CADASTRO DE CONTRIBUINTES DO ICMS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADASTRO DE CONTRIBUINTES DO ICMS"

Transcrição

1 CADASTRO DE CONTRIBUINTES DO ICMS

2 CADASTRO DE CONTRIBUINTES DO ICMS - CADESP Informações Gerais 1. Qual o primeiro passo para se abrir uma empresa no Estado de São Paulo? O processo de abertura de empresa no Estado de São Paulo é feito de modo integrado pela JUCESP, Receita Federal e Secretaria da Fazenda. Desta forma, NIRE, CNPJ e Inscrição Estadual são obtidos por meio do mesmo processo. O pedido de abertura deve ser feito através do Via Rápida Empresa, disponível no site da JUCESP ( homepage.php) e também através do Programa Gerador de Documentos-PGD, disponível no site da Receita Federal ( gov.br/). 2. O que é o CADESP? CADESP é o Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado de São Paulo. Foi implantado em junho de 2010 e substituiu a antiga DECA-PFE, sendo atualmente o cadastro único dos contribuintes do ICMS do Estado de São Paulo. O acesso é feito através do endereço: fazenda.sp.gov.br 3. A minha empresa é obrigada a obter inscrição estadual na Secretaria da Fazenda de São Paulo (SEFAZ-SP)? A obrigatoriedade da Inscrição Estadual (IE) depende da atividade econômica exercida pela empresa. Contribuinte do ICMS é qualquer pessoa, natural ou jurídica, que de modo habitual ou em volume que caracterize intuito comercial, realize operações relativas à circulação de mercadorias (comércio) ou preste serviços de transporte interestadual, intermunicipal ou de comunicação. A relação completa de atividades econômicas que exigem a obtenção de IE pode ser consultada em cnae/tabela_cnae_2_0_2010.pdf. Para o MEI, relação de atividades que exigem IE foi estabelecida no Anexo XIII da Resolução CGSN nº 94/2011, disponível em fazenda.gov.br/legislacao/resolucao/2011/ CGSN/Resol94.htm 4. Já possuo NIRE e CNPJ, mas agora preciso inscrever minha empresa também na SEFAZ-SP. O que devo fazer? A inscrição estadual de empresa que já possua cadastro na Receita Federal também deve ser feita através do PGD da Receita Federal, disponível no site Não será necessário o envio do pedido através do Via Rápida Empresa. 5. Qual a documentação exigida para abertura de uma IE na SEFAZ-SP? A documentação necessária varia de acordo com alguns critérios, como atividade econômica exercida ou localização da empresa. Estas exigências, quando necessárias, serão feitas pelo Posto Fiscal após o recebimento do pedido de inscrição, enviado pelo PGD da Receita Federal. O andamento dos pedidos enviados, bem como a documentação solicitada tanto pela Receita Federal como pela SEFAZ-SP, podem ser consultados no endereço: PessoaJuridica/CNPJ/fcpj/consulta.asp

3 6. A documentação exigida no pedido de inscrição deve ser apresentada nos três órgãos (JUCESP, Receita Federal e SEFAZ-SP)? Não. A JUCESP sempre exigirá documentos através do Via Rápida Empresa, mas a SEFAZ-SP somente exigirá a apresentação de documentos em casos específi cos, como por exemplo em decorrência da atividade econômica exercida pela empresa. 7. Como pedir a IE de MEI Microempreendedor Individual? O pedido de inscrição do MEI, tanto na Receita Federal como na SEFAZ-SP, é feito no Portal do Empreendedor ( portaldoempreendedor.gov.br). Informações gerais sobre o MEI também podem ser consultadas no Portal do Empreendedor. 8. Qual o custo para se obter uma Inscrição Estadual na SEFAZ-SP? Não há custo para a obtenção da IE. 9. Qual o prazo da SEFAZ-SP para a concessão da inscrição estadual? A maior parte dos pedidos de inscrição é analisada de forma automática pelo sistema CADESP. Quando há a necessidade de algum tipo de análise documental por parte da SEFAZ- SP, as solicitações enviadas por Microempresas e Empresas de Pequeno Porte levam, em média, seis dias para a fi nalização. 10. Como comunicar alterações cadastrais da minha empresa à SEFAZ-SP? As alterações cadastrais também devem ser comunicadas através do Via Rápida Empresa e do PGD da Receita Federal. 11. Como solicitar alterações cadastrais de MEI Microempreendedor Individual? Alterações cadastrais de MEI também devem ser feitas através Portal do Empreendedor ( Qual o procedimento para solicitar a baixa da empresa no CADESP? O procedimento para a baixa da empresa é diferente da abertura e da alteração cadastral. A baixa deve ser averbada primeiramente na JUCESP, e somente após ser comunicada através do PGD da Receita Federal. A baixa pode ser solicitada na Receita Federal e SEFAZ-SP ou apenas na SEFAZ-SP, se a atividade econômica exercida não obrigar à inscrição estadual mas a empresa continuar em atividade. 13. Qual a documentação exigida para a baixa da empresa? Assim como na abertura, a documentação exigida para a baixa depende das características do contribuinte e da atividade econômica exercida. Entretanto, ao contrário da abertura, será exigida a apresentação de documentos tanto pela Receita Federal como pela SEFAZ-SP, e a análise dos pedidos será feita de forma independente pelos dois órgãos. A empresa em situação regular perante a SEFAZ- SP e optante pelo regime do Simples Nacional tem um processo simplifi cado, com homologação automática e sem a necessidade de apresentação de qualquer documentação, devendo esta, entretanto, ser guardada pela empresa por um prazo de 5 (cinco) anos.

4 14. Enviei o pedido de baixa da minha empresa. A IE no CADESP já foi baixada, mas meu CNPJ na Receita Federal continua suspenso. O que devo fazer? O envio do pedido de baixa através do PGD deve ser feito somente uma vez, mas as análises são feitas de forma independente na SEFAZ-SP e Receita Federal. O deferimento do pedido na SEFAZ-SP não implica o mesmo na Receita Federal. completamente preenchido, que pode ser acessado no endereço br/, na Seção Contribuinte. 18. É possível consultar os dados da minha empresa utilizando a certificação digital? Sim. Podem ser utilizados tanto o e-cnpj como o e-cpf, desde que vinculado à empresa (participante do QSA ou contabilista). 15. Minha empresa já teve IE, mas agora preciso de outra. Posso reutilizar a minha inscrição antiga ou devo fazer uma nova? Caso a sua inscrição antiga tenha sido BAIXADA, será necessária a abertura de nova inscrição. Entretanto, se estiver nas situações INAPTA ou SUSPENSA, a inscrição estadual poderá ser reaproveitada, conforme o caso. Você deverá comparecer ao Posto Fiscal, solicitar a regularização do cadastro e cumprir as exigências realizadas. 16. É possível consultar dados de outros contribuintes no CADESP? O endereço br disponibiliza a Consulta Pública ao Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado de São Paulo CADESP, que pode ser feita através da Inscrição Estadual, CNPJ ou NIRE da empresa. 17.Como posso solicitar a senha de acesso ao CADESP para contabilista ou participante do QSA? Participantes do QSA de contribuintes e Contabilistas solicitam acesso ao CADESP comparecendo pessoalmente ou por intermédio de portador nos Postos Fiscais da Secretaria da Fazenda, munidos do Requerimento de Senha Conheça o nosso Portal de Educação Fiscal www. fazenda.sp.gov.br/educacaofiscal Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Av. Rangel Pestana, 300 CEP: Centro São Paulo - SP

5 Secretaria da Fazenda

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD Informações Gerais 1. O que é a Escrituração Fiscal Digital - EFD? A Escrituração Fiscal Digital EFD, também chamada de SPED Fiscal,

Leia mais

MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI

MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI 1. NOÇÕES GERAIS MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI 1.1. O que é Micro Empreendedor Individual? É o contribuinte que tenha auferido receita bruta no ano calendário

Leia mais

MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI

MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI 1. NOÇÕES GERAIS MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - MEI 1.1. O que é Micro Empreendedor Individual? É o contribuinte que tenha auferido receita bruta no ano calendário

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência

Leia mais

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO - CT-e CONHECIMENTODE TRANSPORTE ELETRÔNICO - CT-e Informações Gerais 1. O que é o Conhecimento de Transporte Eletrônico CT-e? O Conhecimento de Transporte Eletrônico

Leia mais

NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e

NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA NFC-E Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NFC-e? A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e é um documento emitido

Leia mais

FORMALIZAÇÃO DE EMPRESAS SEFAZ-SP 26/11/2012

FORMALIZAÇÃO DE EMPRESAS SEFAZ-SP 26/11/2012 FORMALIZAÇÃO DE EMPRESAS SEFAZ-SP 26/11/2012 Cadastro Sincronizado Processo cadastral de formalização de empresas integrado com a RFB desde 2006. Lei Complementar 123/2006 - Foram estabelecidas regras

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte Manual

Leia mais

Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial

Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial FAQ Perguntas Frequentes versão 19/3/13 Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial 1. Quais são as modalidades de cadastro disponíveis para solicitação de CNPJ? No

Leia mais

Manual do Usuário Abertura de Microempreendedor Individual - M.E.I.

Manual do Usuário Abertura de Microempreendedor Individual - M.E.I. Manual do Usuário Abertura de Microempreendedor Individual - M.E.I. Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Abertura de M.E.I. - Consulta Prévia...

Leia mais

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS - MDF-e

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS - MDF-e MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS - MDF-e MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS - MDF-e Informações Gerais 1. O que é o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e? O Manifesto Eletrônico

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo FAQ Perguntas Frequentes Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial 1. Quais são as modalidades de cadastro disponíveis para solicitação de CNPJ? No site da Receita

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS - MDF-e MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS - MDF-e Informações Gerais 1. O que é o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e? O Manifesto Eletrônico

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos DUB-ICMS do Rio de Janeiro

Parecer Consultoria Tributária Segmentos DUB-ICMS do Rio de Janeiro DUB-ICMS do Rio de Janeiro 27/12/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares...

Leia mais

PRÉ- REQUISITOS CADASTRO ELETRÔNICO

PRÉ- REQUISITOS CADASTRO ELETRÔNICO CADASTRO ELETRÔNICO Abaixo seguem as orientações sobre os serviços mais utilizados do Cadastro no efisco - ARE Virtual. OBS: Use sempre o navegador Internet Explorer para acessar o efisco - ARE Virtual

Leia mais

DOMICÍLIO ELETRÔNICO DO CONTRIBUINTE DEC Obrigatoriedade da Secretaria da Fazenda (SEFAZ SP)

DOMICÍLIO ELETRÔNICO DO CONTRIBUINTE DEC Obrigatoriedade da Secretaria da Fazenda (SEFAZ SP) 29 de Junho de 2011 DOMICÍLIO ELETRÔNICO DO CONTRIBUINTE DEC Obrigatoriedade da Secretaria da Fazenda (SEFAZ SP) O Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, através da Resolução SF n 141/2010 (DOE

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão: 24/05/2010 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais?

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Desde o dia 21/10/2013, esta em operação o Módulo Estadual de Licenciamento

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte Manual

Leia mais

Manual de Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica

Manual de Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Manual de Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Este documento descreve o processo de credenciamento de contribuintes de ICMS estabelecidos no Estado de Minas Gerais como Emissores de Nota

Leia mais

MANUAL DO PGMEI. 1 Introdução. 1.1 Apresentação do Programa

MANUAL DO PGMEI. 1 Introdução. 1.1 Apresentação do Programa PGMEI PGMEI Pág. 1 MANUAL DO PGMEI 1 Introdução 1.1 Apresentação do Programa O Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (PGMEI) é um sistema

Leia mais

Manual do Usuário Alteração de Empresa

Manual do Usuário Alteração de Empresa Manual do Usuário Alteração de Empresa Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Alteração de empresa... 6 Identificação... 7 Questionário sobre

Leia mais

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER 1 Manual de Instruções Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER Sumário Apresentação:... 2 Exigência para funcionalidade do software:... 3 Instalação:... 4 Utilização... 5 Menu NFE/CTE XML... 7 XML

Leia mais

NFS-e. Nota Legal Porto Alegre

NFS-e. Nota Legal Porto Alegre NFS-e Nota Legal Porto Alegre APRESENTAÇÃO DA NFS-e A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica é um documento digital, gerado e armazenado eletronicamente pela prefeitura e que substitui as tradicionais notas

Leia mais

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS C A P Í T U L O I - C A D A S T R O D E P A R T I C I P A N T E S E I N V E S T I D O R E S 1. A SPECTOS GERAIS A CBLC administra dois sistemas de cadastro: o Sistema de Cadastro de Participantes e o Sistema

Leia mais

Opção pelo Simples Nacional 2015-26/12/2014. Confira abaixo as principais informações sobre o processo de Opção pelo Simples Nacional.

Opção pelo Simples Nacional 2015-26/12/2014. Confira abaixo as principais informações sobre o processo de Opção pelo Simples Nacional. Opção pelo Simples Nacional 2015-26/12/2014 Confira abaixo as principais informações sobre o processo de Opção pelo Simples Nacional. Solicitação de Opção pelo Simples Nacional Podem optar pelo Simples

Leia mais

SIMPLES NACIONAL 1. NOÇÕES GERAIS

SIMPLES NACIONAL 1. NOÇÕES GERAIS SIMPLES NACIONAL 1. NOÇÕES GERAIS SIMPLES NACIONAL 1.1. O que é O Simples Nacional é um regime tributário diferenciado, simplificado e favorecido previsto na Lei Complementar nº 123, de 2006, aplicável

Leia mais

Manual de orientação da Autorização Eletrônica. Autorização Eletrônica no Portal e-cac

Manual de orientação da Autorização Eletrônica. Autorização Eletrônica no Portal e-cac Manual de orientação da Autorização Eletrônica Autorização Eletrônica no Portal e-cac Autorização Eletrônica no Portal e-cac Versão 1.0-30/04/2013 Sumário 1. Apresentação...1 O Portal e-cac...2 Acesso

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FISCAIS MANUAL DO DTE

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FISCAIS MANUAL DO DTE MANUAL DO DTE Domicílio Tributário Eletrônico PERFIL CREDENCIADO NOVEMBRO DE 2012 (VERSÃO 1.0) Av. Vereador José Monteiro, nº. 2233, Setor Nova Vila - Bloco A - CEP: 74.650-900 Goiânia Goiás 1 MANUAL DE

Leia mais

PREFEITURA DE DEMONSTRAÇÃO ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA DE DEMONSTRAÇÃO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DE DEMONSTRAÇÃO ESTADO DE SÃO PAULO Versão 1.14.01 Manual de Instalação do Programa de Declaração dos Contribuintes do ICMS 1 SUMÁRIO Download do Programa... 3 Instalação do Programa... 6 Utilização

Leia mais

Sistema GML Gestão do Mercado Livre de Energia Elétrica

Sistema GML Gestão do Mercado Livre de Energia Elétrica Sistema GML Gestão do Mercado Livre de Energia Elétrica MANUAL DA DEVEC Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre Versão janeiro de 2016 1. Objetivo do Sistema

Leia mais

Guia Rápido Registro Integrado/ES

Guia Rápido Registro Integrado/ES Guia Rápido Registro Integrado/ES O Registro Integrado/ES, através do sistema REGIN integra os órgãos públicos envolvidos no registro de empresas como Junta Comercial (JUCEES), Receita Federal (RFB), Secretaria

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS PESSOA FÍSICA

PERGUNTAS E RESPOSTAS PESSOA FÍSICA PERGUNTAS E RESPOSTAS PESSOA FÍSICA 01 O que é preciso para me registrar no CRC-CE? Realizar o exame de suficiência e ser aprovado, fazer o pré-registro no site do CRC-CE, efetuar o pagamento das taxas

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC 1 Conceito do MDF-e: MDF-e é o documento emitido e armazenado eletronicamente por contribuinte credenciado pela Secretaria da Fazenda como emitente

Leia mais

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Agenda 1. Requisitos gerais MDF-e 2. Contribuintes obrigados a emissão MDF-e 3. Encerramento MDF-e 4. DAMDF-e 5. Descrição Simplificada

Leia mais

Procedimentos para solicitação de desenquadramento de Microempreendedor Individual MEI (via capa marrom )

Procedimentos para solicitação de desenquadramento de Microempreendedor Individual MEI (via capa marrom ) Procedimentos para solicitação de desenquadramento de Microempreendedor Individual MEI (via capa marrom ) Sumário Instruções ao usuário... 2 Documentos que devem ser apresentados na Junta Comercial...

Leia mais

SISTEMA AUTENTICADOR E TRANSMISSOR DE CUPONS FISCAIS ELETRÔNICOS - SAT - CF-e

SISTEMA AUTENTICADOR E TRANSMISSOR DE CUPONS FISCAIS ELETRÔNICOS - SAT - CF-e SISTEMA AUTENTICADOR E TRANSMISSOR DE CUPONS FISCAIS ELETRÔNICOS - SAT - CF-e SISTEMA AUTENTICADOR E TRANSMISSOR DE CUPONS FISCAIS ELETRÔNICOS - SAT - CF-e Informações Gerais 1. O que é o projeto SAT-CF-e?

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual da Nota Fiscal Eletrônica Memory Informática Tabela de Conteúdos Meu Usuário Meu Perfil --------------------------------------------------------- 4 Minha Empresa Configurar Minha Empresa -------------------------------------

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JARDINÓPOLIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JARDINÓPOLIS PREFEITURA MUNICIPAL DE JARDINÓPOLIS ESTADO DE SÃO PAULO Versão 1.12.03 Manual de Instalação do Programa de Declaração dos Contribuintes do ICMS Manual desenvolvido pela da Prefeitura Municipal de Jardinópolis

Leia mais

VANTAGENS DA NFC-e PARA O CONTRIBUINTE

VANTAGENS DA NFC-e PARA O CONTRIBUINTE Divulgação INTRODUÇÃO A NFC-e é um documento eletrônico (arquivo de computador) que substituirá as notas fiscais de venda a consumidor, modelo 2 e o cupom fiscal emitido por ECF com grandes vantagens para

Leia mais

1º O acesso ao Sistema deverá ser feito por meio de Senha Web ou certificado digital.

1º O acesso ao Sistema deverá ser feito por meio de Senha Web ou certificado digital. ÍNTEGRA DA INSTRUÇÃO NORMATIVA O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FINANÇAS, no uso de suas atribuições legais, considerando o disposto nos artigos 113 e 114 do Decreto n 53.151, de 17 de maio de 2012, RESOLVE:

Leia mais

MANUAL DO PGMEI. 1 Introdução. 1.1 Apresentação do Programa

MANUAL DO PGMEI. 1 Introdução. 1.1 Apresentação do Programa PGMEI PGMEI Pág. 1 MANUAL DO PGMEI 1 Introdução 1.1 Apresentação do Programa O Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (PGMEI) é um sistema

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 1. Comprei mercadoria com NF-e denegada. Qual o procedimento para regularizar essa situação? Resposta: Preliminarmente, temos que esclarecer o que é uma NF-e Denegada:, A Denegação

Leia mais

8. Regularização do Negócio

8. Regularização do Negócio 8. Regularização do Negócio Conteúdo 1. Forma Jurídica das Empresas 2. Consulta Comercial 3. Busca de Nome Comercial 4. Arquivamento do contrato social/requerimento de Empresário 5. Solicitação do CNPJ

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA

NOTA FISCAL PAULISTA NOTA FISCAL PAULISTA RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES EVENTOS DE MANIFESTAÇÃO DO DESTINATÁRIO

PERGUNTAS FREQUENTES EVENTOS DE MANIFESTAÇÃO DO DESTINATÁRIO PERGUNTAS FREQUENTES EVENTOS DE MANIFESTAÇÃO DO DESTINATÁRIO 1. O que é um evento da Nota Fiscal Eletrônica NF-e? É qualquer fato relacionado com uma NF-e, normalmente ocorrido após a sua respectiva autorização

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE Versão 1.0 Belém PA - Maio 2014 Sumário 1. Introdução...

Leia mais

Palestra em 30 de julho de 2014. Custódio Barbosa Diretor do TI RIO e representante da FENAINFO (Federação Nacional das Empresas de Informática)

Palestra em 30 de julho de 2014. Custódio Barbosa Diretor do TI RIO e representante da FENAINFO (Federação Nacional das Empresas de Informática) Palestra em 30 de julho de 2014 Custódio Barbosa Diretor do TI RIO e representante da FENAINFO (Federação Nacional das Empresas de Informática) Decreto Estadual nº 44.785 de 12 de maio de 2014 (publicado

Leia mais

Passo a Passo: Reiniciar Senha do Contribuinte na Internet

Passo a Passo: Reiniciar Senha do Contribuinte na Internet 1 Passo a Passo: Reiniciar Senha do Contribuinte na Internet A funcionalidade Reiniciar Senha no SIARE/Internet será utilizada pelos usuários que esqueceram sua senha e possuem a Identificação tipo: Inscrição

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRIPORÃ ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRIPORÃ ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRIPORÃ ESTADO DE SÃO PAULO Versão 1.12.03 Manual de Instalação do Programa de Declaração dos Contribuintes do ICMS Manual desenvolvido pelo Departamento de Informática da Prefeitura

Leia mais

Simples Nacional. Principais Roteiros e o Comunicado 11

Simples Nacional. Principais Roteiros e o Comunicado 11 Simples Nacional Principais Roteiros e o Comunicado 11 Simples Nacional Roteiro de acesso aos aplicativos Menu Roteiro para acesso ao Certificado Digital Roteiro para acesso ao e-cac Roteiro para Habilitação

Leia mais

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico 1 A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico Nota Fiscal eletrônica - NF-e é um modelo de documento fiscal, de existência apenas digital cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital, que

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO SERVIÇO DE AIDF NO PORTAL

MANUAL DO USUÁRIO DO SERVIÇO DE AIDF NO PORTAL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DO USUÁRIO DO SERVIÇO DE AIDF NO PORTAL PASSO 1: O Usuário entra com seu Usuário e Senha: Os dados

Leia mais

DECRETO EXECUTIVO nº. 014/2012 D E C R E T A:

DECRETO EXECUTIVO nº. 014/2012 D E C R E T A: DECRETO EXECUTIVO nº. 014/2012 INSTITUI A NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE UBAPORANGA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o disposto

Leia mais

1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO

1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO 1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO Para dar mais agilidade ao processo de inscrição de alvará de localização e permanência no Município de Joinville, alguns procedimentos

Leia mais

Manual Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica

Manual Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Manual Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Versão Revisão Data Responsável Revisores 1.0 0 23/10/2007 Fabiano Moreira Ramos Helder da Silva Andrade 1.2 2 28/03/2008 Fabiano Moreira Ramos

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Fazenda Receita Estadual MANUAL DO DTE

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Fazenda Receita Estadual MANUAL DO DTE MANUAL DO DTE Domicílio Tributário Eletrônico Sumário 1. Apresentação... 3 2. Credenciamento... 3 3. Legislação... 3 4. Informações Gerais... 3 5. Cientificação... 3 6. Logins e formas de acesso à caixa

Leia mais

DMS 5.0. 1. Apresentação

DMS 5.0. 1. Apresentação 1 5.0 1. Apresentação O sistema Declaração Mensal de Serviços 5.0 é um aplicativo para acesso de declarantes e/ou responsáveis autorizados para escrituração dos documentos fiscais emitidos e recebidos.

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Nota Fiscal Eletrônica A ABRAFORM agradece a oportunidade de estar divulgando suas ações. www.abraform.org.br abraform@abraform.org.br Fone: (11) 3284-6456 29/09/2009 EMBASAMENTO LEGAL Ajuste SINIEF

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA

PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA 1. O que é a CRA? A CRA é a Central de Relacionamento com o Aluno. Um departamento criado para atender às solicitações acadêmicas e financeiras, através de diversificados canais

Leia mais

Manual Manifestação de Destinatário pelo módulo Faturamento

Manual Manifestação de Destinatário pelo módulo Faturamento Manual Manifestação de Destinatário pelo módulo Faturamento Foi implementado no sistema Consisanet, recurso para que os clientes possam realizar a manifestação de notas fiscais de entrada emitidas para

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ

PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ ESTADO DE MINAS GERAIS Versão 1.12.03 Manual de Instalação do Programa de Declaração dos Contribuintes do ICMS Manual desenvolvido pela da Prefeitura Municipal de Muriaé.

Leia mais

Conectividade Social ICP GERÊNCIA DE FILIAL DO FUNDO DE GARANTIA GIFUG/BH 2012

Conectividade Social ICP GERÊNCIA DE FILIAL DO FUNDO DE GARANTIA GIFUG/BH 2012 Conectividade Social ICP GERÊNCIA DE FILIAL DO FUNDO DE GARANTIA GIFUG/BH 2012 Objetivo: Conectividade Social ICP Alteração cadastral no FGTS Acesso do Trabalhador ao FGTS Novo TRCT Quase 3 milhões de

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

Como funciona a Solução NFC-e ifox. Iniciar a utilização da NFC-e

Como funciona a Solução NFC-e ifox. Iniciar a utilização da NFC-e Como funciona a Solução NFC-e ifox Nossa solução é composta por um programa centralizador que chamamos de Servidor de SAT/NFCe. Este programa é responsável pela comunicação com a SEFAZ diretamente no caso

Leia mais

Sistema de ISSQN Digital Declaração Municipal On-line

Sistema de ISSQN Digital Declaração Municipal On-line Sistema de ISSQN Digital Declaração Municipal On-line ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 FUNCIONALIDADES... 3 1. INÍCIO DA DECLARAÇÃO... 3 2. DADOS DO CONTRIBUINTE... 4 3. ENDEREÇO FISCAL... 5 4. TELEFONE PARA CONTATO...

Leia mais

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade

O que é o SAT. Principais características do SAT. Prazos e obrigatoriedade O que é o SAT SA T O SAT, Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos, é um sistema que tem por objetivo documentar, de forma eletrônica, as operações comerciais do varejo dos contribuintes

Leia mais

ORIENTAÇÕES 1- DECLARAR A ÚLTIMA ALTERAÇÃO CONTRATUAL CONSOLIDAÇÃO CONTRATUAL

ORIENTAÇÕES 1- DECLARAR A ÚLTIMA ALTERAÇÃO CONTRATUAL CONSOLIDAÇÃO CONTRATUAL ORIENTAÇÕES 1- DECLARAR A ÚLTIMA ALTERAÇÃO CONTRATUAL CONSOLIDAÇÃO CONTRATUAL (Ou o último documento de atualização de dados conforme o tipo de pessoa jurídica): 1.1- Antes de iniciar o processo de alteração

Leia mais

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e) é o documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, para vincular os documentos fiscais

Leia mais

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe)

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Versão 2.10 Atualizada em 13/02/2012 1. O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica? A Nota Fiscal Avulsa eletrônica é um serviço disponível nos portais

Leia mais

SISCOMEX EXPORTAÇÃO WEB MÓDULO COMERCIAL (NOVOEX)

SISCOMEX EXPORTAÇÃO WEB MÓDULO COMERCIAL (NOVOEX) SISCOMEX EXPORTAÇÃO WEB MÓDULO COMERCIAL (NOVOEX) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. Onde acessar o NOVOEX? O acesso ao NOVOEX poderá ser feito por meio da página eletrônica do Ministério do Desenvolvimento,

Leia mais

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador Contador 2 1 Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador

Leia mais

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS Diretoria Comercial Corporativa Página 2 de 14 Sumário 1 Introdução... 4 2 Acessando os serviços para Imobiliárias... 5 3 Gerenciando clientes... 8 4 Serviços...

Leia mais

Cadastro de Atividades Econômicas da Pessoa Física. Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05)

Cadastro de Atividades Econômicas da Pessoa Física. Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05) Cadastro de Atividades Econômicas da Pessoa Física Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05) Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05) Brasília, 27 de julho de 2014

Leia mais

Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial

Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial FAQ Perguntas Frequentes versão 09/9/13 Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial 1. Quais são as modalidades de cadastro disponíveis para solicitação de CNPJ? No

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual da Declaração Eletrônica de Serviços de Instituições Financeiras (DES-IF) Todos os dados e valores apresentados neste manual são ficticios. Qualquer dúvida consulte a legislação vigente. Página

Leia mais

Manual Carta de Correção eletrônica

Manual Carta de Correção eletrônica Manual Carta de Correção eletrônica DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS 1. VISÃO GERAL 1.1 INTRODUÇÃO Carta de Correção Em fins de junho a Receita Federal do Paraná informou a liberação de recepção

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA. com a cópia do contrato social e do documento de identificação no Posto Fiscal da jurisdição do seu estabelecimento.

NOTA FISCAL PAULISTA. com a cópia do contrato social e do documento de identificação no Posto Fiscal da jurisdição do seu estabelecimento. NOTA FISCAL PAULISTA 1. O PROGRAMA NOTA FISCAL PAULISTA 1.1 O que é a Nota Fiscal Paulista? A Nota Fiscal Paulista é um programa de estímulo à cidadania fiscal do governo do Estado de São Paulo que concede

Leia mais

Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0

Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0 Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0 Setembro/2015 Domicílio Tributário Eletrônico DT-e MANUAL MÓDULO CONTRIBUINTE SUMÁRIO DOMICÍLIO TRIBUTÁRIO

Leia mais

Nota Fiscal Avulsa para MEI

Nota Fiscal Avulsa para MEI Nota Fiscal Avulsa para MEI Orientação geral quanto ao aplicativo de emissão da Nota Fiscal Avulsa para os contribuintes inscritos no Cadastro de Contribuintes de ICMS do Estado do Pará Sumário Avisos...3

Leia mais

Guia do Requerente. Orientações de preenchimento

Guia do Requerente. Orientações de preenchimento Guia do Requerente Orientações de preenchimento Bem-vindo (a) ao nosso novo sistema on-line de atendimento Empresa Legal. Este documento é o Guia do Requerente. Ele o (a) ajudará em seu contato com o ambiente

Leia mais

A) Acessar o site da RFB: http://receita.fazenda.gov.br, no menu EMPRESA clicar em CADASTRO CNPJ

A) Acessar o site da RFB: http://receita.fazenda.gov.br, no menu EMPRESA clicar em CADASTRO CNPJ PARA CRIAR CNPJ DA DIREÇÃO MUNICIPAL: 1. É preciso preencher o formulário de inscrição, pela internet 2. Aguardar que a Receita analise a inscrição (é preciso ir consultando pelo site) 3. Quando estiver

Leia mais

MANUAL DA COMPENSAÇÃO

MANUAL DA COMPENSAÇÃO MANUAL DA COMPENSAÇÃO Versão fevereiro/2014 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 03 1.1 APRESENTAÇÃO DO APLICATIVO... 03 1.2 OBJETIVOS DO APLICATIVO... 03 1.3 A QUEM SE DESTINA... 03 2 REQUISITOS TECNOLÓGICOS... 03

Leia mais

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Fundamentação legal: A entidade estará obrigada a atualizar no CNPJ qualquer alteração referente aos seus dados cadastrais até o último dia útil

Leia mais

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe)

Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Perguntas e Respostas Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFAe) Versão 4.00 Atualizada em 22/04/2014 1. O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica? A Nota Fiscal Avulsa eletrônica é um serviço disponível nos portais

Leia mais

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 42

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 42 Pedido de Viabilidade Página 1 / 42 ÍNDICE Apresentação... 3 Pedido de Viabilidade para Inscrição de Primeiro Estabelecimento... 4 Solicitante e Pessoa Jurídica... 4 Quadro Societário... 8 Nome Empresarial,

Leia mais

67. As ME e EPP, optantes ou não pelo Simples Nacional, podem emitir que tipo de nota fiscal?

67. As ME e EPP, optantes ou não pelo Simples Nacional, podem emitir que tipo de nota fiscal? OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS 67. As ME e EPP, optantes ou não pelo Simples Nacional, podem emitir que tipo de nota fiscal? Nas operações de vendas a contribuinte, a Nota Fiscal, modelos 1 e 1-A ou a Nota Fiscal

Leia mais

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio Fundap Fundação do Desenvolvimento Administrativo Programa de Estágio Programa de Estágio Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio Plano de Estágio Julho de 2008 SABE - Sistema

Leia mais

MS0013 - Deve ser utilizado certificado digital para transmissão dos eventos.

MS0013 - Deve ser utilizado certificado digital para transmissão dos eventos. 1. Objetivo O objetivo da Especificação de Mensagens do Sistema é documentar as mensagens que devem ser apresentadas aos usuários do sistema como resposta a alguma ação. 2. Mensagens 2.1. Gerais MS0001

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador/Intermediário de Serviços - NFTS

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador/Intermediário de Serviços - NFTS Nota Fiscal Eletrônica do Tomador/Intermediário de Serviços - NFTS Instituída pela Lei nº 15.406, de 08 de julho de 2011, que altera a Lei nº 13.476/2002. Set/2011 OBJETIVO É declarar os serviços tomados

Leia mais

SAN.A.IN.NA 35. Controle de Acesso aos Serviços Disponíveis ao Fornecedor no Portal da Sanasa na INTERNET 1. FINALIDADE

SAN.A.IN.NA 35. Controle de Acesso aos Serviços Disponíveis ao Fornecedor no Portal da Sanasa na INTERNET 1. FINALIDADE ISO 91 1 / 7 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. SENHA DE CONTROLE DE ACESSO 5. ASSINATURA ELETRÔNICA 6. NORMAS QUE DEVERÃO SER CONSULTADAS ANTES DE GERAR O REQUERIMENTO

Leia mais

SISTEMA DE EXPORTAÇÃO SISEXP SEFAZ/GO EXPORTAÇÃO ATRAVÉS DE COMERCIAL EXPORTADORA OU TRADING COMPANY.

SISTEMA DE EXPORTAÇÃO SISEXP SEFAZ/GO EXPORTAÇÃO ATRAVÉS DE COMERCIAL EXPORTADORA OU TRADING COMPANY. SISTEMA DE EXPORTAÇÃO SISEXP SEFAZ/GO EXPORTAÇÃO ATRAVÉS DE COMERCIAL EXPORTADORA OU TRADING COMPANY. Digite sua matrícula e senha na parte superior direita na página da web www.sefaz.go.gov.br Clique

Leia mais