Paróquia Santo Agostinho Pastoral do Batismo Valduir Graff. Sejam bem-vindos(as) à casa do Pai! Deus não descansa enquanto não os(as) seduzir!

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Paróquia Santo Agostinho Pastoral do Batismo Valduir Graff. Sejam bem-vindos(as) à casa do Pai! Deus não descansa enquanto não os(as) seduzir!"

Transcrição

1 Paróquia Santo Agostinho Pastoral do Batismo Valduir Graff Sejam bem-vindos(as) à casa do Pai! Deus não descansa enquanto não os(as) seduzir! 1

2 ENCONTRO COM DEUS Façamos a experiência do encontro com Deus Cristo disse: Pois onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou eu no meio deles (Mt 18, 20). Deus mora em cada um de nós cf. Jo 14,23; 1Cor3,16; 6,19; 1Jo3,1. 2

3 Invocação do Espírito Santo Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra. 3

4 Oremos: Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. Amém. 4

5 1. Projeto de Deus Em Jesus Cristo, Deus nos escolheu antes da fundação do mundo [...]. Ele [Deus] nos predestinou para sermos seus filhos adotivos por Jesus Cristo (Cf. Ef 1, 3-7). O cristianismo é a revelação de que Deus é nosso Pai ; Deus nos ama; Cristo nos deu seu Espírito para nos fazer filhos de Deus. Todos os que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus (Rom 8, 14). 5

6 Projeto de Deus Todos sois filhos de Deus pela fé em Jesus Cristo (Cf. Gl 2, 26-29). A todos aqueles que crêem em seu nome, deu-lhes a capacidade de serem filhos de Deus (Jo 1, 12-13). 6

7 Projeto de Deus O Filho de Deus, nosso Senhor, Verbo do Pai, tornou-se Filho do homem para que o homem, unido ao Verbo de Deus, recebesse a adoção e se tornasse filho de Deus (Santo Irineu, bispo, séc. II). Deus, no seu imenso amor, fala aos homens como a amigos e conversa com eles, para os convidar e admitir a participar de sua comunhão (Cf. DV 2). Núcleo vivo da religião: a comunhão pessoal com Deus que se dá (Schillebeeckx). 7

8 2. Projeto de Deus - Justiça original O homem recém-criado foi elevado à ordem sobrenatural = participação da natureza divina = comunhão com Deus. Nossos primeiros pais, Adão e Eva, foram constituídos em um estado de santidade e justiça original. Esta graça da santidade original era uma participação da vida divina (CIC 375). 8

9 3. Projeto de Deus - Normas morais O Criador queria que o homem dissesse SIM ao seu plano gratuito de amor. Por isto apresentou-lhe um modelo de vida que o homem devia observar, afirmando a sua fidelidade a Deus. O homem depende do Criador, está submetido às leis da criação e às normas morais que regem o uso da liberdade (CIC 396). 9

10 4. Não ao projeto de Deus = Pecado original Os primeiros pais disseram NÃO a Deus. O homem faria sua própria regra de vida: vós sereis como deuses (Cf Gn 3, 5). O homem viveria como se Deus não existisse. O relato da queda (Gn 3), afirma um acontecimento primordial ocorrido no início da história do homem (CIC 390) e constitui o pecado das origens (CIC 387), o pecado original. 10

11 5. Conseqüências do pecado original Perda da comunhão com Deus = graça santificante = perda da justiça original = perda da elevação à ordem sobrenatural = perda da amizade de Deus = perda do céu. Transmissão por geração da situação de vazio, de privação da comunhão com Deus, de inadequação ao plano original de Deus. 11

12 6. Deus misericordioso O Criador, infinitamente misericordioso, não deixou o homem entregue a si mesmo, sujeito à dor e à morte. Deus não se deixou vencer pelo mal, mas venceu o mal com o bem (Cf Rm 12, 21). 12

13 7. Salvação do Pai Pois Deus amou tanto o mundo, que entregou o seu Filho único, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para julgar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele (Jo 3, 16-17). 13

14 8. Salvação do Pai = Jesus Deus nosso Salvador quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. Pois há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens, um homem, Jesus Cristo, que se deu em resgate por todos (1Tm 2, 5). 14

15 8. Deus se faz um de nós Deus se faz um de nós para nos tornar participantes da natureza divina (2Pd 1, 5) = realizar a comunhão com Deus = salvação. Deus se humaniza para divinizar o homem e a mulher. Jesus Cristo é a salvação do Pai. 15

16 9. Mistério Pascal Mistério pascal = Cristo = vida de Cristo. Núcleo do Mistério Pascal: Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Páscoa = passagem. Jesus = Deus salva = Salvador Cristo = Messias = Ungido pelo Espírito Santo. 16

17 10. Cristo = sacramento do encontro com Deus Sacramento = encontro com Cristo = ação salvadora de Jesus Cristo. O próprio Cristo realiza todos os sacramentos: é Ele que batiza, que perdoa os pecados [...] (Sto. Tomás de Aquino). Cristo = sacramento do encontro com Deus = realiza a comunhão co Deus. SALVAÇÃO: DOM DE DEUS e RESPONSABILIDADE NOSSA 17

18 11. Cristo = sacramento do encontro com Deus Sacramento = visibilidade do ato salvador de Cristo (Schillebeeckx). Sacramentos = celebrações litúrgicas da Igreja nas quais Cristo torna presente seu ato de redenção eternamente atual (Idem). Pelos sacramentos Cristo continua, mediante a ação da Igreja, a encontrarse com os homens e salvá-los (Puebla 923). 18

19 11. Cristo = sacramento do encontro com Deus Sacramento = ato de salvação pessoal de Cristo, presente em um ato simbólico eclesial (Schillebeeckx). A liturgia da Igreja não é outra coisa senão a celebração e a dispensação do mistério da salvação. O tempo da Igreja, durante o qual Cristo manifesta, torna presente e comunica sua obra de salvação mediante a Liturgia de sua Igreja (Juan Luis Lorda La Gracia de Dios). 19

20 12. Igreja = sacramento de Cristo ÚNICO INSTRUMENTO DE CRISTO PARA ATUALIZAR SUA OBRA SALVÍFICA = IGREJA. IGREJA = SINAL E INSTRUMENTO DE CRISTO PARA SALVAR HOMENS E MULHERES. IGREJA = ÚNICO SACRAMENTO DE CRISTO. 20

21 13.Hoje, Cristo salva p/ sacramentos Pelos sacramentos Cristo continua, mediante a ação da Igreja, a encontrarse com os homens e salvá-los (Puebla 923). IC: Batismo, Crisma, Eucaristia; Cura: Penitência, Unção dos Enfermos. Serviço: Ordem, Matrimônio; 21

22 14. Ministro dos sacramentos Ministro primordial de todos os sacramentos: Homem-Deus, Jesus Cristo. É ele que, por meio da Igreja, batiza, perdoa, ensina, governa, oferece, sacrifica, unge, consagra. O ministro humano do sacramento atua em nome de Cristo: é quem recebeu de Deus o poder de o conferir. 22

23 15. Meta do batismo Primeiro sacramento, absolutamente necessário: Batismo. Porta de entrada no mistério pascal; Primeiro encontro com Cristo; Gerar em nós a filiação divina; Restituir a justiça original = comunhão com Deus. Recapitular, refazer, tornar exitoso o plano original de Deus. 23

24 16. Por que batizar? Cumprir a ordem dada por Jesus Cristo: Jesus, aproximando-se deles, falou: Todo poder me foi dado no céu e sobre a terra. Ide, portanto, e fazei que todas as nações se tornem discípulos, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-as a observar tudo quanto vos ordenei. E eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos (Mt 28, 18-20). 24

25 17. Batismo Etimologia - palavra derivada de batizar ( baptízein em grego), significa MERGULHAR, IMERGIR. O sinal sensível é a água. Poderes da água: causa de vida ou de morte. Tem poder de lavar, purificar. 25

26 18. JESUS SE FAZ BATIZAR Santificar e purificar as águas; Assumir o pecado do mundo = solidariedade com a humanidade; Representar diante do Pai cada homem e cada mulher. 26

27 19. Batismo de Jesus Nesse tempo, veio Jesus da Galiléia ao Jordão até João, a fim de ser batizado por ele. Mas João tentava dissuadi-lo, dizendo: Eu é que tenho necessidade de ser batizado por ti e tu vens a mim? Jesus, porém, respondeu-lhe: Deixa estar por enquanto, pois assim nos convém cumprir toda a justiça. E João consentiu (Mt 3, 13-15). 27

28 20.Batismo de Jesus Batizado Jesus subiu imediatamente da água e logo os céus se abriram e ele viu o Espírito de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele. Ao mesmo tempo uma voz vinda dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo (Mt 3, 16 17). 28

29 21.Significado do batismo Batismo = grande encontro salvador de Cristo com o batizando. O batismo é a Páscoa do batizando: passagem da morte do pecado para a vida nova; Morte para o pecado, renascimento para a graça; Renascimento para a vida nova = Ressurreição com Cristo. 29

30 22.Efeitos do Batismo Os céus se abrem para o batizando; O Espírito Santo vem sobre o batizando, imprime a imagem da face de Cristo e, assim, apaga as conseqüências do pecado original, restitui a amizade de Deus; O Pai, ao olhar o batizando, reconhece nele a imagem de seu Filho, o insere em Cristo, o reveste de Cristo, o torna outro Cristo = cristóforo = cristão = membro visível do povo de Deus = membro visível da Igreja = membro visível do Corpo Místico de Cristo. 30

31 23.Efeitos do batismo 1. Confere o estado de justificação = o estado de graça santificante. A graça santificante é uma vida nova, a vida de Deus em nós. A graça é o próprio Deus em nós presente (Sto. Agostinho). 2. O Espírito Santo vem habitar na alma; unge o batizando tornando-o outro Cristo = ungido = cristão; 3. Imprime um caráter indelével na alma (não pode ser repetido) selo do Espírito Santo; 31

32 23.Efeitos do Batismo 4. Infunde as virtudes teologais da fé, esperança e caridade. Promessa do AT: Messias = Jesus Cristo Promessa do NT: Espírito Santo Fato histórico: Morte e Ressurreição de Jesus= Concretização de nossa salvação; Espírito Santo realiza em nós a salvação obtida por Cristo. O Espírito Santo nos converte em filhos de Deus. 32

33 24. Igreja = Povo de Deus Batizados = Povo de Deus = comunidade reunida pelo Filho de Deus = corpo místico de Cristo = assembléia dos batizados = Igreja. Agora sois o Povo de Deus (cf 1 Pd 2, 9s). 33

34 25. Igreja = povo de Deus Assembléia, Ekklesía, Igreja = comunidade de irmãos: Pai nosso. Batismo: porta de entrada no mistério pascal. Meta do batismo: gerar em nós a filiação divina restituir a imagem de Deus. Deus não descansa enquanto não nos seduzir. 34

35 26.Pais e Padrinhos Educar na fé constituir a Igreja doméstica = família cristã; Fazer a experiência do amor de Pai e da ternura de Mãe ; Família = comunidade de amor, de paz e de desenvolvimento; Cada homem e cada mulher: imagem e semelhança de Deus, remidos pelo sangue de Cristo; participar da natureza divina. 35

36 26. Platão e Aristóteles Como o homem pode ser virtuoso? Como ele pode alcançar a felicidade? Qual o sentido da vida? Como ser bom exercícios aristotélicos sobre o bem humano (Fernando Muniz). Sabedoria = virtude. Valor e dignidade do homem = honra, virtude. 36

37 27. Privilégio Nossa casa é templo de Deus, morada do amor, da paz, da justiça, do testemunho dos valores do Evangelho. Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu pai o amará, e nós viremos a ele e nele faremos nossa morada (Jo 14, 23). 37

38 28.Templo de Deus Não sabeis que sois templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? (1 Cor 3, 16). Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que está em vós e que recebestes de Deus? (Cf 1 Cor 6, 19). Vede que manifestação de amor nos deu o Pai: sermos chamados filhos de Deus. E nós o somos (1 Jo, 3, 1). 38

39 29. Templo de Deus Ora, nós é que somos o templo do Deus vivo (cf. 2 Cor 6,16). Deus se fez filho do homem, para que o homem chegasse a ser filho de Deus (Santo Irineu final do séc. II) 39

40 30. Prazer de ensinar a rezar O batizado é um Cristóforo, outro Cristo, ungido com o Espírito Santo, um cristão: templo do Espírito Santo, morada de Deus: Vós todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus, pois todos vós, que fostes batizados em Cristo, vos vestistes de Cristo (Gl 3, 26-27). 40

41 31. CINCO ORAÇÕES 1. Pai Nosso 2. Ave Maria 3. Credo: Creio em Deus Pai 4. Salve Rainha 5. Anjo da Guarda: Santo anjo do Senhor 41

42 32. Cerimônia do BATISMO 1- BOAS-VINDAS Se alguém não nascer da água e do Espírito, não poderá entrar não Reino de Deus (Jo 3,5). Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo (Cf Mt 3, 11). Sinal da cruz = signo distintivo, marca e sinal do cristão; boas-vindas e entrada na Igreja, mãe hospitaleira; pertença a Cristo. Sacerdote, pais e padrinhos fazem o sinal da cruz na testa da criança. Fotógrafo. 42

43 2 - Unção pré-batismal Óleo dos catecúmenos batizado = atleta de Cristo forte para resistir ao mal diante dos desafios da vida símbolo de vigor, saúde, coragem e fortaleza. Fotógrafo. 43

44 3 - BÊNÇÃO DA ÁGUA Morte ao pecado sepultados na morte com Cristo Nascimento para a vida nova de Cristo ressurreição com Cristo para a vida nova. O CRISTÃO FESTEJA DOIS NASCIMENTOS 44

45 4 - PROMESSAS DO BATISMO Educar na fé. Renunciar ao pecado para viver a liberdade dos filhos de Deus. Proclamar a fé em Jesus Cristo a fé que nos une na mesma Igreja. Viver como irmãos. 45

46 5 - ATO DE FÉ QUEM CRER E FOR BATIZADO SERÁ SALVO. Pais e padrinhos professam a fé da Igreja em nome das crianças. 46

47 6 - BATISMO O batizando se torna filho de Deus Grande encontro com Cristo Aguardar chamada. Ida à pia batismal: pais e padrinhos com a criança. Madrinha segura a criança posição. Padrinho mão sobre a criança. Toalha para enxugar a cabeça. Fotógrafo. 47

48 7 - Unção com o crisma = Jesus dá o seu Espírito = Espírito Santo Batismo: libertação do pecado e renascimento pela água e pelo Espírito. Deus consagra o batizando com o óleo santo para que, membro de Cristo, sacerdote, profeta e rei, conduzido pelo Espírito continue a missão de Cristo na terra. Unção = dom do Espírito Santo, a promessa dos tempos messiânicos, do NT. Fotógrafo. 48

49 7 - Unção com o crisma = Jesus dá o seu Espírito = Espírito Santo Unção com o santo crisma = dom do Espírito Santo. Batizado = cristão = ungido pelo Espírito Santo, incorporado a Cristo. Como Cristo, ungido pelo Espírito Santo: Sacerdote celebrar os sacramentos para a glória do Pai e santificação dos homens; Profeta - testemunhar, anunciar o Evangelho = a Boa Notícia = Jesus Cristo. Rei - o cristão reina como filho de Deus, vence o demônio e testemunha o reino de Deus, de paz, de justiça e de amor. 49

50 Conceito que a Igreja tem do homem e da mulher Imagem e semelhança de Deus; Ungido pelo Espírito Santo, sacerdote, profeta e rei; Templo do Espírito Santo; Filho de Deus; Membro visível do corpo Místico de Cristo; Povo de Deus = membro visível da Igreja. 50

51 8. Vela = Fé O batismo é o sacramento da fé. Círio pascal = Cristo = eu sou a luz do mundo (Jo 8, 12): Em Cristo, os batizados são a luz do mundo (Mt 5, 14). Individualmente cada pai se dirige ao sacerdote para que a vela seja acesa no Círio Pascal = responsabilidade em manter a fé viva e alimentá-la. Semi-círculo em frente ao altar. 51

52 9. Veste branca Inocência: Pois todos vós, que fostes batizados em Cristo, vos vestistes de Cristo (Gl 3,27); Ressurreição com Cristo, vida nova, SEGUNDO NASCIMENTO. 52

53 10. ORAÇÃO DOS IRMÃOS PAI NOSSO Didaqué 53

54 33. Consagração a Nossa Senhora Nossa Senhora: Mãe de Deus, Mãe da Igreja, mãe do povo de Deus, mãe de cada um de nós. Maria, a mãe de Jesus, teve com Ele os cuidados e preocupações que toda mãe tem com seu filho. Madrinha ou padrinho de consagração. 54

55 34. Bênção Bênção especial: batizado, mãe, pai, madrinha, padrinho, família. 55

56 35. Avisos Práticos 1. Lugares reservados na Igreja: batizando, pai, mãe, padrinho e madrinha batizando no colo de quem? Em pé, sentada, amamentar. 2. Livro da cerimônia responder com entusiasmo. 3. Vela. 4. Toalha branca. 56

57 35. Avisos práticos 5. Igreja: casa do encontro com Deus atitude, não assistir, celebrar. 6. Festejar: novo nascimento, vida nova. 7. Contribuição. 57

58 VALDUIR GRAFF 58

59 48. Salmo 66(67) 1. Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção, * e sua face resplandeça sobre nós! 2. Que na terra se conheça o seu caminho, * e a sua salvação por entre os povos. 3. Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, * que todas as nações vos glorifiquem! 4. Exulte de alegria a terra inteira, * pois julgais o universo com justiça; 59

60 5. Os povos governais com retidão, * e guiais, em toda a terra, as nações. 6. Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor*, que todas as nações vos glorifiquem! 7. A terra produziu a sua colheita: * o Senhor e nosso Deus nos abençoa. 8. Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe, * e o respeitem os confins de toda a terra! 9. Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção, * e sua face resplandeça sobre nós! 60

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa)

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) Cântico de Entrada SAUDAÇÃO E MONIÇÃO INICIAL DIÁLOGO COM OS PAIS E PADRINHOS Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais: (dizem o nome do filho). Que pedis à Igreja

Leia mais

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã;

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Pastoral do Batismo Sacramentos Batismo O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Consiste em derramar

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento?

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento? OS SACRAMENTOS Os sacramentos da nova lei foram instituídos por Cristo e são sete, a saber: o Batismo, a Crisma ou Confirmação, a Eucaristia, a Penitência, a Unção dos Enfermos, a Ordem e o Matrimônio.

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública.

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. No BATISMO DE JESUS, no Rio Jordão, revela-se o Filho amado de Deus,

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus CAPÍTULO 2 O Propósito Eterno de Deus Já falamos em novo nascimento e uma vida com Cristo. Mas, a menos que vejamos o objetivo que Deus tem em vista, nunca entenderemos claramente o porque de tudo isso.

Leia mais

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min Terço Como de costume RITOS INICIAIS Enquanto se entoa o refrão

Leia mais

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I DOMINGO VII DA PÁSCOA (Onde a solenidade da Ascensão não é transferida para este Domingo). Semana III do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo III. Ant. 1 Elevado ao mais

Leia mais

SACRAMENTO É SINAL SENSÍVEL E EFICAZ DA GRAÇA. ELES SÃO SINAIS SENSÍVEIS EMITIDOS POR DEUS, PARA NOSSA SALVAÇÃO E SANTIFICAÇÃO.

SACRAMENTO É SINAL SENSÍVEL E EFICAZ DA GRAÇA. ELES SÃO SINAIS SENSÍVEIS EMITIDOS POR DEUS, PARA NOSSA SALVAÇÃO E SANTIFICAÇÃO. INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO (PARÓQUIA DE SANTA SUZANA - ESCOLA SANTO AGOSTINHO) O QUE É SACRAMENTO? 1 IDÉIA BÁSICA DEUS NÃO QUER VIVER LONGE DO HOMEM; AO CONTRÁRIO, QUER FICAR UNIDO

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha.

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha. O Plano da Salvação Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 11 de outubro de 2009 Como o pecado entrou no mundo e atingiu toda a raça humana? [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo

Leia mais

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO Pai nosso que estais nos céus Santificado seja o vosso nome Venha a nós o vosso reino Seja feita a vossa vontade Assim na Terra como no Céu O pão nosso de cada dia nos dai hoje

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ SEIA 23 DE JUNHO 2013 ENTRADA NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, POVO SACERDOTAL, IGREJA SANTA

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014 Adoração ao Santíssimo Sacramento Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa 4 de Março de 2014 Leitor: Quando nós, cristãos, confessamos a Trindade de Deus, queremos afirmar que Deus não é um ser solitário,

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim 5º DOMINGO DA PÁSCOA 18 de maio de 2014 Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19; Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; João

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ EBD DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ OLÁ!!! Sou seu Professor e amigo Você está começando,hoje, uma ETAPA muito importante para o seu CRESCIMENTO ESPIRITUAL e para sua

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015 1 QUEM É JESUS Jo 1 26 Respondeu João: Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. 27 Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

A Bíblia afirma que Jesus é Deus

A Bíblia afirma que Jesus é Deus A Bíblia afirma que Jesus é Deus Há pessoas (inclusive grupos religiosos) que entendem que Jesus foi apenas um grande homem, um mestre maravilhoso e um grande profeta. Mas a Bíblia nos ensina que Jesus

Leia mais

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009 Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote 1 - MOTIVAÇÃO INICIAL: Dir.: Em comunhão

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO Assinatura do Registo A assinatura do Registo será colocada na Liturgia, conforme prática local ou critério do Oficiante. Celebração da Santa Ceia No caso de ser pedida a Celebração

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

agora a algumas questões Quem pode receber o

agora a algumas questões Quem pode receber o Pe. Henrique Soares da Costa Já vimos, nos artigos teologia do Batismo, isto é, do agora a algumas questões precedentes, os principais aspectos da significado deste sacramento. Respondamos, práticas. Quem

Leia mais

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Roteiro 1- Introdução 2- Fundamento Bíblico 3- Conclusão 1. Introdução Voce entende por que é importante

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ O BATISMO DO SENHOR JESUS CRISTO E O COMEÇO DE SEU MINIST ÉRIO Volume 03 Escola: Nome : Professor (a): Data : / / 5) VAMOS BRINCAR DE FORCA? Marque com um x na letra

Leia mais

Lição 01 O propósito eterno de Deus

Lição 01 O propósito eterno de Deus Lição 01 O propósito eterno de Deus LEITURA BÍBLICA Romanos 8:28,29 Gênesis 1:27,28 Efésios 1:4,5 e 11 VERDADE CENTRAL Deus tem um propósito original e eterno para minha vida! OBJETIVO DA LIÇÃO Que eu

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA A IMPORTÂNCIA DAS OBRAS DE FÉ William Soto Santiago Cayey Porto Rico 16 de Março de 2011 Reverendo William Soto Santiago, Ph. D. CENTRO DE DIVULGAÇÃO DO EVANGELHO DO REINO http://www.cder.com.br E-mail:

Leia mais

Introdução à 26/05/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Divindade de Cristo O que a história da igreja fala sobre o assunto? A Igreja Primitiva No início do século II, o cristianismo era uma

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

A MISERICÓRDIA DE DEUS. ANTÍFONA DE ENTRADA cf. Jer 31, 3; 1 Jo 2, 2. Ou Salmo 82 (83), 2

A MISERICÓRDIA DE DEUS. ANTÍFONA DE ENTRADA cf. Jer 31, 3; 1 Jo 2, 2. Ou Salmo 82 (83), 2 ANTÍFONA DE ENTRADA cf. Jer 31, 3; 1 Jo 2, 2 Deus amou-nos com amor eterno: enviou o seu Filho Unigénito como vítima de propiciação pelos nossos pecados e pelos pecados do mundo inteiro. Ou Salmo 82 (83),

Leia mais

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Quinta-feira depois da Santíssima Trindade ou no Domingo seguinte SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Solenidade LEITURA I Ex 24, 3-8 «Este é o sangue da aliança que Deus firmou convosco» Leitura do Livro

Leia mais

Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica

Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica Igreja Nova Apostólica Internacional Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica Depois de, na última edição, termos abordado os aspetos inclusivos e exclusivos no Antigo e no Novo Testamento,

Leia mais

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3 LEMBRETE IMPORTANTE: As palavras da bíblia, são somente as frases em preto Alguns comentários explicativos são colocados entre os versículos, em vermelho. Mas é apenas com o intuito

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

Rosarium Virginis Mariae

Rosarium Virginis Mariae EDITORA AVE-MARIA Introdução O Rosário da Virgem Maria, que ao sopro do Espírito Santo de Deus se foi formando gradualmente no segundo milênio, é oração amada por numerosos santos e estimulada pelo magistério.

Leia mais

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

Missa - 10/5/2015. Entrada

Missa - 10/5/2015. Entrada Missa - 10/5/2015 ntrada m F#m 1. Todos unidos formamos um só corpo, um povo que na Páscoa nasceu. G Membros de Cristo, no sangue redimidos, Igreja peregrina de eus. m F#m Vive conosco a força do spírito,

Leia mais

UMA LISTA DOS NUNCA MAIS CONFESSAREI

UMA LISTA DOS NUNCA MAIS CONFESSAREI UMA LISTA DOS NUNCA MAIS CONFESSAREI Não há nada mais poderoso que uma decisão, pois esta te colocará em um mundo novo. (Lucas Márquez) VINTE CONFISSÕES NEGATIVAS QUE VOCÊ DEVE CANCELAR EM SUA VIDA 1)

Leia mais

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante.

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante. Aula 25 Creio na Igreja Católica.1 Frei Hipólito Martendal, OFM. 1. Leitura de At 2, 1-15. Ler e explicar... Dia de Pentecostes (=Quinquagésima) é o 50º dia depois da Páscoa. Os judeus celebravam a Aliança

Leia mais

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo Livro 1 página 4 Lição Um Um Novo Princípio O Poder Transformador de Cristo Da Palavra de Deus: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e I João 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida 2 (pois a vida foi manifestada, e nós

Leia mais

PARA O BAPTISMO DAS CRIANÇAS

PARA O BAPTISMO DAS CRIANÇAS BAPTISMO DAS CRIANÇAS 301 PARA O BAPTISMO DAS CRIANÇAS Pode utilizar-se uma das fórmulas, de entre as que se propõem no Rito do Baptismo ou aqui. Também é lícito escolher vários elementos da mesma fórmula,

Leia mais

Catecumenato Uma Experiência de Fé

Catecumenato Uma Experiência de Fé Catecumenato Uma Experiência de Fé APRESENTAÇÃO PARA A 45ª ASSEMBLÉIA DA CNBB (Regional Nordeste 2) www.catecumenato.com O que é Catecumenato? Catecumenato foi um método catequético da igreja dos primeiros

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS Pr. Cristiano Nickel Junior O propósito é que a Igreja seja um exército com bandeiras Martyn Lloyd-Jones No princípio era aquele

Leia mais

TRÍDUO PASCAL ORAÇÕES À MESA

TRÍDUO PASCAL ORAÇÕES À MESA TRÍDUO PASCAL ORAÇÕES À MESA 1. Quinta-Feira Santa Ao almoço D: Irmãos, Jesus Cristo fez de nós um reino de sacerdotes para Deus o nosso pai. T: A Ele, glória e poder / pelos séculos dos séculos. Amém.

Leia mais

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família A transmissão da fé na Família Reunião de Pais Família Plano Pastoral Arquidiocesano Um triénio dedicado à Família Passar de uma pastoral sobre a Família para uma pastoral para a Família e com a Família

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

ANO B. DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia. (Outras intenções: adultos e crianças baptizados nesta Páscoa...).

ANO B. DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia. (Outras intenções: adultos e crianças baptizados nesta Páscoa...). 122 ANO B DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia (Se estiverem presentes adultos que tenham sido baptizados na última Páscoa, as intenções da oração dos fiéis poderão hoje ser propostas por eles).

Leia mais

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras)

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Mostre o "Homem em Pecado" separado de Deus Esta luz (aponte para o lado direito) representa

Leia mais

Ano XVI - N.º924-26/02/2012 BAPTISMO

Ano XVI - N.º924-26/02/2012 BAPTISMO Ano XVI - N.º924-26/02/2012 BAPTISMO Leitura do Livro do Génesis Deus disse a Noé e a seus filhos: «Estabelecerei a minha aliança convosco, com a vossa descendência e com todos os seres vivos que vos acompanham:

Leia mais

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 Mantendo-vos, portanto, firmes, tendo cingido os vossos rins com a verdade, vestindo a couraça da justiça e calçando os pés

Leia mais

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia.

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Caríssimos Irmãos e Irmãs: Assim que Maria Madalena vira o túmulo vazio, correu à Jerusalém atrás de Pedro e João. Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde

Leia mais

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem?

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? O Batismo nas Águas O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? É UMA ORDENANÇA DE JESUS O batismo é uma ordenança clara de Jesus para todo aquele que

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 Mantendo-vos, portanto, firmes, tendo cingido os vossos rins com a verdade, vestindo a couraça da justiça e calçando os pés

Leia mais

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações como ordenado pelo Capítulo Interprovincial da Terceira Ordem na Revisão Constitucional de 1993, e subseqüentemente

Leia mais

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Jesus revela-nos que Deus é Pai Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Quem inventou Deus? Desde sempre que os homens acreditaram na existência de forças muito poderosas

Leia mais

Lição 11. Batismo nas águas. Comuidade Ev. Amanhecer com Jesus QUESTIONAMENTOS: O batismo salva? O batismo como mandamento

Lição 11. Batismo nas águas. Comuidade Ev. Amanhecer com Jesus QUESTIONAMENTOS: O batismo salva? O batismo como mandamento Lição 11 Batismo nas águas Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e

Leia mais

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO Vós ouviste o que vos disse: Vou e retorno a vós. Se me amásseis, ficaríeis alegres por eu ir para o Pai, porque o Pai é maior do que eu. João

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

Igreja Internacional da Graça de Deus

Igreja Internacional da Graça de Deus Igreja Internacional da Graça de Deus 1 O Batismo nas Águas Igreja Internacional da Graça de Deus Fevereiro de 2010 São Paulo - Brasil 2 Nova Vida com Jesus J esus respondeu : - Na verdade, na verdade

Leia mais

Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede

Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede 18º DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede Leituras: Êxodo 16, 2-4.12-15; Salmo 77 (78), 3.4bc.23-24.25.54; Carta de São Paulo

Leia mais

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO Tema geral: Cura Interior Autor: Pe. Fernando PREGAÇÃO: Tema: Curados para Amar Senhor se queres podes me curar Mt. 8, 1-4 1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva

Leia mais

Tríduo Pascal - Ano C

Tríduo Pascal - Ano C 1 A celebração da Missa Vespertina da Ceia do Senhor inaugura o Sagrado Tríduo Pascal, o coração do ano litúrgico, no qual celebramos a morte, sepultura e a ressurreição de Jesus Cristo. Trata-se de um

Leia mais

Jubileu de Prata 25 ANOS

Jubileu de Prata 25 ANOS Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

O ENSINO CATÓLICO SOBRE O BATISMO

O ENSINO CATÓLICO SOBRE O BATISMO 1 IGREJA BATISTA DE BROTAS ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL TEMA: IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA - PARTE IV - LIÇÃO 17 ÊNFASE: BATISMO E CONFIRMAÇÃO TEXTO: MARCOS 7:8 AUTORIA: PR. ISAÍAS ALEXANDRIA COSTA INTRODUÇÃO

Leia mais

BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO

BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO 1 INTRODUÇÃO Jesus mandou seus discípulos: Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a

Leia mais

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese 1. RITO DE INSTITUIÇÃO DOS MINISTROS(AS) DA COMUNHÃO Diácono: Queiram levantar-se os que receberão o mandato de Ministros Extraordinários

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais