AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004"

Transcrição

1 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo Leça da Palmeira t: f: Formação Empresa Leça da Palmeira t: f: FORMAÇÃO AEP/APCER 2º SEMESTRE 2004 interpretação das normas iso 9000:2000 metodologias de auditoria iso 9001:2000 interpretação da norma iso e do regulamento emas ii metodologias de auditoria iso interpretação da ohsas 18001:1999 (np 4397) metodologias de auditoria ohsas 18001:1999 (np 4397) haccp - interpretação da norma ds 3027 e metodologias de auditoria haccp (ds 3027 e) gestão por processos - iso 9001:2000 integração de sistemas - qualidade, ambiente e segurança auditores iso competências e orientações para chefes de empresa na gestão da qualidade

2 FORMAÇÃO AEP/APCER 2º SEMESTRE 2004 ACÇÕES EM QUE SE INSCREVE: e 2 3 e 4 5 e 6 7 e 8 PARTICIPANTE Nome do Participante: Data de Nascimento: Bilhete de Identidade nº Contribuinte nº Função: Formação Base: FOTOCOPIE AS FICHAS NECESSÁRIAS EMPRESA Nome Nº Trabalhadores: CAE/Sector de Actividade: Endereço: Código Postal: Localidade: Tel.: Fax: Tlm: Cliente / Auditor APCER Não Sim Factura em nome de Empresa Participante Nº Contribuinte da Empresa: NOTA: Relativamente às acções 1, 2 e 9 é importante fazer referência ao mês de realização DESTACAR E ENVIAR POR FAX: OU PARA: ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL FORMAÇÃO PROFISSIONAL LEÇA DA PALMEIRA PRAZO DE INSCRIÇÃO. Até 3 dias antes da data de início do curso, mediante devolução/envio da ficha anexa ao folheto de divulgação, junto com o pagamento da inscrição, em cheque ou vale postal passados em nome de "AEP Associação Empresarial de Portugal";. A inscrição só será válida após pagamento;. O número de participantes é limitado a 20 participantes por curso;. As inscrições serão consideradas pela ordem cronológica da sua chegada. A não comunicação por escrito do impedimento da presença, até 24 horas da data de inicio, obriga ao pagamento de 50% do valor de inscrição CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO. Valores isentos de IVA ao abrigo do Artº 9º do CIVA;. Desconto de 10% para organizações com 3 ou mais inscrições na mesma acção não acumulável com as condições de associado AEP / cliente APCER;. Desconto de 10%, acumulável com as condições de associado AEP / cliente APCER, para inscrição de um mesmo participante nos pares conjugados das acções 1-2, 3-4, 5-6 ou 7-8; a inscrição no par conjugado implica o pagamento integral do valor e não faseado em função das datas das acções. Será atribuído um certificado de presença APCER / AEP aos participantes com uma assiduidade superior a 80% do número total de horas da acção de formação (entregue contra pagamento);. O custo da inscrição inclui documentação e café para além de um guia interpretativo APCER para as acções 1,3 e 5. LOCAL DE REALIZAÇÃO. Edifício de Serviços da AEP Leça da Palmeira (junto à EXPONOR)

3 12. Competências e Orientações para Chefes de Empresa na Gestão da Qualidade 8 de Outubro 1 dia (7 horas) 180,00 200,00 Gestores de topo envolvidos na gestão da Qualidade. Demonstrar uma visão pós Certificação da Qualidade. Definir a inevitabilidade de gerir a Qualidade com impacto positivo na conta de resultados. Exemplos de como não fazer. As motivações para a qualidade - Sobrevivência - Competitividade. Aspectos interpretativos. Os diferentes subsistemas de Gestão ou a Gestão da empresa. Estratégia Genérica para adquirir uma vantagem Competitiva - Considerações económicas - Considerações estratégicas - Orientação por objectivos - Reflexos sobre a conta de resultados. Conclusões António Castilho. Licenciado em Engenharia Mecânica. MBA em Gestão Empresarial. Auditor Coordenador Certificado para as ISO Auditor Certificado ISO Assessor do PEX e do IBEC. Consultor e Formador 1. Interpretação das Normas ISO 9000: e 29 deoutubro [1ª Ed.] 2 e 3 de Dezembro [2ª Ed.] 2 dias (14 horas) 369,00 410,00 Oferta do guia interpretativo APCER A participação no curso 1 e 2 confere um dos requisitos para a certificação de auditores internos da qualidade pela APCER. Directores da Qualidade, quadros médios e superiores das organizações, responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade. /. Compreender e descrever a finalidade de um sistema de gestão da qualidade e o seu papel em ajudar uma organização a funcionar de uma forma cada vez mais eficaz, com consistência e satisfação do cliente e a ter a capacidade de melhorar continuamente o sistema de gestão. Compreender os oito Princípios de Gestão da Qualidade sobre os quais se baseiam as normas de sistemas de Gestão da Qualidade. Compreender o objectivo e intenção das normas ISO 9000:2000, a forma como se relacionam entre si, o conceito do par consistente de normas, tal como são aplicadas à ISO 9001:2000 e ISO 9004:2000 e a terminologia utilizada nas ISO 9000:2000. Compreender os requisitos da Norma ISO 9001:2000 (adequados à duração do programa de formação) e a evidência objectiva necessária para mostrar conformidade e eficácia do sistema de gestão da qualidade. Compreender as diferenças entre os requisitos das ISO 9001:1994 e da ISO 9001:2000. Compreender as circunstâncias nas quais uma organização pode considerar como não aplicáveis determinados requisitos do sistema de gestão da qualidade. Compreender as alterações necessárias no planeamento e condução de auditorias, que resultam da orientação para o processo de ISO 9001:2000. Avaliar e compreender as diferentes necessidades de documentação entre a ISO 9001:1994 e a ISO 9001:2000 António Castilho. Licenciado em Engenharia Mecânica. MBA em Gestão Empresarial. Auditor Coordenador Certificado para as ISO Auditor Certificado ISO Assessor do PEX e do IBEC. Consultor e Formador

4 2. Metodologias de Auditoria ISO 9001:2000 de Acordo com a Norma ISO 19011: , 18 e 23 de Novembro [1ª Ed.] 14, 16 e 21 de Dezembro [2ª Ed.] A participação no curso 1 e 2 confere um dos requisitos para a certificação de auditores internos da qualidade pela APCER. Directores ou responsáveis da Qualidade, assessores e consultores de sistemas de gestão da qualidade, que assumam responsabilidades na realização de auditorias da qualidade, internas ou externas, de acordo com a série das normas ISO 9000:2000, e que devem utilizar esta ferramenta de gestão para a avaliação, manutenção e melhoria dos seus sistemas da qualidade. Nota: Aconselha-se aos participantes que devem ter conhecimentos básicos da norma e/ou frequência do curso Interpretação das Normas ISO 9000:2000. Melhorar as técnicas e métodos de auditorias da qualidade, quem os deve utilizar e como devem ser executadas. Conhecer as etapas a seguir para auditar sistemas da qualidade (internos ou externos) desde o planeamento até à realização do relatório das auditorias 11. Auditores ISO ,12,18,19,25 e 26 de Novembro 6 dias (42 horas) 810,00 900,00 Directores da Qualidade, quadros médios e superiores das organizações responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade, Auditores e Consultores Nota: Aconselha-se que os participantes tenham conhecimentos básicos sobre auditorias e sistemas de gestão.. Aplicar os princípios, técnicas e procedimentos de auditorias, de uma forma sistemática e consistente. Compreender e descrever a finalidade de um sistema de gestão da qualidade e/ou ambiente e o seu papel em ajudar uma organização a funcionar de uma forma cada vez mais eficaz e menos nociva para o ambiente, e sempre numa lógica de melhoria contínua. Compreender o contexto operacional da organização, a sua estratégia, realidade social e económica. Compreender a necessidade e os mecanismos que permitam conhecer e trabalhar com a legislação e a regulamentação aplicável à organização. ISO 9001:2000, principais alterações nos sistemas da qualidade. Alterações nas metodologias de auditoria (dos sistemas de garantia da qualidade aos sistemas de gestão da qualidade) a Norma ISO 19011:2002. Auditorias ISO9001:2000 regras gerais para a sua preparação e planeamento, realização e relatório. Análise de casos práticos: preparação e planeamento, elaboração de check-list de comprovação, metodologias de realização de auditorias e classificação de constatações A Domingas Martins. Licenciada em Engenharia Metalúrgica e Materiais (FEUP). Auditora Coordenadora da APCER. Consultora e formadora em Gestão da Qualidade, Ambiente e Organização de Empresas. Metodologias de Auditoria (14 horas) - Princípios, técnicas e procedimentos de Auditorias / Planeamento de Auditoria / Técnicas de Amostragem em Auditoria / Constatações: Definições e Redacção / Técnicas e Comportamentos para Recolha de Informação e Evidências / Relatório de Auditoria. Sistemas de Gestão (14 horas) - A norma ISO 9001:2000 e a ISO / Objectivos dos Sistemas de gestão / A abordagem por processos / Compatibilidade entre os sistemas de gestão / Controlo de Registos e Documentos. Gestão e as Organizações (10,5 horas) - Gestão Organizacional / Processos de Negócios e as suas relações intraorganizacionais. Legislação e Regulamentação (3,5 Horas) - Legislação e Regulamentação Nacional Pedro Ferreira. Licenciado em Engenharia Mecânica (FEUP). Pós-graduado em Gestão e Organização de Empresas (UCP). Sócio Gerente de uma empresa de consultoria

5 10. Integração de Sistemas Qualidade, Ambiente e Segurança Quadros dirigentes, Directores de Qualidade, Saúde, Segurança e Ambiente, Auditores, Gestores de Unidades de Negócio, Gestores Funcionais e Técnicos Especialistas na Optimização e Formalização de processos. Nota: Aconselha-se que os participantes tenham conhecimentos básicos sobre auditorias e sistemas de gestão. A participação no curso 3 e 4 confere um dos requisitos para a certificação 3. de auditores internos do ambiente pela APCER. Interpretação da Norma ISO e do Regulamento EMAS II Directores do ambiente, quadros médios e superiores das organizações, responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão do Ambiente. 18, 19, 25 e 26 de Outubro 4 dias (28 horas) 585,00 650,00 Conhecer os benefícios e as vantagens que a integração dos sistemas de gestão oferecem às organizações bem como conhecer as metodologias, processos de integração, estrutura documental e factores críticos de sucesso na sua implementação.. Estratégia empresarial e os sistemas integrados de gestão. A liderança e o processo de gestão da mudança. ISO 9001:2000 Visão geral e análise dos ciclos de melhoria. Abordagem ao EMAS/ISO OHSAS / NP 4397:2001 requisitos da norma. Análise de perigos e avaliação de riscos. Referencial de integração e estrutura documental de suporte. Ciclo PDCA e abordagem por processos. A monitorização e pilotagem da actividade. O processo de melhoria contínua. Pedro Ferreira. Licenciado em Engenharia Mecânica (FEUP). Pós graduado em Gestão e Organização de Empresas (UCP).. Sócio Gerente de uma empresa de consultoria 15, 22 e 29 de Novembro e 6 de Dezembro 4 dias (28 horas) 585,00 650,00 Oferta do guia interpretativo APCER Fornecer conhecimentos sobre os requisitos destes dois documentos de forma a, com base na sua interpretação, proporcionar capacidades para:. Tomar decisões aquando da implementação e na manutenção de um Sistema de Gestão Ambiental. Auditar Sistemas de Gestão Ambiental (ISO e EMAS). Verificar a conformidade com o EMAS. Validar Declarações Ambientais no âmbito do EMAS. Os requisitos da norma NP EN ISO 14001: Interpretação - Implementação. O Regulamento Europeu de Ecogestão e Auditorias, EMAS - Interpretação. Requisitos adicionais à NP EN ISO 14001: Implementação - Casos práticos A Cristina Martins. Licenciada em Engenharia do Ambiente (UA). Especialização em Engenharia da Qualidade. Auditora coordenadora e técnica da APCER para as ISO Consultora e formadora na área do Ambiente

6 4. Metodologias de Auditoria ISO , 15 e 16 de Novembro A participação no curso 3 e 4 confere um dos requisitos para a certificação de auditores internos do ambiente pela APCER. Directores do ambiente, directores da qualidade, directores de produção, responsáveis por auditar sistemas de gestão do ambiente de acordo com a série das normas ISO Nota: Aconselha-se aos participantes que devem ter conhecimentos básicos da norma e/ou frequência do curso Interpretação da Norma ISO e do Regulamento EMAS II. Adquirir conhecimentos necessários para a realização de auditorias a sistemas de gestão do ambiente, sejam internas ou externas à organização.. Conhecer os requisitos que os auditores devem cumprir, quais as técnicas a utilizar e que metodologia a seguir na condução de auditorias de sistemas de gestão do ambiente.. Objectivo e âmbito das auditorias de sistemas de gestão do ambiente. Critérios para a qualificação dos auditores. Auditorias de sistemas de gestão do ambiente: regras gerais para o seu planeamento e desenvolvimento. Metodologias de auditoria de acordo com a norma ISO 19011:2002. Exercícios práticos de análise de não conformidades e elaboração de relatórios 9. Gestão por Processos ISO 9001: e 10 de Novembro [1ª Ed.] 20 e 21 de Dezembro [2ª Ed.] 2 dias (14 horas) 369,00 410,00 Gestores de topo, Gestores da Qualidade e todos os interessados nesta nova abordagem da ISO 9001:2000 Nota: é condição de maior aproveitamento do curso ter já alguns conhecimentos da ISO 9001:2000. Discutir detalhadamente o aspecto da focalização por processos, agora considerado pela ISO 9001:2000, mas que é reconhecido como uma excelente abordagem de gestão e organização.. A forma como a focalização por processos é abordada na nova ISO 9001:2000. Algumas metodologias para a sua abordagem - A cadeia de valores da Organização - Identificação das Actividades de Valor. Algumas metodologias de mapeamento (representação). O IDEF. O SWIMLANE. Mapas genéricos de processos. Identificação dos processos. Descrição dos processos. Melhoria dos processos Luís Janicas. Licenciado em Engenharia Química (FCTUC). Pós-graduado em Engenharia da Qualidade. Consultor e formador na Gestão da Qualidade, Ambiente e Organização de Empresas António Castilho. Licenciado em Engenharia Mecânica. MBA em Gestão Empresarial. Auditor Coordenador Certificado para as ISO Auditor Certificado ISO Assessor do PEX e do IBEC. Consultor e Formador

7 8. Metodologias de Auditoria HACCP (DS 3027 E) 9, 16 e 23 de Novembro A participação no curso 7 e 8 confere um dos requisitos para a certificação de auditores internos de segurança alimentar pela APCER. Quadros médios e superiores com conhecimentos e experiência de implementação do HACCP. Nota: Aconselha-se aos participantes que devem ter conhecimentos básicos da norma e/ou frequência do curso Interpretação da Norma DS 3027 E A participação no curso 5 e 6 confere um dos requisitos para a certificação 5. de auditores internos da segurança pela APCER. Interpretação da OHSAS 18001:1999 (NP 4397) 13, 20 e 27 de Outubro Directores de Segurança, quadros médios e superiores das organizações, responsáveis pela implementação de Sistemas de Saúde e Segurança.. Adquirir os conhecimentos e as competências necessários à realização de auditorias a sistemas HACCP como auditor e como auditado. Saber organizar e gerir um plano de auditorias HACCP. Sistema HACCP: princípios e normas de referência - Requisitos do sistema HACCP: revisão. Etapas de uma auditoria do HACCP. Planeamento de auditorias HACCP - Pontos-chave da auditoria HACCP - Estruturação e elaboração de um plano de auditorias HACCP. Preparação e realização de uma auditoria HACCP - Análise de documentação - Elaboração da lista de verificação - Realização da auditoria - Análise técnica da auditoria - Elaboração e discussão do relatório final Oferta do guia interpretativo APCER. Identificar e interpretar os requisitos da norma OHSAS / NP Introdução. Abordagem à Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho. Documento OHSAS / NP Interpretação dos requisitos da OHSAS / NP 4397: Pontos fortes - Planeamento do Sistema de Gestão SST - Identificação de Perigos e Avaliação de Riscos - Implementação e Funcionamento - Monitorização e Medição do Desempenho da SST - Análise e investigação de acidentes - Auditorias em Segurança e Saúde do Trabalho - Revisão/Melhoria Continua. Casos Práticos Nuno Bianchi Sampaio. Licenciado em Microbiologia (Universidade Católica Portuguesa). Consultor/formador na área da Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar. Mestre em Marketing (Universidade Portucalense) Carlos Rodrigues. Licenciado em Engenharia de Produção Têxtil (Universidade do Minho). Consultor e Formador na Área de Segurança, Higiene e Saúde. Mestrando em Engenharia Humana

8 A participação no curso 5 e 6 confere um dos requisitos para a certificação 6. Metodologias de auditores internos da segurança pela APCER. HACCP de Auditoria OHSAS 18001:1999 (NP 4397) 11, 18 e 25 de Novembro Directores de Segurança, quadros médios e superiores das organizações, responsáveis pela implementação de Sistemas de Saúde e Segurança Nota: Aconselha-se aos participantes que devem ter conhecimentos básicos da norma e/ou frequência do curso Interpretação da OHSAS 18001:1999 (NP 4397). Adquirir conhecimentos necessários para a realização de auditorias a sistemas de gestão da segurança e saúde do trabalho, sejam internas ou externas à organização. Conhecer os requisitos que os auditores devem cumprir, quais as técnicas a utilizar e que metodologia a seguir na condução de auditorias de sistemas de gestão da segurança e saúde do trabalho. Objectivo e âmbito das auditorias de sistemas de gestão da segurança e saúde do trabalho. Critérios para a qualificação dos auditores. Auditorias de sistemas de gestão da SST: regras gerais para o seu planeamento e desenvolvimento. Metodologias de auditoria de acordo com a norma ISO 19011:2002. Outras metodologias. Análise de casos práticos: preparação e planeamento, elaboração de check-list de comprovação, metodologias de realização de auditorias e classificação de constatações Carlos Rodrigues. Licenciado em Engenharia de Produção Têxtil (Universidade do Minho). Consultor e Formador na Área de Segurança, Higiene e Saúde. Mestrando em Engenharia Humana A participação no curso 7 e 8 confere um dos requisitos para a certificação 7. de auditores internos de segurança alimentar pela APCER. Interpretação da Norma DS 3027 E 19 e 20 de Outubro 2 dias (14 horas) 369,00 410,00 Directores da Qualidade, quadros médios e superiores das organizações, responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar. /. Compreender e descrever a finalidade de um sistema de gestão da segurança alimentar. Conhecer o vocabulário utilizado e o seu significado no contexto da norma DS 3027 E. Compreender como os Princípios de HACCP do Codex Alimentarius estão estruturados na Norma DS 3027 E. Compreender os requisitos da Norma DS 3027 E (adequados à duração do programa de formação) e a evidência objectiva necessária para mostrar conformidade e eficácia do sistema de gestão da segurança alimentar. Avaliar e compreender as necessidades de documentação da Norma DS 3027 E. Avaliar e compreender as diferenças e semelhanças existentes entre a Norma DS 3027 E e a Norma ISO 9001:2000 Nuno Bianchi Sampaio. Licenciado em Microbiologia (Universidade Católica Portuguesa). Consultor/formador na área da Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar. Mestre em Marketing (Universidade Portucalense)

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

APCER. Associação Portuguesa de Certificação. www.apcer.pt

APCER. Associação Portuguesa de Certificação. www.apcer.pt APCER Associação Portuguesa de Certificação www.apcer.pt CERTIFICAÇÃO UM PASSO PARA A EXCELÊNCIA VANTAGENS: Cultura Organizacional; Confiança; Reconhecimento; Valor Acrescentado. QUEM SOMOS Constituída

Leia mais

Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública. www.apcer.pt

Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública. www.apcer.pt Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública www.apcer.pt Hélder Estradas 4 de Novembro de 2005 QUEM SOMOS Constituída em Abril de 1996 (IPQ, AIPortuguesa AIPortuense, actual

Leia mais

A CERTIFICAÇÃO E O PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO

A CERTIFICAÇÃO E O PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO A CERTIFICAÇÃO E O PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO www.apcer.pt CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE (NP EN ISO 9001:2000) A norma ISO 9001:2000, incentiva as organizações a adoptarem o modelo da Abordagem

Leia mais

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL. 1ª edição. AEP Leça da Palmeira UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL. 1ª edição. AEP Leça da Palmeira UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP ª edição AEP Leça da Palmeira CERTIFICAÇÃO CBPP (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) REQUISITOS

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Helena Ferreira (helena.ferreira@apcer.pt) Gestora de Desenvolvimento da APCER I. APRESENTAÇÃO DA APCER www.apcer.pt 1. Quem Somos Início de actividade

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 2ª EDIÇÃO Requisitos para Implementar, Elaborar e Gerir SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE LUANDA 20 e 21 de OUTUBRO de 2014 Razões pelas quais a sua presença é obrigatória Compreenda as finalidades dos SGQ

Leia mais

ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração. www.apcer.pt

ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração. www.apcer.pt ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração www.apcer.pt AGENDA Apresentação APCER Desenvolvimento ERS3002 Conteúdo da ERS3002 Metodologias de auditorias Associação constituída em Abril 1996

Leia mais

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000 ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário Gestão da Qualidade 2005 1 As Normas da família ISO 9000 ISO 9000 descreve os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade e especifica

Leia mais

Benefícios da Certificação para a Administração Pública

Benefícios da Certificação para a Administração Pública Benefícios da Certificação para a Administração Pública Hélder Estradas, 7 de Maio de 2008 Agenda 1 - Resumo Histórico da Certificação em Portugal; 2 - Vantagens da Certificação; 3 - Processo de Certificação.

Leia mais

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade:

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade: Evolução do conceito 2 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da :. evolução do conceito. gestão pela total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9000:2000 gestão pela total garantia da controlo

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 1ª EDIÇÃO Requisitos para Implementar, Elaborar e Gerir SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE LUANDA 21 e 22 de OUTUBRO de 2013 Razões pelas quais a sua presença é obrigatória Compreenda as finalidades dos SGQ

Leia mais

Auditorias da Qualidade

Auditorias da Qualidade 10 páginas sobre s da Qualidade "Não olhes para longe, despreocupando-se do que tens perto." [ Eurípedes ] VERSÃO: DATA de EMISSÃO: 9-10-2009 AUTOR: José Costa APROVAÇÃO: Maria Merino DESCRIÇÃO: Constitui

Leia mais

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NIP: Nº DO RELATÓRIO: DENOMINAÇÃO DA EMPRESA: EQUIPA AUDITORA (EA): DATA DA VISITA PRÉVIA: DATA DA AUDITORIA: AUDITORIA DE: CONCESSÃO SEGUIMENTO ACOMPANHAMENTO

Leia mais

INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO

INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE COIMBRA INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO Elaborado por: Carla Latas nº 3501 Rui Soares nº 3508 Ana Lopes nº 3512 Coimbra, 02 de Junho de 2005.

Leia mais

Com o apoio. Formação Avançada. Key Account Management

Com o apoio. Formação Avançada. Key Account Management Com o apoio Formação Avançada Testemunhos A EAB é um exemplo extraordinário de uma aliança estratégica entre as empresas e o ensino superior. João Rebelo Cotta Presidente da Associação Empresarial da Região

Leia mais

Controlo da Qualidade Aula 05

Controlo da Qualidade Aula 05 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da qualidade:. evolução do conceito. gestão pela qualidade total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9001:2000 Evolução do conceito 2 gestão pela qualidade

Leia mais

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre Plano de Formação - 2011 Form + Lab 2 Semestre Form + Lab O que é? O Form + Lab é um serviço de formação criado para apoiar os laboratórios na valorização e formação dos seus colaboradores dando resposta

Leia mais

ÍNDICE [Resumido] 2.Implementação do Sistema de Gestão Ambiental Introdução

ÍNDICE [Resumido] 2.Implementação do Sistema de Gestão Ambiental Introdução CONTEÚDOS Este livro escrito em parceria por 9 co-autores, de entre académicos e profissionais de engenharia, fornece uma ajuda preciosa na aquisição de conhecimentos e de competências, tidas como necessárias

Leia mais

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt.

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt. Certificação das Entidades de Acção Social Soluções e Desafios rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro www.apcer.pt AGENDA 0. Apresentação da actividade da APCER 1. Actuais exigências e necessidades

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

Certificação da Qualidade ISO 9001 : 2003

Certificação da Qualidade ISO 9001 : 2003 Certificação da Qualidade ISO 9001 : 2003 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 3ª, 4ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das

Leia mais

A Gestão da Qualidade foca o produto; Tem como objectivo a satisfação do cliente.

A Gestão da Qualidade foca o produto; Tem como objectivo a satisfação do cliente. OBJECTIVOS DE UM SISTEMA DE GESTÃO A Gestão da Qualidade foca o produto; Tem como objectivo a satisfação do cliente. A Gestão da Segurança foca o indivíduo, o colaborador; Tem como objectivo a sua protecção

Leia mais

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações NP ISO 10001:2008 Gestão da qualidade. Satisfação do cliente. Linhas de orientação relativas aos códigos de conduta das organizações CT 80 2008 NP ISO 10002:2007 Gestão da qualidade. Satisfação dos clientes.

Leia mais

Curso de Gestão Para Empresários e Directores

Curso de Gestão Para Empresários e Directores Curso de Gestão Para Empresários e Directores Sob a direcção do Doutor José Nunes Maia, Professor Aposentado do ISCTE Lisboa, a MoreData pretende dar início à 1ª edição do Curso de Gestão para Empresários

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE PLANO CURRICULAR

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE PLANO CURRICULAR PLANO CURRICULAR UNIDADES CURRICULARES CARGA HORÁRIA ECTS Controlo Estatístico do Processo Doutora Florbela Correia 32 4 Gestão da Qualidade Mestre José Carlos Sá 24 4 Informática Aplicada a Qualidade

Leia mais

Seminário A Qualidade nas Intervenções de Conservação, Reabilitação e Valorização das Casas Antigas

Seminário A Qualidade nas Intervenções de Conservação, Reabilitação e Valorização das Casas Antigas Seminário A Qualidade nas Intervenções de Conservação, Reabilitação e Valorização das Casas Antigas Data: Sábado, 14 de Novembro de 2009, 14h00 18h30 Local: Palácio dos Marqueses de Fronteira, em Lisboa

Leia mais

Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de:

Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de: Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de: Qualidade e IT Service Management Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) Ambiente Higiene e Segurança no Trabalho

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS MÓDULOS GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL Criar competências que possibilitem a utilização da Gestão da Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social como uma

Leia mais

AUDITORIA INTERNA QUALIDADE

AUDITORIA INTERNA QUALIDADE 2ª EDIÇÃO Analisar, Monitorizar e Melhorar o Desempenho do Sistema de Gestão da Qualidade AUDITORIA INTERNA QUALIDADE DA LUANDA 22 e 23 de OUTUBRO de 2014 Analise o processo de integração da função Qualidade

Leia mais

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008 Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I Fev. 2008 Medeiros genda 1. Áreas de negócio Martifer; 2. Martifer Energia Equipamentos para energia S.A.; 3. Certificações Obtidas 4. Porquê IDI? 5. Objectivo

Leia mais

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA

RELATÓRIO DE AUDITORIA Entidade Auditada: BIBLIOTECA MUNICIPAL SANTA MARIA DA FEIRA Tipo de Auditoria: Auditoria Interna Data da Auditoria: 09.12.2014 Duração: 1 dia Locais Auditados: Av. Dr. Belchior Cardoso da Costa / 4520-606

Leia mais

Regulamento de Funcionamento da Formação

Regulamento de Funcionamento da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação Índice 1. Caracterização e Identificação da Entidade... 3 2. Certificação entidade formadora... 3 3. Acreditação Entidade Formadora... 3 4. Certificação ISO 9001...

Leia mais

A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes

A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes A satisfação e o desempenho dos recursos humanos em qualquer organização estão directamente relacionados entre

Leia mais

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança)

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) 1 - Apresentação Grau Académico: Mestre Duração do curso: : 2 anos lectivos/ 4 semestres Número de créditos, segundo o Sistema

Leia mais

Catálogo da Formação 1/15

Catálogo da Formação 1/15 2014 Catálogo da Formação BioConnection-Consultoria e Formação, Lda. Edifício CiDEB-Escola Superior de Biotecnologia Rua Dr. António Bernardino de Almeida- 4200-072 Porto Contactos: geral@bioconnection.pt

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

Certificar para Ganhar o Futuro Braga, 3 de Maio 2007 José Leitão CEO APCER

Certificar para Ganhar o Futuro Braga, 3 de Maio 2007 José Leitão CEO APCER Certificar para Ganhar o Futuro Braga, 3 de Maio 2007 José Leitão CEO APCER www.apcer.pt AGENDA APCER: Quem Somos Porquê Certificar para Ganhar o Futuro? Campanha Nacional Objectivos Minho como Mercado

Leia mais

Certificar para Ganhar o Futuro Leiria, 17 de Maio 2007 José Leitão CEO APCER

Certificar para Ganhar o Futuro Leiria, 17 de Maio 2007 José Leitão CEO APCER Certificar para Ganhar o Futuro Leiria, 17 de Maio 2007 José Leitão CEO APCER www.apcer.pt AGENDA APCER: Quem Somos Porquê Certificar para Ganhar o Futuro? Campanha Nacional Objectivos Região Centro como

Leia mais

ISPA Instituto Universitário

ISPA Instituto Universitário ISPA Instituto Universitário Marketing na Saúde Uma ferramenta para todos os profissionais de saúde. "Está na altura de dominar melhor o mercado" 18 e 25 de Outubro 2014, ISPA (12 horas intensivas) Destinatários

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição

PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição O ISAG Instituto Superior de Administração e Gestão é um estabelecimento de ensino superior privado, fundado em 1979,

Leia mais

Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar. [Sistema de Gestão da Qualidade]

Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar. [Sistema de Gestão da Qualidade] Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar [Sistema de Gestão da Qualidade] Relatório da Auditoria 12 de junho de 2015 1 1. INTRODUÇÃO, ÂMBITO E OBJETIVO DA AUDITORIA A Auditoria realizada ao Sistema de

Leia mais

PLANO DE TRANSIÇÃO OHSAS 18001:2007

PLANO DE TRANSIÇÃO OHSAS 18001:2007 PLANO DE TRANSIÇÃO OHSAS Agenda 1. Processo de normalização no âmbito da SST; 2. Ponto de situação da revisão da norma NP4397; 3. Plano de Transição APCER OHSAS. 1. Processo de normalização no âmbito da

Leia mais

Lean Management na Indústria Alimentar

Lean Management na Indústria Alimentar Lean Management na Indústria Alimentar de 1.) Introdução O atual desafio colocado às empresas para a sua sobrevivência, demonstra que só aquelas que são ágeis e magras são competitivas nos mercados exigentes

Leia mais

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições.

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições. Sob a direcção do Doutor José Nunes Maia, Professor Aposentado do ISCTE Lisboa, a MoreData pretende dar início à 1ª edição do Curso Básico de Gestão (CBG) destinado a chefias intermédias e do Curso de

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE COORDENAÇÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO: Prof.ª Doutora Florbela Correia Mestre/Especialista José Carlos Sá PLANO Listagem das Unidades Curriculares CONTROLO ESTATÍSTICO DO PROCESSO...

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Ana Francisco Gestora de Cliente Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada Princípios da Qualidade

Leia mais

Indice. Prefácio... 15. CAPÍTULO 1 - Introdução à gestão da qualidade

Indice. Prefácio... 15. CAPÍTULO 1 - Introdução à gestão da qualidade " Indice Prefácio........................... 15 CAPÍTULO 1 - Introdução à gestão da qualidade 1. Introdução.... 2. Conceitos da qualidade. 3. Origem dos principais problemas da qualidade 4. Alguns dos

Leia mais

Material para os Discentes da Universidade da Madeira. NP EN ISO 9000, 9001 e 9004. Elaborado em 2005 por. Herlander Mata-Lima

Material para os Discentes da Universidade da Madeira. NP EN ISO 9000, 9001 e 9004. Elaborado em 2005 por. Herlander Mata-Lima Material para os Discentes da Universidade da Madeira NP EN ISO 9000, 9001 e 9004 Elaborado em 2005 por Herlander Mata-Lima 1 NORMAS ISO 9000 As normas ISO 9000 servem de base para as organizações, independentemente

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Andreia Martins Gestora de Cliente andreia.martins@apcer.pt Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada

Leia mais

Balanced Scorecard e a

Balanced Scorecard e a Sessões de Trabalho Balanced Scorecard e a Execução Estratégica Programa de 3 dias de Treino Inscrições até 31/Março = 375 + IVA Inscrições até 11/Abril = 750 + IVA Local: Armazém SYV (em Lisboa, na Junqueira)

Leia mais

Curso Requisitos da ISO 14001 - Introdução à Implementação da Norma

Curso Requisitos da ISO 14001 - Introdução à Implementação da Norma Curso Requisitos da ISO 14001 - Introdução à Implementação da Norma Referencial do Curso Objectivos Objectivos Gerais Dar a conhecer os requisitos da ISO 14001 e metodologias de resposta aos mesmos. Objectivos

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade (Isento IVA) Qualidade Norma ISO 9001 Qualidade (nova versão ) Gestores da Qualidade 7 outubro Formar acerca do conteúdo da Norma de referência ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade: requisitos Conhecer

Leia mais

15 de Junho a 7 de Julho Lisboa MOTIVAÇÃO Conhecer a informação que utilizamos diariamente, os seus processos de gestão e procedimentos directamente com ela associados, constituem formas de melhor compreendermos

Leia mais

Manual de Gestão da Qualidade

Manual de Gestão da Qualidade Manual de Gestão da Qualidade A Índice A Índice... 2 B Manual da Qualidade... 3 C A nossa Organização... 4 1 Identificação... 4 2 O que somos e o que fazemos... 4 3 Como nos organizamos internamente -

Leia mais

Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação. Qualidade e Certificação

Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação. Qualidade e Certificação Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação Qualidade e Certificação 27 de Outubro de 2007 Gabriela Lopes Direcção de Certificação e de Auditores www.apcer.pt Agenda O que é a certificação?

Leia mais

A Distribuição Moderna no Sec. XXI 28 Março 2011. Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria

A Distribuição Moderna no Sec. XXI 28 Março 2011. Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria PROGRAMA Qualidade Produto Marca Própria - Distribuição Princípios da Qualidade/ ISO 9001 Certificação/Processo de Certificação

Leia mais

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente 1. Perfil Profissional Edital de abertura de concurso Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente O/A Técnico/a Especialista em Gestão da Qualidade e do Ambiente é o/a

Leia mais

Empenhamo-nos no que fazemos e fazemos bem

Empenhamo-nos no que fazemos e fazemos bem Empenhamo-nos no que fazemos e fazemos bem Localização: Amadora, Venda Nova, Rua Henrique de Paiva Couceiro (Sede), (onde se encontra o CNO) Colaboradores : Total: Funcionários: 84 Formadores: 58 CNO:

Leia mais

GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO

GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Está preparado para a gestão de recursos humanos na era da globalização? Desenvolver conhecimentos que permitam melhorar a gestão dos recursos humanos

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Carolina Nogueira Gestora de Cliente carolina.nogueira@apcer.pt Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação

Leia mais

Índice resumido do DVD Ferramentas para a Gestão Ambiental

Índice resumido do DVD Ferramentas para a Gestão Ambiental Conteúdos Complementares ao Manual 1 Gestão do Ciclo de Vida do Produto 1.1 A Perspectiva do Ciclo de Vida nas Organizações 1.2 Avaliação do Ciclo de Vida 1.2.1 Introdução 1.2.2 Avaliação Qualitativa 1.2.3

Leia mais

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Parceria entre a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTSC) www.estescoimbra.pt e o CTCV www.ctcv.pt Nota Prévia

Leia mais

REQUISITOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO

REQUISITOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO Guia Agenda 21 Local REQUISITOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO Isabel Lico Divisão de Desempenho e Qualificação Ambiental ESTORIL 23 de Setembro de 2009 A Proposta... REQUISITOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO Apoiar a preparação

Leia mais

Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques

Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos...

Leia mais

Workshop: Controlo Metrológico de Produtos Pré-embalados (4 horas)

Workshop: Controlo Metrológico de Produtos Pré-embalados (4 horas) Workshop: Controlo Metrológico de Produtos Pré-embalados (4 horas) Edifício Nerlei - Associação Empresarial da Região de Leiria 14 Março 2014 14H 18H Formadora: Cristina Barros ESTE WORKSHOP DESTINA-SE

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Objectivos do Curso. No final deste os alunos deverão: Identificar os principais objectivos associados à implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade (SGQ) Compreender

Leia mais

Neste contexto, o IDIT vai intervir em 31 empresas localizadas no Norte de Portugal, e 28 empresas localizadas na Região Centro.

Neste contexto, o IDIT vai intervir em 31 empresas localizadas no Norte de Portugal, e 28 empresas localizadas na Região Centro. NEWSLETTER 1 O IDIT O IDIT Instituto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica é uma associação privada de utilidade pública, sem fins lucrativos, cujo objectivo primordial é contribuir para a modernização

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

Gestão da Qualidade. Identificação e Quantificação de Indicadores de Desempenho nos SGQ. 09-12-2009 11:12 Natacha Pereira & Sibila Costa 1

Gestão da Qualidade. Identificação e Quantificação de Indicadores de Desempenho nos SGQ. 09-12-2009 11:12 Natacha Pereira & Sibila Costa 1 Gestão da Qualidade Identificação e Quantificação de Indicadores de Desempenho nos SGQ 09-12-2009 11:12 Natacha Pereira & Sibila Costa 1 Indicador de Desempenho definição Um Indicador de Desempenho é uma

Leia mais

Escola de Condução Colinas do Cruzeiro

Escola de Condução Colinas do Cruzeiro Escola de Condução Colinas do Cruzeiro MANUAL DA QUALIDADE Índice 1. Índice 1. Índice 2 2. Promulgação do Manual da Qualidade 3 3. Apresentação da Empresa 4 3.1 Identificação da Empresa 4 3.2 Descrição

Leia mais

Qualidade e modernização Administrativa - Ensino Valor I Pessoas, Consultoria Empresarial, Lda. Rigor nos compromissos. Excelência nos processos.

Qualidade e modernização Administrativa - Ensino Valor I Pessoas, Consultoria Empresarial, Lda. Rigor nos compromissos. Excelência nos processos. Qualidade e modernização Administrativa - Ensino Valor I Pessoas, Consultoria Empresarial, Lda Rigor nos compromissos. Excelência nos processos. Qualidade e modernização Administrativa - Ensino Actualmente,

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

Workshop em Balanced Scorecard Programa de formação

Workshop em Balanced Scorecard Programa de formação Workshop em Balanced Scorecard Programa de formação Índice Apresentação... 3 Designação do curso... 3 Enquadramento do curso de formação... 3 Duração do curso... 3 Público-alvo do curso... 3 Objectivos

Leia mais

ISO 22000 SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

ISO 22000 SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR ISO 22000 SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR INTRODUÇÃO Os sistemas de segurança alimentar devem ser desenhados de forma a controlar o processo de produção e basearem-se em princípios e conceitos

Leia mais

Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais. Procedimentos

Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais. Procedimentos Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais EQUASS Assurance Procedimentos 2008 - European Quality in Social Services (EQUASS) Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução total ou parcial

Leia mais

Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens da certificação.

Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens da certificação. Objectivos Gerais Definir o que é a Qualidade; Determinar a evolução da qualidade. Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS: Num mundo em constante aceleração económica, tecnológica e de produção de grandes quantidades de conhecimento,

Leia mais

MBA Master Business Administration

MBA Master Business Administration MBA Master Business Administration Objectivos O Master pretende complementar os conhecimentos teóricos e práticos de gestão em geral, proporcionando informação sobre as técnicas de gestão e de apoio à

Leia mais

Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho. Patrícia Serra

Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho. Patrícia Serra Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho Patrícia Serra 1 Objetivos das Auditorias ao SGSST Verificar se o SG cumpre eficazmente a política, os objetivos e metas definidos pela organização

Leia mais

Referencial técnico-pedagógico da intervenção

Referencial técnico-pedagógico da intervenção Referencial técnico-pedagógico da intervenção De seguida explicitamos os referenciais técnico-pedagógicos das fases do MOVE-PME que carecem de uma sistematização constituindo factores de diferenciação

Leia mais

Qualidade no Terceiro Sector A Importância da Certificação. 06 de Março de 2010 Hotel Fátima. Orador: Local e Data:

Qualidade no Terceiro Sector A Importância da Certificação. 06 de Março de 2010 Hotel Fátima. Orador: Local e Data: Qualidade no Terceiro Sector A Importância da Certificação 06 de Março de 2010 Hotel Fátima AGENDA I. Enquadramento da actividade da APCER II. III. Modelos de Avaliação da Qualidade das Respostas Sociais

Leia mais

GESTÃO E CAPACITAÇÃO MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL CENTRO DE FORMAÇÃO. a nossa missão é a sua formação

GESTÃO E CAPACITAÇÃO MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL CENTRO DE FORMAÇÃO. a nossa missão é a sua formação GESTÃO E CAPACITAÇÃO AÇÃO ORGANIZACIONAL MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL a nossa missão é a sua formação CENTRO DE FORMAÇÃO COIMBRA BISSAYA BARRETO 17-06-2015 DURAÇÃO

Leia mais

Assumir funções para gerir com excelência Investir

Assumir funções para gerir com excelência Investir Assumir funções para gerir com excelência Investir de 1.) Introdução Conseguir que o Executivo domine os seus pontos fracos e reforce os seus pontos fortes / trunfos no desenvolvimento da Empresa proporcionando

Leia mais

Bureau Veritas Certification. Responsabilidade Social, a Internacionalização e a Gestão do Risco

Bureau Veritas Certification. Responsabilidade Social, a Internacionalização e a Gestão do Risco Bureau Veritas Certification Responsabilidade Social, a Internacionalização e a Gestão do Risco Responsabilidade Social, a Internacionalização e a Gestão do Risco A introdução da gestão do risco na ISO

Leia mais

Certificação de Sistemas de Gestão. ACIF_SGS Funchal, 4 de Junho de 2008

Certificação de Sistemas de Gestão. ACIF_SGS Funchal, 4 de Junho de 2008 Certificação de Sistemas de Gestão ACIF_SGS Funchal, 4 de Junho de 2008 Sumário 1. Certificação de Sistemas de Gestão Qualidade (ISO 9001:2000); 2. Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental (ISO 14001:2004);

Leia mais

A Acreditação como Requisito num Laboratório de Referência

A Acreditação como Requisito num Laboratório de Referência A Acreditação como Requisito num Laboratório de Referência Departamento Saúde Ambiental Natália Faria; Teresa Anacleto Dia do INSA 29-09-2009 ACREDITAÇÃO DE LABORATÓRIOS (NP EN ISO/IEC 17025:2005) Requisitos

Leia mais

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 LUANDA PROGRAMA AVANÇADO PARA DECISORES CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 2.ª EDIÇÃO Inscrições e mais informações em: www.ambienteonline.pt/luanda-concursos-internacionais-2015

Leia mais

Procedimento de Gestão PG 01 Gestão do SGQ

Procedimento de Gestão PG 01 Gestão do SGQ Índice 1.0. Objectivo. 2 2.0. Campo de aplicação... 2 3.0. Referências e definições....... 2 4.0. Responsabilidades... 3 5.0. Procedimento... 4 5.1. Política da Qualidade 4 5.2. Processos de gestão do

Leia mais

NP EN ISO 9001:2008. Porto

NP EN ISO 9001:2008. Porto Apresentação baseada na: 1. Experiência Certificação de SGQ ISO 9001 na APPACDM no ; 2. Formação realizada no âmbito do projecto Solidariedade, Mudar com Qualidade ; 3. Implementação de Modelos de Avaliação

Leia mais

Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios

Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios Qualidade e Sustentabilidade das Organizações Sociais Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios Instituto da Segurança Social, I.P. Gabinete de Qualidade e Auditoria 17 de

Leia mais

Sistemas de Gestão de Energia

Sistemas de Gestão de Energia Gestão de Energia e Eficiência Energética nas Empresas Sistemas de Gestão de Energia 25 de Janeiro de 2013 Sistemas de Gestão de Energia Agenda: Gestão de Energia, porquê? Objetivos dos Sistemas de Gestão

Leia mais

NUM LABORATÓRIO DE CITOMETRIA DE FLUXO. Maria João Acosta 2009

NUM LABORATÓRIO DE CITOMETRIA DE FLUXO. Maria João Acosta 2009 NUM LABORATÓRIO DE CITOMETRIA DE FLUXO Maria João Acosta 2009 O que é um SGQ? É uma estrutura organizacional, com políticas, recursos, processos e procedimentos definidos que visam alcançar um determinado

Leia mais

Certificação de Sistemas de Gestão. ACIB Associação Comercial e Industrial de Barcelos Barcelos, 29 de Novembro de 2010

Certificação de Sistemas de Gestão. ACIB Associação Comercial e Industrial de Barcelos Barcelos, 29 de Novembro de 2010 Certificação de Sistemas de Gestão ACIB Associação Comercial e Industrial de Barcelos Barcelos, 29 de Novembro de 2010 Sumário 1. Certificação de Sistemas de Gestão Qualidade (ISO 9001:2008); 2. Certificação

Leia mais

O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE?

O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE? 1 O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE? A globalização dos mercados torna cada vez mais evidente as questões da qualidade. De facto a maioria dos nossos parceiros económicos não admite a não qualidade.

Leia mais

Na sua experiência profissional, salienta-se uma longa lista de obras realizadas, entre as quais:

Na sua experiência profissional, salienta-se uma longa lista de obras realizadas, entre as quais: 1. A EMPRESA retende-se com o presente capítulo efectuar a apresentação da Tomás de Oliveira, do seu compromisso em relação à qualidade e da organização que disponibiliza para alcançar esse objectivo.

Leia mais

FORMAÇÃO BPM BUSINESS PROCESS MANAGMENT (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP. V5 Mai 13

FORMAÇÃO BPM BUSINESS PROCESS MANAGMENT (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP. V5 Mai 13 FORMAÇÃO BPM BUSINESS PROCESS MANAGMENT (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP V5 Mai 13 CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL A Associação Internacional de Profissionais

Leia mais