III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011"

Transcrição

1 III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE Díli, Timor-leste 20 a 23 de Setembro de Enquadramento Teve lugar, em Díli (República Democrática de Timor - Leste), de 20 a 23 de Outubro de 2011, a III Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (AP-CPLP), dando cumprimento ao Programa proposto e submetido a aprovação pelos participantes (ANEXO 1). A Delegação parlamentar portuguesa presente à III AP-CPLP era composta por Sua Excelência o Vice-Presidente da Assembleia da República (AR), Eduardo Ferro Rodrigues, em representação de Sua Excelência a Presidente da AR e pelos membros integrantes da Delegação da AR à AP - CPLP: Deputado Adriano Rafael Moreira (PSD) Presidente da Delegação; Deputado Miguel Coelho (PS) Vice-Presidente da Delegação; Deputado Arménio Santos (PSD) membro efectivo da Delegação. Integraram, ainda, a Delegação a Secretária-Geral da Assembleia da República, Conselheira Adelina Sá Carvalho e a Secretária da Delegação, Alexandra Pereira da Graça. 1

2 Estiveram presentes na III AP-CPLP as Delegações de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. (Lista de participantes - ANEXO 2). 2 Reuniões programadas e realizadas No cumprimento da Ordem de Trabalhos tiveram lugar: A visita dos Presidentes de Parlamento e Chefes de Delegação à Comissão de Acolhimento, Verdade e Reconciliação; A Conferência dos Presidentes dos Parlamentos da CPLP; As Reuniões dos representantes dos Grupos Nacionais em cada uma das Comissões Especializadas Permanentes - Comissão 1: Política, Estratégia, Legislação, Cidadania e Circulação; Comissão 2: Económica, Ambiental e de Cooperação; Comissão 3: Língua, Educação, Ciência e Cultura. A reunião da Rede de Mulheres Parlamentares da AP CPLP (RM AP-CPLP); A reunião dos Presidentes dos Grupos Nacionais; A reunião dos Secretários-Gerais dos Parlamentos da CPLP. No início dos trabalhos, a Mesa era integrada pelo Presidente do Parlamento Nacional de Timor-Leste (Presidente), pelo Presidente cessante, Presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe (Vice-Presidente), pela Vice- Presidente da Assembleia Nacional de Angola (ANA), (Vice-Presidente e futura Presidente da AP CPLP) e por dois Secretários: do Parlamento Nacional de Timor-Leste e da Assembleia Nacional de Angola. 2

3 A Sessão Solene de Abertura da III Assembleia Parlamentar da CPLP decorreu na Sala do Plenário, sob a presidência do Presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe (ANSTP). Nela intervieram o Presidente do Parlamento Nacional de Timor-Leste (PNTL), Fernando La Sama de Araújo, que proferiu o discurso de boas-vindas, a Presidente da Rede das Mulheres Parlamentares da AP-CPLP, Vice-Presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe, Deputada Maria das Neves e o Vice - Primeiro-Ministro, José Luís Guterres, em representação do Primeiro-Ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão. Por razões de agenda, o Secretário Executivo da CPLP, Domingos Simões Pereira, tendo que se ausentar, procedeu à entrega da sua intervenção escrita. Do mencionado discurso de boas-vindas, importa destacar a apresentação de uma proposta para a criação de um grupo de trabalho, com vista à análise do tema relacionado com o alargamento dos observadores consultivos e associados da CPLP e, também, a ponderação sobre a necessidade de abrir as portas dos mercados asiáticos aos países que integram esta organização. Em seguida, procedeu-se à apresentação, debate e votação da ordem de trabalhos presente à reunião. Foi a mesma aprovada por unanimidade. No último dia dos trabalhos, a Sessão de Encerramento foi marcada pelo discurso do Presidente da AP CPLP, Presidente do PNTL, Fernando La Sama de Araújo. 3 Matérias apresentadas e debatidas De acordo com a agenda dos trabalhos foram apresentados e debatidos os seguintes temas: A Ásia e a CPLP: uma organização de vocação mundial - Orador: Deputado Estanislau da Silva - Parlamento Nacional de Timor-Leste. 3

4 Cooperação e desenvolvimento: instrumento fundamental para a promoção e consolidação da paz, da democracia, da justiça e da redução da pobreza - Oradores: Deputado Raimundo Pereira, Presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau e Deputado Vicente Guterres, Vice-Presidente do Parlamento Nacional de Timor-Leste. Processos de integração regional e valores fundamentais - Orador: Deputado Eduardo Ferro Rodrigues, Vice-Presidente - Assembleia da República de Portugal. Recursos naturais: exportação, produção e transformação no país produtor - Oradora: Deputada Joana Lina Ramos Baptista, 2ª Vice- Presidente - Assembleia Nacional de Angola. Políticas de saúde reprodutiva no espaço da CPLP - Oradora: Deputada Margarida Talapa, Vice-Presidente - Assembleia da República de Moçambique. Política de recursos humanos e desenvolvimento sustentável - Orador: Deputado Basílio Mosso Ramos, Presidente - Assembleia Nacional de Cabo Verde. 4

5 Os Deputados da AR de Portugal intervieram em todos os debates relativos à apresentação de cada tema. 4 Actividades desenvolvidas em apreciação Foi apresentado o Relatório de Actividades da Presidência da AP CPLP relativo ao período , pelo Deputado Albertino Bragança (ANSTP) ANEXO 3. As intervenções que tiveram lugar nessa sequência pontuaram o excelente desempenho da presidência santomense, na medida em que tinha permitido, através da implementação das acções acordadas, consolidar o papel da AP CPLP. De igual forma, foi apresentado o Relatório de Actividades da Rede de Mulheres Parlamentares da AP CPLP (RM AP-CPLP), relativo ao período referido, pela Presidente cessante, Deputada Maria das Neves (ANSTP) ANEXO 4. Da referida intervenção, acresce salientar o anúncio da criação de um Centro de Empoderamento das Mulheres (com o apoio de um projecto do PNUD, devidamente apresentado por uma representante do mesmo). Foi comunicada a eleição das Deputadas Josefa Soares e Fernanda Lay, nova Presidente da Rede de Mulheres e Secretária, respectivamente, ambas do PNTL. 5

6 5 Sobre as Comissões Parlamentares Os representantes dos Grupos Nacionais participaram nas reuniões das Comissões Especializadas: Comissão 1 Política, Estratégia, Legislação, Cidadania e Circulação. Comissão 2 Economia, Ambiente e Cooperação. Comissão 3 Língua, Educação, Ciência e Cultura. Deliberações As 3 Comissões acordaram o prazo de 60 dias para confirmação dos Parlamentos sobre a composição dos Grupos Nacionais e indicação dos respectivos membros naquelas; Foi eleita a composição da Mesa de cada Comissão, dando cumprimento ao princípio de rotatividade por ordem alfabética dos Estados-membros, de acordo com a proposta discutida na reunião prévia dos Presidentes dos Grupos Nacionais: Comissão 1 Política, Estratégia, Legislação, Cidadania e Circulação Presidente (Assembleia Nacional de Angola); Vice-Presidente (Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau); Secretário (Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe) Comissão 2 Economia, Ambiente e Cooperação Presidente (Brasil); Vice-Presidente (Assembleia da República de Moçambique); Secretário (Parlamento Nacional de Timor-Leste) Comissão 3 Língua, Educação, Ciência e Cultura Presidente (Assembleia nacional de Cabo Verde); Vice-Presidente (Assembleia da República de Portugal); Secretário (Assembleia Nacional de Angola) 6

7 6 Deliberações, Recomendações e Moções Para além das deliberações tomadas em sede de cada Comissão Especializada foram aprovadas, por consenso, as seguintes Deliberações e Recomendações anexas ao Comunicado Final ANEXO 5. Deliberação nº 1/2011- aprova O Protocolo Interinstitucional de relacionamento e de coordenação entre os órgãos da CPLP. Deliberação nº 2/2011 Cria as Comissões Especializadas da AP CPLP. Deliberação nº 3/2011 Criação de um Grupo de Trabalho com a finalidade de estudar e apresentar propostas de alteração ao Estatuto e ao Regimento da AP CPLP coordenação pelo PNTL. Recomendação nº 1/2011 Estratégias das políticas de desenvolvimento da Língua Portuguesa. Recomendação nº 2/2011 A Língua portuguesa como língua oficial nos fora internacionais, em especial na UIP. Recomendação nº 3/2011 A Língua Portuguesa como factor de unidade e convivência cultural. Moção de Homenagem ao primeiro Presidente da AP CPLP, Francisco da Silva (ANSTP). Voto de Pesar pelo falecimento, verificado no decurso da III AP CPLP, do primeiro Presidente da República de Cabo Verde, Aristides Pereira. Moção de Saudação ao PNTL pela forma como acolheu as restantes Delegações participantes na III AP CPLP. Foram, igualmente objecto 7

8 de louvor, a Mesa da AP CPLP e de reconhecimento, todos quantos estiveram envolvidos na organização da reunião. Foi aprovada a proposta de Programa Anual de Actividades da AP CPLP , previamente apreciado em sede de Conferência de Presidentes dos Parlamentos da CPLP e de reuniões de representantes dos Grupos Nacionais nas Comissões Especializadas ANEXO 6. Discursos e intervenções dos temas ANEXO 7 Actas das reuniões das Comissões Especializadas ANEXO 8 7 Outras actividades O Vice-Presidente da Assembleia da República acompanhado por todos os Deputados almoçou com os comandos da GNR e PSP em serviço em Timor- Leste (da GNR, Comandante - Capitão Nuno Simões e Segundo Comandante Tenente Francisco Martins e da PSP, Comissário Luís Carrilho); além disso, com o Embaixador de Portugal em Díli, Luís Barreira de Sousa, visitou o Centro de Formação Profissional de Tibar, esteve presente na abertura do ano lectivo na Escola Portuguesa de Díli e visitou o Projecto da Cooperação Portuguesa Mós Bele, em Maubara. Palácio de São Bento, em 25 de Novembro de O Presidente da Delegação da AR à AP CPLP, (Adriano Rafael Moreira) 8

9 ANEXOS: 1 - Programa da III AP-CPLP; 2 - Lista de participantes; 3 - Relatório de Actividades da presidência da AP CPLP relativo ao período ; 4 - Relatório de Actividades da Rede de Mulheres Parlamentares da AP CPLP (RM AP-CPLP) e textos complementares; 5 - Comunicado Final e anexos; 6 - Programa Anual de Actividades da AP CPLP ; 7 - Discursos e intervenções dos temas; 8 - Actas das reuniões das Comissões Especializadas. 9

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Nós, representantes democraticamente eleitos dos Parlamentos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, Portugal,

Leia mais

ESTATUTOS REVISTOS DO INSTITUTO INTERNACIONAL DA LÍNGUA PORTUGUESA. Artigo 1.º Objecto

ESTATUTOS REVISTOS DO INSTITUTO INTERNACIONAL DA LÍNGUA PORTUGUESA. Artigo 1.º Objecto Decreto n.º 19/99 Estatutos Revistos do Instituto Internacional da Língua Portuguesa, adoptados na Praia, Cabo Verde, aos 17 de Julho de 1998, pelos Governos da República de Angola, da República Federativa

Leia mais

CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL

CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL Os Ministros da Educação, ou os seus representantes, de Angola, Brasil,

Leia mais

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006)

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Votos de Pesar VOTOS DE PESAR Conselho Nacional de Educação Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Faleceu hoje, vítima de doença prolongada, a Prof. a Doutora Maria Teresa Vieira

Leia mais

PROJETO de Documento síntese

PROJETO de Documento síntese O Provedor de Justiça INSERIR LOGOS DE OUTRAS ORGANIZAÇÔES Alto Comissariado Direitos Humanos das Nações Unidas (ACNUDH) Provedor de Justiça de Portugal Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal

Leia mais

PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP

PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP 7 Maio 10 Horas NÚCLEO DE ESTUDANTES DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS ORGANIZAÇÃO: COM A PARTICIPAÇÃO: Paz, Fragilidade e Segurança A A G E

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA REUNIÃO DOS MINISTROS DA SAÚDE DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP

REGIMENTO INTERNO DA REUNIÃO DOS MINISTROS DA SAÚDE DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP REGIMENTO INTERNO DA REUNIÃO DOS MINISTROS DA SAÚDE DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP A Reunião dos Ministros da Saúde da CPLP tendo em consideração: A sua qualidade de órgão da CPLP,

Leia mais

Redes sociais: combate à discriminação

Redes sociais: combate à discriminação Reportagem de Rodrigo Direito Parlamento dos Jovens Básico 2012 Redes sociais: combate à discriminação Fase Escolar Mais um ano letivo e com ele mais um ano de Parlamento dos Jovens na nossa escola, o

Leia mais

Estatutos da. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Estatutos da. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Estatutos da (com revisões de São Tomé/2001, Brasília/2002, Luanda/2005 e Bissau/2006) Artigo 1º (Denominação) A, doravante designada por CPLP, é o foro multilateral privilegiado para o aprofundamento

Leia mais

CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106

CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106 CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO ATA Nº 106 (4ª Reunião Extraordinária 03/ Março / 2015) De acordo com a deliberação nº2 do Conselho de Gestão, de 28 de outubro de 2010, o Conselho Técnico-Científico da ESSA

Leia mais

Regulamento do Conselho de Administração da Assembleia da República

Regulamento do Conselho de Administração da Assembleia da República Regulamento do Conselho de Administração da Assembleia da República publicado no Diário da Assembleia da República, II Série C, n.º 11 de 8 de Janeiro de 1991 Conselho de Administração O Conselho de Administração

Leia mais

Notícias. Em Destaque. Tomada de Posse da Comissão Eventual de Inquérito. ao Programa de Emergências de Julho de 2013.

Notícias. Em Destaque. Tomada de Posse da Comissão Eventual de Inquérito. ao Programa de Emergências de Julho de 2013. NOTÍCIAS EM DESTAQUE #4. 1 de Outubro - 31 de Dezembro 2014 Tomada de Posse da Comissão Eventual de Inquérito ao Programa de Emergências de Julho de 2013 No dia 01 de outubro de 2014, o Presidente do Parlamento

Leia mais

VI REUNIÃO DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Maputo, 15 de Abril de 2014

VI REUNIÃO DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Maputo, 15 de Abril de 2014 VI REUNIÃO DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Maputo, 15 de Abril de 2014 DECLARAÇÃO FINAL Os Ministros responsáveis pela Ciência, Tecnologia

Leia mais

Seminário de Empreendedorismo nos Países de. Língua Oficial Portuguesa

Seminário de Empreendedorismo nos Países de. Língua Oficial Portuguesa Seminário de Empreendedorismo nos Países de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Brasil Empreendedorismo Língua Oficial Portuguesa Dia 22 de Novembro de 2011

Leia mais

Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores

Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores COMISSÃO DE ASSUNTOS PARLAMENTARES, AMBIENTE E TRABALHO RELATÓRIO E PARECER SOBRE O PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 46/X (BE) REGIME DE OBRIGATORIEDADE DE

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE OS ESTADOS MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA SOBRE O COMBATE AO HIV/SIDA

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE OS ESTADOS MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA SOBRE O COMBATE AO HIV/SIDA Decreto n.º 36/2003 Acordo de Cooperação entre os Estados Membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa sobre o Combate ao HIV/SIDA, assinado em Brasília em 30 de Julho de 2002 Considerando a declaração

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, SEGURANÇA SOCIAL E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ACTA N.º 107/X/4.ª

COMISSÃO DE TRABALHO, SEGURANÇA SOCIAL E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ACTA N.º 107/X/4.ª ACTA N.º 107/X/4.ª Aos catorze dias do mês de Julho do ano dois mil e nove reuniu, pelas dez horas e trinta minutos, na sala oito, a Comissão de Trabalho, Segurança Social e Administração Pública, na presença

Leia mais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Cascais, 23 de junho de 2015 Declaração de Cascais Os Ministros responsáveis pela Energia da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores

Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores CAPÍTULO I Introdução A da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores reuniu, no dia 24 de janeiro de 2014, na delegação da Assembleia Legislativa em Ponta Delgada, com o objetivo de apreciar

Leia mais

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (com revisões de São Tomé/2001, Brasília/2002, Luanda/2005, Bissau/2006 e Lisboa/2007) Artigo 1º (Denominação) A Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Parlamento Nacional. Notícias em Destaque

Parlamento Nacional. Notícias em Destaque Parlamento Nacional NOTÍCIAS EM DESTAQUE #2 1 de Outobro 31 de Dezembro de 2013 Atividade do Plenário de 1 de Novembro até 31 de Dezembro No mês de Dezembro, o Plenário reuniu nos dias 6, 10, 16 e 17.

Leia mais

LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL)

LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL) LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL) Com as alterações introduzidas pelas seguintes leis: Lei n.º 80/98, de 24 de Novembro; Lei n.º 128/99, de 20 de Agosto; Lei n.º 12/2003,

Leia mais

Palestra: A CPLP E A EDUCAÇÃO. (Escola Stuart Carvalhais - 7 de Março de 2007)

Palestra: A CPLP E A EDUCAÇÃO. (Escola Stuart Carvalhais - 7 de Março de 2007) Palestra: A CPLP E A EDUCAÇÃO (Escola Stuart Carvalhais - 7 de Março de 2007) Excelentíssimos membros do Conselho Directivo, excelentíssimos professores, caríssimos alunos, É com enorme satisfação que

Leia mais

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Aprovado pela Câmara em 6/02/2003, alterado em Reunião de Câmara de 18/09/2003 Aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

III.IIIIIIIÍ IIIIiIpIIJIII,4ssEMiuiA DkEPOSUCA

III.IIIIIIIÍ IIIIiIpIIJIII,4ssEMiuiA DkEPOSUCA III.IIIIIIIÍ IIIIiIpIIJIII,4ssEMiuiA DkEPOSUCA COMISSÃO DE SEGURANÇA SOCIAL E TRABALHO ATA NÚMERO 179/XII/3.a SI Aos dezanove dias do mês de fevereiro de 2014, pelas 12:00 horas, reuniu a Comissão de Segurança

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração

Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna A existência de Oficiais de Ligação do Ministério

Leia mais

ESTATUTOS LISTA DOS MEMBROS FUNDADORES ASSOCIAÇÃO DE SUPERVISORES DE SEGUROS LUSÓFONOS (ASEL)

ESTATUTOS LISTA DOS MEMBROS FUNDADORES ASSOCIAÇÃO DE SUPERVISORES DE SEGUROS LUSÓFONOS (ASEL) ESTATUTOS E LISTA DOS MEMBROS FUNDADORES DA (ASEL) ESTATUTOS Artigo 1º Denominação, Objectivos, Sede e Duração 1. A associação adopta a denominação de ASSOCIAÇÃO DE SUPERVISORES DE SEGUROS LUSÓFONOS (ASEL),

Leia mais

APRECIAÇÃO PARLAMENTAR N.º 32/VIII

APRECIAÇÃO PARLAMENTAR N.º 32/VIII APRECIAÇÃO PARLAMENTAR N.º 32/VIII DECRETO-LEI N.º 242/2000, DE 26 DE SETEMBRO, QUE ALTERA O DECRETO-LEI N.º 72/91, DE 8 DE FEVEREIRO (REGULA A AUITORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO, O FABRICO, A COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

VII Reunião da REDSAN-CPLP e II Reunião da PC-CPLP

VII Reunião da REDSAN-CPLP e II Reunião da PC-CPLP Rede Regional da Sociedade Civil para a Segurança Alimentar e Nutricional na CPLP VII Reunião da REDSAN-CPLP e II Reunião da PC-CPLP Organização e Apoio: Secretariado da REDSAN-CPLP O projeto IFSN é cofinanciado

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA.

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Decreto n.º 20/99 Acordo de Cooperação entre Instituições de Ensino Superior dos Países Membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, assinado na Praia, Cabo Verde, aos 17 de Julho de 1998, pelos

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO FUNDÃO Publicação II SÉRIE N.º 98 20 de Maio de 2010 Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO Reunião de Câmara: Reunião da Assembleia: Entrada em vigor: CAPITULO I Disposições Gerais Artigo 1.º Lei Habilitante O presente

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003 Intervenção de Sua Excelência a Ministra da Ciência e do Ensino Superior, na II Reunião Ministerial da Ciência e Tecnologia da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Rio de Janeiro, 5 de Dezembro

Leia mais

Viver e Construir a Democracia. Escola João da Rosa na Assembleia da República!

Viver e Construir a Democracia. Escola João da Rosa na Assembleia da República! Viver e Construir a Democracia Escola João da Rosa na Assembleia da República! Nos dias 4 e 5 de maio, os alunos Filipe Gonçalves e Stefan Apolinário, que frequentam o 5º e 9ºanos na Escola EB 2,3 João

Leia mais

Gabinete do Presidente

Gabinete do Presidente Alocução de Sua Excelência o Presidente do Parlamento Nacional de Timor-Leste, Vicente da Silva Guterres, por ocasião da 34.ª Assembleia Interparlamentar da ASEAN Brunei Darussalam 17 a 23 de Setembro

Leia mais

FORTALECENDO REDES DA SOCIEDADE CIVIL NO DIÁLOGO POLÍTICO INTERNACIONAL PARA UM AUMENTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR RELATÓRIO DE VIAGEM OU MISSÃO

FORTALECENDO REDES DA SOCIEDADE CIVIL NO DIÁLOGO POLÍTICO INTERNACIONAL PARA UM AUMENTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR RELATÓRIO DE VIAGEM OU MISSÃO FORTALECENDO REDES DA SOCIEDADE CIVIL NO DIÁLOGO POLÍTICO INTERNACIONAL PARA UM AUMENTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR RELATÓRIO DE VIAGEM OU MISSÃO Nome: João N. Pinto Designação / Trabalho / Título: Participação

Leia mais

DESPACHO ISEP/P/51/2010. Regulamento do Departamento de Engenharia Electrotécnica

DESPACHO ISEP/P/51/2010. Regulamento do Departamento de Engenharia Electrotécnica DESPACHO DESPACHO /P/51/2010 Regulamento do Departamento de Engenharia Electrotécnica Considerando que: Nos termos do n.º 4 do artigo 43.º dos Estatutos do Instituto Superior de Engenharia do Porto, homologados

Leia mais

13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP)

13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) 13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) DECLARAÇÃO FINAL (MAPUTO, 20 e 21 de Abril de 2011) Em conformidade

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001)

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 219/VIII

PROJECTO DE LEI N.º 219/VIII PROJECTO DE LEI N.º 219/VIII CONSIDERA O TEMPO DE SERVIÇO PRESTADO NA CATEGORIA DE AUXILIAR DE EDUCAÇÃO PELOS EDUCADORES DE INFÂNCIA HABILITADOS COM CURSOS DE FORMAÇÃO A EDUCADORES DE INFÂNCIA PARA EFEITOS

Leia mais

Encontro na Ordem. Reforma do Direito das Sociedades Comerciais

Encontro na Ordem. Reforma do Direito das Sociedades Comerciais Reforma do Direito das Sociedades Comerciais Encontro na Ordem Realizou-se no passado dia 15 de Março mais um Encontro na Ordem, desta vez subordinado ao tema Reforma do Direito das Sociedades Simplificação

Leia mais

II. COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES

II. COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES 7 0 * ATA N. 116/XIV Teve lugar no dia um de outubro de dois mil e treze, a reunião número cento e dezasseis da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na D. Carlos 1, n. 128 andar, em

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelos artigos 112º n.º 8 e 241º da Lei Constitucional, devem os Municípios aprovar os respectivos regulamentos municipais,

Leia mais

ConselhoCientíficodoLNEGCo nselhocientíficodolnegconsel hocientíficodolnegconselho CientíficodoLNEGConselhoCie

ConselhoCientíficodoLNEGCo nselhocientíficodolnegconsel hocientíficodolnegconselho CientíficodoLNEGConselhoCie ConselhoCientíficodoLNEGCo nselhocientíficodolnegconsel hocientíficodolnegconselho CientíficodoLNEGConselhoCie RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ntíficodolnegconselhocientífi Científico 2011 12/31/2011 codolnegconselhocientíficod

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO ÍNDICE Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Trancoso... 1 Preâmbulo... 1 CAPÍTULO I... 2 Parte Geral... 2 Artigo 1º... 2 Lei Habilitante

Leia mais

VI ENCONTRO DOS QUADROS DE INFORMÁTICA DA ASSOCIAÇÃO DOS SECRETÁRIOS-GERAIS DOS PARLAMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA (ASG-PLP)

VI ENCONTRO DOS QUADROS DE INFORMÁTICA DA ASSOCIAÇÃO DOS SECRETÁRIOS-GERAIS DOS PARLAMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA (ASG-PLP) VI ENCONTRO DOS QUADROS DE INFORMÁTICA DA ASSOCIAÇÃO DOS SECRETÁRIOS-GERAIS DOS PARLAMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA (ASG-PLP) I. Introdução O VI Encontro dos Quadros de Informática da Associação dos Secretários-Gerais

Leia mais

Intervenção do Secretário Executivo da. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Embaixador Murade Murargy

Intervenção do Secretário Executivo da. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Embaixador Murade Murargy Conferência 1º Fórum União de Exportadores CPLP CPLP: Comunidade de povos abrangente auto-sustentável Lisboa, 26 e 27 de junho de 2015 Sessão de Encerramento 27 de junho de 2015 Intervenção do Secretário

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete A construção de um futuro impõe que se considere fundamental investir na capacitação e formação das pessoas,

Leia mais

Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs

Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs Isabel Dinis, ACTUAR Lisboa, 3 de Junho de 2010 ACTUAR - ASSOCIAÇÃO

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19, nº2., alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos Locais de Educação.

Leia mais

Conselho Municipal de Educação

Conselho Municipal de Educação 1 Regimento do (CME) do Município de Vila Nova de Paiva A Lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19, n.º2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos locais

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 353/VIII CRIAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO NACIONAL DOS EFEITOS DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 353/VIII CRIAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO NACIONAL DOS EFEITOS DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 353/VIII CRIAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO NACIONAL DOS EFEITOS DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS Exposição de motivos O aquecimento global é indubitavelmente um dos mais sérios problemas ambientais

Leia mais

(Comunicações) PARLAMENTO EUROPEU

(Comunicações) PARLAMENTO EUROPEU 4.8.2011 Jornal Oficial da União Europeia C 229/1 II (Comunicações) COMUNICAÇÕES DAS INSTITUIÇÕES, ÓRGÃOS E ORGANISMOS DA UNIÃO EUROPEIA PARLAMENTO EUROPEU Regulamento da Conferência dos Órgãos Especializados

Leia mais

PROJECTO-LEI N.º 244/VIII ESTATUTO DO VOLUNTARIADO JOVEM. Exposição de motivos

PROJECTO-LEI N.º 244/VIII ESTATUTO DO VOLUNTARIADO JOVEM. Exposição de motivos PROJECTO-LEI N.º 244/VIII ESTATUTO DO VOLUNTARIADO JOVEM Exposição de motivos 1 A protecção dos direitos e liberdades fundamentais, individuais ou colectivos, a promoção dos direitos sociais, económicos

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA NOTA JUSTIFICATIVA A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos locais de Educação. A Lei 169/99, de 18

Leia mais

CONSELHO DAS COMUNIDADES PORTUGUESAS Texto integral

CONSELHO DAS COMUNIDADES PORTUGUESAS Texto integral CONSELHO DAS COMUNIDADES PORTUGUESAS Texto integral Lei 48/96, 4 de Setembro Com as alterações introduzidas pelos seguintes diplomas legais: Declaração de Rectificação 16-P/96, 26 de Novembro; Lei 21/2002,

Leia mais

Regimento da Assembleia Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa

Regimento da Assembleia Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa Regimento da Assembleia Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º Natureza A Assembleia Geral é o órgão deliberativo máximo do Fórum Académico

Leia mais

Estatutos do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CONSAN-CPLP) Preâmbulo

Estatutos do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CONSAN-CPLP) Preâmbulo Estatutos do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CONSAN-CPLP) Preâmbulo Os Estados membros da CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa,

Leia mais

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 COMISSÃO ADMINISTRATIVA PARA A COORDENAÇÃO DOS SISTEMAS DE SEGURANÇA SOCIAL Estatutos da Comissão Administrativa para a Coordenação dos Sistemas de Segurança

Leia mais

ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE

ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE Durante o ano de 2009, nas 8 (oito) reuniões de Plenário da CPEE os assuntos abordados e as matérias alvo de deliberação foram as constantes

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Barrancos

Conselho Municipal de Educação de Barrancos Conselho Municipal de Educação de Barrancos Regimento Interno (versão consolidada com a 1ª alteração aprovada em 09/10/2008) (Deliberação nº 23/AM/2008, de 15/12, sob proposta aprovada pela Deliberação

Leia mais

ESTATUTOS DA OCPLP ORGANIZAÇÃO COOPERATIVISTA DOS POVOS DE LÍNGUA PORTUGUESA. CAPÍTULO I (Constituição, denominação, sede e objecto)

ESTATUTOS DA OCPLP ORGANIZAÇÃO COOPERATIVISTA DOS POVOS DE LÍNGUA PORTUGUESA. CAPÍTULO I (Constituição, denominação, sede e objecto) OCPLP Organização Cooperativista dos Povos de Língua Portuguesa Comissão Instaladora ESTATUTOS DA OCPLP ORGANIZAÇÃO COOPERATIVISTA DOS POVOS DE LÍNGUA PORTUGUESA CAPÍTULO I (Constituição, denominação,

Leia mais

DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE REPÚBLICA DE CABO VERDE ASSEMBLEIA NACIONAL REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE ASSEMBLEIA NACIONAL PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ENTRE AS ADMINISTRAÇÕES PARLAMENTARES DA ASSEMBLEIA NACIONAL DA REPÚBLICA

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE MAFRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º. (Objecto)

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE MAFRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º. (Objecto) REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE MAFRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º (Objecto) O presente Regimento Interno tem por objectivo definir o funcionamento e organização do

Leia mais

PRIMEIRA SESSÃO PLENÁRIA ORDINÁRIA

PRIMEIRA SESSÃO PLENÁRIA ORDINÁRIA Euro-Latin American Parliamentary Assembly Assemblée Parlementaire Euro-Latino Américaine Asamblea Parlamentaria Euro-Latinoamericana Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana PRIMEIRA SESSÃO PLENÁRIA

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 502/VIII CRIAÇÃO DA ÁREA METROPOLITANA DE VISEU. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 502/VIII CRIAÇÃO DA ÁREA METROPOLITANA DE VISEU. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 502/VIII CRIAÇÃO DA ÁREA METROPOLITANA DE VISEU Exposição de motivos Viseu possui hoje uma localização perfeitamente central na área do respectivo distrito, o qual lidera em termos

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 329/VIII

PROJECTO DE LEI N.º 329/VIII PROJECTO DE LEI N.º 329/VIII PROMOVE OS MILITARES DEFICIENTES DAS FORÇAS ARMADAS AO POSTO A QUE TERIAM ASCENDIDO SE TIVESSEM PERMANECIDO NA SITUAÇÃO DE SERVIÇO ACTIVO Exposição de motivos O Decreto-Lei

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIEIRA DO MINHO REGIMENTO INTERNO A lei nº 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo19º, nº 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

V ENCONTRO DOS QUADROS DE INFORMÁTICA DA ASSOCIAÇÃO DOS SECRETÁRIOS-GERAIS DOS PARLAMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA

V ENCONTRO DOS QUADROS DE INFORMÁTICA DA ASSOCIAÇÃO DOS SECRETÁRIOS-GERAIS DOS PARLAMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA V ENCONTRO DOS QUADROS DE INFORMÁTICA DA ASSOCIAÇÃO DOS SECRETÁRIOS-GERAIS DOS PARLAMENTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA I. Introdução O V Encontro dos Quadros de Informática dos Parlamentos de Língua Portuguesa

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL MESA DA ASSEMBLEIA GERAL Informação a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais FRANCISCO XAVIER ZEA MANTERO é natural de Lisboa, onde nasceu em 25 de Dezembro

Leia mais

Tema: Drogas Evitar e Enfrentar as Dependências 2013/2014

Tema: Drogas Evitar e Enfrentar as Dependências 2013/2014 Tema: Drogas Evitar e Enfrentar as Dependências 2013/2014 1.ª fase: Na Escola - Debate do tema proposto anualmente: Pode ser realizado apenas internamente ou com convidados. A Escola pode também organizar

Leia mais

Regimento do Conselho de Escola

Regimento do Conselho de Escola Regimento do Conselho de Escola da Escola de Psicologia Março 2010 Índice Artigo 1º Objecto 3 Artigo 2º Competências 3 Artigo 3º Composição do Conselho de Escola 3 Artigo 4º Presidente do Conselho de Escola

Leia mais

PACTO SOCIAL DO MONTE DESENVOLVIMENTO ALENTEJO CENTRAL, A.C.E. CAPTULO PRIMEIRO DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO PRIMEIRO. (Denominação)

PACTO SOCIAL DO MONTE DESENVOLVIMENTO ALENTEJO CENTRAL, A.C.E. CAPTULO PRIMEIRO DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO PRIMEIRO. (Denominação) PACTO SOCIAL DO MONTE DESENVOLVIMENTO ALENTEJO CENTRAL, A.C.E. CAPTULO PRIMEIRO DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO PRIMEIRO (Denominação) O Agrupamento adopta a denominação de Monte - Desenvolvimento Alentejo Central,

Leia mais

ESTATUTOS DO CENTRO DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA. Artigo 1.º (Natureza, Membros)

ESTATUTOS DO CENTRO DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA. Artigo 1.º (Natureza, Membros) ESTATUTOS DO CENTRO DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA Artigo 1.º (Natureza, Membros) 1. O Centro de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, também designado abreviadamente como

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 O Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de Janeiro, tem por objecto os Conselhos Municipais de Educação, regulando as suas competências e composição,

Leia mais

(Aprovado em sessão do Plenário de 04.06.93 e publicado no D.R., II Série, n.º 204, de 31.08.93)

(Aprovado em sessão do Plenário de 04.06.93 e publicado no D.R., II Série, n.º 204, de 31.08.93) REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO PERMANENTE DE CONCERTAÇÃO SOCIAL (Aprovado em sessão do Plenário de 04.06.93 e publicado no D.R., II Série, n.º 204, de 31.08.93) CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS Artigo 1.

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Preâmbulo

REGULAMENTO INTERNO. Preâmbulo REGULAMENTO INTERNO Preâmbulo O (adiante designado de Pacto Territorial), é uma plataforma de intervenção integrada, criada no âmbito do Projecto EQUAL Migrações e Desenvolvimento com vista à dinamização

Leia mais

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ENTRE AS ADMINISTRAÇÕES PARLAMENTARES DA ASSEMBLEIA NACIONAL POPULAR DA REPÚBLICA DA GUINÉ BISSAU E A ASSEMBLEIA NACIONAL DA

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ENTRE AS ADMINISTRAÇÕES PARLAMENTARES DA ASSEMBLEIA NACIONAL POPULAR DA REPÚBLICA DA GUINÉ BISSAU E A ASSEMBLEIA NACIONAL DA REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU ASSEMBLEIA NACIONAL POPULAR REPÚBLICA DE CABO VERDE ASSEMBLEIA NACIONAL PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ENTRE AS ADMINISTRAÇÕES PARLAMENTARES DA ASSEMBLEIA NACIONAL POPULAR DA REPÚBLICA

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM. Preâmbulo

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM. Preâmbulo REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM Preâmbulo A Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro estabelece, no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os

Leia mais

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Teve lugar no dia vinte e nove de maio de dois mil e doze, a sessão número trinta e seis da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D.

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO GERAL

REGIMENTO DO CONSELHO GERAL REGIMENTO DO CONSELHO GERAL Janeiro de 2015 PREÂMBULO O presente regimento tem por finalidade regular os procedimentos administrativos e modo de funcionamento do Conselho Geral, garantindo a eficiente

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC

REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC Define as normas que regulamentam a Pré-Conferência Municipal de Educação promovida

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga A lei de bases do sistema educativo assume que o sistema educativo se organiza de forma a descentralizar, desconcentrar e diversificar as estruturas

Leia mais

2. Segmento de Alto Nível da Conferência das Nações Unidas para as Alterações Climáticas: 6 a 9 de Dezembro;

2. Segmento de Alto Nível da Conferência das Nações Unidas para as Alterações Climáticas: 6 a 9 de Dezembro; RelatóriodaDelegaçãodaAssembleiadaRepúblicaPortuguesaà ConferênciadasNaçõesUnidasparaasAlteraçõesClimáticas(COP 17/CMP 7)emDurban,ÁfricadoSul I)Membrosdadelegação: DeputadoAntónioLeitãoAmaro(GPPSD) DeputadoFernandoJesus(GPPS).

Leia mais

(Regimento para o Conselho Nacional de Protecção Civil) Decreto-Regulamentar n.º 3/2002 De 12 de Junho

(Regimento para o Conselho Nacional de Protecção Civil) Decreto-Regulamentar n.º 3/2002 De 12 de Junho I SÉRIE N.º 20 B. O. DA REPÚBLICA DE CABO VERDE 12 DE JULHO DE 2001 (Regimento para o Conselho Nacional de Protecção Civil) Decreto-Regulamentar n.º 3/2002 De 12 de Junho A Lei de Bases de Protecção Civil,

Leia mais

REDE DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM SAÚDE DA COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA EM IST, VIH E SIDA (RIDES IST - SIDA CPLP)

REDE DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM SAÚDE DA COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA EM IST, VIH E SIDA (RIDES IST - SIDA CPLP) REDE DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM SAÚDE DA COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA EM IST, VIH E SIDA (RIDES IST - SIDA CPLP) 1 REDE DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM SAÚDE DA COMUNIDADE DE

Leia mais

Regime de constituição e de direitos e deveres das associações de pais e de encarregados de educação Decreto-Lei n.º 372/90 de 27 de Novembro

Regime de constituição e de direitos e deveres das associações de pais e de encarregados de educação Decreto-Lei n.º 372/90 de 27 de Novembro Regime de constituição e de direitos e deveres das associações de pais e de encarregados de educação Decreto-Lei n.º 372/90 de 27 de Novembro A Lei n.º 7/77, de 1 de Fevereiro, bem como a legislação que

Leia mais

REGIMENTO PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ÁGUEDA PARTE I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Definição e Âmbito

REGIMENTO PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ÁGUEDA PARTE I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Definição e Âmbito REGIMENTO PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ÁGUEDA PARTE I Disposições Gerais Artigo 1º Definição e Âmbito 1. O Conselho Municipal de Educação de Águeda, adiante designado de Conselho é uma instância

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO y Câmara Municipal de Redondo CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO O DL 7/2003, de 15 de Janeiro, que prevê a constituição do Conselho Municipal de Educação, regulou as suas competências

Leia mais

Câmara Municipal de Belmonte. Conselho Municipal de Juventude de Belmonte. REGULAMENTO do. Conselho Municipal de Juventude de Belmonte

Câmara Municipal de Belmonte. Conselho Municipal de Juventude de Belmonte. REGULAMENTO do. Conselho Municipal de Juventude de Belmonte Câmara Municipal de Belmonte Conselho Municipal de Juventude de Belmonte REGULAMENTO do Conselho Municipal de Juventude de Belmonte Os jovens têm um papel importante no desenvolvimento de qualquer sociedade.

Leia mais

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO CONSELHO, ATRIBUIÇÕES E SUA COMPOSIÇÃO Art. 1.º- O Conselho Municipal de Educação de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº1.176 de

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2009

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2009 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2009 1. Introdução A Rede de Língua Portuguesa de Avaliação de Impactos (REDE) é um projeto da APAI Associação Portuguesa de Avaliação de Impactes, única filiada de língua

Leia mais

Associação de Voluntariado da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (AVESTGL)

Associação de Voluntariado da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (AVESTGL) Associação de Voluntariado da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego AVESTGL (Em fase de Publicação em DR) ESTATUTOS Capítulo I (Constituição e fins) Artigo 1º 1. É constituída uma associação

Leia mais

Reportagem 2012 Escola Secundária de Raul Proença, Ana Beatriz Santos, Círculo Eleitoral de Leiria

Reportagem 2012 Escola Secundária de Raul Proença, Ana Beatriz Santos, Círculo Eleitoral de Leiria Reportagem 2012 Escola Secundária de Raul Proença, Ana Beatriz Santos, Círculo Eleitoral de Leiria A participação da Escola Secundária de Raul Proença (ESRP) no Parlamento dos Jovens foi sempre um motivo

Leia mais

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP Intervenção do Secretário Executivo da CPLP Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Secretário de Estado do Turismo, Senhores Embaixadores Senhores Representantes

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS FACULDADES DA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA

REGULAMENTO GERAL DAS FACULDADES DA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA REGULAMENTO GERAL DAS FACULDADES DA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA Artigo 1º Denominação 1. As faculdades são unidades orgânicas da UFP que integram subunidades orgânicas, reúnem grandes áreas científicas

Leia mais

DECLARAÇÃO DE LISBOA

DECLARAÇÃO DE LISBOA DECLARAÇÃO DE LISBOA A 2 de junho de 2014, em Lisboa, Portugal, por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP (CE-CPLP), em parceria com a CPLP, o Millennium BCP e a SOFID Sociedade para o Financiamento

Leia mais

IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global. Grupo Parlamentar Português sobre População e

IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global. Grupo Parlamentar Português sobre População e IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global Grupo Parlamentar Português sobre População e Cumprimentos: Desenvolvimento Assembleia da República 18 de Novembro

Leia mais