PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL AO GRUPO ONDREPSB

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL AO GRUPO ONDREPSB"

Transcrição

1 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL SEJA AO GRUPO ONDREPSB

2 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL Este programa de integração tem como objetivo, habilitar os profissionais de asseio e conservação do grupo Ondrepsb, através de aplicações das técnicas, normas e procedimentos de limpeza e higienização profissional, buscando sempre o sucesso profissional dos colaboradores, a satisfação dos clientes e o crescimento da empresa.

3 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL ÉTICA PROFISSIONAL

4 ÉTICA PROFISSIONAL O que é ética profissional? Resp: É o conjunto de princípios básicos que visa disciplinar e regular o costume, a moral e a conduta do profissional. Para que se possa agir dentro da ética profissional, existe um conjunto de deveres e regras a serem seguidos:

5 ÉTICA PROFISSIONAL Honestidade no trabalho; Lealdade para com a organização; Consciência profissional; Execução dos trabalhos da melhor qualidade possível; Respeito a dignidade das pessoas;

6 ÉTICA PROFISSIONAL Segredo Profissional; Discrição no exercício da profissão; Tratamento cortês e respeitoso para com seus superiores, pares e subordinados; Apoio e esforços para aperfeiçoamento da profissão;

7 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL ATRIBUIÇÕES DOS COLABORADORES

8 ATRIBUIÇÕES Apresentar-se no posto de serviço utilizando o uniforme completo (limpo e passado), portando seu crachá de identificação funcional; Executar a limpeza e a conservação das áreas que lhe forem atribuídas, utilizando os procedimentos estabelecidos neste treinamento ; Checar e manter a organização dos Produtos e Equipamentos utilizados, solicitando a reposição de acordo com a necessidade; Fazer o uso correto dos EPIs (equipamento de proteção individual) que lhe forem fornecidos; Comunicar a seu superior imediato, qualquer problema que venha a interferir na atividade ou na qualidade do serviço;

9 ATRIBUIÇÕES É Proibido fumar durante o horário de trabalho e principalmente em ambientes fechados; Não Ausentar-se do posto de serviço durante o horário de trabalho, sem autorização de seu superior imediato; Apresentar-se para o trabalho diariamente com boa apresentação pessoal (cabelos amarrados, unhas aparadas, banho tomado, etc); Ao realizar a limpeza em escritórios, a limpeza das mesas deve ser de forma com que cada documento seja posto no seu devido local novamente;

10 LIMPEZA PROFISSIONAL CONCEITOS BÁSICOS LIMPEZA: É a ação de remover ou eliminar qualquer resíduo ou corpo indesejável (visível ou não) de uma superfície, sem alteração das características originais do objeto, ainda que este processo não seja nocivo ao meio ambiente.

11 LIMPEZA PROFISSIONAL HIGIENIZAÇÃO: É a remoção de sujidades invisíveis a olho nu, principalmente a eliminação de micro-organismos; DESINFECÇÃO: É a destruição de bactérias patogênicas que causam doenças (não destrói esporos).

12 LIMPEZA PROFISSIONAL Quais critérios devem ser analisados para escolher a forma correta do processo de limpeza? Análise do tipo de superfície a ser limpa; Análise do tipo de sujidade a ser removida; Escolha do produto adequado à superfície e a sujidade; Determinação da diluição do produto;

13 TÉCNICAS DE LIMPEZA Todo e qualquer ambiente a ser realizada sua limpeza, deve o profissional sempre ter em mente, um processo padrão a ser seguido que serve para todos os tipos de ambiente a ser trabalhado. Este processo funciona da seguinte forma:

14 TÉCNICAS DE LIMPEZA Sempre utilizar trabalhado; artifícios de sinalização no local a ser Iniciar a limpeza sempre de cima para baixo; Do mais distante para o mais próximo; De dentro para fora; Utilizar sempre panos limpos; Ao proceder com a limpeza de móveis, objetos e paredes evitar o derramamento de água no chão; Manter sempre os equipamentos limpos e secos;

15 TÉCNICAS DE LIMPEZA Comunicar de imediato ao Fiscal e ao cliente sempre que houver qualquer tipo de acidente que cause estragos nos móveis e ou objetos; Realizar seu trabalho organizadamente sem que haja transtornos para quem estiver no ambiente; Retirar e colocar no mesmo local papéis e objetos que estiver em cima das mesas ou bancadas; Não jogar papéis no lixo sem a devida autorização;

16 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL ESCALA DE ph

17 ESCALA DE ph ph é a medida da acidez e da alcalinidade das substâcias. A letra p, vem da palavra poder e H, é o símbolo para o elemento de hidrogênio.. A escala de ph vai de 0 a 14. No ph 7, ou seja, a metade da escala, há um equilíbrio entre acidez e alcalinidade, este equilibrio é considerado que a substâcia é neutra. NEUTROS ÁCIDOS ALCALINOS

18 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL ÁCIDOS E ALCALINOS Ácidos e alcalinos são costumeiramente lembrados como substâncias químicas perigosas, corrosivos capazes de dissolver metais como se fossem comprimidos efervecentes. A presença dos ácidos e alcalinos na nossa vida é bem mais presente do que se imagina. Os ácidos possuem sabor azedo, como o encontrado nas frutas cítricas ricas desta substância. Já os alcalinos tem gosto semelhante ao do sabão.

19 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL NEUTROS As substâncias neutras são identificadas como produtos que não agridem as superfícies e o meio ambiente, dando segurança no manuseio do produto e em qualquer tipo de limpeza. Com isso lembre-se, sempre que houver dúvidas em relação a aplicação de qualquer produto em determinada situação, opte sempre pela solução neutra.

20 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL PRODUTOS DE LIMPEZA

21 PRODUTOS DE LIMPEZA Os produtos de limpeza, se utilizados de forma incorreta, podem causar danos à saúde humana e ao meio ambiente. Por essa razão devem ser usados de forma moderada e cuidadosa, nunca esquecendo do equilibrio entre sujidade e produto, facilitando a limpeza e remoção não havendo disperdicio do produto.

22 PRODUTOS DE LIMPEZA Não realizar misturas de produtos químicos achando que potencializará a eficiência da limpeza;

23 PRODUTOS DE LIMPEZA A mistura de produtos químicos pode produzir gases tóxicos, níveis de calor perigosos, danos à saúde e ao meio ambiente, sem contar que a mistura pode neutralizar os produtos, invalidando a sua aplicação; Ler sempre com atenção os rótulos dos produtos ficando atento quanto a diluição, principalmente de produtos concentrados; Os produtos químicos devem ser armazenados em locais com temperatura ambiente, distante de crianças e animais.

24 PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL FUNÇÃO DOS PRODUTOS MAIS COMUNS DE LIMPEZA

25 PRODUTOS DE LIMPEZA

26 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS DETERGENTES Foram desenvolvidos para ser utilizados na limpeza de qualquer superfície lavável, até mesmo as mais delicadas. Possui ph 7, ou seja, Neutro em sua maioria; Devido a sua composição balanceada, permite que seja utilizado em vários segmentos como copas, cozinhas, escritórios, pisos, paredes, etc;

27 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS DETERGENTES Existem também detergentes ácidos e alcalinos, por isso é sempre importante verificar em seus rótulos seu ph. Caso o produto não seja neutro, evitar a aplicação até que se tenha certeza de que não irá utilizar da forma incorreta.;

28 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS DESINFETANTES Os desinfetantes possuem alto poder bactericida e germicida. Podem ser usados para desinfecção na limpeza de pisos, ralos, aparelhos sanitários, paredes, divisórias e pias. O desinfetante mais potente que conhecemos é o cloro (água sanitária).

29 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS SAPÓLIOS O sapólio é um produto abrasivo; É utilizado para limpeza de pisos, pias, louças sanitárias, azulejos remoção de incrustações e sujidades mais resistentes; Atenção: Não deve ser utilizado em hipótese alguma em superfícies polidas, inox, espelhos, vidros, elevadores, etc.

30 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS LUSTRA-MÓVEIS Desenvolvido para dar brilho e perfume em móveis encerados, envernizados, etc; A sua formulação, a base de ceras e silicone, age diretamente na madeira, renovando as fibras e deixando uma aparência de novo; Também diminui a aderência de poeiras, e o aparecimento de manchas causadas pela umidade.

31 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS MULTI-USO É indicado para limpeza de todo tipo de sujidade, inclusive de origem gordurosa; Limpa eficientemente todo tipo de superfície lavável paredes, vidros, espelhos, fórmicas, mesas, aço inox, telefones, portas, janelas etc; O uso do produto sem amoníaco não necessita de enxague não embaça a superfície; Multi-Uso, como o próprio nome já diz, é um produto de grande versatilidade. É o mais prático limpador do mercado.

32 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS ÁLCOOL O Álcool Gel é um produto fabricado com o intuito de atender à legislação do Ministério da Saúde, que determina reduzir o número de acidentes domésticos com uso de álcool líquido; O Álcool Gel possui baixo poder de combustão, (sua evaporação é mais lenta em relação ao álcool líquido), rende mais e deixa brilho onde é aplicado; O Álcool Gel é indicado para limpeza de pedras de granito, mesas em geral, fórmicas, assepsia das mãos, armários de cozinha, geladeira, refrigeradores, etc; Obs:O Álcool Gel não é indicado para limpeza de vidros.

33 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS LIMPA VIDROS Limpa e desengordura com eficácia todas as superfícies vidradas deixando-as cintilantemente cristalinas. Em vidros com película tomar o cuidado de não usar limpa vidros com amoníaco em sua fórmula.

34 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS PRODUTOS CLANDESTINOS Produtos de limpeza clandestinos, oferecem grande perigo de intoxicação e queimaduras para as pessoas, pois sua fabricação é realizada sem qualquer tipo de fiscalização; Água sanitária clandestina (produto campeão de vítimas) costuma ter muita soda cáustica em sua composição para ficar mais potente, tornando-se também mais lesiva; Os produtos clandestinos costumam vitimar com maior intensidade crianças, pois são comercializados geralmente em garrafas PETs, com perfumes agradáveis, cores vivas, características estas que chamam atenção das crianças que acabam ingerindo este tipo de produto;

35 UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS PRODUTOS CLANDESTINOS Como nos produtos clandestinos não há laudos técnicos e nem composição química, acaba assim dificultando a ação a ser tomada pelos médicos, pois dificulta na identificação da substância ingerida pelo paciente, vindo com isso muitas vezes ocorrer óbito;

36 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS

37 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS Para que seja realizada uma limpeza adequada em um piso, deverá antes de mais nada saber qual o tipo do piso a ser trabalhado, pois para cada tipo, existem procedimentos e produtos adequados para realização dos trabalhos. O uso inadequado de produtos em determinados pisos, pode causar danos a ponto de se tornar irreversível a solução do problema, tendo que muitas vezes ter de ser trocado todo o revestimento, causando grande transtorno e prejuízo ao cliente.

38 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS MADEIRA Este tipo de piso exige cuidados para se manter bem conservado e manter a tonalidade original da madeira. Não se deve utilizar: Álcool, Querosene e Solventes pois agridem a madeira e afetam no verniz do acabamento. Procedimentos: Vassouras de pelo, aspirador de pó, ou pano úmido bem torcido com um pouquinho de detergente neutro.

39 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS MÁRMORE Este tipo de piso exige bastante cuidado pois é feito de pedras minerais brutas e polidas, absorvendo todo tipo de líquido aplicado em sua superfície. Não se deve utilizar: Ácidos, Óleos, Detergentes, Produtos Corrosivos. Produtos como café, vinho, urina de animais e refrigerante mancham este tipo de piso devendo ser limpo imediatamente para evitar sua aderência. Procedimentos: Lavar com água e sabão neutro.

40 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS GRANITO O Granito possui suas características igualmente ao do mármore, sendo diferenciado pela aparência mais mesclada e também por ser um piso mais resistente a riscos que o mármore. Não se deve utilizar: Ácidos, Óleos, Detergentes, Produtos Corrosivos no caso que indique no rótulo ph de 01 à 07. Procedimentos: Lavar com água e sabão neutro.

41 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS PORCELANATO O Porcelanato é um feito através da compactação de materiais nobres com alto poder de brilho, resistência a riscos, mas como toda pedra mancha de acordo com o uso inadequado de produtos químicos. Não se deve utilizar: produtos abrasivos como cera, sapólio, esponjas abrasivas, vassouras de nylon, palha de aço, etc, pois estes produtos riscam, retirando o verniz e o brilho do piso. Procedimentos: Água e sabão neutro.

42 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS CERÂMICA O piso de cerâmica é feito da mistura de argila e outras matériasprimas, sendo queimada em alta temperatura, recebendo uma camada de esmalte na parte superior. Não se deve utilizar: intensamente produtos abrasivos como palha de aço, pois estes produtos acabam danificando o esmalte do piso. Procedimentos: Este tipo de piso permite o uso moderado de produtos químicos na remoção de sujidades, devendo ser diluído de acordo com a orientação dos fabricantes como prevê no rótulo dos produtos.

43 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS CARPETE O Carpete necessita de cuidados para realizar sua limpeza, pois o uso de produtos além de não resolver o problema, pode danificar o material e espalhar as machas agravando ainda mais a situação. Não se deve utilizar: Nenhum tipo de produto químico. Procedimentos: a limpeza deverá ser realizada somente com aspirador de pó. Caso houver algum tipo de acidente como quedas de líquidos que manchem o tecido, deverá ser pressionado um pano limpo na cor branca, e utilizar sabão líquido neutro, esfregando com escova de cerdas macias evitando que a macha se torne mais difícil de sair com o tempo.

44 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA LIMPEZA DE PISO 1 Sempre que iniciar a limpeza de um piso principalmente em escadarias, deverá antes de iniciar os trabalhos, sinalizar o local com placas de piso molhado, no intuito de evitar que acidentes aconteçam; 2 - Sempre que realizar limpeza de corredores ou áreas de grande circulação de pessoas, deverá realizar a limpeza da metade do corredor e depois a outra metade, evitando assim o bloqueio total do acesso, transcorrendo normalmente o fluxo no local;

45 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS 3 Em casos em que houver a necessidade de se trabalhar com a aplicação de ceras em piso, deverá ser aplicadas em camadas finas e uniformes, facilitando seu polimento e evitando o desperdício de produto; 4 Lavar os roda-pés; 5 Realizar a secagem do piso evitando rastros;

46 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE PISOS 6 Nunca torcer o pano utilizado na mesma água com o produto, pois assim estará transferindo a sujidade novamente ao chão. O ideal é trabalhar com dois baldes, um para enxágue e outro com produto; 7 Realizar a passagem de panos no piso com o máximo de 15 dias, devendo após este período ser lavado para evitar que a sujidade fique impregnada, dificultando assim ainda mais a limpeza pesada;

47 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE BANHEIROS

48 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE BANHEIROS Sabemos que estes locais possuem grandes concentrações de micro-organismos e bactérias causadoras de diversos tipos de doenças, através do contatos com as mãos nas maçanetas de portas, torneiras, sabonetes em barras, descargas, tampas, interruptores, emfim, tudo em que se há o contato físico com objetos e posteriormente levados a boca através do contato direto com as mãos ou com alimentos.

49 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE BANHEIROS Para que estes riscos sejam evitados, a higienização dos banheiros devem ser feitas com a maior frequência possível, sendo realizadas diariamente da seguinte forma: 1 Certificar-se de que não tenha nenhuma pessoa utilizando o banheiro no momento que será iniciado a limpeza; 2 Coloque as luvas de proteção;

50 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE BANHEIROS 3 Identifique o local com placas de banheiro em manutenção; 4 Esvazie as lixeiras, lave-as com desinfetante e insira novos sacos;

51 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE BANHEIROS 5 Realizar a limpeza do vaso sanitário, acionando uma descarga, aplicando produto desinfetante deixando agir por cinco minutos. Escovar com escova própria iniciando pelas bordas até o ralo do vaso, com uma esponja esfregar todo o assento e a parte externa do vaso, acionar a descarga e por fim realizar a secagem do assento e a parte externa do vaso com um pano seco e limpo;

52 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE BANHEIROS 6 Realizar a Limpeza das paredes utilizando desinfetante; 7 Realizar a Limpeza das maçanetas de portas, acionadores de descarga, torneiras, porta papéis, interruptores, utilizando sempre panos limpos umedecidos com álcool; 8 Realizar a limpeza das bancadas e cubas utilizando desinfetante; 9 Realizar a limpeza dos vidros de janelas basculante e espelhos aplicando produto limpa-vidros; 10 Realizar a lavação do piso utilizando o produto desinfetante deixando agir por 5 minutos, retirar o excesso d'água com rodo e secar com panos; 11 Por último realizar a reposição de papel toalha, papel higiênico, sabonete líquido e álcool em gel, quando disponível;

53 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE VIDROS

54 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE VIDROS Para que seja realizada uma limpeza adequada em vidros é necessário produto Limpa Vidros e equipamentos como rodo vice e versa e raspador, porém, nem sempre esses materiais estarão disponíveis, tendo que o trabalho ser realizado com os materiais comuns como panos, detergentes, rodos, esponjas, luvas, etc. Caso o local de trabalho forneça os equipamentos ideais para limpeza de vidros, vejamos então como proceder.

55 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE VIDROS RODO VICE E VERSA Este equipamento como o próprio nome diz, pode ser utilizado dos dois lados, sendo que um dos lados funciona como um rodo comum e o outro como esfregador. Deve-se então com a parte do esfregador molhado com a solução de detergente neutro e água, aplicar na área do vidro que será limpa, esfregando até que sinta que soltou o máximo da sujidade possível;

56 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE VIDROS RASPADOR MULTIUSO Após a aplicação do produto com o esfregador no vidro, deverá retirar com o raspador as incrustações mais grossas que o esfregador não conseguiu remover do vidro.

57 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE VIDROS Com a parte do rodo do vice e versa, iniciar a passagem do rodo de cima para baixo, descendo verticalmente sem interromper o processo pela metade até completar a descida toda do vidro. Repetir o processo de forma que evite deixar bordas de espuma ao iniciar a malha ao lado da parte a ser limpa, repetindo o processo até finalizar os trabalhos.

58 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE VIDROS Com um pano seco realize a secagem do rodo do vice e versa a cada repetição de passagem do rodo no vidro. Ao final com uma flanela de algodão e que não solte pelugem, realize com movimentos circulares a secagem do vidro, lustrando até que não haja manchas visíveis.

59 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE ELEVADORES

60 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE ELEVADORES Para realizar a limpeza em elevadores, primeiramente identificar quais produtos e equipamentos deverá ter em mãos para sua utilização, pois geralmente os elevadores possuem espelhos, tapetes, paredes em inox, botoeiras, canaletas, granitos, etc, e cada um destes materiais há procedimentos específicos para sua limpeza.

61 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE ELEVADORES Parede de Inox Existem produtos próprios para limpeza de inox, porém geralmente são muito caros e não se tem um efeito tão bom quanto o uso de vaselina. Caso for usado vaselina, se deve aplicá-la numa flanela que não solte pelos, em camadas finas, para não deixar a parede oleosa demais e com outra flanela realizar o lustramento. O lustramento deve ser realizado em movimentos circulares quando o inox for em alto brilho e em movimentos no mesmo sentido da arranhura, quando o inox for escovado, evitando manchas visíveis.

62 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE ELEVADORES Espelhos Utilizar produto limpa-vidros e caso não tenha este produto, utilize detergente neutro com água, porém nunca se deve aplicar a solução diretamente no espelho e sim através de panos úmidos para evitar danificar o aço do espelho. Secar e lustrar com flanelas que não solte pelos. Botoeiras Realizar a limpeza apenas a passagem de um pano umedecido com álcool para desinfecção dos botões. Granitos Realizar a limpeza com panos úmidos com detergente neutro, na retirada do pó;

63 TÉCNICAS DE LIMPEZA LIMPEZA DE ELEVADORES Canaletas Realizar a limpeza das canaletas com aspirador de pó, retirando qualquer tipo de material que possa bloquear o funcionamento das portas; Tapetes Retirar do elevador e em área aberta bater com um cabo de vassoura para retirada de pó. A cada 15 dias devese lavá-los; Obs: Deverá sempre verificar melhor horário para limpeza do elevador, evitando horários de fluxo intenso de pessoas;

ORIGAMI Manual de conservação

ORIGAMI Manual de conservação R e s p e i t a r o s l i m i t e s d e p e s o. T r a n s p o r t a r c o m c u i d a d o. TECIDO S LIMPE SEMANALMENTE A POEIRA DEPOSITADA SOBRE O TECIDO COM UM ASPIRADOR DE PÓ E REALIZE UMA ESCOVAÇÃO

Leia mais

Obrigado por ter adquirido os nossos produtos.

Obrigado por ter adquirido os nossos produtos. Obrigado por ter adquirido os nossos produtos. A Lavore Móveis segue um rigoroso controle de qualidade com o objetivo de garantir a total satisfação dos nossos clientes. Para conservação do mobiliário

Leia mais

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS CONSERVANDO SEU MÓVEL WORK SOLUTION Seguindo as recomendações abaixo você manterá a funcionalidade e beleza do seu produto Work Solution por muito mais tempo. Por favor

Leia mais

INFORMAÇOES TÉCNICA DOS SERVIÇOS

INFORMAÇOES TÉCNICA DOS SERVIÇOS INFORMAÇOES TÉCNICA DOS SERVIÇOS 3 - LIMPEZA E MANUTENÇÃO Informamos abaixo a forma correta de como proceder à limpeza profunda. Os equipamentos utilizados estão dimensionados de acordo com o tamanho do

Leia mais

LIMPEZA MANUAL MOLHADA

LIMPEZA MANUAL MOLHADA GLOSSÁRIO LIMPEZA MANUAL ÚMIDA - Realizada com a utilização de rodos, mops ou esfregões, panos ou esponjas umedecidas em solução detergente, com enxágue posterior com pano umedecido em água limpa. No caso

Leia mais

Cerâmicas e porcelanatos

Cerâmicas e porcelanatos Aprenda a limpar cerâmica, porcelanato, laminado, vidro, madeira... De forma geral, pano umedecido e detergente neutro, aplicados depois de varrer a superfície, bastam à limpeza do chão. No caso de alérgicos,

Leia mais

ANEXO I METODOLOGIA DE REFERÊNCIA DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO

ANEXO I METODOLOGIA DE REFERÊNCIA DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO ANEXO I METODOLOGIA DE REFERÊNCIA DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO 1.1. Tarefa: Limpeza de MÓVEIS E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA - limpar com pano úmido e remover pó e manchas das mesas, armários,

Leia mais

Desinfetantes Azulim 5 litros

Desinfetantes Azulim 5 litros Produtos e Informações dos mesmos. Desinfetantes Azulim 5 litros Encontrados nas versões: Eucalipto, Floral, Jasmim, Lavanda, Pinho, Talco, Alecrim e Erva doce. O mercado de desinfetantes em embalagens

Leia mais

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE Para que a vida útil do seu produto seja maior, recomendamos que estas informações sejam transmitidas às pessoas que executam a limpeza da sua casa. DE OLHO NA

Leia mais

Pisos de Madeira. Pisos de Cerâmica. Equipamentos. Equipamentos. Segurança. Vassoura Esfregão (se necessário) Pá de lixo Cesto de lixo

Pisos de Madeira. Pisos de Cerâmica. Equipamentos. Equipamentos. Segurança. Vassoura Esfregão (se necessário) Pá de lixo Cesto de lixo Pisos de Madeira 1. Varra bordas, cantos e atrás das portas. 2. Varra o restante do piso, começando de um lado da sala até o outro. Para pisos amplos, use um esfregão, sacudindo-o quando terminar. 3. Junte

Leia mais

Cozinhas Profissionais. e Execução de. Projetos. Manutenção e Limpeza

Cozinhas Profissionais. e Execução de. Projetos. Manutenção e Limpeza Manutenção e Limpeza Cozinhas Profissionais e Execução de Projetos Manutenção e Limpeza do Aço inox Bonito e resistente, o aço inox é um material de fácil conservação. Através da limpeza adequada e rotineira

Leia mais

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas.

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas. Ecopiso Ecopiso empresa com sede em Curitiba, produzindo pisos maciços pré acabados, com o que existe de melhor e mais moderno em padrões de cores e acabamentos de verniz. Oferecemos também uma linha completa

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. Instalação, Manutenção e Conservação de Basaltos e Granitos

MANUAL TÉCNICO. Instalação, Manutenção e Conservação de Basaltos e Granitos MANUAL TÉCNICO Instalação, Manutenção e Conservação de Basaltos e Granitos Com o propósito de criar uma série de ações que objetivam a instalação, preservação e manutenção do basalto e granito, a Basalto

Leia mais

Dicas de conservação e limpeza

Dicas de conservação e limpeza Dicas de conservação e limpeza No uso diário de seus armários, alguns cuidados devem ser tomados a fim de prolongar a vida útil do produto. Água Tome cuidado particular em torno da pia, do forno e dos

Leia mais

MANUAL DE USO, CONSERVAÇÃO E GARANTIA DO PRODUTO

MANUAL DE USO, CONSERVAÇÃO E GARANTIA DO PRODUTO MANUAL DE USO, CONSERVAÇÃO E GARANTIA DO PRODUTO GARANTIA QUALIDADE No Manual de Uso, Conservação e Garantia do Produto você vai encontrar dicas e informações importantes para conservação dos produtos

Leia mais

PRESENTE NOS EDIFÍCIOS. Parabéns!

PRESENTE NOS EDIFÍCIOS. Parabéns! ANOS PRESENTE NOS EDIFÍCIOS + INTELIGENTES E MODERNOS Parabéns! Você acaba de adquirir um produto de alto padrão, elaborado com matéria-prima de excelente qualidade, tecnologia avançada e design exclusivo.

Leia mais

Para ajuste de posição vertical da superfície e do tampo monitor utilizar as manivelas, observando o sentido correto de rotação.

Para ajuste de posição vertical da superfície e do tampo monitor utilizar as manivelas, observando o sentido correto de rotação. Manual do Produto Parabéns, Você acaba de adquirir um móvel RAVAD! Os móveis da RAVAD são especialmente projetados, desenvolvidos e montados a partir do resultado de pesquisas das tendências nacionais

Leia mais

Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos

Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Manual Técnico Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Manual Técnico Limpeza e Manutenção revisão julho/2015 1 Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Revisão: Julho/2015 Este manual tem

Leia mais

Limpeza e Sustentabilidade. Osmar Viviani Consultor Técnico 1

Limpeza e Sustentabilidade. Osmar Viviani Consultor Técnico 1 Limpeza e Sustentabilidade Osmar Viviani Consultor Técnico 1 ANTIGAMENTE > conceito primário de aproveitamento Trapos (sobras), sabão caseiro, balde, vassoura, rodo, escovão... Era só o que se usava na

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2014 CARGO E UNIDADES: Auxiliar de Serviços Gerais (Macaíba) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 2 (duas) horas.

Leia mais

Fibras, Esponjas e Panos

Fibras, Esponjas e Panos 3M Soluções Comerciais Núcleo Profissional Fibras, Esponjas e Panos Food Service O mercado de Profissional é um dos que mais cresce no país e, com ele, cresce também a demanda por padrões cada vez mais

Leia mais

LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO GERAL

LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO GERAL R LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO GERAL R DIAGNÓSTICO SOLUÇÕES Produtos Serviços Equipamentos PÓS VENDA Assistência Técnica Novas Soluções MODELO DE GESTÃO BECKPLATER PLUS - Poderoso detergente e desengordurante

Leia mais

PLANO DE HIGIENE ÍNDICE 1 HIGIENE PESSOAL 2 RECEPCÇÃO DE MERCADORIAS 3 ZONAS DE ARMAZENAGEM 4 ZONAS DE PREPARAÇÃO 5 ZONAS DE CONFECÇÃO

PLANO DE HIGIENE ÍNDICE 1 HIGIENE PESSOAL 2 RECEPCÇÃO DE MERCADORIAS 3 ZONAS DE ARMAZENAGEM 4 ZONAS DE PREPARAÇÃO 5 ZONAS DE CONFECÇÃO ÍNDICE 1 HIGIENE PESSOAL 2 RECEPCÇÃO DE MERCADORIAS 3 ZONAS DE ARMAZENAGEM 4 ZONAS DE PREPARAÇÃO 5 ZONAS DE CONFECÇÃO 6 REFEITÓRIO / CAFÉ 7 COPA 8 VESTUÁRIOS e / ou CASAS DE BANHO Elaborado: Aprovado:

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA O SERVIÇO DE LIMPEZA HOSPITALAR

ORIENTAÇÃO PARA O SERVIÇO DE LIMPEZA HOSPITALAR ORIENTAÇÃO PARA O SERVIÇO DE LIMPEZA HOSPITALAR I- Introdução: A higiene e a ordem são elementos que concorrem decisivamente para a sensação de bem-estar, segurança e conforto dos profissionais, pacientes

Leia mais

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA 1 300 UN 2 200 L 3 100 UN 4 20 UN 5 2 UN 6 200 UN 7 200 UN 8 300 UN 9 250 UN 10 500 UN Água sanitária 1Lt, desinfetante e alvejante. Álcool Etílico Hidratado, 1Lt, mínimo de

Leia mais

Manual de Procedimento Operacional Padrão do Serviço de Limpeza

Manual de Procedimento Operacional Padrão do Serviço de Limpeza Univale Universidade Vale do Rio Doce DEC Departamento de Campo/Biossegurança Curso de Enfermagem Manual de Procedimento Operacional Padrão do Serviço de Limpeza Elaborado por: Enf Arilza Patrício Enf

Leia mais

FISPQ LIMPA PORCELANATO. FICHA DE SEGURANÇA de produtos químicos

FISPQ LIMPA PORCELANATO. FICHA DE SEGURANÇA de produtos químicos LIMPA PORCELANATO CARACTERÍSTICA DO PRODUTO: É um limpador alcalino especialmente formulado para limpeza leve e pesada em pisos tratados com acabamentos acrílicos, pisos não tratados como porcelanato.

Leia mais

E 200. linha floor care. limpeza e manutenção de pisos. Limpador Alcalino de Uso Geral. cleanup

E 200. linha floor care. limpeza e manutenção de pisos. Limpador Alcalino de Uso Geral. cleanup cleanup linha floor care limpeza e manutenção de pisos E 200 Limpador Alcalino de Uso Geral Desenvolvido para limpeza leve e pesada em todos os tipos de superfícies laváveis (bancadas, paredes, máquinas

Leia mais

Garantia do Produto ML Magalhães

Garantia do Produto ML Magalhães Garantia do Produto ML Magalhães (Segundo o código de defesa do consumidor) Seja bem-vindo! Estamos orgulhosos pela sua opção por nossos produtos. Com sua escolha, você passou a fazer parte de um grupo

Leia mais

Manual do Proprietário

Manual do Proprietário Manual do Proprietário Produtos A Salapronta possui uma rigorosa seleção de seus móveis, começando pela qualidade de madeiras maciças, placas de madeira, laminados e outros acessórios. Escolhendo sempre

Leia mais

Higienização do Ambiente Hospitalar

Higienização do Ambiente Hospitalar Higienização do Ambiente Hospitalar Enfª Mirella Carneiro Schiavon Agosto/2015 O serviço de limpeza tem por finalidade preparar o ambiente de saúde para suas atividades, mantê-lo em ordem e conservar equipamentos

Leia mais

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS E DICAS PARA UMA PINTURA EFICIENTE DE PISO Sempre que desejamos fazer uma pintura de piso, Industrial ou não, devemos ter em mente quais são os objetivos

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRONIZADO P O P

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRONIZADO P O P PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRONIZADO P O P P O P DEFINIÇÃO É uma descrição detalhada de todas as operações necessárias para a realização de uma atividade. É um roteiro padronizado para realizar uma atividade.

Leia mais

Linha Higiene Natural Solução Limpeza HD20 (cód. 0031) Ficha Técnica

Linha Higiene Natural Solução Limpeza HD20 (cód. 0031) Ficha Técnica Solução Limpeza HD20 (cód. 0031) Descrição: produto natural para limpeza pesada, concentrado e de fácil aplicação. Remove manchas incrustadas como marcas de pneu, graxas, óleos, gorduras e sujeiras em

Leia mais

HIGIENIZAÇÃO HOSPITALAR 2013

HIGIENIZAÇÃO HOSPITALAR 2013 HIGIENIZAÇÃO HOSPITALAR 2013 O Hospital realiza uma combinação complexa de atividades especializadas, onde o serviço de Higienização e Limpeza ocupam um lugar de grande importância. Ao se entrar em um

Leia mais

Divisão de Enfermagem CME Página 1 de 6 Título do Procedimento: Limpeza concorrente e terminal da CME

Divisão de Enfermagem CME Página 1 de 6 Título do Procedimento: Limpeza concorrente e terminal da CME Divisão de Enfermagem CME Página 1 de 6 Freqüência em que é realizado: Diário/semanal/quinzenal/mensal Profissional que realiza: Auxiliar ou Técnico de Enfermagem e servidor da empresa terceirizada de

Leia mais

:: Sabão Líquido :: Em um balde ou recipiente bem grande, despejar a soda e 1 litro de água, mexendo por ceca de 5 minutos;

:: Sabão Líquido :: Em um balde ou recipiente bem grande, despejar a soda e 1 litro de água, mexendo por ceca de 5 minutos; :: Sabão Líquido :: Para fazer 30 litros Ingredientes: 1,5 litros de azeite (morno) ½ quilo de soda cáustica 1,5 litros de álcool líquido 1 litro de água (1ª etapa) 27 litros de água (2ª etapa) 2 colheres

Leia mais

LOTE II. TERMO DE REFERÊNCIA Descrição Geral dos Serviços de Limpeza e Conservação

LOTE II. TERMO DE REFERÊNCIA Descrição Geral dos Serviços de Limpeza e Conservação 1. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS Os serviços de limpeza e conservação deverão ser realizados, conforme as seguintes especificações: ÁREAS INTERNAS 1.1. DIARIAMENTE, uma vez quando não explicitado. 1.1.1. Remover,

Leia mais

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE Esta norma aplica-se atodas as edificações de uso público e/ou mobiliário urbano, tanto em condições temporárias como em condições permanentes. É sempre necessário consultar o REGULAMENTO DO CÓDIGO NACIONAL

Leia mais

LOUÇAS E INSTALAÇÕES SANITÁRIAS

LOUÇAS E INSTALAÇÕES SANITÁRIAS Antes de executar qualquer furação nas paredes, consulte a planta de instalações hidráulicas em anexo, para evitar perfurações e danos à rede hidráulica, bem como na impermeabilização. Não jogue quaisquer

Leia mais

limpeza eficiente sem desrespeitar o meio ambiente

limpeza eficiente sem desrespeitar o meio ambiente novo limpeza eficiente sem desrespeitar o meio ambiente mais de 50 anos em casa, durante mais de 50 anos, a Amway tem desenvolvido produtos de limpeza efetivos, concentrados e biodegradáveis que não desrespeitam

Leia mais

Químicos. Food Service. 3M Soluções Comerciais Núcleo Limpeza Profissional

Químicos. Food Service. 3M Soluções Comerciais Núcleo Limpeza Profissional 3M Soluções Comerciais Núcleo Profissional Químicos Food Service Os Químicos Food Service são especialmente formulados para a higienização de e equipamentos em ambientes de manipulação de alimentos. São

Leia mais

Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal

Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal AEROPORTO DE JACAREPAGUÁ ROBERTO MARINHO SBJR Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal Anexo I Junho/12 Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal Item Unid. Material Iniciar Reposição

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFRÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFRÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFRÊNCIA 1- INTRODUÇÃO E BASE LEGAL A elaboração deste Termo de Referência rege-se pelas disposições do Decreto nº 5.450, de 31/05/2005, subsidiariamente pela Lei nº 8.666/93, de 21/06/93

Leia mais

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO:

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO: INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível de alta adesividade para áreas internas e externas. Assenta e rejunta pastilhas de porcelana e cerâmica até 7,5 x 7,5 cm,

Leia mais

MANUAL DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO

MANUAL DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO MANUAL DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO 1. O que é limpeza É o ato de remover todo tipo de sujidade, visível ou não, de uma superfície, sem alterar as características originais do local a ser limpo. 1.1 Limpeza

Leia mais

CONHEÇA O SISTEMA HIDRÁULICO DE UMA PISCINA

CONHEÇA O SISTEMA HIDRÁULICO DE UMA PISCINA TRATAMENTO FÍSICO Consiste na remoção de todas impurezas físicas visíveis na água ou depositadas nas superfícies internas das piscinas, como por exemplo, as folhas, os insetos, poeiras, argila, minerais

Leia mais

SERVENTE Dezembro de 2010.

SERVENTE Dezembro de 2010. SERVENTE Dezembro de 2010. 2 SUMÁRIO 1 RELACIONAMENTO COM AS PESSOAS... 3 2 HIGIENE CORPORAL E VESTUÁRIO NO TRABALHO... 3 3 LIMPEZA E ARRUMAÇÃO DE AMBIENTES... 4 3.1 Limpeza e conservação de móveis, utensílios

Leia mais

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI ÁRIDO SISTEMA INTEGRADO DE PATRIMÔNIO, ADMINISTRAÇÃO E CONTRATOS EMITIDO EM 04/03/2015 10:04 RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS Grupo de Material: 3022 Somente Materiais

Leia mais

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Cozinha Industrial Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Serviços de alimentação Este tipo de trabalho aparenta não ter riscos, mas não é bem assim, veja alguns exemplos: Cortes

Leia mais

Anexo II - TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA

Anexo II - TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA Anexo II - TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA 1. OBJETO 1.1. Prestação de Serviços de Conservação e limpeza, higiene e desinfecção e Jardinagem com fornecimento de materiais e equipamentos, para

Leia mais

Limpe semanalmente a poeira depositada sobre o tecido com um aspirador de pó e realize uma escovação suave uma ou duas vezes por semana.

Limpe semanalmente a poeira depositada sobre o tecido com um aspirador de pó e realize uma escovação suave uma ou duas vezes por semana. MANUAL DE CUIDADOS E MANUTENÇÃO MATERIAIS TECIDOS CARACTERÍSTICAS Os tecidos são basicamente compostos por fibras naturais ou sintéticas, e cada tipo deve ser analisado com cuidado para que sua aplicação

Leia mais

Veja a vantagem de ser um Empresário Amway. Entenda o quanto você vai economizar nas suas compras do supermercado.

Veja a vantagem de ser um Empresário Amway. Entenda o quanto você vai economizar nas suas compras do supermercado. Veja a vantagem de ser um Empresário Amway. Entenda o quanto você vai economizar nas suas compras do supermercado. LOC Limpador Multiuso 1 litro R$22,96 de R$ 54,00 Multiuso Limpeza Pesada 500 ml 20 x

Leia mais

Limpeza e Desinfecção

Limpeza e Desinfecção Limpeza e Desinfecção Instrutora: Enf. Dr. Thaís S Guerra Stacciarini Conteúdo Limpeza e desinfecção LIMPEZA E DESINFECÇÃO DE UNIDADE LIMPEZA E DESINFECÇÃO DO POSTO DE ENFERMAGEM CONCORRENTE TERMINAL LIMPEZA

Leia mais

Acabamentos - Cuidados e Manutenção

Acabamentos - Cuidados e Manutenção Página 1 de 5 Acabamentos - Cuidados e Manutenção Com manutenção periódica e cuidados regulares, seu mobiliário Herman Miller oferecerá anos de alto desempenho e satisfação. Para manter a qualidade do

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 01. São atitudes corretas de atendimento ao público, EXCETO: A) Ser cortês. B) Tratar bem o cliente. C) Favorecer um ambiente agradável. D) Não dar a mínima importância ao problema

Leia mais

Produtos Naturais. Baixo Impacto Ambiental. Neutralização de Odores

Produtos Naturais. Baixo Impacto Ambiental. Neutralização de Odores O DNA da Terpenoil Produtos Naturais Sem Risco à Saúde Inovação Baixo Impacto Ambiental Sustentabilidade Tecnologia P&D Química Fina dos Terpenos Nossa Missão: Melhorar a qualidade de vida das pessoas

Leia mais

TINTAS E DROGARIA. Produtos de Limpeza e Conservação ARTIGOS DIVERSOS DE DROGARIA CATÁLOGO ARMAZENS REIS WWW.ARMAZENSREIS.PT

TINTAS E DROGARIA. Produtos de Limpeza e Conservação ARTIGOS DIVERSOS DE DROGARIA CATÁLOGO ARMAZENS REIS WWW.ARMAZENSREIS.PT CATÁLOGO ARMAZENS REIS WWW.ARMAZENSREIS.PT ARTIGOS DIVERSOS DE DROGARIA Morada: E.N. 2 km 10 Mamodeiro, 3810728 Aveiro Telefone: (+1) 234 941 194 55 Email: geral@armazensreis.pt = 55 ÁLCOOL Classe de compostos

Leia mais

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO Como fazer a ordenha correta Para fazer a ordenha mecânica, você deve seguir os mesmos passos da ordenha manual. Siga as etapas abaixo indicadas: 1 Providencie um ambiente para a

Leia mais

Preparo de Alimentos Seguros

Preparo de Alimentos Seguros Preparo de Alimentos Seguros O que você precisa saber para preparar um alimento próprio para consumo? Alimento Seguro são aqueles que não oferecem riscos à saúde de quem o está consumindo, ou seja, o alimento

Leia mais

Anexo II Tarefas de limpeza a efectuar pelas equipas de limpeza

Anexo II Tarefas de limpeza a efectuar pelas equipas de limpeza Anexo II Tarefas de limpeza a efectuar pelas equipas de limpeza TAREFA 1 2 3 4 Abastecer e efectuar a manutenção de equipamentos dispensadores, desinfectantes, e desodorizantes Arejar o espaço de forma

Leia mais

LEXOL ph - Limpeza Segura e Fácil para Artigos em Couro, Banco de Carro, Selaria, Botas, Malas, Sapatos e Móveis Estofados - Contém 500 ml.

LEXOL ph - Limpeza Segura e Fácil para Artigos em Couro, Banco de Carro, Selaria, Botas, Malas, Sapatos e Móveis Estofados - Contém 500 ml. LEXOL ph - Limpeza Segura e Fácil para Artigos em Couro, Banco de Carro, Selaria, Botas, Malas, Sapatos e Móveis Estofados - Contém 500 ml. O Limpador Lexol-pH é ideal para todos os cuidados necessários

Leia mais

CONHEÇA O AÇO INOX E SUAS PARTICULARIDADES

CONHEÇA O AÇO INOX E SUAS PARTICULARIDADES CONHEÇA O AÇO INOX E SUAS PARTICULARIDADES Os produtos SODRAMAR em Aço Inox são fabricados utilizando matéria prima com alto padrão de qualidade, e como tal merecem cuidados. Preocupados em manter a beleza

Leia mais

ANEXO II DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS, DOS LOCAIS E DOS ITENS. Área

ANEXO II DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS, DOS LOCAIS E DOS ITENS. Área ANEXO II DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS, DOS LOCAIS E DOS ITENS A execução dos serviços de limpeza, conservação e higienização nas dependências internas e externas dos edifícios, bem como nos seus bens móveis,

Leia mais

26.1 Objetivo Limpeza das superfícies com acabamento em aço inox.

26.1 Objetivo Limpeza das superfícies com acabamento em aço inox. 25.3 Procedimento Seqüencial 1. Passar o pano de limpeza seco para retirar o pó. 2. Despejar o produto no pano. 3. Aplicar o pano com o produto sobre a superfície. 4. Polir com pano seco. 25.4 Observações

Leia mais

PRODUTOS DE HIGIENIZAÇÃO

PRODUTOS DE HIGIENIZAÇÃO PRODUTOS DE HIGIENIZAÇÃO DETERGENTES BIOQUAL Modop.31/00 Catálogo de Produtos de Higienização / ED01 07/02/2014 Pág. 2 CERA ACRÍLICA AUTOBRILHANTE - 5 Kg Produto desenvolvido para o polimento de revestimentos

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 084/2015 - LICITAÇÃO N.º058/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 017/2015 REGISTRO DE PREÇOS N.º 022/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE

Leia mais

Case de Treinamento de Empregada em Domicílio

Case de Treinamento de Empregada em Domicílio 1 Case de Treinamento de Empregada em Domicílio Treinamento de mensalista 2 Cenário: O empregador tem uma mensalista de muita confiança e amorosa, a empregada toma conta do bebê de 9 meses até início da

Leia mais

BOAS PRÁTICAS EM SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: Segurança ao Cliente, Sucesso ao seu Negócio!

BOAS PRÁTICAS EM SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: Segurança ao Cliente, Sucesso ao seu Negócio! BOAS PRÁTICAS EM SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: Segurança ao Cliente, Sucesso ao seu Negócio! Dra. Marlise Potrick Stefani, MSc Nutricionista Especialista e Mestre em Qualidade, Especialista em Alimentação Coletiva

Leia mais

Guia de consulta rápida para limpeza de tapetes e carpetes.

Guia de consulta rápida para limpeza de tapetes e carpetes. Guia de consulta rápida para limpeza de tapetes e carpetes. Clemant Ritmo www.tapetessaocarlos.com.br Conceitos gerais para manutenção e limpeza Manutenção É o processo contínuo e planejado com o objetivo

Leia mais

HIGIENIZAÇÃO, LIMPEZA E PARAMENTAÇÃO

HIGIENIZAÇÃO, LIMPEZA E PARAMENTAÇÃO Bem Vindos! HIGIENIZAÇÃO, LIMPEZA E PARAMENTAÇÃO Quem sou? Farmacêutica Bioquímica e Homeopata. Especialista em Análises Clínicas, Micologia, Microbiologia e Homeopatia. 14 anos no varejo farmacêutico

Leia mais

Econômico no uso Supersol LG é composto com alto teor de tensoativos, que permite sua utilização em altas diluições para uma limpeza perfeita.

Econômico no uso Supersol LG é composto com alto teor de tensoativos, que permite sua utilização em altas diluições para uma limpeza perfeita. JohnsonDiversey Suma Supersol LG Detergente em pó para limpeza geral. Versátil A formulação balanceada permite que o detergente Supersol LG seja utilizado tanto para limpeza geral, quanto para lavagem

Leia mais

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas Guia de Soluções Problemas & Soluções Este manual técnico traz exemplos de situações que surgiram durante a instalação e operação dos sistemas URIMAT no país ou no exterior nos últimos anos. A seguir,

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÀSICAS DE HIGIENE PESSOAL DO PROFISSIONAL DE SAÚDE

ORIENTAÇÕES BÀSICAS DE HIGIENE PESSOAL DO PROFISSIONAL DE SAÚDE ÁREA 1 - HIGIENE E ANTISSEPSIA PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Número: POP 001 ORIENTAÇÕES BÀSICAS DE HIGIENE PESSOAL DO PROFISSIONAL DE SAÚDE EXECUTANTE: Todos os profissionais da equipe de saúde. ÁREA:

Leia mais

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível, de alta adesividade, para áreas internas e externas. O Maxijunta Pastilhas de Porcelana é indicado principalmente para

Leia mais

Grill e Sanduicheira Crome Inox

Grill e Sanduicheira Crome Inox Ari Jr 06-12-2012 12/11 939-09-05 781431 REV.0 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO Grill e Sanduicheira inox www.britania.com.br 0800-417644 Ari Jr 06-12-2012 Diogo Thamy 06-12-2012 06-12-2012 Grill e Sanduicheira

Leia mais

CHECK LIST MICROPROCESSO HIGIENIZAÇÃO E LIMPEZA DAS UNIDADES DA APS SEMSA/MANAUS

CHECK LIST MICROPROCESSO HIGIENIZAÇÃO E LIMPEZA DAS UNIDADES DA APS SEMSA/MANAUS CHECK LIST MICROPROCESSO HIGIENIZAÇÃO E LIMPEZA DAS UNIDADES DA APS SEMSA/MANAUS DISA: DATA: UNIDADE: RECURSOS HUMANOS ÍTEM AVALIAÇÃO FORMA DE VERIFICAÇÃO EM CONFORMI DADE NÃO CONFORMI DADE OBSERVAÇÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA

TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA 1. OBJETO 1.1. Prestação de Serviços de Conservação e limpeza, higienização, desinfecção e limpeza de reservatórios de água e controle de pragas em geral, com

Leia mais

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO E LIMPEZA

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO E LIMPEZA MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO E LIMPEZA Classificação das Áreas: Critica Semicrítica Não critica Tipos de Limpeza: Limpeza concorrente Limpeza terminal Métodos e Equipamentos de Limpeza de superfície: Limpeza

Leia mais

Impermeabilizantes Sempre Novo+

Impermeabilizantes Sempre Novo+ Impermeabilizantes Sempre Novo+ Vidro Líquido. Nanotecnologia na palma da mão! Bonito como novo! Vivo como nunca! Sempre Novo +plástico Mais a cor. Maior brilho. Menos sujeira. Sem sujeiras. Sem manchas.

Leia mais

Boas práticas na manipulação do pescado

Boas práticas na manipulação do pescado Boas práticas na manipulação do pescado O Brasil tem uma grande variedade de pescados e todas as condições para a produção deste alimento saudável e saboroso. Para que o pescado continue essa fonte rica

Leia mais

11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO. www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES

11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO. www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES 11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES ELIMINAÇÃO DE PROBLEMAS ASPIRADOR NÃO LIGA Verificar se a

Leia mais

Mantém cores originais A aplicação de TASKI Tapi 101 não altera as cores originais das superfícies.

Mantém cores originais A aplicação de TASKI Tapi 101 não altera as cores originais das superfícies. TASKI Tapi 101 Detergente para limpeza de tapetes e carpetes. Alto nível de espuma. F71a Detergente neutro TASKI Tapi 101 é um detergente neutro específico para a limpeza de tapetes, carpetes e revestimentos

Leia mais

GUIA RÁPIDO PARA REMOVER NÓDOAS E MANCHAS

GUIA RÁPIDO PARA REMOVER NÓDOAS E MANCHAS GUIA RÁPIDO PARA REMOVER NÓDOAS E MANCHAS AUTOR: Paulo Páscoa FORMATAÇÃO E CAPA: Valter Simões TODOS OS DIREITOS RESERVADOS /COPYRIGHT WEB: REMOVERMANCHAS.NET 1 INDICE DO EBOOK GUIA RÁPIDO PARA REMOVER

Leia mais

Dupla ação Além de limpador é um excelente renovador de brilho, em especial de ceras lustráveis.

Dupla ação Além de limpador é um excelente renovador de brilho, em especial de ceras lustráveis. Optimum Floral Detergente Limpa Pisos Eficiente e prático Possui em sua formulação detergentes e ceras que possibilitam realizar em uma só operação a limpeza e conservação de pisos / acabamentos. Versatilidade

Leia mais

Cartilha do. Manipulador de Alimentos

Cartilha do. Manipulador de Alimentos Cartilha do Manipulador de Alimentos apresenta Cartilha do Manipulador de Alimentos Belezas naturais e lugares maravilhosos, assim é o turismo no Brasil, que se desenvolve a cada dia e ocupa um importante

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA SGA Nº. 008/2011 DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO DAS UNIDADES DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ. Versão: 01 Aprovação: 22/07/2011

Leia mais

G U I A T É C N I C O

G U I A T É C N I C O Os produtos da Brogliato passam por um processo de controle de qualidade em seu processo produtivo, assim qualquer dano e irregularidade são corrigidos imediatamente na empresa para que os revestimentos

Leia mais

manual de conservação Você acaba de adquirir um produto Tora Brasil.

manual de conservação Você acaba de adquirir um produto Tora Brasil. manual de conservação Você acaba de adquirir um produto Tora Brasil. Além de adquirir uma peça de qualidade, design diferenciado, você está contribuindo para a conservação da floresta amazônica, pois a

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DO OESTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DO OESTE PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº001/2010 AUXILIARES DE SERVIÇOS GERAIS NOME DO CANDIDAT0: ASSINATURA: RIO DO OESTE 27 DE JANEIRO DE 2010 Instruções: Antes de começar a realizar

Leia mais

ROUPAS HOSPITALARES MANCHAS E DANOS

ROUPAS HOSPITALARES MANCHAS E DANOS ROUPAS HOSPITALARES MANCHAS E DANOS Prezados colegas. Nesta apresentação procuraremos repassar parte do conhecimento adquirido em 12 anos de atividade no ramo de lavanderia hospitalar com o intuito de

Leia mais

Especificação dos materiais e produtos de limpeza

Especificação dos materiais e produtos de limpeza Item Especificação dos materiais e produtos de limpeza Apres. Qtd/ mensal 03 06 07 ÁGUA SANITÁRIA, uso doméstico, a base de hipoclorito de sódio. Embalagem plástica de litro, com dados de identificação

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 01. No depósito de uma cantina, que tipo de produtos não deve ser armazenado junto com alimentos? A) Cereais. B) Condimentos. C) Produtos de limpeza. D) Frutas e verduras. 02.

Leia mais

CONSULTE-NOS: (98) 3248-3957 (98) 3226-3305

CONSULTE-NOS: (98) 3248-3957 (98) 3226-3305 GEL MEGA 70 INPM 500G PUMP GEL MEGA 70º INPM 4700G ASSEPSIA A linha de Gel Anti-séptico Mega foi desenvolvida com fórmula ativa que mata os germes e bactérias instantaneamente. Além disso, proporciona

Leia mais

Dicas Qualyvinil PROCESSOS DE PINTURA

Dicas Qualyvinil PROCESSOS DE PINTURA Processos de pintura Existem diferentes processos de pintura, mas o segredo para o sucesso e durabilidade do acabamento final, depende invariavelmente da habilidade do profissional e da preparação da superfície.

Leia mais

1 Alteração das imagens do aparelho Kaue 11-08-2011 2 Alteração na capacidade do reservat rio, de 1600ml para 1400ml Kaue 20-09-2011

1 Alteração das imagens do aparelho Kaue 11-08-2011 2 Alteração na capacidade do reservat rio, de 1600ml para 1400ml Kaue 20-09-2011 1 Alteração das imagens do aparelho Kaue 11-08-2011 2 Alteração na capacidade do reservat rio, de 1600ml para 1400ml Kaue 20-09-2011 07/11 719-09-05 775788 REV.2 Vapor Tapete Clean 719-09-05 2 Parabéns

Leia mais

ENDURIT PISO AN Manual de Orientação para Manutenção Preventiva e Corretiva

ENDURIT PISO AN Manual de Orientação para Manutenção Preventiva e Corretiva ENDURIT PISO AN Manual de Orientação para Manutenção Preventiva e Corretiva Prefácio O sistema de revestimento da linha ENDURIT, foi desenvolvido com a mais nobre linha de resinas uretanas, levando assim

Leia mais

INDICE 1. CAPA 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA

INDICE 1. CAPA 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA INDICE 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA 7. PROTEÇÃO 8. DECK 9. COTTO 10. EKKO 11. REVESTIMENTOS 12. ENTREGA E SAC 1. CAPA PARABÉNS! Você adquiriu um produto

Leia mais

VESTIMENTAS ANTICHAMA MANUAL DE INSTRUÇÕES DE LAVAGEM E CONSERVAÇÃO. www.guardiandx.com.br

VESTIMENTAS ANTICHAMA MANUAL DE INSTRUÇÕES DE LAVAGEM E CONSERVAÇÃO. www.guardiandx.com.br VESTIMENTAS ANTICHAMA MANUAL DE INSTRUÇÕES DE LAVAGEM E CONSERVAÇÃO www.guardiandx.com.br ÍNDICE INTRODUÇÃO...03 MEDIDAS DE SEGURANÇA...03 INSPEÇÃO...03 RASTREABILIDADE E ETIQUETA...04 INSTRUÇÕES DE LAVAGEM

Leia mais