IMPORTÂNCIA DA RELAÇÃO CÃO-IDOSO PARA APRIMORAMENTO DA QUALIDADE DE VIDA EM INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS NA CIDADE DE UBERLÂNDIA-MG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IMPORTÂNCIA DA RELAÇÃO CÃO-IDOSO PARA APRIMORAMENTO DA QUALIDADE DE VIDA EM INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS NA CIDADE DE UBERLÂNDIA-MG"

Transcrição

1 IMPORTÂNCIA DA RELAÇÃO CÃO-IDOSO PARA APRIMORAMENTO DA QUALIDADE DE VIDA EM INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS NA CIDADE DE UBERLÂNDIA-MG Natália Carvalho 1 Marcela Pena Costa 1 1 Cristiana Nelise de Paula Araujo 2 3 Paulo Roberto de Oliveira RESUMO: prolongando e aspectos relacionados com a gerontologia devem ser investigados. Nosso trabalho PALAVRAS-CHAVE: Gerontologia. Terapia. Importance of the dog-elderly relationship for improvement of quality of life in Institutions for Long Term Elderly Care in the city of Uberlândia-MG ABSTRACT: Animal-assisted therapy is a form of therapy that uses animals to promote the KEYWORDS: Therapy

2 INTRODUÇÃO Pet Therapy enfermidades.

3 130

4 131

5 132

6 A TAA pode ser aplicada em tratamentos diversos e tem apresentado resultados positivos em para o bem estar do ser humano. METODOLOGIA Universidade Federal de Uberlândia. Os animas foram diagnosticados saudáveis e não encontrando 133

7 riscos para os mesmos. RESULTADOS

8

9 CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS 136

10 Anais... Veterinária Notícia type. American Behavioral Scientist Between pets and people O ciclo vital Journal of Clinical Nursing Revista da Escola de Enfermagem USP A Pet Therapy American Journal of Critical Care Nursing Management Pet Facilitated Therapy in Correctional Institutions de Medicina Veterinária Saúde e Sociedade Diagnóstico e tratamento da doença de Alzheimer e outras demências. residents. Physical and occupational therapy in geriatrics Narha Strides

11 pelos domicílios no Brasil patient-nurse communication. Nursing. Terceira Idade agora tem terapeuta de estimação Mental Hygiene Medicina interna de pequenos animais. Interations Journal of the American Geriatrics Society humano. Temas de Hoy The bond Comunicação tem remédio Generations Jornal do Brasil UNESP / Botucatu utiliza zooterapia Treinamento de cuidadores familiares de idosos de alta dependência em acompanhamento domiciliário

USO DA ATIVIDADE ASSISTIDA POR ANIMAIS NA MELHORA DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

USO DA ATIVIDADE ASSISTIDA POR ANIMAIS NA MELHORA DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS USO DA ATIVIDADE ASSISTIDA POR ANIMAIS NA MELHORA DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS Camila Franco de Carvalho 1 Luciana Santos de Assis 2 2 RESUMO: e hamsters PALAVRAS-CHAVE: Medicina

Leia mais

Redalyc. Disponible en: http://redalyc.uaemex.mx/src/inicio/artpdfred.jsp?icve=84212107005

Redalyc. Disponible en: http://redalyc.uaemex.mx/src/inicio/artpdfred.jsp?icve=84212107005 Redalyc Sistema de Información Científica Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Yoshikawa Pongelupe, Talita; Henriques de Almeida Ferraz, Fernando; Ann Raposo, Jennifer;

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELO BEM ESTAR E SAÚDE ANIMAL NO GRUPO DE CONVIVÊNCIA DA UNIVERSIDADE ABERTA A MATURIDADE, EM CAMPINA GRANDE/PB

EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELO BEM ESTAR E SAÚDE ANIMAL NO GRUPO DE CONVIVÊNCIA DA UNIVERSIDADE ABERTA A MATURIDADE, EM CAMPINA GRANDE/PB EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELO BEM ESTAR E SAÚDE ANIMAL NO GRUPO DE CONVIVÊNCIA DA UNIVERSIDADE ABERTA A MATURIDADE, EM CAMPINA GRANDE/PB Luana da Silva Barbosa ¹ Alfredo Rosas de Lima Júnior¹ Ana Carolina Bezerra¹

Leia mais

ESTUDO DAS PARASITOSES INTESTINAIS EM ALUNOS DA 5ª SÉRIE DO COLÉGIO DA POLICIA MILITAR (CPM) DE FEIRA DE SANTANA-BAHIA 3

ESTUDO DAS PARASITOSES INTESTINAIS EM ALUNOS DA 5ª SÉRIE DO COLÉGIO DA POLICIA MILITAR (CPM) DE FEIRA DE SANTANA-BAHIA 3 1 ESTUDO DAS PARASITOSES INTESTINAIS EM ALUNOS DA 5ª SÉRIE DO COLÉGIO DA POLICIA MILITAR (CPM) DE FEIRA DE SANTANA-BAHIA 3 Alcione Assunção Correia Danusa Sampaio Brandão Lycia Bárbara Ribeiro 4 RESUMO:

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 ESTIMATIVA DA POPULAÇÃO CANINA E FELINA NOS ANOS 2010 E 2013 E PERCEPÇÃO DAS PESSOAS QUANTO A GUARDA RESPONSÁVEL NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS - BAIRRO GUATUPÊ LUCAS GALDIOLI 1, RAFAELA FURIOSO

Leia mais

AUTOR(ES): CAMILA QUINTELLA GONÇALVES, RAFAEL MONTEIRO BORGES, VANESSA FURTADO REIS

AUTOR(ES): CAMILA QUINTELLA GONÇALVES, RAFAEL MONTEIRO BORGES, VANESSA FURTADO REIS TÍTULO: QUALIDADE DE VIDA DE CUIDADORES DE IDOSOS COM DEMÊNCIA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PSICOLOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU AUTOR(ES): CAMILA QUINTELLA

Leia mais

Famílias de Crianças com Doença Crónica: perceção de coesão familiar

Famílias de Crianças com Doença Crónica: perceção de coesão familiar Famílias de Crianças com Doença Crónica: perceção de coesão familiar Cláudia Oliveira 1 ; Beatriz Araújo 2 ; Vitor Rodrigues 3 Resumo perceção de coesão familiar em famílias com crianças com doença crónica.

Leia mais

Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade Saúde e Envelhecimento: Prevenção e Promoção CRP Novembro 2008. Instituto de Psiquiatria FMUSP

Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade Saúde e Envelhecimento: Prevenção e Promoção CRP Novembro 2008. Instituto de Psiquiatria FMUSP Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade Saúde e Envelhecimento: Prevenção e Promoção CRP Novembro 2008 Mônica Yassuda Mônica Sanches Yassuda Gerontologia EACH USP EACH USP Ambulatório de Psicogeriatria

Leia mais

A Institucionalização da Pessoa Idosa

A Institucionalização da Pessoa Idosa UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Ciências Sociais e Humanas A Institucionalização da Pessoa Idosa Ana Paula Leite Pereira de Carvalho Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Empreendedorismo e Serviço

Leia mais

O CUIDAR HUMANIZADO AO IDOSO: REVISÃO SISTEMÁTICA

O CUIDAR HUMANIZADO AO IDOSO: REVISÃO SISTEMÁTICA O CUIDAR HUMANIZADO AO IDOSO: REVISÃO SISTEMÁTICA Jéssyka Cibelly Minervina da Costa Silva (NEPB/UFPB) jessykacibelly@gmail.com Kalina Coeli Costa de Oliveira Dias (NEPB/UFPB) kalinacoeli@gmail.com Ana

Leia mais

Terapia fonoaudiológica assistida por cães: estudo de casos clínicos

Terapia fonoaudiológica assistida por cães: estudo de casos clínicos Terapia fonoaudiológica assistida por cães: estudo de casos clínicos Camila Mantovani Domingues / PUC-SP Maria Claudia Cunha / PUC-SP Palavras-chave: terapia assistida por animais, distúrbio de linguagem

Leia mais

Inclusão social de um paciente com déficit intelectual moderado por meio de repertório verbal

Inclusão social de um paciente com déficit intelectual moderado por meio de repertório verbal Seção Livre Inclusão social de um paciente com déficit intelectual moderado por meio de repertório verbal Desordens alimentares no desporto: situação atual e perspectivas futuras no estudo dos fatores

Leia mais

CUIDADOS PALIATIVOS:HISTÓRICO.

CUIDADOS PALIATIVOS:HISTÓRICO. CUIDADOS PALIATIVOS:HISTÓRICO. PINOTTI, Elaine Cristina 1 GAZZOLA, Ms.Rangel Antonio 2 RESUMO O objetivo deste estudo é apresentar como os cuidados paliativos podem promover o bem estar e a qualidade de

Leia mais

CUIDAR DE CUIDADORES: PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA CUIDADORES DE IDOSOS DEPENDENTES

CUIDAR DE CUIDADORES: PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA CUIDADORES DE IDOSOS DEPENDENTES CUIDAR DE CUIDADORES: PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA CUIDADORES DE IDOSOS DEPENDENTES Iuanda Silva Santos, Faculdades Integradas de Patos, yuanda_@hotmail.com; Rúbia Karine Diniz Dutra, Faculdades Integradas

Leia mais

Influência da fisioterapia assistida por animais em relação à cognição de idosos estudo de atualização

Influência da fisioterapia assistida por animais em relação à cognição de idosos estudo de atualização Recebido em 6 nov. 2007 / aprovado em 5 dez. 2007 Influência da fisioterapia assistida por animais em relação à cognição de idosos estudo de atualização Influence of physiotherapy assisted by animals in

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Disponível em: .

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Disponível em: <http://www.pubvet.com.br/texto.php?id=593>. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Disponível em: . Bem-estar animal em programas de zooterapia ou terapia assistida por animais Michele

Leia mais

ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil

ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil Pecelin, Aline; Ambrozio Furlan, Luciana; Marques Berbe, Andrea; Varkala Lanuez, Fernanda Influência da

Leia mais

ENFERMAGEM GERONTOGERIÁTRICA

ENFERMAGEM GERONTOGERIÁTRICA Belo Horizonte-MG Início Previsto: 20/03/2015* Aulas em um final de semana p/ mês: sexta - 18h / 22h sábado - 8h / 18h domingo - 8h / 16h *Início vinculado ao número mínimo de inscritos. PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

O acelerado ritmo de envelhecimento no Brasil cria novos desafios para a sociedade brasileira contemporânea. O envelhecimento ocorre num cenário de

O acelerado ritmo de envelhecimento no Brasil cria novos desafios para a sociedade brasileira contemporânea. O envelhecimento ocorre num cenário de Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte 12 a 15 de setembro de 2004 Programa de Melhoria da Qualidade de Vida dos Idosos Institucionalizados Área Temática de Saúde Resumo

Leia mais

A CONTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES DA TERAPIA OCUPACIONAL PARA O ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

A CONTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES DA TERAPIA OCUPACIONAL PARA O ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL A CONTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES DA TERAPIA OCUPACIONAL PARA O ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL TUTUMI, Marina Yuuko Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva OLIVEIRA, Odilene Ferreira Faculdade de Ciências

Leia mais

PSICOPATOLOGIAS E INSTITUIÇÕES ASILARES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA ENTIDADE ASSISTENCIAL. CANO, Lourdes Inez Fleitas 1

PSICOPATOLOGIAS E INSTITUIÇÕES ASILARES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA ENTIDADE ASSISTENCIAL. CANO, Lourdes Inez Fleitas 1 PSICOPATOLOGIAS E INSTITUIÇÕES ASILARES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA ENTIDADE ASSISTENCIAL CANO, Lourdes Inez Fleitas 1 REIS, Dayran Karam dos 2 TOMÉ, Marta Fresneda 3 RESUMO Este artigo tem por objetivo

Leia mais

INTERAÇÃO HUMANO-ANIMAL. Ceres Berger FARACO 1

INTERAÇÃO HUMANO-ANIMAL. Ceres Berger FARACO 1 INTERAÇÃO HUMANO-ANIMAL Ceres Berger FARACO 1 RESUMO - Nesta apresentação, discutem-se alguns aspectos da relação humano-animal e sua articulação com a Medicina Veterinária. Busca-se encorajar o diálogo

Leia mais

IV JORNADAS CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO FREQUÊNCIA DA DESNUTRIÇÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS COM DOENÇAS NEUROLÓGICAS. Monte da Caparica, 2015

IV JORNADAS CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO FREQUÊNCIA DA DESNUTRIÇÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS COM DOENÇAS NEUROLÓGICAS. Monte da Caparica, 2015 1 FREQUÊNCIA DA DESNUTRIÇÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS COM DOENÇAS NEUROLÓGICAS Rita Gomes 1, Diana Miranda 5, Paula Pereira 2, Catarina Godinho 2,3,5, Joaquim J. Ferreira 3,4, 1 Centro de Desenvolvimento

Leia mais

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO IDOSO NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA SOB A OTICA DO PROFISSIONAL

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO IDOSO NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA SOB A OTICA DO PROFISSIONAL 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO IDOSO NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA SOB A OTICA DO PROFISSIONAL Ruanna Gonçalves Holanda 1, Hellen Pollyanna

Leia mais

A Direcção, Dora Dias Susana Silva

A Direcção, Dora Dias Susana Silva A Mais Família é uma empresa recente, sediada no centro de Matosinhos. Somos uma empresa de APOIO DOMICILIÁRIO, tutelada pelo Instituto da Segurança Social, com o alvará nº 23/2011, prestando assistência

Leia mais

https://www.metodista.br/revistas/revistasipa/index.php/edh/issue/current

https://www.metodista.br/revistas/revistasipa/index.php/edh/issue/current Curso de Farmácia Matemática: Educação matemática pesquisa http://revistas.pucsp.br/index.php/emp/issue/archive Revista do professor de matemática Zetetiké http://www.fae.unicamp.br/zetetike/archive.php

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE PROPRIETÁRIOS DOS ANIMAIS DE COMPANHIA SOBRE HIGIENE ORAL

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE PROPRIETÁRIOS DOS ANIMAIS DE COMPANHIA SOBRE HIGIENE ORAL AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE PROPRIETÁRIOS DOS ANIMAIS DE COMPANHIA SOBRE HIGIENE ORAL ASSESSMENT OF KNOWLEDGE OF OWNERS OF PETS ON ORAL HYGIENE Camila de Castro NEVES 1, Celso Sanches BRACCIALLI 2, Alexandre

Leia mais

UNIVERSIDADE POTIGUAR UnP. SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS SIB UnP. PERIÓDICOS SIB UnP (ASSINATURAS VIGENTES) PERIÓDICOS GERAIS

UNIVERSIDADE POTIGUAR UnP. SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS SIB UnP. PERIÓDICOS SIB UnP (ASSINATURAS VIGENTES) PERIÓDICOS GERAIS UNIVERSIDADE POTIGUAR UnP SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS SIB UnP PERIÓDICOS SIB UnP (ASSINATURAS VIGENTES) PERIÓDICOS GERAIS Diário de Natal http://www.diariodenatal.com.br Diária Todos Jornal de Hoje

Leia mais

PERFIL COGNITIVO DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS EM FRANCISCO SÁ/MG E SÃO ROMÃO/MG

PERFIL COGNITIVO DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS EM FRANCISCO SÁ/MG E SÃO ROMÃO/MG Perfil cognitivo de idosos institucionalizados em Francisco Sá/MG e São Romão/MG 70 PERFIL COGNITIVO DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS EM FRANCISCO SÁ/MG E SÃO ROMÃO/MG COGNITIVE PROFILESOF INSTITUTIONALIZED

Leia mais

Por uma história do velho ou do envelhecimento no Brasil

Por uma história do velho ou do envelhecimento no Brasil Por uma história do velho ou do envelhecimento no Brasil Rodrigo Heleno de Barros* Edmundo de Paula Gomes Junior** RESUMO Palavras chaves: ABSTRACT Keywords: 75 1 INTRODUÇÃO 76 77 Psicologia: interfaces

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA Unidade Dias e Horários Período

Leia mais

curso de licenciatura em terapia da fala departamento de ciências da comunicação e linguagem

curso de licenciatura em terapia da fala departamento de ciências da comunicação e linguagem curso de licenciatura em terapia da fala departamento de ciências da comunicação e linguagem o que faz um terapeuta da fala? um terapeuta da fala... promove a qualidade da comunicação, fala, linguagem,

Leia mais

AEEASG Portugal CALENDÁRIO DE ATIVIDADES, 2012

AEEASG Portugal CALENDÁRIO DE ATIVIDADES, 2012 JANEIRO 17-18 Abertura do EY 2012 European Year of Active Ageing and Solidarity between Generations EU, Presidência Dinamarquesa FEVEREIRO AEEASG Portugal Comissão Nacional e Equipa Entidades da sociedade

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: CUIDADO A PESSOAS COM PERDAS FUNCIONAIS E DEPENDÊNCIA E SUAS FAMÍLIAS NO AMBIENTE DOMICILIAR 1

RELATO DE EXPERIÊNCIA: CUIDADO A PESSOAS COM PERDAS FUNCIONAIS E DEPENDÊNCIA E SUAS FAMÍLIAS NO AMBIENTE DOMICILIAR 1 RELATO DE EXPERIÊNCIA: CUIDADO A PESSOAS COM PERDAS FUNCIONAIS E DEPENDÊNCIA E SUAS FAMÍLIAS NO AMBIENTE DOMICILIAR 1 ROBAINA, Marianne Lopes 2 ; GOMES, Tais Falcão 3 ; FERRAZ, Saul 4 ; BUDÓ, Maria de

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org.

PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org. PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org.br ÍNDICE FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO CUIDADOR... 01 a 03 CUIDADOR...

Leia mais

Enfermeira. Unidade Local Saúde Nordeste. 3

Enfermeira. Unidade Local Saúde Nordeste. 3 X CONGRESO HISPANO-LUSO DE PSICOGERONTOLOGÍA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO RESIDENTE EM MEIO RURAL Eugénia Maria Garcia Jorge Anes 1 Maria de Fátima Pereira Geraldes 2 Adília Maria Pires da Silva

Leia mais

TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS (TAA)

TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS (TAA) TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS (TAA) MACHADO, Juliane De Abreu Campos ROCHA, Jessé Ribeiro SANTOS, Luana Maria Discentes da Faculdade de Medicina Veterinária de Garça / SP, FAMED/ FAEF PICCININ. Adriana

Leia mais

Participar de uma Liga Acadêmica faz alguma diferença? Aline Thomaz Soares Ex-Ligante da Liga Acadêmica de Geriatria e Gerontologia de Goiás

Participar de uma Liga Acadêmica faz alguma diferença? Aline Thomaz Soares Ex-Ligante da Liga Acadêmica de Geriatria e Gerontologia de Goiás Participar de uma Liga Acadêmica faz alguma diferença? Aline Thomaz Soares Ex-Ligante da Liga Acadêmica de Geriatria e Gerontologia de Goiás Goiás, 2003 Gamia, FMUSP inicio em 1984 1997 Fundação da Liga

Leia mais

2002 Revisão de literatura, porém não descrito o método no artigo. 2002 Artigo de revista sem descrição de método. 2006 Estudo exploratóriodescritivo

2002 Revisão de literatura, porém não descrito o método no artigo. 2002 Artigo de revista sem descrição de método. 2006 Estudo exploratóriodescritivo DESAFIOS DE ENFERMAGEM: ATENDIMENTO DOMICILIAR A PACIENTES COM DEMÊNCIA Aristófenes Rolim de Holanda; Rosyara Lopes Vieira Sá; Aryslane Júlia Andrade Lustosa; Luis Henrique Rodrigues Nunes; Francisco Júnior

Leia mais

Doença de Alzheimer: uma visão epidemiológica quanto ao processo de saúde-doença.

Doença de Alzheimer: uma visão epidemiológica quanto ao processo de saúde-doença. Doença de Alzheimer: uma visão epidemiológica quanto ao processo de saúde-doença. Bruno Araújo da Silva Dantas¹ bruno_asd90@hotmail.com Luciane Alves Lopes² lucianesevla.l@gmail.com ¹ ²Acadêmico(a) do

Leia mais

Pessoas com deficiência em Uberlândia

Pessoas com deficiência em Uberlândia Pessoas com deficiência em Uberlândia Na década de 1980, questões relativas às pessoas com deficiência começaram a ser contempladas nas políticas públicas. De lá para cá, houve avanços. Existe uma legislação

Leia mais

A ANIMATHERAPY. Diretrizes. Missão. Visão. Valores

A ANIMATHERAPY. Diretrizes. Missão. Visão. Valores A ANIMATHERAPY Idealizada pela apaixonada por cães Themis Regina Kogitzki, a AnimaTherapy oferece serviços de massoterapia e mioterapia canina em domicílio, além de cursos de massoterapia canina para tutores

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização JOURNAL OF SPECIALIZED NURSING CARE

Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização JOURNAL OF SPECIALIZED NURSING CARE NEPAE-NESEN Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização JOURNAL OF SPECIALIZED NURSING CARE 2008 Cuidados Intensivos Métodos Dialíticos e Transplante COORDENAÇÃO/EDITORIA Prof. Dra. Isabel Cruz isabelcruz@uol.com.br

Leia mais

COMO DEFINIR E APLICAR A POLÍTICA DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

COMO DEFINIR E APLICAR A POLÍTICA DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM COMO DEFINIR E APLICAR A POLÍTICA DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Julho/ 2011 Definição de Política: Como Definir e Aplicar a Política da Assistência de Enfermagem - Conjunto dos fenômenos e das práticas

Leia mais

EXPERIÊNCIA ACADÊMICA COM O USO DE PACIENTE-PADRÃO EM SIMULAÇÃO NO ENSINO EM ENFERMAGEM: UMA REFLEXÃO ÉTICA

EXPERIÊNCIA ACADÊMICA COM O USO DE PACIENTE-PADRÃO EM SIMULAÇÃO NO ENSINO EM ENFERMAGEM: UMA REFLEXÃO ÉTICA EXPERIÊNCIA ACADÊMICA COM O USO DE PACIENTE-PADRÃO EM SIMULAÇÃO NO ENSINO EM ENFERMAGEM: UMA REFLEXÃO ÉTICA Wanda Barbosa de Assis Vieira 1 Raphael Raniere de Oliveira Costa 2 Soraya Maria de Medeiros

Leia mais

MODELO PERIODICOS PARA O SITE

MODELO PERIODICOS PARA O SITE MODELO PERIODICOS PARA O SITE LINK PERIODICOS SIB/UNP APRESENTAÇÃO: Neste local estão dispostos as relações, em ordem alfabética, dos periódicos Nacionais e Internacionais assinados e vigentes pelas Unidades

Leia mais

TÍTULO: CORRELAÇÃO ENTRE COGNIÇÃO E FUNCIONALIDADE EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE

TÍTULO: CORRELAÇÃO ENTRE COGNIÇÃO E FUNCIONALIDADE EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE TÍTULO: CORRELAÇÃO ENTRE COGNIÇÃO E FUNCIONALIDADE EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA AUTOR(ES):

Leia mais

Relato de Experiência/Experience Report

Relato de Experiência/Experience Report _ INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM ENFERMAGEM: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO DO SABER Helena Meika Uesugui 1, Rosieli Alves Chiaratto 2, Diego Santos Fagundes 3, Aline Cristina Zorzi 4, Gustavo Barbosa Framil 4,

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE EXERCÍCIO DE IDOSOS COM LOMBALGIA E SUA INTERFERÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE EXERCÍCIO DE IDOSOS COM LOMBALGIA E SUA INTERFERÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA 1 AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE EXERCÍCIO DE IDOSOS COM LOMBALGIA E SUA INTERFERÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA FEITOSA P. O. ; FELIPE D. M. Resumo: Entre os declínios fisiológicos relacionados ao envelhecimento

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: COMPANHIA DA NOTÍCIA DATA: 11.06.14. Fecomércio: Marcelo Queiroz lança Trabalho Social com Idosos

FECOMÉRCIO VEÍCULO: COMPANHIA DA NOTÍCIA DATA: 11.06.14. Fecomércio: Marcelo Queiroz lança Trabalho Social com Idosos FECOMÉRCIO VEÍCULO: COMPANHIA DA NOTÍCIA DATA: 11.06.14 Fecomércio: Marcelo Queiroz lança Trabalho Social com Idosos O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, lançou, na tarde

Leia mais

CONSTRANGIMENTOS DOS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS NA ADMISSÃO DE PESSOAS IDOSAS DO FORO MENTAL

CONSTRANGIMENTOS DOS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS NA ADMISSÃO DE PESSOAS IDOSAS DO FORO MENTAL CONSTRANGIMENTOS DOS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS NA ADMISSÃO DE PESSOAS IDOSAS DO FORO MENTAL Associação Amigos da Grande Idade Inovação e Desenvolvimento Posição Institucional 1 LARES DE IDOSOS Desde inicio

Leia mais

Prevenção da Desnutrição do Idoso com Alimentação Entérica - PEG. Junho 2013

Prevenção da Desnutrição do Idoso com Alimentação Entérica - PEG. Junho 2013 1 Prevenção da Desnutrição do Idoso com Alimentação Entérica - PEG Junho 2013 2 OBJETIVO GERAL: Sensibilizar os profissionais de saúde, para a problemática da prevenção da desnutrição do idoso com alimentação

Leia mais

Sistema de Bibliotecas da Unopar Biblioteca Setorial Campus Londrina (Piza) Periódicos Específicos de Enfermagem. Atualizado em 09/02/2007

Sistema de Bibliotecas da Unopar Biblioteca Setorial Campus Londrina (Piza) Periódicos Específicos de Enfermagem. Atualizado em 09/02/2007 Sistema de Bibliotecas da Unopar Biblioteca Setorial Campus Londrina (Piza) Periódicos Específicos de Enfermagem Atualizado em 09/02/2007 Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, SP, 1988, 1(1-4); 1989,

Leia mais

CURSO DE REABILITAÇAO VESTIBULAR: FUNDAMENTOS E PRÁTICA

CURSO DE REABILITAÇAO VESTIBULAR: FUNDAMENTOS E PRÁTICA CURSO DE REABILITAÇAO VESTIBULAR: FUNDAMENTOS E PRÁTICA 14 e 15 de novembro de 2015 São Paulo - SP Brasil Local: INSTITUTO VITA UNIDADE HIGIENÓPOLIS RUA MATO GROSSO, 306 1º ANDAR SÃO PAULO / SP Sábado,

Leia mais

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR Gerp.13: Educação, Ciência e Inovação Neste encontro, primaremos pelo conhecimento e atualização, assim, teremos exposições em formato de highlights, updates e a inovação de grandes temas em forma de cartas

Leia mais

Gastos com medicamentos para tratamento da Doença de Alzheimer pelo Ministério da Saúde, 2007-2011

Gastos com medicamentos para tratamento da Doença de Alzheimer pelo Ministério da Saúde, 2007-2011 Gastos com medicamentos para tratamento da Doença de Alzheimer pelo Ministério da Saúde, 2007-2011 Marina Guimarães Lima, Cristiane Olinda Coradi Departamento de Farmácia Social da Faculdade de Farmácia

Leia mais

GERENCIAMENTO de Casos Especiais

GERENCIAMENTO de Casos Especiais GERENCIAMENTO de Casos Especiais Gerenciamento de Casos Especiais.indd 1 19/10/2015 15:32:28 Gerenciamento de Casos Especiais Objetivo: Facilitar o atendimento aos clientes que apresentam dificuldades

Leia mais

MODULO I - MARÇO 2014 SEXTA-FEIRA MANHÃ E TARDE

MODULO I - MARÇO 2014 SEXTA-FEIRA MANHÃ E TARDE MODULO I - MARÇO 2014 Apresentação do curso Conceitos em Geriatria e Gerontologia Epidemiologia do envelhecimento Conceitos de saúde, autonomia e independência Qualidade de vida e Envelhecimento bem-sucedido

Leia mais

Sistematização, Metodologia da Assistência e Processo de Enfermagem: Conceitos e contribuições da aplicação

Sistematização, Metodologia da Assistência e Processo de Enfermagem: Conceitos e contribuições da aplicação Sistematização, Metodologia da Assistência e Processo de Enfermagem: Conceitos e contribuições da aplicação Citar como: BRANDÃO, M. A. G. Sistematização, Metodologia da Assistência e Processo de Enfermagem:

Leia mais

MODELO PERIODICOS PARA O SITE

MODELO PERIODICOS PARA O SITE MODELO PERIODICOS PARA O SITE LINK PERIODICOS SIB/UNP APRESENTAÇÃO: Neste local estão dispostos as relações, em ordem alfabética, dos periódicos Nacionais e Internacionais assinados e vigentes pelas Unidades

Leia mais

PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO DOS CUIDADORES INFORMAIS DE PACIENTES ATENDIDOS EM AMBULATÓRIO DE TERAPIA OCUPACIONAL

PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO DOS CUIDADORES INFORMAIS DE PACIENTES ATENDIDOS EM AMBULATÓRIO DE TERAPIA OCUPACIONAL PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO DOS CUIDADORES INFORMAIS DE PACIENTES ATENDIDOS EM AMBULATÓRIO DE TERAPIA OCUPACIONAL Aline Cristina Benedito Faculdade de Terapia Ocupacional Centro de Ciências da Vida aline.cb2@puc-campinas.edu.br

Leia mais

EFEITOS DA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA MENTE ATIVA NO EQUILÍBRIO E COGNIÇÃO DE PARTICIPANTE COM DOENÇA DE ALZHEIMER

EFEITOS DA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA MENTE ATIVA NO EQUILÍBRIO E COGNIÇÃO DE PARTICIPANTE COM DOENÇA DE ALZHEIMER EFEITOS DA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA MENTE ATIVA NO EQUILÍBRIO E COGNIÇÃO DE PARTICIPANTE COM DOENÇA DE ALZHEIMER EFFECTS OF PARTICIPATION IN THE PROGRAM " MENTE ATIVO" IN BALANCE AND COGNITIVE FUNCTION

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA ASILAR. Departamento de Psicologia e Educação Física

ATIVIDADE FÍSICA ASILAR. Departamento de Psicologia e Educação Física ATIVIDADE FÍSICA ASILAR Departamento de Psicologia e Educação Física 1. INTRODUÇÃO Compreensivelmente, à medida que envelhecemos podemos observar várias mudanças, tanto com relação aos nossos órgãos e

Leia mais

Universidade Aberta à Terceira Idade da Universidade do Sagrado Coração (UATI/USC): estudo de caso

Universidade Aberta à Terceira Idade da Universidade do Sagrado Coração (UATI/USC): estudo de caso teses Universidade Aberta à Terceira Idade da Universidade do Sagrado Coração (UATI/USC): estudo de caso Open university for senior citizens at the Sagrado Coração university: a case study Ao mesmo tempo

Leia mais

A singularidade do apoio aos idosos: cuidadores formais e informais, que articulação? Maria Laurência Gemito

A singularidade do apoio aos idosos: cuidadores formais e informais, que articulação? Maria Laurência Gemito 1 A singularidade do apoio aos idosos: cuidadores formais e informais, que articulação? Maria Laurência Gemito 2 Com início no século passado, foi efetivamente nos últimos anos que se tornou mais visível

Leia mais

Impactos do Programa de Qualidade de Vida na Gestão de Pessoas

Impactos do Programa de Qualidade de Vida na Gestão de Pessoas Hospital do Coração Impactos do Programa de Qualidade de Vida na Gestão de Pessoas Rosa Bosquetti Coordenadora de Enfermagem Unidade Coronariana O Hospital O Hospital O Hospital HCor: missão, visão e valores

Leia mais

Reis, G.;* Sotto Mayor, M.**; Gageiro, H***.;Carneiro, C.**** *UÉ; **HML/UNIFAI;*** ISCTE; ****ULD

Reis, G.;* Sotto Mayor, M.**; Gageiro, H***.;Carneiro, C.**** *UÉ; **HML/UNIFAI;*** ISCTE; ****ULD Reis, G.;* Sotto Mayor, M.**; Gageiro, H***.;Carneiro, C.**** *UÉ; **HML/UNIFAI;*** ISCTE; ****ULD » Envelhecimento populacional e a maior longevidade» O aumento da carga das doenças crónicas» A co morbilidade

Leia mais

http://www.fiquelinda.com.br/comportamento/1139-terapia-com-animais.html

http://www.fiquelinda.com.br/comportamento/1139-terapia-com-animais.html Terapia com animais Divirta-se e ganhe uma vida mais saudável. A convivência com um animal de estimação só traz benefícios à sua saúde. Quem tem um animal de estimação sabe o quanto eles são companheiros

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS DADOS DOS ATENDIMENTOS ULTRASSONOGRÁFICOS DO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO HV/EVZ/UFG

LEVANTAMENTO DOS DADOS DOS ATENDIMENTOS ULTRASSONOGRÁFICOS DO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO HV/EVZ/UFG LEVANTAMENTO DOS DADOS DOS ATENDIMENTOS ULTRASSONOGRÁFICOS DO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO HV/EVZ/UFG BRAGATO, Nathália. 1 ; PÁDUA, Fernanda Maria Ozelim de 1 ; COSTA, Ana Paula Araújo.; SILVA,

Leia mais

PERFIL DE CUIDADORES DOMICILIARES E DE IDOSOS ASSISTIDOS NA ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE FOZ DO IGUAÇU- PR

PERFIL DE CUIDADORES DOMICILIARES E DE IDOSOS ASSISTIDOS NA ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE FOZ DO IGUAÇU- PR 25 a 28 de Outubro de 21 ISBN 978-85-8084-5-1 PERFIL DE CUIDADORES DOMICILIARES E DE IDOSOS ASSISTIDOS NA ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE FOZ DO IGUAÇU- PR Ângela Caroline Fachinello 1, Marieta Fernandes

Leia mais

O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA

O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA DAL BEN: SUA PARCEIRA EM CUIDADOS ASSISTENCIAIS A saúde no Brasil continua em constante transformação. As altas taxas de ocupação dos hospitais brasileiros demandam dos profissionais

Leia mais

Segunda-feira, 03.10.11

Segunda-feira, 03.10.11 Segunda-feira, 03.10.11 Veja os destaques de hoje e do fim de semana: 1. Dia do Idoso 2. OVG doa lençóis para unidades de saúde Jornal O Popular - 01.10.11 Dia do Idoso Realidade é de maus-tratos, violência

Leia mais

Natal Saúde Medicina Patologia Noturno 0 4 Patologia Medicina

Natal Saúde Medicina Patologia Noturno 0 4 Patologia Medicina Educação Educação Educação Educação QUADRO DE VAGAS PARA MONITORIA 2015.1 - ESCOLA DA SAÚDE - CAMPUS NATAL Sistema Ósteo Mio Articular Noturno 1 2 Sistema Ósteo Mio Articular Medidas e Avaliação do Desempenho

Leia mais

PARECER Nº 02 / 2010

PARECER Nº 02 / 2010 PARECER Nº 02 / 2010 ASSUNTO: Adequação técnico-científica da admissão das pessoas com demência nas unidades de dia e promoção da autonomia da RNCCI (art.º 21 do Dec. Lei. 101/2006 de 6 de Junho) 1. A

Leia mais

Mais Informações: www.fisiocarepet.com.br

Mais Informações: www.fisiocarepet.com.br Resumo sobre o Curso Nosso curso será divido em 8 Módulos com mais de 25 palestrantes. Convidamos os principais nomes na área de Fisioterapia, Ortopedia e Neurologia Veterinária. Todos nossos palestrantes

Leia mais

GRUPOS DE TERAPIA OCUPACIONAL NA ESTIMULAÇÃO COGNITIVA DE IDOSOS QUE RESIDEM EM INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA.

GRUPOS DE TERAPIA OCUPACIONAL NA ESTIMULAÇÃO COGNITIVA DE IDOSOS QUE RESIDEM EM INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA. GRUPOS DE TERAPIA OCUPACIONAL NA ESTIMULAÇÃO COGNITIVA DE IDOSOS QUE RESIDEM EM INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA. ANTUNES 1, Brenda; GOMES 2, Elaine; MORAES 3, Berla; SILVA 4, Daniele. RESUMO EM LÍNGUA

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE DEMÊNCIA EM POPULAÇÃO COM HETEROGENEIDADE EDUCACIONAL. Neurosur, Santa Cruz, 2004

DIAGNÓSTICO DE DEMÊNCIA EM POPULAÇÃO COM HETEROGENEIDADE EDUCACIONAL. Neurosur, Santa Cruz, 2004 DIAGNÓSTICO DE DEMÊNCIA EM POPULAÇÃO COM HETEROGENEIDADE EDUCACIONAL Neurosur, Santa Cruz, 2004 Diagnóstico de demência em população com heterogeneidade educacional Prevalência de demência em população

Leia mais

Trabalho formatado de acordo com as normas editoriais do periódico. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science.

Trabalho formatado de acordo com as normas editoriais do periódico. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science. Trabalho formatado de acordo com as normas editoriais do periódico Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science. 2 BENEFÍCIOS DA TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS DA ESPÉCIE CANINA NA SAÚDE

Leia mais

CONCEPÇÕES DE IDOSOS ACERCA DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA UM ENVELHECER SAUDÁVEL

CONCEPÇÕES DE IDOSOS ACERCA DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA UM ENVELHECER SAUDÁVEL CONCEPÇÕES DE IDOSOS ACERCA DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA UM ENVELHECER SAUDÁVEL Ocilma Barros de Quental. Faculdade de Medicina do ABC(ocilmaquental2011@hotmail.com) Sheylla Nadjane Batista Lacerda.

Leia mais

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature PSICOLOGIA ARGUMENTO doi: 10.7213/psicol.argum.5895 ARTIGOS [T] Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature [R] [A] Pedro Fernando Bendassolli Resumo Received

Leia mais

Trabalho apresentado no III Congresso Ibero-americano de Psicogerontologia, sendo de total responsabilidade de seu(s) autor(es).

Trabalho apresentado no III Congresso Ibero-americano de Psicogerontologia, sendo de total responsabilidade de seu(s) autor(es). CUIDADORES DE IDOSOS COM DOENÇA DE ALZHEIMER: CAPACIDADE FUNCIONAL DO IDOSO "VERSUS" AVALIAÇÃO DA SOBRECARGA DO CUIDADO Caroline Araújo Lemos*, Eudes Araújo Rocha*, Sara Salsa Papaleo*, Eulália Maria Chaves

Leia mais

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010 Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem Implantação a partir de 2010 Matriz Curricular Currículo Novo 1º SEMESTRE Créditos Anatomia Humana I Citologia 02 Embriologia, Genética

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 RELAÇÃO DO FENÓTIPO DE GATOS COM O COMPORTAMENTO CATS PHENOTYPE RELATIONSHIP WITH THE BEHAVIOR JHÉSSICA LUARA ALVES DE LIMA 1, MARCELO FARIAS CAVALCANTE 1, NILZA DUTRA ALVES 2, FRANCISCO MARLON CARNEIRO

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA DE SAÚDE DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA DE SAÚDE DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA DE SAÚDE DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Enfermagem de Saúde Comunitária II Módulo de Enfermagem na Família Área Científica: ENFERMAGEM CÓDIGO:

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DIRECIONADAS AO IDOSO: aplicabilidade do artigo 4º do decreto nº 1.948/96. Keywords: Elderly. Public Policies.

POLÍTICAS PÚBLICAS DIRECIONADAS AO IDOSO: aplicabilidade do artigo 4º do decreto nº 1.948/96. Keywords: Elderly. Public Policies. 1 POLÍTICAS PÚBLICAS DIRECIONADAS AO IDOSO: aplicabilidade do artigo 4º do decreto nº 1.948/96 Paulo Roberto Barbosa Ramos * Yuri Sampaio Capellato Logrado Viviane Freitas Perdigão Geórgia Kerle Santos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec:Paulino Botelho Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: AMBIENTE E SAÚDE Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ENFERMAGEM Qualificação:TÉCNICO

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Atividade Física x Exercício Físico Atividade Física: é qualquer movimento corporal com gasto energético acima do nível de

Leia mais

Plano de Formação. Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen

Plano de Formação. Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen Plano de Formação Nome da Formação: Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen Fundamentação da pertinência do curso: Snoezelen (do Holandês) significa SNUFFELEN = cheirar; DOEZELEN

Leia mais

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 01 /2014 - CESAU Objeto: Parecer. Promotoria de Justiça GESAU / Medicamento Rivastigmina para tratamento de Alzheimer REFERÊNCIA: Grupo de Atuação Especial de Defesa da Saúde - GESAU

Leia mais

Tabela 2 Dados de identificação dos idosos pesquisados segundo profissão, renda mensal, filhos e netos.

Tabela 2 Dados de identificação dos idosos pesquisados segundo profissão, renda mensal, filhos e netos. Estudo da percepção da auto qualidade de vida e bem-estar em idosos proprietários de animais. Study the perception of self quality of life and welfare in the elderly owners of animals. Estudiar la percepción

Leia mais

EQUIPE DE PROFISSIONAIS CEPEC Centro de Estudos e Pesquisas Clínicas de São Paulo.

EQUIPE DE PROFISSIONAIS CEPEC Centro de Estudos e Pesquisas Clínicas de São Paulo. Dra. Miriam Serrano de Freitas Terapeuta Ocupacional especializada em Síndrome de Down serrano.miriam@gmail.com Data de nascimento:07/05/1986 Endereço: Morishigue Akagui, 51 Telefone para contato: (11)

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE CAPACITAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PARA ESTUDANTES E TÉCNICOS DE ENFERMAGEM

RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE CAPACITAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PARA ESTUDANTES E TÉCNICOS DE ENFERMAGEM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE CAPACITAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PARA ESTUDANTES E TÉCNICOS DE ENFERMAGEM MOTA 1, Carla Pimentel; FARIAS 2, Creusa Ferreira; PEDROSA 3, Ivanilda Lacerda 1 Aluno bolsista;

Leia mais

CONCEITO. Despertar a potencialidade de indivíduos

CONCEITO. Despertar a potencialidade de indivíduos CONCEITO Despertar a potencialidade de indivíduos Utilizar a Arte como meio de comunicação e expressão e a Cultura no resgate de histórias de vida e valores 17 anos de atuação 231 mil atendimentos ARTE

Leia mais

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO MARÇO 04/03 Teórica Noções em Geriatria e Gerontologia - Histórico - Temas básicos: saúde, autonomia, independência, incapacidade e fragilidade - Epidemiologia do envelhecimento - Papel do cuidador - Qualidade

Leia mais

OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL. Resultados Quantitativos

OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL. Resultados Quantitativos OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL Resultados Quantitativos Outubro 2008 1 METODOLOGIA FICHA TÉCNICA Total da Amostra: 606 Entrevistas telefónicas, realizadas por CATI (computer assisted telephone interview).

Leia mais

Serviço de Diagnóstico por Imagem serviço de ultrassonografia e radiologia

Serviço de Diagnóstico por Imagem serviço de ultrassonografia e radiologia TÍTULO Serviço de Diagnóstico por Imagem serviço de ultrassonografia e radiologia AUTORES NUNES, H.R. 1 ; BRAGATO, N. 2 ; PÁDUA, F.M.O².; BORGES, N.C.³. PALAVRAS-CHAVE Diagnóstico por imagem, exame complementar,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DE LISBOA

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DE LISBOA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DE LISBOA III MESTRADO EM BIOÉTICA PROGRAMAS DE CUIDADOS CONTINUADOS: A DIGNIDADE HUMANA NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS DE ENFERMAGEM Maria João Santos Rodrigues

Leia mais

Nota de Corte. CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2014 Nota de Corte Informe nº 11/2014-09/12/2013

Nota de Corte. CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2014 Nota de Corte Informe nº 11/2014-09/12/2013 CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2014 Nota de Corte Informe nº 11/2014-09/12/2013 Nota de Corte A FUVEST está divulgando o número mínimo de pontos, por carreira, necessário para o acesso à segunda fase do Concurso

Leia mais