pulverizado e transportado Pulverização e transporte Concorrentes em termos de energia Maior energia = menor

Leia mais

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956 EMTV Elevador de manutenção telescópico vertical MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO ZELOSO DESDE 1956 PREFÁCIO APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada

Leia mais

NIVELADOR DE DOCA DESLIZANTE

NIVELADOR DE DOCA DESLIZANTE PREFÁCIO NIVELADOR DE DOCA DESLIZANTE APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada de peças do NIVELADOR DOCA de fabricação exclusiva da ZELOSO.

Leia mais

Bicos Pulverizadores. Análise da Pulverização. Fabricação da Pulverização. Controle da Pulverização. Sistema de Lubrificação Spraying Systems

Bicos Pulverizadores. Análise da Pulverização. Fabricação da Pulverização. Controle da Pulverização. Sistema de Lubrificação Spraying Systems Bicos Pulverizadores Controle da Análise da Fabricação da Sistema de Lubrificação Spraying Systems Sistemas de Lubrificação Spray Os Sistemas de Lubrificação Spray fornecem um método altamente eficiente

Leia mais

www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO 3 2) PEÇAS 3 3) INSTRUÇÕES DE USO 3 4) MANUTENÇÃO 5 5) ESPECIFICAÇÕES 6 6) GARANTIA 6 7) CONTATO 6

www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO 3 2) PEÇAS 3 3) INSTRUÇÕES DE USO 3 4) MANUTENÇÃO 5 5) ESPECIFICAÇÕES 6 6) GARANTIA 6 7) CONTATO 6 MANUAL DO USUÁRIO CUBOS UV LIGHT 8W PRO 15W 30W 15W CRISTAL DE QUARTZO 30W CRISTAL DE QUARTZO 55W HO CRISTAL DE QUARTZO 75W HO CRISTAL DE QUARTZO 36W COMPACTO CRISTAL DE QUARTZO 60W COMPACTO CRISTAL DE

Leia mais

Rua Francisco Siqueira, 95 Inhaúma Rio de Janeiro RJ Tel.: ( 21 ) 2159-8600 / Fax.: ( 21 ) 2159-8610

Rua Francisco Siqueira, 95 Inhaúma Rio de Janeiro RJ Tel.: ( 21 ) 2159-8600 / Fax.: ( 21 ) 2159-8610 Bomba BIM 55 (Cód. 505500000), especialmente desenvolvida para bombeamento de nata de cimento de alta pressão. Para facilitar a sua mobilidade ela também foi desenvolvida em 2(dois) módulos, ou seja, Bomba

Leia mais

Apostila de Treinamento: Geradores de Espuma

Apostila de Treinamento: Geradores de Espuma Apostila de Treinamento: Geradores de Espuma Nacional Tecnologia Instrumentos Equipamentos de Dosagem Ltda. EPP Rua José Carlos Geiss, 261 Rec. Camp. Jóia CEP13347-020 Indaiatuba SP Fone: (19) 3935-6107

Leia mais

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros 01 (Instalado sobre reboque agrícola). 1 1 TANQUE RESERVATÓRIO: Tanque

Leia mais

MANUAL DO PROPRIETÁRIO DO SolarPRO XF

MANUAL DO PROPRIETÁRIO DO SolarPRO XF MANUAL DO PROPRIETÁRIO DO SolarPRO XF MODELO SB 001 NORMAS DE SEGURANÇA IMPORTANTES Leia todas as instruções ANTES de montar e utilizar este produto. GUARDE ESTE MANUAL Seu Aquecedor de Piscina foi projetado

Leia mais

Manual de Operação e Manutenção

Manual de Operação e Manutenção Manual de Operação e Manutenção Rebitador Pneumático para Rebites de Repuxo SRC-3 1 Características Gerais: Leve; Alta velocidade de operação, grande potência; Baixo ruído; Baixo impacto; Curso longo;

Leia mais

REBITADEIRA HIDROPNEUMÁTICA RF06

REBITADEIRA HIDROPNEUMÁTICA RF06 m a n u a l REBITADEIRA HIDROPNEUMÁTICA RF06 1 2 ÍNDICE Rebitadeira Hidropneumática RF06... 04 Características da ferramenta... 04 Recomendações... 05 Especificações de regulagem... 06 Manutenção... 12

Leia mais

Manual de Instalação, Operação e Manutenção Válvulas Gaveta, Globo e Retenção Informações Gerais Precauções e Recomendações Manuseio e Armazenamento

Manual de Instalação, Operação e Manutenção Válvulas Gaveta, Globo e Retenção Informações Gerais Precauções e Recomendações Manuseio e Armazenamento Informações Gerais Para garantir a qualidade e a vida útil de uma válvula é necessário verificar a instalação, aplicação, bem como o seu material de acordo com o fluido que será utilizado e uma manutenção

Leia mais

Linha turbo atomizadores. Prof.: Brandão

Linha turbo atomizadores. Prof.: Brandão Linha turbo atomizadores Prof.: Brandão Arbus - 200 Arbus 200 - Rotação da TDP: 540/1100 rpm - Peso vazia/com direcionador: 186 kg - Tanque de defensivos: 200 L - Tanque de água limpa: 15 L - Filtro: FVS

Leia mais

GUINCHO HIDRÁULICO G-1000

GUINCHO HIDRÁULICO G-1000 GUINCHO HIDRÁULICO G-1000 MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO ZELOSO DESDE 1956 PREFÁCIO GUINCHO HIDRÁULICO APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total ANEXO III 1 ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013 Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total 1 CAMINHÃO TOCO COM CAPACIDADE DE CARGA ÚTIL VARIANDO DE 10.000 A 12.000KG. DEVERÁ COMPOR

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Aparelho de Levantamento. Série B200

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Aparelho de Levantamento. Série B200 Manual de Montagem, Operação e Manutenção Aparelho de Levantamento Série B200 Português Índice Página 1 Aplicação e características gerais 1 Aplicação e características gerais 3 1.1 Aplicação 3 1.2 Características

Leia mais

Linha Ônibus e Caminhões Série OW

Linha Ônibus e Caminhões Série OW Cilindros Cilindro Ø 63 mm x (curso necessário) - 3 tirantes - Substitui o Cilindro Ø 2 1/2" Opções de fornecimento: Podem ser fornecidos com olhais ou com olhal e ponteira, ou olhal e ponteira rotular.

Leia mais

BOMBAS PNEUMÁTICAS DE DUPLO DIAFRAGMA MAXPNEUMATIC

BOMBAS PNEUMÁTICAS DE DUPLO DIAFRAGMA MAXPNEUMATIC www.bomax.com.br ISO BOMBAS PNEUMÁTICAS DE DUPLO DIAFRAGMA MAXPNEUMATIC Reservamo-nos o direito de alterar as informações deste folheto sem prévio aviso. Fotos meramente ilustrativas (Agosto/2015) 1 Características

Leia mais

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM Linha BOOSTER Agilidade, confiabilidade e eficiência BOOSTER Os compressores Schulz modelo SB, possuem como função principal elevar a pressão da rede de baixa pressão para até 40 bar (580 psi). Benefícios

Leia mais

2.2. Antes de iniciar uma perfuração examine se não há instalações elétricas e hidráulicas embutidas ou fontes inflamáveis.

2.2. Antes de iniciar uma perfuração examine se não há instalações elétricas e hidráulicas embutidas ou fontes inflamáveis. 1. Normas de segurança: Aviso! Quando utilizar ferramentas leia atentamente as instruções de segurança. 2. Instruções de segurança: 2.1. Aterramento: Aviso! Verifique se a tomada de força à ser utilizada

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

TUBULAÇÕES JOSÉ AERTON ROCHA

TUBULAÇÕES JOSÉ AERTON ROCHA TUBULAÇÕES JOSÉ AERTON ROCHA Tubulações Industriais Tubulações industriais são um conjunto de tubos e seus diversos acessórios, que tem por objetivo o transporte de fluidos do seu ponto de armazenamento

Leia mais

Manual do Usuário. Produto LUBE-SEAL. Versão: LUBE-SEAL Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos

Manual do Usuário. Produto LUBE-SEAL. Versão: LUBE-SEAL Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos Manual do Usuário Produto Versão: Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1. TERMOS E CONVENÇÕES 4 2. INFORMAÇÕES GERAIS 5 2.1. Dados do

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia

Manual de Instruções e Certificado de Garantia PISTOLA PINTURA SUCÇÃO 1.3 MXT-3112 07 01 31 1200 Manual de Instruções e Certificado de Garantia Identificação da Empresa SIGMA TOOLS Comércio de Máquinas, Equipamentos e Acessórios LTDA Rua Joaquim Lapas

Leia mais

Barreto. Certificado de garantia

Barreto. Certificado de garantia Barreto Certificado de garantia Certificamos que o equipamento (macaco hidráulico BNB de 30 ou 60 tons); passaram pelos testes característicos de construção conforme modelo e capacidade, em nossa fábrica,

Leia mais

DOSADORES HIDRÁULICOS MULTI-PROPÓSITOS

DOSADORES HIDRÁULICOS MULTI-PROPÓSITOS DOSADORES HIDRÁULICOS MULTI-PROPÓSITOS Os dosadores de produtos químicos MixRite são acionados unicamente por meio da água, sem outro requerimento adicional de energia. Dosadores Um passo adiante tubos

Leia mais

ProSpray. Qualidade Única! Bombas de pistão Airless. Prestações perfeitamente adaptavéis Inovadoras características do produto

ProSpray. Qualidade Única! Bombas de pistão Airless. Prestações perfeitamente adaptavéis Inovadoras características do produto Professional Finishing ProSpray Bombas de pistão Airless Prestações perfeitamente adaptavéis Inovadoras características do produto Qualidade professional testada Qualidade Única! ProSpray TECNOLOGIA INOVADORA

Leia mais

Seção 12 Conjunto do motor

Seção 12 Conjunto do motor Seção 12 Conjunto do motor Página CONJUNTO DO MOTOR... 164 Instalação do virabrequim... 164 Instale o pistão e a biela... 164 Instalação do eixo de cames... 164 Instalação da bomba de óleo... 165 Instalação

Leia mais

Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos

Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos Descrição A bomba dosadora de LGE FIRE DOS é o mais versátil sistema de proporcionamento existente no mercado. Este revolucionário sistema de

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia

Manual de Instruções e Certificado de Garantia PISTOLA PINTURA SUCÇÃO 1.6 MXT-3111 07 01 31 1100 Manual de Instruções e Certificado de Garantia Identificação da Empresa SIGMA TOOLS Comércio de Máquinas, Equipamentos e Acessórios LTDA Rua Joaquim Lapas

Leia mais

9.356-019.0 09/02 Ind. c

9.356-019.0 09/02 Ind. c 9.356-019.0 09/02 Ind. c 1. Esquema da máquina 13 2. Elementos de comando 1 - Mangueira de alta pressão 2 - Pistola 3 - Tubeira 4 - Bicos 5 - Trava de Segurança 6 - Gatilho 7 - Saída de alta pressão 8

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO DPE Desmontadora de Pneus Elétrica 01 - Cabeçote Fixador 02 Garras 03 Bicos de Pato Deslocador 04 Haste Móvel 05 Braço Deslocador 06 Trava da Haste Móvel 07 Mola 08 Bico

Leia mais

Plataforma elevadora PE-1000

Plataforma elevadora PE-1000 Plataforma elevadora PE-1000 MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO ZELOSO DESDE 1956 PREFÁCIO PLATAFORMA ELEVADORA APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada

Leia mais

CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA

CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA *Imagens meramente ilustrativas CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. DADOS TÉCNICOS CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA Modelo V8 Chave de impacto

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 Catálogo técnico Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 EV220B 15 50 é um programa universal de válvula solenoide de 2/2 vias indiretamente servo-operada. O corpo da válvula em

Leia mais

APR-3500 / APR-3500. Manual de montagem, instalação e operação

APR-3500 / APR-3500. Manual de montagem, instalação e operação APR-3500 / APR-3500 Manual de montagem, instalação e operação 0 Manual de Montagem, Instalação e Operação APR-3500-1 e APR-3500 Plus A Rampa para elevação e alinhamento de veículos APR-3500-1 e APR-3500

Leia mais

FLEXSUL REPRESENTAÇÕES Fone: 41 3287 6778 / Fax: 41 3287 1910

FLEXSUL REPRESENTAÇÕES Fone: 41 3287 6778 / Fax: 41 3287 1910 PD 60 SISTEMA DE TROCA UNITÁRIO Prensadora de terminais com sistema de Troca Unitário Prensa todos os tipos de mangueiras, de 3/16'' ate 2'' de diâmetro interno para 1, 2 e 4 espirais Concluída a operação

Leia mais

MULTISPRAY 2000 RECOMENDAÇÕES CUIDADOS NO MANUSEIO DE PRODUTOS QUÍMICOS

MULTISPRAY 2000 RECOMENDAÇÕES CUIDADOS NO MANUSEIO DE PRODUTOS QUÍMICOS RECOMENDAÇÕES CUIDADOS NO MANUSEIO DE PRODUTOS QUÍMICOS Os defensivos agrícolas são classificados de acordo com a sua classe toxicológica. Para cada uma das classes existe uma recomendação especial em

Leia mais

Sistemas de Lubrificação AutoJet

Sistemas de Lubrificação AutoJet Sistemas de Lubrificação AutoJet Sistemas de lubrificação AutoJet Sistemas de lubrificação oferece-lhe um método eficiente na aplicação de lubrificantes e líquidos anti-corrosivos. Em adição, moldes, estampagem,

Leia mais

PLACAS PARA TORNOS E CENTROS DE TORNEAMENTO

PLACAS PARA TORNOS E CENTROS DE TORNEAMENTO PLACAS PARA TORNOS E CENTROS DE TORNEAMENTO Sumário 1. Informações gerais 3 2. Características técnicas das Placas Pneumáticas PPU 3 3. Instruções de montagem, operação e manutenção 7 3.1. Montagem 7 3.1.1.

Leia mais

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva:

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva: Manutenção Preventiva e Corretiva de Rosqueadeiras Manual de Manutenção: Preventivo / Corretivo Preventivo: Toda máquina exige cuidados e manutenção preventiva. Sugerimos aos nossos clientes que treinem

Leia mais

A NOSSA GAMA DE MOTO-BOMBAS TIPOS DE MOTO-BOMBAS ALTURA DE ELEVAÇÃO

A NOSSA GAMA DE MOTO-BOMBAS TIPOS DE MOTO-BOMBAS ALTURA DE ELEVAÇÃO Moto-Bombas 12 A NOSSA GAMA DE Das moto-bombas portáteis mais pequenas às grandes moto-bombas para resíduos, a Honda tem uma gama concebida para os mais diversos usos. Perfeitas para quem pretende um funcionamento

Leia mais

Galoneira Industrial série ZJ-W562

Galoneira Industrial série ZJ-W562 Galoneira Industrial série ZJ-W562 Instruções de Segurança IMPORTANTE Antes de utilizar sua máquina, leia atentamente todas as instruções desse manual. Ao utilizar a máquina, todos os procedimentos de

Leia mais

APOSTILA DE MANUTENÇÃO - Compactador RAM 70 (Honda) -

APOSTILA DE MANUTENÇÃO - Compactador RAM 70 (Honda) - APOSTILA DE MANUTENÇÃO 1- OBJETIVO. Apresentar os passos necessários para a manutenção do compactador RAM70 com motor Honda GX120. 2- PASSOS DE DESMONTAGEM / MONTAGEM. Retirar filtro de ar. Retirar mangueira

Leia mais

AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS

AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SISTEMA DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL MS TAC 4000 REV.02 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE TRATAMENTO PARA REUSO....

Leia mais

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador R Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA. Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br

Leia mais

MANUAL DE FUNCIONAMENTO FILTROS INDUSTRIAIS. G:Manuais/Manuais atualizados/ta

MANUAL DE FUNCIONAMENTO FILTROS INDUSTRIAIS. G:Manuais/Manuais atualizados/ta MANUAL DE FUNCIONAMENTO FILTROS INDUSTRIAIS TA G:Manuais/Manuais atualizados/ta Rev.01 ESQUEMA HIDRÁULICO 1 - INTRODUÇÃO 1.1. - FINALIDADE DESTE MANUAL Este manual proporciona informações teóricas e de

Leia mais

Acessórios Pneumáticos

Acessórios Pneumáticos Conteúdo 5.. 5.. 5.. 5.4. 5.5. 5.6. 5.7. 5.8. 5.9. 5.. 5.. 5.. 5.. 5.4. 5.5. 5.6. 5.7. 5.8. 5.9. Silenciador Cônico Silenciador Charuto Silenciador Controle de Fluxo Silenciador Controle de Fluxo Mondial

Leia mais

Ferramentas Pneumáticas

Ferramentas Pneumáticas Ferramentas Pneumáticas Ferramentas Pneumáticas Para se tomar a decisão com relação ao uso de ferramentas pneumáticas é necessário saber as diferenças principais entre elas e outros tipos de ferramentas

Leia mais

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind.

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind. CONTEÚDO: Capítulo 4 Válvulas Industriais Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: 1 VÁLVULAS DEFINIÇÃO: DISPOSITIVOS DESTINADOS A ESTABELECER, CONTROLAR E INTERROMPER O FLUXO

Leia mais

INTRODUÇÃO INFORMAÇÕES ADICIONAIS NOTAS

INTRODUÇÃO INFORMAÇÕES ADICIONAIS NOTAS 1 INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas das linhas E e EP de nossa fabricação assim como seus acessórios e opcionais. Dele constam informações técnicas, desde a construção,

Leia mais

CATÁLOGO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO

CATÁLOGO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO CATÁLOGO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO EMPILHADEIRA RETRÁTIL MAIO / 2008 (revisado em 12/2008) ÍNDICE INTRODUÇÃO... CHASSI E COMPONENTES 1... ESTEIRA PORTA MANGUEIRAS... SUPORTE DA BATERIA... LIGAÇÃO DO FREIO...

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

Purgador de Bóia FTA - 550 Manual de Instalação e Manutenção

Purgador de Bóia FTA - 550 Manual de Instalação e Manutenção Purgador de Bóia FTA - 550 Manual de Instalação e Manutenção ÍNDICE Termo de Garantia 1.Descrição 2.Instalação 3.Manutenção 4.Peças de reposição 5.Informações Técnicas 1 TERMO DE GARANTIA A Spirax Sarco

Leia mais

FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE

FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE 1 - INTRODUÇÃO 1.1 - FINALIDADE DESTE MANUAL Este manual proporciona informações teóricas e de instalação, operação e manutenção dos filtros

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S USUÁRIO: CEGÁS FOLHA: 1 de 5 OBJETO: AMPLIAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL OBRA. Í N D I C E D E R E V I S Õ E S REV. DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS 0 A B EMISSÃO PARA APROVAÇÃO ATENDENDO COMENTÁRIOS

Leia mais

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R 22/04/2013 MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R cmo@cmo.es http://www.cmo.es pág. 1 MONTAGEM DESCRIÇÃO Directiva sobre máquinas: DIR 2006/42/CE (MÁQUINAS). Directiva sobre equipamentos sob pressão:

Leia mais

Reguladores de Pressão

Reguladores de Pressão INSTRUÇÕES DE USO Reguladores de Pressão (Reguladores de Pressão de Gases Medicinais - 1571240) Fabricante, Distribuidor e Assistência Técnica: J.G.Moriya Representação Importadora Exportadora e Comercial

Leia mais

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO O estabilizador portátil de câmera Tedi Cam é um equipamento de avançada tecnologia utilizado para filmagens de cenas onde há a necessidade de se obter imagens perfeitas em situações de movimento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A GASOLINA VULCAN VMB552 / VMB552H / VMB653 ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES.

MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A GASOLINA VULCAN VMB552 / VMB552H / VMB653 ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A GASOLINA VULCAN VMB552 / VMB552H / VMB653 ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. ÍNDICE 1. Aplicações...3 2. Instalações hidráulicas...4

Leia mais

Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas. Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos

Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas. Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos Bicos Automação Análise Técnica Sistemas Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos Revestimento de Comprimidos com Baixa Manutenção Os maiores desafios no revestimento de comprimidos

Leia mais

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO Equipamento: COLETOR COMPACTADOR DE LIXO 10 m³ Modelo : CCL-10 Aplicação: Coleta de resíduos domésticos e/ou industriais,selecionados ou não Fabricante: VEMAQ - Indústria Mecânica de Máquinas Ltda 1 -

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig SCHULZ: INÍCIO DE FABRICAÇÃO - ABRIL/005 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/ - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 10 psig CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ISENTO DE ÓLEO L C DESLOCAMENTO TEÓRICO pés /min PRESSÃO MÁX.

Leia mais

Reparação e Manutenção de Tubos

Reparação e Manutenção de Tubos Reparação e Manutenção de Tubos Vasta selecção a partir de uma fonte única. Concepções duradouras exclusivas. Desempenho rápido e fiável. Tipo de modelos Página Bombas de Teste de Pressão 2 9.2 Congeladores

Leia mais

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos Série P3000 Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000 Dados técnicos Recursos A pressão varia de Vácuo até 2.000 psi (140 bar) Precisão superior a 0,015 % de leitura. (Opção de precisão aumentada

Leia mais

ACESSÓRIOS AR COMPRIMIDO

ACESSÓRIOS AR COMPRIMIDO ACESSÓRIOS AR COMPRIMIDO 4 200.290.00480 PC Válvula POP 6 200.290.01333 PC 4 200.160.00503 PC Anel de Vedação para Válvula POP 6 200.160.01326 PC É utilizada para fazer a vedação da máquina de jato no

Leia mais

DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS

DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Índice Introdução... 3 Limitações de Uso... 3 Instruções Gerais de Segurança... 3 Especificações Técnicas... 4 Descrição da STC-210... 5 Acessórios

Leia mais

azzobrasil@azzobrasil.com.br fazzobrasil Tele Azzo

azzobrasil@azzobrasil.com.br fazzobrasil Tele Azzo azzobrasil@azzobrasil.com.br fazzobrasil Tele Azzo 0800 643 0500 AZZO HIDRÁULICOS DO BRASIL Rua Landmann, 245 Bairro Costa e Silva - Joinville - SC - Brasil - CEP: 89217-420 Telefone: 47 3029.8100 CONSTRUÇÃO

Leia mais

ULITEC-1000 LIMPA TANQUE

ULITEC-1000 LIMPA TANQUE MANUAL DE INSTRUÇÕES ULITEC-1000 LIMPA TANQUE MOTOR ELÉTRICO / MOTOR A GASOLINA APRESENTAÇÃO A DOCTOR DIESEL parabeniza-o(s) pela aquisição do(s) produto(s) de nossa fabricação, pois ao investir em tecnologia

Leia mais

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Considerações Iniciais "PNEUMÁTICA

Leia mais

MANUAL DE MANUTENÇÃO E REPOSIÇÃO DE PEÇAS PARA CAIXAS DE DESCARGA

MANUAL DE MANUTENÇÃO E REPOSIÇÃO DE PEÇAS PARA CAIXAS DE DESCARGA MANUAL DE MANUTENÇÃO E REPOSIÇÃO DE PEÇAS PARA CAIXAS DE DESCARGA CAP 1 MANUTENÇÃO E REPOSIÇÃO D EPEÇAS PARA CAIXA DE DESCARGA DE EMBUTIR - M9000 M9000 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Ø40 mm Ø0 mm VOLUME DE ÁGUA

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Revisão 03 INSTALAÇÃO DO DISCO SOLAR Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua natureza uma tecnologia

Leia mais

Sistemas de Lubrificação MicroCoat

Sistemas de Lubrificação MicroCoat Sistemas de Lubrificação MicroCoat LISTA DE PEÇAS E ACESSÓRIOS Acessórios Sistema MicroCoat Suportes Suportes em Alumínio oferecem uma montagem conveniente, estável do controlador e do tanque reservatório.

Leia mais

HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA

HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA A partir do nº de Série 5688 ANTES Antes DE UTILIZAR Agradecemos a sua preferência pela unidade HYCON. Por favor note que a unidade foi vendida sem óleo hidráulico, o qual deverá

Leia mais

3 - Quadro de Comando - Sistema de Irrigação

3 - Quadro de Comando - Sistema de Irrigação 3 - Quadro de Comando - Sistema de Irrigação PAINEL E SEUS COMPONENTES O sistema de irrigação necessita de alguns dispositivos que servem para filtrar a água, controlar a frequência das irrigações, controlar

Leia mais

Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos).

Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos). Modelo CL001I Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos). Modelo CL001I Detalhe do Produto Modelo CL001I equipamento chuveiro e lava-olhos, crivo

Leia mais

TBV-C. Válvulas de balanceamento & controle combinadas para pequenas unidades terminais Para controle on/off

TBV-C. Válvulas de balanceamento & controle combinadas para pequenas unidades terminais Para controle on/off TBV-C Válvulas de balanceamento & controle combinadas para pequenas unidades terminais Para controle on/off IMI TA / Válvulas de controle / TBV-C TBV-C esenvolvida para utilização em unidades terminais

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção Registros e Válvulas - 05/09/2012 - MT-RV-01-01/05 Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção Registro de Agulha Macho 1/4 NPT Ref. RMSS 1/4 NPT-HR-HPE (HPTFE)-DS Características: HR - Haste Não

Leia mais

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Página CILINDROS... 150 Inspeção e medição... 150 Retificação de cilindros... 150 Acabamento... 151 Limpeza... 151 MANCAIS DE MOTOR... 152 Mancal

Leia mais

das válvulas de vazão de líquidos e gases

das válvulas de vazão de líquidos e gases Válvulas de Vazão de Líquidos e Gases Wagner Britto Vaz de Oliveira 00/16144 Pedro Kouri Paim 00/16063 9 de Junho de 2005 1 Introdução No contexto de automação industrial, válvulas de comando são elementos

Leia mais

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA Motor vertical 2 tempos LER O MANUAL DO PROPRIETÁRIO. TRABALHE SEMPRE COM ROTAÇÃO CONSTANTE, NO MÁXIMO 3.600 RPM EVITE ACELERAR E DESACELERAR O EQUIPAMENTO. NÃO TRABALHE

Leia mais

Bomba injetora: todo cuidado é pouco

Bomba injetora: todo cuidado é pouco Bomba injetora: todo cuidado é pouco Bomba injetora: todo cuidado é pouco Veja como identificar os problemas da bomba injetora e retirá-la corretamente em casos de manutenção Carolina Vilanova A bomba

Leia mais

Projeto de retífica motor MPLM 301 Javali CBT

Projeto de retífica motor MPLM 301 Javali CBT Projeto de retífica motor MPLM 301 Javali CBT Análise de falas e comparativo com motores Bloco de cilindros: O bloco de cilindros do Javali é do tipo construtivo Bloco Cilíndrico, onde o cilindro é usinado

Leia mais

Kit modelo KUT-00028 Toyota 3.0 diesel - 1 -

Kit modelo KUT-00028 Toyota 3.0 diesel - 1 - Manual Capítulo 1 de montagem : Kit modelo KUT-00028 Toyota 3.0 diesel - 1 - Ferramentas necessárias 3 Desmontagem do Veíulo 3 Preparação para montagem 4 Montagem do Kit no motor 5 Preparação para o funcionamento

Leia mais