CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO"

Transcrição

1 TABELA DE PREÇOS CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO ENGENHARIA CONSULTIVA SANEAGO_15-02

2 8892 ADMINISTRADOR DE EMPRESAS - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE COORDENAÇÃO, ORGANIZAÇÃO E CONTROLE DAS ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS DA EMPRESA, DESENVOLVENDO FERRAMENTAS E PROCEDIMENTOS DE GESTÃO COMUNS À ORGANIZAÇÃO, ALÉM DE ELABORAR RELATÓRIOS, PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS E PARECERES TÉCNICOS, 8891 ADMINISTRADOR DE EMPRESAS - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE COORDENAÇÃO, ORGANIZAÇÃO E CONTROLE DAS ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS DA EMPRESA, DESENVOLVENDO FERRAMENTAS E PROCEDIMENTOS DE GESTÃO COMUNS À ORGANIZAÇÃO, ALÉM DE ELABORAR RELATÓRIOS, PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS E PARECERES TÉCNICOS, 8890 ADMINISTRADOR DE EMPRESAS - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE COORDENAÇÃO, ORGANIZAÇÃO E CONTROLE DAS ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS DA EMPRESA, DESENVOLVENDO FERRAMENTAS E PROCEDIMENTOS DE GESTÃO COMUNS À ORGANIZAÇÃO, ALÉM DE ELABORAR RELATÓRIOS, PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS E PARECERES TÉCNICOS, COMPROVADOS EM 8880 ADVOGADO - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES DE CARÁTER JURÍDICO EM TODAS AS SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO, ELABORANDO, ACOMPANHANDO E INSTRUINDO AÇÕES JUDICIAIS ALÉM DE REPRESENTAÇÕES EM AUDIÊNCIAS, 8879 ADVOGADO - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES DE CARÁTER JURÍDICO EM TODAS AS SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO, ELABORANDO, ACOMPANHANDO E INSTRUINDO AÇÕES JUDICIAIS ALÉM DE REPRESENTAÇÕES EM AUDIÊNCIAS, 8878 ADVOGADO - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES DE CARÁTER JURÍDICO EM TODAS AS SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO, ELABORANDO, ACOMPANHANDO E INSTRUINDO AÇÕES JUDICIAIS ALÉM DE REPRESENTAÇÕES EM AUDIÊNCIAS, COMPROVADOS EM 8897 AGRÔNOMO - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER AGRONÔMICO, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 8896 AGRÔNOMO - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER AGRONÔMICO, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 2 de 17

3 8895 AGRÔNOMO - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER AGRONÔMICO, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E COMPROVADOS EM 8889 ANALISTA DE SISTEMAS - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO, IMPLANTAÇÃO, DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE INFORMÁTICA, BASEANDO-SE EM DEFINIÇÕES ESTABELECIDAS NA FASE DE ANÁLISE DO PROJETO E NO CONHECIMENTO DE LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO COMUMENTE USADAS, OU OUTRAS QUE SE FIZEREM NECESSÁRIAS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8888 ANALISTA DE SISTEMAS - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO, IMPLANTAÇÃO, DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE INFORMÁTICA, BASEANDO-SE EM DEFINIÇÕES ESTABELECIDAS NA FASE DE ANÁLISE DO PROJETO E NO CONHECIMENTO DE LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO COMUMENTE USADAS, OU OUTRAS QUE SE FIZEREM NECESSÁRIAS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8887 ANALISTA DE SISTEMAS - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO, IMPLANTAÇÃO, DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE INFORMÁTICA, BASEANDO-SE EM DEFINIÇÕES ESTABELECIDAS NA FASE DE ANÁLISE DO PROJETO E NO CONHECIMENTO DE LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO COMUMENTE USADAS, OU OUTRAS QUE SE FIZEREM NECESSÁRIAS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO COMPROVADOS EM 8874 ARQUITETO - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER PAISAGÍSTICO, URBANÍSTICO, DE ZONEAMENTO TERRITORIAL OU SIMPLESMENTE ARQUITETÔNICO, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES, RELATÓRIOS E DESENVOLVER PLANTAS E CROQUIS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8873 ARQUITETO - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER PAISAGÍSTICO, URBANÍSTICO, DE ZONEAMENTO TERRITORIAL OU SIMPLESMENTE ARQUITETÔNICO, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES, RELATÓRIOS E DESENVOLVER PLANTAS E CROQUIS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 3 de 17

4 8872 ARQUITETO - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER PAISAGÍSTICO, URBANÍSTICO, DE ZONEAMENTO TERRITORIAL OU SIMPLESMENTE ARQUITETÔNICO, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES, RELATÓRIOS E DESENVOLVER PLANTAS E CROQUIS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO COMPROVADOS EM 8894 ASSISTENTE SOCIAL (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E COORDENAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER SOCIAL, ALÉM DE ORIENTAR E PRESTAR ASSISTÊNCIA EM PROCEDIMENTOS INTERNOS E EXTERNOS NO QUE ABRANGE AS RELAÇÕES SOCIAIS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS ATUALIZAÇÃO PLANI-ALTIMÉTRICO DE 8951 LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO SEMI- CADASTRAIS (EDIFICAÇÕES E VIAS KM² PAVIMENTADAS) QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA TODOS OS SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS REALIZADOS PARA ATUALIZAÇÃO DE 8924 AUXILIAR DE CAMPO/TOPOGRAFIA (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO 8923 AUXILIAR DE ESCRITÓRIO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO 8925 AUXILIAR TÉCNICO ESPECIAL (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO 8898 BIÓLOGO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS AMBIENTAIS RELATIVOS A FAUNA E A FLORA, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, 4 de 17

5 8900 BIOQÚIMICO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS, PESQUISAS E ANÁLISES BIOQUÍMICAS, ALÉM DE REALIZAR LAUDOS, TESTES, PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, 8899 BOTÂNICO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS AMBIENTAIS RELATIVOS AO REINO VEGETAL, ALÉM DE EMITIR PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, 8930 CONSULTOR EXTERNO H QUANTIDADE DE HORAS EFETIVAMENTE TRABALHADAS QUANTIDADE DE HORAS EFETIVAMENTE TRABALHADAS TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E EXECUÇÃO DE PARECERES TÉCNICOS E SOLUÇÕES DE QUESTÕES E PROBLEMÁTICAS ESPECÍFICAS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS, ALÉM DE ANÁLISE E ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E CONSULTORIAS QUE FOREM NECESSÁRIAS, 8886 CONTADOR - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE CONTABILIZAÇÃO DA EMPRESA, ELABORAÇÃO DE BALANÇOS E BALANCETES ENTRE OUTRAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS, ALÉM DE MANTER ATUALIZADO O PLANO DE CONTAS, LIVROS FISCAIS, MÉTODOS DE ESCRITURAÇÃO, ANALISAR E CONCILIAR CONTAS, CLASSIFICAR DESPESAS, 8885 CONTADOR - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE CONTABILIZAÇÃO DA EMPRESA, ELABORAÇÃO DE BALANÇOS E BALANCETES ENTRE OUTRAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS, ALÉM DE MANTER ATUALIZADO O PLANO DE CONTAS, LIVROS FISCAIS, MÉTODOS DE ESCRITURAÇÃO, ANALISAR E CONCILIAR CONTAS, CLASSIFICAR DESPESAS, 8884 CONTADOR - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE CONTABILIZAÇÃO DA EMPRESA, ELABORAÇÃO DE BALANÇOS E BALANCETES ENTRE OUTRAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS, ALÉM DE MANTER ATUALIZADO O PLANO DE CONTAS, LIVROS FISCAIS, MÉTODOS DE ESCRITURAÇÃO, ANALISAR E CONCILIAR CONTAS, CLASSIFICAR DESPESAS, COMPROVADOS EM 8868 COORDENADOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE COORDENAÇÃO, ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, ACOMPANHAMENTO E GESTÃO DE VARIADOS TIPOS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS, ALÉM DE ANÁLISE DE RELATÓRIOS, CONTROLE DE MEDIÇÕES, GERENCIAMENTO DE EQUIPES, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS 5 de 17

6 8914 DESENHISTA - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE DESENHOS, PLANTAS, CROQUIS, TABELAS E GRÁFICOS COM A UTILIZAÇÃO, OU NÃO, DE PROGRAMAS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8913 DESENHISTA - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE DESENHOS, PLANTAS, CROQUIS, TABELAS E GRÁFICOS COM A UTILIZAÇÃO, OU NÃO, DE PROGRAMAS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8912 DESENHISTA - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS DESLOCAMENTO DE CAMINHÃO TOCO, 31 CARROCERIA FIXA, ABERTA, EM MADEIRA (INCLUI COMBUSTÍVEL, LUBRIFICANTES, KM PNEUS E LAVAGEM) DESLOCAMENTO DE VEÍCULO TIPO SEDAN OU 7346 HATCHBACK (INCLUI COMBUSTÍVEL, KM LUBRIFICANTES, PNEUS E LAVAGEM) DESLOCAMENTO DE VEÍCULO TIPO UTILITÁRIO 32 LEVE (INCLUI COMBUSTÍVEL, LUBRIFICANTES, KM PNEUS E LAVAGEM) EFETIVAMENTE DESLOCAMENTO EM QUILOMETROS RODADOS DESLOCAMENTO EM QUILOMETROS RODADOS DESLOCAMENTO EM QUILOMETROS RODADOS PRODUTO DO PREÇO UNITÁRIO PELO DESLOCAMENTO EM QUILOMETROS RODADOS PRODUTO DO PREÇO UNITÁRIO PELO DESLOCAMENTO EM QUILOMETROS RODADOS PRODUTO DO PREÇO UNITÁRIO PELO DESLOCAMENTO EM QUILOMETROS RODADOS TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE DESENHOS, PLANTAS, CROQUIS, TABELAS E GRÁFICOS COM A UTILIZAÇÃO, OU NÃO, DE PROGRAMAS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO A QUILOMETRAGEM RODADA DE CAMINHÃO TOCO, CARROCERIA FIXA, ABERTA, EM MADEIRA, INCLUINDO O COMBUSTÍVEL, LAVAGEM, MANUTENÇÃO DE PNEUS E MOTOR. E TODAS ATIVIDADES E MATERIAIS DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. A QUILOMETRAGEM RODADA DE VEÍCULO TIPO SEDAN OU HATCHBACK, INCLUINDO O COMBUSTÍVEL, LAVAGEM, MANUTENÇÃO DE PNEUS E MOTOR. E TODAS ATIVIDADES E MATERIAIS DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. A QUILOMETRAGEM RODADA DE VEÍCULO TIPO UTILITÁRIO LEVE, INCLUINDO O COMBUSTÍVEL, LAVAGEM, MANUTENÇÃO DE PNEUS E MOTOR. E TODAS ATIVIDADES E MATERIAIS DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. COMPROVADOS EM DIÁRIA DE CAMINHÃO TOCO, CARROCERIA 33 FIXA, ABERTA, EM MADEIRA (EXCETO DI QUANTIDADE DE DIÁRIAS COMBUSTÍVEL, INCLUINDO MOTORISTA) 8970 DIÁRIA DE PESSOAL - ENTORNO DO DISTRITO FEDERAL UN QUANTIDADE DE DIAS 8969 DIÁRIA DE PESSOAL - GOIÂNIA E INTERIOR DE GOIÁS UN QUANTIDADE DE DIAS DIÁRIA DE VEÍCULO TIPO SEDAN OU 7347 HATCHBACK (NÃO INCLUI MOTORISTA E DI QUANTIDADE DE DIÁRIAS COMBUSTÍVEL) 34 DIÁRIA DE VEÍCULO TIPO UTILITÁRIO LEVE (NÃO INCLUI MOTORISTA E COMBUSTÍVEL) DI QUANTIDADE DE DIÁRIAS QUANTIDADE DE DIÁRIAS QUANTIDADE DE DIAS QUANTIDADE DE DIAS QUANTIDADE DE DIÁRIAS QUANTIDADE DE DIÁRIAS A DIÁRIA DE LOCAÇÃO DE CAMINHÃO TOCO, CARROCERIA FIXA, ABERTA, EM MADEIRA, EXCLUINDO COMBUSTÍVEL E MOTORISTA. E TODAS ATIVIDADES E MATERIAIS DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. A REMUNERAÇÃO PAGA AO FUNCIONÁRIO QUE PRESTA SERVIÇO EM MUNICÍPIO DIFERENTE AO QUE TRABALHA, PARA COBRIR GASTOS COM ALIMENTAÇÃO E POUSO. RELATIVO AS REGIÕES DE BRASILIA E ENTORNO. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES E NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. A REMUNERAÇÃO PAGA AO FUNCIONÁRIO QUE PRESTA SERVIÇO EM MUNICÍPIO DIFERENTE AO QUE TRABALHA, PARA COBRIR GASTOS COM ALIMENTAÇÃO E POUSO. RELATIVO AS REGIÕES DO ESTADO DE GOIÁS EXCETO BRASILIA E ENTORNO. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES E NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. A DIÁRIA DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO TIPO SEDAN OU HATCHBACK, EXCLUINDO COMBUSTÍVEL E MOTORISTA. E TODAS ATIVIDADES E MATERIAIS DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. A DIÁRIA DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO TIPO UTILITÁRIO LEVE, EXCLUINDO COMBUSTÍVEL E MOTORISTA. E TODAS ATIVIDADES E MATERIAIS DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. 6 de 17

7 8927 DIGITADOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE REGISTRO E DIGITAÇÃO DE DADOS PARA VARIADOS FINS, 8883 ECONOMISTA - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, ANÁLISE E ACOMPANHAMENTO DE PROCESSOS E DOCUMENTOS ECONÔMICO-FINANCEIRO, ALÉM DE ELABORAR PREVISÃO E ACOMPANHAMENTO DE DESPESAS E INVESTIMENTOS, ELABORAR ESTUDOS ECONÔMICO E RELATÓRIOS TÉCNICOS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS E 8882 ECONOMISTA - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, ANÁLISE E ACOMPANHAMENTO DE PROCESSOS E DOCUMENTOS ECONÔMICO-FINANCEIRO, ALÉM DE ELABORAR PREVISÃO E ACOMPANHAMENTO DE DESPESAS E INVESTIMENTOS, ELABORAR ESTUDOS ECONÔMICO E RELATÓRIOS TÉCNICOS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS E 8881 ECONOMISTA - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, ANÁLISE E ACOMPANHAMENTO DE PROCESSOS E DOCUMENTOS ECONÔMICO-FINANCEIRO, ALÉM DE ELABORAR PREVISÃO E ACOMPANHAMENTO DE DESPESAS E INVESTIMENTOS, ELABORAR ESTUDOS ECONÔMICO E RELATÓRIOS TÉCNICOS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS E COMPROVADOS EM 8871 ENGENHEIRO - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, FISCALIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE VARIADOS TIPOS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS DE ENGENHARIA, ALÉM DE ANÁLISE DE RELATÓRIOS, CONTROLE DE MEDIÇÕES, GERENCIAMENTO DE EQUIPES, ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CRONOGRAMAS FÍSICO-FINANCEIRO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 8870 ENGENHEIRO - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, FISCALIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE VARIADOS TIPOS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS DE ENGENHARIA, ALÉM DE ANÁLISE DE RELATÓRIOS, CONTROLE DE MEDIÇÕES, GERENCIAMENTO DE EQUIPES, ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CRONOGRAMAS FÍSICO-FINANCEIRO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 7 de 17

8 8869 ENGENHEIRO - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, FISCALIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE VARIADOS TIPOS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS DE ENGENHARIA, ALÉM DE ANÁLISE DE RELATÓRIOS, CONTROLE DE MEDIÇÕES, GERENCIAMENTO DE EQUIPES, ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CRONOGRAMAS FÍSICO-FINANCEIRO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E COMPROVADOS EM 8936 ENSAIOS DE GRANULOMETRIA POR SEDIMENTAÇÃOUN QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A REALIZAÇÃO DE ENSAIOS/ANÁLISES DE AMOSTRAS COLETADAS, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8935 ENSAIOS DE LABORATÓRIO GRANULOMETRIA UN QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A REALIZAÇÃO DE ENSAIOS/ANÁLISES DE AMOSTRAS COLETADAS, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8934 ENSAIOS DE LABORATÓRIO ISC UN QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A REALIZAÇÃO DE ENSAIOS/ANÁLISES DE AMOSTRAS COLETADAS, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8938 ENSAIOS DE LABORATÓRIO LIMITE DE LIQUIDEZ UN QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A REALIZAÇÃO DE ENSAIOS/ANÁLISES DE AMOSTRAS COLETADAS, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8939 ENSAIOS DE LABORATÓRIO LIMITE DE PLASTICIDADE UN QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A REALIZAÇÃO DE ENSAIOS/ANÁLISES DE AMOSTRAS COLETADAS, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8937 ENSAIOS DE LABORATÓRIO PERMEABILIDADE DO SOLO UN QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A REALIZAÇÃO DE ENSAIOS/ANÁLISES DE AMOSTRAS COLETADAS, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS QUANTIDADE DE ENSAIOS REALIZADOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8 de 17

9 8877 GEÓLOGO - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E EXECUÇÃO DE ESTUDOS GEOTÉCNICOS EM GERAL PARA OS MAIS VARIADOS FINS, INCLUSIVE PROJETOS E OBRAS, ALÉM DE ACOMPANHAMENTO DE INSTALAÇÃO DE INSTRUMENTOS, CALIBRAÇÃO, LEITURA APROVAÇÃO E ANÁLISE DE MAPEAMENTOS GEOTÉCNICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS E 8876 GEÓLOGO - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E EXECUÇÃO DE ESTUDOS GEOTÉCNICOS EM GERAL PARA OS MAIS VARIADOS FINS, INCLUSIVE PROJETOS E OBRAS, ALÉM DE ACOMPANHAMENTO DE INSTALAÇÃO DE INSTRUMENTOS, CALIBRAÇÃO, LEITURA APROVAÇÃO E ANÁLISE DE MAPEAMENTOS GEOTÉCNICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS E 8875 GEÓLOGO - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E EXECUÇÃO DE ESTUDOS GEOTÉCNICOS EM GERAL PARA OS MAIS VARIADOS FINS, INCLUSIVE PROJETOS E OBRAS, ALÉM DE ACOMPANHAMENTO DE INSTALAÇÃO DE INSTRUMENTOS, CALIBRAÇÃO, LEITURA APROVAÇÃO E ANÁLISE DE MAPEAMENTOS GEOTÉCNICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS E COMPROVADOS EM 8932 INSTALAÇÃO DE SONDA UN QUANTIDADE DE SONDAS INSTALADAS QUANTIDADE DE SONDAS INSTALADAS TODOS OS SERVIÇOS, MATERIAIS, FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS CONFORME DETERMINAÇÕES DO TERMO DE REFERÊNCIA, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES E NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8958 SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU M² ÁREA QUADRADA COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ACIMA DE 1.001,00 ATÉ ,00 M² ÁREA QUADRADA ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8959 SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU M² ÁREA QUADRADA COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ACIMA DE ,00 ATÉ ,00 M² ÁREA QUADRADA 9 de 17

10 ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8964 M² ÁREA QUADRADA SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ACIMA DE ,00 M² ÁREA QUADRADA ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8960 SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU M² ÁREA QUADRADA COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ACIMA DE ,00 ATÉ ,00 M² ÁREA QUADRADA ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8961 SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU M² ÁREA QUADRADA COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ACIMA DE ,00 ATÉ ,00 M² ÁREA QUADRADA ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8962 SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU M² ÁREA QUADRADA COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ACIMA DE ,00 ATÉ ,00 M² ÁREA QUADRADA ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8963 SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU M² ÁREA QUADRADA COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ACIMA DE ,00 ATÉ ,00 M² ÁREA QUADRADA 10 de 17

11 ALTIMÉTRICO DE ÁREAS ESPECIAIS DESTINADAS A PROJETOS DE UNIDADES DE 8957 SISTEMA DE ABASTECIMENTO D AGUA E/OU UN COLETA/TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS ATÉ 1.000,00 M² - (PREÇO FECHADO) TIPO ÁREA DE POÇO QUANTIDADE UNITÁRIA DE LEVANTAMENTOS EXECUTADOS QUANTIDADE UNITÁRIA DE LEVANTAMENTOS EXECUTADOS 8952 ALTIMÉTRICO DE CAMINHAMENTO SIMPLES (NIVELAMENTO GEOMETRICAMENTO) COM KM ESTAQUEAMENTO DE 20 EM 20 METROS QUILOMETRAGEM DE CAMINHAMENTO LEVANTADO QUILOMETRAGEM DE CAMINHAMENTO LEVANTADO 8953 ALTIMÉTRICO DE CAMINHAMENTO SIMPLES (NIVELAMENTO GEOMETRICAMENTO) COM KM ESTAQUEAMENTO DE 40 EM 40 METROS QUILOMETRAGEM DE CAMINHAMENTO LEVANTADO QUILOMETRAGEM DE CAMINHAMENTO LEVANTADO 8954 ALTIMÉTRICO DE CAMINHAMENTO SIMPLES (NIVELAMENTO GEOMETRICAMENTO) COM KM ESTAQUEAMENTO DE 50 EM 50 METROS QUILOMETRAGEM DE CAMINHAMENTO LEVANTADO QUILOMETRAGEM DE CAMINHAMENTO LEVANTADO 8943 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA ADUTORAS KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA COM 20 METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 11 de 17

12 8944 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA ADUTORAS KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA COM 40 METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 8945 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA ADUTORAS KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA COM 60 METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 8946 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA ADUTORAS KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA COM 80 METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 8947 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA INTERCEPTORES / EMISSÁRIOS COM 20 KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 8948 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA INTERCEPTORES / EMISSÁRIOS COM 40 KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 12 de 17

13 8949 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA INTERCEPTORES / EMISSÁRIOS COM 60 KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 8950 ALTIMÉTRICO DE FAIXAS PARA INTERCEPTORES / EMISSÁRIOS COM 80 KM QUILOMETRAGEM DE FAIXA METROS DE LARGURA QUILOMETRAGEM DE FAIXA 8966 ALTIMÉTRICO DE SEÇÕES MOLHADAS M METROS LINEARES LEVANTADOS (BATIMETRIA), PELO QUE EXEDER 20 M PRODUTO DO PREÇO UNITÁRIO PELOS METROS LINEARES LEVANTADOS 8965 ALTIMÉTRICO DE SEÇÕES MOLHADAS (BATIMETRIA), SEÇÕES ATÉ DE 20,00 METROS M METROS LINEARES LEVANTADOS (240 M / DIA) PRODUTO DO PREÇO UNITÁRIO PELOS METROS LINEARES LEVANTADOS 8942 ALTIMÉTRICO SEMI-CADASTRAL KM² (SIMPLIFICADO) DE LOTEAMENTOS NOVOS QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA 13 de 17

14 8940 ALTIMÉTRICO SEMI-CADASTRAL DE ÁREAS KM² URBANIZADAS EDIFICADAS ACIMA DE 0,14 KM² QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA 8941 ALTIMÉTRICO SEMI-CADASTRAL DE ÁREAS KM² URBANIZADAS EDIFICADAS ATÉ DE 0,14 KM² QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA QUILOMETRAGEM QUADRADA DE ÁREA MEMORIAIS DESCRITIVOS DE ÁREAS (COM 8968 UN BUSCA CARTORIAL) QUANTIDADE UNITÁRIA DE MEMORIAIS EXECUTADOS QUANTIDADE UNITÁRIA DE MEMORIAIS EXECUTADOS TODOS OS SERVIÇOS, MATERIAIS, FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS CONFORME DETERMINAÇÕES DO TERMO DE REFERÊNCIA, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS MEMORIAIS DESCRITIVOS DE ÁREAS E 8967 KM QUILOMETRAGEM EXECUTADA FAIXAS(COM BUSCA CARTORIAL) QUILOMETRAGEM EXECUTADA TODOS OS SERVIÇOS, MATERIAIS, FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS CONFORME DETERMINAÇÕES DO TERMO DE REFERÊNCIA, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. E TODAS SUAS 8926 MOTORISTA (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A CONDUÇÃO DE VEÍCULOS DENTRO DA CATEGORIA EXIGIDA PELA SANEAGO. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES E NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS PROJETISTA - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETOS, ALÉM DE CÁLCULOS DE QUANTITATIVOS, ESTUDOS RELACIONADOS ELABORAÇÃO DE PLANTAS E CROQUIS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8916 PROJETISTA - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETOS, ALÉM DE CÁLCULOS DE QUANTITATIVOS, ESTUDOS RELACIONADOS ELABORAÇÃO DE PLANTAS E CROQUIS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8915 PROJETISTA - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETOS, ALÉM DE CÁLCULOS DE QUANTITATIVOS, ESTUDOS RELACIONADOS ELABORAÇÃO DE PLANTAS E CROQUIS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO COMPROVADOS EM 14 de 17

15 8903 QUÍMICO - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS, PESQUISAS E ANÁLISES QUÍMICAS, ALÉM DE REALIZAR LAUDOS, TESTES, PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 8902 QUÍMICO - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS, PESQUISAS E ANÁLISES QUÍMICAS, ALÉM DE REALIZAR LAUDOS, TESTES, PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 8901 QUÍMICO - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS 8922 SECRETÁRIA (MENSALISTA) MÊS 8928 SERVENTES/CONTÍNUOS (MENSALISTA) MÊS 8893 SOCIÓLOGO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE EFETIVAMENTE EFETIVAMENTE EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, EXECUTAR PROJETOS, ESTUDOS, PESQUISAS E ANÁLISES QUÍMICAS, ALÉM DE REALIZAR LAUDOS, TESTES, PROGNÓSTICOS, DIAGNÓSTICOS, PARECERES E RELATÓRIOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E TODOS OS SERVIÇOS RELACIONADOS A ATIVIDADES DE ESCRITÓRIO, ASSESSORANDO TODOS ASSUNTOS DE ROTINA DA CHEFIA IMEDIATA, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E TODOS OS SERVIÇOS DE APOIO, DESENVOLVIMENTO E AUXILIO ÀS TAREFAS EXECUTADAS PELO PROFISSIONAL DIRETAMENTE LIGADO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAR, DESENVOLVER, PLANEJAR E COORDENAR PROJETOS, ESTUDOS E PESQUISAS DE CARÁTER SOCIAL, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO COMPROVADOS EM 8933 SONDAGEM DE TERRENO A TRADO M QUANTIDADE EM METROS DE SOLO PENETRADO QUANTIDADE EM METROS DE SOLO PENETRADO TODOS OS SERVIÇOS DE INVESTIGAÇÃO E RECONHECIMENTO DO SOLO POR MEIO DE SONDAGEM À PERCUSSÃO, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8931 SONDAGEM DE TERRENO SPT M QUANTIDADE EM METROS DE SOLO PENETRADO QUANTIDADE EM METROS DE SOLO PENETRADO TODOS OS SERVIÇOS DE INVESTIGAÇÃO E RECONHECIMENTO DO SOLO POR MEIO DE SONDAGEM REALIZADA A TRADO, ALÉM DE EMISSÃO DE CERTIFICADO E RELATÓRIO CONCLUSIVO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E DOCUMENTOS AFINS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS 15 de 17

16 8911 TÉCNICO AUXILIAR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO 8907 TÉCNICO ESPECIAL (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO 8910 TÉCNICO JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO 8909 TÉCNICO PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO 8908 TÉCNICO SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E ARQUIVAMENTO DE DADOS, DIGITAÇÕES, AUXÍLIO NA BUSCA E ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS, BEM COMO TOTAL APOIO À EQUIPE E SUAS TAREFAS, OBSERVANDO TODAS AS PELO CONSELHO COMPROVADOS EM 8906 TECNÓLOGO - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, FISCALIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE VARIADOS TIPOS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS DE ENGENHARIA, ALÉM DE ANÁLISE DE RELATÓRIOS, CONTROLE DE MEDIÇÕES, GERENCIAMENTO DE EQUIPES, ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CRONOGRAMAS FÍSICO-FINANCEIRO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 8905 TECNÓLOGO - PLENO (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, FISCALIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE VARIADOS TIPOS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS DE ENGENHARIA, ALÉM DE ANÁLISE DE RELATÓRIOS, CONTROLE DE MEDIÇÕES, GERENCIAMENTO DE EQUIPES, ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CRONOGRAMAS FÍSICO-FINANCEIRO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E 16 de 17

17 8904 TECNÓLOGO - SÊNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, FISCALIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE VARIADOS TIPOS DE PROJETOS E/OU EMPREENDIMENTOS DE ENGENHARIA, ALÉM DE ANÁLISE DE RELATÓRIOS, CONTROLE DE MEDIÇÕES, GERENCIAMENTO DE EQUIPES, ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE CRONOGRAMAS FÍSICO-FINANCEIRO, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO MANUAL DE OBRAS DA SANEAGO E COMPROVADOS EM 8920 TOPÓGRAFO/AGRIMENSOR - JÚNIOR (MENSALISTA)MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE LEVANTAMENTOS E SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS PARA VARIADOS FINS, COM A UTILIZAÇÃO DE APARELHOS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8919 TOPÓGRAFO/AGRIMENSOR - PLENO (MENSALISTA)MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE LEVANTAMENTOS E SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS PARA VARIADOS FINS, COM A UTILIZAÇÃO DE APARELHOS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO 8918 TOPÓGRAFO/AGRIMENSOR - SÊNIOR (MENSALISTA)MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE LEVANTAMENTOS E SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS PARA VARIADOS FINS, COM A UTILIZAÇÃO DE APARELHOS ESPECÍFICOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO COMPROVADOS EM 8956 TRANSPORTE DE COORDENADAS KM QUILOMETRAGEM EXECUTADA QUILOMETRAGEM EXECUTADA TODOS OS SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS DESTINADOS AO TRANSPORTE, IMPLANTAÇÃO E MATERIALIZAÇÃO DE COORDENADAS PARA APOIO A PROJETOS E EMPREENDIMENTOS.. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES, NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS E 8955 TRANSPORTE DE RN KM QUILOMETRAGEM EXECUTADA QUILOMETRAGEM EXECUTADA TODOS OS SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS DESTINADOS A IMPLANTAÇÃO DE RNS, UTILIZANDO-SE DE DE NIVELAMENTO DE PRECISÃO, COLOCAÇÃO DE PINOS DE AÇO OU MARCOS DE CONCRETO, ENTRE OUTROS, PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E EMPREENDIMENTOS. ESTÃO INCLUIDOS TODOS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS À REALIZAÇÃO DA TAREFA. E TODAS SUAS 8929 VIGIAS (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DESIGNADOS PELA EMPRESA À VIGILÂNCIA E SEGURANÇA DE BENS E PATRIMÔNIOS, OBSERVANDO TODAS AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ATIVIDADES DEVERÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM AS LEGISLAÇÕES E NORMAS TÉCNICAS CORRELATAS. NOTA GERAL: 1) A SANEAGO SE RESERVA O DIREITO DE ALTERAR ESTE DOCUMENTO A QUALQUER MOMENTO SEM AVISO PRÉVIO. 2) AS INFOMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTOS SOBREPÕEM AS ORIENTAÇÕES DO MANUAL GERAL DE OBRAS DA SANEAGO (VERSÃO 1.1 DE 16/06/2011) 3) TABELA APROVADA PELA RESOLUÇÃO DE DIRETORIA Nº 73/2015 DE 08 DE MAIO DE de 17

ENGENHARIA CONSULTIVA

ENGENHARIA CONSULTIVA TABELA DE PREÇOS ENGENHARIA CONSULTIVA 2 - TABELA DE PREÇOS - PROJETOS E ENGENHARIA CONSULTIVA - 02-2016 R0_aprovada.xls 1 RECURSOS HUMANOS 1.1 RECURSOS HUMANOS 1.1.1 8868 COORDENADOR (MENSALISTA) MÊS

Leia mais

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração Anexo II a que se refere o artigo 2º da Lei nº xxxxx, de xx de xxxx de 2014 Quadro de Analistas da Administração Pública Municipal Atribuições Específicas DENOMINAÇÃO DO CARGO: DEFINIÇÃO: ABRANGÊNCIA:

Leia mais

RESUMO DE ORÇAMENTO POR PREÇO GLOBAL - DUPLICAÇÃO

RESUMO DE ORÇAMENTO POR PREÇO GLOBAL - DUPLICAÇÃO ANEXO III 50612.001705/2008-80 RESUMO DE ORÇAMENTO POR PREÇO GLOBAL - DUPLICAÇÃO DISCRIMINAÇÃO PARCIAL VALOR TOTAL A - EQUIPE TÉCNICA R$ 271.064,61 A.1 - Pessoal de Nível Superior R$ 160.487,94 A.2 - Pessoal

Leia mais

ORÇAMENTO ESTIMATIVO DETALHADO

ORÇAMENTO ESTIMATIVO DETALHADO ORÇAMENTO ESTIMATIVO DETALHADO ITEM ATIVIDADES UNIDADE QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO PREÇO TOTAL OBSERVAÇÕES 4.1 SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO 4.1.1 LOCAÇÃO DE EQUIPE DE TOPOGRAFIA PARA EXECUÇÃO

Leia mais

RESUMO DA COMPOSIÇÃO DO PREÇO ORÇADO

RESUMO DA COMPOSIÇÃO DO PREÇO ORÇADO Processo nº 50600.001023/2005-63 RESUMO DA COMPOSIÇÃO DO PREÇO ORÇADO DISCRIMINAÇÃO PARCIAL VALOR TOTAL A - EQUIPE TÉCNICA 65.134,25 A.1 - Pessoal de Nível Superior A.2 - Pessoal de Nível Técnico e Auxiliar

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Superintendência de Urbanismo e Produção Habitacional Coordenação de Projetos PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA,

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI)

TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI) TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI) AGOSTO/2011 1 ÍNDICE GERAL 1. PROJETO DE ARQUITETURA... 5 2. PROJETO DE URBANISMO... 5 3. PROJETO DE URBANISMO PAISAGÍSTICO...

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE URBANIZAÇÃO SUMÁRIO 1.0 - OBJETIVO 2 0 - DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3.0 - ESCOPO 3.1 - PROCEDIMENTOS FORMAIS

ESPECIFICAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE URBANIZAÇÃO SUMÁRIO 1.0 - OBJETIVO 2 0 - DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3.0 - ESCOPO 3.1 - PROCEDIMENTOS FORMAIS ESPECIFICAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE URBANIZAÇÃO SUMÁRIO 1.0 - OBJETIVO 2 0 - DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3.0 - ESCOPO 3.1 - PROCEDIMENTOS FORMAIS 3.2 - COMPONENTES ESPECÍFICOS 3.2.1 - Plano de Intervenção

Leia mais

técnica à Gerência de Unidades de Conservação de Proteção Integral

técnica à Gerência de Unidades de Conservação de Proteção Integral TERMO DE REFERÊNCIA Nº. 03 / 2012 Projeto: Assunto: Serviços Técnicos especializados de Engenharia consultiva de Gerenciamento de Obras e Assessoria técnica para elaboração de projetos de implantação das

Leia mais

Tema: Aprovação de Loteamentos Município de Franca. Palestrante: Nicola Rossano Costa

Tema: Aprovação de Loteamentos Município de Franca. Palestrante: Nicola Rossano Costa Tema: Aprovação de Loteamentos Município de Franca Palestrante: Nicola Rossano Costa Leis Municipais Plano diretor Lei Complementar nº 050/2003 e posteriores alterações Plano viário Lei complementar nº

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA 1. ESCOPO DO SERVIÇO TÉCNICO DE SUPERVISÃO DE OBRAS

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA 1. ESCOPO DO SERVIÇO TÉCNICO DE SUPERVISÃO DE OBRAS ANEXO I TERMO DE REFERENCIA 1. ESCOPO DO SERVIÇO TÉCNICO DE SUPERVISÃO DE OBRAS Os Serviços Técnicos de Supervisão de Obras de Pavimentação e/ou Restauração são aqueles executados por empresa de consultoria

Leia mais

GEOLOGIA Geologia Básica Hidrogeologia Assessoria, Consultoria e Laudos

GEOLOGIA Geologia Básica Hidrogeologia Assessoria, Consultoria e Laudos GEOLOGIA Geologia Básica Mapeamento Geológico e Estrutural Sensoriamento Remoto, Aerogeofísica e Imagem de Satélite Descrições Microscópicas em Luz Transmitida e Refletida Acompanhamento e Interpretação

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO CARGO Assistente Operacional Assistente Administrativo PRÉ- REQUISITO completo completo TOTAL DE VAGAS VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA 01 R$ 1.813,45 40 horas 02 R$

Leia mais

ANEXO I JORNADA DE TRABALHO MENSAL DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO

ANEXO I JORNADA DE TRABALHO MENSAL DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO TOTAL FICIÊNCIA VALOR ADVOGADO 01-1.300,00 23,00 220 CONTADOR 01-1.300,00 23,00 220 ENGENHEIRO CIVIL 01-1.839,85 33,00 220 ANEXO I SCRIÇÃO SUMÁRIA Assessorar a Diretoria na elaboração de contrato; inteirar-se,

Leia mais

CIAS. Consórcio Intermunicipal para Aterro Sanitário Pontal do Paraná Matinhos EDITAL Nº. 005/2012

CIAS. Consórcio Intermunicipal para Aterro Sanitário Pontal do Paraná Matinhos EDITAL Nº. 005/2012 EDITAL Nº. 005/2012 O Presidente da Comissão Organizadora do Concurso Público, da Prefeitura Municipal de Pontal do Paraná, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições, em especial as que lhes são conferidas

Leia mais

Condomínios & Associações: principais diferenças

Condomínios & Associações: principais diferenças Condomínios & Associações: principais diferenças Por Mariangela Iamondi Machado CNPJ Despersonalizado Condomínio Associação de Proprietários em Loteamentos CNPJ idêntico a de empresas Não pode adquirir

Leia mais

SERVIÇO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DE OURO PRETO SEMAE-OP CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2007 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

SERVIÇO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DE OURO PRETO SEMAE-OP CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2007 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS CARGO: 100 ADMINISTRADOR ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Reportar-se ao Diretor de Gestão, de quem recebe orientação e supervisão; Redigir documentos e ter domínio de ferramentas de informática; Efetuar

Leia mais

DER-ES - Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo Emitido em : 22/04/2013-15:28:48 Tabela de Preços - Sintética Página: 1 de 5

DER-ES - Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo Emitido em : 22/04/2013-15:28:48 Tabela de Preços - Sintética Página: 1 de 5 Tabela de Preços - Sintética Página: 1 de 5 Grupo de Serviço: 12 - SERVIÇOS DIVERSOS 42878 Aluguel de automóvel VW/ Gol (flex) 1,0 ou equivalente, inclusive combustível, sem motorista Mes 3.816,81 42888

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE CORRENTE, ESTADO DO PIAUÍ, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 55, 2º, I, da Lei Orgânica do Município,

O PREFEITO MUNICIPAL DE CORRENTE, ESTADO DO PIAUÍ, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 55, 2º, I, da Lei Orgânica do Município, LEI ORDINÁRIA Nº 564/2014, DE 13 DE MARÇO DE 2014 Amplia o quadro de pessoal efetivo da Prefeitura, define atribuições e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE CORRENTE, ESTADO DO PIAUÍ, no uso

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano 2014 CONCEITOS GERAIS DOS SERVIÇOS E Lei nº 3401/06 ( Plano Diretor), Lei nº 3420/07 (Código

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 779, DE 29 DE JUNHO DE 2004 (D.O.M. 02.07.2004 N. 1032 Ano V) INSTITUI o Plano de Carreiras, Cargos e Vencimentos do Instituto Municipal de Planejamento Urbano IMPLURB. O PREFEITO MUNICIPAL DE MANAUS,

Leia mais

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS INTHEGRA TALENTOS HUMANOS OPORTUNIDADES DE TRABALHO Acesse e Cadastre-se: www.inthegrath.com.br RUA GENERAL OSORIO, 97 FUNDINHO 34-3234-6400 Analista Contábil (ITH 3173): Cursando Superior em Ciências

Leia mais

GT/FE/ Número / versão / ano ENG/CA/050/01/08 Data de aprovação 05.11.2008 Doc. de aprovação Resolução nº 4951/08

GT/FE/ Número / versão / ano ENG/CA/050/01/08 Data de aprovação 05.11.2008 Doc. de aprovação Resolução nº 4951/08 NORMA GT/FE/ Número / versão / ano ENG/CA/050/01/08 Data de aprovação 05.11.2008 Doc. de aprovação Resolução nº 4951/08 CADASTRO TÉCNICO DE SISTEMAS DE SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 2 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 2

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 218, DE 29 DE JUNHO DE 1973

RESOLUÇÃO Nº 218, DE 29 DE JUNHO DE 1973 RESOLUÇÃO Nº 218, DE 29 DE JUNHO DE 1973 Discrimina atividades das diferentes modalidades profissionais da Engenharia, Arquitetura e Agronomia. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA,

Leia mais

MUNICÍPIO DE GUARANIAÇU Estado do Paraná CNPJ 76.208.818/0001-66

MUNICÍPIO DE GUARANIAÇU Estado do Paraná CNPJ 76.208.818/0001-66 LEI N.º 809/2014 SÚMULA: Disciplina procedimentos de controle da frota e transporte municipal e da outras providências. aprovou, e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte A Câmara Municipal de Guaraniaçu,,

Leia mais

Procedimento para Serviços de Sondagem

Procedimento para Serviços de Sondagem ITA - 009 Rev. 0 MARÇO / 2005 Procedimento para Serviços de Sondagem Praça Leoni Ramos n 1 São Domingos Niterói RJ Cep 24210-205 http:\\ www.ampla.com Diretoria Técnica Gerência de Planejamento e Engenharia

Leia mais

1º passo 2º passo 3º passo

1º passo 2º passo 3º passo 1º passo 2º passo 3º passo Planejamento Estratégico: Missão e Visão Aplicação do Programa 5S Elaboração do Mapa de Processos 4º passo 5º passo Definição da Política da Qualidade e Escopo Grupos de Trabalho

Leia mais

COMPANHIA RIOGRANDENSE DE SANEAMENTO CORSAN EDITAL DE CONCURSOS PÚBLICOS N. 01/2014 ANEXO 3. Atribuições dos Empregos

COMPANHIA RIOGRANDENSE DE SANEAMENTO CORSAN EDITAL DE CONCURSOS PÚBLICOS N. 01/2014 ANEXO 3. Atribuições dos Empregos COMPANHIA RIOGRANDENSE DE SANEAMENTO CORSAN EDITAL DE CONCURSOS PÚBLICOS N. 01/2014 ANEXO 3 Atribuições dos Empregos NÍVEL SUPERIOR 01 Administrador Descrição Sumária: Prestar assessoramento às áreas da

Leia mais

Comprovante de Conclusão de Curso de Ensino Médio, ou equivalente, devidamente reconhecido pelo MEC.

Comprovante de Conclusão de Curso de Ensino Médio, ou equivalente, devidamente reconhecido pelo MEC. ANEXO I PRÉ-REQUISITOS E DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES BÁSICAS DOS CARGOS Cargo Pré-requisitos Descrição sumária das atividades CRO - PANA/OEA Cadastro Profissional de Apoio à Navegação Aérea/Operador de Estação

Leia mais

para apoio ao gerenciamento do Programa Onda Limpa

para apoio ao gerenciamento do Programa Onda Limpa SISTEMA /2008 INFORMATIZADO para apoio ao gerenciamento do Programa Onda Limpa O presente artigo tem por objetivo apresentar em linhas gerais o sistema informatizado desenvolvido e implementado pelo Consórcio

Leia mais

MANTENEDOR E CONTADOR

MANTENEDOR E CONTADOR MANTENEDOR E CONTADOR No ano de 2000, Darci de Paula, Contador formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em Ciências Contábeis e Pós graduado em MBA IFRS(Normas Internacionais de Contabilidade),

Leia mais

Instrução Normativa SEMARH nº 11 de 12/12/2011

Instrução Normativa SEMARH nº 11 de 12/12/2011 Instrução Normativa SEMARH nº 11 de 12/12/2011 Dispõe sobre o licenciamento dos sistemas de abastecimento de água e dos sistemas de esgotamento sanitário, no Estado de Goiás. O Secretário de Estado do

Leia mais

CELG DISTRIBUIÇÃO S.A CELG D EDITAL N.1/2014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL DA CELG DISTRIBUIÇÃO S.A.

CELG DISTRIBUIÇÃO S.A CELG D EDITAL N.1/2014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL DA CELG DISTRIBUIÇÃO S.A. CELG DISTRIBUIÇÃO S.A CELG D EDITAL N.1/2014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL DA CELG DISTRIBUIÇÃO S.A. - CELG D ANEXO I CIDADE DE LOTAÇÃO, CARGO, FUNÇÃO, QUANTIDADE DE VAGAS

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS ENGENHEIRO CIVIL (prova objetiva) PORTUGUÊS: PROGRAMAS DAS PROVAS 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios).

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 5. 746, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 5. 746, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010. PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 5. 746, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010. Autoriza o Poder Executivo a contratar, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho, por tempo determinado

Leia mais

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS.

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. 01. ADVOGADO Assessorar os vereadores na elaboração de proposições complexas que exijam conhecimentos especializados de técnica legislativa, nos projetos de lei, decreto

Leia mais

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados DEAP/SNAPU/MCIDADES Maio/2015 Contexto brasileiro Necessidade de obras públicas para requalificação e reabilitação

Leia mais

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DO RAS - Obras de Telecomunicação

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DO RAS - Obras de Telecomunicação 1 Informações iniciais Indentificação do empreendedor Responsável pelo empreendimento: Responsável pelo RAS ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DO RAS - Obras de Telecomunicação Razão Social CNPJ Telefone Nome CPF

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO 1.1. O objetivo deste Termo de Referência é disponibilizar aos interessados em atender a solicitação de propostas da PPP ESPLANADA SUSTENTÁVEL

Leia mais

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Sistemas de Tratamento de Efluentes Líquidos Industriais

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Sistemas de Tratamento de Efluentes Líquidos Industriais Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Sistemas Avenida Nascimento de Castro, 2127 Lagoa

Leia mais

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos DOC MQB -02 MQB.pdf 1/5 Cargo: Assistente de Laboratório 1. Planejar o trabalho de apoio do laboratório: Interpretar ordens de serviços programadas, programar o suprimento de materiais, as etapas de trabalho,

Leia mais

PORTARIA CONJUNTA SEPLAG/IBRAM Nº 02, DE 06 DE FEVEREIRO DE 2009 DODF de 10.02.2009

PORTARIA CONJUNTA SEPLAG/IBRAM Nº 02, DE 06 DE FEVEREIRO DE 2009 DODF de 10.02.2009 PORTARIA CONJUNTA SEPLAG/IBRAM Nº 02, DE 06 DE FEVEREIRO DE 2009 DODF de 10.02.2009 O SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO DO DISTRITO FEDERAL e o PRESIDENTE DO INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E DOS

Leia mais

SEMINÁRIO PROJETO BÁSICO E PROJETO EXECUTIVO NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS ASPECTOS TÉCNICOS SIURB

SEMINÁRIO PROJETO BÁSICO E PROJETO EXECUTIVO NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS ASPECTOS TÉCNICOS SIURB SEMINÁRIO PROJETO BÁSICO E PROJETO EXECUTIVO NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS ASPECTOS TÉCNICOS SIURB PROJETOS DE INFRAESTRUTURA URBANA DRENAGEM CANAIS RESERVATÓRIOS MICRODRENAGEM OU DRENAGEM SUPERFICIAL OBRAS

Leia mais

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!!

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!! INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!! Acesse e Cadastre-se: www.inthegrath.com.br OPERADORA DE CAIXA (Loja) - ITH 3390: Ensino Médio Completo Informática: Word e Excel Atividades: Operar caixa,

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br ENGENHARIA CIVIL COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 187 Engenheiro Civil ATUAÇÃO Ao Engenheiro Civil compete o desempenho das atividades profissionais previstas

Leia mais

Ofício CRQ VIII-IP 001/2013 Aracaju/SE 23 de maio de 2013

Ofício CRQ VIII-IP 001/2013 Aracaju/SE 23 de maio de 2013 Trav. Sálvio Oliveira 76 - Suissa - CEP : 49 050-700 - Aracaju/SE Ao Setor de Gestão de Concurso da AOCP Ref.: Impugnação do Concurso Q1/2013-DESO No Edital do Concurso Publico n 01/2013 de 30 de abril

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S.A PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL MÉDIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL EDITAL N.º 1/2002 FURNAS, DE 10 DE OUTUBRO

Leia mais

Carga horária de 44 h/semana

Carga horária de 44 h/semana 1. Assessoria e Consultoria Técnica * Locação de área com GPS e mapeamento preliminar (GPS de navegação) 800,00 Locação de área com GPS e mapeamento preliminar (GPS geodésico) 1.500,00 Consultoria técnica

Leia mais

Considerando a necessidade de conferir maior agilidade na implantação das obras de saneamento básico, visando a melhoria da qualidade de vida;

Considerando a necessidade de conferir maior agilidade na implantação das obras de saneamento básico, visando a melhoria da qualidade de vida; 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010 Dispõe sobre licenciamento de sistemas de abastecimento de água e sistemas esgotamento sanitário, no Estado de Goiás. O Secretário da Secretaria do Meio Ambiente e dos

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul DECRETO Nº 16.627, DE 19 DE AGOSTO DE 2013. Define os exemplos de atribuições dos cargos de Arquiteto, Assistente Social, Contador, Enfermeiro, Fonoaudiólogo e Odontólogo, criado pela Lei Complementar

Leia mais

Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos

Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos 15 Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos SÍNTESE DOS DEVERES E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGOS 1. ATRIBUIÇÕES COMUNS: 1.1 Aos empregos de nível fundamental, médio e técnico: - Participar de atividades

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS

TABELA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS TABELA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS 01 Consultas técnicas no escritório (por hora) 01.01 Com solução verbal R$ 400,00 01.02 Com solução por escrito R$ 600,00 01.03 Com consulta a arquivos, registros ou

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1) Modalidade de Licitação: Concorrência ou Pregão (eletrônico ou presencial), do tipo menor preço.

TERMO DE REFERÊNCIA. 1) Modalidade de Licitação: Concorrência ou Pregão (eletrônico ou presencial), do tipo menor preço. TERMO DE REFERÊNCIA 1) Modalidade de Licitação: Concorrência ou Pregão (eletrônico ou presencial), do tipo menor preço. 2) Objeto: Procedimento licitatório destinado a elaboração de registro de preço para

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH Documentos pessoais do requerente; Certidão Negativa do IPTU; Documento de responsabilidade técnica emitido pelo CREA ou CAU; Declaração do engenheiro ou arquiteto responsável pela obra; Aprovação do projeto

Leia mais

Cadastro Técnico de Sistemas de Abastecimento de Água

Cadastro Técnico de Sistemas de Abastecimento de Água 1 NORMA GT/FE/ Número / versão / ano ENG/CA/049/01/08 Data de aprovação 05 /11 / 2008 Doc. de aprovação Resolução nº 4950/2008 Cadastro Técnico de Sistemas de Abastecimento de Água SUMÁRIO 1 OBJETIVO...

Leia mais

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!!

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!! INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!! Acesse e Cadastre-se: www.inthegrath.com.br Rua: General Osório, 97 Fundinho - Centro ESTETICISTA - ITH (3431): Ensino Superior Estética Desejável experiência

Leia mais

SAN.T.IN.NT 33. A.R.T.: Anotação de Responsabilidade Técnica do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura CREA;

SAN.T.IN.NT 33. A.R.T.: Anotação de Responsabilidade Técnica do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura CREA; 1 / 5 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. DEFINIÇÕES 4. PROCEDIMENTOS 5. REFERÊNCIAS 6. ANEXOS 1. FINALIDADE Esta Norma tem como finalidade disciplinar e padronizar os procedimentos para liberação

Leia mais

Anexo IV.2 Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-financeira

Anexo IV.2 Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-financeira Anexo IV.2 Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-financeira PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO... 2 1.1Planilha 1 Demonstração

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS LEI N o 1.633 DE 14 DE JANEIRO DE 2013. DEFINE A NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE CAIAPÔNIA E DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO

Leia mais

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes E&L Controle de Frotas Perguntas Frequentes 1. Quando ocorre a integração com o patrimônio e no cadastro de veículos na aba patrimônio o veículo não aparece, qual o procedimento a ser feito para que o

Leia mais

A Carreira Muller. As melhores soluções para sua empresa

A Carreira Muller. As melhores soluções para sua empresa ABRIL 2.013 A Carreira Muller ESTUDO REEMBOLSO QUILOMETRAGEM ABRIL 2013 As melhores soluções para sua empresa A Carreira Muller é uma empresa de consultoria empresarial que desenvolve e implanta soluções

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTOS DE ITAPIRA

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTOS DE ITAPIRA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO PARA LOTEAMENTOS URBANOS 1 DO OBJETIVO A presente Norma estabelece os requisitos mínimos a serem obedecidos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS ESTADO DO RIO DE JANEIRO EXTRATO do Edital nº 00/0, de 0 de Dezembro de 0 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS NO ÂMBITO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS PMP A PREFEITURA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS - PMP, no uso de suas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR/001/12

TERMO DE REFERÊNCIA TR/001/12 TERMO DE REFERÊNCIA TR/001/12 Contratação de empresa especializada em serviços de topografia para Levantamento Topográfico da linha de distribuição 69 kv SE Areal / SE Centro em Porto Velho/RO e da linha

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IACANGA ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IACANGA ESTADO DE SÃO PAULO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO E DE PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES O Município de Iacanga, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, através da Empresa Astral Assessoria em

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL LEI Nº 1535/2011, DE VINTE E CINCO DE NOVEMBRO DE 2011.

PREFEITURA MUNICIPAL GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL LEI Nº 1535/2011, DE VINTE E CINCO DE NOVEMBRO DE 2011. PREFEITURA MUNICIPAL GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL LEI Nº 1535/2011, DE VINTE E CINCO DE NOVEMBRO DE 2011. Cria Cargos, Altera Quantitativo e dá outras providências. A CÂMARA DE VEREADORES DE MINEIROS

Leia mais

Palácio dos Bandeirantes Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - CEP 05698-900 - Fone: 3745-3344 Nº 118 DOE de 24/06/06. Saúde GABINETE DO SECRETÁRIO

Palácio dos Bandeirantes Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - CEP 05698-900 - Fone: 3745-3344 Nº 118 DOE de 24/06/06. Saúde GABINETE DO SECRETÁRIO Diário Oficial Estado de São Paulo Poder Executivo Seção I Palácio dos Bandeirantes Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - CEP 05698-900 - Fone: 3745-3344 Nº 118 DOE de 24/06/06 Saúde GABINETE DO SECRETÁRIO Resolução

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 51/2014 UNIFESSPA, DE 21 DE JULHO DE 2014 ANEXO I

Leia mais

Autorização para implantação de Adutora de Água, de Emissário de Esgoto e Rede de Vinhaça.

Autorização para implantação de Adutora de Água, de Emissário de Esgoto e Rede de Vinhaça. fls. 1/5 ÓRGÃO: MANUAL: DIRETORIA DE ENGENHARIA ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para implantação de Adutora de Água, de Emissário de Esgoto e Rede de Vinhaça. PALAVRAS-CHAVE: Faixa de Domínio,

Leia mais

LEI N.º 1.491, DE 27 DE JUNHO DE 2008.

LEI N.º 1.491, DE 27 DE JUNHO DE 2008. LEI N.º 1.491, DE 27 DE JUNHO DE 2008. Cria vagas e função no Quadro Permanente da Prefeitura Municipal de Paranaíba, alterando-se o Anexo I, da Lei nº 1000, de 04 de maio de 1998, Anexo III da Lei n.º

Leia mais

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE PALMAS DIRETORIA DE CONTROLE AMBIENTAL GERÊNCIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE PALMAS DIRETORIA DE CONTROLE AMBIENTAL GERÊNCIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO AMBIENTAL DE EMPREENDIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE Este Termo de Referência visa orientar na elaboração de PROJETO AMBIENTAL PA para empreendimentos de serviços

Leia mais

Relatório de Vistoria Técnica com Cadastramento do Imóvel

Relatório de Vistoria Técnica com Cadastramento do Imóvel Relatório de Vistoria Técnica com Cadastramento do Imóvel REFORMA DA SEDE DA SUBSEÇÃO DA OAB/BA NO MUNICÍPIO DE GUANAMBI/BA Avenida Presidente Castelo Branco, nº 271, Aeroporto Velho Guanambi/BA Foto:

Leia mais

EMENTÁRIO. (*) LEI N 1.206, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2007. (D.O.M. 22.01.2008 N. 1886 Ano IX)

EMENTÁRIO. (*) LEI N 1.206, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2007. (D.O.M. 22.01.2008 N. 1886 Ano IX) (*) LEI N 1.206, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2007. (D.O.M. 22.01.2008 N. 1886 Ano IX) ALTERA o Quadro de Cargos e Carreiras da Secretaria Municipal de Saúde SEMSA e dá outras providências. O PREFEITO DE MANAUS,

Leia mais

ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇO FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS TIPO CAMINHÃO PIPA PARA ATENDIMENTO ÀS OPERAÇÕES DE SUPRIMENTO DE ÁGUA EM ÁREAS DEFICITÁRIAS DE REDES DE ABASTECIMENTO, COM CAPACIDADE

Leia mais

PROVAS DO DIA 08/03/2015 GABARITO DEFINITIVO D B C A A B E D A D E C D C A E A C D D C B * D E * D A E C B D C C E B A E E C

PROVAS DO DIA 08/03/2015 GABARITO DEFINITIVO D B C A A B E D A D E C D C A E A C D D C B * D E * D A E C B D C C E B A E E C Analista - Administrador Tipo 1 D B C A A B E D A D E C D C A E A C D D C B * D E * D A E C B D C C E B A E E C C D B B D C E D E D B D B B A D B B C B E A D E D C A E B B A B C C D C D B E C Analista

Leia mais

ANEXO VI - DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS

ANEXO VI - DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS CARGO Administrador Analista de Tecnologia da Informação Assistente Social Bibliotecário- Documentarista Contador Engenheiro Civil Engenheiro Agrônomo DESCRIÇÃO DOS CARGOS Planejar, organizar, controlar

Leia mais

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Ao: Pró Reitor de Desenvolvimento Institucional ANTÔNIO A. RAITANI JÚNIOR Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense Assunto:

Leia mais

ISF 209: PROJETO GEOMÉTRICO

ISF 209: PROJETO GEOMÉTRICO ISF 209: PROJETO GEOMÉTRICO 1. OBJETIVO Definir e especificar os serviços constantes do Projeto Geométrico dos Projetos de Engenharia Ferroviária, Projeto Básico e Projeto Executivo. 2. FASES DO PROJETO

Leia mais

Introdução da Topografia

Introdução da Topografia UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP - LABTOP Topografia 1 Introdução da Topografia Aula 1 Recife, 2014 O QUE É TOPOGRAFIA Grego Português Topo Lugar Grafia Descrição

Leia mais

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 OBJETIVO Estabelecer as regras e procedimentos para concessão de viabilidade técnica, aprovação de projetos e acompanhamento

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL RCA PARA LICENCIAMENTO DE ÁREAS DE LAZER DE MÉDIO PORTE

TERMO DE REFERENCIA PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL RCA PARA LICENCIAMENTO DE ÁREAS DE LAZER DE MÉDIO PORTE TERMO DE REFERENCIA PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL RCA PARA LICENCIAMENTO DE ÁREAS DE LAZER DE MÉDIO PORTE Este Termo de Referência visa orientar na elaboração de PROJETO DE CONTROLE

Leia mais

CAERN. Descrição de Perfis

CAERN. Descrição de Perfis 04 Nível: Médio/Técnico Reporte: Engenheiro Sumário Executar atividades de apoio ao cadastro comercial, projetos, fiscalização e acompanhamento de obras de saneamento básico, manutenção de equipamentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUAS FRIAS CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUAS FRIAS CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ASSITENTE SOCIAL: Planejar, coordenar, controlar e avaliar programas e projetos na área do Serviço Social aplicados a indivíduos, grupos e comunidades. Elaborar e /ou participar

Leia mais

L E I N 7.785, DE 9 DE JANEIRO DE 2014

L E I N 7.785, DE 9 DE JANEIRO DE 2014 L E I N 7.785, DE 9 DE JANEIRO DE 2014 Dispõe sobre a reestruturação da Loteria do Estado do Pará - LOTERPA e dá outras providências. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Flores da Cunha /RS - Junho, 2015.

APRESENTAÇÃO. Flores da Cunha /RS - Junho, 2015. APRESENTAÇÃO A Biossplena - Projetos Ecodinâmicos é uma empresa que atua há cinco anos no Brasil, desenvolvendo e assessorando projetos para EMPREENDIMENTOS URBANÍSTICOS, com foco nas comunidades planejadas,

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014. Técnico Administrativo em Educação GABARITO

EDITAL Nº 01/2014. Técnico Administrativo em Educação GABARITO EDITAL Nº 01/2014 Técnico Administrativo em Educação CARGO: Assistente de Laboratório Nível C 01 E 16 Anulada 31 E 46 E 02 D 17 E 32 C 47 B 03 C 18 D 33 A 48 B 04 C 19 D 34 C 49 B 05 B 20 A 35 C 50 D 06

Leia mais

ANEXO I TERMOS DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMOS DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMOS DE REFERÊNCIA 1 OBJETO O objeto da presente licitação é a Seleção de empresa especializada para Execução de Serviços Técnicos de Vídeo Registro da Rede Rodoviária Federal Pavimentada com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO. Assessoria de Infraestrutura - INFRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO. Assessoria de Infraestrutura - INFRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Assessoria de Infraestrutura - INFRA Petrolina Junho de 2013 APRESENTAÇÃO A Assessoria de Infraestrutura INFRA é um órgão da administração superior da Univasf

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Carga patrimonial

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Carga patrimonial , pág.: 1/4 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos para a formalização de responsabilidade para os empregados da empresa pela guarda, conservação e bom uso dos bens patrimoniais de propriedade

Leia mais

APÊNDICE III COMPOSIÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS EQUIPES 1 COMPOSIÇÃO DAS EQUIPES

APÊNDICE III COMPOSIÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS EQUIPES 1 COMPOSIÇÃO DAS EQUIPES 1 APÊNDICE III COMPOSIÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS EQUIPES 1 COMPOSIÇÃO DAS EQUIPES 1.1 Equipe Para a execução dos serviços contemplados no escopo deste objeto a empresa Contratada deverá disponibilizar a equipe

Leia mais

Roteiros de Processos PASSO A PASSO

Roteiros de Processos PASSO A PASSO SECRETARIA DE PLANEJAMENTO Roteiros de Processos PASSO A PASSO Roteiro dos Processos da SEPLAN À Secretaria de Planejamento compete formular, planejar e implementar a política de planejamento e desenvolvimento

Leia mais

ESTIMATIVA DE CUSTOS - APOIO SEDE AABG E SEDE COMITÊ

ESTIMATIVA DE CUSTOS - APOIO SEDE AABG E SEDE COMITÊ ESTIMATIVA DE CUSTOS - APOIO SEDE AABG E SEDE COMITÊ Item ESPECIFICAÇÃO REMUNERAÇÃO CUSTOS (R$) MENSAL R$ R$ A partir do 2º ano 1 RECURSOS HUMANOS SEDE AABG ARGA HORÁRIA MENSA HORAS 349.232,99 364.948,47

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE CAXAMBU DO SUL ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE CAXAMBU DO SUL ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS OPERADOR DE MÁQUINAS Providenciar a lavação, o abastecimento e a lubrificação da máquina; efetuar pequenos reparos na máquina sob sua responsabilidade; dirigir máquinas

Leia mais

Concepção de instalações para o abastecimento de água

Concepção de instalações para o abastecimento de água Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil CIV 640 Saneamento Urbano Concepção de instalações para o abastecimento de água Prof. Aníbal da Fonseca Santiago Universidade

Leia mais

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE PALMAS DIRETORIA DE CONTROLE AMBIENTAL GERÊNCIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE PALMAS DIRETORIA DE CONTROLE AMBIENTAL GERÊNCIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL TERMO DE REFÊRENCIA PARA ELABORACÃO DE PROJETO AMBIENTAL DE DEDETIZADORAS, LIMPA FOSSA E EMPRESAS QUE PRESTA SERVIÇO DE LIMPEZA. Este Termo de Referência visa orientar na elaboração de PROJETO AMBIENTAL

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO GUANHÃES MG INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO

Leia mais

JUNTAS DE FREGUESIA, INSTITUIÇÕES E AGREMIAÇÕES PRIVADAS DE BENEFICÊNCIA, CULTURAIS, DESPORTIVAS E OUTRAS DE INTERESSE PÚBLICO. Escalão único 2,0524

JUNTAS DE FREGUESIA, INSTITUIÇÕES E AGREMIAÇÕES PRIVADAS DE BENEFICÊNCIA, CULTURAIS, DESPORTIVAS E OUTRAS DE INTERESSE PÚBLICO. Escalão único 2,0524 ÁGUA* CONSUMO DE ÁGUA CONSUMO DOMÉSTICO 1º Escalão (0 5 m 3 /mês) 0,4452 2º Escalão (6 15 m 3 /mês) 0,8101 3º Escalão (16 a 25 m 3 /mês) 1,3461 4º Escalão (superior a 25 m 3 /mês) 2,1690 COMÉRCIO, INDÚSTRIA,

Leia mais

APÊNDICE Q-1 TERMO DE REFERÊNCIA PLANO DE SUPERVISÃO DE OBRAS

APÊNDICE Q-1 TERMO DE REFERÊNCIA PLANO DE SUPERVISÃO DE OBRAS TERMO DE REFERÊNCIA PLANO DE SUPERVISÃO DE OBRAS TERMO DE REFERÊNCIA PLANO DE SUPERVISÃO DE OBRAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO PAG. 3 2. SITUAÇÃO DO EMPREENDIMENTO PAG. 3 3. PREMISSAS PAG. 3 4. ESCOPO DOS SERVIÇOS

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) CÓDIGO 09.00 GRUPO/ATIVIDADES 09.07 Postos de Revenda de Combustíveis e Derivados de Petróleo com ou sem lavagem e ou lubrificação de veículos PPD M AGRUPAMENTO NORMATIVO

Leia mais