Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena"

Transcrição

1 Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena Área total: 354 ha Área pastoril: 330 ha Sistema de produção: Cria de Bovinos

2 Histórico 1982 Início da propriedade / Silagem 1984 Cite 78 Sanidade bovina Alimentação Correção de solos 1987 Desmame precoce 1992 Programa Melhoramento de Campo Nativo 1994 Pastoreio Rotativo Racional 1997 Sorgo granífero 2006 Programa Redes de Referência

3 Resultados 1982 / Natalidade 45 % 65 % Kg/ha ano 30 Kg 75 Kg Desfrute 10 % 24 % Idade entoure 36 meses 24 meses

4 Projeto Redes de Referência Unidade Fazenda São Francisco

5 A Proposta Disseminar os resultados obtidos pela pesquisa científica ao longo dos anos para os produtores rurais do RS Formação de Unidades de Referência direcionadas a ações de intervenção técnica e gestão, por meio de consultoria técnica periódica.

6 O Desafio do Projeto Construção de um sistema pecuário eficiente, rentável e sustentável para os diferentes ambientes produtivos do Estado; Repasse de conhecimento para as demais propriedades da região, formando uma rede de produtores rurais.

7 A Unidade de Referência Área pastoril: 330 ha Pastagem Nativa: 260 ha Pastagem Melhorada/Cultivada: 70 ha Sistema de Produção: Cria de Bovinos

8 O Diagnóstico Pontos Fortes Propriedade com 20% da área pastoril de pastagem nativa melhorada; Composição de rebanho equilibrada; Adequada estrutura de maquinaria.

9 O Diagnóstico Pontos a Serem Trabalhados Manejo das pastagens melhoradas durante o período de inverno; Critérios de manejo das distintas categorias animais do rebanho; Escala de produção; Viabilidade econômica da atividade.

10 Os Desafios da Unidade Produzir sobre as pastagens melhoradas durante os períodos de frio intenso; Eliminar a dependência da alimentação suplementar para manter as matrizes durante o inverno; Corrigir a enorme diferença entre o suporte pastoril de verão e inverno;

11 Os Desafios da Unidade Eliminar por completo a necessidade de queima da pastagem nativa; Escala de produção frente à limitação de área pastoril. Definir um sistema de produção passível de rentabilidade.

12 As Metas - Curto Prazo Atingir taxa de prenhez acima de 80%; Elevar o número de matrizes de 160 para 200 ventres; Terminação das vacas de descarte a custo compatível; Manter o fluxo de caixa positivo ao longo do ano.

13 Ações - Curto Prazo Planejamento alimentar por categoria animal; Preparação das vaquilhonas para o primeiro serviço aos dois anos de idade; Fazer uso da manipulação da condição corporal do rebanho ao longo do ano, isto é, explorar o ganho compensatório dos animais;

14 Ações - Curto Prazo Uso da silagem para a terminação das vacas de descarte ao invés de utilizar para a mantença do rebanho durante o inverno; Associar o plano sanitário ao alimentar; Uso estratégico da adubação sobre a pastagem melhorada mantendo-a em equilíbrio com a necessidade do rebanho.

15 As Metas - Médio Prazo Produzir 200 terneiros utilizando 240 ventres em reprodução; Evoluir a ponto de substituir todas as vacas do rebanho base no prazo de cinco anos; Atingir taxa de desfrute acima de 40% num sistema de cria.

16 Ações - Médio Prazo Concentração do desmame dos terneiros na primeira semana de abril; Seleção de matrizes por precocidade sexual, habilidade materna e adaptação ao meio. Exploração do potencial produtivo das pastagens melhoradas.

17 Manejo das Áreas de Pastagens Ajuste de lotação Diferimento e roçadas Melhoramento da pastagem nativa Forragem conservada

18 Manejo Reprodutivo do Rebanho Seleção e exames de touros Preparo e seleção de fêmeas Planejamento do desmame Diagnóstico de gestação Formação de lotes de parição

19 Resultados

20 Resultados 80 Fêmeas de Reposição Seleção por Fenótipo 60 Desmame 40 Reprodução

21 Resultados Taxa de Prenhez de Novilhas e Vacas Primíparas Seleção por Precocidade % 94% 98% 95% 100% 96% 95% 90% Vazias Prenhes

22 Resultados

23 Resultados Relação entre Estoque e Desfrute em Número de Animais % % % 35% Estoque Desfrute

24 Resultados

25 Resultados

26 Resultados Antes Ventres Acasalados 156 Terneiros Nascidos: 109 Desembolso Anual: R$ ,00 Receita Anual: R$ ,00 Produção/ha/ano: 127 kg Depois Ventres Acasalados 236 Terneiros Nascidos: 180 Desembolso Anual: R$ ,00 Receita Anual: R$ ,00 Produção/ha/ano: 228 kg

27 Novas Metas da Fazenda São Francisco Reduzir a idade de primeiro serviço das fêmeas para 14 meses; Elevar o número de matrizes para 260 ventres; Padronização e agregação de valor nos terneiros.

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40 Colaboradores Família Técnicos: Luiz Gonzaga Pereira Messias Engenheiro Agrônomo Alcides Pilau - Zootecnista Entidades: Emater Federacite Sebrae Senar Farsul Funcionários: Hélio Bertuol Raul Teles dos Santos Vilson Fochesatto Gilberto Menger João Borges de Andrade

41 Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS José Lauri Moreira de Lucena /

Valor das vendas dos principais produtos Agropecuários em 2008

Valor das vendas dos principais produtos Agropecuários em 2008 MANEJO E EVOLUÇÃO DE REBANHO DE BOVINOS DE CORTE Prof. Dr. Cássio C. Brauner Prof. Dr. Marcelo A. Pimentel Departamento de Zootecnia FAEM -UFPel Valor das vendas dos principais produtos Agropecuários em

Leia mais

MANEJO DA NOVILHA EM GADO DE CRIA

MANEJO DA NOVILHA EM GADO DE CRIA MANEJO DA NOVILHA EM GADO DE CRIA Prof. Júlio O. J. Barcellos, Med.Vet., Dep. Zootecnia Fac. Agronomia e- mail: julio.barcellos@ufrgs.br http://www.ufrgs.br 1 ESTRUTURA DO TEMA A novilha e o sistema de

Leia mais

Prof. Júlio Barcellos e equipe do NESPRO

Prof. Júlio Barcellos e equipe do NESPRO Prof. Júlio Barcellos e equipe do NESPRO Julio.barcellos@ufrgs.br Uruguaiana, 04/10/2012 Economia estável. O agronegócio é atraente. Terra é ativo imobiliário. Valorização dos ativos. Múltiplos negócios

Leia mais

Manejo reprodutivo em bovinos

Manejo reprodutivo em bovinos Manejo reprodutivo em bovinos Índices Zootécnicos Bovinos de corte Atual Preconizado Natalidade 60% 75-80% Desmame 55% 76% Idade ao primeiro parto Intervalo entre partos 21 meses Bovinos de leite 48 meses

Leia mais

Inovações nutricionais para incremento da produtividade na cria: A Suplementação Tecnológica

Inovações nutricionais para incremento da produtividade na cria: A Suplementação Tecnológica Beef Expo 15 de junho de 2016 São Paulo, SP Inovações nutricionais para incremento da produtividade na cria: A Suplementação Tecnológica João Marcos Beltrame Benatti Supervisor de Treinamento Técnico Trouw

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Manejo de pastagens

Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Manejo de pastagens Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Manejo de pastagens Pressão de pastejo e ajuste na taxa de lotação Magno José Duarte Cândido magno@ufc.br Núcleo de Ensino

Leia mais

III SEMINÁRIO CRUZAMENTO ANGUS

III SEMINÁRIO CRUZAMENTO ANGUS III SEMINÁRIO CRUZAMENTO ANGUS Fazenda Ponte Queimada Proprietário: Eduardo Musa de Freitas Guimarães 08 DE AGOSTO DE 2014 Dados da Propriedade: Localização: Barra do Garças MT; Área total: 2379 hectares;

Leia mais

Cruzamento em gado de corte. Gilberto Romeiro de Oliveira Menezes Zootecnista, DSc Pesquisador Embrapa Gado de Corte

Cruzamento em gado de corte. Gilberto Romeiro de Oliveira Menezes Zootecnista, DSc Pesquisador Embrapa Gado de Corte Cruzamento em gado de corte Gilberto Romeiro de Oliveira Menezes Zootecnista, DSc Pesquisador Embrapa Gado de Corte Resumo Introdução: Cruzamento o que é? Por que? Aspectos/conceitos importantes Sistemas

Leia mais

TERMINAÇÃO. Sistemas de produção de carne no Brasil Sistema de 2010 (x 1000) 2010 (%) Sistemas de Produção 11/03/2015

TERMINAÇÃO. Sistemas de produção de carne no Brasil Sistema de 2010 (x 1000) 2010 (%) Sistemas de Produção 11/03/2015 TERMINAÇÃO Sistemas de produção de carne no Brasil Sistema de 2010 (x 1000) 2010 (%) produção Confinamento 3.047 7,39 Semiconfinamento Pastagens inverno 2.583 6,27 822 1,99 Pastagem sem 34.748 84,35 definição

Leia mais

Manejo reprodutivo I. Fernando Miranda de Vargas Junior Zootecnista, DSc.

Manejo reprodutivo I. Fernando Miranda de Vargas Junior Zootecnista, DSc. Manejo reprodutivo I Fernando Miranda de Vargas Junior Zootecnista, DSc. MNEJO REPRODUTIVO Escolha do macho Escolha da fêmea Flushing Efeito macho Seleção Melhoramento MNEJO REPRODUTIVO Exame andrológicos

Leia mais

Criação de Novilhas Leiteiras

Criação de Novilhas Leiteiras Criação de Novilhas Leiteiras Introdução Tópicos Objetivos da criação de novilhas Estimativa do número de novilhas no rebanho Manejo da Novilha Considerações Econômicas (Criar ou Terceirizar?) Salvador,

Leia mais

Aprimoramento da Seleção Genética com Uso de CLARIFIDE Nelore 2.0. Michel Caro Proprietário

Aprimoramento da Seleção Genética com Uso de CLARIFIDE Nelore 2.0. Michel Caro Proprietário Aprimoramento da Seleção Genética com Uso de CLARIFIDE Nelore 2.0 Michel Caro Proprietário Agradecimentos Michel Caro e Patricia Zancaner Equipe da fazenda Localização Geográfica Objetivos da Fazenda

Leia mais

Redes de referencia uma experiência em pecuária de corte no sul do Brasil. Prof. Carlos Nabinger Depto. Plantas Forrageiras e Agrometeorologia UFRGS

Redes de referencia uma experiência em pecuária de corte no sul do Brasil. Prof. Carlos Nabinger Depto. Plantas Forrageiras e Agrometeorologia UFRGS Redes de referencia uma experiência em pecuária de corte no sul do Brasil. Prof. Carlos Nabinger Depto. Plantas Forrageiras e Agrometeorologia UFRGS A origem do projeto Programa Juntos Para Competir -

Leia mais

Oportunidades de Otimização do Sistema com Produção Animal

Oportunidades de Otimização do Sistema com Produção Animal Mosaico do Agronegócio 2016 Painel. Terras baixas: arroz-soja-milho-pecuária Oportunidades de Otimização do Sistema com Produção Animal Jamir Luís Silva da Silva Jamir.silva@embrapa.br Porto Alegre, 9

Leia mais

ESTAÇÃO DE MONTA: UMA FERRAMENTA PARA MAXIMIZAR A EFICIÊNCIA REPRODUTIVA E O MELHORAMENTO GENÉTICO DOS REBANHOS

ESTAÇÃO DE MONTA: UMA FERRAMENTA PARA MAXIMIZAR A EFICIÊNCIA REPRODUTIVA E O MELHORAMENTO GENÉTICO DOS REBANHOS ESTAÇÃO DE MONTA: UMA FERRAMENTA PARA MAXIMIZAR A EFICIÊNCIA REPRODUTIVA E O MELHORAMENTO GENÉTICO DOS REBANHOS ANTONIO DE LISBOA RIBEIRO FILHO Prof. Adjunto Departamento de Patologia e Clínicas EMV UFBA

Leia mais

Ferramentas de Impacto no Melhoramento de Gado de Corte

Ferramentas de Impacto no Melhoramento de Gado de Corte Ferramentas de Impacto no Melhoramento de Gado de Corte Leonardo Souza Qualitas Consultoria Agropecuária BRAVO BEEF GOIÁS Médico Veterinário leo.nz@terra.com.br 62-3097-1030 62-3383-1170 62-9994-1165 Melhoramento

Leia mais

Variações sazonais no crescimento de plantas forrageiras. Fatores que afetam o crescimento estacional de plantas forrageiras

Variações sazonais no crescimento de plantas forrageiras. Fatores que afetam o crescimento estacional de plantas forrageiras Variações sazonais no crescimento de plantas forrageiras Fatores que afetam o crescimento estacional de plantas forrageiras Caráter extrativista dos sistemas de produção - Historicamente, o pecuarista

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Melhoramento Animal Código: VET224 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta: 4 Faculdade responsável: Medicina Veterinária Programa em vigência a partir de: Créditos:

Leia mais

Importância Reprodutiva em Gado de Leiteiro

Importância Reprodutiva em Gado de Leiteiro Importância Reprodutiva em Gado de Leiteiro Prof. Me.: Whelerson Luiz Vitro vitro@fea.br Disciplina de Bovinocultura FEA Andradina 2015 Introdução O desempenho adequado de qualquer sistema de produção

Leia mais

ESTRATÉGIAS ECONÔMICAS EM MANEJO DE PASTAGENS

ESTRATÉGIAS ECONÔMICAS EM MANEJO DE PASTAGENS ESTRATÉGIAS ECONÔMICAS EM MANEJO DE PASTAGENS II SIMPÓSIO DE ADUBAÇÃO E MANEJO DE PASTAGENS. UNESP/DRACENA, 18 DE MAIO DE 2013. JOÃO MANETTI FILHO (FEIS/UNESP). a) PRODUÇÃO DE FORRAGEM b) AQUISIÇÃO DE

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia

Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Ajuste na taxa de lotação Magno José Duarte Cândido Núcleo de Ensino e Estudos em Forragicultura- NEEF/DZ/CCA/UFC magno@ufc.br

Leia mais

Acélio Fontoura Júnior

Acélio Fontoura Júnior Produção Animal I Noções básicas sobre produção de bovinos de corte Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br Entoure de uma maneira geral Puberdade 1 e 2 entoure Demanda dos ventres e terneiros Disponibilidade

Leia mais

RENTABILIDADE EM PECUÁRIA DE CORTE: Questão de Preços ou de Custos?

RENTABILIDADE EM PECUÁRIA DE CORTE: Questão de Preços ou de Custos? RENTABILIDADE EM PECUÁRIA DE CORTE: Questão de Preços ou de Custos? Júlio Barcellos Med. Vet., D.Sc. Prof. Departamento de Zootecnia Faculdade de Agronomia - UFRGS 8 o. Seminário Arroz e Pecuária - Uruguaiana

Leia mais

Manual de Instruções DataCollection. Nome do Documento. Novas Funcionalidades DataCollection versão 2.90

Manual de Instruções DataCollection. Nome do Documento. Novas Funcionalidades DataCollection versão 2.90 Nome do Documento Novas Funcionalidades DataCollection versão 2.90 1. Classificação Etária do Rebanho Após a importação do arquivo de carga no DataCollection com os dados de uma propriedade é possível

Leia mais

Custos de produção e Planejamento do rebanho

Custos de produção e Planejamento do rebanho Custos de produção e Planejamento do rebanho A estimativa dos custos de produção permite avaliar a viabilidade do negócio. Custo Operacional (CO) Despesas de custeio / produção de leite. Custo Operacional

Leia mais

Gerenciamento da Ovinocultura

Gerenciamento da Ovinocultura Gerenciamento da Ovinocultura Base da apresentação... 6 anos de coleta de dados a campo sobre sistemas de produção no LAPOC; Produção de uma dissert. Mestrado sobre análise do resultado econômico dos sistemas;

Leia mais

MELHORES OS LUCROS DA PECUÁRIA UTILIZANDO TÉCNICAS COMPROVADAS DE BAIXO CUSTO

MELHORES OS LUCROS DA PECUÁRIA UTILIZANDO TÉCNICAS COMPROVADAS DE BAIXO CUSTO MELHORES OS LUCROS DA PECUÁRIA UTILIZANDO TÉCNICAS COMPROVADAS DE BAIXO CUSTO SITUAÇÃO ATUAL DAS PASTAGENS DO CENTRO OESTE 95% da nossa produção de carne depende do capim Alto grau de degradação Principais

Leia mais

Treinamento: Bovinocultura de corte (manejo e sanidade) Cód. 403

Treinamento: Bovinocultura de corte (manejo e sanidade) Cód. 403 SISTEMAS DE PRODUÇÃO 1. SISTEMA EXTENSIVO: Quando os animais são criados extensivamente, no pasto, só são trazidos para o centro de manejo para a práticas zootécnicas (vacinações, castrações, brincagem).

Leia mais

CRIAÇÃO DE NOVILHAS DESMAMA AO PRIMEIRO PARTO 34) TAXA DE CRESCIMENTO Michel A. Wattiaux Babcock Institute

CRIAÇÃO DE NOVILHAS DESMAMA AO PRIMEIRO PARTO 34) TAXA DE CRESCIMENTO Michel A. Wattiaux Babcock Institute Instituto Babcock para Pesquisa e Desenvolvimento da Pecuária Leiteira Internacional University of Wisconsin-Madison Essenciais em Gado de Leite CRIAÇÃO DE NOVILHAS DESMAMA AO PRIMEIRO PARTO 34) TAXA DE

Leia mais

Desafios para o manejo de pastagens no dia a dia. José Arlindo Freato da Silva Marques

Desafios para o manejo de pastagens no dia a dia. José Arlindo Freato da Silva Marques Desafios para o manejo de pastagens no dia a dia José Arlindo Freato da Silva Marques Formação Engenheiro agrônomo 1990 (ESALQ) Especialização em Administração Rural 2004 (LAVRAS) Especialização em Manejo

Leia mais

Importância Reprodutiva em Gado de Leiteiro

Importância Reprodutiva em Gado de Leiteiro Importância Reprodutiva em Gado de Leiteiro Prof. Me.: Whelerson Luiz Vitro vitro@fea.br Disciplina de Bovinocultura FEA Andradina 2015 Introdução O desempenho adequado de qualquer sistema de produção

Leia mais

CONTROLE ZOOTÉCNICO - TÉCNICA EFICIENTE E NECESSÁRIA

CONTROLE ZOOTÉCNICO - TÉCNICA EFICIENTE E NECESSÁRIA 1 CONTROLE ZOOTÉCNICO - TÉCNICA EFICIENTE E NECESSÁRIA O mercado de leite no Brasil é historicamente conhecido por apresentar tendências instáveis e impondo, principalmente, estreitas margens ao produtor.

Leia mais

Potencial de IG para raças locais: caso do Bovino Pantaneiro. Raquel Soares Juliano

Potencial de IG para raças locais: caso do Bovino Pantaneiro. Raquel Soares Juliano Potencial de IG para raças locais: caso do Bovino Pantaneiro Raquel Soares Juliano JUSTIFICATIVA Baixo valor da carne como comodity Mercado consumidor mais exigente Possibilidade de produto diferenciado

Leia mais

Sistema Intensivo de Produção de leite da Embrapa Pecuária Sudeste

Sistema Intensivo de Produção de leite da Embrapa Pecuária Sudeste Pecuária Sudeste Minitério da Agricultura, Pecuária e Abasteciment

Leia mais

INTEGRAÇÃO LAVOURA- Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini. UNESP Campus Experimental de Dracena 8200

INTEGRAÇÃO LAVOURA- Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini. UNESP Campus Experimental de Dracena 8200 INTEGRAÇÃO LAVOURA- PECUÁRIA Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini UNESP Campus Experimental de Dracena (18) 3821-8200 8200 lupatini@dracena.unesp.br 1 INTRODUÇÃO Monocultivo de culturas e pastagens; Problemas

Leia mais

DA GENÉTICA AO PRATO RAÇA ARAGUAIA GENÉTICA ANIMAL LTDA.

DA GENÉTICA AO PRATO RAÇA ARAGUAIA GENÉTICA ANIMAL LTDA. DA GENÉTICA AO PRATO RAÇA ARAGUAIA GENÉTICA ANIMAL LTDA. www.racaaraguaia.com.br ÍNDICE Missão Objetivo Origem A Raça Características Economia Produtividade Carne Oportunidades Empreendimento 03 04 05

Leia mais

Documentos. ISSN Dezembro, Avaliação da Raça Brangus no Brasil

Documentos. ISSN Dezembro, Avaliação da Raça Brangus no Brasil Documentos ISSN 1982-5390 Dezembro, 2009 97 Avaliação da Raça Brangus no Brasil ISSN 1982-5390 Dezembro, 2009 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro de Pesquisa de Pecuária dos Campos Sulbrasileiros

Leia mais

Alimentos e Alimentação Para Bovinos. Sistemas de Recria e Terminação. Ricardo Zambarda Vaz

Alimentos e Alimentação Para Bovinos. Sistemas de Recria e Terminação. Ricardo Zambarda Vaz Alimentos e Alimentação Para Bovinos Sistemas de Recria e Terminação Ricardo Zambarda Vaz Desempenho de novilhos em pastagem cultivada e natural de verão e inverno com a utilização de suplementação Adaptado

Leia mais

A DEP é expressa na unidade da característica avaliada, sempre com sinal positivo ou negativo:

A DEP é expressa na unidade da característica avaliada, sempre com sinal positivo ou negativo: Melhoramento Genético A contínua evolução da pecuária de corte faz com que a Marca OB, sempre presente na vanguarda da produção pecuária, oferece a seus clientes o que há de mais moderno em melhoramento

Leia mais

Gestão Integrada em Pecuária de Corte na Sociedad Agropecuaria Santa Rita

Gestão Integrada em Pecuária de Corte na Sociedad Agropecuaria Santa Rita Gestão Integrada em Pecuária de Corte na Sociedad Agropecuaria Santa Rita Setembro 2012 Quadro de Terras Indicador Unid. Medida Valor Área Própria 12.148 Área arrendada 1.556 Área total 13.704 Lavoura

Leia mais

UMA REFLEXÃO SOBRE O PAPEL DAS ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS NAS RELAÇÕES COM PRODUTORES RURAIS DO RINCÃO DO 28, ALEGRETE, BRASIL

UMA REFLEXÃO SOBRE O PAPEL DAS ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS NAS RELAÇÕES COM PRODUTORES RURAIS DO RINCÃO DO 28, ALEGRETE, BRASIL UMA REFLEXÃO SOBRE O PAPEL DAS ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS NAS RELAÇÕES COM PRODUTORES RURAIS DO RINCÃO DO 28, ALEGRETE, BRASIL Aportes teórico-metodológicos para o trabalho de Extensão Rural Ensaio

Leia mais

Avaliação genética. Os pais não transmitem o seu genótipo aos descendentes e sim uma amostra aleatória de genes.

Avaliação genética. Os pais não transmitem o seu genótipo aos descendentes e sim uma amostra aleatória de genes. Avaliação genética Eistem duas formas clássicas de se promover mudanças na constituição genética da população: seleção e sistemas de acasalamento. Seleção é a escolha de animais que serão pais da próima

Leia mais

Pré-requisitos Para integrar o Programa MACAL de Estágio Supervisionado, o candidato precisa atender os seguintes requisitos:

Pré-requisitos Para integrar o Programa MACAL de Estágio Supervisionado, o candidato precisa atender os seguintes requisitos: Prezados Senhores: A MACAL - Soluções em Nutrição, desde 2003 desenvolve o programa de Estágio Supervisionado que consiste em um intensivo programa para a preparação de novos profissionais, tendo como

Leia mais

ESTAÇÃO DE MONTA: POR QUE INVESTIR? EDSON RAMOS DE SIQUEIRA FMVZ / UNESP Botucatu- SP

ESTAÇÃO DE MONTA: POR QUE INVESTIR? EDSON RAMOS DE SIQUEIRA FMVZ / UNESP Botucatu- SP ESTAÇÃO DE MONTA: POR QUE INVESTIR? EDSON RAMOS DE SIQUEIRA FMVZ / UNESP Botucatu- SP OBTENÇÃO DE ALTOS ÍNDICES REPRODUTIVOS (OWEN, 1988) PRECOCIDADE LONGEVIDADE REPRODUTIVA INTERVALO ENTRE PARTOS PROLIFICIDADE

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO EM PECUÁRIA DE LEITE EM 2011, REGIÃO DE ITAPETINGA (BA)

CUSTO DE PRODUÇÃO EM PECUÁRIA DE LEITE EM 2011, REGIÃO DE ITAPETINGA (BA) RELATÓRIO DE PESQUISA CUSTO DE PRODUÇÃO EM PECUÁRIA DE LEITE EM 2011, REGIÃO DE ITAPETINGA (BA) Execução: Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada CEPEA/ESALQ/USP Coordenação: Geraldo Sant Ana

Leia mais

CURSO MEDICINA VETERINÁRIA

CURSO MEDICINA VETERINÁRIA Faculdade Anhanguera de Dourados Melhoramento Genético Animal CURSO MEDICINA VETERINÁRIA Prof. Me. Baltazar A Silva Jr 1 Aula 7 Cruzamentos 2 Introdução Maior eficácia, Maior rentabilidade, Produto de

Leia mais

Melhoramento Genético de Bovinos Leiteiros na Fazenda

Melhoramento Genético de Bovinos Leiteiros na Fazenda Melhoramento Genético de Bovinos Leiteiros na Fazenda Fazenda FINI, Castro, Paraná. Hans Jan Groenwold, Produtor, Presidente da Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa. Agenda:

Leia mais

Aspectos econômicos da aplicação de técnicas reprodutivas: MN, IA e IATF. Thaís Basso Amaral Fernando Paim Costa

Aspectos econômicos da aplicação de técnicas reprodutivas: MN, IA e IATF. Thaís Basso Amaral Fernando Paim Costa Aspectos econômicos da aplicação de técnicas reprodutivas: MN, IA e IATF Thaís Basso Amaral Fernando Paim Costa INTRODUÇÃO Questionamentos ligados à reprodução: O que é O que é mais economicamente viável,

Leia mais

Flushing. Flushing 07/04/2014. Aspectos reprodutivos dos suínos. Aspectos reprodutivos dos suínos

Flushing. Flushing 07/04/2014. Aspectos reprodutivos dos suínos. Aspectos reprodutivos dos suínos DIESTRO 14 dias Corposlúteosmaduros prod.progesterona Útero recebe óvulos fertilizados embriões Fêmeanão-prenhe luteóliseerecomeçodo ciclo Flushing > aportede energiaparaa fêmea10 diasantes dadata prevista

Leia mais

Características da vaca O que esperar de uma vaca. que afetam a economia. de produção de leite. leiteira. Vidal Pedroso de Faria.

Características da vaca O que esperar de uma vaca. que afetam a economia. de produção de leite. leiteira. Vidal Pedroso de Faria. Características da vaca O que esperar de uma vaca que afetam a economia leiteira de produção de leite Vidal Pedroso de Faria vpdfaria@gmail.com A responsabilidade das vacas em lactação na fazenda leiteira

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV Rússia importará mais carnes do Brasil No primeiro quadrimestre desse ano, foram habilitadas a exportares ao país, pelo Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia (Rosselkhoznadzor).

Leia mais

Visão geral sobre manejo reprodutivo em codornas Machos e Fêmeas

Visão geral sobre manejo reprodutivo em codornas Machos e Fêmeas Aula USP FMVZ VRA Reprodução de Aves 11/07/2014 Visão geral sobre manejo reprodutivo em codornas Machos e Fêmeas Prof. D.Sc. DMV - Roberto de A. Bordin Setor de Nutrição, Produção, Sanidade e Agronegócio

Leia mais

Pensou Braford Pensou Santa Prenda

Pensou Braford Pensou Santa Prenda Valores médios das Dep s das principais características geradas para a raça Médias DEPs Braford 38 Nº Anim/sexo 18.935 43.410 Característica Machos DP Fêmeas DP PN (kg) 0,03 ±0,47 0,00 ±0,39 PD (kg) -

Leia mais

Animais de Produção. Luís Eduardo T. Grégio Diretor Executivo Comercial

Animais de Produção. Luís Eduardo T. Grégio Diretor Executivo Comercial Animais de Produção Luís Eduardo T. Grégio Diretor Executivo Comercial Agenda Setor Pecuário e Tendências Estratégia de Comercialização Portfólio de Produtos Estratégia de Crescimento Setor Pecuário e

Leia mais

Vantagens e Benefícios: Vantagens e Benefícios:

Vantagens e Benefícios: Vantagens e Benefícios: Proteinados Independente da época do ano, a suplementação proteica tem se mostrado uma excelente ferramenta para aumentar o ganho de peso dos animais. O fornecimento do Proteinado agpastto melhora o padrão

Leia mais

MELHORAMENTO GENÉTICO E CRUZAMENTOS DE OVINOS

MELHORAMENTO GENÉTICO E CRUZAMENTOS DE OVINOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE ZOOTECNIA OVINOCULTURA MELHORAMENTO GENÉTICO E CRUZAMENTOS DE OVINOS André Gustavo Leão Dourados - MS, 09 de outubro de 2013

Leia mais

Desmistificando o aproveitamento do pasto

Desmistificando o aproveitamento do pasto Carvalho, P.C.F. et al. Desmistificando o aproveitamento do pasto. In: 4ª jornada técnica em sistemas de produção de bovinos de corte e cadeia produtiva. 2009. Desmistificando o aproveitamento do pasto

Leia mais

18 a em 24 MESES: O QUANTO O CONFINAMENTO DEPENDE DO PASTO? César Borges Zootecnista, MSc Gerente de Desenvolvimento e Soluções - Phibro

18 a em 24 MESES: O QUANTO O CONFINAMENTO DEPENDE DO PASTO? César Borges Zootecnista, MSc Gerente de Desenvolvimento e Soluções - Phibro 18 a 21@s em 24 MESES: O QUANTO O CONFINAMENTO DEPENDE DO PASTO? César Borges Zootecnista, MSc Gerente de Desenvolvimento e Soluções - Phibro Introdução Evolução da área plantada e da produção de soja

Leia mais

JÁ IMAGINOU UMA SOLUÇÃO COM 100% DE MELHORAMENTO GENÉTICO PRONTA PARA ACELERAR O FUTURO DO SEU REBANHO?

JÁ IMAGINOU UMA SOLUÇÃO COM 100% DE MELHORAMENTO GENÉTICO PRONTA PARA ACELERAR O FUTURO DO SEU REBANHO? JÁ IMAGINOU UMA SOLUÇÃO COM 100% DE MELHORAMENTO GENÉTICO PRONTA PARA ACELERAR O FUTURO DO SEU REBANHO? DESEMPENHO PRODU TIVI DADE A ABS está lançando um novo conceito no mercado de genética bovina: o

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Estação de monta de um rebanho nelore no Estado de Goiás

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Estação de monta de um rebanho nelore no Estado de Goiás PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Estação de monta de um rebanho nelore no Estado de Goiás Gabriela Lucia Bonato¹ e Ricarda Maria dos Santos 2 ¹ Graduada e mestranda pela Universidade

Leia mais

Influências da primiparidade no tamanho ao nascimento, crescimento, eixo somatotrófico e fertilidade em novilhas leiteiras.

Influências da primiparidade no tamanho ao nascimento, crescimento, eixo somatotrófico e fertilidade em novilhas leiteiras. Influências da primiparidade no tamanho ao nascimento, crescimento, eixo somatotrófico e fertilidade em novilhas leiteiras. Apresentadores: Guilherme Nunes Bolzan Igor Santa Bárbara Araújo Orientação:

Leia mais

MANEJO DO CORDEIRO RECÉM-NASCIDO. C. Otto de Sá e J. L. Sá

MANEJO DO CORDEIRO RECÉM-NASCIDO. C. Otto de Sá e J. L. Sá MANEJO DO CORDEIRO RECÉM-NASCIDO C. Otto de Sá e J. L. Sá Um dos maiores problemas na ovinocultura é a alta mortalidade de cordeiros. Quando muitos cordeiros morrem antes mesmo do desmame, o prejuízo do

Leia mais

Manejo Intensivo de Pastagens para Produção de Carne Bovina. Curso Teórico Prático Embrapa Pecuária Sudeste 22 a 25 de abril de 2003

Manejo Intensivo de Pastagens para Produção de Carne Bovina. Curso Teórico Prático Embrapa Pecuária Sudeste 22 a 25 de abril de 2003 Manejo Intensivo de Pastagens para Produção de Carne Bovina Curso Teórico Prático Embrapa Pecuária Sudeste 22 a 25 de abril de 2003 Situação atual: Baixa produtividade: 100 kg de PV/ha/ano Produtividade

Leia mais

ANÁLISE ECONÔMICA: ESTUDO DE CASO DE QUATRO SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE NO MATO GROSSO DO SUL

ANÁLISE ECONÔMICA: ESTUDO DE CASO DE QUATRO SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE NO MATO GROSSO DO SUL ANÁLISE ECONÔMICA: ESTUDO DE CASO DE QUATRO SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE NO MATO GROSSO DO SUL 25 Cid Isidoro Demarco Martins* Armindo Neivo Kichel** 1 - INTRODUÇÃO A pesquisa tem, como objetivo,

Leia mais

Desmame aos 60 dias em Gado de Corte Um Instrumento de Aumento da Eficiência da Cria em Campo Nativo

Desmame aos 60 dias em Gado de Corte Um Instrumento de Aumento da Eficiência da Cria em Campo Nativo ISSN 0100-8625 Desmame aos 60 dias em Gado de Corte Um Instrumento de Aumento da Eficiência da Cria em Campo Nativo 30 Bagé, RS Dezembro, 2002 Autor Jocely da Silva Portella Méd. Vet., M.Sc., Pesquisador

Leia mais

Percursos 27 e 28 Expedições Geográficas - 6ºano Profª Bruna Andrade

Percursos 27 e 28 Expedições Geográficas - 6ºano Profª Bruna Andrade AGRICULTURA E PECUÁRIA Percursos 27 e 28 Expedições Geográficas - 6ºano Profª Bruna Andrade AGRICULTURA CONDIÇÕES NATURAIS: Apesar do grande desenvolvimento técnico e científico ela ainda depende do solo,

Leia mais

Leilão da Hora - Matrizes Nelore

Leilão da Hora - Matrizes Nelore 58 BEZERRAS 08 MESES - 205 kg 01 21Km de Brasilândia/MS e 45Km de Bataguassu/MS 01 30 BEZERRAS 08 MESES - 200 kg 02 21Km de Brasilândia/MS e 45Km de Bataguassu/MS 02 30 BEZERRAS 08 MESES - 190 kg 03 21Km

Leia mais

MAIOR PRODUTIVIDADE PARA SUA LAVOURA, SEMENTES DE MILHO E SORGO PARA GRÃOS E SILAGEM.

MAIOR PRODUTIVIDADE PARA SUA LAVOURA, SEMENTES DE MILHO E SORGO PARA GRÃOS E SILAGEM. MAIOR PRODUTIVIDADE PARA SUA LAVOURA, SEMENTES DE MILHO E SORGO PARA GRÃOS E SILAGEM. SEMENTES BIOMATRI É SINAL VERDE PARA A PRODUTIVIDADE. Apresentamos nossa linha de produtos para a safra 2017/2018,

Leia mais

Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos. Programa. Mas tem mais... Importância do aleitamento Objetivos

Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos. Programa. Mas tem mais... Importância do aleitamento Objetivos Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos * * * Prof. Dr. Silvio Doria de Almeida Ribeiro Profa. Dra. Anamaria Cândido Ribeiro 1/39 Programa Introdução Introdução Cuidados com o recém- nascido

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE GIR LEITEIRO - ABCGIL

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE GIR LEITEIRO - ABCGIL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE GIR LEITEIRO - ABCGIL Perspectivas do teste de progênie do Gir Leiteiro: demandas, logística e operacionalização ANDRÉ RABELO FERNANDES Zootecnista Superintendente

Leia mais

Introdução. Seleção de Reprodutores. Importância das Fêmeas. Importância dos Machos. O que selecionar. Como selecionar

Introdução. Seleção de Reprodutores. Importância das Fêmeas. Importância dos Machos. O que selecionar. Como selecionar Disciplina AZ044 - Suinocultura Seleção de Reprodutores Prof. Marson Bruck Warpechowski Introdução Reposição de plantel Substituição de descartes Melhoramento dos produtos Produção: reprodutores x leitões

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO ARENITO CAIUÁ Realidade Paisagem ilustrando cerca de 1,4 milhões de hectares de pastagem em condições de degradação e baixa rentabilidade no Arenito do Paraná. Lotação média

Leia mais

reprodução PR. Introduçãoo agropecuária são importante alternativa de desenvolvimento necessidades da população fêmeas em uma importância produção.

reprodução PR. Introduçãoo agropecuária são importante alternativa de desenvolvimento necessidades da população fêmeas em uma importância produção. ANAIS DA I MOSTRA CIENTÍFICA DE BUIATRIA WORKSHOP EM BOVINOS, URUGUAIANA, 2015 M MANEJO REPRODUTIVO ESTRATÉGICO EM FÊMEAS BOVINAS DE CORTE Sá Filho MF 1, Pessoa GA 2, Leivas FG 3, Marques MO 4, Vieira

Leia mais

O produtor pergunta, a Embrapa responde

O produtor pergunta, a Embrapa responde Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Gado de Corte Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento O produtor pergunta, a Embrapa responde 2 a edição revista e ampliada Geraldo Augusto

Leia mais

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Módulo I PRODUÇÃO DE BOVINOS EM PASTAGENS NO BRASIL Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini Zootecnia UNESP/Dracena

Leia mais

Nutrição e Eficiência Reprodutiva de Vacas Leiteiras. Profa. Ricarda Maria dos Santos FAMEV Universidade Federal de Uberlândia

Nutrição e Eficiência Reprodutiva de Vacas Leiteiras. Profa. Ricarda Maria dos Santos FAMEV Universidade Federal de Uberlândia Nutrição e Eficiência Reprodutiva de Vacas Leiteiras Profa. Ricarda Maria dos Santos FAMEV Universidade Federal de Uberlândia Por que devemos nos preocupar com Eficiência Reprodutiva? Eficiência Reprodutiva

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Simulação de dados para avaliação econômica do sistema de cria de bovinos de corte em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu Girlei Gonçalves

Leia mais

Antes da porteira. Agronegócio Cavalo. Principais segmentos. Prof. Me. Diogo Gaubeur de Camargo. Atividades antes da porteira;

Antes da porteira. Agronegócio Cavalo. Principais segmentos. Prof. Me. Diogo Gaubeur de Camargo. Atividades antes da porteira; Agronegócio Cavalo Prof. Me. Diogo Gaubeur de Camargo Principais segmentos Atividades antes da porteira; Atividades dentro da porteira; Atividades fora da porteira. Antes da porteira Fornecem insumos Medicamentos

Leia mais

ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS PARA BUBALINOS

ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS PARA BUBALINOS ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS PARA BUBALINOS Prof. Dr. André Mendes Jorge Pesquisador do CNPq Prof. Dr. André Mendes Jorge FMVZ-Unesp-Botucatu NECESSIDADE DE INTENSIFICAÇÃO DA PECUÁRIA Manejo intensivo

Leia mais

VIABILIDADE ECONÔMICA DA CRIAÇÃO DE OVINOS DE CORTE

VIABILIDADE ECONÔMICA DA CRIAÇÃO DE OVINOS DE CORTE TECNOLOGIA FÁCIL - 16 ISSN 1809-6735 ISBN 85-87890-38-7 VIABILIDADE ECONÔMICA DA CRIAÇÃO DE OVINOS DE CORTE NAS REGIÕES CENTRO-OESTE E SUDESTE ELABORADORES Aurora Maria Guimarães Gouveia MÉDICA VETERINÁRIA

Leia mais

COMPARAÇÕES BIOECONÔMICAS ENTRE TRÊS IDADES À PRIMEIRA COBERTURA EM NOVILHAS NELORE

COMPARAÇÕES BIOECONÔMICAS ENTRE TRÊS IDADES À PRIMEIRA COBERTURA EM NOVILHAS NELORE ARS VETERINARIA, Jaboticabal, SP, Vol. 18, nº 3, 197-203, 2002. ISSN 0102-6380 COMPARAÇÕES BIOECONÔMICAS ENTRE TRÊS IDADES À PRIMEIRA COBERTURA EM NOVILHAS NELORE (BIO-ECONOMIC COMPARISONS AMONG THREE

Leia mais

Critérios de seleção para pecuária de ciclo curto

Critérios de seleção para pecuária de ciclo curto Critérios de seleção para pecuária de ciclo curto Agradecimentos: ANCP e Prof. Raysildo Diretoria e associados Delta G Gensys Jorge Severo Willian Koury Filho José Fernando Garcia Central Leilões Daniel

Leia mais

24/11/2016. Perdas de terneiros. Grande quantidade de fatores e circunstâncias. Abrevia a vida desse novo ser. Produtores. Perdas logo ao nascer

24/11/2016. Perdas de terneiros. Grande quantidade de fatores e circunstâncias. Abrevia a vida desse novo ser. Produtores. Perdas logo ao nascer Curso de Zootecnia Dom Pedrito Espermatozóide + óvulo Perdas de terneiros Fecundação Prof. Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br Processo que se encerra ou deveria se encerrar 12 a 15 meses depois

Leia mais

Manejo reprodutivo de vacas de corte em diferentes idades

Manejo reprodutivo de vacas de corte em diferentes idades Manejo reprodutivo de vacas de corte em diferentes idades Acasalamento, escore de condição corporal, peso Revista Eletrônica Vol. 13, Nº 05, Set/Out de 2016 ISSN: 1983-9006 www.nutritime.com.br A Nutritime

Leia mais

ASSISTÊNCIA TÉCNICA, APERFEIÇOAMENTO E ATUALIZAÇÃO EM OVINOCULTURA NA REGIÃO DA CAMPANHA GAÚCHA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA, APERFEIÇOAMENTO E ATUALIZAÇÃO EM OVINOCULTURA NA REGIÃO DA CAMPANHA GAÚCHA ASSISTÊNCIA TÉCNICA, APERFEIÇOAMENTO E ATUALIZAÇÃO EM OVINOCULTURA NA REGIÃO DA CAMPANHA GAÚCHA Área Temática: Tecnologia e Produção Gladis Ferreira Corrêa (Coordenadora da Ação de Extensão) Gladis Ferreira

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Bovinocultura de Corte e Leite Código da Disciplina: AGR 361 Curso: Agronomia Semestre de oferta da disciplina: 7 p Faculdade responsável: Agronomia Programa em vigência

Leia mais

POLO DE DESENVOLVIMENTO DA RAÇA GUZERÁ DE CORTE 1 PORTAL DO CERRADO. Circuito de Provas de Eficiência Produtiva (PEP) PEP-Unesp

POLO DE DESENVOLVIMENTO DA RAÇA GUZERÁ DE CORTE 1 PORTAL DO CERRADO. Circuito de Provas de Eficiência Produtiva (PEP) PEP-Unesp POLO DE DESENVOLVIMENTO DA RAÇA GUZERÁ DE CORTE 1 PORTAL DO CERRADO Circuito de Provas de Eficiência Produtiva (PEP) PEP-Unesp 1. INTRODUÇÃO O mercado consumidor de reprodutores exige cada vez mais animais

Leia mais

Informe Técnico - Macal Nutrição Animal Elaborado por Marcia Dias 1

Informe Técnico - Macal Nutrição Animal Elaborado por Marcia Dias 1 Informe Técnico - Macal Nutrição Animal Elaborado por Marcia Dias 1 Estratégias de suplementação de vacas primíparas de corte Marcia Dias 1 1 Médica Veterinária - CRMV-MS nº2820, mestranda em Nutrição

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE GADO DE CORTE EM PASTAGEM CULTIVADA IRRIGADA

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE GADO DE CORTE EM PASTAGEM CULTIVADA IRRIGADA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE GADO DE CORTE EM PASTAGEM CULTIVADA IRRIGADA Carlos Alberto Xavier Fernandes 1 Roberto Machado Braz 2 ; Alex Fabiano Fernandes Gomes 3 ; Antônio Candido Barcellos de Souza 3

Leia mais

Manejo de pastagens Consumo de forragem

Manejo de pastagens Consumo de forragem Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Manejo de pastagens Consumo de forragem Magno José Duarte Cândido magno@ufc.br Núcleo de Ensino e Estudos em Forragicultura-

Leia mais

DESAFIOS DA PECUÁRIA LEITEIRA

DESAFIOS DA PECUÁRIA LEITEIRA DESAFIOS DA PECUÁRIA LEITEIRA Walter Miguel Ribeiro Engenheiro Agrônomo GERAR RENDA??? Como gerar renda Renda Resultado = Quantidade de leite + Quantidade de animais x preço do leite x preço dos animais

Leia mais

Efeito da idade da vaca sobre o peso ao nascimento e peso à desmama de bovinos da raça Aberdeen Angus

Efeito da idade da vaca sobre o peso ao nascimento e peso à desmama de bovinos da raça Aberdeen Angus Efeito da idade da vaca sobre o peso ao nascimento e peso à desmama de bovinos da raça Aberdeen Angus Autor(es): Apresentador: Orientador: Revisor 1: Revisor 2: Instituição: BIEGELMEYER, Patrícia; MENEZES,

Leia mais

Feira Nacional de Agricultura Junho de 2011

Feira Nacional de Agricultura Junho de 2011 Feira Nacional de Agricultura Junho de 2011 Porquê criar Porcos Bísaros? Ganhar dinheiro ; Paixão por ter uma exploração pecuária; Criação de uma raça autóctone; Desenvolvimento e melhoramento desta raça;

Leia mais

URI:http://hdl.handle.net/ /25612

URI:http://hdl.handle.net/ /25612 Sexagem de sémen Autor(es): Publicado por: URL persistente: Fernandes, Joana Rita Carvalho; Rodrigues, Paulo Publindústria URI:http://hdl.handle.net/10316.2/25612 Accessed : 1-Jul-2017 22:41:08 A navegação

Leia mais

OBJETIVOS. O PROGRAMA PRECOCE GRILL tem como objetivo:

OBJETIVOS. O PROGRAMA PRECOCE GRILL tem como objetivo: OBJETIVOS O PROGRAMA PRECOCE GRILL tem como objetivo: Oferecer ao consumidor uma carne saudável, macia e de sabor e suculência inigualáveis dentro dos padrões mundiais de qualidade. Incentivo e estímulo

Leia mais

COMO AS BOAS PRÁTICAS DE BEM-ESTAR ANIMAL PODEM MELHORAR A PERFORMANCE NA BOVINOCULTUTA DE CORTE

COMO AS BOAS PRÁTICAS DE BEM-ESTAR ANIMAL PODEM MELHORAR A PERFORMANCE NA BOVINOCULTUTA DE CORTE COMO AS BOAS PRÁTICAS DE BEM-ESTAR ANIMAL PODEM MELHORAR A PERFORMANCE NA BOVINOCULTUTA DE CORTE Mateus Paranhos da Costa Departamento de Zootecnia, FCAV-UNESP, Jaboticabal-SP, Brasil mpcosta@fcav.unesp.br

Leia mais

Manejo Reprodutivo em Suínos. Rafael Ulguim

Manejo Reprodutivo em Suínos. Rafael Ulguim Manejo Reprodutivo em Suínos Rafael Ulguim Reposição Oportunistas Creche Recria / Terminação Abate Parto Desmame Estro Parto Ciclo produtivo da porca Lactação IDE Gestação 18-25 dias 3-7 dias 114 dias

Leia mais

Nestlé GUIA TÉCNICO. Controles zootécnicos. Registros de produção e reprodução contribuem para o sucesso na atividade

Nestlé GUIA TÉCNICO. Controles zootécnicos. Registros de produção e reprodução contribuem para o sucesso na atividade Nestlé Controles zootécnicos Registros de produção e reprodução contribuem para o sucesso na atividade Ano 1 Número 6 Out./Nov. 2014 GUIA TÉCNICO Eficiência e qualidade na produção leiteira Nesta Edição

Leia mais

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Resumo da evolução dos custos em Junho/08 PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Pela primeira vez, a arroba do boi gordo no primeiro semestre do ano teve alta superior ao do Custo

Leia mais

DESENVOLVIMENTO PONDERAL DE BOVINOS MEIO-SANGUE IBAGÉ- HEREFORD NASCIDOS EM DISTINTAS ESTAÇÕES DO ANO

DESENVOLVIMENTO PONDERAL DE BOVINOS MEIO-SANGUE IBAGÉ- HEREFORD NASCIDOS EM DISTINTAS ESTAÇÕES DO ANO Ciência Rural, Santa Maria, v. 29, n. 2, p. 325-329, 1999. ISSN 0103-8478 325 DESENVOLVIMENTO PONDERAL DE BOVINOS MEIO-SANGUE IBAGÉ- HEREFORD NASCIDOS EM DISTINTAS ESTAÇÕES DO ANO GROWTH RATE OF IBAGÉ

Leia mais