As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência"

Transcrição

1 As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência No dia 21 de julho, o RH do Banco Bradesco e diretores do Bradesco Previdência expuseram, a cerca de 50 dirigentes sindicais, as mudanças no plano de previdência complementar de seus funcionários. As mudanças foram definidas unilateralmente pelo banco, que deixou claro que não tem disposição para fazer nenhuma negociação a respeito. Assim, compete ao movimento sindical fazer uma análise crítica das mudanças, criticar a falta de negociações, reivindicar a abertura de processo negocial e esclarecer os trabalhadores sobre os impactos das alterações feitas pelo Bradesco. Este texto procura avaliar o conteúdo e impacto das mudanças. Não tive acesso ao regulamento do novo plano (5x4) e baseei as observações na apresentação disponibilizada pelo banco e nos esclarecimentos feitos na reunião. Seguem, abaixo, algumas das questões mais relevantes sobre as mudanças. 1. Falta de negociação Mudança sem negociação não é uma boa saída. Os sindicatos e a Contraf, como legítimos representantes dos trabalhadores, deveriam ter sido chamados pelo Bradesco para discutir a questão. Apesar de o plano de previdência poder ser alterado legalmente por decisão da administradora do plano (a Bradesco Vida e Previdência), com anuência da empresa que o patrocina (o Banco Bradesco), as mudanças deveriam ter sido negociadas. Os direitos dos trabalhadores em relação ao plano são individuais, mas as regras previstas no regulamento do plano se aplicam a todos da mesma maneira. Observações: 1. A legislação chama de participantes os trabalhadores que aderiram ao plano de previdência. 2. O regulamento do plano é o documento que estabelece as regras gerais dos direitos, obrigações e benefícios dos participantes e do Bradesco enquanto empresa patrocinadora. 2. Falta de participação na gestão A Bradesco Vida e Previdência é uma entidade aberta de previdência, que administra vários planos de várias empresas, inclusive o destinado aos bancários do Bradesco. O plano é um PGBL. Nas entidades abertas, a legislação não exige que os trabalhadores participem da gestão. Nas entidades fechadas, como é o caso da Previ, Funcef, Fundação Itaubanco, os participantes elegem seus representantes para compor a gestão, conforme lhes garante a legislação e o estatuto da entidade. Desta forma, é muito importante que os sindicatos e a Contraf incluam na pauta de reivindicações a demanda para que o Bradesco patrocine o plano dos funcionários através de uma entidade fechada e os participantes possam eleger conselheiros deliberativos e fiscais, e até mesmo diretores, para fazer a gestão do plano de previdência e acompanhar tudo o que se passa com o patrimônio dos trabalhadores.

2 3. O impacto da alteração da taxa de juros A grande motivação do Bradesco para mudar o plano de previdência é a taxa de juros atuarial. No Plano 2, a taxa de juros é de 5%. No novo plano, será alterada a cada ano, de acordo com as taxas de juros definidas pelo Banco Central e o comportamento da inflação. A taxa no novo plano 5x4 é flexível. Nos planos de previdência a taxa de juros atuarial é utilizada para três finalidades principais: 1. calcular o valor das reservas (recursos financeiros) necessárias para pagar os benefícios, 2. projetar o retorno dos investimentos onde são aplicados os recursos do plano, e 3. calcular os benefícios ou renda de aposentadoria do participante. A taxa de juros é definida pelos gestores do plano (diretoria, conselho deliberativo) e adotada com base em análises econômicas e na hipótese de que o dinheiro dos participantes, aplicado no mercado financeiro, vai render aquele determinado percentual durante toda a existência do plano. Esta conta só fecha se os investimentos renderem de fato o percentual adotado. Se renderem menos que a taxa adotara, faltará dinheiro para pagar os benefícios contratados. Se renderem mais, sobrará dinheiro. A taxa de juros do Plano 2 é de 5%, projetando que os investimentos renderão 5% ao ano, além da inflação, durante o tempo em que o participante estiver recolhendo contribuição ou recebendo sua renda de aposentadoria ou pensão. A taxa de juros também serve para calcular a renda de aposentadoria do participante. Em um plano de contribuição definida (CD), como o Plano 2 do Bradesco, o benefício é calculado com base no valor acumulado no saldo da conta individual do participante na data do cálculo. O saldo é composto pela soma das contribuições pessoais (parte participante), das contribuições do banco (parte empresa) e do rendimento das aplicações. Na data da aposentadoria, o benefício é calculado dividindo o saldo de conta individual do participante pela sua expectativa de vida, considerando que as aplicações continuarão rendendo o percentual adotado para a taxa de juros atuarial. Depois de aposentado, o participante sacará mensalmente o valor do benefício, enquanto o rendimento das aplicações é creditado em sua conta individual. Quanto maior a taxa de juros adotada, maior será o valor do benefício na data do cálculo, pois entrará mais dinheiro no futuro, proveniente do rendimento das aplicações. Quanto menor a taxa de juros, menor o benefício. O Bradesco percebeu que os investimentos do Plano 2 não vão render 5% ao ano para sempre e que faltará dinheiro para pagar os benefícios. Se isto acontecer, o Bradesco terá de pagar a conta e fazer novos aportes no futuro, pois os trabalhadores terão direito a receber a renda de aposentadoria por todo o sempre, pois seus benefícios são vitalícios. É previsível que os investimentos não renderão 5% ao ano para sempre. Os fundos de pensão brasileiros investem a maioria de seus recursos em títulos públicos emitidos pelo Tesouro Nacional, ou seja, em aplicações de renda fixa. Hoje, os títulos públicos de longo

3 prazo rendem entre 5% e 6% ao ano além da inflação, mas a tendência é de queda. Os títulos de longo prazo emitidos em 2012 chegaram a pagar 3% ao ano, os emitidos em 2013/2014 passaram a pagar 5% a 6%, mas devem retornar à faixa dos 3% nos próximos anos. Esta parece ser a intenção do Banco Central, que define a taxa básica de juros aplicada na remuneração dos títulos do Tesouro. Conforme admitiram os dirigentes do Bradesco na reunião do dia 21, a SUSEP não permite reduzir a taxa de juros do Plano 2. A renda de aposentadoria continuará sendo calculada à taxa de 5%, as aplicações renderão menos, vai faltar dinheiro para pagar os benefícios e o Bradesco terá de cobrir o rombo. Para evitar pagar a conta, o Banco Bradesco vai fechar o Plano 2, deixará de contribuir para ele, e está criando o novo plano 5x4 com taxa de juros flexível, que poderá ser alterada a qualquer momento. Quando o retorno dos investimentos cair, o Bradesco reduzirá a taxa de juros do plano e eliminará o risco da falta de dinheiro. E passa a conta para o participante, que terá seu benefício reduzido quando for se aposentar. No plano 5x4, o participante pagará a conta da redução da taxa de juros. Se a taxa de juros atuarial cair, os benefícios serão menores, conforme expusemos acima. Risco zero para o Bradesco, risco total para os participantes. Esta solução não é nova. Já foi adotada por várias outras empresas. Mas em algumas delas houve negociação com as entidades sindicais e associações de aposentados, preservando direitos dos trabalhadores. Como exemplo, calculamos o impacto da taxa de juros no benefício de um participante do sexo masculino, que entra no Plano 5x4 aos 25 anos de idade e se aposenta aos 55 anos, com salário inicial de R$ e quase R$ no final da carreira. Consideramos que ele não deixará pensão para seus dependentes. Veja o impacto da taxa de juros: Renda mensal de aposentadoria de R$ a uma taxa de juros de 5% ao ano. Renda mensal de aposentadoria de R$ a uma taxa de juros de 4% ao ano. Renda mensal de aposentadoria de R$ a uma taxa de juros de 3% ao ano. Renda mensal de aposentadoria de R$ 814 a uma taxa de juros de 2% ao ano. 4. Que opções o participante do Plano 2 terá? O Plano 2 será fechado, o Bradesco não contribuirá mais para ele e não entrarão novos participantes. Os atuais participantes do Plano 2 só continuarão recebendo as contribuições da empresa no novo plano 5x4 se aderirem a ele. Os empregados que não têm previdência complementar e os que forem admitidos no banco a partir de agora só poderão aderir ao plano 5x4. Os atuais participantes do Plano 2 poderão fazer uma das opções abaixo: a. Resgate - Resgatar o seu saldo de conta individual, tanto a parte dele, participante, quanto a parte da empresa. Se resgatar, recolhe Imposto de Renda sobre o valor do resgate. Quem optar pelo resgate do Plano 2 e aderir ao novo plano 5x4 não

4 poderá conta o tempo de permanência no Plano 2 para efeito de carência no novo plano. Observação: pode interessar ao Bradesco que as pessoas peçam resgate e cessem o seu direito em relação ao Plano 2, pois assim o banco se livra de passivos futuros em relação ao plano. b. Autopatrocínio - Permanecer no Plano 2. Neste caso, o participante tem de recolher a soma das suas contribuições pessoais (4%), as da empresa (4%) e as contribuições de risco (estimadas em 3%), num total de 11%. As contribuições de risco são aquelas necessárias para pagar os benefícios de pensão aos dependentes dos que falecem antes da aposentadoria e a renda de aposentadoria de quem se invalida. Quem permanecer no Plano 2 nestas condições manterá os mesmos direitos em relação à aposentadoria. Esta opção é o chamado autopatrocínio. c. Renda Proporcional Diferida - Manter o valor do saldo de conta individual no Plano 2 e parar de recolher contribuições. O dinheiro continuará rendendo e o valor acumulado será utilizado para calcular sua renda de aposentadoria quando reunir as condições previstas no regulamento (carência, idade, desligamento do Bradesco, aposentadoria pelo INSS). Esta opção é a chamada Renda Proporcional Diferida. d. Portabilidade Transferir o valor de seu saldo de conta individual para o novo plano 5x4, passando a contribuir para ele. Esta opção é chamada de portabilidade. Observação importante: a transferência do saldo da conta individual do Plano 2 para o novo plano poderá ser feita a qualquer tempo. Assim, ninguém precisa decidir pela transferência agora. Pode aderir ao 5x4 e manter sua reserva no Plano 2. É recomendável a quem aderir ao novo plano que não transfira sua reserva agora. A melhor opção é manter o dinheiro no Plano 2 e aderir ao novo plano 5x4 para ter direito às contribuições do Bradesco. Quem fizer isso, quando se aposentar terá direito a dois benefícios somados: um do Plano 2, calculado a uma taxa de juros de 5%, e outro do 5x4, calculado à taxa de juros vigente na época, provavelmente inferior a 5%. Se transferir a reserva agora, futuramente o benefício será calculado à taxa de juros vigente à época, aplicada sobre o saldo de conta individual transferido agora mais os valores doravante acumulados. A atitude mais prudente é deixar a reserva no Plano 2 e, na data de aposentadoria, comparar a taxa de juros dos dois planos. Se a do Plano 2 for maior, requerer a renda de aposentadoria separadamente. Se a do novo 5x4 for maior, fazer a transferência do saldo de conta para ele, depois requerer a renda de aposentadoria. Lembrando: quanto maior a taxa de juros, maior o benefício. 5. Plano 5x4 terá benefício financeiro não vitalício Todos os benefícios do Plano 2 são de renda vitalícia: renda mensal vitalícia não reversível em pensão por morte, renda mensal vitalícia com reversão em pensão por morte e renda mensal vitalícia com prazo mínimo garantido. A escolha é do participante e interfere no valor do benefício, pois todos os três são calculados com base no saldo da conta individual: quem opta por deixar pensão para

5 os dependentes terá uma renda mensal de aposentadoria menor, pois a reserva será necessária para calcular também a pensão para a viúva(o) e filhos. Os três tipos de benefício são mantidos no novo plano 5x4. Cria-se um novo, o benefício de renda financeira, que durará por um tempo determinado escolhido pelo participante. Desta maneira, receberá sua renda mensal de aposentadoria enquanto houver dinheiro na sua conta individual. Se acabar o dinheiro, acaba o benefício. Nos planos que oferecem este tipo de benefício, é comum o dinheiro acabar muito antes do falecimento do aposentado, colocando-o em graves dificuldades. As garantias para o participante são menores neste caso e o benefício, de pior qualidade. 6. Carência e idade mínima Para requerer o benefício de renda mensal de aposentadoria, o participante deve completar a carência mínima de dez anos de contribuições ao plano e 60 anos de idade. Se estiver aposentado pelo INSS, a idade mínima exigida é de 55 anos. É necessário se desligar do banco para solicitar o benefício. Estas regras não mudam no novo plano. 7. Aumento das contribuições no 5x4 é relativamente positivo No novo plano 5x4, as contribuições do Bradesco aumentam em 1% e o trabalhador continua contribuindo com 4% sobre o salário. Sob este aspecto o novo plano é melhor, pois entra mais dinheiro na conta individual do participante. Mas esta melhoria é relativa, pois as prováveis reduções na taxa de juros atuarial acarretarão em benefícios menores que os do Plano 2, mesmo aumentando a contribuição patronal em 1%. A solução ideal seria manter o Plano 2, aumentando nele as contribuições do Bradesco. 8. Novo plano permite resgate da parte empresa O critério de resgate muda. No Plano 2, quem rompe o vínculo empregatício com o Bradesco pode resgatar (sacar) somente as suas contribuições pessoais, não leva a parte empresa. No novo plano 5x4, o participante pode resgatar as suas contribuições pessoais e, a partir de 10 anos de filiação ao plano, parcela progressiva das contribuições da empresa, de acordo com critério seguinte: se tiver até 10 anos de plano, nada; de 10 a 14 anos, 40% da parte empresa; de 15 a 18, 50%; de 19 a 22 anos, 60%; de 23 a 26, 70%; de 27 a 30, 80%; acima de 30, 100% da parte empresa. Para efeito de resgate, o tempo de Plano 2 conta para quem aderir ao 5x4. 9. Pensão por morte e benefício de invalidez são menores no novo plano 5x4 O cônjuge do participante falecido no Plano 2 tem direito a uma pensão correspondente a 30% do último salário, mais 10% por filho menor (máximo de dois filhos). Como alternativa, pode resgatar as suas contribuições pessoais. No novo plano 5x4, o valor da pensão por morte é de 20% do último salário, mais 10% por filho menor (até 2 filhos), e o cônjuge terá direito a receber também o saldo de conta individual (contribuições pessoais e da empresa). Este é o critério de pensão pago aos dependentes de quem falece antes de aposentar.

6 O benefício de renda por invalidez, pago ao participante que se invalidou para o trabalho, segue o mesmo critério. No Plano 2 é de 30% do último salário ou o saque das contribuições pessoais. No plano 5x4, 20% do último salário, mais o saldo de conta individual (contribuições pessoais e da empresa). A renda mensal é menor, portanto. Os benefícios de invalidez e pensão por morte, chamados benefícios de risco, são custeados integralmente pelo Bradesco, através de contribuições mensais da empresa. A redução de 30% para 20% do último salário significa uma economia para o banco. Esta despesa a menor compensa o 1% a mais que ele pagará no novo plano. Ou seja, o Bradesco não aumenta suas despesas com o novo plano, apesar de pagar 1% a mais para todos. 10. Resgates parciais no novo plano O Plano 2 permite um único resgate, quando o participante se desliga do banco. No novo plano 5x4 será permitido fazer resgates parciais das contribuições do participante, mesmo durante a permanência na empresa, segundo informações do RH. No primeiro resgate parcial, o participante poderá sacar as suas contribuições pessoais. Do segundo resgate parcial em diante, sofrerá uma penalidade: um montante igual ao resgatado será retirado da parte empresa e creditado numa conta coletiva. O efeito da penalidade é que, quando o participante se aposentar, o valor retirado contará para calcular sua renda de aposentadoria, reduzindo seu benefício. Por isso, é recomendável que o participante pense muito bem antes de resgatar, pois estará comprometendo de maneira irreversível a sua aposentadoria. Lembrando: os benefícios de risco (invalidez e pensão por morte antes da aposentadoria) são custeados integralmente pelo Bradesco através da conta coletiva citada acima. 11. Tábua de mortalidade e indexador A tábua de mortalidade ou tábua de expectativa de vida é utilizada para calcular o valor da renda de aposentadoria. O cálculo é feito dividindo o saldo da conta individual do participante por sua expectativa de vida no momento de aposentadoria. Quanto maior a expectativa de vida, menor o benefício. Quanto menor a expectativa de vida, maior o benefício. Como o dinheiro disponível deve ser dividido pelo tempo que resta de vida do participante, se sobreviver por mais tempo terá um benefício menor. A tábua de mortalidade do Plano 2 é a AT43, mais conservadora que a tábua adotada para o novo plano 5x4, a BR_EMS, ou, em outras palavras, a AT43 prevê que as pessoas falecerão mais cedo que na outra tábua. Por conta desta mudança, os benefícios do plano 5x4 serão menores que os do Plano 2, mas é preciso constatar que a expectativa de vida da população brasileira está aumentando e esta é uma mudança necessária. Os benefícios do Plano 2 são corrigidos anualmente pelo indexador IGP-M, inflação medida pela FGV. Os do novo plano 5x4, pelo IPCA. No longo prazo, a tendência é que os dois índices sejam muito parecidos, mas frequentemente o IGP-M é superior ao IPCA. Esta

7 mudança pode reduzir o risco para o Bradesco, que teria de pagar uma conta ligeiramente maior mantendo o índice do Plano Renda saldada diferida O participante que sai do Bradesco, mantém seu saldo de conta individual no Plano 2 e suspende o pagamento de contribuições poderá requerer sua renda mensal de aposentadoria quando completar as chamadas condições de elegibilidade: tiver no mínimo 10 anos de plano, 60 anos de idade ou 55 de idade e aposentado pelo INSS. No Plano 2, quem tem menos de 10 anos de filiação utiliza somente as contribuições pessoais para calcular o benefício; quem tem mais de 10 de plano tem direito também à parte da empresa no cálculo do benefício. No novo plano 5x4, quem tiver mais de 8 anos já poderá contar com a parte da empresa. É uma pequena melhoria, só para quem sai do banco. 13. PGBL, VGBL, tributação de Imposto de Renda O Plano 2 é um PGBL. No plano 5x4, o participante poderá optar a cada ano se quer enquadrar suas contribuições como PGBL ou VGBL, podendo alterar a opção a cada ano. Estas opções têm impacto na forma de tributação e no quanto o participante recolhe de Imposto de Renda, mas não alteram o valor do saldo de conta individual nem o valor da renda de aposentadoria futura. O participante que contribui para um PGBL pode deduzir, de sua declaração anual de ajuste do Imposto de Renda, o valor das contribuições mensais para o plano, até o limite de 12% de seu salário anual. Deduzindo, paga menos Imposto de Renda. Em compensação, quando resgatar sua reserva ou passar a receber sua renda mensal de aposentadoria, recolherá Imposto de Renda sobre a totalidade do resgate ou de sua renda de aposentadoria, de acordo com a forma de tributação escolhida por ele quando ingressa no plano. O participante escolhe entre duas formas: a tabela progressiva tradicional (tributação em cascata de 0%, 7,5%, 15%, 22,5% e 27,5% de IR, conforme a faixa salarial) ou a tabela regressiva (com um percentual de IR que reduz gradualmente à medida que passa o tempo de permanência dos recursos no plano a tributação começa com 35% sobre os valores que permanecem por até 2 anos no plano, reduz gradualmente até atingir 10% sobre os valores que permanecem por mais de 10 anos). O participante que contribui para um VGBL não pode deduzir, da declaração anual de ajuste do Imposto de Renda, as contribuições mensais para o plano de previdência. Assim, recolhe mais Imposto de Renda durante a fase contributiva do que pagaria em um PGBL. Em compensação, quando for resgatar ou receber a renda de aposentadoria, pagará IR somente sobre o rendimento das aplicações, e não sobre os valores que contribuiu, pagando menos, portanto, que em um PGBL. É difícil saber, de antemão, em qual dos planos o participante pagará menos Imposto de Renda ao longo de sua vida. Ao optar entre PGBL e VGBL a cada ano, o participante deverá

8 observar se faz a declaração no formulário completo ou simplificado, pois no simplificado não poderá mesmo deduzir as contribuições à previdência complementar e, neste caso, pode ser que seja mais vantajoso optar pelo VGBL. Mas esta opção tem de observar a situação específica de cada um.

Plano TELOS Contribuição Variável - I

Plano TELOS Contribuição Variável - I Plano TELOS Contribuição Variável - I A sua empresa QUER INVESTIR NO SEU FUTURO, E VOCÊ? A sua empresa sempre acreditou na importância de oferecer um elenco de benefícios que pudesse proporcionar a seus

Leia mais

Um novo plano, com muito mais futuro. Plano 5x4. dos Funcionários

Um novo plano, com muito mais futuro. Plano 5x4. dos Funcionários Um novo plano, com muito mais futuro Plano 5x4 dos Funcionários Sumário 03 Um novo plano, com muito mais futuro: 5x4 04 Comparativo entre o plano 4 x 4 e 5 x 4 08 Regras de resgate 10 Como será o amanhã?

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

CARTILHA PLANO CELPOS CD

CARTILHA PLANO CELPOS CD CARTILHA PLANO CELPOS CD ORIGINAL PLUS O QUE É O PLANO CELPOS CD? O Plano Misto I de Benefícios CELPOS CD é um plano de previdência complementar cujo benefício de aposentadoria programada é calculado de

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD MATERIAL EXPlICatIvo Plano BAYER CD 1 Prezado Colaborador! você, que está sendo admitido agora ou ainda não aderiu ao Plano de Previdência oferecido pelo Grupo Bayer, tem a oportunidade de conhecer, nas

Leia mais

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI UVERGS PREVI A União dos Vereadores do Estado do Rio Grande do Sul visa sempre cuidar do futuro de seus associados Por conta disso, está lançando um Programa de Benefícios

Leia mais

Apresentação. Lembrando que esta cartilha não substitui o regulamento do Plano BD Eletrobrás, recomendamos a leitura atenta do referido regulamento.

Apresentação. Lembrando que esta cartilha não substitui o regulamento do Plano BD Eletrobrás, recomendamos a leitura atenta do referido regulamento. Apresentação A Lei Nº 11.053, de 29.12.2004, faculta aos participantes de Planos de Previdência Complementar, estruturados na modalidade de Contribuição Definida (CD), como é o caso do novo Plano CD Eletrobrás,

Leia mais

Plano PAI. material explicativo

Plano PAI. material explicativo Plano PAI material explicativo Conheça melhor o Plano PAI e veja como o tempo pode ser seu maior aliado Grande parte dos trabalhadores sonha em ter uma aposentadoria estável e aproveitar essa fase para

Leia mais

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O FUTURO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL O déficit da previdência social coloca em risco o direito à aposentadoria Fatores que agravam a situação: Queda da taxa de natalidade Aumento da

Leia mais

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1 PLANO SUPLEMENTAR Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7 Sumário A função do 3 Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4 Contribuições do Participante 6 Contribuições da Patrocinadora 7 Controle de Contas 8 Investimento dos Recursos 9 Benefícios 10 Em caso de

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES NOVO REGIME DE TRIBUTAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA:

PERGUNTAS FREQUENTES NOVO REGIME DE TRIBUTAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA: PERGUNTAS FREQUENTES NOVO REGIME DE TRIBUTAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA: Vejam quais são as principais questões que envolvem o Novo Regime de Tributação e esclareçam suas dúvidas. 1) Como era o tratamento tributário

Leia mais

Apresentação DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS

Apresentação DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS Apresentação Os participantes de Planos de Previdência Complementar estruturados na modalidade de Contribuição Definida (CD), como é o caso do Plano CD CERON, contam com duas opções de tributação do imposto

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL O que é um Plano Brasilprev Pecúlio? O plano Brasilprev Pecúlio é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL O que é um Plano Brasilprev Pecúlio? O plano Brasilprev Pecúlio é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

ENTENDA MELHOR! O TAC da tábua de mortalidade e o crédito gerado na conta do Plano B

ENTENDA MELHOR! O TAC da tábua de mortalidade e o crédito gerado na conta do Plano B ENTENDA MELHOR! O TAC da tábua de mortalidade e o crédito gerado na conta do Plano B 1 Relembrando os critérios de cálculo da MAT vitalícia O participante do plano B tem a opção, quando atingidos os critérios

Leia mais

Cartilha do Participante

Cartilha do Participante FACEAL Fundação Ceal de Assistência Social e Previdência Cartilha do Participante Manual de Perguntas e Respostas Plano Faceal CD Prezado leitor, A FACEAL apresenta esta cartilha de perguntas e respostas

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL O que é o Plano Brasilprev Exclusivo? O Brasilprev Exclusivo é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

2º Semestre de 2010 2

2º Semestre de 2010 2 1 2 2º Semestre de 2010 O objetivo deste material é abordar os pontos principais do Plano de Benefícios PreviSenac e não substitui o conteúdo do regulamento. 3 4 Índice PreviSenac para um futuro melhor

Leia mais

Revisado em 15/08/2011

Revisado em 15/08/2011 CARTILHA DO PLANO MISTO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Nº 001 Revisado em 15/08/2011 Esta cartilha foi estruturada com perguntas e respostas para apresentar e esclarecer aos Participantes as informações

Leia mais

Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz. Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento

Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz. Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento Cenário A Seguradora Aegon realizou, no período entre janeiro e fevereiro de 2015, uma pesquisa entre quinze

Leia mais

Estrutura do Plano de Benefícios Agilent

Estrutura do Plano de Benefícios Agilent Plano de Benefícios Agilent 1 Objetivo da HP Prev Proporcionar aos seus participantes a oportunidade de contribuir para a HP Prev e, juntamente com as contribuições da patrocinadora, formar uma renda mensal

Leia mais

Material Explicativo Centrus

Material Explicativo Centrus Material Explicativo Centrus De olho no futuro! É natural do ser humano sempre pensar em situações que ainda não aconteceram. Viagem dos sonhos, o emprego ideal, casar, ter filhos, trocar de carro, comprar

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL Com este material, você entenderá melhor o seu plano Brasilprev Júnior. Se você contratou o plano em nome do Júnior, consulte as informações em Titular:

Leia mais

Plano de Contribuição Definida

Plano de Contribuição Definida Plano de Contribuição Definida Gerdau Previdência CONHEÇA A PREVIDÊNCIA REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Oferecido pelo setor privado, com adesão facultativa, tem a finalidade de proporcionar uma proteção

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

Previdência Privada Instrumento de Planejamento Pessoal

Previdência Privada Instrumento de Planejamento Pessoal PGBL PLANO GERADOR DE BENEFÍCIOS LIVRES Ideal para quem faz a declaração completa do IRPF, permite a dedução das contribuições efetuadas até o limite de 12% da renda bruta anual, reduzindo o valor a ser

Leia mais

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada.

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. Adesão Característica do contrato de previdência privada, relativa ao ato do proponente aderir ao plano de previdência. Administradores

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte Conhecimentos Bancários Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA FECHADA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA São planos previdenciários que permitem

Leia mais

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO D Cartilha - Plano D INTRODUÇÃO Você está recebendo a Cartilha do Plano D. Nela você encontrará um resumo das principais características do plano. O Plano D é um plano moderno e flexível

Leia mais

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e,

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e, Introdução O Plano Prodemge Saldado está sendo criado a partir da cisão do Plano Prodemge RP5-II e faz parte da Estratégia Previdencial. Ele é uma das opções de migração para participantes e assistidos.

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante FenacorPrev Índice Introdução... 3 O Programa de Previdência FenacorPrev... 3 Contribuições... 4 Investimentos... 5 Benefício Fiscal... 6 Benefícios

Leia mais

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial)

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Material Explicativo Encontre aqui as informações

Leia mais

Manual. Conheça neste manual mais detalhes sobre a SICOOB PREVI

Manual. Conheça neste manual mais detalhes sobre a SICOOB PREVI Manual Conheça neste manual mais detalhes sobre a SICOOB PREVI O melhor da vida é feito em parceria O Plano de Benefícios Previdenciários da SICOOB PREVI é uma importante ferramenta de planejamento financeiro

Leia mais

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Índice Quem Somos Estrutura do plano Importância da Previdência Privada. Quanto antes melhor! As regras do plano Canais Visão Prev 2 Visão Prev Entidade fechada

Leia mais

Cartilha de Tributação. Recebimento do benefício do Plano ou Resgate de Contribuições

Cartilha de Tributação. Recebimento do benefício do Plano ou Resgate de Contribuições Cartilha de Tributação Recebimento do benefício do Plano ou Resgate de Contribuições A escolha de tributação - progressiva ou regressiva - só gera impactos no resgate de contribuição e/ou no recebimento

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

Lorem ipsum dolor sit amet

Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam.

Leia mais

FORD PREVIDÊNCIA PRIVADA - FPP

FORD PREVIDÊNCIA PRIVADA - FPP Atualização 02.10.2008 FORD PREVIDÊNCIA PRIVADA - FPP A Ford Previdência Privada FPP é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, sem fins lucrativos, que administra os benefícios do Plano de Aposentadoria

Leia mais

Inferior ou igual a 2 anos 35% Superior a 2 anos e inferior ou igual a 4 anos 30% Superior a 4 anos e inferior ou igual a 6 anos 25%

Inferior ou igual a 2 anos 35% Superior a 2 anos e inferior ou igual a 4 anos 30% Superior a 4 anos e inferior ou igual a 6 anos 25% Perguntas e respostas 1- Como funciona a Tabela Regressiva dos Planos de Previdência Complementar? R A Tabela Regressiva foi prevista a partir da Lei nº 11.053, de 29 /12 /2004. Em vigor desde 01/01/2005,

Leia mais

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II ReckittPrev Reckitt Benckiser Sociedade Previdenciária O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II Material Explicativo do Plano de Benefícios II Sumário Carta da diretoria O futuro

Leia mais

PRHOSPER PREVIDÊNCIA RHODIA Planos de Aposentadoria (Incorporação Solvay do Brasil)

PRHOSPER PREVIDÊNCIA RHODIA Planos de Aposentadoria (Incorporação Solvay do Brasil) PRHOSPER PREVIDÊNCIA RHODIA Planos de Aposentadoria (Incorporação Solvay do Brasil) 08 de outubro 2015 Quem somos? Entidade Fechada de Previdência Complementar que administra os Planos de Previdência dos

Leia mais

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev Manual Explicativo Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev 1. MANUAL EXPLICATIVO... 4 2. A APOSENTADORIA E VOCÊ... 4 3. PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: O que é isso?... 4 4. BOTICÁRIO

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 1- SIGLA: FUSESC 2- CÓDIGO: 00552 3- RAZÃO SOCIAL: FUNDACAO CODESC DE SEGURIDADE SOCIAL 4- NÚMERO DE PLANOS: 3

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 1- SIGLA: FUSESC 2- CÓDIGO: 00552 3- RAZÃO SOCIAL: FUNDACAO CODESC DE SEGURIDADE SOCIAL 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO 20.020.006-38 - PLANO DE BENEFÍCIOS MULTIFUTURO I 12- OBSERVAÇÕES: ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

Leia mais

Plano D. Material Explicativo

Plano D. Material Explicativo Plano D Material Explicativo 2 Material Explicativo Previ Novartis Índice Pág. 4 Introdução Pág. 6 A Previdência no Brasil Pág. 10 A Previdência e o Plano de Benefício D Pág. 24 Questões 3 Material Explicativo

Leia mais

1. O que é um plano de previdência complementar?

1. O que é um plano de previdência complementar? 1 2 Ao assumir com você o compromisso de gerir o seu plano de previdência, a Fachesf se tornou responsável também por lhe manter em dia sobre o que acontece na Fundação, esclarecendo suas dúvidas e atualizando-lhes

Leia mais

Seu futuro está em nossos planos!

Seu futuro está em nossos planos! 1/8 CONHEÇA O PLANO DE BENEFÍCIOS CD-METRÔ DF Seu futuro está em nossos planos! 2014 2/8 1 Quem é a REGIUS? A REGIUS Sociedade Civil de Previdência Privada é uma entidade fechada de previdência privada,

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV Material Explicativo Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV 2 GEBSA-PREV O PLANO GEBSA-PREV VAI AJUDAR VOCÊ A CONSTRUIR SEU FUTURO! Preocupada com a tranquilidade e o bem estar de seus funcionários, a GE oferece

Leia mais

Para cada valor depositado pelo participante a título de contribuição básica a Patrocinadora depositará valor idêntico.

Para cada valor depositado pelo participante a título de contribuição básica a Patrocinadora depositará valor idêntico. Apresentação Este é o MANUAL DO PARTICIPANTE da PRECE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR, material explicativo que descreve, em linguagem simples e precisa, as características gerais do Plano CD, com o objetivo

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP Material Explicativo Plano de Benefícios HP Janeiro - 2015 1 As informações deste material visam cumprir a legislação aplicável e dar aos participantes uma idéia geral e resumida das alterações promovidas

Leia mais

PARECER ATUARIAL 2014

PARECER ATUARIAL 2014 PARECER ATUARIAL 2014 Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro 1. OBJETIVO 1.1. O presente Parecer Atuarial tem por objetivo informar sobre a qualidade da base cadastral, as premissas atuariais,

Leia mais

Cartilha do Participante

Cartilha do Participante Benefício definido (Eletra 01) BENEFICIO DEFINIDO Cartilha do Participante Introdução A ELETRA Fundação Celg de Seguros e Previdência é uma entidade fechada de previdência privada, de fins previdenciários

Leia mais

Í n d i c e. Apresentação. Sobre a ELETROS. Sobre o Plano CD CERON. Características do Plano CD CERON

Í n d i c e. Apresentação. Sobre a ELETROS. Sobre o Plano CD CERON. Características do Plano CD CERON Í n d i c e Apresentação Sobre a ELETROS Sobre o Plano CD CERON Características do Plano CD CERON 3 4 5 6 A p r e s e n t a ç ã o Bem-vindo! Você agora é um participante do Plano CD CERON, o plano de benefícios

Leia mais

Guia do Participante PrevFlex

Guia do Participante PrevFlex Guia do Participante PrevFlex Sumário Definição O que é PrevFlex? 08 08 Adesão Existe uma idade ideal para entrar num plano de previdência privada? Por que aderir ao PrevFlex? Quem pode se inscrever? Contribuição

Leia mais

Comunicação Interna. VivoPrev. para quem é ligado no futuro.

Comunicação Interna. VivoPrev. para quem é ligado no futuro. Comunicação Interna VivoPrev para quem é ligado no futuro. Qual o seu programa para o amanhã? Pensar no amanhã é algo que deve ser feito hoje. Quanto antes você começar, maior a garantia de chegar ao futuro

Leia mais

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA Marcos Puglisi de Assumpção 10. 2010 Uma das maiores preocupações de um indivíduo é como ele vai passar o final de sua vida quando a fase de acumulação de capital cessar. É preciso fazer, o quanto antes,

Leia mais

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA SUMÁRIO Qual é o significado de aposentado e pensionista?...3 Quando é realizado

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV Manual Explicativo 1 2 Plano de Benefícios Atento AtentoPrev O Plano de Benefícios Atento Atento Prev é um plano de previdência complementar, constituído na modalidade

Leia mais

Aceprev. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS. Aperam Inox América do Sul S.A. Acesita Previdência Privada

Aceprev. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS. Aperam Inox América do Sul S.A. Acesita Previdência Privada Aceprev Acesita Previdência Privada Aperam Inox América do Sul S.A. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS Aceprev Acesita Previdência Privada DIRETORIA EXECUTIVA Nélia Maria de Campos Pozzi -

Leia mais

Prev Jovem Bradesco PGBL V 40/30 PLANO GERADOR DE BENEFÍCIO LIVRE PGBL INDIVIDUAL REGULAMENTO CAPÍTULO I - DAS CARACTERÍSTICAS

Prev Jovem Bradesco PGBL V 40/30 PLANO GERADOR DE BENEFÍCIO LIVRE PGBL INDIVIDUAL REGULAMENTO CAPÍTULO I - DAS CARACTERÍSTICAS Prev Jovem Bradesco PGBL V 40/30 PLANO GERADOR DE BENEFÍCIO LIVRE PGBL INDIVIDUAL REGULAMENTO CAPÍTULO I - DAS CARACTERÍSTICAS Art.1º- A BRADESCO PREVIDÊNCIA E SEGUROS S.A., doravante denominada Entidade

Leia mais

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo ÍNDICE 1. Mensagem importante pra você... 4 2. Que tal planejar sua aposentadoria?... 5 3. Estamos juntos!... 6 4. Saiba quem pode

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM Material Explicativo Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil FUNDAÇÃO previdenciária IBM 2 Material Explicativo Fundação Previdenciária IBM A DIREÇÃO DO SEU FUTURO Lembre-se! O objetivo

Leia mais

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev.

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev. ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO ACPREV... 8 PARTICIPANTES... 8 Participante Ativo... 8 Participante Assistido...

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Guia do Programa Previdenciário Empresarial

Guia do Programa Previdenciário Empresarial Guia do Programa Previdenciário Empresarial Uma escolha muda todo o seu futuro. Conheça a novidade que o Itaú e a ABRACAF têm para você! Pensando em você, a ABRACAF e o Itaú criaram um plano de Previdência

Leia mais

PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA

PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA Mensagem ao Associado Caro Associado, A maior preocupação do profissional que compõe o Sistema Confea / Crea / Mútua talvez

Leia mais

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Este folheto contém as principais características do Plano de Previdência Complementar da ArcelorMittal

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV...

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... 7 CONHEÇA O PLANO DENTALUNIPREV... 8 PARTICIPANTES... 9 Participante

Leia mais

CARTILHA Previdência. Complementar REGIMES TRIBUTÁRIOS

CARTILHA Previdência. Complementar REGIMES TRIBUTÁRIOS CARTILHA Previdência Complementar REGIMES TRIBUTÁRIOS Índice 1. Os planos de Previdência Complementar e os Regimes Tributários... Pág. 3 2. Tratamento tributário básico... Pág. 4 3. Características próprias

Leia mais

Material Explicativo. ABBprev Sociedade de Previdência Privada

Material Explicativo. ABBprev Sociedade de Previdência Privada Material Explicativo ABBprev Sociedade de Previdência Privada Este material explicativo tem como objetivo fornecer informações sobre um dos benefícios que as patrocinadoras ABB Ltda e Cooperativa de Crédito

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 2 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Alterações de Regulamento

Alterações de Regulamento Alterações de Regulamento Síntese das alterações propostas 1. DEFINIÇÕES GERAIS Beneficiários: será excluído o tempo mínimo de união estável com parceiro ou cônjuge para que seja reconhecido como beneficiário

Leia mais

Essa avaliação quanto ao melhor regime tributário aplicável deve ser realizada caso a caso, levando-se em consideração:

Essa avaliação quanto ao melhor regime tributário aplicável deve ser realizada caso a caso, levando-se em consideração: Conforme o disposto pela legislação tributária, os participantes e assistidos que optarem pelo Plano Sabesprev Mais poderão optar pelo Regime de Tributação Regressivo, ao invés de receberem seus benefícios

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Sociedade Civil de Previdência Privada. Nosso negócio é cuidar do seu futuro!

Sociedade Civil de Previdência Privada. Nosso negócio é cuidar do seu futuro! Sociedade Civil de Previdência Privada Nosso negócio é cuidar do seu futuro! Campanha de ingresso ao CV-03 2013 Sem a cobrança da jóia de ingresso Uma oportunidade imperdível! Plano de Contribuição Variável

Leia mais

CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS

CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS REGULAMENTO DO PLANO GERADOR DE BENEFÍCIO LIVRE PGBL INDIVIDUAL CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS Art.1º- O GBOEX Grêmio Beneficente, doravante denominado Entidade de Previdência Privada Aberta, institui

Leia mais

COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO CONTRIBUIÇÕES ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO BENEFÍCIOS CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS

COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO CONTRIBUIÇÕES ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO BENEFÍCIOS CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS Material Explicativo Sumário 2 COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO 3 CONTRIBUIÇÕES 8 ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES 9 OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO 11 BENEFÍCIOS 13 CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS 18 TRIBUTAÇÃO

Leia mais

Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC

Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC Relatório PREVI 2013 Parecer Atuarial 2013 74 Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC 1 OBJETIVO 1.1 O presente Parecer Atuarial tem por objetivo informar sobre

Leia mais

GBOEX Grêmio Beneficente PLANO GERADOR DE BENEFÍCIO LIVRE PGBL INDIVIDUAL REGULAMENTO

GBOEX Grêmio Beneficente PLANO GERADOR DE BENEFÍCIO LIVRE PGBL INDIVIDUAL REGULAMENTO Fl. 1 / 16 GBOEX Grêmio Beneficente PLANO GERADOR DE BENEFÍCIO LIVRE PGBL INDIVIDUAL REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS Art.1º- O GBOEX Grêmio Beneficente, doravante denominado Entidade de Previdência

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA...

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 8 CONHEÇA O PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 9 PARTICIPANTES...

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão -

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - O que é o plano PreVisão? O plano PreVisão é o novo plano de benefícios administrado pela Visão Prev, resultado de estudos realizados no intuito de buscar uma solução

Leia mais

Tabela Progressiva do IR Pessoa Física - ano-calendário de 2014. Base de cálculo

Tabela Progressiva do IR Pessoa Física - ano-calendário de 2014. Base de cálculo REGIMES TRIBUTÁRIOS 1 A Lei nº 11.053/2004 trouxe mudanças importantes na tributação dos benefícios pagos por entidades de previdência complementar. A principal mudança foi a instituição de um regime de

Leia mais

Tabela Progressiva para o cálculo mensal do Imposto de Renda de Pessoa Física, anocalendário

Tabela Progressiva para o cálculo mensal do Imposto de Renda de Pessoa Física, anocalendário 1) Como é o Regime de Tributação Progressiva? Sobre os benefícios previdenciais pagos pelos fundos de pensão, o cálculo do imposto de renda devido obedece ao regulamento aplicável, por exemplo, aos rendimentos

Leia mais

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012 Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II Plano CV Prevdata II Dúvidas... Renda decorrente do saldo de conta: total acumulado das contribuições

Leia mais

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial.

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial. PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE O SABESPREV MAIS. 1. A Sabesprev está em dificuldades financeiras? Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos

Leia mais

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL Goiânia, 03 de Abril de 2014. Á CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DE GOIAS CNPJ: 01.619.022/0001-05 Ref.: Plano de Previdência Complementar Prezado(a) Senhor(a),

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 2 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Tranquilidade e segurança para você e sua família.

Tranquilidade e segurança para você e sua família. Material de uso exclusivo do Bradesco. Produzido pelo Departamento de Marketing em fevereiro/2009. Reprodução proibida. Não jogue este impresso em via pública. Bradesco PGBL Proteção Familiar Para informações

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão -

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - O que é o plano PreVisão? O plano PreVisão é o novo plano de benefícios administrado pela Visão Prev, resultado de estudos realizados no intuito de buscar uma solução

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA. Esta Cartilha vai ajudá-lo a entender melhor o OABPrev-GO e o Plano de Benefícios Previdenciários do Advogado Adv-PREV.

CARTILHA EXPLICATIVA. Esta Cartilha vai ajudá-lo a entender melhor o OABPrev-GO e o Plano de Benefícios Previdenciários do Advogado Adv-PREV. CARTILHA 2010 CARTILHA EXPLICATIVA Esta Cartilha vai ajudá-lo a entender melhor o OABPrev-GO e o Plano de Benefícios Previdenciários do Advogado Adv-PREV. Com o Adv-PREV você verá que é possível viver

Leia mais

Programa de Certificação Regius (PCR-2015) Módulo II

Programa de Certificação Regius (PCR-2015) Módulo II Programa de Certificação Regius (PCR-2015) Módulo II AGENDA Previdência Complementar - Marco Regulatório Tipos de Planos de Previdência Complementar Elenco dos Benefícios e Institutos Campanha de Ingresso

Leia mais

Regulamento - Perfil de Investimentos

Regulamento - Perfil de Investimentos Regulamento - Perfil de Investimentos 1. Do Objeto Este documento estabelece as normas gerais aplicáveis ao Programa de Perfil de Investimentos (Multiportfólio) da CargillPrev. O programa constitui-se

Leia mais

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006.

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. NOVA CARTILHA 1 CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. Sumário ADESÃO AO PREVMAIS 1. Por que aderir ao PrevMais?...4 2. Quem pode aderir ao PrevMais?...4

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 1- SIGLA: SUPREV 2- CÓDIGO: 00984 3- RAZÃO SOCIAL: SUPREV-FUNDACAO MULTIPATROCINADA SUPLEMENTAÇAO PREVIDENCIARIA

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 1- SIGLA: SUPREV 2- CÓDIGO: 00984 3- RAZÃO SOCIAL: SUPREV-FUNDACAO MULTIPATROCINADA SUPLEMENTAÇAO PREVIDENCIARIA FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 8 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO 19.810.009-92 - PLANO DE BENEFÍCIOS N.º 001 - BROOKLYN 12- OBSERVAÇÕES: ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA

Leia mais

MANUAL DO PARTICIPANTE

MANUAL DO PARTICIPANTE MANUAL DO PARTICIPANTE LegisPrev O plano de previdência complementar para o servidor público do Poder Legislativo Federal FUNPRESP-EXE FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO

Leia mais

Sociedade Civil de Previdência Privada. Cuidar do seu futuro éo nosso negócio!

Sociedade Civil de Previdência Privada. Cuidar do seu futuro éo nosso negócio! Sociedade Civil de Previdência Privada Cuidar do seu futuro éo nosso negócio! Plano CD - 02 Um plano exclusivo para os participantes ativos do Plano BD-01 Plano de Contribuição Definida CD-02 Vantagens

Leia mais

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS Cartilha Plano EPE Esta cartilha foi criada com o intuito de oferecer informações objetivas sobre previdência, o plano CV EPE e a importância de poupar para garantir um futuro mais tranqüilo. Os pontos

Leia mais

Celgprev CELPREV. Cartilha do Participante. Introdução

Celgprev CELPREV. Cartilha do Participante. Introdução Celgprev CELPREV Cartilha do Participante Introdução A partir de dezembro de 2000, a CELG distribuição, a Celg geração e transmissão, Celgpar e a ELETRA passam a oferecer aos seus empregados o Celgprev:

Leia mais