Seguro Automóvel Empresas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seguro Automóvel Empresas"

Transcrição

1 Seguro Automóvel Empresas PROPOSTA DE SEGURO DATA E HORA DE ENTRADA A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM RESPONDIDOS NA ÍNTEGRA. TRATANDO-SE DE UMA ALTERAÇÃO A SEGURO JÁ EM VIGOR APENAS SÃO DE PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO OS CAMPOS RELATIVOS AOS DADOS A ALTERAR. Se é ou foi Cliete da Compahia idique um dos seguites elemetos: N.o CLIENTE RAMO/APÓLICE MATRÍCULA SEGURO NOVO ALTERAÇÃO APÓLICE N.o Nos termos legais, se aceite a presete proposta, a cobertura dos riscos apeas se verifica com o pagameto do prémio ou fracção iicial. CÓDIGO MEDIADOR AGÊNCIA NOME MEDIADOR ENTIDADE COBRADORA A INFORMACÃO SOBRE PROCEDIMENTOS E PRAZOS A OBSERVAR EM CASO DE SINISTRO ESTÁ DISPONÍVEL EM E NAS AGÊNCIAS IMPÉRIO BONANÇA. TOMADOR DO SEGURO/PROPONENTE NOME MORADA LOCALIDADE CÓDIGO POSTAL TELEFONE/ /TELEMÓVEL DATA NASCIMENTO/CONSTITUIÇÃO SE EMPRESÁRIO EM NOME INDIVIDUAL (ENI), INDIQUE N.o CONTRIBUINTE/NIPC CAE ESTADO CIVIL PROFISSÃO CASADO SOLTEIRO VIÚVO SEPARADO DIVORCIADO UNIÃO DE FACTO SEXO M F N.o CARTA CONDUÇÃO DATA CARTA CONDUÇÃO SEGURADO NOME MORADA LOCALIDADE CÓDIGO POSTAL TELEFONE/ /TELEMÓVEL DATA NASCIMENTO/CONSTITUIÇÃO SE EMPRESÁRIO EM NOME INDIVIDUAL (ENI), INDIQUE N.o CONTRIBUINTE/NIPC CAE ESTADO CIVIL PROFISSÃO CASADO SOLTEIRO VIÚVO SEPARADO DIVORCIADO UNIÃO DE FACTO SEXO M F N.o CARTA CONDUÇÃO DATA CARTA CONDUÇÃO CONDUTOR HABITUAL TOMADOR DO SEGURO (1) SEGURADO (1) CONDUTOR INDETERMINADO OUTRO (Preecher quadro respectivo) (1) Opção dispoível exclusivamete se o Tomador do Seguro/Segurado for um Empresário em Nome Idividual. CONDUTOR HABITUAL NOME MORADA LOCALIDADE CÓDIGO POSTAL TELEFONE/ /TELEMÓVEL DATA NASCIMENTO N.o CONTRIBUINTE SEXO M ESTADO CIVIL SITUAÇÃO PROFISSIONAL CASADO SOLTEIRO VIÚVO SEPARADO DIVORCIADO UNIÃO DE FACTO PROFISSÃO ACTIVO REFORMADO EMPRESÁRIO EM NOME INDIVIDUAL OUTRO. INDIQUE N.o CARTA CONDUÇÃO DATA CARTA CONDUÇÃO F Império Boaça - Compahia de Seguros, S.A. NIPC e Matrícula , a CRC Lisboa Sede: Rua Alexadre Herculao, Lisboa - Capital Social Liha de Apoio ao Cliete: Tel Fax Atedimeto telefóico persoalizado os dias úteis das 8h30 às 20h. 1/4

2 DADOS DA APÓLICE DATA E HORA INÍCIO DO SEGURO/ALTERAÇÃO DURAÇÃO DO CONTRATO DATA RENOVAÇÃO Ao Mês Dia ANO E SEGUINTES Ao Mês Dia H PERIODICIDADE DE PAGAMENTO Aual Semestral Trimestral Mesal * * Só por débito em cota FORMA DE PAGAMENTO Débito em cota (Preecher a autorização de débito em cota) AGENTE AGÊNCIA / CTT / MB DADOS DO VEÍCULO CATEGORIA DO VEÍCULO LIGEIRO DE PASSAGEIROS MONOVOLUME TODO-O-TERRENO QUADRICICLO LIGEIRO MISTO CAMINHETA PICK-UP AUTOCARAVANA MOTOCICLO CICLOMOTOR MOTO-QUATRO TIPO DE VEÍCULO PARTICULAR LEASING/ALD 3 RODAS CARGA MATRÍCULA N.o QUADRO ANO DE FABRICO DATA 1.a MATRÍCULA / / VEÍCULO NOVO NÃO SIM MARCA MODELO VERSÃO CILINDRADA POTÊNCIA TARA PESO BRUTO TIPO DE CAIXA ABERTA FECHADA LOTAÇÃO N.º PORTAS PROPRIEDADE DO VEÍCULO PRÓPRIA LEASING OUTRA - INDIQUE QUAL TRANSPORTE DE PASSAGEIROS NA CAIXA DE CARGA NÃO SIM COMBUSTÍVEL GASOLINA DIESEL HÍBRIDO GPL OUTRO - INDIQUE QUAL TIPO DE DESVALORIZAÇÃO DE ACORDO COM TABELA DO SEGURADOR COTAÇÃO DE MERCADO VALOR DO VEÍCULO (excluido extras valorizados expressamete o quadro seguite) (1) COR DO VEÍCULO EXTRAS A SEGURAR DESCRIÇÃO MARCA MODELO VALOR A SEGURAR,00,00 VEÍCULO ADQUIRIDO COM BENEFÍCIOS FISCAIS (O valor a segurar já deverá estar deduzido do beefício ou iseção fiscal aplicável.) NÃO SIM - INDIQUE O TIPO CIRCULA EM ÁREAS DE ACESSO RESTRITO NÃO CIRCULA AEROPORTOS COM CRUZAMENTO DE PISTAS AEROPORTOS SEM CRUZAMENTO DE PISTAS OUTRAS. QUAIS? O VEÍCULO FAZ TRANSPORTE DE MATÉRIAS PERIGOSAS NÃO APENAS GÁS DOMÉSTICO ENTIDADE INTERESSADA EFECTUA SERVIÇO DE REBOQUE (1) Não aplicável aos plaos XS e 2Rodas. NÃO SIM INDIQUE NOME E LOCALIDADE NÃO SIM (Preecher quadro reboques) REBOQUES (Preecher caso o veículo a segurar faça serviço de reboque) ANO MATRÍCULA MARCA CONSTRUÇÃO PESO BRUTO (kg) PRETENDE DANOS PRÓPRIOS PARA O REBOQUE NÃO SIM NÃO SIM VALOR SEGURO FRANQUIA SEGURO ANTERIOR O TOMADOR DO SEGURO TEM OU JÁ TEVE ESTE OU OUTRO(S) VEÍCULO(S) GARANTIDO(S) PELO SEGURO OBRIGATÓRIO AUTOMÓVEL? NÃO SIM SE SIM, PREENCHA O HISTÓRICO DE SINISTRALIDADE DO VEÍCULO PROPOSTO E/OU DOS QUE O ANTECEDERAM COMPANHIA MATRÍCULA N.º DE APÓLICE DATA INÍCIO DO CONTRATO DATA TERMO / / / / / / / / / / / / N.º DE SINISTROS NOS ÚLTIMOS 5 ANOS N.º DE ANOS SEM SINISTROS N.º DE ANOS COM SEGURO DATA DOS SINISTROS OCORRIDOS NOS ÚLTIMOS 5 ANOS (1) (1) Siistros com resposabilidade do Codutor de veículos seguros as apólices acima idicadas e afectado a cobertura de Resposabilidade Civil e Choque, Colisão ou Capotameto. 2/4

3 PLANO A CONTRATAR COBERTURAS Assiale a sua opção com X RESPONSABILIDADE CIVIL ASSISTÊNCIA EM VIAGEM PROTECÇÃO JURÍDICA CHOQUE, COLISÃO OU CAPOTAMENTO INCÊNDIO, RAIO OU EXPLOSÃO FURTO OU ROUBO FENÓMENOS DA NATUREZA RISCOS SOCIAIS E POLÍTICOS QUEBRA ISOLADA DE VIDROS PROTECÇÃO AO CONDUTOR (Morte ou Ivalidez Permaete/Despesas de Tratameto) VEÍCULO DE SUBSTITUIÇÃO PRIVAÇÃO DE USO (3) ASSISTÊNCIA EM VIAGEM EXTRA (4) OCUPANTES DA VIATURA (Morte ou Ivalidez Permaete/Despesas de Tratameto) VALOR DE AQUISIÇÃO (5) PERDA TOTAL (6) XS S M (1) L XL 2 RODAS Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 3 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 3 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível / / / / /2.500 FRANQUIAS Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 2 Nível 2 CAPITAIS Míimo Obrigatório (2) CAPITAIS (ão dispoível para 2 Rodas) CAPITAIS / / / (dispoível apeas para os plaos L e XL) CAPITAIS APLICÁVEIS ÀS COBERTURAS DE CHOQUE, COLISÃO OU CAPOTAMENTO E RISCOS SOCIAIS E POLÍTICOS SEM FRANQUIA a..a..a..a. (1) O capital das coberturas de daos o veículo seguro estará limitado ao valor de Plao exclusivo para veículos até 6 aos de idade, iclusive, com valor do veículo e extras igual ou superior a (2) O míimo obrigatório correspode a , limitado a , por acidete, para a reparação de daos corporais e , por acidete, para a reparação de daos materiais. (3) Cobertura dispoível para veículos diferetes de Ligeiros de Passageiros. Não pode ser subscrito com Veículo de Substituição. (4) Cobertura dispoível para subscrição para veículos até 6 aos de idade, iclusive. (5) Subscrição limitada a veículos até 36 meses de idade. No Plao XL, aplicação automática para veículos até 60 dias de idade. (6) Quado seleccioado este regime, ão haverá lugar a aplicação de fraquias. Cobertura obrigatória Cobertura opcioal TERRITORIAL EXTENSÃO TERRITORIAL PRETENDIDA (1) G2 G3 G4 G5 G6 DA COBERTURA RESPONSABILIDADE CIVIL DANOS PRÓPRIOS DATA INÍCIO / / DATA FIM / / RENOVÁVEL NÃO SIM PAÍS DE DESTINO (1) G2 = + Espaha e Adorra; G3 = UE + Adorra, Croácia, Gibraltar, Islâdia, Noruega e Suíça; G4 = G3 + Marrocos; G5 = G4 + Albâia, Bielorússia, Bósia-Herzegovia; F.Y.R.O.M. (Macedóia), Irão, Israel, Moldávia, Sérvia e Moteegro, Tuísia, Turquia e Ucrâia; G6 = G5 + Outros. OBSERVAÇÕES 3/4

4 DADOS PESSOAIS E DECLARAÇÕES DADOS PESSOAIS Os dados pessoais costates deste documeto serão processados e armazeados iformaticamete pelo Segurador e destiam-se ao seu uso exclusivo, o âmbito das relações pré -cotratuais ou decorretes do cotrato ou operação celebrados com os seus clietes, icluido as suas reovações. Os dados serão coservados de forma a permitir a idetificação dos titulares até que teham cessado defiitivamete essas relações. O titular terá livre acesso aos seus dados pessoais, com uma periodicidade ão iferior a um ao desde a recolha ou primeiro acesso, desde que o solicite por escrito, podedo rectificar os dados icorrectamete recolhidos, os termos da lei. Os dados poderão ser forecidos às autoridades judiciais ou admiistrativas, desde que em cumprimeto de obrigação legal a cargo do Segurador. O titular dos dados autoriza o Segurador, salvo declaração expressa em cotrário o quadro de observações, a: a) forecer os seus dados a empresas do Grupo do qual o Segurador faz parte, sedo assegurada a sua cofidecialidade, utilização em fução do objecto social dessas empresas e compatibilidade com os fis de recolha; b) proceder à recolha de dados pessoais complemetares juto de Orgaismos Públicos, empresas especializadas e outras etidades privadas, tedo em vista a cofirmação ou complemeto dos elemetos recolhidos ecessários à gestão da relação cotratual; c) efectuar, se assim o eteder, o registo magético das chamadas telefóicas que forem realizadas, o âmbito da relação cotratual ora proposta, quer a fase de formação do cotrato, quer durate a vigêcia do mesmo, e bem assim a proceder à sua utilização para quaisquer fis lícitos, omeadamete, para execução dos serviços cotratados, para melhorameto e cotrolo dos mesmos e como meio de prova. Os dados agora recolhidos, bem como aqueles que vierem a ser forecidos aquado da participação de um siistro, serão comuicados à Associação Portuguesa de Seguradores para costituição do Ficheiro Nacioal de Matrículas e do Ficheiro de Siistros e Fraudes Automóveis. As omissões, iexactidões e falsidades, quer o que respeita a dados de forecimeto obrigatório, quer facultativo, são da resposabilidade do Cliete. OBSERVACÕES DECLARAÇÕES Declaro que me foram prestadas as iformações pré-cotratuais legalmete previstas, tedo-me sido etregue, para o efeito, o documeto respectivo, para delas tomar itegral cohecimeto, e bem assim que me foram prestados todos os esclarecimetos de que ecessitava para a compreesão do cotrato, omeadamete sobre as garatias e exclusões, sobre cujo âmbito e coteúdo fiquei esclarecido. Declaro, aida, ter sido iformado pelo Segurador do dever de lhe comuicar com exactidão todas as circustâcias que coheça e razoavelmete deva ter por sigificativas para a apreciação do risco, bem como das cosequêcias do icumprimeto de tal dever. Declaro, também, que dou o meu acordo a que as Codições Gerais e Especiais, se as houver, aplicáveis ao cotrato me sejam etregues o sítio da Iteret idicado as Codições Particulares. Declaro, igualmete, que o(s) veículo(s) seguro(s) cumpre(m) as exigêcias legais em matéria de ispecções periódicas e que ão efectua(m) trasporte de passageiros a caixa de carga, em efectua(m) trasporte remuerado de pessoas ou mercadorias, trasporte de matérias perigosas ou trasporte iteracioal. Local e data, de de [Sempre que o Tomador do Seguro se trate de uma Pessoa Colectiva é ecessário a aposição do carimbo da Empresa sobre a(s) assiatura(s)] Assiatura do Tomador do Seguro/Propoete RESERVADO AOS SERVIÇOS DA COMPANHIA VISTORIA DO VEÍCULO Vistoria obrigatória para efeitos das coberturas de daos o veículo seguro e/ou coberturas complemetares, de acordo com a política de subscrição em vigor QUALIDADE EM QUE FAZ A VISTORIA MEDIADOR EMPREGADO DATA DE VISTORIA / / HORA DA VISTORIA / ASSINATURA N.º DE MOTOR Nº DE QUADRO / CHASSIS DECLARO QUE O VEÍCULO QUE SE PRETENDE SEGURAR FOI POR MIM VISTORIADO, TENDO VERIFICADO QUE: O VEÍCULO APRESENTA A SEGUINTE QUILOMETRAGEM KMS O VEÍCULO APRESENTA O(S) EXTRA(S) DECLARADO(S) O VEÍCULO NÃO APRESENTA DANOS O VEÍCULO APRESENTA OS SEGUINTES DANOS DOCUMENTOS VERIFICADOS CERTIFICADO DE TARIFAÇÃO (ANEXAR) SEGURNET TÍTULO DE REGISTO DE PROPRIEDADE DOCUMENTO ÚNICO AUTOMÓVEL DECLARAÇÃO DE COMPRA E VENDA DOCUMENTO PROVISÓRIO PASSADO PELA CONSERVATÓRIA DO REGISTO AUTOMÓVEL, ONDE CONSTE QUE FOI SOLICITADA A TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE DECLARAÇÃO DE VENDA DO STAND COMPROVATIVO DE INSPECÇÃO PERIÓDICA OBRIGATÓRIA OBSERVAÇÕES VISTO BÓNUS TÉCNICO DESCONTO COMBINADO DESCONTO COMERCIAL IDENTIFICAÇÃO DO EMPREGADO OU MEDIADOR QUE VERIFICOU OS DOCUMENTOS NOME NÚMERO AUTORIZAÇÃO DE DÉBITO EM CONTA TITULAR DA CONTA MORADA LOCALIDADE Exmos. Sehores, Por débito da miha / ossa cota.o apresetados pela Império Boaça - Compahia de Seguros, S.A. CÓDIGO POSTAL Trascrever da zoa iferior esquerda do cheque Zoa iterbacária Número de cota NIB BANCO BALCÃO LOCALIDADE queiram proceder ao pagameto dos prémios de seguro Local e data, / / Assiatura do titular da cota 4/4

5 AU-TO-IB Empresas INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS A SEGURADOR Império Boaça Compahia de Seguros, S.A.. B PRODUTO AU-TO-IB Empresas. C COBERTURAS E CAPITAIS SEGUROS 1. Coberturas Base Resposabilidade Civil Automóvel, correspodete à obrigação legal de segurar. 2. Coberturas Facultativas Facultativamete poderá aida ser cotratada a cobertura dos seguites riscos: Resposabilidade Civil Automóvel Facultativa, isto é, para além do motate míimo obrigatório; Assistêcia em Viagem; Protecção Jurídica; Choque, Colisão ou Capotameto; Icêdio, Raio ou Explosão; Furto ou Roubo; Feómeos da Natureza; Riscos Sociais e Políticos; Quebra Isolada de Vidros; Protecção ao Codutor; Veículo de Substituição; Privação de Uso; Assistêcia em Viagem Extra; Ocupates da Viatura; Valor de Aquisição; Capital Seguro Fixo as Garatias de Daos ao Veículo. 3. O AU-TO-IB é comercializado em plaos pré-defiidos de coberturas e capitais, coforme o seguite quadro: Coberturas AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB XS S M (8) L XL 2 Rodas Míimo Obrigatório (2) Míimo Obrigatório (2) Míimo Obrigatório (2) Míimo Obrigatório (2) Míimo Obrigatório (2) Míimo Obrigatório (2) Resposabilidade Civil (1) Assistêcia em Viagem (3) Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 3 Nível 1 Protecção Jurídica (3) Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 3 Nível 1 Choque, Colisão ou Capotameto Icêdio, Raio ou Explosão Furto ou Roubo Feómeos da Natureza Riscos Sociais e Políticos Opcioal Opcioal Quebra Isolada de Vidros Opcioal Opcioal Protecção ao Codutor Opcioal Opcioal Opcioal / /1.000 Morte ou Ivalidez Permaete/ / / / / /5.000 Despesas de Tratameto / / / / / Veículo de Substituição (4) Opcioal Opcioal Opcioal Opcioal Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 1 Nível 2 (9) Opcioal Opcioal Opcioal Privação de Uso (4) Nível 1 Nível 1 Nível 2 (25 ; 50 ou 75 ) (25 ; 50 ou 75 (25 ; 50 ou 75 Assistêcia em Viagem Extra (3) (5) Opcioal Opcioal Opcioal Opcioal Ocupates da Viatura Opcioal Opcioal Opcioal Opcioal Opcioal Morte ou Ivalidez Permaete/ / / / / / Despesas de Tratameto Valor de Aquisição (máx. 3 aos) (6) Opcioal Opcioal Perda Total (7) Opcioal Ligeiros de Passageiros Moovolume Motociclo Ligeiros Misto Autocaravaa Motociclo de 3 Rodas Camiheta Quadriciclo de Carga (10) Motociclo de Carga Categorias de Veículos Pick-up Quadriciclo de Passageiros (10) Ciclomotor Todo-o-Terreo Ciclomotor de 3 Rodas Ciclomotor de Carga Moto-Quatro Império Boaça - Compahia de Seguros, S.A. NIPC e Matrícula , a CRC Lisboa Sede: Rua Alexadre Herculao, Lisboa - Capital Social Liha de Apoio ao Cliete: Tel Fax Atedimeto telefóico persoalizado os dias úteis das 8h30 às 20h. 1/13

6 (1) O capital seguro a cobertura de Resposabilidade Civil Facultativa correspode ao diferecial etre o capital cotratado para a cobertura de Resposabilidade Civil e o capital míimo, em cada mometo em vigor, do Seguro Obrigatório de Resposabilidade Civil Automóvel, o qual correspode aos valores idicados os artigos 12.º e 13.º do Decreto-Lei 291/2007, de 21 de Agosto. (2) O míimo obrigatório correspode a , valor este limitado a , por acidete, para a reparação de daos corporais e , por acidete, para a reparação de daos materiais. (3) Coforme iformação costate destas iformações pré-cotratuais. (4) Cobertura dispoível para veículos diferetes de Ligeiros de Passageiros. (5) Cobertura dispoível para veículos até 6 aos de idade, iclusive. (6) Cobertura dispoível para veículos até 12 meses, iclusive. No AU-TO-IB XL os veículos que à data de subscrição teham até 60 dias beeficiarão automaticamete da cobertura. (7) Para quem preteda salvaguardar uicamete grades daos é possível optar pelo regime de Perda Total. Quado cotratado o referido regime, ão serão aplicadas fraquias ao AU-TO-IB L. (8) Plao exclusivo para veículos até 6 aos de idade, iclusive, com valor veículo mais extras descrimiados superior a Às coberturas de Daos ao Veiculo é a aplicada a cobertura Capital Seguro Fixo as Garatias de Daos ao Veículo. (9) Para veículos diferetes de ligeiros de passageiros e moovolumes é possível substituir esta cobertura por Privação de Uso. (10) Categorias ão seguráveis o AU-TO-IB XL. Nota: O Capital Seguro das garatias de Daos ao Veículo, acima apresetadas, correspoderá ao valor do veículo seguro, acrescido do valor dos extras, desde que discri - miados e valorizados, com excepção do AU-TO-IB M, em que o Capital Seguro está limitado a idepedetemete do valor do veículo seguro e extras. 4. O plao efectivamete cotratado pelo Tomador do Seguro, respectivas coberturas, capitais e fraquias, costam das Codições Particulares. D EXCLUSÕES APLICÁVEIS A TODAS AS COBERTURAS 1. Sem prejuízo dos direitos do Segurado que derivem das coberturas facultativas expressamete cotratadas, o AU-TO-IB uca garate: a) Os daos corporais sofridos pelo codutor do veículo seguro resposável pelo acidete, assim como os daos decorretes daqueles. b) Quaisquer daos materiais causados às seguites pessoas: i. Codutor do veículo resposável pelo acidete; ii. Tomador do Seguro; iii. Todos aqueles cuja resposabilidade é, os termos legais, garatida, omeadamete em cosequêcia da compropriedade do veículo seguro; iv. Sociedades ou represetates legais das pessoas colectivas resposáveis pelo acidete, quado o exercício das suas fuções; v. Côjuge, ascedetes, descedetes ou adoptados das pessoas referidas de i) a iii), assim como outros paretes ou afis até ao 3.º grau das mesmas pessoas, mas, este último caso, só quado elas coabitem ou vivam a seu cargo; vi. Aqueles que, os termos dos Artigos 495.º, 496.º e 499.º do Código Civil, beeficiem de uma pretesão idemizatória decorrete de vículos com alguma das pessoas referidas as alíeas ateriores; vii. A passageiros, quado trasportados em cotraveção às regras relativas ao trasporte de passageiros costates do Código da Estrada, ode desigadamete relevam os regimes especiais relativos ao trasporte de criaças, ao trasporte fora dos assetos e ao trasporte em motociclos, triciclos, quadriciclos e ciclomotores. c) No caso de falecimeto, em cosequêcia do acidete, de qualquer das pessoas referidas em v) e vi) da alíea aterior, é excluída qualquer idemização ao resposável do acidete; d) Os daos causados o próprio veículo seguro; e) Os daos causados os bes trasportados o veículo seguro, quer se verifiquem durate o trasporte quer em operações de carga e descarga; f) Quaisquer daos causados a terceiros em cosequêcia de operações de carga e descarga; g) Os daos devidos, directa ou idirectamete, a explosão, libertação de calor ou radiação, proveietes de desitegração ou fusão de átomos, aceleração artificial de partículas ou radioactividade; h) Quaisquer daos ocorridos durate provas desportivas e respectivos treios oficiais, salvo tratado-se de seguro de provas desportivas, caso em que se aplicam as presetes Codições Gerais com as devidas adaptações previstas para o efeito pelas partes; i) Nos casos de roubo, furto ou furto de uso de veículos e acidetes de viação dolosamete provocados, a satisfação das idemizações devidas pelos respectivos autores e cúmplices para com o proprietário, usufrutuário, adquirete com reserva de propriedade ou locatário em regime de locação fiaceira, em para com os autores ou cúmplices ou para com os passageiros trasportados que tivessem cohecimeto da posse ilegítima do veículo e de livre votade ele fossem trasportados. E EXCLUSÕES APLICÁVEIS A TODAS AS COBERTURAS FACULTATIVAS 1. O AU-TO-IB uca garate o âmbito do Seguro Automóvel Facultativo: a) Daos causados ao veículo seguro por ocasião de furto, roubo ou furto de uso ou de qualquer outra forma de subtracção ilegítima ou utilização abusiva do veículo seguro, sem prejuízo, porém, dos direitos do Segurado que derivem da cobertura de Furto ou Roubo, quado haja sido cotratada; b) Daos causados ao veículo seguro quado este seja coduzido por pessoa que ão seja titular de liceça de codução correspodete à categoria do veículo seguro ou que esteja, temporária ou defiitivamete, iibida ou privada da faculdade de coduzir, sem prejuízo, porém, dos direitos do segurado que derivem da cobertura de Furto ou Roubo, quado haja sido cotratada; c) Daos causados itecioalmete, com o veículo seguro ou ao veículo seguro, pelo Tomador do Seguro, Segurado, Codutor ou restates ocupates ou por pessoas por quem qualquer um deles seja civilmete resposável ou que com qualquer um deles viva em ecoomia comum; d) Daos causados ao veículo seguro quado o Codutor coduza com uma taxa de alcoolemia superior à legalmete admitida ou acuse cosumo de estupefacietes ou de outras drogas ou produtos tóxicos ou esteja em estado de demêcia; e) Daos ocorridos quado o Codutor do veículo seguro recuse submeter-se a testes de alcoolémia ou de detecção de substâcias estupefacietes ou psicotrópicas, bem como quado volutariamete abadoe o local do acidete de viação ates da chegada da autoridade policial, quado esta teha sido chamada por si ou por outra etidade; f) Daos ocorridos quado se verifiquem situações de guerra, guerra civil, isurreição, mobilização, execução da Lei Marcial, ivasão ou hostilidade com outros países, levatameto popular, rebelião ou golpe militar, revolução ou usurpação de poder civil ou militar; g) Daos ocorridos quado o veículo seguro se ecotre em serviço diferete e de maior risco do que o cotratado; h) Daos ocorridos quado ão tiverem sido cumpridas, em relação ao veículo seguro, as disposições sobre ispecção periódica ou outras relativas à homologação do veículo, excepto se for demostrado que etre as ifracções cometidas e os daos ão houve qualquer relação de causalidade; i) Daos causados por excesso ou mau acodicioameto de carga; j) Daos causados por trasporte de objectos ou participação em actividades que poham em risco a estabilidade e domíio do veículo; l) Lucros cessates ou perda de beefícios, redimetos ou resultados sofridos pelo Tomador do Seguro ou pelo Segurado, em virtude de privação de uso, 2/13

7 despesas de substituição do veículo seguro ou proveietes de depreciação, desgaste ou cosumo aturais, sem prejuízo, porém, dos direitos do Segurado que derivem da cobertura de Privação de Uso, quado haja sido cotratada; m) Daos directa e exclusivamete proveietes de defeito de costrução, reparação, motagem ou afiação, vício próprio ou má coservação do veículo seguro; ) Daos produzidos directamete por alcatrão ou outros materiais utilizados a costrução das vias ou por lama existete as mesmas; o) Daos causados ao veículo seguro, itecioalmete, com quaisquer objectos empuhados ou arremessados sem prejuízo, porém, dos direitos do Segurado que derivem da cobertura de Riscos Sociais e Políticos, quado haja sido cotratada; p) Acidetes em caso de suicídio, ou sua tetativa, bem como acidetes ocorridos em resultado de apostas ou desafios; q) Daos causados ao meio ambiete, desigadamete por poluição ou cotamiação do solo, das águas ou da atmosfera; r) Daos causados ao veículo seguro durate operações de carga e descarga de objectos ele trasportados. 2. Sem prejuízo do estabelecido as Codições Especiais relativas às coberturas cotratadas que se ecotram expressamete idicadas as Codições Particulares, e para além das exclusões aplicáveis a todas as coberturas e bem assim das exclusões previstas o úmero 1 supra, ficam aida excluídos do âmbito do Seguro Automóvel Facultativo: a) Daos resultates de greves, tumultos, distúrbios laborais, motis e alterações da ordem pública, actos de vadalismo e/ou acções de pessoas com iteções maliciosas, actos de terrorismo e/ou sabotagem e actos praticados por qualquer autoridade legalmete costituída, em virtude de medidas tomadas por ocasião destas ocorrêcias para salvaguarda de pessoas e bes; b) Daos provocados por iudações, desmoroametos, furacões e outras covulsões violetas da atureza, feómeos sísmicos e meteorológicos; c) Daos em objectos e mercadorias trasportadas o veículo seguro, aida que sejam propriedade dos respectivos passageiros; d) Daos em pitura de letras, desehos, emblemas, dísticos alegóricos ou de reclamos ou propagada o veículo seguro, quado ão for feita a sua meção e valorização as Codições Particulares; e) Daos em Extras, quado das Codições Particulares ão costem expressamete discrimiados e com a idicação do respectivo valor, ou o seu valor ão esteja icluído o valor seguro do veículo; f) Daos causados aos passageiros trasportados as caixas de carga dos veículos, salvo coveção em cotrário costate as Codições Particulares; g) Daos ocorridos ou resultates da circulação do veículo em áreas de acesso restrito, omeadamete, aeroportos, salvo coveção em cotrário costate as Codições Particulares; h) Daos ocorridos ou resultates da circulação do veículo em zoas de acesso vedado ou locais recohecidos como iadequados para a circulação do veículo seguro; i) Daos ocorridos quado o veículo seguro esteja a ser utilizado o trasporte de matérias perigosas, idepedetemete de serem causadas por estas, ou por aquele. Cosideram-se matérias perigosas, etre outras defiidas a lei, combustíveis, matérias iflamáveis, explosivas ou tóxicas. Esta exclusão, porém, ão será ivocável sempre que o veículo seguro esteja devida e legalmete autorizado a realizar o trasporte de matérias perigosas e se ecotre expressamete idicado as Codições Particulares que esse risco se ecotra garatido. F DAS COBERTURAS E 1. RESPONSABILIDADE CIVIL OBRIGATÓRIA Esta cobertura garate, até aos limites e as codições legalmete estabelecidas: a) A Resposabilidade Civil do Tomador do Seguro, proprietário do veículo, usufrutuário, adquirete com reserva de propriedade ou locatário em regime de locação fiaceira, bem como dos seus legítimos detetores e codutores, pelos daos, corporais e materiais, causados a terceiros; b) A satisfação da reparação devida pelos autores de furto, roubo, furto de uso de veículos ou de acidetes de viação dolosamete provocados. 2. RESPONSABILIDADE CIVIL FACULTATIVA Esta cobertura garate: a) A Resposabilidade Civil para além do motate legalmete exigido quato à obrigação de segurar ou a que for cotratada para veículos ão sujeitos àquela obrigação. O capital seguro correspode ao diferecial etre o capital cotratado para a cobertura de Resposabilidade Civil e o capital míimo, em cada mometo em vigor, do Seguro Obrigatório de Resposabilidade Civil Automóvel; b) O pagameto das idemizações que, de harmoia com a lei, sejam exigíveis ao Segurado, a título de resposabilidade civil extracotratual, por daos causados a terceiros decorretes da codução, devidamete autorizada, de veículo diverso do idicado as Codições Particulares; desde que da mesma categoria cosiderado-se como tal veículos para os quais é obrigatório o mesmo tipo de liceça de codução. Esta garatia, porém, só fucioará detro dos limites covecioados, em complemeto e em excesso do capital seguro do Seguro Obrigatório de Resposabilidade Civil Automóvel (aida que ão exista seguro válido) e da cobertura de Resposabilidade Civil Facultativa (quado exista) referete ao veículo coduzido pelo Segurado. (Para além das aplicáveis a todas as coberturas e a todas as coberturas facultativas) Esta cobertura ão garate: a) A resposabilidade civil cotratual; b) A resposabilidade por daos causados por um veículo rebocado a um veículo rebocador ou por este àquele, aida que cotratada a respectiva cobertura de serviço de reboque; c) A resposabilidade civil por daos ocorridos quado o veículo seguro esteja a ser utilizado em serviço de rebocador, salvo se tiver sido expressamete cotratada tal cobertura; d) Gastos de defesa do segurado em acções peais e o pagameto de multas, coimas ou sações impostas pelos tribuais ou autoridades competetes, bem como as cosequêcias da sua ão satisfação. 3. ASSISTÊNCIA EM VIAGEM 1. Esta cobertura garate a prestação de serviços de assistêcia podedo ser cotratada a modalidade Nível 1 ou Nível 3, cujas garatias, respectivos valores máximos seguros costam do quadro seguite: 3/13

8 Garatias de Assistêcia às Pessoas Seguras, com residêcia habitual em, e Bagages Nível 1 Nível 3 Âmbito Territorial 1. Trasporte ou repatriameto saitário de feridos ou doetes Ilimitado Ilimitado e Estrageiro 2. Acompahameto durate o trasporte ou repatriameto saitário, Ilimitado Ilimitado por pessoa que se ecotre o local e Estrageiro 3. Trasporte ou repatriameto das Pessoas Seguras Ilimitado Ilimitado e Estrageiro Por dia Acompahameto de Pessoa Segura Hospitalizada por pessoa que se ecotre o local e Máximo por Estrageiro auidade 5. Bilhete de ida e volta para um Trasporte Ilimitado Ilimitado familiar e respectiva estadia, para Por dia e acompahar a Pessoa Segura Alojameto Máximo por Estrageiro Hospitalizada auidade 6. Despesas médicas, cirúrgicas, farmacêuticas Por pessoa/viagem e de hospitalização o estrageiro Máximo por viagem Estrageiro 7. Despesas com prologameto de estadia em hotel Por dia o estrageiro Estrageiro Máximo por auidade 8. Adiatameto de fudos o caso de iterameto Por pessoa / viagem hospitalar o estrageiro Máximo por viagem Estrageiro 9. Adiatameto de fudos o estrageiro Por pessoa / viagem por motivo de força maior Máximo por viagem Estrageiro 10. Evio urgete, para o estrageiro, de medicametos idispesáveis e de uso habitual Ilimitado Ilimitado Estrageiro Trasporte ou repatriameto do falecido e formalidades respectivas Ilimitado Ilimitado Trasporte dos acompahates Ilimitado Ilimitado 11. Trasporte ou repatriameto de Pessoas Trasporte de um familiar Ilimitado Ilimitado e Seguras falecidas e das Pessoas Seguras Estrageiro acompahates Alojameto de Por dia um familiar Máximo por auidade Ura Regresso atecipado da Pessoa Segura por falecimeto, acidete grave ou doeça grave de um familiar Ilimitado Ilimitado Estrageiro 13. Assistêcia e trasporte em caso de furto, roubo, perda ou extravio de Ilimitado Ilimitado bagages e / ou objectos pessoais e Estrageiro 14. Adiatameto por extravio de bagages em voo regular Trasmissão de mesages urgetes Ilimitado Ilimitado e Estrageiro e Estrageiro 4/13

9 GARANTIAS DE ASSISTENCIA AO VEICULO E SEUS OCUPANTES (1) Nível 1 Nível 3 1. Assistêcia ao veículo seguro 1.1. Desempaagem e/ou reboque do veículo seguro em cosequêcia de avaria ou acidete Remoção ou extracção do veículo Âmbito Territorial (1) 1.2. Substituição de peu em caso de furo ou rebetameto do mesmo Não garatido (3) Evio de peças de substituição Ilimitado Ilimitado 1.4. Trasporte ou repatriameto do veículo e Repatriameto despesas de recolha em cosequêcia de ou trasporte Ilimitado Ilimitado avaria, acidete, furto ou roubo (4) do veículo Despesas de recolha Despesas de trasporte a fim de recuperar o veículo seguro Ilimitado Ilimitado 1.6. Evio de motorista profissioal Ilimitado Ilimitado 1.7. Diligêcias para localização do veículo seguro roubado Ilimitado Ilimitado 1.8. Reboque em caso de furto ou roubo Falta de combustível ou abastecimeto icorrecto Não garatido (3) Ilimitado Perda de chaves ou chaves tracadas detro da viatura Não garatido Ilimitado Protecção Por dia Protecção, vigilâcia e e Vigilâcia (em caso Máximo por auidade trasbordo das mercadorias (5) de acidete) Trasbordo das mercadorias (perecíveis) 2. Assistêcia aos ocupates do veículo seguro Trasporte, repatriameto ou 2.1 Trasporte, repatriameto cotiuação de viagem Ilimitado Ilimitado ou cotiuação de viagem das Em Pessoas Seguras (Ocupates) Veículo de aluguer No Estrageiro Trasporte ou Repatriameto de bagages Ilimitado Ilimitado Por dia/pessoa Despesas de dormida em hotel Máximo por auidade e Pessoa 2.4. Veículo de substituição em caso de acidete ou avaria (Até 5 dias por auidade Europa ou Não garatido (3) Ilimitado Máximo 3 ocorrêcias por auidade) 2.5. Codutor particular em caso de icapacidade física, por acidete de viação, para a codução (Máximo de 30 dias por auidade e o período o periodo 07:00 horas às 22:00 horas de cada dia) Não garatido Trasporte de aimais domésticos (em caso de acidete) Ilimitado Ilimitado (1) Relativamete às Pessoas Seguras com residêcia habitual o estrageiro, mas com domicílio em, o âmbito territorial das garatias de Assistêcia ao Veículo e Seus Ocupates é uicamete. (2) Ficam igualmete garatidos os países ão europeus da bacia do mediterrâeo. (3) Excepto quado cotratada a cobertura de Assistêcia em Viagem Extra. No que respeita ao Veículo de Substituição o mesmo será cocedido os termos defiidos a referida cobertura. (4) No âmbito do poto 1.4. do quadro supra se o valor do veículo seguro o mercado português, ates do acidete ou avaria, for iferior ao custo da reparação a efectuar, o Serviço de Assistêcia suportará apeas as despesas de abadoo legal do veículo o local ode ele se ecotre. (5) As garatias relativas ao poto do quadro supra são válidas somete para veículos destiados ao trasporte de mercadorias. 5/13

10 Outros Serviços Associados Nível 1 Nível 3 Âmbito Territorial Europa e Países ão 1.1. Assistêcia telefóica o mometo do siistro Ilimitado Ilimitado Europeus da Bacia do Mediterrâeo 1.2. Iformações úteis em viagem Ilimitado Ilimitado Europa Europa e Países ão 1.3. Agedameto e reserva de serviços em viagem Ilimitado Ilimitado Europeus da Bacia do Mediterrâeo 1.4. Iformação sobre a evolução do estado de saúde dos siistrados graves iterados 2. Iformação sobre profissioais que possam assegurar o Trasporte particular das Pessoas Seguras ou o Trasporte e Trasbordo de Mercadorias (1) Ilimitado Ilimitado e Estrageiro Ilimitado Ilimitado (1) O custo dos serviços prestados pelos referidos profissioais será pago pelo Segurado, a um preço/hora egociado pelo Serviço de Assistêcia, que lhe será comuicado aquado do pedido de assistêcia. 2. Os limites máximos idicados são aplicáveis por auidade, por Pessoa Segura e por veículo seguro, salvo coveção em cotrário. 3. Excluem-se do âmbito da cobertura: a) No que respeita ao poto 2.4. do quadro costate do º1 acima (Veículo de substituição em caso de acidete ou avaria) a avaria do veículo seguro: i. Decorrete do ão cumprimeto das codições de utilização ou de mauteção defiidas o maual do fabricate; ii. Por culpa ou egligêcia do codutor; iii. Causada em cosequêcia de operações de mauteção ou de reparação. b) No que respeita ao poto 2.6 do quadro costate do º1 acima (Trasporte de aimais domésticos), os aimais de competição e de caça bem como os custos com a aquisição de jaulas e com o cumprimeto de regulametação saitária. 4. Para efeitos desta cobertura têm a qualidade de Pessoas Seguras: a) O Tomador do Seguro e o Segurado que teham residêcia habitual em, bem como o côjuge ão separado ou pessoa com quem coabitem com carácter de permaêcia em codições aálogas às dos côjuges, os seus ascedetes e descedetes em 1º grau, adoptados, tutelados e curatelados, que com eles coabitem em ecoomia comum. Sem prejuízo das exclusões aplicáveis, as garatias de assistêcia a estas pessoas são sempre asseguradas, aida que viagem separadamete e em qualquer trasporte. b) Os legais represetates das pessoas colectivas seguras que teham residêcia habitual em bem como o respectivo côjuge ão separado ou pessoa com quem coabitem com carácter de permaêcia em codições aálogas às dos côjuges, os seus ascedetes e descedetes em 1º grau, adoptados, tutelados e curatelados, que com eles coabitem em ecoomia comum, e aida os empregados ou assalariados das referidas sociedades, durate deslocações em que utilizem o veículo seguro como meio de trasporte. c) O codutor do veículo seguro, a título legítimo e legalmete habilitado, com residêcia habitual em, bem como as pessoas trasportadas, a título gratuito, o veículo seguro, que teham residêcia em excepto as que forem trasportadas em "auto-stop". 5. As garatias desta cobertura apeas são válidas desde que as Pessoas Seguras teham domicílio em, suspeder-se-ão, relativamete a cada Pessoa Segura, durate a sua permaêcia o Estrageiro para além de 60 dias e caducarão automaticamete a data em que essa pessoa deixar de ter domicílio em. A permaêcia do veículo seguro o estrageiro por mais de 60 dias, determia a suspesão das garatias desta cobertura equato o referido veículo aí permaecer. 6. A modalidade efectivamete cotratada costa das Codições Particulares. 1. Esta cobertura ão garate o pagameto de prestações que, salvo em caso de força maior ou impossibilidade material demostrada, teham sido efectuadas sem o acordo do Serviço de Assistêcia, bem como o pagameto de prestações resultates de: a) Despesas médicas, cirúrgicas, farmacêuticas e de hospitalização em ; b) Parto, bem como complicações devidas ao estado de gravidez ou sua iterrupção, salvo se ocorrerem durate os primeiros seis meses de gravidez; c) Despesas respeitates a exame programado de saúde ou tratameto electivo, ou a situação médica pré-existete da Pessoa Segura que já lhe teha sido diagosticada ou estado sob ivestigação e já seja do seu cohecimeto, salvo se se tratar de complicação súbita e imprevisível ocorrida durate a viagem; d) Morte por suicídio, bem como doeça ou lesões decorretes da tetativa de suicídio ou causadas itecioalmete pelo titular a si próprio; e) Tratameto de doeças ou estados patológicos provocados por itecioal igestão de produtos tóxicos, álcool, drogas, arcóticos ou utilização de medicametos sem prescrição médica; f) Despesas e prestação de serviços relacioados com qualquer tipo de doeça metal; g) Despesas com próteses, óculos, letes de cotacto, begalas ou outros istrumetos de apoio à locomoção; h) Prática de desportos em competição ou de operações de salvameto; i) Despesas e prestação de serviços com a morte, doeça ou lesões corporais ou materiais, que derivem, directa ou idirectamete, de coduta dolosa das Pessoas Seguras ou de pessoas por quem elas sejam civilmete resposáveis; j) Despesas com a iumação ou cremação e com o fueral e cerimóias fúebres; l) Despesas com combustível, reparações e coservação do veículo seguro bem como roubo ou furto de acessórios ele icorporados; m) Despesas de hotel, de restaurate e de táxis ão previstas as garatias; ) Despesas ou outras prestações decorretes de furto, roubo ou furto de uso, se ão tiver sido efectuada a sua imediata participação às autoridades competetes. 2. Ficam igualmete excluídos do âmbito desta cobertura: a) Relativamete a Pessoas Seguras com residêcia habitual o estrageiro aida que com domicílio em : as prestações previstas as Garatias de Assistêcia às Pessoas Seguras e Bagages e os Outros Serviços Associados, bem como as previstas as Garatias de Assistêcia ao Veículo e Seus Ocupates quado os evetos que justificam o seu accioameto ocorram o estrageiro. b) Relativamete a veículos seguros qualquer prestação ao abrigo das garatias previstas os úmeros 1.2, 1.9, 1.10, 2.4 e 2.5 das Garatias de Assistêcia ao Veículo e Seus Ocupates, excepto se tiver sido cotratado o Nível 3. 6/13

11 4. PROTECÇÃO JURÍDICA 1. Esta cobertura garate a protecção jurídica dos iteresses das Pessoas Seguras decorretes de acidetes de viação em que o veículo seja iterveiete podedo ser cotratado a modalidade Nível 1 ou Nível 3, cujas garatias e respectivos valores máximos seguros costam do quadro seguite: Garatias Modalidades Nível 1 Nível Defesa em processo peal Defesa Civil Não garatido Defesa e reclamação 1.3. Reclamação por daos decorretes de lesões corporais em caso de Acidete 1.4. Reclamação por daos decorretes de lesões materiais Adiatametos Limite da reclamação por daos decorretes de lesões materiais e corporais de Cauções Custas e preparos Peais de Idemizações para pagameto de multas o estrageiro Reclamação em caso de reparação defeituosa do veículo seguro Isolvêcia ou falêcia Em de Terceiros No Estrageiro Peritagem Médico-Legal a avaliação do dao corporal Não garatido Istrução do Processo Não garatido Acompahameto para prestar declarações Não garatido Os limites máximos idicados são aplicáveis por siistro e auidade de cotrato. 3. Para efeitos da presete cobertura cosideram-se Pessoas Seguras: - O Tomador do Seguro; - O Segurado; - O codutor autorizado e legalmete habilitado para a codução; - As pessoas trasportadas o veículo seguro a título legítimo e gratuito. 4. Para efeitos da presete cobertura cosidera-se Veículo Seguro: O veículo idetificado as Codições Particulares, bem como a caravaa ou reboque, quado garatidos pelo cotrato de seguro e se ecotrem atrelados ao veículo seguro o mometo da ocorrêcia do eveto. 5. A modalidade efectivamete cotratada costa das Codições Particulares. Esta cobertura ão garate: a) Custos de idemizações e respectivos juros, procuradoria e custas do processo à parte cotrária ou outras sações em que a Pessoa Segura seja codeada; b) Multas, coimas, impostos ou taxas de atureza fiscal, taxa de justiça em processo crime e todo e qualquer ecargo de atureza peal, salvo os devidos pelo assistete em processo peal; c) Custos de viages da Pessoa Segura e testemuhas quado estas teham de se deslocar detro do seu país de origem ou para o estrageiro, a fim de estarem presetes um processo judicial abragido pela Codição Especial; d) Despesas relativas a acções propostas pela Pessoa Segura sem o prévio acordo da Empresa Gestora, sem prejuízo dos direitos das Pessoas Seguras; e) Despesas com a defesa peal ou civil da Pessoa Segura emergete de coduta itecioal, actos ou omissões dolosos que lhe sejam imputados, a meos que se trate de cotraveção. Cotudo, caso a Pessoa Segura seja absolvida ou, se a atureza do crime o permitir, codeada com base a prática de acto egligete, a Empresa Gestora reembolsá-la-á, até ao limite do valor seguro, das despesas feitas esse processo e abragidas pela Codição Especial, após o trâsito em julgado da respectiva seteça; f) Despesas com as acções litigiosas de Pessoas Seguras etre si ou etre qualquer das Pessoas Seguras e a Empresa Gestora e/ou o Segurador; g) Despesas com a defesa dos iteresses jurídicos resultates de direitos cedidos, sub-rogados ou emergetes de créditos solidários, depois da ocorrêcia do eveto; h) Siistros que dêem apeas lugar à istauração de processo de trasgressão ou de cotra-ordeação; i) Prestações que teham sido efectuadas sem o acordo da Empresa Gestora, salvo casos de força maior ou impossibilidade material, devidamete demostrada, de solicitar a Empresa Gestora para as efectuar; j) Despesas resultates dos evetos relacioados com daos já existetes à data do siistro; l) Siistros decorretes de acidetes de viação ocorridos ates da etrada em vigor da presete Codição Especial; m) Despesas decorretes de acção judicial proposta ou a propor, pelas Pessoas Seguras, com vista à sua idemização por daos sofridos, ou do recurso de uma decisão proferida esta, quado: i) A Empresa Gestora cosiderar, previamete, que esta ão apreseta suficietes probabilidades de êxito; ii) A Empresa Gestora cosiderar justa e suficiete a proposta egocial de idemização extrajudicial apresetada pelo terceiro resposável ou seu Segurador; iii) O motate correspodete aos iteresses em litígio for iferior ao valor mais elevado do salário míimo acioal em vigor a data em que a acção foi proposta; ) Gastos que um terceiro deve ou deveria suportar se a Pessoa Segura ão estivesse coberta pelo presete cotrato, omeadamete com testemuhas e peritos; o) Despesas com siistros em que esteja em causa uma resposabilidade civil sujeita a seguro obrigatório, quado o respectivo cotrato ão haja sido celebrado; p) As garatias desta Codição Especial ão se aplicam quado o codutor do veículo seguro, a data do eveto, ão seja titular de liceça ou carta de codução válida para a codução do veículo seguro, ou ão esteja autorizado a coduzi-lo, ou apresete taxa de alcoolemia superior à legalmete permitida, ou acuse cosumo de estupefacietes ou outras drogas ou produtos tóxicos; q) Siistros ocasioados em virtude da participação do veículo seguro em competições e provas desportivas; r) Custos com a defesa da Pessoa Segura pela prática de crimes de perigo comum previstos e puidos pelo Artigo 272º e seguites do Código Peal; s) Custos com deslocações de advogado ou outro profissioal com qualificações legais para represetar ou defeder a Pessoa Segura que se desloque de comarca mais afastada do que a cotígua à comarca do local do acidete a fim de estar presete um processo judicial abragido por esta Codição Especial. 7/13

12 5. CHOQUE, COLISÃO OU CAPOTAMENTO Esta cobertura garate, até ao valor do capital seguro idicado as Codições Particulares, o ressarcimeto dos daos causados ao veículo seguro em virtude de choque, colisão ou capotameto. 1. Esta cobertura ão garate os daos sofridos pelo veículo seguro equadráveis as coberturas de Furto ou Roubo, Icêdio, Raio ou Explosão, Feómeos da Natureza ou Riscos Sociais e Políticos. 2. Salvo coveção expressa em cotrário, as Codições Particulares, esta cobertura também ão garate os daos: a) Causados pelo mau estado das estradas ou camihos, quado deste facto ão resulte choque, colisão ou capotameto; b) Provocados em jates, câmaras de ar e peus, excepto quado resultem de choque, colisão ou capotameto e forem acompahados de outros daos ao veículo; c) Cosubstaciados ou decorretes de avarias provocadas pela circulação do veículo seguro em espaços cobertos de água. d) Sofridos pelo veículo em circulação quado estiver a fazer serviço de reboque, caso ão teha sido declarado previamete ao Segurador que o veículo seguro efectua serviço de reboque. FRANQUIA Em caso de siistro, à idemização a pagar será deduzida a fraquia, a cargo do Segurado, idicada as Codições Particulares. As opções de fraquia dispoíveis para cotratação são: AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB XS S M L XL 2 Rodas a a a. ão aplicável 6. INCÊNDIO, RAIO OU EXPLOSÃO Esta cobertura garate, até ao valor do capital seguro idicado as Codições Particulares, o ressarcimeto dos daos causados ao veículo seguro em cosequêcia de icêdio, queda de raio ou explosão, quer o mesmo se ecotre em marcha ou parado, recolhido ou ão em garagem. Salvo coveção expressa em cotrário, as Codições Particulares, esta cobertura ão garate os daos a aparelhagem ou istalação eléctrica quado ão resultem de icêdio ou explosão, bem como os daos provocados por icêdio que teham origem em acto ou omissão que traduza dolo, culpa grave ou egligecia grosseira do Tomador do Seguro, do Segurado, do Codutor, ou de pessoas que com eles coabitem, deles depedam ecoomicamete, icluido assalariados, ou por quem, em geral, qualquer um deles seja civilmete resposável. 7. FURTO OU ROUBO Esta cobertura garate, até ao valor do capital seguro idicado as Codições Particulares, o ressarcimeto dos daos causados ao veículo seguro resultates do seu desaparecimeto, destruição ou deterioração em cosequêcia de roubo, furto ou furto de uso, a sua forma tetada, frustrada ou cosumada. 1. Esta cobertura ão garate o desaparecimeto, a destruição, a daificação ou deterioração do veículo seguro que teha origem ou seja devida a abadoo temporário do veículo seguro, aberto e/ou com a chave o seu iterior, em espaço público. 2. Salvo coveção expressa em cotrário, as Codições Particulares, esta cobertura ão garate o desaparecimeto, a destruição, a daificação ou deterioração do veículo seguro que teha origem ou seja devida a dolo, culpa grave ou egligêcia grosseira do Tomador do Seguro, do Segurado, do Codutor ou de pessoas que com eles coabitem, deles depedam ecoomicamete, icluido assalariados, ou por quem, em geral, qualquer um deles seja civilmete resposável. 8. FENÓMENOS DA NATUREZA Esta cobertura garate, até ao valor do capital seguro idicado as Codições Particulares, o ressarcimeto dos daos causados ao veículo seguro por tempestades, iudações, feómeos sísmicos ou movimetos de terras, bem como pela queda de árvores, de telhas, de chamiés, de muros ou costruções urbaas provocada pelos feómeos referidos. Salvo coveção expressa em cotrário, as Codições Particulares, esta cobertura ão garate os daos: a) Causados por acção do mar ão decorrete de riscos garatidos por esta cobertura; b) Causados pela acção cotiuada de outras superfícies de água, aturais ou artificiais, seja de que atureza forem; c) Resultates de poluição, chuvas ácidas, radiações e radioactividade; d) Causados pelo mau estado das estradas ou camihos; e) Provocados em jates, câmaras de ar e peus, quado ão forem acompahados de outros daos ao veículo garatidos pela presete cobertura; f) Cosubstaciados ou decorretes de avarias provocadas pela circulação do veículo seguro em espaços cobertos de água. 8/13

13 9. RISCOS SOCIAIS E POLÍTICOS Esta cobertura garate, até ao valor do capital seguro idicado as Codições Particulares, o ressarcimeto dos daos causados ao veículo seguro em cosequêcia de: a) Acção de greves, tumultos, distúrbios laborais, motis e alterações da ordem pública; b)actos de vadalismo, terrorismo e sabotagem; c) Actos praticados por qualquer autoridade legalmete costituída, em virtude de medidas tomadas por ocasião das ocorrêcias mecioadas as duas alíeas ateriores, para salvaguarda de pessoas e bes. Salvo coveção expressa em cotrário, as Codições Particulares, esta cobertura ão garate os daos resultates de roubo, furto, furto de uso, ou qualquer outra forma de subtracção ilegítima do veículo seguro, directa ou idirectamete relacioados com os riscos garatidos por esta cobertura. FRANQUIA Em caso de siistro, à idemização a pagar será deduzida a fraquia, a cargo do Segurado, idicada as Codições Particulares. As opções de fraquia dispoíveis para cotratação são: AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB AU-TO-IB XS S M L XL 2 Rodas a a a. ão aplicável 10. QUEBRA ISOLADA DE VIDROS Esta cobertura garate, até ao valor do capital seguro idicado as Codições Particulares, o ressarcimeto dos daos causados ao veículo seguro em virtude de quebra ou ruptura isolada dos vidros ou equivalete em matéria sitética, do pára-brisas, do óculo traseiro, do tecto de abrir ou paorâmico e dos vidros laterais, ocasioada por eveto que ão cause outros daos o veículo. Salvo coveção expressa em cotrário, as Codições Particulares, esta cobertura ão garate os daos que: a) Ocorram em faróis, farolis, espelhos retrovisores e idicadores de mudaça de direcção; b) Cosistam em riscos, fedas ou raspões ou que ocorram em cosequêcia de colocação defeituosa ou durate a operação de motagem ou de desmotagem; c) Sejam causados itecioalmete por qualquer pessoa com objectos que empuhem ou arremessem. 11. PROTECÇÃO AO CONDUTOR 1. Esta cobertura garate o pagameto das idemizações fixadas as Codições Particulares quado, em cosequêcia de Acidete de Viação, resulte para a Pessoa Segura: a) Morte; b) Ivalidez Permaete; c) Despesas de Tratameto. Os riscos de Morte e de Ivalidez Permaete só estão garatidos se verificados detro do prazo de dois aos após a ocorrêcia do acidete que lhes tiver dado causa. O risco de Morte e o de Ivalidez Permaete ão são cumuláveis, pelo que, ocorredo um acidete de que resulte uma Ivalidez Permaete e, posteriormete, o decurso dos 2 aos subsequetes ao acidete sobrevier a morte da Pessoa Segura, à idemização por Morte será abatido o valor da idemização evetualmete já paga ou atribuída a título de Ivalidez Permaete. 2. Para efeitos da presete cobertura cosidera-se Pessoa Segura o codutor do veículo o mometo do acidete de viação. 3. Para efeitos da Ivalidez Permaete o grau de ivalidez será determiado com base as regras previstas a Tabela para Avaliação de Icapacidades Permaetes em Direito Civil costate do Decreto-Lei 352/2007, de 23 de Outubro. 1. Esta cobertura ão garate: a) Os daos decorretes de lesões ocorridas quado a Pessoa Segura ão utilize capacete de protecção adequado durate a codução de motociclos, ciclomotores, triciclos, moto-quatro e velocípedes com motor auxiliar; b) Os daos ocorridos quado a Pessoa Segura coduza com uma taxa de alcoolemia superior à legalmete admitida ou acuse cosumo de estupefacietes ou de outras drogas ou produtos tóxicos ou esteja em estado de demêcia; c) Os daos provocados a pessoas que coduzam veículos em situação de roubo, furto ou furto de uso, ou quado ele sejam trasportadas esta situação, aida que a ão coheçam, ou quado o codutor do veículo seguro ão esteja habilitado à sua codução; d) Os daos provocados por quaisquer feómeos da atureza quado ão tiver sido efectivamete cotratada a cobertura de Feómeos da Natureza; e) Os daos provocados em cosequêcia de acção de greves, tumultos, motis, alterações da ordem pública, actos de vadalismo e actos de terrorismo, bem como de actos praticados por qualquer autoridade legalmete costituída, em virtude de medidas tomadas por ocasião destas ocorrêcias para salvaguarda de pessoas e bes, quado ão tiver sido efectivamete cotratada a cobertura de Riscos Sociais e Políticos. 2. Salvo coveção expressa em cotrário as Codições Particulares, esta cobertura também ão garate os daos causados em cosequêcia de participação em treios e competições de velocidade, rallies e todo-o-terreo. 9/13

14 12. VEÍCULO DE SUBSTITUIÇÃO 1. Esta cobertura garate a dispoibilização de um veículo ligeiro, de gama base ou equivalete, as seguites situações cosoate a modalidade cotratada e expressa as Codições Particulares: a) Nível 1 Em caso de privação forçada de uso do veículo em cosequêcia do accioameto de garatias de Resposabilidade Civil ou de uma garatia de Daos ao Veículo efectivamete cotratada. Será, aida, dispoibilizado um veículo de substituição em caso de privação forçada de uso em cosequêcia de acidete com o veículo seguro, que determie, apeas, o accioameto da presete cobertura, sedo tal dispoibilização efectuada após apresetação de prova da verificação do acidete, por parte do Segurado, ou realização de peritagem, pelos Serviços da Compahia, que cofirme a ocorrêcia do mesmo; b) Nível 2 Em caso de privação forçada de uso do veículo seguro em cosequêcia de avaria ou de qualquer situação prevista o Nível Compete ao Segurador defiir o forecedor e a marca, tipo e modelo do veículo, o qual respeitará a gama expressa as Codições Particulares. Cosideram-se veículos de gama base: a) Veículo ligeiro de passageiros utilitário ou compacto a gasolia, ou ecoómico a gasóleo, de acordo com classificação das empresas de aluguer de veículos sem codutor, quado o veículo seguro for um ligeiro de passageiros; b) Veículo comercial ecoómico de dois lugares a gasóleo, quado o veículo seguro for um veículo misto ou de carga. Cosideram-se veículos de gama equivalete: Veículo ligeiro de passageiros de características semelhates às do veículo seguro, a gasolia ou a gasóleo, até ao limite do grupo familiar ou itermédio, de acordo com classificação das empresas de aluguer de veículos sem codutor. Estão excluídos os veículos equipados com tracção itegral ou dotados de carroçaria moovolume coforme classificação das publicações da especialidade. 3. Quado ão estiver dispoível um veículo de características idêticas à da gama expressa as Codições Particulares, o Segurador forecerá um veículo de acordo com a dispoibilidade da oferta do mercado. Caso, esta situação, o Segurado ão cocorde com a opção tomada pelo Segurador quato ao veículo de substituição dispoibilizado, o Segurador pagar-lhe-á, por cada dia de privação de uso, um valor equivalete ao que despederia com o aluguer de um veículo de características idêticas às defiidas para a gama expressa as Codições Particulares. 4. Salvo coveção expressa em cotrário as Codições Particulares, a privação de uso cota-se: a) Em caso de daos que ão determiem impossibilidade de circulação, a partir do dia do iício da reparação e termia com a reparação efectiva; b) Em caso de daos que determiem impossibilidade imediata de circulação, a partir do dia da participação do siistro e termia a data da reparação efectiva; c) Em caso de perda total com pagameto de idemização pelo Segurador, a partir do dia da participação do siistro, termiado o 3.º dia útil posterior ao da comuicação ao Segurado da verificação de perda total; d) Em caso de perda total sem pagameto de idemização por qualquer Segurador, a partir do dia da participação do siistro e até ao máximo de 5 dias; e) Em caso de desaparecimeto do veículo seguro por furto ou roubo, a partir do dia da participação do siistro, efectuada após a participação da ocorrêcia à autoridade competete, termiado com a localização do veículo seguro ou com a sua reparação caso ecessária. 5. Sem prejuízo do disposto o úmero seguite, o período de privação de uso ão poderá exceder por siistro: a) Em caso de furto ou roubo, o dobro dos dias idicados as Codições Particulares; b) Em caso de avaria, um terço dos dias idicados as Codições Particulares; c) Em caso de qualquer outra garatia, os dias idicados as Codições Particulares. 6. O período de privação de uso ão poderá, em caso algum, exceder por auidade: a) Em caso de furto ou roubo, 90 dias; b) Em caso de avaria, 20 dias; c) Em caso de qualquer outra garatia, o dobro dos dias idicados as Codições Particulares. 7. Durate a utilização do veículo de substituição o Segurado suportará todos os custos que decorram da sua circulação, os mesmos termos em que suportaria os do veículo seguro, com excepção do custo do seguro, coforme idicado o úmero seguite, e de impostos icidetes sobre o próprio veículo. 8. O custo do seguro do veículo de substituição, suportado pelo Segurador, fica limitado à cobertura de Seguro Obrigatório de Resposabilidade Civil Automóvel salvo coveção expressa em cotrário as Codições Particulares. 13. PRIVAÇÃO DE USO 1. Esta cobertura garate até ao valor do capital seguro idicado as Codições Particulares, o pagameto de uma idemização diária, as seguites situações cosoate a modalidade cotratada e expressa as Codições Particulares: Nível 1 Em caso de privação forçada do uso do veículo em cosequêcia de daos garatidos por uma das coberturas de daos ao veículo efectivamete cotratada; Nível 2 Em caso de privação forçada do uso do veículo em cosequêcia de avaria ou de qualquer situação prevista o Nível A privação de uso cota-se: a) Em caso de daos que ão determiem impossibilidade de circulação, a partir do dia iício da reparação, termiado com a reparação efectiva; b) Em caso de daos que determiem a impossibilidade imediata de circulação, a partir do dia da participação do siistro, termiado com a reparação efectiva; c) Em caso de perda total, com pagameto de idemização pelo Segurador, a partir do dia da participação do siistro, termiado o dia útil posterior ao da comuicação ao Segurado da verificação de perda total; d) Em caso de perda total por avaria, a partir do dia da participação do siistro e até ao máximo de 5 dias; e) Em caso de desaparecimeto do veículo seguro por furto ou roubo, a partir do dia da participação do siistro, efectuada após a participação da ocorrêcia à autoridade competete, termiado com a localização do veículo seguro ou com a sua reparação efectiva caso ecessária. 3. Sem prejuízo do disposto o úmero seguite, o período de privação de uso ão poderá exceder por siistro: a) Em caso de roubo, o dobro dos dias idicados as Codições Particulares; b) Em caso de avaria, um terço dos dias idicados as Codições Particulares; c) Em caso de qualquer outra garatia, os dias idicados as Codições Particulares. 4. O período de privação de uso ão poderá, em caso algum, exceder por auidade: a) Em caso de roubo, 90 dias; b) Em caso de avaria, 20 dias; c) Em caso de qualquer outra garatia, o dobro dos dias idicados as Codições Particulares. FRANQUIA Para efeitos de idemização, às situações referidas as alíeas a) a c) e a alíea e) do úmero 2 do âmbito da cobertura, será deduzida a fraquia de 2 dias, expressa as Codições Particulares. 14. ASSISTÊNCIA EM VIAGEM EXTRA 1. Esta cobertura pode ser cotratada em complemeto à Assistêcia em Viagem Nível 1, e abrage as garatias e respectivos valores máximos seguros costam do quadro seguite: 10/13

15 Assistêcia ao Veículo Seguro Garatias de Assistêcia ao Veículo e seus Ocupates Assistêcia em Viagem Extra Âmbito Territorial 1. Substituição de peu em caso de furo ou rebetameto do mesmo Falta de combustível ou abastecimeto icorrecto Ilimitado Assistêcia aos Ocupates do Veículo Seguro (1) 3. Veículo de substituição em caso de acidete ou avaria Até 3 dias por auidade, em caso de avaria Até 5 dias por auidade, em caso de acidete Máximo 3 ocorrêcias por auidade para veículos até 9 aos iclusive Máximo de 2 ocorrêcias por auidade para veículos a partir dos 10 aos iclusive Ilimitado Europa ou (1) Relativamete às Pessoas Seguras com residêcia habitual o estrageiro, mas com domicílio em, o âmbito territorial das garatias de Assistêcia aos ocupates do veículo seguro é uicamete. 2. Do âmbito da cobertura ficam excluídos: Do poto 3 do quadro costate do º1 acima (Veículo de substituição em caso de acidete ou avaria) a avaria do veículo seguro: i. Decorrete do ão cumprimeto das codições de utilização ou de mauteção defiidas o maual do fabricate; ii. Por culpa ou egligêcia do codutor; iii. Causada em cosequêcia de operações de mauteção ou de reparação. 3. Para efeitos desta cobertura têm a qualidade de Pessoas Seguras as idicadas o º4 da cobertura de Assistêcia em Viagem. 4. As garatias desta cobertura apeas são válidas desde que as Pessoas Seguras teham domicílio em, suspeder-se-ão, relativamete a cada Pessoa Segura, durate a sua permaêcia o Estrageiro para além de 60 dias e caducarão automaticamete a data em que essa pessoa deixar de ter domicílio em. A permaêcia do veículo seguro o estrageiro por mais de 60 dias, determia a suspesão das garatias desta cobertura equato o referido veículo aí permaecer. Esta cobertura ão garate o pagameto de prestações que, salvo em caso de força maior ou impossibilidade material demostrada, teham sido efectuadas sem o acordo do Serviço de Assistêcia, bem como o pagameto de prestações resultate de despesas com combustível, reparações e coservação do veículo seguro bem como o roubo ou furto de acessórios ele icorporados. 15. OCUPANTES DA VIATURA 1. Esta cobertura garate o pagameto das idemizações fixadas as Codições Particulares quado, em cosequêcia de Acidete de Viação, resulte para as Pessoas Seguras: a) Morte; b) Ivalidez Permaete; c) Despesas de Tratameto. Os riscos de Morte e de Ivalidez Permaete só estão garatidos se verificados detro do prazo de 2 aos após a ocorrêcia do acidete que lhes tiver dado causa. O risco de Morte e o de Ivalidez Permaete ão são cumuláveis, pelo que, ocorredo um acidete de que resulte uma Ivalidez Permaete e, posteriormete, o decurso dos 2 aos subsequetes ao acidete sobrevier a morte da Pessoa Segura, à idemização por Morte será abatido o valor da idemização evetualmete já paga ou atribuída a título de Ivalidez Permaete. 2. Para efeitos da presete cobertura cosideram-se Pessoas Seguras todas as pessoas trasportadas a título gratuito o veículo seguro, icluido o seu codutor. 3. Para efeitos da Ivalidez Permaete o grau de ivalidez será determiado com base as regras previstas a Tabela para Avaliação de Icapacidades Permaetes em Direito Civil costate do Decreto-Lei 352/2007, de 23 de Outubro. 1. Esta cobertura ão garate: a) Os daos decorretes de lesões ocorridas quado as Pessoas Seguras ão utilizem capacetes de protecção adequados durate a codução ou trasporte em motociclos, ciclomotores e velocípedes com motor auxiliar; b) Os daos ocorridos quado a Pessoa Segura coduza com uma taxa de alcoolemia superior à legalmete admitida ou acuse cosumo de estupefacietes ou de outras drogas ou produtos tóxicos ou esteja em estado de demêcia; c) Os daos causados itecioalmete por Pessoas Seguras ou por pessoas por quem elas sejam civilmete resposáveis; d) Os daos provocados a pessoas que coduzam o veículo seguro em situação de roubo, furto ou furto de uso, ou quado ele sejam trasportadas esta situação, aida que a ão coheçam, ou quado o codutor do veículo seguro ão esteja habilitado à sua codução; e) Os daos provocados por quaisquer feómeos da atureza quado ão tiver sido efectivamete cotratada a Cobertura de Feómeos da Natureza ; f) Os daos provocados em cosequêcia de acção de greves, tumultos, motis, alterações da ordem pública, actos de vadalismo e actos de terrorismo, bem como de actos praticados por qualquer autoridade legalmete costituída, em virtude de medidas tomadas por ocasião destas ocorrêcias para salvaguarda de pessoas e bes, quado as cosequêcias destas ocorrêcias sobre o veículo seguro ão estiverem cobertas pela Cobertura de Riscos Sociais e Políticos. 2. Salvo coveção expressa em cotrário as Codições Particulares, esta cobertura também ão garate os daos causados em cosequêcia de: a) Participação em treios e competições de velocidade, rallies e todo-o-terreo; b) Trasporte em caixas de carga de veículos. 16. VALOR DE AQUISIÇÃO 1. Esta cobertura garate ao Segurado o pagameto do Valor de Aquisição em caso de Perda Total do veículo seguro, ocorrida em cosequêcia de siistro abragido pelas Garatias de Daos ao Veículo seguro efectivamete cotratadas, até ao termo da auidade em que o veículo seguro complete 3 aos, cotados a partir da data do primeiro registo do veículo costate do Livrete ou Documeto Úico Automóvel emitido pela autoridade admiistrativa. 2. Etede-se por Valor de Aquisição o preço de veda ao público do veículo seguro, a data da sua aquisição em ovo, costate do catálogo de base do respectivo modelo e versão, acrescido do custo do equipameto opcioal de fábrica e extras adquiridos o acto de compra do veículo. 11/13

16 17. CAPITAL SEGURO FIXO NAS GARANTIAS DE DANOS AO VEÍCULO 1. Esta cobertura garate ao Segurado o ressarcimeto dos daos causados ao veículo seguro, ocorridos em cosequêcia de siistro abragido pelas Garatias de Daos ao Veículo cotratadas e expressamete idicadas as Codições Particulares, até ao limite do capital seguro. 2. Para efeitos desta cobertura o capital seguro correspode a um valor fixo que ão tem qualquer relação com o valor veal do veículo seguro ou valor dos extras. O referido valor fixo que costitui o capital seguro das garatias de daos ao veículo ecotra-se expresso as Codições Particulares. 3. As Garatias de Daos ao Veículo, expressamete idicadas as Codições Particulares cessarão o fial da auidade de seguro em que se verifique que o valor veal do veículo seguro, apurado com base em tabelas de cotação de mercado, acrescido do valor dos extras é meor que o triplo do capital seguro tal como defiido o úmero 1, deixado, cosequetemete, de se aplicar esta cobertura. 4. Em caso de siistro, o motate da idemização será deduzido ao capital seguro da Garatia de Daos ao Veículo que seja accioada, ficado este reduzido daquele valor até ao vecimeto aual do cotrato, ão havedo reposição de capital. G. TERRITORIAL O quadro abaixo apreseta o âmbito territorial garatido automaticamete pelo cotrato, âmbito territorial este que varia em fução de cada cobertura, os seguites termos: Coberturas Resposabilidade Civil Obrigatória Resposabilidade Civil Facultativa Ligeiro Passageiros Todo-o-Terreo Moovolume Garatias de Daos ao Veículo Assistêcia em Viagem Ligeiro Misto Camiheta Pick-up Autocaravaa Restates Categorias Às Pessoas Seguras Ao veículo e seus ocupates Outros Serviços Associados G1 Âmbito Territorial Todo o Mudo com algumas excepções em que só vigoram fora do território português (ver respectiva cobertura) Ver respectiva cobertura Ver respectiva cobertura Assistêcia em Viagem Às Pessoas Seguras Extra Ao veículo e seus ocupates Europa ou Protecção Jurídica Quebra Isolada de Vidros Veículo de Substituição Privação de Uso G1, o AU-TO-IB XS e S Igual ao âmbito das garatias de Daos ao Veículo, o AU-TO-IB M, L e XL G1 Protecção ao Codutor MIP, DT (a) Ocupates da Viatura MIP, DT (a) (a) MIP Morte ou Ivalidez Permaete; DT Despesas de Tratameto; G1 G3 UE + Adorra, Croácia, Gibraltar, Islâdia, Noruega e Suíça H DECLARAÇÃO INICIAL DO RISCO 1. O Tomador do Seguro e o Segurado estão obrigados, ates da celebração do cotrato, a declarar com exactidão todas as circustâcias que coheçam e razoavelmete devam ter por sigificativas para a apreciação do risco pelo Segurador. 2. O disposto o.º 1 é igualmete aplicável a circustâcias cuja meção ão seja solicitada em questioário forecido pelo Segurador. 3. Em caso de icumprimeto doloso do disposto o.º 1, o cotrato é aulável, os termos e com as cosequêcias previstas a lei. 4. Em caso de icumprimeto com egligêcia do disposto o.º 1, o Segurador pode optar pela cessação ou alteração do cotrato, os termos e com as cosequêcias previstas a lei. I DURAÇÃO, RENOVAÇÃO E DENÚNCIA DO CONTRATO O cotrato pode ser celebrado por um período de tempo certo e determiado (seguro temporário) ou por um ao e seguites, caso em que se reovará sucessivamete o termo de cada auidade, por períodos auais, excepto se qualquer das partes o deuciar com a atecedêcia de, pelo meos, 30 dias em relação ao termo da auidade, ou se o Tomador do Seguro ão proceder ao pagameto do prémio da auidade subsequete ao da primeira fracção deste. J TRANSMISSÃO DO CONTRATO 1. O cotrato de seguro ão se trasmite em caso de alieação do veículo, cessado os seus efeitos às 24 horas do próprio dia da alieação, salvo se for utilizado pelo próprio Tomador do Seguro para segurar ovo veículo. 12/13

17 2. O Tomador do Seguro avisa o Segurador, por escrito, da alieação do veículo, as 24 horas seguites à mesma, devedo jutar o certificado provisório do seguro, o certificado de resposabilidade civil ou o aviso-recibo e o certificado iteracioal de seguro ( carta verde ). 3. Na falta de cumprimeto da obrigação de aviso prevista o úmero aterior, o Segurador tem direito a uma idemização de valor igual ao motate do prémio correspodete ao período de tempo que decorre etre o mometo da alieação do veículo e o termo da auidade do seguro em que esta se verifique, sem prejuízo de terem cessado os efeitos do cotrato, os termos do disposto o.º Na comuicação da alieação do veículo ao Segurador, o Tomador do Seguro pode solicitar a suspesão dos efeitos do cotrato, até à substituição do veículo, com prorrogação do prazo de validade da apólice. 5. Não se dado a substituição do veículo detro de 120 dias cotados da data do pedido de suspesão, ão há lugar à prorrogação do prazo, pelo que o cotrato cosidera-se resolvido desde a data do iício da suspesão, sedo o prémio a devolver pelo Segurador calculado proporcioalmete ao período de tempo que decorreria da data da cessação da cobertura até ao vecimeto do cotrato, salvo coveção em cotrário os termos legais. 6. Salvo coveção em cotrário, o falecimeto do Tomador do Seguro ão faz caducar o cotrato, sucededo os seus herdeiros os respectivos direitos e obrigações os termos da lei. L PRÉMIO 1. O prémio a pagar ao Segurador será calculado por aplicação dos prémios de tarifa, das coberturas efectivamete cotratadas, de acordo com os capitais seguros e evetuais fraquias idicados a proposta pelo Tomador do Seguro. 2. Quado acordado etre o Segurador e o Tomador do Seguro, o prémio poderá ser pago fraccioadamete, com uma periodicidade mesal, trimestral ou semestral. 3. O prémio ou fracção iicial é devido a data da celebração do cotrato, pelo que a eficácia deste depede do respectivo pagameto. 4. Os prémios ou fracções seguites são devidos a data idicada o aviso para pagameto respectivo. 5. Nos termos da lei, a falta de pagameto do prémio ou fracção iicial o cotrato cosidera-se resolvido desde o iício, ão produzido quaisquer efeitos. 6. A falta de pagameto do prémio de uma auidade subsequete ou da 1.ª fracção deste a data em que é devido, impede a prorrogação do cotrato, pelo que este ão se reovará. A falta de pagameto de qualquer outra fracção do prémio a data em que é devida, determia a resolução automática e imediata do cotrato essa mesma data. 7. A falta de pagameto, a data idicada o aviso, de um prémio adicioal, desde que este decorra de um pedido do Tomador do Seguro para alteração da garatia que ão implique agravameto do risco, determiará que a alteração fique sem efeito, matedo-se as codições cotratuais em vigor ateriormete àquele pedido, a meos que a subsistêcia do cotrato se revele impossível, caso em que se cosidera resolvido a data do vecimeto do prémio ão pago. 8. A falta de pagameto, a data idicada o aviso, de um prémio adicioal resultate de uma modificação do cotrato fudada um agravameto superveiete do risco, determia a resolução automática do cotrato essa data. 9. Não havedo alteração o risco, qualquer alteração do prémio aplicável ao cotrato apeas pode efectuar-se o vecimeto aual seguite. 10. A alteração do prémio por aplicação das boificações por ausêcia de siistros ou dos agravametos por siistralidade é aplicada o vecimeto seguite à data da costatação do facto. M RESPONSABILIDADE DO SEGURADOR EM CADA PERÍODO DE VIGÊNCIA DO CONTRATO 1. A resposabilidade do Segurador em cada período de vigêcia do cotrato está limitada ao valor do capital seguro, o qual correspoderá ao motate má ximo pelo qual o Segurador respode por período seguro, seja qual for o úmero de siistros e de lesados. 2. Tratado-se porém do Seguro Obrigatório de Resposabilidade Civil Automóvel, a resposabilidade do Segurador é limitada ao capital míimo obrigatório, em cada mometo em vigor, de acordo com o estabelecido os Artigos 12.º e 13.º do Decreto-Lei.º 291/2007, de 21 de Agosto. 3. No caso do Seguro Obrigatório de Resposabilidade Civil: a) Quado a idemização atribuída aos lesados for igual ou exceder o capital seguro, o Segurador ão respode pelas despesas judiciais; b) Quado a idemização atribuída aos lesados for iferior ao capital seguro, o Segurador respode pela idemização e pelas despesas judiciais até ao limite do capital seguro; c) Quado existirem vários lesados pelo mesmo siistro com direito a idemizações que, a sua globalidade, excedam o motate do capital seguro, os direitos dos lesados cotra o Segurador reduzem-se proporcioalmete até à cocorrêcia daquele motate; d) O Segurador que, de boa fé e por descohecimeto da existêcia de outras pretesões, tiver liquidado a um lesado uma idemização de valor superior à que lhe competiria os termos do úmero aterior, ão fica obrigado para com os outros lesados seão até perfazer a parte restate do capital seguro. 4. No que respeita ao Seguro Automóvel Facultativo, a resposabilidade do Segurador fica limitada ao capital seguro, idicado as Codições Particulares, para as coberturas efectivamete cotratadas. 5. Após a ocorrêcia de um siistro, o valor seguro para as coberturas de subscrição facultativa, ficará, até ao vecimeto do cotrato, automaticamete reduzido do motate correspodete às idemizações pagas, sem prejuízo de o Tomador do Seguro poder propor a reposição do valor seguro, ficado esta depedete da aceitação do Segurador. N RECLAMAÇÕES O Segurador dispõe de uma uidade orgâica específica para receber, aalisar e dar resposta às reclamações efectuadas, sem prejuízo de poder ser requerida a iterveção do Istituto de Seguros de e da possibilidade de recurso à arbitragem. O AUTORIDADE DE SUPERVISÃO Istituto de Seguros de. P LEI APLICÁVEL A lei aplicável ao cotrato, é a lei portuguesa. 13/13

INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS

INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS A. SEGURADOR PROTEÇÃO DA ATIVIDADE INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS Fidelidade - Companhia de Seguros, S.A.. B. PRODUTO Liber 3G Empresas. C. COBERTURAS E CAPITAIS SEGUROS

Leia mais

Seguro Auto Montepio Flex Coberturas e Garantias

Seguro Auto Montepio Flex Coberturas e Garantias Quadro síntese das Coberturas/Garantias Coberturas Módulo "S" Módulo "M" Módulo "L" Special Leasing Special Pesados Special Ciclom. e Motoc. Responsabilidade Civil 6.000.000,00 50.000.000,00 6.000.000,00

Leia mais

0 0 4 5 Seguro Auto 2 Rodas Proposta / Alteração Ramo Comp Apólice Nº Antes do preenchimento da presente proposta leia atentamente as informações pré-contratuais em anexo não aplicáveis a alterações Imposição

Leia mais

ficha de produto automóvel

ficha de produto automóvel ficha de produto automóvel O que é? O Seguro de Automóvel é um seguro que visa garantir o pagamento de indemnizações dos prejuízos sofridos em consequência direta das coberturas e com os limites de indemnização

Leia mais

1. O Cartão ACP Master...2. 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2

1. O Cartão ACP Master...2. 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2 GUIA DO UTILIZADOR Cartão ACP Master Ídice 1. O Cartão ACP Master...2 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2 3. O que fazer em caso de perda, furto, roubo ou extravio do cartão...3 4. Ode

Leia mais

Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos.

Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. Ficha técnica 1. TOMADOR DO SEGURO / SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. São considerados familiares directos: - o cônjuge, desde que viva em

Leia mais

SEGURO AUTOMÓVEL. Qual a importância do Seguro Automóvel?

SEGURO AUTOMÓVEL. Qual a importância do Seguro Automóvel? SEGURO AUTOMÓVEL Qual a importância do Seguro Automóvel? O proprietário ou o condutor de um veículo são responsáveis pelos prejuízos que este possa causar e, em caso de acidente, podem incorrer em graves

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO LIBER 3G PARTICULARES (LIVRE)

PROPOSTA DE SEGURO LIBER 3G PARTICULARES (LIVRE) PROTEÇÃO DE BENS PROPOSTA DE SEGURO LIBER 3G PARTICULARES (LIVRE) PREENCHER A CANETA PRETA A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM RESPONDIDOS

Leia mais

Seguro Moto Informações pré-contratuais

Seguro Moto Informações pré-contratuais Seguro Moto Informações pré-contratuais Ramo: Seguro Automóvel Informações pré-contratuais, nos termos do decreto-lei nº 72/2008 de 16 de abril e do decreto-lei nº 291/2007 de 21 de agosto. Entidade de

Leia mais

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais).

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais). 1 FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Esta ficha de

Leia mais

Dispensa e Redução de Contribuições

Dispensa e Redução de Contribuições Dispesa Temporária do Pagameto de Cotribuições Dec - Lei º 89/95, de 6 de Maio Dec - Lei º 34/96, de 18 de Abril Dec - Lei º 51/99, de 20 de Fevereiro Lei º 103/99, de 26 de Julho Taxa Cotributiva Dec

Leia mais

protec ligeiros INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS (nos termos do Decreto-Lei n.º 72/2008, de 16 de Abril)

protec ligeiros INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS (nos termos do Decreto-Lei n.º 72/2008, de 16 de Abril) protec ligeiros INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS (nos termos do Decreto-Lei n.º 72/2008, de 16 de Abril) Entidade de Supervisão Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, com sede na Av. da República,

Leia mais

ficha de produto automóvel 2Rodas

ficha de produto automóvel 2Rodas ficha de produto automóvel 2Rodas O que é? O Seguro auto 2Rodas é um seguro que visa garantir o pagamento de indemnizações dos prejuízos sofridos em consequência direta das coberturas e com os limites

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO LIBER 3G PARTICULARES (PLANOS)

PROPOSTA DE SEGURO LIBER 3G PARTICULARES (PLANOS) PROTEÇÃO DE BENS PROPOSTA DE SEGURO LIBER G PARTICULARES (PLANOS) PREENCHER A CANETA PRETA A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM RESPONDIDOS

Leia mais

Liber 3G PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL PARTICULAR (PLANOS)

Liber 3G PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL PARTICULAR (PLANOS) Liber 3G PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL PARTICULAR (PLANOS) A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM RESPONDIDOS NA ÍNTEGRA. TRATANDO-SE DE

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia. de 21 de Abril de 2004. que cria o título executivo europeu para créditos não contestados

Jornal Oficial da União Europeia. de 21 de Abril de 2004. que cria o título executivo europeu para créditos não contestados 30.4.2004 L 143/15 REGULAMENTO (CE) N. o 805/2004 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 21 de Abril de 2004 que cria o título executivo europeu para créditos ão cotestados O PARLAMENTO EUROPEU E O CONSELHO

Leia mais

Seguro Moto. Condições Gerais, Especiais e Particulares

Seguro Moto. Condições Gerais, Especiais e Particulares Seguro Moto Condições Gerais, Especiais e Particulares ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS PARTE I TUDO SOBRE A COBERTURA DE RESPONSABILIDADE CIVIL OBRIGATÓRIA E, NOS CASOS EXPRESSAMENTE ASSINALADOS, ALGO SOBRE AS

Leia mais

Seguro Automóvel. Condições Gerais, Especiais e Particulares

Seguro Automóvel. Condições Gerais, Especiais e Particulares Seguro Automóvel Condições Gerais, Especiais e Particulares ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS PARTE I TUDO SOBRE A COBERTURA DE RESPONSABILIDADE CIVIL OBRIGATÓRIA E, NOS CASOS EXPRESSAMENTE ASSINALADOS, ALGO SOBRE

Leia mais

Morada: Código Postal: - Morada: Código Postal: - Morada: Código Postal: - N.º de Sinistros com nos Últimos 5 anos: Tomador do seguro/ Segurado

Morada: Código Postal: - Morada: Código Postal: - Morada: Código Postal: - N.º de Sinistros com nos Últimos 5 anos: Tomador do seguro/ Segurado AUTOMÓVEL MÓBIS PROPOSTA DE SEGURO Seguro Novo Alteração Apólice Sucursal Colaborador Mediador 207074605 Banco Comercial Português SA TOMADOR DO SEGURO Morada: Código Postal: Data de Nascimento: Sexo:

Leia mais

protec 2 rodas INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS (nos termos do Decreto-Lei n.º 72/2008, de 16 de Abril)

protec 2 rodas INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS (nos termos do Decreto-Lei n.º 72/2008, de 16 de Abril) protec 2 rodas INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS (nos termos do Decreto-Lei n.º 72/2008, de 16 de Abril) Entidade de Supervisão Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, com sede na Av. da República,

Leia mais

Seguro Automóvel Informações pré-contratuais

Seguro Automóvel Informações pré-contratuais Seguro Automóvel Informações pré-contratuais Ramo: Seguro Automóvel Informações pré-contratuais, nos termos do decreto-lei nº 72/28 de 6 de abril e do decreto-lei nº 29/27 de 2 de agosto. Entidade de supervisão:

Leia mais

1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos.

1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. Ficha técnica 1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. São considerados familiares directos: - o cônjuge, desde que viva em carácter

Leia mais

Cert. Provisório n.º. Duração do Contrato: 1 Ano e Seguintes. Temporário. Fax Local de Trabalho

Cert. Provisório n.º. Duração do Contrato: 1 Ano e Seguintes. Temporário. Fax Local de Trabalho Proposta de Seguro Cert. Provisório n.º Domiciliação Bancária Sim (*) Não (*) Impresso anexo Documento Interno N.º Apólice n.º Mediador Cobrador N.º N.º Duração do Contrato: 1 Ano e Seguintes Temporário

Leia mais

Seguro GNB Auto Guia de Produto

Seguro GNB Auto Guia de Produto Fórmulas e Coberturas Coberturas Auto Essencial Auto Standard Auto Maxi Responsabilidade Civil ( 6.000.000 1 ) Assistência em Viagem Proteção dos Ocupantes Quebra Isolada de Vidros Choque, Colisão e Capotamento

Leia mais

uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor

uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor segurtrade motor Segurtrade - Motor é uma solução de protecção para a sua empresa, direccionada para pequenas e médias

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS SEGUROS ASSOCIADOS AO CARTÃO DE DÉBITO PRESTIGE

CONDIÇÕES ESPECIAIS SEGUROS ASSOCIADOS AO CARTÃO DE DÉBITO PRESTIGE CONDIÇÕES ESPECIAIS SEGUROS ASSOCIADOS AO CARTÃO DE DÉBITO PRESTIGE 1.1. Seguros - Definições Validade A validade dos Seguros associados ao Cartão de Débito Prestige para cada Pessoa Segura, começa com

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS (PLANOS)

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS (PLANOS) PROTEÇÃO DA ATIVIDADE PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS (PLANOS) PREENCHER A CANETA PRETA A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA

Leia mais

Zurich seguro grossista

Zurich seguro grossista Zurich seguro grossista Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente Apólice nº. Regulado pela Lei Portuguesa: Cliente Associado Mediador Gestor de egócio Linha

Leia mais

LIBERTY VELA FICHA DE PRODUTO

LIBERTY VELA FICHA DE PRODUTO FICHA DE PRODUTO O Liberty Vela é um Seguro de Embarcações Particulares de Recreio que garante os danos de Pequenas é Medias Embarcações à Vela, dos respectivos ocupantes, bem como danos causados a terceiros.

Leia mais

Embarcações de Recreio

Embarcações de Recreio Produto Âmbito Cliente-Alvo Embarcações de Recreio Com a experiência que faz da MAPFRE líder ibérica no Seguro de Embarcações de Recreio, esta solução inovadora e atractiva, garante a responsabilidade

Leia mais

N.º contribuinte / Pessoa colectiva

N.º contribuinte / Pessoa colectiva Zurich pharma Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente n.º Cliente Associado Mediador Gestor de egócio Apólice nº. Linha de egócio egmento Alvo Contrato

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL. Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil.

CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL. Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil. CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL ARTIGO 1 DEFINIÇÕES USUÁRIO: Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil. BENEFICIÁRIO: Entende-se

Leia mais

INFORMAÇÕES PRÉCONTRATUAIS

INFORMAÇÕES PRÉCONTRATUAIS DMI_IPRT03_JAN2015 INFORMAÇÕES PRÉCONTRATUAIS www.ipronto.pt A - SEGURADOR VIA DIRECTA Companhia de Seguros, S.A., empresa de Seguros, legalmente autorizada para a exploração do Seguro Obrigatório de Responsabilidade

Leia mais

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial SIME Sistema de Icetivos à Moderização Empresarial O presete documeto pretede fazer um resumo da Portaria.º 687/2000 de 31 de Agosto com as alterações itroduzidas pela Portaria.º 865-A/2002 de 22 de Julho,

Leia mais

Proposta de Seguro Automóvel

Proposta de Seguro Automóvel Proposta de Seguro Automóvel N.º Mediador Cód. Prot. VC D. Com % Motivo: NOVO ALTERAÇÃO * Substituição de Veículo DATA DE ENTRADA EC Visto Data Aprovação N.º Apólice N.º Cotação Cert. Prov. Seguro/Carta

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS (PLANOS)

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G EMPRESAS (PLANOS) PROTEÇÃO DA ATIVIDADE PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL EMPRESAS (PLANOS) PREENCHER A CANETA PRETA A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM RESPONDIDOS

Leia mais

Informações Pré-Contratuais Seguro Automóvel Obrigatório e Facultativo

Informações Pré-Contratuais Seguro Automóvel Obrigatório e Facultativo Informações Pré-Contratuais Seguro Automóvel Obrigatório e Facultativo DMI_Auto05JAN2015 A - SEGURADOR VIA DIRECTA Companhia de Seguros, S.A., empresa de seguros, legalmente autorizada para a exploração

Leia mais

Zurich cabeleireiro seguro

Zurich cabeleireiro seguro Zurich cabeleireiro seguro Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente nº. Cliente Associado Mediador Gestor de egócio Apólice nº. Linha de egócio egmento

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G PARTICULARES (PLANOS)

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G PARTICULARES (PLANOS) PROTEÇÃO DE BENS PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL LIBER 3G PARTICULARES (PLANOS) PREENCHER A CANETA PRETA A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E AMBIENTE Instituto do Ambiente PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENTE

MINISTÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E AMBIENTE Instituto do Ambiente PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENTE MINISÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENO DO ERRIÓRIO E AMBIENE Istituto do Ambiete PROCEDIMENOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENE Abril 2003 . Equadrameto O presete documeto descreve a metodologia a seguir

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS OTL SEGURO DESPORTIVO

PROPOSTA DE SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS OTL SEGURO DESPORTIVO PROPOSTA DE SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS OTL SEGURO DESPORTIVO A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM RESPONDIDOS NA ÍNTEGRA OU INUTILIZADOS,

Leia mais

FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel

FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel 1 FICHA DE PRDUT Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Esta ficha de

Leia mais

CLÁUSULA 47.ª- CERTIFICADO DE TARIFAÇÃO... 22 CLÁUSULA 48.ª- PAGAMENTO DO PRÉMIO... 22 CLÁUSULA 49.ª FALTA DE PAGAMENTO DO PRÉMIO... 22 CLÁUSULA 50.

CLÁUSULA 47.ª- CERTIFICADO DE TARIFAÇÃO... 22 CLÁUSULA 48.ª- PAGAMENTO DO PRÉMIO... 22 CLÁUSULA 49.ª FALTA DE PAGAMENTO DO PRÉMIO... 22 CLÁUSULA 50. SEGURO AUTOMÓVEL... 3 CONDIÇÕES GERAIS... 3 CLÁUSULA PRELIMINAR... 3 CAPÍTULO I... 3 DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 CLÁUSULA 1.ª - ÂMBITO DA APÓLICE... 3 CLÁUSULA 2.ª- CELEBRAÇÃO DO CONTRATO DE SEGURO... 3 CLÁUSULA

Leia mais

SOS LIGHT E BASE CONDIÇÃO ESPECIAL ASSISTÊNCIA EM VIAGEM. www.ipronto.pt

SOS LIGHT E BASE CONDIÇÃO ESPECIAL ASSISTÊNCIA EM VIAGEM. www.ipronto.pt www.ipronto.pt CLÁUSULA PRELIMINAR - DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS Na parte não especificamente regulamentada, aplicam-se a esta Condição Especial as Condições Gerais do Seguro Automóvel Facultativo. CLÁUSULA

Leia mais

SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782. 808 29 39 49 fidelidade.

SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782. 808 29 39 49 fidelidade. PROTEÇÃO PESSOAL E FAMILIAR SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782 808 29 39 49 fidelidade.pt Fidelidade - Companhia de Seguros,

Leia mais

SEGURO MULTIRISCOS VIVACASA

SEGURO MULTIRISCOS VIVACASA SEGURO MULTIRISCOS VIVACASA Passe um risco por cima das preocupações e da insegurança! Roubos, incêndios, inundações, calamidades, etc. o mal que tudo isso acarreta, não acontece só aos outros. Ao subscrever

Leia mais

MANUAL TÉCNICO F.P. AIKIDO

MANUAL TÉCNICO F.P. AIKIDO MANUAL TÉCNICO F.P. AIKIDO (Versão 1.2015) Modalidade: Tomador de Seguro: Acidentes Pessoais Grupo Federação Portuguesa de Aikido Apólice: 29019875 Companhia: Açoreana Seguros S.A Contactos: Av. Duque

Leia mais

Contra todos ou só contra terceiros segure-se ao melhor preço

Contra todos ou só contra terceiros segure-se ao melhor preço Contra todos ou só contra terceiros segure-se ao melhor preço Porquê a MAPFRE? Sistematicamente com melhores prazos de regularização de sinistros, pelo Instituto de Seguros de Portugal Relação qualidade/preço

Leia mais

O Cartão de Crédito Millennium bim Visa oferece-lhe ainda um excelente pacote de seguros, concebido especialmente a pensar em si e na sua protecção.

O Cartão de Crédito Millennium bim Visa oferece-lhe ainda um excelente pacote de seguros, concebido especialmente a pensar em si e na sua protecção. Seguros O Cartão de Crédito Millennium bim Visa oferece-lhe ainda um excelente pacote de seguros, concebido especialmente a pensar em si e na sua protecção. CARTÃO GOLD CARTÃO CLASSIC LIMITE FRANQUIA LIMITE

Leia mais

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico.

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico. CALIBRAÇÃO DE MEDIDAS MATERIALIZADAS DE VOLUME PELO MÉTODO GRAVIMÉTRICO NORMA N o 045 APROVADA EM AGO/03 N o 01/06 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Resposabilidade 4 Documetos Complemetes 5 Siglas

Leia mais

1. Prestação do serviço de reboque ao abrigo da cobertura de assistência em viagem

1. Prestação do serviço de reboque ao abrigo da cobertura de assistência em viagem Estimado(a) Cliente, É com grande satisfação que a Açoreana Seguros, S.A. lhe dá as boas-vindas ao Pontual Auto. Estamos seguros que o nosso serviço vai fazer toda a diferença. Junto encontra a informação

Leia mais

Zurich agência de viagens

Zurich agência de viagens Zurich agência de viagens Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente nº. Cliente Associado Mediador Gestor de egócio Apólice nº. Linha de egócio egmento Alvo

Leia mais

Faculdade de Engenharia Investigação Operacional. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu

Faculdade de Engenharia Investigação Operacional. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu Programação Diâmica Aula 3: Programação Diâmica Programação Diâmica Determiística; e Programação Diâmica Probabilística. Programação Diâmica O que é a Programação Diâmica? A Programação Diâmica é uma técica

Leia mais

Apólice N.º AG50001063 SEGURO DE CARTÕES DE DÉBITO PARA NÃO RESIDENTES DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 205

Apólice N.º AG50001063 SEGURO DE CARTÕES DE DÉBITO PARA NÃO RESIDENTES DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 205 ARTIGO PRELIMINAR Entre a FIDELIDADE - COMPANHIA DE SEGUROS, S.A., adiante designada por Segurador, e a Caixa Geral de Depósitos, S.A., adiante designada por Tomador do Seguro, estabelece-se o presente

Leia mais

N AUTO WOMAN DP Responsabilidade Civil (1)(2) X X X. Assistência em Viagem e Proteção Jurídica (3) X X X. Quebra Isolada de Vidros (5) O X X

N AUTO WOMAN DP Responsabilidade Civil (1)(2) X X X. Assistência em Viagem e Proteção Jurídica (3) X X X. Quebra Isolada de Vidros (5) O X X 1 FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Esta ficha de

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS PROTECÇÃO JURÍDICA SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS APÓLICE 84.10.071839

CONDIÇÕES ESPECIAIS PROTECÇÃO JURÍDICA SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS APÓLICE 84.10.071839 CONDIÇÕES ESPECIAIS PROTECÇÃO JURÍDICA SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS APÓLICE 84.10.071839 As presentes Condições Especiais Protecção Jurídica articulam-se com o disposto nas Condições

Leia mais

SIMULAÇÕES DO DOCUMENTO

SIMULAÇÕES DO DOCUMENTO SIMULAÇÕES DO DOCUMENTO Seguro Auto...2 Seguro Multi-Riscos Habitação...5 Seguro Acidentes Pessoais...7 Seguro Responsabilidade Civil...9 Seguro Viagem...11 Seguro Auto A Accive Insurance oferece-lhe diferentes

Leia mais

a taxa de juros i está expressa na forma unitária; o período de tempo n e a taxa de juros i devem estar na mesma unidade de tempo.

a taxa de juros i está expressa na forma unitária; o período de tempo n e a taxa de juros i devem estar na mesma unidade de tempo. UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5151 MATEMÁTICA FINACEIRA I PROF. FERNANDO GUERRA. UNIDADE 3 JUROS COMPOSTOS Capitalização composta. É aquela em que a taxa de juros icide sempre sobre o capital

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET

MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET 20 MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET CONTRATANTE: TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO, iscrito o CNPJ/MF sob o.º 00.509.968/0001-48, sediado a Praça dos Tribuais Superiores, bloco D, s/.º,

Leia mais

Temos N Soluções para si! N AUTO COOL RC

Temos N Soluções para si! N AUTO COOL RC 1 FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Temos N Soluções

Leia mais

Pessoa Segura os Clientes do Grupo EDP enquanto aderentes ao edp5d.

Pessoa Segura os Clientes do Grupo EDP enquanto aderentes ao edp5d. Seguro de Assistência edp5d Guia de benefícios DEFINIÇÕES Para efeitos do presente contrato, entende-se por: Segurador a entidade legalmente autorizada para a exploração do SEGURO ASSISTÊNCIA EDP5D que,

Leia mais

VALOR HABITAR PROPOSTA ALTERAÇÃO PRODUTO. MRVAL Valor Habitar (alterações) MRVAL01 Valor Habitar +

VALOR HABITAR PROPOSTA ALTERAÇÃO PRODUTO. MRVAL Valor Habitar (alterações) MRVAL01 Valor Habitar + DATA APROVAÇÃO: / / D. COM.: VSTO: CÓD. PROTOCOLO CLENTE / TOMADOR DE SEGURO VALOR HABTAR NOVO PROPOSTA ALTERAÇÃO PRODUTO MRVAL Valor Habitar (alterações) MRVAL01 Valor Habitar + DATA DE ENTRADA N.º APÓLCE

Leia mais

Podem ser contratadas outras coberturas, para além das obrigatórias?

Podem ser contratadas outras coberturas, para além das obrigatórias? SEGURO HABITAÇÃO Qual a importância do Seguro de Habitação? Os bens imóveis, tal como os móveis, estão sujeitos à ocorrência de eventos que lhes podem causar danos. Se não possuir um seguro válido, terá

Leia mais

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS Miistério do Plaejameto, Orçameto e GestãoSecretaria de Plaejameto e Ivestimetos Estratégicos AJUSTE COMPLEMENTAR ENTRE O BRASIL E CEPAL/ILPES POLÍTICAS PARA GESTÃO DE INVESTIMENTOS PÚBLICOS CURSO DE AVALIAÇÃO

Leia mais

CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS APÓLICE UNIFORME SEGURO AUTOMÓVEL Condições Gerais ARTIGO PRELIMINAR Entre a NOSSA NOVA SOCIEDADE DE SEGUROS DE ANGOLA, S.A., adiante designada por Seguradora, e o Tomador de Seguro, mencionado nas Condições

Leia mais

Temos N Soluções para si!

Temos N Soluções para si! 1 FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Esta ficha de

Leia mais

SEGURO AUTOMÓVEL MANUAL LIBER Junho de 2007

SEGURO AUTOMÓVEL MANUAL LIBER Junho de 2007 SEGURO AUTOMÓVEL MANUAL LIBER * Propriedade da Companhia de Seguros Fidelidade-Mundial, S.A., acesso e uso confidencial reservados ao utilizador da medinet (marca registada), a funcionários da Companhia

Leia mais

Autoridade Bancária e de Pagamentos de Timor-Leste

Autoridade Bancária e de Pagamentos de Timor-Leste Autoridade Bancária e de Pagamentos de Timor-Leste Banking and Payments Authority of Timor-Leste Av a Bispo Medeiros, PO Box 59, Dili, Timor-Leste Tel. (670) 3 313 718, Fax. (670) 3 313 716 RESOLUÇÃO DO

Leia mais

N.º contribuinte / Pessoa colectiva

N.º contribuinte / Pessoa colectiva Zurich super Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente n.º Cliente Associado Mediador Gestor de egócio Apólice nº. Linha de egócio egmento Alvo Contrato

Leia mais

PONTUAL AUTO SEGURO AUTOMÓVEL

PONTUAL AUTO SEGURO AUTOMÓVEL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL PONTUAL AUTO SEGURO AUTOMÓVEL 1. SEGURADOR Açoreana Seguros, S.A. Sede: Largo da Matriz 45 / 52 Apartado 186 9501 922 Ponta Delgada Serviços Centrais: Av. Duque de Ávila, 171

Leia mais

RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS

RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS ART 1 o OBJECTO DO SEGURO Pela presente Condição Especial fica garantida,

Leia mais

Veículos Ligeiros Proposta de Seguro

Veículos Ligeiros Proposta de Seguro Proposta de Seguro SEGURO NOVO ALTERAÇÃO (PREENCHER APENAS OS DADOS A ALTERAR, EXCEPTO NO QUADRO "COBERTURAS E CAPITAIS SEGUROS") N.º APÓLICE N.º COTAÇÃO N.º CERTIFICADO MATRÍCULA - - TOMADOR DO SEGURO

Leia mais

Qual a importância do seguro automóvel?

Qual a importância do seguro automóvel? Qual a importância do seguro automóvel? O proprietário ou o condutor de um veículo são responsáveis pelos prejuízos que este possa causar e em caso de acidente podem ter de pagar indemnizações elevadas.para

Leia mais

Novo Alteração Código Cliente Proposta nº 48/ Data de Início Apólice nº Agente - - / Nº ISP. Vencimento anual - Campanha Comercial Nº BCN

Novo Alteração Código Cliente Proposta nº 48/ Data de Início Apólice nº Agente - - / Nº ISP. Vencimento anual - Campanha Comercial Nº BCN Av. Fontes Pereira de Melo, nº 6-11º 1069-001 Lisboa Fax: 21 355 33 00 Centro de Contacto Liberty Seguros: 808 243 000 / +351 213 124 300 (no estrangeiro) http://www.libertyseguros.pt PROPOSTA DE SEGURO

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO POUPANÇA AUTO PREENCHER A CANETA PRETA

PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO POUPANÇA AUTO PREENCHER A CANETA PRETA POUPANÇA E INVESTIMENTO PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO PREENCHER A CANETA PRETA SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO 3 0 ALTERAÇÃO À APÓLICE Nº (*) AGÊNCIA/AGENTE Nº FM IB CONTA COBRANÇA Nº (*) PREENCHER

Leia mais

Zurich seguro hotelaria

Zurich seguro hotelaria Zurich seguro hotelaria Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente nº. Cliente Associado Mediador Gestor de egócio Apólice nº. Linha de egócio egmento Alvo

Leia mais

Zurich Auto. Condições Gerais. Parte I Do Seguro Obrigatório de Responsabilidade Civil Automóvel

Zurich Auto. Condições Gerais. Parte I Do Seguro Obrigatório de Responsabilidade Civil Automóvel Zurich Auto Condições Gerais Parte I Do Seguro Obrigatório de Responsabilidade Civil Automóvel Cláusula preliminar Entre a Zurich Insurance plc - Sucursal em Portugal, adiante designada por Zurich, e o

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL TRADICIONAL VELOCÍPEDES SEM MOTOR PREENCHER A CANETA PRETA

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL TRADICIONAL VELOCÍPEDES SEM MOTOR PREENCHER A CANETA PRETA PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL TRADICIONAL VELOCÍPEDES SEM MOTOR PREENCHER A CANETA PRETA A ACEITAÇÃO DO SEGURO AQUI PROPOSTO SÓ PODE SER CONSIDERADA DESDE QUE TODOS OS CAMPOS DA PROPOSTA SEJAM RESPONDIDOS

Leia mais

PROJECTO. Artigo 1.º. Objecto

PROJECTO. Artigo 1.º. Objecto PROJECTO NORMA REGULAMENTAR N.º X/2007-R, de [...] SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS MEDIADORES DE SEGUROS O Decreto-Lei n.º 144/2006, de 31 de Julho, que procedeu a uma revisão global

Leia mais

Zurich Auto Particulares / Empresas

Zurich Auto Particulares / Empresas Zurich Auto Particulares / Empresas Condições Pré-Contratuais A Zurich Insurance plc - Sucursal em Portugal, entidade legalmente autorizada a exercer a atividade seguradora, com representação permanente

Leia mais

Sistematicamente com melhores prazos de regularização de sinistros, pelo Instituto de Seguros de Portugal

Sistematicamente com melhores prazos de regularização de sinistros, pelo Instituto de Seguros de Portugal segure-se ao melhor preço Porquê a MAPFRE? Sistematicamente com melhores prazos de regularização de sinistros, pelo Instituto de Seguros de Portugal Relação qualidade/preço reconhecida por entidades externas

Leia mais

MANUAL DE BENEFÍCIOS HDI SEGURO AUTOMÓVEL

MANUAL DE BENEFÍCIOS HDI SEGURO AUTOMÓVEL MANUAL DE BENEFÍCIOS HDI SEGURO AUTOMÓVEL ASSISTÊNCIA 24 HORAS VEÍCULO ÔNIBUS / MICRO ÔNIBUS / VANS 01/agosto/2013 1 DISPOSIÇÕES GERAIS Este é um guia completo dos benefícios oferecidos pela HDI Seguros

Leia mais

PARECER SOBRE A PROVA DE MATEMATICA FINANCEIRA CAGE SEFAZ RS

PARECER SOBRE A PROVA DE MATEMATICA FINANCEIRA CAGE SEFAZ RS PARECER SOBRE A PROVA DE MATEMATICA FINANCEIRA CAGE SEFAZ RS O coteúdo programático das provas objetivas, apresetado o Aexo I do edital de abertura do referido cocurso público, iclui etre os tópicos de

Leia mais

Zurich Auto Condições pré-contratuais

Zurich Auto Condições pré-contratuais Zurich Auto Condições pré-contratuais A Zurich Insurance plc - Sucursal em Portugal, entidade legalmente autorizada a exercer a atividade seguradora, com representação permanente em Portugal, na Rua Barata

Leia mais

Zurich hotel seguro. Proposta de Seguro (preencher com maiúsculas) Identificação do Tomador do Seguro. Identificação do Segurado.

Zurich hotel seguro. Proposta de Seguro (preencher com maiúsculas) Identificação do Tomador do Seguro. Identificação do Segurado. Zurich hotel seguro Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente n.º Cliente Associado Mediador Gestor de egócio Apólice nº. Linha de egócio egmento Alvo Contrato

Leia mais

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05 ÍNDICE Condições Gerais.03 Artigo 1º Definições.03 Artigo 2º Objecto do Contrato.03 Artigo 3º Garantias do Contrato.03 Artigo 4º Âmbito Territorial.03 Artigo 5º Exclusões.03 Artigo 6º Início e Duração

Leia mais

SEGURO ESPECIAL VIAGEM

SEGURO ESPECIAL VIAGEM SEGURO ESPECIAL VIAGEM Sempre que viajar, deve fazê-lo com segurança! Mesmo que não possa adquirir a sua viagem com o Cartão Unibanco, o Especial Viagem permite-lhe subscrever um seguro sem burocracias,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL

CONDIÇÕES GERAIS. Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL CONDIÇÕES GERAIS Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL CONDIÇÕES GERAIS Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL 3 DEFINIÇÕES DISPOSIÇÕES FUNDAMENTAIS

Leia mais

INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL - ÁREA DO DESPORTO

INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL - ÁREA DO DESPORTO A. SEGURADOR PROTEÇÃO DA ATIVIDADE INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL - ÁREA DO DESPORTO Fidelidade - Companhia de Seguros, S.A., entidade legalmente autorizada para

Leia mais

Veículos Ligeiros Proposta de Seguro

Veículos Ligeiros Proposta de Seguro Proposta de Seguro SEGURO NOVO ALTERAÇÃO (PREENCHER APENAS OS DADOS A ALTERAR, EXCEPTO NO QUADRO "COBERTURAS E CAPITAIS SEGUROS") N.º APÓLICE N.º COTAÇÃO N.º CERTIFICADO MATRÍCULA - - TOMADOR DO SEGURO

Leia mais

CG Automóvel 10/7 06/07/10 15:55 Page 1 Condições Gerais

CG Automóvel 10/7 06/07/10 15:55 Page 1 Condições Gerais PARTE I DO SEGURO OBRIGATÓRIO DE RESPONSABILIDADE CIVIL AUTOMÓVEL ARTIGO PRELIMINAR Entre a Real Seguros, S.A., adiante designada por Seguradora, e o Tomador de Seguro, mencionado nas Condições Particulares,

Leia mais

Seguro Embarcações de Recreio

Seguro Embarcações de Recreio Seguro Embarcações de Recreio CONDIÇÕES GERAIS ARTIGO PRELIMINAR Entre a NOSSA NOVA SOCIEDADE DE SEGUROS DE ANGOLA, S.A., adiante abreviadamente referida por Seguradora, e o Tomador do Seguro mencionado

Leia mais

uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços

uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços segurtrade serviços Segurtrade - Serviços é uma solução de protecção, desenvolvida para pequenas e médias empresas que exercem

Leia mais

APÓLICE UNIFORME DO SEGURO OBRIGATÓRIO DE RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS POR INSTALAÇÕES DE GÁS CONDIÇÕES GERAIS

APÓLICE UNIFORME DO SEGURO OBRIGATÓRIO DE RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS POR INSTALAÇÕES DE GÁS CONDIÇÕES GERAIS APÓLICE UNIFORME DO SEGURO OBRIGATÓRIO DE RESPONSABILIDADE CIVIL POR DANOS CAUSADOS POR INSTALAÇÕES DE GÁS CONDIÇÕES GERAIS ARTIGO PRELIMINAR Entre a Companhia de Seguros Tranquilidade, S.A., adiante designada

Leia mais

POPULAR AUTO Boletim Informativo

POPULAR AUTO Boletim Informativo PPULAR AUT 1. que é o Popular Auto? Popular Auto é um seguro para veículos ligeiros (até 9 lugares e/ou até 3.500kg de peso bruto) de passageiros, mistos e de mercadorias e para uso particular, profissional

Leia mais

Zurich Comércio Tradicional

Zurich Comércio Tradicional Zurich Comércio Tradicional Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas a tracejado a preencher pela Zurich. Assinale com uma cruz X os casos aplicáveis. Cliente nº. Cliente Associado Mediador Gestor

Leia mais

NORMA REGULAMENTAR N.º 18/2007-R, de 31 de Dezembro SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS MEDIADORES D E SEGUROS

NORMA REGULAMENTAR N.º 18/2007-R, de 31 de Dezembro SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS MEDIADORES D E SEGUROS Não dispensa a consulta do regulamento publicado em Diário da República NORMA REGULAMENTAR N.º 18/2007-R, de 31 de Dezembro SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS MEDIADORES D E SEGUROS O Decreto-Lei

Leia mais

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente.

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente. Dowloadig % 99 SYSTEM Dowloadig % 71 % 25 Dowloadig % 25 % 16 % 88 START % 29 % 06 Dowloadig % 34 Dowloadig % 23 % 16 % 48 % 65 Dowloadig % 75 Dowloadig % 23 MAN TeleMatics. O camiho para uma frota eficiete.

Leia mais

Curso MIX. Matemática Financeira. Juros compostos com testes resolvidos. 1.1 Conceito. 1.2 Período de Capitalização

Curso MIX. Matemática Financeira. Juros compostos com testes resolvidos. 1.1 Conceito. 1.2 Período de Capitalização Curso MI Matemática Fiaceira Professor: Pacífico Referêcia: 07//00 Juros compostos com testes resolvidos. Coceito Como vimos, o regime de capitalização composta o juro de cada período é calculado tomado

Leia mais