PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão atualizada em 12/06/2013)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.4 - atualizada em 12/06/2013)"

Transcrição

1 PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão atualizada em 12/06/2013) 1 Conceito e Noções Gerais da NFAe-MEI O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica MEI (NFAe-MEI)? Quem pode emitir a NFAe-MEI? Como se cadastrar no portal Receita/PR? A NFAe-MEI é equivalente à NFe - Nota Fiscal eletrônica nacional? Há sistema para a emissão da NFAe-MEI? Como será a numeração da NFAe-MEI? Em que tipo de papel poderá ser impressa a NFAe-MEI? É possível utilizar a NFAe-MEI para atividades de Prestação de Serviços? Pode ser emitida NFAe-MEI para consumidor final pessoa física? Como devo proceder nas vendas realizadas em operações interestaduais, às destinadas à administração pública e ao exterior? É possível emitir uma NFAe-MEI com data retroativa, como exemplo: de uma venda ocorrida ontem? 1.12 É possível obter uma lista dos principais CFOPs que utilizo para emissão da NFAe-MEI? Em quantas vias devem ser impressas a NFAe-MEI e qual deve ser a destinação destas vias? 1.14 O que fazer quando ocorre um problema na impressão da NFAe-MEI? Deve ser recolhido ICMS para cada NFAe-MEI emitida? Para que serve a consulta pública de Confirmação de NFAe-MEI Emitida? 2 Do preenchimento da NFAe-MEI 2.1 Ao clicar na opção NFAe-MEI --> Emissão de NFAe, o sistema retorna: Erro: "microempreendedor individual não localizado pelo CPF", como devo 2.2 Qual informação deve ser preenchida no campo Inscrição Estadual, quando o destinatário não possuir Inscrição Estadual? O que fazer quando estiver emitindo uma NFAe-MEI com data de hoje, mas a mercadoria só vai sair daqui a dois dias? Qual o CFOP a ser utilizado para operação de venda, com destinatário dentro do Estado do Paraná? Qual o CFOP a ser utilizado para operação de venda a contribuintes do ICMS, com destinatário em outra unidade da Federação? Qual o CFOP a ser utilizado para operação de venda a não contribuintes do ICMS com destinatário em outra unidade da Federação. Ex: Clínicas, Escritórios, Escolas, etc.? Estou efetuando venda para outro Estado, com o CFOP correto e apresenta a mensagem "CFOP inválido". Como Como faço para inserir as mercadorias na NFAe-MEI? Quantos itens posso inserir em uma NFAe-MEI? Ao incluir um produto, qual informação deverá ser preenchida nos campos "Código Interno do Produto" e "Descrição Interna do Produto"? Preciso utilizar o código NCM (Nomenclatura Comum do MERCOSUL) para codificação do produto? Qual a situação tributária para o MEI? No campo Quantidade aparece 3 dígitos depois da vírgula, como faço para preenchê-lo? No campo Valor Unitário aparece 4 dígitos depois da vírgula, como faço para preenchê-lo? Qual a alíquota do ICMS? O que devo preencher nos campos: Alíquota do IPI, Base de Cálculo do ICMS-ST e Valor do ICMS-ST? O que devo preencher no campo: Descontos Incondicionais? Como devo preencher na identificação: Despesas Acessórias e Dados Complementares (Passo 3/4)? Como devo preencher na identificação: Dados do Transportador? Os dados do frete/seguro e dados do transportador/volumes transportados são obrigatórios quando o transporte for realizado por parte do próprio estabelecimento ou pelo destinatário? Quando o transporte for realizado pelos Correios, como preencher os campos: Identificação do Transportador e Valor do Frete? O que fazer quando ocorre uma interrupção (queda de energia, perda da conexão com internet, etc.) durante a emissão da NFAe-MEI? O que fazer se ocorre a interrupção exatamente no momento de confirmação da emissão? 3 Do preenchimento da NFAe-MEI na Venda Ambulante Qual CFOP a ser utilizado para a operação de remessa para Venda Ambulante? Como o MEI deve proceder no caso de Venda Ambulante? 4 Do preenchimento da NFAe-MEI na Devolução Na devolução de mercadorias pelo MEI para contribuintes não optantes pelo Simples Nacional como devo Na devolução de mercadorias pelo MEI, para contribuintes optantes pelo Simples Nacional como devo 5 Cancelamento de NFAe-MEI Posso cancelar uma NFAe-MEI emitida? Se a mercadoria já foi entregue, posso cancelar uma NFAe-MEI emitida?

2 1 Conceito e Noções Gerais da NFAe-MEI O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica MEI (NFAe-MEI)? R- É um documento fiscal, em substituição à nota fiscal modelo 1 ou 1-A, de uso exclusivo do Microempreendedor Individual-MEI, optante pelo SIMEI Quem pode emitir a NFAe-MEI? R- Apenas o MEI, optante pelo SIMEI, previamente cadastrado no portal Receita/PR, com ou sem inscrição estadual e que promova operação com mercadorias Como se cadastrar no portal Receita/PR? R- Veja instruções de como se tornar usuário do Receita/PR A NFAe-MEI é equivalente à Nfe - Nota Fiscal eletrônica nacional? R- Não, a NFAe-MEI é um documento fiscal impresso, cujo processo de emissão é eletrônico. Já a NFe é um documento fiscal de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente Há sistema para a emissão da NFAe-MEI? R- Sim, o sistema está disponível no portal Receita/PR, na área restrita para usuários previamente cadastrados Como será a numeração da NFAe-MEI? R- Será de forma sequencial, única para todos os contribuintes, de 1 a , reiniciada quando atingido esse limite Em que tipo de papel poderá ser impressa a NFAe-MEI? R- Em papel comum, exceto papel jornal, no tamanho de 29,7 cm de largura e 21 cm de altura (padrão A4). 1.8 É possível utilizar a NFAe-MEI para atividades de Prestação de Serviços? R- Não. A NFAe-MEI é exclusiva para operação com mercadorias. Para emissão de nota fiscal de prestação de serviços deve emitir documento fiscal estabelecido pela prefeitura municipal Pode ser emitida NFAe-MEI para consumidor final pessoa física? R- Apesar de estar dispensado pelo item 1, alínea a, inciso II do art. 97 da Resolução CGSN nº 94/2011 o MEI poderá emitir a NFAe-MEI Como devo proceder nas vendas realizadas em operações interestaduais, às destinadas à administração pública e ao exterior? R- Deve obrigatoriamente emitir a NFAe-MEI, salvo se o destinatário for consumidor final pessoa física, caso em que a sua emissão fica dispensada É possível emitir uma NFAe-MEI com data retroativa, como exemplo: de uma venda ocorrida ontem? R- Não. A data da saída deve ser igual ou maior do que a data da emissão da NFAe-MEI É possível obter uma lista dos principais CFOPs que utilizo para emissão da NFAe-MEI? R- Os principais CFOPs utilizados pelo MEI são os seguintes: DESCRIÇÃO DA OPERAÇÃO Dentro do Estado Fora do Estado Venda de produção do estabelecimento Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros Remessa para venda fora do estabelecimento ( NFAe-Mei da carga total para venda ambulante) Retorno de remessa para venda fora do estabelecimento (NFAe-MEI da mercadoria retornada de venda ambulante) Venda de produção do estabelecimento efetuada fora do estabelecimento (NFAe-MEI da efetiva venda ambulante) Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros efetuada fora do estabelecimento (NFAe-MEI da efetiva venda ambulante) Devolução de compra adquirida para industrialização Devolução de compra adquirida para comercialização Venda de Produção própria, interestadual, a não contribuinte do ICMS Revenda de mercadoria adquirida interestadual, a não contribuinte do ICMS

3 Remessa em bonificação, doação ou brinde Remessa de amostra grátis Em quantas vias devem ser impressas a NFAe-MEI e qual deve ser a destinação destas vias? R- Conforme determina o art. 151 do RICMS/2012, seguem as orientações: Na saída de mercadoria, a nota fiscal será emitida, no mínimo, em quatro vias, que terão a seguinte destinação: I - a 1ª via acompanhará a mercadoria no seu transporte, para ser entregue, pelo transportador, ao destinatário; II - a 2ª via ficará em poder do emitente para fins de controle do fisco; III - a 3ª via: a) nas operações internas, ficará em poder do emitente à disposição do fisco; b) nas operações interestaduais, acompanhará as mercadorias para fins de controle do fisco da unidade federada de destino; c) nas saídas para o exterior, acompanhará a mercadoria para ser entregue ao fisco estadual do local de embarque; IV - a 4ª via deverá acompanhar a mercadoria e poderá ser retida pela fiscalização de mercadorias em trânsito O que fazer quando ocorre um problema na impressão da NFAe-MEI? R- Acesse a opção de consulta para reimpressão da NFAe-MEI. Note-se porém, que um documento fiscal emitido pode acobertar somente uma operação Deve ser recolhido ICMS para cada NFAe-MEI emitida? R- Não. O MEI recolhe todos os tributos, incluído o ICMS, em valores fixos mensais por meio do DAS (documento de arrecadação do Simples Nacional) Para que serve a consulta pública de Confirmação de NFAe-MEI Emitida? R- É um serviço que permite a terceiros verificar se determinada NFAe-MEI, foi ou não emitida pelo sistema e sua respectiva situação, normal ou cancelada. É a confirmação da autenticidade da NFAe-MEI, que será considerada idônea se contiver impresso o código hash code. 2 Do preenchimento da NFAe-MEI 2.1 Ao clicar na opção NFAe-MEI --> Emissão de NFAe, o sistema retorna: Erro: "microempreendedor individual não localizado pelo CPF". Como devo R- Entre em contato com o SAC. Curitiba e Região Metropolitana (41) e Demais locais , das 7h00 às 19h Qual informação deve ser preenchida no campo Inscrição Estadual, quando o destinatário não possuir Inscrição Estadual? R- Nenhuma. Preencha o campo CNPJ ou CPF O que fazer quando estiver emitindo uma NFAe-MEI com data de hoje, mas a mercadoria só vai sair daqui a dois dias? R- O sistema permite indicar uma data de saída posterior à data de emissão, desde que não exceda ao terceiro dia Qual o CFOP a ser utilizado para operação de venda, com destinatário dentro do Estado do Paraná? R Venda de produção própria Revenda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros Qual o CFOP a ser utilizado para operação de venda a contribuintes do ICMS, com destinatário em outra unidade da Federação? R Venda de produção própria Revenda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros Qual o CFOP a ser utilizado para operação de venda a não contribuintes do ICMS com destinatário em outra unidade da Federação. Ex: Clínicas, Escritórios, Escolas, etc.? R Venda de produção própria Revenda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros. 2.7 Estou efetuando venda para outro Estado, com o CFOP correto e apresenta a mensagem "CFOP inválido". Como R- Informar corretamente a UF de destino na seção "Identificação do Destinatário/Remetente",ex: SP,SC,RS,MS, etc Como faço para inserir as mercadorias na NFAe-MEI? R- No passo 3 / 4, clique no menu inserir novo produto Quantos itens posso inserir em uma NFAe-MEI? R- No máximo dez (10) itens por documento fiscal.

4 Ao incluir um produto, qual informação deverá ser preenchida nos campos "Código Interno do Produto" e "Descrição Interna do Produto"? R Código e descrição definido pela empresa. Caso não haja, preencha com número 1 e descreva o nome produto objeto da venda e/ou revenda Preciso utilizar o código NCM (Nomenclatura Comum do MERCOSUL) para codificação do produto? R- O uso do código NCM é opcional. Caso necessite informá-lo, deve utilizar o campo "Informações Complementares" Qual a situação tributária para o MEI? R- Não tributada. O MEI sempre utilizará esta opção No campo Quantidade aparece 3 dígitos depois da vírgula, como faço para preenchê-lo? R- Digite a quantidade vendida, seguida de zeros. Exemplo 1: 15 unidades. Digite Resultado 15,000 Exemplo 2: 43,5 kg. Digite Resultado 43, No campo Valor Unitário aparece 4 dígitos depois da vírgula, como faço para preenchê-lo? R- Digite o valor seguido de zeros. Exemplo 1: R$23,00. Digite Resultado 23,0000 Exemplo 2: R$45,80. Digite Resultado 45, Qual a alíquota do ICMS? R- Mantenha o 0, O que devo preencher nos campos: Alíquota do IPI, Base de Cálculo do ICMS-ST e Valor do ICMS-ST? R- Não preencha nada, ou seja, deixe-os em branco O que devo preencher no campo: Descontos Incondicionais? R- Preencha com o valor do desconto concedido ao cliente. Do contrário, deixe em branco Como devo preencher na identificação: Despesas Acessórias e Dados Complementares (Passo 3/4)? R- Valor do Frete: É o valor do frete cobrado pelo remetente. Caso neste campo seja informado qualquer valor, o sistema define que o frete é por conta deste. Se o frete for por conta do destinatário, ou não houver frete a ser pago, este campo não deverá ser preenchido. Valor do Seguro: Se houver valor de seguro contratado para a carga. Descontos incondicionais: Valor de desconto concedido ao comprador. Dados complementares: Dados de interesse do emitente, tais como: número do pedido, vendedor, etc Como devo preencher na identificação: Dados do Transportador? R- Remetente: quando este for o responsável pelo transporte. O sistema preenche os dados automaticamente. Destinatário: quando este for o responsável pelo transporte. O sistema preenche os dados automaticamente. Outro: quando o responsável pelo transporte é terceirizado, exemplo: transportadora, transportador autônomo, Correios, etc. Neste caso deve indicar o CNPJ ou CPF e os dados deverão ser preenchidos, inclusive o endereço. Poderá haver casos em que o sistema preencha automaticamente, em virtude do transportador ser inscrito no cadastro de contribuintes do ICMS no Paraná Os dados do frete/seguro e dados do transportador/volumes transportados são obrigatórios quando o transporte for realizado por parte do próprio estabelecimento ou pelo destinatário? R- São obrigatórios apenas os dados do transportador e volumes transportados Quando o transporte for realizado pelos Correios, como preencher os campos: Identificação do Transportador e Valor do Frete? R- No passo 1 /4 assinale como transportador (outro) e digite o CNPJ do Correio. Quanto ao valor do frete preencha o valor pago no passo 3 / O que fazer quando ocorre uma interrupção (queda de energia, perda da conexão com internet, etc.) durante a emissão da NFAe-MEI? R- Deve ser reiniciado o procedimento de emissão O que fazer se ocorre a interrupção exatamente no momento de confirmação da emissão? R- Recomenda-se que seja realizada uma consulta na opção Consulta de NFAe-MEI para verificar se foi emitida ou não.

5 3 Do preenchimento da NFAe-MEI na Venda Ambulante Qual CFOP a ser utilizado para a operação de remessa para Venda Ambulante? R (PR) ou (outra UF) - Venda de Produção própria Como o MEI deve proceder no caso de Venda Ambulante? R- Para acompanhar a mercadoria no seu transporte, emitir a NFAe-MEI de Saídas, com CFOP 5.904(PR) ou 6.904(outra UF), discriminando todas as mercadorias que serão transportadas. Por ocasião da venda, emitir NFAe-MEI de Saídas, com CFOP 5.103(produção própria) / 5.104(revenda) (PR) ou 6.103/ 6.104(outra UF), discriminando a mercadoria vendida e além disso, deve indicar o número e a data da emissão da nota fiscal geral. No retorno da mercadoria, emitir a NFAe-MEI de Entrada, CFOP 1.904(PR) ou 2.904(outra UF), discriminando todas as mercadorias que estão retornando ao estabelecimento e também indicar o número e a data da emissão da nota fiscal geral. Mais informações estão dispostas nos arts 329 a 331 do RICMS/2012. OBS: O recolhimento do ICMS, nas vendas ambulantes realizadas em operações interestaduais, deve ser obedecida a legislação daquela unidade da federação. 4 Do preenchimento da NFAe-MEI na Devolução Na devolução de mercadorias pelo MEI para contribuintes não optantes pelo Simples Nacional como devo R- Emitir a NFAe-MEI, indicar CFOP, preencher além dos dados do destinatário, a quantidade, descrição, valor unitário, e deve indicar no campo "Informações Complementares", correspondente a mercadoria objeto da devolução: a base de cálculo, o imposto destacado, e o número da nota fiscal de compra dessa mercadoria Na devolução de mercadorias pelo MEI, para contribuintes optantes pelo Simples Nacional como devo R- Emitir a NFAe-MEI, indicar CFOP, preencher além dos dados do destinatário, a quantidade, descrição, valor unitário, e deve indicar no campo "Informações Complementares", correspondente a mercadoria objeto da devolução: o número da nota fiscal de compra dessa mercadoria. 5 Cancelamento de NFAe-MEI Posso cancelar uma NFAe-MEI emitida? R- Sim, uma NFAe-MEI pode ser cancelada, devendo ser respeitadas as regras e exigências legais para cancelamento de um documento fiscal, (por exemplo, uma das exigências legais é de que o cancelamento ocorra antes da ocorrência do fato gerador, ou seja, a efetiva saída da mercadoria do estabelecimento). O prazo máximo para o cancelamento é de 168 horas contadas da emissão da nota fiscal (7 dias). Vale lembrar que o estabelecimento fica sujeito a posterior verificação pelo Fisco estadual Se a mercadoria já foi entregue, posso cancelar uma NFAe-MEI emitida? R- Não, se a mercadoria já foi entregue ao destinatário, cabe emissão de carta de correção nos termos do art. 217 do RICMS/2012, e em caso de retorno ou devolução, consulte os arts. 290 a 299 do RICMS/2012, para análise do caso específico. Mais informações, consulte o SAC - Serviço de Atendimento ao Cidadão. Curitiba e Região Metropolitana (41) (ligação local) Outras localidades (ligação gratuita)

PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.7 - atualizada em 24/04/2015)

PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.7 - atualizada em 24/04/2015) PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.7 - atualizada em 24/04/2015) 1 Conceito e Noções Gerais da NFAe-MEI 1.1 - O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica MEI

Leia mais

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe)

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Versão 2.10 Atualizada em 13/02/2012 1. O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica? A Nota Fiscal Avulsa eletrônica é um serviço disponível nos portais

Leia mais

SEFAZ-MA. São Luís-Ma. 2.008

SEFAZ-MA. São Luís-Ma. 2.008 SEFAZ-MA SIISTEMA DE NOTA FIISCAL AVULSA NFA MANUAL PARA O AGENTE FIISCAL São Luís-Ma. 2.008 1 INTRODUÇÃO A Nota Fiscal Avulsa foi criada para substituir a Nota Fiscal Avulsa emitida através do Siat. Ela

Leia mais

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe)

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Versão 4.00 Atualizada em 22/04/2014 1. O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica? A Nota Fiscal Avulsa eletrônica é um serviço disponível nos portais

Leia mais

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe.

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. Após clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NF-e, o sistema irá exibir uma série de

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso Superintendência do Sistema de Administração Tributária Manual do Usuário Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 Sumário 1. O que é NFe? 2. Acesso ao sistema 3. Cadastros 3.1 Cadastro de Cliente 3.2 Cadastro de Produto 3.3 Cadastro de Transportadora 4. Emissão de NFe 4.1 Emitir Nova

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa 1 Manual para emissão de Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Microempreendedor Individual 2014. INTRODUÇÃO A Nota Fiscal Eletrônica Avulsa (NF-e Avulsa)

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO 1. Introdução: Toda mercadoria procedente do exterior, importada a título definitivo ou não, sujeita ou não ao pagamento do imposto

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

Nota Fiscal Avulsa para MEI

Nota Fiscal Avulsa para MEI Nota Fiscal Avulsa para MEI Orientação geral quanto ao aplicativo de emissão da Nota Fiscal Avulsa para os contribuintes inscritos no Cadastro de Contribuintes de ICMS do Estado do Pará Sumário Avisos...3

Leia mais

Sistema de Notas Fiscais de Saída e Outros Documentos Antigo NFI/CENF

Sistema de Notas Fiscais de Saída e Outros Documentos Antigo NFI/CENF Sistema de Notas Fiscais de Saída e Outros Documentos Antigo NFI/CENF Compete ao destinatário mato-grossense, ao receber mercadoria oriunda de outra Unidade Federada, em operações realizadas ao abrigo

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Diferencial de alíquota para produtos com destino industrialização

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Diferencial de alíquota para produtos com destino industrialização Segmentos industrialização 09/01/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 7 5. Informações Complementares...

Leia mais

NOTA FISCAL AVULSA - NFA. atualizado em 08/07/2015

NOTA FISCAL AVULSA - NFA. atualizado em 08/07/2015 atualizado em 08/07/2015 2 ÍNDICE 1. CONCEITO...5 2. MODELO E SÉRIES...5 3. NOTA FISCAL AVULSA - SÉRIE 1...6 4. NOTA FISCAL AVULSA - SÉRIE 2...6 5. VALIDADE...7 6. VENDA DO ESTOQUE DA EMPRESA APÓS A BAIXA

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP 1. Certificado Digital - Antes de mais nada você precisa possuir um certificado digital

Leia mais

Parâmetros. Instalação

Parâmetros. Instalação Gera Arquivo para a Receita (GeraArq 8) Este aplicativo permite gerar um arquivo para ser enviado à Receita Federal com os registros de nota/ cupons fiscais impressos pelos sistema. Instalação Para fazer

Leia mais

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007)

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) Anexo Único Leiaute do digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) 1. Cada digital deverá conter informações relativas às Notas Fiscais, modelo 1

Leia mais

REMESSA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO. (atualizado até 25/02/2014)

REMESSA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO. (atualizado até 25/02/2014) REMESSA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO (atualizado até 25/02/2014) 2 ÍNDICE 1. CONCEITO...5 2. SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA...5 2.1. Saída Interna...5 2.2. Saída Interestadual...5 3. PROCEDIMENTOS...5 3.1. Remessa pelo

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

Manual do Sistema para plificada do Crédito Acumulado. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria da Fazenda

Manual do Sistema para plificada do Crédito Acumulado. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria da Fazenda GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria da Fazenda Manual do Sistema para Apuração Simplificad plificada do Crédito Acumulado Versão 1.0.0.1 do Anexo I da Portaria CAT - 207, de 13-10-2009 Página 1 de

Leia mais

Acesso a NFA-e para não contribuinte:

Acesso a NFA-e para não contribuinte: Acesso a NFA-e para não contribuinte: Através da pagina da Secretaria de Estado da Fazenda (www.sef.sc.gov.br) o contribuinte não credenciado no Sistema de Administração Tributária (S@T) poderá emitir

Leia mais

Manual Prático do MerchSintegra

Manual Prático do MerchSintegra Manual Prático do MerchSintegra Bento Gonçalves Setembro de 2010 Índice 1. Introdução... 3 2. O MerchSintegra... 4 2.1. Configurador... 4 2.2. Inconsistências... 16 2.2.1. Gerar Nota Entrada... 16 2.2.2.

Leia mais

Respostas às dúvidas mais frequentes a respeito do SINTEGRA

Respostas às dúvidas mais frequentes a respeito do SINTEGRA Respostas às dúvidas mais frequentes a respeito do SINTEGRA Quando vou transmitir o arquivo o sistema me pede nome de usuário e senha. O que fazer? Você esta tentando transmitir o arquivo no formato TXT.

Leia mais

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 28.06.2012. Sumário:

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 28.06.2012. Sumário: NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA (NFA-e) - Preenchimento por não Contribuinte do ICMS Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 28.06.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA

Leia mais

NFA-e. Manual do usuário

NFA-e. Manual do usuário Manual do usuário 24 de setembro de 2015 2 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 3 PARTE I INFORMAÇÕES ESSENCIAIS 4 1. O que é a 4 2. Legislação 4 3. Quem pode emitir e quando 4 4. Quais operações são possíveis com a 6

Leia mais

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php Página 1 de 5 27 de Abril, 2011 Impresso por ANDERSON JACKSON TOASSI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI - Emissão de Documentos Fiscais em Santa Catarina Matéria elaborada com base na Legislação vigente

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Estorno Crédito ICMS por Saída Interna Isenta ICMS em MG

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Estorno Crédito ICMS por Saída Interna Isenta ICMS em MG 06/11/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 8 5. Informações Complementares... 8 6. Referências...

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA - GSF Home Page: www.sefaz.pi.gov.br

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA - GSF Home Page: www.sefaz.pi.gov.br GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA - GSF Home Page: www.sefaz.pi.gov.br COMUNICADO SEFAZ Nº 003/2007 Informa sobre a instituição da Declaração de Informações

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS DEMONSTRAÇÃO

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS DEMONSTRAÇÃO EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS DEMONSTRAÇÃO Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Autor: Roberto Ferreira de Freitas Data: 21/07/2006 Para toda remessa de demonstração haverá retorno. Quando a remessa

Leia mais

Preenchimento da NFC-e. Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro

Preenchimento da NFC-e. Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro Atualizado em 19 de agosto de 2015 2 Contribuinte, Este manual tem como objetivo ajudá-lo no preenchimento da NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor

Leia mais

Orientações ao Contribuinte

Orientações ao Contribuinte FIM DO RECOLHIMENTO DE ICMS E MULTAS NOS POSTOS FISCAIS Orientações ao Contribuinte Versão 1.0 - outubro de 2010. Apresentação A Secretaria de Estado da Tributação divulga este Informativo sobre o término

Leia mais

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES 1 Entradas de mercadorias de outros Estados sujeitas ao regime da substituição tributária no Rio Grande do Sul ( ICMS ST pago na Entrada ) Procedimentos

Leia mais

(atualizado em 28/02/2014) DEVOLUÇÃO DE MERCADORIA

(atualizado em 28/02/2014) DEVOLUÇÃO DE MERCADORIA (atualizado em 28/02/2014) DEVOLUÇÃO DE MERCADORIA 2 ÍNDICE 1. CONCEITO...5 2. SISTEMA DE TRIBUTAÇÃO...5 3. DEVOLUÇÃO PROMOVIDA POR CONTRIBUINTE...5 3.1. Operação Interna...5 3.2. Operação Interestadual...5

Leia mais

Tabela CFOPs (Código Fiscal de Operações e Prestações) - VÁLIDOS para fins de Valor Adicionado

Tabela CFOPs (Código Fiscal de Operações e Prestações) - VÁLIDOS para fins de Valor Adicionado 1 de 6 Tabela CFOPs (Código Fiscal de ) - VÁLIDOS para fins de Valor Adicionado Ajustes SINIEF 07/01 (Dec. 5441/02), 05/02 (Dec. 034/03), 09/03 (Dec. 1321/03), 03/04 (Dec. 1893/04), 02/05 (Dec. 3416/05),

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária

Parecer Consultoria Tributária Questão O cliente, no ramo de atividade industrial no segmento de produtos elétricos para profissionais de beleza, sediado em São Paulo, informa que na emissão da nota fiscal complementar de ICMS em sua

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e Prefeitura Municipal de Tupãssi PERGUNTAS E RESPOSTAS O QUE É A NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e? R NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) é um documento

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa 1 Manual para emissão de Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Produtor Rural 2014. INTRODUÇÃO 2 A Nota Fiscal Eletrônica Avulsa (NF-e avulsa) implementada

Leia mais

MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA NFE-e

MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA NFE-e MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA NFE-e Através da pagina da Secretaria da Fazenda do Estado do Piauí (www.sefaz.pi.gov.br) o usuário poderá emitir a Nota Fiscal Avulsa Eletrônica - NFA-e. O acesso

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA 2 Tabela de Conteúdo Compras 3 Lançando N.F Simples Nacional 3 1 Preenchendo... o cabeçalho 5 2 Preenchendo... o Produto 6 3 Lançamento... de Impostos 7 4 Confirmando... o Lançamento NF 8 Lançando N.F

Leia mais

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda 2 Tabela de Conteúdo Nota Fiscal Eletrônica 3 1 Tela de... Acesso 4 Digitalizando o Pedido 4 1 Preenchendo... o Item 6 2 Recebimento... A Vista 7 3 Recebimento... A Prazo 7 Gerando Proposta Comercial Emissão

Leia mais

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e INTRODUÇÃO: Este documento visa explicar, de forma detalhada e simplificada, a utilização do sistema de emissão de documentos fiscais (modelo

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 1. Comprei mercadoria com NF-e denegada. Qual o procedimento para regularizar essa situação? Resposta: Preliminarmente, temos que esclarecer o que é uma NF-e Denegada:, A Denegação

Leia mais

G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS

G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS O Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais GNRE é um documento para operações de vendas que são feitas para fora do estado de produção do produto, sujeitas à substituição

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO Agosto de 2015 Palestra DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA NA AQUISIÇÃO DE MERCADORIAS INTRERESTADUAIS Tributação do ICMS nas entradas de outra Unidade da Federação

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota Fiscal para Cupom Fiscal - Ceará

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota Fiscal para Cupom Fiscal - Ceará Nota 28/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 4 6. Referências...

Leia mais

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE?

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) tem como intuito emitir e armazenar eletronicamente, para fins fiscais,

Leia mais

LIVRO REGISTRO DE ENTRADAS - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A

LIVRO REGISTRO DE ENTRADAS - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A LIVRO - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 19.09.2013. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - LIVRO, MODELO 1 OU 1-A 2.1 - Documentos Fiscais Registrados

Leia mais

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04.11.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - ALÍQUOTAS DO ICMS 2.1 - Operações

Leia mais

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário NF-e Manual do Usuário ÍNDICE CADASTROS NECESSÁRIOS PARA EMISSÃO DE NFE... 3 CADASTRO DE PRODUTOS... 3 CFOP... 5 PERFIL TRIBUTÁRIO... 7 CADASTRO DE CLIENTES... 9 CADASTRO DE FORNECEDOR... 10 CADASTRO DE

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

ICMS/SP - Devolução de Mercadorias - Roteiro de Procedimentos. ICMS/SP - Devolução de Mercadorias - Roteiro de Procedimentos

ICMS/SP - Devolução de Mercadorias - Roteiro de Procedimentos. ICMS/SP - Devolução de Mercadorias - Roteiro de Procedimentos ICMS/SP - Devolução de Mercadorias - Roteiro de Procedimentos Nas relações de comércio é muito comum, por motivos como mercadoria em desacordo com o pedido, qualidade insatisfatória, não observância de

Leia mais

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Organização: Patrícia Bianchi Machado, membro da Secretaria Executiva do Comitê Gestor do Simples Nacional V 1.01-05.02.2010

Leia mais

MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA PARA O PÚBLICO EXTERNO

MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA PARA O PÚBLICO EXTERNO MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA PARA O PÚBLICO EXTERNO Introdução: A Nota Fiscal Avulsa NFA será emitida para acobertar operações realizadas por emitente não obrigado à inscrição no Cadastro de Contribuintes

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

Pergunte à CPA. Devolução e Recusa de Mercadorias Regras gerais

Pergunte à CPA. Devolução e Recusa de Mercadorias Regras gerais 03/04/2014 Pergunte à CPA Devolução e Recusa de Mercadorias Regras gerais Apresentação: José A. Fogaça Neto Devolução regras gerais Artigo 4º - Para efeito de aplicação da legislação do imposto, considera-se...

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

ARRENDAMENTO MERCANTIL OU LEASING. (atualizado até 17/01/2014)

ARRENDAMENTO MERCANTIL OU LEASING. (atualizado até 17/01/2014) ARRENDAMENTO MERCANTIL OU LEASING (atualizado até 17/01/2014) 2 ÍNDICE 1. CONCEITOS...4 1.1. Arrendamento Mercantil ou Leasing...4 1.2. Arrendador...4 1.3. Arrendatário...4 2. SISTEMA DE TRIBUTAÇÃO...5

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC)

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) EMPRESA: LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) NOME DO ARQUIVO Existem dois nomes possíveis: um para as notas de saída e outro para as notas de entrada. - Saídas : O nome do arquivo deve

Leia mais

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS VENDA FORA DO ESTABELECIMENTO

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS VENDA FORA DO ESTABELECIMENTO EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS VENDA FORA DO ESTABELECIMENTO Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Autor: Roberto Ferreira de Freitas Data: 21/07/2006 A venda fora do estabelecimento deve ser realizada

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Apresentador: José Alves F. Neto Transporte - conceito ICMS X ISS Como determinar a competência Fato gerador RICMS/SP Artigo 2º - Ocorre

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA 1 Índice DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais,

Leia mais

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital.

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA LANÇAMENTO DE UM DOCUMENTO FISCAL. 1. APRESENTAÇÃO. 2. PREPARAÇÃO PARA A GERAÇÃO DOS REGISTROS. 2.1. Classificação Física dos Documentos

Leia mais

Introdução. Manual de Orientação ao preenchimento da Nota Fiscal Avulsa NFA Série 3

Introdução. Manual de Orientação ao preenchimento da Nota Fiscal Avulsa NFA Série 3 Introdução A Nota Fiscal Avulsa - foi criada para registrar as vendas de mercadorias, bens ou serviços realizadas pelos Contribuintes do estado de Sergipe aos órgãos e entidades da Administração Pública

Leia mais

IPI - Devolução de produtos - Tratamento fiscal

IPI - Devolução de produtos - Tratamento fiscal IPI - Devolução de produtos - Tratamento fiscal Sumário 1. Introdução... 2 2. Devolução por contribuinte do ICMS e/ou do IPI... 3 2.1 Procedimentos do contribuinte que efetuar a devolução... 3 2.1.1 Estorno

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

Manual de documento de arrecadação GNRE

Manual de documento de arrecadação GNRE Manual de documento de arrecadação GNRE Sumário 1. Códigos de receita ICMS... 3 1.1. Cadastro dos códigos de receita... 3 1.2. Consultando a tabela de códigos de receita ICMS... 4 2. Documento de arrecadação...

Leia mais

Dúvidas Freqüentes sobre Sintegra

Dúvidas Freqüentes sobre Sintegra Dúvidas Freqüentes sobre Sintegra 1 - Qual a legislação pertinente a arquivos eletrônicos e onde encontrá-la? O assunto é tratado pelo Convênio ICMS 57/95 e alterações e pelo Anexo VII ao Regulamento de

Leia mais

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014 ANEXO ÚNICO À PORTARIA SEFAZ N o 1.300, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013. ANEXO III À PORTARIA SEFAZ N o 1.859 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009 LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014 1. DADOS TÉCNICOS DE

Leia mais

SIMPLES NACIONAL DEVOLUÇÃO DE MERCADORIAS TRATAMENTO FISCAL

SIMPLES NACIONAL DEVOLUÇÃO DE MERCADORIAS TRATAMENTO FISCAL Matéria São Paulo SIMPLES NACIONAL DEVOLUÇÃO DE MERCADORIAS TRATAMENTO FISCAL SUMÁRIO 1. Introdução 2. Devolução Conceito 3. Crédito do Imposto no Recebimento de Mercadorias em Devolução ICMS e IPI 4.

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT Revisado em 03/12/2013 MANUAL DOS APLICATIVOS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional 09/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Transferência de Crédito do ICMS pelos Optantes do... 4 3.2 Do Ressarcimento

Leia mais

Palestra em 30 de julho de 2014. Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA

Palestra em 30 de julho de 2014. Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA Palestra em 30 de julho de 2014 Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA Os Layouts e Serviços de Autorização de uso da NF-e Serão os mesmos para NFC-e.

Leia mais

CIRURGIÕES DENTISTAS: FORMAS DE ESCRITURAÇÃO, TRIBUTAÇÃO E NF-e

CIRURGIÕES DENTISTAS: FORMAS DE ESCRITURAÇÃO, TRIBUTAÇÃO E NF-e CIRURGIÕES DENTISTAS: FORMAS DE ESCRITURAÇÃO, TRIBUTAÇÃO E NF-e Contador: Mardonedes Camelo de Paiva CRC/DF 010925-O-1 Contadora: Ozineide Paiva CRC/DF 024791/P-2 Bacharel: Pedro Henrique Brasília-DF /

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout - Versão 1.0 Manual de Envio de RPS em Lote Instruções e Layout 1. Recibo Provisório de Serviços RPS O RPS é o documento

Leia mais

Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e

Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e Sumário: 1. Orientações Gerais:... 3 1.1 Cadastros Básicos:... 3 1.2 Conhecimento de Transporte Eletrônico CTe:... 3 1.3 Tela inicial:... 4 2. CT-e (Conhecimento

Leia mais

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX SUMÁRIO 1 ICMS 1.1 CONTRIBUINTE 1.2 FATO GERADOR DO IMPOSTO 1.3 BASE DE CÁLCULO DO IMPOSTO 1.4 REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO 1.5 CARTA DE CORREÇÃO 1.6 CÓDIGO DA SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Cadastros. Cadastro do Emitente

Cadastros. Cadastro do Emitente Página1 Cadastros O sistema dispõe de algumas vantagens interessantes e importantes no processo de emissão da NF-e, como é o caso dos cadastros. A principal funcionalidade é auxiliar o usuário no preenchimento

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS. DEPARTAMENTO CONTÁBIL / FISCAL FONES: (19) 2105-4721 / (19) 2105-4719 E-mail: nf-e@marrucci.com.

PROCEDIMENTO PARA EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS. DEPARTAMENTO CONTÁBIL / FISCAL FONES: (19) 2105-4721 / (19) 2105-4719 E-mail: nf-e@marrucci.com. PROCEDIMENTO PARA EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS DEPARTAMENTO CONTÁBIL / FISCAL FONES: (19) 2105-4721 / (19) 2105-4719 E-mail: nf-e@marrucci.com.br ÍNDICE 1) DEVOLUÇÃO DE MERCADORIAS SEM ST... 3 2) DEVOLUÇÃO

Leia mais

OBS: Para auxílo na configuração de impostos e quais CFOPs(operações fiscais) usar, sempre consultar informações com o contador da empresa.

OBS: Para auxílo na configuração de impostos e quais CFOPs(operações fiscais) usar, sempre consultar informações com o contador da empresa. Como fazer uma NFe de Importação? A NFe de importação tem algumas particularidades. Resumidamente O fornecedor final precisa estar localizado em uma cidade do Exterior; Tem algumas diferenciações nos impostos

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de em Lote - Instruções e Layout Versão 2.3 Envio de em Lote Instruções e Layout Versão do Manual: 2.3 pág. 2 ÍNDICE Manual de Envio de em Lote Instruções e Layout 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

SISTEMA DE EXPORTAÇÃO - SISEXP SEFAZ/GO EXPORTAÇÃO EFETUADA ATRAVÉS DE FORMAÇÃO DE LOTE EM RECINTO ALFANDEGADO OU ADUANEIRO. EMISSÃO DO DCE.

SISTEMA DE EXPORTAÇÃO - SISEXP SEFAZ/GO EXPORTAÇÃO EFETUADA ATRAVÉS DE FORMAÇÃO DE LOTE EM RECINTO ALFANDEGADO OU ADUANEIRO. EMISSÃO DO DCE. SISTEMA DE EXPORTAÇÃO - SISEXP SEFAZ/GO EXPORTAÇÃO EFETUADA ATRAVÉS DE FORMAÇÃO DE LOTE EM RECINTO ALFANDEGADO OU ADUANEIRO. EMISSÃO DO DCE. Coloque sua matrícula e senha na parte superior direita na página

Leia mais

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1. OPERAÇÕES INTERNAS 1.1-BASE DE CÁLCULO - OPERAÇÃO INTERNA No RICMS/SP temos as hipóteses de definição da base de cálculo do ICMS-ST

Leia mais

( RIPI/2010, art. 43, VII, art. 190, II, art. 191 e art. 497, e RICMS-SP/2000 - Decreto nº 45.490/2000 )

( RIPI/2010, art. 43, VII, art. 190, II, art. 191 e art. 497, e RICMS-SP/2000 - Decreto nº 45.490/2000 ) ICMS/SP - Industrialização - Operações triangulares de industrialização 20 de Agosto de 2010 Em face da publicação do novo Regulamento do IPI, aprovado pelo Decreto nº 7.212/2010, este procedimento foi

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa 1 Manual para emissão de Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Pessoa Física 2014. INTRODUÇÃO 2 A Nota Fiscal Eletrônica Avulsa (NF-e avulsa) está sendo implementada

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Nota Fiscal Eletrônica Divulga orientação sobre como gerar a NF-e em situações específicas que têm suscitado dúvidas pelos Contribuintes do ICMS. Novembro-2012 Pág. 1 / 51 Sumário Orientação para

Leia mais

ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento

ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento Este procedimento dispõe sobre os requisitos necessários para a emissão da GNRE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ELETRÔNICO DE CÁLCULO DO ICMS DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES SUBSEQUENTES

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ELETRÔNICO DE CÁLCULO DO ICMS DEVIDO POR SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES SUBSEQUENTES ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Diretoria de Administração Tributária Gerência de Sistemas e Informações Tributárias Sistema de Administração Tributária (SAT) Gerência de Substituição

Leia mais