Guia de Instalação. Editado por. Conectiva S.A.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia de Instalação. Editado por. Conectiva S.A."

Transcrição

1 Guia de Instalação Editado por Conectiva S.A.

2

3 Guia de Instalação Editado por Conectiva S.A. 2.0 Edição Publicado em novembro de 2000 Copyright 2000 por Conectiva Equipe Conectiva: Coordenação: Márcia Gawlak Autor: Roberto Selbach Teixeira; Carlos Daniel de Mattos Mercer Imagens: Artur T. Hara Revisão Gramatical: Fernando Cardoso Desenvolvimento/Diagramação: Jorge Luiz Godoy Filho Copyright Conectiva S.A. Linux é uma marca registrada e concedida por Linus Torvalds, seu criador e cedente. Windows, Windows NT e Internet Explorer são marcas registradas da Microsoft Corporation.

4 Netware é uma marca registrada da Novell, Inc. Macintosh e Appletalk são marcas registradas da Apple Computers. Netscape Communicator é uma marca registrada da Netscape Communications Corporation. Todas as demais marcas registradas são de uso e direito de seus respectivos proprietários. As marcas registradas são de propriedade dos seus autores. A presente publicação foi produzida com o máximo de cuidado. O editor, porém, não assume responsabilidades sobre eventuais erros de interpretação, omissões ou danos resultantes do uso das informações aqui descritas, por terceiros, de boa ou má fé. Os autores gostariam de ser avisados sobre modificações, traduções e versões impressas. Agradecemos a todos aqueles que têm participado ativamente no desenvolvimento dos trabalhos de tradução, internacionalização, divulgação e adaptação do Linux à realidade latinoamericana, pois muito de nosso esforço está calcado no esforço participativo desta comunidade. Esperamos que este guia seja de utilidade para todos aqueles que busquem uma ferramenta de auxílio às suas atividades diárias, e que possa enriquecer e facilitar os seus conhecimentos. Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

5 (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN Linux (Sistema operacional de computador) 2. Equipe Conectiva. Conectiva S.A. Rua Tocantins, 89 - Cristo Rei - Curitiba - PR CEP

6

7 Índice Prefácio Sobre o Livro Convenções Tipográficas Pré-instalação Detalhes Importantes Considerações para Determinação de Hardware Servidor de Correio Eletrônico Servidor de Impressão Servidor de Arquivos Roteador / Firewall Servidor de Banco de Dados Servidor de Boot Remoto Servidor Internet Servidor Intranet Gerando Disquetes

8 Gerando os discos no MS-DOS Gerando os discos no Linux Gerando um disco de Inicialização Criando um Disquete do Grub Disco de Inicialização sem LILO Disco de Inicialização com LILO Utilizando um Disco de Imagem Conteúdo do Disco de Imagem Instalação do Conectiva Linux Instalação Via CD-ROM Instalação Via Rede Requisitos para uma Conexão Modos de Instalação Criando o Disquete de Inicialização Disco Suplementar Seleção do Idioma Escolha da Placa de Rede Configuração de TCP/IP

9 Servidor NFS Etapas da Instalação do Conectiva Linux Escolha da Interface Configuração do Mouse Configuração do Teclado Inserção de Módulos do Kernel Seleção de Perfil Particionamento de Disco Considerações sobre Particionamento O Diretório /boot A Partição de Swap Roteador Servidor de Bancos de Dados Servidor de Impressão Servidor de Correio Eletrônico Servidor de Boot Remoto Servidor Web RAID

10 Configuração de Rede Configuração de Vídeo Especificação da Senha Finalização Atualização Introdução Atualizações via WEB Atualização via Linuxconf Atualização via Apt Como usar o apt-get? Usando o apt-cdrom Arquivos do apt sources.list O tipo rpm Especificação uri Como o diretório archives funciona? Usando as assinaturas GPG Pós-instalação

11 Inicialização Introdução Inicializando um PC MBR - Registro Mestre de Inicialização Setor de Inicialização Programas de Inicialização Grub Configuração Linha de Comando LILO Entendendo o LILO Diferentes Formas de Inicialização Os Componentes do LILO Configurando o LILO Opções Globais Seção por Imagem Opções de Parâmetros do Kernel Instalando e Atualizando o LILO

12 Parâmetros do LILO Memtest Setup Iniciando o Setup Descrição dos Utilitários Configuração de Autenticação Configuração do Teclado Configuração do Mouse Interface Serial Configuração do Som Iniciando o sndconfig Configuração do Fuso Horário Configuração do X Configurando o Monitor Configuração Personalizada do Monitor Finalizando a Configuração O Utilitário xf86cfg Sistema de Resgate

13 Imagem do Sistema Local Reparando Sistemas de Arquivos Através do LILO Discos de Instalação Inicialização Interativa A. Fontes de Referência B. Aplicativos comerciais Conteúdo do CD de Aplicativos Comerciais Oracle8i Acucobol FlagShip JRE MZS BR Jade Acrobat Reader Dataflex Open Sound System

14 Arkeia Lotus Domino DB2 Personal Connect DB2 Personal vmware XNI Aker SpoolView C. Listagem dos Perfis de Instalação D. Descrição dos Componentes de Instalação E. Lista de Pacotes F. Licenças Gerais Introdução O BSD Copyright X Copyright G. Licença de Uso e Garantia de Produto Geral

15 Licença Restrita de Produtos Antes da Instalação Garantia Limitada Limitação de Reparação e Responsabilidade Bug do Ano Geral H. Licença Pública Geral GNU Introdução Termos e Condições para Cópia, Distribuição e Modificação Como Aplicar Estes Termos a Novos Programas? Índice Remissivo

16 16

17 Lista de Tabelas 1. Convenções deste Guia Lista de Figuras 2-1. Disco de inicialização Modos de Instalação Configuração do TCP/IP Configuração do servidor NFS Seleção da Interface Instalação gráfica baseada em GTK Inserção de módulos Perfis Tela de particionamento de disco Edição de partições Configuração de rede Seleção de placa de vídeo

18 3-13. Seleção do monitor Especificação da senha de root Atualização Gerenciamento de pacotes RPM Atualizar vários pacotes Atualizando de um diretório Pacotes a atualizar Opções de atualização Tela do memtest Tela inicial do Setup authconfig kbdconfig mouseconfig mouseconfig sndconfig Seleção dos dados da placa de som Seleção do fuso horário Placa de vídeo reconhecida

19 5-11. Configurando o vídeo Seleção de resolução Interface do xf86cfg Configuração da Resolução do Vídeo pelo xf86cfg Lista de Exemplos 4-1. vendors.list Importando uma chave gpg

20 20

21 Prefácio Pela grande quantidade de informações que devem gerenciar, os sistemas atuais precisam ser projetados de modo que possam facilitar a capacidade e o acesso à informação, seja reduzindo o tamanho dos equipamentos utilizados, seja fazendo a proteção contra danos que podem ser causados pelo ambiente ou ainda através da criação e adaptação de novos métodos, como a telefonia móvel e os computadores portáteis. Um servidor participa deste contexto concentrando e distribuindo informações e gerenciando os recursos entre os vários usuários. Dependendo de sua utilidade, existem alguns serviços que são considerados essenciais pois sem eles perderíamos um pouco da flexibilidade do sistema. Por exemplo, sem um serviço para captar e tratar as mensagens geradas por outros programas em funcionamento, teríamos muito mais dificuldades em detectar problemas no sistema. Além destas funcionalidades, um servidor tem a capacidade de coordenar as máquinas clientes, administrando uma rede e oferecendo serviços que podem ser compartilhados por todas as máquinas, ao invés de cada máquina possuir um serviço em particular. Isto proporciona uma economia de espaço em disco, memória, esforço, tempo e principalmente, dinheiro. Portanto, o Conectiva Linux Edição Servidor tem por objetivo viabilizar a utilização deste sistema em empresas, estabelecimento de ensino, desenvolvedores de software, empresas de suporte e consultoria, usuários finais, etc., tornando disponível o uso de um sistema operacional sólido e aberto, com as mais diversas funcionalidades. Ele pode atuar em servidores e redes heterogêneas (Windows, 21

22 Prefácio Novell, Macintosh ) como firewall, roteador, servidor de arquivos, aplicações, Internet, Intranet e muitas outras aplicações. Sobre o Livro O Guia de Instalação do Sistema mostra os principais passos que devem ser seguidos para instalar ou atualizar um sistema Linux, seja qual for o processo utilizado. Na seqüência, uma descrição rápida de cada capítulo. Capítulo 1: Pré-Instalação Este capítulo faz uma descrição de detalhes que devem ser verificados antes de inciar uma instalação ou atualização do Conectiva Linux. Capítulo 2: Gerando Disquetes Muitas vezes, disquetes podem ser necessários para efetuar uma instalação ou atualização. Este capítulo mostra como gerar tais disquetes. Capítulo 3: Métodos de Instalação Este capítulo descreve os métodos possíveis de instalação do Conectiva Linux. Por fim, o capítulo descreve as fases da instalação modo texto. 22

23 Prefácio Capítulo 4: Atualização Este capítulo foi descrito para usuários que já possuam um sistema Conectiva Linux instalado e desejam apenas atualizá-lo. Capítulo 5: Pós-instalação Descreve alguns procedimentos após instalar o Servidor 6.0. Por exemplo, como acessar o sistema ou configurar o LILO, entre outros. Apêncide A: Fontes de Referência Várias fontes de referência que foram utilizadas na criação dos guias do Conectiva Linux 6.0 Edição Servidor. Apêndice B: Aplicativos Comerciais O apêndice B lista o conteúdo do CD de Aplicativos Comerciais que acompanha o Conectiva Linux 6.0 Edição Servidor. Apêndice C: Listagem dos Perfis de Instalação O apêndice C lista o conteúdo do arquivo profiles, que define os perfis de instalação do Conectiva Linux 6.0 Edição Servidor. 23

24 Prefácio Apêndice D: Listagem dos Componentes da Instalação O apêndice D lista o conteúdo do arquivo comps, que define os componentes (grupos de pacotes) do instalador do Conectiva Linux 6.0 Edição Servidor. Apêndice E: Lista de Pacotes O apêndice E trás a lista completa dos pacotes contidos no CD 1 do Conectiva Linux 6.0 Edição Servidor. Apêndice F: Licenças Gerais O apêndice F trás as licenças gerais que combrem alguns pacotes da distribuição do Conectiva Linux 6.0 Edição Servidor. Apêndice G: Licença de Uso e Garantia de Produtos O apêndice G trata da licença do Conectiva Linux bem como os termos de garantia. Apêndice H: Licença Pública Geral GNU O apêndice H lista a licença Pública Geral GNU (GNU General Public License) que cobre a grande maioria dos pacotes distribuídos com o Conectiva Linux 6.0 Edição Servidor. 24

25 Prefácio Convenções Tipográficas Durante a confecção deste guia, procuramos descrever e formatar com uniformidade os vários termos utilizados. Segue abaixo as principais convenções utilizadas. Tabela 1. Convenções deste Guia Convenção Itálico Opções de Menus e Submenus Letra courier (mais fina e espaçada) Descrição Palavras em inglês. Letra em tamanho maior que o corpo de texto; os submenus estão separados por setas. Definida para nomes de arquivos ou extensões de arquivos. Se for encontrado algum erro ortográfico ou conceitual, por favor acesse o site (http://www.conectiva.com.br/doc/errata) e preencha o formulário adequado. Procuramos, com isso, oferecer um produto que consiga implementar as soluções e superar as expectativas dos profissionais que estejam trabalhando nesta área, utilizando um servidor estável, de baixo custo e excelente qualidade. Boa sorte em seu empreendimento! Equipe Conectiva 25

26 Prefácio Outubro de

27 Capítulo 1. Pré-instalação Detalhes Importantes Dedicar um tempo antes de começar a instalação pode torná-la muito mais ágil. Enfatizaremos aqui alguns detalhes que são recomendados antes de iniciar o processo de instalação. Para iniciar uma instalação é importante identificar o hardware de sua máquina, bem como se ela preenche os requisitos mínimos necessários para instalar o servidor. Caso você opte por uma instalação via rede, certifique-se de que a conexão de sua rede local está funcionando corretamente. É importante obter detalhes sobre o seu hardware para que a instalação se torne mais rápida e sem problemas. Verifique: O número, tamanho e tipo do seu disco rígido. Caso haja mais que um, será útil conhecer o primário (master) e secundário (slave). É importante saber se o disco é IDE ou SCSI, e caso seja IDE é importante checar o BIOS 1, a fim de verificar se o acesso no 1. Basic I/O System - Sistema Básico de E/S. 27

28 Capítulo 1. Pré-instalação modo LBA está habilitado. É importante ressaltar que o BIOS do seu computador pode se referir ao modo LBA por outros nomes como modo de discos grandes. É fortemente sugerida a verificação da documentação que acompanha o computador. A quantidade de memória RAM instalada. O tipo de interface do CD-ROM (IDE, SCSI ou outros tipos), o fabricante e o modelo. Os CD-ROMs IDE (também conhecidos como ATAPI) são os dispositivos mais comummente utilizados. Fabricante e modelo ou chipset da placa de vídeo, quantidade de memória (muitas placas PCI podem ser detectadas automaticamente durante a instalação). Fabricante e modelo do Adaptador SCSI (caso presente). Fabricante e modelo da Placa de Rede (caso presente). Tipo do Mouse (serial, PS/2 ou bus mouse), protocolo (Logitech, MouseMan, etc.) e o número de botões, além da identificação da porta de conexão para mouse serial. Tipo de controlador PCMCIA e o tipo de dispositivo PCMCIA utilizado na instalação (caso seja preciso). Certifique-se de que você possui acesso a todos os componentes do Conectiva Linux necessários à instalação. Configuração mínima: 28

29 Capítulo 1. Pré-instalação Processador: Pentium ou equivalente Adaptador de vídeo VGA Memória: 16 MB Disco rígido: 300 MB Unidades de CD-ROM e disquete 3,5" Interface de Rede Local: 10Mbits Configuração recomendada para o sistema: Processador: Pentium II 350MHz ou equivalente Adaptador de vídeo VGA Memória: 128 MB Disco rígido: 4 GB Unidades de CD-ROM e disquete 3,5" Interface de Rede Local: 100Mbits 29

30 Capítulo 1. Pré-instalação Considerações para Determinação de Hardware As configurações mínima e recomendada apresentadas são apenas aproximações para o funcionamento do Conectiva Linux. Determinar os requisitos de sistema exatos para um servidor não é uma tarefa simples, pois depende de uma série de fatores. Nesta seção apresentaremos um pequeno guia para ajudá-lo a determinar corretamente a configuração de seu servidor. O primeiro passo para determinar-se qual a configuração ideal é decidir o que exatamente o servidor irá fazer. Ele será um servidor de arquivos? Um servidor de correio eletrônico? Cada finalidade do servidor alterará a configuração da máquina. O Conectiva Linux utiliza um sistema de perfis de instalação que definem a função do servidor. Cada um destes perfis irá variar em requisitos de sistema. A chave é bom senso. Somente você tem condições de saber o volume de trabalho que seu servidor terá de fazer. Servidor de Correio Eletrônico Um servidor de correio eletrônico utilizará, acima de tudo, disco rígido. Você deve lembrar que muitos usuários não irão verificar suas mensagens com a freqüência desejada; isso fará com que o volume de mensagens armazenadas em disco cresça bastante. Dê preferência para discos grandes e SCSI para uma maior performance. 30

31 Capítulo 1. Pré-instalação O processador terá um papel relativamente pequeno em um servidor de correio eletrônico. A memória RAM também não precisa ser muito grande. Por outro lado, como um servidor de correio eletrônico tende a criar um grande número de processos para a entrega e recebimento de mensagens, a memória também não pode ser muito limitada. Servidor de Impressão Um servidor de impressão não precisa ser uma máquina muito poderosa. O único item que talvez você deva considerar com mais cuidado é o espaço em disco rígido, pois quando uma estação envia um documento para impressão, este fica armazenado no disco rígido do servidor. Sendo assim, você deve considerar um espaço em disco maior, caso você preveja um grande número de impressões simultâneas. De qualquer maneira, normalmente não haverá necessidade de algo muito grande. Considere também a adição de portas paralelas extras. Servidor de Arquivos Obviamente, o item chave do servidor de arquivos é o disco rígido. O disco do seu servidor de arquivos deve ser grande o suficiente para armazenar a quantidade de dados necessária em seu caso. Um HD rápido (tipo SCSI) é uma boa idéia que 31

32 Capítulo 1. Pré-instalação pode aumentar consideravelmente a performance das operações. Não é necessário muito poder de processamento, já que a ênfase é o I/O de disco. Você pode considerar uma estrutura de rede (placas, hubs e switches) mais rápida para melhorar a performance geral. Roteador / Firewall Um roteador é um dos servidores com menos requisitos de hardware. Você não terá necessidade de muita memória, disco rígido ou processador. É comum o uso de máquina obsoletas como roteadores. O mesmo acontece com um firewall. Você pode usar uma máquina com o requisito mínimo de funcionamento do Conectiva Linux para ser um roteador. A única coisa a considerar é a utilização de um servidor proxy. Você pode desejar instalar um proxy em seu roteador. Se este for o caso, então você precisará de espaço em disco rígido e de um certo poder de processamento. Servidor de Banco de Dados Um servidor de banco de dados é, normalmente, uma máquina bastante potente. Você deverá levar em conta alguns pontos importantes, mas, basicamente, no caso de um servidor de banco de dados, a regra é "quanto mais, melhor". 32

33 Capítulo 1. Pré-instalação Para começar, você deve planejar quanto espaço será necessário para as bases de dados. Dependendo da aplicação, as bases de dados podem ser bem grandes e você precisará de discos rígidos apropriados. Além disso, considere a aquisição de discos SCSI. O poder de processamento pode variar bastante. Tudo depende do número de acessos simultâneos ao seu servidor. Como o processamento das queries são realizados no servidor, o mesmo tem de ser um hardware apropriado para aguentar a carga. A memória é outra grande necessidade para o servidor de bancos de dados. Uma quantidade grande de memória diminui o swap, melhorando a performance do sistema. Servidor de Boot Remoto O servidor de boot remoto deve conter um disco rígido com espaço suficiente para armazenar os dados de todas as estações de trabalho. Lembre-se de que estações de boot remoto não terão discos rígidos locais e, portanto, utilizarão o disco do servidor. Considere o uso de discos rápidos (SCSI). O servidor de boot remoto faz uso pesado do NFS, portanto você deve considerar uma quantidade de memória apropriada para isto. Lembre-se de que um aumento significativo na quantidade de memória exigirá um aumento no poder de processamento da máquina, pois o NFS tende a criar mais threads linhas de execução. 33

34 Capítulo 1. Pré-instalação Servidor Internet O servidor Internet incorpora, no mínimo, um servidor de correio eletrônico e um servidor web. Isso pode variar, é claro. Para definir a configuração ideal do seu servidor Internet, você deve considerar quantos subservidores o mesmo irá incorporar. Baseando-se neste conhecimento, você deverá verificar os requisitos específicos a cada perfil incorporado e usar a máxima configuração comum. Servidor Intranet O servidor Intranet é basicamente um servidor Internet aliado a um servidor de impressão e de arquivos. Para definir os requisitos do servidor de sua Intranet, você pode avaliar os requisitos desses três perfis e selecionar uma máquina que atenda às necessidades dos mesmos. Leve em conta a quantidade de acessos, número de usuários, velocidade da rede, etc. 34

35 Capítulo 2. Gerando Disquetes Algumas vezes é preciso criar ou recriar disquetes a partir de um arquivo imagem, que serão necessários para vários casos. Como o nome indica, um arquivo imagem é aquele que contém uma cópia exata do conteúdo do disquete. Como o disquete contém informações do sistema de arquivos, além dos dados contidos nos arquivos, o arquivo de imagem não é útil até que seja gravado em um disquete. Para criá-los serão necessários até dois disquetes vazios, formatados, de alta densidade (1.44 Mb). As imagens dos discos estão localizadas no diretório images no CD do produto servidor. O utilitário inicialmente solicitará o nome do arquivo de imagem. Informe um destes arquivos de imagem, localizados no diretório images do CD 1, dependendo de sua necessidade: Disco de instalação do Conectiva Linux: arquivo boot.img; Disco de instalação via rede do Conectiva Linux: arquivo bootnet.img (existe também o arquivo bootnet2.img que tem a mesma função, mas possui um driver atualizado para as placas de rede Realtek; Disco de suporte a PCMCIA: arquivo bootpcmcia.img; 35

36 Capítulo 2. Gerando Disquetes NOTA: O arquivo bootpcmcia.img é secundário, ou seja, necessita que seja carregado após o disco de instalação em modo texto ou após o disco de instalação via rede em modo texto. Uma vez que tenham sido selecionadas as imagens a serem transferidas para os disquetes, o processo de cópia pode ser realizado sob um sistema DOS ou compatível ou em um sistema Linux. Gerando os discos no MS-DOS Para gerar os discos sob o MS-DOS, pode-se executar o utilitário rawrite incluído no CD do Conectiva Linux, no diretório dosutils. Inicialmente etiquete um disco formatado de 3 1\2 polegadas com o nome de disco de instalação local ou algo similar e insira na unidade de disco flexível. Após, execute os seguintes comandos (presumindo que o seu CD seja o d:): C:\> d: D:\> cd dosutils D:\dosutils> rawrite Enter disk image source file name:..\images\boot.img 36

37 Capítulo 2. Gerando Disquetes Enter target diskette drive: a: Please insert a formatted diskette into drive A: and press <ENTER> D:\dosutils> Após será solicitado o dispositivo de gravação, onde deverá ser informado o dispositivo a:. Para gerar um disco adicional, etiquete um segundo disco e execute o rawrite novamente, informando o nome do arquivo imagem desejado. Gerando os discos no Linux Inicialmente etiquete um disco formatado de com o nome de disco de instalação, atualização ou algo similar e insira na unidade de disquete Certifique-se de que você possui permissões de superusuário e monte o CD executando o seguinte comando: # mount -t iso9660 /dev/cdrom /mnt/cdrom Se você deseja gerar um disquete, por exemplo, para suporte a PCMCIA, vá para o diretório /images e execute: 37

38 Capítulo 2. Gerando Disquetes # dd if=bootpcmcia.img of=/dev/fd0 bs=1440k Para gerar os outros disquetes que possam ser necessários, siga o exemplo acima alterando apenas o arquivo de imagem. Gerando um disco de Inicialização Um outro disco que pode ser gerado é o disco de inicialização, enquanto você estiver instalando o sistema. Veja a Figura

39 Capítulo 2. Gerando Disquetes Figura 2-1. Disco de inicialização Escolhendo a opção Sim, etiquete um disquete com o nome de Inicialização e o insira na unidade. Este disco irá conter uma imagem do kernel do sistema e será capaz de inicializar o Conectiva Linux instalado em seu computador de uma forma automatizada. 39

40 Capítulo 2. Gerando Disquetes Criando um Disquete do Grub Para criar um disquete do Grub, basta inserir um disquete no drive e digitar os comandos abaixo: # dd if=/boot/grub/stage1 of=/dev/fd0 count=1 dd if=/boot/grub/stage2 of=/dev/fd0 seek=1 Isto fará com que o prompt do Grub possa ser acessado com este disquete. Este disquete pode ser utilizado para inicializar um kernel em caso de problemas na inicialização normal do disco rígido. Disco de Inicialização sem LILO Caso a máquina instalada não necessite de quaisquer parâmetros de hardware, a forma mais simples de se criar um disquete de inicialização consiste em gravar o kernel atual em um disco de forma direta, sem a interface de sistemas de arquivos, e ajustar o dispositivo raiz: # dd if=kernel_atual of=/dev/fd0 bs=18k 40

41 Capítulo 2. Gerando Disquetes # rdev /dev/fd0 particao_raiz # rdev -R /dev/fd0 1 O último comando garante que o kernel montará a partição raiz com permissões somente de leitura. Disco de Inicialização com LILO É possível criar um disquete de inicialização muito mais completo, contendo mensagens de boas vindas, linha de comando, parâmetros de kernel e outras funcionalidades LILO, através da transferência de todos os componentes do LILO para um disquete que necessita de um sistema de arquivos. Para tanto siga os seguintes passos: 1. Crie um sistema de arquivos em um disquete novo e vazio e monte-o como /mnt/floppy, por exemplo, com os comandos: # /sbin/mkfs.ext2 -c /dev/fd # /bin/mount /dev/fd0 /mnt/floppy 41

42 Capítulo 2. Gerando Disquetes 2. Copie os arquivos de kernel e o arquivo /boot/boot.b para /mnt/floppy; 3. Crie o arquivo de mensagem /mnt/floppy/message; 4. Crie o arquivo lilo.conf em /mnt/floppy, devendo ser adaptado às necessidades do usuário. 5. Instale o LILO com o novo arquivo lilo.conf: # /sbin/lilo -C /mnt/floppy/lilo.conf 6. Desmonte a unidade de disquete: # /bin/umount /mnt/floppy 7. Reinicialize o sistema com o disquete para testar se a criação foi bem sucedida. Utilizando um Disco de Imagem 42

43 Capítulo 2. Gerando Disquetes O sistema de resgate provê três consoles virtuais acessíveis através das teclas ALT-F1, ALT-F2 e ALT-F3. O superusuário pode ser utilizado sem senha e as teclas ALT-F4 apresentam o console do sistema, com as mensagens do servidor do kernel e do sistema de registro de ocorrências. Um interpretador de comandos com diversos utilitários é disponibilizado no diretório /bin. No diretório /sbin podem ser encontrados diversos comandos de manutenção, conforme descrito a seguir. Para montar um sistema de arquivos Linux com o sistema de resgate deve-se usar o comando mount apontando o ponto de montagem para /mnt, ou utilizar um outro diretório, a critério do usuário. A variável de ambiente $PATH contém os diretórios e subdiretórios padrões tais como /mnt/floppy/usr/bin e /mnt/floppy/bin. Conteúdo do Disco de Imagem Um disco de resgate possui alguns componentes básicos, como o kernel, um carregador (por exemplo, o LILO) e os programas mínimos necessários para o funcionamento do sistema (por exemplo, cp, ls, mv, etc). 43

44 Capítulo 2. Gerando Disquetes Para utilizar o disquete de resgate basta colocá-lo na unidade de disquete, certificarse de que o sistema pode ser iniciado através da unidade e ligar o equipamento. Todas as unidades de disco rígido deverão ser montadas para se ter acesso aos seus dados, conforme o descrito a seguir. Considerando, por exemplo, que um sistema tenha a seguinte configuração: Partição Ponto de Montagem Sist.Arquivos /dev/hda3 / ext2 defaults 1 1 /dev/hda6 /usr ext2 defaults 0 0 /dev/hda5 swap swap defaults 0 0 /dev/fd0 /mnt/floppy ext2 noauto 0 0 /dev/cdrom /mnt/cdrom iso9660 noauto,ro 0 0 Para poder acessá-los após a inicialização do sistema via disco de resgate, deve-se executar os seguintes comandos: # mount /dev/hda3 /mnt # mount /dev/hda6 /mnt/usr Neste momento, será possível acessar o sistema e por exemplo corrigir erros em arquivos de configuração como /etc/fstab, /etc/passwd e /etc/inittab, sendo que estes arquivos estão agora localizados em /mnt/etc. É importante manter cópias do arquivo /etc/fstab (conforme exemplo acima) e da saída do comando fdisk -l, conforme o exemplo a seguir em um local seguro, 44

45 Capítulo 2. Gerando Disquetes pois mesmo discos com partições completamente corrompidas podem ser recuperados caso estejam disponíveis estes dados assim como a exata geometria do disco rígido. # fdisk -l Disk /dev/hda: 128 heads, 63 sectors, 993 cylinders Units = cylinders of 8064 * 512 bytes Device Boot Start End Blocks Id System /dev/hda1 * DOS 16-bit >=32M /dev/hda Extended /dev/hda Linux swap /dev/hda Linux native 45

46 Capítulo 2. Gerando Disquetes 46

47 Capítulo 3. Instalação do Conectiva Linux Instalação Via CD-ROM Quando você instalar o servidor a partir de uma unidade de CD-ROM local, os pacotes serão lidos do CD-ROM e instalados em seu disco rígido. Este é o método mais simples e direto de instalação e deve ser sempre considerado como a alternativa mais interessante. Para que você possa instalar o sistema a partir do dispositivo de CD-ROM, você deve habilitar o seu BIOS para que permita tal funcionalidade. Para habilitá-lo, reinicialize seu computador e entre no modo de configuração do BIOS, pressionando a tecla Delete. Em alguns sistemas utiliza-se outra tecla para entrar no modo de configuração do BIOS, diferente do Delete. Verifique as informações na tela de inicialização, ou consulte a documentação que acompanha o seu computador para mais detalhes. Se o seu computador não permite tal funcionalidade, utilize o disquete que vem com o seu sistema. Com ele será possível acessar o seu dispositivo de CD-ROM e iniciar o processo de instalação. 47

48 Capítulo 3. Instalação do Conectiva Linux Se o seu computador possui suporte a PCMCIA, é importante verificar se o dispositivo será utilizado durante a instalação (por exemplo, um dispositivo de CD- ROM conectado a uma placa PCMCIA). Se este for o seu caso, é necessário gerar um disquete suplementar. Se este não é o seu caso, instale normalmente o servidor via CD-ROM. Se você estiver instalando este produto através de um servidor NFS, será necessário um disquete suplementar e algumas informações adicionais. Instalação Via Rede Nesta seção descreveremos quais os passos que são necessários para que você instale a Edição Servidor através de uma rede. A instalação via rede é basicamente igual à instalação local. Ela difere somente em alguns dados que são necessários inicialmente para a conexão local com sua rede. Veremos este processo detalhadamente a seguir. Requisitos para uma Conexão Para conectar uma máquina Linux em uma rede devem ser atendidos alguns requisitos de hardware e ambiente. 48

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3 Cesar Kállas - cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 3 Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3 O HD tem espaço livre não particionado...3

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure em um

Leia mais

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4 Índice Introdução Librix...3 Software Livre...3 Manual Eletrônico...3 Opções de Suporte...3 Dicas para a Instalação Configuração de Dispositivos Básicos...4 Teclado...4 Mouse...5 Vídeo...5 Rede...6 Configuração

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação.

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação. Novell Linux Desktop www.novell.com 27 de setembro de 2004 INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Bem-vindo(a) ao Novell Linux Desktop O Novell Linux* Desktop (NLD) oferece um ambiente de trabalho estável e seguro equipado

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Guia Rápido de Instalação Ilustrado

Guia Rápido de Instalação Ilustrado Livre S.O. Guia Rápido de Instalação Ilustrado Introdução Este guia tem como objetivo auxiliar o futuro usuário do Livre S.O. durante o processo de instalação. Todo procedimento é automatizado sendo necessárias

Leia mais

Manual de instalação. Manual de instalação. Liberdade. Liberdade. Versão 1.0.0-31/10/2002. Versão 1.0.0-31/10/2002

Manual de instalação. Manual de instalação. Liberdade. Liberdade. Versão 1.0.0-31/10/2002. Versão 1.0.0-31/10/2002 Liberdade Manual de instalação Liberdade Manual de instalação Versão 1.0.0-31/10/2002 Versão 1.0.0-31/10/2002 Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 3210-3100 http:\\www.procergs.com.br

Leia mais

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre 22:59:36 Introdução à Informática com Software Livre 1 22:59:36 O Debian é uma distribuição GNU/Linux desenvolvida abertamente por um grupo mundial de voluntários, no esforço de se produzir um sistema

Leia mais

Instalando o Debian em modo texto

Instalando o Debian em modo texto Instalando o Debian em modo texto Por ser composto por um número absurdamente grande de pacotes, baixar os CDs de instalação do Debian é uma tarefa ingrata. Você pode ver uma lista dos mirrors disponíveis

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 4 Visão geral da instalação 4 Passo 1: Buscar atualizações 4 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 4 Passo 3: Instalar o Windows no seu

Leia mais

Configurar Novell Small Business Suite

Configurar Novell Small Business Suite VERSÃO 5.1 Configurar Novell Small Business Suite Fácil de instalar e gerenciar, o Novell Small Business Suite 5.1 é um sistema de software de rede desenvolvido para proporcionar performance superior e

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO SETUP E FORMATAÇÃO DO DISCO RÍGIDO

CONFIGURAÇÃO DO SETUP E FORMATAÇÃO DO DISCO RÍGIDO CONFIGURAÇÃO DO SETUP E FORMATAÇÃO DO DISCO RÍGIDO Depois de montar o computador, a próxima etapa é configurá-lo ao nível de software, antes de poder instalar o sistema operacional. Esta segunda etapa

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

Faculdades Senac Pelotas

Faculdades Senac Pelotas Faculdades Senac Pelotas Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Introdução a informática Alunos Daniel Ferreira, Ícaro T. Vieira, Licurgo Nunes Atividade 4 Tipos de Arquivos Sumário 1 Tipos

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

Guia de atualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Guia de atualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Guia de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparações 2. 3. usando 4. usando o DVD de 5. usando o DVD de 6. 1.

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 NOVELL CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Use os seguintes procedimentos para instalar uma nova versão do SUSE Linux Enterprise 11. Este documento

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA NOVELL Use os seguintes procedimentos

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA

INTRODUÇÃO AO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Nome do Software: Guarux Versão do Software: Guarux Educacional 4.0 INTRODUÇÃO AO SISTEMA O Guarux Educacional 4.0 é uma distribuição idealizada pela

Leia mais

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers Guia de Instalação Rápida 13897290 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes de instalar Sobre a conta

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Índice 3 Introdução 4 Requisitos Necessários 5 Visão Geral da Instalação 5 Passo 1: Buscar atualizações 5 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 5 Passo 3: Instalar

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS 1. Apresentação O UEG Linux 14.04 LTS é um sistema operacional baseado em Linux e derivado do Ubuntu, customizado pela Gerência de Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Goiás para

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO

GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO Guia Rápido de Instalação Este guia irá orientá-lo na instalação do Nettion Security Software. O guia de instalação do Nettion, que tem como base o sistema operacional Linux,

Leia mais

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip Se, assim como a maioria, você possui um único PC ou notebook, uma opção para testar as distribuições Linux sem precisar mexer no particionamento do HD e instalar o sistema em dualboot, é simplesmente

Leia mais

Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves

Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves UVV/2007 Sep 24, 2007 Opções de Boot Tela inicial do CD de instalação do Debian. Escolha F2 para ver mais opções de boot. 2 Opções de Boot Tela com

Leia mais

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Bem-vindo

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Bem-vindo Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Bem-vindo 2005 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverá ser dirigidas à International

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 Guia de Instalação Rápida 20047221 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes da instalação Sobre a conta de serviço do

Leia mais

Jackson Barbosa de Azevedo

Jackson Barbosa de Azevedo <jacksonbazevedo@hotmail.com> Autor: Jackson Barbosa de Azevedo Revisores: Aecio Pires 1 Conteúdo Sobre o OpenSUSE... 3 Procedimento de Instalação... 3 Preparando a Instalação do

Leia mais

Procedimento de gravação da imagem em Pen Drive e instalação do AFW 6.8.

Procedimento de gravação da imagem em Pen Drive e instalação do AFW 6.8. Procedimento de gravação da imagem em Pen Drive e instalação do AFW 6.8. Este documento exibe o procedimento de criação da imagem do AFW 6.8 em Pen Drive para Linux e Windows: 1.1. Requisitos de hardware

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação 1 - Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure. O Netdeep Secure é uma distribuição Linux, isto é, um pacote já

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário MANUAL DO USUÁRIO 2 ÍNDICE 1. PRÉ REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB 04 2. PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA 04 3. INSTALANDO O SIGEP WEB 07 4. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA 09 COMPARTILHANDO O BANCO

Leia mais

Instalação em Dual Boot

Instalação em Dual Boot Manual Instalação em Dual Boot tutorial de instalação Dual boot Windows XP e o Linux Educacional 2.0 Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Instalação em Dual

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ESTRUTURA DE DIRETÓRIOS LINUX... 3 SISTEMA DE ARQUIVOS E PARTICIONAMENTO...

Leia mais

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no

Leia mais

Versão 11.0, Julho de 2005 701P44225. Drivers & Software Cliente. Guia de Instalação

Versão 11.0, Julho de 2005 701P44225. Drivers & Software Cliente. Guia de Instalação Versão 11.0, Julho de 2005 701P44225 Drivers & Software Cliente Guia de Instalação Preparado por: Xerox Corporation Global Knowledge and Language Services 800 Phillips Road 845-17S Webster, New York 14580

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Instalação Remota Distribuição Linux

Instalação Remota Distribuição Linux Instalação Remota Distribuição Linux A distribuição linux utilizada para a instalação é a Debian. Download pode ser realizado acessando o site: http://www.debian.org Distribuição Linux Instalação Remota

Leia mais

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Elaborado por: Alexandre Faria de Oliveira Março de 2013 1 P á g i n a Sumário 1. Introdução... 3 2. Visão Geral...

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX José Vitor Nogueira Santos FT5 Introdução: O QUE É O SUSE OpenSUSE, é uma distribuição

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi ENDIAN FIREWALL COMMUNITY 2.5.1 OURINHOS-SP 2012 HOW-TO

Leia mais

NetWare 6.5. Novell. Instalação e upgrade REQUISITOS MÍNIMOS DE SISTEMA REQUISITOS DE SISTEMA RECOMENDADOS. www.novell.

NetWare 6.5. Novell. Instalação e upgrade REQUISITOS MÍNIMOS DE SISTEMA REQUISITOS DE SISTEMA RECOMENDADOS. www.novell. Novell NetWare 6.5 www.novell.com INÍCIO RÁPIDO Instalação e upgrade Esta Introdução rápida fornece informações básicas sobre a instalação e o upgrade para um servidor NetWare 6.5. Para obter instruções

Leia mais

Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco

Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco O processo de Instalação Limpa irá remover todos os programas e arquivos de dados do seu computador, substituindo eles com uma instalação

Leia mais

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE Guia de Instalação BEM-VINDO AO ELIPSE SCADA! A Elipse Software sente-se orgulhosa em apresentar esta poderosa ferramenta para o desenvolvimento de sistemas de supervisão

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

Leia antes de instalar Mac OS X

Leia antes de instalar Mac OS X Leia antes de instalar Mac OS X Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações sobre os computadores compatíveis, requisitos do sistema e como instalar o Mac OS X. Para obter

Leia mais

4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911. Xerox FreeFlow Core Guia de Instalação: Windows 8.1 Update

4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911. Xerox FreeFlow Core Guia de Instalação: Windows 8.1 Update 4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911 2015 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. Xerox, Xerox com a marca figurativa e FreeFlow são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros

Leia mais

HOW TO Procedimento para instalar Aker Firewall virtualizado no ESXi 5.0

HOW TO Procedimento para instalar Aker Firewall virtualizado no ESXi 5.0 Procedimento para instalar virtualizado no Página: 1 de 15 Introdução Este documento abordará os procedimentos necessários para instalar o (AFW) virtualizado em um servidor ESXi. Será compreendido desde

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 Duração: 02:45 min INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 1. Inicializar o Virtual PC 2007 e criar uma máquina virtual. a. Salvar em C:\Laboratorio b. O nome da máquina virtual será: Linux_Suse_Seunome.vmc

Leia mais

INICIANDO A INSTALAÇÃO

INICIANDO A INSTALAÇÃO INICIANDO A INSTALAÇÃO Abra o leitor de CD do computador que será dedicado ao ÚnicoNET. Coloque o CD que acabamos de gravar com o NERO EXPRESS e reinicie o HARDWARE (CTRL+ALT+DEL), caso não consiga reiniciar

Leia mais

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software Introdução HOW TO Página: 1 de 14 Para fazer a migração/instalação do 6.1 Software, é necessária a instalação do Sistema Operacional Linux Fedora Core 8. Explicaremos passo a passo como formatar a máquina,

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

INSTALANDO SISTEMA PFSENSE COMO FIREWALL/PROXY

INSTALANDO SISTEMA PFSENSE COMO FIREWALL/PROXY INSTALANDO SISTEMA PFSENSE COMO FIREWALL/PROXY Gerson R. G. www.websolutti.com.br PASSO A PASSO PARA INSTALAÇÃO DO PFSENSE 1. BAIXANDO O PFSENSE 2. INICIANDO A INSTALAÇÃO 3. CONFIGURAÇÃO BÁSICA INICIAL

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Revisão: Seg, 21 de Março de 2011 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4 1.1. Pré Requisitos...4 1.2. Na Prática...4 1.2.1. Download...4

Leia mais

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 OBJETIVO Conhecer as funcionalidades do software VMware Player implantando o sistema operacional Windows 7 e trabalhando em algumas ferramentas nativas

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Manual do aplicativo Conexão ao telefone

Manual do aplicativo Conexão ao telefone Manual do aplicativo Conexão ao telefone Copyright 2003 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. O logotipo da Palm e HotSync são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo da HotSync e Palm são marcas

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O conteúdo deste documento tem como objetivos geral introduzir conceitos mínimos sobre sistemas operacionais e máquinas virtuais para posteriormente utilizar

Leia mais

Instalação FreeBSD 9. 2 - Inicialização do CD/DVD! Ao colocar o CD/DVD como boot principal na BIOS, aparecerá a seguinte tela:

Instalação FreeBSD 9. 2 - Inicialização do CD/DVD! Ao colocar o CD/DVD como boot principal na BIOS, aparecerá a seguinte tela: Instalação FreeBSD 9 1 - Introdução! O Sistema de Instalação do FreeBSD basicamente utilizará as setas do teclado, barra de espaço ou enter para executar determinada ação. Toda vez que encontrar alguma

Leia mais

Por que você precisa alterar o tipo de AppleTalk. Antes de alterar a configuração. Alterar o tipo de AppleTalk

Por que você precisa alterar o tipo de AppleTalk. Antes de alterar a configuração. Alterar o tipo de AppleTalk Por que você precisa alterar o tipo de AppleTalk 1 A impressora J110 requer que você altere o tipo de AppleTalk para poder imprimir trabalhos de em rede AppleTalk. Antes de alterar a configuração Verifique

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Configurando e Implantando o Windows Server 2003 Fabricio Breve Requisitos de Hardware de Sistema Processador Mínimo: 266 MHz Mínimo ideal:

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center O software descrito neste documento é fornecido sob um contrato de licença e pode ser usado

Leia mais

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX Apresentação O departamento de varejo da PC Sistemas inovou seu produto de frente de caixa, permitindo seu funcionamento no sistema operacional do Linux com a distribuição Ubuntu. O cliente poderá usar

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

Recuperando o GRUB após instalação do Windows

Recuperando o GRUB após instalação do Windows Recuperando o GRUB após instalação do Windows PET Engenharia de Computação - http://www.inf.ufes.br/~pet 1 Instruções iniciais Para efetuar as configurações a seguir talvez precisaremos executar comandos

Leia mais

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 Conteúdo 1 - O que é o Conectividade Social? 03 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 3 - O que é necessário para instalar o Conectividade Social?.... 05 4 - Como faço para executar

Leia mais

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Autor: Eder S. G. - edersg@vm.uff.br Versão: 1.2 Data: 21/11/2012 Última atualização: 07/03/2013 Observação: Máquina real: Sistema operacional

Leia mais

Novell. Cluster Services. www.novell.com 1.6 VISÃO GERAL E INSTALAÇÃO

Novell. Cluster Services. www.novell.com 1.6 VISÃO GERAL E INSTALAÇÃO Novell Cluster Services 1.6 VISÃO GERAL E INSTALAÇÃO www.novell.com Notas Legais A Novell, Inc. não faz representações ou assume garantias quanto ao conteúdo ou utilização desta documentação e se isenta

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Desktop 11

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Desktop 11 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Desktop 11 NOVELL CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Use os seguintes procedimentos para instalar uma nova versão do SUSE Linux Enterprise Desktop 11.

Leia mais

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED A instalação do Linux Educacional 3.0 segue os mesmos moldes da instalação normal, porém, com algumas considerações. Backup de Configurações Para evitar

Leia mais

Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO LIMPA

Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO LIMPA Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO LIMPA INSTALAÇÃO LIMPA O processo de Instalação Limpa irá remover todos os programas e arquivos de dados do seu computador, substituindo-os

Leia mais

Red Hat Linux 9. Red Hat Linux - Guia de Instalação do x86

Red Hat Linux 9. Red Hat Linux - Guia de Instalação do x86 Red Hat Linux 9 Red Hat Linux - Guia de Instalação do x86 Red Hat Linux 9: Red Hat Linux - Guia de Instalação do x86 Copyright 2003 por Red Hat, Inc. Red Hat, Inc. 1801 Varsity Drive Raleigh NC 27606-2072

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Versão 1.5 Histórico de revisões Revisão Data Descrição da alteração 1.0 18/09/2015 Criação deste manual 1.1 22/09/2015 Incluído novas

Leia mais

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0 Conteúdo do Manual. Introdução. Capítulo Requisitos. Capítulo Instalação 4. Capítulo Configuração 5. Capítulo 4 Cadastro de Devolução 6. Capítulo 5 Relatório 7. Capítulo 6 Backup 8. Capítulo 7 Atualização

Leia mais

Copyright. Isenção e limitação de responsabilidade

Copyright. Isenção e limitação de responsabilidade Manual do SMS Copyright 1998-2002 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. Graffiti, HotSync, o logotipo da Palm e Palm OS são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo de HotSync e Palm são marcas comerciais

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO Sistema Operacional Conteúdo retirado do livro Sistemas Operacionais Marcos Aurélio Pchek Laureano Diogo Roberto Olsen

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. As informações

Leia mais

DIGISAT ERRO MIDAS.DLL

DIGISAT ERRO MIDAS.DLL DIGISAT ERRO MIDAS.DLL Para resolver esta questão, faça o download do "Registra Midas" e "midas.dll" que estão disponíveis nos links abaixo e salve-os dentro da pasta de instalação do sistema. Em seguida,

Leia mais

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP Guia de instalação do software HP LaserJet Enterprise M4555 MFP Series Guia de instalação do software Direitos autorais e licença 2011 Copyright Hewlett-Packard Development

Leia mais