Earnings Release 1T14

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Earnings Release 1T14"

Transcrição

1

2 Belo Horizonte, 20 de maio de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro nos segmentos de empréstimos consignados, cartões de crédito e pré-pagos, crédito para pequenas e médias empresas (Middle Market) e operações de câmbio, divulga seus resultados relativos ao 1º trimestre de As informações financeiras e operacionais a seguir se referem à companhia controladora (BANCO). Destaques do período O Bonsucesso manteve, no 1T14, a estratégia adotada em 2013 de fortalecer sua plataforma de cartões cartões de crédito consignado, cartão pré-pago e cartão empresarial e, ao mesmo tempo, restringir os empréstimos consignados aos convênios mais seguros e rentáveis, além de promover uma desalavancagem de sua carteira de crédito total (on e off balance).os destaques do período foram: O Lucro Líquido no 1T14 foi de R$ 16,7 milhões; O Patrimônio Líquido atingiu R$ 402,5 milhões no encerramento do 1T14; O Índice de Basileia fechou em 18,4% e o Índice de Nível I e de Capital Principal ficaram em 12,8%; O Índice de Eficiência no 1T14 apresentou uma melhora de 16,5 p.p. ante o 1T13, com as despesas representando 48,4% das receitas apuradas; A Carteira de Crédito On Balance fechou em R$ milhões. Os Ativos Totais atingiram R$ milhões enquanto a Captação Total fechou o trimestre em R$ milhões. Principais Indicadores Balanço Patrimonial (R$ Milhões) 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Carteira de Crédito on balance 1.676, ,4-16,2% 2.405,5-30,3% Carteira de Crédito off balance - Outras IFs 224,1 285,0-21,4% 537,0-58,3% Carteira de Crédito off balance - FIDCs 91,5 106,3-13,9% 361,4-74,7% Carteira de Crédito Total 1.992, ,7-16,7% 3.303,9-39,7% Ativos Totais 2.767, ,9-5,1% 3.422,4-19,1% Depósitos a Prazo 1.262, ,0-4,7% 1.422,3-11,2% Depósitos Totais 1.389, ,0-3,9% 1.526,3-9,0% Patrimônio Líquido 402,5 385,8 4,3% 374,6 7,4% Captação Total 2.412, ,6-10,4% 3.857,7-37,5% Resultado (R$ Milhões) 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Resultado Bruto da Intermediação Financeira 105,9 121,0-12,5% 56,5 87,4% Receitas com Prestação de Serviços 3,0 3,4-11,8% 5,3-43,4% Despesas de Pessoal (12,3) (14,3) -14,0% (12,7) -3,1% Despesas Administrativas (58,6) (63,3) -7,4% (55,1) 6,4% Lucro (Prejuízo) Líquido 16,7 18,7-10,7% (2,1) -895,2% Indicadores 1T14 4T13 Var. p.p 1T13 Var. p.p ROAA 2,4% 2,5% -0,1 p.p -0,2% 2,6 p.p ROAE 18,1% 20,9% -2,8 p.p -2,2% 20,3 p.p Índice de Eficiência 48,4% 50,7% -2,3 p.p 64,9% -16,5 p.p Índice de Basileia 18,4% 18,6% -0,2 p.p 16,1% 2,3 p.p Índice do Nível I 12,8% 12,4% 0,44 p.p N/A Índice do Capital Principal 12,8% 12,4% 0,44 p.p N/A Margem Financeira Líquida 23,3% 22,8% 0,5 p.p 12,6% 10,7 p.p Inadimplência (atraso superior a 90 dias) 9,0% 7,8% 1,2 p.p 5,3% 3,7 p.p Banco Bonsucesso S.A. 2

3 Desempenho Financeiro Resultado Contábil No 1T14, o resultado do Banco foi de R$ 16,7 milhões. Resultado da Intermediação Financeira O resultado bruto da intermediação financeira totalizou R$ 105,9 milhões no 1T14, com crescimento de 87,4% em relação ao 1T13 (R$ 56,5 milhões), e 12,5% menor que o do 4T13 (R$ 121,0 milhões). Resultado da Intermediação Financeira (R$ Milhões) 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Receitas da intermediação financeira 211,3 241,8-12,6% 166,3 27,1% Operações de crédito 127,5 149,3-14,6% 158,2-19,4% Operações com títulos e valores mobiliários e aplicações interfinanceiras de liquidez 19,6 30,0-34,7% 8,0 145,0% Resultado de operações de câmbio 1,1 0,5 120,0% 0,1 1000,0% Operações de Venda ou de Transferência de Ativos Financeiros 63,1 62,0 1,8% 0,0 Despesas da intermediação financeira (105,4) (120,8) -12,7% (109,8) -4,0% Operações de captação no mercado (47,2) (45,6) 3,5% (39,9) 18,3% Operações de empréstimos e repasses 0,0 0,0 (0,1) -100,0% Operações de Venda ou de Transferência de Ativos Financeiros (24,4) (49,2) -50,4% (33,9) -28,0% Provisão para créditos de liquidação duvidosa (33,8) (26,0) 30,0% (35,9) -5,8% Resultado bruto da intermediação financeira 105,9 121,0-12,5% 56,5 87,4% A queda nas receitas com operações de crédito no 1T14 ante o 1T13 (-19,4%) e ante o 4T13 (-14,6%) foi causada pela redução da carteira rentável, devido às cessões de crédito com transferência substancial dos riscos realizadas a partir de junho de Estas cessões (venda de ativos financeiros) geraram uma receita de R$ 63,1 milhões no 1T14. As operações com TVM s e aplicações interfinanceiras de liquidez apresentaram um ganho de R$ 19,6 milhões no 1T14, valor 145,0% maior em relação ao 1T13 (R$ 8,0 milhões) e 34,7% menor ante o 4T13 (R$ 30,0 milhões). Essas variações são explicadas principalmente pelas operações de derivativos que compõem o hedge da captação externa, captação esta que, em contrapartida, provocou também uma variação no resultado de outras receitas operacionais e outras despesas operacionais devido à sua variação cambial e marcação a mercado. O aumento nas despesas de operações de captação no mercado, no 1T14 ante o 4T3 e o 1T13, decorreu do expressivo aumento da média mensal da taxa básica de juros, mais que compensando a redução do saldo médio dos passivos que geram estas despesas. As despesas registradas em operações de venda ou de transferência de ativos financeiros, que atingiram R$ 24,4 milhões no 1T14, apresentaram uma redução se comparadas com o 4T13 e com o 1T13, devido principalmente à queda do saldo médio de obrigações decorrentes de cessões com retenção substancial dos riscos (posteriores à Resolução CMN 3.533). Banco Bonsucesso S.A. 3

4 As despesas de provisão para crédito de liquidação duvidosa apresentaram um aumento de 30,0% entre o 4T13 e o 1T14, o que decorreu principalmente por uma base de comparação menor (afetada por uma renegociação de dívida com amortização significativa no segmento de Middle Market). Outras Receitas (Despesas) Operacionais As variações de outras receitas operacionais e de outras despesas operacionais se devem basicamente à variação cambial e à marcação a mercado da captação externa, compensadas pelo resultado dos swaps que servem de hedge para esta captação. Outras receitas (despesas) operacionais (R$ Milhões) 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Outras receitas (despesas) operacionais (79,4) (101,6) -21,9% (62,9) 26,2% Receitas de prestação de serviços 3,0 3,4-11,8% 5,3-43,4% Despesas de pessoal (12,3) (14,3) -14,0% (12,7) -3,1% Outras despesas administrativas (58,6) (63,3) -7,4% (55,1) 6,4% Despesas tributárias (9,2) (3,4) 170,6% (8,2) 12,2% Outras receitas operacionais 21,2 10,2 107,8% 13,8 53,6% Outras despesas operacionais (25,8) (35,9) -28,1% (10,7) 141,1% Resultado de participação em controladas 2,3 1,7 35,3% 4,7-51,1% Índice de Eficiência Operacional O índice de eficiência operacional apresentou uma melhora de 16,5 p.p no 1T14 ante o 1T13, fechando em 48,4%. Esta melhora se deveu ao crescimento de apenas 4,6% das despesas administrativas (pessoal e demais) e, principalmente, ao aumento do resultado bruto da intermediação financeira antes da provisão. Índice de Eficiência Operacional 64,9% 48,4% 1T13 1T14 Margem Financeira Líquida A margem financeira líquida atingiu 23,3% no 1T14, aumento de 10,7 p.p. ante 1T13, impactado pelo aumento do resultado bruto da intermediação financeira antes da provisão e pela redução da carteira média de crédito. Banco Bonsucesso S.A. 4

5 Margem Financeira Líquida (R$ Milhões) 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Ativos Rentáveis Médios 2.601, ,4-6,6% 3.074,7-15,4% Aplicações Interfinanceiras de liquidez, TVM e Derivativos 762,8 742,1 2,8% 741,6 2,9% Carteira de Crédito 1.838, ,3-10,1% 2.333,1-21,2% Resultado bruto da intermediação financeiras antes da provisão 139,7 147,0-5,0% 92,4 51,2% Resultado bruto da intermediação financeiras 105,9 121,0-12,5% 56,5 87,4% Provisão para crédito de liquidação duvidosa (33,8) (26,0) 29,8% (35,9) -5,9% Margem Financeira Líquida 23,3% 22,8% 0,5 p.p 12,6% 10,7 p.p Desempenho Operacional Evolução dos Ativos Os ativos totais do Banco fecharam o 1T14 em R$ 2,8 bilhões, refletindo a estratégia de desalavancagem promovida pela instituição. Evolução dos Ativos Totais (R$ Milhões) 3.422, , , , ,3 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Banco Bonsucesso S.A. 5

6 Carteira de Crédito Total A carteira de crédito total foi reduzida em 40% nos últimos 12 meses, em função das cessões de crédito com transferência substancial dos riscos ocorrida em 2013 e no 1T14. 3,3 bi 361,4 537,0 Evolução da Carteira de Crédito Total (R$ Milhões) 3,0 bi 2,7 bi 299,6 2,4 bi 447,1 237,6 106,3 356,4 285,0 2,0 bi 91,5 224, , , , , ,9 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Carteira de Crédito on balance Carteira de Crédito off balance - Outras IFs Carteira de Crédito off balance - FIDCs A redução foi maior nas carteiras off balance: -75% na de cessões para FIDC e -58% na de cessões para outras instituições financeiras. A redução das carteiras off-balance, que é resultado do processo de desalavancagem promovido pela instituição, é benéfica para o banco, já que essas carteiras não são fontes de receita para a instituição, mas geram despesas operacionais e de provisão, uma vez que o banco possui coobrigação no caso de inadimplência. Evolução da Carteira de Crédito Total (R$ Milhões) 3,3 bi 361,4 537,0-75% -58% -30% 2,0 bi 224,1 91, , ,9 1T13 Carteira de Crédito on balance 1T14 Carteira de Crédito off balance - Outras IFs Banco Bonsucesso S.A. 6

7 A carteira de crédito total está distribuída por produto conforme abaixo. Destaque para o crescimento da carteira de cartão de crédito, que fechou o trimestre com R$ 463,6 milhões, crescimento de 10,9% nos últimos 12 meses. A diminuição de 50,0% da carteira de crédito pessoal foi consequência das cessões com transferência substancial de riscos. Distribuição da Carteira Total (R$ Milhões) 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Carteira de Crédito Total 1.992, ,7-16,7% 3.303,9-39,7% Crédito pessoal Total 1.315, ,6-20,8% 2.631,0-50,0% Carteira de Crédito off balance - Outras IFs 224,1 285,0-21,4% 537,0-58,3% Carteira de Crédito off balance - FIDCs 91,5 106,3-13,9% 361,4-74,7% Carteira de Crédito on balance 999, ,3-21,3% 1.732,6-42,3% Capital de giro 187,0 260,9-28,3% 247,5-24,4% Finame 0,0 0,0 0,1-100,0% CDC - Pessoas físicas e jurídicas 23,9 15,6 53,2% 0,9 2555,6% Conta garantida 1,8 1,6 12,5% 2,6-30,8% Operações com cartões de crédito 463,6 451,2 2,7% 417,9 10,9% Outros 0,8 0,8 0,0% 3,9-79,5% A seguir, detalhamos a carteira de crédito total por nível de risco conforme resolução 2.682/99 do CMN, onde a redução da participação percentual do saldo das operações classificadas em A se deveu (i) à desalavancagem promovida pela instituição, com cessões com transferência substancial dos riscos e (ii) à restrição de atuação do banco, priorizando os convênios de crédito consignado mais seguros e rentáveis. Nível de Risco 1T14 4T13 1T13 (R$ Milhões) Volume % Part. Provisão Volume % Part. Provisão Volume % Part. Provisão AA 0,0 0,0% 0,0 0,0% 0,0 0,0% A 1.554,6 78,0% 7, ,9 79,8% 9, ,9 84,5% 14,4 B 109,4 5,5% 1,1 123,3 5,2% 1,2 127,0 3,8% 1,3 C 89,8 4,5% 2,7 106,4 4,4% 3,2 106,8 3,2% 3,2 D 57,4 2,9% 5,7 61,6 2,6% 6,2 79,0 2,4% 7,9 E 21,3 1,1% 6,4 28,0 1,2% 8,4 28,0 0,8% 8,5 F 13,6 0,7% 6,9 18,9 0,8% 9,5 44,6 1,3% 22,4 G 19,3 1,0% 13,5 13,4 0,6% 9,5 13,6 0,4% 9,7 H 127,1 6,4% 128,6 131,2 5,5% 133,0 114,0 3,5% 116,7 Total 1.992,5 100% 172, ,7 100% 180, ,9 100% 184,1 No gráfico a seguir, pode-se perceber que o índice de inadimplência total (atraso superior a 90 dias) segue de perto o índice da carteira de empréstimos consignados, já que esta representa cerca de 70% do portfólio. A inadimplência da carteira de crédito dirigida ao segmento de Middle Market está em 19,71%, após ter atingindo seu maior patamar no encerramento do 3T13. Banco Bonsucesso S.A. 7

8 Inadimplência por Segmento 33,31% 18,14% 18,91% 19,71% 13,66% 5,27% 6,34% 8,52% 7,80% 8,97% mar/13 jun/13 set/13 dez/13 mar/14 Inadimplência Total Empréstimo Consignado Middle Market Cartão de Crédito O crescimento do percentual de inadimplência dos empréstimos consignados se deu pelo efeito denominador redução do saldo da carteira total, em função das cessões com transferência substancial de riscos, uma vez que o saldo inadimplente até caiu no período. Empréstimo Consignado - evolução dos saldos 3.500, , , , ,0 121,1 122, , ,2 127, ,3 110,5 111, , ,9 140,0 120,0 100,0 80,0 60, ,0 40,0 500,0 20,0 0,0 MAR/2013 JUN/2013 SET/2013 DEZ/2013 MAR/2014 0,0 Carteira Total Carteira Indimplente A carteira do crédito consignado, no encerramento do período, tinha a seguinte distribuição, de acordo com o tipo de convênio: Crédito Consignado (R$ Milhões) Carteira de Crédito on balance Carteira de Crédito off balance - Outras IFs Carteira de Crédito off balance - FIDCs Total Var. % INSS 498,9 211,1 76,1 786,1 60,4% Federal 29,2 2,4 0,0 31,6 2,4% Estadual 287,3 8,7 11,4 307,4 23,6% Municipal 169,7 1,9 4,0 175,6 13,5% Privado 0,2 0,0 0,0 0,2 0,0% Total 985,3 224,1 91, ,9 100,0% Banco Bonsucesso S.A. 8

9 Captação A captação total atingiu o saldo de R$ 2,4 bilhões no final do 1T14, em linha com a necessidade de funding da instituição, que foi reduzida em função do processo de desalavancagem promovido nesse período. Captação (R$ Milhões) 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Depósitos a prazo 1.262, ,0-4,7% 1.422,3-11,2% Outros depósitos 126,4 120,0 5,3% 104,0 21,5% Captação externa 225,8 234,5-3,7% 215,7 4,7% Obrigações por operações vinculadas a cessão 378,6 508,5-25,5% 997,2-62,0% Outros 77,9 73,8 5,6% 86,3-9,7% Cessão de crédito com coobrigação - off balance 247,0 317,7-22,3% 623,4-60,4% Cessão de crédito FIDCs - off balance 94,3 112,1-15,9% 408,8-76,9% Total 2.412, ,6-10,4% 3.857,7-37,5% Patrimônio Líquido O Patrimônio Líquido fechou o trimestre com R$ 402,5 milhões. Evolução do Patrimônio líquido (R$ Milhões) 374,6 371,7 382,2 385,8 402,5 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Índice de Basileia O Índice de Basileia ficou em 18,4% no 1T14, bem acima do mínimo de 11% estabelecido pelo BACEN. Banco Bonsucesso S.A. 9

10 16,1% 17,2% 18,1% 18,6% 18,4% 11,0% 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Índice de Basiléia II Percentual mínimo exigido Ratings Agência Tipo Classificação / Perspectiva Data Escala Global e Moeda Local Moeda Estrangeira Escala Nacional Brasileira Moeda Estrangeira e Local Escala Nacional B2 / Negativa B2 / Negativa Ba1.br / Negativa B / Negativa BBB(bra) / Negativa maio/2013 setembro/2013 Índice RISKbank 9,77 dezembro/2013 Relações com Investidores Juliana Pentagna Guimarães Diretoria de Captação e Relações Internacionais Tel.: +55 (31) Banco Bonsucesso S.A. 10

11 Anexo I - Balanço Patrimonial em R$ mil ATIVO 31/03/ /12/ /03/2013 CIRCULANTE DISPONIBILIDADES APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ Aplicações no mercado aberto Aplicações em depósitos interfinanceiros TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS E INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS RELAÇÕES INTERFINANCEIRAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO Operações de crédito setor privado Operações de crédito vinculadas a cessão Provisão para créditos de liquidação duvidosa (97.288) ( ) (98.345) OUTROS CRÉDITOS OUTROS VALORES E BENS NÃO CIRCULANTE APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ Aplicações em depósitos interfinanceiros TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS E INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS OPERAÇÕES DE CRÉDITO Operações de crédito setor privado Operações de crédito vinculadas a cessão Provisão para créditos de liquidação duvidosa (27.474) (25.081) (26.647) OUTROS CRÉDITOS OUTROS VALORES E BENS INVESTIMENTOS Participação em controladas e coligadas Outros investimentos IMOBILIZADO DE USO Outras imobilizações de uso Depreciação acumulada (6.800) (6.455) (5.568) DIFERIDO Gastos de organização e expansão Amortização acumulada (8.356) (8.356) (8.293) INTANGÍVEL TOTAL DO ATIVO Banco Bonsucesso S.A. 11

12 Anexo I - Balanço Patrimonial em R$ mil (Continuação) Earnings Release 1T14 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO 31/03/ /12/ /03/2013 CIRCULANTE DEPÓSITOS Depósitos à vista Depósitos interfinanceiros Depósitos a prazo Outros depósitos RECURSOS DE ACEITES E EMISSÃO DE TÍTULOS RELAÇÕES INTERFINANCEIRAS RELAÇÕES INTERDEPENDÊNCIAS OBRIGAÇÕES POR EMPRÉSTIMOS E REPASSES Repasses no país - Instituições oficiais INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS OUTRAS OBRIGAÇÕES Cobranças e arrecadação de tributos e assemelhados Carteira de câmbio Fiscais e previdenciárias Negociação e intermediação de valores Dívidas subordinadas Diversas NÃO CIRCULANTE DEPÓSITOS Depósitos interfinanceiros Depósitos a prazo RECURSOS DE ACEITES E EMISSÃO DE TÍTULOS OBRIGAÇÕES POR EMPRÉSTIMOS E REPASSES Repasses no país - Instituições oficiais OUTRAS OBRIGAÇÕES Fiscais e previdenciárias Dívidas subordinadas Diversas RESULTADOS DE EXERCÍCIOS FUTUROS Rendas antecipadas PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social - de domiciliados no país Reservas de lucros Ajuste a valor de mercado - TVM (1.134) (1.141) (796) Lucros (Prejuízos) Acumulados (2.139) TOTAL DO PASSIVO E DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO Banco Bonsucesso S.A. 12

13 Anexo II - Demonstrativo de Resultado em R$ mil Demonstração de Resultado do Exercício 1T14 4T13 1T13 RECEITAS DA INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA Operações de crédito Resultado de operações com títulos e valores mobiliários e aplicações interfinanceiras de liquidez Resultado de operações de câmbio Operações de Venda ou de Transferência de Ativos Financeiros DESPESAS DA INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA ( ) ( ) ( ) Operações de captação no mercado (47.228) (45.584) (39.860) Operações de empréstimos e repasses (29) 44 (122) Operações de Venda ou de Transferência de Ativos Financeiros (24.409) (49.202) (33.936) Provisão para créditos de liquidação duvidosa (33.783) (26.036) (35.883) RESULTADO BRUTO DA INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA OUTRAS RECEITAS (DESPESAS) OPERACIONAIS (79.337) ( ) (62.988) Receitas de prestação de serviços Despesas de pessoal (12.255) (14.331) (12.665) Outras despesas administrativas (58.620) (63.266) (55.120) Despesas tributárias (9.179) (3.401) (8.229) Outras receitas operacionais Outras despesas operacionais (25.765) (35.856) (10.745) Resultado de participação em controladas RESULTADO OPERACIONAL ANTES DA TRIBUTAÇÃO SOBRE O LUCRO (6.484) Imposto de renda (6.146) (89) Contribuição social (3.691) (556) LUCRO (PREJUÍZO) LÍQUIDO DO PERÍODO (2.139) LUCRO (PREJUÍZO) LÍQUIDO POR LOTE DE MIL AÇÕES - R$ 278,28 311,88 (35,65) Banco Bonsucesso S.A. 13

14

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 A T I V O 31.12.2009 31.12.2008 ATIVO CIRCULANTE 77.677 45.278 DISPONIBILIDADES 46 45 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 1.641 314 APLICAÇÕES EM

Leia mais

PERMANENTE

PERMANENTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2009 E 2008 A T I V O 30.06.2009 30.06.2008 ATIVO CIRCULANTE 62.969 46.291 DISPONIBILIDADES 46 47 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 13.419 593 APLICAÇÕES EM

Leia mais

4º trimestre de 2010 BANCO ABC BRASIL

4º trimestre de 2010 BANCO ABC BRASIL 11 de fevereiro de 2011 BANCO ABC BRASIL Teleconferências 14 de fevereiro de 2011 Português 11h00 São Paulo / 8h00 US EST +55 (11) 2188-0155 Inglês 12h00 São Paulo / 9h00 US EST +55 (11) 2188-0155 1 866

Leia mais

Release de Resultados

Release de Resultados São Paulo, 14 de novembro de 2016 O Banco Sofisa S.A. (SFSA4), banco múltiplo, especializado na concessão de crédito para empresas de pequeno e médio porte, anuncia hoje seu resultado do 3º trimestre de

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

Resultados 2T17 2º trimestre de 2017

Resultados 2T17 2º trimestre de 2017 Resultados 2T17 2º trimestre de 2017 Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco PAN. Essas declarações estão baseadas

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 1S12 26 de Julho de 2012

Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 1S12 26 de Julho de 2012 Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 1S12 26 de Julho de 2012 INFORMAÇÃO Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. CNPJ /

DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. CNPJ / DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. BALANÇO PATRIMONIAL FINDO EM 31/12/2012 E 2011 EM R$ Mil A T I V O 31/12/2012 31/12/2011 ATIVO CIRCULANTE 12.353 2.888 DISPONIBILIDADE 2.718

Leia mais

Resultados do 1 Trimestre de 2017

Resultados do 1 Trimestre de 2017 Resultados do 1 Trimestre de 2017 Destaques Resultado (R$ Milhões) 1T17 4T16 Trim 12M Lucro Líquido Ajustado 4.648 4.385 6,0% 13,0% Margem Financeira de Juros 15.900 16.743 (5,0%) 7,9% Receitas de Prestação

Leia mais

Resultados Título da apresentação

Resultados Título da apresentação Resultados 2015 Título da apresentação Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco Pan. Essas declarações estão baseadas

Leia mais

INSTITUIÇÃO FINANCEIRA CREDIALIANÇA COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL Av. Castro Alves, Rolândia - PR CNPJ: /

INSTITUIÇÃO FINANCEIRA CREDIALIANÇA COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL Av. Castro Alves, Rolândia - PR CNPJ: / INSTITUIÇÃO FINANCEIRA CREDIALIANÇA COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL Av. Castro Alves, 1579 - Rolândia - PR CNPJ: 78.157.146/0001-32 BALANCETE PATRIMONIAL EM 31 DE MARÇO DE 2017 (valores expressos em milhares

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2004

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2004 BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2004 I. A EMPRESA O BNDES foi criado em 20 de junho de 1952, pela Lei n.º 1.628, como Autarquia

Leia mais

Relações interfinanceiras Pagamentos e recebimentos a liquidar. Créditos vinculados Relações com correspondentes

Relações interfinanceiras Pagamentos e recebimentos a liquidar. Créditos vinculados Relações com correspondentes BALANÇO PATRIMONIAL A T I V O (Em milhares de reais) Exercicios findos em 31.12.05 31.12.04 CIRCULANTE 165.642 131.171 Disponibilidades 1.840 324 Aplicações interfinanceiras de liquidez 57.817 76.474.

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados 1S10 em IFRS

Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados 1S10 em IFRS Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados 1S10 em IFRS 29 de Julho de 2010 Índice 2 1 Cenário Macroeconômico 2 Estratégia 3 Negócios 4 Resultado 5 Qualidade da Carteira de Crédito 6 Conclusões Cenário Macroeconômico

Leia mais

Banco Cruzeiro do Sul

Banco Cruzeiro do Sul Banco Cruzeiro do Sul Apresentação dos Resultados 4T09 Pontos de Destaque 4T09 No quarto trimestre de 2009 mantivemos a estratégia de crescimento de ativos de crédito não abandonando a atenção quanto à

Leia mais

Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013

Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013 Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013 Market Share Indicadores dez/09 dez/10 dez/11 dez/12 set/13 Ativo Total * 10º 11º 11º 11º 11º Patrimônio Líquido * 11º 12º 11º 11º 11º Depósitos Totais 8º 8º 8º 7º

Leia mais

Resultados R$ Milhões

Resultados R$ Milhões 1 Resultados R$ Milhões Lucro Líquido 2 Resultados R$ Milhões Lucro Líquido Ajustado CAGR: 13,6%aa CAGR: 30,1%aa 3 Resultados R$ Milhões Lucro Líquido Trimestral Recorrente 4 Resultados R$ Milhões Patrimônio

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011 BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011 ACTIVO 2012 2011 PASSIVO E FUNDOS PRÓPRIOS 2012 2011 DISPONIBILIDADES 142,881,801 121,846,458 DEPÓSITOS APLICAÇÕES DE LIQUIDEZ Depósitos à ordem 355,298,564

Leia mais

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total 10º 11º 11º 11º 11º Patrimônio Líquido 12º 11º 12º 11º 11º Depósitos Totais 8º 8º 8º 8º 7º Nº de Agências 7º 7º 7º 7º 7º Fonte: Banco

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO DO VALOR CONTÁBIL DAS AÇÕES DO CAPITAL DO BANCO ITAÚ S.A. NA DATA-BASE DE 30 DE SETEMBRO DE 2002.

LAUDO DE AVALIAÇÃO DO VALOR CONTÁBIL DAS AÇÕES DO CAPITAL DO BANCO ITAÚ S.A. NA DATA-BASE DE 30 DE SETEMBRO DE 2002. BANCO ITAÚ S.A. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO VALOR CONTÁBIL DAS AÇÕES DO CAPITAL DO BANCO ITAÚ S.A. NA DATA-BASE DE 30 DE SETEMBRO DE 2002. Av. Maria Coelho Aguiar, 215 Bloco A / 6º andar Centro Empresarial CEP

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.888 67.330 Fornecedores 4.797 8.340 Aplicações financeiras 3.341

Leia mais

Banco Cruzeiro do Sul. Apresentação Pública 4T08 Analistas & Investidores

Banco Cruzeiro do Sul. Apresentação Pública 4T08 Analistas & Investidores Banco Cruzeiro do Sul Apresentação Pública 4T08 Analistas & Investidores Abril 2009 História Banco Cruzeiro do Sul O Banco foi adquirido pela família Indio da Costa em 1993. A família Indio da Costa já

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ LOJAS AMERICANAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ LOJAS AMERICANAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2 Índice DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 1 Balanço Patrimonial Passivo 2 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração do Fluxo de Caixa 7 Demonstração das Mutações

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS 3º TRIMESTRE DE 2016

RESULTADOS CONSOLIDADOS 3º TRIMESTRE DE 2016 RESULTADOS CONSOLIDADOS 3º TRIMESTRE DE 2016 Diretoria de Relações com Investidores Gerência de Relações com Investidores Novembro/2016 Participação do BRB no Mercado (DF) 13% dos depósitos a prazo 21%

Leia mais

Resultados do 1 Trimestre de 2016

Resultados do 1 Trimestre de 2016 Resultados do 1 Trimestre de 2016 Destaques Lucro líquido ajustado registra R$ 4,113 bilhões, redução de 3,8% em relação ao 1T15 e ROAE (cálculo linear) atinge 17,5%; Margem financeira de juros evolui

Leia mais

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013 Elekeiroz S.. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013 Balanço patrimonial tivo Circulante Nota 31 de dezembro de 2013 31 de

Leia mais

Resultados 3º Trimestre 2012

Resultados 3º Trimestre 2012 Resultados 3º Trimestre 2012 jan/03 abr/03 jul/03 out/03 jan/04 abr/04 jul/04 out/04 jan/05 abr/05 jul/05 out/05 jan/06 abr/06 jul/06 out/06 jan/07 abr/07 jul/07 out/07 jan/08 abr/08 jul/08 out/08 jan/09

Leia mais

ÍNDICE. Balanços Patrimoniais 3. Demonstrações de Resultados 4. Demonstrações das Mutações 5. Demonstrações das Origens 5. Notas Explicativas 6

ÍNDICE. Balanços Patrimoniais 3. Demonstrações de Resultados 4. Demonstrações das Mutações 5. Demonstrações das Origens 5. Notas Explicativas 6 ÍNDICE BANCO IBI S.A. BANCO MÚLTIPLO Relatório da Administração 3 Balanços Patrimoniais 3 Demonstrações de Resultados 4 Demonstrações das Mutações 5 Demonstrações das Origens 5 Notas Explicativas 6 Diretoria

Leia mais

No segundo trimestre de 2015, ocorreu a transferência do controle societário da DEB Pequenas Centrais Hidrelétricas Ltda para a Companhia.

No segundo trimestre de 2015, ocorreu a transferência do controle societário da DEB Pequenas Centrais Hidrelétricas Ltda para a Companhia. COMENTÁRIO DO DESEMPENHO ECONÔMICO-FINANCEIRO PERÍODOS DE 1º DE ABRIL A 30 DE JUNHO DE 2015 E 2014 (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) No segundo trimestre de 2015, ocorreu a

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 1º Trimestre 2016 DFS/DEGC/DIRE/DIAN ABRIL/2016 RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAS DATAPREV COMPARATIVO 1T2015 X 1T2016 Responsáveis pela elaboração da apresentação: Jorge Sebastião

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 São Paulo, 30 de outubro de 2008. Confab Industrial S.A. (BOVESPA: CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes ao

Leia mais

APRESENTAÇÃO 2016 INSTITUCIONAL 1º 3º TRIMESTRE

APRESENTAÇÃO 2016 INSTITUCIONAL 1º 3º TRIMESTRE APRESENTAÇÃO 2016 INSTITUCIONAL 1º 3º TRIMESTRE Agenda O grupo Visão Geral do Paraná Banco Destaques Financeiros Destaques Operacionais Contatos 2 O Grupo O Grupo JMalucelli tem 50 anos de história. Taxa

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 Em cumprimento da alínea a) do art. 4º do Aviso nº15/07 de 12 de Setembro do Banco Nacional de Angola e após analise e aprovação do Conselho de Administração do BFA Banco de Fomento Angola, procedemos

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 DEPÓSITOS ,801. Depósitos à ordem. Depósitos a prazo OPERAÇÕES CAMBIAIS

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 DEPÓSITOS ,801. Depósitos à ordem. Depósitos a prazo OPERAÇÕES CAMBIAIS BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE E ACTIVO DISPONIBILIDADES 144 564 297 142.881,801 APLICAÇÕES DE LIQUIDEZ Operações no Mercado Monetário Interfinanceiro Operações de compra de títulos de terceiros

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS 1º SEMESTRE DE 2016

RESULTADOS CONSOLIDADOS 1º SEMESTRE DE 2016 RESULTADOS CONSOLIDADOS 1º SEMESTRE DE 2016 Diretoria de Relações com Investidores Gerência de Relações com Investidores Agosto/2016 Participação do BRB no Mercado (DF) 13% dos depósitos a prazo 21% dos

Leia mais

FINANCIAL HIGHLIGHTS. BESI Brasil S.A. Banco de Investimento. Resultados Financeiros (Não auditado) 30 de Junho de 2015 (Valores em milhares de reais)

FINANCIAL HIGHLIGHTS. BESI Brasil S.A. Banco de Investimento. Resultados Financeiros (Não auditado) 30 de Junho de 2015 (Valores em milhares de reais) FINANCIAL HIGHLIGHTS FINANCIAL HIGHLIGHTS BESI Brasil S.A. Banco de Investimento Resultados Financeiros (Não auditado) 30 de Junho de 2015 (Valores em milhares de reais) BESI Brasil S.A. - Banco de Investimento

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro trimestre de 2004

TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro trimestre de 2004 TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro trimestre de 2004 Publicação, 07 de maio de 2004 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Charles E. Allen TELEFONICA DATA

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

Sumário do Resultado 4T16

Sumário do Resultado 4T16 Sumário do Resultado Lucro Líquido Ajustado de R$ 7,2 bilhões O Banco do Brasil registrou Lucro Líquido Ajustado de R$ 7,2 bilhões em 2016, impactado principalmente pelo aumento da despesa de provisão.

Leia mais

Apresentação de Resultados 1 Trimestre de 2012

Apresentação de Resultados 1 Trimestre de 2012 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 1 Trimestre de 2012 Carteira de Crédito & Produtos 2 Carteira de Crédito Focada em Crédito Consignado Carteira de crédito de baixo risco, focada em

Leia mais

Sumário do Resultado 1T17

Sumário do Resultado 1T17 Sumário do Resultado 1T17 Sumário do Resultado Lucro Líquido Ajustado de R$ 2,5 bilhões O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 2,5 bilhões no 1T17, impactado principalmente pelo aumento

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS Versão : 2. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS Versão : 2. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 6 Demonstração do Resultado 9 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Resultados do 4º Trimestre de 2015 Teleconferência. Roberto Egydio Setubal Presidente e CEO

Resultados do 4º Trimestre de 2015 Teleconferência. Roberto Egydio Setubal Presidente e CEO Resultados do 4º Trimestre de 205 Teleconferência Roberto Egydio Setubal Presidente e CEO Destaques Lucro Líquido Recorrente Margem Financeira com Clientes:,% (4T5/3T5) e 5,6% (205/204) totalizou R$ 5,5

Leia mais

Caixa Econômica Federal Desempenho no 1º semestre de 2011

Caixa Econômica Federal Desempenho no 1º semestre de 2011 Caixa Econômica Federal Desempenho no 1º semestre de 2011 Apresentação De modo a subsidiar as federações e os sindicados de bancários em todo o País, apresentaremos os destaques das demonstrações financeiras,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ EMBRAER S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ EMBRAER S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Haitong Banco de Investimento do Brasil S.A.

Haitong Banco de Investimento do Brasil S.A. Haitong Banco de Investimento do Brasil S.A. Resultados Financeiros (Não auditado) 31 de Dezembro de 2015 (Valores em milhares de reais) Haitong Banco de Investimento do Brasil S.A. Av. Brigadeiro Faria

Leia mais

SOMOS Educação DR 2T17

SOMOS Educação DR 2T17 SOMOS Educação DR 2T17 São Paulo, 14 de agosto de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 2º trimestre de 2017 ( 2T17 ) e do primeiro semestre de 2017 ( 1S17 ). Os comentários

Leia mais

SOMOS Educação ER 1T17

SOMOS Educação ER 1T17 SOMOS Educação ER 1T17 1 São Paulo, 15 de maio de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 1º trimestre de 2017 ( 1T17 ). Os comentários aqui incluídos referem-se aos

Leia mais

Sumário Executivo. Highlights. 174 Análise Gerencial da Operação. Banco Itaú Holding Financeira S.A. R$ Milhões (exceto onde indicado)

Sumário Executivo. Highlights. 174 Análise Gerencial da Operação. Banco Itaú Holding Financeira S.A. R$ Milhões (exceto onde indicado) - Dezembro 2004 Highlights (exceto onde indicado) Demonstração do Resultado do Período 4º Trim./04 3º Trim./04 4º Trim./03 2004 2003 Lucro Líquido da Controladora 1.030 920 854 3.776 3.152 Margem Financeira

Leia mais

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

Earnings Release 3T13

Earnings Release 3T13 UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 3T13 E DOS 9M13 São Paulo, 12 de novembro de 2013 A UNIPAR CARBOCLORO S.A. (BM&FBOVESPA: UNIP3, UNIP5 e UNIP6) divulga hoje os resultados referentes ao terceiro

Leia mais

Rede de Atendimento e Market Share

Rede de Atendimento e Market Share Rede de Atendimento e Market Share Posicionamento Nacional Indicadores Dez/06 Dez/07 Dez/08 Dez/09 Dez/10 Set/11 Ativo Total 14º 14º 12º 10º 11º 11º Patrimônio Líquido 18º 14º 13º 11º 12º 11º Depósitos

Leia mais

Teleconferência sobre os Resultados do 1ºT/09

Teleconferência sobre os Resultados do 1ºT/09 1 Teleconferência sobre os Resultados do 1ºT/09 6 de maio de 2009 2 Destaques 1. Resultados: 1ºT/09: Lucro Líquido Recorrente de R$ 2.562 milhões, com crescimento de 9,5% em relação ao trimestre anterior;

Leia mais

Os Bancos nunca perdem

Os Bancos nunca perdem Boletim Econômico Edição nº 85 outubro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Os Bancos nunca perdem 1 Dados patrimoniais dos gigantes do Sistema Financeiro Nacional O total

Leia mais

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS fg 2º TRIMESTRE DE 2016 Retomada do crescimento de vendas totais e mesmas lojas, aliada a ganho consistente de market share no mercado total a. A receita líquida totalizou R$4,3 bilhões no 2T16, com retomada

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Relações com Investidores São Paulo, 27 de abril de 2016 Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados do 1º trimestre de 2016 (BR GAAP) 0 INFORMAÇÃO Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas

Leia mais

BANCO DO ESTADO DO PIAUÍ S/A - BEP. Teresina PI. Laudo de Avaliação

BANCO DO ESTADO DO PIAUÍ S/A - BEP. Teresina PI. Laudo de Avaliação BANCO DO ESTADO DO PIAUÍ S/A - BEP Teresina PI Laudo de Avaliação LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO DO BANCO DO ESTADO DO PIAUÍ S/A BEP EM 30 DE JUNHO DE 2008 GLOBAL AUDITORES INDEPENDENTES, sociedade

Leia mais

Com inadimplência e provisões sob controle, Santander Brasil alcança lucro líquido de R$ 1,7 bilhão NOTA DE IMPRENSA

Com inadimplência e provisões sob controle, Santander Brasil alcança lucro líquido de R$ 1,7 bilhão NOTA DE IMPRENSA NOTA DE IMPRENSA RESULTADOS 1º TRIMESTRE 2016 Com inadimplência e provisões sob controle, Santander Brasil alcança lucro líquido de R$ 1,7 bilhão Os bancos, no atual momento da economia, têm um papel fundamental,

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2006 São Paulo, 02 de maio de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes ao primeiro

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

ANEXO I MODELO DE PROJEÇÕES FINANCEIRAS BALANÇO PATRIMONIAL

ANEXO I MODELO DE PROJEÇÕES FINANCEIRAS BALANÇO PATRIMONIAL ANEXO I MODELO DE PROJEÇÕES FINANCEIRAS BALANÇO PATRIMONIAL (Valores em R$ mil) MÊS 1 MÊS 2 MÊS 3 MÊS N ATIVO ATIVO CIRCULANTE Disponível Aplicações Aplicações Vinculadas a Provisões Técnicas Aplicações

Leia mais

Movida - Divulgação de Resultados do 4T16 e 2016

Movida - Divulgação de Resultados do 4T16 e 2016 Índice Movida - Divulgação de Resultados do 4T16 e 2016 1. Aluguel de Carros (RAC) 2. Gestão e Terceirização de Frotas (GTF) 3. Seminovos 4. Resultado Financeiro 5. Lucro Líquido 6. Investimento Líquido

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004 Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004 Publicação, 26 de julho de 2004 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Charles E. Allen TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A., SP, Brasil.

Leia mais

Demonstrações Financeiras Consolidadas do Conglomerado Prudencial

Demonstrações Financeiras Consolidadas do Conglomerado Prudencial Demonstrações Financeiras Consolidadas do Conglomerado Prudencial Dezembro 2015 1 SUMÁRIO DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS... 3 BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO PRUDENCIAL... 4 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO CONSOLIDADO

Leia mais

TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado Acumulado para o ano findo em Dezembro de 2003

TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado Acumulado para o ano findo em Dezembro de 2003 TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado Acumulado para o ano findo em Dezembro de 2003 Publicação, 17 de fevereiro de 2004 (08 páginas) Para maiores informações, contatar: Charles E.

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Banco Cruzeiro do Sul S.A. - Em Liquidação Extrajudicial

Banco Cruzeiro do Sul S.A. - Em Liquidação Extrajudicial Banco Cruzeiro do Sul S.A. - Em Liquidação Extrajudicial C.N.P.J. nº 62.136.254/0001-99 Matriz: Rua Funchal nº 418-7º, 8º e 9º andares - São Paulo - CEP 04551-060 BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE

Leia mais

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros 2T17 Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17 carros Divulgação de Resultados 2T17 e 1S17 Frota em 30/06/2017: 151.750 carros Destaques Operacionais Diárias - Aluguel de Carros (mil) Destaques Financeiros Receita

Leia mais

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: /

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: / Informações Trimestrais 31/03/2016 Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: 16.670.085/0001 55 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Banco do Brasil: Destaques

Banco do Brasil: Destaques 4º Trimestre 2014 1 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias futuras

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS (DOAR)

DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS (DOAR) Page 1 of 6 DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS (DOAR) Até 31.12.2007, a Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR) era obrigatória para as companhias abertas e para as companhias

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER EMPR BRAS. DE AERONAUTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER EMPR BRAS. DE AERONAUTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ATIVO

ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL DOS SEMESTRES FINDOS EM 30 DE JUNHO CONTROLADORA CONSOLIDADO ATIVO CIRCULANTE Numerário disponível 5.803 1.361 17.311 8.292 Aplicações no mercado aberto 1.216.028 665.948 1.216.530

Leia mais

2

2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Controladora Consolidado ATIVO Jun 2009 Set 2009 Jun 2009 Set 2009 Circulante Disponibilidades 23,0 37,4 56,1 92,1 Contas a receber de clientes 62,8 72,8 114,2 125,9 Estoques

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. INFORME DE RESULTADOS EM BR GAAP - 4T15 27 de janeiro de 2016 1 ÍNDICE ÍNDICE ANÁLISE GERENCIAL DOS RESULTADOS - BR GAAP RESUMO DOS DADOS DO PERÍODO 03 ESTRATÉGIA 04 SUMÁRIO

Leia mais

Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2013

Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2013 Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de Apresentação da Teleconferência 19 de fevereiro de 2014 Favor ler cuidadosamente o aviso no início desta apresentação. Aviso Legal Esta apresentação foi preparada

Leia mais

PRESS RELEASE 3º Trimestre de 2011

PRESS RELEASE 3º Trimestre de 2011 PRESS RELEASE 3º Trimestre de 2011 BOMBRIL DIVULGA RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTE DE 2011 A Bombril S/A (Bovespa: BOBR4), com 63 anos de atividade, atuando no segmento de indústria de higiene e limpeza,

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 314 Fornecedores 36.047 Aplicações Financeiras 2.323 Provisão Férias

Leia mais

TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999.

TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999. Contatos: Walmir Urbano Kesseli Joana Dark Fonseca Serafim Telefone: (041)305-5447 Fax: (041)305-3074 E-mail: joana.serafim@telecelularsul.com.br Homepage: www.telecelularsul.com.br TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007 232 220 211 208 213 979 1.037 1.080 1.104 1.204 André Machado Mastrobuono Diretor Presidente, Financeiro e de Relações com Investidores Ricardo Antunes Agostini Diretor Executivo de Finanças Renata Pantoja

Leia mais

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações contábeis. Balanços patrimoniais. Demonstrações de resultados

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações contábeis. Balanços patrimoniais. Demonstrações de resultados Demonstrações financeiras 2012 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2012 1 Índice 3 4 8 10 12 14 16 67 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações contábeis Balanços patrimoniais Demonstrações de

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. INFORME DE RESULTADOS EM BR GAAP - 1T16 27 de abril de 2016 1 ÍNDICE ÍNDICE ANÁLISE GERENCIAL DOS RESULTADOS - BR GAAP RESUMO DOS DADOS DO PERÍODO 03 ESTRATÉGIA 04 SUMÁRIO

Leia mais

DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA

DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA Base Legal CPC 03 e Seção 07 da NBC TG 1.000 O presente auto estudo embasará os conceitos e procedimentos técnicos contemplados no CPC 03 (IFRS Integral) e na Seção 07

Leia mais

Título da apresentação. Apresentação Institucional

Título da apresentação. Apresentação Institucional Título da apresentação Apresentação Institucional Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco Pan. Essas declarações

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS 1º TRIMESTRE DE 2008 BANCO DO BRASIL S.A.

NOTAS EXPLICATIVAS 1º TRIMESTRE DE 2008 BANCO DO BRASIL S.A. NOTAS EXPLICATIVAS 1º TRIMESTRE DE 2008 BANCO DO BRASIL S.A. ÍNDICE I DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Balanço Patrimonial... 01 Demonstração do Resultado... 05 Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido...

Leia mais

Press Release. Terça-feira, 10/02/2009 Divulgação do Resultado do 4º Trimestre de 2008

Press Release. Terça-feira, 10/02/2009 Divulgação do Resultado do 4º Trimestre de 2008 Press Release Bovespa: BRSR3, BRSR5, BRSR6 Este Press Release pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1 Índice DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 1 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 8 Demonstração do Fluxo de Caixa 9 Demonstração das Mutações

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO CNPJ. 13.018.171/000190 BALANÇO PATRIMONIAL EM R$. 1,00 A T I V O 31.12.2007 31.12.2006 ATIVO CIRCULANTE 138.417.550 134.143.301 Caixa e Bancos 1.286.238 3.838.555

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2001

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2001 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox VP de Finanças e Diretor de Relações com Investidores Jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores Ldias@telepart.com.br

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Relações com Investidores São Paulo, 27 de julho de 2016 Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados do 2º trimestre de 2016 (BR GAAP) 0 INFORMAÇÃO Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas

Leia mais

ATIVO Nota PASSIVO Nota

ATIVO Nota PASSIVO Nota Balanços patrimoniais ATIVO Nota 2016 2015 PASSIVO Nota 2016 2015 CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa 165 528 Recursos a serem aplicados em projetos 7 23.836 23.413 Caixa e equivalentes

Leia mais

Título da apresentação. Apresentação Institucional

Título da apresentação. Apresentação Institucional Título da apresentação Apresentação Institucional Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco Pan. Essas declarações

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ODONTOPREV S.A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ODONTOPREV S.A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/27 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ATIVO NE 31/12/2013 31/12/2012 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2013 31/12/2012 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 85.142.911 86.881.544

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T16 e 2016

Teleconferência de Resultados 4T16 e 2016 Teleconferência de Resultados 4T16 e 2016 1 Destaques & Portfólio Destaques do 4T16 e 2016 BR Properties registra Lucro Líquido Ajustado (FFO) de R$74,6 milhões em 2016 A BR Properties registrou em 2016

Leia mais

Teleconferência. Resultados 4T13

Teleconferência. Resultados 4T13 Teleconferência Resultados 4T13 1 1 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais