CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO"

Transcrição

1 CONFIANET CERTIFICAÇÕES S.A. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE USO DE SOFTWARE DE CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE COMERCIAL CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO O presente instrumento faz parte integrante da Proposta Comercial em que o Contratante, com a aceitação da Proposta Comercial declara, expressamente, haver conhecimento deste instrumento CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO que, tendo lido, aceita integralmente as disposições aqui contidas. Pelo presente INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE USO DE SOFTWARE DE CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE COMERCIAL, celebrado entre as partes, devidamente nominadas e qualificadas na Proposta Comercial, que faz parte integrante deste instrumento, têm justo e contratado: I DEFINIÇÕES I.1. Para efeitos deste contrato considera- se: I.1.1 Proposta Comercial: instrumento firmado pelo Contratante, onde constam nome e qualificação das partes, especificação do objeto do contrato, norma de referência, preço e forma de pagamento, que faz parte integrante deste instrumento; I.1.2 Software/Licenciamento de Software: programa de computação, desenvolvido pelo Contratado destinado à compilação e armazenamento de dados sobre a atividade comercial do Contratante e Licença de Direito de Uso, para livre utilização do Contratante em seus controles internos, bem como para utilização do Contratado, para o levantamento de dados da atividade comercial do Contratante (auditoria), para fins de certificação; I.1.3 Auditoria: exame sistemático e independente, para constatação das atividades comerciais e seus resultados, notadamente sobre as relações consumeristas entre o Contratante e seus clientes (compradores via e- commerce) e indicações de sistema de gestão em e- commerce, objetivando a satisfação dos clientes da Contratante; I.1.4 Certificação: ato de outorga do Certificado; 1/10

2 I.1.5 Certificado de Conformidade: documento indicativo de que o sistema de gestão comercial encontra- se em conformidade com as normas de referência e sistema de gestão; I.1.6 Comissão de Risco: grupo constituído pelo Contratado para a análise de concessão do Certificado de Conformidade; I.1.7 Eventos: termo genérico para a designação dos procedimentos das análises especificadas no item, I.1.3, acima; I.1.8 Sistema de Gestão: estrutura organizacional, procedimentos e processos, implementada pelo Contratante, para o pleno atendimento e satisfação dos clientes do Contratante, na atividade de e- commerce; I.1.9 Norma de Referência: norma que contém os princípios e requisitos para, aplicadas onde couber, avaliar os sistemas de gestão para a atividade e- commerce (ABNT NBR ISO 10008:2013), servindo como premissa para as avaliações de certificação a ser concedida pelo Contratado. II OBJETO II.1. É objeto do presente instrumento: a. O licenciamento, para utilização por parte do Contratante, do software desenvolvido pelo Contratado, dedicado ao armazenamento e levantamento de dados estatísticos sobre a atividade de comércio eletrônico (e- commerce), nos termos do capítulo III, abaixo; b. A auditoria e certificação, por parte do Contratado, para avaliação de conformidade do sistema de gestão do Contratante, com base na norma de referência descrita no item I.1.9 (observância das premissas), acima, e auditorias internas independentes, compreendendo: análise de relatórios de vendas e entregas; pesquisas junto ao mercado consumidor sobre satisfação dos clientes; análise do sistema de entrega de encomendas em relação ao tempo de entrega e inviolabilidade (entrega de mercadorias adquiridas através de e- commerce); c. Auditoria junto ao Contratante efetuada pela Comissão de Risco, para constatação de plena aplicação do Sistema de Gestão, referente ao fluxo de pedidos e entregas e possíveis reclamações de clientes e dos procedimentos de entrega de encomendas recebidas (entrega de mercadorias adquiridas através de e- commerce); d. Pesquisas de mercado, por parte do Contratado ou de empresa terceirizada contratada, para constatação de índice de satisfação de cliente do Contratante ou reclamações, para os devidos ajustes; 2/10

3 e. A Certificação de Qualidade e direito de uso do Selo de Certificação, conforme estabelecido no capítulo IV, abaixo. III. LICENÇA DE DIREITO DE USO DE SOFTWARE III.1 Com o presente instrumento, o Contratado concede ao Contratante o direito de uso de software, por este desenvolvido, dedicado à compilação e armazenamento dos dados referentes à atividade comercial do Contratado. III.2 A licença de uso de software de que trata esta cláusula, se dá em caráter não exclusivo e oneroso e para que o Contratante possa instalar em seus computadores e/ou servidores de rede de seu controle, sendo que o Contratado também terá direito a tais dados, para efeito de concessão da Certificação, objeto deste contrato. III.3 A licença de uso de software aqui pactuada se dá em caráter não exclusivo. Sendo assim, o Contratado poderá livremente licenciar terceiros, inclusive concorrentes do Contratante, para a utilização do software. III.4 O Contratado se obriga a prestar a assistência técnica necessária, consistindo na integração do software aos sistemas do Contratante e solução de eventuais inconsistências de funcionalidade. III.5 O Contratante não poderá, em hipótese alguma: (i) (ii) (iii) Sublicenciar, alugar, arrendar, emprestar, dar, dispor ou de qualquer outra forma ceder, total ou parcialmente, o direito de uso sobre o software; Alterar à qualquer título, desenvolver novas versões ou elaborar novo software embasado nos dados e engenharia do software; Ocultar as informações de direitos de propriedade do Contratado. único: Na ocorrência de qualquer um dos casos acima, o Contratante obriga- se a pagar, a título de penalidade contratual, o montante de R$ ,00 (cem mil reais), em benefício do Contratado, na data da constatação da falta contratual. III.6 Todos os direitos de propriedade sobre o software são exclusivos do Contratado, não conferindo, assim, ao Contratante, qualquer direito de propriedade sobre o mesmo. 3/10

4 IV. CERTIFICAÇÃO IV.1 A Certificação de Conformidade do Contratante será concedida pelo Contratado, após a constatação positiva das análises, auditorias e pesquisas elencadas na cláusula III, acima, que serão efetuadas pela Comissão de Risco. IV.2 Ocorrendo a aprovação (constatação positiva) será concedido o Certificado de Conformidade. A concessão do Certificado de Conformidade dará direito ao Contratante de utilizar o Selo de Certificação, nas condições e limites especificados neste instrumento. IV.3 Ocorrendo a reprovação da concessão do Certificado de Conformidade, o Contratado informará os motivos da reprovação onde, poderá o Contratante solicitar revisão do parecer da Comissão de Risco e/ou ajustar seus procedimentos e solicitar nova avaliação. O ajustes de procedimentos de que trata essa cláusula deverão ser efetuados em até 20 (vinte) dias úteis. IV.4 Os direitos e obrigações derivados da Certificação somente se tornarão exigíveis a partir da obtenção do Certificado de Conformidade. IV.5 O uso do Certificado de Conformidade e do Selo de Certificação é restrito aos limites estabelecidos no presente instrumento. IV.6 O Contratado não assume qualquer responsabilidade por eventual não obtenção do Certificado de Conformidade ou sua renovação em decorrência de não conformidade ou falhas no sistema de gestão vis a vis a norma de referência aplicável, mesmo que por motivos externos da Contratante (por exemplo: sistema falho de entregas de encomendas terceirizado). IV.7 O Certificado de Conformidade terá sua validade pelo período consignado na Proposta Comercial (que faz parte integrante deste instrumento), ficando, todavia condicionado a: IV.7.1 Manutenção do Sistema de Gestão e observância das premissas da Norma de Referência; IV.7.2 Submissão ao Contratado, por parte do Contratante, de eventuais alterações introduzidas no Sistema de Gestão, relacionados à atividade venda e- commerce ; IV.7.3 Implementação de ações corretivas sobre eventuais não conformidades detectadas pela Comissão de Risco durante as auditorias de manutenção que ocorrerão trimestralmente; 4/10

5 IV.7.4 Realização das auditorias de manutenção e análise dos dados compilados através do software desenvolvido pelo Contratado (cláusula II.1.a), que ocorrerão trimestralmente. IV.8 O Contratado efetuará auditoria trimestral de manutenção, para a constatação de que os procedimentos do sistema de gestão e das premissas da Norma de Referência estão sendo corretamente aplicados pelo Contratante, inclusive com base nos dados obtidos através do software desenvolvido pelo Contratado, devidamente instalado no sistema de informática do Contratante. IV Independentemente da auditoria trimestral a ser efetuada pelo contratado, conforme consignado na cláusula IV.8, acima, o Contratado, por seu exclusivo critério, poderá efetuar auditoria(s) intermediária(s). V. ANÁLISE PRELIMINAR V.1 O Contratado, após a contratação, efetuará uma análise preliminar das atividades de comércio eletrônico do Contratante. V.2 Pela análise preliminar especificada neste capítulo o Contratante obriga- se a pagar a Taxa de Análise especificada na proposta comercial que faz parte integrante deste contrato. V.3 Na hipótese de o Contratado, em decorrência da análise preliminar, decidir pela não aceitação em desenvolver as atividades objeto deste contrato ao Contratante, o Contratado se obriga a efetuar a devolução da Taxa de Análise especificada na cláusula V.2, acima, desde que observado o disposto na cláusula V.4, abaixo. V.4 A devolução do valor pago pela análise preliminar (Taxa de Análise) de que trata esse capítulo somente ocorrerá no caso de haver o Contratante entregue e/ou disponibilizado todos os documentos e informações solicitados pelo Contratado e pela negativa de desenvolvimento das atividades pactuadas neste instrumento, por parte do Contratado. VI. SUSPENSÃO OU CANCELAMENTO DA CERTIFICAÇÃO VI.1 A Certificação poderá ser suspensa ou cancelada, nos termos da cláusula VI.1.1, abaixo. VI.1.1 A Certificação será suspensa nos casos seguintes: a) Sistema de gestão apresente falhas constantes, sem que o Contratante proceda os ajustes para correção; 5/10

6 b) Contratante impeça o Contratado de efetuar as auditorias periódicas; c) Contratante solicitar a suspensão; d) Contratante estiver inadimplente com qualquer das obrigações especificadas neste instrumento; e) Inadimplemento, por mais de duas parcelas, das obrigações pecuniárias do Contratante, perante o Contratado. VI.1.2 A Certificação poderá ser cancelada nos casos seguintes: a) Falhas constantes que ocasionaram a suspensão, sem que os ajustes para correção tenham sido efetuados; b) Não cumprimento do prazo (20 dias cláusula IV.3, acima), para ajustes de correção; c) Inadimplemento, por mais de três parcelas, das obrigações pecuniárias do Contratante, perante o Contratado. VI.2 O Contratante deverá interromper o uso do material publicitário que faça referência à certificação, bem como o uso do Selo de Certificação, no momento em que for informado da suspensão ou do cancelamento da Certificação. VI.3 Durante a suspensão, o Contratante não poderá promover a sua Certificação. VII. OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE VII.1 Complementarmente às obrigações especificadas neste instrumento, o Contratante se obriga a: VII.1.1 Facilitar o acesso aos dados necessários à Certificação, de pessoal credenciado do Contratado, em locais físicos e/ou virtuais, para a boa execução dos serviços especificados na cláusula III deste instrumento; VII.1.2 Manter a instalação do software desenvolvido pelo Contratado em seu sistema, permitindo que o Contratado tenha livre acesso aos dados. O acesso aos dados, por parte do Contratado implicam exclusivamente dados considerados como não confidenciais por parte do Contratante; VII.1.3 Fazer uso do Certificado de Conformidade e da Marca de Certificação (Selo de Certificação), para fins de divulgação e/ou publicidade, restrito ao campo de sua abrangência; 6/10

7 VII.1.4 Utilizar o Selo de Certificação somente após a concessão da Certificação e suas devidas renovações; VII.1.5 Implementar, no prazo estipulado, as ações corretivas decorrentes de não conformidade detectadas pelas auditorias trimestrais; VII.1.6 Responsabilizar- se pela veracidade das informações prestadas ao Contratado; VII.1.7 Manter o Sistema de Gestão em conformidade com a Norma de Referência; VII.1.8 Manter as obrigações pecuniárias para com o Contratante, em dia. VII.2 Para o bom desempenho das atividades acordadas no presente, o Contratado poderá, a seu livre critério, efetuar compras de produtos do Contratante via comércio eletrônico para a constatação de performance. Neste(s) caso(s), após o recebimento da mercadoria adquirida pelo Contratado, o mesmo informará o Contratante da compra efetuada e solicitará a devolução da mercadoria adquirida onde, neste(s) caso(s) o Contratante se obriga a proceder o recebimento da mercadoria adquirida, mediante a devolução do valor pago, descontadas as taxas de correio e de cartão de crédito. VIII. OBRIGAÇÕES DO CONTRATADO VIII.1 Complementarmente às obrigações especificadas neste instrumento, o Contratado se obriga a: VIII.1.1 Responsabilizar- se, perante o Contratante e terceiros, pelos serviços objeto deste instrumento, bem como por seus prepostos, funcionários e representantes; VIII.1.2 Prover o Contratado, com a devida instalação no sistema do Contratante, do software desenvolvido, para a compilação de informações de natureza comercial e disponibilizar, sempre que houver, as versões atualizadas de tal software; VIII.1.3 Não divulgar qualquer dado confidencial do Contratante que porventura tiver acesso; VIII.1.4 Responsabilizar- se pela remuneração e todas as obrigações, encargos trabalhistas, securitários e tributários de seus representantes durante e após a vigência deste contrato. Neste sentido o Contratado atesta que não há, nem haverá qualquer vínculo trabalhista entre Contratante e Contratado; 7/10

8 VIII.1.5 Não transferir ou ceder, total ou parcialmente, os direitos e obrigações aqui pactuadas, sem a prévia e expressa autorização do Contratante, podendo, todavia, o Contratado, utilizar- se de auditores, especialistas e empresas de pesquisas de opinião pública externos, permanecendo nestes casos, o Contratado, integralmente responsável pelos atos de seus representantes e contratados; VIII.1.6 Fornecer as informações necessárias ao Contratante, para que este efetue os ajustes de procedimentos e não divulgar, em hipótese alguma, a terceiros, informações privadas e/ou confidenciais do Contratante. VIII.2 O Contratado não poderá ser responsabilizado, em hipótese alguma, por falhas na entrega, não entrega ou deficiência na qualidade do produto entregue pelo Contratante, que são de responsabilidade exclusiva do Contratante. IX. PREÇO E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO IX.1 Pela Certificação e utilização da Marca de Certificação (Selo de Certificação), o Contratante deverá pagar ao Contratado o valor constante na Proposta Comercial, que faz parte integrante deste instrumento. IX.2 O atraso no pagamento de mais de duas parcelas implicará na suspensão da Certificação, até que sejam regularizados os pagamentos. IX.3 O atraso no pagamento de mais de três parcelas implicará no cancelamento da Certificação. A não suspensão não será considerada novação, mas sim ato de mera tolerância, não gerando qualquer direito à Contratante, nem extinguindo qualquer direito da Contratada. IX.4 O atraso no pagamento das parcelas sujeitará o Contratante ao pagamento de correção monetária calculada pro rata tempore pela variação do IGPM/FGV, multa de 10% (dez por cento) e juros mensais à ordem de 1% (um por cento), sobre o valor em atraso. IX.5 As parcelas deverão ser pagas pelo Contratante através de boletos bancários que serão emitidos pelo Contratado. X. PRAZO DE VIGÊNCIA X.1 O prazo de vigência do presente instrumento inicia- se na data da assinatura da Proposta Comercial, que faz parte integrante deste instrumento e pelo período ali especificado. 8/10

9 X.2 Em caso de suspensão da Certificação, consignada na cláusula VI.1.1 acima, o contrato será considerado em vigor, com as obrigações aqui estipuladas, inclusive a obrigação pecuniária, mantidas. X.3 Em caso de cancelamento da Certificação, conforme estipulado na cláusula VI.1.2.a e VI.1.2.c acima, o contrato será considerado em vigor até a data do cancelamento da Certificação, observando- se o disposto na cláusula XI, abaixo. XI. RESCISÃO XI.1 Ocorrendo manifestação de rescisão unilateral sem justo motivo, a parte que requereu a rescisão obriga- se, perante a outra parte a: XI.1.1 Se o Contratante requerer ou der causa à rescisão (casos previstos na cláusula VI.1.2 acima), ficará obrigada ao pagamento, em favor do Contratado, da totalidade dos valores devidos até a data da rescisão, acrescidos de 50% (cinquenta por cento) do valor remanescente (somatória da parcelas à pagar) do contrato, à titulo de perdas e danos, desde que já tenha obtido a Certificação, nos termos da cláusula IV deste instrumento. XI Os valores referidos na cláusula XI.1.1 deverão ser pagos em até 15 (quinze) dias após a rescisão do contrato. XI.1.2 Caso o Contratante não efetue o pagamento no prazo estipulado no item XI acima, ficará sujeito ao pagamento de multa moratória de 10% sobre o valor devido, acrescido de juros de 12% ao ano e correção monetária a ser calculada pelo IGPM/FGV, pró rata tempore. XI.2 Se o Contratado requerer ou der causa à rescisão do contrato, perderá o direito de requerer quaisquer pagamentos das parcelas vincendas (todavia com o direito em receber as parcelas vencidas e não pagas, se for o caso). XII. DISPOSIÇÕES GERAIS XII.1 O Contratante deverá comunicar ao Contratado sobre quaisquer alterações em sua razão social, endereço, mudança na estrutura operacional, mudança no sistema de gestão e quaisquer outras mudanças que podem vir a implicar, de alguma forma, no relacionamento do Contratante com seus clientes. XII.2 Casos omissos e eventuais modificações do presente contrato serão resolvidos de comum acordo entre as partes e serão objeto de Termo Aditivo que, firmado pelas partes, passará a fazer parte integrante a este instrumento. 9/10

10 XII.3 Qualquer tolerância concernente a descumprimento de obrigações aqui pactuadas não constituirá renúncia, não prejudicando, assim, a faculdade das partes em exigir ou fazer exigir seu cumprimento exercendo seu direito de ação a qualquer tempo. XII.4 O presente instrumento obriga as partes e sucessores a qualquer título. XII.5 O presente instrumento não estabelece, em hipótese alguma, qualquer forma de sociedade, associação, representação, agência, representação solidária ou qualquer vínculo trabalhista. XII.6 As partes elegem o foro central da comarca de São Paulo, Capital, para dirimir toda e qualquer pendência oriundo do presente contrato, com a renúncia de qualquer outro, por mais privilegiado que seja. O presente contrato é considerado integralmente aceito e firmado através da aceitação, com as assinaturas, na Proposta Comercial. São Paulo, 20 de Janeiro de /10

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO Pelo presente instrumento particular, as partes, de um lado, VARITUS BRASIL EIRELI, inscrita no CNPJ sob nº

Leia mais

ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF: Data de Nascimento: / /. CEP: Cidade: UF: Curso:

ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF: Data de Nascimento: / /. CEP: Cidade: UF: Curso: Pelo presente instrumento particular, o ALUNO e, se for o caso, seu RESPONSÁVEL FINANCEIRO, em conjunto denominados CONTRATANTE, ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF:

Leia mais

Anexo 1.2.7 : Modelo de instrumento de cessão de crédito sem coobrigação

Anexo 1.2.7 : Modelo de instrumento de cessão de crédito sem coobrigação Anexo 1.2.7 : Modelo de instrumento de cessão de crédito sem coobrigação INSTRUMENTO PARTICULAR DE CESSÃO DE CRÉDITOS SEM COOBRIGAÇÃO Por este instrumento, as partes a seguir designadas e qualificadas,

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMA DE COMPUTADOR

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMA DE COMPUTADOR Registro n 1662344 LOJA DE APLICATIVOS V.01.2011 INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMA DE COMPUTADOR 1. DO OBJETO DO CONTRATO... 4 2. DO PRAZO DO PRESENTE CONTRATO... 4 3. DO

Leia mais

HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES

HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES Pelo presente instrumento particular, HIRATA CONSULTORES, sociedade empresária limitada com sede na Rua Nilo, 163, no Município de São

Leia mais

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973.

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. *ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. CONTRATO DE LOCAÇÃO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE BEM MÓVEL Contrato

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA 1 CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA I PARTES: a) Sócia 2, doravante denominada simplesmente PROMITENTE VENDEDOR CEDENTE;

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARE

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARE 1 - IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTE: {Razão social}, com sede em {Cidade}, na {Endereço}, Bairro {Bairro}, Cep {CEP}, no Estado de {Estado}, inscrita no C.N.P.J. sob

Leia mais

Quadro 5 Número de Vias deste Contrato Total: 2 (duas) vias Vias da ELETROBRAS: 1 (uma) via Vias da Contratante: 1 (uma) via

Quadro 5 Número de Vias deste Contrato Total: 2 (duas) vias Vias da ELETROBRAS: 1 (uma) via Vias da Contratante: 1 (uma) via CONTRATO PARA LICENÇA DE USO DE MÓDULO EXECUTÁVEL DE PROGRAMA COMPUTACIONAL QUE ENTRE SI FAZEM A CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS - ELETROBRÁS E A CONTRATANTE ABAIXO CARACTERIZADA. ECE-EGP-XXX/20XX Quadro

Leia mais

CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E,

CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E, CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E, NAS MODALIDAES PAT- PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO DOS TRABALHADORES E/OU PRÊMIO - PREMIAÇÃO E INCENTIVO

Leia mais

FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015

FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015 FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015 Ementa: Altera e estabelece o Regulamento Financeiro para os cursos de graduação da Faculdade Metodista Granbery. O TESOUREIRO DO INSTITUTO

Leia mais

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS II - GLOSSÁRIO PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU HARTFORD CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE PRESENCIAL CURSOS LIVRES DE CURTA DURAÇÃO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE PRESENCIAL CURSOS LIVRES DE CURTA DURAÇÃO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE PRESENCIAL CURSOS LIVRES DE CURTA DURAÇÃO Pelo presente instrumento particular, de um lado, GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A., sociedade anônima

Leia mais

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 Regulamento do Plano de Empréstimo 2015 Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 1. Dos Objetivos a) Estabelecer os direitos e obrigações da Previplan - Sociedade de Previdência Privada (aqui designada como Sociedade

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER GPS MOTO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER GPS MOTO Página 1 de 8 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER GPS MOTO ET DO BRASIL LTDA., CNPJ: 02.927.956/0001-69, empresa com sede à Rua Federação Paulista de Futebol, 777, Várzea da Barra Funda, São Paulo/SP,

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº /

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, (Nome da empresa CONTRATANTE), pessoa jurídica de direito privado com

Leia mais

CARTA DE ACORDO Nº I - DO OBJETO

CARTA DE ACORDO Nº I - DO OBJETO CARTA DE ACORDO Nº Pelo presente instrumento, sob a égide do Acordo Básico de Assistência Técnica firmado entre a República Federativa do Brasil e a Organização das Naçõe Unidas, suas Agências Especializadas

Leia mais

CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA PARA SITE

CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA PARA SITE CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA PARA SITE Partes Contratantes: De um lado a AML MARKETING DIGITAL doravante denominada como CONTRATADA e do outro lado, como CONTRATANTE, aquele que preencheu

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito

Leia mais

CONTRATO DE HOSPEDAGEM E DESENVOLVIMENTO DE WEB SITE

CONTRATO DE HOSPEDAGEM E DESENVOLVIMENTO DE WEB SITE CONTRATO DE HOSPEDAGEM E DESENVOLVIMENTO DE WEB SITE PREAMBULO PARTES: CONTRATADA: SISTEMAS GERAIS DA INFORMAÇÃO inscrita no CNPJ sob nº 12.777.502/0001-02; doravante designada simplesmente CONTRATADA.

Leia mais

CIRCULAR Nº 255, DE 4 DE JUNHO DE 2004

CIRCULAR Nº 255, DE 4 DE JUNHO DE 2004 SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR Nº 255, DE 4 DE JUNHO DE 2004 Dispõe sobre a atualização de valores relativos às operações de seguros, de previdência complementar aberta e de capitalização,

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE BACKUP ONLINE, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE BACKUP ONLINE, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE BACKUP ONLINE, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO QUADRO RESUMO 1. : NOME DA EMPRESA, com sede na xxxxxxxxxxxxx, nº. xxxx,, inscrita no

Leia mais

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE O presente Anexo III faz parte integrante do Contrato de Credenciamento ao Sistema Elavon ( CONTRATO ) registrado no 5º Oficial de Registro de Títulos e Documentos

Leia mais

TERMO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE ESPAÇO VIRTUAL PARA DIVULGAÇÃO DE MARCA, PRODUTOS E/OU SERVIÇOS

TERMO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE ESPAÇO VIRTUAL PARA DIVULGAÇÃO DE MARCA, PRODUTOS E/OU SERVIÇOS TERMO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE ESPAÇO VIRTUAL PARA DIVULGAÇÃO DE MARCA, PRODUTOS E/OU SERVIÇOS Pelo presente Termo, em que são partes, de um lado SHAPE.I e, de outro, PARCEIRO, regularmente cadastrado em

Leia mais

TERMOS DE CONDIÇÕES E USO. O Grupo Orguel o convida para ser um usuário deste Site e conhecer os Termos e Condições que conduzem a sua utilização.

TERMOS DE CONDIÇÕES E USO. O Grupo Orguel o convida para ser um usuário deste Site e conhecer os Termos e Condições que conduzem a sua utilização. TERMOS DE CONDIÇÕES E USO O Grupo Orguel o convida para ser um usuário deste Site e conhecer os Termos e Condições que conduzem a sua utilização. O presente Site destina-se a disponibilizar mais uma forma

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE Ao aceitar eletronicamente este contrato, depois de aceito todas as condições do contrato, o cliente estará automaticamente aderindo e concordando com todos os termos

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS [PREENCHER], empresa estabelecida em [preencher cidade, estado, logradouro], inscrita no CNPJ sob o número [preencher], neste ato representada na forma de seu contrato

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua Sampaio Viana, 44 - Paraíso,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PREMIUM CASH

CONDIÇÕES GERAIS DO PREMIUM CASH CONDIÇÕES GERAIS DO PREMIUM CASH I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PREMIUM CASH PLANO PM 60/60 N - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014

Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014 Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014 Regulamenta o oferecimento e a aceitação do seguro garantia judicial para execução fiscal e seguro garantia parcelamento administrativo fiscal para

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO COMERCIAL

ACORDO DE COOPERAÇÃO COMERCIAL ACORDO DE COOPERAÇÃO COMERCIAL ATELECOM S.A., inscrita no CNPJ/MF sob nº 03.498.897/0001-13, com sua sede social sita na Rua do Rócio, 291-2 andar, Vila Olímpia, São Paulo / SP, doravante denominada ATELECOM

Leia mais

Para utilizar o MULTI, é indispensável a aceitação dos termos descritos a seguir.

Para utilizar o MULTI, é indispensável a aceitação dos termos descritos a seguir. Termos de Uso Para utilizar o MULTI, é indispensável a aceitação dos termos descritos a seguir. Este Contrato de Licença de Usuário Final ("EULA") é um acordo legal entre licenciado (pessoa Física ou Jurídica)

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRASILCAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP MULTISORTE PM24P - MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS. I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições:

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS. I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições: CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições: a) PASSA TEMPO ADMINISTRADORA DE CARTÃO LTDA., com sede na Rua

Leia mais

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições:

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições: CONTRATO DE MÚTUO Prelo presente instrumento particular, [O Estudante, pessoa física proponente de empréstimo com determinadas características ( Proposta )], identificado e assinado no presente contrato

Leia mais

CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA ONLINE DE VENDAS

CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA ONLINE DE VENDAS CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA ONLINE DE VENDAS Partes Contratantes: De um lado a AML MARKETING DIGITAL doravante denominada como CONTRATADA e do outro lado, como CONTRATANTE, aquele

Leia mais

A proposta técnico-comercial nº 23.CP.XXX/2013 passa a fazer parte integrante deste Contrato, doravante designada apenas como Proposta.

A proposta técnico-comercial nº 23.CP.XXX/2013 passa a fazer parte integrante deste Contrato, doravante designada apenas como Proposta. A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, entidade privada sem fins lucrativos, reconhecida de utilidade com sede nesta Cidade de São Paulo, à Rua Minas Gerais nº 190 - Higienópolis, inscrita no CNPJ

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CRIAÇÃO DE WEBSITE

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CRIAÇÃO DE WEBSITE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CRIAÇÃO DE WEBSITE 1. DOS SERVIÇOS: 1.1 O presente contrato tem como objeto a formulação do conjunto de páginas eletrônicas e gráficas, aqui denominado simplesmente

Leia mais

Contrato de Prestação de Serviços De Desenvolvimento de Site

Contrato de Prestação de Serviços De Desenvolvimento de Site Contrato de Prestação de Serviços De Desenvolvimento de Site DEFINIÇÃO: Esse contrato visa documentar a proposta de prestação de serviços, apresentada pela CONTRATADA e aceita previamente pela CONTRATANTE,

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO

TERMO DE COMPROMISSO TERMO DE COMPROMISSO Pelo presente instrumento, de um lado Nicolai Coelho Consultoria em Comunicação LTDA, com sede na Rua Texas, 635, Brooklin, São Paulo - SP, inscrita no CNPJ sob o nº 10.825.469/0001-13,

Leia mais

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 CONTROLE DE VERSÃO EILD PADRÃO BRASIL TELECOM S.A. ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 1. Alterações realizadas no corpo do contrato: Alteradas as qualificações da CONTRATADA e CONTRATANTE O Anexo

Leia mais

CONTRATO DE ARMAZENAMENTO, HOSPEDAGEM, DISPONIBILIZAÇÃO RESTRITA E MANDATO

CONTRATO DE ARMAZENAMENTO, HOSPEDAGEM, DISPONIBILIZAÇÃO RESTRITA E MANDATO CONTRATO DE ARMAZENAMENTO, HOSPEDAGEM, DISPONIBILIZAÇÃO RESTRITA E MANDATO FÁBRICA DE SUCESSOS LTDA. ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob Nº 14.464.760/0001-64, com sede na Alameda

Leia mais

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB Contrato de Prestação de Serviços que entre si fazem {{customer_full_name}}, com registro no {{customer_document_kind}} sob o n {{customer_document_number}}, com

Leia mais

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado.

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado. TERMOS DE USO 1. O acesso ao(s) curso(s) contratado(s) só será efetivado com o correto preenchimento do cadastro de inscrição e após a confirmação do pagamento, conforme especificações no item 4 5, abaixo.

Leia mais

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE CONTRATO DICQ Nº / (à ser preenchido pelo DICQ) DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALI- DADE DE LABORATÓRIO

Leia mais

(NOME DO PROVEDOR), (QUALIFICAÇÃO DO PROVEDOR), doravante denominada simplesmente PROVEDOR.

(NOME DO PROVEDOR), (QUALIFICAÇÃO DO PROVEDOR), doravante denominada simplesmente PROVEDOR. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE BILHETAGEM E VALORAÇÃO DE CHAMADAS PARA INTERNET, ATENDIMENTO À CLIENTES E LANÇAMENTO DE CRÉDITO EM CONTA TELEFÔNICA, firmado entre TELEMAR NORTE LESTE S/A de um lado

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS E DEFINIÇÕES

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS E DEFINIÇÕES CONTRATO DE LICENÇA PARA USO DE MARCA Entre as partes de um lado UNIPSICO DE SÃO PAULO COOPERATIVA DE SAÚDE E DE TRABALHO EM PSICOLOGIA, com sede na Avenida Brigadeiro Luis Antônio, n.º 878 8º andar -

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 Página 1 de 7 CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: HSBC Empresa de Capitalização (Brasil) S.A. CNPJ: 33.425.075/0001-73 TC CASH 36 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL Nº DA CÉDULA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) (S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL RENAVAN CHASSI PLACA NOTA FISCAL (CASO VEÍCULO

Leia mais

VALECARDLOGÍSTICA. Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT

VALECARDLOGÍSTICA. Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT VALECARDLOGÍSTICA Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT Por este instrumento particular, as PARTES, de um lado como CONTRATADA, a Empresa autorizada a utilizar

Leia mais

Norma para Concessão de Bolsa de Pesquisa

Norma para Concessão de Bolsa de Pesquisa Norma para Concessão de Bolsa de Pesquisa 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 CAPÍTULO I - Do Objetivo e Abrangência... 4 CAPÍTULO II - Dos Procedimentos e Critérios para Concessão da Bolsa de Pesquisa... 4 CAPÍTULO

Leia mais

PARÁGRAFO QUARTO: O processo de implantação do ssotica constará das seguintes atividades:

PARÁGRAFO QUARTO: O processo de implantação do ssotica constará das seguintes atividades: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular de contrato de prestação de serviços, de um lado a IPÊ TECNOLOGIA EM SISTEMAS LTDA, pessoa jurídica com sede na cidade de Uberlândia-MG,

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE I Informações Iniciais... 4 II Glossário... 4 III Objetivo... 5 IV Natureza do Título... 5 V Vigência... 5 VI Pagamento... 5 VII Carência...

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV 1/9 CAPÍTULO I Do Objeto Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da CASANPREV, dos Participantes,

Leia mais

Telecomunicações de São Paulo S/A

Telecomunicações de São Paulo S/A INSTRUMENTO PARTICULAR DE CESSÃO DE USO DA RELAÇÃO DE ASSINANTES No. M O D E L O A Telecomunicações de São Paulo S/A - TELESP, sociedade constituída sob as leis brasileiras, com sede na Capital do Estado

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DO USUÁRIO FINAL (EULA) PARA O YSOFT SAFEQ. Y Soft Corporation, a.s.

CONTRATO DE LICENÇA DO USUÁRIO FINAL (EULA) PARA O YSOFT SAFEQ. Y Soft Corporation, a.s. CONTRATO DE LICENÇA DO USUÁRIO FINAL (EULA) PARA O YSOFT SAFEQ Y Soft Corporation, a.s. N.º de versão do Contrato de Licença do Usuário Final: EULA V 5 Data do início da vigência desta versão do Contrato

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 019/08 Processo nº 5935/0/ Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE TERMINAIS DE AUTO ATENDIMENTO Pelo

Leia mais

ANEXO I CONTRATO DE MÚTUO (EMPRÉSTIMO) COM DESTINAÇÃO ESPECÍFICA

ANEXO I CONTRATO DE MÚTUO (EMPRÉSTIMO) COM DESTINAÇÃO ESPECÍFICA ANEXO I CONTRATO DE MÚTUO (EMPRÉSTIMO) COM DESTINAÇÃO ESPECÍFICA O, autarquia criada pela Lei n. 1079, de 5 de novembro de 1987, e mantido pela Lei n. 3.344, de 28 de dezembro de 2001, com sede nesta cidade,

Leia mais

TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO

TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO São partes deste Instrumento, VAIVOLTA.COM SERVIÇOS DE INTERNET SA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 15.529.518/0001-94, com sede na Rua Frei Caneca,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP Versão: 05/2013 Proc. SUSEP 15414.004330/2012-21 CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP SUMÁRIO I - INFORMAÇÕES

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CARTÃO ALIMENTAÇÃO PASS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CARTÃO ALIMENTAÇÃO PASS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CARTÃO ALIMENTAÇÃO PASS Pelo presente instrumento particular, na qualidade de CONTRATANTE, a empresa qualificada no preâmbulo deste Contrato ou conforme indicada na Proposta

Leia mais

Registrado no 1º Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Cidade de Ponta Grossa Estado do Paraná, sob o nº 143.698

Registrado no 1º Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Cidade de Ponta Grossa Estado do Paraná, sob o nº 143.698 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA OPERAR, MANTER E ADMINISTRAR CARTEIRA DE COBRANÇA NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES EM SITE DE PROPRIEDADE DA REGULARIZA IMOVEIS E COBRANÇAS LTDA Registrado no 1º Cartório

Leia mais

CONTRATO Nº 2015/001

CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CIMVI E JF SITES OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPEDAGEM DE WEBSITE. O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRASILCAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP EMPRESA FLEX - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da Boticário Prev, dos Participantes e Assistidos, para a concessão

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA I. Aplicabilidade Estas Condições Gerais serão aplicáveis a todas as vendas efetuadas pela Nefab e suas afiliadas (VENDEDOR) aos seus clientes (COMPRADOR). Desvios destas Condições

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE AÇÕES. (aprovado na Assembléia Geral Extraordinária da SER EDUCACIONAL S.A. realizada em 12 de agosto de 2013)

PLANO DE OPÇÃO DE AÇÕES. (aprovado na Assembléia Geral Extraordinária da SER EDUCACIONAL S.A. realizada em 12 de agosto de 2013) PLANO DE OPÇÃO DE AÇÕES (aprovado na Assembléia Geral Extraordinária da SER EDUCACIONAL S.A. realizada em 12 de agosto de 2013) 1. OBJETIVOS DO PLANO O Plano de Opção de Ações ( Plano ) tem por objeto

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 255, de 4 de junho de 2004.

CIRCULAR SUSEP N o 255, de 4 de junho de 2004. CIRCULAR SUSEP N o 255, de 4 de junho de 2004. Dispõe sobre a atualização de valores relativos às operações de seguros, de previdência complementar aberta e de capitalização, e dá outras providências.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO PRIME PLANO PM 48/48 P - MODALIDADE:

Leia mais

REF.: PROPOSTA COMERCIAL DE SOLUÇÃO DE PBX IP PARLABOX ( SOFTWARE )

REF.: PROPOSTA COMERCIAL DE SOLUÇÃO DE PBX IP PARLABOX ( SOFTWARE ) REF.: PROPOSTA COMERCIAL DE SOLUÇÃO DE PBX IP PARLABOX ( SOFTWARE ) São partes neste CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE, na qualidade de LICENCIANTE, a empresa PARLACOM TELECOMUNICAÇÕES E INFORMÁTICA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 041/08 Processo nº 31.744/08 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SISTEMA

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES

CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 Din Din Copa Santander Libertadores MODALIDADE:

Leia mais

Regulamento. do Programa de Empréstimo Pessoal

Regulamento. do Programa de Empréstimo Pessoal Regulamento do Programa de Empréstimo Pessoal 2 Regulamento do Programa de Empréstimo Pessoal Índice CAPÍTULO I DA FINALIDADE... 4 CAPÍTULO II DOS PARTICIPANTES ELEGÍVEIS... 4 CAPÍTULO III DOS LIMITES

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) I CONTRATANTE : Nome Operadora de Saúde Endereço: R...., nº... Bairro... - Cidade/ Capital

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS 1 CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES O(a)Sr(a)., RG n.º, CPF, telefone(s),e-mail, endereço, Bairro,Cidade, Cep, de ora em diante denominado(a) simplesmente

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO MENSAL E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE LICENÇA DE USO MENSAL E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE LICENÇA DE USO MENSAL E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS JLR SERVIÇOS DE ATENDIMENTO E ORGANIZAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA, com sede a Rua Dona Elisa Fláquer, nº 70-13 º andar - sala 134, Centro - Santo André

Leia mais

CIRCULAR DE OFERTA PARA FRANQUIA DE MARCA SVA. SISTEMAX COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado,

CIRCULAR DE OFERTA PARA FRANQUIA DE MARCA SVA. SISTEMAX COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, CIRCULAR DE OFERTA PARA FRANQUIA DE MARCA SVA Ref.: FRANQUIA DE COMERCIALIZAÇÃO WIIX DE FORMA PARCERIA SVA. SISTEMAX COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, com sede na cidade de

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA Capítulo I Da Finalidade Artigo 1 - O presente Regulamento de Empréstimo Pessoal, doravante denominado Regulamento, tem por finalidade definir normas

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL CNPJ: 74.267.170/0001-73 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº:

CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL CNPJ: 74.267.170/0001-73 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A CNPJ: 74.267.170/0001-73 PM102T7 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: II GLOSSÁRIO

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

CONTRATO DE MÚTUO. Assistido é o Participante ou seus beneficiários em gozo de Benefício de prestação continuada.

CONTRATO DE MÚTUO. Assistido é o Participante ou seus beneficiários em gozo de Benefício de prestação continuada. Página 1 de 7 CONTRATO DE MÚTUO Cláusulas e Condições Gerais do Contrato de Mútuo que entre si fazem a Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social - VALIA e seus Participantes. Fundação Vale do Rio

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROMESSA DE VENDA E COMPRA - PARCELADO -

INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROMESSA DE VENDA E COMPRA - PARCELADO - INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROMESSA DE VENDA E COMPRA - PARCELADO - 1 LOTE Nº: I PROMITENTE VENDEDOR II PROMITENTE COMPRADOR III IMÓVEL A SITUAÇÃO DO IMÓVEL ( ) OCUPADO ( ) DESOCUPADO ( ) FRAÇÃO IDEAL IV

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 015/08 Processo nº 41.128/07 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE VEÍCULOS TIPO VIATURA (VW GOL 1.6,

Leia mais

CONTRATO PARA REGISTRO DE DOMÍNIO "MM DOMINIO"

CONTRATO PARA REGISTRO DE DOMÍNIO MM DOMINIO CONTRATO PARA REGISTRO DE DOMÍNIO "MM DOMINIO" Esse instrumento regula a prestação de serviços estabelecida entre MACHADO SERVIÇOS DIGITAIS LTDA-ME (pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ

Leia mais

=CONTRATO 01/2013 LOCAÇÃO DE SOFTWARE=

=CONTRATO 01/2013 LOCAÇÃO DE SOFTWARE= =CONTRATO 01/2013 LOCAÇÃO DE SOFTWARE= CONTRATO PARA LOCAÇÃO DE SOFTWARE - PROGRAMA PARA GERENCIAMENTO DOS DADOS PREVIDENCIÁRIOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE DO SUL E CESSÃO

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS DA CEG 1.º PARTES a) CEG: COMPANHIA DISTRIBUIDORA DE

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO.1 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.30/0001-94 APLUBCAP ECO.1 MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: 15414.0055/011-47

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP TORCIDA BRASIL MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

a) Após o pagamento da primeira parcela do plano Sócio-Torcedor, o portador do cartão deverá retirar o Cartão Sócio Torcedor na bilheteria.

a) Após o pagamento da primeira parcela do plano Sócio-Torcedor, o portador do cartão deverá retirar o Cartão Sócio Torcedor na bilheteria. Regras Gerais a) Após o pagamento da primeira parcela do plano Sócio-Torcedor, o portador do cartão deverá retirar o Cartão Sócio Torcedor na bilheteria. b) Para acessar o estádio, o Sócio-Torcedor precisa

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS

CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PLANO PM 60/60 A - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank CONSIDERANDO QUE: i) A empresa para a qual o MUTUÁRIO trabalha ( EMPREGADOR ) celebrou com o MUTUANTE (BANCO CITIBANK S.A.) Convênio

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS A DISTÂNCIA E TERMOS DE USO DE CURSOS ON-LINE

TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS A DISTÂNCIA E TERMOS DE USO DE CURSOS ON-LINE TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS A DISTÂNCIA E TERMOS DE USO DE CURSOS ON-LINE CONTRATADA: FUNDAÇÃO ESCOLA NACIONAL DE SEGUROS FUNENSEG, pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON SENNA

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON SENNA CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON SENNA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Que fazem entre si, de um lado a SOCIEDADE EDUCACIONAL E EMPRESARIAL PHYSION LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob no. 06.190.520/0001-90, sediada na

Leia mais

h) CADASTRO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato.

h) CADASTRO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE GESTÃO DE PROGRAMA DE FIDELIDADE inscrita no CNPJ/MF sob o n. 09.016.557/0001-95, com sede na Rua Dr. Sodré 122 Sala 53, Vila Nova Conceição, São Paulo SP - CEP: 04535-110,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS TERMO DE ADESÃO Leia com atenção: Ao aceitar o presente termo de adesão no site de cadastro - o que representa sua assinatura eletrônica, ou seja, tem a mesma validade jurídica de uma assinatura num documento

Leia mais

TERMOS DE SERVIÇOS 1. DECLARAÇÃO DE VONTADE

TERMOS DE SERVIÇOS 1. DECLARAÇÃO DE VONTADE TERMOS DE SERVIÇOS Este Contrato de Licença de Usuário Final ( EULA ) é um acordo legal entre o usuário pessoa física ou jurídica (o USUÁRIO ) e a Nideia Tecnologia Ltda., empresa estabelecida nesta cidade

Leia mais

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento (Versão 05/2014) Estas são as Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento, solicitado por você e contratado por meio de digitação de senha ou ligação

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSUMIDOR PARA O PROGRAMA DE FIDELIDADE QUANTO MAIS DIÁRIAS MAIS PRÊMIOS

REGULAMENTO DO CONSUMIDOR PARA O PROGRAMA DE FIDELIDADE QUANTO MAIS DIÁRIAS MAIS PRÊMIOS REGULAMENTO DO CONSUMIDOR PARA O PROGRAMA DE FIDELIDADE QUANTO MAIS DIÁRIAS MAIS PRÊMIOS HPLUS ADMINISTRAÇÃO E HOTELARIA LTDA, empresa com sede na Cidade de Brasília, Distrito Federal, no Setor Comercial

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE CONTEÚDO PARA INTERNET E OUTRAS AVENÇAS.

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE CONTEÚDO PARA INTERNET E OUTRAS AVENÇAS. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE CONTEÚDO PARA INTERNET E OUTRAS AVENÇAS. Pelo presente instrumento particular de prestação de serviços de hospedagem de conteúdo

Leia mais