REINVENTANDO O ISOLAMENTO ACÚSTICO E SUSTENTÁVEL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REINVENTANDO O ISOLAMENTO ACÚSTICO E SUSTENTÁVEL"

Transcrição

1 REINVENTANDO O ISOLAMENTO ACÚSTICO E SUSTENTÁVEL Reinventing how cork engages the world.

2 A REINVENÇÃO DO CONFORTO E DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Maximizando o conforto e a eficiência energética com ACOUSTICORK. Soluções de fácil instalação que proporcionam um maior conforto e eficiência acústica. O isolamento acústico, antivibrático e térmico são as características essenciais quando se trata de maximizar o conforto e obter uma maior eficiência energética. Fáceis de instalar, naturais, sustentáveis, com características técnicas comprovadas, as soluções ACOUSTICORK são uma alternativa de elevado desempenho aos produtos sintéticos. Estas soluções de fácil instalação proporcionam conforto ao andar, reduzem os ruídos de impacto e aumentam o isolamento acústico. Desenvolvemos soluções para diversos tipos de pavimento final: Pisos flutuantes Alcatifas Pisos de madeira colada Pisos de vinil/linóleo Pisos cerâmicos ou pedra natural

3 A gama de produtos ACOUSTICORK está disponível em 9 linhas: Subpavimentos Isolamento da betonilha Isolamento de pisos radiantes Apoios de sarrafos Membrana de impermeabilização Apoio de alvenarias Granulados de cortiça para argamassas Apoio para divisórias leves Isolamento de paredes e tetos

4 SUBPAVIMENTOS ACOUSTICORK dispõe de soluções para diversos tipos de pavimento final. PISOS FLUTUANTES C11 2 mm PISOS FLUTUANTES 20dB C11PE* 2 mm PISOS FLUTUANTES 20dB C21 2 mm PISOS FLUTUANTES 19dB C21PE* 2 mm PISOS FLUTUANTES 19dB C31 2,5 mm PISOS FLUTUANTES 20dB C31PE* 2,5 mm PISOS FLUTUANTES 20dB * Filme de plástico (polietileno de baixa densidade). ALCATIFAS C61 5 mm ALCATIFAS 33dB

5 PISOS DE MADEIRA COLADA T11 3 mm PISOS DE MADEIRA COLADA 26dB T21 2 mm PISOS DE MADEIRA COLADA 19dB T22 3 mm PISOS DE MADEIRA COLADA 20dB T31 3 mm PISOS DE MADEIRA COLADA 18dB PISOS DE VINIL /LINÓLEO T51 2 mm PISOS DE VINIL/LINÓLEO 16dB PISOS CERÂMICOS OU PEDRA NATURAL T66 3 mm PISOS CERÂMICOS OU PEDRA NATURAL 15dB T61 5 mm PISOS CERÂMICOS OU PEDRA NATURAL 16dB T93 9,5 mm PISOS CERÂMICOS OU PEDRA NATURAL 20dB ACOUSTICORK dispõe de produtos com classificação A+ numa avaliação DAP (Declaração Ambiental de Produto) pelo BRE (Building Research Establishment) de Londres. REINVENTANDO A SUSTENTABILIDADE PARA O FUTURO Somos a primeira empresa do mundo a comercializar subpavimentos de cortiça com marcação CE.

6 ISOLAMENTO DE BETONILHAS Isolamento acústico para betonilhas. A natureza e sustentabilidade dos nossos produtos conferem características únicas às áreas em que são aplicados. As características técnicas da gama de produtos para betonilhas flutuantes são um dado comprovado, em virtude do seu desempenho acústico superior contra o ruído de impacto e a propagação do ruído. ISOLAMENTO DE BETONILHAS U31 8 mm ISOLAMENTO DE BETONILHAS FLUTUANTES 27dB 0,099 U32 8 mm ISOLAMENTO DE BETONILHAS FLUTUANTES 21dB 0,210 U34 8 mm ISOLAMENTO DE BETONILHAS FLUTUANTES 24dB 0,057 U66 5 mm ISOLAMENTO DE BETONILHAS FLUTUANTES 21dB 0,058 U68 5 mm ISOLAMENTO DE BETONILHAS FLUTUANTES 19dB 0,130 U85 5 mm ISOLAMENTO DE BETONILHAS FLUTUANTES 20dB 0,110 U90 5 mm ISOLAMENTO DE BETONILHAS FLUTUANTES 21dB 0,035

7 PISOS RADIANTES Soluções de isolamento para poupança energética. Eficiência energética é sinónimo de poupança. As soluções propostas com esta gama de produtos foram desenvolvidas para aliar a resistência térmica ao isolamento acústico, permitindo assim poupanças mais expressivas. Tal eficiência pode ser conseguida apenas através da barreira térmica criada entre o sistema de aquecimento e a laje, evitando assim a dissipação da energia para a laje. Estas soluções permitem um melhor aquecimento do piso, o que constitui a melhor opção para a transmissão do calor, proporcionando eficiência e conforto acrescidos. O ar quente sobe, pelo que a perceção do calor é mais rápida, as perdas de calor através das paredes e teto são evitadas, alcançando-se um aquecimento uniforme em toda a divisão. PISOS RADIANTES H11 5 mm PISOS RADIANTES 16dB H12 3 mm PISOS RADIANTES 9dB 0,125 0,067

8 APOIOS DE SARRAFOS A solução para o isolamento acústico e antivibratório dos sarrafos de madeira. Estes suportes são a melhor solução para redução do ruído de impacto em sarrafos de madeira. Vantagens: Elevada resistência à compressão; Elevado desempenho acústico devido à baixa rigidez dinâmica; Produto sustentável e reciclável. Especificações: PROPRIEDADES VALOR MÉTODO Peso específico > 200 (Kg/m3) ASTMF 104 Resistência à tração > 400 (KPa) ASTMF 104 Compressão a 10 % >100 PSI ASTMF 104 Rigidez > 40 (Shore A) ASTMF 104 Recuperação > 90 (%) ASTMF 104 Condutividade térmica 0,042 (WmºK) ASTMF 104 Rigidez dinâmica 67 (MN/m3) ISO DIMENSÕES PADRÃO * 940x50x8mm 940x80x8mm 940x100x8mm REFERÊNCIA AS01 AS02 AS03 * Outras dimensões disponíveis mediante pedido

9 MEMBRANA DE IMPERMEABILIZAÇÃO REINVENTANDO A SUSTENTABILIDADE PARA O FUTURO A solução que assegura uma impermeabilização total 63 % do nosso consumo de energia é proveniente de biomassa. Esta membrana é constituída por borracha e granulado de cortiça, conferindo assim características únicas de impermeabilidade ao pavimento em que é aplicada. Vantagens: Totalmente impermeável; Membrana impermeabilizante de baixa espessura; Elevada resistência à tração; Leveza; Grande durabilidade; Produto 100 % reciclado e sustentável. Especificações: IMPERMEABILIDADE ASTMF 104 PROPRIEDADES TÉRMICAS Condutividade térmica Resistência térmica DIMENSÕES 1 m x 10 m x 2 mm Aprovado 0,19 W/m K 0,01 m 2 K/W PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS Dureza > 60 (Shore A) Peso específico Resistência à tração 900 kg/m3 1,3 MPa

10 APOIO DE ALVENARIA A solução para o isolamento acústico e antivibrático de alvenarias. Especificações: Os apoios, formados por granulado de cortiça com borracha reciclada, são utilizados para desacoplar as ligações entre as alvenarias e a estrutura dos edifícios. PROPRIEDADES VALOR MÉTODO Peso específico > 400 (Kg/m3) ASTMF 104 Resistência à tração > 600 (KPa) ASTMF 104 Vantagens: Compressão a 10 % > 400 PSI ASTMF 104 Dureza > 40 (Shore A) ASTMF 104 Elevada resistência à compressão; Recuperação > 90 (%) ASTMF 104 Baixa rigidez dinâmica; Resistência ao contacto com a água, óleos e ácidos; Possibilidade de utilizar diversas larguras, de acordo com a largura dos tijolos mais utilizados; Produto sustentável e reciclável. Condutividade térmica Rigidez dinâmica DIMENSÕES* 0,087 (WmºK) 93 (MN/m3) REFERÊNCIA ASTMF 104 ISO x 120 x 8 mm MS x 160 x 8 mm MS x 320 x 8 mm MS03 * Outras dimensões disponíveis mediante pedido ** Vendido em embalagens de 5 unidades

11 DIVISÓRIAS LEVES A melhor solução para isolamento acústico de divisórias leves. A melhor solução para reduzir o ruído e o impacto em paredes leves de gesso cartonado e tabicaria seca com estruturas metálicas. Vantagens: Elevada resistência à compressão; Autoadesivo (instalação fácil e rápida); Outras dimensões disponíveis em função da largura padrão das estruturas metálicas; Resistente à água, óleos e ácidos; Produto sustentável e reciclável. Dimensões: ROLOS 50 mm x 2 mm x 15 m 70 mm x 2 mm x 15 m 110 mm x 2 mm x 15 m * Outras dimensões disponíveis mediante pedido Solução adesiva Aplicações em portas, paredes e tetos:

12 ISOLAMENTO DE PAREDES E TETOS A solução adequada para isolamento acústico e térmico de paredes e tetos. A melhor opção para isolamento acústico e térmico de todos os tipos de paredes interiores e tetos. Vantagens: Aumenta a absorção acústica na divisão; Aumenta a insonorização da parede; Garante uma maior densidade do produto devido à possibilidade de adicionar camadas. Especificações: DIMENSÃO ESPESSURA REFERÊNCIA 1000 x 500 mm 10 mm WA x 500 mm 13 mm WA 130 DESEMPENHO ACÚSTICO a = 0,36 (200 Hz) (ITeCons ACU 238/09) REINVENTANDO A SUSTENTABILIDADE PARA O FUTURO A cortiça é extraída de nove em nove anos sem danificar o sobreiro.

13 GRANULADO PARA ARGAMASSAS A solução de argamassa com granulado de cortiça. CORKfast é o resultado de uma seleção de grânulos de cortiça para utilização em betonilhas, tornando-as mais leves, conferindo-lhes excelentes propriedades de isolamento térmico e acústico. A utilização de cortiça na formulação da betonilha confere uma maior elasticidade à mistura, reduzindo significativamente a eventual formação de fissuras e permitindo uma rápida cura. Tal é possível sem afetar a necessária homogeneidade da argamassa. A incorporação dos granulados na argamassa deve ser efetuada cuidadosamente. O tamanho e a densidade dos granulados de cortiça devem corresponder às especificações do projeto e requerem aconselhamento especializado. Recomendamos genericamente a seguinte formulação (por volume): 2 partes Vantagens: Melhora o isolamento térmico. Melhora o isolamento acústico. 5 partes Reduz o tempo de cura. Previne o aparecimento de fissuras. Boa aderência. Cimento Areia Cortiça 7 partes

14 AMORIM CORK COMPOSITES Rua de Meladas, Mozelos VFR Portugal T T E. ACC.620 EN

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO K-FONIK SYSTEM Aplicações: - Canalizações e sistemas de drenagem - Tubulação industrial, maquinaria civil e industrial - Isolamento acústico para paredes

Leia mais

Catálogo Geral. Harmony with nature. Harmony with nature Vale de Cambra - Portugal Tel:

Catálogo Geral. Harmony with nature. Harmony with nature Vale de Cambra - Portugal Tel: Harmony with nature Z. I. Lordelo Codal - Lote 9 - Apt. 148 3731-901 Vale de Cambra - Portugal Tel: +351 256 472 148 Fax: +351 256 427 134 E-mail: geral@plakamat.pt www.plakamat.pt Harmony with nature

Leia mais

REINVENTAMOS A PROTEÇÃO TÉRMICA EM APLICAÇÕES AEROESPACIAIS

REINVENTAMOS A PROTEÇÃO TÉRMICA EM APLICAÇÕES AEROESPACIAIS REINVENTAMOS A PROTEÇÃO TÉRMICA EM APLICAÇÕES AEROESPACIAIS Reinventing how cork engages the world. LEVAMOS A NATUREZA MAIS LONGE A melhor solução para Sistemas de Proteção Térmica. Amorim Cork Composites

Leia mais

Reinventamos o calçado. e moda

Reinventamos o calçado. e moda Reinventamos o calçado Saúde, conforto e moda Calçado Soluções para a indústria do calçado Footcork é uma marca da Amorim Cork Composites exclusivamente dedicada ao desenvolvimento e fornecimento de soluções

Leia mais

1.- SISTEMA ENVOLVENTE...

1.- SISTEMA ENVOLVENTE... ÍNDICE.- SISTEMA ENVOLVENTE.....- Pavimentos em contacto com o terreno......- Lajes térreas.....- Fachadas......- Parte opaca das fachadas......- Aberturas em fachada.....- Paredes meeiras... 5..- Coberturas...

Leia mais

Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco

Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco A. Baio Dias 12 de Novembro 2008 UMinho, Portugal 1 Projecto cbloco 1. Objectivos do Projecto

Leia mais

BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça

BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça N. Simões, I. Castro, J. Nascimento, A. Nascimento SEMINÁRIO TECNOLOGIAS E SISTEMAS DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL - INVESTIGAÇÃO EM ACÇÃO - Viabilizar

Leia mais

quadro de escolha para colagem

quadro de escolha para colagem quadro de escolha para colagem São 3 os parâmetros que determinam a cola a utilizar em função dos trabalhos a realizar: 1º suporte 2º local 3º as peças a colar A natureza: Onde: Destino/uso: Natureza:

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis.

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis. FICHA TÉCNICA 1. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Aglomex Acoustic é um produto resultante da aglomeração de espuma flexível de poliuretano de diferentes densidades que evidencia uma composição homogénea e estável.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO 1. Para determinar a porosidade aberta de uma pedra calcária, utilizou-se um provete com as dimensões de 7.1 7.1 7.1 cm 3. Determinou-se a massa no estado

Leia mais

Mapesonic CR Mapesilent

Mapesonic CR Mapesilent Mapesonic CR Mapesilent SOLUÇÕES PARA ISOLAMENTO ACÚSTICO CONTRA RUÍDOS DE IMPACTO PARA PISOS EM CERÂMICA E MADEIRA O prazer do silêncio, sinta a real sensação do bem estar www.mapei.com.br ADESIVOS SELANTES

Leia mais

O NOVO CONCEITO DE PAVIMENTO EM CORTIÇA. Cork Roll Flooring

O NOVO CONCEITO DE PAVIMENTO EM CORTIÇA. Cork Roll Flooring O NOVO CONCEITO DE PAVIMENTO EM CORTIÇA Cork Roll Flooring Cortiça, uma matéria prima natural e reciclável extraída dos sobreiros sem nunca prejudicar o normal desenvolvimento da espécie e sem danificar

Leia mais

Comportamento ao fogo de lajes mistas aço-betão Método de cálculo simplificado

Comportamento ao fogo de lajes mistas aço-betão Método de cálculo simplificado ao fogo de lajes mistas aço-betão simplificado Objetivo do método de cálculo 3 Conteúdo da apresentação em situação de incêndio simplificado de lajes de betão reforçadas a 0 C Modelo da laje de pavimento

Leia mais

Marcação CE em colas para construção. Saint-Gobain Weber Cimenfix César Correia

Marcação CE em colas para construção. Saint-Gobain Weber Cimenfix César Correia Marcação CE em colas para construção Saint-Gobain Weber Cimenfix César Correia Conforme Requisitos Essenciais Resistência mecânica e estabilidade Segurança em caso de incêndio Higiene, saúde e ambiente

Leia mais

Protecção contra incêndios

Protecção contra incêndios 2.5. Isolamento técnico Protecção contra incêndios Dentro do sector da construção, as Directivas Europeias transpostas para a legislação Portuguesa pelos Decretos Lei 220/2008 de 12 Novembro, e 1532/2008

Leia mais

Quadro de escolha para colagem

Quadro de escolha para colagem Quadro de escolha para colagem A seleção do tipo de cola depende da análise dos 3 parâmetros seguintes: 1º suporte 2º local 3º as peças a colar Novo (cimento, betão, gesso, ) A natureza: Antigo (cerâmica,

Leia mais

AMORIM ISOLAMENTOS S.A.

AMORIM ISOLAMENTOS S.A. www.amorimisolamentos.com AMORIM ISOLAMENTOS S.A. Construir, descontruir, reabilitar 01 de Abril de 2016 LÍDER MUNDIAL EM CORTIÇA EM MAIS DE 100 PAISES FACTURAÇÃO SUPERIOR A 600 MILHÕES DE EUROS 3350 FUNCIONÁRIOS

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt Pág. 2 juntas em cor para mosaico,

Leia mais

Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina.

Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina. FACHADA Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina. Vantagens Estética dos acabamentos em VMZINC Planimetria e robustez excepcionais Grande dimensão dos painéis e estabilidade

Leia mais

A Corticeira Amorim é o maior produtor de soluções com cortiça e a mais internacional das empresas Portuguesas.

A Corticeira Amorim é o maior produtor de soluções com cortiça e a mais internacional das empresas Portuguesas. CORTICEIRA AMORIM A Corticeira Amorim é o maior produtor de soluções com cortiça e a mais internacional das empresas Portuguesas. Inspiro, Siemens Top Series Helix Prancha de surf - McNamara Torres eólicas,

Leia mais

Paredes Fichas de Aplicação

Paredes Fichas de Aplicação Fichas de Aplicação e Revestimento Painel Perfurado Painel Sandwich Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads. Outros Suplementos de Soluções Recomendadas Viroc

Leia mais

Cortina. Toscana. Etna

Cortina. Toscana. Etna ETAPA 1 Escolha seu modelo ETAPA 2 medida de ETAPA 3 Escolha o acabamento de ETAPA 4 aplicação de oferece, em sua linha de produtos, 18 diferentes modelos para você escolher. As fotos apresentadas a seguir

Leia mais

SonaSpray. A solução acústica e térmica definitiva. Celulose Projectada. Para tectos e paredes. Divisão de Isolamentos Acústicos

SonaSpray. A solução acústica e térmica definitiva. Celulose Projectada. Para tectos e paredes. Divisão de Isolamentos Acústicos SonaSpray Celulose Projectada A solução acústica e térmica definitiva Para tectos e paredes Representado e aplicado por Sociedade Técnica de Isolamentos e Energias Renováveis, Lda. Divisão de Isolamentos

Leia mais

46º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EUROPEAN SYMPOSIUM ON VIRTUAL ACOUSTICS AND AMBISONICS

46º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EUROPEAN SYMPOSIUM ON VIRTUAL ACOUSTICS AND AMBISONICS SOLÇÃO COMBINADA DE SBCAMADAS DE AGLOMERADOS DE CORTIÇA PARA SISTEMAS DPLOS DE LAJE E PAVIMENTO FLTANTES PACS: 4.40.Kd António P. O. Carvalho 1 ; Carolina R. G. Mateus 1 ; Marina I. N.Rodrigues 1 Laboratório

Leia mais

Soluções em Poliuretanos Bayer para Aplicações Automotivas. Novembro de 2014 Fernanda Porto Painel Automotivo

Soluções em Poliuretanos Bayer para Aplicações Automotivas. Novembro de 2014 Fernanda Porto Painel Automotivo Soluções em Poliuretanos Bayer para Aplicações Automotivas Novembro de 2014 Fernanda Porto Painel Automotivo Agenda O Mercado Automotivo Cenário Atual e Desafios A versatibilidade do Poliuretano e sua

Leia mais

ENTREPISOS DE MADEIRA REABILITAÇÃO ACÚSTICA

ENTREPISOS DE MADEIRA REABILITAÇÃO ACÚSTICA ENTREPISOS DE MADEIRA REABILITAÇÃO ACÚSTICA ENTREPISO DE MADEIRA DE ELEVADAS PRESTAÇÕES : Membrana de polietileno reticulado e lã mineral RHFM 7 8 IMPACTODAN Lã mineral VANTAGENS Isolamento a ruido aéreo

Leia mais

A obrigatoriedade da marcação CE

A obrigatoriedade da marcação CE Adesivos cimentícios e a EN 12004: A obrigatoriedade da marcação CE Rogério Tomás, Cimentos Cola, Lda. Concreta 2004 1 Adesivos cimentícios, o que são? Argamassas para a colagem de peças cerâmicas, pedra

Leia mais

Instalação de Pavimentos Flutuantes 5G

Instalação de Pavimentos Flutuantes 5G PREPARAÇÃO DO SUBPAVIMENTO PARA OS PAVIMENTOS FLUTUANTES Wicanders 5G Os pavimentos flutuantes Wicanders podem ser instalados na maior parte das áreas domésticas e comerciais, exceto casas de banho, saunas

Leia mais

1.- SISTEMA ENVOLVENTE...

1.- SISTEMA ENVOLVENTE... ÍNDICE.- SISTEMA ENVOLVENTE.....- Envolvente exterior......- Fachadas.....- Muros abaixo da rasante.....- Pavimentos......- Lajes térreas.....- Coberturas......- Coberturas planas....5.- Aberturas verticais....-

Leia mais

Adesivos Estruturais Jet-Weld TM TE-030 TE-031 TE-100 TS-230

Adesivos Estruturais Jet-Weld TM TE-030 TE-031 TE-100 TS-230 Dados Técnicos Agosto/99 Descrição do Produto TE-030 TE-031 TE-100 TS-230 Produto extrusivo, com rápido tempo de cura inicial, utilizado para colagem de madeira. Produto extrusivo com rápido tempo de cura

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt Pág. 2 top endur utilização Top Endur

Leia mais

PISOS e PAREDES RADIANTES

PISOS e PAREDES RADIANTES PISOS e PAREDES RADIANTES *Seguro *Estético *Saudável *Económico *Confortável PORTUGAL BOCKEMUEHL, LDA Apartado 32, Zona Industrial da Cooperativa 3240-217 Ansião Telefone : +351 236 670 110 Telefax :

Leia mais

Assista o vídeo de demonstração de montagem

Assista o vídeo de demonstração de montagem :: Principais Vantagens :: Proteção à radiação térmica: reflete 95% do calor por radiação. Maior conforto térmico: impede a entrada de calor no verão e minimiza a saída no inverno. Economia: reduz ou elimina

Leia mais

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS AVALIAÇÕES ACÚSTICAS

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS AVALIAÇÕES ACÚSTICAS Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS Técnicas de Inspecção e Avaliação do Desempenho de Edifícios Paulo Amado

Leia mais

O tritubo é aplicado nas condutas subterrâneas para proteção de fibras ópticas. O seu interior estriado melhora a passagem da fibra óptica.

O tritubo é aplicado nas condutas subterrâneas para proteção de fibras ópticas. O seu interior estriado melhora a passagem da fibra óptica. Mar.13 Tritubo O tritubo é aplicado nas condutas subterrâneas para proteção de fibras ópticas. O seu interior estriado melhora a passagem da fibra óptica. Especificações técnicas do produto Documento Produto

Leia mais

ifelt Introdução Ibérica Feltros A IbéricaFeltros Feltros Industriais, Lda., é uma empresa que iniciou a sua actividade em Maio de 2000.

ifelt Introdução Ibérica Feltros A IbéricaFeltros Feltros Industriais, Lda., é uma empresa que iniciou a sua actividade em Maio de 2000. Introdução A IbéricaFeltros Feltros Industriais, Lda., é uma empresa que iniciou a sua actividade em Maio de 2000. Esta Empresa tem a sua origem na Jomafil, e com os conhecimentos adquiridos ao longo de

Leia mais

Apresentação da NP EN 12004: A1:2012

Apresentação da NP EN 12004: A1:2012 Joaquim Valente de Almeida LEP/ccMCS materials.habitat Seminário Colagem de Produtos Cerâmicos segundo a NP EN 12004:2008 (Colas para ladrilhos) CTCV/Coimbra 13/11/2013 1 Objectivo e campo de aplicação

Leia mais

5. Limitações: A argamassa 1201 Matrix Assentamento de Vedação e Encunhamento não deve ser utilizada para assentamento de blocos silico-calcário.

5. Limitações: A argamassa 1201 Matrix Assentamento de Vedação e Encunhamento não deve ser utilizada para assentamento de blocos silico-calcário. 1. Descrição: A argamassa 1201 Matrix Assentamento de Vedação e Encunhamento é indicado para o assentamento de blocos para alvenaria de vedação e fixação de alvenarias (blocos de concreto, cerâmicos, e

Leia mais

Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE

Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE Workshop AICCOPN, Porto,13/03/2014 Baio Dias baiodias@ctcv.pt Diretor Adjunto Técnico 1 Enquadramento Normativo Normas aplicáveis

Leia mais

H E R M A L. Uma reflexão sobre 19/11/2015

H E R M A L. Uma reflexão sobre 19/11/2015 Uma reflexão sobre soluções alternativas ao ETICS Argamassas e ETICS. Reflexões actuais Concreta 2015 EXPONOR Feira Internacional do Porto, 19 de Novembro de 2015 Nuno Simões & Márcio Gonçalves E T H E

Leia mais

Materiais. Conceitos para acústica arquitetônica. Marcelo Portela LVA/UFSC

Materiais. Conceitos para acústica arquitetônica. Marcelo Portela LVA/UFSC Materiais Acústicos Conceitos para acústica arquitetônica Marcelo Portela LVA/UFSC LEMBRANDO... ISOLAMENTO ACÚSTICO Capacidade de certos materiais formarem uma barreira, impedindo que a onda sonora passe

Leia mais

Conforto Ambiental I I Aula 04 Tratamento Acústico

Conforto Ambiental I I Aula 04 Tratamento Acústico Conforto Ambiental I I Aula 04 Tratamento Acústico Professores: Ana Cristina Hillesheim Karina Colet Marcela Cebalho Michelle de Almeida Costa TRATAMENTO ACÚSTICO Os sons classificam-se, segundo sua origem,

Leia mais

ESZO Fenômenos de Transporte

ESZO Fenômenos de Transporte Universidade Federal do ABC ESZO 001-15 Fenômenos de Transporte Profa. Dra. Ana Maria Pereira Neto ana.neto@ufabc.edu.br Bloco A, torre 1, sala 637 Mecanismos de Transferência de Calor Calor Calor pode

Leia mais

Montenegro, Fernandes & Cª, S.A.

Montenegro, Fernandes & Cª, S.A. RHYNOBELT - pª Madeira - Emb= 10un Resina de alta resistência. Menor perda de grão Suporte robusto. Ideal para lixadora portátil Cintas de lixa 410x65 G-36 IN01410036 Cintas de lixa 410x65 G-40 IN01410040

Leia mais

Desempenho em serviço Prof. Maristela Gomes da Silva

Desempenho em serviço Prof. Maristela Gomes da Silva Desempenho em serviço Prof. Maristela Gomes da Silva Departamento de Engenharia Civil Bibliografia referência para esta aula ISAIA, G. C. (editor) Materiais de Construção Civil e Princípios de ciência

Leia mais

Painéis X-Lam da KLH nova geração de edifícios

Painéis X-Lam da KLH nova geração de edifícios Painéis X-Lam da KLH nova geração de edifícios Luís Jorge Jornada Técnica Eficiência Energética em Edifícios FABRICANTE DE PAINÉIS X-LAM MAIOR PRODUTOR EUROPEU APROVAÇÃO TÉCNICA EUROPEIA GABINETE DE ENGENHARIA

Leia mais

PISO RADIANTE. Vantagens

PISO RADIANTE. Vantagens PISO RADIANTE Vantagens O Piso Radiante é o Sistema de Aquecimento mais confortável que se pode encontrar. O Piso Radiante liberta o calor de uma forma natural, debaixo para cima, razão pela qual se considera

Leia mais

18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP. Desempenho potencial de alvenarias de blocos cerâmicos vazados Eng Ercio Thomaz

18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP. Desempenho potencial de alvenarias de blocos cerâmicos vazados Eng Ercio Thomaz 18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP Desempenho potencial de alvenarias de blocos cerâmicos vazados Eng Ercio Thomaz 1 Quem deve atender é o sistema construtivo como um todo (paredes,

Leia mais

8/2/2011 AGLOMERANTES. Definição: Exemplos: Aglomerantes. Nomenclatura. Relação Pega x Endurecimento. Propriedades. Argila Gesso Cal Cimento Betume

8/2/2011 AGLOMERANTES. Definição: Exemplos: Aglomerantes. Nomenclatura. Relação Pega x Endurecimento. Propriedades. Argila Gesso Cal Cimento Betume Definição: AGLOMERANTES Aglomerantes são materiais ativos, geralmente pulverulentos, que entram na composição das pastas, argamassas e concretos. Nomenclatura Exemplos: Aglomerantes Aglomerantes = materiais

Leia mais

ETICS GF ETICS BT FABRIC. poliestireno extrudido. Aplicações recomendadas de placas de isolamento FIBRANxps MAESTRO INCLINE L 300 C I

ETICS GF ETICS BT FABRIC. poliestireno extrudido. Aplicações recomendadas de placas de isolamento FIBRANxps MAESTRO INCLINE L 300 C I poliestireno extrudido Aplicações recomendadas de placas de - L C - I 0 - L 00 - L 00 - L MAESTRO ETICS GF ETICS BT SB FABRIC INCLINE COBERTURAS Coberturas planas invertidas Coberturas planas invertidas

Leia mais

1. TIPO DE CASA 2. TIPO DE PAREDE 3. TIPO DE FUNDAÇÃO 4. MEDIDAS DE CASA 5. DIVISÃO DE CASA. No exterior, argamassa, no interior placa de gesso

1. TIPO DE CASA 2. TIPO DE PAREDE 3. TIPO DE FUNDAÇÃO 4. MEDIDAS DE CASA 5. DIVISÃO DE CASA. No exterior, argamassa, no interior placa de gesso Preço de aproximar: 81300 * *O preço calculado reflete acerca do 80 porcento de preço final. Depois de uma reunião pessoal, a gente calcula o valor final. 1. TIPO DE CASA Variação tipo de casa 1. Variação

Leia mais

Refietem e absorvem o ruído! Barreiras acústicas de isolamento sonoro em recintos exteriores

Refietem e absorvem o ruído! Barreiras acústicas de isolamento sonoro em recintos exteriores Refietem e absorvem o ruído! Barreiras acústicas de isolamento sonoro em recintos exteriores Instalação fácil Sem recurso a mecanismos elevatórios Grande isolamento acústico Resistência às intempéries

Leia mais

Convetores aquecimento a baixa temperatura

Convetores aquecimento a baixa temperatura Convetores aquecimento a baixa temperatura Melhorar o aquecimento é possível. Ao instalar os emissores Aquabit, consegue tirar o máximo partido do conforto e eficiência em cada divisão da sua casa. Poupança

Leia mais

MACOR. Cerâmica de Vidro Usinável Para Aplicações Industriais

MACOR. Cerâmica de Vidro Usinável Para Aplicações Industriais MACOR Cerâmica de Vidro Usinável Para Aplicações Industriais Material Inigualável MACOR Cerâmica de Vidro Usinável A cerâmica de vidro usinável MACOR é reconhecida em todo o mundo não só como uma grande

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@topeca.pt www.topeca.pt rebetop color Pág. 2 utilização Revestimento

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS COBERTURAS Imitação Telha (1/2/4 águas) -Aço galvanizado na qualidade S250GD+Z, segundo EN 10346:2009 + EN 10169, revestida com poliéster regular modificado, e tolerâncias de espessura

Leia mais

Célula Fechada ou Célula Aberta Aparências semelhantes, prestações diferentes

Célula Fechada ou Célula Aberta Aparências semelhantes, prestações diferentes Poliuretano projectado Célula Fechada ou Célula Aberta Aparências semelhantes, prestações diferentes Célula aberta Célula fechada Aparências semelhantes, prestações diferentes O Poliuretano projectado

Leia mais

Interação da Alvenaria com Estruturas de Concreto Armado

Interação da Alvenaria com Estruturas de Concreto Armado Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de São Carlos Departamento de Engenharia de Estruturas Interação da Alvenaria com Estruturas de Concreto Armado Efeito Arco em Alvenarias Conceitos Básicos

Leia mais

MDF MR Aglomerado de fibras de madeira para uso em ambientes húmidos.

MDF MR Aglomerado de fibras de madeira para uso em ambientes húmidos. MDF MR Aglomerado de fibras de madeira para uso em ambientes húmidos. TIPO: MR (Hidrófugo) DEFINIÇÃO Aglomerado de fibras de madeira de densidade média (MDF) com resistência melhorada à humidade, de uso

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de 2005 www.construlink.com CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS - PAREDES SIMPLES A necessidade

Leia mais

CAL HIDRÁULICA NATURAL (NHL) PARA. Reabilitação e Construção Sustentável

CAL HIDRÁULICA NATURAL (NHL) PARA. Reabilitação e Construção Sustentável CAL HIDRÁULICA NATURAL (NHL) PARA Reabilitação e Construção Sustentável INTRODUÇÃO Fundada em 1891, a Secil Argamassas orgulha-se de ser um dos fabricantes mais antigos de Cal Hidráulica Natural (NHL),

Leia mais

HISTÓRIA. 2.2 Características Térmicas do Bloco CCA: Transmitância e capacidade térmica conceitos e valores

HISTÓRIA. 2.2 Características Térmicas do Bloco CCA: Transmitância e capacidade térmica conceitos e valores 1. HISTÓRIA O Concreto Celular Autoclavado foi desenvolvido na Suécia em 1924 por Joahan Axel Erickon, que buscava por um produto com características semelhantes à da madeira, com estrutura sólida, bom

Leia mais

MORCEMSEAL LINHA REABILITAÇÃO MORCEMSEAL TODO 1 TUDO EM 1

MORCEMSEAL LINHA REABILITAÇÃO MORCEMSEAL TODO 1 TUDO EM 1 MORCEMSEAL TUDO EM 1 Argamassa monocomponente de alta resistência, para a passivação, reparação e proteção de estruturas DESCRIÇÃO COMPOSIÇÃO CARACTERISTICAS E APLICAÇÕES SUPORTES Argamassa tixotrópica

Leia mais

NOVIDADE. Protector térmico de segurança. Intensidade absorvida

NOVIDADE. Protector térmico de segurança. Intensidade absorvida EMISSORES COM FLUÍDO Série EMIBLUE A Emissores murais com fluído de alta inércia térmica, analógicos. Estrutura de alumínio injectado. Termóstato de grande precisão e 3 modos de funcionamento: (3,5ºC menos

Leia mais

PORTA SECCIONADA REFRAL NASSAU 9000G

PORTA SECCIONADA REFRAL NASSAU 9000G PORTA SECCIONADA REFRAL NASSAU 9000G Refral NASSAU 9000G Luz e visão A porta Refral NASSAU 9000G (vidro) com janelas foi especialmente desenhada para edifícios em que é necessária uma quantidade elevada

Leia mais

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT GANHANDO TEMPO PARA VOCÊ 100% BRASIL PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT Painéis ISOJOINT WALL PUR Construção civil Os Painéis ISOJOINT WALL PUR são constituídos de núcleo de PUR (poliuretano) ou PIR (Poliisocianurato)

Leia mais

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO. Ago 2016

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO. Ago 2016 COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO Ago 2016 PERFIL 3 CHAVE 4 VANTAGENS 5 COMPETITIVAS SETORES 6-14 METAIS 7 ROCHAS ORNAMENTAIS 8 CIMENTO E BETÃO 9 MADEIRA E CORTIÇA 10 CERÂMICA 11 PLÁSTICO

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Altura Externa. Boca Base Boca Base Boca Base

FICHA TÉCNICA. Altura Externa. Boca Base Boca Base Boca Base 1 Caixas de Visita Caixas de visita c/ fundo e Largura Externa 400x400x500 600x600x660 800x800x830 A A1 B B1 E e Largura Interna Externa Interna Boca 500 400 50 500 450 Base 515 385 65 Boca 720 600 60

Leia mais

Tubos em polietileno de baixa densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros.

Tubos em polietileno de baixa densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. PEBD Tubos em polietileno de baixa densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. Especificações técnicas do produto Documento Produto Aplicação Especificação Técnica Tubos

Leia mais

CONFORTO AMBIENTAL Nosso papel na sustentabilidade

CONFORTO AMBIENTAL Nosso papel na sustentabilidade CONFORTO AMBIENTAL Nosso papel na sustentabilidade Parte 1 - Conforto higrotérmico dirigido à concepção arquitetônica (continuação) Arq. Cláudia Barroso-Krause, D.Sc. DTC PROARQ FAU/UFRJ Roteiro O conforto,

Leia mais

PISCINAS TÉRMICAS Desumidificação Aquecimento

PISCINAS TÉRMICAS Desumidificação Aquecimento PISCINAS TÉRMICAS Desumidificação Aquecimento Piscinas Térmicas Conforto em piscinas interiores aquecidas A maior parte das perdas térmica das piscinas interiores aquecidas resultam da evaporação da água,

Leia mais

AMORIM ISOLAMENTOS S.A.

AMORIM ISOLAMENTOS S.A. AMORIM ISOLAMENTOS S.A. Soluções tecnicamente eficientes e sustentáveis www.amorimisolamentos.com FLORESTA DE SOBREIROS (HECTARES) PAÍSES HECTARES TONELADAS Portugal 725 000 (33%) 185 000 (54%) Espanha

Leia mais

Construção de Pavimentos. Construção de pavimentos flutuantes de baixa espessura sem retrações

Construção de Pavimentos. Construção de pavimentos flutuantes de baixa espessura sem retrações Schlüter -BEKOTEC Construção de Pavimentos 9.1 Construção de pavimentos flutuantes de baixa espessura sem retrações Ficha Técnica Aplicação e função Schlüter -BEKOTEC é a técnica de construção segura de

Leia mais

MORTERPLAS FP 3 KG. Impermeabilização Betuminosa APP

MORTERPLAS FP 3 KG. Impermeabilização Betuminosa APP MORTERPLAS FP é uma membrana impermeabilizante não protegida, de betume plastómero APP, de elevado ponto de amolecimento, com armadura de feltro de fibra de poliéster (FP) e acabamento em filme termofusível

Leia mais

Permutadores de Calor para Piscinas

Permutadores de Calor para Piscinas Permutadores de Calor para s TECNOLOGIA BOWMAN Líder Mundial em Tecnologia Permutadores Calor Permutadores de calor s Para Caldeiras, Painéis Solares e Bombas de calor PERFORMANCE NA TRANSFERÊNCIA DE CALOR

Leia mais

3.1 PROPRIEDADES DOS CORPOS SÓLIDOS: 3.1 PROPIEDADES DOS CORPOS SÓLIDOS: 3.1 PROPRIEDADES DOS CORPOS SÓLIDOS: 09/08/2012

3.1 PROPRIEDADES DOS CORPOS SÓLIDOS: 3.1 PROPIEDADES DOS CORPOS SÓLIDOS: 3.1 PROPRIEDADES DOS CORPOS SÓLIDOS: 09/08/2012 1 2 Dureza: é a resistência que os corpos opõem ao serem riscados, a dureza pode ser avaliada a partir da capacidade que um material tem, de riscar o outro. Ex.: Diamante e vidro. Escala de dureza de Mohs:

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE MODELOS DE PREVISÃO DE ISOLAMENTO SONORO A SONS DE CONDUÇÃO AÉREA DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS

COMPARAÇÃO ENTRE MODELOS DE PREVISÃO DE ISOLAMENTO SONORO A SONS DE CONDUÇÃO AÉREA DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS COMPARAÇÃO ENTRE MODELOS DE PREVISÃO DE ISOLAMENTO SONORO A SONS DE CONDUÇÃO AÉREA DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS Luís Bragança, Francisco Correia da Silva Departamento de Engenharia Civil, Universidade do

Leia mais

Serviços e Produtos. Palavras-Chave:

Serviços e Produtos. Palavras-Chave: Serviços e Produtos Recepção, Triagem e Valorização de RCD Reciclagem de RCD em obra Controlo de produção em obra de Agregados Reciclados (utilização em observância das normas técnicas aplicáveis) Acompanhamento

Leia mais

SILICONES E ISOLAMENTOS

SILICONES E ISOLAMENTOS S I L I C O N ES E I S O L A M EN TO S 110 01 ESPUMA POLIURETANO MANUAL PREGO LÍQUIDO FEPM750PT 750 ml 12 FLUX FIX EPRO100 é monocomponente, de longa duração para preenchimento, isolamento e colagem, com

Leia mais

O PODER DO QUARTZO AO SEU SERVIÇO

O PODER DO QUARTZO AO SEU SERVIÇO SILESTONE O PODER DO QUARTZO AO SEU SERVIÇO THE ORIGINAL A MELHOR SUPERFÍCIE EM QUARTZO PARA BANCADAS DE COZINHA, CASAS DE BANHO E PAVIMENTOS. PROTECÇÃO BACTERIOSTÁTICA Baseada em Tecnologia de Prata A

Leia mais

PORTUGAL E A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL QUINTA DA GRUTA, MAIA. Ana Teixeira Mesquita

PORTUGAL E A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL QUINTA DA GRUTA, MAIA. Ana Teixeira Mesquita PORTUGAL E A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL QUINTA DA GRUTA, MAIA Ana Teixeira Mesquita info@landlab.pt WWW..PT SISTEMAS DE CONSTRUÇÃO COM VEGETAÇÃO WWW..PT A SURGE EM 2008, FRUTO DO TRABALHO DE PESQUISA MUNDIAL

Leia mais

Entre sistemas a temperaturas diferentes a energia transfere-se do sistema com temperatura mais elevada para o sistema a temperatura mais baixa.

Entre sistemas a temperaturas diferentes a energia transfere-se do sistema com temperatura mais elevada para o sistema a temperatura mais baixa. Sumário Do Sol ao Aquecimento Unidade temática 1. Mecanismos de transferência de calor: a radiação, a condução e a convecção. O coletor solar e o seu funcionamento. Materiais condutores e isoladores do

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Av2 Av3 Av4. PRÉ-ESFORÇO (MPa) (1) Diâmetro (f pk = 1770 MPa, f p0.1k = 1550 MPa) Nível (mm)

FICHA TÉCNICA. Av2 Av3 Av4. PRÉ-ESFORÇO (MPa) (1) Diâmetro (f pk = 1770 MPa, f p0.1k = 1550 MPa) Nível (mm) CIPROL Produtos Pré-Esforçadas do Oeste, Lda. Vigotas pré-esforçadas para pavimentos de vigotas e blocos de cofragem 0866-CPR-2010/CE.0136 10 NP EN 15037-1 Av2 Av3 Av4 Tipo (kg/m) Av2 18,3 Av3 18,4 Av4

Leia mais

Scotch-Weld MR DP-105 Adesivo Estrutural

Scotch-Weld MR DP-105 Adesivo Estrutural Scotch-Weld MR DP-105 Adesivo Estrutural Dados Técnicos Agosto/99 Descrição do Produto O produto é um adesivo epoxi bi-componente com uma proporção de mistura de 1:1 em volume. Sua flexibilidade, quando

Leia mais

Conforto Térmico Acústica Arquitetônica

Conforto Térmico Acústica Arquitetônica Abril de 2012 Conforto Térmico Acústica Arquitetônica MÓDULO II Acústica Arquitetônica Isolamento Acústico Prof. Dr. Eduardo Grala da Cunha Sino-Italian Ecological and Energy Efficient Building - SIEEB

Leia mais

Interação de paredes

Interação de paredes 1/36 Alvenaria Estrutural Interação de paredes 2/36 TRABALHO EXPERIMENTAL REALIZADO Blocos cerâmicos com dimensão modular 15cm x 20cm x 30cm Tipo Largura (cm) Altura ( cm) Comp.(cm) Meio bloco 14 19 14

Leia mais

Painel Madeira ACH. Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS

Painel Madeira ACH. Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS Painel Madeira ACH Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS Índice Painel Madeira ACH Painel Cobertura Aço-Madeira PIR Tabuleiro Abeto... 4 Painel Cobertura Aço-Madeira PIR OSB... 6 Painel

Leia mais

Técnicas de construção. Vedações Verticais. Profa. Keila Bento

Técnicas de construção. Vedações Verticais. Profa. Keila Bento Técnicas de construção Vedações Verticais Profa. Keila Bento Vedações verticais Definição UM SUBSISTEMA DOS EDIFÍCIOS CONSTITUÍDO PELOS ELEMENTOS QUE: DEFINEM E LIMITAM VERTICALMENTE O EDIFÍCIO E SEUS

Leia mais

REVESTIMENTOS Escolha do Sistema de Revestimento

REVESTIMENTOS Escolha do Sistema de Revestimento 200888 Técnicas das Construções I REVESTIMENTOS Escolha do Sistema de Revestimento Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana pastana@projeta.com.br (14) 3422-4244 AULA 13 EXERCÍCIO 1 ESCOLHA DO SISTEMA DE

Leia mais

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS Vasco Peixoto de Freitas Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-1 www.patorreb.com Estrutura do Site Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-2

Leia mais

Tubos em polietileno de baixa densidade e alta densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros.

Tubos em polietileno de baixa densidade e alta densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. Mar.13 PEBD / PEAD Tubos em polietileno de baixa densidade e alta densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. Especificações técnicas do produto Documento Produto Aplicação

Leia mais

Desempenho relativo das argamassas de argila expandida na execução de camadas de forma

Desempenho relativo das argamassas de argila expandida na execução de camadas de forma Desempenho relativo das argamassas de argila expandida na execução de camadas de forma Ana Sofia Ferreira (IST) Jorge de Brito (IST) Fernando Branco (IST) º Congresso Nacional de Argamassas de Construção

Leia mais

Pladur FON+ Sistemas. Tetos falsos e contínuos FON + Soluciones Acústicas

Pladur FON+ Sistemas. Tetos falsos e contínuos FON + Soluciones Acústicas Sistemas Tetos falsos e contínuos FON + Soluciones Acústicas tetos falsos A gama de tetos suspensos perfurados Pladur FON + é única relativamente ao seu design e prestações: Modulação: 600 x 600 mm Grande

Leia mais

* import amo-nos. Os novos craques da Weber vão alinhar na sua equipa

* import amo-nos. Os novos craques da Weber vão alinhar na sua equipa * import amo-nos Os novos craques da Weber vão alinhar na sua equipa Conheça a de colagem Com os novos craques a alinhar na sua equipa, vamos vencer no campeonato da colagem de cerâmica! O mercado está

Leia mais

Ficha técnica StoPox WHG Deck 100

Ficha técnica StoPox WHG Deck 100 Revestimento de proteção, base epóxi, para estruturas em contacto permanente com água Característica Aplicação Propriedades Interior e exterior exposto às condições atmosféricas Como revestimento de proteção

Leia mais

ARGAMASSAS E CONCRETOS AGLOMERANTES

ARGAMASSAS E CONCRETOS AGLOMERANTES ARGAMASSAS E CONCRETOS AGLOMERANTES DEFINIÇÃO São materiais ligantes, em geral pulverulentos, que promovem a união entre os grãos de agregados. Estes materiais sofrem transformações químicas, por isso

Leia mais

Redes de Borracha. Superfícies Crivantes

Redes de Borracha. Superfícies Crivantes Redes de Borracha Superfícies Crivantes 7 7. Redes de Borracha 7.1. Redes de tensão Tipos de tensão 7.2. Sistemas modulares: Auto-sustentados Parafusos Sistema combinado de Borracha - Poliuretano 7.3.

Leia mais

Lajetas térmicas Grazimac Catálogo versão 2.indd :01:11

Lajetas térmicas Grazimac Catálogo versão 2.indd :01:11 Lajetas Térmicas Grazimac Catálogo versão 2.indd 1 13-10-2009 16:01:11 Coberturas Planas Invertidas Existem vários factores a ter em conta ao isolar termicamente uma cobertura plana, que têm um impacto

Leia mais

Avaliação do Ciclo de Vida

Avaliação do Ciclo de Vida Avaliação do Ciclo de Vida dos produtos de base florestal Paulo Bessa As florestas e o ciclo da madeira na captura do Carbono Lisboa 2011.11.25 Visão 2050 Pegada ecológica até que ponto a nossa forma de

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@topeca.pt www.topeca.pt Pág. 2 rebetop decor raiada areada utilização

Leia mais