Transações no Mundo SOA. Luciano Oliveira Solution Consultant

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Transações no Mundo SOA. Luciano Oliveira Solution Consultant"

Transcrição

1 Transações no Mundo SOA Luciano Oliveira Solution Consultant

2 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 2 ARCH-13: Transactions in an SOA World

3 Definition : Transação Uma transação é uma unidade de trabalho que altera o banco de dados com mudanças que podem ser totalmente realizadas ou descartadas. OpenEdge Development: ABL Handbook 3 ARCH-13: Transactions in an SOA World

4 ACID Atômica Tudo ou Nada Consistente Inicia & Termina no estado Consistente Isolada transações aparecem isoladas de todas operações Durável simplesmente notificada, a transação será persistente 4 ARCH-13: Transactions in an SOA World

5 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 5 ARCH-13: Transactions in an SOA World

6 Host Based DO Transaction.. FOR EACH.. REPEAT.. Application DO ON ERROR.. Update or Read EXCLUSIVE-LOCK.. 6

7 Host Based Client-Server DO Transaction.. FOR EACH.. Client REPEAT.. Application DO ON ERROR.. Server Update or Read EXCLUSIVE-LOCK.. 7

8 Client-Server n-tier / Stateless Client DO Transaction.. FOR EACH.. Server REPEAT.. Update or Read EXCLUSIVE-LOCK.. DO ON ERROR.. 8 ARCH-13: Transactions in an SOA World

9 OERA n-tier / Stateless Presentation Enterprise Services Client Business Components DO Transaction.. DO ON ERROR.. REPEAT.. FOR EACH.. Data Access Update or Read EXCLUSIVE-LOCK.. AppServer Data Sources Common Infrastructure 9 ARCH-13: Transactions in an SOA World

10 OERA - Transação Enterprise Services Business Workflow Service Adapter Business Task Business Entity Data Access Object Data Source Object 10 ARCH-13: Transactions in an SOA World

11 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 11 ARCH-13: Transactions in an SOA World

12 Definição : Transação Distribuída Uma transação distribuída éuma única transação que atualiza duas ou mais bases de dados. OpenEdge Data Management: Database Admin 12 ARCH-13: Transactions in an SOA World

13 Transação Distribuída Withdrawal Deposit Banking Application 13 ARCH-13: Transactions in an SOA World

14 Transação Distribuída : 2 Phase Commit Assegura a consistência da transação através de todas as bases de dados Todos comitam ou nenhum Commit em 2 Phases Completo ou Roll Back 14 ARCH-13: Transactions in an SOA World

15 Distributed Transaction (2PC) Withdrawal Deposit Banking Application 15 ARCH-13: Transactions in an SOA World

16 Distributed Transaction Limbo Transaction Withdrawal Deposit Banking Application 16 ARCH-13: Transactions in an SOA World

17 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 17 ARCH-13: Transactions in an SOA World

18 Transações SOA Funcionalidade separada em um serviço Applicação composta por muitos Serviços Serviços como plataforma separadas Sistema de Entidades Independentes 18 ARCH-13: Transactions in an SOA World

19 Riscos de Transações em SOA Vários serviços resultando em vários endpoint Sistemas fracamente acoplados Manutenção de Transações mais próximo possível de sistemas heterogêneos Serviços baseados em qualquer plataforma Recursos não podem ser mantidos como locked state Métodos alternativos Recorver 19 ARCH-13: Transactions in an SOA World

20 O que é necessário Identificar a transação através dos serviços Garantir que os dados serão entregues e as notificações estão emitidas Algum formulário da compensação para quando for erradamente Capturar erros em serviços assíncronos 20 ARCH-13: Transactions in an SOA World

21 Possíveis soluções 1. Compensação 2. Coordernador de Transação 21 ARCH-13: Transactions in an SOA World

22 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 22 ARCH-13: Transactions in an SOA World

23 Definição : Compensação A compensação é uma ação feita quando algo vai erradamente ou quando há uma mudança de planos. IBM Systems Journal April ARCH-13: Transactions in an SOA World

24 Compensação (7) Call Compensation (5) Error/Exception thrown (1) Calls (3) Calls Service 1 Service 2 Service 3 (9) Return Failure (6) Return error (2) Change DB (8) Apply Compensation (4) Fails 24 ARCH-13: Transactions in an SOA World

25 Riscos da Compensação Serviços assíncronos Onde armazenar detalhes do status 25 ARCH-13: Transactions in an SOA World

26 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 26 ARCH-13: Transactions in an SOA World

27 Definição: Coordenação da transação Orquestração das transações através de um gerente de transação ou de um coordenador de processo. SOA Systems Feb ARCH-13: Transactions in an SOA World

28 Serviço de Coordenação Coordinator Service (11) Return Failure (1) Call (2) Call (8) Call Compensation (4) Return (5) Call (10) Return (7) Return Fail Service 1 Service 2 Service 3 (3) Change DB (9) Apply Compensation (6) Fails 28 ARCH-13: Transactions in an SOA World

29 Vantagens da Coordenação Fixes Asynchronous issues of Compensation Gerencia o status & serviço de informação Gerência central da transação & da compensação 29 ARCH-13: Transactions in an SOA World

30 Transferência de Dinheiro Log Coordinator Service (generates transaction id and maintains ACID properties) (2) Call (1) request (3) Return id (5) Call (8) Return status (9) Call (12) Return status Client Initiation Service Credit Service Debit Service (4) Return id (6) Update DB (7) Return status (10) Update DB (11) Return status 30 ARCH-13: Transactions in an SOA World

31 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 31 ARCH-13: Transactions in an SOA World

32 OpenEdge Reference Architecture Presentation Enterprise Services Business Components Data Access Common Infrastructure Data Sources 32 ARCH-13: Transactions in an SOA World

33 Definição : Transação Gerenciada Uma Transação Controlada é controlada através do Gerenciador de Transações da plataforma OpenEdge. Uma Transação Controlada pode acessar apenas dados gerenciados pela camada de Data Sources OERA Quick Reference Guide 33 ARCH-13: Transactions in an SOA World

34 Definição : Transação Não-Gerenciada Uma Transação Não-Gerenciada atualiza informações que estão na camada de Data Source Não- Gerenciados ou Enterprise Service. Uma Transação Não-Gerenciada is not managed by the transaction manager of the OpenEdge platform. OERA Quick Reference Guide 34 ARCH-13: Transactions in an SOA World

35 Transações Gerenciadas ou Não-Gerenciadas? Service Interface Business Entity Data Access Object Data Source Object OE 35 ARCH-13: Transactions in an SOA World

36 Transações Gerenciadas ou Não-Gerenciadas? Service Interface Business Entity Data Access Object Data Source Object Data Source Object OE OE 36 ARCH-13: Transactions in an SOA World

37 Transações Gerenciadas ou Não-Gerenciadas? Service Interface Business Entity Data Access Object Data Source Object Data Source Object OE 37 ARCH-13: Transactions in an SOA World

38 Transações Gerenciadas ou Não-Gerenciadas? Service Interface Business Task Business Entity Business Entity Data Access Object Data Access Object Data Source Object Data Source Object 38 ARCH-13: Transactions in an SOA World OE OE

39 Transações Gerenciadas ou Não-Gerenciadas? Service Interface Business Task Business Entity Business Entity Data Access Object Data Access Object Data Source Object Data Source Object 39 ARCH-13: Transactions in an SOA World OE

40 Enterprise Services Enterprise Services Business Workflow Service Adapter Business Task Business Entity Data Access Object Data Source Object 40 ARCH-13: Transactions in an SOA World

41 Transferência de Dinheiro Log Common Infrastructure Coordinator Business Workflow Service (generates transaction id and maintains ACID properties) Client (2) Call (1) request (4) Return id Business Components Initiation Service Data Access (3) Return id (5) Call (6) Update DB Credit Service Business Components Data Access (8) Return status (9) Call (7) Return status (10) Update DB Business Components Debit Service Data Access (12) Return status (11) Return status 41 ARCH-13: Transactions in an SOA World

42 Transferência de Dinheiro ESB Dynamic Process Launcher Log Common Common Infrastructure Infrastructure Coordinator Service Business Workflow Enterprise Service Bus Business Workflow Enterprise Service Bus (generates transaction id and maintains ACID properties) (5) Call (2) Call (8) Return status (12) Return status (9) Call (3) Return id (1) request Business Business Component Componentss Initiation Service Client Data Data Access Access Business Component Business Componentss Credit Debit Service Service Data Data Access Access Data Data Access Access (7) Return status (4) Return id (6) Update DB 42 ARCH-13: Transactions in an SOA World Business Business Component Componentss (10) Update DB (11) Return status

43 Transferência de Dinheiro BPEL Log BPEL Service Coordinator Service Business Workflow Enterprise Service Bus Business Workflow Enterprise Service Bus (generates transaction id and maintains ACID properties) (5) Call (2) Call (3) Return id (8) Return status (9) Call (12) Return status (1) request Client (4) Return id (7) Return status (6) Update DB 43 ARCH-13: Transactions in an SOA World (10) Update DB (11) Return status

44 BPEL Compensação Process (Scope 1) Fault Handler Scope 2 Compensation Handler S2 Snapshot of Scope 2 Scope 3 Compensation Handler S3 Snapshot of Scope 3 Time 44 ARCH-13: Transactions in an SOA World

45 Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado Resumo 45 ARCH-13: Transactions in an SOA World

46 Resumo ACID é bom, porém, se aplicado em pequenas doses! Planejar, Desenhar & Definir uma Arquitetura para implementação Definir o próprio modelo de transação Considere ESB & BPEL 46 ARCH-13: Transactions in an SOA World

47 Para mais informações, consulte PSDN Service-oriented Architecture (SOA) (http://www.psdn.com/library/kbcategory.jsp a?categoryid=55) Forums Web Sites Sonic Software 47 ARCH-13: Transactions in an SOA World

48 Sessões no Exchange 2007 Introdução ao BPEL Implementando Processos ESB com OpenEdge & Sonic 48 ARCH-13: Transactions in an SOA World

49 Dúvidas? 49 ARCH-13: Transactions in an SOA World

50 Pela atenção, Obrigado! 50 ARCH-13: Transactions in an SOA World

51 51 ARCH-13: Transactions in an SOA World

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Serviço Service Requisitante Consumer Service Serviço Provider Provedor consumidores processos business e processes negócios Coreografia process choreography

Leia mais

Adotando OpenEdge Architect. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services

Adotando OpenEdge Architect. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Adotando OpenEdge Architect Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Agenda Antes do OpenEdge Architect Por quê OpenEdge Architect? Adotando o OpenEdge Architect Integrar às Customizações

Leia mais

INT-3: Realistic Service Oriented Architecture Approaches Michael Boyd & Bernard Bresser

INT-3: Realistic Service Oriented Architecture Approaches Michael Boyd & Bernard Bresser Abordagens Realistas da Arquitetura Orientada a Serviços Rodrigo Baptista e Paulo Costa Progress Software Abordagens Realistas de SOA O que você verá Como implementar uma Arquitetura Orientada a Serviços

Leia mais

Como aumentar a produtividade com segurança usando a tecnologia Progress. Camila Valentin Solution Consultant

Como aumentar a produtividade com segurança usando a tecnologia Progress. Camila Valentin Solution Consultant Como aumentar a produtividade com segurança usando a tecnologia Progress Camila Valentin Solution Consultant Porque capacitar-se? Você sabia que um funcionário treinado aumenta sua produtividade em aproximadamente

Leia mais

Unindo o Poder do Sonic, DataXtend SI, e Actional para as Operações SOA

Unindo o Poder do Sonic, DataXtend SI, e Actional para as Operações SOA Unindo o Poder do Sonic, DataXtend SI, e Actional para as Operações SOA Unindo forças Renato Rissardi Solution Engineer Agenda Progress SOA Portfolio Unindo forças? Que forças? Sonic Enterprise Service

Leia mais

INT-9: Implementing ESB Processes with OpenEdge and Sonic David Cleary

INT-9: Implementing ESB Processes with OpenEdge and Sonic David Cleary Implementando Processos ESB com OpenEdge e Sonic Paulo Costa Global Field Services Agenda Desenvolvendo Processos de Negócio Visão geral da tecnologia Desenvolvendo um processo de negócio do início ao

Leia mais

SOA 2.0 ou Event-Driven SOA

SOA 2.0 ou Event-Driven SOA SOA SOA 2.0 ou Event-Driven SOA 1 Introdução Recentemente, a Oracle anuciou o termo SOA 2.0. E já deu para imaginar a repercussão que isto teve. Estamos em um momento onde SOA (Service-Oriented Architecture),

Leia mais

Apresentando Sonic V7.0

Apresentando Sonic V7.0 Apresentando Sonic V7.0 A próxima geração do ESB Renato L. Rissardi System Engineer Agenda Apresentando Sonic v7.0 Novas Ferramentas de desenvolvimento Web Services Avançados Demo Resumo Q & A 2 Progress

Leia mais

1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF)

1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF) Sessão Prática II JPA entities e unidades de persistência 1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF) a) Criar um Web Application (JPAsecond) como anteriormente:

Leia mais

Alcançando o BAM em Tempo Real com OpenEdge, Sonic e Apama. Fábio Bissolotti Solution Engineer

Alcançando o BAM em Tempo Real com OpenEdge, Sonic e Apama. Fábio Bissolotti Solution Engineer Alcançando o BAM em Tempo Real com OpenEdge, Sonic e Apama Fábio Bissolotti Solution Engineer A Estória do Limpador de Pára-brisas 2 DEV-42: Achieving Real-time BAM with OpenEdge, Sonic and Apama Agenda

Leia mais

SOA: Service-oriented architecture

SOA: Service-oriented architecture SOA: Service-oriented architecture Roteiro Breve História O que é Arquitetura de Software? O que é SOA? Serviços Infraestrutura Composição Sua empresa está preparada para SOA? Breve História Uma empresa

Leia mais

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas BPM e SOA Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Como funcionam as organizações? O que ébpm Business Process Management (BPM)

Leia mais

Interfaces de Serviço na Prática. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services

Interfaces de Serviço na Prática. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Interfaces de Serviço na Prática Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Antes de começarmos Iniciando do princípio 2 Antes de começarmos Let me tell you a story 3 Antes de começarmos

Leia mais

Integre pela Internet com os Web Services OpenEdge

Integre pela Internet com os Web Services OpenEdge Integre pela Internet com os Web Services OpenEdge Luciano Oliveira Solution Consultant, Progress OpenEdge Foco da Sessão Implementando OpenEdge Web Services Entendendo Web Services Identificar quando

Leia mais

Gerencie o seu ambiente de produção utilizando o. conheça o OpenEdge Explorer. Petrucio José Faé de Catro

Gerencie o seu ambiente de produção utilizando o. conheça o OpenEdge Explorer. Petrucio José Faé de Catro Gerencie o seu ambiente de produção utilizando o OpenEdge Management e conheça o OpenEdge Explorer Petrucio José Faé de Catro Solution Engineer, Progress Software Brasil Agenda Conhecendo o OpenEdge Explorer

Leia mais

Service Oriented Architecture (SOA)

Service Oriented Architecture (SOA) São Paulo, 2011 Universidade Paulista (UNIP) Service Oriented Architecture (SOA) Prof. MSc. Vladimir Camelo vladimir.professor@gmail.com 04/09/11 vladimir.professor@gmail.com 1 04/09/11 vladimir.professor@gmail.com

Leia mais

SAP BASIS O curso completo abrange dois módulos:

SAP BASIS O curso completo abrange dois módulos: SAP BASIS O curso completo abrange dois módulos: - SAP FOUNDATIONS (40 horas EAD) - BASIS (40 horas presenciais), tendo como pré requisito o módulo SAP FOUNDATIONS * Conteúdo Módulo SAP FOUNDATIONS (40

Leia mais

OMA (Object Management Arquitecture): Application Interfaces. Domain Interfaces. Domain. Interfaces. Object Request Broker (ORB) Object Services

OMA (Object Management Arquitecture): Application Interfaces. Domain Interfaces. Domain. Interfaces. Object Request Broker (ORB) Object Services 1 Copyright 1998, 1999 Francisco Reverbel OMA (Object Management Arquitecture): Application Interfaces Domain Domain Interfaces Interfaces Object Request Broker (ORB) Object Services 2 Copyright 1998,

Leia mais

Progress Exchange 2007

Progress Exchange 2007 Adotando e Usando OpenEdge Architect Camila Valentin Solution Consultant 1 Agenda O que é OpenEdge Architect? Adotando OpenEdge Architect Utilizando ambiente orientado a projetos Mapeando dados no OpenEdge

Leia mais

Sistemas de Gerência de Bancos de Dados. 7 - Outras Arquiteturas para SGBDs 7.2 - SGBDs Cliente-Servidor

Sistemas de Gerência de Bancos de Dados. 7 - Outras Arquiteturas para SGBDs 7.2 - SGBDs Cliente-Servidor Sistemas de Gerência de Bancos de Dados 7 - Outras Arquiteturas para SGBDs 7.2 - SGBDs Cliente-Servidor 1 Alternativas de Arquitetura Consistência de Cache Tópicos 2 Servidor de Objetos: Alternativas de

Leia mais

Orquestração de aplicações OpenEdge com Sonic

Orquestração de aplicações OpenEdge com Sonic Orquestração de aplicações OpenEdge com Sonic OpenEdge e o ESB... Renato L. Rissardi System Engineer Objetivos Orquestração de aplicações OpenEdge com Sonic Introdução aos produtos Sonic Como ABL interage

Leia mais

Cliente/Servidor. Monitores Transacionais. Graça Bressan. Graça Bressan/LARC 2000 1

Cliente/Servidor. Monitores Transacionais. Graça Bressan. Graça Bressan/LARC 2000 1 Cliente/Servidor Monitores Transacionais Graça Bressan Graça Bressan/LARC 2000 1 Transação Filosofia de projeto de aplicação que garante robustez em sistemas distribuídos. É executada sob o controle de

Leia mais

Distributed Systems Principles and Paradigms

Distributed Systems Principles and Paradigms Distributed Systems Principles and Paradigms Maarten van Steen VU Amsterdam, Dept. Computer Science (Tradução e Adaptação Ricardo Anido - IC/Unicamp) Capítulo 04: Comunicação Versão: 20 de março de 2014

Leia mais

SINS: Um ambiente para geração de aplicações baseadas em serviços

SINS: Um ambiente para geração de aplicações baseadas em serviços SINS: Um ambiente para geração de aplicações baseadas em serviços Sérgio Larentis Jr (Unisinos) Andrêsa Larentis (Unisinos) Jorge Barbosa (Unisinos) Sérgio Crespo C. S. Pinto (Unisinos) SBSI 2008 Roteiro

Leia mais

O plano completo para a recuperação de Desastre da Base de Dados! Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager

O plano completo para a recuperação de Desastre da Base de Dados! Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager O plano completo para a recuperação de Desastre da Base de Dados! Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager Agenda Ferramentas de Recuperação de Disastre (RD) Usando as Ferramentas Construindo um novo plano

Leia mais

Iniciando com o OpenEdge Architect. Camila Valentin Sr. Instructor, Consultant Global Field Services

Iniciando com o OpenEdge Architect. Camila Valentin Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Iniciando com o OpenEdge Architect Camila Valentin Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Iniciando com o OpenEdge Architect Objetivos da sessão Princípios Começar com OpenEdge Architect Editando

Leia mais

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição 15 2 Conceitos relativos a Web services e sua composição A necessidade de flexibilidade na arquitetura das aplicações levou ao modelo orientado a objetos, onde os processos de negócios podem ser representados

Leia mais

Worldwide Online TechDay. 30 - Outubro

Worldwide Online TechDay. 30 - Outubro 30 - Outubro 1 Como funciona um banco de dados Microsoft SQL Server? Fabricio Catae Premier Field Engineer Microsoft Certified Master Twitter: @fcatae WebSite: http://blogs.msdn.com/fcatae/ 2 Nossos Parceiros

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA em Gestão da Tecnologia da Informação

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA em Gestão da Tecnologia da Informação FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA em Gestão da Tecnologia da Informação 1 Ruironaldi dos Santos Cruz ARTIGO ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇO SOA SERVICE

Leia mais

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO 1 Soluções Oracle Voltadas à Continuidade dos Negócios Luciano Inácio de Melo Oracle Database Administrator Certified Oracle Instructor Bacharel em Ciências da Computação

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

Arquiteturas Orientadas a Serviços ESB. Enterprise Service Bus. Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos

Arquiteturas Orientadas a Serviços ESB. Enterprise Service Bus. Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos ESB Enterprise Service Bus Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos Resumo Introdução Definição Problemas atuais e Vantagens Evolução do ESB ESB versus EAI, MOM, Workfow, SOA

Leia mais

CORBA. Common Object Request Broker Architecture. Unicamp. Centro de Computação Rubens Queiroz de Almeida queiroz@unicamp.br

CORBA. Common Object Request Broker Architecture. Unicamp. Centro de Computação Rubens Queiroz de Almeida queiroz@unicamp.br CORBA Common Object Request Broker Architecture Unicamp Centro de Computação Rubens Queiroz de Almeida queiroz@unicamp.br Objetivos Apresentação Tecnologia CORBA Conceitos Básicos e Terminologia Considerações

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

LEIA ISTO PRIMEIRO. IBM Tivoli Configuration Manager, Versão 4.2.1

LEIA ISTO PRIMEIRO. IBM Tivoli Configuration Manager, Versão 4.2.1 LEIA ISTO PRIMEIRO IBM Tivoli, Versão 4.2.1 O IBM Tivoli, Versão 4.2.1, é uma solução para controlar a distribuição de software e o inventário de gerenciamento de recursos em um ambiente multiplataformas.

Leia mais

SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços. Douglas Charcon System Engineer

SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços. Douglas Charcon System Engineer SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços Douglas Charcon System Engineer Agenda Direcionadores de Negócios Arquitetura Orientada a Serviços Enterprise Service Bus Enhanced SOA Resumo 2 Busca

Leia mais

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma 1 IDC - Equipe Pietro Delai Reinaldo Sakis João Paulo Bruder Luciano Ramos Gerente de Pesquisa e Consultoria -Enterprise Gerente de Pesquisa

Leia mais

PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL

PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL Universidade Federal de Santa Maria Sistemas de Informação ELC1093 Modelagem de Processos de Negócio PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL Profa. Lisandra Manzoni Fontoura Objetivos da Aula: Processos

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 14 SOA e ESB Service-Oriented

Leia mais

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira ENTERPRISE JAVABEANS 3 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Apostila Servlets e JSP www.argonavis.com.br/cursos/java/j550/index.html INTRODUÇÃO Introdução Enterprise JavaBeans é um padrão de modelo de componentes

Leia mais

Trabalho de Sistemas Distribuídos

Trabalho de Sistemas Distribuídos Cássio de Olivera Ferraz Trabalho de Sistemas Distribuídos Petrópolis 2015, v-1.0 Cássio de Olivera Ferraz Trabalho de Sistemas Distribuídos Trabalho sobre sistemas distribuídos e suas tecnologias. Universidade

Leia mais

Engenharia de Requisitos

Engenharia de Requisitos 1 Engenharia de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Prof Ms Vinícius Costa de Souza www.inf.unisinos.br/~vinicius 2 Agenda Introdução Requisitos voláteis x estáveis Identificação Armazenamento Gerenciamento

Leia mais

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2 Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.br Platinum Implementation Partner 1 Enterprise Edition Software de Código Aberto

Leia mais

Obtendo Qualidade com SOA

Obtendo Qualidade com SOA Obtendo Qualidade com SOA Daniel Garcia Gerente de Prática BPM/SOA daniel.garcia@kaizen.com.br 11 de Novembro de 2009 Copyright 2009 Kaizen Consultoria e Serviços. All rights reserved Agenda Sobre a Kaizen

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) J2EE () Sumário Introdução J2EE () APIs J2EE Web Container: Servlets e JSP Padrão XML 2 J2EE é Uma especificação para servidores

Leia mais

Modelos Arquiteturais

Modelos Arquiteturais Modelos Arquiteturais Carlos Ferraz cagf@cin.ufpe.br Tópicos da Aula Modelos arquiteturais e-servidor Objetos distribuídos 2 O que é um modelo arquitetural? Estrutura em termos de componentes especificados

Leia mais

NoSQL: Vantagens, Desvantagens e Compromissos. Mauricio De Diana (mestrando) Marco Aurélio Gerosa (orientador)

NoSQL: Vantagens, Desvantagens e Compromissos. Mauricio De Diana (mestrando) Marco Aurélio Gerosa (orientador) NoSQL: Vantagens, Desvantagens e Compromissos Mauricio De Diana (mestrando) Marco Aurélio Gerosa (orientador) Agenda Definição de NoSQL Atributos de qualidade e trocas Modelo de dados Escalabilidade Transações

Leia mais

soluções transversais SOLUÇÕES middleware

soluções transversais SOLUÇÕES middleware soluções transversais SOLUÇÕES middleware RESUMO DA SOLUÇÃO ITbank framework 4g performance orquestração interoperabilidade O Middleware SOA ITBank framework 4g implementa uma arquitetura SOA com orquestração

Leia mais

Gerenciamento e Replicação OpenEdge Divide et impera! Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer

Gerenciamento e Replicação OpenEdge Divide et impera! Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer Gerenciamento e Replicação OpenEdge Divide et impera! Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer Agenda OpenEdge Management & Replication Divide et impera! O que é novo no OpenEdge Management 3.1B O que

Leia mais

s o l u t i o n s Gestão de Projetos como uma perspectiva de alavancar negócios SPIN São Paulo 11 de Agosto, 2003

s o l u t i o n s Gestão de Projetos como uma perspectiva de alavancar negócios SPIN São Paulo 11 de Agosto, 2003 Gestão de Projetos como uma perspectiva de alavancar negócios s o l u t i o n s SPIN São Paulo 11 de Agosto, 2003 Julian J. Nakasone julianjn@nec.com.br Agenda 1. Introdução - Uma abordagem conceitual

Leia mais

SINS: um Ambiente para Geração de Aplicações baseadas em Serviços

SINS: um Ambiente para Geração de Aplicações baseadas em Serviços SINS: um Ambiente para Geração de Aplicações baseadas em Serviços Sérgio Larentis Júnior, Jorge Luis Victória Barbosa, Sérgio Crespo Coelho da Silva Pinto, Andrêsa Vargas Larentis Programa Interdisciplinar

Leia mais

SOA Introdução. SOA Visão Departamental das Organizações

SOA Introdução. SOA Visão Departamental das Organizações 1 Introdução A Organização é a forma pela qual nós coordenamos nossos recursos de todos os tipos para realizar o trabalho que nos propusemos a fazer. A estrutura de nossas organizações manteve-se basicamente

Leia mais

Inovação e Tecnologia Acelerando o crescimento dos seus negócios. Alexandre Castro Channel Enabler & Solution Expert

Inovação e Tecnologia Acelerando o crescimento dos seus negócios. Alexandre Castro Channel Enabler & Solution Expert Inovação e Tecnologia Acelerando o crescimento dos seus negócios Alexandre Castro Channel Enabler & Solution Expert BUSINESS ONE Solução completa e integrada para gestão empresarial, acessível para empresas

Leia mais

Bancos de dados distribuídos Prof. Tiago Eugenio de Melo tiagodemelo@gmail.com. http://www.tiagodemelo.info

Bancos de dados distribuídos Prof. Tiago Eugenio de Melo tiagodemelo@gmail.com. http://www.tiagodemelo.info Bancos de dados distribuídos Prof. Tiago Eugenio de Melo tiagodemelo@gmail.com Última atualização: 20.03.2013 Conceitos Banco de dados distribuídos pode ser entendido como uma coleção de múltiplos bds

Leia mais

Uma arquitetura de software para mediação flexível de Web services

Uma arquitetura de software para mediação flexível de Web services Marcos Cesar da Silva Uma arquitetura de software para mediação flexível de Web services Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo Programa

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço Telefônico Móvel de Dados, na modalidade Sms (Short Message Service - Serviço de Mensagens Curtas de Texto)

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço Telefônico Móvel de Dados, na modalidade Sms (Short Message Service - Serviço de Mensagens Curtas de Texto) TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço Telefônico Móvel de Dados, na modalidade Sms (Short Message Service - Serviço de Mensagens Curtas de Texto) 1 1 - OBJETO 1.1 Registro de Preços para prestação de

Leia mais

Padrões de Aplicações Empresariais

Padrões de Aplicações Empresariais Padrões de Aplicações Empresariais Paulo Sousa Engenharia da Informação Instituto Superior de Engenharia do Porto Introdução aos Padrões Parte 1 O que é um Pattern? Each pattern describes a problem that

Leia mais

CASE IRB UTILIZAÇÃO DO SAP MAXATTENTION NA CRIAÇÃO

CASE IRB UTILIZAÇÃO DO SAP MAXATTENTION NA CRIAÇÃO CASE IRB UTILIZAÇÃO DO SAP MAXATTENTION NA CRIAÇÃO DO OCC (OPERATION CONTROL CENTER) E NO DIRECIONAMENTO DO PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO DA SOLUÇÃO DE REINSURANCE Palestrantes : Valeria Chaves - Gerente de

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

WORKFLOW. Mapeamento de Processos de Negócio 26/11/2009. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

WORKFLOW. Mapeamento de Processos de Negócio 26/11/2009. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS WORKFLOW Mapeamento de Processos de Negócio Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS É proibido a reprodução total ou parcial de qualquer forma ou por qualquer meio sem a expressa autorização

Leia mais

PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM

PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM INTRODUÇÃO, INFRA-ESTRUTURA E MAPEAMENTO DE ESQUEMAS AGENDA Data Management System Peer Data Management System P2P Infra-estrutura Funcionamento do PDMS Mapeamento de Esquemas

Leia mais

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Apresentação do cenário da demonstração

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Apresentação do cenário da demonstração As demonstrações desta seção apresentam um cenário do cotidiano de uma equipe de desenvolvimento usando o IBM Rational Software Delivery Platform. Esse é o novo nome do Rational Software Development Platform

Leia mais

Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua

Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua Copyright 2009 ACL Services Ltd. 1 Technology for Business Assurance Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua Luiz Ribeiro Gerente de Soluções Tech Supply Perrotti Partners Quem somos? Soluções Governança,

Leia mais

Tema: Oracle Weblogic Administration 11g

Tema: Oracle Weblogic Administration 11g 3ª Edição 16 a 18 de Maio Angola Tema: Oracle Weblogic Administration 11g Orador: Gilberto Calunga Agenda Introdução Topologia do Servidor Weblogic 11g Domain Server Admin Server Managed Server Cluster

Leia mais

Manual de Integração Oracle R12 x DFe. Versão 1.6 Outubro/2012

Manual de Integração Oracle R12 x DFe. Versão 1.6 Outubro/2012 Manual de Integração Oracle R12 x DFe Versão 1.6 Outubro/2012 Copyright 1991. Synchro Sistemas de Informação Ltda Manual para Integração Oracle R12 x Dfe 1 Índice 1. Revisão... 2 2. Escopo... 3 3. Público

Leia mais

Sistemas Distribuídos Comunicação entre Processos em Sistemas Distribuídos: Middleware de comunicação Aula II Prof. Rosemary Silveira F. Melo Comunicação em sistemas distribuídos é um ponto fundamental

Leia mais

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Estilos Arquitetônicos e Arquitetura Cliente/Servidor

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Estilos Arquitetônicos e Arquitetura Cliente/Servidor Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Estilos Arquitetônicos e Arquitetura Cliente/Servidor Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática /

Leia mais

Sistema de Banco de Dados Distribuídos e DataGrid

Sistema de Banco de Dados Distribuídos e DataGrid Sistema de Banco de Dados Distribuídos e DataGrid Leandro Melo de Sales Mário Hozano Lucas de Souza Trabalho para obtenção de nota da disciplina Banco de Dados Professor: Marcus Sampaio 25 de abril de

Leia mais

Camadas de Serviço de Hardware e Software em Sistemas Distribuídos. Introdução. Um Serviço Provido por Múltiplos Servidores

Camadas de Serviço de Hardware e Software em Sistemas Distribuídos. Introdução. Um Serviço Provido por Múltiplos Servidores Camadas de Serviço de Hardware e Software em Sistemas Distribuídos Arquiteutra de Sistemas Distribuídos Introdução Applications, services Adaptação do conjunto de slides do livro Distributed Systems, Tanembaum,

Leia mais

Inovação corporativa por meio de Reuso de Componentes

Inovação corporativa por meio de Reuso de Componentes Inovação corporativa por meio de Reuso de Componentes Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software Reuso de Componentes Agenda 1 2 3 Apresentação Institucional Cases de Sucesso com Reuso de Componentes

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em BD Curso Superior de Tecnologia em DAI

Curso Superior de Tecnologia em BD Curso Superior de Tecnologia em DAI Curso Superior de Tecnologia em BD Curso Superior de Tecnologia em DAI Fundamentos de Banco de Dados Aula 01 Introdução aos Sistemas de Bancos de Dados Introdução aos Sistemas de BD Objetivo Apresentar

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS Edi Carlos Siniciato ¹, William Magalhães¹ ¹ Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edysiniciato@gmail.com,

Leia mais

Soluções IBM SmartCloud. 2014 IBM Corporation

Soluções IBM SmartCloud. 2014 IBM Corporation Soluções IBM SmartCloud Estratégia de Cloud Computing da IBM Business Process as a Service Software as a Service Platform as a Service Infrastructure as a Service Design Deploy Consume Tecnologias para

Leia mais

Bancos de Dados III. Replicação de Dados. Rogério Costa rogcosta@inf.puc-rio.br. Replicação

Bancos de Dados III. Replicação de Dados. Rogério Costa rogcosta@inf.puc-rio.br. Replicação Bancos de Dados III Replicação de Dados Rogério Costa rogcosta@inf.puc-rio.br 1 Replicação Processo de criar e manter réplicas de versões dos objetos da base de dados (como tabelas) em um ambiente de banco

Leia mais

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Insight completo sobre IDG/Oracle Relatório de pesquisa de SOA Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Alinhamento

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco Universidade Federal de Pernambuco GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA 201 1. 2 Sistema de Gestão de Processos de Negócio Baseado em Modelos Declarativos Proposta de Trabalho de Graduação

Leia mais

1 Copyright 2012, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved.

1 Copyright 2012, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved. 1 Copyright 2012, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved. About Eugenio Chleba Product Sales Specialist - PM (11) 5189-1211 (11) 96060-2687 eugenio.chleba@oracle.com Experience Skills Products

Leia mais

IBM Endpoint Manager for Software Use Analysis Versão 9.1. Notas sobre a Liberação

IBM Endpoint Manager for Software Use Analysis Versão 9.1. Notas sobre a Liberação IBM Endpoint Manager for Software Use Analysis Versão 9.1 Notas sobre a Liberação IBM Endpoint Manager for Software Use Analysis Versão 9.1 Notas sobre a Liberação Notas Sobre a Liberação para o IBM Endpoint

Leia mais

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Classificação de Sistemas Distribuídos e Middleware

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Classificação de Sistemas Distribuídos e Middleware Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Classificação de Sistemas Distribuídos e Middleware Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática / UFMA

Leia mais

Considerações no Projeto de Sistemas Cliente/Servidor

Considerações no Projeto de Sistemas Cliente/Servidor Cliente/Servidor Desenvolvimento de Sistemas Graça Bressan Graça Bressan/LARC 2000 1 Desenvolvimento de Sistemas Cliente/Servidor As metodologias clássicas, tradicional ou orientada a objeto, são aplicáveis

Leia mais

Rompendo os Limites dos Sistemas Tradicionais Aplicação de SOA no Ambiente da Automação

Rompendo os Limites dos Sistemas Tradicionais Aplicação de SOA no Ambiente da Automação Rompendo os Limites dos Sistemas Tradicionais Aplicação de SOA no Ambiente da Automação Carlos E. G. Paiola Engenheiro de Controle e Automação, M.Sc. Gerente Comercial - Aquarius Software Ricardo Caruso

Leia mais

Soluções de Negócios On Demand. Apresentando o IBM Workplace Services Express

Soluções de Negócios On Demand. Apresentando o IBM Workplace Services Express Soluções de Negócios On Demand Apresentando o IBM Workplace Services Express Obtenha Get flexible Acesso access Flexível to documents a Documentos and business e Aplicativos applications de Negócios O

Leia mais

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br Workflow como Proposta de Automação Flexível O Gerenciamento de Processos Planejamento do BPM Diretrizes e Especificações Seleção de processo críticos Alinhamento de processos à estratégia www.iconenet.com.br

Leia mais

Bancos de Dados Móveis

Bancos de Dados Móveis Agenda Bancos de Dados Móveis Acadêmicas: Anete Terezinha Trasel Denise Veronez Introdução Banco de Dados Móveis (BDM) Projetos de BDM SGBD Móveis Conclusão Referências Bibliográficas Introdução Avanços

Leia mais

Aplicabilidade: visão geral

Aplicabilidade: visão geral CURSO BÁSICO SAXES 2 Aplicabilidade: visão geral BI Comércio Indústria nf-e Serviços Software house Enterprise Business Bus Banco financeiro Instituição Sindicato ERP html Casos 3 6 Customização: importação

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Capítulo VI CORBA. Common Object Request Broker Architecture. [Cardoso2008] Programação de Sistemas Distribuídos em Java, Jorge Cardoso, FCA, 2008.

Capítulo VI CORBA. Common Object Request Broker Architecture. [Cardoso2008] Programação de Sistemas Distribuídos em Java, Jorge Cardoso, FCA, 2008. Common Object Request Broker Architecture [Cardoso2008] Programação de Sistemas Distribuídos em Java, Jorge Cardoso, FCA, 2008. From: Fintan Bolton Pure CORBA SAMS, 2001 From: Coulouris, Dollimore and

Leia mais

Gerenciamento de Redes - Evolução. Gerenciamento de Rede. Gerenciamento de Rede NOC NOC

Gerenciamento de Redes - Evolução. Gerenciamento de Rede. Gerenciamento de Rede NOC NOC s - Evolução 1970s 1970s 1980s 1980s Dispositivos 1990s 1990s Browser A Web Server Mainframe Estação Gerenciadora Browser C Browser B NOC (Network( Operation Center) Conjunto de atividades para manter

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

Otimização dos processos de integração de sistemas de informação por meio de barramento de serviços

Otimização dos processos de integração de sistemas de informação por meio de barramento de serviços Otimização dos processos de integração de sistemas de informação por meio de barramento de serviços Celly de Siqueira Martins, André Lara Temple de Antonio Diretoria de Soluções em Billing Fundação CPqD

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Sistemas de Informações. Daniel Gondim

Sistemas de Informações. Daniel Gondim Sistemas de Informações Daniel Gondim Roteiro da Aula SPT Sistema de Processamento de Transações Visão geral; métodos e objetivos Atividades no processamento de transações Controle de Administração Aplicações

Leia mais

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Sistemas Distribuídos Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Processos- Clientes, Servidores, Migração Capítulo 3 Agenda Clientes Interfaces de usuário em rede Sistema X Window Software do lado cliente para

Leia mais

Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) Copyright e-core LTDA, 2010. Todos os direitos reservados.

Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) Copyright e-core LTDA, 2010. Todos os direitos reservados. Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) Visão Geral e-coree Estabelecida em 1999 Escritórios rios no Brasil e EUA Aproximadamente 100 profissionais Atua em prestação de serviços offshore desde 2004 Roteiro

Leia mais

ASSINATURAS LABORATÓRIOS AUGUST 2012

ASSINATURAS LABORATÓRIOS AUGUST 2012 ASSINATURAS LABORATÓRIOS AUGUST 2012 HTTP! Lorem server Ipsum server Dolor server HTTP! TCP/IP! HTTP! TCP/IP! YOUR DBMS TCP/IP! Auth server HTTP! Amet HTTP! Clients FOOTER SOFTWARE ENGINEERING DIAGRAMS

Leia mais