O Ensino Superior e o Desenvolvimento do Brasil. Prof. Ivan Camargo Reitor da UnB

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Ensino Superior e o Desenvolvimento do Brasil. Prof. Ivan Camargo Reitor da UnB"

Transcrição

1 O Ensino Superior e o Desenvolvimento do Brasil Prof. Ivan Camargo Reitor da UnB

2 Agenda Introdução O Desenvolvimento do Brasil O Ensino Superior A Universidade de Brasília Conclusões/Desafios

3 Introdução A Educação e o desenvolvimento Retorno privado da Educação Quanto maior a escolaridade, maior o salário. A decisão individual de estudar é uma decisão econômica. Ciclo virtuoso: quanto mais cedo você se destaca nos estudos, mais tempo você estudará, maior será a sua produtividade e o seu salário (ex. PAS)

4 A Educação e o desenvolvimento Retorno Social da Educação Facilita a comunicação, Aumenta o espírito crítico, Aprimora a democracia, Reduz a fertilidade, Diminui a criminalidade. O retorno social, segundo os economistas, é maior que o retorno privado.

5 A Educação e o desenvolvimento Questão da qualidade. Não basta só aumentar os anos de estudo; Tem que melhorar as competências, A qualidade em línguas, ciências e matemática deve ser medida por avaliadores externos. Os países que se destacam nas avaliações internacionais pregam a formação e a liberdade dos professores. O Brasil tem melhorado mas ainda tem um longo caminho pela frente em termos de qualidade.

6 O Desenvolvimento do Brasil

7 Milhares Produto Interno Bruto (mensal) (US$ Bilhões) ,2 trilhões de US$ (7ª do mundo) Fonte: Banco Central do Brasil Consulta 14/11/2014

8 Coeficiente de Gini 0,620 0,600 0,580 0,560 0,540 0,520 0,500 0,480 Suécia 0,24 (2012) Fonte: IPEADATA Consulta em 7/11/2014

9 Proporção de domicílios com renda domiciliar per capita inferior à linha de pobreza 50,00 45,00 40,00 35,00 30,00 25,00 20,00 15,00 10,00 5,00 0,00 28,07 26,38 20,33 País do Futuro 17,16 14,08 11,67 Fonte: IPEADATA Consulta em 7/11/2014

10 O Ensino Superior

11 Meta 9 - Alfabetização

12 85,2% 86,4% 85,8% 86,8% 85,6% 87,0% 86,1% 87,3% 87,0% 88,1% 87,6% 88,7% 88,0% 89,0% 88,4% 89,3% 89,1% 89,9% 89,7% 90,6% 89,6% 90,6% 89,9% 90,7% Percentual de Alfabetizados Pessoas de 15 Anos ou Mais Homem Mulher 100% 95% 90% 85% 80% Fonte: IBGE PNAD Consulta em 7/11/2014

13 Meta 2 Ensino Fundamental

14 Meta 12 Educação Superior

15 Matrículas em Cursos Superiores por Categoria Administrativa e Grau Acadêmico Brasil, 2013 Categoria Total Bacharelado Licenciatura Tecnológico 26,5% TOTAL Pública Federal Estadual Municipal Particular Fonte: INEP Sinopse da Educação Superior 2013 Consulta em 10/11/2014 Meta 12 = 40%

16 Milhares Matrículas em Cursos Superiores por Categoria Administrativa Brasil Pública Particular

17 Variação do Investimento Público Direto em Educação (Todos os Níveis) Base: Ano 2000= ,0 200,0 150,0 100,0 50,0 % Investimento % PIB % Investimento por Estudante 179,6 188,9 156,7 100,0 109,4 119,3 105,1 122,2 100,0 98,6 105,9 250,6 231,6 210,7 133,3 0, Fonte: INEP Consulta em 10/11/2014

18 Variação do Investimento Público Direto em Educação (Nível Superior) Base: Ano 2000=100 % Investimento % PIB % Investimento por Estudante 250,0 209,0 200,0 150,0 100,0 50,0 100,0 104,6 118,3 100,0 82,1 85,2 153,1 97,4 114,6 0, Fonte: INEP Consulta em 10/11/2014

19 Instituições de Ensino Superior por Categoria Administrativa e Localização Brasil, 2013 Categoria Total Capital Interior TOTAL Pública Federal Estadual Municipal Particular Fonte: INEP Sinopse da Educação Superior 2013 Consulta em 10/11/2014

20 Instituições de Ensino Superior por Categoria Administrativa Brasil Pública Particular Fonte: INEP Sinopse da Educação Superior Consulta em 11/11/2014

21 Cursos Superiores por Categoria Administrativa Brasil Pública Particular Fonte: INEP Sinopse da Educação Superior Consulta em 11/11/2014

22 Docentes em Cursos Superiores por Gênero Brasil, 2013 Categoria Total Masculino Feminino TOTAL ,5 25,0 Pública Federal Estadual Municipal Particular % DE 75% TP Fonte: INEP Sinopse da Educação Superior 2013 Consulta em 10/11/2014

23 Índice de Desenvolvimento da Educação Básica IDEB IDEB Observado Metas Anos Anos Iniciais do Ensino Fundamental Anos Finais do Ensino Fundamental 3,8 4,2 4,6 5,0 5,2 3,9 4,2 4,6 4,9 6,0 3,5 3,8 4,0 4,1 4,2 3,5 3,7 3,9 4,4 5,5 Ensino Médio 3,4 3,5 3,6 3,7 3,7 3,4 3,5 3,7 3,9 5,2 Verde: Metas Cumpridas Fonte: INEP Indicadores Educacionais Consulta em 14/11/2014

24 A Universidade de Brasília

25

26 Universidade de Brasília Alunos de Graduação (2013) Modalidade Darcy FCE FGA FUP Total A Distância Presencial TOTAL Fonte: SIGRA 7/7/2014

27 Universidade de Brasília CURSOS Modalidade Qtd. Campus Campus Campus Campus Darcy Ribeiro Planaltina Gama Ceilândia Presencial A Distância TOTAL Turno Grau Diurno Noturno EAD Total Bacharelado Licenciatura TOTAL Fonte: SIGRA 7/7/2014

28 Alunos Matriculados Universidade de Brasília Alunos Ingressantes na Graduação por Ano Crescimento 2014/2000: 96,5% Fonte: SIGRA 7/7/2014

29 Alunos Matriculados Universidade de Brasília Alunos Ingressantes na Pós-Graduação por Ano Mestrado Doutorado Crescimento 2014/2000: 69,7% Crescimento 2014/2000: 202,0% Fonte: SIGRA 7/7/2014

30 Universidade de Brasília Alunos Ingressantes por Ano e Tipo de Reserva de Vagas Cota Racial Outras Cotas* * Indígenas / Escola Pública, renda e raça/cor (a partir de 2013) Fonte: SIGRA 7/7/2014

31 Universidade de Brasília Alunos Matriculados por Sexo e Nível Acadêmico Nível do Curso Feminino Sexo do Aluno Masculino Total Graduação Mestrado Doutorado Residência TOTAL Fonte: SIGRA 7/7/2014

32 Concluintes Dados da Universidade de Brasília Alunos Concluintes por Ano e Nível Acadêmico Graduação Mestrado Doutorado Fonte: SIGRA 7/7/2014

33 Universidade de Brasília Egressos (A partir de 2000) Quantidade Remuneração Média (Desvio Padrão) em Salários Mínimos Graduados na UnB ,1 (7,0) Pós-Graduados na UnB ,6 (7,0) Desligados (não formados) ,85 (7,9) TOTAL EGRESSOS ,3 (8,2) Demais Trabalhadores com Nível Superior (exceto UnB) Demais Trabalhadores de outras escolaridades (exceto UnB) ,7 (9,6) ,8 (6,5) Fonte: Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) Ministério do Trabalho e Emprego

34 Indicadores de Qualidade da Educação Superior ENADE CPC - IGC Conceito ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) ENADE UnB 4,33 3,94 4,21 3,5 3,68 4,56 Universidades Públicas 3,59 3,16 3,56 3,77 3,27 3,51 CPC Conceito Preliminar de Curso CPC UnB 3,52 4,11 4,00 3,75 3,72 4,22 Universidades Públicas 2,89 3,24 2,79 3,55 3,38 3,36 IGC Índice Geral de Cursos Contínuo CPC UnB 3,78 3,89 3,86 3,91 3,88 3,88 Universidades Públicas 3,28 2,97 2,97 2,99 3,02 3,11 Fonte: INEP Indicadores de Qualidade da Educação Superior Consulta em 14/11/2014

35 Conclusões/Desafios Gestão Centralismo e Autonomia Disciplina e Liberdade Corporativismo e Mérito Avaliação e Qualidade

36 Muito Obrigado!

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010 CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010 Divulgação dos principais resultados Censo da Educação Superior 2010 Outubro de 2011 Estatísticas Básicas de Graduação (presencial e a distância) e Pós-Graduação por Categoria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Janeiro de 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Janeiro de 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2009 Janeiro de 2011 PRINCIPAIS RESULTADOS - CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR GRADUAÇÃO

Leia mais

Censo da Educação Superior 2010: análise crítica dos resultados para a tomada de decisões estratégicas

Censo da Educação Superior 2010: análise crítica dos resultados para a tomada de decisões estratégicas Censo da Educação Superior 2010: análise crítica dos resultados para a tomada de decisões estratégicas 6 de dezembro de 2011 Sumário Apresentação Coleta Principais conceitos CICQES Apresentação Disposição:

Leia mais

MEC. Censo da Educação Superior 2014

MEC. Censo da Educação Superior 2014 MEC Censo da Educação Superior 2014 BRASÍLIA DF 04 DE DEZEMBRO DE 2015 Tabela Resumo Estatísticas Gerais da Educação Superior Brasil 2014 Categoria Administrativa Estatísticas Básicas Total Geral Pública

Leia mais

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Quadro Resumo- Estatísticas Gerais da Educação Superior por Categoria Administrativa - - 2012 Categoria

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2013

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2013 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Censo da Educação Superior 2013 Quadro Resumo- Estatísticas gerais da Educação Superior, por Categoria Administrativa-

Leia mais

O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior

O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior Luiz Cláudio Costa Brasília - novembro 2012 Contexto Indicadores de acompanhamento: taxa líquida: percentual da população de 18-24 anos na

Leia mais

Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013. Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC

Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013. Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013 Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC Renan Carlos Dourado Técnico em Informações Educacionais

Leia mais

10 anos de cotas. Decano de Ensino de Graduação Coordenação de Avaliação - DTG / DEG Centro de Seleção e de Promoção de Eventos

10 anos de cotas. Decano de Ensino de Graduação Coordenação de Avaliação - DTG / DEG Centro de Seleção e de Promoção de Eventos 10 anos de cotas Decano de Ensino de Graduação Coordenação de Avaliação - DTG / DEG Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Quantidade de estudantes cotistas registrados e desligados nos períodos -

Leia mais

Censo da Educação Superior 2011

Censo da Educação Superior 2011 Censo da Educação Superior 2011 Quadro Resumo - Estatísticas Gerais da Educação Superior por Categoria Administrativa Categoria Administrativa Estatísticas Básicas Total Geral Pública Total Federal Estadual

Leia mais

INSTITUIÇÕES. Total Pública Privada 2.165 2.013 1.859

INSTITUIÇÕES. Total Pública Privada 2.165 2.013 1.859 CENSO 2005 INSTITUIÇÕES 1.859 2.013 2.165 89% 89% 89% Total Pública Privada 2.165 Instituições 231 Públicas 1.934 Privadas 97 Federais 1.520 Particulares 75 Estaduais 414 Com/Conf./Fil 59 Municipais !"#$%&'

Leia mais

Cenário mercadológico brasileiro da graduação privada - EaD APE 50-09OUT14 - SALA 11 14:00/14:25

Cenário mercadológico brasileiro da graduação privada - EaD APE 50-09OUT14 - SALA 11 14:00/14:25 Cenário mercadológico brasileiro da graduação privada - EaD APE 50-09OUT14 - SALA 11 14:00/14:25 Mercado EaD Brasil - Sumário 1. Descrição do atual cenário mercadológico da educação superior privada. 2.

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010 1 CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010 O Censo da Educação Superior, realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), constitui se em importante instrumento

Leia mais

Avanços da Educação no Brasil. Brasília, 29 de janeiro

Avanços da Educação no Brasil. Brasília, 29 de janeiro Avanços da Educação no Brasil Brasília, 29 de janeiro Objetivos Objetivo 1 - Cuidados na primeira infância e educação; Objetivo 2 - Educação primária universal (EPU); Objetivo 3 - Habilidades para jovens

Leia mais

Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com

Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com 1 Instâncias de Avaliação MEC CNE CONAES SERES INEP CTAA 2 Desafios da educação superior brasileira 1. Como

Leia mais

BRASIL - RAIO X 2013 GEOMARKETING BRASIL CAPTAÇÃO DE ALUNOS MARKET SHARE POLOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NÚMEROS DE IES

BRASIL - RAIO X 2013 GEOMARKETING BRASIL CAPTAÇÃO DE ALUNOS MARKET SHARE POLOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NÚMEROS DE IES BRASIL - RAIO X 2013 MARKET SHARE Matriculados em IES privadas: 5.373.450 No ensino a distância (EAD): 999.019 No ensino presencial: 4.374.431 CAPTAÇÃO DE ALUNOS Ingressantes em IES privadas: 2.211.104

Leia mais

Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção

Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção XX Encontro Nacional de Coordenadores de Curso de Engenharia da Produção (ABEPRO) Rio de Janeiro,

Leia mais

Seleção Discente no IFRN

Seleção Discente no IFRN SEMINÁRIO DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR SAES 2015 Mesa Redonda 3 Processos seletivos próprios: Seriados e Exames de Seleção Seleção Discente no IFRN Prof. José Everaldo Pereira Coordenador de Acesso Discente

Leia mais

Educação no Brasil. Aloizio Mercadante. São Paulo, 30 de novembro de 2012

Educação no Brasil. Aloizio Mercadante. São Paulo, 30 de novembro de 2012 Educação no Brasil Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação São Paulo, 30 de novembro de 2012 Educação Infantil Taxas de atendimento Creches 36,3 23,6 9,4 12,2 Brasil Carinhoso: 2,8 milhões de

Leia mais

A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE

A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE Ministro da Saúde José Saraiva Felipe Ministro da Educação Fernando Haddad Objetivo apresentar a Trajetória dos Cursos de Graduação na Área da Saúde;

Leia mais

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 1. Quais são os tipos de instituições de ensino superior? De acordo com sua organização acadêmica, as instituições de ensino

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - JAGUARIAÍVA SINAES ENADE 2012

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - JAGUARIAÍVA SINAES ENADE 2012 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - JAGUARIAÍVA SINAES ENADE 2012 Ponta Grossa 2014 REITORIA Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO Altair Justino

Leia mais

BRASILEIROS VÃO INVESTIR 13,5% A MAIS COM EDUCAÇÃO EM 2012

BRASILEIROS VÃO INVESTIR 13,5% A MAIS COM EDUCAÇÃO EM 2012 1 BRASILEIROS VÃO INVESTIR 13,5% A MAIS COM EDUCAÇÃO EM 2012 Antônio Eugênio Cunha* O brasileiro vai investir 13,5% a mais com educação em 2012 relativo ao ano anterior. Este é o levantamento divulgado

Leia mais

Tecnológicos Corpo docente Atendimento especial Licenciaturas Educação a distância Graduações mais procuradas -

Tecnológicos Corpo docente Atendimento especial Licenciaturas Educação a distância Graduações mais procuradas - Matrículas no ensino superior crescem 3,8% Texto-síntese do portal no INEP (http://portal.inep.gov.br/visualizar/-/asset_publisher/6ahj/content/matriculas-no-ensino-superior-crescem-3-8? redirect=http%3a%2f%2fportal.inep.gov.br%2f)

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Brasília DF 2009 SUMÁRIO LISTA DE TABELAS... 3 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

O PAPEL DA INICIATIVA PRIVADA NO ENSINO SUPERIOR: REALIDADE E DESAFIOS PARA O FUTURO

O PAPEL DA INICIATIVA PRIVADA NO ENSINO SUPERIOR: REALIDADE E DESAFIOS PARA O FUTURO O PAPEL DA INICIATIVA PRIVADA NO ENSINO SUPERIOR: REALIDADE E DESAFIOS PARA O FUTURO Participação no Desenvolvimento Econômico Social Brasileiro Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos

Leia mais

Gênero e Pobreza no Brasil: contexto atual

Gênero e Pobreza no Brasil: contexto atual Gênero e Pobreza no Brasil: contexto atual Hildete Pereira de Melo Economia/UFF Projeto SPM/CEPAL Caracterização do tema Gênero: visão diferenciada dos papéis de mulheres e homens na vida econômica e social.

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DE 2009

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DE 2009 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DE 2009 Brasília DF 2010 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 PROCESSO DE COLETA

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA DA UEPG SINAES ENADE 2011

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA DA UEPG SINAES ENADE 2011 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA DA UEPG SINAES ENADE 2011 Ponta Grossa 2013 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO

Leia mais

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR 2006 Presidente da República Federativa do Brasil Luís Inácio Lula da Silva Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário Executivo José Henrique Paim

Leia mais

Estudo Estratégico n o 5. Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz

Estudo Estratégico n o 5. Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz Estudo Estratégico n o 5 Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz PANORAMA GERAL ERJ é o estado mais urbano e metropolitano

Leia mais

Taxa de analfabetismo

Taxa de analfabetismo B Taxa de analfabetismo B.1................................ 92 Níveis de escolaridade B.2................................ 94 Produto Interno Bruto (PIB) per capita B.3....................... 96 Razão de

Leia mais

SIG-DPO. Sistema de Informações Gerenciais do DPO

SIG-DPO. Sistema de Informações Gerenciais do DPO 2014 Sistema de Informações Gerenciais do DPO Manual de Utilização: introdução ao uso do para extração de dados e montagem de tabelas e gráficos CIG/DAI Decanato de Planejamento e Orçamento 1 2 Sistema

Leia mais

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Notas de corte em 20/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp)

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Notas de corte em 20/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Universidade de Brasília (UnB) Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Notas de corte em 20/1/2015, BIOLÓGICAS 20 699,92 SOCIAIS 45 669,57 COMUNICAÇÃO SOCIAL 33 713,05 FILOSOFIA 20 643,51 FÍSICA 18

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Rio de Janeiro, 21/09/2012 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho

Leia mais

UnB adota SiSU como forma de ingresso

UnB adota SiSU como forma de ingresso UnB adota SiSU como forma de ingresso No total, 88 cursos de graduação foram ofertados. Medicina foi o mais concorrido do País Neste ano, a Universidade de Brasília (UnB) adotou, pela primeira vez, ao

Leia mais

Plano Nacional de Educação

Plano Nacional de Educação Plano Nacional de Educação Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Brasília, 29 de novembro de 2012 Educação Infantil Meta 1 PNE: Universalizar, até 2016, a educação infantil na pré-escola para

Leia mais

Cursos de Administração: qualidade necessária. XIV Fórum Internacional de Administração

Cursos de Administração: qualidade necessária. XIV Fórum Internacional de Administração Cursos de Administração: qualidade necessária XIV Fórum Internacional de Administração Rio de Janeiro, 18 de maio de 2015 ENSINAR, APRENDER, AVALIAR... TRAJETÓRIA DA AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO SUPERIOR CAPES avaliação

Leia mais

Documento Base do Plano Estadual de Educação do Ceará. Eixo Temático Educação Superior

Documento Base do Plano Estadual de Educação do Ceará. Eixo Temático Educação Superior Documento Base do Plano Estadual de Educação do Ceará Eixo Temático Educação Superior Ceará, 2015 1 Socioeconômico Diagnóstico Para compreender a situação da educação no estado do Ceará é necessário também

Leia mais

EDITAL Nº 12/2015 CURSO TURNO MODALIDADE DURAÇÃO FASE VAGAS MATUTINO BACHARELADO 10 SEMESTRES 1ª 16 FÍSICA NOTURNO LICENCIATURA 8 SEMESTRES 1ª 24

EDITAL Nº 12/2015 CURSO TURNO MODALIDADE DURAÇÃO FASE VAGAS MATUTINO BACHARELADO 10 SEMESTRES 1ª 16 FÍSICA NOTURNO LICENCIATURA 8 SEMESTRES 1ª 24 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE - CAMPUS CONCÓRDIA Rod. SC 283 km 08 Vila Fragosos Concórdia SC - CEP 89.700-000 Fone: (49) 3441-4800/3441-4834

Leia mais

PL 8035/2010 UMA POLÍTICA DE ESTADO. Plano Nacional de Educação 2011/2020. Maria de Fátima Bezerra. Deputada Federal PT/RN

PL 8035/2010 UMA POLÍTICA DE ESTADO. Plano Nacional de Educação 2011/2020. Maria de Fátima Bezerra. Deputada Federal PT/RN PL 8035/2010 Plano Nacional de Educação 2011/2020 UMA POLÍTICA DE ESTADO Maria de Fátima Bezerra Deputada Federal PT/RN Presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Federal O PNE foi construído

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CIG-PROPLAN SETEMBRO, 2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CIG-PROPLAN SETEMBRO, 2013 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CIG-PROPLAN ANÁLISE DO IGC DA UFPE 2007-2012 SETEMBRO, 2013 Apresentação Este relatório contém o resultado da análise do Índice Geral de Cursos (IGC) da UFPE durante

Leia mais

DADOS ESTATÍSTICOS DOS CURSOS DE BACHARELADO E DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIAS EM DETERMINADAS ÁREAS DA ADMINISTRAÇÃO

DADOS ESTATÍSTICOS DOS CURSOS DE BACHARELADO E DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIAS EM DETERMINADAS ÁREAS DA ADMINISTRAÇÃO Resultados do ENADE 2012 e do Censo da Educação Superior 2013 dos Cursos de Bacharelado em Administração e dos Cursos Superiores de Tecnologia em determinadas áreas da Administração Bahia Janeiro de 2015

Leia mais

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Universidade de Brasília (UnB) Câmpus Darcy Ribeiro BIOLÓGICAS SOCIAIS SOCIAL FILOSOFIA FÍSICA GEOGRAFIA HISTÓRIA LETRAS LÍNGUA PORTUGUESA LETRAS FRANCÊS LETRAS INGLÊS MATEMÁTICA PSICOLOGIA Integral (Mat/Vesp)

Leia mais

ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS

ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS 1 ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS Ernesto Friedrich de Lima Amaral 28 de setembro de 2011 Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia Departamento de Sociologia e Antropologia

Leia mais

POR DENTRO DO ENADE CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG

POR DENTRO DO ENADE CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG POR DENTRO DO ENADE CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014 Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG Avaliação Institucional Processos de avaliação institucional Interna Relatórios da CPA Externa

Leia mais

ANEXO X - Indicadores para monitoramento e avaliação da evolução das metas do PME

ANEXO X - Indicadores para monitoramento e avaliação da evolução das metas do PME ANEXO X - Indicadores para monitoramento e avaliação da evolução das metas do PME Observação: no presente documento, são listados os indicadores básicos que poderão ser utilizados para monitoramento e

Leia mais

N de cursos ofertados; % de vagas ocupadas/ formas de ingresso.

N de cursos ofertados; % de vagas ocupadas/ formas de ingresso. Anexo II Dimensões Elementos Indicadores quantitativos Indicadores qualitativos % de cursos com projeto pedagógico/ adequados ao Projeto Condições de implementação dos Projetos Projeto Pedagógico dos Institucional

Leia mais

Opinião N15 ANÁLISE DO DESEMPENHO ACADÊMICO DOS COTISTAS DOS CURSOS DE MEDICINA E DIREITO NO BRASIL

Opinião N15 ANÁLISE DO DESEMPENHO ACADÊMICO DOS COTISTAS DOS CURSOS DE MEDICINA E DIREITO NO BRASIL Opinião N15 ANÁLISE DO DESEMPENHO ACADÊMICO DOS COTISTAS DOS CURSOS DE MEDICINA E DIREITO NO BRASIL MÁRCIA MARQUES DE CARVALHO 1 E GRAZIELE DOS SANTOS CERQUEIRA 2 As políticas de ação afirmativa no acesso

Leia mais

Tendências do mercado brasileiro da graduação privada - EaD APE 63-08OUT14 - SALA 14 17:00/17:25

Tendências do mercado brasileiro da graduação privada - EaD APE 63-08OUT14 - SALA 14 17:00/17:25 Tendências do mercado brasileiro da graduação privada - EaD APE 63-08OUT14 - SALA 14 17:00/17:25 Tendências do Mercado Educacional - Sumário 1. Cenário prospectivo. 2. Apresentação do atual cenário mercadológico

Leia mais

ENEM, o que é, o que objetiva?

ENEM, o que é, o que objetiva? ENEM, o que é, o que objetiva? Enem Exame Nacional do Ensino Médio Criado em 1998 com o objetivo de diagnosticar a qualidade do ensino médio no país. Em 2009, o exame ganhou uma nova função: selecionar

Leia mais

Educação Superior a Distância

Educação Superior a Distância Educação Superior a Distância O perfil dos alunos, os Resultados no ENADE, e a Representação Social da Educação a Distância Uma boa dose de polêmica sobre qualidade na EaD... João Vianney Doutor em Ciências

Leia mais

PAS/UnB recebeu mais de 64 mil inscrições em 2014

PAS/UnB recebeu mais de 64 mil inscrições em 2014 BOLETIM INFORMATIVO 2014 ADMISSÃO PAS/UnB recebeu mais de 64 mil inscrições em 2014 Estudantes concorreram a 2.106 vagas em 97 cursos de graduação O resultado em primeira chamada do Programa de Avaliação

Leia mais

Educação e Mão de Obra para o Crescimento

Educação e Mão de Obra para o Crescimento Fórum Estadão Brasil Competitivo: Educação e Mão de Obra para o Crescimento Maria Alice Setubal Presidente dos Conselhos do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária Cenpece

Leia mais

Plano Nacional de Educação

Plano Nacional de Educação Plano Nacional de Educação Sistema Nacional de Educação O poder público deverá instituir, em lei específica, contados 2 (dois) anos da publicação desta Lei, o Sistema Nacional de Educação, responsável

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DA UEPG SINAES ENADE 2011

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DA UEPG SINAES ENADE 2011 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DA UEPG SINAES ENADE 2011 Ponta Grossa 2013 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO

Leia mais

REFORMA UNIVERSITÁRIA

REFORMA UNIVERSITÁRIA Comentários da Profa. Dra. MARIA BEATRIZ LUCE (Coord. Núcleo Política Gestão Educação - UFRGS e membro CNE/ Brasil) Conferência DESAFIOS DA REFORMA DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: ACESSO, EXPANSÃO E RELAÇÕES

Leia mais

Boletim Informativo 0

Boletim Informativo 0 Boletim Informativo 0 ADMISSÃO 25.570 inscritos no 1º Vestibular de 2012 UnB ofereceu 2.343 vagas em 96 cursos nos quatro campi. Provas foram aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro de 2011 No dia 7 de

Leia mais

RELACÃO CANDIDATOS E VAGAS NO VESTIBULAR PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM AGRONEGÓCIOS DE 2007/1 A 2010/2 - UNEMAT/ CUTS

RELACÃO CANDIDATOS E VAGAS NO VESTIBULAR PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM AGRONEGÓCIOS DE 2007/1 A 2010/2 - UNEMAT/ CUTS RELACÃO CANDIDATOS E VAGAS NO VESTIBULAR PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM AGRONEGÓCIOS DE 2007/1 A 2010/2 - UNEMAT/ CUTS TARDIVO, Wagner Antonio 1 Tangará da Serra/MT - dezembro 2010 Resumo: A relação

Leia mais

Região Metropolitana Oeste de São Paulo

Região Metropolitana Oeste de São Paulo Região Metropolitana Oeste de São Paulo Sub-Região Oeste Fonte: Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo No Estado de São Paulo, 14,5% da população vive com renda familiar menor que ½ salário

Leia mais

Plano Nacional de Educação

Plano Nacional de Educação Plano Nacional de Educação Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 8035, de 2010, do Poder Executivo, que "aprova o Plano Nacional de Educação para o decênio 2011-2020 e dá

Leia mais

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME Os desafios da Educação Infantil nos Planos de Educação Porto de Galinhas/PE Outubro/2015 Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL É direito dos trabalhadores

Leia mais

INDICADORES FINANCEIROS DE EDUCAÇÃO

INDICADORES FINANCEIROS DE EDUCAÇÃO INDICADORES FINANCEIROS DE EDUCAÇÃO Série Histórica de 2000 a 2013 Willians Kaizer Diretoria de Estatísticas Educacionais Coordenação-Geral de Controle de Qualidade e Tratamento da Informação Brasília-DF

Leia mais

O mercado de trabalho e o ensino EAD

O mercado de trabalho e o ensino EAD O mercado de trabalho e o ensino EAD Caio Álvares e Souza Filipe Ribeiro Navarro Josemir Virginio dos Santos Junior Resumo O ensino EaD cresce no Brasil de acordo com o Censo do Ensino Superior 2010 do

Leia mais

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%) e 2.069

Leia mais

ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS

ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS Ernesto Friedrich de Lima Amaral 24 de setembro de 2008 Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia Departamento de Sociologia e Antropologia

Leia mais

data PROJETO DE LEI N 8035/2010. 1 Supressiva 2. Substitutiva 3. Modificativa 4. Aditiva 5. Substitutivo global

data PROJETO DE LEI N 8035/2010. 1 Supressiva 2. Substitutiva 3. Modificativa 4. Aditiva 5. Substitutivo global Página Artigo: 6º Parágrafo: Único Inciso Alínea EMENDA MODIFICATIVA O parágrafo único do Artigo 6º do PL n 8035 de 2010, passa a ter a seguinte redação: Art. 6º... Parágrafo único. O Fórum Nacional de

Leia mais

PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014 Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG Procuradoria Educacional Institucional (PEI) Faz a interlocução entre

Leia mais

EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014. Fonte CPD Agosto 2015

EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014. Fonte CPD Agosto 2015 EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014 Fonte CPD Agosto 2015 EGRESSOS 2015 (INGRESSANTES 2008) CURSO A B C D UNIVERSAL TOTAL Administração Diurno - - 6-26 32 Administração Noturno - - 3-7

Leia mais

As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM

As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM Prof. Ph. D. João Benedito dos Santos Jr. Prof. M. Sc. Will Ricardo dos Santos Machado Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Leia mais

ANÁLISE DO PERFIL DO INGRESSO 2014 FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO RIBEIRA FVR. Comissão Própria de Avaliação CPA

ANÁLISE DO PERFIL DO INGRESSO 2014 FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO RIBEIRA FVR. Comissão Própria de Avaliação CPA ANÁLISE DO PERFIL DO INGRESSO 2014 FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO RIBEIRA FVR Comissão Própria de Avaliação CPA 01 Apresentação Os gráficos abaixo apresentados evidenciam os resultados da Análise do

Leia mais

QUADRO RESUMO. Figura: Fonte UOL. Segundo o IBGE, a soma do percentual de pretos, pardos e indígenas no estado de Minas Gerais é de 53,6%.

QUADRO RESUMO. Figura: Fonte UOL. Segundo o IBGE, a soma do percentual de pretos, pardos e indígenas no estado de Minas Gerais é de 53,6%. O IFMG E A LEI DAS COTAS Atendendo a Lei nº 12.711 de 29/08/2012, o Decreto nº 7.284 de 11/10/2012 e a Portaria Normativa nº 18 MEC de 11/10/2012 o IFMG reservará, no Vestibular e Exame de Seleção 2013/2,

Leia mais

O investimento público em educação tem aumentado fortemente desde 2000 e é agora um dos mais altos entre os países da OCDE e países parceiros.

O investimento público em educação tem aumentado fortemente desde 2000 e é agora um dos mais altos entre os países da OCDE e países parceiros. Education at a Glance: OECD Indicators é a principal fonte de informações relevantes e precisas sobre o estado da educação ao redor do mundo. Essa publicação oferece dados sobre a estrutura, o financiamento

Leia mais

4. INDICADORES OU PARÂMETROS DE GESTÃO

4. INDICADORES OU PARÂMETROS DE GESTÃO 4. INDICADORES OU PARÂMETROS DE GESTÃO 4.1. INDICADORES DO TCU (ACÓRDÃO 2.267/2005) INDICADORES 2005 2006 2007 Relação candidato/vaga 6,30 4,97 4,23 Relação ingresso/aluno (%) 55,5 51,29 55,82 Relação

Leia mais

PNE NO EVENTO ACERCA DO PDI PROEG-16/9/2015

PNE NO EVENTO ACERCA DO PDI PROEG-16/9/2015 PNE NO EVENTO ACERCA DO PDI PROEG-16/9/2015 PNE 2014-2024 Lei 13.0005, aprovada em junho de 2014 Diretrizes do PNE (artigo 2º): Erradicação do analfabetismo Universalização do atendimento escolar Superação

Leia mais

A inovação pedagógica e os impactos sobre os resultados do ENADE no curso de Administração

A inovação pedagógica e os impactos sobre os resultados do ENADE no curso de Administração A inovação pedagógica e os impactos sobre os resultados do ENADE no curso de Administração Administrador e Professor MAURO KREUZ Diretor da Câmara de Formação Profissional do Conselho Federal de Administração

Leia mais

INTERESSADA:.UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ - UEM

INTERESSADA:.UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ - UEM PARECER CEE/CES Nº 36/14 PROTOCOLO Nº 13.239.999-9 APROVADO EM 12/08/14 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA:.UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ - UEM MUNICÍPIO: MARINGÁ ASSUNTO: Pedido de renovação do

Leia mais

VESTIBULAR DE LICENCIATURA EM MÚSICA

VESTIBULAR DE LICENCIATURA EM MÚSICA 1. ABERTURA O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO - IF SERTÃO-PE, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com a Lei nº 9.394/96 (LDB), a Portaria

Leia mais

PNAD 2011. Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal

PNAD 2011. Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal PNAD 2011 Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal Rio de Janeiro, 16/05/2013 1 Características Em 2011 foram visitados 146 mil domicílios e entrevistadas 359 mil pessoas. 2

Leia mais

Plano Nacional de Educação. Senador José Pimentel (PT-CE) Relator

Plano Nacional de Educação. Senador José Pimentel (PT-CE) Relator Plano Nacional de Educação Senador José Pimentel (PT-CE) Relator Fortaleza, 30 de novembro de 2012 Meta 1 PNE: Universalizar, até 2016, a educação infantil na pré-escola para as crianças de 4 a 5 anos

Leia mais

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos.

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. CLAUDIA MAFFINI GRIBOSKI Directora de Evaluación del INEP Instituto Nacional de Estudos e Pesquizas Educacionais Ainísio Teixeria

Leia mais

RELATÓRIO DOS CURSOS DE BACHARELADO E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM ADMINISTRAÇÃO. Bahia

RELATÓRIO DOS CURSOS DE BACHARELADO E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM ADMINISTRAÇÃO. Bahia RELATÓRIO DOS CURSOS DE BACHARELADO E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM ADMINISTRAÇÃO Bahia Fevereiro de 2013 0 DADOS ESTATÍSTICOS DOS CURSOS DE BACHARELADO E DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIAS EM DETERMINADAS

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

A Mobilização Empresarial pela Inovação: Recursos Humanos. Horácio Piva São Paulo - 17/6/2011

A Mobilização Empresarial pela Inovação: Recursos Humanos. Horácio Piva São Paulo - 17/6/2011 A Mobilização Empresarial pela Inovação: Recursos Humanos Horácio Piva São Paulo - 17/6/2011 OBJETIVOS Consolidar a percepção de que a formação de recursos humanos qualificados é essencial para fortalecer

Leia mais

QUADROS RESUMOS SÃO PAULO

QUADROS RESUMOS SÃO PAULO QUADROS RESUMOS SÃO PAULO Total de profissionais: 453.665 Enfermeiros: 105.438 Auxiliares e Técnicos de Enfermagem: 348.227 QUADRO RESUMO PERFIL SÓCIO ECONOMICO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM SÃO PAULO BLOCO

Leia mais

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros 1 of 5 11/26/2010 2:57 PM Comunicação Social 26 de novembro de 2010 PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009 Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros O número de domicílios

Leia mais

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Registro Discente Departamento de Registro e Controle Acadêmico SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade 1ª Chamada Regular Informações geradas

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

UFPB VIRTUAL ENSINO DE IÊNCIAS AGRÁRIAS A DISTÂNCIA

UFPB VIRTUAL ENSINO DE IÊNCIAS AGRÁRIAS A DISTÂNCIA UFPB VIRTUAL ENSINO DE IÊNCIAS AGRÁRIAS A DISTÂNCIA SISTEMA UAB UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL 02 de de 2010 O QUE É UAB? Um Sistema que propicia a articulação, a interação e a efetivação de iniciativas

Leia mais

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Conhecendo o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Conhecendo o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR Conhecendo o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES 1- ENADE INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 1- Desempenho de estudantes:

Leia mais

MATRIZ DOS INDICADORES

MATRIZ DOS INDICADORES MATRIZ DOS INDICADORES 1. DEMOGRAFIA Indicador: População infantojuvenil, de 0 a 19 anos, por sexo e cor/raça, residente nos setores urbano e rural. Definição: apresenta o número total de crianças e adolescentes,

Leia mais

Indicadores Institucionais

Indicadores Institucionais Indicadores Institucionais Indicadores de Gestão Acadêmica: 1. Relação Candidatos/Vaga 2. Relação Ingressos/Alunos 3. Relação de Concluintes/Alunos 4. Índice de Eficiência Acadêmica por Concluintes 5.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 O reitor em exercício da reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - SISU VERSÃO 2015/2 A Pró-Reitoria

Leia mais

Economia e Educação. Aloizio Mercadante. Paris, 7/11/2013

Economia e Educação. Aloizio Mercadante. Paris, 7/11/2013 Brasil Economia e Educação Aloizio Mercadante Ministro i de Estado da Educação Paris, 7/11/2013 380 330 280 Gini e PIB Per Capita Gini e Pib Per Capita (1960 base =100) 1995 111,42 2003 332,32 32 120 115

Leia mais

Estudo Estratégico n o 4. Como anda o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro? Valéria Pero Adriana Fontes Luisa de Azevedo Samuel Franco

Estudo Estratégico n o 4. Como anda o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro? Valéria Pero Adriana Fontes Luisa de Azevedo Samuel Franco Estudo Estratégico n o 4 Como anda o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro? Valéria Pero Adriana Fontes Luisa de Azevedo Samuel Franco PANORAMA GERAL ERJ receberá investimentos recordes da ordem

Leia mais

Integração dos sistemas PingIFES e Censup. Dourados, 01/11/2013

Integração dos sistemas PingIFES e Censup. Dourados, 01/11/2013 Integração dos sistemas PingIFES e Censup Dourados, 01/11/2013 Contextualização O Censo da Educação Superior é um levantamento de dados sobre a educação superior no Brasil, anual e sistemático, gerado

Leia mais

2. DIAGNÓSTICO EDUCACIONAL FLORIANÓPOLIS

2. DIAGNÓSTICO EDUCACIONAL FLORIANÓPOLIS VERSÃO PRELIMINAR PME / 2015 1 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO 1. BASE LEGAL 2. DIAGNÓSTICO EDUCACIONAL FLORIANÓPOLIS 2.1. FLORIANÓPOLIS ASPECTOS HISTÓRICOS, GEOGRÁFICOS E SOCIOECONÔMICOS 2.2. EDUCAÇÃO

Leia mais

Esta síntese apresenta a linha de base dos indicadores referentes às metas do PNE. O documento consiste em análises descritivas das séries históricas

Esta síntese apresenta a linha de base dos indicadores referentes às metas do PNE. O documento consiste em análises descritivas das séries históricas Esta síntese apresenta a linha de base dos indicadores referentes às metas do PNE. O documento consiste em análises descritivas das séries históricas dos indicadores selecionados pelo Ministério da Educação

Leia mais

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes ADMISSÃO PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes Os candidatos fizeram provas nos dias 4 e 5 de dezembro de 2010. Aprovados em primeira chamada deverão efetuar registro nos dias 7 e 8 de fevereiro

Leia mais