A Física na Idade Moderna

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Física na Idade Moderna"

Transcrição

1 A Física na Idade Moderna Mecânica Leonardo da Vinci a Isaac Newton

2 Leonardo da Vinci Nascimento 25 de abril de 1452 Anchiano, Itália Falecimento 2 de maio de 1519 (67 anos) Amboise, França Nacionalidade Italiano Ocupação pintor, escultor, arquiteto, engenheiro, matemático, fisiólogo, químico, botânico, geólogo, cartógrafo, físico, mecânico, escritor, poeta e músico (http://pt.wikipedia.org/wiki/leonardo_da_vinci)

3 Leonardo da Vinci Já fiz planos de pontes muito leves (...), sou capaz de desviar a água dos fossos de um castelo cercado (...). Conheço meios de destruir seja que castelo for (...). Sei construir (...) galerias e passagens sinuosas que se podem escavar sem ruído nenhum (...).

4 Leonardo da Vinci Com essas arrogantes palavras, Leonardo da Vinci, em 1487, solicitou emprego a Ludovico, o Mouro ( ), da poderosa família dos Sforza de Milão. Da Vinci não é exceção: os artistas renascentistas, que se pretendem universais, são também engenheiros e técnicos, em busca da fama, ostentam sua capacidade inventiva.

5 Leonardo da Vinci Leonardo da Vinci esboçou máquinas voadoras em que as asas eram propulsionadas pela força humana.

6 Leonardo da Vinci Da Vinci realizou vários estudos de anatomia buscando as proporções entre as parte do corpo humano, que é o modelo do mundo.

7

8 Nicolau Copérnico Nasceu em 1473, na cidade polonesa de Torun. Estudou em Cracóvia e depois em Bolonha, que na época eram as duas únicas cidades cujas universidades mantinham a cátedra de matemática. Nomeado cónego, passou a residir em Frauenburg (União Soviética), onde morrera em 1543; Neste mesmo ano foi publicada sua principal obra, Sobre as Revoluções das Órbitas Celestes, que sistematiza o heliocentrismo.

9 Nicolau Copérnico Copérnico, num retrato do século XVI, e, ao seu lado, alguns instrumentos astronômicos utilizados na Universidade de Cracóvia, na Polônia, onde ele realizou seus estudos.

10 Nicolau Copérnico Modelo heliocênctrico de Copérnico segundo a ilustração de Harmonia Macrocósmica, de 1661, um atlas com 29 lâminas, editado por Andreas Cellari em Amsterdam.

11

12 Francis Bacon ( ) Iniciador do empirismo e considerado o fundador da Ciência Moderna.

13 Francis Bacon ( ) Novum organum scientiarum in Instauratio magna scientiarum

14 Francis Bacon ( ) Novum organum scientiarum in Instauratio magna scientiarum

15

16 Galileu Galilei Nasceu em 1564, primogênito de numerosa família, na cidade italiana de Pisa. Estudou medicina que logo abandonaria para estudar matemática. Em 1589 ocupou a cátedra dessa disciplina na univerdidade de sua cidade, e a partir de 1591 na de Pádua.

17 Galileu Galilei (a negação) Eu Galileu Galilei (...) florentino de setenta anos de idade, (...) acusado e veementemente suspeito de heresia, isto é, de haver sustentado e acreditado que o Sol está no centro do mundo e imóvel, e que a Terra não está no centro mas se move; (...) abjuro, amaldiçôo e detesto os citados erros e heresias, (...) e juro que no futuro nunca mais direi nem afirmarei, verbalmente nem por escrito, nada que proporcione motivo para tal suspeita a meu respeito.

18 Galileu Galilei

19 Galileu Galilei

20 Galileu Galilei Definição de Movimento: deslocamento de uma coisa em relação a outra

21 Galileu Galilei

22 Galileu Galilei

23 Galileu Galilei

24

25

26

27

28

29 Isaac Newton Nasceu em 1643 (ano da morte de Galileu) em Woolsthorpe, Lincolnshire, Inglaterra. Newton veio de uma família de agricultores, mas seu pai morreu antes de seu nascimento. Ele foi criado por sua avó. Um tio o enviou para o Trinity College, Cambridge, em junho de 1661.

30 Isaac Newton

31 Isaac Newton O objetivo inicial de Newton em Cambridge era o direito. Em Cambridge ele estudou: a filosofia de Aristóteles (384aC-322ac), Descartes (René Descartes, ), Gassendi (Pierre Gassendi, ), e Boyle (Robert Boyle, ), a nova álgebra e geometria analítica de Viète (François Viète ), Descartes, e Wallis (John Wallis, ); a mecânica da astronomia de Copérnico e Galileu, e a ótica de Kepler o atraíram.

32 Isaac Newton Seu gênio científico despertou quando uma epidemia de peste fechou a Universidade no verão de 1665, e ele retornou a Lincolnshire. Lá, em um período de menos de dois anos, Newton que ainda não tinha completado 25 anos, iniciou a revolução da matemática, óptica, física e astronomia.

O Renascimento foi um importante movimento de ordem artística, cultural e científica que se deflagrou na passagem da Idade Média para a Moderna.

O Renascimento foi um importante movimento de ordem artística, cultural e científica que se deflagrou na passagem da Idade Média para a Moderna. O Renascimento foi um importante movimento de ordem artística, cultural e científica que se deflagrou na passagem da Idade Média para a Moderna. Os seus elementos principais foram a redescoberta da arte

Leia mais

Leonardo da Vinci. Auto-retrato de Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci. Auto-retrato de Leonardo da Vinci Leonardo da Vinci Auto-retrato de Leonardo da Vinci Introdução Leonardo da Vinci, artista renascentista italiano, nasceu em 15/04/1452. Existem algumas dúvidas sobre a cidade de seu nascimento: para alguns

Leia mais

A VISÃO MITOLÓGICA DO MUNDO

A VISÃO MITOLÓGICA DO MUNDO Antiguidade A VISÃO MITOLÓGICA DO MUNDO Os mitos representam a primeira e real aproximação da racionalidade, importante para a instalação do pensamento filosófico e científico. Explicaçõe para o funcionamento

Leia mais

Leonardo Da Vinci. Prof. Adriano Portela

Leonardo Da Vinci. Prof. Adriano Portela Leonardo Da Vinci Prof. Adriano Portela Da Vinci Um dos mais completos artistas renascentistas, Leonardo da Vinci nasceu no dia 15 de abril de 1452, muito provavelmente em uma cidade próxima a Vinci, Anchiano,

Leia mais

07 e 08 06/10/2011 Sumário

07 e 08 06/10/2011 Sumário Sumário Correção do TPC. Conclusões da atividade experimental da lição anterior. Como se tornou possível o conhecimento do Universo? Modelos de organização do Universo: Teoria Geocêntrica e Teoria Heliocêntrica.

Leia mais

Renascimento Cultural

Renascimento Cultural Renascimento Cultural Séculos XIV ao XVII Prof. Dieikson de Carvalho Renascimento Cultural Contexto histórico Transição da Idade Média para Idade Moderna. Século XIV ao XVII. Resultado do Renascimento

Leia mais

Biografia de Isaac Newton

Biografia de Isaac Newton Isaac Newton nasceu no dia 4 de Janeiro do ano de 1643, na mansão de Woolsthorpe, perto de Grantham em Lincolnshire. Oriundo de uma família de fazendeiros, nasceu órfão, seu pai tinha morrido três meses

Leia mais

O Renascimento Cultural

O Renascimento Cultural O Renascimento Cultural Antecedentes Renascimento comercial e urbano; Ascensão social da burguesia (lucro e sucesso individual) Mecenato; Expansão Marítima e Comercial; Novas descobertas científicas; Conquista

Leia mais

História. Cultura Renascentista

História. Cultura Renascentista Cultura Renascentista Índice Clique sobre tema desejado: Origem e conceito Origem e conceito Origem Itália Crise feudal (séc. XIV-XVI) Florença Centro do renascimento Conceito Movimento de renovação cultural,

Leia mais

Educação Matemática. Prof. Andréa Cardoso 2013/2

Educação Matemática. Prof. Andréa Cardoso 2013/2 Educação Matemática Prof. Andréa Cardoso 2013/2 UNIDADE I Educação Matemática e Ensino Vozes isoladas alertam sobre os perigos da neglicência aos conhecimentos matemáticos. Fala do franciscano Roger Bacon

Leia mais

5ª. Apostila de Filosofia FILOSOFIA MODERNA

5ª. Apostila de Filosofia FILOSOFIA MODERNA 1 5ª. Apostila de Filosofia FILOSOFIA MODERNA A História da Filosofia A História da Filosofia não é apenas um relato histórico, mas as transformações do pensamento humano ocidental, ou seja, o percurso

Leia mais

TÁCIUS FERNANDES PROFESSOR. Itália berço do Renascimento

TÁCIUS FERNANDES PROFESSOR. Itália berço do Renascimento RENASCIMENTO CULTURAL XIV e XVI TÁCIUS FERNANDES PROFESSOR Itália berço do Renascimento Renascimento Antropocentrismo Racionalismo Humanismo e individualismo Em oposição à cultura feudal, o Renascimento

Leia mais

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa.

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Habilidade: Identificar os elementos que caracterizaram as transformações sociais e científicas na Europa

Leia mais

Renascimento. Prof. Adriano Portela

Renascimento. Prof. Adriano Portela Renascimento Prof. Adriano Portela O que é o Renascimento? Dados Início: século 14 Local: Península Itálica Se estendeu até o século 17 por toda Europa. Artistas, escritores e pensadores exprimiam em suas

Leia mais

TADI: Tratamento e análise de dados e informações Prof. Marcelo Lauretto de Sousa. Elizabete D. Sano N-USP: 8093872

TADI: Tratamento e análise de dados e informações Prof. Marcelo Lauretto de Sousa. Elizabete D. Sano N-USP: 8093872 TADI: Tratamento e análise de dados e informações Prof. Marcelo Lauretto de Sousa Elizabete D. Sano N-USP: 8093872 Vida do Descartes René Descartes nasceu em La Haye, frança, dia 31 de março de 1596.

Leia mais

Diferentes padrões para uma mesma medida.

Diferentes padrões para uma mesma medida. Diferentes padrões para uma mesma medida. Antes de iniciarmos o assunto desta atividade, veremos como se deu a evolução das medidas utilizadas pelo homem e depois trataremos das proporções do Homem Vitruviano.

Leia mais

Entrevista a Galileu Galilei

Entrevista a Galileu Galilei Escola Secundária Emidio Navarro 2009/2010 Disciplina: Físico-Quimica Entrevista a Galileu Galilei Trabalho realizado por: Cristiana Monteiro nº5 Francisco Pinto nº9 11ºCT2 Entrevista a Galileu Galilei

Leia mais

RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira

RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira Definição: Movimento científico e científico ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna. Fatores: A expansão marítima e o renascimento

Leia mais

Isaac Newton Raimundo A.P de Oliveira (pet-fisíca ufpb)

Isaac Newton Raimundo A.P de Oliveira (pet-fisíca ufpb) Isaac Newton Raimundo A.P de Oliveira (pet-fisíca ufpb) João Pessoa, Abril de 2009. Sumário Notas sobre as datas...03 A cronologia da vida de Newton...03 Introdução...04 Sua infância...04 Newton chega

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. Ano: 7º Turma: 7.1

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. Ano: 7º Turma: 7.1 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: HISTORIA Professor (a): RODRIGO CUNHA Ano: 7º Turma: 7.1 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Níve v l e 4 Prof. Alex Samyr

Níve v l e 4 Prof. Alex Samyr Nível 4 Prof. Alex Samyr - Origem e desenvolvimento - Origem do universo - Teoria do Big-Bang É a mais antiga das ciências (desde os pré-históricos) Desde a antiguidade o céu é usado como: MAPA, RELÓGIO

Leia mais

RENASCIMENTO. História da Ciência. Prof. Carlos Alexandre Wuensche

RENASCIMENTO. História da Ciência. Prof. Carlos Alexandre Wuensche RENASCIMENTO História da Ciência Prof. Carlos Alexandre Wuensche 1 Humanismo Modificação da forma de encarar a ciência Novas técnicas de investigação Uso da chamada Metodologia Científica Raízes ainda

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL 9 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP FINALIDADE: Estudar dois movimentos ocorridos na Europa no início dos tempos

Leia mais

Introdução à Astrofísica. As Leis de Kepler. eclipse.txt. Rogemar A. Riffel

Introdução à Astrofísica. As Leis de Kepler. eclipse.txt. Rogemar A. Riffel Introdução à Astrofísica As Leis de Kepler Rogemar A. Riffel Teoria heliocêntrica A Teoria Heliocêntrica conseguiu dar explicações mais simples e naturais para os fenômenos observados Movimento retrógrado

Leia mais

Leonardo da Vinci. A vida. Ir para: navegação, pesquisa. Retrato de Leonardo da Vinci (artista desconhecido)

Leonardo da Vinci. A vida. Ir para: navegação, pesquisa. Retrato de Leonardo da Vinci (artista desconhecido) Leonardo da Vinci Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação, pesquisa Retrato de Leonardo da Vinci (artista desconhecido) Leonardo da Vinci (15 de Abril de 1452-2 de Maio de 1519) nasceu

Leia mais

Aula 2 Órbitas e Gravidade. Alex C. Carciofi

Aula 2 Órbitas e Gravidade. Alex C. Carciofi Aula 2 Órbitas e Gravidade. Alex C. Carciofi Geocentrismo: um modelo amplamente aceito A Terra parece firme e estável. As estrelas parecem descrever circunferências no céu, em torno dos pólos celestes.

Leia mais

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010 CAPÍTULO 7 ÓRBITA DOS PLANETAS. LEIS DE KEPLER E DE NEWTON. Movimento dos Planetas. O Modelo Geocêntrico. O Modelo Heliocêntrico. Leis de Kepler. Isaac Newton e Suas Leis. Recapitulando as aulas anteriores:

Leia mais

O RENASCIMENTO (séc. XV XVI) E A RELEITURA DO MUNDO NATURAL

O RENASCIMENTO (séc. XV XVI) E A RELEITURA DO MUNDO NATURAL Marcos e características O RENASCIMENTO (séc. XV XVI) E A RELEITURA DO MUNDO NATURAL Idade Média: De 395 /476 (divisão do Império Romano / substituição do imperador Rômulo Augústulo por um rei bárbaro

Leia mais

CINCO SEMANAS EM UM BALÃO. Inspirado na Obra de Júlio Verne

CINCO SEMANAS EM UM BALÃO. Inspirado na Obra de Júlio Verne CINCO SEMANAS EM UM BALÃO Inspirado na Obra de Júlio Verne Um Visionário JÚLIO VERNE, um dos mais fantásticos escritores de aventuras de todos os tempos, conhecido como o pai da ficção científica, antecipou

Leia mais

Renascimento. Renascimento 05/09/2012 DEFINIÇÃO: uma nova visão de mundo FATORES GERADORES

Renascimento. Renascimento 05/09/2012 DEFINIÇÃO: uma nova visão de mundo FATORES GERADORES DEFINIÇÃO: uma nova visão de mundo movimento artístico-cultural, ocorrido na Europa Ocidental entre os séculos XV e XVI; manifestações artístico-intelectuaiscientíficas : transição da Idade Média para

Leia mais

Na cauda do cometa. Série Matemática na Escola. Objetivos 1. Motivar o estudo das cônicas para a astronomia;

Na cauda do cometa. Série Matemática na Escola. Objetivos 1. Motivar o estudo das cônicas para a astronomia; Na cauda do cometa Série Matemática na Escola Objetivos 1. Motivar o estudo das cônicas para a astronomia; Na cauda do cometa Série Matemática na Escola Conteúdos Geometria analítica, cônicas, elipse,

Leia mais

A universidade antiga (medieval) tinha duas funções características:

A universidade antiga (medieval) tinha duas funções características: 14. HISTÓRIA DAS UNIVERSIDADES Um universitário de hoje talvez imagine que a ciência sempre foi parte integrante dessas instituições, mas a ciência chega relativamente tarde à comunidade universitária,

Leia mais

Introdução ao Estudo dos Fenômenos Físicos

Introdução ao Estudo dos Fenômenos Físicos Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Introdução ao Estudo dos Fenômenos Físicos Aula 09 Leis de Newton e gravitação As três leis de Newton. Histórico.

Leia mais

COLÉGIO COOPEMIG. Disciplina: História TRABALHO EM GRUPO Valor: 04 Pontos Turma: 101 Professor: Edley Reis de Oliveira Data: 20/02/2014

COLÉGIO COOPEMIG. Disciplina: História TRABALHO EM GRUPO Valor: 04 Pontos Turma: 101 Professor: Edley Reis de Oliveira Data: 20/02/2014 COLÉGIO COOPEMIG Disciplina: História TRABALHO EM GRUPO Valor: 04 Pontos Turma: 101 Professor: Edley Reis de Oliveira Data: 20/02/2014 ROTEIRO DE ANÁLISE DO DOCUMENTÁRIO O MUNDO DE DA VINCI ETAPAS DO TRABALHO:

Leia mais

uma divisão da História da Química

uma divisão da História da Química 1. Introdução: Conceitos e cálculos fundamentais 1 uma divisão da História da Química 1. Protoquímica desde a descoberta do fogo até o início da era cristã 2. Alquimia ~ entre o início da era cristã até

Leia mais

Apostila de Física 28 Gravitação Universal

Apostila de Física 28 Gravitação Universal Apostila de Física 28 Gravitação Universal 1.0 História Astrônomo grego Cláudio Ptolomeu (87-150): Sistema planetário geocêntrico A Terra é o centro do universo. A Lua e o Sol descreveriam órbitas circulares

Leia mais

RENASCIMENTO CULTURAL PROFESSOR JR. SOARES

RENASCIMENTO CULTURAL PROFESSOR JR. SOARES RENASCIMENTO CULTURAL PROFESSOR JR. SOARES RENASCIMENTO Definição: movimento cultural e artístico que rompeu com o padrão de pensamento vigente no mundo medieval, introduzindo a cultura laica (não religiosa);

Leia mais

UM BREVE HISTÓRICO DO CONCEITO DE FUNÇÃO

UM BREVE HISTÓRICO DO CONCEITO DE FUNÇÃO UM BREVE HISTÓRICO DO CONCEITO DE FUNÇÃO Leila Botelho SEE-RJ leilabotelho@hotmail.com Wanderley Rezende Instituto de Matemática Universidade Federal Fluminense wmrezende@superig.com.br Caderno Dá-Licença

Leia mais

dóxa e epistéme. sensível e inteligível. fé e razaão.

dóxa e epistéme. sensível e inteligível. fé e razaão. dóxa e epistéme. sensível e inteligível. fé e razaão. Senso comum... aranha caranguejeira ou aranha-marrom? Epistemologia Moderna e Contemporânea EPISTEMOLOGIA investiga o conhecimento. limites. possibilidades.

Leia mais

Objetos projetados por Leonardo Da Vinci para ser usados em guerras e, a maioria, serviria de inspiração mais tarde para nossos objetos atuais de

Objetos projetados por Leonardo Da Vinci para ser usados em guerras e, a maioria, serviria de inspiração mais tarde para nossos objetos atuais de A arte da guerra Biografia O grande Leonardo da Vinci, talvez o maior artista do Renascimento, era um personagem exercia atividade em várias áreas: pintor, arquiteto, cientista, matemático, poeta, músico

Leia mais

Itália berço do Renascimento

Itália berço do Renascimento RENASCIMENTO CULTURAL XIV e XVI Itália berço do Renascimento How does Late Linha Gothic art create do the tempo bridge between Byzantine and Renaissance art? Bizantino Virgin and Child Gótico Virgin and

Leia mais

Os estudos de Leonardo da Vinci e sua ação precursora na ergonomia

Os estudos de Leonardo da Vinci e sua ação precursora na ergonomia Os estudos de Leonardo da Vinci e sua ação precursora na ergonomia Marcos José Alves de Lima Ana Clara Lauar Verena Ferreira Tidei de Lima José Carlos Plácido da Silva Luis Carlos Paschoarelli SciELO Books

Leia mais

A Idade Média e O Renascimento

A Idade Média e O Renascimento Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

Buridan. Teoria do impetus. Astronomia. Astronomia. Jean Buridan (1300-1358) 3 - A Ciência no Renascimento. História e Epistemologia da Física

Buridan. Teoria do impetus. Astronomia. Astronomia. Jean Buridan (1300-1358) 3 - A Ciência no Renascimento. História e Epistemologia da Física 3 - A Ciência no Renascimento Jean Buridan (1300-1358) História e Epistemologia da Física 12-fev-2014 www.fisica-interessante.com 1/84 12-fev-2014 www.fisica-interessante.com 2/84 Buridan sacerdote francês

Leia mais

História da Astronomia

História da Astronomia História da Astronomia Motivações: A necessidade de sobrevivência levou as tribos remanescentes das últimas glaciações a observarem o Sol, a Lua e suas relações com as estações do ano e com a natureza

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA A MENTE DE UM GÊNIO. RODRIGO SANTIAGO Acadêmico do Curso Física- Licenciatura, rsantiago10@hotmail.

INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA A MENTE DE UM GÊNIO. RODRIGO SANTIAGO Acadêmico do Curso Física- Licenciatura, rsantiago10@hotmail. I Mostra de Iniciação Científica I MIC 23 e 24 de setembro de 2011 Instituto Federal Catarinense Campus Concórdia Concórdia SC INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA A MENTE DE UM GÊNIO RODRIGO

Leia mais

O Sistema Solar 11/12/2014. Unidade 2 O SISTEMA SOLAR. 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar

O Sistema Solar 11/12/2014. Unidade 2 O SISTEMA SOLAR. 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar Ciências Físico-químicas - 7º ano de escolaridade Unidade 2 O SISTEMA SOLAR O Sistema Solar 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar 2 1 Competências a desenvolver: Caracterização do

Leia mais

IDADE MODERNA (1453 1789)

IDADE MODERNA (1453 1789) IDADE MODERNA (1453 1789) RENASCIMENTO Definição: movimento cultural e artístico que rompeu com o padrão de pensamento vigente no mundo medieval, introduzindo a cultura laica (não religiosa); Quando: entre

Leia mais

A Matemática divulgada por meio de selos postais

A Matemática divulgada por meio de selos postais Júlio César Penereiro Faculdade de Matemática, PUC-Campinas Brasil jcp@puc-campinas.edu.br Denise Helena Lombardo Ferreira Faculdade de Matemática, PUC-Campinas Brasil lombardo@puc-campinas.edu.br Resumo

Leia mais

Movimento dos Planetas

Movimento dos Planetas Introdução à Astronomia Movimento dos Planetas eclips e.txt Rogério Riffel e-mail: riffel@ufrgs.br http://www.if.ufrgs.br/~riffel Sala: N106 Livro texto: Astronomia e Astrofísica Kepler de Souza Oliveira

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO TEXTO O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização européia que se desenvolveu entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

- Transição da Idade Média para Idade Moderna

- Transição da Idade Média para Idade Moderna Renascimento - Transição da Idade Média para Idade Moderna - Movimento que começou na Itália por volta do século XV devido ao grande desenvolvimento econômico das cidades italianas (Genova, Veneza, Milão,

Leia mais

História - Claudiomar

História - Claudiomar RENASCIMENTO CULTURAL O Renascimento foi um movimento cultural e artístico que rompeu com o padrão de pensamento vigente no mundo medieval, introduzindo a cultura laica. PERÍODO: entre os séculos XIV e

Leia mais

3º bimestre 2009_1ª série Era Moderna XV/XVIII Renascimento Cultural. Cap. 23. Roberson de Oliveira

3º bimestre 2009_1ª série Era Moderna XV/XVIII Renascimento Cultural. Cap. 23. Roberson de Oliveira 3º bimestre 2009_1ª série Era Moderna XV/XVIII Renascimento Cultural. Cap. 23 Condições propiciadoras séculos XIV, XV e XVI 1. A influência árabe: novas tecnologias, cálculo matemático, filosofia aristotélica.

Leia mais

História da arte. Um breve relato - vida e obra 10 artistas que mudaram o mundo

História da arte. Um breve relato - vida e obra 10 artistas que mudaram o mundo História da arte Um breve relato - vida e obra 10 artistas que mudaram o mundo 1.Praxíteles (390?-330 a.c) 2.Giotto (1266/677-1337) 3.Jan Eyck (1390?-1441) 4.Hugo Van Der Goes (1440?-1482) 5.Botticelli

Leia mais

CO 17: UM PASSEIO PELA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COM OS GRANDES GÊNIOS

CO 17: UM PASSEIO PELA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COM OS GRANDES GÊNIOS CO 17: UM PASSEIO PELA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COM OS GRANDES GÊNIOS Elvys Wagner Ferreira da Silva 1 Universidade Federal do Pará elvys.wagner@gmail.com Romulo Everton de Carvalho Moia 2 Universidade Federal

Leia mais

IDADE MODERNA O RENASCIMENTO CULTURAL

IDADE MODERNA O RENASCIMENTO CULTURAL Definição: Movimento cultural, artístico, filosófico, científico que rompeu com o padrão de pensamento vigente no mundo medieval, introduzindo a cultura laica (não religiosa); Quando: séculos XIV e XVI;

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia. Fundamentos de Astronomia e Astrofísica

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia. Fundamentos de Astronomia e Astrofísica UniversidadeFederaldoRioGrandedoSul InstitutodeFísica DepartamentodeAstronomia FundamentosdeAstronomiaeAstrofísica Movimentodosplanetas:LeisdeKepler Prof.RogérioRiffel MovimentodosPlanetas AsleisdeKepler

Leia mais

PARA A CIÊNCIA PARA A TECNOLOGIA PARA A SOCIEDADE

PARA A CIÊNCIA PARA A TECNOLOGIA PARA A SOCIEDADE PARA A CIÊNCIA PARA A TECNOLOGIA PARA A SOCIEDADE Essas são atividades de grande influência no desenvolvimento humano. Procura entender os fenômenos e criar teorias adequadas que possam explicar os acontecimentos.

Leia mais

2 Desafio: As 3 Leis de Newton

2 Desafio: As 3 Leis de Newton Escola Secundária Engº Acácio Calazans Duarte 2 Desafio: As 3 Leis de Newton Trabalho elaborado por: Carla Zarro Inês Fateixa Isaac Newton Sir Isaac Newton - físico, matemático e astrónomo inglês, nasceu

Leia mais

Autor: (C) Ángel Franco García. Ptolomeu e Copérnico. Os planetas do Sistema Solar. Os satélites. Atividades

Autor: (C) Ángel Franco García. Ptolomeu e Copérnico. Os planetas do Sistema Solar. Os satélites. Atividades Nesta página eu apenas traduzi podendo ter introduzido, retirado ou não alguns tópicos, inclusive nas simulações. A página original, que considero muito boa é: Autor: (C) Ángel Franco García O Sistema

Leia mais

William Gilbert (1544-1603)

William Gilbert (1544-1603) Page 1 of 5 Sala de Física Biografias William Gilbert (1544-1603) Os antigos gregos conheciam uma pedra, capaz de atrair pedaços de ferro, a que chamavam magneto, porque provinha da Magnésia, na Tessália.

Leia mais

DEBATENDO O CASO GALILEU NUM JÚRI SIMULADO

DEBATENDO O CASO GALILEU NUM JÚRI SIMULADO DEBATENDO O CASO GALILEU NUM JÚRI SIMULADO Rodrigo Baldow 1 e Neilton Limeira 2 Introdução: Breve História da Astronomia e as Descobertas de Galileu O físico, matemático e astrônomo italiano Galileu Galileu

Leia mais

FILOSOFIA. Fernando Pessoa FILOSOFIA

FILOSOFIA. Fernando Pessoa FILOSOFIA Fernando Pessoa FILOSOFIA FILOSOFIA Se há um assunto eminentemente filosófico é a classificação das ciências. Pertence à filosofia e a nenhuma outra ciência. É só no ponto de vista mais genérico que podemos

Leia mais

Prof.: Thiago Oliveira

Prof.: Thiago Oliveira Prof.: Thiago Oliveira O Renascimento foi um conjunto de transformações (Sociais, Econômicas, Políticas, Religiosas, Científicas e Artísticas) ocorridas na Europa a partir do Séc. XI, tendo seu auge durante

Leia mais

Prof. Dr. Ronaldo Rodrigues Pelá. 4 de junho de 2013

Prof. Dr. Ronaldo Rodrigues Pelá. 4 de junho de 2013 GRAVITAÇÃO Mecânica II (FIS-26) Prof. Dr. Ronaldo Rodrigues Pelá IEFF-ITA 4 de junho de 2013 Roteiro 1 Lei da Universal Roteiro Lei da Universal 1 Lei da Universal Motivação Lei da Universal Movimento

Leia mais

Como surgiu o universo

Como surgiu o universo Como surgiu o universo Modelos para o universo Desde os tempos remotos o ser humano observa o céu, buscando nele pistas para compreender o mundo em que vive. Nessa busca incansável, percebeu fenômenos

Leia mais

INFORMATIVO 3ª ETAPA/2014. 6º Ano Ensino Fundamental

INFORMATIVO 3ª ETAPA/2014. 6º Ano Ensino Fundamental 6º Ano Ensino Fundamental Matemática 14/08 Gramática e Interpretação 29/09 3603-Informativo 3 a et (6º)-14/CP-K Geografia e Ciências 08/08 História e Inglês 30/09 História e Inglês 12/08 Matemática 1º/10

Leia mais

A Escola de Pitágoras

A Escola de Pitágoras Quem foi Pitágoras? Pitágoras, um dos maiores filósofos da Europa antiga, era filho de um gravador, Mnesarco. Nasceu cerca de 580 anos a.c., em Samos, uma ilha do mar Egeu, ou, segundo alguns, em Sidon,

Leia mais

MULHERES NA MATEMÁTICA: CONHECENDO SOBRE O MARCO QUE DEIXARAM NA HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS

MULHERES NA MATEMÁTICA: CONHECENDO SOBRE O MARCO QUE DEIXARAM NA HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS 1 MULHERES NA MATEMÁTICA: CONHECENDO SOBRE O MARCO QUE DEIXARAM NA HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS Vanessa Steindorf UFSM vanessasteindorf@hotmail.com Simone Munari Franco UFSM simonif@gmail.com Eliana do Carmo

Leia mais

2. A astronomia da antiguidade à idade moderna. 2.1.A astronômia na antiguidade:

2. A astronomia da antiguidade à idade moderna. 2.1.A astronômia na antiguidade: Historia da Astronomia: A evolução da idéia do universo da antiguidade à idade moderna. Deivd Andrade Porto. Mestrado Nacional Profissionalizante em Ensino de Física. 1. Introdução. Este artigo tem como

Leia mais

Definição: movimento cultural, artístico e científico ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna. Rompeu com o padrão de

Definição: movimento cultural, artístico e científico ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna. Rompeu com o padrão de Definição: movimento cultural, artístico e científico ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna. Rompeu com o padrão de pensamento vigente no mundo medieval, introduzindo a

Leia mais

Aula 23- Renascimento cultural

Aula 23- Renascimento cultural FB MED, M3, 3 ANO e ANUAL. Aula 23- Renascimento cultural DeOlhoNoEnem H1 - Interpretar historicamente e/ou geograficamente fontes documentais acerca de aspectos da cultura. H3 - Associar as manifestações

Leia mais

BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO

BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO BACHARELADO EM ENGENHARIA AMBIENTAL EaD UAB/UFSCar BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO APOSTILA DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL DA UFSCar volume 1 Fevereiro de 2008 1 BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO

Leia mais

Trabalho de Filosofia da Ciência e da Tecnologia

Trabalho de Filosofia da Ciência e da Tecnologia Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Campus VII - Unidade Timóteo - Engenharia da Computação Trabalho de Filosofia da Ciência e da Tecnologia Filosofia Moderna Egmon Pereira Iago Geovani

Leia mais

7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo

7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo RELATÓRIO DE ARTES 1º Semestre/2015 Turma: 7º ano Professora: Mirna Rolim Coordenação pedagógica: Maria Aparecida de Lima Leme 7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo Sinto que o 7º ano

Leia mais

Proyecto Iberoamericano de Divulgación Científica Comunidad de Educadores Iberoamericanos para la Cultura Científica

Proyecto Iberoamericano de Divulgación Científica Comunidad de Educadores Iberoamericanos para la Cultura Científica Proyecto Iberoamericano de Divulgación Científica Comunidad de Educadores Iberoamericanos para la Cultura Científica O LEGADO DE GALILEU PARA A CIÊNCIA MODERNA REFERENCIA: 4ACH21 A conquista do espaço

Leia mais

MÉTODO CIENTÍFICO. BENEFÍCIOS DO MÉTODO: execução de atividade de forma mais segura, mais econômica e mais perfeita;

MÉTODO CIENTÍFICO. BENEFÍCIOS DO MÉTODO: execução de atividade de forma mais segura, mais econômica e mais perfeita; MÉTODO CIENTÍFICO CONCEITO: palavra de origem grega, significa o conjunto de etapas e processos a serem vencidos ordenadamente na investigação da verdade; IMPORTÃNCIA DO MÉTODO: pode validar ou invalidar

Leia mais

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti Palácio de Versailles Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti O Palácio de Versalhes (em francês Château de Versailles) é um château real localizado na cidade de Versalhes, uma aldeia

Leia mais

Introdução à Engenharia

Introdução à Engenharia Introdução à Engenharia Aula 03 História da Engenharia Edgar Alberto de Brito A história da Engenharia Engenharia na Pré-História. Atividade na Antiguidade. Atividade na era Moderna e Contemporânea. Aspectos

Leia mais

OS SEGREDOS DOS CÓDIGOS DE LEONARDO DA VINCI Do Código Atlântico ao Código do Vôo

OS SEGREDOS DOS CÓDIGOS DE LEONARDO DA VINCI Do Código Atlântico ao Código do Vôo OS SEGREDOS DOS CÓDIGOS DE LEONARDO DA VINCI Do Código Atlântico ao Código do Vôo Museu da Casa Brasileira Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 São Paulo (SP) 15 de abril 4 de maio 2008 Pela primeira vez na

Leia mais

MITOS NA HISTORIA DAS RELACOES ENTRE CIENCIA E ESPIRITUALIDADE

MITOS NA HISTORIA DAS RELACOES ENTRE CIENCIA E ESPIRITUALIDADE MITOS NA HISTORIA DAS RELACOES ENTRE CIENCIA E ESPIRITUALIDADE 1 Alexander Moreira-Almeida NUPES Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde Fac. de Medicina - Universidade Federal Juiz de Fora CONHECIMENTO

Leia mais

Entre a cátedra e o ateliê

Entre a cátedra e o ateliê humanidades anatomia y Entre a cátedra e o ateliê Desenhos de anatomia de Leonardo da Vinci, desconhecidos por séculos, revelam tentativa de unir arte e ciência Carlos Haag, de Londres imagens the Royal

Leia mais

17/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA 19h10min

17/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA 19h10min DE PROVAS BIMESTRAIS 1º, 3º e 5º TERMOS DE MATEMÁTICA 17/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA 19h10min A PROVA SERÁ APLICADA NA SALA DO 3º TERMO DE MATEMÁTICA 1º TERMO MATEMÁTICA DE SUBSTITUTIVA 4ª FEIRA 24/06 - Fundamentos

Leia mais

O RENASCIMENTO. A pintura do Renascimento confirma as três conquistas que os artistas do último período gótico HISTORICISMO

O RENASCIMENTO. A pintura do Renascimento confirma as três conquistas que os artistas do último período gótico HISTORICISMO HISTORICISMO 1308 Dante Alighieri começa a escrever A Divina Comédia. 1333 Simoni de Martini pinta O Anjo e a Anunciação. 1415 Navegadores portugueses chegam a Ceuta. 1448 Gutenberg inventa a imprensa.

Leia mais

QUEM FOI LEONARDO DA VINCI?

QUEM FOI LEONARDO DA VINCI? LEONARDO DA VINCI QUEM FOI LEONARDO DA VINCI? Leonardo di ser Piero nascido em Vinci - Florença Cientista responsável por surpreendentes descobertas, mas nunca as publicou Foi o maior pintor da Renascença

Leia mais

(PI): 01 - O 01 (A1):

(PI): 01 - O 01 (A1): Tema do Projeto: Composição Musical em Banda Pop/Rock em contexto extracurricular Que aprendizagens e motivações são desenvolvidas no projeto de composição de canções a partir de sequências harmónicas

Leia mais

Quem Foi Pablo Picasso?

Quem Foi Pablo Picasso? FICHA Nº3 Pablo PICASSO Quem Foi Pablo Picasso? Você está para conhecer como surgiram os desenhos, pinturas e esculturas de Picasso. Quem foi esse homem? Picasso era um homem baixinho, gordo e muito inteligente.

Leia mais

Com a Fotografia foi assim também. Ela nasce movida pela curiosidade, em um processo que envolveu estudo, observação e muita experimentação.

Com a Fotografia foi assim também. Ela nasce movida pela curiosidade, em um processo que envolveu estudo, observação e muita experimentação. Capítulo I. História da Fotografia As leis da Física Ao longo de sua evolução o Homem foi descobrindo e inventando coisas, desenvolvendo conhecimento, tecnologia e instrumentos para suprir suas necessidades.

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 8 o ano o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o :. Leia os textos e responda às questões e. Texto Na Grécia Antiga, Aristóteles (384 a.c.-3 a.c.) já defendia a ideia de que o Universo

Leia mais

AS MOTIVAÇÕES DE NEWTON E LEIBNIZ PARA A CONCRETIZAÇÃO DO CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL

AS MOTIVAÇÕES DE NEWTON E LEIBNIZ PARA A CONCRETIZAÇÃO DO CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL AS MOTIVAÇÕES DE NEWTON E LEIBNIZ PARA A CONCRETIZAÇÃO DO CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL Resumo: O artigo tem como objetivo mostrar o Cálculo Diferencial e Integral em termos de desenvolvimento e solidificação.

Leia mais

SISTEMA PLANETÁRIO COMO OS PLANETAS SE MOVEM

SISTEMA PLANETÁRIO COMO OS PLANETAS SE MOVEM GRAVITAÇÃO UNIVERSAL Gravitação universal e a forca de atração que age entre todos os objetos pôr causa da sua massa - isto e, a quantidade de matéria de que são constituídos. A gravitação mantém o universo

Leia mais

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO Aula 3.2-2 1. A Anunciação é uma das obras mais conhecidas de Leonardo da Vinci. Feita por volta do ano de 1472, ela retrata uma das cenas bíblicas mais famosas de todos os tempos. Escreva nas linhas abaixo

Leia mais

A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a

A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a difusão de variadas formas artísticas inspiradas no mundo

Leia mais

Unidade IX: Gravitação Universal

Unidade IX: Gravitação Universal Página 1 de 5 Unidade IX: Gravitação Universal 9.1 Introdução: Até o século XV, o homem concebia o Universo como um conjunto de esferas de cristal, com a Terra no centro. Essa concepção do Universo, denominada

Leia mais

Isaac Newton (1642 1727)

Isaac Newton (1642 1727) Isaac Newton (1642 1727) A natureza e as leis da natureza permanecem ocultas pela noite: Deus disse: Deixem Newton em paz! E logo se fez luz. Alexander Pope (1688-1744) Epitáfio escrito para Newton TEM

Leia mais

Pharmacopeia Lusitana (D. Caetano de St.º António, 1704) Postilla Religiosa e Arte de Enfermeiro (Fr. Diogo de Sant Iago, 1741)

Pharmacopeia Lusitana (D. Caetano de St.º António, 1704) Postilla Religiosa e Arte de Enfermeiro (Fr. Diogo de Sant Iago, 1741) Pharmacopeia Lusitana (D. Caetano de St.º António, 1704) Postilla Religiosa e Arte de Enfermeiro (Fr. Diogo de Sant Iago, 1741) Postilla Anatómica (Doutor Manuel Constâncio, 1775) Augusto Moutinho Borges,

Leia mais

Unidade IX: Gravitação Universal

Unidade IX: Gravitação Universal Colégio Santa Catarina Unidade IX: Gravitação Universal 143 Unidade IX: Gravitação Universal 9.1 Introdução: Até o século XV, o homem concebia o Universo como um conjunto de esferas de cristal, com a Terra

Leia mais

Fibonacci e a Seção Áurea

Fibonacci e a Seção Áurea Na matemática, os Números de Fibonacci são uma seqüência (sucessão, em Portugal) definida como recursiva pela fórmula abaixo: Na prática: você começa com 0 e 1, e então produz o próximo número de Fibonacci

Leia mais

Frases Célebres de Albert Einstein

Frases Célebres de Albert Einstein Frases Célebres de Albert Einstein Convencido de que o ser humano é capaz de desenvolver seu intelecto tanto quanto deseja em certas ocasiões, julgava com as palavras criando frases de acordo com as circunstâncias.

Leia mais