APAVT ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO BANCO SANTANDER TOTTA S.A.,

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APAVT ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO BANCO SANTANDER TOTTA S.A.,"

Transcrição

1 ACORDO DE COLABORAÇÃO entre APAVT ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO e BANCO SANTANDER TOTTA S.A., Considerando que a APAVT- Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, tem uma reconhecida e crescente preocupação em proporcionar aos seus Associados as melhores e mais vantajosas condições de apoio ao exercício da sua actividade; Considerando a determinação da APAVT em promover acções que contribuam para a melhoria dos índices de produtividade, rentabilidade e capacidade concorrencial dos seus Associados; Considerando que o Banco Santander Totta S.A. proporciona às empresas uma gama completa de operações e de serviços bancários e financeiros indispensáveis a uma gestão empresarial moderna e dinâmica, dispondo para o efeito, de uma vasta rede de agências que cobrem todo o território nacional; E pelo interesse de que se reveste, decidiu o Banco Santander Totta S.A., com sede na Rua do Ouro, 88, Lisboa, com o capital social de Euros, Contribuinte Fiscal n.º , matriculado na Conservatória do registo Comercial de Lisboa, sob o n.º 1587, 1

2 e a APAVT Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, contribuinte Fiscal n.º , com sede na Rua Duque de Palmela, nº 2, 1ºDto, Lisboa, Celebrar o presente Acordo de Colaboração que se regerá pelas seguintes cláusulas: PRIMEIRA O presente Acordo de Colaboração destina-se a proporcionar o acesso preferencial à concessão de operações e serviços bancários e financeiros às empresas e empresários associados na APAVT, alargando-se a sua aplicação à própria Associação, aos colaboradores permanentes desta e dos associados. SEGUNDA O Banco Santander Totta S.A. disponibiliza à APAVT e aos seus associados, os produtos, serviços e condições inseridas no Anexo I a este Acordo de Colaboração, e que dele fará parte integrante. TERCEIRA O Banco Santander Totta S.A. disponibiliza aos colaboradores dos associados da APAVT, bem como aos seus próprios colaboradores permanentes, os produtos, serviços e condições inseridas no Anexos II a este Acordo de Colaboração, e que dele fará parte integrante. QUARTA 1. As empresas, seus colaboradores ou colaboradores da APAVT, poderão aderir ao presente Acordo de Colaboração em qualquer momento, bastando apresentar nos balcões do Banco Santander Totta S.A., o pedido de concessão de uma ou mais operações ou serviços, acompanhado de informação emitida pela APAVT, conforme 2

3 procedimentos definidos no Anexo III deste Acordo de Colaboração, e que dele faz parte integrante. 2. Os proponentes deverão reunir as condições habituais requeridas pelo Banco Santander Totta S.A. para a concessão das operações e prestação de serviços, nomeadamente quanto ao risco cliente/operação, não havendo assim qualquer obrigatoriedade ou automatismo na aprovação dos pedidos, reservando-se o Banco no direito a recusar a operação sempre que a mesma não se enquadre na sua política de risco de crédito. QUINTA Tendo em vista a implementação de uma colaboração e cooperação dinâmica entre o Banco Santander Totta S.A e a APAVT, estabelecem-se as seguintes acções por parte das duas entidades: Banco Santander Totta S.A.: a. Concessão de operações e serviços bancários à APAVT e seus associados; b. Patrocínio de iniciativas consideradas de interesse comum, tais como a edição de publicações e a realização de seminários, encontros, e outros eventos, no montante de dez mil euros no momento da assinatura e o restante em quatro pagamentos de dois mil e quinhentos euros cada, com vencimentos em Março, Junho, Setembro e Dezembro de 2005; c. Oferta de publicações editadas pelo Banco; d. Envio periódico de folhetos/brochuras informativos dos produtos e serviços de interesse para as empresas associadas e para a APAVT; e. Divulgação das presentes condições junto da APAVT e dos seus associados; f. Interacção com a APAVT, disponibilizando-se para esclarecimento do mesmo, relativamente aos produtos e serviços. 3

4 APAVT: a. Promover, junto dos seus associados, a divulgação do Acordo de Colaboração; b. Disponibiliza informação no site da APAVT; SEXTA 1. O Presente Acordo de Colaboração produzirá efeitos a partir da data da sua assinatura e vigorará por um período de 1 (um) ano, sendo este prazo renovável automaticamente, por igual período, salvo denúncia escrita de qualquer das partes, feita com a antecedência mínima de 30 (trinta) dias do termo do prazo inicial ou de qualquer das suas renovações. 2. Independentemente do estabelecido no número anterior, qualquer uma das partes pode, em qualquer momento da vigência do contrato, proceder à sua denuncia mediante o envio de comunicação escrita com um pré-aviso de, pelo menos, 60 dias relativamente à data em que produzirá os seus efeitos. 3. Não obstante a denúncia do contrato por qualquer motivo, a sua disciplina manter-se-á em vigor e continuará a aplicar-se até ao vencimento e pagamento efectivo das responsabilidades derivadas dos empréstimos subscritos e das condições estabelecidas neste protocolo. 4. O Banco assegurará uma gestão personalizada das contas de todos os beneficiários deste Acordo de Colaboração e fará um adequado assessoramento. SÉTIMA A APAVT não assume qualquer responsabilidade pelos actos praticados pelos beneficiários deste Acordo de Colaboração no âmbito do mesmo. 4

5 Feito e assinado ao dia 14 do mês de Janeiro de dois mil e cinco, em dois exemplares, ficando o original na posse da APAVT e outro na posse do Banco Santander Totta S.A. Pelo Banco Santander Totta S.A. Pela APAVT 5

6 ANEXO I AO ACORDO DE COLABORAÇÃO ENTRE ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO e BANCO SANTANDER TOTTA S.A. Condições Especiais para a APAVT, Associações que a integram e Empresas e Empresários seus Associados 1- SUPER CONTA NEGÓCIOS Conta de Depósito à Ordem constituída em Euros e mobilizável a qualquer momento. Esta conta tem associada uma Conta de Rendimento e Poupança (CRP) e uma Conta Corrente que funcionam entre si de forma automática e que permitem uma Gestão optimizada da Tesouraria da Empresa. Super Conta Negócios Conta de Depósitos à Ordem com mínimo de abertura de Remuneração : 0% Comissão de Abertura: 5 Comissão de Gestão : 5 / mês Conta Investimento Negócios Modalidade : Conta de Rendimento e Poupança associada à Super Conta Negócios. Taxa de Juro por escalões: Até ,50% Superior a ,75% Pagamento de Juros Trimestral Conta Corrente Negócios Modalidade: Conta Corrente Montante Máximo: de acordo com as necessidades e capacidade financeira do Cliente. Taxa de Juro Base Euribor a 1 mês acrescida de 5 p.p. Redução do spread por via do cross-selling Produto/Serviço POS Cartão de Crédito Empréstimos Médio Prazo Crédito Especializado Bonificação 0,50 p.p. 0,50 p.p. 0,25 p.p. 0, 50 p.p. 0,50 p.p. 6

7 Depósitos a Prazo Fundos de Investimento Produtos Estruturados, Seguros ou Prod. c/ Benefícios Fiscais 0,25 p.p. 0,25 p.p. 0,50 p.p. As bonificações são cumulativas não podendo ultrapassar os 2%. Pagamento de Juros Mensal Garantias - Garantias reais e/ou pessoais, exigindo-se, no mínimo, o aval completo dos cônjuges 2- SUPER CONTA CORRENTE NEGÓCIOS Conta Corrente com garantia real e com um limite de crédito definido em função do valor da avaliação do escritório. Principais Características: - Valor de avaliação superior a ; - Prazo de 8 anos; - Taxa de juro variável com spread de 3,75 p.p. com possibilidade de bonificação até 2 p.p. em função da adesão a outros produtos / serviços do Banco, ou seja, até ao spread mínimo de 1.75 p.p. Produto/Serviço POS Cartão de Crédito NetBanco Empréstimos Médio Prazo Crédito Especializado Depósitos a Prazo Fundos de Investimento Produtos Estruturados, Seguros ou Produtos c/ Benefícios Fiscais Bonificação 0,50 p.p. 0,50 p.p. 0,25 p.p. 0, 50 p.p. 0,50 p.p. 0,25 p.p. 0,25 p.p. 0,50 p.p. - Pagamento trimestral de juros com amortização total no vencimento e redução do plafond autorizado inicial de 20%/ano a partir do 4º ano. 3- LINHAS DE CRÉDITO 3.1 Linha de Crédito de Apoio ao Investimento Negócios Finalidade Apoiar o arranque/desenvolvimento da actividade, realização de obras, financiamento trespasses, direitos de entrada, direitos de ingresso e equipamentos. Montante Máximo

8 Prestação 33 por mês, por cada de financiamento a 36 meses. Prazo 12 a 36 meses. Garantias Aval dos Sócios e Conjugues. 3.2 Crédito de Apoio ao Investimento Finalidade Aquisição de instalações necessárias ao desenvolvimento da actividade, realização de obras, financiamento de trespasses e equipamentos. Montante Até 80% do investimento. Prazo Até 7 anos, incluindo opção de carência de capital nos 12 meses iniciais Taxa de Juro - Em função do risco e das garantias Euribor + 3 pp Euribor + 1,5pp Tx. Depósito + 1pp Sociedade: 1ª hipoteca de imóvel próprio + livrança subscrita e avalizada pelos sócios e cônjuges Ou Sócios: Hipoteca de um imóvel pessoal + livrança subscrita e avalizada pelos sócios e cônjuges Penhor de uma aplicação financeira sem risco de capital pelo mesmo montante do financiamento e pelo mesmo prazo + livrança subscrita e avalizada pelos sócios e cônjuges Comissões De acordo com o preçário em vigor Penhor de um depósito pelo mesmo montante do financiamento e pelo mesmo prazo + livrança subscrita e avalizada pelos sócios e cônjuges 3.3 Fundo de Investimento Imobiliário Para aquisição de instalações e mediante análise casuística para operações superiores a 1 milhão de euros poderá ser solicitado o recurso ao Fundo de Investimento Imobiliário do Banco. 4 CRÉDITO ESPECIALIZADO 4.1. Leasing de Equipamento Finalidade: Apoiar investimentos em equipamento. Prazo: Até 60 meses, desde que não ultrapasse o prazo de amortização fiscal do bem. 8

9 Montante: Até 80% do valor de aquisição a analisar. Taxa de Juro: Euribor 1M ou 3 M acrescida de 2,50 p.p. Valor Residual: Máximo de 2% Garantias: Livrança avalizada, ou outra conforme o nível de risco da operação. Seguros: Em regra, Multiriscos e responsabilidade civil, em função do equipamento. Comissões: De acordo com preçário em vigor 4.2. Leasing Imobiliário Finalidade: Apoiar investimentos de caracter imobiliário. Prazo: Até 15 anos. Montante: Até 85% do valor de aquisição. Taxa de juro: Euribor 3M ou 6M acrescida de 2 p.p. Valor Residual: Máximo de 5 % Garantias: livrança avalizada ou outras admitidas em direito Seguros: Em regra, Multiriscos e responsabilidade civil. Comissões: Preçário em vigor 4.3. Solução Automóvel Os associados da APAVT poderão ter acesso, em condições preferenciais, e de acordo com as suas necessidades a uma das seguintes modalidades: Leasing Aluguer de Longa Duração (ALD) SFAC Auto Renting ALD e Leasing SFAC Produto Viaturas Novas Viaturas Usadas Prazo Até 60 meses Montante Até 80% valor aquisição Até 80% valor aquisição Taxa de Juro Euribor + 2,50 p.p. Euribor + 4,25 p.p. Valor Residual Máximo de 10% - Comissões Preçário em Vigor Preçário em Vigor Até 8 anos (anos de viatura + prazo do contrato, que não deve exceder 60 meses) 9

10 5 INSTALAÇÃO DE POS Até 30 de Junho de 2005 Isenção do preço de instalação; Isenção da mensalidade do equipamento Isenção dos custos de comunicação; Taxa de Serviço de Comerciante 0,8% Após 30 de Junho de 2005 Custos de Comunicação Isenção até 31 de Dezembro de Fixo Móvel Taxa Mensal de Serviço 22,45 32,42 Taxa Serviço Comerciante 1,1% 1,1% Taxa por Operação 0,05 0,05 Nota: Valores acrescidos de IVA 6 SISTEMA DE DÉBITOS DIRECTOS Cobranças de quotizações aos associados dentro do Banco Santander Totta S.A. a) Banca Electrónica / FTP - 0,10 b) Suporte Magnético - 0,25 Cobranças de quotizações aos associados a Outras Instituições de Crédito a) Banca Electrónica / FTP - 0,40 b) Suporte Magnético - 0,45 Autorizações de Débito - Isento Reversões - Isento Nota 1: Custo por cada Instrução de Débito. Nota 2: Valores sujeitos a IVA. 7 SERVIÇOS REDUÇÃO DE PREÇÁRIO Os Associados da APAVT beneficiarão da redução do preçário nos seguintes serviços: Transferências emitidas para o Estrangeiro e recebidas do Estrangeiro redução de 25% 10

11 Carta Cheque a Fornecedores 0,60 Cofres Nocturnos (gratuito) Empresas (gratuito) Domiciliação de Despesas Periódicas (gratuito) 8 GARANTIAS IATA E DIRECÇÃO GERAL DE TURISMO Mediante análise casuística, devendo os proponentes reunir as condições habituais requeridas pelo Banco para a concessão das Garantias, nomeadamente quanto ao risco cliente/operação 9 APLICAÇÕES FINANCEIRAS O Banco Santander Totta S.A. disponibiliza aos Associados da APAVT uma gama de produtos financeiros susceptíveis de garantirem uma adequada remuneração dos excedentes de tesouraria disponibilizando, nomeadamente, as seguintes aplicações: Depósitos a Prazo Fundo Multitesouraria Fundo Multi Curto Prazo Fundo MultiObrigações 10 PROPRIETÁRIOS DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS Além das vantagens definidas no Anexo II, os Proprietários das Agências de Viagens poderão optar pela Conta Empresário, conta à ordem com ou sem domiciliação de ordenado, em vez da Conta Ordenado a qual apresenta as seguintes características: 10.1.Remuneração Credora Até ,99-0% De ,00 a ,99-0,25% Superior a ,50% Descoberto Autorizado Taxa de Juro 17,5% se saldo pontual de recursos inferior a Euros Taxa de Juro 12% se saldo pontual de recursos igual ou superior a Euros Limite 1 Por domiciliação de Ordenado: Até 100% do ordenado líquido mensal, com máximo de

12 Limite 2 Por saldo de recursos: 50% do saldo pontual de recursos do cliente do dia anterior, excluindo a conta de depósitos à ordem, com máximo de Limite 3 A soma dos limites 1 e 2, com máximo de Despesas de Manutenção/Comissão de Gestão Isento Isenção de Juros Descoberto autorizado sem juros até 7 dias por mês pelo montante máximo de Crédito Habitação Redução de 0,2 p.p. no spread da tabela do Crédito Habitação para novos contratos, respeitando o mínimo em vigor. Esta vantagem não se aplica a produtos de oferta nem é cumulativa com condições especiais de protocolos Crédito Pessoal Redução de 1 p.p. na tabela da oferta base de Crédito Pessoal, respeitando o mínimo em vigor. Esta vantagem não se aplica a produtos de oferta nem é cumulativa com condições especiais de protocolos Linha de Crédito Especial Montante até 5 vezes o ordenado líquido médio mensal domiciliado dos últimos 6 meses. Aplicam-se as condições em vigor para a oferta base de Crédito Pessoal, com uma redução adicional de 3.5 p.p. na taxa de juro aplicável, com mínimo de 6% Linha de Crédito Saúde Montante até 5 vezes o ordenado líquido médio mensal domiciliado nos últimos 6 meses (máximo euros) a 12 meses com taxa de juro Euribor + 1% Cartões Oferta da Taxa de Emissão do Cartão Totta Light para o 1º e 2º Titulares. Anuidades gratuitas, desde que, sejam efectuadas com o cartão compras a crédito num montante superior a 500 (no ano que antecede a cobrança da anuidade); Oferta da taxa de emissão do Cartão TottaGold de Crédito para o 1º e 2º Titulares; Oferta da taxa de emissão do Cartão Novo Classic para o 1º e 2º Titulares; 12

13 Oferta de 1 personalização por cada Cartão Novo Classic; Oferta de 2 Cartões Recarregáveis Seguro de Responsabilidade Civil Familiar Oferta para o 1º titular, com o limite de Euros por sinistro e por ano (sem franquia) Seguro de Acidentes Pessoais No valor de por titular em caso de Morte ou Invalidez Permanente e com máximo de em despesas de tratamento e repatriamento Despesas de Portes - Isento 13

14 ANEXO II AO ACORDO DE COLABORAÇÃO ENTRE ASSOCIAÇÃO PORTUGUESAS DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO e BANCOS SANTANDER TOTTA S.A. CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA OS COLABORADORES DA APAVT E DOS SEUS ASSOCIADOS QUE OPTEM PELA DOMICILIAÇÃO DOS SEUS VENCIMENTOS NO BANCO SANTANDER TOTTA S.A. 1- CONTA ORDENADO 1.1 Remuneração Credora Até ,99-0% De ,00 a ,99-0,25% Superior a ,50% 1.2 Descoberto Autorizado Taxa de Juro 17,5% se saldo pontual de recursos inferior a Euros Taxa de Juro 12% se saldo pontual de recursos igual ou superior a Euros Limite 1 Por domiciliação de Ordenado: Até 100% do ordenado líquido mensal, com máximo de Limite 2 Por saldo de recursos: 50% do mínimo entre o Saldo pontual de recursos do cliente do dia anterior e o Saldo Médio Mensal desses mesmos recursos, com máximo de Limite 3 A soma dos limites 1 e 2, com máximo de Despesas de Manutenção/Comissão de Gestão Isento 1.4 Cheques 14

15 Oferta da primeira Caderneta (esta oferta não inclui o valor dos impostos devidos) 1.5 Linha de Crédito Saúde Montante até 5 vezes o ordenado líquido médio mensal domiciliado nos últimos 6 meses (máximo euros) a 12 meses com taxa de juro Euribor + 1%. 1.6 Seguro de Responsabilidade Civil Familiar Oferta para o 1º titular, com o limite de Euros por sinistro e por ano (sem franquia). 1.7 Comissão dos Serviços de Gestão Isenção da comissão dos Serviços de Gestão. 2 - CARTÕES 2.1 Cartões Bancários Oferta da Taxa de Emissão do Cartão Light para o 1º e 2º Titulares Oferta da Taxa de Emissão e 1ª anuidade do cartão Novo Classic para o 1º e 2º Titulares Oferta de 2 Cartões Carregáveis Oferta da 1ª anuidade dos cartões de Crédito para o 1º Titular 3 - DEPÓSITO A PRAZO E POUPANÇA 3.1 Depósito a Prazo e Poupança Bonificação da Taxa de Juro em 0,25 pp, face à taxa de juro em vigor 4 CRÉDITO HABITAÇÃO 4.1 Contratos Novos Taxa de Juro - Redução de 0,35pp, face à tabela em vigor. Spread mínimo de acordo com a tabela em vigor Comissão de Dossier Redução de 50% face ao preçário em vigor Comissão de Avaliação Redução de 25% face ao preçário em vigor NOTA: As presentes condições aplicam-se exclusivamente a todos os produtos de Taxa Variável. Excluem-se os produtos de campanha. 4.2 Transferências 15

16 Taxa de Juro - Redução do Spread em 0,35pp, face à tabela em vigor para transferências. Serviço de Solicitadoria Oferta O Banco Santander Totta S.A. suporta os custos de transferências de acordo com a Campanha de Transferências em vigor até 2,5% do capital transferido. Neste caso o spread mínimo é de 0,7 p.p. 4.3 Crédito Sinal Taxa de Juro - Igual à operação principal de Crédito à Habitação + 1,5 pp 5 CRÉDITO PESSOAL 5.1 Crédito Pessoal Taxa de Juro - Redução do Spread em 1,875pp, face à tabela em vigor. Taxa mínima - Euribor 6 meses + 4pp Comissão de Formalização redução de 25% face ao preçário em vigor 5.2 Com Garantia Hipotecária Condições da operação de Crédito à Habitação, quando contratados em simultâneo 5.3 Com Garantia Hipotecário Isolado Taxa de Juro - Redução de 0,35pp, Comissão de Dossier/Gestão Redução de 25% face ao preçário em vigor 5.4 Crédito Multifunções + Casa Taxa de Juro - Redução de 0,35 pp face à tabela em vigor. Comissão de Formalização Redução de 20% face ao preçário em vigor 6 CRÉDITO ESPECIALIZADO 6.1 Financiamento Automóvel Viaturas Novas Entrada Mínima 15% Taxa de Juro - Euribor 3 M + 2,75pp Valor Residual Máximo 20% 6.2 Financiamento Automóvel Viaturas Usadas Entrada Mínima 20% Taxa de Juro - Euribor 3 meses + 4,5pp 16

17 6.3 Leasing Imobiliário Taxa de Juro - Euribor 3 meses + 2,25 pp 6.4 Leasing de Equipamentos Taxa de Juro - Euribor 3 meses + 2,75 pp 7 SERVIÇOS 7.1 Domiciliações Sem custos por débito na Conta Ordenado 7.2 Cofres de Aluguer Oferta 1ª anuidade Cofres 10 dm3 7.3 Banca Telefónica Acesso gratuito 7.4 Acesso gratuito 10 Net Alertas Grátis via SMS ou via por mês Pagamento de Serviços Programados 8 TÍTULOS 8.1 Comissão de Custódia de Títulos Isenção de pagamento da 1ª Comissão 17

18 ANEXO III AO ACORDO DE COLABORAÇÃO ENTRE ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO e BANCO SANTANDER TOTTA S.A. PROCEDIMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ASSOCIADOS DA APAVT, SEUS COLABORADORES OU COLABORADORES DA APAVT Sempre que as empresas associadas da APAVT ou colaboradores da APAVT, apresentem o pedido de concessão de uma ou mais operações ou serviços nas agências do Banco Santander Totta S.A., para poderem aderir ao presente acordo de colaboração, será necessária uma confirmação por parte da APAVT. A informação emitida pela APAVT, será enviada no prazo máximo de 24 horas, e possibilitará à APAVT registar a aderência dos seus associados ou colaboradores da APAVT ao acordo de colaboração. 18

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME Santander Totta Santander Totta Especializado no Negócio de PME O Banco Santander Totta está integrado num dos maiores Grupos Financeiros a nível Mundial. Distingue-se pela sua capacidade de oferecer as

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE PRIMEIRO OUTORGANTE: BANCO SANTANDER TOTTA, SA com sede na Rua do Ouro 88 em Lisboa, 1100-063-Lisboa, com o capital social de 656723284 Euros, Pessoa Colectiva nº 500844321

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA. entre. Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA. entre. Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA entre Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves e Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Vale do Dão e Alto Vouga, C.R.L. Cláusula 1ª (Intervenientes) Este Protocolo

Leia mais

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus PROTOCOLO CONSELHO DISTRITAL DE LISBOA CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM Para aderir a este Protocolo e beneficiar das respectivas condições, abra a sua Conta

Leia mais

SOLUÇÕES SANTANDER TURISMO

SOLUÇÕES SANTANDER TURISMO SOLUÇÕES SANTANDER TURISMO Atendendo a que o turismo é um sector estratégico na economia nacional e considerando que a APAVT tem tido um papel fundamental no desenvolvimento do turismo nacional, o acordo

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS Produtos e serviços CGD para profissionais liberais e jovens advogados: CONTAS À ORDEM Conta Extracto A informação onde preferir. Com esta conta recebe um extracto com toda a informação da sua conta, na

Leia mais

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS - PROFISSIONAIS LIBERAIS E ENIs

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS - PROFISSIONAIS LIBERAIS E ENIs PROTOCOLO ORDENS PROFISSIONAIS CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS - PROFISSIONAIS LIBERAIS E ENIs Para aderir a este Protocolo e beneficiar das respectivas condições, abra a sua Conta Gestão Tesouraria ou Conta

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Crédito Habitação 5. Leasing 6. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Leasing 5. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro com mais de 300 anos

Leia mais

ENTRE. e celebrado o presente acordo que se rege pelas clausulas seguintes:

ENTRE. e celebrado o presente acordo que se rege pelas clausulas seguintes: ENTRE PRlMElRO OUTORGANTE: BANCO SANTANDER TOTTA, S.A. com sede na Rua do Ouro 88 em Lisboa, 1100-063-Lisboa, com o capital social de 620.104.983 Euros, Pessoa Colectiva no 500844321 registado na CRC Lisboa

Leia mais

PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES

PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES Cartão Ordem dos Advogados Um cartão de crédito PERSONALIZADO E DIFERENCIADOR com vantagens únicas para a classe profissional COMPRE AGORA

Leia mais

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Direcção de Parcerias Comerciais Protocolos Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Novembro de 2009 Conta Ordenado BPI Isenção das principais despesas do dia-a-dia: Isenção das despesas de manutenção

Leia mais

Private & Business Clients. Partnership Banking. Condições Especiais para os Associados do Clube e Moradores do Parque das Nações

Private & Business Clients. Partnership Banking. Condições Especiais para os Associados do Clube e Moradores do Parque das Nações Private & Business Clients Partnership Banking Condições Especiais para os Associados do Clube e Moradores do Parque das Nações Contas e Cartões - Condições Contas Contas Isenção de pagamento de despesas

Leia mais

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Instituição Financeira Bancaria com sede em território nacional, de acordo com o previsto na Lei das Instituições Financeiras Anexo I Tabela de comissões e despesas Data de

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO Entre Agrupamento de Escolas Fernão do Pó, com n.º de Contribuinte 600079970 e sede em Av. Dr. Joaquim de Albuquerque, 2540-004 Bombarral, adiante designado por Agr. Escolas Fernão

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Completa Clientes Particulares, maiores de 18 anos, que sejam trabalhadores por conta de outrem e que aceitem domiciliar ou transferir,

Leia mais

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional O Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve e em www.bancokeve.ao O Preçário pode ser ainda

Leia mais

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus. Conta Nova Vida

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus. Conta Nova Vida PROTOCOLO ORDENS PROFISSIONAIS CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM Para aderir a este Protocolo e beneficiar das respectivas condições, abra a sua Conta Ordenado

Leia mais

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional O Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve e em www.bancokeve.ao O Preçário pode ser ainda

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao

Leia mais

Ficha de Informação Geral

Ficha de Informação Geral Objectivo da Ficha de Informação Geral Oferecer aos Clientes informação de carácter geral sobre o crédito à habitação, o mais transparente, sistemático e rigorosamente possível, antes da formalização de

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015 Anexo II Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015 Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa.

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter acesso a um vasto conjunto

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes

10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes 10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes Crédito de Curto Prazo em Conta Corrente Iniciais Euros (min/máx) Valor Anual Acresce

Leia mais

PME Investe VI. Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas

PME Investe VI. Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas PME Investe VI Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas Objectivos Esta Linha de Crédito visa facilitar o acesso ao crédito por parte das micro e pequenas empresas de todos os sectores de actividade,

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes Oferta de Cooperação Barclays at Work 1 / 7 Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países Spliu

Leia mais

Condições Especiais do Deutsche Bank para os membros da Ordem dos Arquitectos do Norte

Condições Especiais do Deutsche Bank para os membros da Ordem dos Arquitectos do Norte Condições Especiais do Deutsche Bank para os membros da Ordem dos Arquitectos do Norte Novembro 2009 Contas e Cartões - Condições Contas Isenção de despesas de manutenção de conta Isenção de pagamento

Leia mais

Não aplicável (conta não remunerada)

Não aplicável (conta não remunerada) Designação Conta 18-23 Condições de Acesso Clientes Particulares com idades compreendidas entre os 18 e os 23 anos Modalidade Depósito à Ordem Meios de Movimentação Cartão de débito, cheque, ordem de transferência,

Leia mais

Soluções Financeiras BBVA

Soluções Financeiras BBVA ANEXO I Soluções Financeiras BBVA Exclusivas para os Sócios do SEPLEU Sindicato dos Educadores e Professores Licenciados pelas Escolas Superiores de Educação e Universidades Exmos. Srs. É com o maior prazer

Leia mais

Soluções Financeiras ANEXO I. Protocolo exclusivo. Soluções Ordenado BBVA. Soluções Habitação BBVA

Soluções Financeiras ANEXO I. Protocolo exclusivo. Soluções Ordenado BBVA. Soluções Habitação BBVA Protocolo exclusivo. Soluções Financeiras ANEXO I Aproveite o Protocolo BBVA para realizar os seus projectos pessoais. O Banco Bilbao Vizcaya Argentaria, coloca ao seu dispor um conjunto de Produtos e

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

Protocolo BBVA Soluções Financeiras

Protocolo BBVA Soluções Financeiras Protocolo BBVA Soluções Financeiras Conheça as soluções financeiras que o BBVA tem para lhe oferecer e aproveite o Protocolo BBVA com condições exclusivas para os Associados do SPLIU. Para o BBVA cada

Leia mais

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Tipo de Propriedade 1ª Habitação Residência habitual do agregado familiar (habitação própria permanente). 2ª Habitação Residência não habitual do agregado familiar

Leia mais

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 10-Mai-2016 (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 10-Mai-2016 (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos (ÍNDICE) Crédito Habitação: contratos de crédito para aquisição, construção e realização de obras para habitação própria

Leia mais

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Deutsche Bank AG, Sucursal em Portugal,

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Moeda Conta Super Jovem Clientes Particulares, com idade entre os 18 e os 30 anos (inclusive). Depósito à Ordem. Esta conta pode ser movimentada

Leia mais

5º Workshop da Plataforma do Empreendedor

5º Workshop da Plataforma do Empreendedor 5º Workshop da Plataforma do Empreendedor Lisboa, AIP-CE 27 de Maio de 2010 EMPREENDEDORISMO Da ideia à actividade. O Montepio apoia a criação de negócios independentemente da sua dimensão e está disponível

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013 Oferta de Cooperação Barclays at Work Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países ORDEM DOS ENGENHEIROS

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Negócio Clientes Empresa e Empresários em Nome Individual. Depósito à Ordem remunerado, que possibilita o acesso a um limite de crédito

Leia mais

Apresentação das condições Deutsche Bank para os associados da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal

Apresentação das condições Deutsche Bank para os associados da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal Apresentação das condições Deutsche Bank para os associados da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal Outubro 2009 Contas e Cartões - Condições Contas Isenção de despesas de manutenção

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à Ordem 19.1. Depósitos à Ordem 17.2. Depósitos a Prazo 19.2. Depósitos a Prazo

Leia mais

ANEXO I CONTA BES100% Gestão corrente da liquidez Constituição de poupança Acesso ao crédito Segurança

ANEXO I CONTA BES100% Gestão corrente da liquidez Constituição de poupança Acesso ao crédito Segurança ANEXO I CONTA BES100% Definição A Conta BES 100% é constituída por um Depósito à Ordem, uma Conta Poupança e um Descoberto Autorizado, e dispõe de um mecanismo de movimentação automática entre as duas

Leia mais

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 O Preçário completo da Orey Financial, Instituição Financeira

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao

Leia mais

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES)

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes [Empréstimos a taxa variável] Linha PME Crescimento 2015 Euribor a 6 meses + Spread 2,700% a 4,300% Entre 2,611% e 4,254% Prazo Máximo: 4 anos (inclui possibilidade

Leia mais

Simulação de Crédito Habitação Santander Totta

Simulação de Crédito Habitação Santander Totta Página 1 de 14 Super Crédito Habitação Taxa Variável FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA DE CONTRATOS DE CRÉDITO À HABITAÇÃO (ao abrigo do Aviso do Banco de Portugal nº2/2010, de 16 de Abril, e da instrução

Leia mais

500.000 FAMÍLIAS JÁ GEREM MELHOR AS SUAS DESPESAS

500.000 FAMÍLIAS JÁ GEREM MELHOR AS SUAS DESPESAS 500.000 FAMÍLIAS JÁ GEREM MELHOR AS SUAS DESPESAS CLIENTE FREQUENTE Poupe mais com esta solução integrada de produtos e serviços bancários e pague o mesmo todos os meses. MILLENNIUM. É PARA AVANÇAR. www.millenniumbcp.pt

Leia mais

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03-08-2015 O Preçário

Leia mais

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 19-Jan-2015 O Preçário

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável Conta Corrente Caucionada Conta Corrente Caucionada IVA Advance Conta Gestão de Tesouraria Linha Banif FEI PME SMC Linhas de Crédito

Leia mais

Abra uma Conta Ordenado BBVA e conheça todas as vantagens que tornam a sua vida mais fácil:

Abra uma Conta Ordenado BBVA e conheça todas as vantagens que tornam a sua vida mais fácil: Protocolo BBVA Soluções Financeiras Conheça as soluções financeiras que o BBVA tem para lhe oferecer e aproveite o Protocolo BBVA com condições exclusivas para os Sócios e Filhos dos Sócios do COFRE DA

Leia mais

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses +

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses + 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Prestação Indexada; Prestação Mínima; Crédito Não Residentes; Spread 1,750% a 4,250% 4,939% Prazo máximo

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável Conta Corrente Caucionada Conta Corrente Caucionada IVA Advance Conta Gestão de Tesouraria Linha Banif FEI PME Euribor 1M, 3M, 6M,

Leia mais

Linha Específica para as Micro e Pequenas Empresas

Linha Específica para as Micro e Pequenas Empresas Linha de Crédito PME Investe III Linha Específica para as Micro e Pequenas Empresas Objectivos Esta Linha de Crédito, criada no âmbito da Linha PME Investe III, visa facilitar o acesso ao crédito por parte

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável Conta Corrente Caucionada Conta Corrente Caucionada Conta Gestão de Tesouraria Linhas de Crédito Protocoladas Protocolo Turismo de

Leia mais

Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas

Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho da Nazaré no âmbito do Programa FINICIA Anexo I ao protocolo financeiro e de cooperação Normas e Condições de Acesso Artigo 1º. (Objectivo)

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

PROTOCOLO FINANCEIRO ENTRE A CGD E O ICAM A FAVOR DO SECTOR DO CINEMA

PROTOCOLO FINANCEIRO ENTRE A CGD E O ICAM A FAVOR DO SECTOR DO CINEMA PROTOCOLO FINANCEIRO ENTRE A CGD E O ICAM A FAVOR DO SECTOR DO CINEMA Considerando: A importância do sector do Cinema como vector de dinamização das expressões artísticas e de contribuição para o desenvolvimento

Leia mais

Linha de apoio à reestruturação de dívida bancária das empresas dos Açores- Condições e Procedimentos

Linha de apoio à reestruturação de dívida bancária das empresas dos Açores- Condições e Procedimentos Linha de apoio à reestruturação de dívida bancária das empresas dos Açores- Condições e Procedimentos 1. Beneficiários Empresas com sede na Região Autónoma dos Açores que não tenham como actividade principal

Leia mais

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010 Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado Batalha, 8 Julho de 2010 As vossas necessidades... O apoio aos Empreendedores e às PME s

Leia mais

Protocolo para Colaboradores Novembro 2014

Protocolo para Colaboradores Novembro 2014 Protocolo para Colaboradores Novembro 2014 O PROTOCOLO E SUAS VANTAGENS O Protocolo é um acordo entre um Parceiro e o Banco, atribuindo vantagens aos seus Colaboradores em produtos e serviços financeiros

Leia mais

Entre BANCO ESPIRITO SANTO, S.A. E. INSTITUTO POLlTÉCNICO DE PORT ALEGRE

Entre BANCO ESPIRITO SANTO, S.A. E. INSTITUTO POLlTÉCNICO DE PORT ALEGRE ~-' PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO Entre cflr BANCO ESPIRITO SANTO, SA E INSTITUTO POLlTÉCNICO DE PORT ALEGRE BANCO ESPIRITO SANTO SA, Sociedade Aberta, com sede na Avenida da Liberdade no 195, em Lisboa, com

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro

Tabela de Taxas de Juro Preçário Banco Angolano de Investimentos, S.A. (Instituição Financeira Bancária) ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 26 DE MARÇO DE 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões

Leia mais

Protocolo para Colaboradores

Protocolo para Colaboradores Protocolo para Colaboradores Março 2014 O PROTOCOLO E SUAS VANTAGENS O Protocolo é um acordo entre um Parceiro e o Banco, atribuindo vantagens aos seus Colaboradores em produtos e serviços financeiros

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JUROS CLIENTES PARTICULARES

FOLHETO DE TAXAS DE JUROS CLIENTES PARTICULARES FOLHETO DE TAXAS DE JUROS CLIENTES PARTICULARES 1 17. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. DEPÓSITO À PRAZO FOLHETO DE TAXAS DE JURO CLIENTES PARTICULARES Moeda nacional - residentes (2) Taxa anual nominal Bruta 1.

Leia mais

Preçário BANCO BIC, SA

Preçário BANCO BIC, SA Preçário BANCO BIC, SA Bancos ANEXO II Consulte o Índice de TAXAS DE JURO Consulte o Índice de TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS Informação Complementar DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 10/11/2014 O Preçário pode

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 20-abr-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos Crédito Habitação Para Aquisição, Construção, Obras e Aquisição de Terreno para Habitação Própria, Secundária ou Arrendamento, Crédito Sinal, Transferências;

Leia mais

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 08jun2015 O Preçário completo do Banco BNP

Leia mais

Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito

Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da GE Consumer Finance,

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO. entre UNIVERSIDADE DO MINHO ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DO MINHO BANCO ESPÍRITO SANTO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO. entre UNIVERSIDADE DO MINHO ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DO MINHO BANCO ESPÍRITO SANTO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO entre UNIVERSIDADE DO MINHO e ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DO MINHO e BANCO ESPÍRITO SANTO O presente Protocolo insere-se no desenvolvimento das relações do Banco Espírito

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO BANCO ESPIRITOSANTO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO Entre BANCO ESPIRITO SANTO S.A., sociedade aberta, com sede na Avenida da Liberdade n.o 195, em Lisboa, com o capital social de 2.500.000.000,00, pessoa colectiva

Leia mais

Apoios às s Empresas do Sector do Turismo. Portugal

Apoios às s Empresas do Sector do Turismo. Portugal Apoios às s Empresas do Sector do Turismo ÍNDICE 2 Linha de apoio à qualificação da oferta Linha de apoio à tesouraria Carência de capital Linhas PME CRESCIMENTO 2013 MECANISMOS DE APOIO AO SECTOR DO TURISMO

Leia mais

Comissões IVA. Acresce Imposto. Valor Com Imposto IS Cont. Mad. Aç. Cont. Mad. Aç. Comissões Iniciais -- -- 23% 22% 18% 24,60 24,40 23,60

Comissões IVA. Acresce Imposto. Valor Com Imposto IS Cont. Mad. Aç. Cont. Mad. Aç. Comissões Iniciais -- -- 23% 22% 18% 24,60 24,40 23,60 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 17-agosto-2015 2.1. Crédito à Habitação e Contratos Conexos - Crédito Habitação para Residentes [2.1.20150922.18]

Leia mais

Excelência, Proximidade e Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado

Excelência, Proximidade e Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado Oferta de Cooperação Barclays at Work Excelência, Proximidade e Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado Ordem dos Engenheiros Condições válidas para o 2 º Trimestre 2013

Leia mais

Crédito Habitação BPI - Ficha de Informação Geral

Crédito Habitação BPI - Ficha de Informação Geral Crédito Habitação BPI - Ficha de Informação Geral Mutuante Banco BPI, S.A. Sede: Rua Tenente Valadim, 284 4100-476 PORTO Sociedade Aberta, Capital Social 1.293.063.324,98, matriculada na CRCP sob o número

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA DP NETB@ANCO 90 DIAS

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA DP NETB@ANCO 90 DIAS DP NETB@ANCO 90 DIAS Designação Condições de acesso Modalidade Prazo Mobilização antecipada DP Netb@nco 90 Dias Clientes aderentes ao NetB@nco (constituição e movimentação exclusiva através do canal NetB@nco).

Leia mais

Protocolo para Colaboradores Unicer Janeiro 2015

Protocolo para Colaboradores Unicer Janeiro 2015 Protocolo para Colaboradores Unicer Janeiro 2015 O PROTOCOLO E SUAS VANTAGENS O Protocolo é um acordo entre um Parceiro e o Banco, atribuindo vantagens aos seus Colaboradores em produtos e serviços financeiros

Leia mais

Ficha de Informação Geral

Ficha de Informação Geral Objectivo da Ficha de Informação Geral Oferecer aos Clientes informação de carácter geral sobre o crédito à habitação, o mais transparente, sistemático e rigorosamente possível, antes da formalização de

Leia mais

Preçário. Banco Cofidis, S.A.

Preçário. Banco Cofidis, S.A. Preçário Banco Cofidis, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto e Despesas: 05-out-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua

Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua Termos de referência para as condições mínimas de acesso ao Fundo de Contragarantia Mútua,

Leia mais

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras O Banco de Portugal acaba de publicar novas regras para os Preçários, que vêm reforçar e harmonizar a informação sobre

Leia mais

Condições para Serviços Bancários a Particulares Covilhã 13/3/2015

Condições para Serviços Bancários a Particulares Covilhã 13/3/2015 Condições para Serviços Bancários a Particulares Covilhã 13/3/2015 PRODUTOS Conta à Ordem/Conta Ordenado Cartão de débito Eletron/ Crédito/Pré-pago Acesso Multicanal Cheques Outros Serviços Condições vantajosas

Leia mais

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em www.bni.

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em www.bni. Instituição Financeira Bancária Preçário das Operações ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 01 de Outubro de 2015 O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais

Leia mais

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário MERCEDESBENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos CH e associados Taxa Indexada - Euribor 12m Multiopções associados Taxa Indexada - Euribor 12m Euribor 12m + Spread 1,95% a 5,80% Euribor 12m + Spread 2,95%

Leia mais

Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco do Brasil AG Sucursal em Portugal,

Leia mais

Aviso do Banco de Portugal n.º 2/2010

Aviso do Banco de Portugal n.º 2/2010 Aviso do Banco de Portugal n.º 2/2010 A Instrução n.º 27/2003 consagrou no ordenamento jurídico nacional os procedimentos mais relevantes da Recomendação da Comissão n.º 2001/193/CE, de 1 de Março de 2001,

Leia mais

Cláusula 1.ª (Âmbito) Cláusula 2.ª (Acesso) Cláusula 3.ª (Validade)

Cláusula 1.ª (Âmbito) Cláusula 2.ª (Acesso) Cláusula 3.ª (Validade) Protocolo de colaboração entre a Caixa Económica Montepio Geral e as ASSOCIAÇÕES PROFISSIONAIS DA POLÍCIA JUDICIÁRIA. Entre: CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL, Instituição de Crédito com sede na Rua Áurea,

Leia mais

1.2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO... 6 1.2.1. CRÉDITO À HABITAÇÃO E CONTRATOS CONEXOS... 6

1.2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO... 6 1.2.1. CRÉDITO À HABITAÇÃO E CONTRATOS CONEXOS... 6 Índice 1. CLIENTES PARTICULARES... 3 1.1. CONTAS DE DEPÓSITO... 3 1.1.1. DEPÓSITO À ORDEM... 3 1.1.2. DEPÓSITO A PRAZO... 3 1.1.3. OUTRAS MODALIDADES DE DEPÓSITO... 4 1.2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO... 6 1.2.1.

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-DEZ-2014 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros s 17. CONTAS DE DEPÓSITO 19. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo

Leia mais