PORTARIA Nº 7.465, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2012.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTARIA Nº 7.465, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2012."

Transcrição

1 PORTARIA Nº 7.465, DE 19 DE NOVEMBRO DE Dispõe quanto à integração, desvinculação, desfazimento, classificação, destinação, uso, identificação e controle, relacionados aos veículos oficiais da frota do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá outras providências. A PRESIDENTE DO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO a necessidade de aperfeiçoar a regulamentação quanto ao uso e controle dos veículos oficiais que integram a frota do Tribunal, à luz da Resolução CSJT 68, de 21 de junho de 2010, e da verificação de incremento desses serviços; CONSIDERANDO as recomendações contidas no relatório da Secretaria de Controle Interno SECONTI, emitido no PA nº ; CONSIDERANDO a necessidade de emprestar transparência na utilização da frota de veículos oficiais para o transporte de magistrados, de servidores e de outras pessoas, bem como de materiais, RESOLVE: Art. 1º Os veículos da frota do Tribunal destinam-se, exclusivamente, ao serviço público, no atendimento das atividades judiciárias e administrativas deste Órgão, para deslocamentos em estrito objeto de serviço. Art. 2º O serviço de transporte será realizado, preferencialmente, pelos servidores deste Tribunal ocupantes do cargo de Técnico Judiciário, Área Administrativa Especialidade Segurança e Transporte. 1º Compete ao condutor do veículo, no exercício de suas atividades: I conduzir de forma adequada, segura e responsável os usuários, equipamentos e materiais, mantendo o veículo em seguras condições de trafegabilidade; II dirigir defensivamente e respeitando as leis de trânsito e as normas e diretrizes estabelecidas, preservando o patrimônio e a imagem do Tribunal; III operar, conscientemente, o veículo, obedecendo a suas características técnicas e observando rigorosamente as instruções sobre manutenção;

2 IV comunicar ao Assistente-Chefe da Seção de Transportes as ocorrências verificadas durante o serviço; V apresentar-se de forma adequada quanto aos cuidados com a higiene e a aparência pessoal; VI estar nos locais determinados com a necessária antecedência; VII preencher o controle diário de uso do veículo; VIII apresentar aos agentes policiais e fiscais de trânsito competentes, sempre que solicitado, sua documentação e a do veículo; IX não entregar a direção do veículo sob sua responsabilidade a outra pessoa, salvo na hipótese de força maior; X não fumar ou manter acesos cigarros ou assemelhados no interior do veículo; XI prestar socorro às vítimas de acidentes, quando necessário, procurando obter comprovante da autoridade policial, a fim de atestar o seu desvio de itinerário; XII conduzir, exclusivamente, magistrados e servidores do TRT da 4ª Região, salvo com autorização superior, ou nos casos do inciso anterior; XIII verificar, antes de qualquer deslocamento, se o veículo detém condições técnicas, com equipamentos e acessórios obrigatórios e a documentação em ordem; XIV tratar a todos com cortesia e urbanidade; XV utilizar o veículo somente em objeto de serviço; XVI manter o veículo sob seus cuidados em adequadas condições de limpeza. 2º É de responsabilidade do usuário: I colaborar com o planejamento dos serviços, encaminhando a solicitação de transporte com antecedência; II utilizar os veículos de serviço segundo as diretrizes da presente portaria; III colaborar com a preservação dos veículos do Tribunal, concorrendo para que o motorista mantenha sua atuação dentro das normas e procedimentos de utilização de veículos e das normas do Código Nacional de Trânsito; IV não concordar com ou concorrer para o uso indevido do veículo; V obedecer aos horários e aos itinerários fixados na solicitação de transporte;

3 VI não fumar ou manter acesos cigarros ou assemelhados no interior do veículo; VII aguardar a parada regular do veículo para desembarque; VIII manter conduta moral e disciplinada no interior do veículo; IX colaborar com o trabalho do motorista, respeitando-o e auxiliando-o diante de possíveis dificuldades; X fornecer informações ao motorista quanto a período de espera; XI utilizar sempre o cinto de segurança, tanto no banco dianteiro como no traseiro; 3º Aos condutores dos veículos oficiais cabe a responsabilidade pelo pagamento de multas correspondentes às infrações de trânsito praticadas no exercício de suas atividades funcionais, assim como a assunção dos pontos ligados à infração cometida, mediante o preenchimento da guia oriunda do órgão fiscalizador de trânsito. Art. 4º A integração de veículos à frota oficial do Tribunal, assim entendidos aqueles disponibilizados para uso deste Órgão nas formas descritas no artigo 2º, 2º, da Resolução CSJT 68/2010, observará o previsto nos artigos 8º, 9º e 10º da mesma Resolução. Art. 5º Os veículos oficiais classificam-se como: I - de representação; II - de transporte institucional; III - de serviço. Art. 6º Os veículos de representação destinam-se ao uso pelos Desembargadores Presidente, Vice-Presidente e Corregedor e Vice-Corregedor do Tribunal. Art. 7º Os veículos de transporte institucional atenderão aos demais Desembargadores ou Juízes convocados para atuar junto ao Tribunal e serão usados de forma compartilhada. Parágrafo único. Os substitutos de autoridades beneficiárias do serviço de transporte de representação ou institucional terão direito à utilização enquanto perdurar a substituição. Art. 8º Os veículos de serviço são os destinados ao transporte de pessoal, de equipamentos e de materiais. Art. 9º São considerados também objeto de serviço:

4 I os descritos nas alíneas a a f do inciso II do artigo 5º da Resolução CSJT 68/2010; II o transporte de pessoas convidadas ou contratadas por este Tribunal para realização de atividades de interesse da administração, sejam de cunho educacional, de assessoria ou similar, restrito aos traslados do aeroporto ao hotel e vice-versa. III transportes não expressamente previstos nesta Portaria, mas autorizados, justificadamente, pela Presidência do Tribunal, cujo objeto atenda à função pública. Art. 10. Os veículos de representação conterão a identificação deste Órgão e a do cargo exercido pela respectiva autoridade. Art. 11. Os veículos de transporte institucional conterão a identificação deste Órgão e a inscrição institucional. Art. 12. Os veículos de serviço consignarão, na parte lateral, a identificação deste Tribunal e os dizeres uso exclusivo em serviço, e, na parte traseira, Como estou dirigindo? e o número telefônico da Ouvidoria deste Tribunal. Art. 13. As identificações dos carros oficiais somente podem ser removidas por motivo de segurança, mediante autorização e justificação formal da Presidência do Tribunal, que constará do relatório de uso do veículo. Art. 14. As requisições de transporte serão procedidas por intermédio de formulário próprio disponibilizado na intranet. Art. 15. Para o planejamento, a organização e o uso racional da frota por parte da Seção de Transportes do Tribunal, o agendamento de serviços não ordinários de transporte deverá ser feito com a antecedência de, no mínimo, 24h (vinte e quatro horas). 1º O atendimento das requisições de transporte estará sujeita à disponibilidade de veículos e de condutores. 2º A impossibilidade de atendimento será informada ao requerente assim que constatada, e a justificativa devidamente registrada. Art. 16. A utilização de veículos oficiais em sábados, domingos e feriados, ou no horário compreendido entre às 22h de um dia e às 6h do dia subsequente, só será permitida, para o cumprimento de plantões e outras atividades cujo objeto atenda a função pública, mediante autorização da Presidência do Tribunal. Parágrafo Único. Para efeito do inciso II do artigo 9º, fica dispensada a autorização de que trata o caput deste artigo para aqueles deslocamentos realizados, nos sábados, até às 13h.

5 Art. 17. Na hipótese de o veículo oficial se envolver em sinistro, o condutor deve, provida a segurança de pessoas e de bens transportados, comunicar imediatamente ao Assistente-Chefe da Seção de Transportes a ocorrência e tomar as providências mais urgentes quanto ao fato, devendo chamar a autoridade de trânsito ao local, registrar a ocorrência, anotar todos os dados possíveis de terceiros envolvidos, testemunhas, e outras medidas que se façam necessárias. Art. 18. A Coordenadoria de Segurança Institucional, promoverá a organização dos serviços, manterá os registros de usuários, de itinerários cumpridos, de manutenção, de consumo, de ocorrências, relatórios de uso e emitirá relatórios mensais atinentes a cada veículo oficial, a partir dos dados coligidos, preferencialmente, por meio eletrônico disponibilizado na intranet. Parágrafo único. Os relatórios de gerenciamento das demandas de transporte referidos no caput, com vistas à centralização dos dados, controle e à verificação da utilização regular e ótima da frota, serão encaminhados à Secretaria Geral da Presidência até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao de referência. Art. 19. A guarda do veículo em local diverso da garagem do Tribunal será admitida, com autorização, devidamente registrada no relatório de uso, pelo Assistente-Chefe da Seção de Transportes, em deslocamentos em que seja inviável o retorno no mesmo dia da partida ou em situações em que o início ou o término da jornada ocorra em horários que não disponham de serviço regular de transporte público. Art. 20. O Tribunal proporcionará cursos de capacitação e de reciclagem para os servidores com atribuição de condução de veículos, nos termos do artigo 18 da Resolução CSJT 68/2010. Art. 21. A desvinculação de veículo da frota deste Tribunal e o desfazimento do respectivo bem observará a forma legal e se condiciona à caracterização da situação antieconomística definida no artigo 12 da Resolução CSJT 68/2010. Art. 22. Os casos omissos serão apreciados pela administração do Tribunal. Art. 23. Esta portaria entra em vigor na data da publicação, revogada, especialmente, a Portaria nº 2.866, de 04 de agosto de MARIA HELENA MALLMANN, Presidente do TRT da 4ª Região.

Estado de Alagoas CONSELHO ESTADUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA RESOLUÇÃO N 18/2010

Estado de Alagoas CONSELHO ESTADUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA RESOLUÇÃO N 18/2010 RESOLUÇÃO N 18/2010 Dispõe sobre regulamentação para uso de veículos oficiais de todos os órgãos e corporações vinculadas a Defesa Social. O, com fundamento no disposto no 5º do art. 6º do seu Regimento

Leia mais

o PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTiÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais, e

o PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTiÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais, e RESOLUÇÃO N.o 83, de 10 de junho de 2009. Dispõe sobre a aquisição, locação e uso de veículos no âmbito do Poder Judiciário brasileiro e dá outras providências. o PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTiÇA,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA GRE Nº 001, DE 21 DE MARÇO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA GRE Nº 001, DE 21 DE MARÇO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA GRE Nº 001, DE 21 DE MARÇO DE 2011 Dispõe sobre a padronização de atos processuais e a uniformização de procedimentos, visando a otimização e a racionalização da tramitação dos processos

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 100, DE 14 DE MARÇO DE 2012.

RESOLUÇÃO N.º 100, DE 14 DE MARÇO DE 2012. RESOLUÇÃO N.º 100, DE 14 DE MARÇO DE 2012. Dispõe sobre a aquisição, a locação e o uso de veículos oficiais no âmbito da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul e dá outras providências. O, de acordo

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 567/GDGSET.GP, DE 15 DE SETEMBRO DE 2009

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 567/GDGSET.GP, DE 15 DE SETEMBRO DE 2009 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 567/GDGSET.GP, DE 15 DE SETEMBRO DE 2009 Estabelece normas para aquisição, locação e uso de veículos no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho e dá outras

Leia mais

CONSIDERANDO, ainda, a necessidade e conveniência de consolidar todas as regras relativas aos veículos oficiais; CAPÍTULO I. Das Disposições Gerais

CONSIDERANDO, ainda, a necessidade e conveniência de consolidar todas as regras relativas aos veículos oficiais; CAPÍTULO I. Das Disposições Gerais Instrução Normativa DPG nº 02 de 23 de outubro de 2014 Dispõe sobre a gestão operacional e patrimonial da frota de veículos oficiais da Defensoria Pública do Estado do Paraná e dá outras providências.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 039/2015 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS RESOLUÇÃO Nº 79/2009

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS RESOLUÇÃO Nº 79/2009 RESOLUÇÃO Nº 79/2009 Dispõe sobre a aquisição, locação e uso de veículos oficiais no âmbito da Justiça Militar do Estado de Minas Gerais e dá outras providências. O PLENO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 14, DE 02 DE DEZEMBRO DE 2014.

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 14, DE 02 DE DEZEMBRO DE 2014. PROVIMENTO CONJUNTO Nº 14, DE 02 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta os critérios a serem observados no âmbito da Justiça do Trabalho da 4ª Região para operacionalização do Sistema de Investigação de Movimentações

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 008, DE 27 JUNHO DE 2007. R E S O L V E

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 008, DE 27 JUNHO DE 2007. R E S O L V E INSTRUÇÃO NORMATIVA N 008, DE 27 JUNHO DE 2007. Recomenda a observação da norma constante no Anexo I. O Sistema de Controle Interno do Município de Lucas do Rio Verde, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 066/2011 Dispõe sobre a estrutura da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região e dá outras

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 066/2011 Dispõe sobre a estrutura da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região e dá outras PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 066/2011 Dispõe sobre a estrutura da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região e dá outras providências. O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SCJ Nº 001/2013 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA OITAVA REGIÃO, no uso de suas

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SCJ Nº 001/2013 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA OITAVA REGIÃO, no uso de suas PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SCJ Nº 001/2013 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA OITAVA REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que o avanço tecnológico,

Leia mais

Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região Secretaria-Geral Judiciária

Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região Secretaria-Geral Judiciária RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA TRT5 Nº 052, DE 1º DE SETEMBRO DE 2014 Estabelece normas para aquisição, locação e uso de veículos no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região e dá outras providências.

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ RESOLUÇÃO Nº 415 (1º DE SETEMBRO DE 2010)

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ RESOLUÇÃO Nº 415 (1º DE SETEMBRO DE 2010) TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ RESOLUÇÃO Nº 415 (1º DE SETEMBRO DE 2010) Dispõe sobre a frota oficial de veículos, em complementação à Resolução n. 83/2009, do Conselho Nacional de Justiça - CNJ.

Leia mais

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007.

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. Regulamenta o uso dos veículos da frota oficial e estabelece normas gerais sobre as atividades de transporte de usuários da FHDSS-Unesp. O Diretor da Faculdade de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 13/2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 13/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 13/2013 Regulamenta o processo de implementação e avaliação da flexibilização para ajuste de jornada de trabalho

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça Vide Instrução Normativa STJ/GDG n. 26 de 18 de dezembro de 2015 (Alteração = art. 12) RESOLUÇÃO STJ N. 2 DE 4 DE FEVEREIRO DE 2015. Dispõe sobre os serviços de telecomunicações do Superior Tribunal de

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSSUNTOS JURÍDICOS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSSUNTOS JURÍDICOS DECRETO N o 525, DE 11 DE JULHO DE 2013. Regulamenta a utilização de veículos oficiais pela administração direta e indireta do Município de Palmas. O PREFEITO DE PALMAS, no uso de suas atribuições que

Leia mais

Versão: 1ª. Palavras-chave: Veículos Oficiais; Transportes; transporte institucional, serviços comuns

Versão: 1ª. Palavras-chave: Veículos Oficiais; Transportes; transporte institucional, serviços comuns 1. OBJETIVO 1. Este Regulamento Interno-RI objetiva definir os procedimentos e responsabilidades a serem observados na utilização de veículos oficiais em serviços de interesse da EPL. 2. APLICAÇÃO 1. Este

Leia mais

AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETORIA EXECUTIVA RESOLUÇÃO Nº 4, DE 22 DE JANEIRO DE 2016

AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETORIA EXECUTIVA RESOLUÇÃO Nº 4, DE 22 DE JANEIRO DE 2016 AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETORIA EXECUTIVA RESOLUÇÃO Nº 4, DE 22 DE JANEIRO DE 2016 Estabelece critérios e procedimentos para utilização do serviço suplementar de transporte no âmbito da Autoridade

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO N. 20 DE 9 DE AGOSTO DE 2012. Dispõe sobre a certificação digital no Superior Tribunal de Justiça e dá outras providências. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, usando da atribuição

Leia mais

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 233/2013 Institui a Política de Gerenciamento de Serviços de Tecnologia da Informação (TI) no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 301/CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 24 DE JUNHO DE 2016

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 301/CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 24 DE JUNHO DE 2016 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 301/CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 24 DE JUNHO DE 2016 Dispõe sobre a participação de servidores do Tribunal Superior do Trabalho em ações de educação corporativa

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADITAMENTO AO BG Nº 064 03 ABR 2012 Para conhecimento dos Órgãos subordinados

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 10, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010

RESOLUÇÃO Nº 10, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010 RESOLUÇÃO Nº 10, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Pampa, em sessão de 20/10/2010, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 19 do Estatuto, consubstanciado

Leia mais

RECOMENDAÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 13 DE JULHO DE 2012.

RECOMENDAÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 13 DE JULHO DE 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Osório RECOMENDAÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 13 DE JULHO

Leia mais

ESCRITÓRIO CENTRAL DO PROGRAMA LBA Departamento de logística NORMATIZAÇÃO DO SERVIÇO DE TRANSPORTE E UTILIZAÇÃO DOS VEÍCULOS

ESCRITÓRIO CENTRAL DO PROGRAMA LBA Departamento de logística NORMATIZAÇÃO DO SERVIÇO DE TRANSPORTE E UTILIZAÇÃO DOS VEÍCULOS NORMATIZAÇÃO DO SERVIÇO DE TRANSPORTE E UTILIZAÇÃO DOS VEÍCULOS I Do Funcionamento Geral do Serviço de Transporte 1. Os veículos do Programa LBA destinam-se ao uso exclusivo de seus pesquisadores, funcionários

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 2/2015

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 2/2015 PROVIMENTO CONJUNTO Nº 2/2015 Regulamenta os critérios para operacionalização do Sistema de Investigações Bancárias Simba no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. O PRESIDENTE E O CORREGEDOR

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 37/2008

RESOLUÇÃO Nº 37/2008 RESOLUÇÃO Nº 37/2008 DISPÕE SOBRE O SETOR DE TRANSPORTES, O SISTEMA DE CONTROLE DE FROTA DOS VEÍCULOS AUTOMOTORES DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS, O SISTEMA DE COTAS MENSAIS DE COMBUSTÍVEIS E

Leia mais

PORTARIANº 032/2015-DF

PORTARIANº 032/2015-DF PORTARIANº 032/2015-DF O Doutor ARISTEU DIAS BATISTA VILELLA, Juiz de Direito e Diretor do Foro da, no uso de suas atribuições legais, com fundamento nos artigos 52, inciso XV, da Lei nº 4.964, de 26 de

Leia mais

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS 1624/2014 Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região 2 A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições, e considerando o que consta no PA nº 0008096-80.2014.5.04.0000,

Leia mais

ATO Nº 69/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 69/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 69/2011 Dispõe sobre o Cartão de Identidade Funcional dos servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO CAPÍTULO I DA FINALIDADE

ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO CAPÍTULO I DA FINALIDADE ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO LEI DE N 142/2013 de 18 de abril de 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 Dispõe sobre o registro e controle da freqüência dos servidores do Poder Judiciário. PUBLICADO NO DIÁRIO DO PODER JUDICIÁRIO NO DIA 24 DE AGOSTO DE 2009. A PRESIDENTE DO

Leia mais

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. Regulamenta as atribuições da Secretaria de Controle Interno do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá outras providências. A PRESIDENTE DO, no uso de

Leia mais

ATO PGJ N.º 230/2010

ATO PGJ N.º 230/2010 ATO PGJ N.º 230/2010 REGULAMENTA AS ATRIBUIÇÕES DA ASSESSORIA DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS, no uso de suas

Leia mais

PORTARIA PRESI/SECBE 222 DE 3 DE JULHO DE 2014

PORTARIA PRESI/SECBE 222 DE 3 DE JULHO DE 2014 PODER JUDICIÁRIO PORTARIA PRESI/SECBE 222 DE 3 DE JULHO DE 2014 Dispõe sobre o processo eletivo para escolha dos representantes dos servidores ativos e inativos no Conselho Deliberativo do Pro-Social.

Leia mais

CONSIDERANDO que deve haver compatibilidade entre o motivo do deslocamento e o interesse público;

CONSIDERANDO que deve haver compatibilidade entre o motivo do deslocamento e o interesse público; ATO DA MESA Nº 500, de 15 de julho de 2015 Dispõe sobre a concessão de diárias e passagens e a respectiva prestação de contas no âmbito da Assembleia Legislativa, e adota outras providências. A MESA DA

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 293/GP, DE 23 DE ABRIL DE 2013. (*) Regulamenta a gestão do conteúdo do Portal do Tribunal Superior do Trabalho, institui o seu Comitê Gestor e dá outras

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo PORTARIA Nº 3.564/2008 Institui o Normativo de Pessoal PROCESSO SELETIVO PÚBLICO que disciplina os procedimentos para a contratação de empregados para o CRECI/SP. O Presidente do da 2a. Região, no exercício

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA RESOLUÇÃO Nº 04/2010 Dispõe sobre procedimentos para expedição e uso do

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO I V S E M I N Á R I O D E E X E C U Ç Ã O F I N A N C E I R A D E P R O J E T O S F I N A N C I A D O S C O M R E C U R S O S E X T E R N O S MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE

Leia mais

-0> INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 65, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012.

-0> INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 65, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012. -0> INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 65, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012. Dispõe sobre os critérios e os procedimentos para promoção, organização e participação da ANAC em eventos internos e externos. A DIRETORIA DA AGÊNCIA

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO INTERNO

NORMAS DE FUNCIONAMENTO INTERNO NORMAS DE FUNCIONAMENTO INTERNO BUS Solidário e Loja Solidária Junta de Freguesia de Encosta do Sol Capítulo I Disposições Gerais Artigo I Enquadramento No âmbito das atribuições que lhe são cometidas

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 2-CADCAM/C/UNICENTRO, DE 04 DE MAIO DE 2015. Aprova o Regulamento da Farmácia Escola do Campus Cedeteg, UNICENTRO-PR. O PRESIDENTE DO CONSELHO ADMINISTRATIVO DO CAMPUS CEDETEG, UNIDADE UNIVERSITÁRIA

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 11/2016-CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 11/2016-CM PROVIMENTO N. 11/2016-CM Institui o Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário GMF de que trata a Resolução n. 96, de 27-10-2009 e a Resolução n. 214, de 15-12-2015, ambas do Conselho

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 150, de 12.04.2011 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

RESOLUÇÃO Nº 150, de 12.04.2011 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO Nº 150, de 12.04.2011 (Processo TRT nº 3148/2011) (Proposição da Presidência, formulada em face da Resolução nº 68, de 21 de junho de 2010, alterada pela Resolução nº 73, de 22 de outubro de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 888/2015

RESOLUÇÃO Nº. 888/2015 RESOLUÇÃO Nº. 888/2015 O Conselho Estadual de Saúde - CES/ES, no uso de suas atribuições capituladas na Lei Federal Nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990, Lei Estadual Nº 7.964, de 27 de dezembro de 2004,

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO STJ/GP N. 11 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015. Institui a política de segurança da informação do Superior Tribunal de Justiça e dá outras providências. O PRESIDENTE DO SUPERIOR

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º, de de de 2009. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais, e

RESOLUÇÃO N.º, de de de 2009. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais, e RESOLUÇÃO N.º, de de de 2009. Dispõe sobre a aquisição, locação e uso de veículos no âmbito do Poder Judiciário brasileiro e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, no uso

Leia mais

MODELO REGIMENTO DO CORPO CLÍNICO CAPÍTULO I CONCEITUAÇÃO

MODELO REGIMENTO DO CORPO CLÍNICO CAPÍTULO I CONCEITUAÇÃO MODELO REGIMENTO DO CORPO CLÍNICO CAPÍTULO I CONCEITUAÇÃO Art. 1º - Corpo Clínico é o conjunto de médicos que se propõe a assumir solidariamente a responsabilidade de prestar atendimento aos usuários que

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO que as entidades da Administração Pública Federal indireta

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 139, DE 29 DE JUNHO DE 2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 139, DE 29 DE JUNHO DE 2012 Publicada no Boletim de Serviço, n. 7, p. 13-18 em 6/7/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 139, DE 29 DE JUNHO DE 2012 Dispõe sobre o fornecimento e a autenticação de cópias e impressões e dá outras providências.

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO CONJUNTA N 4, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO CONJUNTA N 4, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO CONJUNTA N 4, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014 Regulamenta, no âmbito do Poder Judiciário e do Ministério Público, os arts. 6º, inciso XI, e 7 -A, ambos da

Leia mais

RESOLUÇÃO PRESI 28 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO PRESI 28 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014 TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO RESOLUÇÃO PRESI 28 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014 Regulamenta o expediente e a jornada de trabalho do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, institui o controle eletrônico

Leia mais

A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª. REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª. REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, Dispõe sobre a Política de Segurança da Informação no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª. Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª. REGIÃO, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

LEI Nº 963, de 21 de julho de 2009.

LEI Nº 963, de 21 de julho de 2009. LEI Nº 963, de 21 de julho de 2009. Dispõe sobre a criação da Coordenadoria Municipal de Trânsito - CMT, órgão executivo de trânsito, vinculado à Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, em conformidade

Leia mais

INSTRUÇÃO nº 01/09 - PREVIMPA

INSTRUÇÃO nº 01/09 - PREVIMPA INSTRUÇÃO nº 01/09 - PREVIMPA Regulamenta, no âmbito do PREVIMPA, o uso de Transporte Administrativo, estabelece competências para o gerenciamento, controle e uso dos veículos automotores, e dá outras

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 02/2010 Cria e estabelece o Regimento Interno do órgão suplementar, Centro de Educação a Distância (CEAD) da Universidade Federal de Juiz de Fora. O CONSELHO SUPERIOR da

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 66/2010. O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO, no uso de suas atribuições regimentais,

RESOLUÇÃO Nº 66/2010. O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO, no uso de suas atribuições regimentais, RESOLUÇÃO Nº 66/2010 Regulamenta, no âmbito da Justiça do Trabalho de primeiro e segundo graus, a responsabilidade pelo pagamento e antecipação de honorários do perito, do tradutor e do intérprete, no

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010.

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. Regulamenta a utilização, manutenção e controle do Sistema de Telefonia fixa e móvel, no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público. O PRESIDENTE

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº XXX, DE XXX DE XXXXX DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUÇÃO Nº XXX, DE XXX DE XXXXX DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO Nº XXX, DE XXX DE XXXXX DE 2015 Regulamenta o teletrabalho no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO. INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 11-2012/SEGPLAN

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO. INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 11-2012/SEGPLAN Publicada no DOE do dia 25/02/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 11-2012/SEGPLAN Regulamenta os procedimentos para abertura de processos, juntada, cópia e demais rotinas de tramitação de processos e documentos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01, de 29 de janeiro de 2015.

RESOLUÇÃO Nº 01, de 29 de janeiro de 2015. RESOLUÇÃO Nº 01, de 29 de janeiro de 2015. Dispõe sobre o uso e condução de veículos oficiais do Instituto de Previdência do Município de Jacareí. A Presidência do Instituto de Previdência do Município

Leia mais

Regulamento Interno da Farmácia Escola de Dispensação de Medicamentos do Curso de Bacharelado em Farmácia da Faculdade Asces

Regulamento Interno da Farmácia Escola de Dispensação de Medicamentos do Curso de Bacharelado em Farmácia da Faculdade Asces Regulamento Interno da Farmácia Escola de Dispensação de Medicamentos do Curso de Bacharelado em Farmácia da Faculdade Asces Caruaru-PE 2014 REGULAMENTO INTERNO DA FARMÁCIA ESCOLA DE DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS

Leia mais

PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006.

PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006. CORREGEDORIA-GERAL PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006. Fixa regras de associação e atribuição de processos a Juízes Federais Titular e Substituto e dá outras providências. A EXCELENTÍSSIMA SENHORA

Leia mais

Fazendo referência à Portaria MTE nº 789 de 02.06.2014, publicada no DOU 1 de 03.06.2014, informamos:

Fazendo referência à Portaria MTE nº 789 de 02.06.2014, publicada no DOU 1 de 03.06.2014, informamos: Rio de Janeiro, 04 de junho de 2014 Of. Circ. Nº 184/14 Referência: Portaria MTE nº 789 de 02.06.2014 Estabelece Instruções para o Contrato de Trabalho Temporário e o Fornecimento de Dados Relacionados

Leia mais

1ª PARTE LEIS E DECRETOS 2ª PARTE ATOS ADMINISTRATIVOS COMANDANTE DO EXÉRCITO

1ª PARTE LEIS E DECRETOS 2ª PARTE ATOS ADMINISTRATIVOS COMANDANTE DO EXÉRCITO 1ª PARTE LEIS E DECRETOS Sem alteração. 2ª PARTE ATOS ADMINISTRATIVOS COMANDANTE DO EXÉRCITO PORTARIA Nº 813, DE 28 DE SETEMBRO DE 2012. Aprova as Normas para a Realização das Atividades de Auditoria e

Leia mais

NORMA DE CONTROLE DE CIRCULAÇÃO INTERNA NOR 204

NORMA DE CONTROLE DE CIRCULAÇÃO INTERNA NOR 204 MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO CÓD. 200 ASSUNTO: ESTABELECE CRITÉRIOS DE PROCEDIMENTOS PARA O CONTROLE DE CIRCULAÇÃO INTERNA NAS DEPENDÊNCIAS DA EMPRESA CÓD: APROVAÇÃO: Resolução nº 0098/94, de 15/12/1994 NORMA

Leia mais

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008.

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015 Publicada no Diário da Justiça Eletrônico, nº 17, em 27/1/2015. RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre a concessão de diárias e passagens no âmbito do Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE

Leia mais

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas da Universidade Federal de São João del-rei PROGP- UFSJ.

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas da Universidade Federal de São João del-rei PROGP- UFSJ. RESOLUÇÃO N o 017, de 7 de maio de 2007. Aprova Regimento Interno da Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas PROGP. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO

Leia mais

Capítulo II DOS USUÁRIOS REGULARES E EVENTUAIS

Capítulo II DOS USUÁRIOS REGULARES E EVENTUAIS RESOLUÇÃO DA VRG Nº 03/2008 DISPÕE SOBRE O SERVIÇO DE ATENDIMENTO E FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA MARIO OSORIO MARQUES DA UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL -

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

Art. 2º Para os fins da presente Resolução, adotam-se as seguintes

Art. 2º Para os fins da presente Resolução, adotam-se as seguintes RESOLUÇÃO N o 004, de 16 de março de 2015. Estabelece procedimentos para utilização de veículos oficiais da UFSJ, e dá outras providências. A PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO

Leia mais

DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CAE DO MUNICÍPIO NOS TERMOS DA MEDIDA PROVISÓRIA 1979-19, DE 02 DE

DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CAE DO MUNICÍPIO NOS TERMOS DA MEDIDA PROVISÓRIA 1979-19, DE 02 DE LEI 2510 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CAE DO MUNICÍPIO NOS TERMOS DA MEDIDA PROVISÓRIA 1979-19, DE 02 DE JUNHO DE. DOWNLOAD PARA IMPRESSÃO Lei 2510 ***** TEXTO COMPLETO *****

Leia mais

Ano IV - Número 203 Curitiba, quinta-feira, 27 de setembro de 2012 Página 3

Ano IV - Número 203 Curitiba, quinta-feira, 27 de setembro de 2012 Página 3 Ano IV - Número 203 Curitiba, quinta-feira, 27 de setembro de 2012 Página 3 Editais Instrução Normativa INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, de 21 de setembro de 2012. Dispõe sobre a aquisição, locação e uso de

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 11, DE 12 DE MARÇO DE 2014.

RESOLUÇÃO N.º 11, DE 12 DE MARÇO DE 2014. RESOLUÇÃO N.º 11, DE 12 DE MARÇO DE 2014. Dispõe sobre o controle da jornada de trabalho dos servidores e o regime de prestação de serviço extraordinário no Poder Judiciário do Estado de Roraima e dá outras

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 016/2012

ATO NORMATIVO Nº 016/2012 ATO NORMATIVO Nº 016/2012 Dispõe sobre o horário de expediente e a jornada de trabalho dos servidores, no âmbito do Ministério Público do Estado da Bahia, e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CLARICE LISPECTOR

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CLARICE LISPECTOR REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CLARICE LISPECTOR CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1. A Biblioteca Clarice Lispector tem como finalidade proporcionar ao corpo docente, discente, pesquisadores e servidores do Instituto

Leia mais

PROPOSTA DE PROJETO DE LEI

PROPOSTA DE PROJETO DE LEI PROPOSTA DE PROJETO DE LEI Institui o Conselho Estadual de Comunicação Social e dá outras providências. Art. 1º. É instituído o Conselho Estadual de Comunicação Social, instância pública de caráter independente,

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO 1/17 1 - DOS OBJETIVOS a) Regulamentar procedimentos de controle da frota de veículos leves e pesados da Prefeitura, visando otimizar o uso dos mesmos e reduzir custos de manutenção. 2- DOS ASPECTOS CONCEITUAIS

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI COMPLEMENTAR N. 305, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015 Cria o Corpo Voluntário de Militares do Estado da Reserva Remunerada e dispõe sobre a convocação dos inscritos para serviço ativo em caráter transitório.

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE r_------ ------------------- ------~ - ~ ~J INSTRUÇÃO NORMATIVA N aj.9 /2015-GAB, DE0Z,3DE J)tYci.Q. DE 2015 Dispõe sobre o controle e a fiscalização de frequência dos servidores públicos do Poder Executivo

Leia mais

REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO

REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO Art. 1º Este Regulamento Interno disciplina as normas relativas ao funcionamento da Comissão Própria

Leia mais

ATO Nº 73/2003. à estrutura da Diretoria do Serviço de Informática, a ser chefiado por

ATO Nº 73/2003. à estrutura da Diretoria do Serviço de Informática, a ser chefiado por ATO Nº 73/2003 O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, tendo em vista deliberação deste Tribunal em sessão de 22.7.03, R E S O L V E

Leia mais

CAPÍTULO I. Da finalidade. Art. 1º A Biblioteca do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo terá por finalidade:

CAPÍTULO I. Da finalidade. Art. 1º A Biblioteca do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo terá por finalidade: NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA NELSON RODRIGUES, DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO CAPÍTULO I Da finalidade Art. 1º A Biblioteca do Conselho Regional de Contabilidade

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DO CONSELHO FEDERAL DE CONTA- BILIDADE

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DO CONSELHO FEDERAL DE CONTA- BILIDADE REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DO CONSELHO FEDERAL DE CONTA- BILIDADE CAPÍTULO I Da finalidade Art. 1º A Biblioteca do Conselho Federal de Contabilidade terá por finalidade: I - proporcionar ao presidente,

Leia mais

LEI Nº 1034, DE 12 DE AGOSTO DE 2015.

LEI Nº 1034, DE 12 DE AGOSTO DE 2015. LEI Nº 1034, DE 12 DE AGOSTO DE 2015. DISPÕE SOBRE A MUNICIPALIZAÇÃO DO TRÂNSITO E TRANSPORTE NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE ALTO GARÇAS E CRIA O DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRÂNSITO E A JUNTA ADMINISTRATIVA

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O Conselho Municipal de Planejamento Urbano, criado pela Lei Complementar nº 510,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 439, DE 21 DE SETEMBRO DE 2010

RESOLUÇÃO Nº 439, DE 21 DE SETEMBRO DE 2010 Publicada no Diário da Justiça Eletrônico em 24/9/2010. RESOLUÇÃO Nº 439, DE 21 DE SETEMBRO DE 2010 Dispõe sobre a concessão de diárias e passagens no âmbito do Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE DO

Leia mais

Do Colegiado de Curso. Da Constituição do Colegiado

Do Colegiado de Curso. Da Constituição do Colegiado REGULAMENTO INTERNO DO COLEGIADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS - UNITINS Do Colegiado de Curso Art. 1º. O Colegiado de Curso é a instância básica dos cursos de graduação, responsável

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 111/2001, de 29 de Novembro de 2001.

LEI MUNICIPAL Nº 111/2001, de 29 de Novembro de 2001. LEI MUNICIPAL Nº 111/2001, de 29 de Novembro de 2001. Revoga a Lei Municipal n.º 084/2001, dá novas disposições sobre a criação do Conselho de Alimentação Escolar do Município e dá outras providências.

Leia mais

Instrução Normativa xx de... 2014.

Instrução Normativa xx de... 2014. REGULAMENTO PARA AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL PARA CAPACITAÇÃO EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU E PÓS-DOUTORADO

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRONICO ÓRGÃO DE DIVULGAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRONICO ÓRGÃO DE DIVULGAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRONICO ÓRGÃO DE DIVULGAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL LEI N 1.008, DE 12-04-50 DATA DA DISPONIBILIZAÇÃO: QUINTA-FEIRA, 10 DE MARÇO DE 2011 - PORTO ALEGRE/RS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 152/2011

RESOLUÇÃO Nº 152/2011 RESOLUÇÃO Nº 152/2011 Dispõe sobre a concessão de diárias a Magistrados e servidores no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Acre e dá outras providências. legais e, O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS PROCESSO Nº 1544/04 - PROJETO DE LEI Nº 187 INTERESSADO: Vereador Edson Antonio Fermiano ASSUNTO: Dispõe sobre os serviços de transporte coletivo escolar e dá outras providências. -0- Senhor Presidente

Leia mais

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 Povo do Município de Viçosa, por seus representantes legais, aprovou e eu, em seu nome, sanciono e promulgo a seguinte Lei: Das disposições Gerais Art.

Leia mais

REGIMENTO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO IF SUDESTE DE MINAS GERAIS CAPÍTULO I

REGIMENTO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO IF SUDESTE DE MINAS GERAIS CAPÍTULO I REGIMENTO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO IF SUDESTE DE MINAS GERAIS CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º A Auditoria Interna do IF Sudeste de Minas Gerais, está vinculada ao Conselho Superior,

Leia mais