Gestão de Ativos Retornáveis na Cadeia de Fornecedores RFID para Embalagens e Racks Retornáveis (RTI s)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de Ativos Retornáveis na Cadeia de Fornecedores RFID para Embalagens e Racks Retornáveis (RTI s)"

Transcrição

1

2 Gestão de Ativos Retornáveis na Cadeia de Fornecedores RFID para Embalagens e Racks Retornáveis (RTI s) 2

3 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 3

4 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 4

5 A empresa MAN Fundada em Março 2009 ; Localizada em Resende - Estado do Rio de janeiro ; Lider de Mercado Caminhões a 9 anos ; Participação de mais 30% mercado de Caminhões; Consórcio Modular 5

6 Integração Organizacional - Consórcio Modular ZP #7 Reservatório de ar Chassi ZP #8 Tanque de comb. Acabamento Aprovação Final Frame Eixos Cab Trim Painel de Instrumentos Consórcio Modular Tambor & Freios Molas Suspensão & Eixos Pintura Rodas de aço Pneus PAINT SHOP BODY SHOP Rodas de alumínio Rodas & Pneus Armação Transmissão Motor PowerTrain 6

7 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 7

8 Por que implantar RFID nos RTI(s)? Gerenciar o Alto volume de fornecedores e modelos de embalagens; Evidenciar Riscos de parada de linha por falta de embalagens ; Identificar a perda e extravio no fluxo; Redução custos de reposição; Facilidade de Inventário; 8

9 CRONOGRAMA FASE 1 JUL/2012 Preparação Projeto levantamento de dados ( QuickScan) Processo de ciclo de vida das embalagens 15D FASE 2 JUL -DEZ / 2012 Prova de Conceito Identificação / Instalação Pontos captura Fixação das Tags Início da captura Inventários 60 D FASE 3 DEZ/ 2012 Resultados 9

10 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 10

11 FASE 1 - Estudo de viabilidade técnica Alinhamento Estratégico Seleção de caso de uso Estabelecido metas e objetivos Determinação do Cenário de Teste Seleção de Fornecedor e tipos de embalagens Modelos de tags e equipamentos RFID 11

12 Planejamento técnico do projeto Determinado os tipos de equipamentos e TAGs; Testes determinaram velocidades de exposição dos caminhões e pontos de leitura; Resultados indicaram 100% de eficiência, conforme cenário pré-estabelecido ; Emitido relatório completo dos testes. 12

13 Fornecedores envolvidos

14 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 14

15 FASE 2 - Prova de conceito no ambiente produtivo (POC) Dois portais de RFID para controlar a entrada e saída das embalagens; Portais de RFID projetados para leitura de racks metálicos dentro de caminhões sider; 500 tags de RFID passivos para monitoramento das embalagens do Fornecedor selecionado; Middleware de RFID desenvolvido pelo integrador instalado localmente; Aplicação de gestão de embalagens com RFID webbased instalado no integrador em cloud; 6 modelos diferentes de embalagens gerenciados. Todos modelos de racks metálicos; Duração do POC de 10/09/2012 até /12/

16 APLICAÇÃO CAMADA DE NEGÓGIO MIDDLEWARE CAMADA DE DISPOSITIVOS Arquitetura da Solução Portal Fixo Equipamento MAN Middleware RFID Wireless LAN Man FIREWALL / DMZ MAN INTERNET INTEGRAÇÃO FUTURA COM SAP Ambiente T-Systems (DataCenter) E-EVN Enterprise Value Network Common Service Providing Right Time Processing EAI /BPM Portal Reporting Logging/ Billinginfo Dispositivo de Integração Object Search RT-Storage/ Live Caching Tracking& Tracing RealTime- Alerting Rule Engine SAP e NFE

17 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 17

18 MONITORAMENTO

19 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 19

20 Resultados 18% 100% 5 MIN 100% EMBALAGENS SEM MOVIMENTAÇÃO EFICIÊNCIA NO INVENTÁRIO TEMPO DE PERMANÊNCIA DO VEICULO NO GATE EXATIDÃO NA LOCALIZAÇÃO DA EMBALAGEM

21 Lessons Learned Desafios e Lessons Learned A fase da aplicação dos tags é a que leva maior tempo de execução; É necessário treinar a equipe de aplicação de tags para evitar erros de cadastros; A infraestrutura de comunicação entre leitores e middleware deve ser monitorada em tempo real e com controle por alarmes; Excução de Check list para minimizar problemas de Cadastro A similaridade física entre modelos de embalagem ; Toda embalagem deve ser testada ( problemas fisico dos tags) 21

22 Agenda 1 Institucional MAN 2 Motivação 3 4 Estudo de Viabilidade do RFID POC 5 Monitoramento 6 Resultados 7 Próximos Passos 22

23 Próximos Passos Definir os requisitos de integração com SAP para acelerar processos de expedição e recebimento de embalagens; Análise e processo para implantação do projeto para 50 mil embalagens; Convidar fornecedores para integrar o ciclo; Finalizar a integração do processo de embalagens e iniciar o estudo para implantação no controle dos produtos baseado nas embalagens. Executar testes com novos modelos de embalagens ( GLT s e KLT s) Apresentação dos resultados as areas de negócio; 23

24 Contatos Washington Luis Maia de Souzedo 24

25 25

VISIBILIDADE GERENCIAL DA CADEIA LOGÍSTICA COM RFID E WELCOSS-VISIBO, (SAP BO, OEM).

VISIBILIDADE GERENCIAL DA CADEIA LOGÍSTICA COM RFID E WELCOSS-VISIBO, (SAP BO, OEM). Cooperativa Veiling-Holambra SAP Forum 2014, SP Brazil 13.02.2014, 15H30-16H00 (IND143) t h i n k c u s t o m e r VISIBILIDADE GERENCIAL DA CADEIA LOGÍSTICA COM RFID E WELCOSS-VISIBO, (SAP BO, OEM). Jorge

Leia mais

Segmento Eletricitário na Visão da Montadora 16.06.2015. Andria Cristina Giusti

Segmento Eletricitário na Visão da Montadora 16.06.2015. Andria Cristina Giusti Segmento Eletricitário na Visão da Montadora Andria Cristina Giusti Agenda 1 MAN Latin America 2 Informações de Mercado 3 Volkswagen Sob Medida 4 Segmento Eletricitário 5 Tendências Página 2 256 anos MAN

Leia mais

Scania Série F ÔNIBUS URBANOS E RODOVIÁRIOS. Versatilidade e robustez para o segmento urbano ou rodoviário

Scania Série F ÔNIBUS URBANOS E RODOVIÁRIOS. Versatilidade e robustez para o segmento urbano ou rodoviário Scania Série F ÔNIBUS URBANOS E RODOVIÁRIOS Versatilidade e robustez para o segmento urbano ou rodoviário Scania Série F ÔNIBUS URBANOS E RODOVIÁRIOS A performance que você pode confiar 2 3 Criado para

Leia mais

Case Compras Corporativas Evento 20 anos Produttare

Case Compras Corporativas Evento 20 anos Produttare Empresas Case Compras Corporativas Evento 20 anos Produttare Porto Alegre 28 de outubro de 2015 Agenda Contexto Nosso esforço O que atingimos Nossos desafios Highlights 1 O mundo está em constante mudança...

Leia mais

Projeto Porto Inteligente

Projeto Porto Inteligente Projeto Porto Inteligente SOLUÇÃO UNIFICADA DE RASTREABILIDADE VISIBILIDADE COMPLETA DE ATIVOS E PESSOAS Localização Status EM USO Condição Padrão redes de Wi-Fi PARA AUTOMATIZAR E OTIMIZAR PROCESSOS Logistica,

Leia mais

Aplicação de RFID na Logística e Manufatura

Aplicação de RFID na Logística e Manufatura Aplicação de RFID na Logística e Manufatura 1º Congresso de Supply Chain do IBPSC MMC AUTOMOTORES DO BRASIL LTDA SERGIO GEBARA RAMOS Gerente de Planejamento 1 Localização 08 Fábricas / 20 Royalties / 136

Leia mais

WMS. Agenda. Warehouse Management Systems (WMS) Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns

WMS. Agenda. Warehouse Management Systems (WMS) Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns WMS Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com Informática Aplicada a Logística Profº Breno Amorimsexta-feira, 11 de setembro de 2009 Agenda

Leia mais

RFID CASE STUDY THROTTLEMAN. Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54

RFID CASE STUDY THROTTLEMAN. Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54 RFID CASE STUDY THROTTLEMAN Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54 A TECNOLOGIA RFID A HISTÓRIA A TECNOLOGIA Identificação por Rádio Frequência permite identificar unicamente um objecto, usando ondas

Leia mais

Não utiliza ARLA 32. Programa Caminho da Escola 2013 Modelo ORE 2 Ônibus Rural Escolar Reforçado Médio

Não utiliza ARLA 32. Programa Caminho da Escola 2013 Modelo ORE 2 Ônibus Rural Escolar Reforçado Médio Não utiliza ARLA 32 Programa Caminho da Escola 2013 Modelo ORE 2 Ônibus Rural Escolar Reforçado Médio Volksbus 15.190 ODR com encarroçamento Marcopolo Uma marca da MAN Latin America. www.man-la.com Programa

Leia mais

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Em um cenário competitivo, o sucesso não é determinado apenas pela oferta

Leia mais

Portal RFID Identificação Wireless de Ativos, Estoques e Materiais. www.idutto.com.br

Portal RFID Identificação Wireless de Ativos, Estoques e Materiais. www.idutto.com.br Portal RFID Identificação Wireless de Ativos, Estoques e Materiais www.idutto.com.br RFID Logística & Inventário WIS - Warehouse Information System RECEBIMENTO EXPEDIÇÃO ARMAZENAMENTO INVENTÁRIO COLETA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos (SP) Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de Auxiliar

Leia mais

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO FILIADA A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO FUNDADA EM 26 DE JULHO DE 1961 Rua Comendador Azevedo, 440 Conj. 1 Fone/Fax (51)3224 4808 CEP 90220-150 Porto Alegre

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA A quilometragem percorrida pelo veículo é indicada pelo: 1 velocímetro. 2 hodômetro. 3 manômetro. 4 conta-giros. O termômetro é utilizado para indicar a temperatura: 1 do motor. 2 do combustível. 3 no

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém Bloco Suprimentos WMS Gerenciamento de Armazém Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo WMS, que se encontra no Bloco Suprimentos. Todas informações aqui disponibilizadas foram

Leia mais

FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS

FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS FUNCIONAMENTO DOS RFID s O Um sistema de RFID é composto, basicamente, por uma antena, que funciona como receptor, faz a leitura do sinal

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

O que é e-ppcp? Funcionalidades adicionadas:

O que é e-ppcp? Funcionalidades adicionadas: e-ppcp / e-kanban 1 O que é e-ppcp? O e-ppcp é um aplicativo desenvolvido em ABAP/4 pela IntegrationSys para adicionar ao ERP SAP funcionalidades para suportar efetivamente o planejamento e operação de

Leia mais

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br CE CERTIFICADO EMPILHADEIRAS A transmissão 2-3 T possui estrutura avançada tipo flutuante, a única na China. Estruturas flutuantes são projetadas para reduzir a transmissão das vibrações ao chassis em

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS INTRODUÇÃO: Entende-se por Mobilidade a possibilidade de poder se comunicar em qualquer momento e de qualquer lugar. Ela é possível graças às redes wireless, que podem

Leia mais

Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal

Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal Ricardo Gaspar, CFPS (21) 2172-8078 ricardo.gaspar@bndes.gov.br 29 de Novembro

Leia mais

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Gestão de TI Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Aula passada... Gestão do Conhecimento 08:46 2 Aula de Hoje... BI Apresentação do artigo IT doesn t matter Debate 08:48 3 Caso da Toyota Toyota Motor

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO

RESUMO EXECUTIVO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO Documento 7.1 RESUMO EXECUTIVO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICIPIOS DO ESTADO DA BAHIA TCM-BA SALVADOR BAHIA MARÇO / 2010 1/10 1. Introdução Este documento faz parte do escopo do

Leia mais

BOOTCAMP CONSULTORES DIGITAIS LISBOA, JULHO 2015

BOOTCAMP CONSULTORES DIGITAIS LISBOA, JULHO 2015 BOOTCAMP CONSULTORES DIGITAIS LISBOA, JULHO 2015 BOOTCAMP CONSULTORES DIGITAIS RESUMO EXECUTIVO Duração Bootcamp imersivo de 5 semanas (4 dias/semana, 7 horas/dia) Nº Participantes Cerca de 500 pessoas

Leia mais

Diretrizes Complementares para Aplicação da Análise de Pontos de Função no PAD

Diretrizes Complementares para Aplicação da Análise de Pontos de Função no PAD Diretrizes Complementares para Aplicação da Análise de Pontos de Função no PAD Ricardo Gaspar (21) 2172-8078 ricardo.gaspar@bndes.gov.br 10 de Junho de 2013 Agenda Contextualização Diretrizes de Contagem

Leia mais

Função: Operação da Cadeia de materiais. 1.1 Identificar princípios da organização da área de materiais.

Função: Operação da Cadeia de materiais. 1.1 Identificar princípios da organização da área de materiais. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio ASSISTENTE DE LOGÍSTICA II.1 Gestão de Recursos e Materiais Função: Operação da Cadeia de materiais 1. Contextualizar a importância da Administração de materiais

Leia mais

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos e flexíveis, e hidrovariadores de velocidade, produtos destinados a atender os mais

Leia mais

Informatização dos processos no Setor de Medicina do Trabalho gera resultados positivos para a Teksid do Brasil

Informatização dos processos no Setor de Medicina do Trabalho gera resultados positivos para a Teksid do Brasil Informatização dos processos no Setor de Medicina do Trabalho gera resultados positivos para a Teksid do Brasil Perfil O Grupo Teksid é o maior em fundição de autopeças do mundo, com capacidade produtiva

Leia mais

Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados

Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados PRO TI TAG g EIXO Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados GUARDIAN - INFORMATIVO PARA CLIENTE Rev. 02 1 / 13 1 Objetivo da solução Segurança -

Leia mais

GESTÃO SERIALIZADA DE ESTOQUES, GRADES-

GESTÃO SERIALIZADA DE ESTOQUES, GRADES- HEALTHCARE SIN - Sistema de Implante São Paulo, SP Brasil, 01.11.2013 t h i n k c u s t o m e r GESTÃO SERIALIZADA DE ESTOQUES, GRADES- CONSIGNADOS, COM SAP ECC E WELCOSS-iTRACKING Histórico dos Trabalhos

Leia mais

TOLEDO Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados

TOLEDO Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados TOLEDO Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados GUARDIAN PLUS - INFORMATIVO PARA CLIENTE 1 / 7 1 Objetivo da solução Ganho de tempo e segurança

Leia mais

Os comissários podem solicitar a qualquer momento que sejam feitas as verificações necessárias em qualquer veiculo inscrito no evento.

Os comissários podem solicitar a qualquer momento que sejam feitas as verificações necessárias em qualquer veiculo inscrito no evento. REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA ADAPTADO TURBO 1-REGULAMENTAÇÃO Todos os veículos inscritos deveram passar por vistoria prévia. Os competidores deverão provar ao comissário técnicos e desportivos do evento,

Leia mais

Fiscalização e controle do excesso de peso nos veículos de carga nos aspectos relacionados

Fiscalização e controle do excesso de peso nos veículos de carga nos aspectos relacionados Palestra CEDATT Fiscalização e controle do excesso de peso nos veículos de carga nos aspectos relacionados com a segurança viária Eng. Rubem Penteado de Melo, MSc rubem@transtech.com.br 41 30333033-8700

Leia mais

MAN Latin America Apresentação AMS 31 AUG 2012. Cristian Benito ML Industrial Engineering & Maintenance Manager

MAN Latin America Apresentação AMS 31 AUG 2012. Cristian Benito ML Industrial Engineering & Maintenance Manager 2012 MAN Latin America Apresentação AMS 31 AUG 2012 Cristian Benito ML Industrial Engineering & Maintenance Manager < 1 > Cronologia das Operações MAN Latin America 1979 1981 1987 1995 1996 2004 2009 2012

Leia mais

Orpak Systems Ltd. Serviços de Valor Agregado

Orpak Systems Ltd. Serviços de Valor Agregado Orpak Systems Ltd. Serviços de Valor Agregado Gestão de Combustíveis Visão Geral da Solução Índice Orpak FuelOmat - Vantagens - Segmentos de Mercado - Arquitetura - Exemplos de aplicação Componentes Instalação

Leia mais

PROCEDIMENTO. O treinamento será efetuado com a ajuda de vídeos e fotos ilustrativas, além de seguir o cronograma estabelecido conforme anexo II.

PROCEDIMENTO. O treinamento será efetuado com a ajuda de vídeos e fotos ilustrativas, além de seguir o cronograma estabelecido conforme anexo II. PROCEDIMENTO MSL - 001 Página 1 de 7 EDIÇÃO 12/03 Título: Concessionárias Adaptação do Eixo Veicular Auxiliar (AEVA) Rev.: 02 Data: 05/15 Emitido Por Verificado Verificado Aprovado Nome Marcos de Bortoli

Leia mais

Caminhão Munck. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Caminhão Munck. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Caminhão Munck Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho O munck é um guindaste comandado hidraulicamente instalado sobre o chassi de um caminhão. Tem grande utilização na movimentação,

Leia mais

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NOTÍCIAS Contato Paula Balduino SD&PRESS Consultoria Tel. 11 3759-1333 MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Formare ganha reconhecimento internacional por conta de suas iniciativas voltadas

Leia mais

Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição

Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição Whitepaper Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição ÍNDICE A Tecnologia RFID simplifica os Processos de Negócio 2 O que é RFID? 2 Como funciona a Tecnologia RFID 2 Vantagens

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSAO)

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSAO) Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSAO) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:Técnico

Leia mais

Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de projetos com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM)

Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de projetos com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM) Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de s com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM) Rodolfo Campos PMO da Presidência da TIM Líder do Projeto racampos@timbrasil.com.br

Leia mais

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100 HELI MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t Painel de Instrumentos Digital Limpo e fácil de ler Leitura instantânea ao ligar Layout ergonômico CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100 Torre de ampla visão As empilhadeiras

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER

MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER Manual Técnico MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER Versão 1.0 Agosto de 2011 ÍNDICE MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER 2 1 INTRODUÇÃO 4 1.1 HISTÓRICO

Leia mais

RECEBIMENTO DEFINITIVO

RECEBIMENTO DEFINITIVO RECEBIMENTO DEFINITIVO HORÁRIO DE INÍCIO: LOCAL: LOCOMOTIVA Nº: HORÁRIO DE TÉRMINO: PAÍS: DATA: OK? OBS. COM O MOTOR DIESEL DESLIGADO: ITENS DO SISTEMA MECÂNICO, TRUQUE, HIDRÁULICO E PNEUMÁTICO: 1 - Inspecionar

Leia mais

IX FÓRUM NACIONAL DE LOGÍSTICA & SEMINÁRIO INTERNACIONAL Rio de Janeiro, 18 a 20 de agosto 2003 PALESTRANTES:

IX FÓRUM NACIONAL DE LOGÍSTICA & SEMINÁRIO INTERNACIONAL Rio de Janeiro, 18 a 20 de agosto 2003 PALESTRANTES: IX FÓRUM NACIONAL DE LOGÍSTICA & SEMINÁRIO INTERNACIONAL Rio de Janeiro, 18 a 20 de agosto 2003 PALESTRANTES: Richard Schues Diretor, VW Transport Fabio Luis Fontes Coordenador do Projeto, VW Transport

Leia mais

SOLUÇÕES DE SOFTWARE

SOLUÇÕES DE SOFTWARE SOLUÇÕES DE SOFTWARE Millennium Basic O Millennium Basic é a solução de baixo custo para atender as pequenas empresas do segmento de vestuário, acessórios, calçados e presentes. Com o melhor custo total

Leia mais

www.sistemainfo.com.br Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Processo de transporte e logística Objetivo

www.sistemainfo.com.br Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Processo de transporte e logística Objetivo Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Agilidade, segurança e flexibilidade nos processos são os compromissos da Sistema Informática com seus clientes. Sediada em Criciúma,

Leia mais

Nota: As informações apresentadas estão corretas no momento da publicação, e estão sujeitas a alteração sem aviso prévio.

Nota: As informações apresentadas estão corretas no momento da publicação, e estão sujeitas a alteração sem aviso prévio. JEEP GRAND CHEROKEE ESPECIFICAÇÕES Todas as dimensões estão em milímetros (polegadas), salvo indicação contrária. Todas as dimensões são medidas com os pneus e rodas que equipam o veículo de série. Nota:

Leia mais

System Quality Assurance

System Quality Assurance System Quality Assurance Visão Reduzir os custos inerentes à existência de defeitos em produção, em sistemas de alta complexidade funcional e de elevada heterogeneidade tecnológica, através de um conjunto

Leia mais

Amarok Trendline 2.0 TDI Bi-Turbo Diesel Automática

Amarok Trendline 2.0 TDI Bi-Turbo Diesel Automática Amarok Trendline 2.0 TDI Bi-Turbo Diesel Automática DESEMPENHO Desempenho 10,9s Velocidade máxima 179km/h Diesel, 4 cilindros, 16 válvulas, biturbo, "common rail" 1.968 cm³ 42,8 kgfm - 1.750 rpm 180 cv

Leia mais

VOLKSWAGEN Transport of South America. CNT i Moniloc. Agosto 2005

VOLKSWAGEN Transport of South America. CNT i Moniloc. Agosto 2005 VOLKSWAGEN Transport of South America CNT i Moniloc Agosto 2005 Agenda Cenário Volkswagen Transport Desafio : Milkrun Brasil Solução : CNT Intelligence Resultados Experiência do Processo Cenário Volkswagen

Leia mais

MINI USE A IMAGINAÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO.

MINI USE A IMAGINAÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. USE A IMAGINAÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. Fundada em 1862, a Changan foi uma das pioneiras da industrialização moderna na China. A Changan tem uma história de mais de um século e é uma empresa de primeira linha

Leia mais

Artigo de Referência. Apresentação. Índice

Artigo de Referência. Apresentação. Índice Artigo de Referência Apresentação Neste documento são apresentados alguns Artigos de Referência do sistema Solid Acesso Controle de Acesso de Veículos e Pessoas via RFID. Abaixo você verá exemplos de aplicação

Leia mais

Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias

Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias São Paulo, 21 de setembro de 2010 Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias e Dario Thober Centro de Pesquisas von Braun Centro de Pesquisa sem fins lucrativos Soluções inovadoras

Leia mais

A mais completa solução para análise de tacógrafos

A mais completa solução para análise de tacógrafos 2.0 A mais completa solução para análise de tacógrafos Fácil Fácil de trabalhar Leitura simplificada dos dados de tacógrafo Apresentações gráficas significativas Conforme a lei atual Cumpre os requisitos

Leia mais

Melhorias em uma embalagem primária de matéria-prima para fabricação de cosmético bucal

Melhorias em uma embalagem primária de matéria-prima para fabricação de cosmético bucal Acadêmico Autores: Mariana Rebuski Sotier Paulo Sérgio de Arruda Ignácio LALT Laboratório de Aprendizagem em Logística e Transportes Faculdade de Engenharia Civil UNICAMP Melhorias em uma embalagem primária

Leia mais

FROTA FÁCIL NETWORK 1.0 2008/ 2013

FROTA FÁCIL NETWORK 1.0 2008/ 2013 FROTA FÁCIL NETWORK 1.0 2008/ 2013 O Frota Fácil Network 1.0 foi concebido em 2008 com a finalidade de gerir os custos com a sua frota de veículos. Com estruturas modulares simples e funcionais, procuramos

Leia mais

BI, Visibilidade Corporativa de Indicadores e Estrutura de Dados por Ativos

BI, Visibilidade Corporativa de Indicadores e Estrutura de Dados por Ativos BI, Visibilidade Corporativa de Indicadores e Estrutura de Dados por Ativos Como a Odebrecht Ambiental está se preparando para o futuro com o PI System Presented by Márcia Cintra Copyr i ght 2015 O SIs

Leia mais

veículos de capacidade e cinqüenta

veículos de capacidade e cinqüenta 12 CATEGORIA PRO MOD PM 12.1) DEFINIÇÃO: Participam destas categorias veículos bipostos nacionais e importados, turismo, de produção em série, réplicas e protótipos, coupê, sedan ou pick upp de 2, 3, 4

Leia mais

Valter Venturelli Controller Zen. www.otm.com.br

Valter Venturelli Controller Zen. www.otm.com.br Valter Venturelli Controller Zen Local: Brusque Santa Catarina Brasil Infraestrutura: 32.000 m² 1.100 empregados (jan.2012) Produção: 20,1 milhões de produtos e componentes (2011) Transformar metais em

Leia mais

Gestão de Transporte. Gestão do Transporte: Próprio ou Terceiros? Gestão de Transporte Avaliação das modalidades. Que fatores a serem considerados?

Gestão de Transporte. Gestão do Transporte: Próprio ou Terceiros? Gestão de Transporte Avaliação das modalidades. Que fatores a serem considerados? Gestão de Transporte Que fatores a serem considerados? A Atividade de Transporte: Sua Gestão Barco Trem Caminhão Peso Morto por T transportada 350 kg 800kg 700 kg Força de Tração 4.000 kg 500 kg 150 kg

Leia mais

RASTREABILIDADE & VISIBILIDADE DE FERRAMENTAS COM WELCOSS-iTracking COSS / SANDVIK / VOLKSWAGEN

RASTREABILIDADE & VISIBILIDADE DE FERRAMENTAS COM WELCOSS-iTracking COSS / SANDVIK / VOLKSWAGEN MANUFATURA São Carlos, SP Brasil, 11.10.2011 t h i n k c u s t o m e r RASTREABILIDADE & VISIBILIDADE DE FERRAMENTAS COM WELCOSS-iTracking COSS / / VOLKSWAGEN O Projeto Sandvik-Volkswagen Implementar uma

Leia mais

17/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2.

17/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2.2 2 ESCOPO 3 1 Gerência do Escopo Processos necessários

Leia mais

PHC Logística BENEFÍCIOS. _Redução de custos operacionais. _Inventariação mais correcta

PHC Logística BENEFÍCIOS. _Redução de custos operacionais. _Inventariação mais correcta PHCLogística DESCRITIVO O módulo PHC Logística permite fazer o tracking total de uma mercadoria: desde a sua recepção, passando pelo seu armazenamento, até à expedição. PHC Logística A solução para diminuir

Leia mais

VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO

VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO A motorização no Exército Brasileiro remonta ao início dos anos 20, recebendo veículos dos mais variados modelos, das mais variadas

Leia mais

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva Unidade IV GERENCIAMENTO DE TRANSPORTE Prof. Altair da Silva Transporte em area urbana Perceba o volume de caminhões que circulam nas áreas urbanas em nosso país. Quais são os resultados para as empresas

Leia mais

Automação de Processos de Negócios com BPMS:

Automação de Processos de Negócios com BPMS: Automação de Processos de Negócios com BPMS: Um Relato de Experiência da ATI ATI- /UPG Unidade de Processos de Negócios do Governo Adelnei Felix adelnei.felix@ati.pe.gov.br 1 Agenda Introdução Relato da

Leia mais

:: MANUAL DE INSTALAÇÃO versão PRÓ :: RASTREADOR BLOQUEADOR AUTO BRASIL 24H

:: MANUAL DE INSTALAÇÃO versão PRÓ :: RASTREADOR BLOQUEADOR AUTO BRASIL 24H :: MANUAL DE INSTALAÇÃO versão PRÓ :: RASTREADOR BLOQUEADOR AUTO BRASIL 24H FUNÇÕES Obrigado por adquirir o Rastreador e Bloqueador Auto Brasil 24h, um produto de alta tecnologia de fabricação brasileira.

Leia mais

Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009. Possibilitando negócios ágeis e inteligentes

Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009. Possibilitando negócios ágeis e inteligentes Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Possibilitando negócios ágeis e inteligentes Aviso de isenção de responsabilidade A intenção do texto a seguir é delinear o direcionamento geral do nosso produto.

Leia mais

Sistemas de Informação. Sistemas Integrados de Gestão ERP

Sistemas de Informação. Sistemas Integrados de Gestão ERP Sistemas de Informação Sistemas Integrados de Gestão ERP Exercício 1 Um arame é cortado em duas partes. Com uma das partes é feito um quadrado. Com a outra parte é feito um círculo. Em que ponto deve ser

Leia mais

Venturys. Amplie seus horizontes

Venturys. Amplie seus horizontes Empresa Visão Ser referência e principal parceiro em integração de soluções de redes, automação industrial e insumos para nossos clientes. Missão Alinhar infra-estrutura e aplicações, apoiando-se nos processos-chaves

Leia mais

Luis Augusto Moresco Zen. www.otm.com.br

Luis Augusto Moresco Zen. www.otm.com.br Luis Augusto Moresco Zen Local: Brusque Santa Catarina Brasil Infraestrutura: 32.000 m² 1.000 empregados (jan.2013) Produção: 20,1 milhões de produtos e componentes (2012) Ser instrumento para o progresso

Leia mais

WEB Frotas Sistema de Gestão de Frotas

WEB Frotas Sistema de Gestão de Frotas WEB Frotas Sistema de Gestão de Frotas Quem somos No mundo No Brasil Atuação Situação atual Brasil Crise Econômica Insegurança nas previsões Empresas se reinventando Velocidade da informação Mercados mais

Leia mais

Case Boticário Aplicação do BPM para otimização de processos, integrando negócio e tecnologia

Case Boticário Aplicação do BPM para otimização de processos, integrando negócio e tecnologia Case Boticário Aplicação do BPM para otimização de processos, integrando negócio e tecnologia Henrique Dian Santos Consultor de Processos Carlos A. Ferraioulo Jr Coordenador de TI Agenda Grupo Boticário

Leia mais

Warehouse Management. Mey Bodywear reestrutura os processos logísticos

Warehouse Management. Mey Bodywear reestrutura os processos logísticos Customer Case Study Warehouse Management by E+P Best running Warehouse Mey Bodywear Mey GmbH & co. kg Desafio Otimização do reabastecimento e da gestão do inventário Manutenção automatizada do espaço de

Leia mais

JUST-IN-TIME & KANBAN

JUST-IN-TIME & KANBAN JUST-IN-TIME & KANBAN Prof. Darli Rodrigues Vieira darli@darli.com.br 1 OBJETIVO DA AULA OBJETIVO: EVIDENCIAR O QUE É JUST IN TIME E QUAL É SUA UTILIDADE EM PROJETOS DE OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS EM OPERAÇÕES

Leia mais

Veículo Urbano Inteligente da ZF: perfeito para a cidade

Veículo Urbano Inteligente da ZF: perfeito para a cidade Página 1/6, 01/07/2015 Veículo Urbano Inteligente da ZF: perfeito para a cidade Manobrabilidade no trânsito urbano com o conceito inovador de eixo dianteiro e motores elétricos montados próximos às rodas

Leia mais

Documento técnico de negócios Gerenciamento de nuvens híbridas

Documento técnico de negócios Gerenciamento de nuvens híbridas Documento técnico de negócios Gerenciamento de nuvens híbridas Uma solução de gerenciamento de nuvens abrangente, segura e flexível Documento técnico de negócios Página 2 Frente às tendências significativas

Leia mais

Gestão de pessoas no consórcio modular Volkswagen caminhões e ônibus: uma vantagem competitiva

Gestão de pessoas no consórcio modular Volkswagen caminhões e ônibus: uma vantagem competitiva Gestão de pessoas no consórcio modular Volkswagen caminhões e ônibus: uma vantagem competitiva Pablo Yugo Yoshiura Kubo 1 Cristiano Cândido Silva 1 Ronaldo Ribas Telles de Menezes 1 pyykubo@ufrrj.br cristiano.silva@novartis.com

Leia mais

Brasil EPC. Código Eletrônico de Produto. Volume 3

Brasil EPC. Código Eletrônico de Produto. Volume 3 Brasil EPC Código Eletrônico de Produto Volume 3 A implementação do código eletrônico de produto (EPC) e da tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID), promete importantes benefícios aos consumidores

Leia mais

TPABuffet - Principais Funcionalidades

TPABuffet - Principais Funcionalidades Todo evento de sucesso tem como base uma empresa sólida e organizada. Foi pensando nisso que a TPA Informática desenvolveu uma ferramenta completa e funcional: O TPA Buffet é um software de gestão de negócios

Leia mais

www.peugeot.com.br/professional

www.peugeot.com.br/professional www.peugeot.com.br/professional Todos os veículos Peugeot estão de acordo com o PROCONVE, Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores. Colar etiqueta de identificação da Concessionária.

Leia mais

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 Manual desenvolvido pela OASyS Informática, baseado na versão 2.0 da Nota Fiscal Eletrônica do SEFAZ. 1 Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Título

Leia mais

SpinCom Telecom & Informática

SpinCom Telecom & Informática Rastreador GPS/GSM modelo Com as fortes demandas por segurança e gestão de frota, a SpinCom, acaba de lançar o rastreador GPS/GSM modelo. O rastreador é indicado para aplicações de rastreamento de automóveis,

Leia mais

Saiba como a Usiminas executou o Back-to-Standard com a Nota Fiscal de entrada

Saiba como a Usiminas executou o Back-to-Standard com a Nota Fiscal de entrada Saiba como a Usiminas executou o Back-to-Standard com a Nota Fiscal de entrada Gerente do Projeto: Antonio Caldas Barbosa Gerente de Faturamento: André Gonçalves Pires Parceria: FH Consulting USIMINAS

Leia mais

DESCRIÇÃO VALOR UNIDADE Comprimento máximo

DESCRIÇÃO VALOR UNIDADE Comprimento máximo CAPA Na capa da Ficha Técnica devem estar claramente as informações para identificação da equipe, escola, número do carro, semelhante às capas utilizadas nos relatórios de projeto da competição nacional.

Leia mais

Soluções para Transmissão

Soluções para Transmissão Soluções para Transmissão Motor Transmissão Chassis Estruturas Tração Total SOLUÇÕES PARA TRANSMISSÃO Em 1904, o fundador da Dana, Clarence Spicer, revolucionou a indústria automobilística ao inventar

Leia mais

O que é RFID. IDentificação por RadioFrequência

O que é RFID. IDentificação por RadioFrequência Edson Perin Editor O que é RFID IDentificação por RadioFrequência Tags ou Etiquetas Ondas de Rádio Leitores ou Interrogadores Identificação Item a Item Internet das Coisas Rastreamento, Localização e Inventário

Leia mais

Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*)

Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*) Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*) (*) - RFID Identificação por Rádio Freqüência Usa antenas que lêem e gravam informações em chips, para monitoramento de ativos pessoas ou objetos

Leia mais

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho SOBRE A SOFTLOG A SoftLog Tecnologia é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para empresas e instituições de diversos modais de transporte. Dentre os diversos tipos de soluções

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LAVA RODAS - ZL EQUIPAMENTOS.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LAVA RODAS - ZL EQUIPAMENTOS. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. 1. O QUE É UM LAVA RODAS. São equipamentos automático, desenvolvido para lavar rodas e chassi, ou seja, lavar rodas e toda parte inferior do caminhão, mediante certo volume de

Leia mais

É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento.

É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento. SCANIA Caminhões Semipesados É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento. Rentabilidade é o que nos move. Caminhões Semipesados Scania. Com um autêntico Scania, você sempre conta com resistência,

Leia mais

O Sistema Way foi além, idealizou uma forma não só de garantir a qualidade do produto final, como deotimizar a logística de transporte e entrega.

O Sistema Way foi além, idealizou uma forma não só de garantir a qualidade do produto final, como deotimizar a logística de transporte e entrega. A Way Data Solution se especializou em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para criar um sistema inovador de logística e monitoramento de temperatura/ umidade, através do qual empresas poderão

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO 1/17 1 - DOS OBJETIVOS a) Regulamentar procedimentos de controle da frota de veículos leves e pesados da Prefeitura, visando otimizar o uso dos mesmos e reduzir custos de manutenção. 2- DOS ASPECTOS CONCEITUAIS

Leia mais

CRE - Sistema de Controle de Requisitos Específicos. Revisão de CRE's. Data 27/5/2010 13:24:42 Página 1 de 16 Relatório frmrel011

CRE - Sistema de Controle de Requisitos Específicos. Revisão de CRE's. Data 27/5/2010 13:24:42 Página 1 de 16 Relatório frmrel011 AGRALE - AGRALE Página 1 de 16 MANUAL DO FORNECEDOR AGRALE 02 - JUNHO/2008 - FOR - FORD MOTOR COMPANY Página 2 de 16 CARTA DE ESCLARECIMENTO FOR AGOSTO 2009 C:\SUSPENSYS\BANCO DE DADOS DE CSR\MANUAL FORD

Leia mais

Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica

Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica Entenda como o automóvel funciona passando por sua evolução, motor, injeção eletrônica, sistemas auxiliares, segurança, transmissão,

Leia mais