IMPOSTO DE RENDA DE 2013 PERGUNTAS E RESPOSTAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IMPOSTO DE RENDA DE 2013 PERGUNTAS E RESPOSTAS"

Transcrição

1 IMPOSTO DE RENDA DE 2013 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1) Gostaria de saber se posso abater o gasto feito com os pagamentos efetuados a Previdência Privada (BRASILPREV) que fiz em nome de meus filhos. Resp. A previdência privada paga para seus dependentes poderá ser utilizada para abatimento da base de cálculo do imposto de renda apurado na declaração de ajuste anual do contribuinte. Entretanto, é preciso observar que, se o dependente tiver mais de 16 anos, para utilizar o valor da previdência privada, ele deverá ter recolhimento para a previdência oficial. 2) Um contribuinte com mais de 65 anos e que tenha problema cardíacos tem direito à isenção na declaração do IR? Resp. Para ter direito à isenção, o contribuinte deverá ter laudo pericial emitido por serviço médico oficial. A isenção iniciará a partir do laudo expedido. Os rendimentos que podem ser isentos são os provenientes de aposentadoria. 3) Ao aposentar-me, saquei todo o saldo do Pasep. Devo declarar esse valor? Em caso positivo, onde? Resp. Informe os valores recebidos do Pasep na ficha Rendimentos isentos e não Tributáveis. 4) Entrei na malha fina, pois esqueci de lançar no Imposto de Renda (IR) de 2012 rendimentos de dependente. Posso fazer a retificação com o IR de 2013, ou tem que ser separado? Como faço? Resp. Você não pode incluir esse rendimento que pertence ao exercício de 2012, ano calendário 2011, na declaração do exercício de O que deve ser feito é retificar a declaração do exercício de 2012, inclusive esse rendimento. Baixe a nova versão do programa do IRFP/2012 disponível no site da Receita Federal e providencie as retificações necessárias. 5) De que forma declarar pensão alimentícia, uma vez que são três mães: uma delas ex-esposa com pensão e dois filhos, e as outras duas, um filho para cada. O valor do desconto vem integral? como colocar na declaração Resp. Tratando-se de pensão alimentícia, relacione na ficha pagamentos efetuados o nome do alimentando, CPF ( com 18 anos ou mais) e o valor da pensão. Ressalte-se que o nome do alimentando é o que consta de decisão judicial homologada ou por escritura pública, ou seja, o nome para quem você paga os alimentos (na maioria dos casos, não é pago para a mãe, mas para o filho). 6) Ao declarar IR pela primeira vez, preciso informar o modelo do carro que possuo, mesmo sendo antigo? Posso utilizar notas fiscais? Devo declarar a poupança? Resp. Discrimine o veículo informando o fabricante, modelo, ano e placa. No caso da poupança, informe quando o saldo em 31/12/2012 for superior a R$ 140,00. Você poderá usar notas fiscais que permitem a dedução na declaração de ajuste anual. Como, por exemplo, as de despesa médica.

2 7) Vendi um apartamento por R$ 900 mil e comprei outro, no prazo de seis meses da Receita, de R$ 800 mil. Mesmo tendo gasto menos, tenho direito a isenção do IR na venda de imóveis? Resp. A isenção é aplicada a na venda de imóvel residencial para compra de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias. Como você não usou todo o valor de venda do imóvel na compra de outro imóvel, você deverá apurar ganho de capital proporcional à parcela não utilizada. Esta apuração deveria ter sido efetuada no mês da venda. 8) No caso de pessoas que têm um filho e que compartilham gastos e despesas, este filho pode ser declarado como dependente nas duas declarações completas, dividindo as despesas? Resp. Não, o filho só poderá constar de uma das declarações do casal. Vocês devem eleger quem vai declarar o filho como dependente. Na declaração que constar o filho como dependente é que poderão ser lançados os gastos permitidos para abatimento do imposto devido. 9) Posso atualizar o valor de um imóvel que está muito defasado? Resp. Você não pode atualizar os valores dos bens relacionados em bens e Direitos por falta de previsão legal. 10) O pai de um filho adulto considerado incapaz por juiz foi nomeado seu curador em abril de Este filho não trabalha, vive com ele e, é dependente dele financeiramente. Ele pode declarar o filho como dependente no Imposto de Renda? Resp. O filho incapacitado física ou mentalmente para o trabalho, independentemente da idade, poderá ser considerado dependente para fins da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda. 11) Um dos meus dependentes passou a receber rendimentos e vou retirá-lo da minha declaração. Como ficam os bens que esse dependente possui? Removo-os da minha declaração ou preencho com zero o campo de valor em 31/12/2012. Resp. A partir do momento em que seu filho não é mais seu dependente, você deverá baixar os bens dele constantes de sua declaração de Bens e Direitos, no campo discriminação, informe o fato e deixe em branco o item situação em 31/12/ ) O condomínio onde moro aluga para uma empresa de telefonia espaço na cobertura para colocação de antena. O valor do aluguel mensal é revertido para a conta do condomínio e, no início de cada ano, a administração entrega um informe de rendimentos a cada condômino, que corresponde ao valor total do aluguel dividido pelo número de unidades. Como não há dedução, pois a administração alega que o condomínio é isento de IR, como devo declarar tal receita, já que vou pagar imposto sem o dinheiro passar pela minha mão? Resp. O valor do aluguel correspondente a sua unidade será informado na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica considerando que a fonte pagadora do aluguel é pessoa Jurídica. 13) Posso usar o valor de um plano de aposentadoria privada paga por mim para minha filha de 5 anos como dedução? Resp. Você poderá deduzir a previdência privada paga para seu dependente. Quando lançar os valores pagos na ficha Pagamentos Efetuados, informe que pertencem ao dependente. Lembre-se que a previdência Privada tem que estar no nome do dependente, caso esteja em seu nome será

3 lançado como do titular. 14) Como lançar empréstimo do FIES no IR? A cada 3 meses, pago uma parcela mínima à Caixa como parte do pagamento da dívida, como lanço esse pagamento? Resp. O pagamento do crédito educativo não pode ser deduzido como despesa com instrução. Já o valor pago à instituição de ensino pode. As despesas com educação são informadas na ficha Pagamentos Efetuados. Se o saldo em for superior a R$ 5 mil. O empréstimo efetuado deve ser informado na ficha Dívidas de Ônus Reais. 15) Paguei o Ganho de Capital devido em 2012 somente em Como faço com o programa de GCAP de 2012? Importo para o IR de 2013 sem os pagamentos? Resp. você preencherá o programa GCAP2012 normalmente e importará os dados para a declaração de ajuste anual, mesmo que o pagamento do imposto devido tenha sido feito em ) Meu filho pagava pensão de dois filhos à ex-esposa. Desde setembro de 2012 obteve a guarda do filho mais velho e só continuou a pagar pensão de um dos filhos. Ou seja, de janeiro a setembro pagou a pensão dos dois filhos. E, de outubro a dezembro, só a de um. Isso também envolve mensalidade escolar. Como ele deve fazer a declaração? Resp. Como seu filho obteve judicialmente a guarda de um dos filhos, este poderá ser considerado como seu dependente, relacionando-o na ficha Dependentes, Quanto à pensão alimentícia paga até setembro de 2012 a este filho, entendemos que também poderá ser utilizado como dedução na declaração de ajuste anual. Preencha a ficha alimentandos com a inclusão desse filho e os valores pagos na ficha Pagamentos Efetuados. 17) Recebí uma doação de um imóvel no ano passado. O valor do imóvel a ser declarado é o mesmo sobre o qual foi calculado o ITD? Resp. O valor a ser declarado em Bens e Direito é o que consta do instrumento de doção 18) Comprei em 2012 um apartamento na planta no valor de R$ 540 mil. Em 2012, efetuei R$ ,00 em pagamento à incorporadora. Como devo declarar os pagamentos feitos em 2012 e o saldo restante? Resp. O apartamento adquirido na planta será relacionado na declaração de Bens e Direitos, discriminando a forma de aquisição e, no campo Situação em , informe os valores pagos durante o ano de Caso o saldo seja financiado pelo Sistema Financeiro Habitacional, este não será informado. 19) Em qual campo devo lançar os pagamentos em previdência privada PGBL? Em qual momento recebo o desconto de 12% no IRPF para PGBL? Resp. O valor pago à Previdência privada (PGBL) será informado na ficha Pagamentos Efetuados e o cálculo do limite de 12% é feito automaticamente pelo programa. 20) Em 2012, arquei com as despesas médicas de minha filha e meu neto não ressarcidas pelo plano de saúde. Como preencher a declaração para deduzir essas despesas médicas, já que minha filha não é mais considerada minha dependente? Resp. Como sua filha já não é mais sua dependente para fins de imposto de renda, não poderá

4 utilizar esses gastos com despesas médicas, bem como os de seu neto. As despesas médicas da sua filha poderão ainda assim, ser utilizadas por ela, caso venha a entregar a declaração de ajuste anual. 21) Posso declarar pensão judicial paga para minha filha universitária, mesmo ela tendo completado 22 anos em 2012? Quando tento declarar em Pagamentos Efetuados Código 33, o programa da Receita não aceita. Resp. Fiz o teste no programa e não encontrei inconsistência. Caso persista, baixe novamente o programa. O Código é de pensão judicial. 22) O recebimento de FGTS está sujeito a tributação? Resp. Não, ele é rendimento isento, informado na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis. 23) Doei um imóvel para meu filho, reservando o usufruto para minha pessoa. Como declarar esse usufruto e como meu filho deve proceder para declarar o imóvel doado? Resp. O imóvel doado com reserva de usufruto terá o seguinte tratamento na declaração de ajuste anual do Imposto de Renda, considerando-se doador e donatário: DOADOR O doador deve efetuar na sua declaração de Bens e Direito, discriminando de que forma foi feita a doação e no campo Situação em , deixará o espaço em branco. O contribuinte irá abrir então um novo item com usufruto do imóvel doado, e na situação em deixará também o espaço também em branco desde que esse usufruto não tenha valor registrado na escritura. Caso a transferência desse imóvel tenha sido feito pelo mesmo valor constante da última declaração entregue, ou seja, a do exercício de 2012, ano calendário 2011, o contribuinte não terá que apurar ganho de capital. DONATÁRIO O imóvel recebido em doação será relacionado na declaração de Bens e Direito, discriminando a forma recebida e no campo Situação em , informe o valor de transferência. O mesmo valor será informado na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis. 24) Fiz cirurgia de catarata nos dois olhos, tendo sido implantadas lentes corretivas intraoculares. São as lentes dedutíveis? Em caso afirmativo como classificá-las? Resp. Os gastos com lentes intraoculares podem ser lançados como despesa médica Na Declaração de Juste Anual, desde que conste da conta do hospital ou do médico. 25) Minha mãe não teve rendimentos em 2012, mas eu e minha irmã a ajudamos a comprar um carro no valor de R$ 29 mil. Ela tem que declarar o bem que está no nome dela? Em relação ao valor que doei, é obrigatório colocar na minha declaração? Minha irmã é isenta. Ela tem que declarar alguma coisa também? Resp. Você informará a doação em espécie efetuada para a sua mãe na ficha Doações Efetuada. As doações em dinheiro são isenta do imposto de renda. Sua mãe somente entregará a declaração de ajuste anual se for obrigada por alguns critérios, como possuir bens ou direitos no valor superior a R$ 300 mil. Verifique as condições de obrigatoriedade no programa IRPF/2013. No caso da sua irmã, se ela é dispensada de entregar a declaração, não precisa entregá-la apenas por causa da

5 doação. 26) Títulos de Capitalização e quantias recebidas do exterior precisam ser declarado? Resp. Os títulos de capitalização devem ser informados na declaração de Bens e Direitos, e os rendimentos tributáveis recebidos do exterior são tratados como carnê - leão e devem ser informados na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Física/Exterior. 27) Meus avós, que são meus dependentes no IR, possuem um plano de saúde pago de forma compartilhada com a empresa na qual meu avô se aposentou. Posso declarar a parte que é paga por ele ao plano de saúde? E no caso de lente comprada diretamente com o médico? Ela foi lançada no CPF de minha avó. Posso lançar em minha declaração? Resp. Você poderá incluir os seus avós como dependentes em sua declaração, desde que os rendimentos deles não ultrapassem R$ ,32. As despesas médicas pagas por você ou pelo seus dependentes poderão ser incluídas para fins de abatimento na declaração do IR. 28) Meu pai morreu em 21/08/2012. minha mãe sempre foi dependente dele e após sua morte, dois meses depois, ela começou a receber a pensão do INSS. Até o momento, não houve o término do inventário. Como será feito o IR? Faremos um para ele e outro para a minha mãe? Faço até o recebimento dos proventos dele, até agosto? O que devemos fazer? Como agir neste caso? Resp. Neste caso, poderá ser feita declaração em conjunto com a do espólio ou em separado, ficando a critério do cônjuge. Caso a declaração seja em conjunto, os rendimentos obtidos pela sua mãe deverão ser incluídos na declaração do espólio, que deve ser feita normalmente, tendo em vista que ainda não foram inventariado os bens e direito (homologados judicialmente ou por escritura pública). 29) Como devo declarar um imóvel que está em inventário? Resp. Você só informará o imóvel inventariado quando for decretada a partilha, por homologação judicial ou escritura pública. Enquanto não estiver partilhado deverá permanecer na declaração de bens e direito do espólio. 30) Tenho conta bancária conjunta com meu sócio. Os recursos aplicados nessa conta são 50% de cada. Como declará-los? Resp. Cada titular deve informar sua participação na conta bancária, que no seu caso é de 50% para cada um. Caso não seja possível a identificação do valor atribuído a cada titular, o valor deve ser proporcionalizado igualmente entre os titulares. 31) Em Bens e Direitos, vem sendo declarado como terreno um imóvel construído no decorrer de anos. Como normalizar? Resp. Como você procedeu a edificação em um terreno, com a conclusão passe a informar que você possui uma casa, utilizando o código 12 e os valores gastos, informe, na Situação em 31/12/2012, o valor que consta em terreno na declaração do exercício 2012 e, na situação em , informe o valor constante da Situação em acrescido das benfeitorias realizadas em 2012, se for o caso. 32) Comprei um imóvel em 2010 e o declarei em 2011 e 2012, quando quitei o pagamento.

6 Devo declará-los todos os anos? Sim, você vai repetir na Declaração de Ajuste Anual do exercício de 2013 e nas demais até ocorrer a venda do imóvel. 33) Minha prima trabalha com cinema. Possui fonte pagadora, mas faz informalmente, trabalhos sem nota nesta área. Ela pode lançar sem comprovar até R$ 335 mil ao ano de rendimentos de Pessoa Física? Ela quer lançar e fazer caixa para comprar imóvel em 2013? Resp. Ela deve informar os rendimentos devidamente recebidos e solicitar da fonte pagadora a comprovação desses rendimentos, por meio de recibos ou contratos. Os rendimentos recebidos na informalidade deverão ser declarados, ficando sujeitos ao pagamento do IR. Cabe aqui ressaltar, que ela deverá citar a fonte pagadora no caso de pessoa jurídica devidamente constituída. Não podem ser lançados valores fictícios que não os recebidos durante o ano calendário. 34) Em que item lanço ganhos em causas trabalhistas? Resp. Lance na ficha Rendimentos Recebidos Acumuladamente e você fará a opção pela tributação exclusiva na fonte ou na declaração de ajuste anual. 35) Pago pensão judicial para minhas filhas e ainda dou uma ajuda de um salário mínimo que não consta do acordo judicial. Posso obter algum abatimento? Resp. Os valores pagos por mera liberalidade não poderão ser deduzido na declaração. 36) Comprei um carro com entrada de 50% e 36 parcelas no fim do ano de No ano passado, declarei o valor do bem como sendo o que dei de entrada mais o valor das prestações pagas em Como faço agora, em 2013, declaro o valor do carro como sendo tudo que eu já paguei até dezembro ( entrada mais prestações pagas em 2011 e 2012)? Resp. Na declaração de bens e direitos, no campo Situação em do veículo adquirido em 2011, será informado a soma dos seguintes valores: do valor declarado no campo situação em mais os valores pagos durante o ano de ) Qual é o valor máximo que o aposentado com mais de 65 anos pode abater do IR como rendimentos isentos e não tributáveis? Resp. O valor máximo de isenção para o aposentado com mais de 65 anos, recebendo proventos de aposentadoria, é de R$ ,43, inclusive o 13 salário. 38) Desde de julho, recebo aluguel de um imóvel, cujo valor está abaixo do mínimo (R$ 1.710,00). Assim, entendi que não havia necessidade de recolhimento por meio do carnê leão. Minhas outras rendas estão isentas. Como devo declarar e proceder? Resp. Os rendimentos provenientes de aluguel serão informados na ficha Rendimentos tributáveis recebidos de pessoa física/exterior. A comprovação é feita mediante o recibo de aluguel. 39) Em 2012, exames médicos recomendaram a compra de aparelhos de audição para meu pai, que é meu dependente. Posso deduzir? Resp. Os valores pagos pelo aparelho de audição não são considerados como despesa médica.

7 40) Meu filho é meu dependente. Pago seu INSS como autônomo. Posso deduzir o valor integral das contribuições ou há um limite? Resp. Em relação à Previdência Oficial, somente podem ser deduzidas as contribuições pagas em nome do dependente que tenha rendimentos próprios tributados em conjunto com os do declarante. 41) Lentes para uso após operação de catarata podem ser deduzidas? Resp. O valor das lentes intraoculares em cirurgia de catarata pode ser considerado despesa médica, desde que conste do recibo ou nota fiscal emitido pelo médico, ou estabelecimento hospitalar ou clínica. 42) Assinei a escritura de venda de um imóvel no fim de janeiro, mas só recebi o dinheiro em 1 de fevereiro. Qual o vencimento do IR? Resp. O vencimento do IR sobre o ganho de capital na venda de imóvel é no mês seguinte ao da venda, independentemente da lavratura da escritura. Exemplo: se a venda ocorrer em janeiro, o vencimento será o último dia útil de fevereiro. 43) Recebí um resíduo do FGTS por via judicial no ano passado, Devo declarar o valor recebido? Resp. O valor recebido a título de FGTS será informado na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis, na linha 3. 44) Em 2012, recebi como renda um valor inferior ao limite de isenção (R$ ,65). Mas adquiri, por partilha em divórcio, um imóvel no valor declarado de R$ 53 mil. Estou obrigado a apresentar declaração, ou estou isento? Resp. Considerando os valores informados, você não está obrigado a entregar a declaração. Entretanto, você deverá verificar os demais motivos de entrega da declaração. Verifique no programa IRPF ) Em 2012 tive duas empregadas domésticas. Uma de janeiro a março e outra de junho a setembro. Para ambas contribui com o INSS. Posso deduzir as despesas das duas ou tenho que escolher apenas uma? Resp. Neste caso você irá informar o valor da contribuição patronal referente às duas empregadas domésticas na ficha Pagamentos Efetuados de sua declaração de ajuste anual, e o valor de dedução ficará limitado a R$ V985,96. 46) De acordo com os meus rendimentos tributáveis, estou isenta da declaração. Porém, tive valores retido na fonte. Como declarar para receber o valor retido de volta? Resp. Como seus rendimentos não são superiores a R$ ,65, você não está obrigada a entregar a Declaração de Ajuste Anual por este motivo ( Verifique os demais motivos previstos no programa IRPF/2013), mas como teve retenção na fonte, elabore a declaração no modelo simplificado para receber este imposto retido de volta. 47) Onde declarar rendimentos recebidos acumuladamente de contribuinte que é isento de IR em razão de doença?

8 Resp. No caso de moléstia grave, os rendimentos somente serão isentos quando recebidos da Previdência social. Como rendimentos recebidos acumuladamente da Previdência Social, serão informados na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis. 48) Como devo declarar o valor que recebi pela venda de um imóvel, sendo que este não era meu único imóvel? Resp. A venda do imóvel é informada primeiramente no programa GCAP/2012. Se houve ganho de capital, o imposto deveria ter sido recolhido no mês seguinte ao da venda. O imóvel vendido será baixado da Declaração de Bens e Direitos. Deixando em branco a Situação em 31/12/2012. O valor recebido pela venda do imóvel irá aparecer em conta corrente bancária ou em investimentos feitos durante o ano de ) Tenho conta conjunta com minha esposa e declaramos IR em separado. Como procedemos? Resp. Considerando que vocês optaram pela declaração de imposto de renda em separado, os bens comuns devem constar apenas em uma das declarações. Dessa forma, a conta corrente em conjunto sera informada na declaração eleita para receber os bens comuns do casal 50) Recebi em 2012 honorários judiciais de pessoa jurídica e honorários advocatícios de pessoa física. Como é onde declarar. Resp. Os honorários recebidos de pessoa jurídica são informados na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica Solicite o comprovante de rendimentos dessa pessoa jurídica. Os honorários recebidos de pessoa física são tratados como carnê leão. Informe-os na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Física/Exterior 51) Ao vender um imóvel, há Imposto de Renda sobre o lucro líquido. Mas, caso compre um outro num período de 180 dias fico isenta, não é? Minha dúvida é: só é válido para compra de outro imóvel ou para aquisição de terrenos também? Resp. O benefício da isenção do imposto de renda não alcança aquisição de terreno. Para o benefício, considera-se imóvel residencial a unidade construída em zona urbana ou rural para fins residenciais. 52) Tinha 50% de um imóvel, e meu ex-marido, outros 50%, acordados na separação legal e declarados no IR. Em dezembro de 2012, adquiri os 50% dele. Como declarar? Resp. A aquisição dos 50% do imóvel pertencentes ao seu ex-marido será informada na declaração de Bens e Direitos, no mesmo item onde constam os outros 50% discriminando essa aquisição. Em Situação em , informe o valor constante em 31, , mais o valor pago por essa aquisição. 53) Minha esposa que é deficiente física, adquiriu um veículo com isenção de IPI e ICMS. Como o carro é de uso exclusivo dela, posso desconsiderá-lo como bem de uso comum do casal, já que declaramos em separado o IR? Resp. Embora o veículo seja de uso especial da sua esposa, é um bem comum do casal, considerando que o regime de casamento parcial ou universal. Dessa forma, apresentando declaração em separado, deve constar apenas da declaração eleita para constar os bens comuns.

9 54) Minha filha no ano base de de 2011, teve IR a pagar de R$ 9,60, Logo o DARF não foi emitido por ser inferior a R$ 10,00. Este ano, ela tem R$ V410,00 a pagar e vai parcelar em 8 cotas. Não consigo incluir esse valor em lugar nenhum. Como incluir no IR deste ano, já que o campo do imposto a pagar apurado pelo programa do IR não permite alteração? Resp. o valor abaixo de R$ 10 apurado no IRPF/2012, relativo ao ano calendário de 2011, não será informado no IRPF/2013, relativo ao ano calendário de 2012, em virtude de não ter campo para essa informação. Recomendamos que seja somado à primeira quota do IRPF/2013, a ser recolhida até o dia 30 de abril. 55) Recebi em 2012 valor por processo trabalhista de uma empresa, retroativo aos últimos 5 anos. Onde e como declarar? Resp. Os rendimentos tributáveis recebidos acumuladamente proveniente do trabalho serão informados na ficha Rendimentos Recebidos Acumuladamente, e você poderá optar pela forma de tributação, se exclusiva na fonte ou na Declaração de Ajuste Anual. 56) Sai do Brasil em meados de 2011, fiz saída definitiva no ano passado e também declarei normalmente. Agora, este ano, não sei o que tenho que fazer. Como não há movimentações referente a 2012 e uma vez que tenho declaração de saída definitiva, como proceder? Resp. Como você entregou Declaração de Saída Definitiva do Brasil e não tem mais o status de residente no Brasil, não está obrigado a entregar a Declaração de Ajuste Anual. Ficará obrigada a entregar a Declaração de Ajuste anual quando retornar ao Brasil. 57) No meu trabalho, contribuo para umas previdência privada. Onde lanço na minha declaração? Resp. A previdência privada será informada na ficha Pagamentos Efetuados. Código 36, informe somente os valores desembolsados por você. 58) Sou aposentado e tenho 69 anos. Tenho dois imóveis que comprei por R$ 50 mil cada um. Num eu resido e, no outro mora minha filha. Atualmente, resolvi morar com minha filha e anunciei os imóveis para venda por R$ 600 mil cada um, que é o valor de mercado atual. Caso eu venda um dos dois ou ambos, é fato que tenho que pagar imposto de renda de 27,5% referente a diferença entre o valor de compra e o de venda? Mesmo eu comprando outro imóvel em menos de quatro meses? Em caso positivo, como devo proceder? Resp. No caso de venda de imóveis, você irá apurar ganho de capital ou perda de capital. Se houver ganho de capital, que é a diferença entre o custo de aquisição e o valor de venda, a tributação ocorrerá pela alíquota de 15%. Baixe o programa GCAP 2013 disponível na página da Receita Federal e, quando ocorrer a venda, preencha com os dados solicitados pelo programa. 59) Fiz uma cirurgia de catarata, e o hospital me deu nota fiscal. É preciso que eles façam a DMED ou só a nota fiscal já basta? Resp. O hospital é obrigado a entregar a DMED, onde constará o CPF, nome e valores pagos por você. Dessa forma, você poderá lançar os valores pagos como despesa médica e ter como comprovante a nota fiscal emitida pelo hospital 60) Eu e minha esposa fazemos a declaração em separado, mas ela é minha dependente no

10 plano de saúde, do qual pago a mensalidade. Para incluir esse pagamento referente a ela na minha declaração ela tem que aparecer na lista de dependentes? Resp. Os valores pagos ao plano de saúde referente a sua esposa não poderão constar da sua declaração, tendo em vista que fazem as declarações separadamente. Este valor poderá ser lançado na declaração da sua esposa. Caso informe este valor na sua declaração e a sua esposa não conste como dependente, você provavelmente ficará retido na malha fina. Fonte O Jornal O GLOBO

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2014 ANO BASE 2013

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2014 ANO BASE 2013 Organização Contábil CARIVAN Ltda. DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2014 ANO BASE 2013 Advocacia Dr. Carlos Manuel de Jesus Dias PERGUNTAS E RESPOSTAS Pessoa física tem idade mínima para ser contribuinte

Leia mais

Especial Imposto de Renda 2015

Especial Imposto de Renda 2015 Especial Imposto de Renda 2015 01. Durante o ano de 2014 contribuí para a Previdência Social como autônoma. Como devo fazer para deduzir esses valores? Qual campo preencher? Se pedirem CNPJ, qual devo

Leia mais

SEM CRISE QUEM ESTÁ OBRIGADO A DECLARAR

SEM CRISE QUEM ESTÁ OBRIGADO A DECLARAR SEM CRISE Se você não é contador e, portanto, não ganha dinheiro para declarar o Imposto de Renda, é provável que você torça o nariz para as letrinhas "IR". Também não seria nenhuma surpresa saber que

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA - 2011

IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA - 2011 IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA - 2011 Perguntas e Respostas 1. QUAL CONDIÇÃO TORNA A PESSOA FÍSICA OBRIGADA A APRESENTAR DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA? Está obrigado a apresentar a declaração,

Leia mais

Imposto de Renda Pessoa Física 2015

Imposto de Renda Pessoa Física 2015 Imposto de Renda Pessoa Física 2015 1 IRPF É um imposto federal brasileiro que incide sobre todas as pessoas que tenham obtido um ganho acima de um determinado valor mínimo. Anualmente este contribuinte

Leia mais

O QUE É IRPF? Imposto Sobre a Renda Pessoa Física

O QUE É IRPF? Imposto Sobre a Renda Pessoa Física O QUE É IRPF? Imposto Sobre a Renda Pessoa Física O QUE É DAA? É a Declaração de Imposto de Renda Anual Denominada - Declaração de Ajuste Anual ÓRGÃOS REGULADORES Receita Federal do Brasil Procuradoria

Leia mais

IRPF 2014 CARTILHA IR 2014

IRPF 2014 CARTILHA IR 2014 IRPF 2014 CARTILHA IR 2014 A MAPFRE Previdência desenvolveu para os participantes de plano de previdência complementar PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), FGB Tradicional (Fundo Gerador de Benefício)

Leia mais

IRPF 2012 Cartilha IR 2012

IRPF 2012 Cartilha IR 2012 IRPF 2012 Cartilha IR 2012 A MAPFRE Previdência desenvolveu para os participantes de plano de previdência complementar PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), FGB Tradicional (Fundo Gerador de Benefício)

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA

IMPOSTO DE RENDA IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA IMPOSTO DE RENDA IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA IMPOSTO l ELEMENTOS DO IMPOSTO: INCIDÊNCIA FATO GERADOR PERÍODO DE APURAÇÃO BASE DE CÁLCULO ALÍQUOTA INCIDÊNCIA l IRPF - É o imposto que incide sobre o produto

Leia mais

Índice 1. Obrigatoriedades... 3. 2. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2013... 4. 2.1 Formas de entrega... 4. 2.2 Prazo de entrega...

Índice 1. Obrigatoriedades... 3. 2. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2013... 4. 2.1 Formas de entrega... 4. 2.2 Prazo de entrega... Índice 1. Obrigatoriedades... 3 2. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2013... 4 2.1 Formas de entrega... 4 2.2 Prazo de entrega... 4 2.3 Multa pelo atraso na entrega da declaração... 4 3. Modelos de

Leia mais

Organização Hilário Corrêa Assessoria Empresarial e Contabilidade

Organização Hilário Corrêa Assessoria Empresarial e Contabilidade Desde o dia 02/03/2015 iniciamos o período de entrega da declaração de imposto de renda pessoa física de 2015 com base nos fatos ocorridos no ano de 2014, a declaração poderá ser transmitida até o dia

Leia mais

a d en e R d sto o p e Im 20 d eclaração Cartilha D 1

a d en e R d sto o p e Im 20 d eclaração Cartilha D 1 ÍNDICE 1. Obrigatoriedades... 3 2. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2014... 4 2.1 Formas de entrega... 4 2.2 Prazo de entrega... 4 2.3 Multa pelo atraso na entrega da declaração... 4 3. Modelos de

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS Palestra Imposto de Renda: "entenda as novas regras para os profissionais da Odontologia" Abril/2015 Palestra Imposto de Renda 2015 A Receita Federal do Brasil RFB para o exercício

Leia mais

Declaração de Imposto de Renda 2012

Declaração de Imposto de Renda 2012 Declaração de Imposto de Renda 2012 Cartilha Índice 1. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2012... 3 1.1 Formas de entrega... 3 1.2 Prazo de entrega... 3 1.3 Multa pelo atraso na entrega da declaração...

Leia mais

Posso colocar meu pai, que é aposentado e possui rendimento superior a R$ 19 mil, como meu dependente de Imposto de Renda?

Posso colocar meu pai, que é aposentado e possui rendimento superior a R$ 19 mil, como meu dependente de Imposto de Renda? Sou prestador de serviço, condutor escolar, e tenho em torno de oitenta clientes pessoas físicas. Recebo igualmente deles, a cada mês, o valor pelo serviço prestado. Terei de declarar o recebimento de

Leia mais

IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física

IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física CIRCULAR Nº 13/2015 São Paulo, 23 de Fevereiro de 2015. IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física Ano-Base 2014 Prezado cliente, No dia 03 de fevereiro de 2015 a Receita Federal publicou a Instrução Normativa

Leia mais

Cartilha Imposto de Renda 2014 ÍNDICE 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO...3

Cartilha Imposto de Renda 2014 ÍNDICE 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO...3 CARTILHA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2014 ÍNDICE 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO...3 2. FORMA DE ELABORAR A DECLARAÇÃO DE IRPF 2014...4 2.1 FORMAS DE ENTREGA...4 2.2 PRAZO DE ENTREGA...4 2.3 MULTA

Leia mais

CONFIRA COMO ENVIAR A DECLARAÇÃO DO IR 2009

CONFIRA COMO ENVIAR A DECLARAÇÃO DO IR 2009 CONFIRA COMO ENVIAR A DECLARAÇÃO DO IR 2009 Passo 1 - Tipo de declaração Nesta tela, o contribuinte escolhe se deseja fazer a declaração de ajuste anual, para prestar conta sobre seus rendimentos e despesas

Leia mais

Guia de Declaração de IRPF 2011. Ano-calendário 2010. Previdência. IR 2010 Prev e Cp_v2

Guia de Declaração de IRPF 2011. Ano-calendário 2010. Previdência. IR 2010 Prev e Cp_v2 Guia de Declaração de IRPF 2011 Ano-calendário 2010 Previdência IR 2010 Prev e Cp_v2 Quem é obrigado a declarar? Está obrigada a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda referente

Leia mais

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015 DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015 Regulamento para a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda, PESSOA FÍSICA, exercício de 2015, ano-calendário de 2014. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

CHEGOU A HORA DE ACERTARMOS AS CONTAS COM O LEÃO.

CHEGOU A HORA DE ACERTARMOS AS CONTAS COM O LEÃO. Porto Alegre, 17 de fevereiro de 2012 Sr. Cliente: CHEGOU A HORA DE ACERTARMOS AS CONTAS COM O LEÃO. No período de 01 de março até 30 de abril de 2012, a RFB estará recepcionando as Declarações do Imposto

Leia mais

Física. Pessoa IMPOSTO DE RENDA. c o n t a b i l i z e. É hora de acertar as contas com o Leão

Física. Pessoa IMPOSTO DE RENDA. c o n t a b i l i z e. É hora de acertar as contas com o Leão IMPOSTO DE RENDA Distribuição Gratuita Pessoa Física É hora de acertar as contas com o Leão CONTRATE UM PROFISSIONAL E EVITE PROBLEMAS Entre em contato conosco 47 3028-1483 contabilize@contabilizesc.com.br

Leia mais

Entenda como é realizado o cálculo do Imposto de Renda Retido na Fonte:

Entenda como é realizado o cálculo do Imposto de Renda Retido na Fonte: Entenda como é realizado o cálculo do Imposto de Renda Retido na Fonte: Observação: Como exemplo, será utilizado o Demonstrativo de Pagamento fictício apresentado abaixo, cuja competência é de junho de

Leia mais

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência Março de 2013 Especial IRPF 2013 Chegou a hora de declarar o IR2013 >> Fique por dentro >> Onde informar

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA

ORIENTAÇÕES SOBRE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA Distribuição Gratuita ORIENTAÇÕES SOBRE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA -2- Apresentação Esta cartilha traz orientações básicas aos contribuintes que entregam a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de

Leia mais

IV - Bens e direitos que devem ser declarados

IV - Bens e direitos que devem ser declarados IV - Bens e direitos que devem ser declarados Regra geral, devem ser relacionados nessa ficha da Declaração a totalidade dos bens e direitos que, no Brasil ou no exterior, constituam, em 31 de dezembro

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA - PESSOA FÍSICA EXERCÍCIO 2010 Ano-Calendário 2009 NOME: PAULO JOSE LEITE DA SILVA DECLARAÇÃO DE AJUSTE ANUAL

IMPOSTO DE RENDA - PESSOA FÍSICA EXERCÍCIO 2010 Ano-Calendário 2009 NOME: PAULO JOSE LEITE DA SILVA DECLARAÇÃO DE AJUSTE ANUAL IDENTIFICAÇÃO DO CONTRIBUINTE Nome: PAULO JOSE LEITE DA SILVA Data de Nascimento: 09/10/1961 Título Eleitoral: 0001947882 Houve mudança de endereço? Não Endereço: Travessa FRUTUOSO GUIMARAES Número: 624

Leia mais

b) receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.

b) receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40. Vitória/ES, 23 de fevereiro de 2013. ORIENTAÇÕES PARA DECLARAÇÃO DO IRPF 2013 A partir do dia 1º março a Receita Federal começa a receber a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física.

Leia mais

INDICE >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

INDICE >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> INDICE >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> INTRODUÇAO... OBRIGATORIEDADE... NOVAS REGRAS... DESPESAS DEDUTIVEIS... DECLARAÇÃO DE BENS E DÍVIDAS... DOENÇA GRAVE... PRAZO

Leia mais

Objetivo. Conteúdo. Imposto de Renda Pessoa Física. Rendimentos recebidos acumuladamente Palestra TRT 6ª Região

Objetivo. Conteúdo. Imposto de Renda Pessoa Física. Rendimentos recebidos acumuladamente Palestra TRT 6ª Região Imposto de Renda Pessoa Física Rendimentos recebidos acumuladamente Palestra TRT 6ª Região Alexandre de Moraes Rego AFRFB DRF Recife Objetivo Divulgação da nova sistemática de tributação do Imposto de

Leia mais

Boletim de Relacionamento Previdência. Imposto de Renda Sul América Previdência

Boletim de Relacionamento Previdência. Imposto de Renda Sul América Previdência Boletim de Relacionamento Previdência Imposto de Renda Sul América Previdência Prezado Participante, Desenvolvemos um guia para que você, que possui um Plano de Previdência PGBL ou Tradicional ou um Plano

Leia mais

ESPECIAL. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? Fique por dentro. Prazos e multas. As novidades de 2014. Tire suas dúvidas.

ESPECIAL. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? Fique por dentro. Prazos e multas. As novidades de 2014. Tire suas dúvidas. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? de 0 Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Vida e. Março de 0 de 0 Foi dada a largada para o acerto de contas

Leia mais

IRPF-2011 MALHA FINA E CUIDADOS ESPECIAIS

IRPF-2011 MALHA FINA E CUIDADOS ESPECIAIS IRPF-2011 MALHA FINA E CUIDADOS ESPECIAIS Instrutora: Andréa Teixeira Nicolini BLOCOS PROGRAMA 1. Regras Gerais Declaração de Ajuste Anual 2011. 2. Deduções Permitidas IRPF 2011. 3. Deduções Parte II.

Leia mais

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2015 DETALHES A OBSERVAR

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2015 DETALHES A OBSERVAR DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2015 DETALHES A OBSERVAR Muito embora não seja uma novidade, já que a maioria das pessoas estejam obrigadas a entregar a Declaração de Imposto de Renda, trazemos aqui alguns

Leia mais

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES IDENTIFICAÇÃO DO CONTRIBUINTE Nome: MARILENA BUENO DOS SANTOS Data de Nascimento: 04/03/1933 Título Eleitoral: Houve mudança de endereço? Não Endereço: Rua JOAQUIM INACIO TABORDA RIBAS Número: 1444 Complemento:

Leia mais

Fique atento! Chegou a hora de declarar o. Especial. Não descuide do prazo de entrega e confira como declarar seus planos de previdência.

Fique atento! Chegou a hora de declarar o. Especial. Não descuide do prazo de entrega e confira como declarar seus planos de previdência. Especial IRPF 2011 Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência - Março de 2011 Chegou a hora de declarar o IRPF2011 Fique atento! Não descuide do

Leia mais

Folha e IOB respondem dúvidas dos leitores sobre o IRPF 2009

Folha e IOB respondem dúvidas dos leitores sobre o IRPF 2009 Folha e IOB respondem dúvidas dos leitores sobre o IRPF 2009 Folha Online 10.04.2009 1 - Recebi rendimentos como autônomo. Como declaro os valores da contribuição paga ao INSS? (J.F.). R - Declare os ganhos,

Leia mais

Rendimentos Tributáveis de Pessoa Jurídica Recebidos Acumuladamente TITULAR

Rendimentos Tributáveis de Pessoa Jurídica Recebidos Acumuladamente TITULAR Rendimentos Acumuladamente TITULAR Veja também... Os rendimentos recebidos acumuladamente, pelo titular da declaração, decorrentes de aposentadoria, pensão, transferência para a reserva remunerada ou reforma,

Leia mais

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil Guia de Declaração IR 2014 Investimentos Março de 2014 Brasil Guia de Declaração IR 2014 - Investimentos O prazo de entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 tem início no dia 6 de março e o

Leia mais

IRPF IMPOSTO DE RENDA

IRPF IMPOSTO DE RENDA Le f is c L e g i s l a c a o F i s c a l CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE

Leia mais

IRPF 2012 Imposto de Renda Pessoa Física

IRPF 2012 Imposto de Renda Pessoa Física CIRCULAR Nº 09/2012 São Paulo, 10 de Fevereiro de 2012. IRPF 2012 Imposto de Renda Pessoa Física Ano-Base 2011 Prezado cliente, No dia 06 de Fevereiro de 2012 a Receita Federal publicou a Instrução Normativa

Leia mais

GUIA IRPF Orientações Gerais

GUIA IRPF Orientações Gerais 2013 GUIA IRPF Orientações Gerais Imposto de Renda 2013 ÍNDICE 1 Obrigatoriedade de entrega 5 2 Formas de entrega 6 3 Multa por atraso na entrega 6 4 Utilizando seu Informe de Rendimentos Financeiros BRADESCO

Leia mais

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos BRASIL Guia de Declaração IR 2014- Investimentos O dia 30/04/2014 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 e com o objetivo de

Leia mais

INFORME DE RENDIMENTOS

INFORME DE RENDIMENTOS INFORME DE RENDIMENTOS Consultoria Técnica / Obrigações Acessórias Circular 06/2015 1. INTRODUÇÃO Instituído pela Instrução Normativa da Secretaria da Receita Federal sob nº 690 de 20/12/2006, as instituições

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES IDENTIFICAÇÃO DO CONTRIBUINTE Nome: ESMERALDA ROCHA Data de Nascimento: 19/02/1964 Título Eleitoral: 0153835060116 Houve mudança de endereço? Sim Um dos declarantes é pessoa com doença grave ou portadora

Leia mais

Bolsa Artigo 170. Lista de documentos e declarações. Apresentar obrigatoriamente 2 (dois) comprovantes distintos, dentre os relacionados abaixo:

Bolsa Artigo 170. Lista de documentos e declarações. Apresentar obrigatoriamente 2 (dois) comprovantes distintos, dentre os relacionados abaixo: Bolsa Artigo 170 Lista de documentos e declarações 1- Comprovante de residência atualizado: Apresentar obrigatoriamente 2 (dois) comprovantes distintos, dentre os relacionados abaixo: 1. Água; 2. Luz;

Leia mais

Guia 2008 Itaú Personnalité

Guia 2008 Itaú Personnalité Guia 2008 Itaú Personnalité Guia 2008 Índice Novidades na Declaração de IR 2008 Orientações gerais Formas de entrega Multa pelo atraso na entrega Imposto a pagar ou a restituir Como declarar as aplicações

Leia mais

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO O Manual

Leia mais

ROTEIRO DE PREENCHIMENTO

ROTEIRO DE PREENCHIMENTO Guia de Preenchimento do IRPF/2009 ROTEIRO DE PREENCHIMENTO 1 NAVEGANDO PELO PROGRAMA GERADOR DA DECLARAÇÃO Instalado o programa, estamos usando no exemplo o Windows XP, clique no botão Iniciar, localizado

Leia mais

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOAS JURÍDICAS PELO TITULAR

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOAS JURÍDICAS PELO TITULAR IDENTIFICAÇÃO DO CONTRIBUINTE Nome: MARCIO DELLA VALLE BIOLCHI Data de Nascimento: 23/05/1979 Título Eleitoral: Houve mudança de endereço? Sim Endereço: Avenida JUCA BATISTA Número: Complemento: Bairro/Distrito:

Leia mais

Declaração do Imposto de Renda 2015

Declaração do Imposto de Renda 2015 Declaração do Imposto de Renda 2015 Índice Download do programa e telas iniciais Iden ficação do contribuinte Dependentes Alimentandos Rendimentos Imposto pago/re do (e imposto no exterior) Pagamentos

Leia mais

Indique o Banrisul - banco 041 - para crédito da restituição do Imposto de Renda e aproveite as vantagens que só cliente Banrisul tem.

Indique o Banrisul - banco 041 - para crédito da restituição do Imposto de Renda e aproveite as vantagens que só cliente Banrisul tem. Guia IR 2012 No Banrisul, o leão não assusta. Indique o Banrisul - banco 041 - para crédito da restituição do Imposto de Renda e aproveite as vantagens que só cliente Banrisul tem. O Banrisul antecipa

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

IRPF 2015: Como evitar Erros e Penalidades

IRPF 2015: Como evitar Erros e Penalidades IRPF 2015: Como evitar Erros e Penalidades Apresentação: Danilo Lollio Graduado em Análise de Sistemas pela Universidade Mackenzie. Formado em Pedagogia pela Universidade de São Paulo -USP. Gerente de

Leia mais

Guia IR Personnalité 2012

Guia IR Personnalité 2012 Guia IR Personnalité 2012 Índice Imposto de Renda 2012... 03 Obrigatoriedade de entrega da declaração... 04 Orientações gerais... 04 Formas de entrega... 05 Multa pelo atraso na entrega... 05 Imposto a

Leia mais

IR/ PESSOAS FÍSICAS GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE BENS OU DIRIEITOS

IR/ PESSOAS FÍSICAS GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE BENS OU DIRIEITOS IR/ PESSOAS FÍSICAS GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE BENS OU DIRIEITOS Nesta edição, a Asscontas traz esclarecimentos acerca do cálculo e da incidência do Imposto de Renda sobre o ganho de capital auferido

Leia mais

Orientação para declaração do Imposto de Renda em relação aos recebimentos da ação da GOE.

Orientação para declaração do Imposto de Renda em relação aos recebimentos da ação da GOE. Orientação para declaração do Imposto de Renda em relação aos recebimentos da ação da GOE. 1º PASSO NÚMERO DE MESES A QUE SE REFERE O VALOR A ação compreende o período de 11/1989 a 12/1990 totalizando

Leia mais

Informativo Março/2015 edição 19. A partir do dia 02 de março do corrente ano, os

Informativo Março/2015 edição 19. A partir do dia 02 de março do corrente ano, os Informativo Março/2015 edição 19 DIRPF2015 A partir do dia 02 de março do corrente ano, os contribuintes poderão entregar suas declarações do Imposto de Renda 2015, até o dia 30 de abril de 2015. É importante

Leia mais

As vantagens de partilhar seus bens em vida

As vantagens de partilhar seus bens em vida As vantagens de partilhar seus bens em vida Antecipar a herança por meio de doações pode sair mais em conta e protege a família de preocupações Planejar a partilha da herança poupa a família de gastos

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI -

LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI - LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI - Os candidatos pré-selecionados devem entrar em contato com o SAE (Serviço de Assistência ao Estudante) para agendar a entrevista. Telefone: 35-3299-3044 Segue abaixo a relação

Leia mais

Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA

Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA O Imposto de Renda sobre Pessoa Física - IRPF é um tributo federal obrigatório a todos os trabalhadores brasileiros que obtiveram

Leia mais

na modalidade Contribuição Definida

na modalidade Contribuição Definida 1 DIRETORIA * Estruturados DE PREVIDÊNCIA na modalidade Contribuição Definida legislação Conforme a Legislação Tributária vigente*, aplicável aos Planos de Previdência Complementar modelados em Contribuição

Leia mais

Obrigatoriedade na declaração

Obrigatoriedade na declaração A declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2010 aparece com algumas novidades, especialmente em relação aos parâmetros que definem a obrigatoriedade da apresentação, o que deverá fazer com que diminua,

Leia mais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente

Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente VOCÊ PODE DOAR SEM GASTAR O SEU DINHEIRO! Você tem perfil para contribuir nesta ação? Se você tem o

Leia mais

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil 1 Guia Declaração Imposto de Renda 2012 Investimentos Março de 2012 Brasil Guia de Declaração IR 2012 - Investimentos 2 O dia 30/04/2012 é ultimo dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE?

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? 1. O que são os FUNDOS DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? São recursos públicos mantidos em contas bancárias específicas. Essas contas têm a finalidade de receber repasses orçamentários e depósitos

Leia mais

IRRF/ 2014. Instalar o programa da Receita Federal. WWW.receita.fazenda.gov.br. Nova. Após abrir declaração (importação/nova)

IRRF/ 2014. Instalar o programa da Receita Federal. WWW.receita.fazenda.gov.br. Nova. Após abrir declaração (importação/nova) IRRF/ 2014 Instalar o programa da Receita Federal WWW.receita.fazenda.gov.br Nova Tenho Anterior Após abrir declaração (importação/nova) Durante a importação o programa 2013 traz também os pagamentos efetuados.

Leia mais

IRPF 2013 HORA DE PRESTAR CONTAS MATERIAL DO CDEFC

IRPF 2013 HORA DE PRESTAR CONTAS MATERIAL DO CDEFC IRPF 2013 HORA DE PRESTAR CONTAS MATERIAL DO CDEFC GESTÃO 2013 1 Princípios Gerais Constituição Federal, artº 153: Compete à União instituir impostos sobre: III-Renda e proventos de qualquer natureza;

Leia mais

DRF - Goiânia Imposto de Renda Pessoa Física

DRF - Goiânia Imposto de Renda Pessoa Física DRF - Goiânia Imposto de Renda Pessoa Física Normas Gerais IN SRF nº 1.500/2014 e 1.545/2014 Obrigado a declarar Está obrigada a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda referente ao

Leia mais

Confira os critérios para retenção do Imposto de Renda sobre aluguéis e royalties

Confira os critérios para retenção do Imposto de Renda sobre aluguéis e royalties ALUGUÉIS Retenção do Imposto Confira os critérios para retenção do Imposto de Renda sobre aluguéis e royalties A legislação tributária prevê que constituem rendimento bruto sujeito ao Imposto de Renda

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2009 PERGUNTAS E RESPOSTAS

IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2009 PERGUNTAS E RESPOSTAS IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2009 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. Quem está obrigada à entrega da Declaração de Ajuste Anual no exercício de 2009, anocalendário 2008? Está obrigada a apresentar a Declaração

Leia mais

Plantão de Dúvidas Tema: Imposto de Renda da Pessoa Física

Plantão de Dúvidas Tema: Imposto de Renda da Pessoa Física Plantão de Dúvidas Tema: Imposto de Renda da Pessoa Física com Valmir Bezerra de Brito 1 - Olá, no ano passado mandei dois filhos para estudarem na Rússia em Universidade Federal com as despesas de viagem

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Dedução de dependentes da base de cálculo do IRRF - Federal

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Dedução de dependentes da base de cálculo do IRRF - Federal Dedução de dependentes da base de cálculo do IRRF - Federal 03/02/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão...

Leia mais

COMPROVANTE DE RENDIMENTOS PAGOS E DE RETENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA NA FONTE

COMPROVANTE DE RENDIMENTOS PAGOS E DE RETENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA NA FONTE COMPROVANTE DE RENDIMENTOS PAGOS E DE RETENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA NA FONTE Ano Calendário/ 2010 Quer entender um pouco mais sobre este documento? Conheça as informações que devem constar em cada quadro

Leia mais

GUIA IRPF 2014 Orientações Gerais

GUIA IRPF 2014 Orientações Gerais GUIA IRPF 2014 Orientações Gerais Imposto de Renda 2014 índice 1 Obrigatoriedade de entrega 5 2 Formas de entrega 6 3 Multa por atraso na entrega 8 4 Utilizando seu Informe de Rendimentos Financeiros BRADESCO

Leia mais

CARTILHA IRPF 2016 Orientações gerais

CARTILHA IRPF 2016 Orientações gerais CARTILHA IRPF 2016 Orientações gerais ÍNDICE 1 Obrigatoriedade de entrega 4 2 Formas e prazo de entrega 5 3 Multa por atraso na entrega 8 4 Utilizando seu Informe de Rendimentos Financeiros BRADESCO 8

Leia mais

DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR

DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR DOCUMENTAÇÃO APRESENTADA PELO ESTUDANTE Após concluir sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) em sua instituição de ensino e validar

Leia mais

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato):

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato): Atenção Candidato! DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI Na Fase de Comprovação você deverá apresentar cópia, acompanhada dos documentos originais abaixo solicitados. Para

Leia mais

Documentação. O coordenador do ProUni deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes de identificação:

Documentação. O coordenador do ProUni deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes de identificação: Documentação Documentação que deve ser apresentada pelo candidato e membros do grupo familiar, quando for o caso, na Fase de Comprovação de Informações documento de identificação próprio e dos demais membros

Leia mais

Nome: GUSTAVO VILLELA DE OLIVEIRA CPF: 029.788.669-00 Data de Nascimento: 10/01/1978 Título Eleitoral: 0070882640698

Nome: GUSTAVO VILLELA DE OLIVEIRA CPF: 029.788.669-00 Data de Nascimento: 10/01/1978 Título Eleitoral: 0070882640698 IDENTIFICAÇÃO DO CONTRIBUINTE Nome: GUSTAVO VILLELA DE OLIVEIRA Data de Nascimento: 10/01/1978 Título Eleitoral: 0070882640698 Houve mudança de endereço? Não Um dos declarantes é pessoa com doença grave

Leia mais

Inferior ou igual a 2 anos 35% Superior a 2 anos e inferior ou igual a 4 anos 30% Superior a 4 anos e inferior ou igual a 6 anos 25%

Inferior ou igual a 2 anos 35% Superior a 2 anos e inferior ou igual a 4 anos 30% Superior a 4 anos e inferior ou igual a 6 anos 25% Perguntas e respostas 1- Como funciona a Tabela Regressiva dos Planos de Previdência Complementar? R A Tabela Regressiva foi prevista a partir da Lei nº 11.053, de 29 /12 /2004. Em vigor desde 01/01/2005,

Leia mais

ANEXO I DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO SEU GRUPO FAMILIAR

ANEXO I DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO SEU GRUPO FAMILIAR ANEXO I DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO SEU GRUPO FAMILIAR - Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das Unidades da Federação;

Leia mais

20/03/2013. Luís Henrique Lopes

20/03/2013. Luís Henrique Lopes Luís Henrique Lopes - Técnico Contábil pelo Senac Bauru; - Bacharel em Ciências Contábeis pela Instituição Toledo de Ensino de Bauru; - Especialista em Gestão Tributária pela USP Ribeirão Preto SP; - Contador

Leia mais

2.3 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE FUNCRIANÇA

2.3 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE FUNCRIANÇA 2.3 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE FUNCRIANÇA É um fundo criado por lei federal para beneficiar a criança e o adolescente. É constituído por doações de pessoas físicas, jurídicas e do próprio

Leia mais

SAFRAS & CIFRAS. IMPOSTO DE RENDA 2014, 20 questões que o produtor rural precisa saber!

SAFRAS & CIFRAS. IMPOSTO DE RENDA 2014, 20 questões que o produtor rural precisa saber! SAFRAS & CIFRAS IMPOSTO DE RENDA 2014, 20 questões que o produtor rural precisa saber! * Enio B. Paiva *Lizandra Blaas * Ana Paiva Em clima de imposto de renda, alguns profissionais da Safras & Cifras

Leia mais

IRPJ. Lucro Presumido

IRPJ. Lucro Presumido IRPJ Lucro Presumido 1 Características Forma simplificada; Antecipação de Receita; PJ não está obrigada ao lucro real; Opção: pagamento da primeira cota ou cota única trimestral; Trimestral; Nada impede

Leia mais

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA A Ficha Socioeconômica deve ser preenchida, sem rasuras, assinada pelo (a) candidato(a) ou pelo(a) pai, mãe e/ou responsável legal e, apresentada

Leia mais

IRPF 2012. Principais Novidades. Março 2013. Elaborado por: Wagner Mendes. O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a).

IRPF 2012. Principais Novidades. Março 2013. Elaborado por: Wagner Mendes. O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a). Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

N e w s l e t t e r AAPS

N e w s l e t t e r AAPS Caros Associados, A AAPS interessada nos temas que possam ser de utilidade aos associados, tem participado em eventos sobre o assunto em questão. No contexto das atividades desenvolvidas pelo GEPS (Grupo

Leia mais

Imposto de Renda sem complicação

Imposto de Renda sem complicação Imposto de Renda sem complicação A Porto Seguro Vida e Previdência desenvolveu este manual para auxiliar você no preenchimento da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física 2014. Consulte

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO SEU GRUPO FAMILIAR - Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das Unidades da Federação; - Carteira Nacional de Habilitação, novo modelo,

Leia mais

Programa de Voluntariado da Classe Contábil

Programa de Voluntariado da Classe Contábil Programa de Voluntariado da Classe Contábil O Programa de Voluntariado da Classe Contábil compõe o plano de metas estratégicas do Conselho Federal de Contabilidade CFC e contempla parte da sua missão de

Leia mais

Instrução Normativa 1.343, DE 08.04.2013, DA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

Instrução Normativa 1.343, DE 08.04.2013, DA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL Instrução Normativa 1.343, DE 08.04.2013, DA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL ASSISTIDOS COM INÍCIO DO RECEBIMENTO DO BENEFÍCIO NO PERÍODO DE JAN.2008 A DEZ.2012 Perguntas e respostas para entendimento

Leia mais

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil Guia Declaração Imposto de Renda 2013 Investimentos Março de 2013 Brasil Guia de Declaração IR 2013 -Investimentos 2 O dia 30/04/2013 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2013

Leia mais

http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoafisica/irpf/2008/perguntas/espolio.htm

http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoafisica/irpf/2008/perguntas/espolio.htm Page 1 of 9 Espólio - Contribuinte Falecido CONCEITO 085 O que é espólio? Espólio é o conjunto de bens, direitos e obrigações da pessoa falecida. É contribuinte distinto do meeiro, herdeiros e legatários.

Leia mais

Prezado(a) candidato(a),

Prezado(a) candidato(a), Prezado(a) candidato(a), Por favor, fique atento às informações a seguir, as quais garantirão o bom andamento do seu processo de comprovação de informações para o PROUNI na ULBRA. Dedique alguns minutos

Leia mais