Tutorial para Preenchimento de Planos de Trabalho no SICONV

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tutorial para Preenchimento de Planos de Trabalho no SICONV"

Transcrição

1 Tutorial para Preenchimento de Planos de Trabalho no SICONV

2 OBSERVAÇÕES GERAIS O modelo que será apresentado a seguir é referencial para projetos de Restaurantes Populares. Ao final, serão indicados os ajustes necessários para preenchimento dos planos de Cozinhas Comunitárias e Bancos de Alimentos. Após preenchimento dos planos de trabalho, estes deverão ser encaminhados pelo SICONV para análise do MDS. Após a análise, poderão ocorrer ajustes em relação aos valores das parcelas de desembolso para aprovação final. ATENÇÃO! Nos casos em que não tenha havido estudo prévio e definição dos custos do projeto, os valores das propostas deverão ser compatibilizados com os limites máximos estabelecidos pelo Edital. Para os demais casos, o plano de trabalho poderá ser preenchido com base nos custos orçados para cada uma das metas.

3 DADOS DA PROPOSTA Modelo para projetos de RP. Ajustes para Cozinhas e Bancos ao final desta apresentação

4 CONTRAPARTIDA (conforme art. 40 da LDO 2009) Municípios até 50 mil habitantes: entre 2% e 4% Municípios > 50 mil habitantes Em áreas prioritárias (PNDR, SUDENE, SUDAM, Centro- Oeste): entre 4% e 8% Entre 8% e 40% para os demais; Estados e Distrito Federal: Em áreas prioritárias (PNDR, SUDENE, SUDAM, Centro- Oeste): entre 10% e 20% Entre 20% e 40% para os demais; * Os percentuais são relativos ao valor total do projeto: Ex: Repasse MDS R$ ,00 (80%) Contrapartida R$ ,00 (20%) VALOR GLOBAL R$ ,00 (100%)

5 PARTICIPANTES NÃO É NECESSÁRIO PREENCHER

6 CRONOGRAMA FÍSICOF Apenas para contratação de pessoa jurídica. Proponentes que forem elaborar os projetos por conta própria, desconsiderem essa meta e realoquem os recursos na meta de obras ou na de equipamentos

7 CRONOGRAMA FÍSICO F Meta 1 Detalhamento da Meta 1

8 CRONOGRAMA FÍSICO F Meta 2 Detalhamento da Meta 2

9 CRONOGRAMA FÍSICO F Meta 3 Detalhamento da Meta 3

10 CRONOGRAMA FÍSICO F Meta 4 Detalhamento da Meta 4

11 CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO Parcelas do MDS

12 CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO Parcela MDS metas associadas a esta parcela

13 CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO Parcela MDS

14 CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO Parcela Proponente

15 CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO Parcela Proponente

16 BENS E SERVIÇOS

17 BENS E SERVIÇOS Atenção para a natureza e a denominação das despesas!

18 PLANO DE APLICAÇÃO Valores referentes a Repasse + Contrapartida Atenção para as naturezas de despesa!

19 PARÂMETROS PARA PROJETOS DE COZINHAS COMUNITÁRIAS Projetos COM Módulo Auxiliar R$ ,00 (Repasse MDS), sendo: R$ ,00 recursos de investimento (projeto básico, obras e equipamentos) R$ ,00 recursos de custeio (utensílios) Contrapartida: nos termos da LDO 2009 Cronograma Físico-Financeiro (distribuição sugerida dos recursos) Meta 1: 5% dos recursos de investimento (± R$ ,00) Meta 2: 70 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 3: 25 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 4: 100 % dos recursos de custeio (± R$ ,00) Cronograma de Desembolso - Parcela MDS (Setembro/2009): R$ ,00, sendo R$ ,00 (investimento) e R$ ,00 (custeio) Bens e Serviços: idem modelo de RP, apenas ajustar valores Plano de Aplicação: idem modelo de RP, apenas ajustar valores

20 PARÂMETROS PARA PROJETOS DE COZINHAS COMUNITÁRIAS Projetos SEM Módulo Auxiliar R$ ,00 (Repasse MDS), sendo: R$ ,00 recursos de investimento (projeto básico, obras e equipamentos) R$ ,00 recursos de custeio (utensílios) Contrapartida: nos termos da LDO 2009 Cronograma Físico-Financeiro (distribuição sugerida dos recursos) Meta 1: 5% dos recursos de investimento (± R$ ,00) Meta 2: 70 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 3: 25 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 4: 100 % dos recursos de custeio (± R$ ,00) Cronograma de Desembolso - Parcela MDS (Setembro/2009): R$ ,00, sendo R$ ,00 (investimento) e R$ ,00 (custeio) Bens e Serviços: idem modelo de RP, apenas ajustar valores Plano de Aplicação: idem modelo de RP, apenas ajustar valores

21 PARÂMETROS PARA PROJETOS DE BANCOS DE ALIMENTOS Projetos de Implantação R$ ,00 (Repasse MDS), sendo: R$ ,00 recursos de investimento (projeto básico, obras e equipamentos) R$ ,00 recursos de custeio (materiais de consumo) Contrapartida: nos termos da LDO 2009 Cronograma Físico-Financeiro (distribuição sugerida dos recursos) Meta 1: 5% dos recursos de investimento (± R$ ,00) Meta 2: 70 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 3: 25 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 4: 100 % dos recursos de custeio (± R$ ,00) Cronograma de Desembolso - Parcela MDS (Setembro/2009): R$ ,00, sendo R$ ,00 (investimento) e R$ ,00 (custeio) Bens e Serviços: idem modelo de RP, apenas ajustar valores Plano de Aplicação: idem modelo de RP, apenas ajustar valores

22 PARÂMETROS PARA PROJETOS DE BANCOS DE ALIMENTOS Projetos de Modernização R$ ,00 (Repasse MDS), sendo: R$ ,00 recursos de investimento (projeto básico, obras e equipamentos) R$ ,00 recursos de custeio (materiais de consumo) Contrapartida: nos termos da LDO 2009 Cronograma Físico-Financeiro (distribuição sugerida dos recursos) Meta 1: 5% dos recursos de investimento (± R$ ,00) Meta 2: 70 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 3: 25 % dos recursos de investimento (± R$ ,00 + contrapartida) Meta 4: 100 % dos recursos de custeio (± R$ ,00) Cronograma de Desembolso Parcela MDS (Setembro/2009): R$ ,00 (investimento) Bens e Serviços: idem modelo de RP, apenas ajustar valores Plano de Aplicação: idem modelo de RP, apenas ajustar valores

Principais Informações para Cadastro do Plano de Trabalho no SICONV

Principais Informações para Cadastro do Plano de Trabalho no SICONV Principais Informações para Cadastro do Plano de Trabalho no SICONV 28000 - Órgão: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Código do Programa 2800020080011 Ação 2374 - Fomento à Instalação

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2012 Chamamento Público para o Programa 2040 GESTÃO DE RISCOS E RESPOSTA A DESASTRES Ação 8172

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO PORTARIA Nº 57, DE 09 DE MAIO DE 2001

MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO PORTARIA Nº 57, DE 09 DE MAIO DE 2001 MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO PORTARIA Nº 57, DE 09 DE MAIO DE 2001 O MINISTRO DE ESTADO DO ESPORTE E TURISMO, no uso de suas atribuições e tendo em vista a necessidade do imediato atendimento aos programas

Leia mais

EDITAL DE JUSTIFICATIVA Nº XX/2015

EDITAL DE JUSTIFICATIVA Nº XX/2015 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional EDITAL DE JUSTIFICATIVA Nº XX/2015 IMPLANTAÇÃO OU MODERNIZAÇÃO DE COZINHAS COMUNITÁRIAS, RESTAURANTES

Leia mais

Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União. Facilitador: Fernanda Lyra

Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União. Facilitador: Fernanda Lyra Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União Facilitador: Fernanda Lyra Horário da Aula: 28 de janeiro - Segunda - das 18h às 20h SICONV TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 02/2014/DESAM/FUNASA/MS.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 02/2014/DESAM/FUNASA/MS. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 02/2014/DESAM/FUNASA/MS. 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A Fundação Nacional de Saúde FUNASA, observando as disposições da Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, Lei nº 8.142,

Leia mais

Orientações Estruturantes

Orientações Estruturantes Ministério do Esporte Programa Esporte e Lazer da Cidade PELC & Vida Saudável Orientações Estruturantes 2016 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO E PROJETO TÉCNICO PEDAGÓGICO...3 3. RELAÇÃO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-Aquaviário - CONSTRUÇÃO NAVAL E TRANSPORTE AQUAVIÁRIO 02/2010

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-Aquaviário - CONSTRUÇÃO NAVAL E TRANSPORTE AQUAVIÁRIO 02/2010 CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-Aquaviário - CONSTRUÇÃO NAVAL E TRANSPORTE AQUAVIÁRIO 02/2010 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE CONSTRUÇÃO NAVAL E DE TRANSPORTE AQUAVIÁRIO 1. OBJETIVO

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Inclusão e Envio de Proposta Manual

Leia mais

Comitê de Arranjos Produtivos, Inovação, Desenvolvimento Local, Regional e Socioambiental 6ª Reunião Extraordinária PERSPECTIVAS PARA O

Comitê de Arranjos Produtivos, Inovação, Desenvolvimento Local, Regional e Socioambiental 6ª Reunião Extraordinária PERSPECTIVAS PARA O Comitê de Arranjos Produtivos, Inovação, Desenvolvimento Local, Regional e Socioambiental 6ª Reunião Extraordinária PERSPECTIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO NORDESTE ORGANOGRAMA SFRI INSTRUMENTOS

Leia mais

ROTEIRO DE CONVÊNIOS

ROTEIRO DE CONVÊNIOS ROTEIRO DE CONVÊNIOS AÇÃO: ESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA DO ARTESANATO BRASILEIRO 23 691.2047.6514 1 SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Humberto Luiz Ribeiro - Secretário DEPARTAMENTO DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS

Leia mais

Incluir Usuário/Definir Perfil, Elaborar e Enviar Proposta/Plano de Trabalho para análise do Concedente

Incluir Usuário/Definir Perfil, Elaborar e Enviar Proposta/Plano de Trabalho para análise do Concedente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios SICONV Incluir Usuário/Definir Perfil, Elaborar e Enviar

Leia mais

Manual de Cadastro de Proposta e Plano de Trabalho

Manual de Cadastro de Proposta e Plano de Trabalho MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS Portal dos Convênios SICONV Manual de Cadastro de Proposta e

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/CT-INFRA - PROINFRA

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/CT-INFRA - PROINFRA CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/CT-INFRA - PROINFRA - 01/2008 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS INSTITUCIONAIS DE IMPLANTAÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE PESQUISA 1. OBJETIVO Selecionar propostas para

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social

Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social Programa de Apoio à Implantação e à Modernização dos Centros Vocacionais Tecnológicos Documento de

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 1/2012/DESAM/FUNASA/MS.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 1/2012/DESAM/FUNASA/MS. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 1/2012/DESAM/FUNASA/MS. 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A Fundação Nacional de Saúde FUNASA, observando as disposições da Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, Lei nº 8.142,

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Inclusão e Envio de Proposta Manual

Leia mais

Orientações para preenchimento do Plano de Trabalho específico para o PRONAF Infra-Estrutura e Serviços Municipais

Orientações para preenchimento do Plano de Trabalho específico para o PRONAF Infra-Estrutura e Serviços Municipais PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR Orientações para preenchimento do Plano de Trabalho específico para o PRONAF Infra-Estrutura e Serviços Municipais Brasília, fevereiro de 2004

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2013 SPM/PR

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2013 SPM/PR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2013 SPM/PR A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República SPM/PR torna público

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 02/2015/DESAM/FUNASA/MS.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 02/2015/DESAM/FUNASA/MS. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 02/2015/DESAM/FUNASA/MS. 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A Fundação Nacional de Saúde FUNASA, observando as disposições da Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, Lei nº 8.142,

Leia mais

Nº / ANO DA PROPOSTA: 090339/2009 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO:

Nº / ANO DA PROPOSTA: 090339/2009 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO: MINISTERIO DA SAUDE PORTAL DOS CONVÊNIOS SICONV - SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS Nº / ANO DA PROPOSTA: 090339/2009 OBJETO: DADOS DO CONCEDENTE Produção de materiais instrucionais para curso à distância

Leia mais

SICONV Sistema de Gestão de Convênios

SICONV Sistema de Gestão de Convênios SICONV Sistema de Gestão de Convênios EXECUÇÃO DO CONVENENTE FLUXO OPERACIONAL Publicação Celebração EXECUÇÃO Prestação de Contas Encerramento EXECUÇÃO PRESTAÇÃO DE CONTAS CONVENENTE REGISTRA CONTRA PARTIDA

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2012 CHAMADA PÚBLICA DE PROPOSTAS DE PROJETO PARA A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE CAPACITAÇÃO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, EMPREENDEDORES

Leia mais

Documento de Referência para Apresentação, Habilitação e Seleção de Núcleos de Tecnologia Assistiva

Documento de Referência para Apresentação, Habilitação e Seleção de Núcleos de Tecnologia Assistiva Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social Apoio a Projetos de Tecnologias Social e Assistiva Documento de Referência para Apresentação, Habilitação

Leia mais

Educação em Saúde Ambiental

Educação em Saúde Ambiental Educação em Saúde Ambiental ONIVALDO FERREIRA COUTINHO Departamento de Saúde Ambiental - Desam Coordenação de Educação em Saúde Ambiental - Coesa Constatações deste IV Seminário Engenharia de Saúde Pública:...aumento

Leia mais

Secretaria da Saúde/RS

Secretaria da Saúde/RS Secretaria da Saúde/RS CADASTRO DO ÓRGÃO OU ENTIDADE E DO DIRIGENTE I IDENTIFICAÇÃO DO ÓRGÃO OU ENTIDADE 01 NOME 02- EXERCÍCIO 03-C.G.C 04- EA 05- TIPO 06- ENDEREÇO COMPLETO: 07 MUNICÍPIO 08- CAIXA POSTAL

Leia mais

Nº / ANO DA PROPOSTA: 085477/2010 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO:

Nº / ANO DA PROPOSTA: 085477/2010 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO: MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA PORTAL DOS CONVÊNIOS SICONV - SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS Nº / ANO DA PROPOSTA: 085477/2010 OBJETO: DADOS DO CONCEDENTE Implantação de cidade digital. Criar estrutura

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS INSTITUCIONAIS DE IMPLANTAÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE PESQUISA

SELEÇÃO INTERNA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS INSTITUCIONAIS DE IMPLANTAÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE PESQUISA EDITAL INTERNO DE SELEÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO NA CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/CT-INFRA - PROINFRA UERGS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Edital 002/2012 SELEÇÃO INTERNA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS

Leia mais

ANEXO I ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS

ANEXO I ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS ANEXO I ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DOS PROJETOS Os projetos participantes da 2ª Chamada Pública do Projeto Clínicas do Testemunho da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça devem seguir, além das

Leia mais

Programa de Fomento à Elaboração e à Implantação de Projetos de Inclusão Digital:

Programa de Fomento à Elaboração e à Implantação de Projetos de Inclusão Digital: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social Programa de Fomento à Elaboração e à Implantação de Projetos de Inclusão Digital: Implantação de Telecentros

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTO

CURSO DE FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTO Convênios entre a União e os Municípios Portal dos Convênios Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União SISTEMA SICONV SLTI/MP

Leia mais

O SISTEMA DE GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO SICONV COMO FERRAMENTA PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS FEDERAIS PELOS MUNICÍPIOS

O SISTEMA DE GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO SICONV COMO FERRAMENTA PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS FEDERAIS PELOS MUNICÍPIOS O SISTEMA DE GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO SICONV COMO FERRAMENTA PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS FEDERAIS PELOS MUNICÍPIOS No cumprimento de seu papel institucional de desenvolvimento e coordenação

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV PROPOSTA E PLANO DE TRABALHO

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV PROPOSTA E PLANO DE TRABALHO TREINAMENTO PRÁTICO SICONV PROPOSTA E PLANO DE TRABALHO 1/12 EXERCÍCIO PRÁTICO SICONV Cadastro de Proposta/Plano de Trabalho 1 - Cadastrar Proposta Acessar o SICONV com o Login (CPF) e senha de CONVENENTE

Leia mais

CONDIÇÕES BÁSICAS DE FINANCIAMENTO DE LONGO PRAZO

CONDIÇÕES BÁSICAS DE FINANCIAMENTO DE LONGO PRAZO CONDIÇÕES BÁSICAS DE FINANCIAMENTO DE LONGO PRAZO 1. ORIGEM DOS RECURSOS: BANCO FINANCIADOR: Banco do Nordeste do Brasil S/A LINHA DE CRÉDITO: Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste FNE PROGRAMA:

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA DE GESTÃO DA POLÍTICA DE DIREITOS HUMANOS COORDENAÇÃO-GERAL DE CONVÊNIOS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA DE GESTÃO DA POLÍTICA DE DIREITOS HUMANOS COORDENAÇÃO-GERAL DE CONVÊNIOS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA DE GESTÃO DA POLÍTICA DE DIREITOS HUMANOS COORDENAÇÃO-GERAL DE CONVÊNIOS Orientações para captação de recursos públicos para Apoio à Construção,

Leia mais

SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADOR CLÉSIO ANDRADE Manual para Prefeituras Celebrarem Convênios já Autorizados com a Caixa Econômica Federal SENADOR CLÉSIO ANDRADE Conteúdo INTRODUÇÃO... 3 CICLO DO ORÇAMENTO GERAL DA UNIÃO... 4 CONTRAPARTIDA OBRIGATÓRIA...

Leia mais

Eventos Anulação e Retificação

Eventos Anulação e Retificação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Eventos Anulação e Retificação

Leia mais

CARTA CONVITE MCT/FINEP/AT - PNI

CARTA CONVITE MCT/FINEP/AT - PNI CARTA CONVITE MCT/FINEP/AT - PNI - Incubadoras 12/2010 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO A INCUBADORAS COORDENADORAS E AFILIADAS NO ÂMBITO DO PROGRAMA NACIONAL DE APOIO ÀS INCUBADORAS DE EMPRESAS

Leia mais

Apresentação: Usina de Projetos e Monitoramento da gestão municipal. João Pessoa, 25 de março de 2011.

Apresentação: Usina de Projetos e Monitoramento da gestão municipal. João Pessoa, 25 de março de 2011. Apresentação: Usina de Projetos e Monitoramento da gestão municipal João Pessoa, 25 de março de 2011. A Usina de Projetos foi instituída para apoiar as ações do Executivo no desenvolvimento de projetos

Leia mais

:::::::. AtAg:lilj:#iip"@rig i:lg.iii!i~iiijljitri.j.jt.#.iltitiiil::)

:::::::. AtAg:lilj:#iip@rig i:lg.iii!i~iiijljitri.j.jt.#.iltitiiil::) MINISTERIO DA INTEGRACAO NACIONAL SUPERINTENDENCIA DO DESENVOL VIMENTO DO NORDESTE CHAMAMENTO PUBLICO N 003/2013 Chamamento Publico para 0 Programa 2029 - Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentavel

Leia mais

CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS NO SICONV

CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS NO SICONV CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS NO SICONV Gianna Lepre Perim Curitiba - 2013 SICONV VEDAÇÕES PI 507/2011 VEDAÇÕES Art. 10º É vedada a celebração de convênios e contratos de repasse: I - com órgãos e entidades

Leia mais

Secretaria Nacional de Economia Solidária. Edital de Chamada Pública SENAES/MTE n.º 002/2011

Secretaria Nacional de Economia Solidária. Edital de Chamada Pública SENAES/MTE n.º 002/2011 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO Secretaria Nacional de Economia Solidária Edital de Chamada Pública SENAES/MTE n.º 002/2011 PROMOÇÃO DE AÇÕES INTEGRADAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL

Leia mais

Portal dos Convênios. Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União. SLTI/MP Brasília, ago/2008

Portal dos Convênios. Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União. SLTI/MP Brasília, ago/2008 Portal dos Convênios Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União SLTI/MP Brasília, ago/2008 Roteiro da apresentação Histórico Distribuição das Transferências Voluntárias O novo Sistema

Leia mais

Siconv para Convenentes

Siconv para Convenentes Siconv para Convenentes Módulo2 Portal de Convênios e Siconv Brasília - 2015. Fundação Escola Nacional de Administração Pública Presidente Gleisson Rubin Diretor de Desenvolvimento Gerencial Paulo Marques

Leia mais

Inclusão e Envio de Propostas

Inclusão e Envio de Propostas MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Abertura Automática de contas

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CADASTRAR PROGRAMA

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CADASTRAR PROGRAMA TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CADASTRAR PROGRAMA 1/8 CONCEDENTE Disponibilização de Programa (CONCEDENTE) Cópia de Programa (CONCEDENTE) Cadastro de Proposta/Plano de Trabalho (PROPONENTE) Análise de Proposta/Plano

Leia mais

CHECKLIST CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE RECURSOS FEDERAIS

CHECKLIST CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE RECURSOS FEDERAIS CHECKLIST CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE RECURSOS FEDERAIS VERIFICAÇÕES PRELIMINARES Art. 3, caput e 1 ; 1. O objeto do convênio ou contrato de repasse guarda relação com a atividade do convenente? 2.

Leia mais

Informatização de Escolas Públicas

Informatização de Escolas Públicas Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social Programa de Fomento à Elaboração e à Implantação de Projetos de Inclusão Digital: Informatização de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. IDENTIFICAÇÃO (máximo 01 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax:

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. IDENTIFICAÇÃO (máximo 01 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax: Usar papel timbrado da instituição! TERMO DE REFERÊNCIA. IDENTIFICAÇÃO (máximo 0 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax: Responsável pela Instituição Proponente:

Leia mais

MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS MG. SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOCIAIS

MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS MG. SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOCIAIS PORTARIA N 035, 10 DE JUNHO DE 2008 DISPÕE SOBRE O EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS DA REDE EXECUTORA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS 2.008 O Secretário Municipal de Políticas

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 01/2015/DESAM/FUNASA/MS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 01/2015/DESAM/FUNASA/MS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 01/2015/DESAM/FUNASA/MS 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A Fundação Nacional de Saúde Funasa, em conformidade com a Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, Lei nº 8.142, de

Leia mais

(em papel timbrado da Prefeitura)

(em papel timbrado da Prefeitura) PLANO DE TRABALHO (em conformidade com o que dispõe o art. 116, 1, da Lei Federal n. 8.666/93) DECLARAÇÃO Na qualidade de representante legal do(a) proponente, DECLARO, perante o Estado de Alagoas, para

Leia mais

A CELEBRAÇÃO, EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS SOB O ENFOQUE DO DECRETO Nº 6170/2007 E NO SICONV. (Ênfase em Análise e Prestação de Contas)

A CELEBRAÇÃO, EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS SOB O ENFOQUE DO DECRETO Nº 6170/2007 E NO SICONV. (Ênfase em Análise e Prestação de Contas) Apresentação Trata-se de um Sistema complexo e em contínua evolução. Em 2012, mudanças significativas, como por exemplo, a implantação do Módulo de Acompanhamento e Fiscalização, Cotação Prévia de Preços

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV

Portal dos Convênios SICONV Portal dos Convênios SICONV O Novo Paradigma das Transferências Voluntárias da União Departamento de Suporte à Gestão do Sistema de Transferências Voluntárias da União Coordenação Geral de Sistema e Informação

Leia mais

BIBLIOTECAS PÚBLICAS

BIBLIOTECAS PÚBLICAS EDITAL DE FORTALECIMENTO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA (SNC) 2014 BIBLIOTECAS PÚBLICAS Orientações aos Sistemas Estaduais de Bibliotecas Públicas (SEBPs) integrantes do SNC O que é o Sistema Nacional

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento do Patrimônio Imaterial Coordenação Geral de Salvaguarda

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento do Patrimônio Imaterial Coordenação Geral de Salvaguarda Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento do Patrimônio Imaterial Coordenação Geral de Salvaguarda EDITAL Nº. 10/2012 Chamamento Público para a seleção de

Leia mais

Conveniada com o Poder Público

Conveniada com o Poder Público Conveniada com o Poder Público Entidade privada sem fins lucrativos, com o qual a administração federal pactua a execução de programa, projeto/atividade ou evento mediante a celebração de convênio. Associação

Leia mais

Roteiro para elaboração de Projeto Proposta

Roteiro para elaboração de Projeto Proposta . Capa: - Título do projeto - Nome da instituição proponente - Linha de ação a ser apoiada. Roteiro para elaboração de Projeto Proposta. Identificação da instituição proponente e responsável legal - devem

Leia mais

DADOS DO CONCEDENTE. Execuçao de Mestrado Profissional em Saúde Coletiva para Gestores e Trabalhadores do SUS Bahia.

DADOS DO CONCEDENTE. Execuçao de Mestrado Profissional em Saúde Coletiva para Gestores e Trabalhadores do SUS Bahia. MINISTERIO DA SAUDE PORTAL DOS CONVÊNIOS SICONV - SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS Nº / ANO DA PROPOSTA: 036462/2011 OBJETO: DADOS DO CONCEDENTE Execuçao de Mestrado Profissional em Saúde Coletiva para Gestores

Leia mais

Portal dos Convênios UM NOVO MODELO PARA GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO. Setembro, 2008

Portal dos Convênios UM NOVO MODELO PARA GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO. Setembro, 2008 Portal dos Convênios UM NOVO MODELO PARA GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Setembro, 2008 Acórdãos TCU 788 e 2066/2006 Determinar ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão que apresente

Leia mais

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV?

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV? O QUE É SICONV? Criado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o SICONV Sistema de Convênio, tem como uma das finalidades, facilitar as apresentações de projetos aos programas ofertados pelo

Leia mais

Nº / ANO DA PROPOSTA: 059791/2010 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO:

Nº / ANO DA PROPOSTA: 059791/2010 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO: MINISTERIO DA SAUDE PORTAL DOS CONVÊNIOS SICONV - SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS Nº / ANO DA PROPOSTA: 059791/2010 OBJETO: DADOS DO CONCEDENTE Aquisição de equipamentos para unidade de internação pós cirúrgica

Leia mais

Nº / ANO DA PROPOSTA: 022985/2011 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO: Aquisição de Equipamentos e Material Permanente para a Santa Casa de Marília.

Nº / ANO DA PROPOSTA: 022985/2011 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO: Aquisição de Equipamentos e Material Permanente para a Santa Casa de Marília. MINISTERIO DA SAUDE PORTAL DOS CONVÊNIOS SICONV - SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS Nº / ANO DA PROPOSTA: 022985/2011 OBJETO: DADOS DO CONCEDENTE Aquisição de Equipamentos e Material Permanente para a Santa

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV

Portal dos Convênios SICONV Portal dos Convênios SICONV O Novo Paradigma das Transferências Voluntárias da União José Antonio de Aguiar Neto Seminário : Captaçã ção o de Recursos Voluntários, uma Parceria Estratégica Quanto à limitaçã

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N.º 02/2012 - SDH/PR

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N.º 02/2012 - SDH/PR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA VISANDO À SELEÇÃO DE PROJETOS VOLTADOS PARA EXECUÇÃO DE PROGRAMAS NO ÂMBITO DA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA

Leia mais

EDITAL 001/2016 Conselho Municipal de Assistência Social

EDITAL 001/2016 Conselho Municipal de Assistência Social EDITAL 001/2016 Conselho Municipal de Assistência Social O CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE LAGOA VERMELHA CMAS TORNA PÚBLICO O PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROGRAMAS, PROJETOS E SERVIÇOS DE ENTIDADES

Leia mais

MODELO SESI DE SUSTENTABILIDADE NO TRABALHO

MODELO SESI DE SUSTENTABILIDADE NO TRABALHO MODELO SESI DE SUSTENTABILIDADE NO TRABALHO Flávia Dias Uberaba 14.04.2010 O QUE É O MODELO O Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho é uma ferramenta de diagnóstico e autoavaliação que propõe às indústrias

Leia mais

As entidades privadas sem fins lucrativos e as transferências voluntárias. - Legislação -

As entidades privadas sem fins lucrativos e as transferências voluntárias. - Legislação - As entidades privadas sem fins lucrativos e as transferências voluntárias - Legislação - Mário Vinícius Spinelli Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas Controladoria-Geral da União

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PROPOSIÇÃO DE PROJETO E PREENCHIMENTO DO SICONV

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PROPOSIÇÃO DE PROJETO E PREENCHIMENTO DO SICONV GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PROPOSIÇÃO DE PROJETO E PREENCHIMENTO DO SICONV Elaborado pela Equipe da Ação Coordenação Geral de Modernização e Administração da Justiça Secretaria de Reforma do Judiciário Agosto

Leia mais

TRÊS SETORES DA SOCIEDADE

TRÊS SETORES DA SOCIEDADE TRÊS SETORES DA SOCIEDADE 1º SETOR GOVERNO FEDERAL ESTADUAL MUNICIPAL QUESTÕES SOCIAIS DINHEIRO PÚBLICO PARA FINS PÚBLICOS 2º SETOR PRIVADO QUESTÕES INDIVIDUAIS DINHEIRO PRIVADO PARA FINS PRIVADOS 3º SETOR

Leia mais

Ministério do Esporte e Turismo EMBRATUR Instituto Brasileiro de Turismo. Deliberação Normativa nº 419, de 15 de março de 2001

Ministério do Esporte e Turismo EMBRATUR Instituto Brasileiro de Turismo. Deliberação Normativa nº 419, de 15 de março de 2001 Ministério do Esporte e Turismo EMBRATUR Instituto Brasileiro de Turismo Deliberação Normativa nº 419, de 15 de março de 2001 A Diretoria da EMBRATUR Instituto Brasileiro de Turismo, no uso de suas atribuições

Leia mais

ANEXO 2 PLANO DE INVESTIMENTO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL - MODELO 1.1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.2 IDENTIFICAÇÃO

ANEXO 2 PLANO DE INVESTIMENTO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL - MODELO 1.1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.2 IDENTIFICAÇÃO PLANO DE INVESTIMENTO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL MODELO Descrição da Proposta 1.1 SUMÁRIO EXECUTIVO Objetivos Resultados Esperados Estratégia de Ação Nome da Entidade 1.2 IDENTIFICAÇÃO Razão Social CGC/CNPJ

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ANEXO III ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ANEXO III ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ANEXO III ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS O QUE É UM PROJETO? É um documento que organiza idéias para se realizar um empreendimento, explicitando o motivo de realizá-lo, as etapas de trabalho, as

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA INTERNA MCT / FINEP / CT-INFRA PROINFRA 01/2011 DETALHAMENTO DOS SUBPROJETOS

CHAMADA PÚBLICA INTERNA MCT / FINEP / CT-INFRA PROINFRA 01/2011 DETALHAMENTO DOS SUBPROJETOS CHAMADA PÚBLICA INTERNA MCT / FINEP / CT-INFRA PROINFRA 01/2011 DETALHAMENTO DOS SUBPROJETOS 1. Identificação do Sub-Projeto Siglas do Sub-projeto 2. Título do Subprojeto Informar o título do subprojeto

Leia mais

Instrução Normativa nº 01, de 28 de julho de 2005.

Instrução Normativa nº 01, de 28 de julho de 2005. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Instrução Normativa nº 01, de 28 de julho de 2005. Estabelecer e tornar público os critérios de seleção das propostas enviadas para análise no âmbito

Leia mais

SEBRAEtec Diferenciação

SEBRAEtec Diferenciação SEBRAEtec Diferenciação REGULAMENTO Investir em inovação tecnológica é fundamental para a competitividade das micro e pequenas empresas gaúchas. 2 2014 Mais recursos para as MPEs representam mais desenvolvimento

Leia mais

Roteiro para apresentação de projeto

Roteiro para apresentação de projeto Roteiro para apresentação de projeto Ação Orçamentária nº 2374 Fomento ao Desenvolvimento de Micro, Pequenas e Médias Empresas Coordenação-Geral de Arranjos Produtivos Locais Ministério do Desenvolvimento,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/CT-INFRA - PROINFRA 02/2014 Equipamentos Multiusuários

CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/CT-INFRA - PROINFRA 02/2014 Equipamentos Multiusuários CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/CT-INFRA - PROINFRA 02/2014 Equipamentos Multiusuários SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS INSTITUCIONAIS DE AQUISIÇÃO E DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS MULTIUSUÁRIOS

Leia mais

Manual de Instruções ao Proponente de Emenda Parlamentar

Manual de Instruções ao Proponente de Emenda Parlamentar MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO Manual de Instruções ao Proponente de Emenda Parlamentar Programa SICONV nº 2800020130003: Promoção

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA VOLTADO ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - PROEXT 2004 SESu/MEC ANEXO I - FICHA DE IDENTIFICAÇÃO

PROGRAMA DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA VOLTADO ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - PROEXT 2004 SESu/MEC ANEXO I - FICHA DE IDENTIFICAÇÃO ANEXO I - FICHA DE IDENTIFICAÇÃO INSTITUIÇÃO PROPONENTE: PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO: TÍTULO DO PROJETO: TEMA PROJETO (DE ACORDO COM O EDITAL) EQUIPE: (nome, unidade, categoria profissional) RESUMO (máximo

Leia mais

Portal dos Convênios

Portal dos Convênios Portal dos Convênios Um novo paradigma nas tranferências voluntárias da União Rogério Santanna dos Santos São Paulo, 10 de novembro de 2008 Roteiro Apresentação Metas do Portal dos Convênios Contexto Transferências

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SPM/PR

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SPM/PR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SPM/PR A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República SPM/PR torna público

Leia mais

ANEXO VII ESTRATÉGIA DE COMPATIBILIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS

ANEXO VII ESTRATÉGIA DE COMPATIBILIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS ANEXO VII ESTRATÉGIA DE COMPATIBILIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS MUNICÍPIO DE SANTOS 1 1. OBJETIVO O presente Plano tem por objetivo ordenar os trabalhos necessários para a viabilização das obras de Saneamento

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO FÍSICO: refere-se ao indicador físico de qualificação e quantificação do produto de cada meta e etapa a executar e executada. 1. EXECUTOR:

Leia mais

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA DE INCLUSÃO DIGITAL AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 02, DE 4 DE OUTUBRO DE 2012 PROGRAMA COMPUTADORES PARA INCLUSÃO A União, por intermédio da Secretaria de Inclusão

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Disponibilização de Programas. Manual do Usuário Versão 2

Portal dos Convênios - Siconv. Disponibilização de Programas. Manual do Usuário Versão 2 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Disponibilização de Programas

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV TREINAMENTO PRÁTICO SICONV Instrutores: Fernando Henrique / Rodrigo Lopes Brasília/DF, 21 e 22 de agosto de 2012. 1 Introdução 1. Portal dos Convênios 2. Credenciamento 3. Cadastramento e atualização do

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 010/13.

ORDEM DE SERVIÇO Nº 010/13. ORDEM DE SERVIÇO Nº 010/13. Porto Alegre, 1º de agosto de 2013. AOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS, PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍ- PIO, DIRETOR DO DEPARTAMEN- TO DE ESGOTOS PLUVIAIS, DIRE- TORES-GERAIS DE AUTARQUIAS,

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE SUBPROJETOS CHAMADA MCTI/FINEP/FNDCT 02/2016. A FINEP lançou, em 04/04/2016, a Chamada MCTI/FINEP/FNDCT 02/2016.

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE SUBPROJETOS CHAMADA MCTI/FINEP/FNDCT 02/2016. A FINEP lançou, em 04/04/2016, a Chamada MCTI/FINEP/FNDCT 02/2016. NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE SUBPROJETOS CHAMADA MCTI/FINEP/FNDCT 02/2016 A FINEP lançou, em 04/04/2016, a Chamada MCTI/FINEP/FNDCT 02/2016. Esta tem por objetivo, fomentar e fortalecer os Centros já existentes

Leia mais

2.3 O Mapeamento dos Clubes Sociais Negros deverá conter, minimamente, as seguintes informações:

2.3 O Mapeamento dos Clubes Sociais Negros deverá conter, minimamente, as seguintes informações: CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2011 PARA SELEÇÃO DE PROJETOS QUE VISEM A EXECUÇÃO DE MAPEAMENTO DOS CLUBES SOCIAIS NEGROS DO BRASIL POR MEIO DE CONVÊNIO OU TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA, A SER FIRMADO PELA SECRETARIA

Leia mais

Apresentar conceitos, marcos e prérequisitos relevantes para a condução dos contratos de repasse e dos termos de compromisso mantidos com a CAIXA, a

Apresentar conceitos, marcos e prérequisitos relevantes para a condução dos contratos de repasse e dos termos de compromisso mantidos com a CAIXA, a Oficina de Capacitação Gestão de Convênios Federais Pré-requisitos e marcos relevantes dos Contratos de Repasse e Termos de Compromisso firmados com a CAIXA 16 NOV 2015 OBJETIVOS DA OFICINA Apresentar

Leia mais

PARA QUE SERVE O ORÇAMENTO PÚBLICO

PARA QUE SERVE O ORÇAMENTO PÚBLICO PARA QUE SERVE O ORÇAMENTO PÚBLICO O orçamento público tem tudo a ver com o nosso dia-a-dia. Grande parte das receitas governamentais, ou seja, do dinheiro que o governo arrecada, sai do nosso bolso, direta

Leia mais

Orientações para apresentação de proposta de convênio para a Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça

Orientações para apresentação de proposta de convênio para a Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça Orientações para apresentação de proposta de convênio para a Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça Apresentação 1. O Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania e a ação

Leia mais

Serão apoiados os projetos que tenham por finalidade um ou mais dos seguintes objetivos específicos:

Serão apoiados os projetos que tenham por finalidade um ou mais dos seguintes objetivos específicos: CHAMADA PÚBLICA MCTI/SECIS/FINEP/FNDCT Cooperação Empresa-ICT TECNOLOGIA ASSISTIVA 01/2011 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS COOPERATIVOS ENTRE EMPRESAS E INSTITUIÇÕES CIENTÍFICAS E TECNOLÓGICAS (ICTs) PARA

Leia mais

Perguntas freqüentes - FAQ

Perguntas freqüentes - FAQ Perguntas freqüentes - FAQ CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/FSA PRODECINE 03/2008 COMERCIALIZAÇÃO 1) Como faço para enviar meu projeto? O primeiro passo para inscrever um projeto em qualquer uma das seleções

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE AGRICULTORES E IRRIGANTES DA BAHIA AIBA BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB

ASSOCIAÇÃO DE AGRICULTORES E IRRIGANTES DA BAHIA AIBA BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ASSOCIAÇÃO DE AGRICULTORES E IRRIGANTES DA BAHIA AIBA BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB FUNDO PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DA BAHIA FUNDESIS EDITAL PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS

Leia mais

IV Seminário de Execução Financeira de Projetos Financiados com Recursos Externos. O f i c i n a 3. Brasília, de 7 e 8 de maio de 2009.

IV Seminário de Execução Financeira de Projetos Financiados com Recursos Externos. O f i c i n a 3. Brasília, de 7 e 8 de maio de 2009. IV Seminário de Execução Financeira de Projetos Financiados com Recursos Externos O f i c i n a 3 Convênios (SICONV - Sistemas e Legislação) Brasília, de 7 e 8 de maio de 2009. Ementa da Oficina Nº 3

Leia mais

Secretaria do Planejamento

Secretaria do Planejamento Salvador, Bahia Sexta-Feira 10 de outubro de 2014 Ano XCIX N o 21.543 Secretaria do Planejamento INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DE 08 DE OUTUBRO DE 2014 Orienta os órgãos e entidades da Administração Pública

Leia mais

DETALHAMENTO DO PROCESSO SELETIVO DE PROJETOS DE FORTALECIMENTO DO TURISMO RELIGIOSO NO BRASIL

DETALHAMENTO DO PROCESSO SELETIVO DE PROJETOS DE FORTALECIMENTO DO TURISMO RELIGIOSO NO BRASIL O Ministério do Turismo, por intermédio da Secretaria Nacional de Políticas do Turismo, torna pública a realização de processo seletivo de projetos para apoio ao Fortalecimento do Turismo Religioso no

Leia mais