01 de maio Aniversário dos Bombeiros Permitam-me algum informalismo e que não leve à risca o Protocolo. - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "01 de maio Aniversário dos Bombeiros Permitam-me algum informalismo e que não leve à risca o Protocolo. - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em"

Transcrição

1 01 de maio Aniversário dos Bombeiros Permitam-me algum informalismo e que não leve à risca o Protocolo. - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente do Bombeiro Franquelim Gonçalves; Salva de Palmas Cumprimentos: 1.º Todos os presentes, especialmente Bombeiros; 2.º Mesa; Crachás de Ouro e Elementos do Quadro de Honra, Srs Vereadores; Presidentes de Junta, Autarcas, Comandante dos Bombeiros de Serpins, Autoridades Civis e Militares; Sr. Padre Orlando, Beneméritos, empresas e pessoas que colaboram com o Corpo; Comunicação Social, Familiares dos Bombeiros (papel importante). 1 1

2 2 Neste momento prestamos a justa homenagem e pertinente agradecimento a todos os homens e mulheres que ao longo de 110 anos ajudaram a manter viva esta instituição no desempenho da mais nobre das missões: servir o próximo. Minhas Senhoras e Meus Senhores É nos dias difíceis, quando os recursos são escassos e as necessidades são muitas que sobressaem os que estão à altura dos acontecimentos e os Bombeiros Municipais da Lousã têm honrado o Concelho e prestado um contributo essencial na defesa de pessoas e bens. Caras e Caros Amigos, 2

3 Como todos sabemos, vivemos individual e coletivamente 3 momentos difíceis. As Autarquias, devido a variadas razões e medidas injustas, têm visto a sua actuação bastante condicionada e dificultada. Apesar deste contexto temos lutado e temos conseguido atingir objetivos que consideramos relevantes para o desenvolvimento do Concelho como sejam: - o reforço das medidas de apoio aos cidadãos e às famílias, tendo em vista a harmonia social - O apoio aos empreendedores e empresários; 3

4 4 - O investimento na Educação (bastante superior a /ano) e que terá um importante reforço com a abertura da nova escola no próximo ano lectivo (CONVITE PARA A VISITA A REALIZAR NO SÁBADO DIA 3 DE MAIO) - a promoção, de diversas formas, da cultura e do desporto e todas as áreas existentes no Concelho; - a promoção do Concelho e o reforço da amplitude e qualidade dos serviços prestados. 4

5 o investimento feito na Qualificação do Território: - saneamento em Vale Nogueira / Vale Maceira; - Estradas do Xisto; - Rua General Humberto Delgado; - candidatura aprovada para ampliação e qualificação da ZI do Alto do Padrão - Luta pela concretização do Metro; 5 São apenas alguns exemplos da ação que temos desenvolvido; 5

6 Srªs e Srs. Caras e Caros Lousanenses, Convidados, Caros Bombeiros, 6 Desde que assumi as funções de Presidente de Câmara, defini perante Vós as formas de relacionamento entre a Autarquia e o Corpo de Bombeiros (Hierarquias, respeito, liberdade e responsabilidade) e também vos transmiti que os tempos não eram fáceis, mas que o Executivo tudo faria para dotar a Corporação com as melhores condições possíveis. 6

7 Assumimos, também, atendendo ao contexto que vivemos, 7 podemos não conseguir fazer mais com menos, mas teremos que, conjuntamente, fazer diferente. Temos que ter a ambição de fazer melhor. Como penso que será do conhecimento de todos os presentes, o facto de a tutela desta Corporação ser do Município faz com que os apoios do Estado sejam menores e obriguem a um esforço/investimento maior da Câmara Municipal. Penso que é uma situação injusta e que entendo que deve ser alterada para que também possamos usufruir de apoios estatais. 7

8 Em comunidades como a nossa, é da Câmara Municipal e dos 8 bombeiros que as populações mais esperam e mais exigem sempre que confrontados com a necessidade e a emergência. A Câmara Municipal, consciente deste papel, tem procurado reforçar o apoio aos Bombeiros e assim, em alguma medida, compensar os apoios que vão faltando de outros lados. Minhas Senhoras e Meus Senhores, Caras e Caros Bombeiros, Conscientes da exigência, temos efectuado importantes investimentos na protecção civil. 8

9 Para além de outras intervenções/apoios, parece-me importante 9 referir alguns dados relativos aos investimentos realizados pela Autarquia nesta Corporação de Bombeiros: - Investimento Mensal Funcionamento Cerca de /mês (Recursos Humanos, Logística (manutenções, combustíveis, etc) despesas que, infelizmente, as receitas obtidas nem de perto satisfazem; Investimentos recentes: - VSAT: comparticipação da Autarquia / 15% - Qualificação e modernização do quartel

10 10 - Equipamentos de Protecção Individual candidatura em - 3 VFCI: +/ desenvolvimento e para a qual temos prestados relevantes contributos tendo em vista a aquisição de equipamentos mais adequados. - Procurámos também valorizar o trabalho desenvolvido pelos Bombeiros através de acordos com o comércio local onde estes têm descontos em compras ou serviços. - Proporcionamos, em determinados horários, a utilização livre das Piscinas. 10

11 11 Municípios, temos efectuado diversas diligências solicitando a - Sendo uma reivindicação de todos os Bombeiros, à qual a Autarquia se associou, no âmbito da Associação Nacional de alteração das coberturas e valores associados ao seguro de acidentes pessoais dos Bombeiros. Permitam-me também que destaque o envolvimento da sociedade civil, nomeadamente a Liga de Amigos dos Bombeiros, Comissões de Baldios, empresários e outros beneméritos que têm contribuído para o apetrechamento e melhores condições do Corpo de Bombeiros. Também os próprios Bombeiros têm promovido diversas acções que têm como finalidade contribuir para a modernização dos seus equipamentos. 11

12 A todos o nosso muito obrigado! Caras e Caros Amigos, 12 Parece-me que estas medidas traduzem o respeito e o reconhecimento da importância da missão desempenhada pelos Soldados da Paz. Estamos convictos que os Lousanenses e a região podem continuar a confiar no Corpo de Bombeiros Municipais da Lousã. Da parte da Autarquia, continuarão a contar com o respeito, a disponibilidade e o esforço para Vos proporcionar as melhores condições possíveis de atuação. 12

13 Parabéns pelo 110.º Aniversário, 13 Viva o Corpo de Bombeiros Municipais da Lousã! Vivam as Bombeiras e Bombeiros da Lousã! Viva a Lousã! Obrigado. 13

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo.

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo. 1 - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente de Franquelim Gonçalves, que faleceu no desempenho das suas funções; 25 de maio Inauguração do

Leia mais

Senhor Secretário de Estado da Administração Interna Excelência Senhores Presidente da Assembleia Municipal de Carregal do Sal Presidente da

Senhor Secretário de Estado da Administração Interna Excelência Senhores Presidente da Assembleia Municipal de Carregal do Sal Presidente da Senhor Secretário de Estado da Administração Interna Excelência Senhores Presidente da Assembleia Municipal de Carregal do Sal Presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil Comandante Operacional

Leia mais

ALOCUÇÃO DE SEXA O GENERAL CEMGFA POR OCASIÃO DA SESSÃO SOLENE NA CM MOURA (27 DE ABRIL DE 2013) (só faz fé versão lida)

ALOCUÇÃO DE SEXA O GENERAL CEMGFA POR OCASIÃO DA SESSÃO SOLENE NA CM MOURA (27 DE ABRIL DE 2013) (só faz fé versão lida) SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MOURA SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE MOURA SENHOR VEREADOR SANTIAGO MACIAS SENHOR GENERAL, PRESIDENTE DA LIGA DOS COMBATENTES, MEU GENERAL SENHORES

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia Gabinete do Secretário Regional

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia Gabinete do Secretário Regional Sessão Comemorativa do 75º aniversário da Mútua dos Pescadores, 3 junho Intervenção do Secretário Regional do Mar Srs. Deputados Sr. Presidente da Camara Municipal da Horta Sr. Presidente da Assembleia

Leia mais

Arranque das Comemorações 9 de Abril de 2006

Arranque das Comemorações 9 de Abril de 2006 Arranque das Comemorações 9 de Abril de 2006 SESSÃO SOLENE Discurso do Presidente da Direcção Excelentíssimas Senhoras e Senhores: 1. Em primeiro lugar, em nome dos Corpos Sociais, do Corpo Activo e do

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE MANGUALDE PLANO DE ACTIVIDADES

ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE MANGUALDE PLANO DE ACTIVIDADES ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE MANGUALDE PLANO DE ACTIVIDADES 2007 PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO 2007 INTRODUÇÃO No cumprimento das disposições estatutárias, a Direcção da Associação dos Bombeiros

Leia mais

O Futuro das AHBV e o seu Financiamento. Carlos Rabaçal Vereador da Proteção Civil e Bombeiros da CM Setúbal (AHBV Sacavém 30/05/2015) 1

O Futuro das AHBV e o seu Financiamento. Carlos Rabaçal Vereador da Proteção Civil e Bombeiros da CM Setúbal (AHBV Sacavém 30/05/2015) 1 O Futuro das AHBV e o seu Financiamento Carlos Rabaçal Vereador da Proteção Civil e Bombeiros da CM Setúbal (AHBV Sacavém 30/05/2015) 1 O QUE INVESTIMOS NOS BOMBEIROS PROFISSIONAIS A Câmara Municipal de

Leia mais

ENCONTRO DE PARCEIROS

ENCONTRO DE PARCEIROS ENCONTRO DE PARCEIROS UDIPSSSetúbal e BANCO ALIMENTAR Setúbal, 18 de Maio de 2016 Ao dirigir-me, em nome da de Solidariedade Social do Distrito de Setúbal, quero em primeiro lugar felicitar todos os presentes

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALMADA CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE ALMADA CÂMARA MUNICIPAL MEDALHA DE OURO DA CIDADE ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE ALMADA INTERVENÇÃO DA PRESIDENTE DA DE ALMADA 22 DE SETEMBRO DE 2013 Senhor Presidente da Assembleia Municipal de Almada (Parlamento

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS SOCIAIS AOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DO CONCELHO DE OVAR

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS SOCIAIS AOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DO CONCELHO DE OVAR REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS SOCIAIS AOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DO CONCELHO DE OVAR Preâmbulo e Nota Justificativa O importante papel desempenhado pelos Bombeiros Voluntários como agentes da Proteção

Leia mais

Muito bom dia a todos. Muito obrigado pela Vossa presença.

Muito bom dia a todos. Muito obrigado pela Vossa presença. Muito bom dia a todos. Muito obrigado pela Vossa presença. Senhor Vereador Dr. Jorge Alves, em representação do Senhor Presidente da Camara Municipal de Coimbra, demais entidades civis, e militares, caros

Leia mais

Senhora Presidente da Assembleia da República. Senhor Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas. Senhor Ministro dos Assuntos Parlamentares

Senhora Presidente da Assembleia da República. Senhor Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas. Senhor Ministro dos Assuntos Parlamentares Senhora Presidente da Assembleia da República Senhor Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas Senhor Ministro dos Assuntos Parlamentares Senhores Vice-Presidentes da Assembleia da República e Senhores

Leia mais

PROJECTO DE REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE APOIOS PARA ACÇÕES PEDAGÓGICO - CULTURAIS

PROJECTO DE REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE APOIOS PARA ACÇÕES PEDAGÓGICO - CULTURAIS PROJECTO DE REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE APOIOS PARA ACÇÕES PEDAGÓGICO - CULTURAIS CAPÍTULO I GENERALIDADES ARTIGO 1º (DEFINIÇÕES ) O presente Regulamento, disciplina a concessão de apoios a prestar, pelas

Leia mais

Regulamento Programa AnimaSénior

Regulamento Programa AnimaSénior Nota Justificativa O Município de Vouzela, ao longo dos anos, tem vindo a implementar programas e atividades destinados à população sénior residente no concelho, no âmbito do programa AnimaSénior, tendo

Leia mais

Sr Secretário de Estado da Administração Local, Dr. Leitão Amaro. Sr Presidente da Assembleia Municipal de Ribeira de Pena

Sr Secretário de Estado da Administração Local, Dr. Leitão Amaro. Sr Presidente da Assembleia Municipal de Ribeira de Pena 1 Ex.mos Sr Secretário de Estado da Administração Local, Dr. Leitão Amaro Sr Presidente da Assembleia Municipal de Ribeira de Pena Sra Deputada Manuela Tender e Srs Deputados Agostinho Santa e vo Oliveira

Leia mais

Área Metropolitana de Lisboa: Ambiente Urbano e Riscos

Área Metropolitana de Lisboa: Ambiente Urbano e Riscos LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES Seminário Área Metropolitana de Lisboa: Ambiente Urbano e Riscos Lisboa Vice presidente Conselho Executivo Rui Santos Silva ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Leia mais

Discurso do Director Geral Exmo. Sr. Baltazar Miguel na Cerimónia de Outorga de Diplomas

Discurso do Director Geral Exmo. Sr. Baltazar Miguel na Cerimónia de Outorga de Diplomas Discurso do Director Geral Exmo. Sr. Baltazar Miguel na Cerimónia de Outorga de Diplomas Sua Excelência Senhora Secretária de Estado do Ministério do Ensino Superior, Sra. Augusta Martins; Sua Excelência

Leia mais

MAPA XVI DESPESAS CORRESPONDENTES A PROGRAMAS

MAPA XVI DESPESAS CORRESPONDENTES A PROGRAMAS ANO ECONÓMICO DE 2009 Página 1 P-001-SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO E GOVERNO ELECTRÓNICO 750 000 18 511 988 5 135 588 47 653 309 167 500 44 470 651 32 301 489 10 677 361 4 134 269 785 100 9 382 970 2 145 148

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL INTERVENÇÃO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL BERTA DE MELO CABRAL Cerimónias Oficiais de Comemoração do 31.º Aniversário da Associação Nacional dos Combatentes do Ultramar Tondela,

Leia mais

INTERVENÇÃO NO DIA DO MUNICIPIO

INTERVENÇÃO NO DIA DO MUNICIPIO INTERVENÇÃO NO DIA DO MUNICIPIO Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Municipal Excelentíssimos Vereadores Municipais, Caros colegas deputados

Leia mais

Regulamento Municipal de Apoio a Atividades de Interesse Público

Regulamento Municipal de Apoio a Atividades de Interesse Público Regulamento Municipal de Apoio a Atividades de Interesse Público Preâmbulo O associativismo constitui um forte aliado do poder local na prossecução de políticas de desenvolvimento de interesse público,

Leia mais

Eixo II _ Competitividade da Base Económica Regional. II.1. Projectos de Investimento Empresarial Integrados e Inovadores. Tipologia de Investimento

Eixo II _ Competitividade da Base Económica Regional. II.1. Projectos de Investimento Empresarial Integrados e Inovadores. Tipologia de Investimento Eixo II _ Competitividade da Base Económica Regional II.1. Projectos de Investimento Empresarial Integrados e Inovadores Tipologia de Investimento designadamente PME s CONTROLO DO DOCUMENTO Versão Data

Leia mais

Exma. Senhora Presidente da EsTeSL, Professora Anabela Graça. Exma. Senhora Presidente do Conselho Científico, Prof.ª Lina Vieira

Exma. Senhora Presidente da EsTeSL, Professora Anabela Graça. Exma. Senhora Presidente do Conselho Científico, Prof.ª Lina Vieira Exma. Senhora Presidente da Assembleia de Representantes da Escola Superior de Tecnologia da saúde de Lisboa, Professora Maria Helena Soares Exma. Senhora Presidente da EsTeSL, Professora Anabela Graça

Leia mais

Excelências, Senhoras e Senhores Embaixadores e membros das delegações;

Excelências, Senhoras e Senhores Embaixadores e membros das delegações; Excelências, Senhoras e Senhores Embaixadores e membros das delegações; Caros convidados Senhoras e Senhores, Permitam-me, em primeiro lugar, cumprimentar V. Exªs e agradecer pelo facto de terem aceite

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO MUNICIPIO DE MANTEIGAS E NERGA NÚCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DA GUARDA ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO MUNICIPIO DE MANTEIGAS E NERGA NÚCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DA GUARDA ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO MUNICIPIO DE MANTEIGAS E NERGA NÚCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DA GUARDA ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL Considerando: Que o NERGA é uma Pessoa Coletiva de Utilidade Pública que, tem como objetivo

Leia mais

A FNA sua Missão e Fins

A FNA sua Missão e Fins A FNA sua Missão e Fins A missão da FNA é a promoção do espírito da Promessa e da Lei Escutista, baseada nos Princípios do Escutismo Católico. Pelo desenvolvimento pessoal continuado, pelo serviço à comunidade.

Leia mais

AVISO DE RECRUTAMENTO FEB

AVISO DE RECRUTAMENTO FEB AVISO DE RECRUTAMENTO FEB 12 de Dezembro de 2013 1/6 2/6 1. OBJECTIVO a. O presente concurso visa dotar o sistema de operações de proteção e socorro com o efetivo aprovado para os elementos da Força Especial

Leia mais

Projeto de Regulamento de Concessão de Regalias Sociais aos Bombeiros da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Avisenses PREÂMBULO

Projeto de Regulamento de Concessão de Regalias Sociais aos Bombeiros da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Avisenses PREÂMBULO Projeto de Regulamento de Concessão de Regalias Sociais aos Bombeiros da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Avisenses PREÂMBULO O Regulamento de Concessão de Regalias Sociais aos Bombeiros

Leia mais

Senhor Secretário de Estado da Administração Local, Dr. José Junqueiro. Senhor Governador Civil de Braga, Dr. Fernando Moniz

Senhor Secretário de Estado da Administração Local, Dr. José Junqueiro. Senhor Governador Civil de Braga, Dr. Fernando Moniz Senhor Secretário de Estado da Administração Local, Dr. José Junqueiro Senhor Governador Civil de Braga, Dr. Fernando Moniz Senhor Presidente da Assembleia Municipal Senhores Vereadores Senhor Presidente

Leia mais

SESSÃO SOLENE DE TOMADA DE POSSE DOS ÓRGÃOS SOCIAIS 20 JANEIRO DE 2013

SESSÃO SOLENE DE TOMADA DE POSSE DOS ÓRGÃOS SOCIAIS 20 JANEIRO DE 2013 SESSÃO SOLENE DE TOMADA DE POSSE DOS ÓRGÃOS SOCIAIS 20 JANEIRO DE 2013 DISCURSO PROFERIDO PELO SENHOR PRESIDENTE DA DIRECÇÃO DA ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE PAÇO DE ARCOS DR. TIAGO

Leia mais

Presidente da Câmara Municipal. Discurso 25 de Abril António Manuel Bota

Presidente da Câmara Municipal. Discurso 25 de Abril António Manuel Bota Presidente da Câmara Municipal Discurso 25 de Abril 2015 António Manuel Bota Muito bom dia a todos! Sr. Presidente da Assembleia Municipal, Mesa da Assembleia, Senhores Secretários da Assembleia Municipal,

Leia mais

O valor mínimo de despesas elegíveis por projecto Euros; O valor máximo de despesas elegíveis por projecto Euros.

O valor mínimo de despesas elegíveis por projecto Euros; O valor máximo de despesas elegíveis por projecto Euros. 1. INVESTIMENTOS 1.1 INVESTIMENTOS EM INFRA-ESTRUTURAS Apoio financeiro a iniciativas de investimento em infra-estruturas de natureza colectiva que defendam e preservem actividades culturais e recreativas,

Leia mais

1. A Câmara deliberou aprovar as OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2010/SMAS e do MAPA DE PESSOAL DOS SMAS.

1. A Câmara deliberou aprovar as OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2010/SMAS e do MAPA DE PESSOAL DOS SMAS. A reunião de 2 Dezembro teve inicio ás 18 horas. Foi presidida pela Sr.ª Presidente e nela estiveram presentes os Vereadores: José Gonçalves, Paulo Pedroso, Jorge Pedroso de Almeida, Helena Oliveira, Maria

Leia mais

ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE VILA NOVA DE TAZEM

ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE VILA NOVA DE TAZEM ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE VILA NOVA DE TAZEM PLANO DE ACTIVIDADES ORÇAMENTO 2012 Plano de Actividades e Orçamento de 2012 Página 1 ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIADE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS

Leia mais

RELATÓRIO REUNIÃO COM A ASSOCIAÇÃO FAIALENSE DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS.

RELATÓRIO REUNIÃO COM A ASSOCIAÇÃO FAIALENSE DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS. RELATÓRIO REUNIÃO COM A ASSOCIAÇÃO FAIALENSE DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS. Horta, 11 de Janeiro de 2006 A Comissão de Politica Geral visitou a Ilha do Faial, no dia 11 de Janeiro de 2006, onde, no âmbito das

Leia mais

ORDEM DE TRABALHOS 1 DIVISÃO ADMINISTRATIVA. 1.1 Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2008/01/09.

ORDEM DE TRABALHOS 1 DIVISÃO ADMINISTRATIVA. 1.1 Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2008/01/09. 13 ORDEM DE TRABALHOS 1 DIVISÃO ADMINISTRATIVA 1.1 Aprovação da acta da reunião ordinária do dia 2008/01/09. 1.2 Ofício da Associação Amigos Abeira Douro, com sede no Peso da Régua, solicitando a colaboração

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Cerimónia de apresentação do programa das Evocações do Centenário da I Guerra Mundial

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Cerimónia de apresentação do programa das Evocações do Centenário da I Guerra Mundial INTERVENÇÃO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL BERTA DE MELO CABRAL Cerimónia de apresentação do programa das Evocações do Centenário da I Guerra Mundial Lisboa, Museu Militar, 21 de

Leia mais

Os eventos que aqui estamos a apresentar pretendem ser um espaço de visibilidade, de promoção e de negócios em relação a

Os eventos que aqui estamos a apresentar pretendem ser um espaço de visibilidade, de promoção e de negócios em relação a Intervenção do presidente da Fundação AIP, Comendador Jorge Rocha de Matos, por ocasião da apresentação oficial da Alimentaria&Horexpo Lisboa e do Portugal Agro 17 Julho 2015 Senhora Ministra da Agricultura

Leia mais

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso Regulamento do Cartão Municipal do Idoso Preâmbulo Considerando a importância crescente do papel das autarquias locais, no âmbito do apoio às populações, a Câmara Municipal de Grândola atenta que está

Leia mais

Exma Sra. Secretária de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Dra. Ana Rita Barosa,

Exma Sra. Secretária de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Dra. Ana Rita Barosa, Exma Sra. Secretária de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Dra. Ana Rita Barosa, Exmo Sr. Secretário de Estado do Ambiente e Ordenamento do território, Dr. Paulo Lemos Exmo Chefe de

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DO PROGRAMA DE OCUPAÇÃO TEMPORÁRIA DE JOVENS

REGULAMENTO MUNICIPAL DO PROGRAMA DE OCUPAÇÃO TEMPORÁRIA DE JOVENS REGULAMENTO MUNICIPAL DO PROGRAMA DE OCUPAÇÃO TEMPORÁRIA DE JOVENS Não queremos jovens "fracotes", jovens que estão por ai e nada mais, que nem sim nem não. Não queremos jovens que se cansam rápido e que

Leia mais

Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental. Prevenção e Gestão de Riscos Naturais e Tecnológicos Acções Materiais. Aviso - ALG

Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental. Prevenção e Gestão de Riscos Naturais e Tecnológicos Acções Materiais. Aviso - ALG Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental Prevenção e Gestão de Riscos Naturais e Tecnológicos Acções Materiais Aviso - ALG-36-2010-01 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Prevenção e Gestão

Leia mais

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DE MEDALHAS MUNICIPAIS DO

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DE MEDALHAS MUNICIPAIS DO MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DE MEDALHAS MUNICIPAIS DO MUNICÍPIO DE AZAMBUJA Edital n.º 342/2003 (2.ª série) AP. José Manuel Isidoro Pratas, vereador da Câmara Municipal da Azambuja: Torna público

Leia mais

Declaração de Voto Proposta de Protocolo entre a Câmara Municipal de Alter do Chão e a Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão.

Declaração de Voto Proposta de Protocolo entre a Câmara Municipal de Alter do Chão e a Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão. Declaração de Voto Proposta de Protocolo entre a Câmara Municipal de Alter do Chão e a Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão. Senhor Presidente O tema em apreço não é uma simples conversa de café.

Leia mais

Permitam começar por cumprimentar o laureado, S.Exa o Comandante Pedro Verona Pires.

Permitam começar por cumprimentar o laureado, S.Exa o Comandante Pedro Verona Pires. Bom dia a todos e todas Permitam começar por cumprimentar o laureado, S.Exa o Comandante Pedro Verona Pires. Gostaria de cumprimentar muito calorosamente os nossos convidados, representantes das instituições

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DAS LAJES DO PICO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DAS LAJES DO PICO Parte da ata em minuta da Sessão Ordinária da Assembleia Municipal das Lajes do Pico, realizada aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e catorze, no Auditório Municipal das Lajes do Pico.

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro Intervenção de Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, na Reunião de Alto Nível do Comité

Leia mais

ACTA Nº 13 Reunião Ordinária de Fls.01

ACTA Nº 13 Reunião Ordinária de Fls.01 Fls.01 REUNIÃO ORDINÁRIA EFECTUADA EM 10 DE JULHO DE 2002 Fls.02 ACTA Nº 13 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA REALIZADA NOS PAÇOS DO CONCELHO provisórios DA TROFA EM 10.07.2002 PRESIDIU: Dr. Bernardino Manuel

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL INTERVENÇÃO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL BERTA DE MELO CABRAL Conferência Estratégia Nacional Lisboa, ISCSP, 20 de junho de 2013 Só serão válidas as palavras proferidas pelo orador

Leia mais

ANIVERSÁRIO DE 150 ANOS DO CORPO DE BOMBEIROS DO DISTRITO FEDERAL

ANIVERSÁRIO DE 150 ANOS DO CORPO DE BOMBEIROS DO DISTRITO FEDERAL ANIVERSÁRIO DE 150 ANOS DO CORPO DE BOMBEIROS DO DISTRITO FEDERAL Sr. Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, Senhoras e Senhores

Leia mais

Município de Mesão Frio

Município de Mesão Frio 2016 REGULAMENTO MUNICIPAL BOMBEIRO VALORIZA MAIS Preâmbulo Os bombeiros portugueses, fortemente assentes no regime de voluntariado, são a espinha dorsal do sistema nacional de proteção civil. Da prática

Leia mais

Continuar a reforçar a imagem do CCD enquanto instituição cultural e desportiva. Promover ações de carácter cultural, desportivo e recreativo

Continuar a reforçar a imagem do CCD enquanto instituição cultural e desportiva. Promover ações de carácter cultural, desportivo e recreativo MISSÃO 2017 Continuar a reforçar a imagem do CCD enquanto instituição cultural e desportiva Melhorar a qualidade dos serviços prestados Promover ações de carácter cultural, desportivo e recreativo Promover

Leia mais

PRÉMIO MUNICIPAL EMPRESÁRIOS DO CONCELHO DE MOURA Critérios de Atribuição

PRÉMIO MUNICIPAL EMPRESÁRIOS DO CONCELHO DE MOURA Critérios de Atribuição PRÉMIO MUNICIPAL EMPRESÁRIOS DO CONCELHO DE MOURA Critérios de Atribuição Preâmbulo Os empresários assumem um papel preponderante no desenvolvimento do Concelho de Moura, o compromisso por eles assumido

Leia mais

Águas de Santarém marcaram presença nas festas de São José

Águas de Santarém marcaram presença nas festas de São José Abril 2016 Trimestral Edição nº 2 Encontro dos antigos alunos da Escola Industrial e Comercial de Santarém Águas de Santarém marcaram presença nas festas de São José Hora da Gota Vamos todos beber água

Leia mais

REGULAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1º Objecto

REGULAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1º Objecto JOÃO ANTÓNIO DE SOUSA PAIS LOURENÇO, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA COMBA DÃO, TORNA PÚBLICO O REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS AO ASSOCIATIVISMO, APROVADO PELA ASSEMBLEIA MUNICIPAL, EM SUA SESSÃO

Leia mais

Sua Excelência Presidente da República de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos,

Sua Excelência Presidente da República de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos, Sua Excelência Presidente da República de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos, Excelentíssima Primeira-Dama da República de Angola, Drª Ana Paula dos Santos, Excelentíssimo Senhor Vice-Presidente

Leia mais

Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores do Município de Ponte de Lima PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO

Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores do Município de Ponte de Lima PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO 2016 MISSÃO 2016 Continuar a reforçar a imagem do CCD enquanto instituição cultural e desportiva Melhorar a qualidade dos serviços prestados Promover ações de carácter cultural,

Leia mais

INTERVENÇÃO DE BERTO MESSIAS, ORADOR CONVIDADO DA GALA DO 34º ANIVERSÁRIO DO JORNAL DA PRAIA, SOBRE OS DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO SOCIAL REGIONAL E LOCAL

INTERVENÇÃO DE BERTO MESSIAS, ORADOR CONVIDADO DA GALA DO 34º ANIVERSÁRIO DO JORNAL DA PRAIA, SOBRE OS DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO SOCIAL REGIONAL E LOCAL INTERVENÇÃO DE BERTO MESSIAS, ORADOR CONVIDADO DA GALA DO 34º ANIVERSÁRIO DO JORNAL DA PRAIA, SOBRE OS DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO SOCIAL REGIONAL E LOCAL Começo por agradecer o convite para participar nesta

Leia mais

PROJECTO Orçamento Participativo Jovem / Câmara Municipal da Lousã Campos de Areia Multiusos (CAM) da Bogueira

PROJECTO Orçamento Participativo Jovem / Câmara Municipal da Lousã Campos de Areia Multiusos (CAM) da Bogueira PROJECTO Orçamento Participativo Jovem / Câmara Municipal da Lousã Campos de Areia Multiusos (CAM) da Bogueira Projecto: Campos de Areia Multiusos (CAM) da Bogueira Entidade promotora: Lousã Volley Clube

Leia mais

Mesa-redonda Internacional de Doadores. sobre a Guiné-Bissau. Intervenção do Embaixador Murade Murargy. Secretário Executivo da CPLP

Mesa-redonda Internacional de Doadores. sobre a Guiné-Bissau. Intervenção do Embaixador Murade Murargy. Secretário Executivo da CPLP Mesa-redonda Internacional de Doadores sobre a Guiné-Bissau Bruxelas, 25 de Março de 2015 Intervenção do Embaixador Murade Murargy Secretário Executivo da CPLP Eximo. Senhor Primeiro-ministro da República

Leia mais

A Taxa de Insucesso Escolar verificada no Concelho, revela-se bastante elevada quando comparada com a registada a nível nacional. De referir também,

A Taxa de Insucesso Escolar verificada no Concelho, revela-se bastante elevada quando comparada com a registada a nível nacional. De referir também, A Taxa de Insucesso Escolar verificada no Concelho, revela-se bastante elevada quando comparada com a registada a nível nacional. De referir também, o facto de o insucesso escolar aumentar à medida que

Leia mais

Concurso Público. Serviços de limpeza nas instalações desportivas situadas em Macau afectas ao Instituto do Desporto

Concurso Público. Serviços de limpeza nas instalações desportivas situadas em Macau afectas ao Instituto do Desporto Concurso Público Serviços de limpeza nas instalações desportivas situadas em Macau afectas ao Instituto do Desporto Requisitos para a prestação de serviços de limpeza. Instalações desportivas, prazo, horário

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 104/IX REFORÇA OS DIREITOS DA LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES. Preâmbulo

PROJECTO DE LEI N.º 104/IX REFORÇA OS DIREITOS DA LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES. Preâmbulo PROJECTO DE LEI N.º 104/IX REFORÇA OS DIREITOS DA LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES Preâmbulo O voluntariado em bombeiros desenvolve a sua acção há mais de 600 anos. Nasceu da necessidade de protecção contra

Leia mais

Capítulo I Disposições Gerais. Artigo 1º Finalidades das Insígnias e Medalhas. Artigo 2º Tipos de Insígnias e Medalhas

Capítulo I Disposições Gerais. Artigo 1º Finalidades das Insígnias e Medalhas. Artigo 2º Tipos de Insígnias e Medalhas Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º Finalidades das Insígnias e Medalhas As insígnias e medalhas municipais destinam-se a distinguir pessoas individuais ou entidades colectivas, públicas ou privadas,

Leia mais

REGULAMENTO DAS DISTINÇÕES HONORÍFICAS

REGULAMENTO DAS DISTINÇÕES HONORÍFICAS REGULAMENTO DAS DISTINÇÕES HONORÍFICAS Capítulo I Distinções Honoríficas Secção I Artigo 1.º Objeto O presente regulamento tem por objetivo definir e instituir as distinções honoríficas a atribuir pelo

Leia mais

REGULAMENTO DE APOIO SOCIAL POR DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS

REGULAMENTO DE APOIO SOCIAL POR DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS REGULAMENTO DE APOIO SOCIAL POR DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS REGULAMENTO DE APOIO SOCIAL POR DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS Considerando o quadro legal de atribuições e competências das Autarquias Locais, Lei

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL INSIGNIAS E MEDALHAS

REGULAMENTO MUNICIPAL INSIGNIAS E MEDALHAS REGULAMENTO MUNICIPAL DE INSIGNIAS E MEDALHAS PREÂMBULO O presente Regulamento constitui o instrumento legal que se destina a regular o modo como serão distinguidos aqueles que individual ou colectivamente

Leia mais

MPLA. Discurso do Camarada João Lourenço, Candidato a Presidente da República, na Abertura do CANFEU 2017

MPLA. Discurso do Camarada João Lourenço, Candidato a Presidente da República, na Abertura do CANFEU 2017 MPLA Discurso do Camarada João Lourenço, Candidato a Presidente da República, na Abertura do CANFEU 2017 Data: 20.02.17 Local: Dundo DISCURSO Um só povo, Uma só Nação! Viva o Camarada Presidente José Eduardo

Leia mais

Dia 01 de Março próximo, se nada for dito em contrário, o aeroporto de Santa Maria passará a encerrar às 21.30h.

Dia 01 de Março próximo, se nada for dito em contrário, o aeroporto de Santa Maria passará a encerrar às 21.30h. Intervenção do Deputado Sérgio Ferreira no período legislativo de Fevereiro de 2006. Senhor Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhora e Senhores Membros do Governo Dia 01 de Março próximo, se nada

Leia mais

Discurso do Comandante no 64º Aniversário

Discurso do Comandante no 64º Aniversário Discurso do Comandante no 64º Aniversário Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Palmela Dr. Álvaro Amaroi Exmo. Sr. Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses Jaime Marta

Leia mais

EDITAL N.º ED.AG DELIBERAÇÕES DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA E PÚBLICA DA CÂMARA MUNICIPAL

EDITAL N.º ED.AG DELIBERAÇÕES DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA E PÚBLICA DA CÂMARA MUNICIPAL EDITAL N.º 0033.08.ED.AG DELIBERAÇÕES DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA E PÚBLICA DA Para efeitos do disposto no artigo 91º, da Lei 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações e revogações introduzidas

Leia mais

Seminário Nacional sobre a Avaliação do Programa do FIDA em Moçambique nos últimos 10 anos

Seminário Nacional sobre a Avaliação do Programa do FIDA em Moçambique nos últimos 10 anos REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Seminário Nacional sobre a Avaliação do Programa do FIDA em Moçambique nos últimos 10 anos Discurso de Abertura de Sua Excelência o

Leia mais

Sessão de Divulgação PDR DLBC Terras de Basto

Sessão de Divulgação PDR DLBC Terras de Basto Sessão de Divulgação PDR 2020 - DLBC Terras de Basto Operação 10.2.1.1 - Pequenos investimentos nas explorações agrícolas Promover a melhoria das condições de vida, de trabalho e de produção dos agricultores;

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DE S. JOSÉ DA LAMAROSA. Assembleia Geral Ordinária de 26 de Março de 2016

ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DE S. JOSÉ DA LAMAROSA. Assembleia Geral Ordinária de 26 de Março de 2016 ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DE S. JOSÉ DA LAMAROSA RELATÓRIO & CONTAS 2015 - Introdução Os Corpos Gerentes da Associação de Solidariedade Social de S. José da Lamarosa, nos termos dos seus Estatutos

Leia mais

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola; REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL. Acta N.º12

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL. Acta N.º12 CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL Acta N.º12 Aos vinte e oito dias do mês de Outubro do ano de dois mil e nove, pelas quinze horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Brás de

Leia mais

(FESTAS DO POVO) Artigo 1º. (Organização e Coordenação)

(FESTAS DO POVO) Artigo 1º. (Organização e Coordenação) PROJETO DE REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO, COORDENAÇÃO E REALIZAÇÃO DAS FESTAS DO POVO DE CAMPO MAIOR (FESTAS DO POVO) Artigo 1º (Organização e Coordenação) 1.- A organização e coordenação das Festas do Povo

Leia mais

Projecto de Regulamento de Apoio a Associações. Juvenis, Associações de Estudantes e Grupo de. Jovens do Concelho de Vila Nova de Famalicão

Projecto de Regulamento de Apoio a Associações. Juvenis, Associações de Estudantes e Grupo de. Jovens do Concelho de Vila Nova de Famalicão Projecto de Regulamento de Apoio a Associações Juvenis, Associações de Estudantes e Grupo de Jovens do Concelho de Vila Nova de Famalicão Preâmbulo Capítulo I -Definições e Objectivos Artigo 1.º - Definição

Leia mais

Município de São Pedro do Sul. Regulamento de Acção Social Escolar 1º Ciclo do Ensino Básico e Transportes Escolares

Município de São Pedro do Sul. Regulamento de Acção Social Escolar 1º Ciclo do Ensino Básico e Transportes Escolares Município de São Pedro do Sul Regulamento de 1º Ciclo do Ensino Básico e Transportes Escolares O presente regulamento tem como objectivo regulamentar e uniformizar procedimentos para a atribuição de auxílios

Leia mais

MPLA. Data: Local: Luanda

MPLA. Data: Local: Luanda MPLA Discurso do Camarada João Lourenço, Candidato Do MPLA a Presidente da República, na Abertura do Encontro com as Instituições Religiosas Reconhecidas. Data: 24.02.17 Local: Luanda Distintos Membros

Leia mais

EXMO. SENHOR MINISTRO DA DEFESA NACIONAL SENHOR GENERAL CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA FORÇA AÉREA SENHOR GENERAL CHEFE DO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO

EXMO. SENHOR MINISTRO DA DEFESA NACIONAL SENHOR GENERAL CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA FORÇA AÉREA SENHOR GENERAL CHEFE DO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO EXMO. SENHOR MINISTRO DA DEFESA NACIONAL SENHOR GENERAL CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA FORÇA AÉREA SENHOR GENERAL CHEFE DO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO SENHOR VICE-ALMIRANTE EM REPRESENTAÇÃO DO CHEFE DO ESTADO-MAIOR

Leia mais

Gabinete de Apoio à Criação de Emprego e Captação de Investimentos

Gabinete de Apoio à Criação de Emprego e Captação de Investimentos Estudo de Caracterização do Tecido Empresarial do Concelho de Almada Observatório sobre Emprego, Empresas e Formação Gabinete de Apoio à Criação de Emprego e Captação de Investimentos 1 O Objecto da presente

Leia mais

- Senhor Carlos Humberto Palácios Pinheiro de Carvalho, viúvo, natural da

- Senhor Carlos Humberto Palácios Pinheiro de Carvalho, viúvo, natural da PROTOCOLO ENTRE: PRIMEIRO: - Senhor Carlos Humberto Palácios Pinheiro de Carvalho, viúvo, natural da freguesia e concelho do Barreiro, com domicílio necessário no Edifico dos Paços do Concelho, Rua Miguel

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DO CARTÃO OEIRAS SÉNIOR 65+ Preâmbulo

REGULAMENTO MUNICIPAL DO CARTÃO OEIRAS SÉNIOR 65+ Preâmbulo REGULAMENTO MUNICIPAL DO CARTÃO OEIRAS SÉNIOR 65+ Preâmbulo Considerando que nas últimas décadas temos vindo a assistir ao aumento dos índices de envelhecimento e de dependência das pessoas idosas entre

Leia mais

Casa Real Sefarad y Ducal de Lucena

Casa Real Sefarad y Ducal de Lucena Casa Real Sefarad y Ducal de Lucena Para: Pacto Global Nações Unidas ONU. De: Assessoria de Comunicação A Casa Real Sefarad y Ducal de Lucena ou Real Casa de Lucena realizou entre os meses de Abril de

Leia mais

Protecção Civil. Quais os objetivos e domínios da Proteção Civil? Como está organizada a nível Nacional? Como se organiza a nível Municipal?

Protecção Civil. Quais os objetivos e domínios da Proteção Civil? Como está organizada a nível Nacional? Como se organiza a nível Municipal? Professor Doutor António Duarte Amaro / 2015 Protecção Civil Actividade desenvolvida pelo Estado, Regiões Autónomas e autarquias locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e privadas com

Leia mais

IV CAER CONGRESSO DAS ACTIVIDADES EMPRESARIAIS DAS REGIÕES: 28 DE JANEIRO DE 2008

IV CAER CONGRESSO DAS ACTIVIDADES EMPRESARIAIS DAS REGIÕES: 28 DE JANEIRO DE 2008 IV CAER CONGRESSO DAS ACTIVIDADES EMPRESARIAIS DAS REGIÕES: 28 DE JANEIRO DE 2008 PAINEL: DESENVOLVIMENTO REGIONAL O PAPEL DAS AUTARQUIAS E DAS ASSOCIAÇÕES EMPRESARIAIS FOI COM MUITO PRAZER QUE ACEITEI

Leia mais

Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Parceiros CRIT

Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Parceiros CRIT Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Parceiros CRIT - 21 Totalmente Não concordo nem discordo Totalmente Não Sei/Não se Aplica/Não Respondeu Questionário de Avaliação Nº de inquéritos recebidos

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REUNIÃO FINAL DO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DO QUADRO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PARA 2012 Intervenção de Sua Excelência, Aiuba Cuereneia

Leia mais

Regulamento da Componente de Apoio à Família. Regulamento da Componente de Apoio à Família. Preâmbulo

Regulamento da Componente de Apoio à Família. Regulamento da Componente de Apoio à Família. Preâmbulo Regulamento da Componente de Apoio à Família Preâmbulo De acordo com a Lei n.º 5/97, de 10 de Fevereiro, a educação pré-escolar constitui a primeira etapa da educação básica, sendo complementar da acção

Leia mais

O Prêmio Paul Donovan Kigar foi instituído em 2004 por iniciativa de Malcolm Forest em homenagem a seu pai, o benemérito Paul Donovan Kigar.

O Prêmio Paul Donovan Kigar foi instituído em 2004 por iniciativa de Malcolm Forest em homenagem a seu pai, o benemérito Paul Donovan Kigar. O Prêmio Paul Donovan Kigar foi instituído em 2004 por iniciativa de Malcolm Forest em homenagem a seu pai, o benemérito Paul Donovan Kigar. Prêmio Paul Donovan Kigar É uma homenagem de honra ao mérito,

Leia mais

É com emoção e humildade que saúdo todos os presentes. Obrigado pela Vossa presença que muito honra o nosso Agrupamento de Escolas.

É com emoção e humildade que saúdo todos os presentes. Obrigado pela Vossa presença que muito honra o nosso Agrupamento de Escolas. Discurso proferido pelo Diretor do Agrupamento Cerimónia de Tomada de Posse 10 de dezembro de 2015 Excelentíssima Senhora Vice-Presidente do Município de Vila Real de Santo António Excelentíssima Senhora

Leia mais

Exmo. Sr. Ministro da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento, Uma primeira palavra de boas-vindas à Universidade de Aveiro, e de

Exmo. Sr. Ministro da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento, Uma primeira palavra de boas-vindas à Universidade de Aveiro, e de Exmo. Sr. Ministro da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento, Exmo. Sr. Secretário de Estado da Energia e da Inovação, Exmo. Sr. Director Geral da Agência para a Energia, Caros membros da Comunidade

Leia mais

Discurso de Nuno Lopes Presidente da Direção-Geral da Associação Académica da Universidade do Algarve.

Discurso de Nuno Lopes Presidente da Direção-Geral da Associação Académica da Universidade do Algarve. Discurso de Nuno Lopes Presidente da Direção-Geral da Associação Académica da Universidade do Algarve. Magnífico Reitor Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Faro Exmo. Senhor Presidente do Conselho

Leia mais

Discurso do Presidente do Conselho Diretivo da ARS-Norte Visita às USF Aldoar e Lordelo do Ouro ACES Porto Ocidental

Discurso do Presidente do Conselho Diretivo da ARS-Norte Visita às USF Aldoar e Lordelo do Ouro ACES Porto Ocidental Discurso do Presidente do Conselho Diretivo da ARS-Norte Visita às USF Aldoar e Lordelo do Ouro ACES Porto Ocidental Porto, 29 de setembro de 2015 Exmºs Senhores Ministro da Saúde Caros Colegas do Conselho

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA 1 NOTA JUSTIFICATIVA Desde a entrada em vigor do Decreto-lei nº299/84 de 5 de Setembro na sua actual redação que as autarquias assumiram um conjunto de competências em matéria de organização, financiamento

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO ESCOLA DE MUSICA

REGULAMENTO INTERNO ESCOLA DE MUSICA REGULAMENTO INTERNO DA ESCOLA DE MUSICA Artigo 1º Objecto A Associação Cultural Musimax é uma Escola do Ensino Artístico Especializado em Música, e tem como principal objecto o ensino da música. Artigo

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALJEZUR Relação de subvenções e Benefícios Públicos Ano 2015

MUNICÍPIO DE ALJEZUR Relação de subvenções e Benefícios Públicos Ano 2015 (503661821) Suportar os encargos com a funcionária. (503661822) Projeto de valorização do sítio da Barrada. (503661823) Aquisição de material de limpesa e manutenção do espólio de arqueologia. Deliberação:

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GUADALUPE OPÇÕES DO PLANO ACTIVIDADES PARA ANO 2011

JUNTA DE FREGUESIA DE GUADALUPE OPÇÕES DO PLANO ACTIVIDADES PARA ANO 2011 JUNTA DE FREGUESIA DE GUADALUPE OPÇÕES DO PLANO E ACTIVIDADES PARA ANO 2011 Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Srª. Guadalupe Tel. 266 781 165 Tel. 266 747 916 Fax : 266 747 917 Email: jfguadalupe@mail.evora.net

Leia mais

Ao iniciar funções como presidente da UGT, e ao saudar nesta circunstância,

Ao iniciar funções como presidente da UGT, e ao saudar nesta circunstância, Caras e Caros Convidados Caras e Caros Delegados Amigas e Amigos, Ao iniciar funções como presidente da UGT, e ao saudar nesta circunstância, calorosa e fraternalmente, o IX Congresso da UGT, cumpre-me

Leia mais