SmartCloud Docs. Versão 1.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SmartCloud Docs. Versão 1.0"

Transcrição

1 SmartCloud Docs Versão 1.0

2 ii SmartCloud Docs

3 Índice Capítulo 2. Trabalhar com documentos 3 Criar e importar documentos Acerca de modelos Criar documentos a partir de modelos Transferir documentos para partilhar Importar documentos existentes Abrir documentos do Word protegidos por palavra-passe Compatibilidade de ficheiro e exportar documentos. 8 Formatos de ficheiro suportados em documentos 8 Guardar documentos Publicar uma versão Exportar documentos para outros formatos de ficheiro Partilhar documentos Partilhar documentos com pessoas ou comunidades Definir níveis de acesso para documentos Colaborar em documentos em tempo real Co-edição de documentos em tempo real Colaborar utilizando comentários em documentos Editar documentos Formatar texto em documentos Inserir ligações Criar cabeçalhos e rodapés Criar um índice Inserir campos em documentos Efectuar a verificação ortográfica a documentos 36 Imprimir documentos Imprimir documentos como ficheiros PDF Trabalhar com imagens em documentos Inserir imagens em documentos Definir propriedades de imagens Trabalhar com tabelas em documentos Criar tabelas em documentos Alterar estilos de tabela em documentos Definir propriedades da tabela em documentos 41 Definir as cores de segundo plano para células de tabela Alinhar texto em células de tabela em documentos Adicionar linhas e colunas em tabelas Mover linhas e colunas em tabelas Unir ou dividir células de tabela Redimensionar tabelas em documentos Adicionar legendas a tabelas em documentos.. 45 Definir cabeçalhos para tabelas em documentos 45 Guia de consulta rápida para documentos Acessibilidade em documentos Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo Criar e importar folhas de cálculo Criar folhas de cálculo a partir de modelos Transferir folhas de cálculo para partilhar Importar folhas de cálculo existentes Abrir documentos do Excel protegidos por palavra-passe Compatibilidade de ficheiro e exportar folhas de cálculo Formatos de ficheiro suportados em folhas de cálculo Guardar folhas de cálculo Publicar uma versão Exportar folhas de cálculo para outros formatos de ficheiro Partilhar folhas de cálculo Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades Definir níveis de acesso para folhas de cálculo.. 63 Colaborar em folhas de cálculo em tempo real Co-edição de folhas de cálculo em tempo real.. 66 Colaborar através de comentários em folhas de cálculo Alterar o aspecto das folhas de cálculo Tipos de letra, contornos e cor Alterar tipos de letra em folhas de cálculo Alterar a altura da linha ou a largura da coluna 78 Restaurar formatação predefinida em células de folha de cálculo Formatar números Introduzir e editar dados Princípios básicos da edição de dados Localizar e substituir conteúdo da célula Adicionar uma hiperligação a uma célula Remover a ligação de uma hiperligação Utilizar o preenchimento automático para preencher um intervalo de células Unir ou dividir células numa folha Efectuar a verificação ortográfica a folhas de cálculo Imprimir folhas de cálculo como ficheiros PDF 85 Trabalhar com imagens em folhas de cálculo Inserir imagens em folhas de cálculo Mover e redimensionar imagens em folhas de cálculo Gerir intervalos de dados Ordenar dados Utilizar filtros instantâneos Ocultar linhas e colunas Mostrar linhas e colunas Referenciar células de outra folha Copiar dados e imagens em e entre folhas de cálculo Atribuir nomes a um intervalo Localizar ou editar intervalos especificados Remover um intervalo especificado Referências relativas e absolutas Utilizar fórmulas em cálculos Acerca de fórmulas e funções iii

4 Funções de matriz Funções de data e hora Funções de engenharia Funções de informação Funções lógicas Funções matemáticas Funções de folha de cálculo Funções estatísticas Funções de texto Guia de consulta rápida para folhas de cálculo Acessibilidade em folhas de cálculo Capítulo 4. Trabalhar com apresentações Criar e transferir apresentações Criar apresentações Transferir apresentações para partilhar Compatibilidade de ficheiro e exportar apresentações Formatos de ficheiro suportados em apresentações Guardar apresentações Publicar uma versão Exportar apresentações para outros formatos de ficheiro Partilhar apresentações Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades Definir níveis de acesso para apresentações Colaborar em apresentações em tempo real Co-edição de apresentações em tempo real Colaborar através de comentários em apresentações Formatar diapositivos Alterar tipos de letra em apresentações Objecto Seleccionar e mover objectos Dispor os objectos por ordem Números e marcas Adicionar números ou marcas aos diapositivos 213 Acerca dos esquemas de diapositivo Definir o esquema do diapositivo Alterar o estilo de modelo global Trabalhar com a vista normal Vista normal Eliminar diapositivos Adicionar diapositivos Mover diapositivos Duplicar diapositivos Verificação ortográfica em apresentações Imprimir apresentações Imprimir apresentações como ficheiros PDF Trabalhar com imagens em apresentações Inserir imagens em apresentações Apresentações de diapositivos Reproduzir apresentações de diapositivos Transição de diapositivos Aplicar transições entre diapositivos Trabalhar com tabelas em apresentações Criar tabelas em apresentações Adicionar linhas e colunas em apresentações 230 Mover linhas e colunas em apresentações Redimensionar linhas e colunas em apresentações Alinhar texto em células Alterar estilos de tabela em apresentações Definir cabeçalhos de tabelas em apresentações 233 Editar as notas do orador Guia de consulta rápida para apresentações Acessibilidade em apresentações Índice Remissivo iv SmartCloud Docs

5 Capítulo 1. SmartCloud Docs O SmartCloud Docs é um novo pacote de produtividade de escritório para trabalhar em documentos, folhas de cálculo e apresentações, em conjunto, na nuvem.fornece co-edição em tempo real, permitindo aos utilizadores trabalhar em documentos individualmente ou em colaboração. Permite também comentar um documento ou até mesmo participar num debate. Tudo isto sem um software de ambiente de trabalho. Novo no SmartCloud Docs? Assista a vídeos para obter informações sobre como explorar os editores eficientes com várias funções do SmartCloud Docs. Introdução Comece a utilizar o SmartCloud Docs na aplicação Ficheiros. Faça clique no botão Novo e, em seguida, seleccione o tipo de ficheiro que pretende criar: Documento, Folha de cálculo ou Apresentação. O ficheiro é criado no SmartCloud Docs e pode editar o respectivo conteúdo na nuvem. v Capítulo 2, Trabalhar com documentos, na página 3 v Capítulo 3, Trabalhar com folhas de cálculo, na página 53 v Capítulo 4, Trabalhar com apresentações, na página 191 A versão acessível da documentação deste produto está disponível em IBM SmartCloud for Social Business wiki. IBM Corporation 2012,2013 1

6 2 SmartCloud Docs

7 Capítulo 2. Trabalhar com documentos Trabalhar num documento ou colaborar em ficheiros com os seus colegas. Pode comentar um documento ou até mesmo participar num debate. Tudo isto em tempo real. Seleccione um modelo, como um relatório ou uma carta, ou transfira um ficheiro do Lotus Symphony ou do Microsoft Word existente, para começar. Novo no SmartCloud Docs? Criar e importar documentos Assista a vídeos para obter informações sobre como explorar os editores eficientes com várias funções do SmartCloud Docs. Introdução v Criar e importar documentos v Compatibilidade de ficheiro e exportar documentos na página 8 v Partilhar documentos na página 12 v Colaborar em documentos em tempo real na página 15 v Editar documentos na página 24 v Trabalhar com imagens em documentos na página 38 v Trabalhar com tabelas em documentos na página 39 v Colaborar utilizando comentários em documentos na página 19 A versão acessível da documentação deste produto está disponível em IBM SmartCloud for Social Business wiki. Pode criar um documento a partir de um modelo, transferir um ficheiro e importar um documento existente. Os formatos de ficheiro.doc,.docx,.odt,.txt e.ott são suportados. Acerca de modelos Um modelo é um estilo ou esquema reutilizável que pode utilizar para criar documentos ou secções rapidamente. Deverá ser o proprietário ou editor do documento para seleccionar um modelo. Os modelos incluem definições de formatação e esquema e podem disponibilizar ambientes de edição para projectos e clientes específicos. Os modelos podem evitar que seja necessário introduzir informações recorrentes em documentos. Os modelos contêm texto predefinido, como nomes de empresas e subtítulos ou texto do marcador de posição. IBM Corporation 2011,2012 3

8 Por exemplo, pode criar uma factura a partir de um modelo de documento, o qual inclui uma estrutura predefinida, formatação de texto, esquema de página e outros estilos. Pode também inserir no documento um modelo de secção como o cabeçalho da sua empresa. Em seguida, pode modificar directamente as informações relacionadas, como a morada, o endereço de correio electrónico e o número de telefone. Tarefas relacionadas: Criar documentos a partir de modelos Pode utilizar modelos para criar documentos com elementos de formatação, tais como texto, esquemas e segundos planos. Criar documentos a partir de modelos Pode utilizar modelos para criar documentos com elementos de formatação, tais como texto, esquemas e segundos planos. Procedimento 1. A partir da lista Ficheiros, faça clique no nome de um documento para o qual tem, pelo menos, acesso de edição. Caso tenha acedido ao documento antes, este é aberto no IBM Docs. Caso contrário, faça clique em Editar no IBM Docs. 2. Faça clique em Ficheiro > Novo > A partir do modelo > Documento. É apresentada a janela Criar um documento a partir de um modelo. 3. Introduza o nome do ficheiro no campo e faça clique em OK. 4. Na janela Modelos, faça clique no modelo que pretende aplicar. Pode também procurar o modelo introduzindo o respectivo nome no campo de procura. É apresentado o modelo correspondente. 5. Faça clique em OK. É aberto o novo documento com base nesse modelo. Sugestão: Se não seleccionar um modelo e fizer clique em Cancelar, é criado um documento em branco. Pode também criar directamente um documento em branco, fazendo clique em Ficheiro > Novo > Documento. 4 SmartCloud Docs

9 Conceitos relacionados: Acerca de modelos na página 3 Um modelo é um estilo ou esquema reutilizável que pode utilizar para criar documentos ou secções rapidamente. Deverá ser o proprietário ou editor do documento para seleccionar um modelo. Transferir documentos para partilhar Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de documento, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita os documentos. Sobre esta tarefa O seu administrador determina quem pode transferir ficheiros e limita o espaço de que dispõe para armazenar ficheiros. Quando atinge esse limite, não poderá adicionar qualquer novo item aos Ficheiros. A quantidade de espaço que utilizou é apresentado na vista Os meus ficheiros, na parte inferior da lista de ficheiros. Pode eliminar versões antigas dos seus ficheiros para disponibilizar espaço. Procedimento Para transferir um ficheiro para Os meus ficheiros, execute os passos que se seguem: 1. Faça clique em Transferir ficheiros. 2. No campo Ficheiros, faça clique em Pesquisar para seleccionar o ficheiro que pretende transferir. Nota: Pode repetir este passo para transferir ficheiros adicionais. Os ficheiros a transferir são apresentados numa lista e pode fazer clique no ficheiro para editar o nome do ficheiro, ou fazer clique em x para o eliminar da lista. 3. Opcional: Introduza etiquetas, separadas por um espaço. 4. Seleccione uma das seguintes opções: Opção Ninguém (visível apenas para mim) Descrição Torne o ficheiro particular. Apenas o respectivo proprietário poderá visualizá-lo e proceder à sua edição. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 5

10 Opção Pessoas ou comunidades Todas as pessoas na NomedaSuaOrganização Descrição Partilhe o ficheiro com um grupo específico de pessoas ou com uma comunidade específica. Execute os passos que se seguem: 1. Seleccione uma Pessoa ou uma Comunidade. 2. Seleccione o nível de acesso como Leitor ou como Editor: v Os leitores podem ler, comentar, descarregar e recomendar um ficheiro. v Os Editores podem ler, editar, comentar, descarregar, recomendar, transferir uma nova versão e definir propriedades no ficheiro. 3. Execute uma das seguintes tarefas: v Para partilhar com pessoas, faça clique no campo para apresentar os nomes das pessoas com quem partilhou recentemente ficheiros. Se o nome que procura for apresentado, seleccione-o. Se o nome não for apresentado, introduza o nome ou o endereço de correio electrónico e, em seguida, seleccione a pessoa. v Para partilhar com uma comunidade, introduza o nome da comunidade e, em seguida, seleccione a comunidade quando esta for apresentada. Importante: Quando partilha um ficheiro com uma comunidade pública, esse ficheiro torna-se público. 4. Adicione uma mensagem opcional para as pessoas com quem partilhou o ficheiro. Disponibilize o ficheiro a todas as pessoas na sua organização. Estas recebem acesso de Leitor. 5. Faça clique em Transferir. 6 SmartCloud Docs

11 Tarefas relacionadas: Importar documentos existentes Pode importar um documento existente com o formato de ficheiro.doc,.docx,.txt,.odt, ou.ott. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Exportar documentos para outros formatos de ficheiro na página 11 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.doc e.pdf. Editar documentos na página 24 Sempre que procede à edição de um documento, pode definir as respectivas propriedades de formatação, tais como os tipos de letra, o alinhamento e a indentação. Pode criar uma lista de marcas ou lista numerada, inserir uma ligação, criar um cabeçalho ou um rodapé e utilizar a verificação ortográfica. Pode também imprimir o seu documento. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em documentos na página 8 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de documentos. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos. Importar documentos existentes Pode importar um documento existente com o formato de ficheiro.doc,.docx,.txt,.odt, ou.ott. Sobre esta tarefa Para importar um documento existente, execute os passos que se seguem: Procedimento 1. Transfira um ficheiro para a lista de Ficheiros. 2. Faça clique em Os meus ficheiros. 3. Localize o ficheiro que pretende abrir no IBM Docs e faça clique no nome do ficheiro para aceder a uma página com as acções que pode executar. 4. Faça clique em Editar no IBM Docs ou Ver para importar automaticamente o ficheiro para o formato IBM Docs. Resultados Nota: Por vezes, alguma formatação dos ficheiros transferidos não é correctamente apresentada no IBM Docs, mas é preservada no ficheiro. Nestes casos, após a publicação de uma versão, pode descarregar novamente o ficheiro para o respectivo formato original. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 7

12 Tarefas relacionadas: Transferir documentos para partilhar na página 5 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de documento, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita os documentos. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Exportar documentos para outros formatos de ficheiro na página 11 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.doc e.pdf. Editar documentos na página 24 Sempre que procede à edição de um documento, pode definir as respectivas propriedades de formatação, tais como os tipos de letra, o alinhamento e a indentação. Pode criar uma lista de marcas ou lista numerada, inserir uma ligação, criar um cabeçalho ou um rodapé e utilizar a verificação ortográfica. Pode também imprimir o seu documento. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em documentos Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de documentos. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos. Abrir documentos do Word protegidos por palavra-passe Pode abrir documentos do Microsoft Word protegidos por palavra-passe no IBM Docs. Procedimento 1. Transfira o documento do Word para Os meus ficheiros. 2. Faça clique no nome do ficheiro. 3. Faça clique em Editar no IBM Docs. Faça clique em Editar online quando a janela Iniciar a edição online com o IBM Docs for apresentada. É, então, apresentada uma janela para introduzir uma palavra-passe. 4. Introduza a palavra-passe e faça clique em OK. O documento é aberto no IBM Docs e está pronto para edição. Compatibilidade de ficheiro e exportar documentos Saiba quais os tipos de ficheiro que pode utilizar com os documentos do IBM Docs. Formatos de ficheiro suportados em documentos Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de documentos. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos. 8 SmartCloud Docs

13 Tabela 1. Formatos de ficheiro que podem ser importados no IBM Docs Documents Aplicação Tipo de ficheiro Lotus Symphony Documents.odt,.ott Microsoft Word.doc,.docx,.dot Ficheiros TXT.txt Tabela 2. Formatos de ficheiro que podem ser exportados a partir do IBM Docs Documents Aplicação Tipo de ficheiro Lotus Symphony Documents.odt Microsoft Word.doc Adobe Reader.pdf Nota: Os ficheiros do IBM Docs têm as extensões de ficheiro de formato do Open Document do Symphony, mas correspondem a um tipo especial online desses formatos. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 9

14 Tarefas relacionadas: Transferir documentos para partilhar na página 5 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de documento, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita os documentos. Importar documentos existentes na página 7 Pode importar um documento existente com o formato de ficheiro.doc,.docx,.txt,.odt, ou.ott. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Exportar documentos para outros formatos de ficheiro na página 11 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.doc e.pdf. Editar documentos na página 24 Sempre que procede à edição de um documento, pode definir as respectivas propriedades de formatação, tais como os tipos de letra, o alinhamento e a indentação. Pode criar uma lista de marcas ou lista numerada, inserir uma ligação, criar um cabeçalho ou um rodapé e utilizar a verificação ortográfica. Pode também imprimir o seu documento. Guardar documentos Utilize o comando Guardar para guardar um documento que estiver a editar como rascunho. Utilize Guardar como para guardar um rascunho (ou versão publicada) como rascunho com um novo nome. Sobre esta tarefa O proprietário e as pessoas com quem o proprietário partilhou o documento como Editores podem aceder a um documento de rascunho. Nota: Para que os Leitores possam ver ou descarregar o documento, o rascunho deve ser publicado como uma versão. Procedimento 1. Faça clique em Ficheiro > Guardar. O ficheiro é guardado como rascunho. Importante: Ao editar o documento, o IBM Docs guarda automaticamente o documento como rascunho, regularmente. Mas pode utilizar o comando Guardar para o guardar em qualquer altura. 2. Se pretender guardar o documento como novo rascunho, faça clique em Ficheiro > Guardar como. Introduza um nome de ficheiro e, em seguida, faça clique em OK. É criado um documento com um novo nome em Os meus ficheiros. Nota: O comando Guardar como no IBM Docs não corresponde ao comando utilizado para guardar ficheiros num formato de ficheiro diferente. Utilize o comando Descarregar ou Descarregar como formato do Microsoft Office 10 SmartCloud Docs

15 quando necessitar de exportar um ficheiro para um formato do Open Office ou Microsoft. Mesmo os ficheiros do IBM Docs com a extensão.odt,.odp. e.ods têm de ser exportados, caso pretenda editar os mesmos offline numa aplicação do Open Office, uma vez que os formatos do IBM Docs consistem num tipo online especial desses formatos. Publicar uma versão Depois de editar o documento, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Procedimento 1. Faça clique em Ficheiro > Publicar versão. É apresentada a janela Publicar uma versão. 2. Opcional: Pode adicionar descrições no campo Descrição da versão. 3. Faça clique em Publicar.As notificações são enviadas às pessoas que estão a acompanhar este ficheiro. Exportar documentos para outros formatos de ficheiro Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.doc e.pdf. Sobre esta tarefa O IBM Docs utiliza o Open Document Format (.odf). Se editar um documento ou criar um documento, este é guardado no formato.odt. Por exemplo, se editar um ficheiro do Microsoft Office Word no IBM Docs e publicar uma versão, este é convertido para o formato.odt. Pode descarregar o ficheiro no respectivo formato actual ou descarregar o ficheiro para outro formato, como o formato Microsoft Office ou o formato PDF. Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Os meus ficheiros. 2. Localize o documento que pretende exportar e, em seguida, faça clique em Mais. 3. Faça clique em Mais acções e, em seguida, seleccione Descarregar como formato do Microsoft Office ou Descarregar como ficheiro PDF. Nota: Só é possível descarregar uma versão publicada de um documento. Se o documento continuar no estado de rascunho e se for o proprietário ou o editor, publique a versão. Se for um leitor, peça ao proprietário para publicar. 4. Opcional: Se seleccionar Descarregar como ficheiro PDF, é apresentada uma janela Configuração da página. Especifique as definições pretendidas e, em seguida, faça clique em OK. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 11

16 Partilhar documentos Tarefas relacionadas: Transferir documentos para partilhar na página 5 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de documento, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita os documentos. Importar documentos existentes na página 7 Pode importar um documento existente com o formato de ficheiro.doc,.docx,.txt,.odt, ou.ott. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Editar documentos na página 24 Sempre que procede à edição de um documento, pode definir as respectivas propriedades de formatação, tais como os tipos de letra, o alinhamento e a indentação. Pode criar uma lista de marcas ou lista numerada, inserir uma ligação, criar um cabeçalho ou um rodapé e utilizar a verificação ortográfica. Pode também imprimir o seu documento. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em documentos na página 8 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de documentos. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos. Pode tornar os seus documentos públicos para que qualquer pessoa possa ler ou partilhar os seus documentos com pessoas específicas que possam ler ou editar os mesmos, dependendo do seu nível de acesso. Pode também partilhar os documentos com comunidades. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Sobre esta tarefa Pode partilhar um ficheiro quando o transfere. Pode também partilhá-lo depois de o transferir ou depois de o criar. Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Os meus ficheiros. 2. Localize o ficheiro que pretende partilhar. Seleccione a caixa de verificação antes do nome do ficheiro. 3. Faça clique no botão Partilhar. 4. Se pretender atribuir a outras pessoas permissões específicas, seleccione Pessoas ou Comunidades e, em seguida, efectue as seguintes selecções: 12 SmartCloud Docs

17 a. Seleccione uma Pessoa ou uma Comunidade. b. Seleccione como Leitor ou como Editor para atribuir o acesso. c. Execute uma das seguintes tarefas: v Para partilhar com pessoas, faça clique no campo para apresentar os nomes das pessoas com quem partilhou recentemente ficheiros. Se a pessoa por quem está a procurar for apresentada, seleccione o nome. Se este não for apresentado, introduza um nome ou endereço de correio electrónico e, em seguida, seleccione a pessoa. Se o nome que pretende não for apresentado, faça clique em Pessoa não apresentada? Utilize a procura completa para procurá-lo. v Para partilhar com uma comunidade, comece por introduzir o nome da comunidade e, em seguida, seleccione a comunidade quando esta for apresentada. Importante: Quando partilha um ficheiro com uma comunidade pública, esse ficheiro torna-se público. d. Adicione uma mensagem opcional para as pessoas com quem partilhou o ficheiro. 5. Opcional: Seleccione Todas as pessoas na NomedaSuaOrganização se pretender tornar o ficheiro visível a todos na sua organização. 6. Faça clique em Partilhar. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 13

18 Conceitos relacionados: Sobre a co-edição de documentos na página 16 Colaborar em ficheiros com outros contribuintes, em simultâneo. Tarefas relacionadas: Transferir documentos para partilhar na página 5 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de documento, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita os documentos. Importar documentos existentes na página 7 Pode importar um documento existente com o formato de ficheiro.doc,.docx,.txt,.odt, ou.ott. Definir níveis de acesso para documentos Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Exportar documentos para outros formatos de ficheiro na página 11 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.doc e.pdf. Editar documentos na página 24 Sempre que procede à edição de um documento, pode definir as respectivas propriedades de formatação, tais como os tipos de letra, o alinhamento e a indentação. Pode criar uma lista de marcas ou lista numerada, inserir uma ligação, criar um cabeçalho ou um rodapé e utilizar a verificação ortográfica. Pode também imprimir o seu documento. Co-edição de documentos com outros na página 17 Um documento pode ser editado por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar parágrafos, tabelas, imagens (entre outros) diferentes ou idênticos. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em documentos na página 18 Ao co-editar um documento, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em documentos na página 8 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de documentos. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos. Definir níveis de acesso para documentos Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Partilhados por mim. 2. Localize o ficheiro para o qual pretende definir um nível de acesso e, em seguida, faça clique em Mais. 3. Faça clique em Ver detalhes do ficheiro e, em seguida, faça clique no separador Partilhar. 14 SmartCloud Docs

19 4. Realizar uma das seguintes opções: v Se pretender remover o nível de acesso para uma pessoa ou comunidade, nos campos Editores ou Leitores, faça clique em x junto ao nome da pessoa ou da comunidade. v Se pretender alterar o nível de acesso para uma pessoa ou uma comunidade, por exemplo, alterar o nível de leitor para editor, é necessário começar por remover o nível de leitor. Em seguida, no campo Editores, faça clique no botão Adicionar. Seleccione como Editor para atribuir o acesso. v Se pretender permitir que as pessoas com quem partilha o ficheiro o possam, por sua vez, partilhá-lo com outras pessoas, seleccione Permitir que outros partilhem este ficheiro. Conceitos relacionados: Sobre a co-edição de documentos na página 16 Colaborar em ficheiros com outros contribuintes, em simultâneo. Tarefas relacionadas: Transferir documentos para partilhar na página 5 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de documento, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita os documentos. Importar documentos existentes na página 7 Pode importar um documento existente com o formato de ficheiro.doc,.docx,.txt,.odt, ou.ott. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Exportar documentos para outros formatos de ficheiro na página 11 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.doc e.pdf. Editar documentos na página 24 Sempre que procede à edição de um documento, pode definir as respectivas propriedades de formatação, tais como os tipos de letra, o alinhamento e a indentação. Pode criar uma lista de marcas ou lista numerada, inserir uma ligação, criar um cabeçalho ou um rodapé e utilizar a verificação ortográfica. Pode também imprimir o seu documento. Co-edição de documentos com outros na página 17 Um documento pode ser editado por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar parágrafos, tabelas, imagens (entre outros) diferentes ou idênticos. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em documentos na página 18 Ao co-editar um documento, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em documentos na página 8 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de documentos. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos. Colaborar em documentos em tempo real Pode colaborar num documento em tempo real com outros utilizadores como uma equipa. Também pode co-editar com outros editores e criar comentários e debates. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 15

20 Sobre esta tarefa Ao editar online com o IBM Docs, pode utilizar funções de colaboração, tais como co-edição e comentários. Se descarregar o documento e, em seguida, transferi-lo novamente para o IBM Docs, perdem-se os comentários para este documento. Se não tiver autorização para funções de edição social, não pode co-editar com outros utilizadores. Contacte o seu administrador para obter mais informações. Co-edição de documentos em tempo real Ao partilhar um documento com pessoas e ao atribuir-lhes acesso de editor, fica pronto a co-editar em tempo real. Sobre esta tarefa Pode editar um documento em simultâneo com outros editores, o que melhora substancialmente a eficiência da criação de documentos em equipa. As alterações efectuadas por diferentes editores são realçadas com cores diferentes. Pode verificar quem se encontra no modo de co-edição, consultando a lista de editores na barra lateral. Quando terminar o trabalho de co-edição, qualquer editor pode guardar o documento como rascunho ou como nova versão na partilha de ficheiros. Sobre a co-edição de documentos Colaborar em ficheiros com outros contribuintes, em simultâneo. 16 SmartCloud Docs Ao criar um documento, por vezes, é necessário solicitar informações de outras pessoas. Num cenário típico, poderá guardar o documento na unidade local e, em seguida, enviar o ficheiro por correio electrónico a outras pessoas para receber informações. Não poderá ver as respectivas alterações até que lhe enviem o documento novamente. Perde-se tempo ao trocar mensagens de correio electrónico, consolidar comentários e verificar informações. É aqui que a co-edição pode ajudar. Os contribuintes podem editar o documento em simultâneo e visualizar as alterações de imediato. O único requisito é partilhar o ficheiro e dar acesso de editor aos contribuintes.

21 As alterações do editor são realçadas em cores diferentes, para que possa sempre identificar quem fez a actualização. Também pode visualizar quem está a editar o documento, visualizando a lista de editores na barra lateral. Exemplo A Lara é uma assistente do departamento de TI. Foi-lhe solicitado que enviasse um relatório de estado ao seu gestor, todas as semanas. A Lara cria um documento, que requer dados dos representantes de TI das cinco equipas. Antes de utilizar o IBM Docs, a Lara enviava anexos de correio electrónico a cada representante e, em seguida, unia as respostas enviadas por cada pessoa. Com o IBM Docs, a Lara agora cria um documento com uma tabela, partilha-o com os cinco representantes e pede-lhes para preencherem as respectivas secções requeridas. Quando o documento estiver completo, a Lara partilha o documento com o seu gestor. Tarefas relacionadas: Co-edição de documentos com outros Um documento pode ser editado por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar parágrafos, tabelas, imagens (entre outros) diferentes ou idênticos. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em documentos na página 18 Ao co-editar um documento, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Co-edição de documentos com outros Um documento pode ser editado por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar parágrafos, tabelas, imagens (entre outros) diferentes ou idênticos. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Sobre esta tarefa Cada participante do grupo de co-edição tem de ter acesso ao documento enquanto editor. Por exemplo, se pretender co-editar um documento com os membros da equipa, deverá partilhar o documento com os mesmos e definir os respectivos níveis de acesso como Editor. Para co-editar com outros, execute os seguintes passos: Procedimento 1. Se for o proprietário do ficheiro e iniciar uma co-edição, faça clique em Ficheiros partilhados por mim na aplicação Ficheiros. Caso contrário, faça clique em Ficheiros partilhados comigo. 2. A partir da lista de ficheiros, faça clique no nome do documento que pretende co-editar. Em seguida, faça clique em Editar no IBM Docs. Nota: Caso tenha acedido ao documento antes, como proprietário do ficheiro, este é aberto no IBM Docs. Caso contrário, é apresentada uma janela Iniciar a edição online com o IBM Docs. Faça clique em Editar online para continuar. Os Capítulo 2. Trabalhar com documentos 17

22 outros editores não podem ver o botão Editar no IBM Docs até o proprietário do ficheiro ter aberto anteriormente o documento no IBM Docs. 3. O documento é aberto e o utilizador entra no modo de co-edição. 4. Os nomes de todos os editores são apresentados na lista da barra lateral. O nome é apresentado a negrito e é seguido por uma atribuição de cor quando o editor entra no modo de co-edição. Pode alterar o documento e, simultaneamente, visualizar as alterações efectuadas por outros em cores diferentes. Nota: As suas alterações são guardadas automaticamente para o documento de rascunho ao longo do processo de edição. 5. Quando estiver pronto a permitir que os leitores vejam ou descarreguem o documento, faça clique em Ficheiro > Publicar versão. 6. Fechar o separador do documento. Nota: É notificado durante a sessão de edição, se um co-editor eliminar o ficheiro. Faça clique em OK na notificação para guardar o rascunho como um novo ficheiro e assegurar que as alterações feitas podem ser mantidas. Conceitos relacionados: Sobre a co-edição de documentos na página 16 Colaborar em ficheiros com outros contribuintes, em simultâneo. Tarefas relacionadas: Mostrar alterações de cada editor em documentos Ao co-editar um documento, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Mostrar alterações de cada editor em documentos Ao co-editar um documento, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Procedimento Os indicadores de cor são apresentados por predefinição. Para fechar os indicadores de cor para alterações em co-edição, faça clique em Ver > Realces de co-edição. Nota: As cores de diferentes editores são atribuídas pelo administrador, e um utilizador não pode alterar as cores de co-edição que lhe foram atribuídas. 18 SmartCloud Docs

23 Conceitos relacionados: Sobre a co-edição de documentos na página 16 Colaborar em ficheiros com outros contribuintes, em simultâneo. Tarefas relacionadas: Co-edição de documentos com outros na página 17 Um documento pode ser editado por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar parágrafos, tabelas, imagens (entre outros) diferentes ou idênticos. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Colaborar utilizando comentários em documentos Ao colaborar com vários editores num documento, é conveniente adicionar comentários. Ajuda a comunicar com editores que trabalham em alturas diferentes. Sobre esta tarefa Quando cria um documento, é apresentada uma barra lateral com uma lista de todos os comentários existentes nesse documento. Para cada comentário, pode participar numa conversação com vários editores, adicionando as suas respostas. A linha de debate é indentada abaixo de cada comentário. Pode remover os seus comentários e dirigir comentários ou respostas a outro editor utilizando o Pode visualizar comentários dirigidos a si ou criados por si. Pode também filtrar comentários por editor, para visualizar os comentários ou as respostas dirigidas a cada um e para ver os comentários ou respostas criados por cada um deles. Acerca de comentários em documentos Quando é necessário trabalhar num documento em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 19

24 Os comentários são todos apresentados na barra lateral de Comentários, na qual pode visualizar a linha de resposta abaixo de cada comentário. Pode criar ou eliminar comentários, adicionar respostas, dirigir comentários ou respostas a outro editor e procurar palavras-chave dos comentários. Pode visualizar comentários ou respostas dirigidos a si, bem como visualizar comentários ou respostas criados por outros editores ou dirigidos a outros editores. Durante um debate relacionado com um comentário, se for necessário que outra pessoa investigue a questão ou responda a uma pergunta, pode atribuir o item a qualquer um dos editores no documento. Pode utilizar o para dirigir a resposta a qualquer outro editor. Os executantes podem visualizar os comentários ou respostas que foram dirigidos aos mesmos na barra lateral de comentários. Exemplo A Tânia, a directora do programa, criou um plano de negócios para 2011, 2012 e necessita de comentários por parte dos gestores para o seu projecto. Antes, a Tânia teria de enviar uma mensagem de correio electrónico a todos os gestores e pedir-lhes que enviassem os seus comentários através de correio ou que actualizassem o documento em anexo com os mesmos. Quando os gestores não enviavam os respectivos comentários em relação à mesma versão, a Tânia tinha de descobrir quais os comentários aplicáveis a cada uma das secções e tinha também de intercalar os comentários em conjunto. Caso a Tânia pretendesse que algum dos gestores investigasse um problema, ela teria também de enviar uma mensagem de correio electrónico a esse gestor. Agora, a Tânia partilha este plano de negócios com todos os gestores e pede-lhes directamente para que enviem os seus comentários. Os gestores podem enviar comentários em alturas diferentes e debater as principais questões. A Tânia pode atribuir uma questão a qualquer um dos gestores, para que realizem uma investigação adicional ao problema, e o gestor a quem foi atribuída essa questão pode efectuar alterações ao plano. 20 SmartCloud Docs

25 Tarefas relacionadas: Criar comentários em documentos Ao editar ou rever um documento, pode criar comentários que o ajudam a colaborar com outros editores. Pode adicionar as suas respostas aos comentários. Todos os comentários e respostas do documento são apresentadas na barra lateral de Comentários. Ver comentários em documentos na página 22 Quando abre um documento, se a barra lateral não for apresentada, por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas neste documento no painel Comentários. Procurar comentários em documentos na página 23 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Criar comentários em documentos Ao editar ou rever um documento, pode criar comentários que o ajudam a colaborar com outros editores. Pode adicionar as suas respostas aos comentários. Todos os comentários e respostas do documento são apresentadas na barra lateral de Comentários. Procedimento Para criar comentários e respostas para o documento, execute os passos que se seguem: 1. Faça clique no local em que pretende inserir um comentário. 2. Faça clique em Equipa > Adicionar comentário ou faça clique em Adicionar comentário na barra de ferramentas. O painel Comentários é apresentado. 3. Introduza o seu comentário no campo e prima Enter ou faça clique em Adicionar. O comentário é inserido no documento e é apresentado no painel com o seu nome e data. Pode então iniciar uma conversação com outros utilizadores. 4. Opcional: Se pretender dirigir o comentário a outro editor, introduza o É apresentada uma lista com os editores do documento. Seleccione o editor que pretende na lista e, em seguida, introduza o seu comentário. 5. Para responder a qualquer comentário, faça clique no ícone de seta dupla para expandir o comentário e, em seguida, faça clique em Responder para introduzir a resposta. Prima Enter quando concluir a introdução do comentário. A resposta é adicionada ao comentário com um ícone diferente. 6. Opcional: Pode direccionar a resposta a qualquer editor. Ao introduzir o conteúdo da resposta, introduza o é apresentada uma lista de editores do documento. Seleccione o editor que pretende na lista e, em seguida, introduza a sua resposta. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 21

26 7. Se pretender remover qualquer conteúdo, faça clique no ícone de lixo. O comentário, juntamente com todas as respostas, é eliminado. 8. Após concluir os comentários e as respostas do documento, faça clique em Ver > Barra lateral para ocultar o painel Comentários. Conceitos relacionados: Acerca de comentários em documentos na página 19 Quando é necessário trabalhar num documento em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Ver comentários em documentos Quando abre um documento, se a barra lateral não for apresentada, por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas neste documento no painel Comentários. Procurar comentários em documentos na página 23 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Ver comentários em documentos Quando abre um documento, se a barra lateral não for apresentada, por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas neste documento no painel Comentários. Sobre esta tarefa Pode visualizar comentários e respostas criados por si ou dirigidos a si. Pode também visualizar comentários e respostas criados por outros editores ou dirigidos a outros editores. Procedimento Para visualizar comentários e respostas, execute os passos que se seguem: 1. Faça clique em Comentários na barra lateral para apresentar o painel de comentários. Se a barra lateral não for apresentada, faça clique em Ver > Barra lateral para abrir a barra lateral. 2. Pode fazer clique no ícone de seta dupla para expandir qualquer comentário, de modo a visualizar o conteúdo detalhado e as linhas de respostas. O cursor aponta a localização em que o comentário é criado. Pode também fazer clique na marca de comentário é apresentado no painel Comentários. no documento. O comentário 3. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Ver comentários dirigidos a mim. São apresentados todos os comentários dirigidos a si. Ainda que apenas uma resposta a um comentário seja dirigida a si, é apresentada a totalidade da linha de comentários. 4. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Ver os meus comentários. São apresentados todos os comentários que foram escritos por si. Mesmo que tenha escrito apenas uma resposta a um comentário, é apresentada a totalidade da linha do comentário. 5. Para visualizar comentários ou respostas que tenham sido escritos por outros editores ou dirigidos a outros editores, faça clique no nome do editor no painel 22 SmartCloud Docs

27 Editores. A opção Dirigidos a apresenta qualquer linha de comentários que mencione esse editor através do Faça clique em Escrito por para visualizar os comentários ou respostas que tenham sido escritos pelo editor. Nota: Quando fizer clique no nome de um editor, o nome desse editor é realçado. Quando fizer clique novamente no nome do editor, os comentários e respostas escritas por ou dirigidas ao editor são fechadas. 6. Faça clique no ícone de seta dupla para expandir o comentário. Pode visualizar a linha detalhada de cada comentário. 7. Se não pretender visualizar os comentários ou respostas, faça clique no botão Fechar para sair. Conceitos relacionados: Acerca de comentários em documentos na página 19 Quando é necessário trabalhar num documento em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Criar comentários em documentos na página 21 Ao editar ou rever um documento, pode criar comentários que o ajudam a colaborar com outros editores. Pode adicionar as suas respostas aos comentários. Todos os comentários e respostas do documento são apresentadas na barra lateral de Comentários. Procurar comentários em documentos Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Procurar comentários em documentos Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Procedimento 1. Na barra lateral, faça clique em Comentários para apresentar o painel Comentários. Se a barra lateral não for apresentada por predefinição, faça clique em Ver > Barra lateral para abrir a barra lateral. 2. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Procurar nos comentários. 3. Introduza as palavras-chave no campo de procura. 4. Prima Enter ou faça clique em Procurar. São apresentados os comentários que contêm as palavras-chave introduzidas. 5. Se os resultados não forem os pretendidos, pode introduzir novas palavras-chave e efectuar uma nova procura. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 23

28 Editar documentos 6. Faça clique em Fechar para sair do modo de procura. Conceitos relacionados: Acerca de comentários em documentos na página 19 Quando é necessário trabalhar num documento em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Criar comentários em documentos na página 21 Ao editar ou rever um documento, pode criar comentários que o ajudam a colaborar com outros editores. Pode adicionar as suas respostas aos comentários. Todos os comentários e respostas do documento são apresentadas na barra lateral de Comentários. Ver comentários em documentos na página 22 Quando abre um documento, se a barra lateral não for apresentada, por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas neste documento no painel Comentários. Sempre que procede à edição de um documento, pode definir as respectivas propriedades de formatação, tais como os tipos de letra, o alinhamento e a indentação. Pode criar uma lista de marcas ou lista numerada, inserir uma ligação, criar um cabeçalho ou um rodapé e utilizar a verificação ortográfica. Pode também imprimir o seu documento. 24 SmartCloud Docs

29 Tarefas relacionadas: Transferir documentos para partilhar na página 5 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de documento, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita os documentos. Importar documentos existentes na página 7 Pode importar um documento existente com o formato de ficheiro.doc,.docx,.txt,.odt, ou.ott. Partilhar documentos com pessoas ou comunidades na página 12 Pode partilhar um documento com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar o documento para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para documentos na página 14 Após partilhar o seu documento com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Exportar documentos para outros formatos de ficheiro na página 11 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.doc e.pdf. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em documentos na página 8 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de documentos. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos. Formatar texto em documentos Pode formatar texto especificando os efeitos do tipo de letra, definido o tamanho do tipo de letra, definindo o alinhamento do texto e as indentações. Pode também criar listas de marcas ou listas numeradas para inserir num documento. Definir efeitos do tipo de letra Pode definir efeitos do tipo de letra para o texto seleccionado. Pode aplicar ao texto efeitos de negrito, itálico e rasurado. Pode também especificar cores para o tipo de letra. Sobre esta tarefa É necessário começar por seleccionar o texto. Se não for seleccionado qualquer texto, o estilo do tipo de letra é aplicado ao texto que introduzir. Procedimento v Seleccione o texto para o qual pretende definir os efeitos do tipo de letra. Opção Descrição Para formatar o texto seleccionado a negrito Faça clique em Formatar > Propriedades do texto > Negrito. Para formatar o texto seleccionado a itálico Faça clique em Formatar > Propriedades do texto > Itálico. Para aplicar sublinhado ao texto seleccionado Para aplicar efeito de rasurado ao texto seleccionado Faça clique em Formatar > Propriedades do texto > Sublinhado. Faça clique em Formatar > Propriedades do texto > Rasurado. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 25

30 v Para definir as cores do tipo de letra, faça clique no botão Definir cor do tipo de letra na barra de ferramentas e seleccione a cor pretendida no painel apresentado. Faça clique em Mais cores se pretender utilizar outras cores. v Para realçar o texto, faça clique no botão Definir cor de realce na barra de ferramentas e seleccione a cor pretendida no painel apresentado. Faça clique em Mais cores se pretender utilizar outras cores. Tarefas relacionadas: Criar texto com formatação superior ou inferior à linha Pode formatar o texto seleccionado para que fique superior ou inferior à linha. Uma formatação superior ou inferior à linha permite adicionar um símbolo, como uma marca comercial, a uma palavra. Definir o tamanho do tipo de letra na página 27 Num documento, pode definir o tamanho do tipo de letra para o texto seleccionado e aumentar ou diminuir rapidamente o tamanho do tipo de letra. Alinhar texto na página 27 Também pode alinhar o texto à esquerda, à direita, centrá-lo ou justificá-lo. Indentar texto na página 28 Pode alterar a indentação do texto seleccionado. Adicionar marcas ou números em documentos na página 29 Pode adicionar marcas ou números a listas num documento. Criar texto com formatação superior ou inferior à linha Pode formatar o texto seleccionado para que fique superior ou inferior à linha. Uma formatação superior ou inferior à linha permite adicionar um símbolo, como uma marca comercial, a uma palavra. Sobre esta tarefa O texto superior ou inferior à linha consiste num número, algarismo, símbolo ou indicador que é apresentado com um tamanho mais pequeno e é posicionado acima ou abaixo da linha de base. O texto inferior à linha está abaixo da linha de base, por exemplo, H 2 O. O texto superior à linha está acima da linha de base, por exemplo, a 2. O texto superior e inferior à linha é utilizado com mais frequência em fórmulas, expressões matemáticas e descrições de compostos químicos e isótopos. Procedimento Para criar texto com formatação superior ou inferior à linha: 1. Seleccione o texto a que pretende aplicar formatação superior ou inferior à linha. 2. Faça clique em Formatar > Superior à linha ou Inferior à linha. 26 SmartCloud Docs

31 Tarefas relacionadas: Definir efeitos do tipo de letra na página 25 Pode definir efeitos do tipo de letra para o texto seleccionado. Pode aplicar ao texto efeitos de negrito, itálico e rasurado. Pode também especificar cores para o tipo de letra. Definir o tamanho do tipo de letra Num documento, pode definir o tamanho do tipo de letra para o texto seleccionado e aumentar ou diminuir rapidamente o tamanho do tipo de letra. Alinhar texto Também pode alinhar o texto à esquerda, à direita, centrá-lo ou justificá-lo. Indentar texto na página 28 Pode alterar a indentação do texto seleccionado. Adicionar marcas ou números em documentos na página 29 Pode adicionar marcas ou números a listas num documento. Definir o tamanho do tipo de letra Num documento, pode definir o tamanho do tipo de letra para o texto seleccionado e aumentar ou diminuir rapidamente o tamanho do tipo de letra. Sobre esta tarefa Antes de definir o tamanho do tipo de letra, pode especificar o nome do tipo de letra para o texto seleccionado e, em seguida, definir um tamanho apropriado para o texto. Procedimento 1. Seleccione o texto para o qual pretende especificar o tamanho do tipo de letra. 2. Faça clique em Seleccionar tamanho do tipo de letra na barra de ferramentas e, em seguida, seleccione o tamanho pretendido. 3. Se pretender aumentar ou diminuir o tamanho do tipo de letra, faça clique em Formatar > Propriedades do texto > Aumentar tamanho do tipo de letra ou Diminuir tamanho do tipo de letra. Tarefas relacionadas: Definir efeitos do tipo de letra na página 25 Pode definir efeitos do tipo de letra para o texto seleccionado. Pode aplicar ao texto efeitos de negrito, itálico e rasurado. Pode também especificar cores para o tipo de letra. Criar texto com formatação superior ou inferior à linha na página 26 Pode formatar o texto seleccionado para que fique superior ou inferior à linha. Uma formatação superior ou inferior à linha permite adicionar um símbolo, como uma marca comercial, a uma palavra. Alinhar texto Também pode alinhar o texto à esquerda, à direita, centrá-lo ou justificá-lo. Indentar texto na página 28 Pode alterar a indentação do texto seleccionado. Adicionar marcas ou números em documentos na página 29 Pode adicionar marcas ou números a listas num documento. Alinhar texto Também pode alinhar o texto à esquerda, à direita, centrá-lo ou justificá-lo. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 27

32 Sobre esta tarefa O alinhamento do texto determina o aspecto e a orientação das margens do parágrafo. Por exemplo, justificar o parágrafo significa alinhar o parágrafo de forma uniforme à esquerda e à direita. Alinhar o parágrafo à esquerda significa que a margem esquerda do parágrafo é ajustada à esquerda. Numa tabela, alinhar texto é ajustar a posição do texto de uma célula. Procedimento 1. Faça clique em qualquer parte no texto que pretende alinhar. 2. Faça clique em Formatar > Alinhar e, em seguida, seleccione Esquerda, Direita, Centro, oujustificar. Sugestão: Pode alinhar rapidamente o texto, fazendo clique nos ícones Alinhar à esquerda, Alinhar ao centro, Alinhar à direita ou Justificar na barra de ferramentas. Tarefas relacionadas: Definir efeitos do tipo de letra na página 25 Pode definir efeitos do tipo de letra para o texto seleccionado. Pode aplicar ao texto efeitos de negrito, itálico e rasurado. Pode também especificar cores para o tipo de letra. Criar texto com formatação superior ou inferior à linha na página 26 Pode formatar o texto seleccionado para que fique superior ou inferior à linha. Uma formatação superior ou inferior à linha permite adicionar um símbolo, como uma marca comercial, a uma palavra. Definir o tamanho do tipo de letra na página 27 Num documento, pode definir o tamanho do tipo de letra para o texto seleccionado e aumentar ou diminuir rapidamente o tamanho do tipo de letra. Indentar texto Pode alterar a indentação do texto seleccionado. Adicionar marcas ou números em documentos na página 29 Pode adicionar marcas ou números a listas num documento. Indentar texto Pode alterar a indentação do texto seleccionado. Sobre esta tarefa A indentação determina a distância entre a margem da página e o texto num parágrafo. No espaço entre as margens, pode aumentar ou diminuir a indentação de um parágrafo ou de um grupo de parágrafos. 28 SmartCloud Docs

33 Procedimento 1. Seleccione o parágrafo que pretende indentar. 2. Faça clique em Formatar > Aumentar a indentação. 3. Para diminuir a indentação, faça clique em Formatar > Diminuir a indentação. Sugestão: Pode indentar rapidamente o parágrafo, fazendo clique em e diminuir a indentação, fazendo clique em na barra de ferramentas. Tarefas relacionadas: Definir efeitos do tipo de letra na página 25 Pode definir efeitos do tipo de letra para o texto seleccionado. Pode aplicar ao texto efeitos de negrito, itálico e rasurado. Pode também especificar cores para o tipo de letra. Criar texto com formatação superior ou inferior à linha na página 26 Pode formatar o texto seleccionado para que fique superior ou inferior à linha. Uma formatação superior ou inferior à linha permite adicionar um símbolo, como uma marca comercial, a uma palavra. Definir o tamanho do tipo de letra na página 27 Num documento, pode definir o tamanho do tipo de letra para o texto seleccionado e aumentar ou diminuir rapidamente o tamanho do tipo de letra. Alinhar texto na página 27 Também pode alinhar o texto à esquerda, à direita, centrá-lo ou justificá-lo. Adicionar marcas ou números em documentos Pode adicionar marcas ou números a listas num documento. Adicionar marcas ou números em documentos Pode adicionar marcas ou números a listas num documento. Sobre esta tarefa Procedimento v Para adicionar marcas: 1. Faça clique no ícone Adicionar marcas ou Alterar estilo de marcas na barra de ferramentas. 2. Introduza o conteúdo e prima Enter. É inserida outra marca com o estilo de marca predefinido. Sugestão: Se pretender que o item da lista seguinte seja um parágrafo normal (sem marca), prima Enter duas vezes. Para incluir vários níveis de marcas na lista, utilize o ícone Aumentar a indentação e o ícone Diminuir a indentação. 3. Se não pretender utilizar o estilo de marcas predefinido, faça clique na seta no ícone Adicionar marcas ou Alterar estilo de marcas. É apresentado um painel com todos os estilos de marca disponíveis. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 29

34 v 4. Seleccione o estilo de marca pretendido no painel apresentado. 5. Se pretender remover as marcas, seleccione a lista marcada e faça clique no ícone Adicionar marcas ou Alterar estilo de marcas novamente. Para adicionar numeração: 1. Faça clique no ícone Adicionar numeração ou Alterar estilo de numeração na barra de ferramentas. 2. Introduza o conteúdo e prima Enter. É inserido outro item da lista numerada com o estilo de numeração predefinido. Sugestão: Se pretender que o item da lista seguinte seja um parágrafo normal (sem número), prima Enter duas vezes. Se pretender adicionar um item da lista numerada após este parágrafo, por predefinição, o item reinicia com o número 1. Se pretender que este item inicie a numeração no ponto onde a lista anterior termina, faça clique com o botão direito do rato no item e seleccione Continuar lista. 3. Se não pretender utilizar o estilo de numeração predefinido, faça clique na seta no ícone Adicionar numeração ou Alterar estilo de numeração. É apresentado um painel com todos os estilos de numeração disponíveis. 30 SmartCloud Docs

35 4. Seleccione o estilo de numeração pretendido no painel apresentado. 5. Se pretender remover a numeração, seleccione a lista com numeração e faça clique no ícone Adicionar numeração ou Alterar estilo de numeração novamente. 6. Para incluir vários níveis de numeração na lista, utilize o ícone Aumentar a indentação e o ícone Diminuir a indentação, ou seleccione um estilo pré-formatado, utilizando o comando Formatar > Lista multinível. Tarefas relacionadas: Definir efeitos do tipo de letra na página 25 Pode definir efeitos do tipo de letra para o texto seleccionado. Pode aplicar ao texto efeitos de negrito, itálico e rasurado. Pode também especificar cores para o tipo de letra. Criar texto com formatação superior ou inferior à linha na página 26 Pode formatar o texto seleccionado para que fique superior ou inferior à linha. Uma formatação superior ou inferior à linha permite adicionar um símbolo, como uma marca comercial, a uma palavra. Definir o tamanho do tipo de letra na página 27 Num documento, pode definir o tamanho do tipo de letra para o texto seleccionado e aumentar ou diminuir rapidamente o tamanho do tipo de letra. Alinhar texto na página 27 Também pode alinhar o texto à esquerda, à direita, centrá-lo ou justificá-lo. Indentar texto na página 28 Pode alterar a indentação do texto seleccionado. Criar listas multinível em documentos Insira as listas ordenadas com indentação ou um destaque que contenha os títulos da secção de um documento. Procedimento 1. A partir de um documento aberto, faça clique na localização na qual pretende inserir a lista multinível. 2. Faça clique em Formatar > Lista multinível. 3. Faça clique numa imagem em miniatura para seleccionar um estilo pré-formatado. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 31

36 Sugestão: Se pretender utilizar títulos ordenados no documento, seleccione um estilo que contenha títulos na miniatura. 4. Faça clique em OK. 5. Execute uma das seguintes acções ao introduzir a lista: v v Para uma lista que não inclua títulos, utilize a tecla Tab ou as teclas Shift+Tab para indicar o nível de indentação para cada item. O símbolo de numeração que corresponde a cada nível é apresentado automaticamente. Para uma lista de títulos, utilize o ícone Seleccionar estilo para indicar o nível de títulos para cada item. O símbolo de numeração e o nível de indentação que correspondem a cada nível do título são apresentados automaticamente. Nota: O ícone Seleccionar estilo não está activo durante uma sessão de co-edição. Como proceder a seguir Nota: Pode também aplicar o primeiro nível de um estilo pré-formatado a uma lista existente introduzindo os itens alinhados à esquerda, seleccionando os itens e, em seguida, fazendo clique em Formatar > Lista multinível. Em seguida, utilize as teclas Enter e Tab para preencher os subníveis. Se estiver a trabalhar com títulos, tenha em atenção que premir Enter após um título resulta num estilo de corpo de texto para a linha seguinte, em vez de o mesmo estilo que resulta ao premir Enter numa lista que não inclui títulos. Inserir ligações Num documento, pode inserir uma ligação para uma página da Web ou um endereço de correio electrónico. Sobre esta tarefa Procedimento 1. Faça clique em Inserir > Ligação. É apresentada a janela Adicionar ou editar uma ligação. 2. No campo Tipo de ligação, seleccione o tipo de ligação pretendido e especifique as definições relacionadas: 32 SmartCloud Docs

37 Opção URL Correio electrónico Descrição Seleccione URL se pretender criar uma ligação para outra página da Web. Especifique o protocolo no campo Protocolo e, em seguida, introduza o endereço URL. Seleccione Correio electrónico se pretender criar uma ligação para um endereço de correio electrónico. Especifique o endereço de correio electrónico, o assunto da mensagem e o corpo da mensagem que pretende enviar para esse endereço de correio electrónico. 3. Faça clique em OK. 4. Depois de inserir a ligação, pode editá-la, fazendo clique em Inserir > Ligação ou fazendo clique no ícone Adicionar ou editar ligação ferramentas. na barra de Criar cabeçalhos e rodapés Num documento, pode criar um cabeçalho no início da margem da página, ou um rodapé no final da margem da página. Pode também editar e ocultar cabeçalhos e rodapés após a respectiva criação. Sobre esta tarefa Os cabeçalhos e rodapés são áreas no início e fim das margens da página nas quais pode adicionar texto ou imagens. Por exemplo, pode inserir números de página, a data, um logótipo da empresa, o nome do autor, entre outros elementos. A margem corresponde ao espaço em branco fora da área de impressão numa página. Qualquer que seja o número de quebras de pagina do seu documento, pode criar apenas um cabeçalho e um rodapé para todo o documento. O cabeçalho está localizado na margem superior e o rodapé está localizado na margem inferior. Pode especificar se pretende incluir o cabeçalho e o rodapé ao imprimir o documento. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 33

38 Procedimento v Para adicionar um cabeçalho à página: 1. Faça clique em Inserir > Cabeçalho. É apresentada uma área a cinzento no início. 2. Faça duplo clique na área a cinzento para entrar no modo de edição. É apresentada uma barra de ferramentas. 3. Introduza o conteúdo no campo do cabeçalho. Sugestão: Se pretender limpar o conteúdo do cabeçalho, faça clique em Remover. 4. Especifique as definições do texto, utilizando a barra de ferramentas, tais como o tamanho do tipo de letra, os efeitos do tipo de letra, a cor do tipo de letra e o alinhamento. 5. Pode também inserir uma imagem no campo do cabeçalho. Faça clique no botão Inserir imagem, navegue até ao ficheiro de imagem e, em seguida, faça clique em OK. 6. Quando terminar o campo do cabeçalho, faça clique em Concluído na barra de ferramentas. Desta maneira, sai do modo de edição. 7. Pode fazer duplo clique no campo do cabeçalho para editar o mesmo. v 8. Opcional: Se não pretender apresentar o cabeçalho, faça clique em. Para adicionar um rodapé à página: 1. Faça clique em Inserir > Rodapé. É apresentada uma área a cinzento no final. 2. Faça duplo clique na área a cinzento para entrar no modo de edição. É apresentada uma barra de ferramentas. 3. Introduza o conteúdo no campo do rodapé. Sugestão: Se pretender limpar o conteúdo do rodapé, faça clique em Remover. 4. Especifique as definições do texto, utilizando a barra de ferramentas, tais como o tamanho do tipo de letra, os efeitos do tipo de letra, a cor do tipo de letra e o alinhamento. 5. Pode também inserir uma imagem no campo do rodapé. Faça clique no botão Inserir imagem, navegue até ao ficheiro de imagem e, em seguida, faça clique em OK. 6. Quando terminar o campo do rodapé, faça clique em Concluído na barra de ferramentas. 7. Pode fazer duplo clique no campo do rodapé para editar o mesmo. 8. Opcional: Se não pretender apresentar o rodapé, faça clique em. Sugestão: Para inserir um número de página, ou a data e hora: 34 SmartCloud Docs

39 1. Faça duplo clique na área de cabeçalho ou rodapé para entrar no modo de edição. É apresentada a barra de ferramentas. 2. Faça clique no botão Campos na barra de ferramentas. 3. Seleccione o campo pretendido da lista: Número de página, Data e Hora. Tarefas relacionadas: Inserir campos em documentos Pode inserir a data e hora na área de texto ou numa área de cabeçalho e rodapé. Pode inserir o número de página apenas na área de cabeçalho e rodapé. Criar um índice O índice é criado adicionando, em primeiro lugar, títulos no documento, nos níveis apropriados. Procedimento 1. Para cada título de secção no documento, faça clique no texto do título, faça clique em Formatar > Título e, em seguida, faça clique no nível de título adequado para atribuir o mesmo. 2. Mova o cursor para a localização na qual pretende inserir o índice. 3. Faça clique em Inserir > Índice. Um índice é gerado a partir dos títulos e é apresentado na localização do cursor. 4. Para gerar os números das páginas, publique o ficheiro como uma nova versão. 5. Se efectuar alterações a qualquer título da secção, pode actualizar automaticamente o índice, fazendo clique com o botão direito do rato no mesmo e, em seguida, fazendo clique em Índice > Actualizar. 6. Pode remover o índice fazendo clique com o botão direito do rato no mesmo e, em seguida, fazendo clique em Índice > Eliminar. Inserir campos em documentos Pode inserir a data e hora na área de texto ou numa área de cabeçalho e rodapé. Pode inserir o número de página apenas na área de cabeçalho e rodapé. Procedimento v Para inserir uma data na área de texto: 1. Faça clique em Inserir > Campos > Data. v 2. Seleccione um formato da data e, em seguida, faça clique em OK. Para inserir uma hora na área de texto: Capítulo 2. Trabalhar com documentos 35

40 1. Faça clique em Inserir > Campos > Hora. 36 SmartCloud Docs 2. Seleccione um formato de hora e, em seguida, faça clique em OK. v Para inserir um número de página, data e hora na área de cabeçalho ou rodapé: 1. Faça duplo clique na área de cabeçalho ou rodapé para entrar no modo de edição. É apresentada a barra de ferramentas. 2. Faça clique no botão Campos na barra de ferramentas. 3. Seleccione o campo pretendido da lista: Número de página, Data e Hora. Tarefas relacionadas: Criar cabeçalhos e rodapés na página 33 Num documento, pode criar um cabeçalho no início da margem da página, ou um rodapé no final da margem da página. Pode também editar e ocultar cabeçalhos e rodapés após a respectiva criação. Efectuar a verificação ortográfica a documentos Pode optar por verificar a ortografia de todo o documento quando o terminar ou verificar a ortografia imediatamente ao escrever. Sobre esta tarefa Quando editar um documento, poderá não dispor de tempo suficiente para verificar manualmente os erros de ortografia e gramática, caso trabalhe com prazos apertados. Pode utilizar uma ferramenta para o ajudar a localizar e a corrigir estes erros mais depressa. Pode configurar o IBM Docs para que verifique automaticamente a ortografia enquanto escreve e para que sublinhe possíveis erros de ortografia com uma linha ondulada vermelha. Quando activa a verificação ortográfica instantânea, também é feita a verificação ortográfica de todo o documento. Antes de activar a verificação ortográfica, pode seleccionar um dicionário de verificação ortográfica. Procedimento 1. Faça clique em Ferramentas > Dicionários de verificação ortográfica e seleccione um dicionário que pretende utilizar para verificação ortográfica. 2. Faça clique em Ferramentas > Verificar ortografia ao escrever para activar a verificação ortográfica. É feita a verificação ortográfica de todo o documento e o texto com erros de ortografia ou gramática é sublinhado com linhas onduladas vermelhas. Assim, à medida que escreve novas palavras, o texto com erros de ortografia ou gramática é também sublinhado com linhas onduladas vermelhas.

41 3. Tem as seguinte opções para as palavras sublinhadas pelas linhas vermelhas: v Faça clique com o botão direito na palavra com uma linha ondulada vermelha e é apresentada uma lista de palavras sugeridas. Seleccione a palavra pretendida na lista. v Se não pretender corrigir a palavra, faça clique com o botão direito do rato e seleccione Ignorar para ignorar o erro para a ocorrência actual. v Se pretender ignorar todas as ocorrências da palavra no documento, seleccione Ignorar tudo. Desta forma, quando escrever a palavra novamente, esta não é sublinhada com uma linha ondulada vermelha. v Se a palavra com uma linha ondulada vermelha aparecer mais de uma vez no documento e se pretender corrigir todas as ocorrências em simultâneo, faça clique com o botão direito do rato e seleccione Corrigir tudo. 4. Se não pretender verificar a ortografia do documento, faça clique em Ferramentas > Verificar ortografia ao escrever novamente para desactivar a opção. Imprimir documentos O comando Imprimir num documento abre uma nova janela do navegador na qual pode seleccionar as opções do esquema. Procedimento 1. A partir de um documento aberto, faça clique em Ficheiro > Imprimir. É apresentada uma janela do navegador em separado. 2. Por predefinição, o navegador adiciona cabeçalhos e rodapés ao documento impresso. Pode alterar o conteúdo ou suprimir os cabeçalhos e rodapés, seguindo os passos para o navegador em questão. Faça clique no ícone na janela do navegador para obter passos específicos. Importante: Não é possível imprimir o cabeçalho eorodapé que adicionar ao documento no IBM Docs. 3. Para alterar o tamanho do papel e outras definições de papel, siga os passos do seu navegador da mesma forma que no passo 2. Nota: Por predefinição, as imagens e cores de segundo plano não podem ser impressas. Seleccione Imprimir segundo plano (cores & imagens) na janela Configuração da página, se pretender imprimir o segundo plano. 4. Faça clique no ícone Imprimir. 5. Especifique as definições pretendidas e faça clique em OK. Imprimir documentos como ficheiros PDF Pode guardar um documento como ficheiro PDF, para que possa descarregar e imprimir o mesmo. Procedimento 1. A partir de um documento aberto, faça clique em Ficheiro > Imprimir como PDF. 2. Especifique as opções de configuração da página pretendidas. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 37

42 Seleccione PDF com etiquetas para gravar etiquetas de PDFs, o que aumenta o tamanho do ficheiro. Um ficheiro PDF com etiquetas contém informações sobre a estrutura do conteúdo do documento. Esta estrutura ajuda a apresentar o documento em dispositivos ao utilizar o software de leitor de ecrã. 3. Faça clique em OK. 4. Quando a mensagem O processamento está concluído for apresentada, faça clique na ligação Faça clique aqui para descarregar o ficheiro. 5. Faça clique em Abrir com e, em seguida, faça clique em OK. O ficheiro é descarregado e é aberto no Adobe Reader. A aplicação predefinida é o Adobe Reader, contudo, pode seleccionar outras aplicações para abrir o ficheiro. 6. Faça clique em File > Print no menu do Adobe Reader. 7. Seleccione as opções de impressão pretendidas e faça clique em OK. Trabalhar com imagens em documentos Pode inserir uma imagem e definir propriedades da imagem. Pode redimensionar uma imagem, arrastando-a ou através da janela Propriedades da imagem. Inserir imagens em documentos Pode inserir imagens num documento. Procedimento 1. Faça clique em Inserir > Imagem. É apresentada a janela Inserir imagem. 38 SmartCloud Docs 2. Faça clique em Pesquisar para seleccionar a imagem que pretende inserir. 3. Faça clique em OK. A imagem é inserida no documento.

43 Tarefas relacionadas: Definir propriedades de imagens Pode especificar o tamanho e outras propriedades de uma imagem seleccionada. Definir propriedades de imagens Pode especificar o tamanho e outras propriedades de uma imagem seleccionada. Procedimento 1. Seleccione a imagem para a qual pretende definir propriedades, faça clique com o botão direito do rato e seleccione Propriedades da imagem. 2. Introduza o texto alternativo para a imagem no campo Texto alternativo. 3. Especifique a largura e a altura nos campos Largura e Altura. Pode também arrastar para redimensionar a imagem conforme pretendido. Coloque o ponteiro do rato sobre o contorno da imagem, até ser apresentada uma seta bidireccional, e arraste. 4. Especifique o contorno no campo Contorno. 5. Faça clique em OK. Nota: Se fizer clique para bloquear a relação de tamanho, fazendo clique no botão na janela Propriedades da imagem, não poderá personalizar o tamanho da imagem. Faça novamente clique no botão para desbloquear a relação e poderá especificar as propriedades do tamanho. Tarefas relacionadas: Inserir imagens em documentos na página 38 Pode inserir imagens num documento. Trabalhar com tabelas em documentos Pode criar uma tabela, inserir, eliminar e redimensionar colunas e definir os cabeçalhos de tabelas. Pode definir várias propriedades para a totalidade de uma tabela ou para uma ou mais células. Criar tabelas em documentos Pode criar uma tabela em branco ou criar uma tabela a partir dos estilos predefinidos em documentos. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 39

44 Procedimento v Se pretender criar uma tabela em branco, execute os seguintes passos: 1. Coloque o cursor onde pretende inserir uma tabela. 2. Faça clique em Tabela > Criar. v 3. Introduza o número de linhas e colunas pretendidas. 4. Faça clique em OK. É criada uma tabela em branco. se pretender criar uma tabela a partir dos estilos predefinidos, execute os seguintes passos: 1. Coloque o cursor onde pretende inserir uma tabela. 2. Faça clique no botão Alterar estilo da tabela na barra de ferramentas. É apresentado um painel que contém todos os estilos de tabela disponíveis. 3. Seleccione um estilo pretendido no painel. É inserida uma tabela com o estilo seleccionado no documento. Alterar estilos de tabela em documentos Depois de criar uma tabela num documento, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Procedimento 1. Faça clique numa tabela para a realçar. 2. Faça clique no botão Alterar estilo da tabela na barra de ferramentas. É apresentado um painel que contém todos os estilos de tabela disponíveis. 40 SmartCloud Docs

45 3. Seleccione um estilo pretendido no painel. A tabela é alterada para o estilo seleccionado. Tarefas relacionadas: Adicionar linhas e colunas em tabelas na página 42 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Mover linhas e colunas em tabelas na página 43 Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Redimensionar tabelas em documentos na página 44 Pode alterar a altura da linha, a largura da coluna ou redimensionar a totalidade de uma tabela. Adicionar legendas a tabelas em documentos na página 45 Pode adicionar legendas a tabelas e especificar para mostrar ou ocultar as legendas. Definir cabeçalhos para tabelas em documentos na página 45 Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Definir propriedades da tabela em documentos Pode definir propriedades da tabela, tais como o estilo dos contornos, a largura dos contornos, a cor dos contornos, a largura das colunas e a altura das linhas em documentos. Procedimento 1. Faça clique em Tabela > Propriedades da tabela. 2. Especifique as opções das propriedades da tabela que pretende. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 41

46 3. Faça clique em OK. Definir as cores de segundo plano para células de tabela Pode definir uma cor de segundo plano para células de tabela. Procedimento 1. Seleccione as células para as quais pretende definir uma cor de segundo plano. Se pretender definir uma cor de segundo plano para apenas uma célula, faça clique na mesma. 2. Faça clique no ícone Definir cor de segundo plano na barra de ferramentas. 3. Seleccione uma cor do painel de visualização. As células seleccionadas são preenchidas com essa cor. 4. Opcional: Se pretender seleccionar mais cores, faça clique em Mais cores, seleccione uma e, em seguida, faça clique em OK. Alinhar texto em células de tabela em documentos Pode alinhar texto em células, como pretender, numa tabela. Procedimento 1. Faça clique numa célula onde pretende alinhar o texto. 2. Faça clique em Tabela > Célula e, em seguida, seleccione Alinhar à esquerda, Alinhar ao centro, oualinhar à direita. Sugestão: Também pode fazer clique com o botão direito do rato numa célula e fazer clique em Célula e, em seguida, seleccionar Alinhar à esquerda, Alinhar ao centro, oualinhar à direita. Adicionar linhas e colunas em tabelas Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Procedimento v Para adicionar linhas: 1. Faça clique em qualquer célula da linha onde pretende adicionar uma linha. 2. Faça clique em Tabela > Linha > Inserir linha acima ou Inserir linha abaixo. Sugestão: Pode adicionar uma linha rapidamente, fazendo clique no ícone v Inserir ou mover linha na barra de ferramentas. Se a tabela tiver um cabeçalho, não é possível adicionar uma linha acima do mesmo. Para adicionar colunas: 1. Faça clique em qualquer célula da coluna onde pretende adicionar uma coluna. 2. Faça clique em Tabela > Coluna > Inserir coluna antes ou Inserir coluna depois. 42 SmartCloud Docs

47 Sugestão: Pode adicionar uma coluna rapidamente, fazendo clique no ícone Inserir ou mover coluna na barra de ferramentas. Se a tabela tiver um cabeçalho de coluna, não é possível adicionar uma coluna antes do mesmo. Tarefas relacionadas: Alterar estilos de tabela em documentos na página 40 Depois de criar uma tabela num documento, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Mover linhas e colunas em tabelas Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Redimensionar tabelas em documentos na página 44 Pode alterar a altura da linha, a largura da coluna ou redimensionar a totalidade de uma tabela. Adicionar legendas a tabelas em documentos na página 45 Pode adicionar legendas a tabelas e especificar para mostrar ou ocultar as legendas. Definir cabeçalhos para tabelas em documentos na página 45 Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Mover linhas e colunas em tabelas Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Procedimento v Para mover uma linha: 1. Faça clique em qualquer célula na linha que pretende mover. 2. Faça clique em Tabela > Linha > Mover linha acima ou Mover linha abaixo. v Sugestão: Pode mover rapidamente a linha para cima ou para baixo, fazendo clique com o botão direito do rato e seleccionando Linha > Mover linha acima ou Mover linha abaixo. Se a tabela tiver um cabeçalho de linha, não poderá mover a linha do cabeçalho para baixo ou mover a segunda linha para cima. Para mover uma coluna: 1. Faça clique em qualquer célula na coluna que pretende mover. 2. Faça clique em Tabela > Coluna > Mover coluna antes ou Mover coluna depois Sugestão: Pode mover rapidamente a coluna antes ou depois, fazendo clique com o botão direito do rato e seleccionando Coluna > Mover coluna antes ou Mover coluna depois. Se a tabela tiver um cabeçalho de coluna, não poderá mover a coluna do cabeçalho para depois da tabela, tal como não poderá mover a segunda coluna para antes da tabela. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 43

48 Tarefas relacionadas: Alterar estilos de tabela em documentos na página 40 Depois de criar uma tabela num documento, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Adicionar linhas e colunas em tabelas na página 42 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Redimensionar tabelas em documentos Pode alterar a altura da linha, a largura da coluna ou redimensionar a totalidade de uma tabela. Adicionar legendas a tabelas em documentos na página 45 Pode adicionar legendas a tabelas e especificar para mostrar ou ocultar as legendas. Definir cabeçalhos para tabelas em documentos na página 45 Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Unir ou dividir células de tabela Numa tabela, pode unir directamente uma célula com uma célula adjacente abaixo ou unir várias células em simultâneo. Pode também dividir uma célula na vertical ou na horizontal. Procedimento v Para unir uma célula com uma célula adjacente abaixo, faça clique com o botão direito do rato na célula e, em seguida, seleccione Célula > Unir com a célula abaixo. v Para unir várias células, seleccione as células que pretende unir, faça clique com o botão direito do rato e, em seguida, seleccione Célula > Unir células. v Para dividir uma célula, faça clique com o botão direito do rato na célula e, em seguida, seleccione Célula > Dividir na vertical ou Dividir na horizontal. Redimensionar tabelas em documentos Pode alterar a altura da linha, a largura da coluna ou redimensionar a totalidade de uma tabela. Procedimento v Para alterar a largura da coluna, coloque o ponteiro do rato no limite da coluna que pretende mover. Quando o ponteiro do rato se transformar num ponteiro de redimensionamento, arraste o limite para a nova localização. v Para alterar a altura da linha, coloque o ponteiro do rato no limite da linha que pretende mover. Quando o ponteiro do rato se transformar num ponteiro de redimensionamento, arraste o limite para a nova localização. v Para redimensionar a totalidade de uma tabela: 1. Coloque o ponteiro no fim da tabela até que seja apresentada a guia de redimensionamento. 2. Coloque o ponteiro sobre a guia de redimensionamento até que seja apresentada uma seta bidireccional. 3. Arraste a tabela até ao tamanho pretendido. 44 SmartCloud Docs

49 Tarefas relacionadas: Alterar estilos de tabela em documentos na página 40 Depois de criar uma tabela num documento, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Adicionar linhas e colunas em tabelas na página 42 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Mover linhas e colunas em tabelas na página 43 Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Adicionar legendas a tabelas em documentos Pode adicionar legendas a tabelas e especificar para mostrar ou ocultar as legendas. Definir cabeçalhos para tabelas em documentos Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Adicionar legendas a tabelas em documentos Pode adicionar legendas a tabelas e especificar para mostrar ou ocultar as legendas. Procedimento 1. Faça clique com o botão direito do rato numa tabela e seleccione Mostrar legenda. É apresentada uma área a cinzento para que introduza a legenda pretendida. 2. Faça clique na área a cinzento e introduza a legenda. 3. Pode editar propriedades para a legenda, tais como alinhamento, tamanho do tipo de letra, etc. 4. Opcional: Faça clique com o botão direito do rato numa tabela e seleccione Ocultar legenda, se não pretender mostrar a legenda. Tarefas relacionadas: Alterar estilos de tabela em documentos na página 40 Depois de criar uma tabela num documento, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Adicionar linhas e colunas em tabelas na página 42 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Mover linhas e colunas em tabelas na página 43 Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Redimensionar tabelas em documentos na página 44 Pode alterar a altura da linha, a largura da coluna ou redimensionar a totalidade de uma tabela. Definir cabeçalhos para tabelas em documentos Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Definir cabeçalhos para tabelas em documentos Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 45

50 Procedimento v v v Para definir a primeira linha como o cabeçalho da tabela, faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na primeira linha e seleccione Linha > Utilizar linha seleccionada como cabeçalho. Para definir a primeira coluna como o cabeçalho da tabela, faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na primeira coluna e seleccione Coluna > Utilizar coluna seleccionada como cabeçalho. ~Se não pretender definir o cabeçalho a partir da linha, faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na linha do cabeçalho e seleccione Linha > Remover estilo do título. v Se não pretender definir o cabeçalho a partir da coluna, faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na coluna do cabeçalho e seleccione Coluna > Remover estilo do título. Tarefas relacionadas: Alterar estilos de tabela em documentos na página 40 Depois de criar uma tabela num documento, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Adicionar linhas e colunas em tabelas na página 42 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Mover linhas e colunas em tabelas na página 43 Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Redimensionar tabelas em documentos na página 44 Pode alterar a altura da linha, a largura da coluna ou redimensionar a totalidade de uma tabela. Adicionar legendas a tabelas em documentos na página 45 Pode adicionar legendas a tabelas e especificar para mostrar ou ocultar as legendas. Guia de consulta rápida para documentos Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como realizar determinadas tarefas de documentos. Tabela 3. Formatar texto Como posso... Alterar o tamanho do tipo de letra? Acção Seleccione o texto e faça clique no ícone Seleccionar tamanho do tipo de letra Alterar a cor do tipo de letra? Realçar texto com cor? na barra de ferramentas. Pode aumentar e diminuir o tamanho do tipo de letra rapidamente, fazendo clique em Formatar > Propriedades do texto > Aumentar tamanho do tipo de letra ou Diminuir tamanho do tipo de letra. Seleccione o texto e faça clique no ícone Definir cor do tipo de letra na barra de ferramentas. Seleccione o texto e faça clique no ícone Definir cor de realce ferramentas. na barra de 46 SmartCloud Docs

51 Tabela 3. Formatar texto (continuação) Como posso... Alterar a indentação do texto? Alinhar texto? Acção Seleccione o texto que pretende indentar e faça clique no ícone Aumentar indentação ou Diminuir indentação na barra de ferramentas. Seleccione o texto que pretende alinhar e faça clique em Alinhar à esquerda, Alinhar ao centro, Alinhar à direita Aplicar um estilo de título ao texto? Adicionar numeração e marcas ao texto? ou Justificar na barra de ferramenta. Seleccione o texto ao qual pretende aplicar o estilo de título e faça clique em Formatar > Título. Em seguida, seleccione o estilo de título que pretende. Faça clique no ícone Adicionar numeração ou Alterar estilo de numeração na barra de ferramentas para adicionar numeração. Faça clique no ícone Adicionar Regressar à formatação de parágrafos normal depois de uma lista marcada ou numerada? Criar um cabeçalho ou rodapé do documento? Inserir a data e hora no texto? Inserir uma ligação no texto? Inserir quebras de página? Inserir caracteres especiais? Inserir uma linha horizontal? Efectuar a verificação ortográfica do texto? Criar um documento a partir de um modelo? Adicionar um índice? Editar um índice? marcas ou Alterar estilo de marcas na barra de ferramentas para adicionar marcas. Prima duas vezes a tecla Enter. Faça clique em Inserir > Cabeçalho ou Inserir > Rodapé. Faça clique em Inserir > Campos e, em seguida, seleccione uma opção de Data ou Hora para inserir. Faça clique em Inserir > Ligação. Faça clique em Inserir > Quebra de página. Faça clique em Inserir > Carácter especial. Faça clique em Inserir > Linha horizontal. Faça clique em Ferramentas > Verificar ortografia ao escrever. Faça clique em Ficheiro > Novo > A partir do modelo > Documento. Faça clique em Formatar > Título para aplicar um estilo de título a cada título, faça clique no local onde pretende adicionar o índice e, em seguida, faça clique em Inserir > Índice. Efectue alterações aos títulos no documento, faça clique com o botão direito do rato no índice e, em seguida, faça clique em Actualizar. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 47

52 Tabela 3. Formatar texto (continuação) Como posso... Remover um índice? Acção Faça clique com o botão direito do rato no índice e, em seguida, faça clique em Eliminar. Tabela 4. Trabalhar com tabelas Como posso... Criar uma tabela? Adicionar ou mover para cima ou para baixo uma linha numa tabela? Adicionar ou mover para a esquerda ou para a direita uma coluna numa tabela? Alterar a largura da coluna? Alterar a altura da linha? Redimensionar a totalidade de uma tabela? Acção Para criar uma tabela simples, faça clique em Tabela > Criar. Para criar uma tabela com estilos predefinidos, faça clique no ícone Alterar estilo da tabela de ferramentas. Faça clique na seta no ícone Inserir ou na barra mover linha na barra de ferramentas e, em seguida, seleccione Inserir linha acima, Inserir linha abaixo, Mover linha acima ou Mover linha abaixo. Faça clique na seta no ícone Inserir ou mover coluna na barra de ferramentas e, em seguida, seleccione Inserir coluna antes, Inserir coluna depois, Mover coluna antes ou Mover coluna depois. Coloque o ponteiro do rato sobre o limite da coluna até este se transformar num ponteiro de redimensionamento. Arraste o limite para a nova localização pretendida. Coloque o ponteiro do rato sobre o limite da linha até este se transformar num ponteiro de redimensionamento. Arraste o limite para a nova localização pretendida. Coloque o ponteiro do rato no fim da tabela até que sejam apresentadas a guia de redimensionamento e uma seta bidireccional Unir células? Dividir uma célula?. Arraste a tabela até ao tamanho pretendido. Seleccione as células que pretende unir, faça clique com o botão direito do rato e, em seguida, seleccione Célula > Unir células. Se pretender unir uma célula com a célula abaixo, faça clique com o botão direito do rato na célula e seleccione Célula > Unir com a célula abaixo. Faça clique com o botão direito do rato na célula e, em seguida, seleccione Célula > Dividir na vertical ou Dividir na horizontal. 48 SmartCloud Docs

53 Tabela 4. Trabalhar com tabelas (continuação) Como posso... Acção Eliminar rapidamente todo o conteúdo de uma célula? Adicionar contornos a uma tabela? Definir cores de segundo plano para as células? Faça clique com o botão direito do rato na célula e seleccione Célula > Limpar conteúdo. Faça clique com o botão direito do rato na tabela e seleccione Tabela > Propriedades da tabela. Seleccione as células e, em seguida, faça clique no ícone Definir cor de segundo Adicionar uma legenda a uma tabela? Adicionar cabeçalhos de coluna ou linha? plano na barra de ferramentas. Se pretender definir uma cor de segundo plano para uma célula, não é necessário seleccioná-la. Basta fazer clique na mesma. Faça clique com o botão direito do rato na tabela e, em seguida, faça clique em Mostrar legenda. Para definir a primeira linha como o cabeçalho da coluna, faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na primeira linha e seleccione Linha > Utilizar linha seleccionada como cabeçalho. Para definir a primeira coluna como o cabeçalho da linha, faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na primeira coluna e seleccione Coluna > Utilizar coluna seleccionada como cabeçalho. Tabela 5. Trabalhar com imagens Como posso... Inserir uma imagem? Definir propriedades da imagem, tais como largura, altura, contorno e alinhamento? Alterar rapidamente o tamanho da imagem? Acção Faça clique em Inserir > Imagem. Faça clique na imagem e, em seguida, em Formatar > Propriedades da imagem. Faça clique na imagem e coloque o ponteiro do rato sobre um contorno, até ser apresentada uma seta bidireccional, e arraste. Ao arrastar não será mantida a relação dimensional. Tabela 6. Colaborar com outras pessoas em tempo real Como posso... Acção Partilhar o documento actual para definir Faça clique em Ficheiro > Partilhar. outros utilizadores como editores? Adicionar um comentário? Coloque o cursor onde pretende adicionar um comentário e faça clique em Equipa > Adicionar comentário. Abrir ou fechar os indicadores de co-edição? Faça clique em Ver > Realces de co-edição. Capítulo 2. Trabalhar com documentos 49

54 Acessibilidade em documentos Pode utilizar teclas de atalho para executar tarefas em documentos. Todos os atalhos são válidos em sistemas operativos Windows. Em sistemas operativos Mac OS, prima a tecla Command em vez da tecla Ctrl. Encontra-se igualmente disponível uma versão acessível destas informações no wiki do IBM SmartCloud para Social Business. Tabela 7. Teclas de atalho utilizadas em documentos do IBM Docs Acção Atalho de teclado Realçar a totalidade da área de edição Ctrl+A Aplicar negrito à selecção Ctrl+B Aplicar itálico à selecção Ctrl+I Guardar o documento Ctrl+S Aplicar sublinhado à selecção Ctrl+U Utilizar a função Refazer Ctrl+Y ou Ctrl+Shift+Z Utilizar a função Anular Ctrl+Z Ir para o início do documento Ctrl+Home Ir para o fim do documento Ctrl+End Alinhar um parágrafo ao centro Ctrl+Shift+E Alinhar um parágrafo à esquerda Ctrl+Shift+L Alinhar um parágrafo à direita Ctrl+Shift+R Alinhar um parágrafo, de forma a que o Ctrl+Shift+J mesmo fique justificado Indentar a linha Ctrl+M Mover o cursor para a célula anterior numa Ctrl+Q tabela Diminuir a indentação da linha Ctrl+Shift+M Aceder à janela anterior Page Up Aceder à janela seguinte Page Down Mover o cursor entre as células numa tabela. Tab Se o cursor estiver na última célula de uma tabela, a tecla Tab adiciona uma nova linha à tabela. Se o foco estiver num menu, navegar nos Seta para a esquerda e para a direita menus. Aceder ao item de menu seguinte Seta para baixo Recuar um nível na árvore de menu Seta para a esquerda ou Esc expandida Expandir a selecção um carácter para a Shift+Seta para a direita direita Expandir a selecção um carácter para a Shift+Seta para a esquerda esquerda Expandir a selecção uma linha para cima Shift+Seta para cima Expandir a selecção uma linha para baixo Shift+Seta para baixo Inserir uma nova linha no mesmo parágrafo Shift+Enter 50 SmartCloud Docs

55 Tabela 7. Teclas de atalho utilizadas em documentos do IBM Docs (continuação) Acção Atalho de teclado Abrir o menu Ficheiro. Este atalho não é Alt+Shift+F suportado no Mac OS. Abrir o menu Editar. Este atalho não é Alt+Shift+E suportado no Mac OS. Abrir o menu Ver. Este atalho não é Alt+Shift+V suportado no Mac OS. Abrir o menu Inserir. Este atalho não é Alt+Shift+I suportado no Mac OS. Abrir o menu Formatar. Este atalho não é Alt+Shift+M suportado no Mac OS. Abrir o menu Tabela. Este atalho não é Alt+Shift+B suportado no Mac OS. Abrir o menu Equipa. Este atalho não é Alt+Shift+A suportado no Mac OS. Abrir o menu Ferramentas. Este atalho não é Alt+Shift+T suportado no Mac OS. Abrir o menu Ajuda. Este atalho não é suportado no Mac OS. Navegar na barra de ferramentas a partir da área de edição Alt+Shift+H Restrição: Se já tiver aberto um menu no IBM Docs, Alt+Shift+* não irá abrir os menus conforme esperado. Alt+F10 coloca o foco na barra de ferramentas. Prima a seta para a direita ou a seta para a esquerda para navegar nos itens da barra de ferramentas. Prima Enter ou a barra de espaços para seleccionar um item. Numa barra de ferramentas combinada, prima a seta para baixo para abrir a lista. Mover o cursor para o cabeçalho Ctrl+Alt+O e, em seguida, prima Ctrl+Shift+H Mover o cursor para o rodapé Ctrl+Alt+O e, em seguida, prima Ctrl+Shift+F Imprimir o documento Ctrl+P Aplicar o estilo Superior à linha à selecção Ctrl+. Aplicar o estilo Inferior à linha à selecção Ctrl+, Utilizar o estilo de parágrafo normal Ctrl+Shift+0 Utilizar o estilo de cabeçalho 1 Ctrl+Shift+1 Utilizar o estilo de cabeçalho 2 Ctrl+Shift+2 Utilizar o estilo de cabeçalho 3 Ctrl+Shift+3 Utilizar o estilo de cabeçalho 4 Ctrl+Shift+4 Utilizar o estilo de cabeçalho 5 Ctrl+Shift+5 Utilizar o estilo de cabeçalho 6 Ctrl+Shift+6 Inserir uma ligação Ctrl+K Inserir comentários Shift+F2 Mover o cursor no painel Comentários para Esc a área de edição Capítulo 2. Trabalhar com documentos 51

56 Tabela 7. Teclas de atalho utilizadas em documentos do IBM Docs (continuação) Acção Atalho de teclado Aceder ao item seguinte na ordem de Tab tabulação Aceder ao item anterior na ordem de Shift+Tab tabulação Editar o cabeçalho Ctrl+Shift+H abre a área de cabeçalho. Prima Alt+F10 para colocar o foco na barra de ferramentas e prima a seta para a direita ou a seta para a esquerda para percorrer os itens. Editar o rodapé Ctrl+Shift+F abre a área de rodapé. Prima Alt+F10 para colocar o foco na barra de ferramentas e prima a seta para a direita ou a seta para a esquerda para percorrer os itens. 52 SmartCloud Docs

57 Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo Calcule, analise e efectue a gestão dos seus dados. Estão disponíveis várias categorias de funções para criar fórmulas para efectuar cálculos complexos nos dados. Novo no SmartCloud Docs? Assista a vídeos para obter informações sobre como explorar os editores eficientes com várias funções do SmartCloud Docs. Introdução v Criar e importar folhas de cálculo v Partilhar folhas de cálculo na página 61 v Colaborar em folhas de cálculo em tempo real na página 65 v Colaborar através de comentários em folhas de cálculo na página 70 v Alterar o aspecto das folhas de cálculo na página 76 v Acerca de fórmulas e funções na página 93 A versão acessível da documentação deste produto está disponível em IBM SmartCloud for Social Business wiki. Criar e importar folhas de cálculo Saiba como criar folhas de cálculo e trabalhar com folhas de cálculo existentes no seu navegador da Web. Criar folhas de cálculo a partir de modelos Seleccione um modelo a partir de uma galeria que contenha os elementos correctos em folhas de cálculo para objectivos empresariais específicos. Deverá ser o proprietário ou editor de uma folha de cálculo para seleccionar um modelo. Procedimento 1. A partir da lista Ficheiros, faça clique no nome de uma folha de cálculo para a qual tem, pelo menos, acesso de edição. Em seguida, faça clique em Editar no IBM Docs. 2. Faça clique em Ficheiro > Novo > A partir do modelo > Folha de cálculo. 53

58 3. Faça clique na miniatura do modelo pretendido. Sugestão: Para visualizar apenas modelos de um determinado tipo, tais como modelos relacionados com finanças, faça clique, em primeiro lugar, no nome de uma categoria. 4. Introduza um nome para o novo ficheiro de folha de cálculo e faça clique em OK. Conceitos relacionados: Tipos de letra, contornos e cor na página 76 Para enfatizar os dados mais importantes, pode alterar os estilos de texto e o alinhamento, bem como adicionar contornos e uma cor de segundo plano às células e intervalos. Tarefas relacionadas: Importar folhas de cálculo existentes na página 56 Depois de transferir folhas de cálculo do IBM Lotus Symphony ou outros tipos de ficheiro de folha de cálculo para a sua lista de ficheiros, pode importá-los de forma a que possa, juntamente com outros utilizadores, trabalhar nesses ficheiros em navegadores da Web. Os formatos suportados são o IBM Lotus Symphony (.ods) e o Microsoft Excel (.xls,.xlsx). Publicar uma versão na página 59 Depois de editar a folha de cálculo, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Restaurar formatação predefinida em células de folha de cálculo na página 78 Utilize o comando Formatação predefinida para anular formatos de tipos de letra, contornos, segundos planos e números que tenha anteriormente aplicado. Transferir folhas de cálculo para partilhar Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de ficheiros de folha de cálculo, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita as folhas de cálculo. Sobre esta tarefa O seu administrador determina quem pode transferir ficheiros e limita o espaço de que dispõe para armazenar ficheiros. Quando atinge esse limite, não poderá 54 SmartCloud Docs

59 adicionar qualquer novo item aos Ficheiros. A quantidade de espaço que utilizou é apresentado na vista Os meus ficheiros, na parte inferior da lista de ficheiros. Pode eliminar versões antigas dos seus ficheiros para disponibilizar espaço. Procedimento Para transferir um ficheiro para Os meus ficheiros, execute os passos que se seguem: 1. Faça clique em Transferir ficheiros. 2. No campo Ficheiros, faça clique em Pesquisar para seleccionar o ficheiro que pretende transferir. Nota: Pode repetir este passo para transferir ficheiros adicionais. Os ficheiros a transferir são apresentados numa lista e pode fazer clique no ficheiro para editar o nome do ficheiro, ou fazer clique em x para o eliminar da lista. 3. Opcional: Introduza etiquetas, separadas por um espaço. 4. Seleccione uma das seguintes opções: Opção Ninguém (visível apenas para mim) Pessoas ou comunidades Descrição Torne o ficheiro particular. Apenas o respectivo proprietário poderá visualizá-lo e proceder à sua edição. Partilhe o ficheiro com um grupo específico de pessoas ou com uma comunidade específica. Execute os passos que se seguem: 1. Seleccione uma Pessoa ou uma Comunidade. 2. Seleccione o nível de acesso como Leitor ou como Editor: v Os leitores podem ler, comentar, descarregar e recomendar um ficheiro. v Os Editores podem ler, editar, comentar, descarregar, recomendar, transferir uma nova versão e definir propriedades no ficheiro. 3. Execute uma das seguintes tarefas: v Para partilhar com pessoas, faça clique no campo para apresentar os nomes das pessoas com quem partilhou recentemente ficheiros. Se o nome que procura for apresentado, seleccione-o. Se o nome não for apresentado, introduza o nome ou o endereço de correio electrónico e, em seguida, seleccione a pessoa. v Para partilhar com uma comunidade, introduza o nome da comunidade e, em seguida, seleccione a comunidade quando esta for apresentada. Importante: Quando partilha um ficheiro com uma comunidade pública, esse ficheiro torna-se público. 4. Adicione uma mensagem opcional para as pessoas com quem partilhou o ficheiro. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 55

60 Opção Todas as pessoas na NomedaSuaOrganização Descrição Disponibilize o ficheiro a todas as pessoas na sua organização. Estas recebem acesso de Leitor. 5. Faça clique em Transferir. Tarefas relacionadas: Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em folhas de cálculo na página 57 As equipas podem trabalhar com vários formatos de ficheiro de folha de cálculo nos respectivos navegadores da Web. Os ficheiros abertos de um formato podem ser exportados para outros formatos. Importar folhas de cálculo existentes Depois de transferir folhas de cálculo do IBM Lotus Symphony ou outros tipos de ficheiro de folha de cálculo para a sua lista de ficheiros, pode importá-los de forma a que possa, juntamente com outros utilizadores, trabalhar nesses ficheiros em navegadores da Web. Os formatos suportados são o IBM Lotus Symphony (.ods) e o Microsoft Excel (.xls,.xlsx). Procedimento 1. A partir da página com a lista de ficheiros, faça clique no botão Transferir ficheiros. 2. Faça clique em Pesquisar para navegar para o directório do seu computador que contém o ficheiro da folha de cálculo. Importante: Apenas é possível importar folhas de cálculo com 5000 linhas ou menos. 3. Seleccione o ficheiro e faça clique em Abrir. 4. Faça clique em Transferir. O nome do ficheiro é apresentado na lista de ficheiros. 5. Faça clique no nome do ficheiro para aceder a uma página com acções que pode realizar. 6. Faça clique em Editar no IBM Docs ou Ver para importar automaticamente o ficheiro para o formato IBM Docs. Resultados Nota: Por vezes, alguma formatação dos ficheiros transferidos não é correctamente apresentada no IBM Docs, mas é preservada no ficheiro. Por exemplo, para uma fórmula não suportada, o nome da fórmula é apresentado na célula, em vez do valor calculado. Nestes casos, após a publicação de uma versão, pode descarregar novamente o ficheiro para o respectivo formato original. 56 SmartCloud Docs

61 Tarefas relacionadas: Criar folhas de cálculo a partir de modelos na página 53 Seleccione um modelo a partir de uma galeria que contenha os elementos correctos em folhas de cálculo para objectivos empresariais específicos. Deverá ser o proprietário ou editor de uma folha de cálculo para seleccionar um modelo. Publicar uma versão na página 59 Depois de editar a folha de cálculo, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Exportar folhas de cálculo para outros formatos de ficheiro na página 60 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.xls e.pdf. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em folhas de cálculo As equipas podem trabalhar com vários formatos de ficheiro de folha de cálculo nos respectivos navegadores da Web. Os ficheiros abertos de um formato podem ser exportados para outros formatos. Abrir documentos do Excel protegidos por palavra-passe Pode abrir documentos do Microsoft Excel protegidos por palavra-passe no IBM Docs. Procedimento 1. Transfira o documento do Excel para Os meus ficheiros. 2. Faça clique no nome do ficheiro. 3. Faça clique em Editar no IBM Docs. Faça clique em Editar online quando a janela Iniciar a edição online com o IBM Docs for apresentada. É, então, apresentada uma janela para introduzir uma palavra-passe. 4. Introduza a palavra-passe e faça clique em OK. O documento é aberto no IBM Docs e está pronto para edição. Compatibilidade de ficheiro e exportar folhas de cálculo Saiba quais os tipos de ficheiro que pode utilizar com as folhas de cálculo do IBM Docs. Formatos de ficheiro suportados em folhas de cálculo As equipas podem trabalhar com vários formatos de ficheiro de folha de cálculo nos respectivos navegadores da Web. Os ficheiros abertos de um formato podem ser exportados para outros formatos. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 57

62 Tabela 8. Formatos de ficheiro que podem ser importados no IBM Docs Spreadsheets Aplicação Tipo de ficheiro IBM Lotus Symphony Spreadsheets.ods,.ots Microsoft Excel.xls,.xlsx,.xlt Tabela 9. Formatos de ficheiro que podem ser exportados no IBM Docs Spreadsheets Aplicação Tipo de ficheiro IBM Lotus Symphony Spreadsheets.ods Microsoft Excel.xls Adobe Reader.pdf Nota: Os ficheiros do IBM Docs têm as extensões de ficheiro de Open Document do Symphony, mas correspondem a um tipo especial online desses formatos. 58 SmartCloud Docs

63 Tarefas relacionadas: Transferir folhas de cálculo para partilhar na página 54 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de ficheiros de folha de cálculo, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita as folhas de cálculo. Importar folhas de cálculo existentes na página 56 Depois de transferir folhas de cálculo do IBM Lotus Symphony ou outros tipos de ficheiro de folha de cálculo para a sua lista de ficheiros, pode importá-los de forma a que possa, juntamente com outros utilizadores, trabalhar nesses ficheiros em navegadores da Web. Os formatos suportados são o IBM Lotus Symphony (.ods) e o Microsoft Excel (.xls,.xlsx). Exportar folhas de cálculo para outros formatos de ficheiro na página 60 Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.xls e.pdf. Publicar uma versão Depois de editar a folha de cálculo, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Guardar folhas de cálculo Utilize o comando Guardar para guardar uma folha de cálculo que estiver a editar como rascunho. Utilize Guardar como para guardar um rascunho (ou versão publicada) como rascunho com um novo nome. Sobre esta tarefa O proprietário e as pessoas com quem o proprietário partilhou a folha de cálculo como Editores podem aceder a uma folha de cálculo de rascunho. Nota: Para que os Leitores possam ver ou descarregar a folha de cálculo, o rascunho deve ser publicado como uma versão. Procedimento 1. Faça clique em Ficheiro > Guardar. O ficheiro é guardado como rascunho. Importante: Ao editar a folha de cálculo, o IBM Docs guarda automaticamente a folha de cálculo como rascunho, regularmente. Mas pode utilizar o comando Guardar para o guardar em qualquer altura. 2. Se pretender guardar a folha de cálculo como novo rascunho, faça clique em Ficheiro > Guardar como. Introduza um nome de ficheiro e, em seguida, faça clique em OK. É criada uma folha de cálculo com um novo nome em Os meus ficheiros. Tarefas relacionadas: Publicar uma versão Depois de editar a folha de cálculo, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Publicar uma versão Depois de editar a folha de cálculo, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 59

64 Procedimento 1. Faça clique em Ficheiro > Publicar versão. É apresentada a janela Publicar uma versão. 2. Opcional: Pode adicionar descrições no campo Descrição da versão. 3. Faça clique em Publicar. As notificações são enviadas às pessoas que estão a acompanhar este ficheiro. Tarefas relacionadas: Criar folhas de cálculo a partir de modelos na página 53 Seleccione um modelo a partir de uma galeria que contenha os elementos correctos em folhas de cálculo para objectivos empresariais específicos. Deverá ser o proprietário ou editor de uma folha de cálculo para seleccionar um modelo. Importar folhas de cálculo existentes na página 56 Depois de transferir folhas de cálculo do IBM Lotus Symphony ou outros tipos de ficheiro de folha de cálculo para a sua lista de ficheiros, pode importá-los de forma a que possa, juntamente com outros utilizadores, trabalhar nesses ficheiros em navegadores da Web. Os formatos suportados são o IBM Lotus Symphony (.ods) e o Microsoft Excel (.xls,.xlsx). Exportar folhas de cálculo para outros formatos de ficheiro Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.xls e.pdf. Guardar folhas de cálculo na página 59 Utilize o comando Guardar para guardar uma folha de cálculo que estiver a editar como rascunho. Utilize Guardar como para guardar um rascunho (ou versão publicada) como rascunho com um novo nome. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em folhas de cálculo na página 57 As equipas podem trabalhar com vários formatos de ficheiro de folha de cálculo nos respectivos navegadores da Web. Os ficheiros abertos de um formato podem ser exportados para outros formatos. Exportar folhas de cálculo para outros formatos de ficheiro Depois de editar documentos no IBM Docs, pode exportar os documentos para outros formatos de ficheiro, tais como.xls e.pdf. Sobre esta tarefa O IBM Docs utiliza o Open Document Format (.odf). Se editar ou criar uma folha de cálculo, esta é guardada no formato.ods. Por exemplo, se editar um ficheiro do Microsoft Excel no IBM Docs e publicar uma versão, este é convertido para o formato.ods. Pode descarregar o ficheiro para o seu computador local no respectivo formato actual ou descarregar o ficheiro para outro formato, como o formato Microsoft Office ou o formato PDF. Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Os meus ficheiros. 2. Localize a folha de cálculo que pretende exportar e, em seguida, faça clique em Mais. 60 SmartCloud Docs

65 Partilhar folhas de cálculo 3. Faça clique em Mais acções e, em seguida, seleccione Descarregar como formato do Microsoft Office ou Descarregar como ficheiro PDF. Nota: Só é possível descarregar uma versão publicada de uma folha de cálculo. Se a folha de cálculo continuar no estado de rascunho e se for o proprietário ou o editor, publique a versão. Se for um leitor, peça ao proprietário para publicar. 4. Opcional: Se seleccionar Descarregar como ficheiro PDF, é apresentada uma janela Configuração da página. Especifique as definições pretendidas e, em seguida, faça clique em OK. Tarefas relacionadas: Importar folhas de cálculo existentes na página 56 Depois de transferir folhas de cálculo do IBM Lotus Symphony ou outros tipos de ficheiro de folha de cálculo para a sua lista de ficheiros, pode importá-los de forma a que possa, juntamente com outros utilizadores, trabalhar nesses ficheiros em navegadores da Web. Os formatos suportados são o IBM Lotus Symphony (.ods) e o Microsoft Excel (.xls,.xlsx). Publicar uma versão na página 59 Depois de editar a folha de cálculo, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em folhas de cálculo na página 57 As equipas podem trabalhar com vários formatos de ficheiro de folha de cálculo nos respectivos navegadores da Web. Os ficheiros abertos de um formato podem ser exportados para outros formatos. Pode tornar as suas folhas de cálculo públicas para que qualquer pessoa possa ler ou partilhar as suas folhas de cálculo com pessoas específicas que possam ler ou editar as mesmas, dependendo do respectivo nível de acesso. Pode também partilhar as folhas de cálculo com comunidades. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Sobre esta tarefa Pode partilhar um ficheiro quando o transfere. Pode também partilhar a folha de cálculo depois a transferir ou depois de a criar. Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Os meus ficheiros. 2. Localize o ficheiro que pretende partilhar. Seleccione a caixa de verificação antes do nome do ficheiro. 3. Faça clique no botão Partilhar. 4. Se pretender atribuir a outras pessoas permissões específicas, seleccione Pessoas ou Comunidades e, em seguida, efectue as seguintes selecções: a. Seleccione uma Pessoa ou uma Comunidade. b. Seleccione como Leitor ou como Editor para atribuir o acesso. c. Execute uma das seguintes tarefas: Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 61

66 v v Para partilhar com pessoas, faça clique no campo para apresentar os nomes das pessoas com quem partilhou recentemente ficheiros. Se a pessoa por quem está a procurar for apresentada, seleccione o nome. Se este não for apresentado, introduza um nome ou endereço de correio electrónico e, em seguida, seleccione a pessoa. Se o nome que pretende não for apresentado, faça clique em Pessoa não apresentada? Utilize a procura completa para procurá-lo. Para partilhar com uma comunidade, comece por introduzir o nome da comunidade e, em seguida, seleccione a comunidade quando esta for apresentada. Importante: Quando partilha um ficheiro com uma comunidade pública, esse ficheiro torna-se público. d. Adicione uma mensagem opcional para as pessoas com quem partilhou o ficheiro. 5. Opcional: Seleccione Todas as pessoas na NomedaSuaOrganização se pretender tornar o ficheiro visível a todos na sua organização. 6. Faça clique em Partilhar. 62 SmartCloud Docs

67 Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em folhas de cálculo na página 66 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma folha de cálculo em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar folhas de cálculo. Acerca de comentários em folhas de cálculo na página 70 Quando é necessário trabalhar numa folha de cálculo em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Transferir folhas de cálculo para partilhar na página 54 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de ficheiros de folha de cálculo, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita as folhas de cálculo. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Co-edição de folhas de cálculo com outros na página 68 Uma folha de cálculo pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar células diferentes ou a mesma célula, coluna ou linha. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em folhas de cálculo na página 69 Ao co-editar uma folha de cálculo, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Criar comentários em folhas de cálculo na página 72 Sempre que procede à edição ou revisão de uma folha de cálculo, pode criar um comentário para uma célula única que o ajuda a colaborar com outros editores. Todos os comentários na folha de cálculo são apresentados na barra lateral de Comentários. Visualizar comentários em folhas de cálculo na página 73 Quando abre uma folha de cálculo, se a barra lateral não for apresentada por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta folha de cálculo no painel Comentários. Procurar comentários em folhas de cálculo na página 75 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Guardar folhas de cálculo na página 59 Utilize o comando Guardar para guardar uma folha de cálculo que estiver a editar como rascunho. Utilize Guardar como para guardar um rascunho (ou versão publicada) como rascunho com um novo nome. Publicar uma versão na página 59 Depois de editar a folha de cálculo, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 63

68 Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Partilhados por mim. 2. Localize o ficheiro para o qual pretende definir um nível de acesso e, em seguida, faça clique em Mais. 3. Faça clique em Ver detalhes do ficheiro e, em seguida, faça clique no separador Partilhar. 4. Realizar uma das seguintes opções: v Se pretender remover o nível de acesso para uma pessoa ou comunidade, nos campos Editores ou Leitores, faça clique em x junto ao nome da pessoa ou da comunidade. v Se pretender alterar o nível de acesso para uma pessoa ou uma comunidade, por exemplo, alterar o nível de leitor para editor, é necessário começar por remover o nível de leitor. Em seguida, no campo Editores, faça clique no botão Adicionar. Seleccione como Editor para atribuir o acesso. v Se pretender permitir que as pessoas com quem partilha o ficheiro o possam, por sua vez, partilhá-lo com outras pessoas, seleccione Permitir que outros partilhem este ficheiro. 64 SmartCloud Docs

69 Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em folhas de cálculo na página 66 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma folha de cálculo em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar folhas de cálculo. Acerca de comentários em folhas de cálculo na página 70 Quando é necessário trabalhar numa folha de cálculo em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Transferir folhas de cálculo para partilhar na página 54 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de ficheiros de folha de cálculo, desde que permitido pelo administrador. Pode controlar quem vê, descarrega ou edita as folhas de cálculo. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Co-edição de folhas de cálculo com outros na página 68 Uma folha de cálculo pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar células diferentes ou a mesma célula, coluna ou linha. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em folhas de cálculo na página 69 Ao co-editar uma folha de cálculo, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Criar comentários em folhas de cálculo na página 72 Sempre que procede à edição ou revisão de uma folha de cálculo, pode criar um comentário para uma célula única que o ajuda a colaborar com outros editores. Todos os comentários na folha de cálculo são apresentados na barra lateral de Comentários. Visualizar comentários em folhas de cálculo na página 73 Quando abre uma folha de cálculo, se a barra lateral não for apresentada por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta folha de cálculo no painel Comentários. Procurar comentários em folhas de cálculo na página 75 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Colaborar em folhas de cálculo em tempo real Pode colaborar numa folha de cálculo em tempo real com outros utilizadores como uma equipa. Pode co-editar com outros editores em tempo real e criar comentários e debates. Sobre esta tarefa Ao editar online com o IBM Docs, pode utilizar funções de colaboração, tais como co-edição e comentários. Se descarregar a folha de cálculo e, em seguida, transferi-la novamente para o IBM Docs, perdem-se os comentários para esta folha de cálculo. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 65

70 Se não tiver autorização para funções de edição social, não pode co-editar com outros utilizadores. Pode contactar o seu administrador para obter mais informações. Co-edição de folhas de cálculo em tempo real Ao partilhar uma folha de cálculo com pessoas e ao atribuir-lhes acesso de editor, fica pronto a co-editar em tempo real. Sobre esta tarefa Pode editar uma folha de cálculo em simultâneo com outros editores, o que melhora substancialmente a eficiência da criação de folhas de cálculo em equipa. Pode editar células diferentes ou a mesma célula, coluna ou linha. As alterações efectuadas por diferentes editores são realçadas com cores diferentes. Pode verificar quem se encontra no modo de co-edição, consultando a lista de editores na barra lateral. Quando terminar o trabalho de co-edição, qualquer editor pode guardar a folha de cálculo como rascunho ou como nova versão na partilha de ficheiros. Acerca da co-edição em folhas de cálculo Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma folha de cálculo em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar folhas de cálculo. 66 SmartCloud Docs Ao criar uma folha de cálculo, por vezes são necessários dados ou informações de colaboradores ou amigos, e é necessário editar a folha de cálculo em conjunto. Em aplicações de produtividade tradicionais, é necessário guardar a folha de cálculo no disco rígido do computador e, em seguida, enviá-la aos colaboradores através de mensagem de correio electrónico ou trocar uma unidade Flash USB. Além disso, é necessário instalar clientes de ambiente de trabalho, como o Lotus Symphony ou o Microsoft Office nos respectivos computadores. Enquanto a folha de cálculo está a ser editada, o utilizador não pode visualizar as alterações até que o documento seja enviado para o utilizador. A troca de anexos por mensagens de correio electrónico requer demasiado tempo. Agora, a co-edição pode ajudar a resolver este problema. Desde que exista acesso à Internet, todos podem editar a folha de

71 cálculo em simultâneo e o utilizador pode visualizar as alterações de imediato. O único requisito é a partilha do ficheiro com os outros colaboradores e definir o acesso dos mesmos ao ficheiro como editores. Para muitos clientes, o Lotus Symphony é a escolha acertada. É gratuito, suporta sistemas operativos Windows, Linux, e Mac OS e fornece um pacote de produtividade completo e eficiente. O IBM Docs suporta perfis de utilizador e cenários de utilizador que não necessitam da potência de um rich client. Com o IBM Docs, pode trabalhar em estreita colaboração em folhas de cálculo, apresentações e documentos mais dinâmicos e informais. Em co-edição, é possível editar células diferentes ou a mesma célula, coluna ou linha. Pode facilmente verificar quem se encontra no modo de co-edição, consultando a lista de editores na barra lateral. As alterações efectuadas por diferentes editores são realçadas com cores diferentes e o IBM Docs guarda as alterações de forma instantânea e automática. Quando terminar o trabalho de co-edição, qualquer editor pode guardar a folha de cálculo no servidor. Exemplo A Lara é uma assistente do departamento de TI e foi-lhe solicitado que entregasse um relatório de estado dos computadores ao seu gestor. A Lara criou uma folha de cálculo e precisa dos dados dos representantes de TI das cinco equipas. Anteriormente, a Lara tinha de enviar uma mensagem de correio electrónico com a folha de cálculo em anexo para cada representante e, em seguida, intercalar as versões depois de enviadas por cada um deles. Agora, o IBM Docs pode ajudar a Lara a concluir o relatório de forma mais eficiente. A Lara cria uma folha de cálculo, partilha-a com os cinco representantes e define as respectivas funções enquanto editores e, em seguida, pede-lhes que introduzam as informações necessárias. A Lara pode ainda ver de imediato o relatório dos cinco representantes. Em seguida, após concluída a co-edição, a Lara pode partilhar a folha de cálculo com o seu gestor e pedir-lhe que reveja e introduza comentários. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 67

72 Conceitos relacionados: Formatar números na página 79 Um número pode ter um aspecto diferente do valor real introduzido numa célula, consoante o formato numérico. Os formatos numéricos diferenciam um tipo de dados de outro. Por exemplo, unidades monetárias de percentagens. Os formatos numéricos afectam apenas a forma como o IBM Docs apresenta números e não a forma como armazena ou efectua cálculos com números. Tarefas relacionadas: Co-edição de folhas de cálculo com outros Uma folha de cálculo pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar células diferentes ou a mesma célula, coluna ou linha. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em folhas de cálculo na página 69 Ao co-editar uma folha de cálculo, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Referências relacionadas: Guia de consulta rápida para folhas de cálculo na página 184 Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como executar algumas tarefas de folha de cálculo. Co-edição de folhas de cálculo com outros Uma folha de cálculo pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar células diferentes ou a mesma célula, coluna ou linha. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Sobre esta tarefa Cada participante no grupo de co-edição tem de ter acesso à folha de cálculo como editor. Por exemplo, se pretender co-editar uma folha de cálculo com os membros da equipa, deverá partilhar a folha de cálculo com os mesmos e definir os respectivos níveis de acesso como Editor. Para co-editar com outros, execute os seguintes passos: Procedimento 1. Se for o proprietário do ficheiro e iniciar uma co-edição, faça clique em Ficheiros partilhados por mim na aplicação Ficheiros. Caso contrário, faça clique em Ficheiros partilhados comigo. 2. A partir da lista de Ficheiros, faça clique no nome da folha de cálculo que pretende co-editar. Em seguida, faça clique em Editar no IBM Docs. Nota: Caso tenha acedido à folha de cálculo antes, como proprietário do ficheiro, esta é aberta no IBM Docs. Caso contrário, é apresentada uma janela Iniciar a edição online com o IBM Docs. Faça clique em Editar online para continuar. Os outros editores não podem ver o botão Editar no IBM Docs até o proprietário do ficheiro ter aberto anteriormente a folha de cálculo no IBM Docs. 68 SmartCloud Docs

73 3. A folha de cálculo é apresentada e o utilizador entra no modo de co-edição. 4. Os nomes de todos os editores são apresentados na lista da barra lateral. O nome é apresentado a negrito e é seguido por uma atribuição de cor quando o editor entra no modo de co-edição. Pode alterar a folha de cálculo e, em simultâneo, pode ver as alterações efectuadas por outros em cores diferentes. Nota: As suas alterações são guardadas automaticamente para a folha de cálculo de rascunho ao longo do processo de edição. 5. Quando estiver pronto a permitir que os leitores vejam ou descarreguem a folha de cálculo, faça clique em Ficheiro > Publicar versão. 6. Feche o separador da folha de cálculo. Nota: É notificado durante a sessão de edição, se um co-editor eliminar o ficheiro. Faça clique em OK na notificação para guardar o rascunho como um novo ficheiro e assegurar que as alterações feitas podem ser mantidas. Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em folhas de cálculo na página 66 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma folha de cálculo em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar folhas de cálculo. Tarefas relacionadas: Mostrar alterações de cada editor em folhas de cálculo Ao co-editar uma folha de cálculo, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Mostrar alterações de cada editor em folhas de cálculo Ao co-editar uma folha de cálculo, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Procedimento Os indicadores de cor são apresentados por predefinição. Para fechar os indicadores de cor para alterações em co-edição, faça clique em Ver > Realces de co-edição. Nota: As cores de diferentes editores são atribuídas pelo administrador, e um utilizador não pode alterar as cores de co-edição que lhe foram atribuídas. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 69

74 Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em folhas de cálculo na página 66 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma folha de cálculo em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar folhas de cálculo. Tarefas relacionadas: Co-edição de folhas de cálculo com outros na página 68 Uma folha de cálculo pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar células diferentes ou a mesma célula, coluna ou linha. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Colaborar através de comentários em folhas de cálculo Ao colaborar com vários editores numa folha de cálculo, é conveniente adicionar comentários. Ajuda a comunicar com editores que trabalham em alturas diferentes. Sobre esta tarefa Quando cria um comentário, é apresentada uma barra lateral com uma lista de todos os comentários existentes nessa folha de cálculo. Para cada comentário, pode participar numa conversação com vários editores, adicionando as suas respostas. A linha de debate é indentada abaixo de cada comentário. Pode remover os seus comentários e dirigir comentários ou respostas a outro editor utilizando o Pode visualizar comentários dirigidos a si ou criados por si. Pode também filtrar comentários por editor, para visualizar os comentários ou as respostas dirigidas a cada um e para ver os comentários ou respostas criados por cada um deles. Acerca de comentários em folhas de cálculo Quando é necessário trabalhar numa folha de cálculo em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. 70 SmartCloud Docs

75 Os comentários são todos apresentados na barra lateral de Comentários, na qual pode visualizar a linha de resposta abaixo de cada comentário. Pode criar ou eliminar comentários, adicionar respostas, dirigir comentários ou respostas a outro editor e procurar palavras-chave dos comentários. Pode visualizar comentários ou respostas dirigidos a si, bem como visualizar comentários ou respostas criados por outros editores ou dirigidos a outros editores. Durante um debate relacionado com um comentário, se for necessário que outra pessoa investigue a questão ou responda a uma pergunta, pode atribuir o item a qualquer um dos editores na folha de cálculo. Pode utilizar o para dirigir a resposta a qualquer outro editor. Os executantes podem visualizar os comentários ou respostas que foram dirigido aos mesmos na barra lateral de comentários. Exemplo A Tânia, a directora do programa, criou um plano de negócios para 2011, 2012 e necessita de comentários por parte dos gestores para o seu projecto. Anteriormente, a Tânia teria de enviar uma mensagem de correio electrónico a todos os gestores e pedir-lhes que enviassem os seus comentários através do correio electrónico ou que actualizassem a folha de cálculo em anexo com os mesmos. Quando os gestores não enviavam os respectivos comentários em relação à mesma versão, a Tânia tinha de descobrir quais os comentários aplicáveis a cada uma das secções e tinha também de intercalar os comentários em conjunto. Caso a Tânia pretendesse que algum dos gestores investigasse um problema, ela teria também de enviar uma mensagem de correio electrónico a esse gestor. Agora, a Tânia partilha este plano de negócios com todos os gestores e pede-lhes directamente para que enviem os seus comentários. Os gestores podem enviar comentários em alturas diferentes e debater as principais questões. A Tânia pode colocar uma questão a qualquer um dos gestores, para que realizem uma investigação adicional ao problema, e o gestor a quem foi colocada essa questão pode efectuar alterações ao plano. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 71

76 Tarefas relacionadas: Criar comentários em folhas de cálculo Sempre que procede à edição ou revisão de uma folha de cálculo, pode criar um comentário para uma célula única que o ajuda a colaborar com outros editores. Todos os comentários na folha de cálculo são apresentados na barra lateral de Comentários. Visualizar comentários em folhas de cálculo na página 73 Quando abre uma folha de cálculo, se a barra lateral não for apresentada por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta folha de cálculo no painel Comentários. Procurar comentários em folhas de cálculo na página 75 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Criar comentários em folhas de cálculo Sempre que procede à edição ou revisão de uma folha de cálculo, pode criar um comentário para uma célula única que o ajuda a colaborar com outros editores. Todos os comentários na folha de cálculo são apresentados na barra lateral de Comentários. Sobre esta tarefa Em folhas de cálculo, pode criar comentários apenas para células e apenas pode criar um comentário por célula. Procedimento 1. Faça clique em qualquer célula para a qual pretenda criar um comentário. 2. Faça clique em Equipa > Adicionar comentário ou faça clique em Adicionar comentário na barra de ferramentas. O painel Comentários é apresentado. 3. Introduza o seu comentário no campo e prima Enter ou faça clique em Adicionar. O comentário é inserido na folha de cálculo e é apresentado no painel com o seu nome, data e hora. Está pronto para iniciar uma conversação com outros utilizadores. 4. Opcional: Se pretender dirigir o comentário a outro editor, introduza o É apresentada uma lista com os editores do documento. Seleccione o editor que pretende na lista e, em seguida, introduza o seu comentário. 72 SmartCloud Docs

77 5. Opcional: Apenas pode criar um comentário por célula. Faça clique em Equipa > Adicionar comentário novamente se pretender criar outro comentário para outro célula. Os comentários são todos apresentados como pastas paralelas na barra lateral. 6. Para responder a qualquer comentário, faça clique no ícone de seta dupla para expandir o comentário e, em seguida, faça clique em Responder para introduzir a sua resposta no campo. Prima Enter quando concluir a introdução do comentário. A resposta é adicionada ao comentário com um ícone diferente. 7. Opcional: Pode dirigir a resposta a qualquer editor. Quando introduz o conteúdo da resposta, introduza o eéapresentada uma lista de editores do documento. Seleccione o editor que pretende na lista e, em seguida, introduza a sua resposta. 8. Se pretender remover qualquer conteúdo, faça clique no ícone de lixo. O comentário, juntamente com todas as respostas, é eliminado. 9. Após concluir os comentários e as respostas da folha de cálculo, faça clique em Ver > Barra lateral para ocultar o painel Comentários. Conceitos relacionados: Acerca de comentários em folhas de cálculo na página 70 Quando é necessário trabalhar numa folha de cálculo em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Visualizar comentários em folhas de cálculo Quando abre uma folha de cálculo, se a barra lateral não for apresentada por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta folha de cálculo no painel Comentários. Procurar comentários em folhas de cálculo na página 75 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Visualizar comentários em folhas de cálculo Quando abre uma folha de cálculo, se a barra lateral não for apresentada por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta folha de cálculo no painel Comentários. Sobre esta tarefa Pode visualizar comentários e respostas criados por si ou dirigidos a si. Pode também visualizar comentários e respostas criados por outros editores ou dirigidos a outros editores. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 73

78 Procedimento Para visualizar comentários e respostas, execute os passos que se seguem: 1. Faça clique em Comentários na barra lateral para apresentar o painel de comentários. Se a barra lateral não for apresentada, faça clique em Ver > Barra lateral para abrir a barra lateral. 2. Pode fazer clique no ícone de seta dupla para expandir qualquer comentário, de modo a visualizar o conteúdo detalhado e as linhas de respostas. O cursor aponta a localização em que o comentário é criado. Pode também fazer clique na marca de comentário comentário é apresentado na barra lateral. na folha de cálculo. O 3. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Ver comentários dirigidos a mim. São apresentados todos os comentários dirigidos a si. Ainda que apenas uma resposta a um comentário seja dirigida a si, é apresentada a totalidade da linha de comentários. 4. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Ver os meus comentários. São apresentados todos os comentários que foram escritos por si. Mesmo que tenha escrito apenas uma resposta a um comentário, é apresentada a totalidade da linha do comentário. 5. Para visualizar comentários ou respostas que tenham sido escritos por outros editores ou dirigidos a outros editores, faça clique no nome do editor no painel Editores. A opção Dirigidos a apresenta qualquer linha de comentários que mencione esse editor através do Faça clique em Escrito por para visualizar os comentários ou respostas que tenham sido escritos pelo editor. Nota: Quando fizer clique no nome de um editor, o nome desse editor é realçado. Quando fizer clique novamente no nome do editor, os comentários e respostas escritas por ou dirigidas ao editor são fechadas. 6. Faça clique no ícone de seta dupla para expandir o comentário. Pode visualizar a linha detalhada de cada comentário. 7. Se não pretender visualizar os comentários ou respostas, faça clique no botão Fechar para sair. 74 SmartCloud Docs

79 Conceitos relacionados: Acerca de comentários em folhas de cálculo na página 70 Quando é necessário trabalhar numa folha de cálculo em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Criar comentários em folhas de cálculo na página 72 Sempre que procede à edição ou revisão de uma folha de cálculo, pode criar um comentário para uma célula única que o ajuda a colaborar com outros editores. Todos os comentários na folha de cálculo são apresentados na barra lateral de Comentários. Procurar comentários em folhas de cálculo Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Procurar comentários em folhas de cálculo Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Procedimento 1. Na barra lateral, faça clique em Comentários para apresentar o painel Comentários. Se a barra lateral não for apresentada por predefinição, faça clique em Ver > Barra lateral para abrir a barra lateral. 2. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Procurar nos comentários. 3. Introduza as palavras-chave no campo de procura. 4. Prima Enter ou faça clique em Procurar. São apresentados os comentários que contêm as palavras-chave introduzidas. 5. Se os resultados não forem os pretendidos, pode introduzir novas palavras-chave e efectuar uma nova procura. 6. Faça clique em Fechar para sair. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 75

80 Conceitos relacionados: Acerca de comentários em folhas de cálculo na página 70 Quando é necessário trabalhar numa folha de cálculo em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários no IBM Docs permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Criar comentários em folhas de cálculo na página 72 Sempre que procede à edição ou revisão de uma folha de cálculo, pode criar um comentário para uma célula única que o ajuda a colaborar com outros editores. Todos os comentários na folha de cálculo são apresentados na barra lateral de Comentários. Visualizar comentários em folhas de cálculo na página 73 Quando abre uma folha de cálculo, se a barra lateral não for apresentada por predefinição, pode optar por mostrar a barra lateral. Em seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta folha de cálculo no painel Comentários. Partilhar folhas de cálculo com pessoas ou comunidades na página 61 Pode partilhar uma folha de cálculo com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a folha de cálculo para que todas as pessoas da organização possam ler. Definir níveis de acesso para folhas de cálculo na página 63 Após partilhar a sua folha de cálculo com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Alterar o aspecto das folhas de cálculo Algumas melhorias simples ao aspecto da sua folha de cálculo podem melhorar substancialmente a sua eficiência. Para obter uma descrição geral das acções que pode realizar, consulte o tópico Tipos de letra, contornos e cor. Consulte o tópico Guia de consulta rápida de folhas de cálculo, caso necessite de ajuda sobre como efectuar alterações simples. Para acções adicionais, as quais requerem instruções mais específicas, consulte os tópicos adicionais. Referências relacionadas: Guia de consulta rápida para folhas de cálculo na página 184 Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como executar algumas tarefas de folha de cálculo. Tipos de letra, contornos e cor Para enfatizar os dados mais importantes, pode alterar os estilos de texto e o alinhamento, bem como adicionar contornos e uma cor de segundo plano às células e intervalos. 76 SmartCloud Docs

81 Utilize os ícones da barra de ferramentas na sua folha de cálculo para criar qualquer uma das melhorias que se seguem. Lembre-se que é necessário seleccionar o texto, a célula ou o intervalo de células antes de fazer clique num ícone. Tipos de letra Pode redimensionar o texto e ajustar o respectivo alinhamento para melhorar o aspecto das folhas de cálculo. Contornos Pode adicionar contornos em torno de células e intervalos. Sempre que adiciona um contorno, este envolve a célula ou o intervalo de células, em todos os lados. Os contornos são diferentes das linhas de grelha que dividem células numa folha: para um contorno, é possível seleccionar cores diferentes, para além de que os contornos são sempre apresentados ao imprimir. Cor Pode alterar a cor do texto e dos contornos, bem como adicionar cor de segundo plano a células e intervalos. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 77

82 Tarefas relacionadas: Restaurar formatação predefinida em células de folha de cálculo Utilize o comando Formatação predefinida para anular formatos de tipos de letra, contornos, segundos planos e números que tenha anteriormente aplicado. Criar folhas de cálculo a partir de modelos na página 53 Seleccione um modelo a partir de uma galeria que contenha os elementos correctos em folhas de cálculo para objectivos empresariais específicos. Deverá ser o proprietário ou editor de uma folha de cálculo para seleccionar um modelo. Referências relacionadas: Guia de consulta rápida para folhas de cálculo na página 184 Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como executar algumas tarefas de folha de cálculo. Alterar tipos de letra em folhas de cálculo Pode alterar o texto seleccionado numa folha de cálculo para diferentes tipos de letra. Procedimento 1. Seleccione a célula ou o intervalo no qual pretende alterar o texto para um tipo de letra diferente. 2. Faça clique em Formatar > Tipo de letra e, em seguida, faça clique no nome do tipo de letra pretendido. Alterar a altura da linha ou a largura da coluna Arraste um contorno do respectivo cabeçalho para ajustar a altura de uma linha ou a largura de uma coluna. Procedimento 1. Para redimensionar uma linha, arraste um contorno do cabeçalho da linha. 2. Para redimensionar uma coluna, arraste um contorno do cabeçalho da coluna. Exemplo Restaurar formatação predefinida em células de folha de cálculo Utilize o comando Formatação predefinida para anular formatos de tipos de letra, contornos, segundos planos e números que tenha anteriormente aplicado. Sobre esta tarefa Pode restaurar a formatação predefinida de uma célula, uma coluna, uma linha ou várias linhas adjacentes, ou até de um intervalo. Procedimento 1. Seleccione a parte da folha para a qual pretende restaurar a formatação predefinida. 2. Faça clique em Formatar > Formatação predefinida. 78 SmartCloud Docs

83 Formatar números Conceitos relacionados: Tipos de letra, contornos e cor na página 76 Para enfatizar os dados mais importantes, pode alterar os estilos de texto e o alinhamento, bem como adicionar contornos e uma cor de segundo plano às células e intervalos. Tarefas relacionadas: Criar folhas de cálculo a partir de modelos na página 53 Seleccione um modelo a partir de uma galeria que contenha os elementos correctos em folhas de cálculo para objectivos empresariais específicos. Deverá ser o proprietário ou editor de uma folha de cálculo para seleccionar um modelo. Referências relacionadas: Guia de consulta rápida para folhas de cálculo na página 184 Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como executar algumas tarefas de folha de cálculo. Um número pode ter um aspecto diferente do valor real introduzido numa célula, consoante o formato numérico. Os formatos numéricos diferenciam um tipo de dados de outro. Por exemplo, unidades monetárias de percentagens. Os formatos numéricos afectam apenas a forma como o IBM Docs apresenta números e não a forma como armazena ou efectua cálculos com números. Por exemplo, a entrada 25,451 poderá ser apresentada como $25,45. Um número é formatado automaticamente, caso introduza o mesmo utilizando um formato de hora, formato de data, sinal de percentagem ou símbolo monetário. Por exemplo, se introduzir 12:31:57, um formato de hora (HH:MM:SS) é automaticamente atribuído a essa célula. A formatação aplicada nestes casos é específica da sua configuração regional. Utilize Formatar > Número para aplicar um formato diferente aos números num intervalo seleccionado. Categorias de formato numérico Os formatos numéricos estão agrupados nas seguintes categorias: número, percentagem, moeda, científico e data ou hora. Cada categoria tem formatos de subcategoria, como a opção que especifica se um número é apresentado após arredondamento ou com vírgulas decimais. O conteúdo específico das subcategorias depende da predefinição da configuração regional. Nota: Ao editar folhas de cálculo do Microsoft Excel ou do IBM Symphony no IBM Docs, os números apresentados na notação científica (exponencial) mantêm o mesmo número de números inteiros, decimais e expoentes que tinham no ficheiro original. Ao introduzir notação científica numa nova folha de cálculo do IBM Docs, o número é formatado com 2 casas decimais e 2 expoentes. Por exemplo, se introduzir 3e10 numa célula, é apresentado 3.00E+10. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 79

84 Exemplos A tabela que se segue apresenta o mesmo número formatado de formas diferentes. Tabela 10. Mesmo número com formatos diferentes aplicados Formato numérico 1234,567 apresentado como Arredondado Decimal 1.234,57 Percentagem ,70% Nota: Alterar uma entrada para um formato de percentagem multiplica o número por 100. O formato de percentagem é frequentemente utilizado para apresentar números decimais como percentagem, por exemplo, para apresentar 0,08 como 8%. Moeda $1234,57 Científico 1.23E+03 Nota: Em configurações regionais apropriadas, tais como Alemão, o IBM Docs utiliza uma vírgula (,)como separador decimal em alternativa ao ponto (.). Formato de moeda Por predefinição, a definição da configuração regional para o formato da moeda é o mesmo da definição de idioma no navegador da Web. Pode alterar a configuração regional predefinida para as suas folhas de cálculo utilizando o comando Ficheiro > Definir configuração regional do documento. Utilizando o comando Formatar > Número, pode formatar diferentes células na mesma folha de cálculo como diferentes tipos de moeda. Por exemplo, pode formatar uma célula como dólares e outra como euros. Caso as pessoas que estejam a co- editar uma folha de cálculo tenham os respectivos navegadores definidos para idiomas diferentes, cada uma dessas pessoas vê o formato de moeda específico do idioma do respectivo navegador. No entanto, todas elas vêem o símbolo monetário para a configuração regional na qual o documento foi criado. Se uma pessoa utilizar as Definições da folha de cálculo para alterar para uma configuração regional diferente daquela definida no seu navegador, apenas essa pessoa pode ver o novo formato de moeda. As outras pessoas continuam a ver o formato que reflecte a definição do respectivo navegador. 80 SmartCloud Docs

85 Introduzir e editar dados Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em folhas de cálculo na página 66 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma folha de cálculo em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar folhas de cálculo. Referências relacionadas: Guia de consulta rápida para folhas de cálculo na página 184 Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como executar algumas tarefas de folha de cálculo. A maioria das tarefas de edição no IBM Docs são fáceis de realizar de forma autónoma. Para obter uma descrição geral dos princípios básicos e das tarefas para as quais poderá necessitar de ajuda, consulte os tópicos que se seguem. Princípios básicos da edição de dados Crie uma folha de cálculo introduzindo e editando dados, como, por exemplo, números, texto, datas, horas e fórmulas. Pode introduzir dados na célula ou na barra de fórmulas quando a célula seleccionada. Ao introduzir dados numa célula, é necessário confirmar os dados introduzidos, premindo a tecla Enter ou fazendo clique fora da célula. Pode editar uma entrada fazendo duplo clique na célula ou fazendo clique na barra de fórmulas quando a célula é seleccionada. Introduzir números como texto Se o primeiro carácter que introduzir for um número, é automaticamente presumido que está a introduzir um valor numérico que pretende utilizar em cálculos. Qualquer entrada que combine letras com números é tratada como texto e é alinhada à esquerda na célula. Por vezes, pode pretender que os números que introduz sejam tratados como texto: por exemplo, pode pretender utilizar anos de calendário, como 2011, 2012 e 2012 como cabeçalhos de coluna, ou introduzir um código postal começado por zero. Numa folha de cálculo, um zero inicial é sempre removido de um número, a menos que este número seja reconhecido como texto. Para introduzir números como texto, é necessário seleccionar a introdução de dados com um apóstrofe ( ). O apóstrofe não é apresentado na célula, mas é apresentado na barra de fórmulas ao seleccionar uma célula em que este existe. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 81

86 Referências relacionadas: Guia de consulta rápida para folhas de cálculo na página 184 Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como executar algumas tarefas de folha de cálculo. Localizar e substituir conteúdo da célula Pode procurar o intervalo seleccionado, a folha actual ou todas as folhas na folha de cálculo actual para texto ou números. Sobre esta tarefa Ao efectuar os seguintes procedimentos, pode limitar ou alargar a procura seleccionando uma ou mais destas opções: v v v Correspondência de maiúsculas/minúsculas O conteúdo da célula será uma correspondência apenas, caso tenham as mesmas maiúsculas/minúsculas que a entrada Localizar. Totalidade da célula O conteúdo da célula será uma correspondência apenas nas células que só incluem a entrada Localizar. Procurar em todas as folhas Todas as folhas na folha de cálculo actual são incluídas na procura. Nota: Actualmente, Localizar e substituir não suporta a utilização de expressões globais. Procedimento v Para localizar texto ou números: 1. Numa folha de cálculo, faça clique em Editar > Localizar e substituir. 2. Introduza os caracteres que pretende localizar no campo Localizar. 3. Para limitar ou alargar a procura, seleccione qualquer uma das opções descritas anteriormente. 4. Faça clique em Localizar. Para passar à ocorrência seguinte, faça clique em Localizar novamente e assim sucessivamente. 5. Quando tiver concluído, faça clique em OK. v Para localizar e substituir texto ou números: 1. Numa folha de cálculo, faça clique em Editar > Localizar e substituir. 2. Introduza os caracteres que pretende localizar no campo Localizar. 3. No campo Substituir, introduza os caracteres com os quais pretende substituir as entradas localizadas. 4. Para limitar ou alargar a procura, seleccione qualquer uma das opções descritas anteriormente. 5. Execute uma das seguintes acções: Para avaliar se deve substituir cada ocorrência, no campo Substituir, introduza os caracteres com os quais pretende substituir as entradas localizadas. Faça clique em Localizar e, se pretender substituir esta ocorrência, faça clique em Substituir. Faça clique em Localizar novamente para passar à ocorrência seguinte e assim sucessivamente. Para substituir todas as ocorrências da entrada, faça clique em Substituir tudo. 6. Quando tiver concluído, faça clique em OK. 82 SmartCloud Docs

87 Adicionar uma hiperligação a uma célula Pode criar uma ligação para uma página da Web a partir de uma célula de folha de cálculo adicionando uma hiperligação à célula.pode adicionar apenas uma hiperligação por célula. Procedimento 1. Faça clique na célula e introduza o URL para o qual pretende criar uma ligação na célula (por exemplo, 2. Prima Enter. 3. Para utilizar a hiperligação, faça clique na célula e coloque o cursor do rato sobre o URL até que este esteja sublinhado. 4. Faça clique no URL. Tarefas relacionadas: Remover a ligação de uma hiperligação Pode remover a ligação de uma hiperligação numa folha de cálculo sem remover o texto do URL. Remover a ligação de uma hiperligação Pode remover a ligação de uma hiperligação numa folha de cálculo sem remover o texto do URL. Procedimento 1. Faça clique na célula que contém a hiperligação. 2. Coloque o cursor do rato sobre a palavra Remover até que esta esteja sublinhada. 3. Faça clique em Remover. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 83

88 Tarefas relacionadas: Adicionar uma hiperligação a uma célula na página 83 Pode criar uma ligação para uma página da Web a partir de uma célula de folha de cálculo adicionando uma hiperligação à célula.pode adicionar apenas uma hiperligação por célula. Utilizar o preenchimento automático para preencher um intervalo de células Pode arrastar para preencher automaticamente um intervalo com uma sequência de dados. O intervalo é preenchido com base nos dados introduzidos na célula ou intervalo. Sobre esta tarefa Quando preenche automaticamente um intervalo, o valor na célula que arrastar é aumentado ou diminuído em 1 em cada uma das células subsequentes na coluna ou linha. Os valores num intervalo são expandidos de acordo com o padrão aritmético que já exista no intervalo. Por exemplo, se arrastar um intervalo, em que os valores das células sejam aumentados em 2, em cada nova célula que preencha o valor será também aumentado em 2. Para preencher um intervalo automaticamente: Procedimento 1. Seleccione a célula ou o intervalo que contém os dados em que pretende basear a sequência. 2. Arraste o indicador preto no fim da célula ou do intervalo, da seguinte forma: v Para preencher uma coluna com valores que aumentam os valores na célula ou intervalo original, arraste o indicador para baixo. v Para preencher uma coluna com valores que diminuem os valores na célula ou intervalo original arraste o indicador para cima. v Para preencher uma linha com valores que aumentam os valores na célula ou intervalo original, arraste o indicador para a direita. v Para preencher uma linha com valores que diminuem os valores na célula ou intervalo original, arraste o indicador para a esquerda. Sugestão: Para eliminar o conteúdo de uma célula ou intervalo seleccionado, arraste o indicador preto para o interior da célula ou intervalo. Resultados Após concluir estes passos, poderá ver os seguintes resultados: v As células na coluna ou linha são preenchidas com o valor ou sequência de valores, bem como a formatação, da célula ou intervalo original. v Se a célula ou intervalo original contiver texto ou uma fórmula, o texto ou fórmula é copiado para as células para as quais arrastar. Se a célula ou intervalo original contiver uma fórmula que inclui referências absolutas, as referências não são alteradas como resultado do preenchimento automático. v Se incluir linhas ou colunas ocultas, ao utilizar o preenchimento automático, poderá ver os dados, caso mostre as linhas ou colunas posteriormente. No entanto, se incluir linhas que tenham sido removidas utilizando o Filtro instantâneo, não poderá ver os dados se deixar de filtrar estas linhas. 84 SmartCloud Docs

89 Unir ou dividir células numa folha Numa linha, pode unir células adjacentes numa única, ou pode dividir uma célula unida em células adjacentes. Sobre esta tarefa Uma célula unida utiliza o conteúdo e os estilos da primeira célula do intervalo original. Em edição baseada em equipa, apenas as edições a esta primeira célula são mantidas, caso outra pessoa simultaneamente proceda à união das células no intervalo. A divisão de uma célula unida restaura o conteúdo e os estilos das células originais. Para unir ou dividir células, execute os passos que se seguem: Procedimento 1. Seleccione a(s) célula(s) a unir ou dividir. 2. Faça clique no ícone Unir ou Dividir células. Fazer clique no ícone quando várias células estão seleccionadas, une as mesmas; fazer clique no ícone quando uma célula unida está seleccionada, divide a mesma. Efectuar a verificação ortográfica a folhas de cálculo Pode verificar a ortografia numa folha de cálculo quando a terminar. Procedimento 1. Faça clique em Ferramentas > Executar verificação ortográfica manual. É apresentada a janela Verificação ortográfica. 2. Para efectuar a verificação ortográfica manual: v Se o programa detectar erros de ortografia, no campo Palavra não encontrada, a palavra com erro ortográfico na frase fica assinalada a vermelho e sublinhada. É apresentada uma lista de palavras sugeridas no campo Substituir por. Seleccione a palavra que pretende na lista e faça clique em Substituir para corrigir a palavra com erro ortográfico. Se não pretender corrigir esta palavra, faça clique em Ignorar. v Se o programa detectar erros de ortografia, mas não for sugerida qualquer palavra correcta, o campo Substituir por apresenta a mensagem Nenhuma sugestão. Faça clique em Ignorar para continuar. 3. Após concluir a verificação ortográfica, é apresentada a mensagem A verificação ortográfica está concluída no campo Palavra não encontrada. Faça clique em Concluído. Imprimir folhas de cálculo como ficheiros PDF Pode guardar uma folha de cálculo como ficheiro PDF, para que possa descarregar e imprimir o mesmo. Procedimento 1. A partir de uma folha de cálculo aberta, faça clique em Ficheiro > Imprimir como PDF 2. Seleccione as opções de configuração da página pretendidas. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 85

90 v Cabeçalho adiciona o nome da folha ao início de todas as páginas. v Rodapé adiciona o número da página ao fim de todas as páginas. v PDF com etiquetas grava etiquetas de PDFs, o que aumenta o tamanho do ficheiro.um ficheiro PDF com etiquetas contém informações sobre a estrutura do conteúdo do documento. Esta estrutura ajuda a apresentar o documento em dispositivos ao utilizar o software de leitor de ecrã. v De cima para baixo, depois à direita divide uma folha de grandes dimensões em páginas que são impressas por esta ordem. v Da esquerda para a direita, depois para baixo divide uma folha de grandes dimensões em páginas que serão impressas por esta ordem. 3. Faça clique em OK. 4. Quando a mensagem O processamento está concluído for apresentada, faça clique na ligação Faça clique aqui para descarregar o ficheiro. 5. Faça clique em Abrir com e, em seguida, faça clique em OK. O ficheiro é descarregado e é aberto no Adobe Reader. A aplicação predefinida é o Adobe Reader, contudo, pode seleccionar outras aplicações para abrir o ficheiro. 6. Faça clique em File > Print no menu do Adobe Reader. 7. Seleccione as opções de impressão pretendidas e faça clique em OK. 86 SmartCloud Docs

91 Trabalhar com imagens em folhas de cálculo Pode inserir uma imagem numa folha de cálculo e, em seguida, redimensionar e mover a imagem. Inserir imagens em folhas de cálculo Utilize o menu para inserir uma imagem numa folha de cálculo. Procedimento 1. Faça clique em Inserir > Imagem. É apresentada a janela Inserir imagem. 2. Faça clique em Pesquisar para seleccionar a imagem que pretende inserir. 3. Faça clique em OK. A imagem é inserida na folha de cálculo. Mover e redimensionar imagens em folhas de cálculo Pode mover e redimensionar imagens em folhas de cálculo utilizando a função de arrastar. Gerir intervalos de dados Procedimento 1. Faça clique na imagem para seleccionar a mesma. 2. Para mover a imagem, coloque o ponteiro do rato dentro do contorno da imagem, até ser apresentada uma mira, e arraste. 3. Para redimensionar a imagem, coloque o ponteiro do rato sobre o contorno da imagem, até ser apresentada uma seta bidireccional, e arraste. Saiba como ordenar dados numa folha ou intervalo e criar referências de dados que se encontrem numa folha diferente. Um intervalo pode consistir numa única célula, num bloco rectangular de células adjacentes, na totalidade de uma folha ou até mesmo numa folha de cálculo inteira. Um intervalo é representado como os endereços das respectivas células inicial e final, separados por dois pontos. Por exemplo, A1:B4. Os procedimentos que se seguem ajudam-no a gerir os seus dados. Ordenar dados Pode ordenar os dados numa coluna ou num intervalo, de forma ascendente ou descendente, com base nos valores de uma coluna especificada. Para inglês, a sequência de ordenação é alfabética. Na edição 1, a sequência de ordenação para alemão, japonês e francês é controlada pela convenção de configuração regional; para os restantes idiomas, a sequência é controlada apenas por valores de código Unicode. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 87

92 Procedimento 1. Seleccione a coluna ou o intervalo para o qual pretende ordenar os dados. Nota: Se seleccionar Intervalo contém rótulos de colunas, a ordenação começa com a linha abaixo do rótulo (título) da coluna. 2. Faça clique em Dados > Ordenar e seleccione Ascendente ou Descendente, consoante a ordem pretendida. Utilizar filtros instantâneos Os filtros instantâneos inserem um controlo de caixa de combinação numa coluna de dados, para que possa seleccionar os registos (linhas) a apresentar. Procedimento 1. Seleccione a coluna que contém o valor ou a cadeia que pretende definir como os critérios do filtro. 2. Seleccione Dados > Filtro instantâneo. É adicionado um botão de seta ao cabeçalho da coluna. 3. Faça clique no botão de seta ou prima Alt+tecla de seta para baixo. É apresentado um painel que inclui todos os critérios de filtragem. Seleccione os critérios pretendidos e faça clique em OK. São apresentados os registos que correspondem aos critérios do filtro seleccionado. Pode navegar nos critérios, premindo as teclas de seta para cima ou para baixo. Também pode premir a tecla Esc para fechar o painel. 4. Pode ordenar a coluna filtrada, fazendo clique em Ordenar de forma ascendente ou Ordenar de forma descendente no início da lista de filtros. Ocultar linhas e colunas Pode ocultar linhas e colunas numa folha de cálculo. Procedimento 1. Para ocultar linhas, execute os passos que se seguem: a. Seleccione uma ou mais linhas que pretende ocultar, fazendo clique ou arrastando sobre os cabeçalhos de linha. b. Faça clique em Formatar > Ocultar linha. 2. Para ocultar colunas, execute os passos que se seguem: a. Seleccione uma coluna que pretende ocultar, fazendo clique no cabeçalho de coluna. Sugestão: Não pode seleccionar vários cabeçalhos de coluna arrastando, mas pode ocultar várias colunas seguindo estes passos para cada coluna que pretende ocultar. b. Faça clique em Formatar > Ocultar coluna. 3. Uma quebra nos cabeçalhos da linha ou da coluna indica que as linhas ou colunas estão ocultadas. Tarefas relacionadas: Mostrar linhas e colunas Pode mostrar linhas e colunas ocultadas numa folha de cálculo. Mostrar linhas e colunas Pode mostrar linhas e colunas ocultadas numa folha de cálculo. 88 SmartCloud Docs

93 Procedimento 1. Para mostrar linhas ocultadas, execute uma das seguintes acções: v Seleccione um intervalo que inclua uma ou mais linhas ocultadas e faça clique em Formatar > Mostrar linha. v Seleccione as linhas em ambos os lados das linhas ocultadas, arrastando os cabeçalhos das linhas. Faça clique com o botão direito do rato na selecção e seleccione Mostrar linha. A linha ou linhas ocultadas são apresentadas. 2. Para mostrar uma coluna ocultada, execute uma das seguintes acções: v Seleccione a coluna a seguir à coluna ocultada e faça clique em Formatar > Mostrar coluna. v Seleccione a coluna a seguir à coluna ocultada, faça clique com o botão direito do rato na selecção e seleccione Mostrar coluna. A coluna ocultada é apresentada. Tarefas relacionadas: Ocultar linhas e colunas na página 88 Pode ocultar linhas e colunas numa folha de cálculo. Referenciar células de outra folha Para evitar manter os mesmos dados em mais do que uma folha, pode ligar valores de células em diferentes folhas, utilizando uma referência. Sobre esta tarefa Na célula A1 da Folha 2, por exemplo, pode introduzir uma fórmula, como =Folha1!A1, a qual cria uma ligação entre essa célula e a célula A1 na Folha 1. Da próxima vez que aceder à célula A1 na Folha 2, poderá ver o conteúdo da célula A1 na Folha 1, em alternativa à fórmula. Procedimento 1. Faça clique na célula em que pretende adicionar uma referência a uma célula noutra folha. 2. Introduza uma fórmula para a célula que está a referenciar. Como proceder a seguir Nota: Em fórmulas, pode também fazer referência a um intervalo de células na mesma folha ou numa folha diferente, arrastando para seleccionar o intervalo e premindo a tecla Enter. O endereço do intervalo é adicionado automaticamente à fórmula. Copiar dados e imagens em e entre folhas de cálculo Utilize o ícone Área de transferência da Web para copiar e colar dados e imagens da folha de cálculo. Sobre esta tarefa Pode utilizar os comandos Copiar e Colar no ícone Área de transferência da Web para copiar dados ou imagens numa folha de cálculo, incluindo entre diferentes separadores de folhas e entre folhas de cálculo. As teclas Ctrl+C e Ctrl+V também funcionam numa folha de cálculo. No entanto, não tente misturar os dois métodos. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 89

94 Por exemplo, não resulta utilizar a Área de transferência da Web para copiar e, em seguida, utilizar as teclas Ctrl+V para colar. Para utilizar a Área de transferência da Web: Procedimento 1. Seleccione a célula, o intervalo ou a imagem a partir da qual pretende copiar dados para uma folha de cálculo diferente. Sugestão: Se um intervalo seleccionado incluir uma imagem, apenas os dados serão copiados. Para copiar os dados e a imagem, tem de começar por executar estes passos no intervalo e, em seguida, na imagem. 2. Na barra de ferramentas, faça clique no ícone Área de transferência da Web e faça clique em Copiar a partir da lista. 3. Faça clique na localização onde pretende colar os dados ou a imagem. 4. Faça clique na Área de transferência da Web novamente e faça clique em Colar a partir da lista. Resultados Nota: Em alguns ambientes, não é possível colar entre folhas de cálculo se a folha de cálculo para a qual está a copiar estiver num navegador diferente da folha de cálculo original. Contacte o seu administrador para obter mais informações. Atribuir nomes a um intervalo Torne as fórmulas mais fáceis de criar e compreender, atribuindo nomes a intervalos de células importantes e utilizando os nomes no lugar dos endereços de intervalos nas fórmulas. Procedimento 1. Numa folha de cálculo aberta, arraste para seleccionar o intervalo ao qual pretende atribuir o nome. 2. Faça clique em Inserir > Intervalo especificado > Novo intervalo. 3. Introduza um nome do intervalo. Nota: Deve iniciar um nome do intervalo com uma letra, barra invertida (\), ou sublinhado (_). Não inclua espaços no nome. Não utilize as letras "r" ou "c" sozinhas como nome, uma vez que estas letras são teclas de atalho nas folhas de cálculo do IBM Docs. Não crie nomes que se assemelhem a endereços de célula, como por exemplo, Q2 ou FY98. Os nomes não são sensíveis a maiúsculas e minúsculas e podem ter um comprimento máximo de Caso ainda não tenha especificado o endereço ao qual se refere o intervalo, siga uma das seguintes acções: v Com a janela Novo intervalo ainda apresentada, arraste a folha para seleccionar o intervalo. O endereço do intervalo é apresentado automaticamente no campo Referente a. v Introduza manualmente o endereço do intervalo no campo Referente a. 5. Faça clique em OK. 90 SmartCloud Docs

95 Localizar ou editar intervalos especificados Utilize a janela Gerir intervalos para localizar todos os intervalos especificados numa folha de cálculo, ou para ajustar quais as células incluídas num intervalo especificado. Procedimento 1. Faça clique em Inserir > Intervalo especificado > Gerir intervalos. 2. Para visualizar a localização de um intervalo especificado, faça clique no nome do intervalo. O intervalo correspondente das células é realçado na folha. 3. Para ajustar quais as células incluídas num intervalo especificado, execute uma das seguintes acções: v Com a janela Gerir intervalos apresentada, faça clique na folha e seleccione novamente o intervalo de células pretendido. Faça clique em Aplicar. O endereço do intervalo é apresentado automaticamente no campo Referente a. v Faça clique no nome do intervalo, edite o endereço do intervalo no campo Referente a e faça clique em Aplicar. 4. Faça clique em Fechar. Remover um intervalo especificado Utilize a janela Gerir intervalos para remover um intervalo especificado sem eliminar os dados contidos no intervalo. Procedimento 1. Faça clique em Inserir > Intervalo especificado > Gerir intervalos. 2. Na lista de intervalos especificados, faça clique no intervalo que pretende remover e, em seguida, faça clique em X. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 91

96 3. Faça clique em OK. 4. Faça clique em Fechar. Referências relativas e absolutas Em fórmulas, pode representar dados através da utilização do endereço da célula em que os dados se encontram armazenados. Sempre que move uma fórmula ou os dados aos quais esta se refere, o IBM Docs efectua todas as alterações necessárias, de modo a que a fórmula continue a referir-se aos mesmos dados. No entanto, sempre que copia uma fórmula, pode fazer com que esta se refira aos dados originais ou a dados diferentes, utilizando referências absolutas ou relativas aos endereços de célula na fórmula. Referências relativas Sempre que copia uma fórmula que contém endereços de células, o IBM Docs ajusta os endereços para a nova localização (ou localizações) na folha. Os endereços (por exemplo B25) que se ajustam ao copiá-los são denominados referências relativas. Estas referências absolutas são mantidas intactas sempre que arrastar uma célula de fórmula com a referência absoluta incluída na mesma. Por exemplo, se a fórmula =A1+A2 se encontrar na célula A4 e copiar esta fórmula para a célula B4, a fórmula em B4 muda para =B1+B2. O IBM Docs ajusta os endereços da célula na fórmula em relação à nova localização da mesma. Referências absolutas Por vezes pode pretender que uma fórmula se refira às mesmas células, qualquer que seja o destino da cópia. Para assegurar que a fórmula se refere sempre às mesmas células, pode alterar as referências a essas células para referências absolutas. Uma referência absoluta refere-se sempre à mesma célula ou intervalo de células. Para tornar uma referência relativa numa referência absoluta, pode adicionar um sinal de dólar ($) antes da letra da coluna e antes do número da linha, como, por exemplo, $B$25. Se necessário, pode também adicionar $ antes do nome da folha, por exemplo, $Folha2!$B$25. Conceitos relacionados: Acerca de fórmulas e funções na página 93 Pode introduzir uma fórmula numa folha para realizar um cálculo com números, texto ou outras fórmulas. Sempre que utiliza fórmulas, os seus dados tornam-se dinâmicos. As funções consistem em fórmulas incorporadas que se destinam à execução de cálculos especializados automaticamente. Pode utilizar uma função de forma autónoma ou como uma fórmula, ou pode até combiná-la com outras funções e fórmulas. Utilize operadores para indicar como se relacionam as partes de uma fórmula. Utilizar fórmulas em cálculos Esta secção faculta informações de segundo plano sobre fórmulas e funções, e organiza os tópicos de funções em categorias, de modo a facilitar a localização de funções relacionadas. 92 SmartCloud Docs

97 Acerca de fórmulas e funções Pode introduzir uma fórmula numa folha para realizar um cálculo com números, texto ou outras fórmulas. Sempre que utiliza fórmulas, os seus dados tornam-se dinâmicos. As funções consistem em fórmulas incorporadas que se destinam à execução de cálculos especializados automaticamente. Pode utilizar uma função de forma autónoma ou como uma fórmula, ou pode até combiná-la com outras funções e fórmulas. Utilize operadores para indicar como se relacionam as partes de uma fórmula. Pode introduzir uma fórmula numa célula tal como introduz qualquer tipo de dados numa folha. Todas as fórmulas começam com o sinal de igual (=). Pode fazer referência a um intervalo de células na mesma folha ou uma folha diferente, arrastando para seleccionar o intervalo e premindo a tecla Enter. O endereço do intervalo é adicionado automaticamente à fórmula. Após introduzir a fórmula, o respectivo resultado é apresentado na célula. Para visualizar a fórmula, procure na barra de fórmulas. Pode sempre introduzir os números ou o texto que pretende calcular directamente na fórmula. Pode também introduzir os dados noutras células e, em seguida, utilizar os endereços das células na fórmula. Utiliza um ponto de exclamação (!) para separar o nome de uma folha de uma célula ou intervalo ou endereço de intervalo, por exemplo, Folha2!A1 ou Folha2!A1:A4. Utilize uma vírgula (,) para separar um argumento de outro numa função, por exemplo, =SOMA(Folha1!A1,5,1234). Para impedir que um argumento que contém uma vírgula, por exemplo, 1,234, seja reconhecido como dois argumentos, deve colocar o argumento entre aspas, por exemplo, "1,234", ou omitir a vírgula, por exemplo, Algumas configurações regionais, como, por exemplo, a Alemanha, utilizam o ponto e vírgula (;) para separar argumentos nestes casos, uma mensagem instrui o utilizador a tentar introduzir uma vírgula entre os argumentos. Nota: Caso tenha importado a folha de cálculo a partir do IBM Lotus Symphony, que utiliza o ponto final (.) para separar uma folha de células e o ponto e vírgula (;) para separar argumentos, estes serão convertidos para! e, ao editar a folha de cálculo. Tabela 11. Exemplos de fórmulas Fórmula Resultado =A1+10 Apresenta o conteúdo da célula A1 mais 10. =A1*16% Apresenta 16% do valor de A1. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 93

98 Tabela 11. Exemplos de fórmulas (continuação) Fórmula Resultado =A1*A2 Apresenta o resultado da multiplicação de A1 e A2. =ARRED(A1,1) Apresenta o conteúdo da célula A1 arredondada a uma casa decimal. =B8-SOMA(B10:B14) Calcula B8 menos a soma das células B10 a B14. =SOMA(B8,SOMA(B10:B14)) Calcula o valor da soma das células B10 até B14 e adiciona esse valor a B8. =SOMA(B1:B65536) Soma todos os números na coluna B. =SE(compactar(A1)="","A célula não deve Corrige entradas não válidas. estar vazia",a1) Sugestão: Os operadores aritméticos básicos (+, -, *, /) podem ser utilizados em fórmulas com a regra Multiplicação e divisão antes da adição e subtracção. Em alternativa à utilização da função =SOMA(A1:B1) pode introduzir =A1+B1. Os parêntesis podem também ser utilizados. O resultado da fórmula =(1+2)*3 produz um resultado diferente de =1+2*3. São suportados os seguintes operadores. Tabela 12. Operadores por tipo Tipo Operadores Descrição Operador aritmético +-*/%^ Símbolos para adição, subtracção, multiplicação, divisão, percentagem e exponenciação Operador de texto & Símbolo para combinar cadeias Operadores lógicos = < > <= >= <> Símbolos para igual a, menor do que e assim sucessivamente Operadores de referência :, espaço Símbolos para cálculos que envolvam células. Dois pontos indicam um intervalo de célula; uma vírgula uma concatenação ou união de células; e um espaço uma intersecção de células Conceitos relacionados: Referências relativas e absolutas na página 92 Em fórmulas, pode representar dados através da utilização do endereço da célula em que os dados se encontram armazenados. Funções de matriz Utilize esta lista de funções como uma referência para cada função de matriz. Função FREQUÊNCIA A função FREQUÊNCIA indica a distribuição de frequência num conjunto de valores. 94 SmartCloud Docs

99 Sintaxe FREQUÊNCIA (ListaSequênciaNúmeros_dados,ListaSequênciaNúmeros_bin) ListaSequênciaNúmeros_dados_data representa o conjunto de valores a contar. ListaSequênciaNúmeros_bin representa os intervalos nos quais pretende dividir os dados Exemplo Na tabela seguinte, a coluna A apresenta valores de medição não ordenados. A coluna B contém os intervalos introduzidos para as classes nas quais pretende dividir os dados na coluna A. De acordo com o intervalo introduzido em B1, a função FREQUÊNCIA devolve o número de valores medidos inferior ou igual a 5. Uma vez que o limite em B2 é 10, a função FREQUÊNCIA devolve o segundo resultado como o número de valores medidos superior a 5 e inferior ou igual a 10. O texto introduzido em B6, >25, tem intuitos meramente informativos. Tabela 13. Exemplo da função FREQUÊNCIA A B C > Utilize um intervalo de uma coluna única no qual poderá introduzir a função de frequência, de acordo com os limites de classe. Deverá introduzir a função num campo acima do limite superior da classe. Neste exemplo, utilize o intervalo C1:C6. Introduza a função {=FREQUÊNCIA(A1:A11,B1:B5)} em cada célula do intervalo. Irá visualizar os resultados de contagem da frequência em C1:C5. Função MATRIZ.MULT A função MATRIZ.MULT calcula o produto de matriz de duas matrizes. Sintaxe O número de colunas para a primeira matriz deve corresponder ao número de linhas para a segunda matriz. A matriz quadrada tem um número igual de linhas e colunas. MATRIZ.MULT (matriz1,matriz2) matriz1 como o primeiro argumento representa a primeira matriz com um número específico de colunas. matriz2 como o segundo argumento representa a segunda matriz com o número de linhas igual ao número de colunas na primeira matriz. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 95

100 Exemplo Seleccione a função MATRIZ.MULT. Seleccione a primeira matriz, adicione uma vírgula após os valores do intervalo adicionados à fórmula e, em seguida, seleccione a segunda matriz. Prima Enter. A matriz de saída de dados irá aparecer no primeiro intervalo seleccionado. Função SOMARPRODUTO A função SOMARPRODUTO multiplica elementos correspondentes em determinadas matrizes e devolve a soma desses produtos. Sintaxe SOMARPRODUTO (matriz1,matriz2,...matriz30) matriz1, matriz2,...matriz30 representam matrizes cujos elementos correspondentes serão multiplicados. Pelo menos, uma matriz deve fazer parte da lista de argumentos. Se apenas for dada uma matriz, todos os elementos de matriz são somados. Exemplo =SOMARPRODUTO(A1:D1,A2:D2,A3:D3) devolve 158 em que A matriz A1:D1 corresponde ao número de unidades vendidas A matriz A2:D2 corresponde ao preço por unidade A matriz A3:D3 corresponde à redução de percentagem obtida. Em cada coluna, a função SOMARPRODUTO multiplica as unidades vendidas por preço pela redução obtida e, em seguida, adiciona os quatro produtos. Tabela 14. Exemplo da função SOMARPRODUTO A B C D $5.00 $20.00 $ $ Constantes de matriz incluídas em fórmulas O IBM Docs suporta constantes de matriz incluídas em fórmulas. Uma matriz incluída está delimitada por chavetas, por exemplo, {' e '}. Os elementos podem ser um número (incluindo números negativos), uma constante lógica (VERDADEIRO, FALSO) ou uma cadeia literal. Não são permitidas expressões não constantes. As matrizes podem ser introduzidas com uma ou mais linhas, e uma ou mais colunas. Todas as linhas e todas as colunas têm de incluir o mesmo número de elementos. O separador de coluna (que separa os elementos numa linha) é a vírgula (,). Este separador não varia consoante o idioma ou a configuração regional. 96 SmartCloud Docs

101 As matrizes não podem ser imbricadas. Exemplos Tabela 15. Exemplos de matrizes incluídas Matriz Descrição ={1,2,3} Uma matriz com uma linha que consiste nos três números 1, 2e3. =SEN({1,2,3}) Introduzido como uma fórmula de matriz, apresenta o resultado de três cálculos de SEN com os argumentos 1, 2e3. Cálculos de matriz condicional Um cálculo de matriz condicional consiste numa matriz ou fórmula de matriz que inclui uma função SE(). O argumento da condição na fórmula corresponde à referência de área ou um resultado de matriz. No exemplo que se segue, o teste >0 da fórmula {=SE(A1:A3>0,"sim","não")} é aplicado a cada célula no intervalo A1:A3 e o resultado é copiado para a célula correspondente. Tabela 16. Exemplo de cálculo de uma matriz condicional A B (fórmula) B (resultado) 1 1 {=IF(A1:A3>0,"sim","não")} sim 2 0 {=IF(A1:A3>0,"sim","não")} não 3 1 {=IF(A1:A3>0,"sim","não")} sim Funções de data e hora Estas funções de folha de cálculo são utilizadas para introduzir e editar datas e horas. Função DATA A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Sintaxe DATA(ano, mês, dia) ano corresponde a um número inteiro entre ou mês corresponde a um número inteiro entre 1-12, indicando o mês. dia corresponde a um número entre 1-31, indicando o dia do mês. Pode introduzir datas directamente na função DATA, quer como argumentos ou como referências de intervalo. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 97

102 Exemplo =DATA(09,1,3) devolve 1/3/09. Em formato de data internacional, a data equivalente é3dejaneiro de Referências relacionadas: Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função DATADIF Devolve o número de anos, meses ou dias entre as duas datas. Sintaxe DATADIF (data de início, data de fim, formato) Processa a diferença entre data de início e data de fim na unidade especificada em formato, um código introduzido como texto. Tabela 17. Códigos de formato para especificar a unidade devolvida Formato Y M D MD YM YD Unidade devolvida Anos Meses Dias Dias, ignorando meses e anos Meses, ignorando anos Dias, ignorando anos 98 SmartCloud Docs

103 Exemplo =DATADIF(" "," ","YD") devolve 29. =DATADIF(" "," ","YD") devolve 28. Referências relacionadas: Função DIAS na página 100 A função DIAS calcula a diferença entre dois valores de data. O resultado é um número inteiro e devolve o número de dias entre os dois dias. Função DIA A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Sintaxe DIA(número) Exemplo =DIA(1) devolve 31. =DIA(AGORA()) devolve o dia actual. =DIA(C4) devolve 31 caso o conteúdo da célula C4 seja igual a 12/31/1901. Nota: O objectivo é o IBM Docs ser tão preciso e compatível com o Microsoft Excel quanto possível. Assim, a partir de 3/1/1900, ou em caso de valor numérico superior a 60, não existe diferença entre as duas aplicações. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 99

104 Referências relacionadas: Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função DIA.SEMANA na página 111 A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Função DIAS A função DIAS calcula a diferença entre dois valores de data. O resultado é um número inteiro e devolve o número de dias entre os dois dias. Sintaxe DIAS(data_2,data_1) data_1 corresponde à data de início. data_2 corresponde à data final. Se data_2 corresponde a uma data anterior a data_1, o resultado será um número negativo. 100 SmartCloud Docs

105 Exemplo =DIAS("1/1/2015",AGORA()) devolve o número de dias entre hoje e 1 de Janeiro de =DIAS("10/10/1990","10/10/1980") devolve Referências relacionadas: Função DATADIF na página 98 Devolve o número de anos, meses ou dias entre as duas datas. Função HORA A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Sintaxe HORA(número) número corresponde a um valor de tempo representado por um número decimal relativamente ao qual a hora é devolvida. Exemplo =HORA(AGORA()) devolve a hora actual. =HORA(C4) devolve 17 caso o conteúdo da célula C4 seja 17:20:00. =HORA(0.5) devolve 12 como 0,5, que corresponde a 12/30/ :00:00. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 101

106 Referências relacionadas: Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função MINUTO A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função DIA.SEMANA na página 111 A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função TEMPO na página 109 A função TEMPO devolve o valor da hora actual a partir de valores para horas, minutos e segundos. Esta função pode ser utilizada para converter uma hora com base nestes três elementos num valor de tempo decimal. Função MINUTO A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Sintaxe MINUTO(número) número corresponde a um valor de tempo representado por um número decimal para o qual o minuto será devolvido. 102 SmartCloud Docs

107 Exemplo =MINUTO(AGORA()) devolve o minuto actual. =MINUTO(C4) devolve 20 caso o conteúdo da célula C4 seja 17:20:00. =MINUTO(0, ) devolve 20, o que é mesmo que =MINUTO(20/(24*60)) e corresponde a 12/30/ :20:00. Referências relacionadas: Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MÊS A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função DIA.SEMANA na página 111 A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função TEMPO na página 109 A função TEMPO devolve o valor da hora actual a partir de valores para horas, minutos e segundos. Esta função pode ser utilizada para converter uma hora com base nestes três elementos num valor de tempo decimal. Função MÊS A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 103

108 Sintaxe MÊS(número) número, como um valor de tempo, corresponde a um número decimal para o qual o mês será devolvido. Exemplo =MÊS(1) devolve 12 dado que o valor de tempo 1 corresponde a 12/31/1899. Nota: O objectivo é o IBM Docs ser tão preciso e compatível com o Microsoft Excel quanto possível. Assim, excepto para as datas 1/31/1900, 12/31/1899 e 12/30/1899, ou os valores numéricos 32, 1 e 0, não existe diferença entre as duas aplicações. 104 SmartCloud Docs

109 Referências relacionadas: Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função DIA.SEMANA na página 111 A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Função DIATRABALHOTOTAL A função DIATRABALHOTOTAL devolve o número de dias de trabalho entre a data de início e a data final. Opcionalmente, é possível deduzir uma lista dos feriados. Sintaxe DIATRABALHOTOTAL (data de início, data de fim, feriados) data inicial corresponde à data a partir da qual o cálculo tem início. Se o dia for um dia útil, é incluído no cálculo. data final corresponde à data até à qual o cálculo é realizado. Se o dia for um dia útil, é incluído no cálculo. feriados corresponde a uma lista opcional de dias que não contam como dias úteis. Introduza um intervalo de células no qual os feriados estejam indicados individualmente. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 105

110 Exemplo Para determinar o número de dias úteis entre 15/12/2001 e 15/1/2002, utilize a data inicial localizada em C3 e a data final em D3. As células F3 a J3 contêm os seguintes feriados de Natal e Ano Novo: "24/12/2001", "25/12/2001", "26/12/2001", "31/12/2001", "1/1/2002". Introduza =DIATRABALHOTOTAL(C3,D3,F3:J3) para devolver 17 dias úteis. Função AGORA A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Sintaxe AGORA() Exemplo =AGORA()-A1 devolve a diferença entre a data em A1 e a data actual. Formate o resultado como um número. 106 SmartCloud Docs

111 Referências relacionadas: Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função SEGUNDO A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função DIA.SEMANA na página 111 A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Função TEMPO na página 109 A função TEMPO devolve o valor da hora actual a partir de valores para horas, minutos e segundos. Esta função pode ser utilizada para converter uma hora com base nestes três elementos num valor de tempo decimal. Função SEGUNDO A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Sintaxe SEGUNDO(número) número corresponde a um valor de hora representado por um número decimal para o qual o segundo será devolvido. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 107

112 Exemplo =SEGUNDO(AGORA()) devolve o segundo actual. =SEGUNDO(C4)) devolve 17 caso o conteúdo da célula C4 seja 17:20:17. =SEGUNDO( )) devolve 17, uma vez que o valor de tempo é idêntico a =SEGUNDO(17/(24*60*60)) e corresponde a 12/30/ :00: SmartCloud Docs

113 Referências relacionadas: Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função DIA.SEMANA na página 111 A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função TEMPO A função TEMPO devolve o valor da hora actual a partir de valores para horas, minutos e segundos. Esta função pode ser utilizada para converter uma hora com base nestes três elementos num valor de tempo decimal. Função TEMPO A função TEMPO devolve o valor da hora actual a partir de valores para horas, minutos e segundos. Esta função pode ser utilizada para converter uma hora com base nestes três elementos num valor de tempo decimal. Sintaxe TEMPO(hora, minuto, segundo) hora corresponde a um número inteiro que representa a hora. minuto corresponde a um número inteiro que representa o minuto. segundo corresponde a um número inteiro que representa o segundo. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 109

114 Exemplo =TEMPO("0,0,0") devolve 00:00:00. =TEMPO("4,20,4") devolve 04:20:04. Referências relacionadas: Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função HOJE A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Sintaxe HOJE() HOJE é uma função sem argumentos. Exemplo =HOJE() devolve a data actual do sistema do computador. 110 SmartCloud Docs

115 Referências relacionadas: Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função ANO na página 113 A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função DIA.SEMANA A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Função DIA.SEMANA A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1 e 7. O dia da semana no qual começa a numeração depende do tipo. Sintaxe DIA.SEMANA(número, tipo) número, como um valor de data, corresponde a um valor decimal para o qual é devolvido o dia da semana como um número inteiro. tipo (opcional) determina o tipo de cálculo. Para tipo = 1, os dias de semana são contados a partir de domingo, que corresponde ao valor predefinido, mesmo quando o argumento tipo está em falta. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 111

116 Tabela 18. Dias de semana de acordo com o argumento tipo Tipo Número inteiro devolvido (dia de semana) 1 ou em falta (predefinição) 1 (domingo) até 7 (sábado) 2 1 (segunda-feira) até 7 (domingo) 3 0 (segunda-feira) até 6 (domingo) 11 1 (segunda-feira) até 7 (domingo) 12 1 (terça-feira) até 7 (segunda-feira) 13 1 (quarta-feira) até 7 (terça-feira) 14 1 (quinta-feira) até 7 (quarta-feira) 15 1 (sexta-feira) até 7 (quinta-feira) 16 1 (sábado) até 7 (sexta-feira) 17 1 (domingo) até 7 (sábado) Exemplo DIA.SEMANA("14/6/2000") devolve 4. O argumento tipo está em falta; por este motivo, é utilizada a contagem padrão. A contagem padrão tem início com domingo como dia número de Junho de 2000 foi uma quarta-feira e, por este motivo, o dia número 4. DIA.SEMANA("7/24/1996",1) devolve 4. O argumento tipo é 1; por este motivo, domingo é o dia número de Julho de 1996 foi uma quarta-feira e, por isso, o dia número 4. DIA.SEMANA("7/24/1996",2) devolve 3. O argumento tipo é 2; por este motivo, segunda-feira é o dia número de Julho de 1996 foi uma quarta-feira e, por isso, o dia número 3. DIA.SEMANA(AGORA()) devolve o número do dia actual. Para obter uma função que indique se um dia na célula A1 é um dia útil, utilize as funções SE e DIA.SEMANA da seguinte forma: SE(DIA.SEMANA(A1,2)<6,"dia útil","fim_de_semana") 112 SmartCloud Docs

117 Referências relacionadas: Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função ANO A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Função NÚMSEMANA A função NÚMSEMANA calcula o número da semana do ano do valor de data interno. Sintaxe NÚMSEMANA (número, modo) número corresponde ao número de data interno. modo define o início da semana e o tipo de cálculo; 1 = domingo, 2 = segunda-feira. Exemplo 1 de Janeiro de 1995 foi domingo (modo valor 1). =NÚMSEMANA(" ",1) e =NÚMSEMANA(" ",2) devolvem 1 no IBM Docs. Mesmo que a semana comece a uma segunda-feira, o dia 1 de Janeiro (domingo) é processado para pertencer à primeira semana do ano. Função ANO A função ANO devolve o ano como um número, de acordo com as regras de cálculo internas. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 113

118 Sintaxe ANO(número) número apresenta o valor de data interno para o qual o ano será devolvido. Exemplo =ANO(1) devolve 1899 dado que 1 corresponde a 12/31/1899. =ANO(367) devolve 1901 dado que 367 corresponde a 1/1/1901. Nota: O objectivo é o IBM Docs ser tão preciso e compatível com o Microsoft Excel quanto possível. Assim, a partir de 1/1/1900, ou em caso de valor numérico superior a 1, não existe diferença entre as duas aplicações. 114 SmartCloud Docs

119 Referências relacionadas: Função DATA na página 97 A função DATA converte uma data escrita como ano, mês, dia num número de série interno e apresenta-a na formatação da célula. O formato predefinido de uma célula que contém a função DATA corresponde ao formato da data. No entanto, pode formatar as células com o formato numérico de número 0, o qual apresenta o número de série interno da data como um número. Se os valores para o mês e o dia forem mais elevados, são transportados para o dígito seguinte. Se introduzir =DATA(00,12,31), o resultado é 12/31/00. No entanto, se introduzir =DATA(00,13,31), o resultado é 1/31/01. Função HOJE na página 110 A função HOJE devolve a data actual do sistema do computador. O valor é actualizado ao reabrir o documento ou ao modificar os valores do documento. Função AGORA na página 106 A função AGORA repõe a data e a hora do sistema do computador. O valor é actualizado ao calcular novamente o documento ou sempre que um valor de célula for modificado. Função MÊS na página 103 A função MÊS devolve o mês para o valor de data introduzido. O mês é devolvido como um número Função DIA na página 99 A função DIA devolve o dia de um determinado valor de data. O dia é devolvido como um valor Também pode introduzir um valor de data ou hora negativo. Função HORA na página 101 A função HORA devolve a hora para um determinado valor de tempo. A hora é devolvida como um número inteiro Função MINUTO na página 102 A função MINUTO calcula o minuto para um valor de hora interno. O minuto é devolvido como um número Função SEGUNDO na página 107 A função SEGUNDO devolve o segundo de um valor de hora específico. O segundo é devolvido como um número inteiro entre Função DIA.SEMANA na página 111 A função DIA.SEMANA devolve o dia da semana para o valor de data especificado. O dia é devolvido como um número inteiro entre 1e7. Odiada semana no qual começa a numeração depende do tipo. Funções de engenharia Utilize este tópico como uma referência para a função de engenharia que é actualmente suportada. Função CONVERTER CONVERTER converte um valor de uma unidade de medição para uma diferente unidade de medição. Sintaxe CONVERTER(número,da_unidade,para_unidade) número é um valor. da_unidade especifica a unidade de medição a partir da qual pretende converter. da-unidade é um nome de unidade da tabela seguinte, introduzido como texto entre " " (aspas). Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 115

120 para_unidade especifica a unidade de medição para a qual pretende converter. para-unidade é um nome de unidade da tabela seguinte, introduzido como texto entre " " (aspas). Os nomes de unidades são sensíveis a maiúsculas e minúsculas. CONVERTER devolve #N/D caso da_unidade ou para_unidade não corresponda a um nome de unidade das tabelas seguintes. CONVERTER também devolve #N/D se da_unidade e para_unidade pertencerem a grupos de unidades diferentes. Tabela 19. Nomes de unidades para grupo de massa Nome de unidade Massa g Grama sg Slug lbm Libra de massa (avoirdupois) u U (unidade de massa atómica) ozm Onça de massa (avoirdupois) Tabela 20. Nomes de unidades para grupo de distância Nome de unidade Distância m Metro mi Milha estatutária Nmi Milha náutica Pica Pica in Polegada ft Pé yd Jarda ang Angstrom Tabela 21. Nomes de unidades para grupo de tempo Nome de unidade Tempo yr Ano day Dia hr Hora mn Minuto sec Segundo Tabela 22. Nomes de unidades para grupo de pressão Nome de unidade Pressão Pa Pascal atm Atmosfera mmhg mm de mercúrio Tabela 23. Nomes de unidades para grupo de força Nome de unidade Força N Newton 116 SmartCloud Docs

121 Tabela 23. Nomes de unidades para grupo de força (continuação) Nome de unidade Força dyn Dine lbf Libra de força Tabela 24. Nomes de unidades para grupo de energia Nome de unidade Energia J Joule e Erg c Caloria termodinâmica cal Caloria IT ev Electrão-volt HPh Potência-hora Wh Watt-hora flb Pé-libra BTU BTU Tabela 25. Nomes de unidades para grupo de potência Nome de unidade Potência HP Potência W Watt Tabela 26. Nomes de unidades para grupo de magnetismo Nome de unidade Magnetismo T Tesla ga Gauss Tabela 27. Nomes de unidades para grupo de temperatura Nome de unidade Temperatura C Celsius F Fahrenheit K Kelvin Tabela 28. Nomes de unidades para grupo de líquidos Nome de unidade Líquido tsp Colher de chá tbs Colher de sopa oz Onça líquida cup Chávena pt Pinta qt Quarta gal Galão l Litro Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 117

122 Os prefixos (introduzidos com as marcas " ") apresentados na seguinte tabela também são válidos para unidades. CONVERTER devolve #N/D se a unidade não suportar um prefixo. Tabela 29. Prefixos de unidades Prefixo Descrição Multiplicador E exa 1E+18 P peta 1E+15 T tera 1E+12 G giga 1E+09 M mega 1E+06 k quilo 1E+03 h hecto 1E+02 e dekao 1E+01 d deci 1E-01 c centi 1E-02 m mili 1E-03 u micro 1E-06 n nano 1E-09 p pico 1E-12 f femto 1E-15 a ato 1E-18 Exemplo CONVERTER(10, "C", "F") devolve 50 CONVERTER(1,"sec","msec") devolve 1000 Funções de informação Este tópico contém ligações para descrições e exemplos das funções de Informação para utilização em folhas de cálculo. Os dados na tabela que se segue servem como a base para algumas das secções de Exemplo em cada função de informação. Tabela 30. Dados de exemplo numa folha de cálculo Linha C D 2 Valor x Valor y SmartCloud Docs

123 Tabela 30. Dados de exemplo numa folha de cálculo (continuação) Linha C D Função TIPO.ERRO A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe TIPO.ERRO(referência) referência contém o endereço da célula na qual o erro ocorre. Exemplo Se a célula A1 apresentar Err:518, a função =TIPO.ERRO(A1) devolve o número 518. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 119

124 Referências relacionadas: Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função FÓRMULA A função FÓRMULA apresenta a fórmula de uma célula de fórmula em qualquer posição. A fórmula é devolvida como uma cadeia na posição referência. Caso não seja localizada qualquer célula de fórmula, ou caso o argumento existente não seja uma referência, é definido o valor de erro #N/D. 120 SmartCloud Docs

125 Sintaxe FÓRMULA(referência) Exemplo A célula A8 contém o resultado de uma fórmula com o valor 23. Pode utilizar a função FÓRMULA na célula A1 para apresentar a fórmula na célula A8. Função É.CÉL.VAZIA A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe É.CÉL.VAZIA(valor) valor corresponde ao conteúdo a testar. Exemplo =É.CÉL.VAZIA(D2) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 121

126 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR 122 SmartCloud Docs

127 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe É.ERR(valor) valor corresponde a qualquer valor ou expressão na qual seja realizado um teste, para determinar se existe um valor de erro que não seja igual a #N/D. Exemplo =É.ERR(C5) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 123

128 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. 124 SmartCloud Docs

129 Função É.ERRO A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Sintaxe É.ERRO(valor) valor corresponde a qualquer valor em que um teste seja realizado, para determinar se se trata de um valor de erro. Exemplo =É.ERRO(C8) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 125

130 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. 126 SmartCloud Docs

131 Função ÉPAR A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Sintaxe ÉPAR(valor) valor corresponde ao valor a verificar. Se valor não for um número inteiro, quaisquer dígitos após a vírgula decimal são ignorados. O sinal de valor também é ignorado. Exemplos =ÉPAR(48) devolve VERDADEIRO. =ÉPAR(33) devolve FALSO. =ÉPAR(0) devolve VERDADEIRO. =ÉPAR(-2,1) devolve VERDADEIRO. =ÉPAR(3,999) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 127

132 Referências relacionadas: Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉFÓRMULA A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. 128 SmartCloud Docs

133 Sintaxe ÉFÓRMULA(referência) Para determinar se uma célula contém uma referência, referência indica a referência a uma célula na qual será realizado um teste. Exemplo =ÉFÓRMULA(C4) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 129

134 Referências relacionadas: Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe É.LÓGICO(valor) valor corresponde ao valor a testar para formato numérico lógico. 130 SmartCloud Docs

135 Exemplo =É.LÓGICO(D5) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 131

136 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP 132 SmartCloud Docs

137 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe É.NÃO.DISP(valor) valor corresponde ao valor ou expressão a testar. Exemplo =É.NÃO.DISP(D3) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 133

138 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. 134 SmartCloud Docs

139 Função É.NÃO.TEXTO A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe É.NÃO.TEXTO(valor) valor corresponde a qualquer valor ou expressão em que um teste seja realizado para determinar se se trata de texto ou números, ou de um valor Booleano. Exemplos =É.NÃO.TEXTO(D2) devolve FALSO. =É.NÃO.TEXTO(D9) devolve VERDADEIRO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 135

140 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. 136 SmartCloud Docs

141 Função É.NÚMERO A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe É.NÚMERO(valor) valor corresponde a qualquer expressão a testar para determinar se se trata de um número ou texto. Exemplo =É.NÚMERO(C3) devolve VERDADEIRO. =É.NÚMERO(C2) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 137

142 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao 138 SmartCloud Docs

143 texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉÍMPAR A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Sintaxe ÉÍMPAR(valor) valor corresponde ao valor a verificar. Se o valor não for um número inteiro, quaisquer dígitos após a vírgula decimal são ignorados. O sinal de valor também é ignorado. Exemplo =ÉÍMPAR(33) devolve VERDADEIRO. =ÉÍMPAR(48) devolve FALSO. =ÉÍMPAR(3,999) devolve VERDADEIRO. =ÉÍMPAR(-3,1) devolve VERDADEIRO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 139

144 Referências relacionadas: Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.REF A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.REF A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. 140 SmartCloud Docs

145 Sintaxe É.REF(valor) Para determinar se este se trata de uma referência, valor corresponde ao valor a testar. Exemplo =É.REF(C5) devolve VERDADEIRO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 141

146 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. 142 SmartCloud Docs

147 Função É.TEXTO A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe É.TEXTO(valor) valor corresponde a um valor, número, valor Booleano ou a um valor de erro a testar. Exemplo =É.TEXTO(D9) devolve VERDADEIRO. =É.TEXTO(C3) devolve FALSO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 143

148 Referências relacionadas: Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função TIPO na página 146 A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função NÃO.DISP na página 145 A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. 144 SmartCloud Docs

149 Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função N A função N devolve o número 1 caso o parâmetro seja VERDADEIRO. N devolve o parâmetro se o parâmetro for um número. N devolve o número 0 para outros parâmetros. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe N(valor) valor corresponde ao parâmetro a converter num número. Exemplo =N(VERDADEIRO devolve 1. =N(FALSO) devolve 0. =N(100) devolve 100. =N("abc") devolve 0. Função NÃO.DISP A função NÃO.DISP devolve o valor de erro #N/D. Sintaxe NÃO.DISP() Exemplo =NÃO.DISP() converte o conteúdo da célula em #N/D. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 145

150 Referências relacionadas: Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função ÉFÓRMULA na página 128 A função ÉFÓRMULA devolve VERDADEIRO caso uma célula seja uma célula de fórmula. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função TIPO A função TIPO devolve o tipo de valor. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Sintaxe TIPO(valor) valor corresponde a um valor específico para o qual o tipo de dados é determinado. Valor 1 = número, valor 2 = texto, valor 4 = valor booleano, valor 8 = fórmula, valor 16 = valor de erro. 146 SmartCloud Docs

151 Exemplo =TIPO(C2) devolve 2. =TIPO(D9) devolve 1. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 147

152 Referências relacionadas: Função É.CÉL.VAZIA na página 121 A função É.CÉL.VAZIA devolve VERDADEIRO se a referência a uma célula estiver vazia. Esta função é utilizada para determinar se o conteúdo de uma célula está vazio. Uma célula com uma fórmula no seu interior não está vazia. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função TIPO.ERRO na página 119 A função TIPO.ERRO devolve o número correspondente a um valor de erro que ocorra numa célula diferente. Com a ajuda deste número, pode criar uma mensagem de erro. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função ÉPAR na página 127 A função ÉPAR devolve VERDADEIRO, se o valor for um número inteiro par, ou FALSO, se for um número inteiro ímpar. Função ÉÍMPAR na página 139 A função ÉÍMPAR devolve VERDADEIRO se um valor for um número inteiro ímpar, ou FALSO, se o número for um número inteiro par. Função É.ERR na página 122 A função É.ERR devolve VERDADEIRO se o valor se referir a qualquer valor de erro excepto #N/D. Pode utilizar esta função para controlar valores de erro em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.ERRO na página 125 A função É.ERRO testa se as células contêm valores de erro genéricos. É.ERRO reconhece o valor de erro #N/D. Se a célula que está a ser referenciada incluir erros, tais como #N/D, #DIV/0 ou #Err 522, devolve VERDADEIRO. Função É.LÓGICO na página 130 A função É.LÓGICO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha um formato numérico lógico. A função é utilizada para verificar valores VERDADEIROS e FALSOS em células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.DISP na página 132 A função É.NÃO.DISP devolve VERDADEIRO se uma célula contiver o valor de erro #N/D (valor não disponível). Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÃO.TEXTO na página 135 A função É.NÃO.TEXTO testa se o conteúdo de uma célula é composto por texto ou números, e devolve FALSO se o conteúdo for texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.NÚMERO na página 137 A função É.NÚMERO devolve VERDADEIRO se o valor se referir a um número. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.TEXTO na página 143 A função É.TEXTO devolve VERDADEIRO caso a célula contenha referências ao texto. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Função É.REF na página 140 A função É.REF testa se o conteúdo de uma ou várias células é uma referência. Esta função verifica o tipo de referências numa célula ou num intervalo de células. Se ocorrer um erro, a função devolve um valor lógico ou numérico. Funções lógicas Utilize esta lista como referência para cada uma das funções lógicas. 148 SmartCloud Docs

153 Função E E devolve VERDADEIRO, se todos os argumentos forem VERDADEIROS. Se um dos elementos for FALSO, esta função devolve o valor FALSO. Os argumentos para a função E são expressões lógicas (VERDADEIRO, 1<5, 2+3=7, B8<10) que devolvem valores lógicos ou matrizes (A1:C3) que contêm valores lógicos. Nota: Quando uma função prevê um valor único mas introduz um intervalo de células, é utilizado o valor da mesma coluna ou linha na qual se encontra a fórmula. Se o intervalo introduzir estive fora da coluna ou linha actuais da fórmula, a função devolve o valor de erro #VALOR!. Sintaxe E(valor lógico 1, valor lógico 2,...valor lógico 30) valor lógico 1, valor lógico 2, e sucessivamente, até valor lógico 30 são condições a verificar. Todas as condições podem ser VERDADEIRAS ou FALSAS. Se for introduzido um intervalo como um argumento, a função utiliza o valor do intervalo que se encontra na coluna ou linha actual. O resultado é VERDADEIRO se o valor lógico em todas as células no intervalo de células for VERDADEIRO. Exemplo Serão verificados os valores lógicos das entradas 12<13, 14>12 e 7<6: =E(12<13,14>12,7<6) devolve FALSO. =E(FALSO,VERDADEIRO) devolve FALSO. Função FALSO A função FALSO devolve o valor lógico FALSO. A função FALSO() não requer quaisquer argumentos e devolve sempre o valor lógico FALSO. Sintaxe FALSO() Exemplo =FALSO() devolve FALSO. =NÃO(FALSO()) devolve VERDADEIRO. Função SE A função SE especifica um teste lógico a ser efectuado. Sintaxe SE(teste, valor se verdadeiro, valor se falso) teste corresponde a qualquer valor ou expressão que pode ser VERDADEIRO ou FALSO. valor se verdadeiro (opcional) corresponde ao valor que é devolvido se o teste lógico for VERDADEIRO. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 149

154 valor se falso (opcional) corresponde ao valor que é devolvido se o teste lógico for FALSO. Nas funções do IBM Docs, os parâmetros marcados como opcionais podem ser omitidos apenas caso não sejam seguidos por qualquer parâmetro. Por exemplo, numa função com quatro parâmetros, em que os últimos dois parâmetros são opcionais, pode deixar o parâmetro 4 ou os parâmetros 3 e 4 em branco. No entanto, não pode deixar apenas o parâmetro 3. Exemplo =IF(A1>5,100,"demasiado pequeno") Se o valor em A1 for superior a 5, o valor 100 é introduzido na célula actual; caso contrário, o texto "demasiado pequeno" (sem aspas) é introduzido. Função NÃO A função NÃO inverte e devolve o valor lógico. Sintaxe NÃO(valor lógico) valor lógico corresponde a qualquer valor a inverter. Exemplo =NÃO(A) A=VERDADEIRO devolve A=FALSO. Função OU A função OU devolve VERDADEIRO se existir, no mínimo, um argumento VERDADEIRO. Esta função devolve o valor FALSO apenas quando todos os argumentos têm o valor lógico FALSO. Os argumentos OU são expressões lógicas autónomas (VERDADEIRO, 1<5, 2+3=7, B8<10) que devolvem valores lógicos, ou matrizes (A1:C3) que contém valores lógicos. Nota: Quando uma função prevê um valor único mas introduz um intervalo de células, é utilizado o valor da mesma coluna ou linha na qual se encontra a fórmula. Se o intervalo introduzir estive fora da coluna ou linha actuais da fórmula, a função devolve o valor de erro #VALOR!. Sintaxe OU(valor lógico, valor lógico 2,...valor lógico 30) valor lógico, valor lógico 2,...valor lógico 30 correspondem a condições a verificar. Todas as condições podem ser VERDADEIRAS ou FALSAS. Se for introduzido um intervalo como um argumento, a função utiliza o valor do intervalo que se encontra na coluna ou linha actual. 150 SmartCloud Docs

155 Exemplo Serão verificados os valores lógicos das entradas 12<11, 13>22, e 45=45. =OU(12<11,13>22,45=45) devolve VERDADEIRO. =OU(FALSO,VERDADEIRO) devolve VERDADEIRO. Função VERDADEIRO A função VERDADEIRO devolve o valor lógico VERDADEIRO. A função VERDADEIRO() não requer quaisquer argumentos e devolve sempre o valor lógico VERDADEIRO. Sintaxe VERDADEIRO() Exemplo Se A=VERDADEIRO e B=FALSO, são apresentados os seguintes exemplos: =E(A,B) devolve FALSO. =OU(A,B) devolve VERDADEIRO. =NÃO(E(A,B)) devolve VERDADEIRO. Funções matemáticas Utilize esta lista de funções como referência para cada função matemática. Função ABS ABS devolve o valor absoluto de um número. Sintaxe ABS(número) número corresponde ao número cujo valor absoluto será calculado. O valor absoluto de um número corresponde ao respectivo valor sem o sinal +/-. =ABS(-56) devolve 56. =ABS(12) devolve 12. =ABS(0) devolve 0. Função ACOS A função ACOS devolve o co-seno trigonométrico inverso de um número. Sintaxe ACOS (número) Esta função devolve o co-seno trigonométrico inverso de um número, que corresponde ao ângulo (em radianos), cujo co-seno é número. O ângulo devolvido encontra-se entre 0 e PI. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 151

156 Exemplo =ACOS(-1) devolve (radianos de PI). =GRAUS(ACOS(0.5)) devolve 60. O co-seno de 60 graus é 0,5. Função ASEN A função ASEN devolve o seno trigonométrico inverso de um número. Sintaxe ASEN (número) Esta função devolve o seno trigonométrico inverso de um número, que corresponde ao ângulo (em radianos), cujo seno é número. O ângulo devolvido encontra-se entre -PI/2 e +PI/2. Exemplo =ASEN(0) devolve 0. =ASEN(1) devolve (radianos PI/2).. =GRAUS(ASEN(0.5)) devolve 30. O seno de 30 graus é 0,5. Função ATAN A função ATAN devolve a tangente trigonométrica inversa de um número. Sintaxe ATAN (número) Esta função devolve a tangente trigonométrica inversa de um número, que corresponde ao ângulo (em radianos), cuja tangente é Número. O ângulo devolvido encontra-se entre -PI/2 e PI/2. Exemplo =ATAN(1) devolve (radianos PI/4).. =GRAUS(ATAN(1)) devolve 45. A tangente de 45 graus é 1. Função ARRED.EXCESSO ARRED.EXCESSO arredonda um número, por excesso, até ao múltiplo de significância mais próximo. Sintaxe ARRED.EXCESSO(número,incremento,modo) número corresponde ao número que será arredondado. incremento corresponde ao número para cujo múltiplo o valor será arredondado. modo é um valor opcional. Se o valor modo for especificado e não for igual a zero, e se número e incremento forem negativos, o arredondamento é efectuado com base no valor absoluto de número. Este argumento de modo é ignorado ao exportar para Microsoft Excel, uma vez que não utiliza um terceiro parâmetro. 152 SmartCloud Docs

157 Importante: Se número e incremento forem negativos e o valor modo for igual a zero ou não for especificado, os resultados no IBM Docs e no Microsoft Excel serão diferentes após a conclusão da importação. Se exportar a folha de cálculo para o Excel, utilize mode=1 para visualizar no Excel os mesmos resultados que obteve no IBM Docs. Exemplo =ARRED.EXCESSO(-11,-2) devolve -10. =ARRED.EXCESSO(-11,-2,0) devolve -10. =ARRED.EXCESSO(-11,-2,1) devolve -12. Função CONTAR.VAZIO A função CONTAR.VAZIO devolve o número de células vazias. Sintaxe CONTAR.VAZIO(intervalo) Devolve o número de células vazias no intervalo de células intervalo. Exemplo =CONTAR.VAZIO(A1:B2) devolve 4 se as células A1, A2, B1 e B2 estiverem vazias. Função CONTAR.SE A função CONTAR.SE devolve o número de células que satisfazem os critérios num intervalo de células. Sintaxe CONTAR.SE(intervalo, critérios) intervalo corresponde ao intervalo ao qual serão aplicados os critérios. critérios indica os critérios na forma de um número, uma expressão ou uma cadeia de caracteres. Estes critérios determinam quais as células que são contadas. Pode também indicar um intervalo de célula que contém os critérios de procura. Se efectuar procuras por texto literal, coloque o texto entre aspas. Os critérios podem incluir também caracteres globais. Para representar qualquer carácter, utilize? (ponto de interrogação) no texto que especifica a condição. Para representar qualquer número de caracteres consecutivos, utilize * (asterisco). Por exemplo, utilize B* para corresponder a todas as entradas que comecem por B e B??? para corresponder a todas as entradas que comecem por B e que contenham três outros caracteres. Para representar um ponto de interrogação ou um asterisco real, utilize ~ (til) antes do? ou *. Exemplo A1:A10 corresponde a um intervalo de células que contém os números A célula B1 contém o número Na célula B2, introduz uma fórmula: =CONTAR.SE(A1:A10,2006) devolve 1. =CONTAR.SE(A1:A10,B1) devolve 1. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 153

158 =CONTAR.SE(A1:A10,">=2006") isto devolve 4( ). =CONTAR.SE(A1:A10,"<"&B1) quando B1 contém 2006 devolve 6. =CONTAR.SE(A1:A10,C2), em que a célula C2 contém o texto >2006, conta o número de células no intervalo A1:A10, que corresponde a >2006. Para contar apenas números negativos, introduza =CONTAR.SE(A1:A10,"<0") Função PAR A função PAR arredonda um número positivo, por excesso, para o número inteiro par seguinte, e um número negativo para o número inteiro par seguinte. Sintaxe PAR(número) Devolve número arredondado por excesso para o número inteiro par seguinte, afastando-se do zero. Exemplo =PAR(2.3) devolve 4. =PAR(2) devolve 2. =PAR(0) devolve 0. =PAR(-0.5) devolve -2. Função EXP A função EXP devolve "e" a ser elevado à potência de um número. A constante "e" possui um valor de, aproximadamente, 2, Sintaxe EXP (número) número corresponde à potência à qual se pretende elevar "e". Exemplo =EXP(1) devolve 2, , a constante matemática "e" para precisão da aplicação de folha de cálculo. Função FACTORIAL A função FACTORIAL devolve o factorial de um número. Os factoriais são calculados como 1*2*3*4*... *. Sintaxe FACTORIAL(número) A função FACTORIAL devolve número!, o factorial de número. =FACTORIAL(0) devolve 1 por definição. 154 SmartCloud Docs

159 O factorial de um número negativo devolve o erro argumento não válido. Exemplo =FACTORIAL(3) devolve 6. =FACTORIAL(0) devolve 1. Função ARRED.DEFEITO A função ARRED.DEFEITO arredonda um número por defeito para o múltiplo de significância mais próximo. Sintaxe ARRED.DEFEITO(número, significância, modo) número corresponde ao número que será arredondado. significância corresponde ao valor para cujo múltiplo o valor será arredondado. modo é um valor opcional. Se o valor de modo for introduzido e não for igual a zero, e se número e significância forem negativos, o arredondamento é efectuado com base no valor absoluto do número. O argumento de modo é ignorado ao exportar para Microsoft Excel, uma vez que este não utiliza um terceiro parâmetro. Importante: Se número e significância forem negativos e se o valor modo for igual a zero ou não for especificado, os resultados no IBM Docs e no Microsoft Excel serão diferentes após a exportação. Se exportar a folha de cálculo para o Excel, utilize mode=1 para visualizar no Excel os mesmos resultados que obteve no IBM Docs. Exemplo =ARRED.DEFEITO(-11;-2) devolve -12. =ARRED.DEFEITO(-11;-2;0) devolve -12. =ARRED.DEFEITO(-11;-2;1) devolve -10. Função INT Arredonda um número por defeito para o número inteiro mais próximo. Os números negativos são arredondados para o número inteiro inferior ao número. Sintaxe INT (número) Esta função devolve número arredondado para o número inteiro mais próximo. Exemplo =INT(5.7) devolve 5. =INT(-1.3) devolve -2. Função LN A função LN devolve o logaritmo natural com base na constante "e" de um número. A constante "e" possui um valor de, aproximadamente, 2, Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 155

160 Sintaxe LN (número) número corresponde ao valor cujo logaritmo natural será calculado. Exemplo =LN(3) devolve o logaritmo natural de 3 (aproximadamente 1,0986). =LN(EXP(321)) devolve 321. Função LOG A função LOG devolve o logaritmo de um número com a base especificada. Sintaxe LOG (número,base) número corresponde ao valor cujo logaritmo será calculado. base (opcional) corresponde à base para o cálculo do logaritmo. Exemplo =LOG(10,3) devolve o logaritmo da base 3 de 10 (aproximadamente 2,0959). =LOG(7^4,7) devolve 4. Função RESTO A função RESTO devolve o resto quando um número inteiro é dividido por outro. Sintaxe RESTO (número,número) Para argumentos de valor inteiro, esta função devolve o resto da operação entre o Dividendo e o Divisor, ou seja, o resto da operação em que o número na primeira posição, o dividendo, é dividido pelo número na segunda posição, o divisor. Esta função é implementada como Dividendo - Divisor * INT(Dividendo/Divisor) e esta fórmula devolve o resultado se os argumentos não forem valores inteiros. Exemplo =RESTO(22,3) devolve 1, o resto quando 22 é dividido por 3. =RESTO(11.25,2.5) devolve 1,25. Função ÍMPAR A função ÍMPAR arredonda um número positivo, por excesso, para o número inteiro ímpar mais próximo e um número negativo para o número inteiro ímpar mais próximo. Sintaxe ÍMPAR(número) 156 SmartCloud Docs

161 Devolve número arredondado para o número inteiro ímpar seguinte, afastando-se do zero. Exemplo =ÍMPAR(1,2) devolve 3. =ÍMPAR(1) devolve 1. =ÍMPAR(0) devolve 1. =ÍMPAR(-3,1) devolve -5. Função PI A função PI devolve 3, , o valor da constante matemática PI para 14 casas decimais. Sintaxe PI() Exemplo =PI() devolve 3, Função POTÊNCIA A função POTÊNCIA devolve um número elevado a uma potência. Sintaxe POTÊNCIA(base, potência) POTÊNCIA devolve base elevado à potência de potência. O mesmo resultado pode ser obtido utilizando o operador de exponenciação ^: Base^Potência Exemplo =POTÊNCIA(4,3) devolve 64, que consiste em 4 elevado à potência de 3. =4^3 devolve também 4 elevado à potência de 3. Função PRODUTO A função PRODUTO multiplica todos os números atribuídos como argumentos e devolve o produto. Sintaxe PRODUTO(número1, número2,...número30) número1 até número30 consistem em até 30 argumentos cujo produto será calculado. PRODUTO devolve número1 * número2 * número3 *... Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 157

162 Exemplo =PRODUTO(2,3,4) devolve 24. Função ALEATÓRIO A função ALEATÓRIO devolve um número aleatório entre 0 e 1. Sintaxe ALEATÓRIO () Esta função produz um novo número aleatório sempre que a aplicação efectua um novo cálculo. Exemplo =ALEATÓRIO() devolve um número aleatório entre 0 e 1. Função ALEATÓRIOENTRE A função ALEATÓRIOENTRE devolve um número inteiro aleatório num intervalo especificado. Sintaxe ALEATÓRIOENTRE(fim, início) Devolve um número inteiro aleatório entre números inteiros fim e início, ambos inclusivos. Esta função produz um novo número aleatório sempre que o IBM Docs efectua um novo cálculo. Para forçar manualmente o IBM Docs a efectuar um novo cálculo, prima Shift+Ctrl+F9. =ALEATÓRIOENTRE(20,30) devolve um número inteiro entre Função ARRED A função ARRED arredonda um número para um determinado número de casas decimais. Esta função arredonda para o número mais próximo. Consulte ARRED.PARA.BAIXO e ARRED.PARA.CIMA para obter informação sobre as alternativas. Sintaxe ARRED(número, contar) Devolve número arredondado a contar casas decimais. Se contar for omitido ou for igual a zero, a função arredonda para o número inteiro mais próximo. Se contar for um número negativo, a função arredonda para o número 10, 100, 1000 mais próximo, e assim sucessivamente. Exemplo =ARRED(2.348,2) devolve 2,35. =ARRED( ,3) devolve -32,483. Altere o formato da célula para visualizar todas as casas decimais. 158 SmartCloud Docs

163 =ARRED(2.348,0) devolve 2. =ARRED(2,5) devolve 3. =ARRED(987.65,-2) devolve Função ARRED.PARA.BAIXO A função ARRED.PARA.BAIXO arredonda um número por defeito, em direcção ao zero, com uma determinada precisão. Consulte as funções ARRED.PARA.CIMA e ARRED para obter alternativas. Sintaxe ARRED.PARA.BAIXO (número, contar) Devolve número arredondado por defeito (em direcção ao zero) para as casas decimais de contar. Se Contar for omitido ou igual a zero, a função arredonda por defeito para um número inteiro. Se contar for um número negativo, a função arredonda por defeito para o número 10, 100, 1000 seguinte, e assim sucessivamente. Exemplo =ARRED.PARA.BAIXO(1.234,2) devolve 1,23. =ARRED.PARA.BAIXO(45.67,0) devolve 45. =ARRED.PARA.BAIXO(-45.67) devolve -45. =ARRED.PARA.BAIXO(987.65,-2) devolve 900. Função ARRED.PARA.CIMA A função ARRED.PARA.CIMA arredonda um número por excesso, na direcção contrária a zero, com uma determinada precisão. Consulte ARRED.PARA.BAIXO e ARRED para obter alternativas. Sintaxe ARRED.PARA.CIMA (número, contar) Devolve número arredondado por excesso (na direcção contrária a zero) para as casas decimais de contar. Se Contar for omitido ou igual a zero, a função arredonda por excesso para um número inteiro. Se contar for um número negativo, a função arredonda por excesso para o número 10, 100, 1000 seguinte, e assim sucessivamente. Exemplo =ARRED.PARA.CIMA(1.1111,2) devolve 1,12. =ARRED.PARA.CIMA(1.2345,1) devolve 1,3. =ARRED.PARA.CIMA(45.67,0) devolve 46. =ARRED.PARA.CIMA(-45.67) devolve 46. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 159

164 =ARRED.PARA.CIMA(987.65,-2) devolve Função RAIZQ A função RAIZQ devolve a raiz quadrada positiva de um número. Sintaxe RAIZQ (número) Devolve a raiz quadrada positiva de número. Exemplo =RAIZQ(16) devolve 4. =RAIZQ(-16) devolve um erro de argumento não válido. Função SUBTOTAL A função SUBTOTAL calcula subtotais. Se um intervalo já incluir subtotais, estes não são utilizados para mais cálculos. Sintaxe SUBTOTAL (função, intervalo) função é um número que representa uma das funções na tabela seguinte: Tabela 31. Índice de funções e funções correspondentes Índice de funções Função 1 MÉDIA 2 CONTAR 3 CONTAR.VAL 4 MÁXIMO 5 MÍNIMO 6 PRODUTO 7 DESVPAD 8 DESVPADP 9 SOMA 10 VAR 11 VARP intervalo corresponde ao intervalo cujas células estão incluídas. Função SOMA A função SOMA adiciona todos os números de um intervalo de células. Sintaxe SOMA(número1, número2,...número30) número 1 a número 30 consistem em até 30 argumentos cuja soma será calculada. 160 SmartCloud Docs

165 Exemplo Se introduzir os números 2, 3 e 4 nas caixas de texto Número 1, 2 e 3,é devolvido 9 como o resultado. =SOMA(A1,A3,B5) calcula a soma das três células. =SOMA(A1:E10) calcula a soma de todas as células no intervalo A1 a E10. As condições relacionadas através do operador AND podem ser utilizadas com a função SOMA() da seguinte forma: Este exemplo pressupõe que introduziu facturas numa tabela. A Coluna A contém o valor de data da factura, enquanto que a Coluna B contém os montantes. Pretende localizar uma fórmula que possa utilizar para devolver o total de todos os montantes para um mês específico. Por exemplo, pretende devolver apenas o montante para o período >= a < O intervalo com os valores de data abrange as células A1:A40, o intervalo que contém os montantes a somar encontra-se nas células B1:B40. A célula C1 contém a data inicial, , uma das facturas a incluir, e a célula C2 contém a data, , a qual já não será incluída. Introduza a fórmula que se segue como uma fórmula de matriz: =SOMA((A1:A40>=C1)*(A1:A40<C2)*B1:B40) Para introduzir esta fórmula como uma fórmula de matriz, é necessário premir as teclas Shift+ Ctrl+ Enter em alternativa a premir a tecla Enter para fechar a fórmula. A fórmula é, então, apresentada na barra de fórmulas, delimitada por chavetas. {=SOMA((A1:A40>=C1)*(A1:A40<C2)*B1:B40)} A é baseada nos resultados de comparação de 1 caso o critério seja satisfeito e 0, caso não seja. Os resultados de comparação individual são tratados como uma matriz e são utilizados em multiplicação de matrizes e, em seguida, os valores individuais são somados, para apresentar a matriz de resultado. Função SOMAR.SE A função SOMAR.SE adiciona as células especificadas pelos critérios dados. Esta função é utilizada para pesquisar um intervalo ao procurar por um determinado valor. Sintaxe SOMAR.SE(intervalo, critérios, intervalo de soma) intervalo corresponde ao intervalo ao qual serão aplicados os critérios. critérios corresponde à célula em que o critério de procura é apresentado ou ao próprio critério de procura. Se os critérios forem escritos directamente na fórmula, terão de ser colocados entre aspas. Os critérios podem incluir também caracteres globais. Para representar qualquer carácter, utilize? (ponto de interrogação) no texto que especifica a condição. Para representar qualquer número de caracteres consecutivos, utilize * (asterisco). Por exemplo, utilize B* para corresponder a todas as entradas que comecem por B e B??? para corresponder a todas as entradas que comecem por B e que contenham três outros caracteres. Para representar um ponto de interrogação ou um asterisco real, utilize ~ (til) antes do? ou *. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 161

166 intervalo da soma corresponde ao intervalo a partir do qual os valores são somados. Se este parâmetro não for indicado, os valores localizados no intervalo são somados. Exemplo Para somar apenas os números negativos: =SOMAR.SE(A1:A10,"<0") =SOMAR.SE(A1:A10,">0",B1:10) soma valores do intervalo B1:B10 apenas se os valores correspondentes no intervalo A1:A10 forem >0. Consulte CONTAR.SE() para obter exemplos de sintaxe que podem ser utilizados com SOMAR.SE(). Função TRUNCAR A função TRUNCAR efectua a truncagem de um número, removendo as casas decimais. Sintaxe TRUNCAR(número, contar) Devolve número com um máximo de contar casas decimais. As casas decimais excedentes são removidas, independentemente do sinal. TRUNCAR(Número; 0) devolve os mesmos resultados que INT(Número) para números positivos, mas efectivamente arredonda os números negativos na direcção do zero. Exemplo =TRUNCAR(1.239,2) devolve 1,23. O 9 é ignorado. =TRUNCAR( ,3) devolve -1,234. Todos os 9 são ignorados. Funções de folha de cálculo Utilize esta lista de funções como uma referência para cada função de folha de cálculo. Função ENDEREÇO A função ENDEREÇO devolve um endereço de célula (referência) como texto, de acordo com os números de linha e coluna especificados. Opcionalmente, pode determinar a forma de interpretação do endereço. O endereço pode ser interpretado como um endereço absoluto (por exemplo, $A$1), um endereço relativo (como A1), ou como uma forma mista (A$1 ou $A1). Pode também especificar o nome da folha. Para obter interoperacionalidade, as funções ENDEREÇO e INDIRECTO suportam um argumento opcional. Com este argumento, pode especificar se é utilizada a notação de endereço R1C1 em vez da notação A1 habitual. Em ENDEREÇO, o argumento é inserido como o quarto argumento, mudando o argumento de nome da folha opcional para a quinta posição. Em INDIRECTO, o argumento é acrescentado como segundo argumento 162 SmartCloud Docs

167 Em ambas as funções, se o argumento for inserido com o valor de 0, é utilizada a notação R1C1. Se o argumento não for fornecido ou caso tenha um valor diferente de 0, é utilizada a notação A1. Se a notação R1C1 for utilizada, ENDEREÇO devolve cadeias de endereço utilizando o ponto de exclamação (!) como separador do nome da folha, e INDIRECTO espera o ponto de exclamação como separador do nome da folha. Ambas as funções utilizam o ponto (.) como separador do nome da folha, na notação A1. Sintaxe ENDEREÇO (linha, coluna, abs, A1, folha) linha representa o número da linha para a referência da célula. coluna representa o número da coluna para a referência da célula (o número, e não a letra) abs determina o tipo de referência. Com um valor de 1 ou vazio, o tipo de referência é absoluto ($A$1). Com um valor de 2, o tipo de referência da linha é absoluto. A referência da coluna é relativa (A$1). Com um valor de 3, o tipo de referência da linha é relativo. O tipo de referência da coluna é absoluto ($A1). Com um valor de 4, o tipo de referência é relativo (A1). A1 e opcional. Se este argumento for definido como 0, é utilizada a notação R1C1. Se estiver ausente ou definido como um valor diferente de 0, é utilizada a notação A1 folha representa o nome da folha. Deve estar entre aspas. ENDEREÇO (1, 1, 2, "Folha2") devolve o seguinte: Folha2!A$1 Se a célula A1 na folha 2 contiver o valor -6, é possível fazer uma referência indirecta à célula referenciada utilizando uma função relativa a B2. Introduza =ABS(INDIRECTO(B2)). O resultado é o valor absoluto da referência de célula especificada em B2, o que neste caso corresponde a 6. Referências relacionadas: Função COL A função COL devolve o número de coluna de uma referência de célula. Função LIN na página 168 A função LIN devolve o número da linha de uma referência de célula. Função COL A função COL devolve o número de coluna de uma referência de célula. Se a referência for uma célula, é devolvido o número de coluna da célula. Se o parâmetro for uma área de célula e a fórmula for introduzida como uma fórmula de matriz, os números de coluna correspondentes são devolvidos como uma matriz de linha única. Se a função COL com uma referência de área não for utilizada para uma fórmula de matriz, apenas é devolvido o número de coluna da primeira célula na área. Sintaxe COL(referência) referência corresponde à referência a uma célula ou área de célula cujo primeiro número de coluna será encontrado. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 163

168 Caso não seja introduzida qualquer referência, é localizado o número de coluna da célula na qual a fórmula foi introduzida. A referência à célula actual é definida automaticamente. Exemplo =COL(A1) devolve 1. A coluna A é a primeira coluna na tabela. =COL(C3:E3) devolve 3. A coluna C é a terceira coluna na tabela. =COL(D3:G10) devolve 4 uma vez que a coluna D corresponde à quarta coluna na tabela e a função COL não é utilizada como uma função de matriz. Neste caso, o primeiro valor da matriz é sempre utilizado como o resultado. {=COL(B2:B7)} e =COL(B2:B7) devolvem 2 uma vez que a referência contém apenas a coluna B como a segunda coluna na tabela. Uma vez que as áreas de coluna única apenas têm um número de coluna, não é determinante a utilização da fórmula como uma fórmula de matriz. =COL() devolve 3 se a fórmula for introduzida na coluna C. {=COL(Coelho)} devolve a matriz de linha única (3, 4) caso a área (C1:D3) tenha o nome Coelho. Referências relacionadas: Função ENDEREÇO na página 162 A função ENDEREÇO devolve um endereço de célula (referência) como texto, de acordo com os números de linha e coluna especificados. Opcionalmente, pode determinar a forma de interpretação do endereço. O endereço pode ser interpretado como um endereço absoluto (por exemplo, $A$1), um endereço relativo (como A1), ou como uma forma mista (A$1 ou $A1). Pode também especificar o nome da folha. Função LIN na página 168 A função LIN devolve o número da linha de uma referência de célula. Função COLS A função COLS devolve o número de colunas de uma referência de célula. Função LINS na página 169 A função LINS devolve o número de linhas numa referência ou matriz. Função COLS A função COLS devolve o número de colunas de uma referência de célula. Sintaxe Se a referência for uma célula, é devolvido o número de coluna da célula. COLS(matriz) matriz corresponde à referência a uma célula ou área de célula cujo primeiro número de coluna será encontrado. Exemplo =COLS(B5) devolve 1 porque uma célula contém apenas uma coluna. =COLS(A1:C5) é igual a 3. A referência abrange três colunas. 164 SmartCloud Docs

169 Referências relacionadas: Função COL na página 163 A função COL devolve o número de coluna de uma referência de célula. Função LIN na página 168 A função LIN devolve o número da linha de uma referência de célula. Função LINS na página 169 A função LINS devolve o número de linhas numa referência ou matriz. Função PROCH A função PROCH procura um valor e uma referência nas células por baixo da área seleccionada. Esta função verifica se a primeira linha de uma matriz contém um determinado valor. A função devolve o valor numa linha da matriz, a qual é identificada no índice, na mesma coluna. Sintaxe PROCH(critérios_procura, matriz, índice, ordenação) critérios_procura corresponde ao valor procurado na primeira linha da matriz. Os critérios de procura também podem incluir caracteres globais. Para representar qualquer carácter, utilize? (ponto de interrogação) no texto que especifica a condição. Para representar qualquer número de caracteres consecutivos, utilize * (asterisco). Por exemplo, utilize B* para corresponder a todas as entradas que comecem por B e B??? para corresponder a todas as entradas que comecem por B e que contenham três outros caracteres. Para representar um ponto de interrogação ou um asterisco real, utilize ~ (til) antes do?ou*. matriz corresponde à referência. índice corresponde ao número da linha na matriz que contém o valor a devolver. A primeira linha tem o número 1. ordenação corresponde a um argumento opcional que indica se a primeira coluna na matriz está ordenada pela ordem ascendente. Introduza o valor booleano FALSO se a primeira coluna não estiver ordenada de forma ascendente. As colunas ordenadas podem ser procuradas muito mais rapidamente e a função devolve sempre um valor, o qual pode estar entre o valor mais baixo e o valor mais alto da lista ordenada. Em listas não ordenadas, o valor de procura tem de ser correspondido exactamente. Caso contrário, a função devolve #N/D. Exemplo Pretende introduzir o número de um item de um menu de refeições na célula A1 e pretende que o nome deste item seja apresentado imediatamente em texto na célula adjacente (B1). A atribuição Número para Nome está incluída na matriz A4:AZ5. Nota: AZ representa o número de coluna 52. A célula A4 contém 52, a célula A5 contém o nome "Sopa de legumes" e assim sucessivamente, para 52 itens de menu. Introduza a seguinte fórmula na célula B1: =PROCH(A1, A4:AZ5, 2) Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 165

170 Após introduzir um número na célula A1, a célula B1 apresenta o texto correspondente incluído na segunda linha da referência A4:AZ5. A introdução de um número não existente faz com que o texto seja apresentado com o número seguinte em baixo. Se pretender que um número não existente dê origem a uma mensagem de erro, introduza FALSO no último parâmetro na fórmula. Referências relacionadas: Função ÍNDICE na página 167 A função ÍNDICE devolve o conteúdo de uma célula, especificado pelo número de linha e coluna ou por um nome de intervalo opcional. Função PROCV na página 170 A função PROCV utiliza uma procura vertical com referência às células adjacentes. Função HIPERLIGAÇÃO A função HIPERLIGAÇÃO abre uma hiperligação quando faz clique na célula que contém a hiperligação. Se utilizar o argumento opcional texto_célula, a fórmula localiza o URL e, em seguida, o texto ou o número é apresentado. Se utilizar o parâmetro opcional texto_célula, a fórmula localiza o URL e, em seguida, apresenta o texto ou o número. Sugestão: Para abrir uma célula com hiperligação através do teclado, seleccione a célula e prima F2 para entrar no modo de edição. Mova o cursor em frente à hiperligação, prima Shift+F10 e, em seguida, seleccione Abrir hiperligação. Sintaxe HIPERLIGAÇÃO(url,texto_célula) url especifica o destino para a ligação. texto_célula (opcional) corresponde ao texto ou a um número que é apresentado na célula e devolvido como o resultado. Se o argumento texto_célula não for especificado, o URL é apresentado no texto da célula e é devolvido como o resultado. Exemplo =HIPERLIGAÇÃO("http://www.example.org") apresenta o texto na célula e executa a hiperligação ao fazer clique. =HIPERLIGAÇÃO("http://www.example.org","Fazer clique aqui") apresenta o texto Fazer clique aqui na célula e executa a hiperligação ao fazer clique. =HIPERLIGAÇÃO("http://www.example.org",12345) apresenta o número e abre a hiperligação ao fazer clique. =HIPERLIGAÇÃO($B4), em que a célula B4 contém A função adiciona ao URL da célula da hiperligação e devolve o mesmo texto que é utilizado como o resultado da fórmula. =HIPERLIGAÇÃO("http://www.","Faça clique") & "example.org" apresenta o texto Faça clique em example.org na célula e abre a hiperligação ao fazer clique. 166 SmartCloud Docs

171 =HIPERLIGAÇÃO("#Folha1!A1","Ir para o início") apresenta o texto Ir para o início e muda para a célula Folha1!A1 neste documento. =HIPERLIGAÇÃO("ficheiro:///C:/writer.odt#Specification","Ir para marcador do Writer") apresenta o texto Ir para marcador do Writer. De seguida, carrega o documento de texto especificado e muda para o marcador com o nome Especificação. Função ÍNDICE A função ÍNDICE devolve o conteúdo de uma célula, especificado pelo número de linha e coluna ou por um nome de intervalo opcional. Sintaxe ÍNDICE(referência, linha, coluna, intervalo) referência corresponde a uma referência de célula, introduzida directamente ou através da especificação de um nome de intervalo. Se a referência consistir em vários intervalos, é necessário colocar a referência ou o nome do intervalo entre parêntesis. linha (opcional) representa o número de linha do intervalo da referência, para o qual será devolvido um valor. coluna (opcional) representa o número de coluna do intervalo da referência, para o qual será devolvido um valor. intervalo (opcional) representa o índice do sub-intervalo, ao fazer referência a um intervalo múltiplo. Exemplo =ÍNDICE(A1:B6,1,1) devolve o valor no início do intervalo A1:B6. Referências relacionadas: Função PROCV na página 170 A função PROCV utiliza uma procura vertical com referência às células adjacentes. Função PROCH na página 165 A função PROCH procura um valor e uma referência nas células por baixo da área seleccionada. Esta função verifica se a primeira linha de uma matriz contém um determinado valor. A função devolve o valor numa linha da matriz, a qual é identificada no índice, na mesma coluna. Função INDIRECTO A função INDIRECTO devolve a referência especificada por uma cadeia de texto. Utilize esta função se pretender que uma fórmula faça sempre referência a um endereço de célula em particular, independentemente do conteúdo da célula depois de as linhas ou células terem sido movidas ou eliminadas. Esta função também pode ser utilizada para devolver a área de uma cadeia correspondente. Sintaxe INDIRECTO(ref,estilo_ref) ref é um argumento requerido que corresponde à referência a um intervalo. estilo_ref (opcional) determina se ref se encontra no estilo A1 (as colunas têm como nome letras e as linhas números) ou no estilo R1C1 (as colunas e as linhas têm como nome números). Se estilo_ref for Verdadeiro ou se estiver em falta ref encontra-se no estilo A1. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 167

172 Exemplo =INDIRECTO(A1) é igual a 100 se a célula A1 incluir C108 como referência e a célula C108 incluir um valor de 100. =SOMA(INDIRECTO("a1:" & ENDEREÇO(1,3))) apresenta o total das células na área da A1 até à célula. O endereço da célula é definido por linha 1 e coluna 3. Assim, a área A1:C1 é somada. Referências relacionadas: Função DESLOCAMENTO A função DESLOCAMENTO devolve o valor de uma célula, cuja localização está deslocada por um determinado número de linhas e colunas. Função DESLOCAMENTO A função DESLOCAMENTO devolve o valor de uma célula, cuja localização está deslocada por um determinado número de linhas e colunas. Sintaxe DESLOCAMENTO(referência, linhas, cols, altura, largura) referência corresponde à célula a partir da qual a função procura a nova referência. linhas corresponde ao número de células para cima (valor negativo) ou para baixo com que a referência foi corrigida. cols corresponde ao número de colunas para a esquerda (valor negativo) ou para a direita com que a referência foi corrigida. altura (opcional) corresponde à altura vertical de uma área que tem início na posição da nova referência. largura (opcional) corresponde à largura horizontal de uma área que tem início na posição da nova referência. Exemplo =DESLOCAMENTO(A1,2,2) devolve o valor na célula C3 (A1 deslocada duas linhas para baixo e duas colunas para a direita). Se C3 contiver o valor 100, esta função devolve o valor 100. =SOMA(DESLOCAMENTO(A1,2,2,5,6)) determina o total da área que tem início na célula C3. Esta área tem uma altura de cinco linhas e uma largura de seis colunas (área=c3:h7). Referências relacionadas: Função INDIRECTO na página 167 A função INDIRECTO devolve a referência especificada por uma cadeia de texto. Utilize esta função se pretender que uma fórmula faça sempre referência a um endereço de célula em particular, independentemente do conteúdo da célula depois de as linhas ou células terem sido movidas ou eliminadas. Esta função também pode ser utilizada para devolver a área de uma cadeia correspondente. Função LIN A função LIN devolve o número da linha de uma referência de célula. 168 SmartCloud Docs

173 LIN Se existir uma referência a uma célula, a função LIN devolve o número da linha dessa célula. Sintaxe LIN(referência) referência corresponde a uma célula, uma área ou ao nome de uma área. Se não indicar uma referência, é localizado o número da linha da célula que contém a fórmula. A referência à célula actual é automaticamente definida. Exemplo =LIN(B3) devolve 3 uma vez que a referência diz respeito à terceira linha na tabela. {=LIN(D5:D8)} devolve a matriz de coluna única (5,6,7,8) uma vez que a referência especificada contém as linhas 5 até 8. =LIN(D5:D8) devolve 5. {=LIN(A1:E1)} e =LIN(A1:E1) devolvem 1 =LIN() devolve 3 se a fórmula for introduzida na linha 3. Referências relacionadas: Função ENDEREÇO na página 162 A função ENDEREÇO devolve um endereço de célula (referência) como texto, de acordo com os números de linha e coluna especificados. Opcionalmente, pode determinar a forma de interpretação do endereço. O endereço pode ser interpretado como um endereço absoluto (por exemplo, $A$1), um endereço relativo (como A1), ou como uma forma mista (A$1 ou $A1). Pode também especificar o nome da folha. Função COL na página 163 A função COL devolve o número de coluna de uma referência de célula. Função COLS na página 164 A função COLS devolve o número de colunas de uma referência de célula. Função LINS A função LINS devolve o número de linhas numa referência ou matriz. Função LINS A função LINS devolve o número de linhas numa referência ou matriz. Sintaxe LINS(matriz) matriz corresponde à referência ou área com nome definido cujo número total de linhas se pretende determinar. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 169

174 Exemplo =LINS(B5) devolve 1 porque a célula contém apenas uma linha. =LINS(A10:B12) devolve 3. =LINS(Coelho) devolve 2 se o nome especificado para a área (C1:D3) for Coelho. Referências relacionadas: Função COLS na página 164 A função COLS devolve o número de colunas de uma referência de célula. Função COL na página 163 A função COL devolve o número de coluna de uma referência de célula. Função LIN na página 168 A função LIN devolve o número da linha de uma referência de célula. Função FOLHA A função FOLHA devolve o número da folha de uma referência ou cadeia que representa o nome de uma folha. Se não introduzir quaisquer parâmetros, o resultado é o número da folha da folha de cálculo que contém a fórmula. Sintaxe FOLHA(referência) referência é opcional e consiste na referência a uma célula, uma área ou a uma cadeia de um nome de folha. Exemplo =FOLHA(Folha2!A1) devolve 2 caso Folha2 seja a segunda folha no documento de folha de cálculo. Função PROCV A função PROCV utiliza uma procura vertical com referência às células adjacentes. A função PROCV verifica se um valor específico está incluído na primeira coluna de uma matriz. A função devolve, em seguida, o valor da mesma linha de uma coluna de matriz específica, identificado através do índice. Sintaxe PROCV(critério de procura, matriz, índice, sequência de ordenação) critérios de procura corresponde ao valor procurado para a primeira coluna da matriz. O critério de procura também pode incluir caracteres globais. Para representar qualquer carácter, utilize? (ponto de interrogação) no texto que especifica a condição. Para representar qualquer número de caracteres consecutivos, utilize * (asterisco). Por exemplo, utilize B* para corresponder a todas as entradas que comecem por B e B??? para corresponder a todas as entradas que comecem por B e que contenham três outros caracteres. Para representar um ponto de interrogação ou um asterisco real, utilize ~ (til) antes do?ou*. matriz corresponde à referência. índice corresponde ao número da coluna na matriz que contém o valor a devolver. A primeira coluna tem o número SmartCloud Docs

175 sequência de ordenação corresponde a um argumento opcional que indica se a primeira coluna na matriz é ordenada de forma ascendente. Introduza o valor booleano FALSO se a primeira coluna não estiver ordenada de forma ascendente. As colunas ordenadas podem ser procuradas muito mais rapidamente e a função devolve sempre um valor, o qual pode estar entre o valor mais baixo e o valor mais alto da lista ordenada. Em listas não ordenadas, o valor de procura tem de ser correspondido exactamente. Caso contrário, a função devolve a mensagem #N/D. Exemplo Pretende introduzir o número de um item de um menu de refeições na célula A1 e pretende que o nome deste item seja apresentado imediatamente em texto na célula adjacente (B1). A atribuição Número para nome está incluída na matriz D1:E100. D1 contém 100, E1 contém o nome "Sopa de legumes" e assim sucessivamente, para 100 itens de menu. Os números na coluna D estão ordenados de forma ascendente. Por este motivo, o argumento opcional sequência de ordenação não é necessário. Introduza a seguinte fórmula na célula B1: =PROCV(A1, D1:E100, 2) Após introduzir um número em A1, B1 apresenta o texto correspondente incluído na segunda coluna da referência D1:E100. A introdução de um número não existente faz com que o texto seja apresentado com o número seguinte em baixo. Se pretender que um número não existente dê origem a uma mensagem de erro, em alternativa, introduza FALSO como o último argumento na fórmula. Referências relacionadas: Função ÍNDICE na página 167 A função ÍNDICE devolve o conteúdo de uma célula, especificado pelo número de linha e coluna ou por um nome de intervalo opcional. Função PROCH na página 165 A função PROCH procura um valor e uma referência nas células por baixo da área seleccionada. Esta função verifica se a primeira linha de uma matriz contém um determinado valor. A função devolve o valor numa linha da matriz, a qual é identificada no índice, na mesma coluna. Funções estatísticas Utilize esta lista como referência para cada função estatística. Função MÉDIA A função MÉDIA devolve a média dos argumentos. Sintaxe MÉDIA(número1, número2,...número30) número 1, número 2 e assim sucessivamente, até número 30, correspondem a valores ou intervalos numéricos. Exemplo =MÉDIA(A1:A50) Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 171

176 Função MÉDIAA A função MÉDIAA devolve a média dos argumentos. O valor de um texto é 0. Sintaxe MÉDIAA (número 1, número 2,... número 30) número 1, número 2,...número 30 correspondem a valores ou intervalos. O texto tem um valor de 0. Exemplo =MÉDIAA(A1:A50) Função CONTAR A função CONTAR conta quantos números existem na lista de argumentos. As entradas de texto são ignoradas. Sintaxe CONTAR(valor1, valor2,...valor30) valor 1, valor 2, e assim sucessivamente, correspondem a 1 a 30 valores ou intervalos que representam os valores a contar. Exemplo Serão contadas as entradas 2, 4, 6 e oito nos campos de valor 1-4. =CONTAR(2,4,6,"oito") = 3. A contagem de números é, consequentemente, de 3. Função CONTAR.VAL A função CONTAR.VAL conta quantos valores existem na lista de argumentos. As entradas de texto são também contadas, mesmo quando contêm uma cadeia vazia de comprimento igual a 0. Se um argumento consistir numa matriz ou referência, as células vazias na matriz ou referência são ignoradas. Sintaxe CONTAR.VAL(valor1, valor2,...valor30) valor 1, valor 2, e assim sucessivamente, até valor 30, consistem em 1 a 30 argumentos que representam os valores a contar. Exemplo Serão contadas as entradas 2, 4, 6 e oito nos campos de valor 1-4. =CONTAR.VAL(2,4,6,"oito") = 4. A contagem de valores é, consequentemente, de 4. Função MAIOR A função MAIOR devolve o maior valor ordinal de um conjunto de valores. 172 SmartCloud Docs

177 Sintaxe MAIOR (matriz, posição_ordinal) matriz corresponde ao intervalo de célula do conjunto de valores. posição_ordinal corresponde à posição do valor. Exemplo =MAIOR(A1:C50,2) devolve o segundo maior valor em A1:C50. Função MÁXIMO A função MÁXIMO devolve o valor máximo numa lista de argumentos. A função MÁXIMO devolve 0 caso não sejam encontrados quaisquer valores numéricos ou erros nos intervalos de células passados como referências de células. As células de texto são ignoradas por MÁXIMO(). A função MÁXIMOA() devolve 0 caso não seja encontrado qualquer valor (numérico ou de texto) ou qualquer erro. Passar um argumento de cadeia literal para MÁXIMO(), por exemplo, MÁXIMO("cadeia"), resulta num erro. Sintaxe MÁXIMO(número1, número2,...número30) número 1, número 2 e assim sucessivamente, até número 30, correspondem a valores ou intervalos numéricos. Exemplo =MÁXIMO(A1,A2,A3,50,100,200) devolve o maior valor da lista. =MÁXIMO(A1:B100) devolve o valor mais elevado da lista. Função MED A função MED devolve o valor médio da lista. Sintaxe MED(número 1, número 2,...número 255.) A função MED classifica logicamente os números (do menor para o maior). Em caso de número ímpar de valores, a função MED devolve o valor do meio. Em caso de número par de valores, a função MED devolve a média aritmética dos dois valores do meio. Exemplo =MED(5,12,65,82,9) devolve 12. =MED(5,12,65,82,9,78) devolve 38,50. Função MÍNIMO A função MÍNIMO devolve o valor mínimo numa lista de argumentos. A função MÍNIMO devolve 0 caso não seja encontrado qualquer valor numérico ou de erro nos intervalos de célula passados como referências da célula. As células de Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 173

178 texto são ignoradas por MÍNIMO(). A função MÍNIMOA() devolve 0 caso não seja encontrado qualquer valor (numérico ou de texto) e qualquer erro. Passar um argumento de cadeia literal para MÍNIMO(), por exemplo, MÍNIMO("cadeia"), resulta num erro. Sintaxe MÍNIMO(número1, número2,...número30) Exemplo =MÍNIMO(A1:B100) devolve o valor mais baixo na lista. Função MODA A função MODA devolve o valor mais comum num conjunto de dados. Se existirem vários valores com a mesma frequência, o valor mais pequeno é devolvido. Ocorre um erro sempre que um valor não aparecer duas vezes. Sintaxe MODA (número 1, número 2,...número 30) número 1, número 2,...número 30 correspondem a valores ou intervalos numéricos. Exemplo De acordo com a matriz A1:A11, será do seguinte modo: Tabela 32. Exemplo de uma função MODA A =MODA(A1:A11) devolve 16 uma vez que este valor ocorre duas vezes na matriz. Função ORDEM A função ORDEM devolve a ordem de um número numa amostra. Sintaxe ORDEM (número, ref, ordem) número corresponde ao valor cuja classificação se pretende determinar. 174 SmartCloud Docs

179 ref corresponde à matriz ou intervalo de dados na amostra. ordem (opcional) éaordemdasequência. Ordem = 0 significa uma ordem descendente, a partir do último item da matriz para o primeiro (esta opção corresponde à predefinição), Ordem = 1 significa uma ordem ascendente,a partir do primeiro item do intervalo para o último. Exemplo =ORDEM(A10,A1:A50) devolve a ordem do valor de A10 no intervalo de valores A1:A50. Se número não existir no intervalo especificado, é apresentada uma mensagem de erro. Função MENOR A função MENOR devolve o menor valor ordinal de um conjunto de valores. Sintaxe MENOR(matriz,posição_ordinal) matriz corresponde ao intervalo de célula do conjunto de valores. posição_ordinal corresponde à posição do valor. Exemplo =MENOR(A1:C50,2) devolve o segundo menor valor em A1:C50. Função DESVPAD A função DESVPAD efectua a estimativa do desvio padrão com base numa amostra. Sintaxe DESVPAD(número1,número2,...número30) número1,número1,...número30 são valores ou intervalos numéricos que representam uma amostra baseada na totalidade de uma população. Exemplo =DESVPAD(A1:A50) devolve o desvio padrão estimado com base nos dados referenciados. Função DESVPADP A função DESVPADP calcula o desvio padrão com base na totalidade da população. Sintaxe DESVPADP(número1,número2,...número30) número1,número1,...número30 são valores ou intervalos numéricos que representam uma amostra baseada na totalidade de uma população. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 175

180 Exemplo =DESVPADP(A1:A50) devolve um desvio padrão dos dados referenciados. Funções de texto Utilize esta lista como referência para cada uma das funções de texto. Função BASE A função BASE converte um número inteiro positivo para uma base determinada, com o resultado apresentado como texto do sistema de numeração. São utilizados os dígitos 0-9 e as letras A-Z. Sintaxe BASE (número, raiz, tamanho mínimo) número corresponde a um número inteiro positivo a converter. raiz indica a base do sistema de numeração. Pode ser qualquer número inteiro positivo entre 2e36. tamanho mínimo (opcional) determina o tamanho mínimo da sequência de caracteres que foi criada. Se o texto for mais curto do que o tamanho mínimo indicado, são adicionados zeros antes da cadeia. Exemplo BASE(17,10,4) devolve 0017 no sistema decimal. BASE(17,2) devolve no sistema binário. BASE(255,16,4) devolve 00FF no sistema hexadecimal. Função CONCATENAR A função CONCATENAR combina várias cadeias de texto numa única cadeia. Sintaxe CONCATENAR(texto 1,...texto 30) texto 1, texto 2, e assim sucessivamente, representam até 30 cadeias de texto que serão combinadas numa única cadeia. Exemplo CONCATENAR("Bom ","dia ","Sra.","Silva") devolve Bom dia Sra. Silva. Função EXACTO A função EXACTO compara duas cadeias de texto e devolve VERDADEIRO caso sejam idênticas. Esta função é sensível a maiúsculas e minúsculas. Sintaxe EXACTO(texto 1,texto 2) texto 1 corresponde ao primeiro texto a comparar. texto 2 corresponde ao segundo texto a comparar. 176 SmartCloud Docs

181 Exemplo =EXACTO("IBM lab5","ibm Lab5") devolve FALSO. Referências relacionadas: Função NÚM.CARACT A função NÚM.CARACT devolve o comprimento de uma cadeia incluindo espaços. Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função ESQUERDA A função ESQUERDA devolve o primeiro carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Sintaxe ESQUERDA (texto, comprimento) texto corresponde ao texto em relação ao qual se pretende determinar as palavras parciais iniciais. comprimento corresponde a um argumento opcional que especifica o número de caracteres para o texto de início. Se este parâmetro não estiver definido, é devolvido apenas um carácter. Exemplo ESQUERDA("saída",3) devolve saí. Referências relacionadas: Função SEG.TEXTO na página 178 Devolve a parte especificada de uma expressão em caracteres Função DIREITA na página 181 A função DIREITA devolve o último carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função NÚM.CARACT A função NÚM.CARACT devolve o comprimento de uma cadeia incluindo espaços. Sintaxe NÚM.CARACT (texto) texto corresponde ao texto cujo comprimento se pretende determinar. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 177

182 Exemplo NÚM.CARACT("Boa Tarde") devolve 14. NÚM.CARACT(12345,67) devolve 8. Referências relacionadas: Função EXACTO na página 176 A função EXACTO compara duas cadeias de texto e devolve VERDADEIRO caso sejam idênticas. Esta função é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função MINÚSCULAS A função MINÚSCULAS converte todas as letras maiúsculas numa cadeia de texto em minúsculas. Sintaxe MINÚSCULAS(texto) texto corresponde ao texto a converter. Exemplo =MINÚSCULAS("EXEMPLO") devolve exemplo. Referências relacionadas: Função INICIAL.MAIÚSCULA na página 179 A função INICIAL.MAIÚSCULA transforma as primeiras letras de todas as palavras numa cadeia de texto em maiúsculas. Função MAIÚSCULAS na página 184 A função MAIÚSCULAS converte a cadeia especificada no campo texto em maiúsculas. Função SEG.TEXTO Devolve a parte especificada de uma expressão em caracteres Sintaxe: SEG.TEXTO( Texto T,Início número inteiro,comprimento número inteiro) Valor de retorno: Texto Parâmetros: Texto: qualquer expressão em caracteres que pretende modificar. Início: expressão numérica que indica a posição do carácter na cadeia onde começa a parte da cadeia que pretende devolver. 178 SmartCloud Docs

183 Comprimento: expressão numérica que devolve o número de caracteres que pretende devolver. Semântica Devolve os caracteres de T, a partir da posição do carácter Início, até aos caracteres Comprimento. Para as conversões para números inteiros, Início=INT(Início) e Comprimento=INT(Comprimento). Se forem devolvidos menos caracteres que os caracteres Comprimento a começar por Início, são devolvidos tantos caracteres quanto possível, começando por Início. Em particular, se Início > COMP(T), devolve a cadeia vazia (""). Se Início < 0, devolve um erro. Se Início >=0 e Comprimento=0, devolve a cadeia vazia. Nota: SEG.TEXTO(T,1,Comprimento) produz os mesmos resultados de ESQUERDA(T,Comprimento). Exemplo =SEG.TEXTO("saída",4,3) devolve saí. Referências relacionadas: Função ESQUERDA na página 177 A função ESQUERDA devolve o primeiro carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Função DIREITA na página 181 A função DIREITA devolve o último carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função SUBSTITUIR na página 180 A função SUBSTITUIR substitui uma parte de uma cadeia de texto por uma cadeia de texto diferente. Esta função pode ser utilizada para substituir caracteres e números, os quais são automaticamente convertidos em texto. O resultado da função é sempre apresentado como texto. Função SUBST na página 182 A função SUBST substitui texto antigo por texto novo numa cadeia. Função COMPACTAR na página 183 A função COMPACTAR elimina espaços à esquerda de uma cadeia ou alinha os conteúdos de uma célula à esquerda. Função INICIAL.MAIÚSCULA A função INICIAL.MAIÚSCULA transforma as primeiras letras de todas as palavras numa cadeia de texto em maiúsculas. Sintaxe INICIAL.MAIÚSCULA (texto) texto refere-se ao texto a converter. Exemplo INICIAL.MAIÚSCULA("ibm software lab") devolve Ibm Software Lab. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 179

184 Referências relacionadas: Função MINÚSCULAS na página 178 A função MINÚSCULAS converte todas as letras maiúsculas numa cadeia de texto em minúsculas. Função MAIÚSCULAS na página 184 A função MAIÚSCULAS converte a cadeia especificada no campo texto em maiúsculas. Função SUBSTITUIR A função SUBSTITUIR substitui uma parte de uma cadeia de texto por uma cadeia de texto diferente. Esta função pode ser utilizada para substituir caracteres e números, os quais são automaticamente convertidos em texto. O resultado da função é sempre apresentado como texto. Qualquer texto que contenha números tem de ser colocado entre aspas, caso não pretenda que seja interpretado como um número. Sintaxe SUBSTITUIR(texto, posição, comprimento, novo texto) texto corresponde ao texto do qual uma parte será substituída. posição corresponde à posição no texto em que a substituição tem início. comprimento corresponde ao número de caracteres no texto que serão substituídos. novo texto corresponde ao texto que substitui texto. Exemplo =SUBSTITUIR(" ",1,1,"444") devolve " ". Um carácter na posição 1 é substituído pelo novo texto na sua totalidade. Referências relacionadas: Função SEG.TEXTO na página 178 Devolve a parte especificada de uma expressão em caracteres Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função SUBST na página 182 A função SUBST substitui texto antigo por texto novo numa cadeia. Função COMPACTAR na página 183 A função COMPACTAR elimina espaços à esquerda de uma cadeia ou alinha os conteúdos de uma célula à esquerda. Função REPETIR A função REPETIR repete uma cadeia de caracteres um determinado número de vezes. O resultado pode ter um máximo de 255 caracteres. Sintaxe REPETIR (texto, contar) texto corresponde ao texto a repetir. contar corresponde ao número de repetições. 180 SmartCloud Docs

185 Exemplo REPETIR("Bom dia", 2) devolve Bom diabom dia. Função DIREITA A função DIREITA devolve o último carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Sintaxe DIREITA (texto, número) texto corresponde ao texto em relação ao qual se pretende determinar a última parte. número (opcional) corresponde ao número de caracteres da última parte do texto. Exemplo DIREITA("Hui",2) devolve ui. Referências relacionadas: Função ESQUERDA na página 177 A função ESQUERDA devolve o primeiro carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Função SEG.TEXTO na página 178 Devolve a parte especificada de uma expressão em caracteres Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função DIREITAB Em idiomas que utilizem o conjunto de caracteres de duplo byte, a função DIREITAB devolve o número especificado de bytes no final de uma cadeia de texto. Sintaxe DIREITAB (texto, número) texto corresponde ao texto do qual uma parte no final, especificada pelo número, é devolvida. número (opcional) corresponde ao número de caracteres (bytes) a devolver a partir da última parte do texto. A função DIREITAB conta a pontuação e os espaços como caracteres. Se o primeiro byte do texto devolvido é a última metade de um carácter de duplo byte, a função DIREITAB substitui o carácter incompleto por um espaço. Exemplo DIREITAB("Byte único",4) devolve byte. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 181

186 Função PROCURAR A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Sintaxe PROCURAR(localizar texto, texto, posição) localizar texto corresponde ao texto a procurar. O argumento localizar_texto pode incluir caracteres globais. Para representar qualquer carácter, utilize o ponto de interrogação (?) no texto que especifica a condição. Para representar qualquer número de caracteres consecutivos, utilize o asterisco (*). Por exemplo, utilize B* para corresponder a todas as entradas que comecem por B e B??? para corresponder a todas as entradas que comecem por B e que contenham três outros caracteres. Para representar um ponto de interrogação ou um asterisco real, utilize o til (~) antes de? ou *. texto corresponde ao texto em que a procura ocorre. posição (opcional) corresponde à posição no texto em que a procura será iniciada. Exemplo =PROCURAR(54, ) devolve 10. Referências relacionadas: Função EXACTO na página 176 A função EXACTO compara duas cadeias de texto e devolve VERDADEIRO caso sejam idênticas. Esta função é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função NÚM.CARACT na página 177 A função NÚM.CARACT devolve o comprimento de uma cadeia incluindo espaços. Função SEG.TEXTO na página 178 Devolve a parte especificada de uma expressão em caracteres Função ESQUERDA na página 177 A função ESQUERDA devolve o primeiro carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Função DIREITA na página 181 A função DIREITA devolve o último carácter ou caracteres numa cadeia de texto. Função SUBSTITUIR na página 180 A função SUBSTITUIR substitui uma parte de uma cadeia de texto por uma cadeia de texto diferente. Esta função pode ser utilizada para substituir caracteres e números, os quais são automaticamente convertidos em texto. O resultado da função é sempre apresentado como texto. Função SUBST A função SUBST substitui texto antigo por texto novo numa cadeia. Função COMPACTAR na página 183 A função COMPACTAR elimina espaços à esquerda de uma cadeia ou alinha os conteúdos de uma célula à esquerda. Função SUBST A função SUBST substitui texto antigo por texto novo numa cadeia. 182 SmartCloud Docs

187 Sintaxe SUBST (texto,antigo, novo, que) texto corresponde ao texto em que se pretende trocar os segmentos de texto. antigo corresponde ao segmento de texto que se pretende substituir (determinado número de vezes). novo corresponde ao texto que irá substituir o segmento de texto. que é um argumento opcional que indica quantas ocorrências do texto de procura se pretende substituir. Se este parâmetro não estiver presente, todo o texto de procura é substituído. Exemplo SUBST(" ","3","abc") devolve 12abc12abc12abc. SUBST(" ","3","abc",2) devolve 12312abc123. Referências relacionadas: Função SUBSTITUIR na página 180 A função SUBSTITUIR substitui uma parte de uma cadeia de texto por uma cadeia de texto diferente. Esta função pode ser utilizada para substituir caracteres e números, os quais são automaticamente convertidos em texto. O resultado da função é sempre apresentado como texto. Função SEG.TEXTO na página 178 Devolve a parte especificada de uma expressão em caracteres Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função COMPACTAR A função COMPACTAR elimina espaços à esquerda de uma cadeia ou alinha os conteúdos de uma célula à esquerda. Função TEXTO A função TEXTO converte um número em texto, de acordo com um determinado formato. Sintaxe TEXTO (valor, código_formato) valor corresponde ao valor numérico a converter. código de formato corresponde ao texto que define o formato. Utilize separadores decimais e de milhar de acordo com o idioma definido no formato da célula. Função COMPACTAR A função COMPACTAR elimina espaços à esquerda de uma cadeia ou alinha os conteúdos de uma célula à esquerda. Sintaxe COMPACTAR (texto) Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 183

188 texto refere-se ao texto do qual se pretende eliminar os espaços à esquerda ou à célula cujos conteúdos se pretende alinhar à esquerda. Exemplo COMPACTAR(" olá") devolve "olá". Referências relacionadas: Função SUBSTITUIR na página 180 A função SUBSTITUIR substitui uma parte de uma cadeia de texto por uma cadeia de texto diferente. Esta função pode ser utilizada para substituir caracteres e números, os quais são automaticamente convertidos em texto. O resultado da função é sempre apresentado como texto. Função SEG.TEXTO na página 178 Devolve a parte especificada de uma expressão em caracteres Função PROCURAR na página 182 A função PROCURAR procura a posição de um segmento de texto numa cadeia de caracteres. Pode definir o início da procura como uma opção. O texto da procura pode ser um número ou uma sequência de caracteres. A procura não é sensível a maiúsculas e minúsculas. Função SUBST na página 182 A função SUBST substitui texto antigo por texto novo numa cadeia. Função MAIÚSCULAS A função MAIÚSCULAS converte a cadeia especificada no campo texto em maiúsculas. Sintaxe MAIÚSCULAS(texto) texto corresponde às letras em minúsculas que pretende converter em maiúsculas. Exemplo =MAIÚSCULAS("Bom dia") devolve BOM DIA. Referências relacionadas: Função MINÚSCULAS na página 178 A função MINÚSCULAS converte todas as letras maiúsculas numa cadeia de texto em minúsculas. Função INICIAL.MAIÚSCULA na página 179 A função INICIAL.MAIÚSCULA transforma as primeiras letras de todas as palavras numa cadeia de texto em maiúsculas. Guia de consulta rápida para folhas de cálculo Este tópico ajuda a obter informações ou a recordar como executar algumas tarefas de folha de cálculo. Tabela 33. Trabalhar com células, linhas e colunas Como posso... Unir ou dividir células? Acção Seleccione as células ou célula e faça clique no ícone Unir ou dividir células. 184 SmartCloud Docs

189 Tabela 33. Trabalhar com células, linhas e colunas (continuação) Como posso... Acção Translinear texto numa célula? Seleccione o texto e certifique-se de que o comando Formatar > Translinear texto está seleccionado. Adicionar uma hiperligação numa célula? Faça clique numa célula e introduza o URL para o qual pretende criar uma ligação na célula (por exemplo, Prima Enter. Ocultar ou mostrar linhas? Seleccione uma linha ou várias linhas contíguas. Para ocultar linhas, faça clique em Formatar > Ocultar linha. Para mostrar linhas anteriormente ocultadas, seleccione algumas linhas que contenham as linhas ocultas e faça clique em Formatar > Mostrar linha. Ocultar ou mostrar colunas? Seleccione a coluna que pretende ocultar e faça clique em Formatar > Ocultar coluna. Para mostrar uma coluna anteriormente ocultada, seleccione a coluna após a coluna ocultada e faça clique em Formatar > Mostrar coluna. Redimensionar uma linha ou coluna? Arraste o contorno do cabeçalho da linha ou coluna. Tabela 34. Trabalhar com dados Como posso... Alterar o formato numérico dos dados seleccionados? Acção Para formatos de moeda ou percentagem, seleccione a célula ou o intervalo e faça clique no ícone Formatar como moeda ou no ícone Formatar como percentagem Repor o formato numérico predefinido dos dados seleccionados? Alterar formatos numéricos futuros para que fiquem em conformidade com idiomas diferentes? Fazer com que os números sejam reconhecidos como texto? Introduzir uma fórmula numa célula?. Para outros formatos, faça clique em Formatar > Número e seleccione um formato na lista. Seleccione a célula ou intervalo de células cujo formato numérico pretende alterar e faça clique em Formatar > Formatação predefinida. Faça clique em Ficheiro > Definir configuração regional do documento e seleccione a configuração regional pretendida. Introduza uma plica (') antes do número. Seleccione a célula e, começando com a introdução de um sinal de igual (=), introduza a fórmula na barra de fórmulas, mantendo a célula seleccionada. Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 185

190 Tabela 34. Trabalhar com dados (continuação) Como posso... Acção Introduzir uma função numa célula ou fórmula? Localizar, editar ou remover intervalos especificados? Definir o foco para passar para a direita, em vez de para baixo, quando prime a tecla Enter? Ordenar os dados num intervalo? Filtrar os dados pretendidos? Faça clique na célula ou barra de fórmulas, faça clique no botão Todas as fórmulas e seleccione uma função da lista. Sugestão: Para introduzir rapidamente a função SOMA ou MÉDIA, seleccione a célula, intervalo ou coluna à qual pretende aplicar a função e faça clique em Inserir > Função. Faça clique em Inserir > Intervalo especificado > Gerir intervalos Faça clique em Ver > Enter move cursor para a direita. Faça clique em Dados > Ordenar e, em seguida, seleccione Ascendente ou Descendente. Faça clique em Dados > Filtro instantâneo Tabela 35. Alterar o aspecto das folhas de cálculo Como posso... Acção Adicionar uma cor de segundo plano a uma célula ou intervalo? Seleccione a célula ou o intervalo e faça clique no ícone Definir cor de segundo Adicionar um contorno a uma célula ou intervalo? Alinhar texto numa célula? Alterar a cor do texto? plano. Seleccione a célula ou o intervalo e faça clique no ícone Definir cor do contorno. Faça clique em Formatar > Alinhar e, em seguida, seleccione a opção de alinhamento apropriada. Seleccione o texto e faça clique no ícone Regressar ao aspecto predefinido? Definir cor do tipo de letra. Seleccione a célula ou o intervalo que pretende alterar e faça clique em Formatar > Formatação predefinida. Tabela 36. Colaborar com outras pessoas em tempo real Como posso... Acção Partilhar o documento actual? Faça clique em Ficheiro > Partilhar. Adicionar um comentário? Coloque o cursor onde pretende adicionar um comentário e faça clique em Equipa > Adicionar comentário. Abrir ou fechar os indicadores de co-edição? Faça clique em Ver > Realces de co-edição. 186 SmartCloud Docs

191 Conceitos relacionados: Tipos de letra, contornos e cor na página 76 Para enfatizar os dados mais importantes, pode alterar os estilos de texto e o alinhamento, bem como adicionar contornos e uma cor de segundo plano às células e intervalos. Formatar números na página 79 Um número pode ter um aspecto diferente do valor real introduzido numa célula, consoante o formato numérico. Os formatos numéricos diferenciam um tipo de dados de outro. Por exemplo, unidades monetárias de percentagens. Os formatos numéricos afectam apenas a forma como o IBM Docs apresenta números e não a forma como armazena ou efectua cálculos com números. Acerca da co-edição em folhas de cálculo na página 66 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma folha de cálculo em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar folhas de cálculo. Princípios básicos da edição de dados na página 81 Crie uma folha de cálculo introduzindo e editando dados, como, por exemplo, números, texto, datas, horas e fórmulas. Alterar o aspecto das folhas de cálculo na página 76 Algumas melhorias simples ao aspecto da sua folha de cálculo podem melhorar substancialmente a sua eficiência. Tarefas relacionadas: Restaurar formatação predefinida em células de folha de cálculo na página 78 Utilize o comando Formatação predefinida para anular formatos de tipos de letra, contornos, segundos planos e números que tenha anteriormente aplicado. Acessibilidade em folhas de cálculo As funções de acessibilidade ajudam os utilizadores com deficiência física, tal como mobilidade restrita ou visão limitada, a utilizar produtos de tecnologias de informação com êxito. Todas as teclas de atalho são válidas no sistema operativo Windows. No sistema operativo Mac OS, prima a tecla Command em vez da tecla Ctrl. Este produto utiliza as teclas de navegação padrão do Microsoft Windows e Macintosh. A tabela seguinte descreve os atalhos de teclado para algumas acções adicionais que pode executar numa folha de cálculo. Encontra-se igualmente disponível uma versão acessível destas informações no wiki do IBM SmartCloud para Social Business. Tabela 37. Atalhos de teclado em folhas de cálculo Acção Mover o cursor para a célula abaixo da célula actual. Se a vista Enter move cursor para a direita estiver seleccionada, mover o cursor para célula seguinte na mesma linha. Mover o cursor para a célula acima da célula actual. Se a vista Enter move cursor para a direita estiver seleccionada, mover o cursor para célula anterior na mesma linha. Editar o conteúdo de uma célula introduzido anteriormente Seleccionar todas as células na folha de cálculo actual Atalho de teclado Enter Shift+Enter F2 ou Enter Ctrl+A Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 187

192 Tabela 37. Atalhos de teclado em folhas de cálculo (continuação) Acção Atalho de teclado Aplicar negrito ao texto na célula Ctrl+B Aplicar itálico ao texto na célula Ctrl+I Aplicar sublinhado ao texto na célula Ctrl+U Copiar os dados seleccionados e os estilos Ctrl+C relacionados para a área de transferência Colar os dados e estilos relacionados da área Ctrl+V de transferência numa localização seleccionada Cortar os dados seleccionados e os estilos relacionados para a área de transferência Mostrar a janela Configuração da página e iniciar a conversão para um ficheiro.pdf que poderá descarregar e imprimir. Utilizar a função Refazer Utilizar a função Anular Localizar palavras ou frases numa folha de cálculo No modo de edição, iniciar uma nova linha numa célula. No modo de edição, inserir uma quebra de linha numa célula. No modo de edição, cancelar uma introdução de dados numa célula. Eliminar o conteúdo da célula ou intervalo seleccionado Guardar a folha de cálculo actual Numa linha, mover o cursor para a célula seguinte na mesma linha. Num intervalo seleccionado, mover o cursor para a célula seguinte na mesma linha até atingir o contorno do intervalo. Em seguida, mover o cursor para a primeira célula na linha seguinte no intervalo, etc. Numa linha, mover o cursor para a célula anterior na mesma linha. Num intervalo seleccionado, mover o cursor para a célula anterior na mesma linha até atingir o contorno do intervalo. Em seguida, mover o cursor para a última célula na linha anterior no intervalo, etc. Mover o cursor para o limite da região de dados actual (um intervalo de células que contém dados e que está ligado por células vazias ou contornos de folha de cálculo). Se nenhuma célula contiver dados, mover o cursor para a célula mais afastada na direcção da seta que premir. Seleccionar um intervalo de células Ctrl+X Ctrl+P Ctrl+Y Ctrl+Z Ctrl+F Alt+Enter Ctrl+Enter Esc Delete ou Backspace Ctrl+S Tab Shift+Tab Ctrl+tecla de seta (esquerda, direita, cima ou baixo) Shift+tecla de seta (esquerda, direita, cima ou baixo) 188 SmartCloud Docs

193 Tabela 37. Atalhos de teclado em folhas de cálculo (continuação) Acção Atalho de teclado Mover o cursor para o início da linha actual Home Mover o cursor para a última célula na linha End actual. A célula de destino tem de conter dados ou ter um estilo diferente do estilo predefinido. Mover o cursor para o início da folha de cálculo actual Mover o cursor para o fim da folha de cálculo actual Seleccionar uma linha ou várias linhas de células Seleccionar todas as células na folha de cálculo Redimensionar a linha Redimensionar a coluna Abrir o menu de filtros Fechar o menu de filtros. Mover o foco para a barra de menus Mover o foco para a barra de ferramentas Mover o foco para a barra lateral Mover o foco para a área de edição Alternar entre folhas de cálculo Ctrl+Home Ctrl+End Shift+Barra de espaços Ctrl+Shift+Barra de espaços Após seleccionar uma linha, prima Alt+Seta para cima ou para baixo. Após seleccionar uma coluna, prima Alt+Seta para a direita ou para a esquerda. Após seleccionar Filtro instantâneo, prima Alt+Seta para baixo. Esc Alt+Shift+F Alt+F10 Shift+F2 Shift+F2 (quando o foco está na barra lateral) ou Esc Ctrl+Page Up ou Ctrl+Page Down ou Ctrl+Tab Capítulo 3. Trabalhar com folhas de cálculo 189

194 190 SmartCloud Docs

195 Capítulo 4. Trabalhar com apresentações Crie apresentações profissionais de elevado impacto. Através de modelos, pode criar apresentações de diferentes estilos, de uma forma rápida e cómoda. Em alternativa, pode transferir apresentações existentes a partir do seu computador para o SmartCloud Docs, para edição online. Pode editar apresentações com os seus colegas em tempo real e colaborar com outras pessoas através de comentários e debates. Novo no SmartCloud Docs? Assista a vídeos para obter informações sobre como explorar os editores eficientes com várias funções do SmartCloud Docs. Introdução v Criar e transferir apresentações v Partilhar apresentações na página 198 v Colaborar em apresentações em tempo real na página 200 v Colaborar através de comentários em apresentações na página 204 v Formatar diapositivos na página 209 A versão acessível da documentação deste produto está disponível em IBM SmartCloud for Social Business wiki. Criar e transferir apresentações Pode criar uma apresentação e transferir apresentações existentes a partir do seu computador para Ficheiros, para editar online com o IBM Docs. 191

196 Tarefas relacionadas: Imprimir apresentações na página 223 O comando Imprimir numa apresentação abre uma nova janela do navegador na qual pode seleccionar as opções do esquema. Criar apresentações Pode criar uma apresentação na aplicação Ficheiros ou a partir do menu Ficheiro no IBM Docs. Transferir apresentações para partilhar na página 193 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de apresentação, desde que permitido pelo administrador. É o utilizador que controla quem pode ver, descarregar ou editar as apresentações. Exportar apresentações para outros formatos de ficheiro na página 197 Depois de editar apresentações no IBM Docs, pode exportar as apresentações para outros formatos de ficheiro, tais como.ppt e.pdf. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em apresentações na página 195 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de apresentações. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos, tais como.odp,.ppt e.pdf. Criar apresentações Pode criar uma apresentação na aplicação Ficheiros ou a partir do menu Ficheiro no IBM Docs. Procedimento v Para criar uma apresentação na aplicação Ficheiros: 1. Faça clique no botão Novo(a) e, em seguida, seleccione Apresentação. 2. Introduza um nome para a nova apresentação e faça clique em Criar. v Para criar uma apresentação no IBM Docs: 1. Seleccione Ficheiro > Novo > Apresentação. É apresentada a janela Criar uma apresentação. 2. Introduza um nome para a nova apresentação e faça clique em OK. É criada uma nova apresentação na nova janela. 192 SmartCloud Docs

197 Tarefas relacionadas: Imprimir apresentações na página 223 O comando Imprimir numa apresentação abre uma nova janela do navegador na qual pode seleccionar as opções do esquema. Criar e transferir apresentações na página 191 Pode criar uma apresentação e transferir apresentações existentes a partir do seu computador para Ficheiros, para editar online com o IBM Docs. Transferir apresentações para partilhar Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de apresentação, desde que permitido pelo administrador. É o utilizador que controla quem pode ver, descarregar ou editar as apresentações. Exportar apresentações para outros formatos de ficheiro na página 197 Depois de editar apresentações no IBM Docs, pode exportar as apresentações para outros formatos de ficheiro, tais como.ppt e.pdf. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em apresentações na página 195 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de apresentações. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos, tais como.odp,.ppt e.pdf. Transferir apresentações para partilhar Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de apresentação, desde que permitido pelo administrador. É o utilizador que controla quem pode ver, descarregar ou editar as apresentações. Sobre esta tarefa O seu administrador determina quem pode transferir ficheiros e limita o espaço de que dispõe para armazenar ficheiros. Quando atinge esse limite, não poderá adicionar qualquer novo item aos Ficheiros. A quantidade de espaço que utilizou é apresentado na vista Os meus ficheiros, na parte inferior da lista de ficheiros. Pode eliminar versões antigas dos seus ficheiros para disponibilizar espaço. Procedimento Para transferir um ficheiro para Os meus ficheiros, execute os passos que se seguem: 1. Faça clique em Transferir ficheiros. 2. No campo Ficheiros, faça clique em Pesquisar para seleccionar o ficheiro que pretende transferir. Nota: Pode repetir este passo para transferir ficheiros adicionais. Os ficheiros a transferir são apresentados numa lista e pode fazer clique no ficheiro para editar o nome do ficheiro, ou fazer clique em x para o eliminar da lista. 3. Opcional: Introduza etiquetas, separadas por um espaço. 4. Seleccione uma das seguintes opções: Opção Ninguém (visível apenas para mim) Descrição Torne o ficheiro particular. Apenas o respectivo proprietário poderá visualizá-lo e proceder à sua edição. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 193

198 Opção Pessoas ou comunidades Todas as pessoas na NomedaSuaOrganização Descrição Partilhe o ficheiro com um grupo específico de pessoas ou com uma comunidade específica. Execute os passos que se seguem: 1. Seleccione uma Pessoa ou uma Comunidade. 2. Seleccione o nível de acesso como Leitor ou como Editor: v Os leitores podem ler, comentar, descarregar e recomendar um ficheiro. v Os Editores podem ler, editar, comentar, descarregar, recomendar, transferir uma nova versão e definir propriedades no ficheiro. 3. Execute uma das seguintes tarefas: v Para partilhar com pessoas, faça clique no campo para apresentar os nomes das pessoas com quem partilhou recentemente ficheiros. Se o nome que procura for apresentado, seleccione-o. Se o nome não for apresentado, introduza o nome ou o endereço de correio electrónico e, em seguida, seleccione a pessoa. v Para partilhar com uma comunidade, introduza o nome da comunidade e, em seguida, seleccione a comunidade quando esta for apresentada. Importante: Quando partilha um ficheiro com uma comunidade pública, esse ficheiro torna-se público. 4. Adicione uma mensagem opcional para as pessoas com quem partilhou o ficheiro. Disponibilize o ficheiro a todas as pessoas na sua organização. Estas recebem acesso de Leitor. 5. Faça clique em Transferir. 194 SmartCloud Docs

199 Tarefas relacionadas: Imprimir apresentações na página 223 O comando Imprimir numa apresentação abre uma nova janela do navegador na qual pode seleccionar as opções do esquema. Criar e transferir apresentações na página 191 Pode criar uma apresentação e transferir apresentações existentes a partir do seu computador para Ficheiros, para editar online com o IBM Docs. Criar apresentações na página 192 Pode criar uma apresentação na aplicação Ficheiros ou a partir do menu Ficheiro no IBM Docs. Exportar apresentações para outros formatos de ficheiro na página 197 Depois de editar apresentações no IBM Docs, pode exportar as apresentações para outros formatos de ficheiro, tais como.ppt e.pdf. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em apresentações Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de apresentações. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos, tais como.odp,.ppt e.pdf. Compatibilidade de ficheiro e exportar apresentações Saiba quais os tipos de ficheiro que pode utilizar com as apresentações do IBM Docs. Formatos de ficheiro suportados em apresentações Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de apresentações. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos, tais como.odp,.ppt e.pdf. Tabela 38. Formatos de ficheiro que podem ser importados no IBM Docs Presentations Aplicação Lotus Symphony Presentations Microsoft PowerPoint Tipo de ficheiro.odp,.otp.ppt,.pptx,.pot Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 195

200 Tabela 39. Formatos de ficheiro que podem ser exportados a partir do IBM Docs Presentations Aplicação Lotus Symphony Presentations Microsoft PowerPoint Adobe Reader Tipo de ficheiro.odp.ppt.pdf Nota: Os ficheiros do IBM Docs têm as extensões de ficheiro de Open Document do Symphony, mas correspondem a um tipo especial online desses formatos. Tarefas relacionadas: Imprimir apresentações na página 223 O comando Imprimir numa apresentação abre uma nova janela do navegador na qual pode seleccionar as opções do esquema. Criar e transferir apresentações na página 191 Pode criar uma apresentação e transferir apresentações existentes a partir do seu computador para Ficheiros, para editar online com o IBM Docs. Criar apresentações na página 192 Pode criar uma apresentação na aplicação Ficheiros ou a partir do menu Ficheiro no IBM Docs. Transferir apresentações para partilhar na página 193 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de apresentação, desde que permitido pelo administrador. É o utilizador que controla quem pode ver, descarregar ou editar as apresentações. Exportar apresentações para outros formatos de ficheiro na página 197 Depois de editar apresentações no IBM Docs, pode exportar as apresentações para outros formatos de ficheiro, tais como.ppt e.pdf. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em apresentações na página 195 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de apresentações. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos, tais como.odp,.ppt e.pdf. Guardar apresentações Utilize o comando Guardar para guardar uma apresentação que estiver a editar como rascunho. Utilize Guardar como para guardar um rascunho (ou versão publicada) como rascunho com um novo nome. Sobre esta tarefa O proprietário e as pessoas com quem o proprietário partilhou a apresentação como Editores podem aceder à apresentação de rascunho. Nota: Para que os Leitores possam ver ou descarregar a apresentação, o rascunho deve ser publicado como uma versão. Procedimento 1. Faça clique em Ficheiro > Guardar. O ficheiro é guardado como rascunho. Importante: Ao editar a apresentação, o IBM Docs guarda automaticamente a apresentação como rascunho, regularmente. Mas pode utilizar o comando Guardar para o guardar em qualquer altura. 196 SmartCloud Docs

201 2. Se pretender guardar a apresentação como novo ficheiro, faça clique em Ficheiro > Guardar como. Introduza um nome de ficheiro e, em seguida, faça clique em OK. É criada uma apresentação com um novo nome em Os meus ficheiros. Publicar uma versão Depois de editar a apresentação, pode publicar uma versão no servidor. Assim, será possível descarregar esta versão. Procedimento 1. Faça clique em Ficheiro > Publicar versão. É apresentada a janela Publicar uma versão. 2. Opcional: Pode adicionar descrições no campo Descrição da versão. 3. Faça clique em Publicar. As notificações são enviadas às pessoas que estão a acompanhar este ficheiro. Exportar apresentações para outros formatos de ficheiro Depois de editar apresentações no IBM Docs, pode exportar as apresentações para outros formatos de ficheiro, tais como.ppt e.pdf. Sobre esta tarefa O IBM Docs utiliza o Open Document Format (.odf). Se editar uma apresentação ou criar uma apresentação, esta é guardada no formato.odt. Por exemplo, se editar um ficheiro do Microsoft Office PowerPoint no IBM Docs e publicar uma versão, este é convertido para o formato.odp. Pode descarregar o ficheiro no respectivo formato actual ou descarregar o ficheiro para outro formato, como o formato Microsoft Office ou o formato PDF. Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Os meus ficheiros. 2. Localize a apresentação que pretende exportar e, em seguida, faça clique em Mais. 3. Faça clique em Mais acções e, em seguida, seleccione Descarregar como formato do Microsoft Office ou Descarregar como ficheiro PDF. Nota: Só é possível descarregar uma versão publicada de uma apresentação. Se a apresentação continuar no estado de rascunho e se for o proprietário ou o editor, publique uma versão. Se for um leitor, peça ao proprietário para publicar. 4. Opcional: Se seleccionar Descarregar como ficheiro PDF, é apresentada uma janela Configuração da página. Especifique as definições pretendidas e, em seguida, faça clique em OK. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 197

202 Partilhar apresentações Tarefas relacionadas: Imprimir apresentações na página 223 O comando Imprimir numa apresentação abre uma nova janela do navegador na qual pode seleccionar as opções do esquema. Criar e transferir apresentações na página 191 Pode criar uma apresentação e transferir apresentações existentes a partir do seu computador para Ficheiros, para editar online com o IBM Docs. Criar apresentações na página 192 Pode criar uma apresentação na aplicação Ficheiros ou a partir do menu Ficheiro no IBM Docs. Transferir apresentações para partilhar na página 193 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de apresentação, desde que permitido pelo administrador. É o utilizador que controla quem pode ver, descarregar ou editar as apresentações. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em apresentações na página 195 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de apresentações. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos, tais como.odp,.ppt e.pdf. Pode tornar as suas apresentações públicas para que qualquer pessoa possa ler ou partilhar as suas apresentações com pessoas específicas que possam ler ou editar as mesmas, dependendo do respectivo nível de acesso. Pode também partilhar as apresentações com comunidades. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. Sobre esta tarefa Pode partilhar um ficheiro quando o transfere. Pode também partilhar a apresentação depois de a transferir ou depois de a criar. Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Os meus ficheiros. 2. Localize o ficheiro que pretende partilhar. Seleccione a caixa de verificação antes do nome do ficheiro. 3. Faça clique no botão Partilhar. 4. Se pretender atribuir a outras pessoas permissões específicas, seleccione Pessoas ou Comunidades e, em seguida, efectue as seguintes selecções: a. Seleccione uma Pessoa ou uma Comunidade. b. Seleccione como Leitor ou como Editor para atribuir o acesso. c. Execute uma das seguintes tarefas: v Para partilhar com pessoas, faça clique no campo para apresentar os nomes das pessoas com quem partilhou recentemente ficheiros. Se a pessoa por quem está a procurar for apresentada, seleccione o nome. Se este não for apresentado, introduza um nome ou endereço de correio 198 SmartCloud Docs

203 v electrónico e, em seguida, seleccione a pessoa. Se o nome que pretende não for apresentado, faça clique em Pessoa não apresentada? Utilize a procura completa para procurá-lo. Para partilhar com uma comunidade, comece por introduzir o nome da comunidade e, em seguida, seleccione a comunidade quando esta for apresentada. Importante: Quando partilha um ficheiro com uma comunidade pública, esse ficheiro torna-se público. d. Adicione uma mensagem opcional para as pessoas com quem partilhou o ficheiro. 5. Opcional: Seleccione Todas as pessoas na NomedaSuaOrganização se pretender tornar o ficheiro visível a todos na sua organização. 6. Faça clique em Partilhar. Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em apresentações na página 201 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma apresentação em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar apresentações. Acerca de comentários em apresentações na página 204 Quando é necessário trabalhar numa apresentação em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Co-edição de apresentações com outros na página 202 Uma apresentação pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar diferentes diapositivos ou o mesmo diapositivo. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em apresentações na página 203 Ao co-editar uma apresentação, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Criar comentários em apresentações na página 205 Ao editar ou rever uma apresentação, pode criar comentários para objectos, tais como gráficos, imagens e caixas de texto num diapositivo. Todos os comentários da apresentação são apresentados na barra lateral de Comentários. Ver comentários em apresentações na página 207 Quando abre uma apresentação, a barra lateral é apresentada por predefinição e o foco está em Diapositivos. Para apresentar o painel Comentários, faça clique em Comentários. De seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta apresentação. Procurar comentários em apresentações na página 208 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Definir níveis de acesso para apresentações Após partilhar a sua apresentação com pessoas ou com uma comunidade, pode repor o respectivo nível de acesso. Pode também eliminar o respectivo nível de acesso. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 199

204 Sobre esta tarefa Procedimento 1. Na aplicação Ficheiros, faça clique em Partilhados por mim. 2. Localize o ficheiro para o qual pretende definir um nível de acesso e, em seguida, faça clique em Mais. 3. Faça clique em Ver detalhes do ficheiro e, em seguida, faça clique no separador Partilhar. 4. Realizar uma das seguintes opções: v Se pretender remover o nível de acesso para uma pessoa ou comunidade, nos campos Editores ou Leitores, faça clique em x junto ao nome da pessoa ou da comunidade. v Se pretender alterar o nível de acesso para uma pessoa ou uma comunidade, por exemplo, alterar o nível de leitor para editor, é necessário começar por remover o nível de leitor. Em seguida, no campo Editores, faça clique no botão Adicionar. Seleccione como Editor para atribuir o acesso. v Se pretender permitir que as pessoas com quem partilha o ficheiro o possam, por sua vez, partilhá-lo com outras pessoas, seleccione Permitir que outros partilhem este ficheiro. Colaborar em apresentações em tempo real Pode colaborar numa apresentação em tempo real com outros utilizadores como uma equipa. Pode co-editar com outros editores em tempo real e criar comentários e debates. Sobre esta tarefa Ao editar online com o IBM Docs, pode utilizar funções de colaboração, tais como co-edição e comentários. Se descarregar a apresentação e, em seguida, transferi-la novamente para o IBM Docs, perdem-se os comentários para esta apresentação. Se não tiver autorização para funções de edição social, não pode co-editar com outros utilizadores. Pode contactar o seu administrador para obter mais informações. Co-edição de apresentações em tempo real Ao partilhar uma apresentação com pessoas e ao atribuir-lhes acesso de editor, fica pronto a co-editar em tempo real. Sobre esta tarefa Pode editar uma apresentação em simultâneo com outros editores, o que melhora substancialmente a eficiência da criação de apresentações em equipa. Pode editar diferentes diapositivos ou o mesmo diapositivo. As alterações efectuadas por diferentes editores são realçadas com cores diferentes. Pode verificar quem se encontra no modo de co-edição, consultando a lista de editores na barra lateral. Quando terminar o trabalho de co-edição, qualquer editor pode guardar a apresentação como rascunho ou como nova versão na partilha de ficheiros. 200 SmartCloud Docs

205 Acerca da co-edição em apresentações Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma apresentação em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar apresentações. Ao criar uma apresentação, por vezes são necessários dados ou informações de colaboradores ou amigos e é necessário editar a apresentação em conjunto. Nas aplicações de produtividade tradicionais, é necessário guardar a apresentação e, em seguida, enviá-la aos colaboradores através de correio electrónico ou trocar uma unidade flash USB. Além disso, é necessário instalar clientes de ambiente de trabalho, como o Lotus Symphony ou o Microsoft Office nos respectivos computadores. Enquanto a apresentação está a ser editada, o utilizador não pode visualizar as alterações até que o documento seja novamente enviado para si. A troca de anexos por mensagens de correio electrónico requer demasiado tempo. Agora, a co-edição pode ajudar a resolver este problema. Caso exista acesso à Internet, todos podem editar a apresentação em simultâneo e o utilizador pode visualizar as alterações efectuadas. O único requisito é a partilha do ficheiro com os outros colaboradores e definir o acesso dos mesmos ao ficheiro como editores. Para muitos clientes, o Lotus Symphony é a escolha acertada. É gratuito, suporta sistemas operativos Windows, Linux, e Mac OS e fornece um pacote de produtividade completo e eficiente. O IBM Docs suporta perfis de utilizador e cenários de utilizador que não necessitam da potência de um rich client. Com o IBM Docs, pode trabalhar em estreita colaboração em folhas de cálculo, apresentações e documentos mais dinâmicos e informais. Na co-edição, é possível editar diapositivos diferentes ou até o mesmo diapositivo. Mas apenas um editor pode editar texto na mesma caixa de texto, em simultâneo. Os outros co-editores têm a edição do texto nessa caixa de texto bloqueada, enquanto o primeiro editor estiver a actualizar o texto. Pode facilmente verificar quem se encontra no modo de co-edição, consultando a lista de editores na barra lateral. As alterações efectuadas por diferentes editores são realçadas com cores Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 201

206 diferentes e o IBM Docs guarda as alterações de forma instantânea e automática. Quando terminar o trabalho de co-edição, qualquer editor pode guardar a apresentação no servidor. Exemplo A Lara é uma assistente do departamento de TI e foi-lhe solicitado que entregasse uma apresentação anual sobre o estado dos computadores à sua equipa. A Lara criou uma apresentação e necessita dos dados dos representantes de TI das cinco equipas. Anteriormente, a Lara tinha de enviar uma mensagem de correio electrónico com a apresentação em anexo para cada representante e, em seguida, intercalar as versões depois de enviadas por cada um deles. Agora, o IBM Docs pode ajudar a Lara a concluir a apresentação de forma eficiente. A Lara cria uma apresentação com tabelas, partilha-a com os cinco representantes e define as respectivas funções enquanto editores e, em seguida, pede-lhes que introduzam as informações necessárias. A Lara pode ainda ver de imediato o relatório dos cinco representantes. Em seguida, após concluída a co-edição, a Lara pode partilhar a apresentação com o seu gestor e pedir-lhe para rever e introduzir comentários. Tarefas relacionadas: Co-edição de apresentações com outros Uma apresentação pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar diferentes diapositivos ou o mesmo diapositivo. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Mostrar alterações de cada editor em apresentações na página 203 Ao co-editar uma apresentação, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades na página 198 Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. Co-edição de apresentações com outros Uma apresentação pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar diferentes diapositivos ou o mesmo diapositivo. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Sobre esta tarefa Cada participante no grupo de co-edição tem de ter acesso à apresentação como editor. Por exemplo, se pretender co-editar uma apresentação com os membros da equipa, deverá partilhar a apresentação com os mesmos e definir os respectivos níveis de acesso como Editor. Para co-editar com outros, execute os seguintes passos: Procedimento 1. Se for o proprietário do ficheiro e iniciar uma co-edição, faça clique em Partilhados por mim na aplicação Ficheiros. Caso contrário, faça clique em Partilhados comigo. 2. A partir da lista de Ficheiros, faça clique no nome da apresentação que pretende co-editar. Nota: Caso tenha acedido à apresentação antes, como proprietário do ficheiro, esta é aberta no IBM Docs. Caso contrário, faça clique em Editar no IBM Docs. É apresentada uma janela Iniciar a edição online com o IBM Docs. Faça clique 202 SmartCloud Docs

207 em Editar online para continuar. Os outros editores não podem ver o botão Editar no IBM Docs até o proprietário do ficheiro ter aberto anteriormente a apresentação no IBM Docs. 3. A apresentação abre-se e o utilizador entra no modo de co-edição. 4. Os nomes de todos os editores são apresentados na lista da barra lateral. O nome é apresentado a negrito e é seguido por uma atribuição de cor quando o editor entra no modo de co-edição. Pode alterar a apresentação e, simultaneamente, visualizar as alterações efectuadas por outros em cores diferentes. Nota: As suas alterações são guardadas automaticamente para a apresentação de rascunho ao longo do processo de edição. 5. Quando estiver pronto a permitir que os leitores vejam ou descarreguem a apresentação, faça clique em Ficheiro > Publicar versão. 6. Feche o separador da apresentação. Nota: É notificado durante a sessão de edição, se um co-editor eliminar o ficheiro. Faça clique em OK na notificação para guardar o rascunho como um novo ficheiro e assegurar que as alterações feitas podem ser mantidas. Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em apresentações na página 201 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma apresentação em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar apresentações. Tarefas relacionadas: Mostrar alterações de cada editor em apresentações Ao co-editar uma apresentação, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades na página 198 Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. Mostrar alterações de cada editor em apresentações Ao co-editar uma apresentação, as alterações de cada editor são indicadas com cores diferentes. Pode optar por mostrar os indicadores de cor. Procedimento Os indicadores de cor são apresentados por predefinição. Para fechar os indicadores de cor para alterações em co-edição, faça clique em Ver > Realces de co-edição. Nota: As cores de diferentes editores são atribuídas pelo administrador, e um utilizador não pode alterar as cores de co-edição que lhe foram atribuídas. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 203

208 Conceitos relacionados: Acerca da co-edição em apresentações na página 201 Pode utilizar o IBM Docs para editar simultaneamente uma apresentação em conjunto com outros através da Internet. Isto permite melhorar bastante a simplicidade e eficiência para criar apresentações. Tarefas relacionadas: Co-edição de apresentações com outros na página 202 Uma apresentação pode ser editada por vários editores de uma equipa e em simultâneo. Pode editar diferentes diapositivos ou o mesmo diapositivo. Cada editor pode visualizar as alterações em simultâneo. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades na página 198 Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. Colaborar através de comentários em apresentações Ao colaborar com vários editores numa apresentação, é conveniente adicionar comentários. Ajuda a comunicar com editores que trabalham em alturas diferentes. Sobre esta tarefa Sempre que cria um comentário, este é apresentado no painel Comentários. Para cada comentário, pode participar numa conversação com vários editores, adicionando as suas respostas. A linha de debate é indentada abaixo de cada comentário. Pode remover os seus comentários e dirigir comentários ou respostas a outro editor utilizando o Pode visualizar comentários dirigidos a si ou criados por si. Pode também filtrar comentários por editor, para visualizar os comentários ou as respostas dirigidas a cada um e para ver os comentários ou respostas criados por cada um deles. Acerca de comentários em apresentações Quando é necessário trabalhar numa apresentação em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. 204 SmartCloud Docs

209 Os comentários são todos apresentados na barra lateral de Comentários, na qual pode visualizar a linha de resposta abaixo de cada comentário. Pode criar ou eliminar comentários, adicionar respostas, dirigir comentários ou respostas a outro editor e procurar palavras-chave dos comentários. Pode visualizar comentários ou respostas dirigidos a si, bem como visualizar comentários ou respostas criados por outros editores ou dirigidos a outros editores. Durante um debate relacionado com um comentário, se for necessário que outra pessoa investigue a questão ou responda a uma pergunta, pode atribuir o item a qualquer um dos editores da apresentação. Pode utilizar o para dirigir a resposta a qualquer outro editor. Os executantes podem visualizar os comentários ou respostas que foram dirigido aos mesmos na barra lateral de comentários. Exemplo A Tânia, directora do programa, irá dar uma apresentação a toda a equipa de projecto sobre o plano de negócios de 2011,2012. A Tânia criou uma apresentação e necessita dos comentários dos gestores no seu projecto. Antes, a Tânia teria de enviar uma mensagem de correio electrónico a todos os gestores e pedir-lhes que enviassem os seus comentários através de correio electrónico ou que actualizassem a apresentação em anexo com os mesmos. Quando os gestores não enviavam os respectivos comentários em relação à mesma versão, a Tânia tinha de descobrir quais os comentários aplicáveis a cada uma das secções e tinha também de intercalar os comentários em conjunto. Caso a Tânia pretendesse que algum dos gestores investigasse um problema, ela teria também de enviar uma mensagem de correio electrónico a esse gestor. Agora, a Tânia partilha este plano em apresentação com todos os gestores e pede-lhes que comentem o mesmo. Os gestores podem enviar comentários em alturas diferentes e debater as principais questões. A Tânia pode atribuir uma questão a qualquer um dos gestores, para que realizem uma investigação adicional ao problema, e o gestor a quem foi atribuída essa questão pode efectuar alterações ao plano. Tarefas relacionadas: Criar comentários em apresentações Ao editar ou rever uma apresentação, pode criar comentários para objectos, tais como gráficos, imagens e caixas de texto num diapositivo. Todos os comentários da apresentação são apresentados na barra lateral de Comentários. Ver comentários em apresentações na página 207 Quando abre uma apresentação, a barra lateral é apresentada por predefinição e o foco está em Diapositivos. Para apresentar o painel Comentários, faça clique em Comentários. De seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta apresentação. Procurar comentários em apresentações na página 208 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades na página 198 Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. Criar comentários em apresentações Ao editar ou rever uma apresentação, pode criar comentários para objectos, tais como gráficos, imagens e caixas de texto num diapositivo. Todos os comentários da apresentação são apresentados na barra lateral de Comentários. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 205

210 Procedimento Para criar comentários para a apresentação, execute os passos que se seguem: 1. Faça clique num diapositivo na vista Diapositivos e faça clique no objecto para o qual pretende inserir um comentário. 2. Faça clique em Adicionar comentário na barra de ferramentas. O painel Comentários é apresentado. 3. Introduza o seu comentário no campo e prima Enter ou faça clique em Adicionar. O comentário é inserido na apresentação e é apresentado no painel com o seu nome, data e hora. Está pronto para iniciar uma conversação com outros utilizadores. 4. Opcional: Se pretender dirigir o comentário a outro editor, introduza o e é apresentada uma lista de editores do documento. Seleccione o editor que pretende na lista e, em seguida, introduza o seu comentário. 5. Opcional: Pode criar apenas um comentário para o mesmo objecto num diapositivo. Faça clique em Adicionar comentário na barra de ferramentas novamente, se pretender criar um comentário para outro objecto. 6. Para responder a qualquer comentário, faça clique no ícone de seta dupla para expandir o comentário. Em seguida, faça clique em Responder para introduzir a sua resposta. Prima Enter quando concluir a introdução do comentário. A resposta é adicionada ao comentário com um ícone diferente. 7. Opcional: Pode direccionar a resposta a qualquer editor. Ao introduzir o conteúdo da resposta, introduza o é apresentada uma lista de editores do documento. Seleccione o editor que pretende na lista e, em seguida, introduza a sua resposta. 8. Se pretender remover qualquer conteúdo, faça clique no ícone de lixo. O comentário, juntamente com todas as respostas, é eliminado. 9. Após concluir a introdução de comentários para o diapositivo, faça clique em Diapositivos para mudar para essa vista. Faça clique noutro diapositivo para criar mais comentários. Os comentários são todos apresentados como pastas paralelas na barra lateral. Faça clique em qualquer comentário para visualizar o conteúdo detalhado e a linha de debate. 206 SmartCloud Docs

211 Conceitos relacionados: Acerca de comentários em apresentações na página 204 Quando é necessário trabalhar numa apresentação em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Ver comentários em apresentações Quando abre uma apresentação, a barra lateral é apresentada por predefinição e o foco está em Diapositivos. Para apresentar o painel Comentários, faça clique em Comentários. De seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta apresentação. Procurar comentários em apresentações na página 208 Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades na página 198 Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. Ver comentários em apresentações Quando abre uma apresentação, a barra lateral é apresentada por predefinição e o foco está em Diapositivos. Para apresentar o painel Comentários, faça clique em Comentários. De seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta apresentação. Sobre esta tarefa Pode visualizar comentários e respostas criados por si ou dirigidos a si. Pode também visualizar comentários e respostas criados por outros editores ou dirigidos a outros editores. Procedimento Para visualizar comentários e respostas, execute os passos que se seguem: 1. Na barra lateral, faça clique em Comentários para apresentar o painel de comentários. 2. Pode fazer clique no ícone de seta dupla para expandir qualquer comentário, de modo a visualizar o conteúdo detalhado e as linhas de respostas. O cursor aponta para o diapositivo em que o comentário é criado. Pode também fazer clique na marca de comentário na apresentação. O painel Comentários é aberto com o foco no comentário em que fizer clique. 3. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Ver comentários dirigidos a mim. São apresentados todos os comentários dirigidos a si. Ainda que apenas uma resposta a um comentário seja dirigida a si, é apresentada a totalidade da linha de comentários. 4. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Ver os meus comentários. São apresentados todos os comentários que foram escritos por si. Mesmo que tenha escrito apenas uma resposta a um comentário, é apresentada a totalidade da linha do comentário. 5. Para visualizar comentários ou respostas que tenham sido escritos por outros editores ou dirigidos a outros editores, faça clique no nome do editor no painel Editores. A opção Dirigidos a apresenta qualquer linha de comentários que Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 207

212 mencione esse editor através do Faça clique em Escrito por para visualizar os comentários ou respostas que tenham sido escritos pelo editor. Nota: Quando fizer clique no nome de um editor, o nome desse editor é realçado. Quando fizer clique novamente no nome do editor, os comentários e respostas escritas por ou dirigidas ao editor são fechadas. 6. Faça clique no ícone de seta dupla para expandir o comentário. Pode visualizar a linha detalhada de cada comentário. 7. Se não pretender visualizar os comentários ou respostas, faça clique no botão Fechar para sair. Conceitos relacionados: Acerca de comentários em apresentações na página 204 Quando é necessário trabalhar numa apresentação em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Criar comentários em apresentações na página 205 Ao editar ou rever uma apresentação, pode criar comentários para objectos, tais como gráficos, imagens e caixas de texto num diapositivo. Todos os comentários da apresentação são apresentados na barra lateral de Comentários. Procurar comentários em apresentações Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades na página 198 Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. Procurar comentários em apresentações Pode navegar rapidamente para comentários específicos, procurando palavras-chave no painel Comentários. Procedimento 1. Na barra lateral, faça clique em Comentários para apresentar o painel Comentários. Se a barra lateral não for apresentada, faça clique em Ver > Barra lateral. 2. Faça clique em no painel Comentários e seleccione Procurar nos comentários. 3. Introduza as palavras-chave no campo de procura. 4. Prima Enter ou faça clique em Procurar. São apresentados os comentários que contêm as palavras-chave introduzidas. 208 SmartCloud Docs

213 Formatar diapositivos 5. Se os resultados não forem os pretendidos, pode introduzir novas palavras-chave e efectuar uma nova procura. 6. Faça clique em Fechar para sair do modo de procura. Conceitos relacionados: Acerca de comentários em apresentações na página 204 Quando é necessário trabalhar numa apresentação em colaboração, mas em alturas diferentes, os comentários permitem a existência de conversações. Os comentários ajudam-no a acompanhar o estado da revisão e as respostas de outros revisores. Tarefas relacionadas: Criar comentários em apresentações na página 205 Ao editar ou rever uma apresentação, pode criar comentários para objectos, tais como gráficos, imagens e caixas de texto num diapositivo. Todos os comentários da apresentação são apresentados na barra lateral de Comentários. Ver comentários em apresentações na página 207 Quando abre uma apresentação, a barra lateral é apresentada por predefinição e o foco está em Diapositivos. Para apresentar o painel Comentários, faça clique em Comentários. De seguida, pode visualizar todos os comentários e respostas nesta apresentação. Partilhar apresentações com pessoas ou comunidades na página 198 Pode partilhar uma apresentação com pessoas ou comunidades e definir o respectivo acesso como editores ou leitores. Pode também disponibilizar a apresentação para que todas as pessoas da organização possam ler. No IBM Docs, são disponibilizadas muitas funções de formatação. Pode alterar tipos de letra, mover objectos num diapositivo, adicionar números ou marcas ao texto, definir o esquema do diapositivo ou alterar o estilo de modelo global. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 209

214 Conceitos relacionados: Números e marcas na página 212 Os números e as marcas são frequentemente utilizados em diapositivos para exprimir ideias sobre vários pontos, tornando-as mais concisas e fáceis de compreender. Pode definir números e marcas de diferentes estilos. Acerca dos esquemas de diapositivo na página 214 Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo predefinidos às suas apresentações. É recomendável definir o esquema do diapositivo antes de definir o estilo de modelo global. Tarefas relacionadas: Seleccionar e mover objectos na página 211 Após inserir objectos numa apresentação, é muito provável que mova posteriormente as respectivas posições, de modo a tornar o esquema da apresentação mais apelativo. Adicionar números ou marcas aos diapositivos na página 213 Pode adicionar números ou marcas a itens numa lista e seleccionar a partir de vários estilos de marcas ou numeração, incluindo cores e símbolos para as marcas e decimais para os números. Definir o esquema do diapositivo na página 215 Um bom esquema pode ajudá-lo a passar a sua mensagem com maior eficácia. Pode definir o esquema para o seu diapositivo no IBM Docs. Alterar o estilo de modelo global na página 216 O IBM Docs oferece vários estilos de modelo global que pode utilizar nas suas apresentações. Alterar tipos de letra em apresentações Pode alterar o texto seleccionado numa apresentação para tipos de letra e tamanhos de tipo de letra diferentes rapidamente. Procedimento 1. Seleccione o texto para o qual pretende especificar o tipo de letra e o tamanho do tipo de letra. 2. Faça clique em Seleccionar tipo de letra na barra de ferramentas e, em seguida, seleccione o nome do tipo de letra pretendido. 3. Faça clique em Seleccionar tamanho do tipo de letra na barra de ferramentas e, em seguida, seleccione o tamanho pretendido. Nota: É apenas possível alterar o tipo de letra e o tamanho do tipo de letra no modo de edição e quando o texto está seleccionado. Objecto Os objectos referem-se a elementos que podem ser adicionados a um diapositivo, como tabelas, imagens, caixas de texto ou outros elementos. Os objectos podem enriquecer as suas apresentações em termos da qualidade da comunicação e da apresentação em si. 210 SmartCloud Docs

215 Os objectos são inerentemente independentes. Geralmente, pode arrastar para movê-los, aumentar ou diminuir o zoom e editá-los. Exemplo Sempre que realiza uma apresentação sobre relatórios financeiros, necessita de objectos como tabelas e gráficos para demonstrar activamente os números. Ao apresentar um novo design de produto, necessitará de objectos como, por exemplo, imagens ou vídeos, para mostrar este produto em várias dimensões. Tarefas relacionadas: Trabalhar com imagens em apresentações na página 225 As imagens são úteis para transmitir informações. Pode inserir imagens a partir de uma galeria, de ficheiros no seu computador ou da Internet. Pode também editar as imagens, como, por exemplo, aplicando efeitos de ampliação, arrastando a imagem para qualquer posição no diapositivo, entre outras. Inserir imagens em apresentações na página 225 Inserir imagens numa apresentação é uma boa maneira de passar informações. Seleccionar e mover objectos Após inserir objectos numa apresentação, é muito provável que mova posteriormente as respectivas posições, de modo a tornar o esquema da apresentação mais apelativo. Procedimento 1. Faça clique num diapositivo que inclua muitos objectos. 2. Seleccionar objectos. v Para seleccionar um objecto, faça clique no mesmo. v Para seleccionar vários objectos em simultâneo, prima a tecla Ctrl quando fizer clique nos objectos. 3. Mover objectos. v Arraste os objectos seleccionados para a localização pretendida. v Prima as teclas de seta no teclado para mover o objecto seleccionado para a localização que pretende. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 211

216 Conceitos relacionados: Números e marcas Os números e as marcas são frequentemente utilizados em diapositivos para exprimir ideias sobre vários pontos, tornando-as mais concisas e fáceis de compreender. Pode definir números e marcas de diferentes estilos. Acerca dos esquemas de diapositivo na página 214 Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo predefinidos às suas apresentações. É recomendável definir o esquema do diapositivo antes de definir o estilo de modelo global. Tarefas relacionadas: Formatar diapositivos na página 209 No IBM Docs, são disponibilizadas muitas funções de formatação. Pode alterar tipos de letra, mover objectos num diapositivo, adicionar números ou marcas ao texto, definir o esquema do diapositivo ou alterar o estilo de modelo global. Adicionar números ou marcas aos diapositivos na página 213 Pode adicionar números ou marcas a itens numa lista e seleccionar a partir de vários estilos de marcas ou numeração, incluindo cores e símbolos para as marcas e decimais para os números. Definir o esquema do diapositivo na página 215 Um bom esquema pode ajudá-lo a passar a sua mensagem com maior eficácia. Pode definir o esquema para o seu diapositivo no IBM Docs. Alterar o estilo de modelo global na página 216 O IBM Docs oferece vários estilos de modelo global que pode utilizar nas suas apresentações. Dispor os objectos por ordem Depois de inserir objectos no IBM Docs Presentations, poderá ser necessário dispor a ordem de empilhamento do texto e das imagens. Sobre esta tarefa Para alterar a ordem de empilhamento de um objecto seleccionado: Procedimento 1. Seleccione o objecto ao qual pretende alterar a ordem de empilhamento. 2. Faça clique em Formatar > Colocar em primeiro plano ou faça clique com o botão direito do rato no objecto seleccionado e seleccione Colocar em primeiro plano no menu contextual, o objecto seleccionado fica em primeiro plano em relação aos outros objectos. 3. Faça clique em Formatar > Colocar em segundo plano ou faça clique com o botão direito do rato no objecto seleccionado e seleccione Colocar em segundo plano no menu contextual. O objecto seleccionado fica em segundo plano em relação aos outros objectos. Números e marcas Os números e as marcas são frequentemente utilizados em diapositivos para exprimir ideias sobre vários pontos, tornando-as mais concisas e fáceis de compreender. Pode definir números e marcas de diferentes estilos. Uma marca refere-se a um ponto ou outro símbolo colocado no início de itens, numa lista. Os números referem-se aos números sequenciais que são colocados 212 SmartCloud Docs

217 antes de itens, numa lista. As marcas são utilizadas para apresentar numa lista vários pontos paralelos, enquanto que os números são utilizados para apresentar pontos em sequência. Exemplo Ao apresentar um novo produto, tem uma listas de características. Pode adicionar marcas ou números à lista de características de modo a que a sua apresentação é mais organizada e de modo a que o público possa ver os seus pontos com mais clareza. Conceitos relacionados: Acerca dos esquemas de diapositivo na página 214 Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo predefinidos às suas apresentações. É recomendável definir o esquema do diapositivo antes de definir o estilo de modelo global. Tarefas relacionadas: Formatar diapositivos na página 209 No IBM Docs, são disponibilizadas muitas funções de formatação. Pode alterar tipos de letra, mover objectos num diapositivo, adicionar números ou marcas ao texto, definir o esquema do diapositivo ou alterar o estilo de modelo global. Seleccionar e mover objectos na página 211 Após inserir objectos numa apresentação, é muito provável que mova posteriormente as respectivas posições, de modo a tornar o esquema da apresentação mais apelativo. Adicionar números ou marcas aos diapositivos Pode adicionar números ou marcas a itens numa lista e seleccionar a partir de vários estilos de marcas ou numeração, incluindo cores e símbolos para as marcas e decimais para os números. Definir o esquema do diapositivo na página 215 Um bom esquema pode ajudá-lo a passar a sua mensagem com maior eficácia. Pode definir o esquema para o seu diapositivo no IBM Docs. Alterar o estilo de modelo global na página 216 O IBM Docs oferece vários estilos de modelo global que pode utilizar nas suas apresentações. Adicionar números ou marcas aos diapositivos Pode adicionar números ou marcas a itens numa lista e seleccionar a partir de vários estilos de marcas ou numeração, incluindo cores e símbolos para as marcas e decimais para os números. Procedimento 1. Seleccione texto no diapositivo que pretende adicionar à lista. 2. Faça clique no ícone Adicionar marcas ou Alterar estilo de marcas ou no ícone Adicionar numeração ou Alterar estilo de numeração na barra de ferramentas. O estilo de marca ou numeração predefinido é aplicado aos itens da lista. 3. Para seleccionar um estilo de marca ou numeração diferente, seleccione o texto, faça clique na seta para baixo no ícone adequado e faça clique no estilo pretendido. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 213

218 Conceitos relacionados: Números e marcas na página 212 Os números e as marcas são frequentemente utilizados em diapositivos para exprimir ideias sobre vários pontos, tornando-as mais concisas e fáceis de compreender. Pode definir números e marcas de diferentes estilos. Acerca dos esquemas de diapositivo Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo predefinidos às suas apresentações. É recomendável definir o esquema do diapositivo antes de definir o estilo de modelo global. Tarefas relacionadas: Formatar diapositivos na página 209 No IBM Docs, são disponibilizadas muitas funções de formatação. Pode alterar tipos de letra, mover objectos num diapositivo, adicionar números ou marcas ao texto, definir o esquema do diapositivo ou alterar o estilo de modelo global. Seleccionar e mover objectos na página 211 Após inserir objectos numa apresentação, é muito provável que mova posteriormente as respectivas posições, de modo a tornar o esquema da apresentação mais apelativo. Definir o esquema do diapositivo na página 215 Um bom esquema pode ajudá-lo a passar a sua mensagem com maior eficácia. Pode definir o esquema para o seu diapositivo no IBM Docs. Alterar o estilo de modelo global na página 216 O IBM Docs oferece vários estilos de modelo global que pode utilizar nas suas apresentações. Acerca dos esquemas de diapositivo Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo predefinidos às suas apresentações. É recomendável definir o esquema do diapositivo antes de definir o estilo de modelo global. 214 SmartCloud Docs

219 O esquema do diapositivo refere-se à composição total dos elementos presentes num diapositivo. Geralmente, um esquema de diapositivo contém alguns marcadores de posição que são utilizados para fixar conteúdo correspondente, como texto, tabelas, imagens e outros elementos. Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo a cada diapositivo. Se não encontrar um esquema que o satisfaça entre os esquemas predefinidos, pode reorganizar o esquema actual. Exemplo Quando apresenta novos produtos, pode inserir diferentes tipos de objectos num diapositivo, como texto, imagens, tabelas ou listas. Em alternativa a organizar estes objectos manualmente, pode seleccionar a partir de esquemas predefinidos e adaptá-los às suas necessidades. Conceitos relacionados: Números e marcas na página 212 Os números e as marcas são frequentemente utilizados em diapositivos para exprimir ideias sobre vários pontos, tornando-as mais concisas e fáceis de compreender. Pode definir números e marcas de diferentes estilos. Tarefas relacionadas: Formatar diapositivos na página 209 No IBM Docs, são disponibilizadas muitas funções de formatação. Pode alterar tipos de letra, mover objectos num diapositivo, adicionar números ou marcas ao texto, definir o esquema do diapositivo ou alterar o estilo de modelo global. Seleccionar e mover objectos na página 211 Após inserir objectos numa apresentação, é muito provável que mova posteriormente as respectivas posições, de modo a tornar o esquema da apresentação mais apelativo. Adicionar números ou marcas aos diapositivos na página 213 Pode adicionar números ou marcas a itens numa lista e seleccionar a partir de vários estilos de marcas ou numeração, incluindo cores e símbolos para as marcas e decimais para os números. Definir o esquema do diapositivo Um bom esquema pode ajudá-lo a passar a sua mensagem com maior eficácia. Pode definir o esquema para o seu diapositivo no IBM Docs. Alterar o estilo de modelo global na página 216 O IBM Docs oferece vários estilos de modelo global que pode utilizar nas suas apresentações. Definir o esquema do diapositivo Um bom esquema pode ajudá-lo a passar a sua mensagem com maior eficácia. Pode definir o esquema para o seu diapositivo no IBM Docs. Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um diapositivo. 2. Pode aceder ao esquema de várias formas. v Faça clique com o botão direito no diapositivo e seleccione Esquema de diapositivo. v Faça clique em Esquema de diapositivo na barra de ferramentas. v Seleccione Esquema de diapositivo no menu Formatar. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 215

220 3. Na janela Esquema de diapositivo, seleccione um esquema e faça clique no botão para fechar. Conceitos relacionados: Números e marcas na página 212 Os números e as marcas são frequentemente utilizados em diapositivos para exprimir ideias sobre vários pontos, tornando-as mais concisas e fáceis de compreender. Pode definir números e marcas de diferentes estilos. Acerca dos esquemas de diapositivo na página 214 Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo predefinidos às suas apresentações. É recomendável definir o esquema do diapositivo antes de definir o estilo de modelo global. Tarefas relacionadas: Formatar diapositivos na página 209 No IBM Docs, são disponibilizadas muitas funções de formatação. Pode alterar tipos de letra, mover objectos num diapositivo, adicionar números ou marcas ao texto, definir o esquema do diapositivo ou alterar o estilo de modelo global. Seleccionar e mover objectos na página 211 Após inserir objectos numa apresentação, é muito provável que mova posteriormente as respectivas posições, de modo a tornar o esquema da apresentação mais apelativo. Adicionar números ou marcas aos diapositivos na página 213 Pode adicionar números ou marcas a itens numa lista e seleccionar a partir de vários estilos de marcas ou numeração, incluindo cores e símbolos para as marcas e decimais para os números. Alterar o estilo de modelo global O IBM Docs oferece vários estilos de modelo global que pode utilizar nas suas apresentações. Alterar o estilo de modelo global O IBM Docs oferece vários estilos de modelo global que pode utilizar nas suas apresentações. 216 SmartCloud Docs

221 Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um diapositivo. 2. Seleccione Formatar > Estilo de modelo global. 3. Na janela Estilos de modelo global, seleccione um modelo e faça clique no botão para fechar. O estilo seleccionado é aplicado a todos os diapositivos. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 217

222 Conceitos relacionados: Números e marcas na página 212 Os números e as marcas são frequentemente utilizados em diapositivos para exprimir ideias sobre vários pontos, tornando-as mais concisas e fáceis de compreender. Pode definir números e marcas de diferentes estilos. Acerca dos esquemas de diapositivo na página 214 Pode aplicar diferentes esquemas de diapositivo predefinidos às suas apresentações. É recomendável definir o esquema do diapositivo antes de definir o estilo de modelo global. Tarefas relacionadas: Formatar diapositivos na página 209 No IBM Docs, são disponibilizadas muitas funções de formatação. Pode alterar tipos de letra, mover objectos num diapositivo, adicionar números ou marcas ao texto, definir o esquema do diapositivo ou alterar o estilo de modelo global. Seleccionar e mover objectos na página 211 Após inserir objectos numa apresentação, é muito provável que mova posteriormente as respectivas posições, de modo a tornar o esquema da apresentação mais apelativo. Adicionar números ou marcas aos diapositivos na página 213 Pode adicionar números ou marcas a itens numa lista e seleccionar a partir de vários estilos de marcas ou numeração, incluindo cores e símbolos para as marcas e decimais para os números. Definir o esquema do diapositivo na página 215 Um bom esquema pode ajudá-lo a passar a sua mensagem com maior eficácia. Pode definir o esquema para o seu diapositivo no IBM Docs. Trabalhar com a vista normal A vista normal é particularmente útil para a edição da estrutura das suas apresentações. Pode adicionar novos diapositivos, eliminar diapositivos e movê-los para ajudar a respectiva na apresentação, como pretender. 218 SmartCloud Docs

223 Conceitos relacionados: Vista normal A vista normal corresponde à vista predefinida no IBM Docs Presentations. Todas as tarefas de edição têm início nesta vista. Tarefas relacionadas: Eliminar diapositivos na página 220 Pode eliminar diapositivos que não sejam úteis para a sua apresentação. No entanto, cada apresentação tem de ter, pelo menos, um diapositivo. Adicionar diapositivos na página 220 Pode adicionar diapositivos à sua apresentação de duas formas. Mover diapositivos na página 221 Pode mover diapositivos para organizar a sua apresentação para diferentes públicos. Duplicar diapositivos na página 222 Um diapositivo duplicado é um novo diapositivo que é exactamente idêntico ao diapositivo seleccionado, incluindo o esquema do diapositivo, o estilo de modelo global, o tipo de letra e outros elementos. Pode criar um ou mais diapositivos duplicados, consoante o número de diapositivos seleccionados. Os diapositivos duplicados são inseridos directamente após os diapositivos que seleccionou. Vista normal A vista normal corresponde à vista predefinida no IBM Docs Presentations. Todas as tarefas de edição têm início nesta vista. A vista normal é a principal vista de edição, a partir da qual pode editar e conceber a sua apresentação. Esta vista dispõe de quatro áreas de janela. Diapositivos Pode visualizar os diapositivos da sua apresentação como miniaturas. Desta forma, pode comodamente percorrer a apresentação e ver os efeitos da sua concepção e as alterações que efectuar. Pode também alterar a ordem dos diapositivos e adicionar ou eliminar diapositivos. Editor de diapositivos Pode visualizar uma vista de grandes dimensões do diapositivo actual para o ajudar na concepção do diapositivo. Pode adicionar texto e inserir imagens, tabelas, caixas de texto ou outros elementos. Comentários Pode criar comentários e respostas no painel Comentários. Editores Pode visualizar a lista de editores no painel Editores. Em novas apresentações, a vista predefinida corresponde à vista normal. Esta vista disponibiliza a forma mais fácil de conceber uma apresentação. Pode editar o diapositivo actual no editor de diapositivos e visualizar os efeitos imediatos da concepção no painel Diapositivos. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 219

224 Tarefas relacionadas: Trabalhar com a vista normal na página 218 A vista normal é particularmente útil para a edição da estrutura das suas apresentações. Pode adicionar novos diapositivos, eliminar diapositivos e movê-los para ajudar a respectiva na apresentação, como pretender. Eliminar diapositivos Pode eliminar diapositivos que não sejam úteis para a sua apresentação. No entanto, cada apresentação tem de ter, pelo menos, um diapositivo. Adicionar diapositivos Pode adicionar diapositivos à sua apresentação de duas formas. Mover diapositivos na página 221 Pode mover diapositivos para organizar a sua apresentação para diferentes públicos. Duplicar diapositivos na página 222 Um diapositivo duplicado é um novo diapositivo que é exactamente idêntico ao diapositivo seleccionado, incluindo o esquema do diapositivo, o estilo de modelo global, o tipo de letra e outros elementos. Pode criar um ou mais diapositivos duplicados, consoante o número de diapositivos seleccionados. Os diapositivos duplicados são inseridos directamente após os diapositivos que seleccionou. Eliminar diapositivos Pode eliminar diapositivos que não sejam úteis para a sua apresentação. No entanto, cada apresentação tem de ter, pelo menos, um diapositivo. Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um ou mais diapositivos. 2. Faça clique com o botão direito do rato em qualquer um dos diapositivos seleccionados e seleccione Eliminar diapositivo. Conceitos relacionados: Vista normal na página 219 A vista normal corresponde à vista predefinida no IBM Docs Presentations. Todas as tarefas de edição têm início nesta vista. Tarefas relacionadas: Trabalhar com a vista normal na página 218 A vista normal é particularmente útil para a edição da estrutura das suas apresentações. Pode adicionar novos diapositivos, eliminar diapositivos e movê-los para ajudar a respectiva na apresentação, como pretender. Adicionar diapositivos Pode adicionar diapositivos à sua apresentação de duas formas. Mover diapositivos na página 221 Pode mover diapositivos para organizar a sua apresentação para diferentes públicos. Duplicar diapositivos na página 222 Um diapositivo duplicado é um novo diapositivo que é exactamente idêntico ao diapositivo seleccionado, incluindo o esquema do diapositivo, o estilo de modelo global, o tipo de letra e outros elementos. Pode criar um ou mais diapositivos duplicados, consoante o número de diapositivos seleccionados. Os diapositivos duplicados são inseridos directamente após os diapositivos que seleccionou. Adicionar diapositivos Pode adicionar diapositivos à sua apresentação de duas formas. 220 SmartCloud Docs

225 Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um diapositivo após o qual pretende adicionar um novo. 2. Para adicionar um diapositivo: v Faça clique com o botão direito no diapositivo seleccionado e seleccione Criar diapositivo. v Seleccione Novo diapositivo no menu Inserir. Conceitos relacionados: Vista normal na página 219 A vista normal corresponde à vista predefinida no IBM Docs Presentations. Todas as tarefas de edição têm início nesta vista. Tarefas relacionadas: Trabalhar com a vista normal na página 218 A vista normal é particularmente útil para a edição da estrutura das suas apresentações. Pode adicionar novos diapositivos, eliminar diapositivos e movê-los para ajudar a respectiva na apresentação, como pretender. Eliminar diapositivos na página 220 Pode eliminar diapositivos que não sejam úteis para a sua apresentação. No entanto, cada apresentação tem de ter, pelo menos, um diapositivo. Mover diapositivos Pode mover diapositivos para organizar a sua apresentação para diferentes públicos. Duplicar diapositivos na página 222 Um diapositivo duplicado é um novo diapositivo que é exactamente idêntico ao diapositivo seleccionado, incluindo o esquema do diapositivo, o estilo de modelo global, o tipo de letra e outros elementos. Pode criar um ou mais diapositivos duplicados, consoante o número de diapositivos seleccionados. Os diapositivos duplicados são inseridos directamente após os diapositivos que seleccionou. Mover diapositivos Pode mover diapositivos para organizar a sua apresentação para diferentes públicos. Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um ou mais diapositivos. 2. Para mover os diapositivos: v Arraste os diapositivos seleccionados para a posição que pretender na apresentação. v Faça clique com o botão direito do rato nos diapositivos seleccionados e seleccione Mover para cima ou Mover para baixo. v Faça clique com o botão direito do rato em qualquer um dos diapositivos seleccionados e seleccione Cortar ou faça clique em Cortar no menu Editar. Em seguida, faça clique com o botão direito do rato no diapositivo após o qual pretende inserir os diapositivos e seleccione Colar antes ou Colar depois. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 221

226 Conceitos relacionados: Vista normal na página 219 A vista normal corresponde à vista predefinida no IBM Docs Presentations. Todas as tarefas de edição têm início nesta vista. Tarefas relacionadas: Trabalhar com a vista normal na página 218 A vista normal é particularmente útil para a edição da estrutura das suas apresentações. Pode adicionar novos diapositivos, eliminar diapositivos e movê-los para ajudar a respectiva na apresentação, como pretender. Eliminar diapositivos na página 220 Pode eliminar diapositivos que não sejam úteis para a sua apresentação. No entanto, cada apresentação tem de ter, pelo menos, um diapositivo. Adicionar diapositivos na página 220 Pode adicionar diapositivos à sua apresentação de duas formas. Duplicar diapositivos Um diapositivo duplicado é um novo diapositivo que é exactamente idêntico ao diapositivo seleccionado, incluindo o esquema do diapositivo, o estilo de modelo global, o tipo de letra e outros elementos. Pode criar um ou mais diapositivos duplicados, consoante o número de diapositivos seleccionados. Os diapositivos duplicados são inseridos directamente após os diapositivos que seleccionou. Duplicar diapositivos Um diapositivo duplicado é um novo diapositivo que é exactamente idêntico ao diapositivo seleccionado, incluindo o esquema do diapositivo, o estilo de modelo global, o tipo de letra e outros elementos. Pode criar um ou mais diapositivos duplicados, consoante o número de diapositivos seleccionados. Os diapositivos duplicados são inseridos directamente após os diapositivos que seleccionou. Sobre esta tarefa Sempre que necessita de muitos diapositivos numa apresentação que sejam cópias exactas de outro, utilize a duplicação de diapositivos. Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um ou mais diapositivos que pretende duplicar. 2. Faça clique em Inserir > Duplicar diapositivo e os diapositivos seleccionados são duplicados. 222 SmartCloud Docs

227 Conceitos relacionados: Vista normal na página 219 A vista normal corresponde à vista predefinida no IBM Docs Presentations. Todas as tarefas de edição têm início nesta vista. Tarefas relacionadas: Trabalhar com a vista normal na página 218 A vista normal é particularmente útil para a edição da estrutura das suas apresentações. Pode adicionar novos diapositivos, eliminar diapositivos e movê-los para ajudar a respectiva na apresentação, como pretender. Eliminar diapositivos na página 220 Pode eliminar diapositivos que não sejam úteis para a sua apresentação. No entanto, cada apresentação tem de ter, pelo menos, um diapositivo. Adicionar diapositivos na página 220 Pode adicionar diapositivos à sua apresentação de duas formas. Mover diapositivos na página 221 Pode mover diapositivos para organizar a sua apresentação para diferentes públicos. Verificação ortográfica em apresentações Imprimir apresentações Pode configurar o IBM Docs para efectuar a verificação ortográfica em diferentes idiomas enquanto escreve, e pode também verificar a ortografia de toda a apresentação quando a concluir. Procedimento 1. O idioma predefinido de verificação ortográfica é o Inglês (Estados Unidos). Se pretender alterar o idioma do dicionário, faça clique em Ferramentas > Dicionários de verificação ortográfica, seleccione o idioma do texto. 2. Faça clique em Ferramentas > Verificar ortografia ao escrever. É feita a verificação ortográfica de toda a apresentação e o texto com erros de ortografia ou gramática é sublinhado com linhas onduladas vermelhas. Assim, à medida que escreve novas palavras, o texto com erros de ortografia ou gramática é também sublinhado com linhas onduladas vermelhas. 3. Faça clique com o botão direito na palavra com uma linha ondulada vermelha e é apresentada uma lista de palavras sugeridas. Seleccione a palavra pretendida na lista. Se não pretender corrigir a palavra, faça clique com o botão direito do rato e seleccione Ignorar. Sugestão: Se a palavra com a linha ondulada vermelha aparecer mais do que uma vez na apresentação, pode fazer clique com o botão direito do rato e seleccionar Ignorar tudo ou Corrigir tudo. 4. Se não pretender verificar a ortografia da apresentação, faça clique em Ferramentas > Verificar ortografia ao escrever novamente para desactivar a opção. O comando Imprimir numa apresentação abre uma nova janela do navegador na qual pode seleccionar as opções do esquema. Procedimento 1. A partir de uma apresentação aberta, faça clique em Ficheiro > Imprimir. É apresentada uma janela do navegador em separado. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 223

228 2. Por predefinição, o navegador adiciona cabeçalhos e rodapés aos diapositivos impressos. Pode alterar o conteúdo ou suprimir os cabeçalhos e rodapés, seguindo os passos para o navegador em questão. Faça clique no ícone para obter passos específicos. 3. Para alterar o tamanho do papel e outras definições de papel, siga os passos do seu navegador da mesma forma que no passo Faça clique no ícone Imprimir. 5. Especifique as definições pretendidas e faça clique em OK. Tarefas relacionadas: Criar e transferir apresentações na página 191 Pode criar uma apresentação e transferir apresentações existentes a partir do seu computador para Ficheiros, para editar online com o IBM Docs. Criar apresentações na página 192 Pode criar uma apresentação na aplicação Ficheiros ou a partir do menu Ficheiro no IBM Docs. Transferir apresentações para partilhar na página 193 Pode transferir para Os meus ficheiros qualquer tipo de apresentação, desde que permitido pelo administrador. É o utilizador que controla quem pode ver, descarregar ou editar as apresentações. Exportar apresentações para outros formatos de ficheiro na página 197 Depois de editar apresentações no IBM Docs, pode exportar as apresentações para outros formatos de ficheiro, tais como.ppt e.pdf. Referências relacionadas: Formatos de ficheiro suportados em apresentações na página 195 Com o IBM Docs, pode trabalhar com vários formatos de ficheiro de apresentações. Os ficheiros abertos a partir de um formato podem ser exportados para outros formatos, tais como.odp,.ppt e.pdf. Imprimir apresentações como ficheiros PDF Pode guardar uma apresentação como ficheiro PDF, para que possa descarregar e imprimir o mesmo. Procedimento 1. A partir de uma apresentação aberta, faça clique em Ficheiro > Imprimir como PDF. 2. Especifique as opções de configuração da página pretendidas. 224 SmartCloud Docs

229 Seleccione PDF com etiquetas para gravar etiquetas de PDFs, o que aumenta o tamanho do ficheiro. Um ficheiro PDF com etiquetas contém informações sobre a estrutura do conteúdo do documento. Esta estrutura ajuda a apresentar o documento em dispositivos ao utilizar o software de leitor de ecrã. 3. Faça clique em OK. 4. Quando a mensagem O processamento está concluído for apresentada, faça clique na ligação Faça clique aqui para descarregar o ficheiro. 5. Faça clique em Abrir com e, em seguida, faça clique em OK. O ficheiro é descarregado e é aberto no Adobe Reader. A aplicação predefinida é o Adobe Reader, contudo, pode seleccionar outras aplicações para abrir o ficheiro. 6. Faça clique em File > Print no menu do Adobe Reader. 7. Seleccione as opções de impressão pretendidas e faça clique em OK. Trabalhar com imagens em apresentações As imagens são úteis para transmitir informações. Pode inserir imagens a partir de uma galeria, de ficheiros no seu computador ou da Internet. Pode também editar as imagens, como, por exemplo, aplicando efeitos de ampliação, arrastando a imagem para qualquer posição no diapositivo, entre outras. Conceitos relacionados: Objecto na página 210 Os objectos referem-se a elementos que podem ser adicionados a um diapositivo, como tabelas, imagens, caixas de texto ou outros elementos. Os objectos podem enriquecer as suas apresentações em termos da qualidade da comunicação e da apresentação em si. Tarefas relacionadas: Inserir imagens em apresentações Inserir imagens numa apresentação é uma boa maneira de passar informações. Inserir imagens em apresentações Inserir imagens numa apresentação é uma boa maneira de passar informações. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 225

230 Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um diapositivo no qual pretende inserir imagens. 2. Seleccione Imagem no menu Inserir, ou faça clique em Inserir imagem na barra de ferramentas. É apresentada a janela Adicionar uma imagem. 3. Para inserir uma imagem: v Na página Galeria de imagens, faça clique numa imagem. v Na página Imagem do ficheiro, faça clique em Pesquisar e especifique um ficheiro de imagem para transferir. 4. Faça clique em OK. Conceitos relacionados: Objecto na página 210 Os objectos referem-se a elementos que podem ser adicionados a um diapositivo, como tabelas, imagens, caixas de texto ou outros elementos. Os objectos podem enriquecer as suas apresentações em termos da qualidade da comunicação e da apresentação em si. Tarefas relacionadas: Trabalhar com imagens em apresentações na página 225 As imagens são úteis para transmitir informações. Pode inserir imagens a partir de uma galeria, de ficheiros no seu computador ou da Internet. Pode também editar as imagens, como, por exemplo, aplicando efeitos de ampliação, arrastando a imagem para qualquer posição no diapositivo, entre outras. Apresentações de diapositivos A reprodução de uma apresentação de diapositivos é o coração de qualquer apresentação. Pode modificar a sua apresentação para adicionar efeitos de apresentação de diapositivos. 226 SmartCloud Docs

231 A reprodução de uma apresentação de diapositivos ocupa a totalidade do ecrã do computador. Pode ver o aspecto que as imagens, os elementos animados e os efeitos de transição terão na apresentação efectiva. Pode utilizar as teclas de seta para controlar os diapositivos na apresentação de diapositivos. Para obter efeitos de apresentação apelativos, utilize uma apresentação de diapositivos. Ao editar apresentações, pode reproduzir a apresentação de diapositivos para visualizar o efeito real e, em seguida, modificar os diapositivos se não estiver satisfeito com o aspecto. Pode aplicar alterações ao diapositivo até estar satisfeito com os resultados. Conceitos relacionados: Transição de diapositivos na página 228 As transições de diapositivos conferem efeitos animados entre diapositivos numa apresentação. Tarefas relacionadas: Reproduzir apresentações de diapositivos Por predefinição, uma apresentação de diapositivos começa sempre com o primeiro diapositivo. O utilizador avança manualmente através dos diapositivos, até atingir o último. Pode também optar por reproduzir a apresentação de diapositivos a partir do diapositivo actual. Aplicar transições entre diapositivos na página 228 A transição de diapositivos é um efeito importante em apresentações. Pode adicionar efeitos de transição a cada diapositivo da sua apresentação. Reproduzir apresentações de diapositivos Por predefinição, uma apresentação de diapositivos começa sempre com o primeiro diapositivo. O utilizador avança manualmente através dos diapositivos, até atingir o último. Pode também optar por reproduzir a apresentação de diapositivos a partir do diapositivo actual. Sobre esta tarefa Durante as apresentações de diapositivos, prima a tecla de seta para a direita e a tecla de seta para baixo para avançar para o diapositivo seguinte e prima a tecla de seta para cima e a tecla de seta para a esquerda para regressar ao diapositivo anterior. Procedimento 1. Para reproduzir a apresentação de diapositivos: v Seleccione Reproduzir apresentação de diapositivos no menu Apresentação ou faça clique em Iniciar apresentação de diapositivos na barra de ferramentas para iniciar a apresentação de diapositivos a partir do primeiro diapositivo. v Seleccione Reproduzir a partir do diapositivo actual para iniciar a apresentação de diapositivos a partir do diapositivo actual. 2. Prima as teclas de seta para controlar a apresentação de diapositivos. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 227

232 Transição de diapositivos Conceitos relacionados: Apresentações de diapositivos na página 226 A reprodução de uma apresentação de diapositivos é o coração de qualquer apresentação. Pode modificar a sua apresentação para adicionar efeitos de apresentação de diapositivos. Transição de diapositivos As transições de diapositivos conferem efeitos animados entre diapositivos numa apresentação. Tarefas relacionadas: Aplicar transições entre diapositivos A transição de diapositivos é um efeito importante em apresentações. Pode adicionar efeitos de transição a cada diapositivo da sua apresentação. As transições de diapositivos conferem efeitos animados entre diapositivos numa apresentação. Pode aplicar o efeito animado, como o desvanecimento para negro, a cada um dos diapositivos, tal como pode aplicar um único efeito de transição a todos os efeitos na apresentação. Todos os oradores pretendem que o público se concentre nas suas apresentações. Em alternativa a utilizar a transição de diapositivo predefinida, pode adicionar alguns efeitos de animação à sua apresentação de diapositivos. Conceitos relacionados: Apresentações de diapositivos na página 226 A reprodução de uma apresentação de diapositivos é o coração de qualquer apresentação. Pode modificar a sua apresentação para adicionar efeitos de apresentação de diapositivos. Tarefas relacionadas: Reproduzir apresentações de diapositivos na página 227 Por predefinição, uma apresentação de diapositivos começa sempre com o primeiro diapositivo. O utilizador avança manualmente através dos diapositivos, até atingir o último. Pode também optar por reproduzir a apresentação de diapositivos a partir do diapositivo actual. Aplicar transições entre diapositivos A transição de diapositivos é um efeito importante em apresentações. Pode adicionar efeitos de transição a cada diapositivo da sua apresentação. Aplicar transições entre diapositivos A transição de diapositivos é um efeito importante em apresentações. Pode adicionar efeitos de transição a cada diapositivo da sua apresentação. Procedimento 1. No painel Diapositivos, seleccione um ou mais diapositivos. 2. Seleccione Aplicar transição de diapositivos no menu Apresentação. É apresentada a janela Seleccionar uma transição. Pode também fazer clique no botão Seleccionar uma transição na barra de ferramentas 228 SmartCloud Docs

233 3. Na área Seleccionar uma transição, seleccione a transição de diapositivos que pretende utilizar para os diapositivos seleccionados. 4. Se pretender aplicá-la a todos os diapositivos, faça clique em Todos os diapositivos no campo Aplicar a. Conceitos relacionados: Apresentações de diapositivos na página 226 A reprodução de uma apresentação de diapositivos é o coração de qualquer apresentação. Pode modificar a sua apresentação para adicionar efeitos de apresentação de diapositivos. Transição de diapositivos na página 228 As transições de diapositivos conferem efeitos animados entre diapositivos numa apresentação. Tarefas relacionadas: Reproduzir apresentações de diapositivos na página 227 Por predefinição, uma apresentação de diapositivos começa sempre com o primeiro diapositivo. O utilizador avança manualmente através dos diapositivos, até atingir o último. Pode também optar por reproduzir a apresentação de diapositivos a partir do diapositivo actual. Trabalhar com tabelas em apresentações Pode criar uma tabela, inserir, eliminar e redimensionar colunas. Pode definir várias propriedades para a totalidade de uma tabela ou para uma ou mais células. Criar tabelas em apresentações Ao criar tabelas em apresentações, pode utilizar a tabela predefinida ou utilizar modelos para criar tabelas complexas. Procedimento Criar tabelas predefinidas 1. Faça clique em Tabela > Criar e a janela Criar uma tabela é aberta. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 229

234 2. Na janela Criar uma tabela, introduza um valor em Número de linhas e Número de colunas. 3. Faça clique em OK. Tarefas relacionadas: Adicionar linhas e colunas em apresentações Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Mover linhas e colunas em apresentações na página 231 Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Redimensionar linhas e colunas em apresentações na página 232 Pode alterar o tamanho de uma tabela redimensionando colunas ou linhas. Alterar estilos de tabela em apresentações na página 233 Depois de criar uma tabela numa apresentação, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Definir cabeçalhos de tabelas em apresentações na página 233 Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Adicionar linhas e colunas em apresentações Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Procedimento v Para adicionar linhas: 1. Faça clique em qualquer célula da linha onde pretende adicionar uma linha. 2. Faça clique em Tabela > Linha > Inserir linha, a caixa de diálogo Inserir linha é apresentada e pode optar por inserir linhas acima ou abaixo. Sugestão: Para adicionar uma linha rapidamente, pode fazer clique em Inserir v ou mover linha na barra de ferramentas ou pode fazer clique com o botão direito do rato e seleccionar Linha > Inserir linha acima ou Inserir linha abaixo. Se a tabela tiver um cabeçalho, não é possível adicionar uma linha acima do mesmo. Para adicionar colunas: 1. Faça clique em qualquer célula da coluna onde pretende adicionar uma coluna. 2. Faça clique em Tabela > Coluna > Inserir coluna, a caixa de diálogo Inserir coluna é apresentada e pode optar por inserir as colunas antes ou depois. 230 SmartCloud Docs

235 Sugestão: Para adicionar uma coluna rapidamente, pode fazer clique em Inserir ou mover coluna na barra de ferramentas ou pode fazer clique com o botão direito do rato e seleccionar Coluna > Inserir coluna antes ou Inserir coluna depois. Se a tabela tiver um cabeçalho de coluna, não é possível adicionar uma coluna acima do mesmo. Tarefas relacionadas: Criar tabelas em apresentações na página 229 Ao criar tabelas em apresentações, pode utilizar a tabela predefinida ou utilizar modelos para criar tabelas complexas. Mover linhas e colunas em apresentações Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Redimensionar linhas e colunas em apresentações na página 232 Pode alterar o tamanho de uma tabela redimensionando colunas ou linhas. Alterar estilos de tabela em apresentações na página 233 Depois de criar uma tabela numa apresentação, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Definir cabeçalhos de tabelas em apresentações na página 233 Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Mover linhas e colunas em apresentações Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Procedimento v Para mover uma linha: 1. Faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na linha que pretende mover. 2. Seleccione Linha > Mover linha acima ou Mover linha abaixo. Sugestão: Para mover uma linha rapidamente, pode fazer clique em Inserir ou v mover linha na barra de ferramentas. Se a tabela tiver um cabeçalho de linha, não poderá mover a linha do cabeçalho para baixo ou mover a segunda linha para cima. Para mover uma coluna: 1. Faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na coluna que pretende mover. 2. Seleccione Coluna > Mover coluna antes ou Mover coluna depois. Sugestão: Para mover uma coluna antes ou depois rapidamente, pode fazer clique em Inserir ou mover coluna na barra de ferramentas. Se a tabela tiver um cabeçalho de coluna, não poderá mover a coluna do cabeçalho para depois da tabela, tal como não poderá mover a segunda coluna para antes da tabela. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 231

236 Tarefas relacionadas: Criar tabelas em apresentações na página 229 Ao criar tabelas em apresentações, pode utilizar a tabela predefinida ou utilizar modelos para criar tabelas complexas. Adicionar linhas e colunas em apresentações na página 230 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Redimensionar linhas e colunas em apresentações Pode alterar o tamanho de uma tabela redimensionando colunas ou linhas. Alterar estilos de tabela em apresentações na página 233 Depois de criar uma tabela numa apresentação, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Definir cabeçalhos de tabelas em apresentações na página 233 Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Redimensionar linhas e colunas em apresentações Pode alterar o tamanho de uma tabela redimensionando colunas ou linhas. Procedimento 1. Faça clique numa tabela e aparecem oito âncoras nos quatro cantos da tabela e no centro de cada contorno. 2. Arraste qualquer uma dessas âncoras para redimensionar a tabela, conforme necessário. Tarefas relacionadas: Criar tabelas em apresentações na página 229 Ao criar tabelas em apresentações, pode utilizar a tabela predefinida ou utilizar modelos para criar tabelas complexas. Adicionar linhas e colunas em apresentações na página 230 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Mover linhas e colunas em apresentações na página 231 Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Alterar estilos de tabela em apresentações na página 233 Depois de criar uma tabela numa apresentação, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Definir cabeçalhos de tabelas em apresentações na página 233 Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Alinhar texto em células Depois de criar uma tabela, pode alinhar o texto nas células conforme pretendido. Procedimento 1. Faça clique em quaisquer células na tabela que pretende alinhar. 2. Seleccione Tabela > Célula > Alinhar à esquerda, Alinhar ao centro ou Alinhar à direita ou pode fazer clique com o botão direito do rato nas células e seleccionar Célula > Alinhar à esquerda, Alinhar ao centro ou Alinhar à direita a partir do menu contextual. 232 SmartCloud Docs

237 Alterar estilos de tabela em apresentações Depois de criar uma tabela numa apresentação, se não gostar do estilo, pode alterar rapidamente o estilo da tabela. Procedimento 1. Faça clique na tabela. 2. Faça clique em Atribuir estilo à tabela na barra de ferramentas. É apresentado o painel Atribuir estilo à tabela. 3. Seleccione o estilo da tabela pretendido a partir da lista de estilos. Pode também fazer clique em Personalizar tabela para criar o estilo da tabela pretendido. Tarefas relacionadas: Criar tabelas em apresentações na página 229 Ao criar tabelas em apresentações, pode utilizar a tabela predefinida ou utilizar modelos para criar tabelas complexas. Adicionar linhas e colunas em apresentações na página 230 Pode adicionar linhas e colunas numa tabela. Mover linhas e colunas em apresentações na página 231 Pode mover uma linha para cima ou para baixo, tal como pode mover uma coluna antes ou depois numa tabela. Redimensionar linhas e colunas em apresentações na página 232 Pode alterar o tamanho de uma tabela redimensionando colunas ou linhas. Definir cabeçalhos de tabelas em apresentações Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Definir cabeçalhos de tabelas em apresentações Pode definir a primeira linha e a primeira coluna como cabeçalhos da tabela. Pode também remover os cabeçalhos. Procedimento v Para definir a primeira linha como o cabeçalho da tabela, faça clique com o botão direito do rato em qualquer célula na primeira linha e seleccione Linha > Utilizar linha seleccionada como cabeçalho. Capítulo 4. Trabalhar com apresentações 233

SmartCloud Docs. Versão 1.0

SmartCloud Docs. Versão 1.0 SmartCloud Docs Versão 1.0 ii SmartCloud Docs Índice Trabalhar com documentos...... 3 Criar e importar documentos......... 3 Acerca de modelos........... 3 Criar documentos a partir de modelos..... 4 Alterar

Leia mais

Índice. Navegadores suportados... 3. Funções de acessibilidade do SmartCloud Docs... 5

Índice. Navegadores suportados... 3. Funções de acessibilidade do SmartCloud Docs... 5 Docs Versão 1.0.5 ii Docs Índice Navegadores suportados....... 3 Funções de acessibilidade do SmartCloud Docs.......... 5 Glossário.............. 7 A.................. 7 B.................. 8 C..................

Leia mais

Google Apps para o Office 365 para empresas

Google Apps para o Office 365 para empresas Google Apps para o Office 365 para empresas Mude O Office 365 para empresas tem um aspeto diferente do Google Apps, por isso, ao iniciar sessão, obterá esta vista para começar. Após as primeiras semanas,

Leia mais

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud

Leia mais

Referências de tarefas de comunicação do Sametime

Referências de tarefas de comunicação do Sametime Referências de tarefas de comunicação do Sametime ii Referências de tarefas de comunicação do Sametime Índice Referências de tarefas de comunicação do Sametime............ 1 iii iv Referências de tarefas

Leia mais

Painel de Navegação Para ver o Painel de Navegação, prima CTRL+F. Pode arrastar os cabeçalhos dos documentos neste painel para reorganizá-los.

Painel de Navegação Para ver o Painel de Navegação, prima CTRL+F. Pode arrastar os cabeçalhos dos documentos neste painel para reorganizá-los. Guia de Introdução O Microsoft Word 2013 tem um aspeto diferente das versões anteriores, pelo que criámos este guia para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Migrar para o Excel 2010

Migrar para o Excel 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Excel 2010 é muito diferente do Excel 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as partes

Leia mais

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Administrador do IBMSmartCloudEngageeIBM SmartCloud Connections

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Administrador do IBMSmartCloudEngageeIBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Administrador do IBMSmartCloudEngageeIBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Administrador do IBMSmartCloudEngageeIBM SmartCloud

Leia mais

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo.

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo. Impressão em série de cartas de formulário e mailings em grande número Intercalação de correio Base de Dados em Excel Comece por planear o aspecto da sua página final - é uma carta, uma página de etiquetas

Leia mais

Para informações sobre a formação online, visite: microsoft.com/expertzone

Para informações sobre a formação online, visite: microsoft.com/expertzone 2010 Fichas de Demonstração Demonstrações de Produtos Microsoft Office 2010 Para informações sobre a formação online, visite: microsoft.com/expertzone Compatibilidade de Ficheiros Novo e melhorado para

Leia mais

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Centro de Formação da Batalha Centro de Competência Entre Mar e Serra Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Batalha Novembro de 2001 1 - Como começar com o Outlook Express Com uma

Leia mais

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Conteúdos/Temas Competências Avaliação 1.1. Conceitos Introdutórios - Conhecer os conceitos básicos: Informação Informática Tecnologias da Informação e - Conhecer

Leia mais

9º Ano. 1º Período. . Conhecer os conceitos básicos relacionados com a Tecnologias Da Informação e Comunicação (TIC);

9º Ano. 1º Período. . Conhecer os conceitos básicos relacionados com a Tecnologias Da Informação e Comunicação (TIC); 1º Período UNIDADE TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 1. Conceitos Básicos 2. Áreas de Aplicação das TIC 3. Introdução á estrutura e funcionamento de um sistema Informático 4. Decisões fundamentais

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

Workshop (mínimo de 5 inscrições)

Workshop (mínimo de 5 inscrições) Workshop (mínimo de 5 inscrições) 6 horas (2 x 3 horas) Operar, em segurança, equipamento tecnológico, usado no quotidiano. Realizar operações básicas no computador Sistema operativo gráfico Conceitos

Leia mais

OpenOffice.orgWriter

OpenOffice.orgWriter OpenOffice.orgWriter Permite criar e editar texto e objectos gráficos em cartas, relatórios, documentos e páginas da web utilizando o Writer. BARRA DE MENUS: Ficheiro Editar Ver Inserir Formatar Tabela

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011 Domine o Word 2007 1 Professor: Rafael Henriques Ano Lectivo 2010/2011 Sumário Introdução aos Processadores de texto; Microsoft Word 2007 O ambiente de trabalho O Friso Os Tabuladores do Word 2007; Realização

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Office Web Apps para Professores Passo-a-passo

Office Web Apps para Professores Passo-a-passo Office Web Apps para Professores Passo-a-passo Usar o Office Web Apps no Windows Live Para usar o Office Web Apps no Windows Live precisa de ter uma conta Microsoft, Windows Live ou Office 365 um endereço

Leia mais

Guia de Depósito Teses

Guia de Depósito Teses Guia de Depósito Teses Descreva o documento que está a depositar Página 1 Se seleccionar todas as opções nesta página, visualizará um formulário diferente, modificado com o intuito de capturar informações

Leia mais

ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas

ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas ESCOLA: Dr. Solano de Abreu DISCIPLINA:TIC ANO: 1 ANO 2013/2014 CONTEÚDOS Conceitos básicos Informática

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Manual do Utilizador Publicado: 2014-01-09 SWD-20140109134740230 Conteúdos 1 Como começar... 7 Acerca dos planos de serviço de mensagens para o BlackBerry Internet

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR PROFESSOR(A)

MANUAL DO UTILIZADOR PROFESSOR(A) PROFESSOR(A) INTRODUÇÃO Caro(a) professor(a), Obrigado por descarregar este manual do utilizador do Ephorus. Em caso de dúvidas, por favor contacte o utilizador principal do Ephorus no seu estabelecimento

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Microsoft Word Folha

Leia mais

Índice. Navegadores Suportados... 3. Recursos de Acessibilidade do SmartCloud Docs... 5

Índice. Navegadores Suportados... 3. Recursos de Acessibilidade do SmartCloud Docs... 5 Docs Versão 1.0.5 ii Docs Índice Navegadores Suportados....... 3 Recursos de Acessibilidade do SmartCloud Docs.......... 5 Glossário.............. 7 A.................. 7 B.................. 8 C..................

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft PowerPoint 2010 Colecção: Software

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais

SECUNDÁRIA DE CAMARATE DIGIT@L. Plataforma Office 365. Alojamento de ficheiros - OneDrive para Empresas

SECUNDÁRIA DE CAMARATE DIGIT@L. Plataforma Office 365. Alojamento de ficheiros - OneDrive para Empresas SECUNDÁRIA DE CAMARATE DIGIT@L Plataforma Office 365 Alojamento de ficheiros - OneDrive para Empresas Conteúdo Nota prévia... 2 Alojamento de ficheiros o OneDrive para Empresas... 2 Funcionalidades do

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Actividades de exploração Objectivo Explorar as funcionalidades essenciais do Programa, na perspectiva da construção/actualização

Leia mais

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar a iniciação ao OneNote 1 O MICROSOFT OFFICE ONENOTE 2003 OPTIMIZA A PRODUTIVIDADE AO PERMITIR QUE OS UTILIZADORES CAPTEM, ORGANIZEM

Leia mais

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento Configurar o Word FIGURA 1.26 Serviços ligados 1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento O Microsoft Office 2013 apenas tem disponíveis ligações a serviços de armazenamento proprietários da Microsoft.

Leia mais

Folha de cálculo. Excel. Agrupamento de Escolas de Amares

Folha de cálculo. Excel. Agrupamento de Escolas de Amares Folha de cálculo Excel Agrupamento de Escolas de Amares Índice 1. Funcionalidades básicas... 3 1.1. Iniciar o Excel... 3 1.2. Criar um livro novo... 3 1.3. Abrir um livro existente... 3 1.4. Inserir uma

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt * O leitor consente, de forma expressa, a incorporação e o tratamento dos seus dados nos ficheiros automatizados da responsabilidade do Centro Atlântico, para os fins comerciais e operativos do mesmo.

Leia mais

Competências Básicas em Informática

Competências Básicas em Informática Competências Básicas em Informática DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h00

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Guião Páginas WWW com o editor do Microsoft Office Word 2003 1. Introdução. 2. Abrir uma página Web. 3. Guardar

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade Planificações 2012/2013 Tecnologias da Informação e Comunicação C E F Apoio à Família e à Comunidade 2ºAno Escola Básica Integrada de Pedome Grupo Disciplinar de Informática Planificação a Longo Prazo

Leia mais

Guia do Signatário SAP DocuSign

Guia do Signatário SAP DocuSign Guia do Signatário SAP DocuSign Índice 1. Guia do Signatário SAP DocuSign... 2 2. Receber uma notificação por e-mail... 2 3. Assinar o documento... 3 4. Outras opções... 4 4.1 Terminar mais tarde... 4

Leia mais

Guia rápido do utilizador

Guia rápido do utilizador Guia rápido do utilizador Índice Relatório de roubo 3 Criar um novo relatório de roubo 4 Fornecer detalhes do relatório de roubo Secção 1. Especificar o computador 5 Fornecer detalhes do relatório de roubo

Leia mais

Manual do Utilizador de Software

Manual do Utilizador de Software Manual do Utilizador de Software QL-500 QL-650TD QL-550 QL-1050/1050N 1 Índice Índice....................................................................................... 2.................................................................................

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Conceitos Sistema da informação e comunicação N.º de Aulas

Conceitos Sistema da informação e comunicação N.º de Aulas PLANIFICAÇÃO AGRUPAMENTO ANUAL - DE TECNOLOGIAS ANO ESCOLAS LECTIVO DR. VIEIRA DE CARVALHO 9º ANO 2008/2009 DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Tecnologias 1º Período Conceitos Sistema da informação e comunicação

Leia mais

Manual. Formações Modulares Certificadas. A Relha Cooperativa de Serviços CRL. Formador/a: Ricardo Cabral. Data: 05/2013. N.

Manual. Formações Modulares Certificadas. A Relha Cooperativa de Serviços CRL. Formador/a: Ricardo Cabral. Data: 05/2013. N. Manual Formador/a: Ricardo Cabral Data: 05/2013 Formações Modulares Certificadas Área de Formação: Ciências Informáticas UFCD: 0755 Funcionalidades Avançadas N.º Horas: 25 A Relha Cooperativa de Serviços

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Excel 2010 Colecção: Software

Leia mais

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Sumário Access 2010... 2 Excel Core 2010... 3 Excel Expert 2010... 4 Outlook 2010... 5 PowerPoint 2010... 8 Word Core 2010... 9 Word Expert 2010... 10 Access 2010 1. Gerenciando

Leia mais

Guia de Rede MediCap USB300

Guia de Rede MediCap USB300 Guia de Rede MediCap USB300 Aplica-se às versões de firmware 110701 e mais recentes 1 Introdução... 2 Instruções Preliminares... 2 Como Configurar o Acesso Através da Rede ao Disco Rígido do USB300...

Leia mais

Manual do Utilizador. PowerPoint 2013. Carlos Diniz

Manual do Utilizador. PowerPoint 2013. Carlos Diniz Manual do Utilizador PowerPoint 2013 Carlos Diniz Índice 1. Acerca do PowerPoint 2013... 3 1.1. Principais caraterísticas do PowerPoint 2013... 3 2. Trabalhar no interface do PowerPoint 2013... 3 2.1.

Leia mais

Microsoft Office FrontPage 2003

Microsoft Office FrontPage 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office FrontPage 2003 1 Microsoft Office FrontPage 2003 O Microsoft

Leia mais

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Versão G POR Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado o seguinte ícone: As Notas indicam o que fazer perante

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO E-MAIL 12-2008 EQUIPA TIC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO E-MAIL 12-2008 EQUIPA TIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO E-MAIL 12-2008 EQUIPA TIC OPÇÕES DE ACESSO Passo 1 Abrir o browser (Internet Explorer, Firefox ou outro) e escrever na barra de endereços mail.esmcastilho.pt ou email.esmcastilho.pt.

Leia mais

Folha de Cálculo (Excel)

Folha de Cálculo (Excel) Tecnologias de Informação e Comunicação Folha de Cálculo (Excel) Professor: Rafael Vieira. 1. Introdução à folha de cálculo o nome folha de cálculo atribuído a este tipo de programas, deve-se, principalmente,

Leia mais

Introdução à aplicação Web

Introdução à aplicação Web Introdução à aplicação Web A aplicação Web SanDisk +Cloud é uma interface com base na Web para aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta. Com a aplicação Web poderá reproduzir música, ver filmes, ver

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

ESCOLA S/3 ARQ. OLIVEIRA FERREIRA PLANIFICAÇÃO DE UNIDADE. 2 Processamento de Texto

ESCOLA S/3 ARQ. OLIVEIRA FERREIRA PLANIFICAÇÃO DE UNIDADE. 2 Processamento de Texto ESCOLA S/3 ARQ. OLIVEIRA FERREIRA DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS SUBDEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA 9º ANO DO ENSINO BÁSICO 2008/2009 DISCIPLINA: TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PLANIFICAÇÃO

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Word 2010 Colecção: Software

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Para saber mais sobre Correio electrónico 1. Dicas para melhor gerir e organizar o Correio Electrónico utilizando o Outlook Express Criar Pastas Escrever

Leia mais

Referências sobre tarefas de reuniões do Sametime

Referências sobre tarefas de reuniões do Sametime Referências sobre tarefas de reuniões do Sametime ii Referências sobre tarefas de reuniões do Sametime Índice Referências sobre tarefas de reuniões do Sametime............ 1 iii i Referências sobre tarefas

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido Microsoft PowerPoint 2013 apresenta uma aparência diferente das versões anteriores; desse modo, criamos este guia para ajudá-lo a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais

Guia de Introdução. Obtenha ajuda Clique no ponto de interrogação para encontrar conteúdos de ajuda.

Guia de Introdução. Obtenha ajuda Clique no ponto de interrogação para encontrar conteúdos de ajuda. Guia de Introdução O Microsoft Access 2013 tem uma aparência diferente das versões anteriores, pelo que criámos este guia para o orientar na aprendizagem. Altere o tamanho do ecrã ou feche uma base de

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São João da Pesqueira Planificação Anual de 120 Tempos de 50m Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação PIEF

Agrupamento de Escolas de São João da Pesqueira Planificação Anual de 120 Tempos de 50m Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação PIEF 1º Período 1.Internet 2.Correio Electrónico Calen dariza ção - -Reconhecer os principais serviços básicos; - Indicar as funcionalidades do correio electrónico (e-mail); - Obter documentos a partir da -

Leia mais

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo O Excel é uma folha de cálculo capaz de guardar dados, executar cálculos e gerar gráficos. Introdução à Folha de Cálculo Uma folha de cálculo, por exemplo o Excel, permite

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT

MICROSOFT POWERPOINT MICROSOFT POWERPOINT CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES. O QUE É O POWERPOINT? O Microsoft PowerPoint é uma aplicação que permite a criação de slides de ecrã, com cores, imagens, e objectos de outras aplicações,

Leia mais

3.º e 4.º Anos de Escolaridade Competências Conteúdos Sugestões metodológicas Articulações

3.º e 4.º Anos de Escolaridade Competências Conteúdos Sugestões metodológicas Articulações Introdução ao Ambiente de Trabalho 3.º e 4.º Anos de Escolaridade Distinguir hardware de software; Identificar os principais componentes físicos de um computador e as suas funções; Reconhecer os principais

Leia mais

Novo Order Manager para o Software NobelProcera

Novo Order Manager para o Software NobelProcera Novo Order Manager para o Software NobelProcera Guia Rápido Versão 1 O novo Order Manager facilita mais os processos e procedimentos envolvidos nas encomendas através do sistema NobelProcera. Isto inclui

Leia mais

Explorar os comandos no friso Cada friso tem grupos e cada grupo tem um conjunto de comandos relacionados.

Explorar os comandos no friso Cada friso tem grupos e cada grupo tem um conjunto de comandos relacionados. Guia de Introdução O Microsoft Project 2013 tem um aspeto diferente das versões anteriores, pelo que criámos este guia para o ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Barra de Ferramentas de Acesso

Leia mais

BEMVINDO AO ONLINE SHIPPING MANUAL

BEMVINDO AO ONLINE SHIPPING MANUAL Online Shipping BEMVINDO AO ONLINE SHIPPING MANUAL EM VIAGEM OU NO ESCRITÓRIO, O ONLINE SHIPPING LEVA-O LÁ. É ideal para empresas com um pequeno volume de envios, secretariados, receções, viajantes frequentes

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

ENDNOTE WEB QUICK REFERENCE GUIDE

ENDNOTE WEB QUICK REFERENCE GUIDE QUICK REFERENCE GUIDE ENDNOTE WEB Powered by THOMSON REUTERS Web of Knowledge SM O QUE É O ENDNOTE WEB? O EndNote Web é um programa de gestão de referências baseado na Web, concebido para otimizar o processo

Leia mais

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage.

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage. Objectivos: Identificar os elementos do Ambiente de trabalho do Microsoft FrontPage Criar um website Fechar um website Abrir um website Modos de visualização de um website Criar, eliminar, abrir e fechar

Leia mais

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical Word II Título: Iniciação ao WORD 2003. Nível: 1 Duração: 2 Tempos Objectivo: Iniciar o estudo da aplicação Microsoft Office Word. Dar a conhecer algumas ferramentas do Microsoft Office Word. Microsoft

Leia mais

Guia "Web Connect" Versão 0 POR

Guia Web Connect Versão 0 POR Guia "Web Connect" Versão 0 POR Modelos aplicáveis Este Manual do Utilizador aplica-se aos seguintes modelos: ADS-2500W e ADS-2600W Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Plano de Aula - Word 2010 Avançado - cód.5546 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Word 2010 Avançado - cód.5546 24 Horas/Aula Plano de Aula - Word 2010 Avançado - cód.5546 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução aos Recursos Avançados do Word Aula 2 Capítulo 2 - Salvar e Proteger Documentos Aula 3 Capítulo 3 - Formatar Textos

Leia mais

Utilizar o Office 365 no Windows Phone

Utilizar o Office 365 no Windows Phone Utilizar o Office 365 no Windows Phone Guia de Introdução Verificar e-mail Configure o seu Windows Phone para enviar e receber correio da sua conta do Office 365. Consultar o seu calendário, esteja onde

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 Domínios de referência Competências Conteúdos Calendarização Conceitos Essenciais e

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Windows Live Movie Maker

Windows Live Movie Maker Windows Live Movie Maker Passo-a-passo para Professores Criar um filme com o Windows Live Movie Maker Descarregue o programa 1. Visite o site http://explore.live.com/windows-live-movie-maker e descarregue

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação 9º ANO. Escola Básica José Afonso. Professora Marta Caseirito

Tecnologias da Informação e Comunicação 9º ANO. Escola Básica José Afonso. Professora Marta Caseirito Tecnologias da Informação e Comunicação 9º ANO Escola Básica José Afonso Professora Marta Caseirito Grupo 1 1. As questões seguintes são de escolha múltipla. Nas afirmações seguintes assinale com X aquela

Leia mais

Perguntas frequentes. Gravador Philips para iphone

Perguntas frequentes. Gravador Philips para iphone Perguntas frequentes Gravador Philips para iphone Índice O que é necessário para criar um sistema de ditado profissional? 3 1. Software do servidor Web 2. Servidor Philips SpeechExec Mobile 3. Aplicação

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

FICHEIROS COM EXEMPLOS

FICHEIROS COM EXEMPLOS FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos fichei Reservados todos os direitos por Centro Atlântico,

Leia mais

Manual de iniciação rápida. ActivEngage

Manual de iniciação rápida. ActivEngage Manual de iniciação rápida Manual de iniciação rápida Manual de iniciação rápida Quais as novidades? 2 Registo 4 Votação 9 Resultados da votação 16 Mais informações 17 TP1780-PT Edição 2 2010 Promethean

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

Lista de todos os comandos do Word 2010

Lista de todos os comandos do Word 2010 Lista de todos os comandos do Word 2010 Nome de comando Modificadores Tecla Abrir Ctrl+ A Abrir Ctrl+ F12 Abrir Alt+Ctrl+ F2 Activar/Desactivar a Apresentação de Campos Shift+ F9 Activar/Desactivar Equação

Leia mais