ANTENAS E FILTROS PARA FM ( MHz)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANTENAS E FILTROS PARA FM (87-108 MHz)"

Transcrição

1 ANTENAS E FILTROS PARA FM ( MHz) Ra Chamantá, V.Prdente - SP - Fone/Fax (11) SITE:

2 87 a 98MHz 97 a 108MHz ANTENA BANDA LARGA PARA FM MODELO DVA-100 Ref. 782 DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Faixa: A = 87 a 98MHz o B = 97 a 108MHz Ganho: 2,14 dbi (0dBd) Irradiação: Omnidirecional Polarização: Vertical Impedância nominal: 50 Ohms R.O.E. (VSWR): < 1,5:1 Potência máxima: 300 Watts Terminação: Conector UHF fêmea, opcional N. Fixação: para mastro de 1-1/4" o 2-1/2" O Material: Almínio, Fibra de Vidro Dimensões: 1.950mm x 50mm x 76mm Peso: 3,0Kg Resistência à ventos: até 120 Km/h Acabamento: Pintra epóxi eletrostática. Opcional (não fornecido): Kit para Lateral da Torre Braço em tbo de almínio x 1.800mm Sporte de fixação em perfil de al. Abraçadeiras Peso: 2,5 Kg DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Telefone/FAX: (11) (pabx) - C.N.P.J.: /

3 87-108MHz ANTENA VERTICAL DE 1/4 DE ONDA COM PLANO TERRA MODELO PT100aj Ref.791 RELAÇÃO DE ONDAS ESTACIONÁRIAS DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Faixa de operação: MHz (com tabela de ajste na freqência) Ganho: 0dB (2,14dBi) R.O.E.: <1,5:1 Irradiação: Omnidirecional Polarização: Vertical Potência: 300 Watts Conector: tipo UHF fêmea, Fixação: Mastro até 2-1/2" O Constrída: almínio (tbo) e latão Altra: ~1,40m ; Largra: 1,20m Resistência ao vento: 60 km/h Peso do conjnto: 0,8 kg DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Site:

4 87-108MHz ANTENA VERTICAL DE 1/4 DE ONDA COM PLANO TERRA MODELO PT100 Ref.166FM RELAÇÃO DE ONDAS ESTACIONÁRIAS DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Faixa de operação: MHz (com tabela de corte na freqência) Ganho: 0dB (2,14dBi) R.O.E.: <1,5:1 Irradiação: Omnidirecional Polarização: Vertical Potência: 300 Watts Conector: tipo UHF fêmea, Fixação: Mastro até 2-1/2" O Constrída: almínio e latão (verg) Altra: 1,40m ; Largra: 1,20m Resistência ao vento: 120 km/h Peso do conjnto: 1,0 kg DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Site:

5 87-108MHz ANTENA VERTICAL DE 1/4 DE ONDA COM PLANO TERRA DUPLO MODELO PTD100aj Ref.800 Faixa de operação: MHz Ganho: 3dB (5,14dBi) Relação de ondas estacionárias: abaixo de 1,5/1 Irradiação: Omnidirecional Potência: 300 Watts Conector: tipo UHF fêmea, Fixação: Mastro até 2-1/2" O Constrída em almínio e latão Altra: 2,80m ; Largra: 1,60m Resistência ao vento: 120 km/h Peso do conjnto: 2,0 kg DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Site:

6 87-108MHz ANTENA VERTICAL DE 1/4 DE ONDA COM PLANO TERRA DUPLO MODELO PTD100FM Ref.170FM Faixa de operação: MHz Ganho: 3dB (5,14dBi) Relação de ondas estacionárias: abaixo de 1,5/1 Irradiação: Omnidirecional Potência: 300 Watts Conector: tipo UHF fêmea, Fixação: Mastro até 2-1/2" O Constrída em almínio e latão Altra: 2,80m ; Largra: 1,60m Resistência ao vento: 120 km/h Peso do conjnto: 2,0 kg DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Site:

7 87-108MHz ANTENA VERTICAL PLANO TERRA COM 5/8 DE ONDA MODELO BRASÍLIA I-FM Ref.370FM Faixa de operação: MHz Ganho: 3 db (5,14 dbi) Irradiação omnidirecional Relação de ondas estacionárias: 1,5:1 o menos Potência máxima: 300 Watts Terminação: conector tipo UHF fêmea Totalmente aterrada (D.C. Grond) Fixação para mastro até 1-1/4" O Altra: 1,70m ; Largra: 1,0m Peso: 1,0 kg Resistência à ventos: 60 km/h DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Site:

8 87-108MHz ANTENA VERTICAL PLANO TERRA COM 2.5/8 DE ONDA MODELO VICTORIA 6-FM Ref.707 Faixa de operação: MHz Ganho: 6 db (8,14 dbi) Irradiação omnidirecional Relação de ondas estacionárias: 1,5:1 o menos Potência máxima: 100 Watts Terminação: conector tipo UHF fêmea Totalmente aterrada (D.C. Grond) Fixação para mastro até 1-1/4" O Altra: 5,70m ; Largra: 1,0m Pêso: 1,5 kg Resistência à ventos: 60 km/h DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Site:

9 ANTENA VERTICAL PLANO TERRA COM 5/8 DE ONDA MODELO DXV1S-100 Ref. 801 Modelo BRASÍLIA IS Faixa de operação: MHz (ajstável) Ganho: 3 db (5,14 dbi) Irradiação omnidirecional Relação de ondas estacionárias: <1,5:1 Potência máxima: 500 Watts Impedância nominal: 50 Ohms Terminação: conector tipo UHF fêmea,opcional N fêmea Totalmente aterrada (D.C. Grond) Altra máxima: 2.580mm (87MHz) Peso: 3,0 kg Resistência à ventos: 160 km/h Fixação para mastro de 1" até 2-1/2"O DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

10 87-108MHz ANTENA VERTICAL PLANO TERRA DE 2x5/8 DE ONDA PARA FM MODELO BRASÍLIA 2 SUPER-FM Ref. 645 Faixa de operação: MHz Ganho: 6,0 db (8,14 dbi) Irradiação omnidirecional Polarização: Vertical R.O.E.: < 1,5:1 na freqência sintonizada Potência: até 500 Watts Proteção estática D.C.Grond Terminação: conector tipo UHF fêmea Fixação para mastro até 2-1/2" O Altra máxima: 5,50m ; Largra: 1,66m Peso: 4,5 Kg Área exposta ao vento: 0,098m² Resistência à ventos: até 100 km/h DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Telefone / FAX: (0xx11) C.N.P.J.: / Internet:

11 87-108MHz ANTENA VERTICAL 3.5/8 DE ONDA MODELO BRASÍLIA 3 SUPER-FM Ref. 648 Faixa de operação: MHz Ganho: 7,2 db (9,34 dbi) Irradiação omnidirecional R.O.E.: < 1,5:1 na freqência sintonizada Potência: até 500 Watts Proteção estática D.C.Grond Terminação: conector tipo UHF fêmea Fixação para mastro até 2-1/2" O Altra: 8,30m ; Largra: 1,66m Peso: 5,5 Kg Resistência à ventos: até 60 km/h DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Telefone / FAX: (0xx11) C.N.P.J.: / Internet:

12 ANTENA TRANSMISSORA DE FM VERTICAL HORIZONTAL VISTA FRONTAL MODELO FREMO Antena Omnidirecional de Polarização Crzada Especial para emissoras de baixa potência e cobertra local Sistema de polarização: 50% Vertical + 50% Horizontal Relação de ondas estacionárias: <1,5:1 Terminação: conector tipo UHF fêmea Sistema de fixação para mastro de 2" O Distância entre antenas: 3.000mm Peso de m conjnto: 4,0 Kg Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

13 ANTENA TRANSMISSORA DE FM DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO EM ESPAÇO LIVRE FREMO 4 FREMO 2 FREMO 1 FREMO 1 - Ref.418 GANHO: -3dBd (0dBi) Potência: 0,5 kw FREMO 2 - Ref.419 GANHO: 0dBd (3dBi) Potência: 1 kw FREMO 1 - Ref.418 GANHO: 3dBd (6dBi) Potência: 2 kw Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

14 ANTENA COLINEAR VERTICAL COM 2 ELEMENTOS MODELO CVJ 2/100 Ref. 267FM Faixa de Operação: MHz Irradiação: Omnidirecional o direcional Ganho:3dB - 5,14dBi (omnidirecional) 6dB - 8,14dBi (direcional) Relação de ondas estacionárias: <1,5:1 Potência: 500 Watts Proteção estática: D.C. Grond Terminação: conector tipo UHF fêmea Fixação para mastro até 2" O Resistência à ventos: até 100km/h Acessório Opcional: kit para fixação paralela à torre: - Ref.173/K - faixa: Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

15 ANTENA COLINEAR VERTICAL COM 2 ELEMENTOS IRRADIAÇÃO OMNIDIRECIONAL - 3dBd IRRADIAÇÃO DIRECIONAL - 6dBd Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

16 ANTENA COLINEAR VERTICAL COM 4 ELEMENTOS MODELO CVJ 4/100 Ref. 173FM Faixa de Operação: MHz Irradiação: Omnidirecional o direcional Ganho:6dB - 8,14dBi (omnidirecional) 9dB - 11,14dBi (direcional) Relação de ondas estacionárias: Veja gráfico Potência: 500 Watts Proteção estática: D.C. Grond Terminação: conector tipo UHF fêmea Fixação para mastro até 2" O Resistência à ventos: até 100km/h Acessório Opcional: kit para fixação paralela à torre: - Ref.390/K - faixa: Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

17 ANTENA COLINEAR VERTICAL COM 4 ELEMENTOS Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

18 ANTENA DIPOLO DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO HORIZONTAL POLARIZAÇÃO HORIZONTAL MODELO HDX1/100aj Ref.421aj POLARIZAÇÃO VERTICAL DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO OMNIDIRECIONAL Faixa de operação: MHz (ajstável) Ganho: 2,14 dbi Relação de ondas estacionárias: <1,5:1 Terminação: conector tipo UHF fêmea Polarização: Horizontal o Vertical Elemento: 1,70m Gôndola: 1,00m Fixação para mastro de 1-1/4"o 2"O Potência máxima: 300 Watts Peso: 1,5 Kg Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

19 ANTENA DIRECIONAL DE 3 ELEMENTOS MODELO 1 DX 3/100 Ref.188 DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Faixa de operação: MHz (ajstável) Ganho frontal: 8 dbd (10,14 dbi) Relação frente x costa: 20 db Relação de ondas estacionárias: 1,5:1 o menos Ânglo médio: 50 o (V) 62 o (H) Terminação: conector tipo UHF fêmea Elemento maior: 1,70m Gôndola: 1,50m Fixação para mastro de 1-1/4"o 2" Potência máxima: 300 Watts Peso: 2,5 Kg Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

20 ANTENA DIRECIONAL DE 4 ELEMENTOS MODELO 1 DX 4/100 Ref.193 DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Faixa de operação: MHz (ajstável) Ganho frontal: 8,5 dbd - 10,64 dbi Relação frente x costa: 20 db Relação de ondas estacionárias: 1,5:1 o menos Ânglo médio: 45 o (V) 57 o (H) Terminação: conector UHF fêmea Elemento maior: 1,70m Gôndola: 1,87m Fixação para mastro de 1-1/4"o 2" Potência máxima: 300 Watts Peso: 3,5 Kg Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

21 ANTENA DIRECIONAL DE 5 ELEMENTOS MODELO 1 DX 5/100 Ref.179 DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Faixa de operação: MHz (ajstável) Ganho frontal: 9 dbd - 11,14 dbi Relação frente x costa: 20 db Relação de ondas estacionárias: 1,5:1 o menos Ânglo médio: 40 o (V) 52 o (H) Terminação: conector UHF fêmea Elemento maior: 1,70m Gôndola: 2,47m Fixação para mastro de 1-1/4"o 2" Potência máxima: 300 Watts Peso: 5,5 Kg Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

22 ANTENA DIRECIONAL DE 6 ELEMENTOS MODELO 1 DX 6/100 Ref.297 DIAGRAMA DE IRRADIAÇÃO VERTICAL Faixa de operação: MHz (ajstável) Ganho frontal: 9,5 dbd - 11,64 dbi Relação frente x costa: 20 db Relação de ondas estacionárias: 1,5:1 o menos Ânglo médio: 38 o (V) 50 o (H) Terminação: conector UHF fêmea Elemento maior: 1,70m Gôndola: 2,68m Fixação para mastro de 1-1/4"o 2" Potência máxima: 300 Watts Peso: 8,5Kg Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

23 FILTRO PASSA BAIXA (até 146 MHz) MODELO FPB 150 Ref.124FM Freqência de corte: 146 MHz Impedância nominal: 50 Ohms Capacidade de Carga com R.O.E. abaixo de 1,5:1-50 Watts P.E.P. Atenação: 50 db em 150 MHz Perda por inserção: < 0,5 db abaixo de 146 MHz O FPB 150MHz é m filtro passa baixa, projetado para eliminar interferências casadas por harmônicos gerados por transmissores de FM Comnitária. Em 150 MHz a rejeição de irradiação de harmônicos é de 50 db e a perda por inserção na faixa de 88 a 108 MHz é desprezível. Instale o FPB 150 MHz entre o transmissor e a antena, o comprimento do cabo coaxial de interligação entre o transmissor e o filtro, deverá ser o mais crto possível. O conector tilizado é tipo UHF fêmea. Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Site:

24 FILTROS CAVIDADES BAND-PASS BAND-REJECT Os filtros cavidades sintonizáveis da ELECTRIL, modelos DPX-04, tipo de banda passante o tipo de banda rejeitante (notch filter), foram projetados para serem sados entre a antena e o transmissor o o receptor, afim de redzir as interferências com otros sistemas próximos. Na transmissão, com m mínimo de perda são eliminados os sinais laterais e os esprios interferentes nos receptores próximos. Na recepção as interferências são atenadas o completamente eliminadas dependendo do índice de acoplamento sado. Amenta-se a seletividade amentando-se o índice de acoplamento, o ainda empregando combinações de das o três cavidades. Observe pelo gráfico de perdas qe a seletividade maior é obtida com a combinação de três cavidades com 1 db de perda cada ma ao em vez de ma única cavidade com perda de 3 db. Constrídos em almínio liga, internamente sas peças são de cobre eletrolítico. O conjnto é fornecido calibrado na freqência indicada no pedido, completo com cabos de interligação, conectores com isolamento de alta qalidade tipo UHF. As cavidades são montadas sobre perfil cantoneira para colocação no solo, o fixação em parede. Para ligação é fornecido m metro de cabo coaxial com conectores coaxiais tipo UHF - PL 259. (opcional tipo N). Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

25 FILTROS CAVIDADES DE BANDA PASSANTE/REJEITANTE CURVAS DE ATENUAÇÃO DOS SINAIS LATERAIS DA FREQUÊNCIA SINTONIZADA Ra Chamantá, Vila Prdente - CEP São Palo - SP Visite nossa Home page:

ANTENAS VERTICAIS PARA VHF (138-180MHz)

ANTENAS VERTICAIS PARA VHF (138-180MHz) ANTENAS VERTICAIS PARA VHF (138-180MHz) Ra Chamantá, 383 - V.Prdente - SP - Fone/Fax (11) 2020-0055 - internet: www.electril.com - e-mail: electril@terra.com.br 136-180 MHz ANTENA DIPOLO VERTICAL MODELO

Leia mais

DUPLEXADORES PARA REPETIDORA DUPLEXADORES MÓVEIS FILTROS CAVIDADES

DUPLEXADORES PARA REPETIDORA DUPLEXADORES MÓVEIS FILTROS CAVIDADES DUPLEXADORES PARA REPETIDORA DUPLEXADORES MÓVEIS FILTROS CAVIDADES Ra Chamantá, 383 - V.Prdente - SP - Fone/Fax (11) 2020-0055 - internet: www.electril.com - e-mail: electril@terra.com.br DUPLEXADOR DE

Leia mais

Manual do Usuário. Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 dbi Downtilt Ajustável ANT040009

Manual do Usuário. Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 dbi Downtilt Ajustável ANT040009 Manual do Usuário Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 i Downtilt Ajustável ANT040009 Este Manual Aplica- se Somente ao Produto que o Acompanha Índice Pag. 1 - Informações Gerais...2 1.1 - Apresentação...2

Leia mais

ANTENAS PARA RADIOAMADOR DIRECIONAIS MULTIBANDA (HF)

ANTENAS PARA RADIOAMADOR DIRECIONAIS MULTIBANDA (HF) ANTENAS PARA RADIOAMADOR DIRECIONAIS MULTIBANDA (HF) Ra Chamantá, 383 - V.Prdente - SP - Fone/Fax (11) 2020-0055 - internet: www.electril.com - e-mail: electril@terra.com.br 10-15 - 20M ANTENA DIRECIONAL

Leia mais

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas parabólicas são usadas em UHF e Microondas. Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possuem um alto ganho. Uma antena receptora de satélites

Leia mais

Antena Escrito por André

Antena Escrito por André Antena Escrito por André Antenas A antena é um dispositivo passivo que emite ou recebe energia eletromagnéticas irradiada. Em comunicações radioelétricas é um dispositivo fundamental. Alcance de uma Antena

Leia mais

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas Antenas Parabólicas Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possui um alto ganho. Uma antena receptora de satélites de 3 metros de diâmetro, por exemplo, tem um ganho de 33dB, ou seja,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO MÍNIMA PARA ESTAÇÃO REPETIDORA DIGITAL P25, FASE COM SISTEMA IRRADIANTE

ESPECIFICAÇÃO MÍNIMA PARA ESTAÇÃO REPETIDORA DIGITAL P25, FASE COM SISTEMA IRRADIANTE ESPECIFICAÇÃO MÍNIMA PARA ESTAÇÃO REPETIDORA DIGITAL P25, FASE COM SISTEMA IRRADIANTE COMPOSIÇÃO DA ESTAÇÃO REPETIDORA DIGITAL P25 A estação repetidora digital P25 será composta pelos seguintes equipamentos:

Leia mais

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s) Item: 0001 Descrição: LOTE 01 BATERIAS DE LÍTIO Quantidade: 1 Unidade de Medida: Unidade

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s) Item: 0001 Descrição: LOTE 01 BATERIAS DE LÍTIO Quantidade: 1 Unidade de Medida: Unidade PROPOSTA Pregão Órgão: Prefeitura Municipal de Palmas Número: 285/2012 Número do Processo: 2012039304 Unidade de Compra: Secretaria de Planejamento e Gestão Proposta(s) Item: 0001 Descrição: LOTE 01 BATERIAS

Leia mais

Largura de Banda... Dimensões (Altura x Diâmetro)... Vide tabela. Carga ao Vento...

Largura de Banda... Dimensões (Altura x Diâmetro)... Vide tabela. Carga ao Vento... Empresa Certificada ISO 9001 8 Slot UHF Polarização Horizontal Antena para transmissão broadcast em UHF, com polarização Horizontal. Otimizada para trabalhar com até 3 canais adjacentes e ideal para transmissão

Leia mais

Teste de interferência de equipamentos WiMax em recepção de satélite banda C

Teste de interferência de equipamentos WiMax em recepção de satélite banda C Teste de interferência de equipamentos WiMax em recepção de satélite banda C Antonio Vivaldi Rodrigues Diretor de Engenharia CelPlan 2/32 Í N D I C E 1. SUMÁRIO EXECUTIVO... 5 2. INTRODUÇÃO... 6 3. SETUP

Leia mais

Slot UHF Polarização Circular/Elíptica

Slot UHF Polarização Circular/Elíptica Empresa Certificada ISO 9001 8 Slot UHF Polarização Circular/Elíptica Antena para transmissão broadcast em UHF, com polarização Circular ou Elíptica. Otimizada para trabalhar com até 3 canais adjacentes

Leia mais

LBC 341x/01 Caixas acústicas

LBC 341x/01 Caixas acústicas Sistemas de Comnicação LBC 1x/1 Caixas acústicas LBC 1x/1 Caixas acústicas www.boschsecrity.com/pt Reprodção de música e voz de alta fidelidade Vasta gama de freqências Entradas seleccionáveis de 8 ohm

Leia mais

Largura de Banda... Polarização... Horizontal Impedância ohms Ganho... Vide tabela. Ângulo de ½ pot. vertical...

Largura de Banda... Polarização... Horizontal Impedância ohms Ganho... Vide tabela. Ângulo de ½ pot. vertical... Empresa Certificada ISO 9001 8 Slot VHF Digital Polarização Horizontal Omni dbd Vezes dbd Vezes dbd Vezes dbd Vezes dbd Vezes (Kw),5,8,1,0,9,9 7,7 5,9 9,9 9,8 N-Fêmea 7,5 5, 9,1 8,1 9,9 9,8 1 11,7 1,9

Leia mais

Lista de Exercícios A1

Lista de Exercícios A1 1 a QUESTÃO: A figura abaixo mostra simplificadamente um sistema de televisão inter-oceânico utilizando um satélite banda C como repetidor. O satélite tem órbita geoestacionária e está aproximadamente

Leia mais

ANTENA FM SUPER ALTA POTÊNCIA 04 ELEMENTOS. Características Técnicas

ANTENA FM SUPER ALTA POTÊNCIA 04 ELEMENTOS. Características Técnicas ANTENA FM SUPER ALTA POTÊNCIA 4 ELEMENTOS FS4RTXX Características Técnicas Frequência 87,9 7,9 MHz Polarização Circular Ganho -3,5 dbd ( por elemento ) Ganho sistema (4 elementos) 3,2 dbd Conector EIA

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Empresa Certificada ISO 9001 Antena para transmissão broadcast em UHF, com polarização Horizontal. Otimizada para trabalhar com até 3 canais adjacentes e ideal para transmissão Digital e/ou Analógica.

Leia mais

ANTENA PAINEL DMO - UHF

ANTENA PAINEL DMO - UHF Características Antena painel de meia onda para TV DIGITAL UHF canal 14-52. Diagrama direcional, omnidirecional ou específico. Montagem em lateral de torre, fácil instalação. Construção robusta. Variada

Leia mais

ÍNDICE CATÁLOGO DE PRODUTOS 7 GERAL

ÍNDICE CATÁLOGO DE PRODUTOS 7 GERAL ÍNDICE CATÁLOGO DE PRODUTOS 7 GERAL www.transtelconti.com.br GUIA DE SELEÇÃO DE ANTENAS PAG MODELO DESCRIÇÃO APLICAÇÃO CARACTERÍSTICAS TELEVISÃO - canais MO - GHz Pot Pol Bw Mont Mod FM 2-3 4-6 7-13 14-69

Leia mais

Antenas AL Serie AL2, AL4, AL6 e AL8

Antenas AL Serie AL2, AL4, AL6 e AL8 CARACTERISTICAS Antena Slot de alta performance de alimentação pela extremidade Modelos de 2, 4, 6 e 8 fendas Diversos padrões de cobertura disponíveis omnidirecional, cardioide, entre outros. Resistencia

Leia mais

ANTENAS OMNIDIRECIONAIS PARA UHF Automação - Celular - Dados - Link (800-980 MHz)

ANTENAS OMNIDIRECIONAIS PARA UHF Automação - Celular - Dados - Link (800-980 MHz) ANTENAS OMNIDIRECIONAIS PARA UHF Atomação - Cellar - Dados - Link (800-980 MHz) Ra Chamantá, 383 - V.Prdente - SP - Fone/Fax (11) 2020-0055 - SITE: www.electril.com - e-mail: electril@terra.com.br 800-980

Leia mais

PROJETO DE ENLACE RADIO COMUNICAÇÃO DIGITAL

PROJETO DE ENLACE RADIO COMUNICAÇÃO DIGITAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE LOGÍSTICA E FINANÇAS DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA PROJETO DE ENLACE RADIO COMUNICAÇÃO DIGITAL FLORIANÓPOLIS JULHO

Leia mais

Faixa de Frequência... Largura de Banda...

Faixa de Frequência... Largura de Banda... Empresa Certificada ISO 9001 8 Antena Yagi-Uda VHF Antena direcional para transmissão broadcast em VHF Banda I ou Banda III, com polarização Linear (Horizontal ou Vertical). Antena para transmissão de

Leia mais

Tabela de Preços Wi-Fi

Tabela de Preços Wi-Fi Tabela de Preços Wi-Fi Antenas Paineis Setoriais 2.4-2.5 GHz (Polarização Vertical e Horizontal) N.01/2012 Janeiro Linha profissional em aço INOX EMC WF 15 EMC WF-15/RFL EMC WF-15 Homologação Anatel N.

Leia mais

Número PE046/2013. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega

Número PE046/2013. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega Folha 1 1 CONECTOR, N - Encaixe tipo femea; Un 20,00 - Fixacao do condutor interno por solda; - Fixacao do cabo por sistema Clamp; - Para cabo coaxial tipo RGC213 50ohms; - Frequencia de trabalho max 6,5GHz;

Leia mais

ANTENAS. TIPOS e CONCEITOS BÁSICOS

ANTENAS. TIPOS e CONCEITOS BÁSICOS ANTENAS TIPOS e CONCEITOS BÁSICOS Desde os primeiros dias do rádio as antenas envolveram os operadores. Houveram muitos desejos e restrições. Cada tipo de antena foi desenvolvido para ajudar alguém em

Leia mais

Antenas, Cabos e Rádio-Enlace

Antenas, Cabos e Rádio-Enlace Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Redes Sem Fio Antenas, Cabos e Rádio-Enlace Rádio Transmissor (Tx) Linha de Transmissão (LT) Antena Transmissora Meio de

Leia mais

ANTENA SLOT DTV - UHF

ANTENA SLOT DTV - UHF Características Antena de fendas para TV DIGITAL UHF canal 14-52 Diagrama direcional, omnidirecional ou específico Montagem em topo ou lateral de torre Variada gama de diagramas de radiação, potência de

Leia mais

ANTENA FM SUPER ALTA POTÊNCIA 03 ELEMENTOS

ANTENA FM SUPER ALTA POTÊNCIA 03 ELEMENTOS ANTENA FM SUPER ALTA POTÊNCIA 3 ELEMENTOS Características Técnicas Frequência 99,3 MHz (canal 257) Polarização Circular Ganho -3,5 dbd ( por elemento ) Ganho sistema (3 elementos),7 dbd Conector EIA 4

Leia mais

Largura de Banda... Polarização... Circular / Elíptica Impedância ohms Ganho... Vide tabela Potência Máxima por Painel...

Largura de Banda... Polarização... Circular / Elíptica Impedância ohms Ganho... Vide tabela Potência Máxima por Painel... Empresa Certificada ISO 900 8 Painel UHF Polarização Circular/Elíptica Antena para transmissão broadcast banda larga em UHF, com polarização Circular ou Elíptica. Característica Técnicas* (Polarização

Leia mais

Capítulo 3: A CAMADA FÍSICA

Capítulo 3: A CAMADA FÍSICA Capítulo 3: A CAMADA FÍSICA PCS 2476 Introdução - 1 Meios Físicos e Suas Características PCS 2476 Introdução - 2 Linhas Físicas Linhas Bifilares Par de fios Cabo de Pares Linha Aberta Linha de Alta Tensão

Leia mais

DIVISÃO DE MANUTENCAO DEPARTAMENTO DE MANUTENCAO DE SISTEMAS DIGITAIS. Especificações Técnicas. Rádios Banda Larga 5.8GHz e Antenas ETD- 00.

DIVISÃO DE MANUTENCAO DEPARTAMENTO DE MANUTENCAO DE SISTEMAS DIGITAIS. Especificações Técnicas. Rádios Banda Larga 5.8GHz e Antenas ETD- 00. COMPANHIA ESTADUAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA DIVISÃO DE MANUTENCAO DEPARTAMENTO DE MANUTENCAO DE SISTEMAS DIGITAIS Especificações Técnicas Rádios Banda Larga 5.8GHz e Antenas ETD- 00.058 Cod.

Leia mais

PARA SUA SEGURANÇA 1- DISPLAY. - Indica aparelho em "espera" ( Stand - By) DISPLAY NORMAL- Indica o número do canal, frequência, etc.

PARA SUA SEGURANÇA 1- DISPLAY. - Indica aparelho em espera ( Stand - By) DISPLAY NORMAL- Indica o número do canal, frequência, etc. 1 Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores de sinais de TV via satélite. Estamos certos de que o receptor Century USR 1900 lhe proporcionará a melhor imagem e também bons momentos

Leia mais

Acessórios: Divisores de potência simétricos ou assimétricos em latão com contatos internos banhados em prata e com acabamento em tinta epóxi.

Acessórios: Divisores de potência simétricos ou assimétricos em latão com contatos internos banhados em prata e com acabamento em tinta epóxi. ANTENA SLOT CiLÍNDRICA DTV - UHF Características Antena cilíndrica de fendas para TV DIGITAL UHF canal 14-52 Diagrama direcional, omnidirecional ou específico Montagem em topo ou lateral de torre Reduzida

Leia mais

Largura de Banda... Polarização... Circular Impedância ohms Ganho... Vide tabela. Relação F/C... Carga ao Vento...

Largura de Banda... Polarização... Circular Impedância ohms Ganho... Vide tabela. Relação F/C... Carga ao Vento... Empresa Certificada ISO 900 Painel Circular de FM Ângulo de / Ganho Potência Conexão Potência Máxima de de Vertical dbd Vezes de Entrada (Kw) Entrada,5,76 EIA 7/ º - EIA 5/ -,9 6 EIA 5/ 5,6,5 EIA 5/ 7º,5,7

Leia mais

Máscara WiMax LNB Gardiner LNB Greatek

Máscara WiMax LNB Gardiner LNB Greatek 6.5. Caracterização da saturação do LNBF A verificação de nível de saturação no LNBF foi feita com o aumento do nível de sinal de TX até que se observasse frequências espúrias no analisador de espectro.

Leia mais

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg.

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg. UFSM-CTISM Comunicação de Dados - Exemplos práticos Aula-05 Professor: Andrei Piccinini Legg Santa Maria, 2012 Meio de é o caminho físico entre o transmissor e o receptor. Como visto numa aula anterior

Leia mais

Linhas de transmissão

Linhas de transmissão Linhas de transmissão 1 - Introdução Linha de transmissão é um termo genérico utilizado para referenciar qualquer tipo de meio físico construído para transmissões de sinais elétricos ou óticos. No setor

Leia mais

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A).

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Apresenta como realizar a instalação, posicionamento correto e utilização com os principais equipamentos

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Empresa Certificada ISO 900 Antena para transmissão broadcast em UHF, com polarização Circular ou Elíptica. Otimizado para trabalhar com canais adjacentes e ideal para transmissão Digital ou combinação

Leia mais

Digital Active Outdoor DVB-T/T2 Antenna SRT ANT 15 ECO

Digital Active Outdoor DVB-T/T2 Antenna SRT ANT 15 ECO Digital Active Outdoor DVB-T/T2 Antenna SRT ANT 15 ECO User Manual Manuel d utilisateur Bedienungsanleitung Istruzioni d uso Manual de usuario Manual do Usuário Használati útmutató Návod k obsluze Bruksanvisning

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL CETEL- Centro Tecnológico de Eletroeletrônica César Rodrigues APRENDIZAGEM INDUSTRIAL Disciplina: Fundamentos de Telecomunicações Filtros Filtros de frequência Conceitos Definição São circuitos para fornecer

Leia mais

Faixa de Frequência... Largura de Banda...

Faixa de Frequência... Largura de Banda... Empresa Certificada ISO 9 8 Antena Log-Periódica VHF Antena direcional para transmissão broadcast em VHF Banda I ou Banda III, com polarização Linear (Horizontal ou Vertical). Antena para transmissão de

Leia mais

Âng. ½ Pot.Vertical 84º 27º 18º 13º 8,5º 6,5º. Âng. ½ Pot.Vertical 84º 27º 18º 13º 8,5º 6,5º. Âng. ½ Pot.Vertical 84º 27º 18º 13º 8,5º 6,5º

Âng. ½ Pot.Vertical 84º 27º 18º 13º 8,5º 6,5º. Âng. ½ Pot.Vertical 84º 27º 18º 13º 8,5º 6,5º. Âng. ½ Pot.Vertical 84º 27º 18º 13º 8,5º 6,5º para transmissão de FM, com polarização Circular. Podendo ser confeccionada com cabos coaxiais e divisores, linha I 5/8 ou I 3 /8. Ideal para transmissão em média e alta potência. Podendo ser instalada

Leia mais

MOTO LINK VÍDEO MONITORAMENTO DIGITAL. Divisão Relm Monitoramento. Divisão Relm Monitoramento

MOTO LINK VÍDEO MONITORAMENTO DIGITAL. Divisão Relm Monitoramento. Divisão Relm Monitoramento MOTO LINK VÍDEO MONITORAMENTO DIGITAL 3G NOV/2014 MULTI-APLICAÇÕES OPERADORA CDMA/EDGE/GPRS/3G INTERNET CENTRAL DE MONITORAMENTO Evento / Foto ilustrativa Evento / Foto ilustrativa Software de Reprodução

Leia mais

DH 406A SISTEMA DE TREINAMENTO EM MICROONDAS. Descrição de componentes

DH 406A SISTEMA DE TREINAMENTO EM MICROONDAS. Descrição de componentes DH 406A SISTEMA DE TREINAMENTO EM MICROONDAS Descrição de componentes 2 1 INTRODUÇÃO O sistema de treinamento em microondas DH-0406A foi desenvolvido para permitir explorar experimentalmente alguns conceitos

Leia mais

Quanto ao mérito da Arame linhas Open

Quanto ao mérito da Arame linhas Open Quanto ao mérito da Arame linhas Open por VK5BR Butler Lloyd (Publicado pela primeira vez na Rádio Amador, de setembro de 1991) Introdução Na escolha de um sistema de alimentação para antenas, a preferência

Leia mais

Cortesia: PP5VX ( Bone ) GG53qs ... veja mais a partir da Página 13

Cortesia: PP5VX ( Bone ) GG53qs ... veja mais a partir da Página 13 Cortesia: PP5VX ( Bone ) GG53qs... veja mais a partir da Página 13 2007 PP5VX (Bone) GG53qs Página 1 de 14 Página 2 de 14 Página 3 de 14 Página 4 de 14 Página 5 de 14 Página 6 de 14 Página 7 de 14 Página

Leia mais

SOLUÇÕES BRASILSAT CONTRA INTERFERÊNCIA - Aplicações em comunicações via satélite em Banda C

SOLUÇÕES BRASILSAT CONTRA INTERFERÊNCIA - Aplicações em comunicações via satélite em Banda C - Aplicações em comunicações via satélite em Banda C V2.0 - AÇÃO DIVERSIDADE - BrasilSat, uma empresa socialmente responsável CAUSAS DE INTERSISTÊMICAS (ESPAÇO PARA TERRA): Dentro da Faixa de 3,625 a 4,2GHz

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA Modelo: ED-2950

SISTEMA DE TREINAMENTO EM COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA Modelo: ED-2950 SISTEMA DE TREINAMENTO EM COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA Modelo: DESCRIÇÃO O sistema de treinamento em comunicação apresenta experimentos planejados para desenvolver comunicações eletrônicas fundamentais. O é

Leia mais

Circuitos de Comunicação Introdução

Circuitos de Comunicação Introdução Circuitos de Comunicação Introdução Gil Pinheiro UERJ-FEN-DETEL Circuitos de Comunicação Objetivo: Estudar os blocos funcionais eletrônicos e de processamento digital de sinais que são utilizados nas comunicações

Leia mais

ANTENA SLOT CILÍNDRICA TV - UHF POLARIZAÇÃO CIRCULAR - ELÍPTICA

ANTENA SLOT CILÍNDRICA TV - UHF POLARIZAÇÃO CIRCULAR - ELÍPTICA Características Antena cilíndrica de fendas para TV Digital UHF canal 4-69 Diagrama direcional, omnidirecional ou específico Montagem em topo ou lateral de torre Variada gama de potência de entrada e ganhos

Leia mais

Capítulo 4 - Testes de Cabos. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página

Capítulo 4 - Testes de Cabos. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página Capítulo 4 - Testes de Cabos 1 Fundamentos - Ondas As ondas são importantes no estudo das redes, pois são elas que transmitem as informações, utilizando meios de cobre, fibra óptica ou o ar. As ondas são

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

Antenas e Propagação. Objetivo

Antenas e Propagação. Objetivo Objetivo O texto de Antenas e Propagação, escrito sob a forma de curso, compreende o princípio de funcionamento, projeto e construção prática dos principais tipos de antenas para diversas freqüências com

Leia mais

5 - Antenas LINHAS DE TRANSMISSÃO. Antenas, Cabos e Rádio-Enlace. Componentes essenciais para uma comunicação Wireless ONDAS ELETROMAGNÉTICAS -OEM-

5 - Antenas LINHAS DE TRANSMISSÃO. Antenas, Cabos e Rádio-Enlace. Componentes essenciais para uma comunicação Wireless ONDAS ELETROMAGNÉTICAS -OEM- Antenas, Cabos e Rádio-Enlace Componentes essenciais para uma comunicação Wireless Uso permitido por Luciano Valente Franz luciano@computech.com.br Rádio Transmissor (Tx) Linha de Transmissão (LT) Antena

Leia mais

Comunicação de Dados. Aula 9 Meios de Transmissão

Comunicação de Dados. Aula 9 Meios de Transmissão Comunicação de Dados Aula 9 Meios de Transmissão Sumário Meios de Transmissão Transmissão guiada Cabo par trançado Coaxial Fibra ótica Transmissão sem fio Ondas de rádio Micro ondas Infravermelho Exercícios

Leia mais

Painel APC 2 Dipolos Baixa Potência

Painel APC 2 Dipolos Baixa Potência Empresa Certificada ISO 900 8 Painel APC Dipolos Baixa Potência Antena para transmissão broadcast banda larga em UHF, com polarização Horizontal. Ideal para transmissão de TV Digital e/ou Analógica. Ideal

Leia mais

Treinamento Técnico Wireless 2015

Treinamento Técnico Wireless 2015 Treinamento Técnico Wireless 2015 TERMINAL CELULAR FIXO TCF-100D 1 - Torre com pára-raios e bom aterramento (vide norma NBR-5419). Sistema SPDA - Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas 2 - Possibilita

Leia mais

Conceitos de RF e Wireless Outdoor. Eng. Alessandro C. Bianchini alessanc@gmail.com

Conceitos de RF e Wireless Outdoor. Eng. Alessandro C. Bianchini alessanc@gmail.com Conceitos de RF e Wireless Outdoor Eng. Alessandro C. Bianchini alessanc@gmail.com Apresentação Alessandro Coneglian Bianchini exerce a função de engenheiro na NEC Brasil, atuando na elaboração de projetos

Leia mais

Os principais componentes de uma Rede Habitacional

Os principais componentes de uma Rede Habitacional Os principais componentes de uma Rede Habitacional Bastidor de Distribuição de Cabelagem Estruturada Conector OmniMedia para bastidor Módulo Rádio/Televisão Módulo Telefone/Fax Portal Internet Extensões

Leia mais

ANTENA YAGI OWA 4 ELEMENTOS - 10 METROS

ANTENA YAGI OWA 4 ELEMENTOS - 10 METROS 1. INTRODUÇÃO Lúcio A. Magalhães Filho PU2XEA A antena yagi do tipo OWA (Optimized Wideband Antenna) foi desenvolvido a poucos anos atrás pelo colega norte americano Jim Breakall (WA3FET). Esta antena

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EZEQUIEL F. LIMA ATERRAMENTO E BLINDAGEM

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EZEQUIEL F. LIMA ATERRAMENTO E BLINDAGEM GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EZEQUIEL F. LIMA ATERRAMENTO E BLINDAGEM Os sistemas de cabeamento estruturado foram desenvolvidos

Leia mais

Vamos montar um rádio CB na nossa Autocaravana

Vamos montar um rádio CB na nossa Autocaravana Vamos montar um rádio CB na nossa Autocaravana Venho desta vez com mais uma proposta, para montarmos na nossa autocaravana um rádio da Banda do Cidadão que é uma forma de comunicação rádio, de características

Leia mais

Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas

Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas O objetivo deste tutorial é conhecer os componentes utilizados em sistemas de distribuição de CATV (TV à cabo) e antenas coletivas, usadas para a recepção

Leia mais

5 Setup de Medidas. 5.1. Introdução

5 Setup de Medidas. 5.1. Introdução 5 Setup de Medidas 5.1. Introdução Para realização desse trabalho foi montada uma configuração de setup de medidas em UHF, mais precisamente no canal 42, freqüência central de 641 MHz em acordo com o Plano

Leia mais

TE155-Redes de Acesso sem Fios Antenas. Antenas

TE155-Redes de Acesso sem Fios Antenas. Antenas Antenas Antenas Ewaldo LuIz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr.br Antenas Ondas Eletromagnéticas Linha e Antena Cálculos em db / dbi Antenas para

Leia mais

INSTITUTO LABORO ESCOLA TECNICA

INSTITUTO LABORO ESCOLA TECNICA INSTITUTO LABORO ESCOLA TECNICA PESQUISA CABO COAXIAIS ASPECTOS TECNICOS FIBRA OPTICA SISTEMA TIPICO DE COMUNICAÇÃO PTICA ESTRUTURA DE UMA FIBRA OPTICA TIPOS DE FIBRA OPTICA Por Ítalo da Silva Rodrigues

Leia mais

Kit de Montagem de Mastro

Kit de Montagem de Mastro Parabéns pela aquisição do seu novo kit de montagem de mastro! Kit de Montagem de Mastro Manual de Instalação Este kit de montagem de mastro foi concebido para postes com 48 milímetros de diâmetro externo

Leia mais

Manual de Operação do USR - 1950

Manual de Operação do USR - 1950 Manual de Operação do USR - 1950 A Century se reserva todos os direitos sobre este Manual podendo alterar seu conteúdo sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores

Leia mais

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado Prof. Alexandre Beletti Ferreira Cabo Coaxial COMPOSTO POR: Fio de cobre rígido que forma o núcleo Envolto por um material isolante, O isolante, por

Leia mais

Descritivo Técnico AirMux-200

Descritivo Técnico AirMux-200 Multiplexador Wireless Broadband -Visualização da unidade indoor IDU e unidade outdoor ODU com antena integrada- Principais Características Rádio e multiplexador wireless ponto-a-ponto com interface E1

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS Tipo: Gabinete Rack do tipo bastidor com porta e ventilação forçada 24U x 19"x 670mm, com porta de

Leia mais

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão Os meios físicos de transmissão são compostos pelos cabos coaxiais, par trançado, fibra óptica, transmissão a rádio, transmissão via satélite e são divididos em duas

Leia mais

Leitor ATG25A-CT (Cabo Preto)

Leitor ATG25A-CT (Cabo Preto) Leitor ATG25A-CT (Cabo Preto) Esse leitor é para ser usado conectado à uma controladora através das interfaces Wiegand, Abatrack, RS232 ou RS485. Ao colocar-se o tag ativo dentro do seu limite de leitura,

Leia mais

Telefonia Celular. Renato Machado

Telefonia Celular. Renato Machado Renato Machado UFSM - Universidade Federal de Santa Maria DELC - Departamento de Eletrônica e Computação renatomachado@ieee.org renatomachado@ufsm.br 23 de Setembro de 2011 Sumário 1 2 3 Fórmula de Friis

Leia mais

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo.

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Manual de instalação Ultrasolar Tel: (11) 3361 3328 Fax: (11) 3361 5810 www.ultrasolar.com.br Aquecedor Solar de Agua. Os aquecedores solares de água a vácuo Ultrasolar,

Leia mais

Fontes de Alimentação Repetidoras. IsoAmp PWR A 20100

Fontes de Alimentação Repetidoras. IsoAmp PWR A 20100 Fontes de Alimentação Repetidoras Fonte de alimentação repetidora em alojamento de 6 mm com chaveamento calibrado dos sinais de saída, transmissão HART e separação protetora. A Tarefa Alimentação flexível

Leia mais

Radiodifusão de TV. PTC2547 Princípios de Televisão Digital. Guido Stolfi EPUSP 10/2016. Ref.: NAB Engineering Handbook Guido Stolfi - PTC / 60

Radiodifusão de TV. PTC2547 Princípios de Televisão Digital. Guido Stolfi EPUSP 10/2016. Ref.: NAB Engineering Handbook Guido Stolfi - PTC / 60 Radiodifusão de TV PTC2547 Princípios de Televisão Digital Guido Stolfi EPUSP 10/2016 Ref.: NAB Engineering Handbook Guido Stolfi - PTC2547-1 / 60 Tópicos Abordados Características Relevantes dos Receptores

Leia mais

TV Digital: Como serão as Antenas Transmissoras no novo Sistema?

TV Digital: Como serão as Antenas Transmissoras no novo Sistema? TV Digital: Como serão as Antenas Transmissoras no novo Sistema? Este tutorial apresenta conceitos básicos sobre antenas empregadas na transmissão de TV Digital que começam em 2 de dezembro de 2007 em

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 15/03/2004)

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 15/03/2004) Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas O objetivo deste tutorial é conhecer os componentes utilizados em sistemas de distribuição de CATV (TV à cabo) e antenas coletivas, usadas para a recepção

Leia mais

5 - especificação TÉCNiCA

5 - especificação TÉCNiCA 5 - especificação TÉCNiCA ESPECIFICAÇÕES DO REPETIDOR RP-860 Frequência UL DL 824-849 MHz 869-894 MHz Especificações elétricas Potência de saída (dbm) DL: 10dBm, 15dBm, 17dBm UL: 10dBm Ganho máximo (db)

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA FUNDAMENTOS DE REDES REDES DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Material elaborado com base nas apresentações

Leia mais

Tabela de Preços Wi-Fi 2009 / Decembro.N.12

Tabela de Preços Wi-Fi 2009 / Decembro.N.12 Tabela de Preços Wi-Fi 2009 / Decembro.N.12 Antenas Painel Setoriais 2.4-2.5 GHz (Polarização Vertical) Linha profissional em aço INOX EMC WF 15, EMC WF 17 EMC WF 17 EMC WF 20 SUP-VAR EMC-WF 20 EMC SUP-VAR

Leia mais

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 6110 10 6120 10 6110 21 6120 16 Emb. Ref. 10 A - 250 V9 módulos 20 6110 10 1 módulo borne automático 1 20 6110 00 1 módulo 1 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 10

Leia mais

TTPH PAINEL H TV VHF ( MHZ)

TTPH PAINEL H TV VHF ( MHZ) Atende canais de V VHF 4 a 13 com dois modelos Diagrama ominidirecional, direcional ou dedicado Opções de ganho por níveis de empilhamento Capacidade de tilt, null-fill e operação split Compatível c/ torre

Leia mais

CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO TÉCNICO DE MEIOS DE TRANSMISSÃO. MEIOS DE TRANSMISSÃO Cabo Coaxial

CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO TÉCNICO DE MEIOS DE TRANSMISSÃO. MEIOS DE TRANSMISSÃO Cabo Coaxial Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO

Leia mais

Redes Locais. Prof. Luiz Carlos B. Caixeta Ferreira

Redes Locais. Prof. Luiz Carlos B. Caixeta Ferreira Redes Locais. Prof. Luiz Carlos B. Caixeta Ferreira 1. Introdução 1.1 - Meios de Transmissão e Topologias 1.2 - Classificação das Redes 1.3 - Métricas de Desempenho 1.4 - Fatores que Impactam no Desempenho

Leia mais

Antenas, Cabos e RádioR

Antenas, Cabos e RádioR CONCEITOS BÁSICOS A ESCALA LOGARÍTMICA O que é o db? Antenas, Cabos e RádioR dio-enlace O db é uma escala usada para representar a relação entre duas potências. db = 1log medida referência A unidade de

Leia mais

História da Fibra Óptica

História da Fibra Óptica História da Fibra Óptica Em 1870, o físico inglês Jonh Tyndall, demonstrou o princípio de guiamento da luz através de uma experiência muito simples, utilizando um recipiente furado com água, um balde e

Leia mais

18 dbi. Senior HD - Possibilita a perfeita sintonia em todas as faixas de frequência, com excelente qualidade de imagem.

18 dbi. Senior HD - Possibilita a perfeita sintonia em todas as faixas de frequência, com excelente qualidade de imagem. Master HD - Com maior capacidade de recepção devido ao potente amplificador de sinal, possibilita a perfeita sintonia em todas as faixas de frequências. Senior HD - Possibilita a perfeita sintonia em todas

Leia mais

PLATAFORMA DE TESTES - PROPOSTA. JOSÉ EDUARDO MARTI CAPPIA Comitê Técnico AESP

PLATAFORMA DE TESTES - PROPOSTA. JOSÉ EDUARDO MARTI CAPPIA Comitê Técnico AESP PLATAFORMA DE TESTES - PROPOSTA JOSÉ EDUARDO MARTI CAPPIA Comitê Técnico AESP - O RÁDIO DIGITAL NÃO RESOLVE O PROBLEMA DA ONDA MÉDIA. - O AUMENTO DO RUÍDO ELÉTRICO URBANO MUNDIAL - - A PRESERVAÇÃO DO CONTEÚDO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. MODO APRENDER: Aprende as principais funções do controle original do player

MANUAL DO USUÁRIO. MODO APRENDER: Aprende as principais funções do controle original do player MANUAL DO USUÁRIO MODO APRENDER: Aprende as principais funções do controle original do player MODO MEMÓRIA: Compatível com diversos modelos de CD s e DVD s Players Veja o vídeo de instalação e codificação

Leia mais

Tipos de Antenas e suas propriedades

Tipos de Antenas e suas propriedades Tipos de Antenas e suas propriedades TV Antenas Lineares: Yagi-Uda Log-Periódica Painel Dipolos MO/OC/X Painel H (Duplo Delta) Superturnstile (Batwing) Antenas de Abertura: Parabólica Slot Figura 2 - Tipos

Leia mais

57)Assinale a alternativa que não representa o nome de um oscilador: A ( ) A cristal B ( ) De relaxação C ( ) Zener D ( ) Colpetts E ( ) Hartley

57)Assinale a alternativa que não representa o nome de um oscilador: A ( ) A cristal B ( ) De relaxação C ( ) Zener D ( ) Colpetts E ( ) Hartley LIGA DE AMADORES BRASILEIROS DE RADIO EMISSÃO LABRE/RN SEDE: CAIC de Lagoa Nova Vila das Federações Cx. Postal 251, Natal/RN, 59010-970) Home Page http://www.ps7aa.kit.net Tel. 3086 2140 (Ed PS7DX) e-mail:

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Externa. Manual de Instalação e Operação Versão 1.0 Março de 2007

Sistema de Gerenciamento de Externa. Manual de Instalação e Operação Versão 1.0 Março de 2007 CL-10 Sistema de Gerenciamento de Externa Manual de Instalação e Operação Versão 1.0 Março de 2007 SELECT MODE PORTUGUÊS TALK RETURN CL-10 Line Communication System INSTALAÇÃO! A Billy Broadcasting comunica

Leia mais

ANTENA PAINEL DUPLO DELTA VHF

ANTENA PAINEL DUPLO DELTA VHF ANTENA PAINEL DUPLO DELTA VHF Considerações A antena "Painel Duplo Delta" é recomendada para utilização em sistemas que operam de média a alta potência de transmissão, associada a necessidade de irradiação

Leia mais

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada.

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada. não furadas Série NJEP Segurança umentada. Para customização NR IEC: plicações Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis estão presentes de forma contínua, frequente ou acidental,

Leia mais

Kit de água quente solar

Kit de água quente solar Kit de água quente solar Colector de módulos acumulador solar controlo solar Made in Tirol by Teufe & Schwarz Visão geral Kit de água quente solar O imprescindível kit inicial para o acesso inteligente

Leia mais

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

Leia mais