ANEXO XI: INTERVENÇÕES PRIORITÁRIAS NO SISTEMA VIÁRIO MUNICIPAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO XI: INTERVENÇÕES PRIORITÁRIAS NO SISTEMA VIÁRIO MUNICIPAL"

Transcrição

1 LEI N. ANEXO XI: INTERVENÇÕES PRIORITÁRIAS NO SISTEMA VIÁRIO MUNICIPAL PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO IPOJUCA VIAS ARTERIAIS VIA PE-060 PE-038 PE-009 I - Requalificação com sua duplicação em todo o trecho situado no Município do Ipojuca, garantindo boas condições de mobilidade entre a faixa de praia e o Complexo Industrial Portuário de SUAPE (CIPS) e com os núcleos urbanos do Ipojuca e Camela, tendo em vista que a PE-060: a) integra a rota de ligação da faixa de praia de Muro Alto. Porto de Galinhas. Maracaipe e Serrambi com a Cidade do Recife e o Aeroporto Internacional dos Guararapes ao norte e com as demais praias do litoral sul de Pernambuco. b> é o principal corredor turistico do litoral sul do Estado. II - implantação de variante da PE-060, trecho com traçado contornando a cidade do Ipojuca pelo leste, observando-se as condições de segurança e conforto a serem definidas pelo Poder Executivo Municipal: lil - desafetação do trecho da PE-060 substituído pela Variante proposta na alínea II e sua integração à malha urbana municipal. Requalificação, tendo em vista: a) duplicação da via: b) melhoria do traçado; c) implantação de pontos de ônibus; d) sinalização viária e turística; e) ciclovia em toda sua extensão. I - Requalificação do trecho Nossa Senhora do 0 - Acesso a Muro Alto, tendo em vista: a) duplicação da via, b) melhoria do traçado; c) implantação de pontos de ônibus; d) sinalização viária e turística; e) arborização; f) iluminação pública g) ciclovia em toda sua extensão; h) adoção de característica urbana no trecho que passa por Nossa Senhora do Ó, dotando a via de 02 (duas) pistas, canteiro central, passeios de pedestres, além de dispor dos demais serviços descritos para o trecho completo. II - requalificação do trecho entre o acesso a Muro Alto e Porto de Galinhas, objetivando: a) alargamento das faixas de tráfego para 3,50m e dos acostamentos, em ambos os lados, para 2,50m, 1

2 Cristóvão José da Silva e do Comércio Ruas Cristóvão José Pimentel, Henrique Miller, João Pessoa. Mário da Costa Monteiro e Travessa Mário da Costa Monteiro Rua Hilda da Costa Monteiro 2 o Acesso a Ipojuca (dizer o nome desta via) e Avenida do Matadouro Rua São Francisco, trecho da Rua do Comércio e Rua São Miguel ^Rua São Miguel a) alargamento das calçadas; b) implantação de pontos de ônibus e táxi, c) arborização; d) melhoria da sinalização viária; e) implantação de sinalização turística; f) melhoria da iluminação pública, tendo em vista a prioridade para os pedestres e transporte público. Requalificação, sendo necessários; a) melhoria das calçadas, b) implantação de pontos de ônibus e táxi; c) arborização; d) melhoria da sinalização viária; e) implantação de sinalização turística. f) e melhoria da iluminação pública Requalificação com: a) alargamento da pista de rolamento e calçadas; b) arborização, c} melhoria da sinalização viária; d) implantação de sinalização turística; e) melhoria da iluminação pública. Requalificação, considerando: a) melhoria das calçadas; b) implantação de pontos de ônibus; c) arborização; d) melhoria da sinalização viária; e) implantação de sinalização turística; f) melhoria da iluminação pública. Requalificação com: a) alargamento da via para uma seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido, faixa de estacionamento e canteiro central; b) passeios de pedestres de ambos os lados; c) ciclovia e sinalização viária e turistica; d) arborização; e) iluminação pública; f) pontos de ônibus. Requalificação com: a) melhoria das calçadas: b) arborização, 64

3 PE-051 Acesso a Serrambi. PE-042 r \ ) b) implantação de retornos para dar acesso aos hotéis, passeios de pedestres, pontos de ônibus, arborização, ciclovia e iluminação pública, bem como melhoria da sinalização viária e turística em toda a sua extensão. 1 - Requalificação do trecho entre Porto de Galinhas e o acesso a Serrambi, tendo em vista: a) via em pista simples com: 1 - faixas de tráfego de 3,50m; 2 - acostamentos em ambos os lados de 2,50m; 3 - pontos de ônibus; 4 - sinalização viária e turística; 5 - arborização: 6 - ciclovia; 7 - iluminação pública em toda a sua extensão. b) pavimentação da saída sul de Porto de Galinhas e Maracaipe, reduzindo distancias e dando maior mobilidade a estas praias em relação ao litoral sul do Estado. II - Requalificação do trecho Acesso a Serrambi - PE-060, tendo em vista: a) o alargamento das faixas de tráfego e dos acostamentos para 3.50m e 2,50m, respectivamente; b) melhoria do traçado; c) implantação de pontos de ônibus, sinalização viária e turística, arborização e ciclovia em toda sua extensão. III - requalificação do trecho PE Camela, tendo em vista: a) o alargamento das faixas de tráfego e dos acostamentos para 3,5Dm e 2,50m, respectivamente; b) melhoria do traçado: c) implantação de pontos de ônibus, sinalização viária e turística, arborização e ciclovia em toda sua extensão. IV - Requalificação do trecho Camela / Escada, com as seguintes necessidades: a) pista simples, pavimentada, com faixas de tráfego de 3,50m; b) acostamentos em ambos os lados de 2,50m: c) sinalização viária e turística; d) arborização em toda a sua extensão, sendo necessário a elaboração de um estudo de traçado, para sua definição. Requalificação, tendo em vista: a) o alargamento da pista de rolamento e dos acostamentos; b) implantação de pontos de ônibus; c) sinalização viária e turística: d) arborização; e) iluminação pública; f) ciclovia em toda sua extensão. Requalificação, tendo em vista: a) o alargamento da pista de rolamento; b} implantação de acostamentos; c) sinalização viária e turística,

4 d) melhoria de traçado, incluindo a retificação do trecho que contorna a cidade do Ipojuca. BR-101 Duplicação da BR-101. Via que integra a rota de ligação do Complexo Industrial Portuário de SUAPE com a região da mata sul de Pernambuco, as cidades de Maceió e Salvador e com o sudeste e sul do país, dotando-a de sinalização turística. AMPLIAÇÃO DE VIAS ARTERIAIS EXISTENTES OU IMPLANTAÇÃO DE NOVAS VIAS ARTERIAIS Implantação do Anel Viário da RMR, conforme previsto no Plano do Território Estratégico de SUAPE. Implantação de prolongamento da Avenida Portuária via integrante do sistema viário de SUAPE, que contornará a área da Refinaria Abreu e Lima, ligando a atual Avenida Portuária a PE-060 e ao Anel Viário da RMR; Implantação do Prolongamento, em pista dupla, da Avenida Portuária até a PE-009 em Nossa Senhora do Ó, observando: a) a diretriz do antigo acesso por terra a Porto de Galinhas; b) a redução da distância entre Porto de Galinhas e o Recife; c) a operação da PE-038 como um corredor urbano ligando a Cidade do Ipojuca a Nossa Senhora do 0, Implantação da via de ligação entre Nossa Senhora do 0 e a PE-051, trecho Acesso a Nossa Senhora do 0 - PE-038. prevendo-se: a) pista dupla com canteiro central; b) sinalização viária e turística; c) ciclovia; d) arborização; e) operação como o novo acesso rodoviário a Porto de Galinhas e Maracaipe. liberando a PE-009. trecho Acesso a Muro Alto 1 Porto de Galinhas para uma operação como uma via urbana de integração da faixa de praia. Implantação da via de ligação entre Nossa Senhora do 0 e a PE-051, trecho PE-038 / Rio Canoas, observando-se; a) pista dupla com 2 (duas) faixas de tráfego; b) faixa de estacionamento por sentido, canteiro central, passeios de pedestres, iluminação pública, sinalização viária e turística, ciclovia e arborização em toda a sua extensão Implantação da via de ligação entre Nossa Senhora do 0 e a PE-051, trecho Rio Canoas - PE-051. observando-se: a) pista simples com faixas de tráfego de 3,50m; b) acostamentos em ambos os lados de 2,50m; c) sinalização viária e turística; d) ciclovia e arborização em toda a sua extensão. Implantação da via de ligação entre Nossa Senhora do 0 e SUAPE, com as seguintes características a) pista simples com faixas de tráfego de 3,50m, acostamentos em ambos os lados de 2,50m: b) sinalização viária e turística: c) ciclovia e arborização em toda a sua extensão d) utilização restrita a veículos credenciados, que terão acesso direto a TDR - Sul, via do sistema viário interno de SUAPE, que proporcionará uma ligação direta do Complexo Hoteleiro. Muro Alto / Porto de Galinhas e das áreas residenciais dessa mesma região e de Nossa Senhora do 0 com a área do Complexo Industrial Portuário de SUAPE, portanto integrando as áreas residências ãs de emprego. VIAS COLETORAS-CIDADE DO IPOJUCA IX a "Avenida Francisco Alves da Silva e ruas Requalificação com:

5 Ruas Vereador Antonio José Bonifácio, Santo Antonio, do Colégio, Afonso Joaquim Pimentel. Frei Vicente Salvador, Ceí. José de Souza Leão Vias que estruturam e dão acesso è área do Campo do Avião (dizer o nome desta via) avenida Getúlio Vargas, trecho entre a Rua do Comércio e a PE-060 (atual) Avenida Beira Rio Leste, trecho entre a PE-060 (atuai) e o Acesso a Nossa Senhora do Ó Avenida Projetada 01, trecho entre a PE-060 (atual) e a Avenida Projetada 03 Avenida Projetada 02, trecho entre a PE-060 (atual) e a Avenida Beira Rio Leste Avenida Projetada 03. trecho entre a Avenida Beira Rio Leste e o acesso a Nossa Senhora do Ó Rua Hilda da Costa Monteiro, trecho entre a Rua Hilda da Costa Monteiro e a PE-042 Rua São Miguel, trecho entre a Rua São Miguel e a PE-042 Rt)a São Miguel e a Rua Hilda da Costa Monteiro c) sinalização viária; d) implantação de sinalização turística e melhoria da iluminação pública. Requalificação, prevendo-se: a) melhoria das calçadas. b) implantação de arborização; c) melhoria da sinalização viária; d) implantação de sinalização turística e melhoria da iluminação pública. Requalificação com; a) melhoria das calçadas; b) sinalização viária; c) iluminação pública e implantação de arborização. Conclusão e requalificação. Implantar via pela margem esquerda do Rio Ipojuca, com seção transversal em 02 (duas) pistas e 02 (duas) faixas de tráfego por sentido, além de faixa de estacionamento, canteiro central, passeios de pedestres de ambos os lados, ciclovia, sinalização, arborização e iluminação Implantar via com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de estacionamento, canteiro central, passeios de pedestres de ambos os lados, ciclovia e com sinalização, arborização e iluminação pública diferenciadas. Implantação de via com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de estacionamento, canteiro central, passeios de pedestres de ambos os lados, ciclovia e com sinalização, arborização e iluminação Implantação de via com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de estacionamento, canteiro central, passeios de pedestres de ambos os lados, ciclovia e com sinalização, arborização e iluminação Prolongamento, prevendo-se; a) transformação do segmento da PE-042 em via urbana com a implantação de passeios de pedestres de ambos os lados; b) arborização; c) sinalização viária e sinalização turística; d) iluminação pública e interseção viária no entroncamento com a PE-042. Prolongamento, prevendo-se; a) transformação do segmento da PE-042 em via urbana com a implantação de passeios de pedestres de ambos os lados; b) arborização; c) sinalização viária e sinalização turística, d) iluminação pública e interseção viária no entroncamento com a PE-042. Ligação entre estas vias, prevendo-se; a) transformação em via urbana do segmento da PE-042, trecho entre a Rua São Miguel e a Rua Hilda da Costa Monteiro; 5

6 Rua Sâo Francisco, trecho entre a Rua São Miguel e a PE-042 Rua do Comércio, trecho entre a Rua São Francisco e a Avenida Beira Rio Oeste Avenida Beira Rio Oeste, trecho entre a Avenida do Matadouro e a Avenida de Contorno Oeste Contorno Oeste, trecho entre a Avenida Beira Rio Oeste e a PE-042 Rua Henrique Miller, trecho entre a Rua João Pessoa e a PE-D60 (atuai) VIAS COLETORAS - NOSSA SENHORA DO 0 VIA Ruas Manoel Gomes da Silva, Silvino Alves da Silva, Mário Júlio do Rego, Cristóvão de Souza Leão. São Benedito e do Colégio Rua Manoel Gomes da Silva, trecho entre a Rua Silvino Alves da Silva e o Campo de Futebol Rua Manoel Gomes da Silva, trecho entre o Campo de Futebol e a Via de Ligação entre Nossa Senhora do Óe a PE-051 Rua da Macaiba, trecho entre a Rua Silvino Alves da Silva e a Via de.ligação entre Nossa Senhora do Óe a XE-051 b) implantação de passeios de pedestres de ambos os lados, c) arborização; d) sinalização viária e sinalização turística com iluminação pública. Prolongamento com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de Prolongamento com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de estacionamento, canteiro central, passeios de pedestres de ambos os lados, ciclovia e sinalização, arborização e iluminação Implantação de via, pela margem esquerda do Rio Ipojuca com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de estacionamento, canteiro central, passeios de pedestres de ambos os lados, ciclovia sinalização, arborização e iluminação Implantação de via com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de Prolongamento. Requalificação, prevendo-se recuperação e alargamento das calçadas, implantação de pontos de ônibus e arborização, melhoria da sinalização viária, implantação de sinalização turística e melhoria da iluminação pública. Requalificação com alargamento das calçadas, implantação de arborização e melhoria da sinalização viária, implantação de sinalização turística e melhoria da iluminação pública. Prolongamento, prevendo-se; a) alargamento da pista de rolamento e das calçadas no segmento de via existente; b) seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de estacionamento; c) canteiro central, ciclovia e passeios de pedestres de ambos os lados, com necessidade de desapropriações; d) sinalização viária, arborização e iluminação pública diferenciada. Requalificação com: a) alargamento da pista de rolamento e das calçadas em pade do segmento de via existente, b) implantação de via urbana com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de estacionamento; c) canteiro central, ciclovia e passeios de pedestres de ambos os lados. d) sinalização viária, arborização e iluminação pública diferenciada. 6

7 Avenida Projetada 01, trecho entre a PE-038 e a Via de Ligação entre Nossa Senhora dooe a PE-051 Avenida Projetada 02, trecho entre a PE-038 e a Av. Contorno Leste Avenida Projetada 03. trecho entre a Rua Cristóvão de Souza Leão e a Via de Ligação entre Nossa Senhora do Ó e a PE-051 Ruas 4 e 9. que interligam a PE-038 com a área central da Vila através da Rua Silvino Alves da Silva Ruas Camilo Cunha e da Liberdade, que interligam a área central de Nossa Senhora do Ó com a PE-009, nas proximidades do matadouro Ruas , 25 e 2" Travessa Pedro de Souza Leão Avenida Contorno Leste, trecho entre a PE-009 e a Avenida Projetada 02 Implantação de via urbana com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de Implantação de via urbana com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de pública diferenciadas; Implantação de via urbana com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de Requalificação com melhoria das calçadas e implantação de sinalização viária, arborização e iluminação pública diferenciada. Requalificação com alargamento da pista de rolamento e das calçadas e implantação de sinalização viária e turística, arborização, ciclovia e iluminação pública diferenciada. 1 - Requalificação, prevendo-se: a) a interligação transversal das vias coletoras; 1 - avenida Projetada 01; 2 - rua Manoel Gomes da Silva; 3 - rua Macaíba; 4 - avenida Projetada 03 e Av. Contorno Leste. b) melhoria das condições de acessibilidade ao Campo de Futebol; c) alargamento das vias existentes em termos de pista de rolamento e calçadas e implantação de via nova no trecho de expansão urbana. Implantação de via urbana com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido e faixa de VIAS COLETORAS - CAMELA VIA Avenida Humberto da Costa Soares, e Requalificação com melhoria das calçadas, iluminação pública e sinalização viária e turística. das Ruas Santo Antônio e do Comércio Avenida Projetada 01, trecho entre a Implantação de via urbana com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido, canteiro PE-051 e o limite entre Ipojuca e central, passeios de pedestres de ambos os lados com sinalização, arborização e iluminação pública diferenciadas, por serem ^S^rinhaém vias que dão acesso a área de expansão urbana de Camela a partir da PE-051. Avèfiida Projetada 02, trecho entre a Implantação de via urbana com seção transversal em 02 (duas) pistas de 02 (duas) faixas de tráfego por sentido, canteiro

8 Avenida Projetada 01 e o limite entre central, passeios de pedestres de ambos os lados com sinalização, arborização e iluminação Ipojuca e Serinhaém VIAS COLETORAS - ORLAS DE MURO ALTO, PORTO DE GAINHAS, MARACA1PE E SERRAMBI VIA Acesso a Muro Alto Implantação de via urbana de pista única com 02 (duas) faixas de trafego e 01 (uma) faixa de estacionamento por sentido, ciclovia, passeios de pedestres, arborização, iluminação pública, sinalização viária e turística. Acesso a Maracaipe Implantação de via urbana em pista dupla com canteiro centrai, ciclovia, passeios de pedestres, arborização, iluminação pública, sinalização viária e turística. Rua das Piscinas Naturais, trecho entre Requalificação com melhoria das calçadas, sinalização viária e turística. a Rua Caraúna e a Rua Saberé Rua Beijupirà, trecho entre a Rua Requalificação com alargamento da pista de rolamento e das calçadas, arborização, melhoria da sinalização viária e turística e Esperança e a Estrada de Maracaipe implantação de ciclovia. Antigo Acesso a Maracaipe, trecho Requalificação com melhoria das calçadas, sinalização viária e turística. entre a PE-051 e o Acesso a Maracaipe Rua Caraúna. trecho entre o Acesso a Praça 11 e a Rua das Piscinas Naturais Requalificação com alargamento da pista de rolamento e das calçadas, arborização, melhoria da sinalização viária e turística e implantação de ciclovia. Rua Massaranduba. trecho entre o Requalificação com a implantação de estacionamento, ciclovia e passeios de pedestres, arborização, iluminação pública e Antigo Acesso a Maracaipe e a Rua das sinalização viária e turística Piscinas Naturais Rua Saberé, trecho entre a Rua Implantação de via urbana com estacionamento, ciclovia e passeios de pedestres, arborização, iluminação pública e Beijupirà e a Rua das Piscinas Naturais sinalização viária e turística. Estrada de Maracaipe, trecho entre a Rua Beijupirà e o Acesso a Maracaipe Implantação de via urbana em pista única com 02 (duas) faixas de tráfego e 01 (uma) faixa de estacionamento por sentido, ciclovia e passeios de pedestres, arborização, iluminação pública e sinalização viária e turística. ligação entre a PE-009e o Acesso a Muro Alto Implantação de via urbana em pista dupla com canteiro central, ciclovia e passeios de pedestres, arborização, iluminação pública e sinalização viária e turística. PE-009. trecho de Contorno de Porto de Requalificação da via com arborização, melhoria da sinalização viária e turística, implantação de ciclovia e estacionamento. Galinhas e Rua Esperança Ligação entre a PE-009 e a Rua Implantação de via urbana com ciclovia e passeios de pedestres, arborização, iluminação pública e sinalização viária e turística. Caraúna ^igação entre a Rua Beijupirà e a PE- Criar uma rota de saída do Loteamento Recanto Porto de Galinhas e da faixa de praia em direção a PE-009 ^P^QSI, trecho de Contorno de Porto de í atyiras e a Rua Esperança Requalificação da via com alargamento das calçadas, arborização, melhoria da sinalização viária e turística, implantação de ciclovia e estacionamento. 70

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116 74 ITAMARACÁ 15.858 65 PRAIA DE MARIA FARINHA A REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Municípios: 14 População:

Leia mais

LEI Nº 370, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2011 A CÂMARA MUNICIPAL DE CAFEARA APROVA E EU, PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE LEI:

LEI Nº 370, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2011 A CÂMARA MUNICIPAL DE CAFEARA APROVA E EU, PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE LEI: LEI Nº 370, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2011 Institui a Lei do Sistema Viário do Município de Cafeara, e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE CAFEARA APROVA E EU, PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE

Leia mais

O papel da mobilidade e da acessibilidade no Desenvolvimento de Aparecida de Goiânia

O papel da mobilidade e da acessibilidade no Desenvolvimento de Aparecida de Goiânia O papel da mobilidade e da acessibilidade no Desenvolvimento de Aparecida de Goiânia Os processos econômicos, tanto na fase de produção como na fase de consumo, são dependentes do deslocamento de cargas

Leia mais

SEINFRA SECRETARIA DE ESTADO DE INFRAESTRUTURA JUNHO/2015

SEINFRA SECRETARIA DE ESTADO DE INFRAESTRUTURA JUNHO/2015 SEINFRA SECRETARIA DE ESTADO DE INFRAESTRUTURA JUNHO/2015 Corredores de Ônibus Manaus: Atendem três condicionantes: 1) Plano de Estruturação da Malha Viária do Governo do Estado do Amazonas; 2) Demanda

Leia mais

Dispõe sobre o Sistema Viário Básico do Município de Nova Mutum e dá outras providências.

Dispõe sobre o Sistema Viário Básico do Município de Nova Mutum e dá outras providências. LEI COMPLENTAR Nº 136, DE 15 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema Viário Básico do Município de Nova Mutum e dá outras providências. O Sr. Adriano Xavier Pivetta, Prefeito Municipal de Nova Mutum, Estado

Leia mais

Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014

Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014 Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014 Melhoria da Infraestrutura Viária e Transporte na Capital Abril/2011 Mobilidade Urbana em Belo Horizonte BRT Antônio Carlos/Pedro I Meta 1 VIADUTOS DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DO SISTEMA VIÁRIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DO SISTEMA VIÁRIO PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ KL Serviços e Engenharia S/C PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DO SISTEMA VIÁRIO LEI Nº Dispõe sobre o sistema Viário do Município de Quixadá e dá outras

Leia mais

ÍNDICE. Capítulo I...5. Do Sub-Sistema Viário Estrutural...5. Capítulo II...5. Do Sub-Sistema de Apoio...5 DISPOSIÇÕES FINAIS...6

ÍNDICE. Capítulo I...5. Do Sub-Sistema Viário Estrutural...5. Capítulo II...5. Do Sub-Sistema de Apoio...5 DISPOSIÇÕES FINAIS...6 ÍNDICE Capítulo I...5 Do Sub-Sistema Viário Estrutural...5 Capítulo II...5 Do Sub-Sistema de Apoio...5 DISPOSIÇÕES FINAIS...6 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE CRATEÚS PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU

Leia mais

Governo Estadual RS 509

Governo Estadual RS 509 1 - RODOVIAS / TRAVESSIA URBANA Governo Federal BR 158, BR 287 e BR 392 Governo Estadual RS 509 Governo Municipal Av. Helvio Basso 2 - MOBILIDADE URBANA Plano Diretor de Mobilidade Urbana TR está pronto.

Leia mais

Medidas para a Humanização do Tráfego. A Cidade que Queremos

Medidas para a Humanização do Tráfego. A Cidade que Queremos Medidas para a Humanização do Tráfego A Cidade que Queremos Objetivo Publicação com o objetivo de divulgar, junto aos municípios, soluções técnicas para a humanização do trânsito. Estrutura Introdução

Leia mais

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES JULHO 2015 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS URBANO Fonte: Pesquisa de mobilidade 2012 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS

Leia mais

DÂMOCLES PANTALEÃO LOPES TRINTA WALTER FERNANDES DE MIRANDA NETO SECRETÁRIO ADJUNTO DE PLANEJAMENTO DE OBRAS DA COPA 2014

DÂMOCLES PANTALEÃO LOPES TRINTA WALTER FERNANDES DE MIRANDA NETO SECRETÁRIO ADJUNTO DE PLANEJAMENTO DE OBRAS DA COPA 2014 INVESTIMENTOS EM MOBILIDADE URBANA PARA A COPA INVESTIMENTOS SECRETARIA ADJUNTA EM MOBILIDADE DE PLANEJAMENTO URBANA DE OBRAS PARA DA A COPA MOBILIDADE URBANA - COPA DÂMOCLES PANTALEÃO LOPES TRINTA SECRETÁRIO

Leia mais

CONTRIBUINTES INSCRITOS EM DÍVIDA ATIVA CONTRIBUINTE CNPJ/CPF ENDEREÇO 225534 11375631000101 RUA SAO MIGUEL, RECIFE - - AFOGADOS

CONTRIBUINTES INSCRITOS EM DÍVIDA ATIVA CONTRIBUINTE CNPJ/CPF ENDEREÇO 225534 11375631000101 RUA SAO MIGUEL, RECIFE - - AFOGADOS CONTRIBUINTES INSCRITOS EM DÍVIDA ATIVA Fica notificado pelo Fisco Municipal do Ipojuca através desta publicação os contribuintes abaixos citados através dos Correios em 07/05/2015 que, nos termos do art.

Leia mais

Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte COPA 2014

Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte COPA 2014 INFRAESTRUTURA PARA A COPA 2014 Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte COPA 2014 Novembro/12 Agosto/2011 Empreendimentos de Mobilidade Urbana BRT Antônio Carlos/Pedro I Meta 1: Interseção com Av.

Leia mais

1A - Gestão Fiscal e Financeira do Município 1B - Gestão Urbana e Ambiental 1C - Gestão, Monitoramento e Avaliação do Projeto

1A - Gestão Fiscal e Financeira do Município 1B - Gestão Urbana e Ambiental 1C - Gestão, Monitoramento e Avaliação do Projeto O PROJETO O Projeto Capibaribe Melhor tem como objetivo geral proporcionar condições para a dinamização urbana e sócio-econômica dos habitantes do trecho da bacia do rio Capibaribe, situado à jusante da

Leia mais

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN GT - INFRAESTRUTURA GT - INFRAESTRUTURA Grupo de Trabalho INFRAESTRUTURA Responsável pela proposição de projetos e operações de infraestrutura, além do acompanhamento na execução destes, necessários à

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANGÃO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANGÃO LEI COMPLEMENTAR 024 de 17 de outubro de 2011 DISPÕE SOBRE O SISTEMA VIARIO DO MUNICIPIO DE SANGÃO-SC E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Antônio Mauro Eduardo, Prefeito Municipal de Sangão, faz saber a todos os

Leia mais

Prefeitura Municipal de Registro

Prefeitura Municipal de Registro Prefeitura Municipal de Registro Departamento Municipal de Administração Rua José Antônio de Campos, nº 250 Centro CEP: 11.900-000 Registro SP Fone: (13) 3828-1000 Fax: (13) 3821-2565 e-mail prefeitura@registro.sp.gov.br

Leia mais

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA SISTEMA DE ELABORAÇÃO DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS ESPELHO DE 001 - Construção do Contorno Ferroviário de Curitiba AUTOR DA Luciano Ducci 37050001 539 0141 - Promover a expansão da malha ferroviária federal

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA DE DUPLICAÇÃO, RESTAURAÇÃO E MELHORAMENTOS DA RODOVIA BR-381/MG

ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA DE DUPLICAÇÃO, RESTAURAÇÃO E MELHORAMENTOS DA RODOVIA BR-381/MG DNIT - SREMG João Monlevade - 28/06/2012 ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA DE DUPLICAÇÃO, RESTAURAÇÃO E MELHORAMENTOS DA RODOVIA BR-381/MG RODOVIA: BR-381MG TRECHO: DIVISA ES/MG - DIV. MG/SP

Leia mais

ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E AMBIENTAL CONDURB, REALIZADA EM 23 DE SETEMBRO DE 2003.

ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E AMBIENTAL CONDURB, REALIZADA EM 23 DE SETEMBRO DE 2003. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Aos vinte e três dias de setembro de dois mil e três, foi realizada reunião extraordinária do Conselho Municipal de Desenvolvimento

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA. FICHA DE INSCRIÇÃO PARA QUESTIONAMENTOS (preencha de forma clara, legível e objetiva os campos abaixo)

AUDIÊNCIA PÚBLICA. FICHA DE INSCRIÇÃO PARA QUESTIONAMENTOS (preencha de forma clara, legível e objetiva os campos abaixo) NOME: RENATO SILVA JUNIOR ÓRGÃO/ENTIDADE/EMPRESA: PREFEITURA SANTA LUZIA DO ITANHY Como no trecho do Rio Piaui que liga a zona urbana a zona rural do Município de Estância, logo há um grande fluxo de veiculo

Leia mais

Superintendência de Planejamento e Gestão Territorial (SGT)

Superintendência de Planejamento e Gestão Territorial (SGT) Superintendência de Planejamento e Gestão Territorial (SGT) SEMINÁRIO CONFEA/CREA-BA: ACOMPANHAMENTO OBRAS DA COPA 12/04/2011 OBRAS A CARGO DA SEDUR Corredor Estruturante Aeroporto-Acesso Norte, do Sistema

Leia mais

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 -

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 - Anexo A - Mobilidade Urbana Empreendimento (obra, projeto e desapropriação) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2-2 Belo Horizonte Corredor Pedro II e Obras Complementares nos

Leia mais

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012 CodeP0 Balanço 2012 Copa do Mundo Cidadesede Curitiba Brasília, CodeP1 Valores Consolidados R$ mi, abr/12 Total Empreendimentos Investimento Total Financiamento Federal Local Federal Privado Estádio 1

Leia mais

Copa do Mundo FIFA 2014

Copa do Mundo FIFA 2014 1. Belo Horizonte Copa do Mundo FIFA 2014 CODE-2 Belo Horizonte Belo Horizonte Quantitativo de Empreendimentos e Investimentos por Tema Nº de Empreendimentos Investimento Total (R$ mi) Estádio Mobilidade

Leia mais

3. Referenciais. 3.1 Referenciais teóricos. 3.1.1 O sistema cicloviário e seus elementos componentes

3. Referenciais. 3.1 Referenciais teóricos. 3.1.1 O sistema cicloviário e seus elementos componentes 21 3. Referenciais "Se a mobilidade física é condição essencial da liberdade, a bicicleta talvez tenha sido o instrumento singular mais importante, desde Gutenberg, para atingir o que Marx chamou de plena

Leia mais

Prefeitura interdita Av. Rodrigues Alves para remoção de trecho da Perimetral a partir do dia 26 de julho

Prefeitura interdita Av. Rodrigues Alves para remoção de trecho da Perimetral a partir do dia 26 de julho Prefeitura interdita Av. Rodrigues Alves para remoção de trecho da Perimetral a partir do dia 26 de julho A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), da Companhia de Engenharia

Leia mais

Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria. Atividade mantida. Manutenção da Limpeza pública Cidade Limpa

Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria. Atividade mantida. Manutenção da Limpeza pública Cidade Limpa LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - ANEXO III - METAS E PRIORIDADES OBJETIVO ESTRATÉGICO : Prestar serviços urbanos de utilidade pública visando proporcionar melhor qualidade de vida aos cidadãos. PROGRAMA:

Leia mais

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais);

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais); ARENA DAS DUNAS ARENA DAS DUNAS Descrição da Obra Construção de ARENA MULTIUSO para utilização na Copa 2014; PPP (Participação Público Privada) entre Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Arena

Leia mais

ANEXO VIII Características Geométricas e Perfis Viários Propostos 1. CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS DAS VIAS MUNICIPAIS

ANEXO VIII Características Geométricas e Perfis Viários Propostos 1. CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS DAS VIAS MUNICIPAIS ANEXO VIII Características Geométricas e Perfis Viários Propostos 1. CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS DAS VIAS MUNICIPAIS CATEGORIAS DAS VIAS MUNICIPAIS SEÇÃO NORMAL DA VIA (m) PISTA DE ROLAMENTO (m) FAIXA

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB O QUE É O Plano Diretor de Transporte e da Mobilidade é um instrumento da política de desenvolvimento urbano, integrado ao Plano Diretor do município,

Leia mais

NOVEMBRO 2013 1º RELATÓRIO DE ANDAMENTO

NOVEMBRO 2013 1º RELATÓRIO DE ANDAMENTO NOVEMBRO 2013 ESTUDO PRELIMINAR PARA IMPLANTAÇÃO DE PONTE SOBRE O RIO SÃO FRANCISCO, ENTRE OS MUNICÍPIOS DE PENEDO/AL E NEÓPOLIS/SE 1º RELATÓRIO DE ANDAMENTO ESTUDO PRELIMINAR PARA IMPLANTAÇÃO DE PONTE

Leia mais

Programas e Projetos de Mobilidade Urbana Camboriú SC

Programas e Projetos de Mobilidade Urbana Camboriú SC Programas e Projetos de Mobilidade Urbana Camboriú SC MAIO.2012 Mobilidade Urbana Legislações em Ordem Cronológica Lei Municipal Complementar Nº 10/2007 Institui o Plano Diretor de Desenvolvimento Territorial

Leia mais

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Secretaria de Infraestrutura UMA UNIDADE DE MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE

Leia mais

CAIS JOSÉ ESTELITA. Diretrizes urbanísticas espacializadas a serem observadas no redesenho do Projeto Novo Recife e entorno

CAIS JOSÉ ESTELITA. Diretrizes urbanísticas espacializadas a serem observadas no redesenho do Projeto Novo Recife e entorno CAIS JOSÉ ESTELITA Diretrizes urbanísticas espacializadas a serem observadas no redesenho do Projeto Novo Recife e entorno Recife, 10 de setembro de 2014. SUMÁRIO: 1. Percurso metodológico 2. Sistematização

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E INFORMAÇÃO - DI GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - GPO DIVISÃO DE PROCESSOS DE GESTÃO DIPG

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E INFORMAÇÃO - DI GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - GPO DIVISÃO DE PROCESSOS DE GESTÃO DIPG DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E INFORMAÇÃO - DI GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - GPO DIVISÃO DE PROCESSOS DE GESTÃO DIPG NORMA INTERNA: UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE SINALIZAÇÃO DE OBRAS E

Leia mais

Obras de mobilidade urbana de BH

Obras de mobilidade urbana de BH Obras de mobilidade urbana de BH Belo Horizonte foi a primeira cidade sede da Copa do Mundo Fifa 2014 a assinar os contratos de financiamentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade,

Leia mais

Prefeitura interdita Av. Rodrigues Alves para remoção de trecho da Perimetral a partir do dia 26 de julho

Prefeitura interdita Av. Rodrigues Alves para remoção de trecho da Perimetral a partir do dia 26 de julho Prefeitura interdita Av. Rodrigues Alves para remoção de trecho da Perimetral a partir do dia 26 de julho A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), da Companhia de Engenharia

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO Departamento de Engenharia

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO Departamento de Engenharia PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO Departamento de Engenharia GRANDES EVENTOS SISTEMA INTEGRADO DE MONITORAMENTO 1 EVENTO DATA E HORA LOCAL TIPO E OBJETIVO DURAÇÃO INTERFERÊNCIAS

Leia mais

MOBILIDADA URBANA PROPOSTAS INTERVENCIONISTAS DO SISTEMA VIÁRIO 'RIBEIRA EM FOCO'

MOBILIDADA URBANA PROPOSTAS INTERVENCIONISTAS DO SISTEMA VIÁRIO 'RIBEIRA EM FOCO' MOBILIDADA URBANA PROPOSTAS INTERVENCIONISTAS DO SISTEMA VIÁRIO 'RIBEIRA EM FOCO' MOBILIDADA URBANA SUMÁRIO OBJETIVO REFERÊNCIAS TÉCNICAS CARACTERIZAÇÃO PROBLEMAS ACESSOS PRINCIPAIS CONJUNTOS URBANOS -

Leia mais

Rio Branco, capital do Estado do Acre, foi fundada no final de 1882, na margem direita do Rio Acre pelo seringalista NeutelMaia com onome Voltada

Rio Branco, capital do Estado do Acre, foi fundada no final de 1882, na margem direita do Rio Acre pelo seringalista NeutelMaia com onome Voltada Prefeitura Municipal de Rio Branco Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito RBTRANS II Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável Programa Cidades Sustentáveis Melhor Mobilidade,

Leia mais

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba Curitiba SÃO PAULO População: 1.828.092 hab. Taxa de crescimento pop. 2000-2009: 1,71% 2008-2009:

Leia mais

Nesta oportunidade, confirmo que estes projetos estão fundamentados em Estudos, Estatísticas e Opiniões de Cidadãos domiciliados no bairro.

Nesta oportunidade, confirmo que estes projetos estão fundamentados em Estudos, Estatísticas e Opiniões de Cidadãos domiciliados no bairro. Barueri, 21 de Setembro de 2009. Ilustríssimo Senhor Rubens Furlan PREFEITO DE BARUERI Ref: Projetos do 1 Conselho Gestor de Segurança da Aldeia de Barueri Venho à presença de Vossa Excelência apresentar

Leia mais

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM MOBILIDADE NA RMS COM VISTAS À COPA 2014

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM MOBILIDADE NA RMS COM VISTAS À COPA 2014 PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM MOBILIDADE NA RMS COM VISTAS À COPA 2014 Proposta de estruturação com investimentos nos grandes corredores de transporte na Região Metropolitana de Salvador RMS A Fonte Nova

Leia mais

NOVAS OBRAS DE MOBILIDADE. Menos tempo no trânsito. Mais tempo com a família.

NOVAS OBRAS DE MOBILIDADE. Menos tempo no trânsito. Mais tempo com a família. NOVAS OBRAS DE MOBILIDADE Menos tempo no trânsito. Mais tempo com a família. NOVAS OBRAS DE MOBILIDADE BRT Cristiano Machado Empreendimento BRT Antônio Carlos / Pedro I -Meta 4A Trecho Centro - Pampulha

Leia mais

Av. Eliseu de Almeida. Projeto de Restauração do Pavimento. Projeto de Ciclovia e sinalização horizontal de interferência urbana

Av. Eliseu de Almeida. Projeto de Restauração do Pavimento. Projeto de Ciclovia e sinalização horizontal de interferência urbana Av. Eliseu de Almeida Projeto de Restauração do Pavimento Projeto de Ciclovia e sinalização horizontal de interferência urbana Índice Introdução Objetivo Projeto de Restauração Projeto de Ciclovia Sinalização

Leia mais

Mobilidade Urbana. Plano Diretor Urbano. Vitória, 29 de setembro de 2015

Mobilidade Urbana. Plano Diretor Urbano. Vitória, 29 de setembro de 2015 Mobilidade Urbana Plano Diretor Urbano Vitória, 29 de setembro de 2015 Diretrizes Plano Diretor Urbano Melhorar a qualidade da vida ambiental e urbana nos bairros Incentivo ao transporte público coletivo

Leia mais

Objetivo 3.2. Melhorar a infra-estrutura de transporte e logística do Estado. As prioridades estaduais, segundo a visão da indústria, estão na

Objetivo 3.2. Melhorar a infra-estrutura de transporte e logística do Estado. As prioridades estaduais, segundo a visão da indústria, estão na Objetivo 3.2. Melhorar a infra-estrutura de transporte e logística do Estado. As prioridades estaduais, segundo a visão da indústria, estão na ampliação do número de terminais portuários, rodovias, ferrovias

Leia mais

abril/2013 CICLOVIA ZONA NORTE

abril/2013 CICLOVIA ZONA NORTE abril/2013 CICLOVIA ZONA NORTE introdução Das temáticas de crise das grandes cidades nos dias de hoje, uma das questões mais contundentes é a mobilidade urbana. A cidade de São Paulo, metrópole que sofre

Leia mais

CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA. Lúcia Maria Mendonça Santos Ministério das Cidades

CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA. Lúcia Maria Mendonça Santos Ministério das Cidades CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA Lúcia Maria Mendonça Santos S e m i n á r i o M o b i l i d a d e U r b a n a S u s t e n t á v e l : P r á t i c a s e T e n d ê n c

Leia mais

Bases para o Planejamento Urbano Integrado. deflorianópolis. Mobilidade metropolitana

Bases para o Planejamento Urbano Integrado. deflorianópolis. Mobilidade metropolitana Bases para o Planejamento Urbano Integrado deflorianópolis Introdução Áreas nobres da expansão urbana Relação com o meio ambiente Patrimônio cultural Paisagem Centro da cidade Centralidades de bairros

Leia mais

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA Secretaria Municipal de Planejamento EXERCÍCIO: 202 ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ÓRGÃO: Projeto/Atividade Objetivo Denominação da Meta Unid.

Leia mais

ü Contribuir para equacionar os problemas ambientais, urbanís4cos e sociais ü Devido ao crescimento populacional nas áreas dos fundos de vale, os 83

ü Contribuir para equacionar os problemas ambientais, urbanís4cos e sociais ü Devido ao crescimento populacional nas áreas dos fundos de vale, os 83 CONDEITO E JUSTIFICATIVA DO PUAMA ü Contribuir para equacionar os problemas ambientais, urbanís4cos e sociais que afetam a cidade de Goiânia, resultantes da ocupação desordenada do espaço urbano, em especial

Leia mais

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM Secretaria de Logística e Transportes Estrutura da Secretaria de Logística e Transportes Pátio 2 Obra Secretaria de Logística e Transportes Porto de São Sebastião Realizações 2011/2012 Descrição Nivelamento

Leia mais

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Introdução A proposta de Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes

Leia mais

SP-URBANISMO. Nova Luz Projeto Urbanístico Consolidado

SP-URBANISMO. Nova Luz Projeto Urbanístico Consolidado SP-URBANISMO Nova Luz Projeto Urbanístico Consolidado Setembro 2011 Perímetro da Nova Luz Sala São Paulo Parque da Luz Praça Princesa Isabel Largo do Arouche Igreja de Santa Ifigênia Praça da República

Leia mais

O b ra s da C o pa 2 0 1 4. P re fe it u ra Mu nic ipa l de P o rt o A le g re

O b ra s da C o pa 2 0 1 4. P re fe it u ra Mu nic ipa l de P o rt o A le g re O b ra s da C o pa 2 0 1 4 P re fe it u ra Mu nic ipa l de P o rt o A le g re RE C URS OS Ma triz de R e s po n s a b ilida de s Ma triz de R e s po n s a b ilida de s Assinada em 13 de janeiro de 2010

Leia mais

INICIATIVAS INSPIRADORAS ESPAÇOS PÚBLICOS REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA SAVASSI BELO HORIZONTE MG

INICIATIVAS INSPIRADORAS ESPAÇOS PÚBLICOS REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA SAVASSI BELO HORIZONTE MG ESPAÇOS PÚBLICOS INICIATIVAS INSPIRADORAS REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA SAVASSI BELO HORIZONTE MG ÍNDICE INTRODUÇÃO PERFIL DA CIDADE OS PASSOS PARA A REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA DA SAVASSI DIRETRIZES DO PROJETO

Leia mais

PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO

PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PROJETO DE LEI DO SISTEMA VIÁRIO BATURITÉ 1 TASSO RIBEIRO JEREISSATI GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ FRANCISCO DE QUEIROZ MAIA JÚNIOR SECRETÁRIO DE INFRA-ESTRUTURA

Leia mais

CICLOFAIXA BARÃO DE MESQUITA. Tijuca

CICLOFAIXA BARÃO DE MESQUITA. Tijuca CICLOFAIXA BARÃO DE MESQUITA Tijuca PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos Secretaria Municipal de Meio Ambiente Secretaria Municipal de Transportes Agosto

Leia mais

Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana

Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana O Desafio da CET 7,2 milhões de veículos registrados 12 milhões de habitantes 7,3 milhões de viagens a pé 156 mil viagens de bicicleta 15 milhões de viagens

Leia mais

Julieta Cristina Fernandes (*)

Julieta Cristina Fernandes (*) Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico - Turma 7 Os muros e a mobilidade urbana: considerações a partir dos condomínios fechados no Setor Sul de Uberlândia-MG Julieta Cristina Fernandes (*)

Leia mais

BALANÇO GERAL - 2014 ANEXO II / 4.320

BALANÇO GERAL - 2014 ANEXO II / 4.320 Aquis./ BALANÇO GERAL - 214 ANEXO II / 4.32 Exercício de 1991 2 - Constr. de meio fios em div. ruas e aven.,2,2 Constr. Pont. cor. sec. loc. Faz. Campo Seco,1,1 Constr. de meio fios div. ruas e av.,1,1

Leia mais

Universidade Presbiteriana Mackenzie Escola de Engenharia Depto. de Engenharia Civil 2 0 semestre de 2015. Aula 5. Características do tráfego (cont.

Universidade Presbiteriana Mackenzie Escola de Engenharia Depto. de Engenharia Civil 2 0 semestre de 2015. Aula 5. Características do tráfego (cont. Universidade Presbiteriana Mackenzie Escola de Engenharia Depto. de Engenharia Civil 2 0 semestre de 2015 Aula 5 Características do tráfego (cont.) fonte: revista 4 Rodas Publicidade, 1.962 5.1. Planejamento

Leia mais

Plano de Mobilidade Sustentável. Por uma cidade amiga da bicicleta Abril 2011

Plano de Mobilidade Sustentável. Por uma cidade amiga da bicicleta Abril 2011 Plano de Mobilidade Sustentável. Por uma cidade amiga da bicicleta Abril 2011 Cronograma Índice Apresentação da TC Urbes Objetivos do Plano de Mobilidade Sustentável Cidade e Mobilidade Diagnóstico Planejamento

Leia mais

11 ideias para ciclovias mais seguras

11 ideias para ciclovias mais seguras 11 ideias para ciclovias mais seguras Legislação Política Nacional de Mobilidade Urbana A Política Nacional de Mobilidade Urbana é orientada pelas seguintes diretrizes: II prioridade dos modos de transportes

Leia mais

Rede Cicloviária Leblon. Rio de Janeiro 2012

Rede Cicloviária Leblon. Rio de Janeiro 2012 Rede Cicloviária Leblon. Rio de Janeiro 2012 Rede Cicloviária Leblon: O Leblon, passa por uma fase de intensas mudanças, com as obras da linha 4 do Metrô o trânsito do bairro sofreu e sofrerá várias alterações

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL MUNICÍPIO DE JARDIM

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL MUNICÍPIO DE JARDIM LEI COMPLEMENTAR Nº 106/2013 JARDIM-MS, 09 DE ABRIL DE 2013. DISPÕE SOBRE O SISTEMA VIÁRIO DO MS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de Jardim Estado de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições

Leia mais

Mapa 09 Área Central de PiracicabaOcupação do Solo. Urbano

Mapa 09 Área Central de PiracicabaOcupação do Solo. Urbano L E I T U R A E I N T E R P R E T A Ç Ã O D A S I T U A Ç Ã O U R B A N A Mapa 09 de PiracicabaOcupação do Solo Urbano P L A N O D E A Ç Ã O P A R A R E A B I L I T A Ç Ã O U R B A N A D A Á R E A C E

Leia mais

Prefeitura apresenta operação de trânsito para evento-teste de Ciclismo de Estrada, no domingo (16)

Prefeitura apresenta operação de trânsito para evento-teste de Ciclismo de Estrada, no domingo (16) Prefeitura apresenta operação de trânsito para evento-teste de Ciclismo de Estrada, no domingo (16) A Prefeitura do Rio apresentou nesta segunda-feira (10.08) a operação da cidade para o evento-teste de

Leia mais

Mobilidade Suave Humanização de Cidades. outubro 2013

Mobilidade Suave Humanização de Cidades. outubro 2013 Mobilidade Suave Humanização de Cidades outubro 2013 Estratégias Urbanas Planos de Revitalização Planos de Mobilidade Planos Cicloviários e Pedonais Espaços Públicos Projetos Viários e Cicloviários Parques

Leia mais

Projeto Executivo de Engenharia Rodoviária para as Obras de Implantação e Pavimentação da Rodovia SC-471 (nova SC-160) Trecho: Romelândia / Anchieta

Projeto Executivo de Engenharia Rodoviária para as Obras de Implantação e Pavimentação da Rodovia SC-471 (nova SC-160) Trecho: Romelândia / Anchieta SECRETARIA DE ESTADO DA INFRAESTRUTURA DEINFRA Departamento Estadual de Infraestrutura Projeto Executivo de Engenharia Rodoviária para as Obras de Implantação e Pavimentação da Rodovia SC-471 (nova SC-160)

Leia mais

Segurança viária na Lomba do Pinheiro - Porto Alegre/RS.

Segurança viária na Lomba do Pinheiro - Porto Alegre/RS. Segurança viária na Lomba do Pinheiro - Porto Alegre/RS. Marcelo Hansen; Alessandra Andrea Both Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) Gerência de Planejamento de Trânsito Rua João Neves da

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I CONTRATO N.º ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DO RESIDENCIAL SANTA MÔNICA A INFRAESTRUTURA DE IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL SANTA MONICA OBEDECERÁ

Leia mais

VISITA À FÁBRICA DO VLT CARIOCA TAUBATÉ - SP

VISITA À FÁBRICA DO VLT CARIOCA TAUBATÉ - SP VISITA À FÁBRICA DO VLT CARIOCA TAUBATÉ - SP Modalidade PPP Patrocinada Duração do contrato 25 anos Consórcio VLT Carioca CCR Invepar OTP RioPar RATP Benito Roggio Transporte Sociedad Anónima - BRT 2 O

Leia mais

Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte

Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte Descrição Concessão à iniciativa privada dos principais eixos rodoviários de acesso ao litoral norte de Alagoas, visando a melhoria operacional, manutenção,

Leia mais

MOBILIDADE URBANA: INTERVENÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DE CICLOVIAS NA AVENIDA MANDACARU

MOBILIDADE URBANA: INTERVENÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DE CICLOVIAS NA AVENIDA MANDACARU MOBILIDADE URBANA: INTERVENÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DE CICLOVIAS NA AVENIDA MANDACARU Adriele Borges da Silva¹; Tatiana Romani Moura²; RESUMO: O presente trabalho tem por finalidade apresentar um estudo e

Leia mais

Plano Diretor de Trânsito e Transporte

Plano Diretor de Trânsito e Transporte Região Sudeste Rio de Janeiro servicospublicos@niteroi.rj.gov.br Baía de Guanabara Niterói Veículos = maior mobilidade, crescimento das cidades Aumento da frota = congestionamento menor mobilidade. Maiores

Leia mais

Projeto 018 : Dragagem no porto de Rio Grande. Portuária. TIPO: Eixo Estruturante. LOCALIZAÇÃO: Rio Grande - RS. Categoria: Dragagem / Derrocamento

Projeto 018 : Dragagem no porto de Rio Grande. Portuária. TIPO: Eixo Estruturante. LOCALIZAÇÃO: Rio Grande - RS. Categoria: Dragagem / Derrocamento Projeto 018 : Dragagem no porto de Rio Grande E9 Portuária TIPO: Eixo Estruturante LOCALIZAÇÃO: Rio Grande - RS Categoria: Dragagem / Derrocamento EXTENSÃO/QUANTIDADE/VOLUME: 2.000.000 m³ JUSTIFICATIVA:

Leia mais

João Fortini Albano Eng. Civil, Prof. Dr. Lastran/Ufrgs

João Fortini Albano Eng. Civil, Prof. Dr. Lastran/Ufrgs Bicicletas e ciclovias João Fortini Albano Eng. Civil, Prof. Dr. Lastran/Ufrgs O veículo Um prisma com: Largura: 1,0m Comprimento: 1,75m Altura: 2,25m Vantagens para saúde Ciclismo é um dos esportes aeróbicos

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Belo Horizonte Setembro/2013 Belo Horizonte: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos

Leia mais

Tiago Lacerda. Marketing Esportivo

Tiago Lacerda. Marketing Esportivo Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 Belo Horizonte Minas Gerais Comitê Executivo Municipal Tiago Lacerda Gerência Geral Assessoria jurídica Assessoria Imprensa Comunicação e Marketing Eventos e Ações Sociais

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Curitiba Setembro/2013 Curitiba: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Evolução do congestionamento

Evolução do congestionamento Evolução do congestionamento Crescimento populacional estável Taxa de motorização crescente 2025 2005 Surgimento de novos pólos de atração de viagens Deslocamentos na cidade Rede de transporte para 2016

Leia mais

Macro Diretrizes Viárias

Macro Diretrizes Viárias Macro Diretrizes Viárias As macro diretrizes viárias, constitui-se na previsão de novas vias com características operacionais que garantam a continuidade da malha viária existente quando da implantação

Leia mais

Porto Alegre. Host City Fifa World Cup 2014

Porto Alegre. Host City Fifa World Cup 2014 Porto Alegre Host City Fifa World Cup 2014 31/05/2009 A FIFA anuncia as 12 cidades-sede 13/01/2010 Formalização do Grupo Executivo da Copa Gecopa; Anúncio do Programa BNDES Pró-Copa Turismo (recursos para

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL AUDIÊNCIA PÚBLICA

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL AUDIÊNCIA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL AUDIÊNCIA PÚBLICA Duplicação e reabilitação da pista existente, implantação de Ruas Laterais e Restauração/Construção de Obra-de-Arte Especiais

Leia mais

Santa Cecília do Pavão

Santa Cecília do Pavão LEI N 759/2014 SÚMULA: DISPÕE SOBRE O SISTEMA VIÁRIO DO MUNICÍPIO DE SANTA CECÍLIA DO PAVÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS; Faço saber que a Câmara Municipal de, Estado do Paraná, aprovou e eu, José Sérgio Juventino,

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL

PLANEJAMENTO OPERACIONAL OPERAÇÃO PERIMETRAL PLANEJAMENTO OPERACIONAL TRANSPORTE E TRÂNSITO SMTR / CET-RIO Julho 2014 PRINCIPAIS ALTERAÇÕES 3 Av. Rodrigues Alves Circulação Atual Cidade do Samba Praça da Harmonia Rodoviária Rua

Leia mais

CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE

CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE AGOSTO 2014 PROGRAMA DE METAS IMPLANTAR UMA REDE DE 400KM DE VIAS CICLÁVEIS. PROPICIA MAIOR EQUIDADE NO USO DA VIA PÚBLICA GANHOS SOCIO-AMBIENTAIS

Leia mais

Manual de Loteamentos e Urbanização

Manual de Loteamentos e Urbanização Manual de Loteamentos e Urbanização Juan Luis Mascaró ARQ 1206 - Urbanização de Encostas - Análise Prof Sônia Afonso segundo trimestre 2003 Adriana Fabre Dias 1. Retículas Urbanas e Custos 1.1. Aspectos

Leia mais

Centro Vivo e com Mobilidade.

Centro Vivo e com Mobilidade. Centro Vivo e com Mobilidade. Débora Redondo 1 ; Bárbara de Azevedo Martins; Lívia Louzada de Toledo Pugliese 2. ¹Prefeitura Municipal de São José dos Campos Secretaria de Transportes Departamento de Serviços

Leia mais

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social?

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Panorama das ações e projetos e hipóteses gerais da pesquisa Juciano Martins Rodrigues Aumento no tempo de deslocamento Crescimento do número

Leia mais

MENSAGEM. Lei de Organização Territorial; Lei de Diretrizes; Lei de Uso e Ocupação do Solo; Lei do Sistema Viário; Lei de Parcelamento do Solo;

MENSAGEM. Lei de Organização Territorial; Lei de Diretrizes; Lei de Uso e Ocupação do Solo; Lei do Sistema Viário; Lei de Parcelamento do Solo; 1 MENSAGEM Como é do conhecimento dos Senhores Vereadores, o Município de Jaguaribe faz parte do conjunto de 44 Municípios beneficiados com a realização do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, instrumento

Leia mais

Obras da Copa 2014 Mobilidade Urbana. Prefeitura Municipal de Porto Alegre 30.06.2011

Obras da Copa 2014 Mobilidade Urbana. Prefeitura Municipal de Porto Alegre 30.06.2011 Obras da Copa 2014 Mobilidade Urbana Prefeitura Municipal de Porto Alegre 30.06.2011 Território preferencial Obras da Matriz de Responsabilidades Av. Severo Dullius Rua Voluntários da Pátria Av. Assis

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013

MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013 MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013 Divulga resultado do processo de seleção do PAC 2 Mobilidade Médias Cidades, no âmbito do Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade

Leia mais

Prefeitura Municipal do Natal

Prefeitura Municipal do Natal Prefeitura Municipal do Natal Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Finanças Plano Plurianual 2010/2013 Programa Horizonte Público Objetivo: 8 Mobilidade e Cidadania Contínuo População do município

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL BRASIL PREFEITURA DE ESTRELA Rua Julio de Castilhos, 380 Centro Estrela/RS Fone: 39811000

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL BRASIL PREFEITURA DE ESTRELA Rua Julio de Castilhos, 380 Centro Estrela/RS Fone: 39811000 PROJETO DE LEI Nº 044-02/2014 Acrescenta dispositivos à Lei Municipal nº 1.621, de 28 de dezembro de 1979, que dispõe sobre os loteamentos e dá outras providências. Art. 1º Além dos dispositivos constantes

Leia mais