Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria. Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria. Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí"

Transcrição

1 Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí

2 Psiquiatria: Especialidade médica que se dedica ao estudo, diagnóstico, tratamento e à prevenção de distúrbios do comportamento (Campbell, 1970). A psiquiatria se inicia no século XVII, quando a medicina chama para si o papel de cuidar dos insanos, até então função da Igreja (Lishman, 1992).

3 Neurologia: É o ramo da medicina que se dedica ao estudo das organizações e das funções clínicas do tecido nervoso. A neurologia data da primeira metade do século XIX, a partir do estudo das doenças do cérebro. Seu berço é a neuropatologia.

4 A neuropsiquiatria atual surge pouco antes do advento da moderna neuroimagem, com o raciocínio clínico para a distinção entre orgânico e funcional ao examinar pacientes com alterações comportamentais e possíveis lesões cerebrais (Lishman, 1992) Geriatria compreende a prevenção e o manejo das doenças do envelhecimento

5 Organização Mundial da Saúde (OMS, 1947): Saúde Social Mental Física

6 - Estima-se que, atualmente, cerca de 1 milhão de pessoas cruza a barreira dos 60 anos de idade, a cada mês, em todo o mundo; - Estimativas apontam que, de 1990 a 2025, a população idosa mundial crescerá 2,4% ao ano, contra 1,3% de crescimento anual da população terrestre em sua totalidade. - Na América Latina entre 1980 e 2025 aumento de 217% da população total, enquanto que o aumento da população acima de 60 anos deverá ser de 412% - No ano 2025 Brasil terá a 6ª população de idosos em termos absolutos

7 Sintomas psiquiátricos estão presentes com freqüência em transtornos neurológicos como acidentes vasculares cerebrais, tumores, doença de Parkinson, coréia de Huntington e epilepsias (Robinson, 1997). Muitas vezes surgem como primeira manifestação da doença neurológica (Mega et. al., 1994).

8 Essas manifestações psiquiátricas podem ocorrer sob a forma de síndromes depressivas (Cummings, 1993), alterações cognitivas, mudanças de personalidade e sintomas psicóticos. Doenças cerebrais orgânicas são um diagnóstico diferencial a ser considerado em pacientes que apresentam aparente quadro psiquiátrico primário.

9 Segundo o DSM-IV (Manual Diagnóstico e estatístico de Transtornos Mentais da Associação Psiquiátrica Americana): O diagnóstico de transtornos mentais maiores só pode ser firmado se excluídas causas orgânicas; na presença destas, o diagnóstico passa a ser o de transtorno mental secundário a uma condição médica geral.

10 As síndromes psicorgânicas são alterações mentais associadas a doenças somáticas. Síndrome mental orgânica: como sendo uma constelação de sinais e sintomas psicológicos ou comportamentais sem referência a etiologia (demência). Distúrbio mental orgânico: como sendo uma síndrome particular cuja etiologia é conhecida ou presumida (demência de múltiplos infartos).

11 Podemos dividir as causas somáticas em dois grandes grupos: Intracerebral (traumas, tumores, hemorragias, tromboses,infecções, hidrocefalia e doenças degenerativas). Extracerebral (infecções sistêmicas, insuficiência cardiorespiratória, endocrinopatias e doenças tóxico-metabólicas).

12 As síndromes psicorgânicas são geralmente associadas a transtornos difusos, multifocais ou regionais do cérebro. por lesão estrutural ou disfunção tóxico-metabólica causas psicológicas

13 Em idosos: Depressão + Situações psicossociais anormais Privação sociossensorial Excesso de estimulação ambiental Trauma psíquico Estados confusionais ou demenciais (pseudodemência depressiva)

14 Kraeplin: cada agente nocivo que afeta o cérebro evoca um quadro psiquiátrico específico. Bonhoeffer (1910): o mesmo agente etiológico poderia produzir sintomas psíquicos diferentes assim como quadros clínicos semelhantes originar-se-iam de diferentes agentes etiológicos. Piora da consciência: variados processos tóxicos agindo sobre o cérebro ou da elevação da pressão intracraniana Demência: anoxia, trauma ou doença degenerativa primária.

15 O que chama atenção para a etiologia orgânica: Alterações da consciência, memória, atenção e concentração. Predomínio de alucinações visuais. Crises epilépticas. Algum sintoma ou sinal focal lateralizado Heminegligência Afasia Agnosia Apraxia

16 Quadro clínico: lesão (sua natureza, local ou distribuição e rapidez de instalação) paciente (constituição biológica, personalidade, experiência socio-ocupacional e cultural) ambiente psicossocial atual

17 Síndrome Demencial D. de Alzheimer Demências Reversíveis HPN D. Vascular Hipotiroidismo D. Mista D. Fronto-temporal (D. de Pick) Deficiência de Vit. B 12 Pseudodemência depressiva D. De Corpos de Lewy

18 Doença de Parkinson Primária Transtornos da Ansiedade e Transtorno do Pânico Secundária

19 Transtornos Paranóides Parafrenia tardia Delirium Hiperativo Hipoativo

20 Depressão de início precoce Acidentes Vasculares Cerebrais de início tardio Corticais Vascular Subcorticais

21 OBRIGADO

DEMÊNCIAS. Medicina Abril 2007. Francisco Vale Grupo de Neurologia Comportamental HCFMRP-USP

DEMÊNCIAS. Medicina Abril 2007. Francisco Vale Grupo de Neurologia Comportamental HCFMRP-USP DEMÊNCIAS Medicina Abril 2007 Francisco Vale Grupo de Neurologia Comportamental HCFMRP-USP Queixa de memória, autocrítica excessiva depressão, ansiedade efeito de doença sistêmica ou medicação envelhecimento

Leia mais

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO MARÇO 04/03 Teórica Noções em Geriatria e Gerontologia - Histórico - Temas básicos: saúde, autonomia, independência, incapacidade e fragilidade - Epidemiologia do envelhecimento - Papel do cuidador - Qualidade

Leia mais

EstudoDirigido Exercícios de Fixação Doenças Vasculares TCE Hipertensão Intracraniana Hidrocefalia Meningite

EstudoDirigido Exercícios de Fixação Doenças Vasculares TCE Hipertensão Intracraniana Hidrocefalia Meningite EstudoDirigido Exercícios de Fixação Doenças Vasculares TCE Hipertensão Intracraniana Hidrocefalia Meningite SOMENTE SERÃO ACEITOS OS ESTUDOS DIRIGIDOS COMPLETOS, MANUSCRITOS, NA DATA DA PROVA TERÁ O VALOR

Leia mais

Epilepsia e distúrbio de aprendizagem: tem relação?

Epilepsia e distúrbio de aprendizagem: tem relação? Epilepsia e distúrbio de aprendizagem: tem relação? Apresentação: Daniele Istile (2º ano) Maria Gabriela Cavalheiro (4ºano) Orientação: Doutoranda Thaís dos Santos Gonçalves Local: Anfiteatro da Biblioteca

Leia mais

23ª Imagem da Semana: Tomografia computadorizada de crânio

23ª Imagem da Semana: Tomografia computadorizada de crânio 23ª Imagem da Semana: Tomografia computadorizada de crânio Enunciado Paciente do sexo feminino, 86 anos, previamente hígida, há 4 meses com queixas de problemas de memória, déficit de atenção, lentificação

Leia mais

Demências na Terceira idade. Enfª Mda Josiane Steil Siewert

Demências na Terceira idade. Enfª Mda Josiane Steil Siewert Demências na Terceira idade Enfª Mda Josiane Steil Siewert Grandes síndromes neuropsiquiatricas na terceira idade: Delirium Demencias Depressão Doenças Orgânicas do Cérebro Quando uma pessoa idosa de repente

Leia mais

Demência associada ao HIV

Demência associada ao HIV Demência associada ao HIV A complicação do SNC mais comum é um comprometimento cognitivo de gravidade suficiente para justificar o diagnóstico de demência (Centers for Disease Control and Prevention; CDCP

Leia mais

Pseudodemência Depressiva

Pseudodemência Depressiva Pseudodemência Depressiva Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí Aspectos psiquiátricos do envelhecimento A A velhice é um triste inventário de perdas e limitações Diminuem - a visão

Leia mais

Envelhecimento Cerebral e Demências

Envelhecimento Cerebral e Demências Envelhecimento Cerebral e Demências Thiago Monaco thiagomonaco@ yahoo.com Envelhecimento Cerebral e Demências Envelhecimento Cerebral D. Comuns D. Menos Comuns D. potencialmente tratáveis Envelhecimento

Leia mais

DEMÊNCIAS. MEMÓRIA ORGANICA Memória Hábito, comum a todos os seres vivos.

DEMÊNCIAS. MEMÓRIA ORGANICA Memória Hábito, comum a todos os seres vivos. DEMÊNCIAS I) DEFINIÇÃO Demência pode ser considerada como um prejuízo global da inteligência, memória e personalidade, adquirido na vida adulta. O nível de consciência é claro. É vista mais freqüentemente

Leia mais

Plenária temática CRMESP Aposentadoria Médica Perspectiva Psiquiátrica

Plenária temática CRMESP Aposentadoria Médica Perspectiva Psiquiátrica Plenária temática CRMESP Aposentadoria Médica Perspectiva Psiquiátrica Prof. Dr. Renato Luiz Marchetti Ipq-HCFMUSP Câmara Técnica Psiquiatria CREMESP Agenda de apresentação Problemas cognitivos dos idosos

Leia mais

DEMÊNCIAS. Programa do Idoso Unidade Saúde Escola UFSCar

DEMÊNCIAS. Programa do Idoso Unidade Saúde Escola UFSCar DEMÊNCIAS Programa do Idoso Unidade Saúde Escola UFSCar Conceitos básicos Inteligência Cognição Memória Transtornos cognitivos Quadro confusional agudo Demência Inteligência Totalidade das funções cognitivas

Leia mais

Deficiência Mental O QUE É A DEMÊNCIA?

Deficiência Mental O QUE É A DEMÊNCIA? Deficiência Mental Nesta publicação trataremos de um tema de grande importância para toda a comunidade que é o Estudo das Demências. Graças à melhora das condições sanitárias e de cuidados com a saúde,

Leia mais

HISTÓRIA HISTÓRIA DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS. Paradigma da alienação mental. Paradigma das doenças mentais

HISTÓRIA HISTÓRIA DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS. Paradigma da alienação mental. Paradigma das doenças mentais DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS Prof. José Reinaldo do Amaral Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Psicologia PSICOPATOLOGIA GERAL 2013 / 2 HISTÓRIA Paradigma da

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Maio de 2010 Demência Aspesi e Ferreira (2008) consideram deficiência, todas as doenças que provocam alteração da memória, seja ela de curta ou longa duração,

Leia mais

Avaliação Psicossocial: conceitos

Avaliação Psicossocial: conceitos Avaliação Psicossocial: conceitos Vera Lucia Zaher Pesquisadora do LIM 01 da FMUSP Programa de pós-graduação de Bioética do Centro Universitário São Camilo Diretora da Associação Paulista de Medicina do

Leia mais

Doença de Alzheimer: uma visão epidemiológica quanto ao processo de saúde-doença.

Doença de Alzheimer: uma visão epidemiológica quanto ao processo de saúde-doença. Doença de Alzheimer: uma visão epidemiológica quanto ao processo de saúde-doença. Bruno Araújo da Silva Dantas¹ bruno_asd90@hotmail.com Luciane Alves Lopes² lucianesevla.l@gmail.com ¹ ²Acadêmico(a) do

Leia mais

Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ. Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br

Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ. Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GERIATRIA E GERONTOLOGIA DA Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br Coordenação Geral Profº José Eduardo Martinelli, MD, PhD Médico responsável

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DISCIPLINA DE GERIATRIA 4º ANO / 2012

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DISCIPLINA DE GERIATRIA 4º ANO / 2012 FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DISCIPLINA DE GERIATRIA CURSO DE CLÍNICA MÉDICA 4º ANO / 2012 Coordenação: Dra. Elina Lika Kikuchi Professor Responsável: Prof. Dr. Wilson Jacob Filho

Leia mais

Doença de Alzheimer. Pedro Schestatsky MD, PhD. Prof. Faculdade de Medicina - UFRGS

Doença de Alzheimer. Pedro Schestatsky MD, PhD. Prof. Faculdade de Medicina - UFRGS Doença de Alzheimer Pedro Schestatsky MD, PhD Prof. Faculdade de Medicina - UFRGS DEFINIÇÃO Piora adquirida e persistente da função intelectual com comprometimento de pelo menos três das seguintes esferas:

Leia mais

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra com aperfeiçoamento em terapia psicanalítica Abril, 2014 Sumário Conceitos

Leia mais

02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA

02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA PSICOPATOLOGIA CLASSIFICAÇÕES DIAGNÓSTICAS COMPREENSÃO DAS SÍNDROMES Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG 2 Embora a psicopatologia psiquiátrica contemporânea tenda, cada vez mais, a priorizar

Leia mais

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 01 /2014 - CESAU Objeto: Parecer. Promotoria de Justiça GESAU / Medicamento Rivastigmina para tratamento de Alzheimer REFERÊNCIA: Grupo de Atuação Especial de Defesa da Saúde - GESAU

Leia mais

www.saudedireta.com.br

www.saudedireta.com.br F00-F99 CAPÍTULO V : Transtornos mentais e comportamentais F00.0*Demência na doença de Alzheimer de início precoce (G30.0+) F00.1*Demência na doença de Alzheimer de início tardio (G30.1+) F00.2*Demência

Leia mais

AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA EM AVC Maria Gabriela Ramos Ferreira CRP12/01510 Especialista em Neuropsicologia Mestre em Saúde e Meio Ambiente Universidade da Região de Joinville UNIVILLE Definição de AVC

Leia mais

AMBULATÓRIO DE DISTÚRBIOS VESTIBULARES. Cristiana B. Pereira

AMBULATÓRIO DE DISTÚRBIOS VESTIBULARES. Cristiana B. Pereira AMBULATÓRIO DE DISTÚRBIOS VESTIBULARES Cristiana B. Pereira Resumo dos dados: nov/1999 a fev/2009 número de atendimentos: 822 140 120 100 80 60 40 20 0 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008

Leia mais

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO NEUROLOGISTA

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO NEUROLOGISTA 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO NEUROLOGISTA QUESTÃO 21 Crises convulsivas, hemiplegias, afasia e hemianopsias como sinais isolados ou em associação, sugerem patologia neurológica de topografia:

Leia mais

TEMA: QUETIAPINA NO TRATAMENTO DA AGITAÇÃO PSICOMOTORA DE PACEINTE PORTADOR DE DOENÇA DE ALZHEIMER

TEMA: QUETIAPINA NO TRATAMENTO DA AGITAÇÃO PSICOMOTORA DE PACEINTE PORTADOR DE DOENÇA DE ALZHEIMER NTRR63/2013 Solicitante: Des. Alyrio Ramos Desembargador da 8ª Câm. Cível - TJMG Número do processo:1.0145.12.066387-0/001 Réu: Estado de Minas e Município de Pirapora Data: 03/05/2013 Medicamento X Material

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA

EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA Clínica Geral Electroencefalograma Electromiografia Potenciais Evocados Polissonografia Teste de latências múltiplas do sono Neurofeedback Teste de Criptotetania para a Fibromialgia

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 26/2011 01/10/2011

PARECER CREMEC Nº 26/2011 01/10/2011 PARECER CREMEC Nº 26/2011 01/10/2011 Processo-Consulta Protocolo CREMEC nº 5032/2011 Assunto: DOENÇA DE ALZHEIMER Relatora: DRA. PATRÍCIA MARIA DE CASTRO TEIXEIRA EMENTA: DOENÇA DE ALZHEIMER. PORTADOR.

Leia mais

Doença de Parkinson Resumo de diretriz NHG M98 (julho 2011)

Doença de Parkinson Resumo de diretriz NHG M98 (julho 2011) Doença de Parkinson Resumo de diretriz NHG M98 (julho 2011) Draijer LW, Eizenga WH, Sluiter A traduzido do original em holandês por Luiz F.G. Comazzetto 2014 autorização para uso e divulgação sem fins

Leia mais

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NA DOENÇA DE ALZHEIMER

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NA DOENÇA DE ALZHEIMER RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NA DOENÇA DE ALZHEIMER ANDREIA GOMES DA SILVA Discente do Curso de Tecnologia em Radiologia das Faculdades Integradas de MARY HELLEN PEREIRA NUNES Discente do Curso de Tecnologia

Leia mais

Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade Saúde e Envelhecimento: Prevenção e Promoção CRP Novembro 2008. Instituto de Psiquiatria FMUSP

Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade Saúde e Envelhecimento: Prevenção e Promoção CRP Novembro 2008. Instituto de Psiquiatria FMUSP Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade Saúde e Envelhecimento: Prevenção e Promoção CRP Novembro 2008 Mônica Yassuda Mônica Sanches Yassuda Gerontologia EACH USP EACH USP Ambulatório de Psicogeriatria

Leia mais

DISTÚRBIOS DE CONSCIÊNCIA. Alunas: Natalie Rios Reginara Souza Sara Felipe Tatiane Costa Thamy Marques

DISTÚRBIOS DE CONSCIÊNCIA. Alunas: Natalie Rios Reginara Souza Sara Felipe Tatiane Costa Thamy Marques DISTÚRBIOS DE CONSCIÊNCIA Alunas: Natalie Rios Reginara Souza Sara Felipe Tatiane Costa Thamy Marques Caso Clínico H.M.A. C.S.T, 72 ANOS, COM HISTÓRIA DE AVCI HÁ 04 ANOS FICANDO COM A FALA EMBOLADA E DIFICULDADE

Leia mais

AVALIAÇÃO DE OCORRÊNCIA DE DEPRESSÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS.

AVALIAÇÃO DE OCORRÊNCIA DE DEPRESSÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 AVALIAÇÃO DE OCORRÊNCIA DE DEPRESSÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. Ângela Mari Rauth 1, Arlinda Jesus Sampaio¹,

Leia mais

Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ. Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br

Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ. Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EM GERIATRIA E GERONTOLOGIA DA FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br Coordenação Geral Profº José Eduardo

Leia mais

TUMORES CEREBRAIS. Maria da Conceição Muniz Ribeiro

TUMORES CEREBRAIS. Maria da Conceição Muniz Ribeiro TUMORES CEREBRAIS Maria da Conceição Muniz Ribeiro Tumor Cerebral é uma lesão localizada que ocupa o espaço intracerebral e tende a acusar um aumento de PIC. Em adulto, a maior parte dos tumores se origina

Leia mais

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde Tatiana Thiago Mendes Psicóloga Clínica e do Trabalho Pós-Graduação em Saúde e Trabalho pelo HC FM USP Perita Judicial em Saúde Mental Panorama da Saúde dos Trabalhadores

Leia mais

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer "arte de curar a alma"

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer arte de curar a alma PSIQUIATRIA Psiquiatria é uma especialidade da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico

Leia mais

1º Seminário Regimes Próprios da Previdência:

1º Seminário Regimes Próprios da Previdência: 1º Seminário Regimes Próprios da Previdência: Abordando a Sustentabilidade nos Enfoques da Saúde, do Trabalho e da Previdência Pública PMPA Outubro 2006 CAPACIDADE LABORATIVA x DOENÇAS INCAPACITANTES ALIENAÇÃO

Leia mais

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS FUNORTE

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS FUNORTE 1º PERÍODO MODULOS TEÓRICA PRATICA TOTAL TOTAL Módulo 0:Introdução ao Curso Médico 80 h 08 h - 88 h Módulo I: Atenção à Família e a Comunidade Módulo II: Concepção e Embriogênese Módulo III: Nutrição e

Leia mais

MODULO I - MARÇO 2014 SEXTA-FEIRA MANHÃ E TARDE

MODULO I - MARÇO 2014 SEXTA-FEIRA MANHÃ E TARDE MODULO I - MARÇO 2014 Apresentação do curso Conceitos em Geriatria e Gerontologia Epidemiologia do envelhecimento Conceitos de saúde, autonomia e independência Qualidade de vida e Envelhecimento bem-sucedido

Leia mais

Clínica Neurofuncional

Clínica Neurofuncional II Curso de Verão Clínica Neurofuncional Dr. Clynton Correa e Dra. Paula Chaves da Silva Laboratório de Neurobiologia Comparativa e do Desenvolvimento p.chaves@bf.ufrj.br DOENÇA DE PARKINSON II Curso de

Leia mais

Demência Resumo de diretriz NHG M21 (julho 2012)

Demência Resumo de diretriz NHG M21 (julho 2012) Demência Resumo de diretriz NHG M21 (julho 2012) EMoll van Charante E, Perry M, Vernooij-Dassen MJFJ, Boswijk DFR, Stoffels J, Achthoven L, Luning-Koster MN traduzido do original em holandês por Luiz F.G.

Leia mais

Comorbidades: Transtorno de AnsiedadeeDependênciaQuímica

Comorbidades: Transtorno de AnsiedadeeDependênciaQuímica XXII Curso de Inverno em Atualização em Dependência Química do Hospital Mãe de Deus Comorbidades: Transtorno de AnsiedadeeDependênciaQuímica Ana Paula Pacheco Psicóloga da Unidade de Dependência Química

Leia mais

TOC E A INTERFERÊNCIA NA VIDA SOCIAL DO PACIENTE

TOC E A INTERFERÊNCIA NA VIDA SOCIAL DO PACIENTE TOC E A INTERFERÊNCIA NA VIDA SOCIAL DO PACIENTE Laís Rosiak 1 Rebeca Bueno dos Santos ¹ Mara Regina Nieckel da Costa 2 RESUMO O presente artigo apresenta o estudo realizado sobre o Transtorno Obsessivo

Leia mais

a justifique. Em resumo, a IASP reconhece que a dor poderia existir apenas no plano do vivido e na queixa que a exprime.

a justifique. Em resumo, a IASP reconhece que a dor poderia existir apenas no plano do vivido e na queixa que a exprime. No livro A DOR FÍSICA, Nasio se preocupa com as origens psicológicas da dor corporal, mais claramente falando, se preocupa com aquela parte enigmática que vem descrita nos artigos médicos como o fator

Leia mais

Depressão e Espiritualidade. Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH)

Depressão e Espiritualidade. Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH) Depressão e Espiritualidade Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH) Conceitos Tristeza emoção natural. Resposta à frustração, decepção ou fracasso.

Leia mais

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico -

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Alessandro Alves Toda vez que se pretende classificar algo, deve-se ter em mente que o que se vai fazer é procurar reduzir um fenômeno complexo que em

Leia mais

papgia1o17 Capítulo 17 Avaliação Cognitiva em Pacientes Idosos Maurício de Miranda Ventura Cassio Machado de Campos Bottino

papgia1o17 Capítulo 17 Avaliação Cognitiva em Pacientes Idosos Maurício de Miranda Ventura Cassio Machado de Campos Bottino papgia1o17 Capítulo 17 Avaliação Cognitiva em Pacientes Idosos Maurício de Miranda Ventura Cassio Machado de Campos Bottino INTRODUÇÃO É comum, durante o processo de envelhecimento, o aparecimento de queixas

Leia mais

Suplementar após s 10 anos de regulamentação

Suplementar após s 10 anos de regulamentação Atenção à Saúde Mental na Saúde Suplementar após s 10 anos de regulamentação Kátia Audi Congresso Brasileiro de Epidemiologia Porto Alegre, 2008 Mercado de planos e seguros de saúde: cenários pré e pós-regulamentap

Leia mais

PERFIL DO CONSUMO DE ÀLCOOL EM MULHERES DE UM NÚCLEO DE SAÚDE DA FAMÍLIA

PERFIL DO CONSUMO DE ÀLCOOL EM MULHERES DE UM NÚCLEO DE SAÚDE DA FAMÍLIA PERFIL DO CONSUMO DE ÀLCOOL EM MULHERES DE UM NÚCLEO DE SAÚDE DA FAMÍLIA AGNES MERI YASUDA; Juliana Maria Marques Megale, Quitéria de Lourdes Lourosa; Aldaísa Cassanho Forster; Clarissa Lin Yasuda HOSPITAL

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 63

PROVA ESPECÍFICA Cargo 63 11 PROVA ESPECÍFICA Cargo 63 QUESTÃO 26 São alterações cardiovasculares associadas ao envelhecimento, EXCETO: a) Dilatação miocárdica. b) Hipertrofia miocárdica. c) Comprometimento da função endotelial.

Leia mais

TEMA: Trazodona e Cloridrato de Memantina no tratamento de Demência Vascular com sintomas neuropsiquiátricos SUMÁRIO 1. RESUMO EXECUTIVO...

TEMA: Trazodona e Cloridrato de Memantina no tratamento de Demência Vascular com sintomas neuropsiquiátricos SUMÁRIO 1. RESUMO EXECUTIVO... NT 102/2013 Solicitante: Dr Alyrio Ramos Desembargador da 8ª Câm. Cível - TJMG Data: 21/06/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Nº do processo: 1.0433.13.014383-0/001 TEMA: Trazodona e Cloridrato

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

Qual é a função do Sistema Nervoso Central?

Qual é a função do Sistema Nervoso Central? Câncer de SNC Qual é a função do Sistema Nervoso Central? O Sistema Nervoso Central (SNC) é constituído pelo cérebro, cerebelo e tronco cerebral. O cérebro é dividido em quatro lobos que controlam funções

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 365/2014 Doença de Parkinson Exelon Pacth

RESPOSTA RÁPIDA 365/2014 Doença de Parkinson Exelon Pacth RESPOSTA RÁPIDA 365/2014 Doença de Parkinson Exelon Pacth SOLICITANTE NÚMERO DO PROCESSO 0074..144137-2 DATA 31/03/2014 dra. Sônia Helena Tavares de Azevedo Comarca de Bom Despacho SOLICITAÇÃO Boa Tarde,

Leia mais

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Como estimular suas equipes a serem saudáveis,

Leia mais

Outras Demências. Hidrocefalia de Pressão Normal Hematoma Sub-Dural Crônico Degeneração Fronto-Temporal Demências Reversíveis

Outras Demências. Hidrocefalia de Pressão Normal Hematoma Sub-Dural Crônico Degeneração Fronto-Temporal Demências Reversíveis Outras Demências Hidrocefalia de Pressão Normal Hematoma Sub-Dural Crônico Degeneração Fronto-Temporal Demências Reversíveis Características Clínicas da Hidrocefalia de Pressão Normal Inicialmente instala-se

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE DEPRESSÃO E DEMÊNCIA: UM ENFOQUE NA DOENÇA DE ALZHEIMER

RELAÇÃO ENTRE DEPRESSÃO E DEMÊNCIA: UM ENFOQUE NA DOENÇA DE ALZHEIMER DOI: http://dx.doi.org/10.14295/idonline.v6i18.209 96 Pesquisa RELAÇÃO ENTRE DEPRESSÃO E DEMÊNCIA: UM ENFOQUE NA DOENÇA DE ALZHEIMER Rose Heidy Costa Silva (1) Luane Bitu Leal Alencar (2) Emanuel Tavares

Leia mais

Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos

Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA Dr. Marcelo Ortiz de Souza Dependência Química no Brasil (CEBRID, 2005) População Geral: 2,9% já fizeram uso de cocaína

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 417/2014 Encefalopatia Alcoólica

RESPOSTA RÁPIDA 417/2014 Encefalopatia Alcoólica RESPOSTA RÁPIDA 417/2014 Encefalopatia Alcoólica SOLICITANTE Drª Herilene de Oliveira Andrade Juíza de Direito Comarca de Itapecerica NÚMERO DO PROCESSO 0335.14.1606-4 DATA 25/07/2014 Ao NATS, SOLICITAÇÃO

Leia mais

Alexandre de Araújo Pereira

Alexandre de Araújo Pereira Alexandre de Araújo Pereira Dona Maria Helena tem 51 anos, casada, 06 filhos, do lar. Veio até a unidade de saúde solicitar remédio para dormir. Conta que desde criança é muito impressionada com as coisas,

Leia mais

Doenças do foro neurológico

Doenças do foro neurológico Escola Básica de Eugénio de Castro Disciplina de Área de Projecto 2009/2010 Doenças do foro neurológico Trabalho realizado por: Ana Carolina Simões de Sousa nº2 Francisco Morgado Duarte nº8 Gustavo André

Leia mais

3 Método. 3.1 Sujeitos

3 Método. 3.1 Sujeitos 30 3 Método 3.1 Sujeitos A amostra deste estudo foi composta de idosos atendidos no ambulatório de geriatria de um hospital público do estado do Rio de Janeiro. Foram investigados 51 idosos com diagnóstico

Leia mais

Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. Carmen Lúcia de A. santos

Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. Carmen Lúcia de A. santos Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Carmen Lúcia de A. santos 2011 Nosologia e Psicopatologia "Psico-pato-logia" "psychê" = "psíquico", "alma" "pathos" = "sofrimento, "patológico" "logos" "lógica",

Leia mais

O DNA DAS DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS

O DNA DAS DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS O DNA DAS DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS Paulo Cesar Naoum Academia de Ciência e Tecnologia de São José do Rio Preto - SP www.ciencianews.com.br Dezembro de 2009 Entre todos os mamíferos, a espécie humana

Leia mais

Resoluções, conquistas e desafios

Resoluções, conquistas e desafios Eventos pré-congresso Cuidados Paliativos Conselhos e Associações de Classe Demências - diagnóstico diferencial TNT Geriatria - Abbott GeriatRio2013 - Programação Preliminar Como responder às demandas

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Especialização Profissional Técnica

Leia mais

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP Estudo da forma e função dos Psicofármacos Psicofármacos / Psicotrópicos

Leia mais

TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L

TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L TDAH - EPIDEMIOLOGIA Tx. Varia entre 1,5 5,8% Crianças e adolescentes; Difere

Leia mais

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais;

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais; Curso - Psicologia Disciplina: Psicofarmacologia Resumo Aula 7- Psicofármacos e Esquizofrenia Esquizofrenia Uma das mais graves doenças neuropsiquiátricas e atinge 1% da população mundial; No Brasil, a

Leia mais

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso?

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso? 1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano Vamos falar sobre isso? Algumas estatísticas sobre Saúde Mental Transtornos mentais são frequentes e afetam mais de 25% das pessoas

Leia mais

Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO

Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO - Abordagem multiprofissional e interdisciplinar - assistência prestada por

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL. AVC Isquêmico. Acd. Gabrielle Holanda. w w w. s c n s. c o m.

FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL. AVC Isquêmico. Acd. Gabrielle Holanda. w w w. s c n s. c o m. FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL AVC Isquêmico Acd. Gabrielle Holanda w w w. s c n s. c o m. b r Relato do Caso Paciente, 54 anos, sexo masculino, obeso,

Leia mais

NEURORRADIOLOGIA DAS DEMÊNCIAS

NEURORRADIOLOGIA DAS DEMÊNCIAS NEURORRADIOLOGIA DAS DEMÊNCIAS ARNOLFO DE CARVALHO NETO (arnolfo@ufpr.br) Demência é o declínio da memória associado à deterioração de outra(s) das funções cognitivas (linguagem, gnosias, praxias e funções

Leia mais

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios mentais relacionados ao trabalho Dra Ana Paula Schmidt Waldrich Médica do Trabalho CRM-SC 13.384 Doença Ocupacional Quais as formas de caracterização de

Leia mais

Capítulo 50: centro de atenção psicossocial de álcool e drogas

Capítulo 50: centro de atenção psicossocial de álcool e drogas Capítulo 50: centro de atenção psicossocial de álcool e drogas Fernanda Marques Paz 1 Dependência Química: prevenção, tratamento e politicas públicas (Artmed; 2011; 528 páginas) é o novo livro de Ronaldo

Leia mais

Derrame cerebral Resumo de diretriz NHG M103 (dezembro 2013)

Derrame cerebral Resumo de diretriz NHG M103 (dezembro 2013) Derrame cerebral Resumo de diretriz NHG M103 (dezembro 2013) Beusmans GHMI, Van Noortwijk-Bonga HGC, Risseeuw NJ, Tjon-A-Tsien MRS, Verstappen WHJM, Burgers JS, Wiersma Tj, Verburg AFE traduzido do original

Leia mais

Interdição Quando e por que fazê-la?

Interdição Quando e por que fazê-la? X Jornada CELPCYRO Sobre Saúde Mental Interdição Quando e por que fazê-la? Helena Dias de Castro Bins Porto Alegre, 21 de junho de 2013 1. Introdução: Direito Civil e Psiquiatria Forense Direito Civil:

Leia mais

A psicologia tem uma dimensão prática que se integra em vários contextos e instituições sociais: escolas, hospitais, empresas, tribunais, associações

A psicologia tem uma dimensão prática que se integra em vários contextos e instituições sociais: escolas, hospitais, empresas, tribunais, associações PSICOLOGIA APLICADA A psicologia tem uma dimensão prática que se integra em vários contextos e instituições sociais: escolas, hospitais, empresas, tribunais, associações Os níveis de intervenção vão desde

Leia mais

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 2.1 Algoritmo de Decisão para Baixo Desempenho Escolar... 22 2.2 Algoritmo de Decisão para Problemas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE PSICOLOGIA DISCIPLINA DE PSICOMETRIA TURMA B 2010.1 PROF. FÚLVIO ROCHA ATIVIDADE II

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE PSICOLOGIA DISCIPLINA DE PSICOMETRIA TURMA B 2010.1 PROF. FÚLVIO ROCHA ATIVIDADE II UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL UFC CURSO DE PSICOLOGIA DISCIPLINA DE PSICOMETRIA TURMA B 2010.1 PROF. FÚLVIO ROCHA ATIVIDADE II 1- Esta atividade corresponderá à 2ª avaliação da disciplina

Leia mais

DEMÊNCIAS E OUTROS TRANSTORNOS MENTAIS ORGÂNICOS. 7a. aula

DEMÊNCIAS E OUTROS TRANSTORNOS MENTAIS ORGÂNICOS. 7a. aula DEMÊNCIAS E OUTROS TRANSTORNOS MENTAIS ORGÂNICOS - Disciplina de pós graduação em Psicologia Clínica 7a. aula Francisco B. Assumpção Jr. cassiterides@bol.bom.br DEMÊNCIAS - Conceito Síndrome causada por

Leia mais

Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes

Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes Alessandro Alves A pré-adolescência e a adolescência são fases de experimentação de diversos comportamentos. É nessa fase que acontece a construção

Leia mais

Competências para o Cuidado do Idoso na Atenção Básica. Dr. Leandro Minozzo

Competências para o Cuidado do Idoso na Atenção Básica. Dr. Leandro Minozzo Competências para o Cuidado do Idoso na Atenção Básica Dr. Leandro Minozzo Justificativa Desde a criação do SUS em 1988 a população idosa aumentou 2x; Hoje, aprox. 9 mil campobeneses são idosos (15%);

Leia mais

Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar. Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado

Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar. Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado Linamara Rizzo Battistella 04.10.2012 Universal Irreversível Heterôgeneo Perda Funcional Progressiva

Leia mais

CATEGORIA DISPOSITIVO / Faixa Etária L CID MONOBLOCO O C. Idade mínima: 16 a O. Idade máxima: 50 a M O Ç Ã O ACIMA 90 KG

CATEGORIA DISPOSITIVO / Faixa Etária L CID MONOBLOCO O C. Idade mínima: 16 a O. Idade máxima: 50 a M O Ç Ã O ACIMA 90 KG CATEGRIA DISPSITIV / Faixa Etária L MNBLC C Idade mínima: 16 a Idade máxima: 50 a M Ç Ã ACIMA 90 KG Idade mínima: 20 a CID B91- Seqüelas de poliomielite. C412- Neoplasia maligna da coluna vertebral. C72-

Leia mais

José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra

José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra Igarapava-SP, 04 de junho de 2014 PSIQUIATRIA PARA O CLÍNICO (Psiquiatria para o Não-Psiquiatra) José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra CRM SP 121.738

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 33

PROVA ESPECÍFICA Cargo 33 27 PROVA ESPECÍFICA Cargo 33 QUESTÃO 41 Kendler e colaboradores (1983), segundo Paulo Dalgalarrondo, propuseram uma série de dimensões da atividade delirante, que seriam indicadoras da gravidade do delírio.

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO 1) História da Terapia Ocupacional (30 hs) EMENTA: Marcos históricos que antecederam o surgimento formal da profissão de

Leia mais

parte ASPECTOS GERAIS DA PSICOPATOLOGIA

parte ASPECTOS GERAIS DA PSICOPATOLOGIA parte 1 ASPECTOS GERAIS DA PSICOPATOLOGIA 1 Introdução geral à semiologia psiquiátrica Um dia escrevi que tudo é autobiografia, que a vida de cada um de nós a estamos contando em tudo quanto fazemos e

Leia mais

Psicoses Orgânicas. Psicoses Orgânicas. 02-01-2007 Psicopatologia Geral e Especial Carlos Mota Cardoso

Psicoses Orgânicas. Psicoses Orgânicas. 02-01-2007 Psicopatologia Geral e Especial Carlos Mota Cardoso Psicoses Orgânicas 1 Definição Todas aquelas situações psicopatológicas (clínico - psiquiátricas) que resultam de uma lesão cerebral mais ou menos concreta e que podem ser devidas a múltiplos m factores

Leia mais

20º Imagem da Semana: Ressonância Magnética de Crânio

20º Imagem da Semana: Ressonância Magnética de Crânio 20º Imagem da Semana: Ressonância Magnética de Crânio Enunciado Paciente de 77 anos, sexo feminino, que iniciou quadro de febre (39º C) associado à confusão mental. Apresentou exame de urina rotina com

Leia mais

Organização e Formação de Serviços para Pessoas com Duplo Diagnóstico A Experiência do CRM

Organização e Formação de Serviços para Pessoas com Duplo Diagnóstico A Experiência do CRM Organização e Formação de Serviços para O CRM possui 120 vagas, com uma ocupação habitualmente de 100%, e destina-se a utentes menores do sexo feminino com Deficiência Intelectual; das 120 há 1 que não

Leia mais

Maconha. Alessandro Alves. Conhecendo a planta

Maconha. Alessandro Alves. Conhecendo a planta Maconha Alessandro Alves Entenda bem. A maconha é a droga ilícita mais utilizada no mundo. Está entre as plantas mais antigas cultivadas pelo homem. Na China seus grãos são utilizados como alimento e no

Leia mais