Descrição. Referências. Beneficio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Descrição. Referências. Beneficio"

Transcrição

1 Aço Plano. Aço; metal; chapas de aço; chapas metálicas; bobinas de aço; folhas de aço; metalurgia; siderurgia; Portaria SET 716/01; Resolução SEFAZ 764/14. Resolução SEF Diferimento Açúcar; Etanol. Açúcar; cana-de-açúcar; etanol; álcool; biocombustível; combustível; setor sucroalcooleiro; energia renovável; usinas de açúcar; usinas de álcool; Tratamento Tributário Especial para a produção de etanol e açúcar no Estado do Rio de Janeiro. Decreto Diferimento Açúcar; Etanol. Açúcar; cana-de-açúcar; etanol; álcool; biocombustível; combustível; setor sucroalcooleiro; energia renovável; usinas de açúcar; usinas de álcool; Tratamento Tributário Especial para a produção de etanol e açúcar no Estado do Rio de Janeiro. Decreto Tributação sobre saída Adesivo hidroxilado produzido com material resultante da moagem ou trituração de garrafa PET. Adesivo hidroxilado; garrafa PET; adesivo plástico; reutilização de garrafas PET; reciclagem de garrafas PET; Resolução SER 48/03; Resolução SER 48/2003; Resolução SER 48. Convênio ICMS Crédito Presumido Aeronave. Aeronaves; aviões; aviação civil; aviação militar; empresas aéreas; indústria aeronáutica; monomotores; bimotores; multimotores; turboélices; turbojatos; helicópteros; planadores; motoplanadores; pára-quedas giratórios; simuladores de vôo; catapultas; Ministério da Aeronáutica; Ministério da Defesa; Ato COTEPE/ICMS 03/2004; Ato COTEPE/ICMS 61/2005; Ato COTEPE/ICMS 17/2009; Ato COTEPE/ICMS 07/2010; Ato COTEPE/ICMS 16/2011; Ato COTEPE/ICMS 17/2012; Ato COTEPE/ICMS 17/2013. Convênio ICMS Agroindústria São João S.A. Agroindústria São João S.A.; Programa de fomento para o setor de Agronegócio e da Agricultura Familiar Fluminense; Lei 4.177/2003. Decreto Diferimento

2 Água Canalizada. Água canalizada; canalização de água; canais para abastecimento de água; canos para abastecimento de água; adequação dos cursos d água; tratamento da água; Resolução SEF 2.649/1995; Resolução SEF 2.679/1996; Resolução SEFCON 3.525/1999; Decreto /2004. Convênio ICMS Aids - produtos usados no tratamento. AIDS; medicamentos para tratamento dos portadores do vírus da AIDS; fármacos para tratamento da AIDS; produtos para tratamento da AIDS; Convênio ICMS 32/04; Convênio ICMS 64/05; Convênio ICMS 121/06; Convênio ICMS 80/08; Convênio ICMS 137/08; Convênio ICMS 75/10; Convênio ICMS 84/10; Convênio ICMS 150/10; Convênio ICMS 130/11. Convênio ICMS Isenção Alcântara Cyclone Space. Tratado Binacional Brasil-Ucrânia; Alcântara Cyclone Space; ACS; Centro de Lançamento de Alcântara; Alcântara-MA; Sítio de Lançamento Espacial do Cyclone-4; Tratado de Cooperação de Longo Prazo na Utilização do Veículo de Lançamentos Cyclone-4; sede da ACS em Brasília-DF; depósito de combustíveis; centro de rastreamento; posto de comando; estação de medições; estação meteorológica; Ajuste SINIEF 10/12. Convênio ICMS Isenção Alcântara Cyclone Space. Tratado Binacional Brasil-Ucrânia; Alcântara Cyclone Space; ACS; Centro de Lançamento de Alcântara; Alcântara-MA; Sítio de Lançamento Espacial do Cyclone-4; Tratado de Cooperação de Longo Prazo na Utilização do Veículo de Lançamentos Cyclone-4; sede da ACS em Brasília-DF; depósito de combustíveis; centro de rastreamento; posto de comando; estação de medições; estação meteorológica; Ajuste SINIEF 10/12. Convênio ICMS Álcool etílico anidro combustível (AEAC); Biodiesel (B100). Álcool etílico anidro combustível; AEAC; Biodiesel; B100; Álcool etílico hidratado combustível; AEHC; combustíveis; lubrificantes; gasolina; querosene; óleo combustível; óleo lubrificante; óleo diesel; petróleo; minerais betuminosos; gás; fluido para freios hidráulicos; aditivos; Decreto /00, Livro IV, Título III, art. 19; Decreto /00, Livro IV, Título III; Decreto /00, Livro IV; Decreto /06; Decreto /12. Convênio ICMS Diferimento

3 Álcool etílico anidro combustível (AEAC) e Álcool etílico hidratado combustível (AEHC). Álcool etílico hidratado combustível; AEHC; Álcool etílico anidro combustível; AEAC; combustível; biocombustível; Resolução 131/2004. Decreto Álcool etílico hidratado combustível (AEHC); Álcool etílico anidro combustível (AEAC). Álcool etílico hidratado combustível; AEHC; Álcool etílico anidro combustível; AEAC; combustível; biocombustível; Decreto /04; Resolução SER 131/04. Decreto /00, Livro IV, Título X, Art Alóes Pirai Indústria e Comércio Ltda. Alóes Pirai Indústria e Comércio Ltda; Programa de Fomento e Incremento à Movimentação de Cargas pelos Portos e Aeroportos Fluminenses; RIOPORTOS; Lei 4.184/2003; Lei 4.184/03. Decreto Diferimento Alóes Pirai Indústria e Comércio Ltda. Alóes Pirai Indústria e Comércio Ltda; Programa de Fomento e Incremento à Movimentação de Cargas pelos Portos e Aeroportos Fluminenses; RIOPORTOS; Lei 4.184/2003; Lei 4.184/03. Decreto Diferimento AMBEV S/A. AMBEV S/A. Decreto Diferimento Amostra Grátis. Amostra grátis; distribuição gratuita. Convênio ICMS Isenção Areia, lavada ou não. Areia; Convênio ICMS 99/2013; Resolução SEFAZ 695/2013. Convênio ICMS Arrendamento mercantil. Arrendamento mercantil; bem arrendado; arrendatário; empresa arrendadora; Resolução SEF 2.983/1998; Resolução SEF 2.983/98. Convênio ICMS Isenção Arrendamento mercantil. Arrendamento mercantil; bem arrendado; arrendatário; empresa arrendadora; Resolução SEF 2.983/1998; Resolução SEF 2.983/98. Convênio ICMS Repasse do Crédito Fiscal

4 Artefato de joalharia. Artefato de joalharia; jóias; joalharia; joalheria; Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Setor de Jóias do Estado do Rio de Janeiro; Rio Vale Ouro; Decreto /2003; Decreto /2008. Decreto Artefato de joalharia. Artefato de joalharia; jóias; joalharia; joalheria; Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Setor de Jóias do Estado do Rio de Janeiro; Rio Vale Ouro; Decreto /2001. Decreto Crédito Presumido Artesanato. Artesanato típico; artesanato regional; produtos típicos ; artesão; Decreto 944/1976; Decreto 944/76. Convênio ICM Isenção Artesanato regional típico. Artesanato típico; artesanato regional; produtos típicos; artesão; PRODARJ; Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato; Casa do Artesanato. Decreto Isenção Artesanato regional típico. Artesanato típico; artesanato regional; produtos típicos; artesão; PRODARJ; Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato; Casa do Artesanato. Decreto Diferimento Artigos e aparelhos ortopédicos e para fraturas. Deficiência física; ; cadeira de rodas; ; ; ; próteses articulares; ; ; ; aparelhos ortopédicos; ; aparelhos para fraturas; ; ; ; próteses modulares; membros superiores; membros inferiores; ; ; surdos; ; ; Convênio ICMS Artigos e aparelhos ortopédicos e para fraturas. Deficiência física; ; cadeira de rodas; ; ; ; próteses articulares; ; ; ; aparelhos ortopédicos; ; aparelhos para fraturas; ; ; ; próteses modulares; membros superiores; membros inferiores; ; ; surdos; ; ; Convênio ICMS Isenção Associação Saúde Criança Renascer. Assistência de saúde; assistência médica; Plano de Ação familiar (PAF); Resolução SEFAZ 159/2008; Resolução SEFAZ 159/08; Convênio 25/2013. Convênio ICMS Isenção

5 ATAR do Brasil Defensivos Agrícolas Ltda. ATAR do Brasil Defensivos Agrícolas Ltda; Defensivos Agrícolas ; Pesticidas. Decreto Diferimento Autopropulsores fabricados no Estado do Rio de Janeiro. Autopropulsores; veículos para vias férreas; trem; veículos para vias terrestres; reboque; carroçarias para veículos; vagões; furgões para bagagens; contenedores; conteineres; borracha vulcanizada; guarnições de ficção; motores; bombas; turbo alimentadores de ar; centrifugadores; vidros de segurança; espelhos retrovisores; cilindros pneumáticos; árvores de transmissão e virabrequins; volantes; limpadores pára-brisa; chassis com motor; tacômetros; faróis e projetores; turbo alimentadores de ar; ar condicionado; caçambas; máquinas e aparelhos de uso agrícola; válvulas redutoras de pressão; aparelhos e dispositivos elétricos; aparelhos de iluminação ou sinalização; aparelhos de sinalização acústica; aparelhos receptores de radiofusão; faróis e projetores. Decreto Diferimento Autopropulsores fabricados no Estado do Rio de Janeiro. Autopropulsores; veículos para vias férreas; trem; veículos para vias terrestres; reboque; carroçarias para veículos; vagões; furgões para bagagens; contenedores; conteineres; borracha vulcanizada; guarnições de ficção; motores; bombas; turbo alimentadores de ar; centrifugadores; vidros de segurança; espelhos retrovisores; cilindros pneumáticos; árvores de transmissão e virabrequins; volantes; limpadores pára-brisa; chassis com motor; tacômetros; faróis e projetores; turbo alimentadores de ar; ar condicionado; caçambas; máquinas e aparelhos de uso agrícola; válvulas redutoras de pressão; aparelhos e dispositivos elétricos; aparelhos de iluminação ou sinalização; aparelhos de sinalização acústica; aparelhos receptores de radiofusão; faróis e projetores. Decreto Bebida alcoólica, exceto cerveja, chope e aguardente de cana e de melaço; perfume e cosmético; cigarro, charuto, cigarrilha, fumo e artigo correlato; embarcação de esporte e de recreio. Bebida alcoólica, exceto cerveja, chope e aguardente de cana e de melaço; perfume; cosmético; cigarro; charuto; cigarrilha; fumo; embarcação de esporte; embarcação de recreio; embarcações; Resolução SEF 2.940/1998. Convênio ICMS

6 Bebida alcoólica, exceto cerveja, chope e aguardente de cana e de melaço; perfume e cosmético; cigarro, charuto, cigarrilha, fumo e artigo correlato; embarcação de esporte e de recreio. Bebida alcoólica, exceto cerveja, chope e aguardente de cana e de melaço; cigarro; charuto; cigarrilha; fumo; perfume e cosmético; embarcação de esporte; embarcação de recreio; embarcações. Decreto Bebida alcoólica industrializada no Estado do Rio de Janeiro, exceto cerveja e chope. Bebida alcoólica industrializada no Estado do Rio de Janeiro, exceto cerveja e chope; bebida alcoólica industrializada; bebida alcoólica. Decreto Crédito Presumido Bens de ativo fixo. Bens integrados ao ativo imobilizado; moldes; matrizes; gabaritos; padrões; chapelonas; modelos; estampas. Convênio ICMS Suspensão Bens de ativo fixo. Bens integrados ao ativo imobilizado; moldes; matrizes; gabaritos; padrões; chapelonas; modelos; estampos. Convênio ICMS Isenção Bens de ativo fixo - empresa produtora de petróleo e de gás natural. Bens integrantes do ativo fixo; atividades de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e de gás natural; petróleo; gás natural; Portaria ST 492/2008. Decreto Suspensão Bens de ativo fixo ou de uso ou consumo - empresa prestadora de serviço de transporte aéreo. Bens de ativo fixo; bens de uso e consumo; empresas prestadoras de serviços de transporte aéreo. Convênio ICMS Isenção Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos: 32, 39 (exceto embalagens plásticas utilizadas para o envase de lubrificantes) 44, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85 e 87; subitens: , e da NCM - empresas industriais. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; Resolução SER 201/2005. Decreto Diferimento

7 Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos: 32, 39 (exceto embalagens plásticas utilizadas para o envase de lubrificantes) 44, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85 e 87; subitens: , e da NCM - empresas industriais. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; Resolução SER 201/2005. Decreto Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos: 32, 39 (exceto embalagens plásticas utilizadas para o envase de lubrificantes) 44, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85 e 87; subitens: , e da NCM - empresas industriais. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; Resolução SER 201/2005. Decreto Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos: 32, 39 (exceto embalagens plásticas utilizadas para o envase de lubrificantes) 44, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85 e 87; subitens: , e da NCM - empresas industriais. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; Resolução SER 201/2005. Decreto Crédito Presumido Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos 32, 39, 44, 55, 56, 57, 63, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85, 87, 90 e 94 da NCM - empresas industriais, comerciais atacadistas e centrais de distribuição. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos comerciais atacadistas do setor de bens de capital e de consumo durável; centrais de distribuição do setor de bens de capital e de consumo durável. Decreto Crédito Presumido Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos 32, 39, 44, 55, 56, 57, 63, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85, 87, 90 e 94 da NCM - empresas industriais, comerciais atacadistas e centrais de distribuição. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos comerciais atacadistas do setor de bens de capital e de consumo durável; centrais de distribuição do setor de bens de capital e de consumo durável. Decreto

8 Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos 32, 39, 44, 55, 56, 57, 63, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85, 87, 90 e 94 da NCM - empresas industriais, comerciais atacadistas e centrais de distribuição. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos comerciais atacadistas do setor de bens de capital e de consumo durável; centrais de distribuição do setor de bens de capital e de consumo durável. Decreto Bens de capital e de consumo durável classificados nos capítulos 32, 39, 44, 55, 56, 57, 63, 68, 69, 73, 76, 83, 84, 85, 87, 90 e 94 da NCM - empresas industriais, comerciais atacadistas e centrais de distribuição. Empresas do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos industriais do setor de bens de capital e de consumo durável; estabelecimentos comerciais atacadistas do setor de bens de capital e de consumo durável; centrais de distribuição do setor de bens de capital e de consumo durável. Decreto Crédito Presumido Bens de consumo duráveis, de uso doméstico, relacionados nos capítulos 84 e 85 da NCM. Operações de saída com produtos de bens de consumo duráveis, de uso doméstico, relacionados nos capítulos 84 e 85 da NCM. Decreto Crédito Presumido Bens destinados à manutenção do Gasoduto Brasil-Bolívia. Gasoduto Brasil-Bolívia; Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia Brasil (TBG). Convênio ICMS Isenção Bens destinados à manutenção do Gasoduto Brasil-Bolívia. Gasoduto Brasil-Bolívia; Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia Brasil (TBG). Convênio ICMS Bens destinados ao ativo fixo ou imobilizado de estabelecimentos industriais e agropecuários. Bens destinados ao ativo fixo; estabelecimentos industriais; estabelecimentos agropecuários; Resolução SEEF 2.355/1993; Resolução SEF 6.498/2002. Convênio ICMS Isenção Bens, Mercadorias e Serviços - Aquisição por Órgãos da Administração Pública Estadual Direta e suas Fundações e Autarquias. Bens, mercadorias e serviços para Administração Pública; bens mercadorias e serviços para Órgãos Públicos; bens, mercadorias e serviços para Autarquias; bens, mercadorias e serviços para Fundações; Resolução SER 47/2003; Resolução SER 47/03. Convênio ICMS Bens, Mercadorias e Serviços - Aquisição por Órgãos da Administração Pública Estadual Direta e suas Fundações e Autarquias. Bens, mercadorias e serviços para Administração Pública; bens mercadorias e serviços para Órgãos Públicos; bens, mercadorias e serviços para Autarquias; bens, mercadorias e serviços para Fundações; Resolução SER 47/2003; Resolução SER 47/03. Convênio ICMS Isenção

9 Bens, Mercadorias e Serviços - Aquisição por Órgãos da Administração Pública Estadual Direta e suas Fundações e Autarquias. Bens, mercadorias e serviços para Administração Pública; bens mercadorias e serviços para Órgãos Públicos; bens, mercadorias e serviços para Autarquias; bens, mercadorias e serviços para Fundações; Resolução SER 47/2003; Resolução SER 47/03. Convênio ICMS Repasse do Crédito Fiscal Bens, Mercadorias e Serviços - Aquisição por Órgãos da Administração Pública Estadual Direta e suas Fundações e Autarquias. Bens, mercadorias e serviços para Administração Pública; bens mercadorias e serviços para Órgãos Públicos; bens, mercadorias e serviços para Autarquias; bens, mercadorias e serviços para Fundações; Resolução SEFAZ 274/2010; Resolução SEFAZ 274/10. Convênio ICMS Bens, Mercadorias e Serviços - Aquisição por Órgãos da Administração Pública Estadual Direta e suas Fundações e Autarquias. Bens, mercadorias e serviços para Administração Pública; bens mercadorias e serviços para Órgãos Públicos; bens, mercadorias e serviços para Autarquias; bens, mercadorias e serviços para Fundações; Resolução SEFAZ 274/2010; Resolução SEFAZ 274/10. Convênio ICMS Bicicletas Elétricas e Motocicletas Elétricas. Bicicletas Elétricas e Motocicletas Elétricas. Bicicletas elétricas; motocicletas elétricas; comércio atacadista de peças para bicicletas elétricas e motocicletas ligado a projeto industrial. Bicicletas elétricas; motocicletas elétricas; comércio atacadista de peças para bicicletas elétricas e motocicletas ligado a projeto industrial. Decreto Crédito Presumido Decreto Diferimento Biodiesel - Produtos vegetais destinados a sua produção. Biodiesel, biocombustível; Resolução SER 295/2006; Resolução SER 295/06. Convênio ICMS Isenção Biodiesel - saídas de biodiesel (B- 100). Biodiesel, biocombustível. Convênio ICMS Bolas de aço forjadas. Bolas de aço forjadas; bolas de aço fundidas; código da NBM/SH; Resolução SEF 6.343/2001; Resolução SEF 6.343/01. Convênio ICMS Isenção Bolsa de Gêneros Alimentícios do Estado do Rio de Janeiro. Bolsa de Gêneros Alimentícios do Estado do Rio de Janeiro; bolsa de gêneros alimentícios. Decreto Ampliação de prazo de pagamento

10 Bunge Alimentos S/A. Programa de Fomento e Incremento à Movimentação de Cargas pelos Portos e Aeroportos Fluminenses; RIOPORTOS; Lei 4184/2003. Decreto Diferimento Cadeia Farmacêutica. Cadeia farmacêutica; fármacos; química fina; farmoquímica; indústria farmacêutica; laboratórios farmacêuticos; Resolução SER 154/2004; Decreto /2010. Decreto Cadeia Farmacêutica. Cadeia farmacêutica; fármacos; química fina; farmoquímica; indústria farmacêutica; laboratórios farmacêuticos; Resolução SER 154/2004; Decreto /2010. Decreto Crédito Presumido Cadeia Farmacêutica. Cadeia farmacêutica; fármacos; química fina; farmoquímica; indústria farmacêutica; laboratórios farmacêuticos; Resolução SER 154/2004; Decreto /2010. Decreto Transferência de saldo credor acumulado Cadeia Farmacêutica. Cadeia farmacêutica; fármacos; química fina; farmoquímica; indústria farmacêutica; laboratórios farmacêuticos; Resolução SER 154/2004; Decreto /2010. Decreto Cadeia Farmacêutica. Cadeia farmacêutica; fármacos; química fina; farmoquímica; indústria farmacêutica; laboratórios farmacêuticos; Resolução SER 154/2004; Decreto /2010. Decreto Diferimento Café cru, em coco ou em grão. Café; café cru; café em coco; café em grão; indústria de torrefação e moagem. Decreto /00, Livro XV, Título IV, Art Repasse do Crédito Fiscal Café cru, em coco ou em grão. Café; café cru; café em coco; café em grão; indústria de torrefação e moagem. Decreto /00, Livro XV, Título IV, Art Diferimento Café cru, em coco ou em grão. Café; café cru; café em coco; café em grão; indústria de torrefação e moagem. Decreto /00, Livro XV, Título IV, Art Suspensão Café torrado ou moído. Café; café torrado; café moído; indústria de torrefação e moagem. Decreto /00, Livro XV, Título IV, Art Isenção

11 Café torrado ou moído. Café; café torrado; café moído; indústria de torrefação e moagem; ADIN ; ADIN Decreto Caminhões. Caminhão; Programa de Incentivo à Modernização, Renovação e Sustentabilidade da Frota de Caminhões do Estado do Rio de Janeiro. Lei Isenção Carne e demais produtos comestíveis, resultantes do abate de aves, gado e leporídeos. Carne; produtos comestíveis frescos; produtos resfriados; produtos congelados; produtos salgados; aves; leporídeos; gado bovino; bufalino; caprino; ovino; suínos. Convênio ICMS CD-Rom - operações internas realizadas pela Fundação Centro de Informações e Dados do Rio de Janeiro - CIDE. CD; disco; disco compacto; disco a laser; informações; dados; arquivo digital; Resolução SER 43/2003; Resolução SER 43/03. Convênio ICMS Isenção Centros de Pesquisa. Atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico; inovação tecnológica. Decreto Isenção Centros de Pesquisa. Atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico; inovação tecnológica. Decreto Diferimento Certificado de Depósito Agropecuário - CDA e Warrant Agropecuário - WA. Mercado financeiro; Mercado de Bolsa; Mercado de Balcão; Mercado Agrícola; Ativo financeiro; Lei / 2004; Lei /04. Convênio ICMS Isenção Cervejaria Teresópolis LTDA. Cervejaria Teresópolis LTDA; Programa de Atração de Investimentos Estruturantes; RIOINVEST; Decreto /1997. Lei Diferimento Cervejarias Cintra Indústria e Comércio LTDA. Cervejarias Cintra Indústria e Comércio LTDA.; cerveja; cervejaria. Lei Diferimento

12 Cesta básica. Feijão; arroz; açúcar; leite; café torrado ou moído; sal de cozinha; gado; aves; pão francês; óleo de soja; farinha de mandioca; farinha de trigo; macarrão; sardinha em lata; salsicha; lingüiça; mortadela; charque; pescado; mexilhão; alho; margarina vegetal; fubá de milho; escova dental; creme dental; sabonete; papel higiênico; preparado antissolar; protetor solar; Decreto /1995; Decreto /2002; Decreto /2014. Convênio ICMS Cesta básica. Feijão; arroz; açúcar; leite; café torrado ou moído; sal de cozinha; gado; aves; pão francês; óleo de soja; farinha de mandioca; farinha de trigo; macarrão; sardinha em lata; salsicha; lingüiça; mortadela; charque; pescado; mexilhão; alho; margarina vegetal; fubá de milho; escova dental; creme dental; sabonete; papel higiênico; preparado antissolar; protetor solar; Decreto /1995; Decreto /2002; Decreto /2014. Convênio ICMS Cesta básica. Feijão; arroz; açúcar; leite; café torrado ou moído; sal de cozinha; gado; aves; pão francês; óleo de soja; farinha de mandioca; farinha de trigo; macarrão; sardinha em lata; salsicha; lingüiça; mortadela; charque; pescado; mexilhão; alho; margarina vegetal; fubá de milho; escova dental; creme dental; sabonete; papel higiênico; preparado antissolar; protetor solar; Decreto /1995; Decreto /2002; Decreto /2014. Lei Isenção Cesta básica. Cesta Básica; açucar refinado; açucar cristal; açucar; leite líquido; café torrado; café moído; óleo de soja; farinha de mandioca; macarrão; sardinha em lata; farinha de trigo; salsicha; linguiça; mortadela; charque. Convênio ICMS Cesta básica. Cesta Básica; açucar refinado; açucar cristal; açucar; leite líquido; café torrado; café moído; óleo de soja; farinha de mandioca; macarrão; sardinha em lata; farinha de trigo; salsicha; linguiça; mortadela; charque. Convênio ICMS Cevada, malte e lúpulo. Cevada; malte; lúpulo. Decreto Cevada, malte e lúpulo. Cevada; malte; lúpulo. Decreto Crédito Presumido

13 Cevada, malte e lúpulo. Cevada; malte; lúpulo. Decreto Diferimento Cevada, malte e lúpulo. Cevada; malte; lúpulo. Decreto Ciferal Indústria de Ônibus Ltda. Ciferal Indústria de Ônibus Ltda.; Ciferal; Programa de atração de investimentos estruturantes; RIOINVEST; Decreto /1997; Resolução 84/2004. Lei Diferimento Ciferal Indústria de Ônibus Ltda. Ciferal Indústria de Ônibus Ltda.; Ciferal; Programa de atração de investimentos estruturantes; RIOINVEST; Decreto /1997; Resolução 84/2004. Lei Crédito Presumido Cobre. Cobre; produtos de cobre; NCM ; palanquilhas; NCM 7407; barras de cobre; perfis de cobre; NCM 7408; fios de cobre; NCM 7409; chapas e tiras de cobre de espessura superior a 0,15 mm; NCM 7411; tubos de cobre; NCM 7413; cordas de cobre; cabos de cobre; tranças de cobre. Decreto Diferimento Cobre. Cobre; produtos de cobre; NCM ; palanquilhas; NCM 7407; barras de cobre; perfis de cobre; NCM 7408; fios de cobre; NCM 7409; chapas e tiras de cobre de espessura superior a 0,15 mm; NCM 7411; tubos de cobre; NCM 7413; cordas de cobre; cabos de cobre; tranças de cobre. Decreto Cobre. Cobre; produtos de cobre; NCM ; palanquilhas; NCM 7407; barras de cobre; perfis de cobre; NCM 7408; fios de cobre; NCM 7409; chapas e tiras de cobre de espessura superior a 0,15 mm; NCM 7411; tubos de cobre; NCM 7413; cordas de cobre; cabos de cobre; tranças de cobre. Decreto Crédito Presumido Coletor Eletrônico de Voto (CEV). Coletor Eletrônico de Voto (CEV); urna eletrônica; sistema eletrônico de votação; processo eletrônico de votação; Tribunal Superior Eleitoral; TSE. Convênio ICMS Isenção

14 Coletor Eletrônico de Voto (CEV). Coletor Eletrônico de Voto (CEV); urna eletrônica; sistema eletrônico de votação; processo eletrônico de votação; Tribunal Superior Eleitoral; TSE. Convênio ICMS Combustível e lubrificante para abastecimento de embarcação e aeronave nacionais com destino ao exterior. Combustível; lubrificante; abastecimento; aeronaves; embarcações. Convênio ICMS Isenção Companhia Estadual de Engenharia de Transporte e Logística - CENTRAL. Trem elétrico; transporte de passageiro; transporte de carga; Eletric Multiple Unit; EMU. Decreto Isenção Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística - CENTRAL; Secretaria de Estado de Transportes - SECTRAN, Transporte Ferroviário. Prestação de serviço de transporte; transporte ferroviário; trem; ferrovia; Resolução SEFAZ 145/2008; Resolução 145/08; Resolução 145. Convênio ICMS Isenção Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística - CENTRAL; Secretaria de Estado de Transportes - SECTRAN, Transporte Ferroviário. Prestação de serviço de transporte; transporte ferroviário; trem; ferrovia; Resolução SEFAZ 145/2008; Resolução 145/08; Resolução 145. Convênio ICMS Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento; CONAB; CONAB/PGPM; Convênio ICMS 26/1996; Convênio ICMS 63/1998. Convênio ICMS Diferimento Companhia Siderúrgica do Atlântico, Thyssenkrupp Stahl A.G, Companhia Vale do Rio Doce e Sociedades integrantes do Complexo Siderúrgico. Complexo Siderúrgico no Estado do Rio de Janeiro; usina siderúrgica; siderúrgica; siderurgia; produção de aço; exportação de aço; aço; minério de ferro; Programa de Atração de Investimentos Estruturantes; RIOINVEST; Decreto /1997; Decreto /97; Decreto-Lei Estadual 08/1975; Decreto-Lei Estadual 08/75; Decreto /1997; Decreto /97. Lei Diferimento

15 Companhia Siderúrgica Nacional S.A. Programa de Atração de Investimentos Estruturantes; RIOINVEST; Usina Siderúrgica Presidente Vargas; usina siderúrgica; siderúrgica; siderurgia; produção de aço; aço; minério de ferro; Decreto /1997; Decreto /97; Decreto-Lei Estadual 08/1975; Decreto-Lei Estadual 08/75; Decreto /1997; Decreto /97; Lei 4.172/2003; Lei 4.172/03; Decreto /2004; Decreto /04. Decreto Diferimento Companhia Vale do Rio Doce, Thyssenkrupp Consultoria Ltda e/ou sociedades a serem constituídas por ambas. Siderurgia; complexo siderúrgico; Programa de Atração de Investimentos Estruturantes; RIOINVEST; Decreto /1997; Decreto /97; Decreto ; Decreto /2007; Decreto /07. Decreto Diferimento CONFAB Industrial S.A. CONFAB Industrial S.A.; Programa de Atração de Investimentos Estruturantes; RIOINVEST; Decreto /1997; Decreto /97; Decreto-Lei Estadual 08/75; Decreto-Lei Estadual 08/1975; Decreto /97; Decreto /1997. Decreto Diferimento CONLEY CORPORATION. Programa Setorial de Desenvolvimento da Indústria de Petróleo no Estado do Rio de Janeiro; RIOPETRÓLEO; Petróleo; Decreto /1998; Decreto /98; Decretolei Estadual 08/75; Decreto-lei Estadual 08/1975; Decreto /97; Decreto /1997. Decreto Diferimento Conserto, reparo e industrialização. Conserto; reparo; industrialização. Decreto /00, Livro I, Título IX, Art. 52, I 2000 Suspensão Conserto, reparo e industrialização - remessas interestaduais. Remessas interestaduais; conserto; reparo; industrialização. Convênio AE Crédito Presumido Conserto, reparo e industrialização - remessas interestaduais. Remessas interestaduais; conserto; reparo; industrialização. Convênio AE Suspensão Construção civil - estabelecimentos que beneficiem e/ou industrializem produtos aplicados. Construção civil. Decreto

16 Construção civil - estabelecimentos que beneficiem e/ou industrializem produtos aplicados. Construção civil. Decreto Diferimento Consumo de água e esgoto, energia elétrica, comunicações, gás e combustíveis. Água; esgoto; energia elétrica; gás; combustível; consumo da Administração Pública; Administração Pública. Lei Isenção Copa das Confederações Fifa 2013 e Copa do Mundo Fifa Copa das Confederações; Copa do Mundo. Convênio ICMS Suspensão Copa das Confederações Fifa 2013 e Copa do Mundo Fifa Copa das Confederações; Copa do Mundo. Convênio ICMS Isenção Copa do Mundo de Futebol de Estádio; Copa do mundo; Resolução 292/2010; Resolução 292/10; Resolução 435/2011; Resolução 435/11. Convênio ICMS Copa do Mundo de Futebol de Estádio; Copa do mundo; Resolução 292/2010; Resolução 292/10; Resolução 435/2011; Resolução 435/11. Convênio ICMS Isenção Coque Calcinado de Petróleo. Coque Calcinado de Petróleo; coque verde de petróleo; Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro; calcinação; indústria de alumínio; indústria de titânio. Decreto Diferimento Couros, peles e assemelhados, calçados, malas, bolsas e artefatos afins, artigos de joalheria, ourivesaria e bijuteria. Couros, peles e assemelhados, calçados, malas, bolsas e artefatos afins, artigos de joalheria, ourivesaria e bijuteria. CSN Cimentos S.A. Couro; pele; calçados; malas; bolsas; artigos de joalheria; jóia; ourivesaria; ouro; bijuteria; Decreto /2008. Couro; pele; calçados; malas; bolsas; artigos de joalheria; jóia; ourivesaria; ouro; bijuteria; Decreto /2008. Programa Básico de Fomento à Atividade Industrial no Estado do Rio de Janeiro; RIOINDÚSTRIA; Decreto /1998; Decreto /98; Decreto-lei Estadual 08/75; Decreto-lei Estadual 08/1975; Decreto n.º /97; Decreto n.º /1997. Lei Diferimento Lei Tributação sobre saída Decreto Diferimento

17 Cultura - Projeto cultural. Projeto cultural; cultura; música; dança; teatro; circo; artes plásticas; folclore; ecologia; cinema; vídeo; informação; documentação; acervo; patrimônio histórico-cultural; literatura; esportes; gastronomia. Lei Crédito Presumido DAF - Regime Aduaneiro Especial de Depósito Afiançado. Desembaraço aduaneiro; regime aduaneiro especial; depósito afiançado; DAF; aeronave; transporte comercial internacional; serviço de bordo; Receita Federal; Resolução SER 216/2005. Convênio ICMS Suspensão DAF - Regime Aduaneiro Especial de Depósito Afiançado. Desembaraço aduaneiro; regime aduaneiro especial; depósito afiançado; DAF; aeronave; transporte comercial internacional; serviço de bordo; Receita Federal; Resolução SER 216/2005. Convênio ICMS Isenção DEEPLEX - Angra Porto Offshore Logística Ltda. Programa Setorial de Desenvolvimento da Indústria de Petróleo no Estado do Rio de Janeiro; RIOPETRÓLEO; Petróleo; Decreto /1998; Decreto /98; Decretolei Estadual 08/75; Decreto-lei Estadual 08/1975; Decreto /97; Decreto /1997. Decreto Diferimento Departamento Penitenciário Nacional. Equipamentos de segurança eletrônica; segurança eletrônica; Departamento Penitenciário Nacional; Unidades Prisionais Brasileiras; sistema prisional; prisão; penitenciária; presídio. Convênio ICMS Isenção Derivados de petróleo e dos demais combustíveis e lubrificantes - remessa para armazenagem. Derivados de petróleo; combustíveis; lubrificantes; armazenagem; distribuidora. Resolução SEF Suspensão Descumprimento das obrigações acessórias instituídas pelo Ajuste SINIEF 19/12, de 7 de novembro de Descumprimento de obrigações acessórias; obrigações acessórias; Ajuste SINIEF 19/12. Decreto Remissão do ICMS Desembaraço aduaneiro de mercadorias importadas que serão objeto de saídas interestaduais sujeitas à alíquota de 4%, conforme Resolução do Senado Federal n 13/12. Desembaraço aduaneiro; Resolução do Senado Federal 13/12. Resolução SEFAZ Diferimento

18 Desembaraço Aduaneiro de mercadorias ou bens importados do exterior admitidos em Regime Aduaneiro de Depósito Especial. Regime aduaneiro de depósito especial; regime aduaneiro especial; desembaraço aduaneiro; indústria do petróleo e gás natural; petróleo; gás natural. Decreto Suspensão Diamante e esmeralda. Diamantes; esmeraldas; códigos 7102, e da Nomenclatura Brasileira de Mercadorias - Sistema Harmonizado - NBM/SH; Resolução SEEF 2.231/1993; Portaria SET n.º 769/2002. Convênio ICMS Direito autoral. Empresas produtoras de discos fonográficos; NCM ; CNAE ; discos para sistemas de leitura por raio laser; NCM ; CNAE ; NCM ; CNAE ; direitos autorais; artísticos; contratos de cessão ou transferência de direitos autorais. Decreto Crédito Presumido Distribuidoras de energia elétrica. Distribuidoras de energia elétrica; distribuição de energia elétrica; energia elétrica. Decreto Diferimento Doação à associação destinada a portador de deficiência física, comunidade carente e órgão da administração pública. Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A.; EMBRATEL; bens doados pela Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A.; bens doados pela EMBRATEL; doação pela EMBRATEL; doação de material de consumo; doação de equipamentos ; doação de bens móveis; doação para portadores de deficiência física; doação para comunidades carentes; doação para órgãos da administração pública federal, estadual e municipal; doação para escolas; doação para universidades; doação para fundações de direito público; doação para autarquias; doação para corporações mantidas pelo poder público; Resolução SEFCON 4.052/2000; Resolução SEFCON 4.052/00. Convênio ICMS Isenção Doação à associação destinada a portador de deficiência física, comunidade carente e órgão da administração pública. Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A.; EMBRATEL; bens doados pela Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A.; bens doados pela EMBRATEL; doação pela EMBRATEL; doação de material de consumo; doação de equipamentos ; doação de bens móveis; doação para portadores de deficiência física; doação para comunidades carentes; doação para órgãos da administração pública federal, estadual e municipal; doação para escolas; doação para universidades; doação para fundações de direito público; doação para autarquias; doação para corporações mantidas pelo poder público; Resolução SEFCON 4.052/2000; Resolução SEFCON 4.052/00. Convênio ICMS

19 Doação à entidade governamental para assistência a vítimas de calamidade pública. Doação à entidade governamental; doação de mercadorias para assistência a vítimas de calamidade pública; calamidade pública; Convênio ICMS 58/1992; Convênio ICMS 58/92; Convênio ICM 39/90; Convênio ICM 39/1990. Convênio ICM Isenção Doação à entidade governamental para assistência a vítimas de calamidade pública. Doação à entidade governamental; doação de mercadorias para assistência a vítimas de calamidade pública; calamidade pública; Convênio ICMS 58/1992; Convênio ICMS 58/92; Convênio ICM 39/90; Convênio ICM 39/1990. Convênio ICM Doação a órgão e entidade da administração direta e indireta ou às entidades assistenciais para distribuição às vítimas da seca. Doação a órgão e entidade da administração direta e indireta; doação às entidades assistenciais de utilidade pública; doação para vítimas da seca; seca; SUDENE. Convênio ICMS Isenção Doação a órgão e entidade da administração direta e indireta ou às entidades assistenciais para distribuição às vítimas da seca. Doação a órgão e entidade da administração direta e indireta; doação às entidades assistenciais de utilidade pública; doação para vítimas da seca; seca; SUDENE. Convênio ICMS Doação à Secretaria de Estado de Educação. Doação de mercadorias à Secretaria de Educação; doação de mercadoria; Secretaria de Educação; Resolução SEEF 2.204/1992; Resolução SEEF 2.204/92. Convênio ICMS Doação à Secretaria de Estado de Educação. Doação de mercadorias à Secretaria de Educação; doação de mercadoria; Secretaria de Educação; Resolução SEEF 2.204/1992; Resolução SEEF 2.204/92. Convênio ICMS Isenção Doação de equipamento de informática usado (seminovo) pela IBM Brasil - Indústria, Máquinas e Serviços Ltda. Computadores; computadores usados; computadores seminovos; microcomputadores; microcomputadores usados; microcomputadores semi-novos; doação de equipamento de informática usado; doação de computadores à escolas; doação de computadores à associações de portadores de deficiência; doação de computadores à comunidades carentes; doação à escolas; doação à associações de portadores de deficiência; doação à comunidades carentes; doação da IBM Brasil-Indústria, Máquinas e Serviços Ltda.; IBM Brasil-Indústria, Máquinas e Serviços Ltda.; IBM; Resolução SEFCON 4.052/2000; Resolução SEFCON 4.052/00. Convênio ICMS Isenção

20 Doação de material de consumo, equipamentos e outros bens móveis realizada pela empresa Furnas Centrais Elétricas S/A. Bens doados por Furnas Centrais Elétricas S/A; doação de material de consumo por Furnas Centrais Elétricas S/A; doação de equipamentos por Furnas Centrais Elétricas S/A; doação de Furnas Centrais Elétricas S/A; Furnas Centrais Elétricas S/A; Resolução SEF 6.513/2002; Resolução SEF 6.513/02. Convênio ICMS Isenção Doação de mercadoria destinada ao Programa Comunidade Solidária. Doação de microcomputador usado (seminovo). Programa Mundial de Alimentos; PMA; Programa Comunidade Solidária; distribuição gratuita de mercadorias; Companhia Nacional de Abastecimento; CONAB; Portaria ST 002/2003. Computadores; computadores usados; computadores seminovos; microcomputadores; microcomputadores usados; microcomputadores semi-novos; doação de computadores à escolas; doação de computadores à associações de portadores de deficiência; doação de computadores à comunidades carentes; doação à escolas; doação à associações de portadores de deficiência; doação à comunidades carentes; Resolução SEF 3.061/1999; Resolução SEF 3.061/99. Convênio ICMS Diferimento Convênio ICMS Isenção Doação efetuada ao Governo do Estado para distribuição gratuita a pessoas necessitadas. Doação de mercadorias; doação de mercadorias ao Governo do Estado; doação ao Governo do Estado; doação a pessoas necessitadas; doação a vítimas de catástrofes; Resolução SEF 2.644/1995; Resolução SEF 2.644/95. Convênio ICMS Isenção Doação efetuada ao Governo do Estado para distribuição gratuita a pessoas necessitadas. Doação de mercadorias; doação de mercadorias ao Governo do Estado; doação ao Governo do Estado; doação a pessoas necessitadas; doação a vítimas de catástrofes; Resolução SEF 2.644/1995; Resolução SEF 2.644/95. Convênio ICMS Doação efetuada pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) à SUDENE para Programa de Distribuição Emergencial de Alimentos do Nordeste Semi-árido (PRODEA). Doação de mercadorias pelo Governo Federal; arroz; feijão; milho; farinha de mandioca; Companhia Nacional de Abastecimento; CONAB; Programa de Distribuição Emergencial de Alimentos no Nordeste Semi-Árido; PRODEA; SUDENE; Programa de Combate à Fome no Nordeste; Portaria ST 447/2007. Convênio ICMS Isenção

ALÍQUOTAS INTERNAS DO ICMS

ALÍQUOTAS INTERNAS DO ICMS ALÍQUOTAS INTERNAS DO ICMS Operações e Prestações no Estado do Rio de Janeiro Relacionamos, a seguir, as alíquotas do ICMS vigentes no Estado do Rio de Janeiro, a que se refere o art. 14, Livro II, do

Leia mais

Comunicado CAT n 36, De 29-07-2004

Comunicado CAT n 36, De 29-07-2004 Comunicado CAT n 36, De 29-07-2004 (DOE de 30-07-2004; Rep 31-07-2004) Esclarece sobre a impossibilidade de aproveitamento dos créditos de ICMS provenientes de operações ou prestações amparadas por benefícios

Leia mais

APÊNDICE XXVII. CRÉDITO ADMITIDO (% sobre a Base de Cálculo) 1% UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE ORIGEM ITEM MERCADORIA BENEFÍCIO

APÊNDICE XXVII. CRÉDITO ADMITIDO (% sobre a Base de Cálculo) 1% UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE ORIGEM ITEM MERCADORIA BENEFÍCIO APÊNDICE XXVII MERCADORIAS ORIUNDAS DE OUTRAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO BENEFICIADAS COM INCENTIVO OU FAVOR FISCAL OU FINANCEIRO-FISCAL EM DESACORDO COM A LEI COMPLEMENTAR Nº 24/75 UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE

Leia mais

COMUNICADO CAT Nº 36, de 29-07-2004

COMUNICADO CAT Nº 36, de 29-07-2004 Página 1 de 10 Portal do Governo Cidadão.SP Investimentos.SP Destaques Home Institucional Serviços Legislação Prestando Contas Municípios e Parcerias Notícias Download Fale Conosco Índices : Legislação

Leia mais

http://www.idealsoftwares.com.br/tabelas/aliquotas_rj.html

http://www.idealsoftwares.com.br/tabelas/aliquotas_rj.html Página 1 de 29 Alíquotas do ICMS Rio de Janeiro Consulte aqui: - Tabela prática com as principais operações e as prestações beneficiadas por redução da base de cálculo, de acordo com o 27.815/2001. - Tabela

Leia mais

ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015

ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015 ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015 ASSUNTOS DIVERSOS DAS COMPLEMENTAR - GENERALIDADES SOBRE A EMISSÃO... Pág. 02 ICMS PR ALÍQUOTAS DO ICMS - REGIÃO NORTE - ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não especificados anteriormente 0116-4/99 Cultivo de outras

Leia mais

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor Diretoria de Pesquisas COIND Índice de Preços ao Produtor Índice de Preços ao Produtor Indústrias de Transformação Resultados Outubro 2012 Principais Indicadores Indústrias de Transformação AGO SET OUT

Leia mais

Minas Gerais > Agosto/2015

Minas Gerais > Agosto/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Minas Gerais

Leia mais

Maranhão > Novembro/2015

Maranhão > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Maranhão >

Leia mais

Perfil Econômico Municipal

Perfil Econômico Municipal indústria Extração de carvão mineral Extração de petróleo e gás natural Extração de minerais metálicos Extração de minerais não-metálicos Fabricação de alimentos e bebidas Fabricação de produtos do fumo

Leia mais

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor Diretoria de Pesquisas COIND Índice de Preços ao Produtor Índice de Preços ao Produtor Indústrias de Transformação Resultados Agosto 2012 Principais Indicadores Indústrias de Transformação JUN JUL AGO

Leia mais

IMPOSTO UF Descrição 10/02/2010 Comprovante de Pagamento ou Crédito a Pessoa Jurídica de Juros sobre o Capital Próprio (JANEIRO/2010) INSS FEDERAL

IMPOSTO UF Descrição 10/02/2010 Comprovante de Pagamento ou Crédito a Pessoa Jurídica de Juros sobre o Capital Próprio (JANEIRO/2010) INSS FEDERAL IMPOSTO UF Descrição 10/02/2010 Comprovante de Pagamento ou Crédito a Pessoa Jurídica de Juros sobre o Capital Próprio (JANEIRO/2010) INSS FEDERAL GPS - Envio ao Sindicato (JANEIRO/2010) IPI FEDERAL Cigarros

Leia mais

IPI ICMS - PA LEGISLAÇÃO - PA ANO XXII - 2011-3ª SEMANA DE JANEIRO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 03/2011

IPI ICMS - PA LEGISLAÇÃO - PA ANO XXII - 2011-3ª SEMANA DE JANEIRO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 03/2011 IPI ANO XXII - 2011-3ª SEMANA DE JANEIRO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 03/2011 DIF-BEBIDAS - PROCEDIMENTOS PARA ENTREGA EM 2011 Conceitos - Prazo - Conteúdo - Infrações e Penalidades... ICMS - PA ALÍQUOTAS

Leia mais

CÓDIGO DE GUIAS CFOP DE SAÍDAS DE MERCADORIAS E PRESTAÇÕES DE SERVIÇO CFOP. Descrição da operação ou prestação. Interna Interestadual Importação

CÓDIGO DE GUIAS CFOP DE SAÍDAS DE MERCADORIAS E PRESTAÇÕES DE SERVIÇO CFOP. Descrição da operação ou prestação. Interna Interestadual Importação CÓDIGO DE GUIAS CFOP DE SAÍDAS DE MERCADORIAS E PRESTAÇÕES DE SERVIÇO CFOP Interna Interestadual Importação 5.100 6.100 7.100 5.101 6.101 7.101 5.102 6.102 7.102 5.103 6.103 5.104 6.104 Descrição da operação

Leia mais

CFOP - CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES

CFOP - CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP - CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES A presente relação de códigos fiscais é baseada no Convênio SINIEF s/nº, de 15.12.1970, com suas respectivas alterações. A relação encontra-se devidamente

Leia mais

PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS

PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS O curso abrangerá todo o Regulamento do ICMS/RS, desde o básico até a legislação avançada. Para fazer jus ao certificado o contratante deverá comprovar presença mínima

Leia mais

Até: Sexta-feira, dia 2 ICMS - Scanc Fato Gerador: Dezembro/2014

Até: Sexta-feira, dia 2 ICMS - Scanc Fato Gerador: Dezembro/2014 Até: Sexta-feira, dia 2 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo ou com álcool etílico carburante

Leia mais

Tabela de Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) Entradas e Prestações de Serviços

Tabela de Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) Entradas e Prestações de Serviços Tabela de Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) Entradas e Prestações de Serviços INTERNO INTERESTADUAL EXTERIOR OPERAÇÃO/ PRESTAÇÃO 1.100 2.100 3.100 COMPRA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO

Leia mais

Página 1 de 12 Agenda Tributária Emissão: às 14:02h Agenda Tributária (Janeiro de 2014) Obrigações Filtros Aplicados: Agenda: Janeiro/2014 - Estado: São - Cidade: São - Dia Inicial: 1 - Dia Final: 31 Dia

Leia mais

CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (CFOP) SAÍDAS

CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (CFOP) SAÍDAS CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (CFOP) SAÍDAS INTERNO INTERESTADUAL EXTERIOR OPERAÇÃO/PRESTAÇÃO 5.100-6.100 7.100 VENDA DE PRODUÇÃO PRÓPRIA OU DE TERCEIROS 5.101 6.101 7.101 Venda de produção do

Leia mais

TABELA DE CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (CFOP) ENTRADAS E PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS

TABELA DE CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (CFOP) ENTRADAS E PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS TABELA DE CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (CFOP) ENTRADAS E PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS Ajuste SINIEF n 4, de 9 de Julho de 2010 INTERNO INTERESTADUAL EXTERIOR OPERAÇÃO/ PRESTAÇÃO COMPRA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO,

Leia mais

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014*

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* Estabelece parâmetros para o Licenciamento Ambiental das atividades de comércio atacadista e de confecção e fabricação de produtos têxteis. O SECRETÁRIO

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014. Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014. Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações Apesar do bom crescimento de Produtos Alimentícios e Máquinas e Equipamentos,

Leia mais

DAS ENTRADAS DE MERCADORIAS E BENS E DA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS

DAS ENTRADAS DE MERCADORIAS E BENS E DA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS A partir de 01 de janeiro de 2003 os contribuintes do ICMS passaram a adotar os novos Códigos Fiscais de Operações e Prestações com 4 (quatro) algarismos, o que tem gerado inúmeras dificuldades aos nossos

Leia mais

Sistema licenciado para CONTAX ORGANIZACAO CONTABIL S/C LTDA

Sistema licenciado para CONTAX ORGANIZACAO CONTABIL S/C LTDA Página: 01 1-000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1-100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1-101 Compra para industrialização 1-102 Compra para comercialização

Leia mais

Códigos Fiscais de Operações e Prestações de Serviços - CFOP. 1.101 2.101 3.101 Compra para industrialização ou produção rural

Códigos Fiscais de Operações e Prestações de Serviços - CFOP. 1.101 2.101 3.101 Compra para industrialização ou produção rural Códigos Fiscais de Operações e Prestações de Serviços - CFOP INTERNO INTERESTADUAL EXTERIOR OPERAÇÃO/ PRESTAÇÃO 1.100 2.100 3.100 COMPRA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO RURAL, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO

Leia mais

Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009

Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009 Projeto Nota Fiscal Eletrônica Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009 Agenda Conceitos da NF-e Histórico Modelo Operacional Cancelamento Contingência Consulta Legislação Massificação da NF-e Obrigatoriedade

Leia mais

1. Introdução 2. Grupos 3. CFOP Das Saídas de Mercadorias, Bens ou Prestações de Serviços

1. Introdução 2. Grupos 3. CFOP Das Saídas de Mercadorias, Bens ou Prestações de Serviços CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES - CFOP - SAÍDA Sumário 1. Introdução 2. Grupos 3. CFOP Das Saídas de Mercadorias, Bens ou Prestações de Serviços 1. INTRODUÇÃO Neste trabalho, dando continuidade

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Eduardo Pereira Nunes Elisio Contini Apresentação à Diretoria da ABAG 13 de setembro de 2000 - São Paulo O PROBLEMA Controvérsias sobre contribuição

Leia mais

Composto por quatro dígitos, deverá, obrigatoriamente, ser informado no preenchimento da Nota Fiscal conforme Tabela de Códigos Fiscais.

Composto por quatro dígitos, deverá, obrigatoriamente, ser informado no preenchimento da Nota Fiscal conforme Tabela de Códigos Fiscais. 2 - PRENCHIMENTO DE NOTA FISCAL MERCANTIL. 2.1 CFOP (Código Fiscal de Operações e Prestações) Composto por quatro dígitos, deverá, obrigatoriamente, ser informado no preenchimento da Nota Fiscal conforme

Leia mais

Art. 341. É suspensa a incidência do ICMS:

Art. 341. É suspensa a incidência do ICMS: Art. 341. É suspensa a incidência do ICMS: I - nas saídas internas, interestaduais e para o exterior, de mercadorias ou bens destinados a industrialização, conserto ou operações similares, bem como nos

Leia mais

Tabela CFOP - RICMS-ES Anexo XXVII, art.651

Tabela CFOP - RICMS-ES Anexo XXVII, art.651 CFOP Descrição da Operação ou Prestação 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO RURAL, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.101 Compra para

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO N. 19837, DE 19 DE MAIO DE 2015. PUBLICADO NO DOE N 2701, DE 19.05.2015. Incorpora as prorrogações de disposições de convênios que concedem benefícios fiscais, aprovadas pelo Convênio ICMS 27/2015,

Leia mais

ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO

ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO 02/Jun. 2ª Feira. Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante A entrega das informações

Leia mais

Inovações organizacionais e de marketing

Inovações organizacionais e de marketing e de marketing Pesquisa de Inovação 2011 Tabela 1.1.22 -, total e as que não implementaram produto ou processo e sem projetos, com indicação das inovações e gás - Brasil - período 2009-2011 (continua)

Leia mais

CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações

CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações A presente relação de códigos fiscais é baseada noconvênio SINIEF s/nº, de 15.12.1970, com suas respectivas alterações. A relação encontra-se devidamente

Leia mais

CURSO EAD ENSINO A DISTÂNCIA. Anexo 10 - CFOP e CST - Vigência desde 01/01/2003

CURSO EAD ENSINO A DISTÂNCIA. Anexo 10 - CFOP e CST - Vigência desde 01/01/2003 CURSO EAD ENSINO A DISTÂNCIA Anexo 10 - CFOP e CST - Vigência desde 01/01/2003 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES - CFOP - SEÇÃO I - CÓDIGO DE SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA - CST (Ajuste SINIEF 07/01) 002 CÓDIGO

Leia mais

ICMS - Tabela - Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP)

ICMS - Tabela - Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) ICMS - Tabela - Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) Este procedimento apresenta todos os Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) a serem utilizados nas operações de entrada e saída

Leia mais

CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações

CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações CÓDIGOS DE OPERAÇÕES DE ENTRADAS 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO Classificam-se, neste grupo, as operações ou prestações em que o estabelecimento

Leia mais

Pesquisa Industrial- Empresa. Pesquisa Industrial- Produto. Data 21/06/2013

Pesquisa Industrial- Empresa. Pesquisa Industrial- Produto. Data 21/06/2013 Pesquisa Industrial- Empresa 2011 Pesquisa Industrial- Produto Data 21/06/2013 Apresentação Aspectos metodológicos Análise de resultados Resultados gerais em 2011 Estrutura das receitas, dos custos e despesas,

Leia mais

CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP

CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP DAS ENTRADAS DE MERCADORIAS E BENS E DA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO 1.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 - COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO

GUIA DE PREENCHIMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS (RAPP) EMISSÕES ATMOSFÉRICAS PLANTAÇÃO/VEGETAÇÃO NATIVA IBAMA, 2014 Guia de Preenchimento

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS

NORMAS E PROCEDIMENTOS 1. DESCRIÇÃO DO SERVIÇO Instruções para preenchimento da Declaração de Operações Tributáveis - DOT que deverá ser entregue pela internet, com transmissão pelo programa Transmissão Eletrônica de Documentos

Leia mais

CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E DE PRESTAÇÕES - CFOP CORRELAÇÃO GERAL. GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO N = Novo 1 2 3 1 2 3

CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E DE PRESTAÇÕES - CFOP CORRELAÇÃO GERAL. GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO N = Novo 1 2 3 1 2 3 KARIN CRISTINA IKOMA Consultora/Impostos CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E DE PRESTAÇÕES - CFOP CORRELAÇÃO GERAL A) ENTRADAS: NOVOS ANTIGOS GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO GRUPO N = Novo 1 2 3 1 2 3 1.100 2.100

Leia mais

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços Arroz em casca 15,72 30,25 Milho em grão 15,21 32,16 Trigo em grão e outros cereais 15,70 32,66 Cana-de-açúcar 15,47 32,68 Soja em grão 15,83 33,01 Outros produtos e serviços da lavoura 14,10 31,31 Mandioca

Leia mais

Tabelas anexas Capítulo 7

Tabelas anexas Capítulo 7 Tabelas anexas Capítulo 7 Tabela anexa 7.1 Indicadores selecionados de inovação tecnológica, segundo setores das indústrias extrativa e de transformação e setores de serviços selecionados e Estado de São

Leia mais

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010 Descrição CNAE Início da obrigatoriedade 0722701 EXTRACAO DE MINERIO DE ESTANHO 1/4/2010 0722702 BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO DE ESTANHO 1/4/2010 1011201 FRIGORIFICO - ABATE DE BOVINOS 1/4/2010 1011202 FRIGORÍFICO

Leia mais

Visando facilitar as consultas sobre os CFOP, elaboramos quadro prático contendo os códigos vigentes e respectivas datas de aplicação.

Visando facilitar as consultas sobre os CFOP, elaboramos quadro prático contendo os códigos vigentes e respectivas datas de aplicação. 1. Introdução Os Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) visam aglutinar em grupos homogêneos nos documentos e livros fiscais, nas guias de informação e em todas as análises de dados, as operações

Leia mais

CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E DE PRESTAÇÕES - CFOP CORRELAÇÃO GERAL. A) ENTRADAS: N=Novo

CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E DE PRESTAÇÕES - CFOP CORRELAÇÃO GERAL. A) ENTRADAS: N=Novo CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E DE PRESTAÇÕES - CFOP CORRELAÇÃO GERAL Entradas Saídas A) ENTRADAS: Novos Antigos N=Novo GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPO 3 GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPO 3 1100 2100 3100 110 210 310 * COMPRAS

Leia mais

9 14.876/91 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP

9 14.876/91 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP ANEXO 9 do DEC. 14.876/91 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP (Alterado pelos Decretos nºs 24.787. 26.955, de 26/07/2004 EFEITOS A PARTIR DE 24/06/2004, 27.995/2005 EFEITOS A PARTIR DE 01.01.2006

Leia mais

Tabela de CFOP - Código Fiscal de Operações e Prestação

Tabela de CFOP - Código Fiscal de Operações e Prestação Tabela de CFOP - Código Fiscal de Operações e Prestação 1.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 - COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.101 - Compra

Leia mais

ANEXO DO CONVÊNIO S/Nº, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1970 (CFOP)

ANEXO DO CONVÊNIO S/Nº, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1970 (CFOP) ANEXO DO CONVÊNIO S/Nº, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1970 (CFOP) Atualizada até 09/04/2008 Alterado pelos Ajustes nº 07/01, 05/02, 05/03, 09/03, 03/04, 09/04, 02/05, 05/05, 06/05, 09/05, 06/07 e 03/08. A Cláusula

Leia mais

Tabela de CFOP - Código Fiscal de Operações e Prestação

Tabela de CFOP - Código Fiscal de Operações e Prestação Tabela de CFOP - Código Fiscal de Operações e Prestação 1.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 - COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.101 - Compra

Leia mais

decorrentes de prestações de serviços de comunicação. 1.206 2.206 3.206 Anulação de valor relativo à prestação de serviço de transporte

decorrentes de prestações de serviços de comunicação. 1.206 2.206 3.206 Anulação de valor relativo à prestação de serviço de transporte CFOP DE ENTRADA DE MERCADORIA/UTILIZAÇÃO DE SERVIÇO CFOP IMPORTAÇÃO DESCRIÇÃO DA OPERAÇÃO OU PRESTAÇÃO 1.100 2.100 3.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO RURAL, COMERCIALIZA- ÇÃO OU PRESTAÇÃO DE

Leia mais

Clovis Souza Claudio Toledo CIESP

Clovis Souza Claudio Toledo CIESP Projeto Nota Fiscal Eletrônica Clovis Souza Claudio Toledo CIESP 27/08/2009 Agenda Conceitos da NF-e Histórico Modelo Operacional Cancelamento Contingência Consulta Legislação Massificação da NF-e Obrigatoriedade

Leia mais

3.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO OU PRODUÇÃO RURAL, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS.

3.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO OU PRODUÇÃO RURAL, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. 1.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO OU PRODUÇÃO RURAL, COMERCIALIZAÇÃO OU 2.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO OU PRODUÇÃO RURAL, COMERCIALIZAÇÃO OU 3.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO OU PRODUÇÃO RURAL,

Leia mais

Relação de (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) cujos contribuintes estão obrigados à Escrituração A partir desta competência, os contribuintes que iniciarem atividades ou que mudarem a atividade

Leia mais

1. Lista de CFOP s... 3 1.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO... 3 2.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DE OUTROS ESTADOS...

1. Lista de CFOP s... 3 1.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO... 3 2.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DE OUTROS ESTADOS... Lista de CFOP's Sumário: 1. Lista de CFOP s... 3 1.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO... 3 2.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DE OUTROS ESTADOS... 7 3.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES

Leia mais

Tabela de CFOP(Código Fiscal de Operações e Prestação) 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO

Tabela de CFOP(Código Fiscal de Operações e Prestação) 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO Tabela de CFOP(Código Fiscal de Operações e Prestação) 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO OU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.101 Compra para

Leia mais

CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES - CFOP - ENTRADA

CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES - CFOP - ENTRADA CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES - CFOP - ENTRADA 1. Introdução 2. Grupos 3. CFOP de Entrada ou Aquisição de Serviço 1. INTRODUÇÃO Os Códigos Fiscais de Operações e Prestações - CFOP são códigos

Leia mais

http://www.iobonlineregulatorio.com.br/print/module/print.html?source=printlink

http://www.iobonlineregulatorio.com.br/print/module/print.html?source=printlink Page 1 of 21 Agenda de Obrigações Estadual - Minas Gerais - Agosto/2011 28 de de 2011 Agosto D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Hoje Obrigações

Leia mais

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA MERCADORIA Venda porta-a-porta de quaisquer mercadorias destinadas a revendedores não inscritos Cigarros e outros produtos derivados do fumo Cimento Refrigerante,

Leia mais

ANO XXVI - 2015 3ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 29/2015

ANO XXVI - 2015 3ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 29/2015 ANO XXVI - 2015 3ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 29/2015 IPI CONCEITO DE INDUSTRIALIZAÇÃO PARA FINS DE IPI... Pág. 282 ICMS RJ REGISTRO DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE NA ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 204, DE 28 DE AGOSTO DE 2015 Estabelece diretrizes e orientações gerais para definição de prioridades e aprovação de projetos de investimentos

Leia mais

http://www.sefaz.pe.gov.br/flexpub/versao1/filesdirectory/sessions398.htm

http://www.sefaz.pe.gov.br/flexpub/versao1/filesdirectory/sessions398.htm Page 1 of 31 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP Anexo 9 do Decreto 14.876/91 Alterado a partir de 01/01/2003 pelos Decretos: DECRETO Nº 24.787 / 2002 ; DECRETO Nº 25.068 / 2003; DECRETO Nº 26.020

Leia mais

Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante

Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO 02/Jan. 6ª Feira. Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante A entrega das informações

Leia mais

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014 Agenda de Obrigações Estadual - São Paulo - Maio/2015 Até: Segunda-feira, dia 4 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANTECIPAÇÃO PARCIAL- ANTECIPAÇÃO SEM ENCERRAMENTO DE FASE 71. Qual a definição para o cálculo da antecipação parcial? Nas aquisições

Leia mais

ANEXO 1 COMPOSIÇÃO DAS SEÇÕES DE ATIVIDADE DA CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS DOMICILIAR 2.0 - CNAE- DOMICILIAR 2.

ANEXO 1 COMPOSIÇÃO DAS SEÇÕES DE ATIVIDADE DA CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS DOMICILIAR 2.0 - CNAE- DOMICILIAR 2. ANEXO 1 COMPOSIÇÃO DAS SEÇÕES DE ATIVIDADE DA CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS DOMICILIAR 2.0 - CNAE- DOMICILIAR 2.0 AGRICULTURA, PECUÁRIA, PRODUÇÃO FLORESTAL, PESCA E AQUICULTURA AGRICULTURA,

Leia mais

INFORMATIVO 14/2015 ICMS-RS: GOVERNO DO ESTADO ESTABELECE DATA- LIMITE PARA BENEFÍCIOS FISCAIS: 31/12/2015

INFORMATIVO 14/2015 ICMS-RS: GOVERNO DO ESTADO ESTABELECE DATA- LIMITE PARA BENEFÍCIOS FISCAIS: 31/12/2015 Novo Hamburgo, 29 de junho de 2015. INFORMATIVO 14/2015 ICMS-RS: GOVERNO DO ESTADO ESTABELECE DATA- LIMITE PARA BENEFÍCIOS FISCAIS: 31/12/2015 Com a publicação do Decreto Estadual nº 52.392/2015, o Governo

Leia mais

1 de 33 2/3/2011 13:47

1 de 33 2/3/2011 13:47 1 de 33 2/3/2011 13:47 RICMS 2000 - Atualizado até o Decreto 56.692, de 27-01-2011. ANEXO V - CLASSIFICAÇÃO DAS OPERAÇÕES, PRESTAÇÕES E SITUAÇÕES TRIBUTÁRIAS (a que se refere o artigo 597 deste regulamento)

Leia mais

CIRCULAR ICMS / IPI : Atualização / 2003 ( Anula a Anterior) ÍNDICE

CIRCULAR ICMS / IPI : Atualização / 2003 ( Anula a Anterior) ÍNDICE ÁREA FISCAL Escrituração Fiscal. Assessoria geral de escrituração fiscal. Assessoria e atualização das legislações Federal, Estadual e Municipal. Assessoria nas Fiscalizações. CIRCULAR ICMS / IPI : Atualização

Leia mais

AJUSTE SINIEF 07/2001 DAS ENTRADAS DE MERCADORIAS E BENS E DA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS. Compra para industrialização ou produção p

AJUSTE SINIEF 07/2001 DAS ENTRADAS DE MERCADORIAS E BENS E DA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS. Compra para industrialização ou produção p TABELA CFOP - CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES AJUSTE SINIEF 07/2001 DAS ENTRADAS DE MERCADORIAS E BENS E DA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS Grupo 1 CFOPs Grupo 2 Grupo 3 DESCRIÇÃO DA OPERAÇÃO OU PRESTAÇÃO

Leia mais

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 04/09/2015 GIA/Água Natural Fornecedores de água natural canalizada Prazo para transmitir pela internet a GIA até o dia 4 do segundo mês subsequente da ocorrência

Leia mais

Paraná > Dezembro/2015

Paraná > Dezembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Paraná > Dezembro/20

Leia mais

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO Decreto nº 8.138, de 06.11.2013 DOU de 07.11.2013 - Dispõe sobre os bens destinados à pesquisa e à lavra de jazidas de petróleo e gás natural

Leia mais

Página 1 de 70. Legislação > Estadual > Decretos > Tributária > Índice 2001 > Manual de Diferimento > Índice dos Assuntos

Página 1 de 70. Legislação > Estadual > Decretos > Tributária > Índice 2001 > Manual de Diferimento > Índice dos Assuntos Página 1 de 70 Legislação > Estadual > Decretos > Tributária > Índice 2001 > Manual de Diferimento > Índice dos Assuntos Letra I Manual de Diferimento, Ampliação de Prazo de Recolhimento, Suspensão e de

Leia mais

Tabelas práticas. TABELA DE CFOP E CST è CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP

Tabelas práticas. TABELA DE CFOP E CST è CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP Tabelas práticas TABELA DE CFOP E CST è CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP TABELA I Das entradas de mercadorias, bens ou aquisições de serviços As operações praticadas pelos contribuintes do

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011)

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011) NPF 041/2009 p. 1 de 10 NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011) SÚMULA Dispõe sobre a utilização de Nota Fiscal eletrônica NF-e por contribuintes

Leia mais

Tabela de Alíquotas Internas do ICMS/RS (01/2013)

Tabela de Alíquotas Internas do ICMS/RS (01/2013) Tabela de Alíquotas Internas do ICMS/RS (01/2013) A alíquota constitui um dos elementos da norma jurídica que, aplicada sobre a base de cálculo, determina o valor do ICMS a ser pago. Observemos as alíquotas

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009)

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008 (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) O DIRETOR DA COORDENAÇÃO DA RECEITA DO ESTADO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso

Leia mais

RELAÇÃO DOS CRÉDITOS INFORMADOS NO DCIP

RELAÇÃO DOS CRÉDITOS INFORMADOS NO DCIP RELAÇÃO DOS CRÉDITOS INFORMADOS NO DCIP TIPO 2 - LISTA OS DE OUTROS CRÉDITOS Última Atualização em 12.08.2014 Cód DESCRIÇÃO NA DCIP DESCRIÇÃO DETALHADA 01 (61) 02 (12) 03 (13) 04 05 06 07 Aquisição de

Leia mais

Região Zona da Mata. Regional Agosto 2013

Região Zona da Mata. Regional Agosto 2013 O mapa mostra a divisão do estado de Minas Gerais para fins de planejamento. A região de planejamento Zona da Mata engloba a Fiemg Regional Zona da Mata. Região Zona da Mata GLOSSÁRIO Setores que fazem

Leia mais

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais.

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Maio/2014 OBJETIVO Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Permitir ainda, uma análise comparativa da evolução

Leia mais

Laboratórios - Aparelhos, artigos e equipamentos

Laboratórios - Aparelhos, artigos e equipamentos RELAÇÃO DE EMPRESAS QUE GASTAM BASTANTE EM TELEFONIA Abraçadeiras Fábricas e indústrias em geral Abrasivos Esquadrias de alumínio, madeira e metálicas Aço (de todos os tipos de empresas) Estamparia Acrilico

Leia mais

Tabela 5.1.1 Fundamentação Legal

Tabela 5.1.1 Fundamentação Legal SP000202 Diferença de imposto apurada por contribuinte. 002.02 Artigo 108 do RICMS/00 Própria SP000206 Entrada de mercadoria com imposto a pagar ou utilização de serviços 002.06 Artigo 116, I do RICMS/00

Leia mais

O QUE É A DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO?

O QUE É A DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO? O QUE É A DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO? É a substituição da contribuição previdenciária patronal de 20% sobre o salário de contribuição dos empregados, trabalhadores avulsos e contribuintes individuais.

Leia mais

Índice de Preços ao Produtor (IPP) de setembro fica em 1,23%

Índice de Preços ao Produtor (IPP) de setembro fica em 1,23% Índice de Preços ao Produtor Fonte IBGE Base: Setembro de 2011 Por Ricardo Bergamini Índice de Preços ao Produtor (IPP) de setembro fica em 1,23% Em setembro de 2011, o Índice de Preços ao Produtor (IPP)

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA PORTARIA SEFAZ N o 299, de 01 de março de 2008 Dispõe sobre o Termo de Credenciamento dos contribuintes para a emissão da Nota Fiscal Eletrônica NF-e

Leia mais

www.icmspratico.com.br Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Fortaleza, 06/06/14

www.icmspratico.com.br Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Fortaleza, 06/06/14 Fortaleza, 06/06/14 Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Em análise: I C M S Questões Atuais Arquivos Eletrônicos ICMS-ST com Material de Construção ICMS-ST com Supermercado/minimercado/atacadistas

Leia mais

PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008.

PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008. PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008. O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o disposto no Capítulo III Da Educação Profissional, da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o disposto

Leia mais

Medida Provisória 532/2011

Medida Provisória 532/2011 Ciclo de palestras e debates Agricultura em Debate Medida Provisória 532/2011 Manoel Polycarpo de Castro Neto Assessor da Diretoria da ANP Chefe da URF/DF Maio,2011 Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural

Leia mais

Código Fiscal De Operações E Prestações CFOP

Código Fiscal De Operações E Prestações CFOP Código Fiscal De Operações E Prestações CFOP! Última alteração: Ajuste Sinief nº 004, de 2010, DOU de 13/7/2010 1. As operações praticadas pelos contribuintes do ICMS e/ou IPI estão relacionadas e codificadas

Leia mais

CFOP Código Fiscal de Operação e Prestação

CFOP Código Fiscal de Operação e Prestação CFOP Código Fiscal de Operação e Prestação NOVO CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (CFOP) A PARTIR DE 01.01.2003 AJUSTE SINIEF 07/01 DAS ENTRADAS DE MERCADORIAS E BENS E DA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS 1.000

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0019, DE 2 DE OUTUBRO DE 2001

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0019, DE 2 DE OUTUBRO DE 2001 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0019, DE 2 DE OUTUBRO DE 2001 Publicada no DOE(Pa) 03.10.01. Alterada pela IN 19/04. Revogada pela IN 19/10, efeitos a partir de 03.09.10. Define as mercadorias de que trata o art.

Leia mais

ESTABELECIMENTOS NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA POR SUBSETOR DO COMÉRCIO VAREJISTA - 2000

ESTABELECIMENTOS NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA POR SUBSETOR DO COMÉRCIO VAREJISTA - 2000 ESTABELECIMENTOS NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA POR SUBSETOR DO COMÉRCIO VAREJISTA - 2000 Comércio Varejista 2000 Comércio a Varejo e por Atacado de VeículosAutomotores 50 Manutenção e Reparação de VeículosAutomotores

Leia mais