ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12"

Transcrição

1 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA DIE GIE Documento1 1/12

2 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO / ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS / QUANTIDADE 1. OBJETO: 1.1 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado) com throughput de 100Mbps, incluindo sistema de segurança do tipo IDS (Intrusion Detection System), IPS (Intrusion Prevention System),gateway de antivírus e antispyware, suporte à adição de licença para filtro de conteúdo, bem como suporte instalação e assistência técnica especializada. 1.2 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado) com throughput de 300Mbps, incluindo sistema de segurança do tipo IDS (Intrusion Detection System), IPS (Intrusion Prevention System), suporte à adição de licença para filtro de conteúdo e gateway de antivírus e antispyware, bem como suporte instalação e assistência técnica especializada. 1.3 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado) com throughput de 1 Gbps, incluindo sistema de segurança do tipo IDS (Intrusion Detection System), IPS (Intrusion Prevention System), suporte à adição de licença para filtro de conteúdo e gateway de antivírus e antispyware, bem como suporte instalação e assistência técnica especializada. 1.4 Aquisição de licenças de filtro de conteúdo e gateway antivírus/antispyware, compatíveis com os equipamentos descritos nos itens 1.1, 1.2 e 1.3 acima 2. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 2.1. FIREWALL 100 MBPS Quantidade: XX (xxxxx) TIPO DE FIREWALL: Firewall appliance (hardware), baseado na tecnologia Stateful Inspection, com funcionalidade de operação em modo de Alta Disponibilidade Deve utilizar a tecnologia de firewall Stateful Packet Inspection com licença de IDS/IPS inclusas no fornecimento Deve possuir no mínimo 03 segmentos de redes distintas, para atender as funções de: Segmento WAN, com 01 porta padrão, Ethernet, 10/100BaseTX Auto Sense; Segmento LAN, com no mínimo 01 porta padrão, Ethernet, Lan Switch 10/100BaseTX Auto Sense; DIE GIE Documento1 2/12

3 Segmento de LAN secundária ou DMZ com no mínimo 01 porta padrão, Ethernet, 10/100BaseTX Auto Sense Possuir suporte a número ilimitado de endereços IP nas redes internas Permitir a implementação de no mínimo 1000 polices Deverá suportar a criação de túneis VPN (Virtual Private Network) Site to Site e Client to Site sob os protocolos PPTP e IPSec. Deverão ser inclusas gratuitamente no mínimo 20 licenças para VPN Client to Site e 10 licenças Site to Site O equipamento deverá possuir certificação VPNC Basic Interop; Possuir performance de firewall Statefull Inspection de no mínimo 100Mbps; Possuir recurso habilitado incluso de IDS e IPS interno, capaz de detectar e evitar automaticamente (no mínimo), IP Source Spoofing, IP Source Routing, Tunel IPsec e ataques tipo DoS (Denial of Service) como Ping of Death, SYN Flood, LAND Attack, IP Spoofing, com a possibilidade de se atualizar as assinaturas automaticamente e carregar as novas sem interrupção, através da atualização do software de sistema operacional do equipamento (appliance); Implementar recurso de NAT (network address translation) do tipo um para um (one toone), um para muitos (one to many), muitos para um (many to one) e muitos paramuitos (many to many) e tradução simultânea de endereço IP e porta TCP de conexão (NAPT) Possuir DHCP Server e cliente interno Possibilitar o acesso via WEB ou interface gráfica (GUI), inclusive via interface WAN, para a configuração e administração remota, com total capacidade de administração sobre o sistema Suportar protocolo NTP para sincronismo de relógio do equipamento Suportar o protocolo SNMP, para checagem de status e TRAP para envio e notificação de alarmes Possibilitar a especificação de política por tempo, ou seja, permitir a definição de regras para determinado horário ou período (dia da semana e hora) Suportar NAT nos dois segmentos internos. DIE GIE Documento1 3/12

4 Deve possuir suporte a protocolos de roteamento (rotas estáticas e dinâmicas (OSPF, RIP E RIPv2), com possibilidade de programação de rotas para as interfaces Deve possuir fonte de alimentação operando nas tensões 110/220 V, com seleção automática de voltagem e freqüência de 50/60 Hz Possuir suporte a NAT simétrico.; Possuir estatística de utilização de CPU e memória do firewall Possuir capacidade de criar entradas ARP estáticas para fixação de endereço IP com um número MAC específico Deverá permitir backup remoto de configuração Capacidade de enviar e armazenar logs e eventos em um servidor remoto via protocolo syslog ou SNMP Deverá possuir a função de TOLERANCIA A FALHAS (Alta Disponibilidade, no modo Ativo/Passivo e/ou Ativo/Ativo) entre equipamentos do mesmo modelo, de forma a garantir que, se um dos firewalls parar de funcionar, o outro deverá assumir automaticamente, suportando todo o tráfego Suporte a ativação de filtro de conteúdo por URL (com atualização automática da base de dados, por palavra, categorias e no minimo 40 categorias e filtro por grupos de usuários, que podem ser definidos por: Contas de usuários em ambiente Active Directory; Registros em base de dados LDAP, acessíveis sobre canal plain text ou sobre camada criptografada (SSL, TLS ou equivalente); Endereços IP; Os recursos de filtro de conteúdo serão opcionais, habilitados mediante a aquisição de licenças descritas no item 2.3; Deverá suportar recursos de gateway de antivírus/antispyware atuando no tráfego da interface, no mínimo para os protocolos HTTP, SMTP, POP3, IMAP e FTP, com atualização automática e gratuita da base de dados Vírus Os recursos de gateway de antivírus/antispyware serão opcionais, habilitados mediante a aquisição de licenças descritas no item 2.3; AntiSpyware: DIE GIE Documento1 4/12

5 Proíbir downloads de spywares (incluindo downloads indesejados); Bloquear acesso a sites de spywares ; Detectar acessos de spywares a Internet ; Facilitar a remoção de spywares ; Inspeção de conteúdo Atualização automática e gratuita da base de dados FIREWALL 300 MPBS Quantidade: XX (xxx) TIPO DE FIREWALL: Firewall appliance (hardware), baseado na tecnologia Stateful Inspection, com funcionalidade de operação em modo de Alta Disponibilidade Deve utilizar a tecnologia de firewall Stateful Packet Inspection com licença de IDS/IPS inclusas no fornecimento Deve possuir no mínimo 03 segmentos de redes distintas, para atender as funções de: Segmento WAN, com 01 porta padrão, Ethernet, 10/100BaseTX Auto Sense; Segmento LAN, com no mínimo 01 porta padrão, Ethernet, Lan Switch 10/100BaseTX Auto Sense; Segmento de LAN secundária ou DMZ com no mínimo 01 porta padrão, Ethernet, 10/100BaseTX Auto Sense Possuir suporte a número ilimitado de endereços IP nas redes internas Permitir a implementação de no mínimo 1000 polices Deverá suportar a criação de túneis VPN (Virtual Private Network) Site to Site e Client to Site sob os protocolos PPTP e IPSec. Deverão ser inclusas gratuitamente no mínimo 20 licenças para VPN Client to Site e 10 licenças Site to Site O equipamento deverá possuir certificação VPNC Basic Interop; Possuir performance de firewall Statefull Inspection de no mínimo 300Mbps; Possuir recurso habilitado incluso de IDS e IPS interno, capaz de detectar e evitar automaticamente (no mínimo), IP Source Spoofing, IP Source Routing, Tunel IPsec e ataques tipo DoS (Denial of Service) como Ping of Death, SYN Flood, LAND Attack, IP Spoofing, com a possibilidade de se atualizar as assinaturas automaticamente e carregar as novas sem interrupção, através da atualização do software de sistema operacional do equipamento (appliance); DIE GIE Documento1 5/12

6 Implementar recurso de NAT (network address translation) do tipo um para um (one toone), um para muitos (one to many), muitos para um (many to one) e muitos paramuitos (many to many) e tradução simultânea de endereço IP e porta TCP de conexão (NAPT) Possuir DHCP Server e cliente interno Possibilitar o acesso via WEB ou interface gráfica (GUI), inclusive via interface WAN, para a configuração e administração remota, com total capacidade de administração sobre o sistema Suportar protocolo NTP para sincronismo de relógio do equipamento Suportar o protocolo SNMP, para checagem de status e TRAP para envio e notificação de alarmes Possibilitar a especificação de política por tempo, ou seja, permitir a definição de regras para determinado horário ou período (dia da semana e hora) Suportar NAT nos dois segmentos internos Deve possuir suporte a protocolos de roteamento (rotas estáticas e dinâmicas (OSPF, RIP E RIPv2), com possibilidade de programação de rotas para as interfaces Deve possuir fonte de alimentação operando nas tensões 110/220 V, com seleção automática de voltagem e freqüência de 50/60 Hz Possuir suporte a NAT simétrico.; Possuir estatística de utilização de CPU e memória do firewall Possuir capacidade de criar entradas ARP estáticas para fixação de endereço IP com um número MAC específico Deverá permitir backup remoto de configuração Capacidade de enviar e armazenar logs e eventos em um servidor remoto via protocolo syslog ou SNMP Deverá possuir a função de TOLERANCIA A FALHAS (Alta Disponibilidade, no modo Ativo/Passivo e/ou Ativo/Ativo) entre equipamentos do mesmo modelo, de DIE GIE Documento1 6/12

7 forma a garantir que, se um dos firewalls parar de funcionar, o outro deverá assumir automaticamente, suportando todo o tráfego Suporte a ativação de filtro de conteúdo por URL (com atualização automática da base de dados, por palavra, categorias e no minimo 40 categorias e filtro por grupos de usuários, que podem ser definidos por: Contas de usuários em ambiente Active Directory; Registros em base de dados LDAP, acessíveis sobre canal plain text ou sobre camada criptografada (SSL, TLS ou equivalente); Endereços IP; Os recursos de filtro de conteúdo serão opcionais, habilitados mediante a aquisição de licenças descritas no item 2.3; Deverá suportar recursos de gateway de antivirus/antispyware atuando no tráfego da interface, no mínimo para os protocolos HTTP, SMTP, POP3, IMAP e FTP, com atualização automática e gratuita da base de dados Vírus Os recursos de gateway de antivírus/antispyware serão opcionais, habilitados mediante a aquisição de licenças descritas no item 2.3; AntiSpyware: Proíbir downloads de spywares (incluindo downloads indesejados); Bloquear acesso a sites de spywares ; Detectar acessos de spywares a Internet ; Facilitar a remoção de spywares ; Inspeção de conteúdo Atualização automática e gratuita da base de dados FIREWALL 1 Gbps Quantidade: XX (xxx) Firewall appliance (hardware), baseado na tecnologia Stateful Packet Inspection com capacidade de Deep Packet Inspection para filtragem de tráfego IP, com funcionalidade de operação em modo de Alta Disponibilidade.; DIE GIE Documento1 7/12

8 2.3.2 Deve possuir no mínimo 08 (oito) interfaces de redes distintas, com velocidade de 10/100/1000 Mbps, autosense, compatíveis com os padrões IEEE 802.3i, IEEE 802.3u e IEEE 802.3ab; Permitir a criação de, no mínimo, 500 VLAN, padrão IEEE 802.1Q, definindo interfaces virtuais por identificadores de VLAN (VLAN ID tag). As interfaces virtuais devem permitir as mesmas funcionalidades das interfaces físicas, incluindo designação de zona de segurança, servidores DHCP, NAT, VPN e regras de controle de acesso Deve possuir licenças e recursos de hardware, dimensionados para permitir a configuração de, no mínimo, 75 firewalls virtuais, possibilitando o gerenciamento de interfaces, VLAN, zonas, regras, rotas e VPN, de forma individualizada para cada firewalll; Possuir performance de firewall Stateful Inspection de, no mínimo, 1 Gbps (throughput); Possuir suporte a número ilimitado de endereços IP nas redes internas; Permitir a implementação de no mínimo policies; Possuir capacidade para um mínimo de conexões TCP/IP concorrentes e simultâneas; Deverá permitir a configuração dos seguintes modos de operação: transparent mode, NAT mode e routing mode; Permitir a criação de túneis VPN (Virtual Private Network) Site to Site e Client to Site sob os protocolos PPTP e IPSec. Deverão ser inclusas gratuitamente no mínimo 200 licenças para VPN Client to Site e 100 licenças Site to Site. Deverá ser fornecido software cliente VPN IPSec, do mesmo fabricante, compatível com o modelo ofertado e compatível com sistema operacional Windows 7 e Windows XP; Possuir performance de VPN IPsec, por appliance, de no mínimo 600 Mbps (throughput) bidirecional, com criptografia 3DES (168 bits) ou AES e pelo menos um túnel de VPN IPsec estabelecido Implementar recurso de NAT (network address translation) do tipo um para um (oneto one), um para muitos (one to many), muitos para um (many to one) e muitos paramuitos (many to many) e tradução simultânea de endereço IP e porta TCP de conexão (NAPT); DIE GIE Documento1 8/12

9 Possuir suporte a NAT simétrico; Suportar NAT em todas as interfaces; Deverá possuir a função de TOLERANCIA A FALHAS (Alta Disponibilidade), nos modos Ativo/Passivo e/ou Ativo/Ativo, com todas as licenças de software habilitadas para tal, de forma a garantir que, se um dos firewalls parar de funcionar, o outro deverá assumir automaticamente, suportando todo o tráfego e processamento; Possuir recurso habilitado incluso de IDS e IPS interno, capaz de detectar e evitar automaticamente (no mínimo), IP Source Spoofing, IP Source Routing, Tunel IPsec e ataques tipo DoS (Denial of Service) como Ping of Death, SYN Flood, LAND Attack, IP Spoofing, com a possibilidade de se atualizar as assinaturas e carregar as novas, sem interrupção, através de atualização automática do software de sistema operacional do equipamento (appliance); Deverão ser fornecidas licenças de IPS/IDS, incluindo licenças para up dates, com atualização automática para o período contratado; Possuir performance de IPS de, no mínimo, 750 Mbps (throughput); Possibilitar o acesso via interface WEB, nos modos HTTP e HTTPS, para configuração e administração remota, inclusive via interface WAN, com total capacidade de administração sobre o sistema; Suportar protocolo NTP para sincronismo de relógio do equipamento; Suportar o protocolo SNMP, para checagem de status e TRAP para envio e notificação de alarmes; Deve possuir suporte completo a protocolos de roteamento (rotas estáticas e dinâmicas OSPF, RIP e RIPv2), com possibilidade de programação de rotas para as interfaces; Permitir a definição de rotas de tráfego baseadas em regras definidas por port de serviço (TCP/UDP) e endereço IP de origem ou destino; Possibilitar a especificação de política por tempo, ou seja, permitir a definição de regras para determinado horário ou período (dia da semana e hora); DIE GIE Documento1 9/12

10 Deve possuir fonte de alimentação operando nas tensões 110/220 V, com seleção automática de voltagem e freqüência de 50/60 Hz; Possuir estatística de utilização de CPU e memória do firewall; Possibilitar a criação de entradas ARP estáticas para fixação de endereço IP com um número MAC específico; Deverá permitir backup remoto de configuração; Possuir função de DHCP Server e Client interno; Capacidade de enviar e armazenar logs em um servidor remoto via protocolo syslog; Deverá possuir função de debug on line, com pesquisa por endereço IP (origem/destino) identificando no mínimo, informações do cabeçalho, porta e protocolo do pacote capturado; Deverá ser fornecida a versão mais recente para todos os softwares internos dos equipamentos; Suporte a ativação de filtro de conteúdo por URL (com atualização automática da base de dados, por palavra, categorias e no minimo 40 categorias e filtro por grupos de usuários, que podem ser definidos por: Contas de usuários em ambiente Active Directory; Registros em base de dados LDAP, acessíveis sobre canal plain text ou sobre camada criptografada (SSL, TLS ou equivalente); Endereços IP; Os recursos de filtro de conteúdo serão opcionais, habilitados mediante a aquisição de licenças descritas no item 2.3; Deverá suportar recursos de gateway de antivírus/antispyware atuando no tráfego da interface, no mínimo para os protocolos HTTP, SMTP, POP3, IMAP e FTP, com atualização automática e gratuita da base de dados Vírus Os recursos de gateway de antivírus/antispyware serão opcionais, habilitados mediante a aquisição de licenças descritas no item 2.3; AntiSpyware: Proibir downloads de spywares (incluindo downloads indesejados); DIE GIE Documento1 10/12

11 Bloquear acesso a sites de spywares ; Detectar acessos de spywares a Internet ; Facilitar a remoção de spywares ; Inspeção de conteúdo Atualização automática e gratuita da base de dados Possuir suporte a IPv4 e IPv6 simultaneamente, com tradução de IPv4 para IPv6 e IPv6 para IPv LICENÇAS DE FILTRO DE CONTEÚDO E GATEWAY ANITIVIRUS/ANTISPYWARE. Quantidade: XX (xxx) As licenças devem ser capazes de habilitar os recursos de filtro de conteúdo e gateway antivírus/antispyware descritas nos itens , , , , e ; Deverão permitir atualização gratuita e automática; Deverão permitir a utilização por número indefinido de usuários ou endereços IP; Estão inclusos os serviços de instalação e configuração dos equipamentos, bem como serviços de suporte constante no edital; As licenças deverão ser auto suficientes para cada aquisição, isto é, devem permitir a habilitação dos recursos sem que haja necessidade de novas aquisições; As licenças deverão ser válidas por um prazo mínimo de 24 meses, com renovação automática ou por intermédio do fornecimento gratuito de novas licenças quando da expiração das mesmas; 3. DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA: 3.1. Deverão ser fornecidos juntamente com os produtos e licenças os manuais técnicos de referência, contendo todas as informações sobre os produtos com as instruções para instalação, configuração e operação, preferencialmente em Português (Brasil), ou, na inexistência de tradução em Português, podem ser escritos em Língua Inglesa. 4. ITENS GERAIS: Kit para montagem em RACK de 19 (caso necessário); Deverão ser fornecidos cabos de interconexão elétrica e rede. DIE GIE Documento1 11/12

12 5. TREINAMENTO: 5.1. Para cada compra de firewall, poderá ser contratado treinamento para 2 empregados, e deverá ser ministrado por empresa certificada e autorizada pelo fabricante O treinamento deverá ser ministrado dentro do município de São Paulo em ambiente próprio e dedicado para este fim, caso o treinamento seja realizado fora do município de São Paulo, a CONTRATADA será responsável pelas despesas de transporte, hospedagem e alimentação A carga horária mínima deverá ser de 24 horas, o treinamento deverá abranger todas as facilidades do equipamento adquirido, incluindo os recursos de filtro de conteúdo. 6. VIGÊNCIA: 6.1 O contrato terá a vigência de 36 meses a partir da assinatura, podendo ser renovado até o limite legal. 6.2 Durante este período estarão inclusas todas as atualizações de versões de firmware e atualizações de assinaturas de IPS, Gateway Antivírus/Antispyware e filtro de conteúdo. São Paulo, 04 de julho de 2011 Luis Fernando Vieira Quevedo Ger ência de Estr atégia e Segurança da Informação DIE GIE Documento1 12/12

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIE Termo de Referência Firewall 1/23

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIE Termo de Referência Firewall 1/23 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA DIT/GIE Termo de Referência Firewall 1/23 TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO / ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS / QUANTIDADE 1. OBJETO: 1.1 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado)

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA ANEXO VIII Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA Página 1 de 6 Página 1 de 6 OBJETO : Constitui objeto deste Pregão a Aquisição de Sistema Firewall, conforme

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO VIII Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 6 Página 1 de 6 1. OBJETO: 1.1. Constitui objeto deste pregão a AQUISIÇÃO DE SISTEMA FIREWALL, conforme

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS FIREWALL (HARDWARE)

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS FIREWALL (HARDWARE) FIREWALL (HARDWARE) Firewall com VPN IPsec para conexão à redes remotas, tipo appliance. Não serão aceitas soluções baseadas em PCs de uso geral; Não serão permitidas soluções baseadas em sistemas operacionais

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

EMPRESA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO PRODAM -SP S/A EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº /12

EMPRESA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO PRODAM -SP S/A EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº /12 EMPRESA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO PRODAM -SP S/A EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº /12 OBJETO: O presente Pregão Eletrônico tem por objeto o registro de preços para

Leia mais

A gestão e monitoria é feita via interfaceweb no estilo Dashboard com idioma em português e inglês. Um solução da VAMIZI, LDA.

A gestão e monitoria é feita via interfaceweb no estilo Dashboard com idioma em português e inglês. Um solução da VAMIZI, LDA. INTRODUÇÃO O Vamizi Firewall é uma plataforma baseada em Linux especializada na proteção e monitoria de rede que possui uma interface WEB de gestão, agregando diversos serviços em um pacote integrado de

Leia mais

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Windows Server 2012 Virtualização Hyper-v Firewall Pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on 2 Sumário 1 Conteúdo Windows 2012... 3 2 Conteúdo Virtualização...

Leia mais

FICHA TÉCNICA BRWall

FICHA TÉCNICA BRWall FICHA TÉCNICA BRWall BRWall 1030 BRWall 1540 BRWall 2040 BRWall 3060 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de TI provendo a segurança necessária à rede de dados. Atua como firewall de perímetro

Leia mais

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 INTERNET Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 Anexo I - página 1 Índice 1. OBJETIVO... 3 2. VISÃO GERAL DO ESCOPO DO SERVIÇO... 3 3. ENDEREÇOS

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO Nr.: - PR Folha: 1/12 Item Quantidade 1 1,000 UN Sistema de Firewall DPI (Deep Packet Inspection) - características técnicas. Descrição Técnica "Em appliance, com no máximo 2U de altura, com bandeja ou

Leia mais

PROJETO BÁSICO DISUP/CODIN

PROJETO BÁSICO DISUP/CODIN PROJETO BÁSICO Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento de Equipamentos Firewall, Software e Prestação de Serviço de Instalação para Modernização da Rede TERRACAP DISUP/CODIN PROJETO BASICO

Leia mais

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft CPE Soft Manual 125/400mW 2.4GHz CPE Soft Campinas - SP 2010 Indice 1.1 Acessando as configurações. 2 1.2 Opções de configuração... 3 1.3 Wireless... 4 1.4 TCP/IP 5 1.5 Firewall 6 7 1.6 Sistema 8 1.7 Assistente...

Leia mais

Componentes de um sistema de firewall - I

Componentes de um sistema de firewall - I Componentes de um sistema de firewall - I O que são Firewalls? Os firewalls são sistemas de segurança que podem ser baseados em: um único elemento de hardware; um único elemento de software instalado num

Leia mais

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO ::

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: 1 de 5 Firewall-Proxy-V4 D O C U M E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L FIREWALL, PROXY, MSN :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: Se o foco do seu negócio não é tecnologia, instalar e manter por conta própria

Leia mais

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10 Treinamentos pfsense Página 1 de 10 Definições, Acrônimos e Abreviações Abreviação / Sigla WAN LAN UTM pfsense BGP Descrição Wide Area Network - Rede de longa distância (interface de rede para links de

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 1 010335 FIREWALL SOLUCAO DE SEGURANCA DE REDE UN 1,00 R$ - R$ - COMPUTADORES Os proponentes poderão fornecer a solução em Alta disponibilidade da seguinte forma: TÓPICOS * Firewall * VPN IPSec / VPN SSL

Leia mais

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s):

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s): Professor(es): Fernando Pirkel Descrição da(s) atividade(s): Definir as tecnologias de redes necessárias e adequadas para conexão e compartilhamento dos dados que fazem parte da automatização dos procedimentos

Leia mais

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Conectando-se à Internet com Segurança Soluções mais simples. Sistemas de Segurança de Perímetro Zona Desmilitarizada (DMZ) Roteador de

Leia mais

Faça a segurança completa dos e-mails que trafegam em sua rede.

Faça a segurança completa dos e-mails que trafegam em sua rede. Faça a segurança completa dos e-mails que trafegam em sua rede. O é uma plataforma completa. Trata-se de um sistema de gerência e proteção transparente para os servidores de e-mail, com uma excelente relação

Leia mais

ATA 6 Firewall IFMG Campus - Governador Valadares

ATA 6 Firewall IFMG Campus - Governador Valadares ATA 6 Firewall IFMG Campus - Governador Valadares IFMG Campus Gov. Valadares Pregão 25/2014 Válida até: 29/05/2015 Item 01: Network security Appliance for (NSA) 3600 (PN: 01-SSC-3850).....04 unidades Preço

Leia mais

Aker Security Solutions

Aker Security Solutions Portfólio de Soluções Cybernet Computadores e Sistemas Ltda Agenda Um pouco sobre a Aker Aker Security Suite Aker Firewall Aker Secure Mail Gateway Aker Web Gateway Aker Monitoring Service Sobre a empresa

Leia mais

Access Point Router 150MBPS

Access Point Router 150MBPS Access Point Router 150MBPS Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF-108 Segurança da Informação Firewalls Prof. João Henrique Kleinschmidt Middleboxes RFC 3234: Middleboxes: Taxonomy and Issues Middlebox Dispositivo (box) intermediário que está no meio do caminho dos

Leia mais

Winconnection 6. Internet Gateway

Winconnection 6. Internet Gateway Winconnection 6 Internet Gateway Descrição Geral O Winconnection 6 é um gateway de acesso à internet desenvolvido dentro da filosofia UTM (Unified Threat Management). Assim centraliza as configurações

Leia mais

SEGURANÇA E CONTROLE DE ACESSO

SEGURANÇA E CONTROLE DE ACESSO SEGURANÇA E CONTROLE DE ACESSO Produzido por: Professor Elber professorelber@gmail.com AULA 01 -FIREWALL - O QUE É FIREWALL? A palavra firewall tem estado cada vez mais comum no nosso cotidiano, ainda

Leia mais

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Douglas Costa Fábio Pirani Fernando Watanabe Jefferson Inoue Firewall O que é? Para que serve? É um programa usado para filtrar e dar segurança em

Leia mais

Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas

Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Segurança de Redes. Aula 3 Elementos de Segurança de Redes Prof. Fred Sauer, D.Sc. fsauer@gmail.com

Segurança de Redes. Aula 3 Elementos de Segurança de Redes Prof. Fred Sauer, D.Sc. fsauer@gmail.com Segurança de Redes Aula 3 Elementos de Segurança de Redes Prof. Fred Sauer, D.Sc. fsauer@gmail.com 1 Sumário Conceitos básicos de Segurança (proteção, contramedidas) Firewall Filtros de Pacotes Stateful

Leia mais

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA Subitem Característica Especificação Exigência CONEXÕES DESEMPENHO 1.1 Portas RJ-45 1.2 Portas GBIC 1.3 Autoconfiguraçã

Leia mais

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Manual do Nscontrol Principal Senha Admin Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Aqui, você poderá selecionar quais programas você quer que

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Gerenciamento do Tráfego de Internet Edital de Licitação PREGÃO PRESENCIAL Nº 34/2010 Processo SAP nº 4180/2010 Perguntas e Respostas Página 1 /15 Pergunta n o 1: Os dispositivos de filtro de conteúdo

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015

CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015 CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015 TI APPLICATION DELIVERY CONTROLLER ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ANEXO II PROJETO BÁSICO - INTERNET

ANEXO II PROJETO BÁSICO - INTERNET 1. Objetivo 1.1. Contratação de serviços para fornecimento de uma solução de conexão IP Internet Protocol que suporte aplicações TCP/IP e disponibilize a PRODEB acesso a rede mundial de computadores Internet,

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

COMUNICADO RETIFICAÇÃO EM 15/04/2015. Edital 65/2015

COMUNICADO RETIFICAÇÃO EM 15/04/2015. Edital 65/2015 COMUNICADO RETIFICAÇÃO EM 15/04/2015 Edital 65/2015 A Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro SOFTEX comunica a retificação do edital 065/2015, conforme abaixo: i) Substitui o ANEXO

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação Técnica Última atualização em 31 de março de 2010 Plataformas Suportadas Agente: Windows XP e superiores. Customização de pacotes de instalação (endereços de rede e dados de autenticação).

Leia mais

Roteadores de Serviços Integrados CISCO ISR G2

Roteadores de Serviços Integrados CISCO ISR G2 Roteadores de Serviços Integrados CISCO ISR G2 Visão geral sobre Desempenho Descrição do Conteúdo Os roteadores de serviços integrados de nova geração (ISR G2) proporcionam uma plataforma para serviços

Leia mais

Especificação da Appliance + SO CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server

Especificação da Appliance + SO CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Especificação da Appliance + SO CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Versão: 1.05 Data: 2010-12-15 Appliance CAMES.GT 1 ÍNDICE A Apresentação da Appliance CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server B Características

Leia mais

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DE DADOS SECTTI EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 0008/2014

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DE DADOS SECTTI EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 0008/2014 APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DE DADOS SECTTI EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 0008/2014 Brasília-DF, agosto de 2014 Ref.: Apresentação de Sistema

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

Laboratório de Redes

Laboratório de Redes Laboratório de Redes Rui Prior 2008 2012 Equipamento de rede Este documento é uma introdução muito básica aos equipamentos de rede mais comuns, a maior parte dos quais iremos utilizar nas aulas de Laboratório

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

TREINAMENTO AVANÇADO DE PFSENSE

TREINAMENTO AVANÇADO DE PFSENSE DEPOIMENTOS DOS ALUNOS DE PFSENSE Esse foi um momento de conhecimento consistente ao uso de uma ferramenta de segurança Open Source, o pfsense, o qual possibilitou um aprendizado de TREINAMENTO AVANÇADO

Leia mais

Roteadores de Serviços Unificados

Roteadores de Serviços Unificados VPN de alto desempenho Protocolos IPSec PPTP L2TP SSL Túneis VPN Até 25 (DSR-250N) Até 35 (DSR-500/500N) Até 70 (DSR-1000/1000N) Túneis SSL VPN Até 5 (DSR-250N) Até 10 (DSR-500/500N) Até 20 (DSR-1000/1000N)

Leia mais

Serviços Gerenciados de Segurança de perímetro Firewall Dell SonicWALL

Serviços Gerenciados de Segurança de perímetro Firewall Dell SonicWALL 1/8 Serviços Gerenciados de Segurança de perímetro Firewall Dell SonicWALL www.alertasecurity.com.br +55 11 3105.8655 2/8 SUMÁRIO Visão Geral: Porque contratar os Serviços Gerenciados da Alerta Security

Leia mais

GWM 1420 N. INFORMÁTICA - networks. Roteador ADSL 2+ Wireless N 150 Mbps BANDA LARGA. Características

GWM 1420 N. INFORMÁTICA - networks. Roteador ADSL 2+ Wireless N 150 Mbps BANDA LARGA. Características INFORMÁTICA - networks BANDA LARGA GWM 1420 N A solução mais inteligente em banda larga. O Roteador GWM 1420 N Intelbras é um 3 em 1 que integra a função de modem ADSL 2+ de alta velocidade, roteador Wireless

Leia mais

Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem

Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem Resumo O Gerenciador de sistemas da Meraki fornece gerenciamento centralizado em nuvem e pelo ar, diagnósticos e monitoramento

Leia mais

Cisco ASA Firewall Guia Prático

Cisco ASA Firewall Guia Prático Cisco ASA Firewall Guia Prático 2014 v1.0 Renato Pesca 1 Sumário 2 Topologia... 3 3 Preparação do Appliance... 3 3.1 Configurações de Rede... 7 3.2 Configurações de Rotas... 8 3.3 Root Básico... 9 3.4

Leia mais

FIREWALL, PROXY & VPN

FIREWALL, PROXY & VPN 1 de 5 Firewall-Proxy D O C U M E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L FIREWALL, PROXY & VPN :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: Se o foco do seu negócio não é tecnologia, instalar e manter por conta própria

Leia mais

TREINAMENTO AVANÇADO DE PFSENSE

TREINAMENTO AVANÇADO DE PFSENSE DEPOIMENTOS DOS ALUNOS DE PFSENSE Esse foi um momento de conhecimento consistente ao uso de uma ferramenta de segurança Open Source, o pfsense, o qual possibilitou um aprendizado de TREINAMENTO AVANÇADO

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

EN2HWI-N3 Roteador Sem Fio para Jogos Online N300

EN2HWI-N3 Roteador Sem Fio para Jogos Online N300 EN2HWI-N3 Roteador Sem Fio para Jogos Online N300 Introdução O Roteador Sem Fio para Jogos Online N300 fornece de alta velocidade com o padrão 802.11n, que realça a sua experiência em jogos online e multimídia.

Leia mais

Aker Secure Mail Gateway

Aker Secure Mail Gateway Faça a segurança completa dos e-mails que trafegam em sua rede. O é uma plataforma completa de segurança de e-mail. Trata-se de um sistema de gerência e proteção transparente para os servidores de e-mail,

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 04/2012 PERGUNTAS E RESPOSTAS

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 04/2012 PERGUNTAS E RESPOSTAS ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 04/2012 PERGUNTAS E RESPOSTAS REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE FIREWALL APPLIANCE com SERVIÇOS DE SUPORTE, ASSISTÊNCIA TÉCNICA E TREINAMENTO ((TEXTO))Aos 26 (vinte

Leia mais

Dom o ín í i n o i o d e d Con o h n e h cim i ent n o o 3 To T p o o p l o o l g o i g a i s e I D I S Carlos Sampaio

Dom o ín í i n o i o d e d Con o h n e h cim i ent n o o 3 To T p o o p l o o l g o i g a i s e I D I S Carlos Sampaio Domínio de Conhecimento 3 Topologias e IDS Carlos Sampaio Agenda Topologia de Segurança Zonas de Segurança DMZ s Detecção de Intrusão (IDS / IPS) Fundamentos de infra-estrutura de redes Nem todas as redes

Leia mais

Características de Firewalls

Características de Firewalls Firewall Firewall é um sistema de proteção de redes internas contra acessos não autorizados originados de uma rede não confiável (Internet), ao mesmo tempo que permite o acesso controlado da rede interna

Leia mais

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação.

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação. Protocolo TCP/IP PROTOCOLO é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas para uma comunicação a língua comum a ser utilizada na comunicação. TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO,

Leia mais

PERGUNTAS FREQUÊNTES SOBRE O FLAI SECURITY 3.0 DEPARTAMENTO COMERCIAL. Última Revisão: 05/12/2008

PERGUNTAS FREQUÊNTES SOBRE O FLAI SECURITY 3.0 DEPARTAMENTO COMERCIAL. Última Revisão: 05/12/2008 Página 1 / 13 PERGUNTAS FREQUÊNTES SOBRE O FLAI SECURITY 3.0 DEPARTAMENTO COMERCIAL Última Revisão: 05/12/2008 Página 2 / 13 SISTEMA P1: Quais são as grandes inovações do Flai 3.0? R: Além do remodelamento

Leia mais

3.1.2 Protocolos e informação de encaminhamento

3.1.2 Protocolos e informação de encaminhamento 1- Introdução 1 1.1 Desafios da administração de redes 1.2 Objectivos do livro e abordagem utilizada 1.3 Organização do presente texto 2 - As Actuais Infra-Estruturas De Rede 7 2.1 Introdução 2.2 Tecnologias

Leia mais

Professor: Gládston Duarte

Professor: Gládston Duarte Professor: Gládston Duarte INFRAESTRUTURA FÍSICA DE REDES DE COMPUTADORES Computador Instalação e configuração de Sistemas Operacionais Windows e Linux Arquiteturas físicas e lógicas de redes de computadores

Leia mais

Como proteger sua Rede com Firewall

Como proteger sua Rede com Firewall Como proteger sua Rede com Firewall pfsense *pfsense é uma marca registrada da Electric Sheep Fencing LLC. Apresentação Líder em Soluções Pfsense no Brasil A Vantage TI conta uma estrutura completa para

Leia mais

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES Página 1 CONHECIMENTO ESPECÍFICO 01. Suponha um usuário acessando a Internet por meio de um enlace de 256K bps. O tempo mínimo necessário para transferir um arquivo de 1M byte é da ordem de A) 4 segundos.

Leia mais

Como proteger sua Rede com Firewall

Como proteger sua Rede com Firewall *pfsense é uma marca registrada da Electric Sheep Fencing LLC. Como proteger sua Rede com Firewall Apresentação Líder em Soluções Pfsense no Brasil A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. O processo de Navegação na Internet A CONEXÃO USUÁRIO

Leia mais

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício O que é Firewall Um Firewall é um sistema para controlar o aceso às redes de computadores, desenvolvido para evitar acessos

Leia mais

O que temos pra hoje?

O que temos pra hoje? O que temos pra hoje? Temas de Hoje: Firewall Conceito Firewall de Software Firewall de Softwares Pagos Firewall de Softwares Grátis Firewall de Hardware Sistemas para Appliances Grátis UTM: Conceito Mão

Leia mais

Aker Firewall UTM. Basic

Aker Firewall UTM. Basic Aker Firewall 6. Basic VERSÃO: /9/ Máxima proteção e segurança na conexão entre redes. O Aker Firewall é um sistema completo de segurança para o ambiente corporativo pois garante o controle total das informações

Leia mais

genérico proteção de rede filtragem dos pacotes Sem estado (stateless) no próprio pacote. Com estado (stateful) outros pacotes

genérico proteção de rede filtragem dos pacotes Sem estado (stateless) no próprio pacote. Com estado (stateful) outros pacotes FIREWALLS Firewalls Definição: Termo genérico utilizado para designar um tipo de proteção de rede que restringe o acesso a certos serviços de um computador ou rede de computadores pela filtragem dos pacotes

Leia mais

FIREWALL. Prof. Fabio de Jesus Souza. fabiojsouza@gmail.com. Professor Fabio Souza

FIREWALL. Prof. Fabio de Jesus Souza. fabiojsouza@gmail.com. Professor Fabio Souza FIREWALL Prof. Fabio de Jesus Souza fabiojsouza@gmail.com Professor Fabio Souza O que são Firewalls? Os firewalls são sistemas de segurança que podem ser baseados em: um único elemento de hardware; um

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Termo de Referência Pág 1 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de Data Center e hospedagem de web sites (hosting) em servidores dedicados e gerenciados, por um

Leia mais

Roteador wireless de dual band AC1750 com tecnologia StreamBoost

Roteador wireless de dual band AC1750 com tecnologia StreamBoost TEW-824DRU Roteador wireless de dual band AC1750 com tecnologia StreamBoost TEW-824DRU (v1.0r) Jogos de baixa latência/priorização de voz AC1750: 1,300 Mbps WiFi AC + bandas WiFi N de 450 Mbps Modelagem

Leia mais

Laboratório Configuração de um Roteador e um Cliente Sem Fio

Laboratório Configuração de um Roteador e um Cliente Sem Fio Topologia Configurações do Roteador Linksys Nome da Rede (SSID) Senha da rede Senha do Roteador CCNA-Net cisconet cisco123 Objetivos Parte 1: Configurar Definições Básicas em um Roteador da Série Linksys

Leia mais

Aker IPS. Proteção avançada contra ameaças virtuais

Aker IPS. Proteção avançada contra ameaças virtuais VERSÃO: 02/10/15 ameaças virtuais 2013 foi marcado pelas denúncias de espionagem digital coordenadas pelos EUA. Além de deixar em alerta governos de diversas partes do mundo, as revelações impactaram também

Leia mais

Vantagens e Serviços

Vantagens e Serviços Official Partner O pfsense é uma distribuição personalizada do FreeBSD, livre e OpenSource, adaptada para uso como um firewall e roteador totalmente gerenciado via interface web. Além disso, ele inclui

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 197, DE 12 DE JULHO DE

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 197, DE 12 DE JULHO DE INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 197, DE 12 DE JULHO DE 2011 A Presidenta do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi ENDIAN FIREWALL COMMUNITY 2.5.1 OURINHOS-SP 2012 HOW-TO

Leia mais

DAS QUANTIDADES, ESPECIFICAÇÕES E GARANTIAS DOS EQUIPAMENTOS

DAS QUANTIDADES, ESPECIFICAÇÕES E GARANTIAS DOS EQUIPAMENTOS DAS QUANTIDADES, ESPECIFICAÇÕES E GARANTIAS DOS EQUIPAMENTOS 1. QUANTIDADES ITEM QTD GARANTIA DESTINAÇÃO EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA MULTIFUNÇÃO TIPO 1 EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA MULTIFUNÇÃO TIPO 2 EQUIPAMENTO

Leia mais

Aker Firewall UTM. Enterprise

Aker Firewall UTM. Enterprise Aker Firewall 6. Enterprise Máxima proteção e segurança na conexão entre redes. VERSÃO: 7/3/2 O Aker Firewall é uma solução completa de segurança para o ambiente corporativo que garante o controle total

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Aula N : 09 Tema:

Leia mais

Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server

Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Versão: 1.06 Data: 2010-11-15 SO CAMES 1 ÍNDICE A Apresentação do CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server - Sistema Operativo de

Leia mais

Possuímos modelos de Subscrição de Suporte ao Software Pfsense para que sua empresa fique tranquila e focada em seu negócio.

Possuímos modelos de Subscrição de Suporte ao Software Pfsense para que sua empresa fique tranquila e focada em seu negócio. O que é o PFSENSE? O pfsense é o principal software Open Source de segurança de redes no mundo. Esta solução é comercializada na forma de Aplliances (Hardware + Software pfsense). O Software pfsense inclui

Leia mais

Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch)

Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch) Unisul Sistemas de Informação Redes de Computadores Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch) Roteamento e Switching Academia Local Cisco UNISUL Instrutora Ana Lúcia Rodrigues Wiggers

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Segurança de Redes Firewall Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução! O firewall é uma combinação de hardware e software que isola a rede local de uma organização da internet; Com ele é possível

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

Conteúdo. Compatibilidade da plataforma. Notas de Versão do SonicOS Enhanced 5.0.2.0-17o+ SonicOS

Conteúdo. Compatibilidade da plataforma. Notas de Versão do SonicOS Enhanced 5.0.2.0-17o+ SonicOS SonicOS Conteúdo Conteúdo... 1 Compatibilidade da plataforma... 1 Como alterar o idioma da interface gráfica do usuário... 2 Recursos importantes... 2 Problemas conhecidos... 4 Fazendo upgrade dos procedimentos

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1 Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de Data Center e hospedagem de web sites (hosting) em servidores dedicados e gerenciados, disponibilizada

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO A presente licitação tem como objeto a contratação de empresa, especializada e devidamente autorizada pela ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicações, prestadora

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Técnico de Informática. Modulo II Segurança de Redes. Profª. Vanessa Rodrigues. Firewall

Técnico de Informática. Modulo II Segurança de Redes. Profª. Vanessa Rodrigues. Firewall Técnico de Informática Modulo II Segurança de Redes Profª. Vanessa Rodrigues Firewall Introdução Mesmo as pessoas menos familiarizadas com a tecnologia sabem que a internet não é um "território" livre

Leia mais

ANEXO III. INFOVIA.RJ 2.0, Rede IP Multiserviços do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Versão: 0.0

ANEXO III. INFOVIA.RJ 2.0, Rede IP Multiserviços do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Versão: 0.0 ANEXO III INFOVIA.RJ 2.0, Rede IP Multiserviços do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Versão: 0.0 1 1 ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS - REDE INFOVIA.RJ 2.0 1.1 CARACTERISTICAS BASICAS COMUNS A TODOS OS

Leia mais

Ataques e Intrusões. Invasões Trashing e Engenharia Social. Classificação de Hackers

Ataques e Intrusões. Invasões Trashing e Engenharia Social. Classificação de Hackers Ataques e Intrusões Professor André Cardia andre@andrecardia.pro.br msn: andre.cardia@gmail.com Ataques e Intrusões O termo genérico para quem realiza um ataque é Hacker. Essa generalização, tem, porém,

Leia mais

LAUDO DE JULGAMENTO. PROCESSO Nº 46130.001479/2005-30 Concorrência nº 02/2006

LAUDO DE JULGAMENTO. PROCESSO Nº 46130.001479/2005-30 Concorrência nº 02/2006 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO-CEL LAUDO DE JULGAMENTO

Leia mais

113 analista DE ti - telecomunicações Data e horário da prova: Domingo, 20/01/2013, às 14h.

113 analista DE ti - telecomunicações Data e horário da prova: Domingo, 20/01/2013, às 14h. EMPrEsa BrasilEira DE serviços hospitalares EDital n O 01, DE 17 DE OUtUBrO DE 2012 COnCUrsO PÚBliCO 1/2012 - EBsErh/sEDE 113 analista DE ti - telecomunicações Data e horário da prova: Domingo, 20/01/2013,

Leia mais