Lista de Exercícios 03 Algoritmos Repetição

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista de Exercícios 03 Algoritmos Repetição"

Transcrição

1 Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti Monitor: João Felipe Kudo Lista de Exercícios 03 Algoritmos Repetição Estrutura de Repetição (para... de... até... passo... faça:... -para) 5) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números inteiros de 200 a 100 (em ordem decrescente). inteiro: C; para C de 200 até 100 passo -1 faça: imprima(c); -para program l3p005; C: integer; for C := 200 downto 100 do writeln(c);. for C = 200 : -1 : 100 disp(c); 10) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números ímpares do intervalo fechado de 1 a 100. inteiro: C; para C de 1 até 100 faça: imprima(c); -para program l3p010; C: integer; for C := 1 to 100 do if ( C mod 2 = 1) then writeln(c);. for C = 1 : 100 if ( mod( C, 2 ) == 1 ) disp(c); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 1

2 15) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que receba oito números do usuário e imprima o logaritmo de cada um deles na base 10. inteiro: C; real: VALOR, LOG; para C de 1 até 8 faça: leia(valor); se ( VALOR > 0 ) então LOG <- log(valor) / log(10); imprima(log); imprima("não é possível calcular o log na base dez! Número negativo!"); -para program l3p015; C: integer; VALOR, LOG: real; for C := 1 to 8 do write('digite um valor: '); readln(valor); if ( VALOR > 0 ) then LOG := Ln(VALOR) / Ln(10); writeln(log:3:2); writeln('nao eh possivel calcular o log na base dez! Numero negativo!'); ;. for C = 1 : 8 VALOR = input('digite um valor: '); if ( VALOR > 0 ) LOG = log(valor) / log(10); disp(log); disp('nao eh possivel calcular o log na base dez! Numero negativo!'); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 2

3 20) Criar um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números de 1 até 100, inclusive, e a média de todos eles. inteiro: C; real: VALOR, LG; para C de 1 até 8 faça: leia(valor); se ( VALOR > 0 ) então LG <- log(valor) / log(10); imprima(lg); imprima("não é possível calcular o log na base dez! Número negativo!"); -para program l3p020; C : integer; SOMA,MEDIA: real; SOMA := 0; for C := 1 to 100 do writeln(c); SOMA := SOMA + C; ; MEDIA := SOMA / 100; writeln('o valor da media da soma dos cubos eh: ',MEDIA:3:2);. SOMA = 0; for C=1:100 disp(c); SOMA = SOMA + C; MEDIA = SOMA / 100; fprintf(1,'o valor da media da soma dos cubos eh: %f\n',media); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 3

4 25) Criar um algoritmo em PORTUGOL que leia dez números inteiros e imprima o maior e o segundo maior número da lista. inteiro: C,VALOR,M1,M2; { M1 é o primeiro maior, e M2 é o segundo maior } leia(valor); M1 <- VALOR; para C de 2 até 10 faça: leia(valor); se ( VALOR > M1 ) então M2 <- M1; M1 <- VALOR; se ( VALOR > M2 ) ou ( C = 2 ) então M2 <- VALOR; -para imprima("o primeiro maior é: ",M1); imprima("o segundo maior é: ",M2); program l3p025; C,VALOR,M1,M2: integer; { M1 eh o primeiro maior, e M2 eh o segundo maior } write('digite um valor: '); readln(valor); M1 := VALOR; for C := 2 to 10 do write('digite um valor: '); readln(valor); if ( VALOR > M1 ) then M2 := M1; M1 := VALOR; if ( VALOR > M2 ) or ( C = 2 ) then M2 := VALOR; ; writeln('o primeiro maior eh: ',M1); writeln('o segundo maior eh: ',M2);. % M1 eh o primeiro maior, e M2 eh o segundo maior } VALOR = input('digite um valor: '); M1 = VALOR; for C = 2 : 10 VALOR = input('digite um valor: '); if ( VALOR > M1 ) M2 = M1; M1 = VALOR; if ( VALOR > M2 ) ( C == 2 ) M2 = VALOR; fprintf(1,'o primeiro maior eh: %d\n',m1); fprintf(1,'o segundo maior eh: %d\n',m2); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 4

5 30) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que leia 20 números e imprima a soma dos positivos e o total de números negativos. inteiro: C, NNEG; real: VALOR, SOMAP; SOMAP <- 0; NNEG <- 0; para C de 1 até 20 faça: leia(valor); se ( VALOR > 0 ) então SOMAP <- SOMAP + VALOR; { número positivo } NNEG <- NNEG + 1; { número negativo } -para imprima("a soma dos número positivos digitados é: ",SOMAP); imprima("a quantidade de números negativos digitados é: ",NNEG); program l3p030; C, NNEG: integer; VALOR, SOMAP: real; SOMAP := 0; NNEG := 0; for C := 1 to 20 do write('digite um numero: '); readln(valor); if ( VALOR > 0 ) then SOMAP := SOMAP + VALOR { numero positivo } NNEG := NNEG + 1; { numero negativo } ; writeln('a soma dos numero positivos digitados eh: ',SOMAP:3:2); writeln('a quantidade de numeros negativos digitados eh: ',NNEG);. SOMAP = 0; NNEG = 0; for C = 1 : 20 VALOR = input('digite um numero: '); if ( VALOR > 0 ) SOMAP = SOMAP + VALOR; % numero positivo NNEG = NNEG + 1; % numero negativo fprintf(1,'a soma dos numero positivos digitados eh: %f\n',somap); fprintf(1,'a quantidade de numeros negativos digitados eh: %d\n',nneg); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 5

6 35) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que determine se dois valores inteiros e positivos A e B são primos entre si. (dois números inteiros são ditos primos entre si, caso não exista divisor comum aos dois números). inteiro: A, B, C; lógico: SIT; SIT <- verdadeiro; leia(a,b); C <- 2; enquanto ( SIT ) e ( C <= A ) e ( C <= B ) faça: se (A mod C = 0) e (B mod C = 0) então SIT <- falso; C <- C + 1; -enquanto se ( SIT ) então imprima("a e B são primos entre si "); imprima("a e B não são primos entre si"); program l3p035; A, B, C: integer; SIT: boolean; SIT := true; write('entre com valor de A: '); readln(a); write('entre com valor de B: '); readln(b); C := 2; while ( SIT ) and ( C <= A ) and ( C <= B ) do if (A mod C = 0) and (B mod C = 0) then SIT := false; C := C + 1; ; if ( SIT ) then writeln('a e B sao primos entre si ') writeln('a e B nao sao primos entre si');. SIT = 1; % true A = input('entre com valor de A: '); B = input('entre com valor de B: '); C = 2; while ( SIT ) & ( C <= A ) & ( C <= B ) if ( mod(a,c) == 0 ) & (mod(b,c) == 0) SIT = 0; % false C = C + 1; if ( SIT ) disp('a e B sao primos entre si '); disp('a e B nao sao primos entre si'); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 6

7 40) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que calcule o m.d.c. (máximo divisor comum) entre A e B (número inteiros e positivos). Esses dois valores são passados pelo usuário através do teclado. inteiro: A, B, C, MDC; leia(a,b); C <- 1; enquanto ( C <= A ) e ( C <= B ) faça: se (A mod C = 0) e (B mod C = 0) então MDC <- C; -para C <- C + 1; -para imprima("o m.d.c. de A e B (m.d.c.(a,b)) é: ",MDC); program l3p040; A, B, C, MDC: integer; write('digite um numero: '); readln(a); write('digite outro numero: '); readln(b); C := 1; while ( C <= A ) and ( C <= B ) do if (A mod C = 0) and (B mod C = 0) then MDC := C; C := C + 1; ; writeln('o m.d.c. de A e B (m.d.c.(a,b)) eh: ',MDC);. A = input('digite um numero: '); B = input('digite outro numero: '); C = 1; while ( C <= A ) & ( C <= B ) if ( mod(a,c) == 0 ) & ( mod(b,c) == 0 ) MDC = C; C = C + 1; fprintf(1,'o m.d.c. de A e B (m.d.c.(a,b)) eh: %d\n',mdc); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 7

8 45) Seja a seguinte série: 1, 4, 4, 2, 5, 5, 3, 6, 6, 4, 7, 7,... Escreva um algoritmo em PORTUGOL que seja capaz de gerar os N termos dessa série. Esse número N deve ser lido do teclado. inteiro: N, C; leia(n); para C de 1 até N faça: se ( C mod 3 = 1 ) então imprima( ( C div 3 ) + 1 ); { 1º, 4º, 7º,... } se ( C mod 3 = 2 ) então imprima( ( C div 3 ) + 4 ); { 2º, 5º, 8º,... } imprima( ( C div 3 ) + 3 ); { 3º, 6º, 9º,... } -para program l3p045; N, C: integer; write('digite o numero de termos: '); read(n); for C := 1 to N do if ( C mod 3 = 1 ) then writeln( ( C div 3 ) + 1 ) { 1o, 4o, 7o,... } if ( C mod 3 = 2 ) then writeln( ( C div 3 ) + 4 ) { 2o, 5o, 8o,... } writeln( ( C div 3 ) + 3 ); { 3o, 6o, 9o,... } ;. N = input('digite o numero de termos: '); for C = 1 : N if ( mod(c,3) == 1 ) fprintf(1,'%d\n', floor( C / 3 ) + 1 ) % 1o, 4o, 7o,... if ( mod(c,3) == 2 ) fprintf(1,'%d\n', floor( C / 3 ) + 4 ); % 2o, 5o, 8o,... fprintf(1,'%d\n', floor( C / 3 ) + 3 ); % 3o, 6o, 9o,... UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 8

9 50) Faça um algoritmo que: - leia um número real X do teclado; - determine e imprima o seguinte somatório: S = X X 1! + X 2! X + 3! X +L 4! usando os 20 primeiros termos da série. inteiro: I, J, FAT; real: X, S; leia(x); S <- 0; para I de 1 até 20 faça: FAT <- 1; para J de 2 até I-1 faça: FAT <- FAT * J; -para se ( I mod 2 = 0 ) S <- S - X / FAT; { termo par } S <- S + X / FAT; { termo ímpar } -para imprima("s = ",S); program l3p050; I, J: integer; X, FAT, S: real; write('digite X: '); readln(x); S := 0; for I := 1 to 20 do FAT := 1; for J := 2 to I-1 do FAT := FAT * J; if ( I mod 2 = 0 ) then S := S - X / FAT { termo par } S := S + X / FAT; { termo impar } ; writeln('s = ',S:5:4);. X = input('digite X: '); S = 0; for I = 1 : 20 FAT = 1; for J = 2 : I - 1 FAT = FAT * J; if ( mod(i,2) == 0 ) S = S - X / FAT; % termo par S = S + X / FAT; % termo impar fprintf(1,'s = %f\n',s); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 9

10 55) Criar um algoritmo que leia o valor de N, imprima a seqüência a seguir e o resultado. N! / 0! (N-1)! / 2! + (N-2)! / 4! (N-3)! / 6! ! / (2N)! inteiro: I, J, N, FATN, FATD; real: SOMA, R; leia(n); SOMA <- 0; para I de 0 até N faça: FATN <- 1; para J de 2 até N I faça: FATN <- FATN * J; -para FATD <- 1; para J de 2 até 2*I * 2*I faça: FATD <- FATD * J; -para R <- FATN / (FATD ** 2); imprima(r); SOMA <- SOMA + R; -para imprima("soma = ",SOMA); program l3p055; I, J, N: integer; SOMA, R, FATN, FATD: real; write('entre com o valor de N: '); read(n); SOMA := 0; for I := 0 to N do FATN := 1; for J := 2 to N - I do FATN := FATN * J; FATD := 1; for J := 2 to (2 * I) do FATD := FATD * J; R := FATN / (FATD * FATD); writeln(i+1,'o. Termo = ',R:17:16); SOMA := SOMA + R; ; writeln('soma = ',SOMA:17:16);. N = input('entre com o valor de N: '); SOMA = 0; for I = 0 : N FATN = 1; for J = 2 : N - I FATN = FATN * J; FATD = 1; for J = 2 : (2 * I) FATD = FATD * J; R = FATN / (FATD * FATD); fprintf(1,'%do. Termo = %f\n',i+1,r); SOMA = SOMA + R; fprintf(1,'soma = %f\n',soma); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 10

11 60) Calcule o imposto de ra de um grupo de 10 contribuintes, considerando que os dados de cada contribuinte, número do CPF, número de depentes e ra mensal são valores fornecidos pelo usuário. Para cada contribuinte será feito um desconto de 5% do salário mínimo por depente. Os valores da alíquota para cálculo do imposto são: Ra Líquida Até 2 salários mínimos Alíquota Isento 2 a 3 salários mínimos 5% 3 a 5 salários mínimos 10% 5 a 7 salários mínimos 15% Acima de 7 salários mínimos 20% Observe que deve ser fornecido o valor atual do salário mínimo para que o algoritmo calcule os valores corretamente. inteiro: C,CPF,NDEP; real: RENDA,SALMIN,IMP,NSALMIN; leia(salmin); para C de 1 até 10 faça: leia(cpf); leia(ndep); leia(renda); NSALMIN <- RENDA / SALMIN; se ( NSALMIN < 2 ) então IMP <- 0; se ( NSALMIN < 3 ) então IMP <- RENDA*5/100; se ( NSALMIN < 5 ) então IMP <- RENDA*10/100; se ( NSALMIN < 7 ) então IMP <- RENDA*15/100; IMP <- RENDA*20/100; IMP <- IMP + NDEP * (SALMIN*5/100); se ( IMP > 0 ) então imprima("imposto a ser pago: ",IMP); imprima("imposto a ser restituído: ",-IMP); -para UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 11

12

13 65) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que receba números e imprima o quadrado de cada número até entrar um número múltiplo de 6 que deverá ter seu quadrado também impresso. inteiro: N; N <- 1; { N deve ser inicializado com qualquer valor que não seja multiplo de 6 } enquanto ( N mod 6 <> 0 ) faça: leia(n); imprima(n**2); -enquanto program l3p065; N: integer; N := 1; { N deve ser inicializado com qualquer valor que não seja multiplo de 6 } while ( N mod 6 <> 0 ) do write('digite um numero: '); readln(n); writeln(n*n); ;. N = 1; % N deve ser inicializado com qualquer valor que não seja multiplo de 6 while ( mod(n,6) ~= 0 ) N = input('digite um numero: '); disp(n*n); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 13

14 70) Construa um algoritmo em PORTUGOL para encontrar o maior e o menor número de uma série de números positivos fornecidos pelo usuário através do teclado. Novamente, o dado finalizador é o número 1, e este não deve ser considerado. inteiro: VALOR, MENOR, MAIOR; leia(valor); MENOR <- VALOR; MAIOR <- VALOR enquanto ( VALOR <> -1 ) faça: leia(valor); se ( VALOR > 0 ) então se ( VALOR < MENOR ) então MENOR <- VALOR; se ( VALOR > MAIOR ) então MAIOR <- VALOR; -enquanto imprima("o menor valor digitado é: ",MENOR); imprima("o maior valor digitado é: ",MAIOR); program l3p070; VALOR, MENOR, MAIOR: integer; write('digite um valor: '); readln(valor); MENOR := VALOR; MAIOR := VALOR; while ( VALOR <> -1 ) do write('digite um valor: '); readln(valor); if ( VALOR > 0 ) then if ( VALOR < MENOR ) then MENOR := VALOR if ( VALOR > MAIOR ) then MAIOR := VALOR; ; writeln('o menor valor digitado eh: ',MENOR); writeln('o maior valor digitado eh: ',MAIOR);. VALOR = input('digite um valor: '); MENOR = VALOR; MAIOR = VALOR; while ( VALOR ~= -1 ) VALOR = input('digite um valor: '); if ( VALOR > 0 ) if ( VALOR < MENOR ) MENOR = VALOR if ( VALOR > MAIOR ) MAIOR = VALOR; fprintf(1,'o menor valor digitado eh: %d\n',menor); fprintf(1,'o maior valor digitado eh: %d\n',maior); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 14

15 75) Considere uma linha ferroviária entre São Paulo e Curitiba. Suponha que uma locomotiva (trem) A parte de São Paulo para Curitiba com velocidade de 30 m/s enquanto que uma outra locomotiva B parte de Curitiba para São Paulo no mesmo instante com velocidade de 40 m/s. Considere a distância entre São Paulo e Curitiba de 400 Km. Escreva um algoritmo em PORTUGOL que calcule iterativamente o tempo necessário para os maquinistas pararem as locomotivas antes que uma colisão aconteça. O algoritmo deve calcular também a distância que as locomotivas devem percorrer para que a colisão aconteça. inteiro: T; real: A, B; A <- 0; B < ; T <- 0; enquanto ( A < B ) faça: A <- A + 30; B <- B - 40; T <- T + 1; { passaram-se um segundo } -enquanto imprima("são necessários ",T," segundos para a colisão"); imprima("a locomotiva A deve percorrer: ",A," metros"); imprima("enquanto que a locomotiva B deve percorrer: ", B," metros"); program l3p075; T: integer; A, B: real; A := 0; B := ; T := 0; while ( A < B ) do A := A + 30; B := B - 40; T := T + 1; { passaram-if um segundo } ; writeln('sao necessarios ',T,' segundos para a colisao'); writeln('a locomotiva A deve percorrer: ',A:1:0,' metros'); writeln('enquanto que a locomotiva B deve percorrer: ', B:1:0,' metros');. A = 0; B = ; T = 0; while ( A < B ) A = A + 30; B = B - 40; T = T + 1; % passaram-se um segundo fprintf(1,'sao necessarios %d segundos para a colisao\n',t); fprintf(1,'a locomotiva A deve percorrer: %f metros\n',a); fprintf(1,'enquanto que a locomotiva B deve percorrer: %f metros\n', b); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 15

16 80) Criar um algoritmo em PORTUGOL que leia um conjunto de informações (nome, sexo, idade, peso e altura) dos atletas que participaram de uma olimpíada, e informar: - O atleta do sexo masculino mais alto; - A atleta do sexo feminino mais pesada; - A média de idade dos atletas. Deverão ser lidos dados dos atletas até que seja digitado o para um atleta. real: PESO, ALTURA, ALTUMAS, PESOFEM, MEDIA; inteiro: IDADE, SOMA,CTMAS, CTFEM; caractere: NOME, SEXO; CTMAS <- 0; CTFEM <- 0; SOMA <- 0; leia(nome); enquanto ( NOME <- ) faça: leia(sexo,peso,altura,idade) se ( SEXO = "M" ) então CTMAS <- CTMAS + 1; se ( ALTURA > ALTUMAS ) ou ( CTMAS = 1 ) então ALTUMAS <- ALTURA; se ( SEXO = "F" ) então CTFEM <- CTFEM + 1; se ( PESO > PESOFEM ) ou ( CTFEM = 1 ) então PESOFEM <- PESO; SOMA <- SOMA + IDADE; leia(nome); -enquanto MEDIA <- SOMA / (CTMAS + CTFEM); imprima("a altura do mais alto atleta do sexo masculino é: ",ALTUMAS); imprima("o peso da atleta feminina mais pesada é: ",PESOFEM); imprima("a média de idade dos atletas é: ",MEDIA); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 16

17 program l3p080; PESO,ALTURA,ALTUMAS,PESOFEM, MEDIA: real; IDADE,SOMA,CTMAS,CTFEM: integer; SEXO, NOME: string; CTMAS := 0; CTFEM := 0; SOMA := 0; write('digite o nome: '); readln(nome); while ( NOME <> ) do write('sexo (M/F): '); readln(sexo); write('peso: '); readln(peso); write('altura: '); readln(altura); write('idade: '); readln(idade); if ( SEXO = 'M' ) or ( SEXO = 'm' ) then CTMAS := CTMAS + 1; if ( ALTURA > ALTUMAS ) or ( CTMAS = 1 ) then ALTUMAS := ALTURA; ; if ( SEXO = 'F' ) or ( SEXO = 'f' ) then CTFEM := CTFEM + 1; if ( PESO > PESOFEM ) or ( CTFEM = 1 ) then PESOFEM := PESO; ; SOMA := SOMA + IDADE; write('digite o nome: '); readln(nome); ; writeln('a altura do mais alto atleta do sexo masculino eh: ',ALTUMAS:4:2); writeln('o peso da atleta feminina mais pesada eh: ',PESOFEM:5:2); if ( CTMAS + CTFEM <> 0 ) then MEDIA := SOMA / (CTMAS + CTFEM); writeln('a media de idade dos atletas eh: ',MEDIA:3:2); writeln('nenhum atleta foi detectado!');. UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 17

18 CTMAS = 0; CTFEM = 0; SOMA = 0; ALTUMAS = 0; PESOFEM = 0; NOME = input('digite o nome: ','s'); while ( NOME ~= ) SEXO = input('sexo (M/F): ','s'); PESO = input('peso: '); ALTURA = input('altura: '); IDADE = input('idade: '); if ( SEXO == 'M' ) ( SEXO == 'm' ) CTMAS = CTMAS + 1; if ( ALTURA > ALTUMAS ) ( CTMAS == 1 ) ALTUMAS = ALTURA; if ( SEXO == 'F' ) ( SEXO == 'f' ) CTFEM = CTFEM + 1; if ( PESO > PESOFEM ) ( CTFEM == 1 ) PESOFEM = PESO; SOMA = SOMA + IDADE; NOME = input('digite o nome: ','s'); fprintf(1,'a altura do mais alto atleta do sexo masculino eh: %.2f\n',ALTUMAS); fprintf(1,'o peso da atleta feminina mais pesada eh: %.2f\n',PESOFEM); if ( CTMAS + CTFEM ~= 0 ) MEDIA = SOMA / (CTMAS + CTFEM); fprintf(1,'a media de idade dos atletas eh: %.2f\n',MEDIA); disp('nenhum atleta foi detectado!'); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 18

19 85) Criar um algoritmo em PORTUGOL que receba vários números inteiros e positivos e imprima a média dos números múltiplos de 3. A execução deve encerrar quando um número não positivo for lido. inteiro: NUM, SOMA, C; real: MEDIA; C <- 0; leia(num); enquanto ( NUM > 0 ) faça: se ( NUM mod 3 = 0) então C <- C + 1; SOMA <- SOMA + NUM; leia(num); -enquanto MEDIA <- SOMA / C; imprima("a média dos múltiplos de 3 digitados é: ",MEDIA); program l3p085; MEDIA: real; NUM, SOMA, C: integer; C := 0; write('digite um numero: '); readln(num); while ( NUM > 0 ) do if ( NUM mod 3 = 0) then C := C + 1; SOMA := SOMA + NUM; ; write('digite um numero: '); readln(num); ; MEDIA := SOMA / C; writeln('a media dos multiplos de 3 digitados eh: ',MEDIA:5:4);. C = 0; NUM = input('digite um numero: '); while ( NUM > 0 ) if ( mod(num,3) == 0 ) C = C + 1; SOMA = SOMA + NUM; NUM = input('digite um numero: '); MEDIA = SOMA / C; fprintf(1,'a media dos multiplos de 3 digitados eh: %.4f\n',MEDIA); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 19

20 90) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que receba vários números e verifique se eles são ou não quadrados perfeitos. O algoritmo termina a execução quando for digitado um número menor ou igual a 0. (Um número é quadrado perfeito quando tem um número inteiro como raiz quadrada.) inteiro: NUM, C; leia(num); enquanto ( NUM > 0 ) faça: C <- 1; enquanto ( C * C <= NUM ) faça: se ( C * C = NUM ) então imprima("o número digitado é quadrado perfeito!"); C <- C + 1; -para leia(num); -enquanto program l3p090; NUM, C: integer; write('digite um numero: '); readln(num); while ( NUM > 0 ) do C := 1; while ( C * C <= NUM ) do if ( C * C = NUM ) then writeln('o numero digitado eh quadrado perfeito!'); C := C + 1; ; write('digite um numero: '); readln(num); ;. NUM = input('digite um numero: '); while ( NUM > 0 ) C = 1 ; while ( C * C <= NUM ) if ( C * C == NUM ) disp('o numero digitado eh quadrado perfeito!'); C = C + 1; NUM = input('digite um numero: '); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 20

21 95) Em uma eleição presidencial, existem quatro candidatos. Os votos são informados através de código. Os dados utilizados para a escrutinagem obedecem à seguinte codificação: - 1, 2, 3 e 4 = voto para os respectivos candidatos; - 5 voto nulo; - 6 voto em branco; inteiro: VOTO,NTOT,NCAND1,NCAND2,NCAND3,NCAND4,NBRANCO,NNULO; real: PERC; NTOT <- 0; NCAND1 <- 0; NCAND2 <- 0; NCAND3 <- 0; NCAND4 <- 0; NBRANCO <- 0; NNULO <- 0; leia(voto); enquanto ( VOTO >= 1 ) faça: NTOT <- NTOT + 1; se (VOTO = 1) então NCAND1 <- NCAND1 + 1; se (VOTO = 2) então NCAND2 <- NCAND2 + 1; se (VOTO = 3) então NCAND3 <- NCAND3 + 1; se (VOTO = 4) então NCAND4 <- NCAND4 + 1; se (VOTO = 5) então NNULO <- NNULO + 1; se (VOTO = 6) então NBRANCO <- NBRANCO + 1; NNULO <- NNULO + 1; {voto inválido} leia(voto); -para imprima("o total de votos para o candidato 1 é: ",NCAND1); imprima("o total de votos para o candidato 2 é: ",NCAND2); imprima("o total de votos para o candidato 3 é: ",NCAND3); imprima("o total de votos para o candidato 4 é: ",NCAND4); imprima("número de votos em branco: ",NBRANCO); imprima("número de votos nulos: ",NNULO); PERC <- (NBRANCO + NNULO) / NTOT; imprima("percentual de votos branco e nulos sobre o total é: ",PERC); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 21

22 program l3p095; VOTO,NTOT,NCAND1,NCAND2,NCAND3,NCAND4,NBRANCO,NNULO: integer; PERC: real; NTOT := 0; NCAND1 := 0; NCAND2 := 0; NCAND3 := 0; NCAND4 := 0; NBRANCO := 0; NNULO := 0; write('voto: '); readln(voto); while ( VOTO >= 1 ) do NTOT := NTOT + 1; if (VOTO = 1) then NCAND1 := NCAND1 + 1 if (VOTO = 2) then NCAND2 := NCAND2 + 1 if (VOTO = 3) then NCAND3 := NCAND3 + 1 if (VOTO = 4) then NCAND4 := NCAND4 + 1 if (VOTO = 5) then NNULO := NNULO + 1 if (VOTO = 6) then NBRANCO := NBRANCO + 1 NNULO := NNULO + 1; {voto inválido} write('voto: '); readln(voto); ; writeln('o total de votos para o candidato 1 eh: ',NCAND1); writeln('o total de votos para o candidato 2 eh: ',NCAND2); writeln('o total de votos para o candidato 3 eh: ',NCAND3); writeln('o total de votos para o candidato 4 eh: ',NCAND4); writeln('numero de votos em branco: ',NBRANCO); writeln('numero de votos nulos: ',NNULO); PERC := 100 * (NBRANCO + NNULO) / NTOT; writeln('percentual de votos branco e nulos sobre o total eh: ',PERC:6:2);. UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 22

23 NTOT = 0; NCAND1 = 0; NCAND2 = 0; NCAND3 = 0; NCAND4 = 0; NBRANCO = 0; NNULO = 0; VOTO = input('voto: '); while ( VOTO >= 1 ) NTOT = NTOT + 1; if (VOTO == 1) NCAND1 = NCAND1 + 1; if (VOTO == 2) NCAND2 = NCAND2 + 1; if (VOTO == 3) NCAND3 = NCAND3 + 1; if (VOTO == 4) NCAND4 = NCAND4 + 1; if (VOTO == 5) NNULO = NNULO + 1; if (VOTO == 6) NBRANCO = NBRANCO + 1; NNULO = NNULO + 1; % voto inválido VOTO = input('voto: '); fprintf(1,'o total de votos para o candidato 1 é: %d\n',ncand1); fprintf(1,'o total de votos para o candidato 2 é: %d\n',ncand2); fprintf(1,'o total de votos para o candidato 3 é: %d\n',ncand3); fprintf(1,'o total de votos para o candidato 4 é: %d\n',ncand4); fprintf(1,'número de votos em branco: %d\n',nbranco); fprintf(1,'número de votos nulos: %d\n',nnulo); PERC = 100 * (NBRANCO + NNULO) / NTOT; fprintf(1,'percentual de votos branco e nulos sobre o total é: %.2f\n',PERC); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 23

24 100) Uma fábrica produz e ve vários produtos e para cada um deles tem-se o nome, quantidade produzida e quantidade vida. Criar um algoritmo em PORTUGOL que imprima: - Para cada produto, nome, quantidade no estoque e uma mensagem se o produto tiver menos de 50 itens no estoque; - Nome e quantidade do produto com maior estoque; inteiro: QTDPROD,QTDVEND,ESTOQUE,ESTOQUEMAIOR; caractere: NOME,NOMEMAIOR; ESTOQUEMAIOR <- 0; leia(nome); enquanto ( NOME <> ) faça: leia(qtdprod,qtdvend); ESTOQUE <- QTDPROD QTDVEND; imprima("nome: ",NOME); imprima("estoque: ",ESTOQUE); se ( ESTOQUE < 50 ) então imprima("estoque em baixa"); se (ESTOQUE > ESTOQUEMAIOR ) então ESTOQUEMAIOR <- ESTOQUE; NOMEMAIOR <- NOME; leia(nome); -enquanto imprima("produto: ",NOMEMAIOR," com maior estoque: ",ESTOQUEMAIOR); program l3p100; QTDPROD,QTDVEND,ESTOQUE,ESTOQUEMAIOR: integer; NOME,NOMEMAIOR: string; ESTOQUEMAIOR := 0; write('nome: '); readln(nome); while ( NOME <> ) do write('quantidade Produzida: '); readln(qtdprod); write('quantidade Vida: '); readln(qtdvend); ESTOQUE := QTDPROD - QTDVEND; writeln('nome: ',NOME); writeln('estoque: ',ESTOQUE); if ( ESTOQUE < 50 ) then writeln('estoque em baixa'); if (ESTOQUE > ESTOQUEMAIOR ) then ESTOQUEMAIOR := ESTOQUE; NOMEMAIOR := NOME; ; write('nome: '); readln(nome); ; writeln('produto: ',NOMEMAIOR,' com maior estoque: ',ESTOQUEMAIOR);. UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 24

25 ESTOQUEMAIOR = 0; NOME = input('nome: ','s'); while ( NOME ~= ) QTDPROD = input('quantidade Produzida: '); QTDVEND = input('quantidade Vida: '); ESTOQUE = QTDPROD - QTDVEND; fprintf(1,'nome: %s\n',nome); fprintf(1,'estoque: %d\n',estoque); if ( ESTOQUE < 50 ) disp('estoque em baixa'); if (ESTOQUE > ESTOQUEMAIOR ) ESTOQUEMAIOR = ESTOQUE; NOMEMAIOR = NOME; NOME = input('nome: ','s'); fprintf(1,'produto: %s com maior estoque: %d\n',nomemaior,estoquemaior); UFMG ICEx DCC Programação de Computadores 1º. Sem 2005 David Menoti 25

Lista de Exercícios 04a Repetição. 5) Escreva um programa que imprima todos os números inteiros de 200 a 100 (em ordem decrescente).

Lista de Exercícios 04a Repetição. 5) Escreva um programa que imprima todos os números inteiros de 200 a 100 (em ordem decrescente). Lista de Exercícios 04a Repetição 5) Escreva um programa que imprima todos os números inteiros de 200 a 100 (em ordem decrescente). for C = 200 : -1 : 100 10) Escreva um programa que imprima todos os números

Leia mais

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição 5) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números inteiros de 200 a 100 (em ordem decrescente). algoritmo L3P005; inteiro: C; para C de 200 até

Leia mais

Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição

Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição

Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição (enquanto... faça:... fim-enquanto) (faça:... enquanto) 61) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que receba números do usuário e imprima o triplo de cada número.

Leia mais

Lista de Exercícios 03b Repetição. 63) Escreva um programa que receba números do usuário enquanto eles forem positivos e

Lista de Exercícios 03b Repetição. 63) Escreva um programa que receba números do usuário enquanto eles forem positivos e Lista de Exercícios 03b Repetição 61) Escreva um programa que receba números do usuário e imprima o triplo de cada número. O programa deve encerrar quando o número 999 for digitado. 62) Escreva um programa

Leia mais

Lista de Exercícios 03 Algoritmos e Scilab Estrutura de Repetição 1) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos os números inteiros de 0 a 50.

Lista de Exercícios 03 Algoritmos e Scilab Estrutura de Repetição 1) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. Lista de Exercícios 03 Algoritmos e Scilab Estrutura de Repetição 1) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. 2) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos

Leia mais

Lista de Exercícios 03 Algoritmos e Scilab Estrutura de Repetição 1) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos os números inteiros de 0 a 50.

Lista de Exercícios 03 Algoritmos e Scilab Estrutura de Repetição 1) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. Lista de Exercícios 03 Algoritmos e Scilab Estrutura de Repetição 1) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. 2) Escreva um algoritmo em Scilab que imprima todos

Leia mais

Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição

Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição Lista de Exercícios 03b Algoritmos Repetição 65) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que receba números e imprima o quadrado de cada número até entrar um número múltiplo de 6 que deverá ter seu quadrado também

Leia mais

Lista de Exercícios 01 Algoritmos Seqüência Simples

Lista de Exercícios 01 Algoritmos Seqüência Simples Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Departamento de Computação DECOM

Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Departamento de Computação DECOM Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. algoritmo L3P001; inteiro: C; para C de 0 até 50 faça imprima(c); program

Leia mais

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que leia um número e o imprima caso ele seja maior que 20. algoritmo L2P01; real: NUM; leia(num); se ( NUM >

Leia mais

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição. 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números inteiros de 0 a 50.

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição. 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Lista de Exercícios Algoritmos Vetores

Lista de Exercícios Algoritmos Vetores Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

2ª Lista de Exercícios

2ª Lista de Exercícios Faculdade Novo Milênio Engenharia da Computação Engenharia de Telecomunicações Processamento de Dados 2006/1 2ª Lista de Exercícios Obs.: Os programas devem ser implementados em C++. 1. Escrever um algoritmo

Leia mais

Estrutura de Repetição Simples

Estrutura de Repetição Simples Instituto de Ciências Eatas e Biológicas ICEB Lista de Eercícios Básicos sobre Laço Estrutura de Repetição Simples Eercício 01 Escreva um programa que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. A seguir,

Leia mais

Lista de Exercícios 06 Modularização (Procedimentos e Funções)

Lista de Exercícios 06 Modularização (Procedimentos e Funções) Lista de Exercícios 06 Modularização (Procedimentos e Funções) Procedimentos: Passagem de parâmetros. 1) Escreva um procedimento que receba um número inteiro e imprima o mês correspondente ao número. Por

Leia mais

Programas C com Repetição

Programas C com Repetição Programas C com Repetição 1. Escrever um programa C que lê 5 valores para a, um de cada vez, e conta quantos destes valores são negativos, escrevendo esta informação. 2. Escrever um programa C que lê um

Leia mais

Python Condicionais e Loops. Introdução à Programação SI1

Python Condicionais e Loops. Introdução à Programação SI1 Python Condicionais e Loops Introdução à Programação SI1 Conteúdo Comando de Decisão Comandos de Repetição Exercícios 13/06/2013 2 Condicional Controle de fluxo É muito comum em um programa que certos

Leia mais

Aluno: No. 3ª. Avaliação 25 pontos

Aluno: No. 3ª. Avaliação 25 pontos Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Data: 22/06/2005 Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe

Leia mais

1. Estrutura de seleção. Seleção: algumas etapas (passos) do algoritmo são executadas dependendo do resultado de uma condição

1. Estrutura de seleção. Seleção: algumas etapas (passos) do algoritmo são executadas dependendo do resultado de uma condição 1 Estrutura de seleção Seleção: algumas etapas (passos) do algoritmo são executadas dependendo do resultado de uma condição - Necessário quando mais de uma ação deve ser tomada se uma condição for satisfeita

Leia mais

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição. 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números inteiros de 0 a 50.

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição. 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Eatas - ICE Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Lista de Exercícios 05 Estruturas de Dados Homogêneas - Matrizes

Lista de Exercícios 05 Estruturas de Dados Homogêneas - Matrizes Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

I Lista de Exercícios

I Lista de Exercícios MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA I Lista de Exercícios 1. Faça um algoritmo que receba o salário-base de

Leia mais

Notas de Aula de Algoritmos e Programação de Computadores

Notas de Aula de Algoritmos e Programação de Computadores Notas de Aula de Algoritmos e Programação de Computadores FLÁVIO KEIDI MIYAZAWA com a colaboração de TOMASZ KOWALTOWSKI Instituto de Computação - UNICAMP Versão 2000.1 Estas notas de aula não devem ser

Leia mais

Exercícios de estrutura de Repetição

Exercícios de estrutura de Repetição Exercícios de estrutura de Repetição 1 - Crie um algoritmo que o usuário entre com vários números inteiros e positivos e imprima o produto dos números ímpares e a soma dos números pares. INTEIRO: NUM,

Leia mais

Solução da Lista de Exercícios Algoritmos - 01

Solução da Lista de Exercícios Algoritmos - 01 Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Lista de Exercícios Estrutura de Repetição

Lista de Exercícios Estrutura de Repetição Universidade Federal Fluminense Instituto de Computação Programação de Computadores III Luciana Brugiolo Gonçalves Lista de Exercícios Estrutura de Repetição E15. Desenvolva um algoritmo para exibir todos

Leia mais

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Lista de Exercícios 06 Estruturas de Dados Homogêneas - Matrizes

Lista de Exercícios 06 Estruturas de Dados Homogêneas - Matrizes Lista de Exercícios 06 Estruturas de Dados Homogêneas - Matrizes 1) Criar um programa que leia os elementos de uma matriz inteira 10 x 10 e escreva os elementos da diagonal principal. if ( I == J ) fprintf(1,'%d\t',m(i,j));

Leia mais

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição

Lista de Exercícios 03a Algoritmos Repetição Setor de Ciências Eatas / Departamento de Informática DInf Lista de Eercícios 0a lgoritmos Repetição (para... de... até... faça:... fim-para) 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que imprima todos os números

Leia mais

Introdução a Algoritmos Parte 04

Introdução a Algoritmos Parte 04 Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia de Computação Introdução a Algoritmos Parte 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

BCC201 Introdução à Programação ( ) Prof. Reinaldo Silva Fortes. Prática 03 Estrutura de Repetição

BCC201 Introdução à Programação ( ) Prof. Reinaldo Silva Fortes. Prática 03 Estrutura de Repetição Instituto de Ciências Eatas e Biológicas ICEB BCC201 Introdução à Programação (2014-02) Prof. Reinaldo Silva Fortes Prática 03 Estrutura de Repetição 1) Escreva um programa que imprima todos os números

Leia mais

1) Digitar o código-fonte no editor do compilador Turbo Pascal para windows, exatamente como apresentado a seguir:

1) Digitar o código-fonte no editor do compilador Turbo Pascal para windows, exatamente como apresentado a seguir: Introdução à Informática 1 de 6 Data: 29/05/04 1) Digitar o código-fonte no editor do compilador Turbo Pascal para windows, exatamente como apresentado a seguir: program eq2grau; uses WinCrt, Strings;

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Slides adaptados de Ana Luisa Tipos de estrutura de repetição For usada quando se sabe previamente a quan3dade de repe3ções; While repete enquanto a condição é verdadeira. Testa

Leia mais

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição. Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição. Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Estrutura de Repetição Enquanto Neste caso, uma dada tarefa será repetida enquanto uma determinada condição for

Leia mais

Exercícios de Fixação Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle

Exercícios de Fixação Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Disciplina: TCC-00.7 Prog. de Computadores III Professor: Leandro Augusto Frata Fernandes Turma: A- Data: / / Exercícios de Fixação Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle. Construa um algoritmo

Leia mais

Lista de Exercícios Algoritmos Vetores. 10) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que armazene em um vetor todos os números

Lista de Exercícios Algoritmos Vetores. 10) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que armazene em um vetor todos os números Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Eatas - ICE Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

Lista de Exercícios de Estrutura Condicional

Lista de Exercícios de Estrutura Condicional Lista de Exercícios de Estrutura Condicional 1 - Escrever um algoritmo que leia o nome e as três notas obtidas por um aluno durante o semestre. Calcular a sua média (aritmética), informar o nome e sua

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias Professor: Renato Dourado Maia Disciplina: Programação de Computadores Curso: Engenharia de Alimentos Turma: Terceiro Período 1 Introdução

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Introdução a linguagem C Estruturas de decisão

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Introdução a linguagem C Estruturas de decisão CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9 Introdução a linguagem C Estruturas de decisão Introdução à Linguagem C Linguagem compilada. Desenvolvida sobre os paradigmas de programação procedural. Uma das linguagens

Leia mais

Aula 3 Desvio Condicional

Aula 3 Desvio Condicional Aula 3 Desvio Condicional ROTEIRO DA AULA Desvio Condicional Simples Desvio Condicional Composto Desevio Condicional Aninhado Desvio Condicional em JAVA 2 DESVIO CONDICIONAL Um desvio condicional é usado

Leia mais

Lista de Exercícios 03a Repetição. 1) Escreva um programa que imprima todos os números inteiros de 0 a 50.

Lista de Exercícios 03a Repetição. 1) Escreva um programa que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. Instituto de Ciências Eatas e Biológicas ICEB Lista de Eercícios 03a Repetição 1) Escreva um programa que imprima todos os números inteiros de 0 a 50. 2) Escreva um programa que imprima todos os números

Leia mais

Aluísio Eustáquio da Silva

Aluísio Eustáquio da Silva 1 Aluísio Eustáquio da Silva SciLab Programável Material didático usado em aulas de Programação de Computadores, Algoritmos e Lógica de Programação Betim Maio de 2012 2 PROGRAMAÇÃO O SciLab permite que

Leia mais

EXERCÍCIOS. 2. Faça um algoritmo que receba dois números e ao final mostre a soma, subtração, multiplicação e a divisão dos números lidos.

EXERCÍCIOS. 2. Faça um algoritmo que receba dois números e ao final mostre a soma, subtração, multiplicação e a divisão dos números lidos. EXERCÍCIOS 1. Faça um algoritmo que receba dois números e exiba o resultado da sua soma. 2. Faça um algoritmo que receba dois números e ao final mostre a soma, subtração, multiplicação e a divisão dos

Leia mais

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação A representação de algoritmos em uma pseudo-linguagem mais próxima às pessoas é bastante útil principalmente quando o problema a ser tratado envolve

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 7

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 7 CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 7 Revisão para prova: Comandos de Entrada e Saída Estruturas de Decisão (Se, caso (escolha)) Laços de Repetição (Enquanto, Repita, Para) Relembrando Trabalho 1 Prazo de

Leia mais

Variáveis Compostas Heterogêneas. Variável Composta Heterogênea. Variável Composta Heterogênea

Variáveis Compostas Heterogêneas. Variável Composta Heterogênea. Variável Composta Heterogênea Variáveis Compostas Heterogêneas Variável Composta Heterogênea Conjunto de dados logicamente relacionados, mas de tipos diferentes. Também chamada de registro. Variável Composta Heterogênea 1 Declaração

Leia mais

Tubarão / Santa Catarina / BRAZIL E-Mail : osmarjr@unisul.rct-sc.br http://tec1.unisul.rct-sc.br/osmarjr/

Tubarão / Santa Catarina / BRAZIL E-Mail : osmarjr@unisul.rct-sc.br http://tec1.unisul.rct-sc.br/osmarjr/ Tubarão / Santa Catarina / BRAZIL E-Mail : osmarjr@unisul.rct-sc.br http://tec1.unisul.rct-sc.br/osmarjr/ Índice 1. Algoritmos 3 2. Fases de um Algoritmos 4 3. Estrutura de Algoritmos 5 4. Variáveis 6

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estruturas de Repetição

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estruturas de Repetição UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estruturas de Repetição 1 ª Faça um algoritmo que imprima todos os números pares no intervalo de 1 a 10. C: INTEIRO; PARA C = 1 ATÉ 10 PASSO 1

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS: 3ª Unidade. Registros e Arquivos

LISTA DE EXERCÍCIOS: 3ª Unidade. Registros e Arquivos LISTA DE EXERCÍCIOS: 3ª Unidade Registros e Arquivos 1) Faça um programa que leia os dados de 10 funcionários de uma empresa usando um registro do tipo funcionário, e após a sua leitura, imprima na tela.

Leia mais

Lógica de programação

Lógica de programação TECNOBYTE INFORMÁTICA Lógica de programação Usando as linguagens Pascal e C Daniel P. Guimarães Ji-Paraná Rondônia, maio de 2014 Sumário Introdução... 2 Linguagem de programação... 2 Código-fonte... 2

Leia mais

VisuALG Estruturas de Repetição. Professores: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.

VisuALG Estruturas de Repetição. Professores: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu. VisuALG Estruturas de Repetição Professores: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.br O Problema. Estruturas de Repetição: Introdução; Repita ate; Exemplo;

Leia mais

PROGRAMAÇÃO II 4. ÁRVORE

PROGRAMAÇÃO II 4. ÁRVORE 4. ÁRVORE PROGRAMAÇÃO II Prof. Jean Eduardo Glazar Uma árvore impõe uma estrutura hierárquica em uma coleção de itens. Um exemplo familiar é a árvore genealógica. Árvores despontam de forma natural em

Leia mais

Exercícios de Java Aula 13

Exercícios de Java Aula 13 Exercícios de Java Aula 13 Link do curso: http://www.loiane.com/2013/10/curso-java-basico-java-se-gratuito/ 1. Faça um Programa que mostre a mensagem "Alo mundo" na tela. 2. Faça um Programa que peça um

Leia mais

EXERCÍCIOS e Respostas da disciplina de PROGRAMAÇÃO I - Linguagem Pascal -

EXERCÍCIOS e Respostas da disciplina de PROGRAMAÇÃO I - Linguagem Pascal - FIT Faculdade de Informática de Taquara Curso de Sistemas de Informação EXERCÍCIOS e Respostas da disciplina de PROGRAMAÇÃO I - Linguagem Pascal - Profa. Flávia Pereira de Carvalho Agosto de 2006 Sumário

Leia mais

Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota

Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota 1) Indique Verdadeiro ou Falso a) Uma variável é uma posição na memória do computador que pode receber diversos valores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UFRPE

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UFRPE Seção 1: Algoritmos Seqüências 1. Qual o valor das variáveis x, y, z e k após a execução do seguinte trecho de código? int x, y; int a = 14, b = 3; float z, k; Solução: x=14/3=4 y=14mod(3)=2 z=14/3=4 k=3/2.0=1.5

Leia mais

ENQUANTO condição FAÇA comando 1. ENQUANTO condição FAÇA INÍCIO comando 1; comando 2 ; comando 3 FIM ENQUANTO X < Y FAÇA INÍCIO FIM

ENQUANTO condição FAÇA comando 1. ENQUANTO condição FAÇA INÍCIO comando 1; comando 2 ; comando 3 FIM ENQUANTO X < Y FAÇA INÍCIO FIM ESTRUTURA DE REPETIÇAO ESTRUTURA DE REPETIÇÃO PARA NÚMERO INDEFINIDO DE REPETIÇÕES E TESTE NO INÍCIO (ESTRUTURA ENQUANTO - FAÇA) Essa estrutura de repetição é utilizada quando não se sabe o número de vezes

Leia mais

Algoritmos e Linguagens de Programação

Algoritmos e Linguagens de Programação Estrutura Sequencial Lista de Exercícios 01 Algoritmos e Linguagens de Programação Professor: Edwar Saliba Júnior IMPORTANTE: Lembre-se! As respostas apresentadas a seguir não são únicas. Ou seja, existem

Leia mais

Variáveis, Expressões, Atribuição, Matrizes, Comandos de Desvio

Variáveis, Expressões, Atribuição, Matrizes, Comandos de Desvio Programação de Computadores I UFOP DECOM 2013 2 Exercícios de Revisão Variáveis, Expressões, Atribuição, Matrizes, Comandos de Desvio Sumário 1 Testes de Compreensão 1 2 Variáveis, Expressões, Atribuição,

Leia mais

Linguagem algorítmica: Portugol

Linguagem algorítmica: Portugol Programação de Computadores I Aula 03 Linguagem algorítmica: Portugol José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/34 Introdução I Lógica A lógica é usada

Leia mais

Prof. André Luiz Sozzi

Prof. André Luiz Sozzi INSTITUTO FEDERAL DE SERGIPE COORDENADORIA DE INFORMÁTICA LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO SOLUÇÃO EXERCÍCIOS DE REPETIÇÃO 9-15-17-30 e 20 com alteração Repita e crítica Repetição com Flag Prof. André Luiz Sozzi

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Disciplina de Algoritmos e Programação Profa: Juliana Kaizer Vizzotto Lista de Exercícios Vetores Para a implementação de programas que solucionem os problemas a seguir

Leia mais

BC0501 Linguagens de Programação

BC0501 Linguagens de Programação BC0501 Linguagens de Programação Aula Prática: 03 Assunto: Comandos de Seleção 1. Introdução Um comando de seleção define uma condição em um programa, que permite que grupos de comandos sejam executados

Leia mais

Conjunto (set) O tipo estruturado set representa, em Pascal, um conjunto de objectos de um dado tipo;

Conjunto (set) O tipo estruturado set representa, em Pascal, um conjunto de objectos de um dado tipo; Conjunto (set) O tipo estruturado set representa, em Pascal, um conjunto de objectos de um dado tipo; O tipo de dados tem por base um tipo simples (enumerável); Na verdade, um set representa o conjunto

Leia mais

IFTO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AULA 01

IFTO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AULA 01 IFTO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AULA 01 Prof. Manoel Campos da Silva Filho Tecnólogo em Processamento de Dados / Unitins Mestre em Engenharia Elétrica / UnB http://lab.ifto.edu.br/~mcampos

Leia mais

Compilado pela Prof a Sílvia Moraes Organizado por Stewart Unger

Compilado pela Prof a Sílvia Moraes Organizado por Stewart Unger Algoritmos Seqüênciais e Condicionais Compilado pela Prof a Sílvia Moraes Organizado por Stewart Unger 1. Construa um algoritmo que, tendo como dados de entrada dois pontos quaisquer no plano, P(x1,y1)

Leia mais

Algoritmos e Programação. Prof. Tarcio Carvalho

Algoritmos e Programação. Prof. Tarcio Carvalho Algoritmos e Programação Prof. Tarcio Carvalho Conceito de Lógica A utilização da lógica na vida do indivíduo é constante, visto que é ela quem possibilita a ordenação do pensamento humano. Exemplo: A

Leia mais

José Romildo Malaquias 2011-1

José Romildo Malaquias 2011-1 Programação de Computadores I Aula 08 Programação: Estruturas de Repetição José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/58 Motivação Como imprimir os três

Leia mais

Manipulação de Arquivos em Pascal

Manipulação de Arquivos em Pascal Manipulação de Arquivos em Pascal Estrutura de Dados II Aula 03 UFS - DComp Adaptados a partir do material da Profa. Kenia Kodel Cox 1 Para implementar programa infantil para ordenação (alfabética) de

Leia mais

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional Lista de Exercícios 02 Algoritmos Estrutura Condicional 1) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que leia um número e o imprima caso ele seja maior que 20. 2) Construa um algoritmo em PORTUGOL que leia dois

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I 01/2013. Estruturas Condicionais e de Repetição (parte 2) Pedro O.S. Vaz de Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I 01/2013. Estruturas Condicionais e de Repetição (parte 2) Pedro O.S. Vaz de Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I 01/2013 Estruturas Condicionais e de Repetição (parte 2) Pedro O.S. Vaz de Melo Problema 1 Suponha que soma (+) e subtração (-) são as únicas operações disponíveis em

Leia mais

Faculdade de Computação - UFMS

Faculdade de Computação - UFMS Faculdade de Computação - UFMS Destacom - Python Despertando Talentos em Computação Estrutura de Repetição 1. No fim do semestre, há sempre uma expectativa dos alunos para saberem se foram aprovados ou

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Prof. José Geraldo

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Prof. José Geraldo LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Prof. José Geraldo 1.1 Introdução A Lógica é forma de organizar os pensamentos e demonstrar o raciocínio de maneira correta. A utilização da lógica é a melhor maneira de solucionar

Leia mais

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Condicional

Lista de Exercícios 02 Algoritmos Condicional Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Exatas - ICEx Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (se......... ): Lista de Exercícios 02 Algoritmos Condicional

Leia mais

Universidade Federal de Rondônia Técnicas de Desenvolvimento de Programas Lista 4

Universidade Federal de Rondônia Técnicas de Desenvolvimento de Programas Lista 4 Universidade Federal de Rondônia Técnicas de Desenvolvimento de Programas Lista 4 WHILE 1. Faça um comando while equivalente ao descrito abaixo (que realize o mesmo tipo de procedimento e obtenha o mesmo

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Revisão Aula Anterior Estruturas de Decisão (If e Switch)

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Revisão Aula Anterior Estruturas de Decisão (If e Switch) CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9 Revisão Aula Anterior Estruturas de Decisão (If e Switch) Revisão Comandos básicos no terminal: Para verificar os arquivos que estão em uma pasta usa-se ls: Para acessar

Leia mais

2ª Lista de exercícios

2ª Lista de exercícios 2ª Lista de exercícios NOTA: Por favor tente resolver todos os exercícios sozinho, caso tente e não consiga entre em contato no email: suporte@mjailton.com.br. Após a resolução envie as respostas para

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Controle de Fluxo Comandos de decisão

Controle de Fluxo Comandos de decisão BCC 201 - Introdução à Programação Controle de Fluxo Comandos de decisão Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/39 Expressões Relacionais I == : retorna verdadeiro quando as expressões

Leia mais

Python: Comandos Básicos. Claudio Esperança

Python: Comandos Básicos. Claudio Esperança Python: Comandos Básicos Claudio Esperança Primeiros passos em programação Até agora só vimos como computar algumas expressões simples Expressões são escritas e computadas imediatamente Variáveis podem

Leia mais

Armazenamento de Dados. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior

Armazenamento de Dados. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Armazenamento de Dados Prof. Antonio Almeida de Barros Junior 1 Armazenamento de Dados Todos os dados que utilizamos até o momento, ficavam armazenados apenas na memória. Ao final da execução dos programas,

Leia mais

ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++

ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++ ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++ #include { Este trecho é reservado para o corpo da função, com a declaração de suas variáveis locais, seus comandos e funções

Leia mais

Controle de Fluxo Comandos de decisão

Controle de Fluxo Comandos de decisão BCC 201 - Introdução à Programação Controle de Fluxo Comandos de decisão Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/1 Expressões Relacionais I == : retorna verdadeiro quando as expressões

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios EXTRA Nº 02 Algoritmos Estruturas de Seleção

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios EXTRA Nº 02 Algoritmos Estruturas de Seleção Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios EXTRA Nº 02 Algoritmos Estruturas de Seleção ATENÇÃO- Para cada um dos exercícios abaixo, antes de escrever o

Leia mais

Comandos de repetição while

Comandos de repetição while Programação de Computadores I UFOP DECOM 2014 2 Aula prática 6 Comandos de repetição while Resumo Nesta aula vamos trabalhar com problemas cuja solução envolve realizar um cálculo ou tarefa repetidas vezes,

Leia mais

3ª Lista de Exercícios Representação de dados com agregados: Arrays e Matrizes

3ª Lista de Exercícios Representação de dados com agregados: Arrays e Matrizes 1 Universidade Federal Fluminense Instituto de Computação Departamento de Ciência da Computação Programação de Computadores II Professores: Leandro A. F. Fernandes, Marcos Lage, Pedro Velloso 3ª Lista

Leia mais

PROG. DE COMPUTADORES II SI Arquivos

PROG. DE COMPUTADORES II SI Arquivos 1 PROG. DE COMPUTADORES II SI Arquivos Arquivos Permitem que gravemos nossas informações em dispositivos físicos Pendrive HD Estão organizados logicamente em registros Cada registro é similar a um campo

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS ALGORITMOS

CADERNO DE EXERCÍCIOS ALGORITMOS C. EXERCÍCIOS ESTRUTURA SE...ENTAO 31. Faça um algoritmo que leia dois números A e B e imprima o maior deles. 32. Faça um algoritmo que leia um número N e imprima F1, F2 ou F3, conforme a condição: F1,

Leia mais

1. Escreva um algoritmo em fluxograma que descreva a sequência 1, 5, 13, 17, 21, 25,?,?,?,?. Ou seja, até o seu 10º termo.

1. Escreva um algoritmo em fluxograma que descreva a sequência 1, 5, 13, 17, 21, 25,?,?,?,?. Ou seja, até o seu 10º termo. Lista de Exercícios de Algoritmo 1. Escreva um algoritmo em fluxograma que descreva a sequência 1, 5, 13, 17, 21, 25,?,?,?,?. Ou seja, até o seu 10º termo. 2. Escreva um algoritmo que leia 10 números utilizando

Leia mais

Linguagem Pascal. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior

Linguagem Pascal. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Linguagem Pascal Prof. Antonio Almeida de Barros Junior 1 Linguagem Pascal Criada para ser uma ferramenta educacional (Década de 70); Prof. Niklaus Wirth (Universidade de Zurique); Blaise Pascal (Matemático

Leia mais

Programação de Computadores I BCC 701 2015-2 Simulado da Segunda Avaliação 17/12/2015 Valor (10,0) Duração: 110 minutos

Programação de Computadores I BCC 701 2015-2 Simulado da Segunda Avaliação 17/12/2015 Valor (10,0) Duração: 110 minutos Programação de Computadores I BCC 701 2015-2 Simulado da Segunda Avaliação 17/12/2015 Valor (10,0) Duração: 110 minutos ATENÇÃO: Leia com atenção as questões da prova. A interpretação do enunciado faz

Leia mais

- UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Curso: Informática / Ciência da Computação

- UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Curso: Informática / Ciência da Computação Programação 1I Prof. Osório Árvores Genéricas Pag.: 1 - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Curso: Informática / Ciência da Computação Programação II Disciplina: Linguagem

Leia mais

Estruturas de Controle

Estruturas de Controle UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Prof. Yandre Maldonado - 1 Estruturas de Controle Prof. Yandre Maldonado e Gomes da Costa yandre@din.uem.br Estrutura de Seleção Prof. Yandre

Leia mais

//Leitura de Variáveis System.out.print("Digite a temperatura atual: "); temp = leia.nextfloat();

//Leitura de Variáveis System.out.print(Digite a temperatura atual: ); temp = leia.nextfloat(); Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios Nº 02 Algoritmos Computacionais Estruturas de Seleção Soluções de Referência em Java ATENÇÃO- Para cada um dos

Leia mais

Estruturas de Controle. Estrutura de Seleção. Estrutura de Seleção

Estruturas de Controle. Estrutura de Seleção. Estrutura de Seleção UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Prof. Yandre Maldonado - 1 Estruturas de Controle Prof. Yandre Maldonado e Gomes da Costa yandre@din.uem.br Estrutura de Seleção Prof. Yandre

Leia mais

Elementos básicos das linguagens de programação

Elementos básicos das linguagens de programação Elementos básicos das linguagens de programação Objetivos: Apresentar os últimos elementos básicos das linguagens de programação Elementos básicos já estudados Entrada (read, readln) Saída (write, writeln)

Leia mais

Lista de Exercícios de Estrutura Sequencial Resolvida

Lista de Exercícios de Estrutura Sequencial Resolvida Lista de Exercícios de Estrutura Sequencial Resolvida 1 Faça um algoritmo que leia quatro números informados pelo usuário e que depois imprima a média ponderada, sabendo se que os pesos são respectivamente:

Leia mais