A Saúde da Criança em Angola

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Saúde da Criança em Angola"

Transcrição

1 REPÚBLICA DE ANGOLA III Jornadas Médicas de Pediatria A Saúde da Criança em Angola Local: Anfiteatro Clínica Girassol Luanda, 2 a 6 de Dezembro 2008

2 I. Introdução A Sociedade Angolana de Pediatria (SAP), o Hospital Pediátrico David Bernardino, a Direcção Nacional de Saúde (DNSP) e Parceiros (OMS, UNICEF) realizam, de 02 a 06 de Dezembro de 2008, as III Jornadas Pediátricas. A Saúde da Criança em Angola é o tema central que norteará as palestras, conferências, mesas-redondas programadas para as Jornadas. Estas Jornadas decorrem num contexto de paz, estabilidade, democracia e crescimento económico acelerado. Assim sendo a SAP pretende promover um fórum para reflexão, partilha de informações, debate entre os cuidados de referência e a atenção primária sobre a actual situação de saúde da criança em Angola, as soluções para sua melhoria á luz do crescimento económico e o alcance dos objectivos para a infância preconizadas no programa do Governo e a meta 4 dos Objectivos do Milénio. Realizar ainda a actualização e o aperfeiçoamento de profissionais que actuam na atenção à saúde das crianças através de 3 cursos Pré Jornadas com os seguintes temas: Cuidados Essenciais em Recem Nascidos, Infecciologia e Urgências Pediátricas. II. Objectivo Geral: Reflectir sobre a actual situação de saúde da criança em Angola, as soluções para sua melhoria e o alcance dos objectivos do Programa do Governo e a meta 4 dos Objectivos do Milénio. III. Objectivos Específicos: 1. Apontar as linhas estratégicas para acelerar as intervenções na área de saúde infantil com vista o alcance dos objectivos do programa e a meta 4 das ODMs em Angola; 2. Reforçar a colaboração e articulação entre os cuidados de referência, o sector de atenção primária à infância e parceiros; 3. Promover a actualização de profissionais de saúde que atendem crianças no Sistema Nacional de Saúde;

3 IV. Resultados Esperados: No final das Jornadas espera-se o seguinte: 1. A situação actual de saúde da criança conhecida; 2. As linhas estratégicas, os subsídios para acelerar o alcance dos objectivos do Governo e ODMs 4 em Angola conhecidas; 3. profissionais de saúde actualizado em CERN, infecciologia e Urgências Pediátricas 4. Colaboração entre os cuidados de referência, o sector primário, e parceiros reforçados. V. Participantes: 1. Técnicos médios e superiores de saúde incluindo os decisores das estratégias na área de saúde, preferencialmente na área de Pediatria Pediatras, Clínicos gerais, enfermeiros, epidemiologistas, parceiros, ONG s. VI. Numero de Participantes: 100 VII. Organismo Promotor: Sociedade Angolana de Pediatria VIII. Duração : 5 dias IX. Data de Realização: 02 a 06 de Dezembro de X. Local: Anfiteatro Clínica Girassol XI. Financiamento: SAP, UAN- HPDB, MINSA, OMS, UNICEF XII. METODOLOGIA - Será utilizada uma metodologia interactiva e participativa - Palestras com tempo de exposição não superior a 20 minutos e mesas redondas para discussão.

4 XIII. TEMÁTICA 1. O estado actual da Saúde da Criança em Angola: - Estratégias Globais para redução da mortalidade infantil - Os Indicadores actuais da saúde da criança em Angola - A Resposta do MINSA (políticas públicas para aa infância, implementação dos Programas de Saúde Pública e os compromissos internacionais); - As soluções para sua melhoria tendo em conta o alcance do objectivo 4; - Actualização em Cuidados Essenciais em RN (CERN), Infecciologia e Urgências pediátricas XIV. Documentos de Apoio : Plano Estratégico Nacional para Redução Acelerada da Mortalidade Materna e Infantil ; Inquérito Nacional da Malária 2006; Roteiro Angolano para Redução Acelerada da Mortalidade Materna e Neonatal 2007 Relatório Preliminar do Inquérito Nacional sobre os Cuidados Obstétricos de Urgência (2007); Relatório Preliminar do Inquérito de Nutrição em crianças < de 5 anos (2007); Processo de Revitalização do Sistema Municipal de Saúde 2008; Perfil da criança em Angola Nacional e Provincial (actualização 2008) Material de formação do AIDI Manual do AIDI Comunitário Documentos sobre o Concelho Nacional da Criança (CNAC) Documentos sobre o Seminário Countdown Cidade do Cabo, 2008 XVI. Comissão Organizadora : SAP DNSP Parceiros Dr. Francisco Domingos Dra. Helga freitas OMS, UNICEF Dra Leopoldina Mouzinho Dr. J. Cunha Dr. César Freitas

5

Workshop on Health Workforce Policy Development for Portuguese Speaking Countries. Sandton, South Africa 17-21/10/ 2005

Workshop on Health Workforce Policy Development for Portuguese Speaking Countries. Sandton, South Africa 17-21/10/ 2005 República de Angola Ministério da Saúde Direcção Nacional de Recursos Humanos Workshop on Health Workforce Policy Development for Portuguese Speaking Countries Sandton, South Africa 17-21/10/ 2005 1 Angola

Leia mais

FORVIDA Formação para a Vida. Formação Permanente em Saúde Materno-Infantil para Enfermeiros Benguela Huambo Luanda 2012-2014

FORVIDA Formação para a Vida. Formação Permanente em Saúde Materno-Infantil para Enfermeiros Benguela Huambo Luanda 2012-2014 FORVIDA Formação para a Vida Reforço de Competências de Recursos Humanos de Saúde em Angola Curso 140 horas Formação Permanente em Saúde Materno-Infantil para Enfermeiros Benguela Huambo Luanda 2012-2014

Leia mais

1 a MOSTRA NACIONAL DE SAÚDE DA CRIANÇA APRESENTAÇÃO

1 a MOSTRA NACIONAL DE SAÚDE DA CRIANÇA APRESENTAÇÃO 1 1 a MOSTRA NACIONAL DE SAÚDE DA CRIANÇA APRESENTAÇÃO O compromisso do Brasil com os Objetivos do Milênio, de redução da mortalidade infantil, coloca como prioritárias as ações que se dirigem à saúde

Leia mais

Gobierno rector o Instituto nacional. UNICEF, CNAC e UNFPA. MINSA, JUSTIÇA e INE. UNICEF, CNAC e UNFPA. Justiça/INE e MINSA. UNICEF, CNAC e UNFPA

Gobierno rector o Instituto nacional. UNICEF, CNAC e UNFPA. MINSA, JUSTIÇA e INE. UNICEF, CNAC e UNFPA. Justiça/INE e MINSA. UNICEF, CNAC e UNFPA (=muy = Socios 03 04 05 Costo total 0/3 REGISTO CIVIL E ESTATÍSTICAS VITAIS Revitalizar o mecanismo de coordenação entre o e o MINJUS para a eecução do projecto Nascer Cidadão. Finaliar a implementação

Leia mais

Boletim Electrónico RUMO À MELHORIA DA SAÚDE DA MÃE, DO RECÉM NASCIDO, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EM MOÇAMBIQUE: PROVÍNCIA DE GAZA NA LIDERANÇA

Boletim Electrónico RUMO À MELHORIA DA SAÚDE DA MÃE, DO RECÉM NASCIDO, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EM MOÇAMBIQUE: PROVÍNCIA DE GAZA NA LIDERANÇA OMS, MOÇAMBIQUE Boletim Electrónico Número 3 Dezembro 2008 GOVERNO DE MOÇAMBIQUE RUMO À MELHORIA DA SAÚDE DA MÃE, DO RECÉM NASCIDO, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EM MOÇAMBIQUE: PROVÍNCIA DE GAZA NA LIDERANÇA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR Curso de Especialização em Enfermagem Pediátrica e Neonatal 1ª Turma- Sobral 1. JUSTIFICATIVA Apesar das

Leia mais

Tema: OBJECTIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILENIO

Tema: OBJECTIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILENIO DIRECÇÃO PROVINCIAL DE RECURSOS MINERAIS E ENERGIA DE MANICA Tema: OBJECTIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILENIO Manica, 30 Junho à 04 Julho 2008 Elaborado por: José F. Quelhas Av. 25 de Setembro, 1218-2 o

Leia mais

IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS EM ANGOLA CONCLUSÕES / RECOMENDAÇÕES

IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS EM ANGOLA CONCLUSÕES / RECOMENDAÇÕES IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS EM ANGOLA CONCLUSÕES / RECOMENDAÇÕES Realizou-se nos dias 24 e 25 de Janeiro de 2014, no Centro de Convenções de Talatona, o IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS

Leia mais

SISTEMA DE PROTECÇÃO SOCIAL EM ANGOLA

SISTEMA DE PROTECÇÃO SOCIAL EM ANGOLA SISTEMA DE PROTECÇÃO SOCIAL EM ANGOLA I- CONTEXTO 1- A assistência social é uma abordagem que visa proteger os grupos mais vulneráveis tendo em conta critérios rigorosos para uma pessoa se habilitar a

Leia mais

Programa da Diabetes das FAA

Programa da Diabetes das FAA Programa da Diabetes das FAA Sabrina Coelho da Cruz Diabetologista do Hospital Militar Principal/Instituto Superior Coordenadora da Comissão da Diabetes do HMP/IS Coordenadora do Programa da Diabetes nas

Leia mais

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Organização Paramédicos de Catástrofe Internacional. Morada Rua Pedro Álvares Cabral 1675 106 Pontinha, Odivelas

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Organização Paramédicos de Catástrofe Internacional. Morada Rua Pedro Álvares Cabral 1675 106 Pontinha, Odivelas FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Organização Paramédicos de Catástrofe Internacional Diretor(a) Bruno Ferreira Setor de Atividade Voluntariado Social Número de Efetivos 100 NIF 509 557 597 Morada Rua Pedro Álvares

Leia mais

Oportunidades para os Recém-nascidos em Africa

Oportunidades para os Recém-nascidos em Africa Oportunidades para os Recém-nascidos em Africa Dados práticos, políticas e apoios programáticos para a prestação de cuidados de saúde aos recém-nascidos em África Todos os anos morrem pelo menos 1,16 milhões

Leia mais

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE SA9430 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P.O. Box 3243 Telephone: 5517 700 Fax: 5517844 www.africa-union.org CONFERÊNCIA DA UA DOS MINISTROS DA SAÚDE (CAMH6) Sexta Sessão

Leia mais

nossa vida mundo mais vasto

nossa vida mundo mais vasto Mudar o Mundo Mudar o Mundo O mundo começa aqui, na nossa vida, na nossa experiência de vida. Propomos descobrir um mundo mais vasto, Propomos mudar o mundo com um projecto que criou outros projectos,

Leia mais

Propriedade, Prestação de Contas e Sustentabilidade na Resposta de VIH/SIDA, Tuberculose e Malária em África: Passado, Presente e o Futuro

Propriedade, Prestação de Contas e Sustentabilidade na Resposta de VIH/SIDA, Tuberculose e Malária em África: Passado, Presente e o Futuro SA10179 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA CIMEIRA ESPECIAL DA UNIÃO AFRICANA SOBRE O VIH/SIDA, TUBERCULOSE E MALÁRIA 12-16 DE JULHO DE 2013 ABUJA, NIGÉRIA Tema: Propriedade, Prestação de Contas

Leia mais

ANEXO II - MODELOS DE DIVULGAÇÕES RESPEITANTES A PLANOS DE BENEFÍCIO DEFINIDO

ANEXO II - MODELOS DE DIVULGAÇÕES RESPEITANTES A PLANOS DE BENEFÍCIO DEFINIDO >> Voltar ao índice ANEXO II - MODELOS DE DIVULGAÇÕES RESPEITANTES A PLANOS DE BENEFÍCIO DEFINIDO O presente Anexo apresenta um conjunto de modelos que as instituições devem considerar no âmbito das divulgações

Leia mais

República de Angola Ministério da Educação

República de Angola Ministério da Educação República de Angola Ministério da Educação (READ) Ponto de Situação do Desenvolvimento do Sistema Nacional de Avaliação das Aprendizagens Moscovo, Rússia 30 de Setembro 2 de Outubro, 2009 I Conferência

Leia mais

Jornadas da Educação, 2015

Jornadas da Educação, 2015 República de Moçambique Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano Instituto Nacional do Desenvolvimento da Educação Jornadas da Educação, 2015 A nossa escola por uma educação inclusiva, humanista

Leia mais

Cooperação e Mobilidade de Profissionais de Saúde: A experiência de Portugal

Cooperação e Mobilidade de Profissionais de Saúde: A experiência de Portugal IV Encuentro Iberoamericano de Migración de Profisionales de Salud Cooperação e Mobilidade de Profissionais de Saúde: A experiência de Portugal 18 Noviembre 2011 Montevideo, Uruguay Hugo Tavares Augusto

Leia mais

Relatório Mesa 4. REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos.

Relatório Mesa 4. REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos. Relatório Mesa 4 OBJETIVO 4 Meta 5 REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos. I. Introdução Após a apresentação dos participantes

Leia mais

NOTA CONCEPTUAL Rev.5

NOTA CONCEPTUAL Rev.5 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 517 700 Fax : 517844 website: www. africa-union.org SEGUNDO FÓRUM PAN-AFRICANO SOBRE A POSIÇÃO COMUM AFRICANA

Leia mais

Faculdades Integradas Campo-Grandenses Curso de Pedagogia

Faculdades Integradas Campo-Grandenses Curso de Pedagogia Faculdades Integradas Campo-Grandenses Curso de Pedagogia Relatório de Atividades de Extensão período de 2006 a 2008 2008 Curso de Licenciatura em Pedagogia Relatório de Atividades de Extensão Ano : 2006

Leia mais

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ATRIBUIÇÕES DO MÉDICO I- Realizar consultas clínicas aos usuários de sua área adstrita; II- Participar das atividades de grupos de controle

Leia mais

DECLARAÇÃO DE LUANDA

DECLARAÇÃO DE LUANDA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA XI REUNIÃO DOS MINISTROS DO TRABALHO E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP (RMTAS) 28 a 30 de Março de 2011, Luanda Angola DECLARAÇÃO DE LUANDA As Ministras e os Ministros

Leia mais

PROGRAMA MÃES DE MINAS A IMPORTÂNCIA DO ACS NA CAPTAÇÃO PRECOCE DA GESTANTE

PROGRAMA MÃES DE MINAS A IMPORTÂNCIA DO ACS NA CAPTAÇÃO PRECOCE DA GESTANTE PROGRAMA MÃES DE MINAS A IMPORTÂNCIA DO ACS NA CAPTAÇÃO PRECOCE DA GESTANTE Antônio Jorge de Souza Marques MINAS GERAIS Superfície: 586.523 Km2 População (Estimativas IBGE, 2012): 19.855.332 hab. Municípios:

Leia mais

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente 22A25DEOUT Feira Internacional de Equipamentos e Materiais para a Construção Civil, Obras Públicas, Urbanismo e Arquitectura projectar o futuro, construindo o presente FIL 2015 LUANDA ANGOLA promova o

Leia mais

Programa da assistência para Projectos Comunitários. Embaixada do Japão

Programa da assistência para Projectos Comunitários. Embaixada do Japão Programa da assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão A Embaixada do Japão concebe um programa de assistência financeira à projectos comunitários para responder às diversas necessidades

Leia mais

Eventos da área da Saúde no Brasil no ano de 2012

Eventos da área da Saúde no Brasil no ano de 2012 Eventos da área da Saúde no Brasil no ano de 2012 Evento Data Local Congresso Latino Americano de 29 a Hotelaria Hospitalar 31/03/12 Seminário Avaliação da Lesão Crônica e Indicação de Curativo 30/03/2012

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 23.10.1982 Sexo Feminino Experiência profissional Datas Função ou cargo ocupado

Leia mais

Programa do X Governo Regional. Programa do X Governo dos Açores - Área da Saúde

Programa do X Governo Regional. Programa do X Governo dos Açores - Área da Saúde Programa do X Governo dos Açores - Área da Saúde Ponta Delgada, 26 de Novembro de 2008 6 Saúde A saúde é um factor essencial no desenvolvimento do bem-estar da população, e a qualidade neste sector aparece

Leia mais

REPUBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DE ESTUDOS, PLANEAMENTO E ESTATÍSTICA

REPUBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DE ESTUDOS, PLANEAMENTO E ESTATÍSTICA REPUBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DE ESTUDOS, PLANEAMENTO E ESTATÍSTICA RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO NACIONAL DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO SANITÁRIA (SIS) Versão final Luanda, Março 2010 Apoio: Organização

Leia mais

MINISTERIO DA AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

MINISTERIO DA AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU MINISTERIO DA AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL Segunda Conferência Internacional sobre a nutrição Roma, 19-21 de Novembro

Leia mais

OFFICE OF THE SPECIAL ENVOY OF THE SECRETARY-GENERAL FOR THE GREAT LAKES REGION

OFFICE OF THE SPECIAL ENVOY OF THE SECRETARY-GENERAL FOR THE GREAT LAKES REGION OFFICE OF THE SPECIAL ENVOY OF THE SECRETARY-GENERAL FOR THE GREAT LAKES REGION Comunicado da Conferência de Consulta Regional sobre as Oportunidades de Investimento no Sector Privado da Região dos Grandes

Leia mais

Anexo I: Termos de Referencia

Anexo I: Termos de Referencia Anexo I: Termos de Referencia República de Angola Governo Provincial de Luanda Administração Municipal de Viana Repartição Municipal de Saúde de Viana TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A AVALIAÇÃO FINAL EXTERNA

Leia mais

CURRICULUM VITAE DE MARIA DO CARMO MEDINA

CURRICULUM VITAE DE MARIA DO CARMO MEDINA CURRICULUM VITAE DE MARIA DO CARMO MEDINA 1925 Nasceu em 7 de Dezembro, em Lisboa, Portugal. Viveu parte da sua infância no Porto e em Macau, donde saiu em 1938. Passou a viver em Lisboa desde 1940, onde

Leia mais

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia República de Angola Ministério da Ciência e Tecnologia 3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia A Ciência, Tecnologia e Inovação ao serviço da sociedade Luanda, 11 13 de Setembro de 2013 Datas

Leia mais

Workshop on Health Workforce Policy Development for Portuguese Speaking Countries. Sandton, South Africa 17-21/10/ 2005

Workshop on Health Workforce Policy Development for Portuguese Speaking Countries. Sandton, South Africa 17-21/10/ 2005 República de Angola Ministério da Saúde Direcção Nacional de Recursos Humanos Workshop on Health Workforce Policy Development for Portuguese Speaking Countries Sandton, South Africa 17-21/10/ 2005 1 Angola

Leia mais

Ivana Angélica Estrela Araújo

Ivana Angélica Estrela Araújo Ivana Angélica Estrela Araújo Brasileira, solteira, 22 anos Rua 04 quadra H casa 24 Conjunto Rio Anil Bequimão São Luís MA Telefone: (98) 82659010 / (98) 88481901 E-mail: ivanaestrela06@gmail.com RG: 034388232007-3

Leia mais

Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs

Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs Isabel Dinis, ACTUAR Lisboa, 3 de Junho de 2010 ACTUAR - ASSOCIAÇÃO

Leia mais

INDÚSTRIA NACIONAL MOTOR DA MUDANÇA

INDÚSTRIA NACIONAL MOTOR DA MUDANÇA INDÚSTRIA NACIONAL MOTOR DA MUDANÇA no World Trade Center Viana 10 13 DEZEMBRO 2015 10 A 13 DEZEMBRO WORLD TRADE CENTER 10 A 13 DEZEMBRO WORLD TRADE CENTER DE VIANA A grande Exposição Nacional dedicada

Leia mais

6º Fórum Mundial da Água

6º Fórum Mundial da Água 6º Fórum Mundial da Água A gestão integrada de recursos hídricos e de águas residuais em São Tomé e Príncipe como suporte da segurança alimentar, energética e ambiental Eng.ª Lígia Barros Directora Geral

Leia mais

Será, acima de tudo, uma voz única a guiar a formação de professores.

Será, acima de tudo, uma voz única a guiar a formação de professores. 1 2 Prefácio O Ministério da Educação de Angola reconhece a contribuição fundamental de um sistema efectivo e eficiente de formação de professores para a melhoria da qualidade da educação e para o desenvolvimento

Leia mais

ENTERPRISE 2020 Inteligente Sustentável Inclusivo

ENTERPRISE 2020 Inteligente Sustentável Inclusivo ENTERPRISE 2020 Inteligente Sustentável Inclusivo With the support of the European Commission and the Belgian Presidency of the European Union Porquê Enterprise 2020? Os desafios económicos, sociais e

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia

Mostra de Projetos 2011. Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia Mostra de Projetos 2011 Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia Mostra Local de: Umuarama Categoria do projeto: I - Projetos em implantação,

Leia mais

Economia do conhecimento deve ser a principal aposta de Angola

Economia do conhecimento deve ser a principal aposta de Angola A1 Economia do conhecimento deve ser a principal aposta de Angola Tipo Internet Data Publicação: 24-06-2013 Sol Online http:sol.sapo.ptangolainterior.aspx?content_id=78501 O membro do Conselho de Estado

Leia mais

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL 4ª Edição QUANDO O BRASIL SE JUNTA, TODO MUNDO GANHA. Secretaria-Geral da Presidência da República Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Movimento Nacional

Leia mais

TORs da Avaliação do CCF Julho, 2014

TORs da Avaliação do CCF Julho, 2014 1. CONTEXTO AVALIAÇÃO DO CENTRO CRIANÇA FELIZ Termos de Referência O projecto Centro Criança Feliz é uma iniciativa da IBIS Moçambique, concebida e por si implementada desde 2008. O projecto surgiu no

Leia mais

Encaminhado em 2013 para reduzir a incidência de malária em >75% até 2015 (vs. 2000)

Encaminhado em 2013 para reduzir a incidência de malária em >75% até 2015 (vs. 2000) P TRIMESTRE Introdução RELATÓRIO DE RESUMO DA ALMA: 2P o DE 205 No mês de Julho de 205, a Etiópia e a Comissão Económica das Nações Unidas para África vão ser os anfitriões da 3ª Conferência Internacional

Leia mais

Programação PRELIMINAR 18 a 20 de Novembro de 2008. 17 de Novembro Segunda-feira

Programação PRELIMINAR 18 a 20 de Novembro de 2008. 17 de Novembro Segunda-feira I Conferência Brasileira de Monitoramento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio do Setor Saúde I Conferência Internacional de Monitoramento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio do Setor Saúde

Leia mais

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL EM ANGOLA FUNÇÃO: Gestor de Saúde

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL EM ANGOLA FUNÇÃO: Gestor de Saúde PROGRAMA DE COOPERAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL EM ANGOLA FUNÇÃO: Gestor de Saúde LOCALIZAÇÃO: Angola, Benguela, com eventuais deslocações ao Huambo, Kuito e Luanda DURAÇÃO: 6 meses de 1 julho a 31 dezembro

Leia mais

EUNEDS INTRODUÇÃO FINALIDADE E OBJECTIVOS

EUNEDS INTRODUÇÃO FINALIDADE E OBJECTIVOS EUNEDS INTRODUÇÃO O mandato para desenvolver uma Estratégia para a Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) decorre da declaração apresentada pelos ministros do ambiente da CEE/ONU na 5ª Conferência

Leia mais

PROJECTO DESENVOLVENDO NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS

PROJECTO DESENVOLVENDO NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS Projecto do PNUD financiado pela Cooperação Espanhola Ministério da Hotelaria e Turismo República de Angola Angola PROJECTO DESENVOLVENDO NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS SEMINÁRIO PNUD / CNUCED "GESTÃO DE PROJECTOS

Leia mais

POSIÇÃO COMUM AFRICANO SOBRE ACABAR COM O CASAMENTO INFANTIL

POSIÇÃO COMUM AFRICANO SOBRE ACABAR COM O CASAMENTO INFANTIL AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIAP. O. Box 3243Telephone +251 11 5517 700 Fax : 00251 11 5517844 www.au.int POSIÇÃO COMUM AFRICANO SOBRE ACABAR COM O CASAMENTO INFANTIL

Leia mais

Projecto de Apoio Institucional aos Sectores de Águas e Saneamento no âmbito do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (10.ACP.ANG.

Projecto de Apoio Institucional aos Sectores de Águas e Saneamento no âmbito do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (10.ACP.ANG. Projecto de Apoio Institucional aos Sectores de Águas e Saneamento no âmbito do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (10.ACP.ANG.01) PAISAS VISÃO GERAL - 1 COMPONENTES - Informação Chave do Projecto ConMngências

Leia mais

Agenda. Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino

Agenda. Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino Serviços Agenda Programe-se para participar dos principais eventos da Enfermagem Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino A Escola de Enfermagem

Leia mais

XVIII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE MINISTROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

XVIII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE MINISTROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA XVIII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE MINISTROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Maputo, 18 de Julho de 2013 Resolução sobre a Luta Contra o Trabalho Infantil na CPLP O Conselho de Ministros

Leia mais

A POLÍTICA DE PROTEÇÃO DA MATERNIDADE JULIO MAYER DE CASTRO FILHO

A POLÍTICA DE PROTEÇÃO DA MATERNIDADE JULIO MAYER DE CASTRO FILHO A POLÍTICA DE PROTEÇÃO DA MATERNIDADE JULIO MAYER DE CASTRO FILHO Ministério da Saúde Diretrizes gerais Pacto pela Saúde Estados ComissãoBi partite Municípios Plano Municipal de Saúde Objetivos Ações estratégicas

Leia mais

ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE

ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE Adoptada pelos Ministros da Saúde e Ministros do Ambiente na Segunda Conferência Interministerial sobre Saúde e

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas EDITAL DE INSCRIÇÕES Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas A Company Gestão Educacional e Negócios torna público o edital para as inscrições do

Leia mais

Trabalhadores de Saúde Suficientes e Competentes para Mais e Melhores Serviços de Saúde Para o Povo Moçambicano

Trabalhadores de Saúde Suficientes e Competentes para Mais e Melhores Serviços de Saúde Para o Povo Moçambicano Ministério da Saúde Direcção Nacional de Recursos Humanos Plano Nacional de Desenvolvimento dos Recursos Humanos da Saúde Trabalhadores de Saúde Suficientes e Competentes para Mais e Melhores Serviços

Leia mais

O Impacto das Doenças Não-Transmissíveis (DNT) e Doenças Tropicais Negligenciadas (DTN) no Desenvolvimento em África NOTA CONCEPTUAL

O Impacto das Doenças Não-Transmissíveis (DNT) e Doenças Tropicais Negligenciadas (DTN) no Desenvolvimento em África NOTA CONCEPTUAL SA9208 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Tele: +251-11-5517 700 Fax: +251-11-5517844 Website: www.au.int SEXTA SESSÃO DA CONFERÊNCIA DA UNIÃO AFRICANA DOS

Leia mais

Desigualdades em saúde - Mortalidade infantil. Palavras-chave: mortalidade infantil; qualidade de vida; desigualdade.

Desigualdades em saúde - Mortalidade infantil. Palavras-chave: mortalidade infantil; qualidade de vida; desigualdade. Desigualdades em saúde - Mortalidade infantil Ruth Rangel * Fernanda Azevedo * Palavras-chave: mortalidade infantil; qualidade de vida; desigualdade. Resumo A redução das desigualdades sociais tem sido

Leia mais

Automação dos Orgãos de Distribuição (Bocas de Rega) nas Redes de Rega Colectivas

Automação dos Orgãos de Distribuição (Bocas de Rega) nas Redes de Rega Colectivas Automação dos Orgãos de Distribuição (Bocas de Rega) nas Redes de Rega Colectivas Por: João Viegas Direcção Técnica Grupo Hubel Mónica Neves Responsável Técnico Comercial Área Neg. Aprov. Hidroagrícolas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO Disciplina: Saúde da Criança e do Adolescente Código: 106209 Crédito: 04.07.00

Leia mais

COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA PLANO ESTRATÉGICO DE COOPERAÇÃO EM SAÚDE DA CPLP (PECS/CPLP) 2009-2012 Maio de 2009 Página 1 de 20 ÍNDICE 1. CONTEXTUALIZAÇÃO 3 2. OBJECTIVOS 4 3. DIRECTRIZES

Leia mais

Alcance dos ODMs pelo Brasil Metas da Saúde. Dr. Jarbas Barbosa Secretário de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde

Alcance dos ODMs pelo Brasil Metas da Saúde. Dr. Jarbas Barbosa Secretário de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Alcance dos ODMs pelo Brasil Metas da Saúde Dr. Jarbas Barbosa Secretário de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Brasília- DF, 25 de abril de 2012 ObjeHvos de Desenvolvimento do Milênio - ODM Obje%vo

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social PROGRAMA DE REFORMA ADMINISTRATIVA PREA

REPÚBLICA DE ANGOLA Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social PROGRAMA DE REFORMA ADMINISTRATIVA PREA REPÚBLICA DE ANGOLA Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social PROGRAMA DE REFORMA ADMINISTRATIVA PREA INTRODUÇÃO No quadro das tarefas de implementação do Programa de Reforma Administrativa

Leia mais

SEMANA DOS DIREITOS HUMANOS

SEMANA DOS DIREITOS HUMANOS APRESENTAÇÃO DO PROJECTO SEMANA DOS DIREITOS HUMANOS 3 a 21 de Dezembro de 2007 Índice 1 Campanha MOÇANGOLA 2 Palestras sobre Direitos Humanos e Objectivos de Desenvolvimento do Milénio 3 Exposição Itinerante

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 14.02.06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 1548 CURSO DE MEDICINA

Aprovado no CONGRAD: 14.02.06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 1548 CURSO DE MEDICINA Aprovado no CONGRAD: 14..06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 48 CURSO DE MEDICINA EIXOS TRANSVERSAIS E ÁREAS DO CONHECIMENTO DO CURRÍCULO PLENO ACADÊMI COS I FUNDAMENTOS CONCEITUAIS DO CURSO

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM COORDENADOR CLÍNICO

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM COORDENADOR CLÍNICO TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM COORDENADOR CLÍNICO Programa integrado para a redução da mortalidade materna e infantil (PIMI): Componente de reforço da disponibilidade e qualidade dos cuidados

Leia mais

Aprofundar a Proteção das Crianças, das Famílias e Promover a Natalidade Comissão de Saúde da Assembleia da República Lisboa, 14/Jan/2015

Aprofundar a Proteção das Crianças, das Famílias e Promover a Natalidade Comissão de Saúde da Assembleia da República Lisboa, 14/Jan/2015 Aprofundar a Proteção das Crianças, das Famílias e Promover a Natalidade Comissão de Saúde da Assembleia da República Lisboa, 14/Jan/2015 Quem somos? Um grupo de Pais que viveu a experiência da prematuridade

Leia mais

MÊS DE VALORIZAÇÃO DA PATERNIDADE

MÊS DE VALORIZAÇÃO DA PATERNIDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E DEFESA CIVIL DO RIO DE JANEIRO (SMSDC-RJ) SUBSECRETARIA DE ATENÇÃO PRIMÁRIA, VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO DA SAÚDE (SUBPAV) SUPERINTENDÊNCIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE (SPS) COORDENAÇÃO

Leia mais

Avanço da Iniciativa Hospital Amigo da Criança em institucionais e comunidades

Avanço da Iniciativa Hospital Amigo da Criança em institucionais e comunidades PROJECTO DE NUTRIÇÃO INFANTIL RESUMO DAS ACTIVIDADES MOÇAMBIQUE Avanço da Iniciativa Hospital Amigo da Criança em institucionais e comunidades Apresentação do projecto IYCN em Moçambique O Projecto de

Leia mais

Política Municipal de Saúde Perinatal. Secretaria Municipal de Saúde Belo Horizonte

Política Municipal de Saúde Perinatal. Secretaria Municipal de Saúde Belo Horizonte Política Municipal de Saúde Perinatal Secretaria Municipal de Saúde Belo Horizonte BH -REDE ASSISTENCIAL 9 Distritos Sanitários 147 Centros de Saúde 544 ESF 2.420 ACS CERSAM, UPA, outros 34 hospitais conveniados

Leia mais

1ª SEMANA NACIONAL DA FARMÁCIA ANGOLANA - OUTUBRO.014

1ª SEMANA NACIONAL DA FARMÁCIA ANGOLANA - OUTUBRO.014 - OUTUBRO.014 Prezado colega farmacêutico, Como já do seu conhecimento de comunicações anteriores, é com enorme alegria e satisfação que lhe recordamos a realização da 1ª Semana Nacional da Farmácia Angolana,

Leia mais

A Fazer Crescer o Nosso Futuro 2 / 3

A Fazer Crescer o Nosso Futuro 2 / 3 1 / 1 A Fazer Crescer o Nosso Futuro 2 / 3 ... os recursos petrolíferos devem ser alocados à constituição de reservas financeiras do Estado que possam ser utilizadas, de forma igualitária e equitativa,

Leia mais

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015 RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015 Introdução A África alcançou um ponto de viragem crítico na sua luta contra a malária este ano à medida que objectivos, estratégias e planos globais e regionais

Leia mais

4.ª Conferência FORGES. Da Avaliação e Reforma Curricular às Redes das Faculdades de Medicina: O Caminho da Qualidade (Angola, 2002-2014)

4.ª Conferência FORGES. Da Avaliação e Reforma Curricular às Redes das Faculdades de Medicina: O Caminho da Qualidade (Angola, 2002-2014) 4.ª Conferência FORGES A expansão do Ensino Superior nos Países de Língua Portuguesa: desafios, estratégias, qualidade e avaliação Da Avaliação e Reforma Curricular às Redes das Faculdades de Medicina:

Leia mais

Proposta de Cronograma de Acções Para a Reorientação e Reorganização do SIS (Versão -Final - de 30/06/06)

Proposta de Cronograma de Acções Para a Reorientação e Reorganização do SIS (Versão -Final - de 30/06/06) Proposta de Cronograma de Acções Para a Reorientação e Reorganização do SIS (Versão - - de 30/06/06) 1. Focar o SIS sobre o Estado de Saúde da população e o desempenho do SNS 1.1. Elaborar proposta de

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA INTERVENÇÃO DE SUA EXCIA, MINISTRA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, PROFª. DOUTORA, MARIA CÂNDIDA PEREIRA, DURANTE A SESSÃO DE ABERTURA DO WORKSHOP SOBRE

Leia mais

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE Hosted by Abt Associates Reduzir a desnutrição crónica em Moçambique: contexto internacional e assistência dos parceiros de desenvolvimento

Leia mais

IIDENTIFICAÇÃO SUMARIA DO PROJETO

IIDENTIFICAÇÃO SUMARIA DO PROJETO IIDENTIFICAÇÃO SUMARIA DO PROJETO Título do projeto: Pensar Global, Agir Global Oito objetivos de Desenvolvimento para o Milénio, Oito Caminhos para mudar o Mundo Localização detalhada da ação (país, província,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais Subchefia de Assuntos Federativos

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais Subchefia de Assuntos Federativos Agenda de Compromissos Governo Federal e Municípios 1. Erradicar a extrema pobreza e a fome 2. Educação básica de qualidade para todos 3. Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres

Leia mais

ACES GRANDE PORTO I SANTO TIRSO / TROFA PROGRAMAS E PROJETOS

ACES GRANDE PORTO I SANTO TIRSO / TROFA PROGRAMAS E PROJETOS ACES GRANDE PORTO I SANTO TIRSO / TROFA PROGRAMAS E PROJETOS O Dec. Lei 28/2008 de 22 de Fevereiro, estabelece o regime da criação, estruturação e funcionamento dos agrupamentos de Centros de Saúde (ACES)

Leia mais

Programa Regional de Saúde Mental PRS 2009-2012

Programa Regional de Saúde Mental PRS 2009-2012 Programa Regional de Saúde Mental PRS 2009-2012 Índice Siglas e Acrónimos... 2 1. Introdução... 3 2. População-Alvo... 4 3. Objectivos... 4 4. Indicadores para Avaliação do Programa... 5 5. Estratégias...

Leia mais

REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017

REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017 REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017 Adão Augusto, Consultor 12-02-2015 1. Contextualização. Os projectos sociais fazem parte de um sistema complexo de relações que envolvem

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE DISCIPLINA. Enfermagem em Saúde Coletiva da Criança e do Adolescente (1º Semestre / 2013)

PROGRAMAÇÃO DE DISCIPLINA. Enfermagem em Saúde Coletiva da Criança e do Adolescente (1º Semestre / 2013) PROGRAMAÇÃO DE DISCIPLINA Enfermagem em Saúde Coletiva da Criança e do Adolescente (1º Semestre / 2013) Coordenador: Prof ª Aurea Tamami Minagawa Toriyama Carga horária total: 60 horas 30 horas práticas

Leia mais

DIREITO À VIDA A GESTÃO DA QUALIDADE E DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO EM SAÚDE PARA A MULHER E A CRIANÇA NO SUS-BH: a experiência da Comissão Perinatal

DIREITO À VIDA A GESTÃO DA QUALIDADE E DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO EM SAÚDE PARA A MULHER E A CRIANÇA NO SUS-BH: a experiência da Comissão Perinatal DIREITO À VIDA A GESTÃO DA QUALIDADE E DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO EM SAÚDE PARA A MULHER E A CRIANÇA NO SUS-BH: a experiência da Comissão Perinatal Grupo temático: Direito à vida, à saúde e a condições

Leia mais

XII ENCONTRO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO INICIAL E PREESCOLAR

XII ENCONTRO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO INICIAL E PREESCOLAR XII ENCONTRO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO INICIAL E PREESCOLAR o Ministério de Educação da Republica de Cuba, o Centro de Referencia Latino Americano para a Educação preescolar (CELEP) e o Grupo de Intercambio

Leia mais

PLANO DE SAÚDE MENTAL PARA O CONCELHO DE BRAGA

PLANO DE SAÚDE MENTAL PARA O CONCELHO DE BRAGA PLANO DE SAÚDE MENTAL PARA O CONCELHO DE BRAGA Grupo Coordenador: Dr. Mário Freitas (Médico de Saúde Pública; UOSP/ Centro de Saúde de Braga) Dra. Joana Marques (Médica Int. Comp. Saúde Pública) Dra. Paula

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM COORDENADOR CLÍNICO

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM COORDENADOR CLÍNICO TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM COORDENADOR CLÍNICO Programa integrado para a redução da mortalidade materna e infantil (PIMI): Componente de reforço da disponibilidade e qualidade dos cuidados

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

A Pastoral da Criança é uma organização ecumênica, que une fé e vida, no acompanhamento de crianças, famílias e gestantes carentes em todo o Brasil.

A Pastoral da Criança é uma organização ecumênica, que une fé e vida, no acompanhamento de crianças, famílias e gestantes carentes em todo o Brasil. ZILDA ARNS NEUMANN Médica pediatra e sanitarista, Dra. Zilda é fundadora e coordenadora nacional da Pastoral da Criança, organismo de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que foi indicada

Leia mais

Plano de Marketing Operacional

Plano de Marketing Operacional Plano de Marketing Operacional CONTEÚDO 1. Oportunidade do projecto APCMC +Inovação... iii 2. Plano de comunicação... viii 3. Controlo e revisão... xvi ii 1. Oportunidade do projecto APCMC +Inovação A

Leia mais

Troca de Experiência com os Formandos do Curso ODC (Angola Noruega) Angola na Avaliação Periódica Universal (UPR)

Troca de Experiência com os Formandos do Curso ODC (Angola Noruega) Angola na Avaliação Periódica Universal (UPR) Comissão Intersectorial de Elaboração de Relatórios Nacionais de Direitos Humanos Troca de Experiência com os Formandos do Curso ODC (Angola Noruega) Angola na Avaliação Periódica Universal (UPR) Por:

Leia mais

Perinatal. no Estado de Minas Gerais. página 1 PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA

Perinatal. no Estado de Minas Gerais. página 1 PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais Fundação Educacional Lucas Machado Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA Perinatal no Estado de Minas Gerais

Leia mais

O COMPROMISSO DE BRAZZAVILLE NO AVANÇO EM DIRECÇÃO AO ACESSO UNIVERSAL AO TRATAMENTO, CUIDADOS, APOIO E PREVENÇÃO DO VIH E SIDA EM ÁFRICA ATÉ 2010

O COMPROMISSO DE BRAZZAVILLE NO AVANÇO EM DIRECÇÃO AO ACESSO UNIVERSAL AO TRATAMENTO, CUIDADOS, APOIO E PREVENÇÃO DO VIH E SIDA EM ÁFRICA ATÉ 2010 O COMPROMISSO DE BRAZZAVILLE NO AVANÇO EM DIRECÇÃO AO ACESSO UNIVERSAL AO TRATAMENTO, CUIDADOS, APOIO E PREVENÇÃO DO VIH E SIDA EM ÁFRICA ATÉ 2010 Brazzaville, República do Congo 8 de Março de 2006 1.

Leia mais

Curriculum Vitae. Eliania Pereira da Silva Terapeuta Ocupacional CREFITO 12806-TO. Resumo. Formação Acadêmica. elianiasq@hotmail.

Curriculum Vitae. Eliania Pereira da Silva Terapeuta Ocupacional CREFITO 12806-TO. Resumo. Formação Acadêmica. elianiasq@hotmail. Curriculum Vitae Eliania Pereira da Silva Terapeuta Ocupacional CREFITO 12806-TO (98) 8850-2012 Resumo Formação Acadêmica Ensino superior MBA em Gestão da Saúde Fundação Getúlio Vargas, 2014 (previsão)

Leia mais

Relatório sobre a situação do país ANGOLA

Relatório sobre a situação do país ANGOLA Relatório sobre a situação do país ANGOLA Muitos anos de guerra civil em Angola deixaram as infra estruturas locais e nacionais em ruínas. O Governo de Angola (GdA) está empenhado na reconstrução pós conflito

Leia mais